Page 1

ÓLEOS ESSENCIAIS PARA INICIANTES

THE DAILY DROP SOCIETY Informações da doTERRA Óleos Essenciais para Iniciantes


MU OLUTÍPAC

O QUE SÃO OS ÓLEOS ESSENCIAIS? Uma variedade de plantas cobrem a Terra com diferentes formatos, tamanhos, cores e e cheiros. Cada uma destas plantas contém substâncias que não podem ser vistas a olho nu - elas estão escondidas nas raízes, sementes, troncos e outras áreas da planta. Estas substâncias são conhecidas como óleos essenciais. Eles são altamente concentrados, o que os torna extremamente potentes. Também conhecidos como substâncias aromáticas voláteis, os óleos essenciais dão amora às plantas e as protegem de condições ambientais extremas e de insetos, e até mesmo possuem um papel na polinização.


A CIÊNCIA POR TRÁS DOS ÓLEOS ESSENCIAIS Quando você escuta a palavra "volátil", você pode

SATSOPMOC SACITÁMORA SAICNÂTSBUS

pensar que ela possui uma conotação negativa; no entanto, no caso dos óleos essenciais, a volatilidade se refere à habilidade de uma substância de mudar de estado rapidamente. A formação química dos compostos aromáticos voláteis nos óleos essenciais permitem que eles se dispersem rapidamente no ar. É por isto que você consegue sentir instantaneamente o aroma de um óleo essencial assim que abre sua garrafa - até mesmo de longe.

Como as substâncias aromáticas voláteis se movem rapidamente pelo ar, o usuário dos óleos essenciais experimentará o aroma quando estas substâncias interagirem diretamente com os sensores olfativos do cérebro. (Você aprenderá mais sobre como os óleos essenciais interagem com o cérebro nos capítulos dois e três).

Com mais de 3 mil substâncias aromáticas voláteis descobertas até agora, é importante perceber que estes compostos determinam o benefício, aroma e natureza de cada óleo essencial. Por causa de sua composição única, cada óleo essencial varia de espécie para espécie, e até mesmo de planta a planta.                                

Quando inalamos o aroma distinto de um óleo essencial, o cheiro vai ao sistema olfativo no cérebro. O sistema olfativo é responsável por controlar a sensação de cheiro.


ÓLEOS ESSENCIAIS NA HISTÓRIA Apesar de alguns considerarem os óleos essenciais como novos amigos, o uso dos extrados das plantas e produtos baseados em plantas está fortemente ligado às tradições do passado.

Civilizações antigas utilizavam plantas para coisas como aromaterapia, cuidado pessoal, práticas de saúde, cerimônias religiosas, tratamentos de beleza e para cozinhar.

Os óleos essenciais não são uma moda, e sim uma tradição antiga que começou séculos atrás em civilizações de todo o mundo.

Egito: os egípcios utilizavam produtos à base de plantas em tratamentos de beleza, para cozinhar, em rituais de enterro e cerimônias religiosas. Grécia: na Grécia antiga, homens como Homero e Hipócrates exploraram os usos aromáticos das plantas, desenvolvento das descobertas dos egípcios. Roma: Os romanos utilizavam extratos de plantas para massagens, perfumes e banhos perfumados. Irã: nos tempos medievais, as pessoas da região do Irã utilizavam e trocavam temperos ou resinas para fazer perfumes ou cuidar da saúde. Índia: A medicina ayuvérdica, um tratamento holístico da Índia, foi desenvolvido nos últimos 5 mil anos e inclui o uso de substâncias aromáticas de plantas. China: Durante séculos, as práticas chinesas tradicionais incluíram o uso de materiais de planta para promover o bem-estar. França: Rene Gattefosse, um químico francês, recebe o crédito por ser o primeiro a criar o termo "aromaterapia", quando estudava e pesquisava sobre óleos essenciais no século XIX.


