Page 14

E a ideia mais sustentável FEUP 2017 é: “Combater o desperdício alimentar”

INOVAÇÃO E FUTURO

Texto: Helena Peixoto Fotografia: direitos reservados

ENGENHARIA 58 FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO

14

Diogo Xavier Pereira e Vera Miguéis são os autores do projeto ‘Desperdício 0 na cantina da FEUP’ que pretende alinhar a confeção diária com a respetiva procura através de um modelo matemático preditivo baseado numa série de fatores que afetam diariamente os consumos.

N

um contexto mundial em que cerca de 1,3 biliões de toneladas de alimentos produzidos no mundo para consumo humano são desperdiçados em toda a cadeia de abastecimento, é urgente tomar medidas. Até porque esta realidade se torna especialmente crítica quando nos deparamos com o inverso da medalha: a fome crónica atinge cerca 815 milhões de pessoas, o correspondente a 11% da população mundial. O desperdício alimentar é um problema bem real e vivido à escala mundial. Considerando toda a energia, água e embalagens envolvidas no processo de produção, transporte e entrega ao consumidor, o desperdício alimentar é um grande inimigo da sustentabilidade. Em particular, e devido ao desadequado planeamento das porções a confecionar, uma parte significativa dos alimentos produzidos não são consumidos. Foi precisamente com estas premissas em mente que Diogo Xavier Pereira, estudante do 5.º ano do Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação e Vera Miguéis, Professora Auxiliar do Departamento de Engenharia e Gestão Industrial da Faculdade de Engenharia da U.Porto, desenvolveram o projeto ‘Desperdício 0 na cantina da FEUP’, vencedor da 2.ª edição do Concurso Mais Ideias Sustentáveis 2017. E como se consegue cumprir este objetivo? Através de um modelo matemático preditivo que estima a procura de determinado prato em determinado dia, permitindo alinhar a confeção diária com a procura da refeição específica, minimizando assim o desperdício alimentar. Este modelo será baseado em dados históricos da cantina da FEUP que vão ajudar a identificar os fatores que afetam

os consumos: condições meteorológicas, horários dos estudantes e características do prato são alguns deles. O projeto premiado está enquadrado no projeto de dissertação do finalista Diogo Pereira e encontra-se numa fase preliminar de desenvolvimento. Crucial foi também a colaboração dos Serviços de Ação Social da U.Porto (SASUP) ao fornecerem dados de consumo, e da FEUP na disponibilização de informação relativa aos horários dos estudantes. A atribuição do prémio da 2.ª edição do Concurso Mais Ideias Sustentáveis – uma bicicleta patrocinada pela Órbita – decorreu no passado dia 15 de janeiro, durante a Cerimónia do Dia da FEUP.

Sobre a iniciativa Promovido pelo Comissariado para a Sustentabilidade da FEUP, o Concurso Mais Ideias Sustentáveis conta já com duas edições (2016 e 2017) e, com elas, cumpre dois grandes objetivos: por um lado, sensibilizar a comunidade FEUP para as questões relacionadas com o desenvolvimento sustentável e, por outro, recolher ideias que possam ser implementadas e que contribuam para o bem-estar da comunidade e para a sustentabilidade da instituição.

Engenharia 58  

A Revista de Engenharia é uma publicação semestral de divulgação externa das atividades da FEUP nas áreas de ensino, investigação e desenvol...

Engenharia 58  

A Revista de Engenharia é uma publicação semestral de divulgação externa das atividades da FEUP nas áreas de ensino, investigação e desenvol...

Advertisement