COMO OS ÓLEOS ESSENCIAIS SÃO PRODUZIDOS? Agora que você sabe que os óleos essenciais vêm de plantas, você deve estar se perguntando: como isto funciona?

ō

Apesar de haver vários métodos para produzir óleos essenciais, a d TERRA se concentra na destilação a vapor e expressão para produzir óleos de alta qualidade. Ambos processos são orgânicos e permitem que as substâncias aromáticas retenham seu aroma potente e poderoso.

É importante lembrar que nem todos os óleos essenciais são iguais. A pureza de um óleo pode mudar dependendo da localização geográfica, métodos de destilação, clima e outros fatores. Além do mais, não importa quão bem uma planta for selecionada, cuidada e colhida, a qualidade de um óleo essencial pode ser preservada ou destruída durante o processo de destilação. Devido à atenção aos detalhes e precisão necessárias para a destilação, este método é menos um processo e mais uma forma de arte. Os destiladores precisam ser precisos e prestar bastante atenção à colheita, temperaturas, tempo da destilação, pressão utilizada, etc. Para aprender mais sobre como uma planta se torna um óleo essencial, leia sobre a destilação a vapor e expressão abaixo.


DESTILAÇÃO A VAPOR

EXPRESSÃO Ao contrário do processo de destilação a vapor, a

A destilação a vapor utiliza o vapor quente (assim como pressão) para extrair os óleos essenciais das partes das plantas.

Como este método produz óleos essenciais limpos e puros, é o mais comumente utilizado para produzir os óleos. A pressão utilizada durante a destilação a valor protege as substâncias químicas complexas dos óleos essenciais, já que ela permite que o óleo seja destilado a temperaturas muito abaixo do ponto de ebulição.

A destilação a vapor começa ao ferver a água, o que resulta em vapor, que passa pelo material da planta. Quando o vapor passa pela planta, o calor e a pressão liberam os óleos essenciais de sacos protetores

expressão (muitas vezes chamada de pressão a frio) não utiliza o calor para extrair o óleo essencial.

Geralmente, este processo é utilizado para extrair óleos essenciais das cascas de frutas cítricas, como toranja, limão, lima, laranja e bergamota. Durante a expressão, a casca da fruta passa por cilindros raladores que ralam a superfície da casca, quebrando os pequenos sacos que contêm o óleo essencial. Após a abertura dos sacos dos óleos essenciais, a fruta é molhada, para a coleta do óleo essencial após sua liberação. Esta mistura então passa por um processo de filtragem para retirar qualquer excesso de cascas, e depois por uma centrífuga para separar a água do óleo.

microscópicos que ficam dentro da planta.

O vapor então carrega as substâncias aromáticas voláteis que foram liberadas da planta a um tubo de coleta. Aqui, o vapor se esfria e condensa, se tornando água novamente,  resultando em uma camada de óleo. A camada de óleo essencial sobe, onde ela é separada da água e então coletada. Como os óleos essenciais são solúveis em lipídio, é fácil separá-los da água.

Quando você entende o que são os óleos essenciais, de onde eles vêm, e que eles vêm sendo utilizados há séculos, é fácil perceber que eles não são um mistério sem explicação, mas uma ferramenta prática para ser utilizada no cotidiano. Se você ainda está se perguntando sobre como os óleos essenciais podem ser

(1) A água é aquecida criando vapor. (2) O vapor passa pela planta retirando o óleo. (3) O óleo sobe com o vapor. (4) O vapor é resfriado em um condensador. (5) O óleo sobe e é extraído. (6) A água é coletada para ser utilizada em produtos para a casa e de beleza.

adaptados ao seu estilo de vida, continue lendo para aprender sobre seus usos e benefícios em todos os momentos da vida.


SIOD OLUTÍPAC

POR QUE USAR ÓLEOS ESSENCIAIS Apesar de que os óleos essenciais e extratos de plantas têm sido utilizados há séculos, os óleos essenciais ainda possuem aplicações relevantes. Com o avanço da tecnologia e melhoria da qualidade, potência e segurança dos óleos essenciais, eles agora são mais acessíveis e fáceis de utilizar no dia-a-dia. Embora os óleos essenciais tenham sido bastante utilizados como parte de práticas e tradições culturais do passado, agora temos um crescimento nas provas e pesquisas científicas que mostram a eficácia e segurança dos óleos essenciais hoje em dia. Historicamente, o uso dos óleos essenciais era popular e prático, mas agora temos recursos e pesquisas que tornam os óleos essenciais úteis para o cotidiano de muitas pessoas.


BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE Nos tempos antigos, as pessoas utilizavam os óleos essenciais e partes de plantas para melhorar sua saúde e bem-estar. Como os óleos essenciais podem ser utilizados para acalmar irritações da pele, para promover uma digestão saudável, ajudar na saúde oral, desobstruir as vias aéreas e mais, eles têm sido uma escolha popular para manter uma boa saúde há muito tempo.

Como mencionamos, os óleos essenciais oferecem uma variedade de benefícios, e cada indivíduo experimenta os óleos essenciais de sua maneira. Felizmente, a diversidade dos óleos essenciais o torna uma forma útil de manter a saúde, até para aqueles com preocupações específicas com sua saúde, ou àqueles que buscam vários benefícios. O uso dos óleos essenciais para a saúde tem se tornado mais popular porque eles permitem uma customização da experiência às suas necessidades e desejos específicos, em vez de oferecerem uma solução genérica.

nutrição suplementos

sistema imunológico saudável

sono

exercício

OS BENEFÍCIOS EMOCIONAIS Com estruturas químicas únicas, cada óleo essencial possui uma variedade de benefícios ao usuário. Alguns óleos essenciais possuem propriedades calmantes e tonificantes, enquanto outros são energizantes, animadores, reconfortantes ou renovadores. Como nossos corpos passam por uma gama de emoções e estados físicos em um único dia, os óleos essenciais podem nos ajudar a gerenciar isto e manter nosso bem-estar.

O design químico de um óleo essencial dá seus benefícios específicos. Alguns óleos essenciais são úteis para a limpeza ou purificação do ar, enquanto outros promovem uma sensação calmante para a pele. O aroma dos óleos essenciais pode criar uma reação no cérebro, elicitando emoções e respostas internas.

Quando você inala um óleo essencial da garrafa, o aroma do óleo é processado no sistema olfativo do cérebro por meio do nervo olfativo. Como discutimos anteriormente, o sistema olfativo é a parte do cérebro que controla a sensação de cheiro. O sistema olfativo se conecta ao sistema límbico do cérebro, onde ficam suas emoções e memórias.


USOS COTIDIANOS DOS ÓLEOS ESSENCIAIS Cada indivíduo tem suas necessidades e preferências. Por sorte, os óleos essenciais são versáteis o suficiente para fornecer uma grande variedade de benefícios para qualquer um que utilizá-los. Alguns pensam que precisam de treinamento profissional para utilizá-los, mas com um entendimento básico de como os óleos essenciais funcionam, é fácil incluí-los em sua rotina diária. Se você está se perguntando: "Eu realmente preciso utilizar óleos essenciais no meu cotidiano?", responda as perguntas abaixo para ver como os óleos essenciais podem ajudar na sua rotina.

P: Você se preocupa em utilizar produtos de limpeza que podem expor seus filhos a produtos químicos perigosos ou toxinas? P: Você busca maneiras de fortalecer o cabelo danificado ou um couro cabeludo irritado? P: Você precisa constantamente de produtos para manter sua pele saudável e jovem? P: Você sofre de desconfortos digestivos frequentes? P: Você sofre com desconfortos associados a ameaças sazonais e ambientais? P: Você precisa de produtos para ajudar a manter seu sistema imunológico saudável? P: Você gosta de adicionar sabores naturais às suas refeições, bebidas ou sobremesas? Se você respondeu "sim" a qualquer destas perguntas, os óleos essenciais podem ser mais úteis para você do que você pensa. Embora algumas pessoas vejam os óleos essenciais como misteriosos ou complicados, eles podem ser utilizados para limpeza da casa e para cozinhar. Além das aplicações diárias, muitos gostam dos óleos essenciais por seus benefícios à saúde, assim como seus efeitos positivos às emoções.


Quando você respira o aroma de um óleo essencial, o sistema límbico cria uma reação no seu cérebro baseada nas suas memórias associadas com aquele aroma em particular. Muitas vezes, as reações acionadas pelo seu sistema límbico podem ser reações emocionais que são calmantes ou animadoras, dependendo da estrutura química única do óleo. Mais importante, como as reações do sistema límbico são baseadas na memódia, cada pessoa experimenta um óleo essencial de forma diferente. Dê uma olhada nesta roda das propriedades dos óleos para ver como cada óleo específico pode ter um benefício, baseado em sua estrutura química:


SÊRT OLUTÍPAC

COMO UTILIZO ÓLEOS ESSENCIAIS? Agora que você sabe o que são óleos essenciais e de onde eles vêm, está na hora de aprender como utilizá-los. Novamente, você não precisa ser um especialista para apriveitar os benefícios dos óleos. Tudo o que você precisa é de um entendimento básico de como utilizá-los com segurança e de como aplicá-los à sua rotina.

Existem três formas de utilizar um óleo essencial. Aromaticamente, topicamente e internamente.


AROMATICAMENTE Uma forma de experimentar os benefícios dos óleos essenciais é aromaticamente, ou ao respirá-los. Utilizar os óleos aromaticamente pode oferecer vários benefícios; no

Forehead

entanto, este método ajuda principalmente na melhoria ou gerenciamento do humor. Dependendo da estrutura química de um óleo essencial, ele pode fornecer efeitos revigorantes ou animadores, ou podem produzir sentimentos de calma e tranquilidade.

DIFUSÃO A difusão é a forma mais eficaz de aproveitar os óleos essenciais aromaticamente, e é mais eficiente se feita com um difusor. Os difusores de óleos essenciais pegam o óleo e o transformam em uma névoa, ou gotas microscópicas, que permitem que o usuário sinta o aroma do óleo por um período de tempo prolongado. É importante lembrar que os óleos essenciais possuem uma estrutura delicada, então você não quer utilizar um difusor que possa alterar o perfil químico do óleo ao utilizar calor. É melhor escolher difusores que utilizam água ou ar frio para difundir o óleo.

Apesar de os difusores facilitarem o uso aromático dos óleos essenciais, você também pode aproveitar os benefícios aromáticos de um óleo essencial sem um dispositivo difusor especial. Apenas inale-os direto da garrafa, ou coloque uma gota em suas mãos, esfrequeas e inale o aroma que permitirá que você aproveite os benefícios dos óleos essenciais pelo ar.

Estudos mostraram provas convincentes de que simplesmente inalar o aroma de um óleo essencial é eficaz para acalmar o nervosismo ou ansiedade.

*Diga de Segurança: Geralmente, o uso aromático dos óleos essenciais é considerado muito seguro e tende a ser bem tolerado pela maioria dos indivíduos. No entanto, como com qualquer método de aplicação dos óleos essenciais, é importante considerar as doses e o uso apropriado. Para o máximo benefício, a difusão deve ser utilizada várias vezes por dia, em pequenas doses.


TOPICAMENTE A aplicação tópica de óleos essenciais é segura e eficaz para alcançar os benefícios dos óleos essenciais para a pele e outros aspectos do corpo humano. Devido à sua formação química, os óleos essenciais podem penetrar na pele facilmente e oferecer um Forehead  benefício localizado àquela área penetrada. Os óleos são facilmente absorvidos pela pele; no entanto, você pode prolongar os benefícios de um óleo essencial ao utilizar um óleo veicular para diminuir a evaporação do óleo, permitindo que ele hidrate a pele.

SENSIBILIDADE DA PELE + DILUIÇÃO Se sua pele é particularmente sensível, ou ao aplicar os óleos essenciais em crianças, é uma boa ideia utilizar um óleo veicular como Óleo de Coco Fracionado. Ao diluir o óleo essencial com um óleo veicular, você pode evitar o desenvolvimento de sensibilidade na pele, principalmente quando você estiver experimentando um óleo essencial pela primeira vez.

A proporção recomendada para a diluição é geralmente de três gotas de óleo veicular para cada gota de óleo essencial. Como mencionamos, a dose para aplicar óleos essenciais irá variar dependendo do indivíduo e suas necessidades, idade, tamanho e saúde em geral. Quando você estiver experimentando pela primeira vez, utilize algumas doses pequenas durante o dia em vez de uma única dose grande de uma vez. Comece com uma pequena dose (uma ou duas gotas). Você pode repetí-la a cada quatro ou seis horas.

O que é um óleo veicular? Os óleos veiculares são substâncias baseadas em lipídios que podem ser utilizadas para diluir os óleos essenciais. O uso de óleos veiculares como Óleo de Coco Fracionado permite que você aplique um óleo essencial topicamente sem alterar a potência do óleo. Quando você dilui um óleo essencial, sua absorção é aumentada ao aumentar a área de absorção, o que ajuda a prevenir sensibilidades na pele.


Como Aplicar Óleos Essenciais Topicamente

Áreas benéficas: • Pescoço • Testa e têmporas • Tórax e abdômen • Braços, pernas, nádegas e pés

Testa

Pescoço

Tórax

Abdômen

Braços

Pernas

Feet

Áreas Sensíveis a Serem Evitadas: • Certas áreas faciais, como a pele ao redor dos olhos • Ouvido e olhos • Pele arranhada, danificada ou lesionada Outros Métodos Eficazes da Aplicação Tópica: • Coloque algumas gotas do óleo em uma banheira • Faça uma compressa quente ou fria ao umedecer um pano na ádua, adicionar duas gotas de óleo essencial e então aplicá-lo à área desejada • Misture algumas gotas de óleo essencial com loção ou hidratante e aplique-o à pele


INTERNAMENTE Embora o uso interno tenha sido bastante debatido na comunidade de óleo essenciais, pesquisas continuam a demonstrar a segurança da aplicação interna e validam seus vários usos. Acontece que os óleos essenciais já fazem

Forehead

parte de sua dieta diária. Uma grande porção das plantas que consumimos durante o dia produzem pequenas quantidades de óleos essenciais.

COMO O USO INTERNO FUNCIONA Quando você ingere um óleo essencial, ele entra diretamente em seu sangue por meio do trato gastrointestinal, onde ele é transportado para o resto do seu corpo. Como mencionamos anteriormente, os óleos essenciais são solúveis em lipídios, o que os permite serem transportados facilmente para todos os seus órgãos - inclusive o cérebro. 

Assim como todas as outras coisas que consumimos, um óleo essencial pode ser metabolizado por órgãos como o fígado e depois excretado. O uso interno dos óleos essenciais é provavelmente um dos métodos mais potentes, nossos corpos estão bastante acostumados e bem equipados para metabolizar óleos essenciais quando recebem a dosagem correta.

TOXICIDADE

Como qualquer outra coisa que consumimos, é sempre importante se assegurar de que os óleos essenciais são utilizados em doses apropriadas para evitar sua toxicidade. A toxicidade se refere ao ponto onde uma substância se torna nociva ao corpo. Lembre-se, substâncias aparentemente inofensivas, como água, vitaminas e minerais (substâncias fundamentais para a vida) podem ser tóxicas quando consumidas em doses inapropriadas. Embora os óleos essenciais tenham o potencial para serem tóxicos, a dose tóxica de um óleo sempre está acima da recomendada para seu uso.

A Federal Drug Administration (FDA) criou uma lista chamada Geralmente Reconhecidos como Seguros (GRAS), que identifica os óleos essenciais como seguros para serem utilizados internamente como componentes não-médicos. A lista GRAS fornece sugestões de segurança, assim como informações sobre plantas e outras substâncias que possuem um histórico de uso interno seguro bem documentado. Embora os óleos essenciais possuam mais aplicações do que a lista cita, a GRAS é um recurso confiável para confirmar a segurança do uso dos óleos essenciais internamente.


COM QUE ÓLEOS DEVO COMEÇAR? Não importa se você vai utilizar os óleos essenciais aromaticamente, topicamente ou internamente, você deve estar se perguntando sobre como

versátil para começar sua coleção de óleos essenciais, o Limão é uma escolha excelente.

começar.

A doTERRA sugere começar um óleos essenciais simples que possuem uma variedade de aplicações para que você possa se acostumar com a potência, aroma e características dos óleos

Se você está buscando uma introdução ao mundo dos óleos essenciais, o óleo de Lavanda é maravilhoso para começar. A Lavanda não só possui um aroma calmante e agradável, como é muito útil durante o dia-a-dia.

essenciais e como utilizá-los.

Quando você estiver começando, considere utilizar qualquer um destes óleos:

Se você está buscando um óleo edificante e

Quando você quiser experimentar o poder dos óleos essenciais, o óleo de hortelã pode ser utilizado topicamente, aromaticamente ou

• Reduza imperfeições e irritações na pele com a aplicação do óleo de Lavanda na pele. • Coloque algumas gotas de óleo de Lavanda no seu difusor de óleos essenciais para ajudar a acalmar sentimentos de tensão. • Promova um ambiente propício para uma boa noite de sono ao adicionar algumas gotas de óleo de Lavanda nos lençóis, travesseiros ou embaixo dos pés antes de dormir. • Adicione sabor às marinadas, sobremesas e outras comidas ao utilizar o óleo de Lavanda para cozinhar. • Combine algumas gotas de óleo de Lavanda com uma garrafa de água e borrife seu colchão, sofá ou armário para dar frescura.

internamente para reultados impressionantes.

• Coloque algumas gotas de óleo de Limão no seu difusor para ajudar a criar um ambiente animador. • Umedeça um pano no óleo de Limão e utilize-o para proteger, limpar e lustrar madeira na sua casa. • Adicione algumas gotas de óleo de Limão em um copo de água para uma bebida mais refrescante. • Quando você precisar remover óleo ou resíduos de suas mãos, lave-as com óleo de Limão e água. • Adicione o óleo de Limão a uma garrafa de água para limpar mesas e outras superfícies.

• Refresque seu hálito ao colocar uma gota de óleo de Hortelã em sua boca. • Ponha algumas gotas de Hortelã no seu difusor de óleos essenciais para renovar sua energia. • Adicione o óleo de Hortelã ao seu shampoo ou condicionador para receber uma massagem capilar estimulante. • Quando você quiser um impulso matinal, esfregue o óleo de Hortelã em suas têmporas ao acordar. • Difunda o óleo de Hortelã para ajudar a liberar as vias aéreas.


ORTAUQ OLUTÍPAC

OS ÓLEOS ESSENCIAIS SÃO SEGUROS? Quando você utiliza a quantidade correta de óleos essenciais de alta qualidade, eles podem ser seguros o suficiente para serem utilizados em casa, em você mesmo ou em sua família. Os óleos essenciais de alta qualidade passam por vários testes para garantir sua segurança e pureza, e eles possuem a concentração correta.

Como qualquer outra coisa que você utilizaria em casa e em seus filhos, os óleos essenciais são seguros quando você utiliza a dosagem recomendada e dentro dos parâmetros apropriados. Uma grande vantagem é que eles oferecem tranquilidade aos pais que se preocupam com o uso de produtos químicos em seus filhos, ou em casa para limpar, cozinhar, entre outras tarefas. Os óleos essenciais são uma alternativa segura aos vários produtos que vemos nos supermercados e que contêm toxinas ou substâncias químicas sintéticas que podem ser nocivas. Aprender sobre o uso e dosagem correta permitirá que você utilize os óleos essenciais com segurança enquanto aproveita os benefícios de um produto natural.


QUANTIDADES RECOMENDADAS Como mencionamos, os óleos essenciais podem ser utilizados com segurança contanto que os usuários utilizem as quantidades recomendadas. O uso da dosagem sugerida para óleos essenciais não só ajuda o usuário a evitar o consumo de níveis perigosos dos produtos, mas também permite que eles aproveitem os benefícios máximos dos óleos essenciais. Claro, cada indivíduo precisa considerar seu próprio nível de experiência com os óleos essenciais e qualquer preocupação com a saúde ao seguir as sugestões de doses. Sempre considere o conselho de seu médico quando estiver buscando os benefícios dos óleos essenciais.

Veja a tabela abaixo para sugestões das doses diárias recomendadas. Tenha em mente que estas são recomendações gerais que não levam em consideração a saúde ou experiência do usuário.

Apesar de que os óleos essenciais sejam seguros quando os utilizamos corretamente, você pode sobrecarregar seu corpo com muitos óleos, o que pode levar a resultados indesejados. As células no corpo realizam reações químicas complexas para metabolizar o óleo essencial, mas quando o corpo está sobrecarregado com uma quantidade incorreta, a capacidade metabólica da célula é excedida. Lembrese que nunca queremos exceder a capacidade metabólica das células. Utilizar o óleo essencial da forma e na quantidade que deve ser utilizado ajudará a prevenir que o corpo fique sobrecarregado.

QUANTIDADES RECOMENDADAS • Sempre tenha em mente as quantidades diárias que são seguras. • Evite a aplicação dos óleos diretamente no nariz, orelhas ou ao redor dos olhos. • Para a aplicação tópica, é importante considerar a dissolução. A dissolução ajuda a evitar a sensibilidade com os óleos essenciais e é particularmente útil em crianças pequenas, ou aqueles ou pele sensível. Também é importante lembrar que alguns óleos essenciais (Cassia, Canela, Gerânio, Citronela, Orégano e Tomilho) devem ser sempre diluídos antes do uso tópico. • Certifique-se de armazenas os óleos essenciais fora do alcance de crianças. Isto evitará a ingestão acidental. • Ao armazenar os óleos essenciais, você também quer mantê-los longes de luz ou calor excessivos, porque isto pode alterar suas propriedades químicas. • Sempre ajude as crianças a aplicarem os óleos essenciais para garantir de que elas receberam a quantidade correta. Também é bom encorajar os adolescentes a serem um bom exemplo para as crianças ao sempre seguir as regras de uso apropriadas.


AQUELE QUE TEM SAÚDE, TEM ESPERANÇA; E AQUELE QUE TEM ESPERANÇA, TEM TUDO. T H O M A S

C A R L Y L E


www.oleoessencialbrasil.com

PEÇA ÓLEOS ESSENCIAIS CPTG: Vamos nos Conectar

www.oleoessentialbrasil.com


GLOSSÁRIO Uso Aromático: Os óleos essenciais podem ser utilizados aromaticamente para o aproveitamento do aroma de um óleo pelo ar ao difundir o óleo em um difusor ou ao inalar o óleo diretamente da garrafa. Óleo Veicular: Substâncias baseadas em lipídios que podem ser utilizadas para diluir os óleos essenciais. O óleo veicular literalmente ajuda a "carregar" o óleo essencial à área desejada. Utilizar um óleo veicular permite que o usuário efetivamente aplique o óleo essencial topicamente, sem reduzir sua potência. Difusão: A difusão é a forma mais eficaz de utilizar os óleos essenciais aromaticamente, e é mais eficiente quando realizada com um difusor de óleos essenciais. Difusores de óleos essensiais pegam o óleo e o transformam em uma névoa, ou em gotas microscópicas, que permitem que o usuário experimente o aroma de um óleo essencial por um período maior de tempo. Óleos Essenciais: As substâncias naturais encontradas no tronco, caule, raízes, sementes e outras partes das plantas. Estas substâncias são altamente concentradas e extremamente potentes. Elas dão às plantas seu cheiro, as protegem de condições ambientais e possuem um papel na polinização. Expressão: Também chamada de "pressão a frio", este processo extrai os óleos essenciais das cascas de frutas cítricas ao abrir pequenos sacos que contêm o óleo essencial. Lista GRAS da FDA: A Federal Drug Administration (FDA) produziu uma lista chamada de Geralmente Reconhecido como Seguro (GRAS), que identifica os óleos essenciais que são seguros para serem utilizados internamente como substâncias nãomédicas. A lista GRAS fornece sugestões gerais de segurança, assim como informações sobre plantas e outras substâncias que possuem um histórico bem documentado de uso interno seguro. Uso Interno: o uso interno dos óleos essenciais consiste do consumo do óleo ao derramar os óleos diretamente na boca, ao colocar gotas de óleo em um copo de água ou ao adicionar gotas de óleo a cápsulas vegetais e engulí-las. Sistema Límbico: O sistema do cérebro onde suas emoções e memórias vivem. Quando você respira o aroma de um óleo essencial, o sistema límbico cria uma resposta em seu cérebro baseada em suas memórias associadas com aquele aroma em particular. Sistema Olfativo: a porção do cérebro que controla a sensação de cheiro. Quando você inala o aroma de um óleo essencial, o aroma é processado no sistema olfativo do cérebro por meio do nervo olfativo. O sistema olfativo está conectado ao sistema límbico do cérebro, onde vivem suas emoções e memórias. Destilação a Vampor: O processo de destilação a vapor utiliza vapor aquecido e pressão para extrair os óleos essenciais das plantas. Este é o processo mais comum para a produção de óleos essenciais porque o método de pressurização protege os compostos químicos complexos encontrados nos óleos essenciais, e permitem que o óleo seja destilado em temperaturas abaixo do seu ponto de ebulição. Aplicação Tópica: A aplicação tópica de óleos essenciais é segura e eficaz para extrair os benefícios dos óleos essenciais para a pele e outros aspectos do corpo humano. Devido à sua formação química, os óleos essenciais podem facilmente penetrar na pele e oferecer benefícios concentrados à área de aplicação. Os óleos essenciais são facilmente absorvidos na pele; no entanto, você pode prolongar o benefício de um óleo essencial ao utilizar um óleo veicular para diminuir sua evaporação, permitindo que ele hidrate a pele. Toxicidade: O ponto no qual uma substância se torna nociva ao corpo. Substâncias aparentemente inofensivas como água, vitaminas e minerais, que são vitais à vida humana, podem se tornar tóxicas quando consumidas em doses inapropriadas. Enquanto os óleos essenciais possuem o potencial para toxicidade, a dose tóxica de um óleo essencial é sempre muito acima da dose recomendada. Compostos Aromáticos Voláteis: Os compostos naturais encontrados nas plantas. Feitos de pequenas moléculas orgânicas que se transformam rapidamente de um estado líquido ou sólido ao estado gasoso ao alcançar temperatura ambiente.

Tudo sobre Óleos Essenciais  
Tudo sobre Óleos Essenciais  
Advertisement