__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

R$ 25,00

f'-.= f'-.


ARQUITETURA

Residencial Villa Edith I Farkasvolgyi Arquitetura I Belo Horizonte

VOLUMETRIA E MATERIAIS DEFINEM PROPOSTA Instalado no coração da Savassi, uma das regiões mais valorizadas de Belo Horizonte, o Villa Edith é um edifício residencial de quatro apartamentos por andar mas que, externamente, transmite a impressão de abrigar um layout de duas unidades em cada pavimento. Essa proposta foi materializada pela volumetria e pelos revestimentos empregados nas fachadas .

ELEVAÇÃO· RUA FERNANDES TOURINHO

O EDIFÍCIO TEM 40 APARTAMENTOS DE TRÊS DORMITÓRIOS E QUATRO COBERTURAS DÚPLEX

FINESTR/1 2012 I nov-dez


ELEVA Ç Ã O - RUA L E V INDO LOPES

arquitetônico do Villa Edith era encaixar, num terreno de pequenas dimensõ es e com limi tações de altura impostas pelo órgão mun icipal do patrimônio, um ed ifício residencial com 40 apartamentos de três dormitórios e quatro coberturas dúplex, além de espaços de convívio e lazer. O terreno de 1,2 mil metros quadrados fica em uma valorizada esquina da Savassi, e m Be lo Horizonte. Outra condicionante e ra equ ilibrar a proposta de alto padrão com quatro unidades por andar. A solução apresentada pelo escritório Farkasvi:ilgyi Arquitetura buscou um suti l e minucioso jogo de elementos nas fachadas, capazes de ocultar do observador externo onde termina um apartamento e começa outro, ou qual seria a fachada principal da edificação. A altura para aquela área da Savassi, de 30 metros, é def inida pelo Conjunto Urbano Tombado Rua da Bahia e Adjacências, conforme determinação do Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Belo Horizonte [CDPCM - BHI A proposta aprovada pa ra a construção do Villa Ed ith extrapolou esse limit e, chegand o até a altura do edifício vizinho, segundo o arquiteto Bernardo Farkasvi:ilgyi. Para atend e r a todas essas cond icionantes buscou-se a cria ção de uma volumetria que surpreendesse, possibilitando a aprovação do projeto pe lo órgão de preservação do patrimônio. No corpo do edifício, o volume é simétrico, enquanto no embasamento, onde ficam garagens, porta ria, áreas técnicas, de apoio e de lazer, destacam-se a assimetria e a desc ontinuidad e com os pavi mentos- tipo, valorizando e acentuando a esquina onde o prédio está localizado. »

UM DOS DESAFIOS FOI EQUILIBRAR A PROPOSTA DE APARTAMENTOS DE ALTO PADRÃO EM UM EDIFÍCIO COM QUATRO UNIDADES POR ANDAR

•••••

<{

r:r

:::J 1-

w

1:::J

a

r:r

<{


ARQUITETURA

Residencial Villa Edith I Farkasvolgyi Arquitetura I Belo Horizonte

BM-09002 Bar ra chata de 4"x1/4" BM- 09003 Parafuso ca beça

pane la 4,2 x 13 mm

lD

f

I'

~

I ~i

GUA-039 BM- 09 00 4 Vidro laminado 8 mm

o z: a: w

1-

Projeção BM - 09 008 H= 120 mm

w o

Pino com rosca 01/2 " H= 120 m m

X

o

<( ...J

-

io/i I I I I I I I I I I I

I I I I I I I I I I I

. -L I - ·

GUA-157 BM-09010

CORTE DA ESTRUTURA DO GUARDA-CORPO

A ideia se acentua com a proposta de cantos fechados por panos de vidro ao longo dos três pavimentos do embasamento e nas janelas de quina dos andares-tipo. Em todo o embasamento , com pé -dire ito de 2,75 metros na área das garagens e 3,28 metros na parte em pilotis, as faces voltadas para as ruas Fe r nandes Tourinhó e Levindo Lopes receberam vidros laminados refletivos bronze de oito milímetros com caix ilh os internos, brises de alum ín io bronze , nos vãos das garagens, e revestimento em porcelanato. Os apartamentos de 108 metros quadrados têm três dormitórios com suíte e closet. Quartos e sa las ganharam varandas, respec tivamente de vidro reflexivo bronze, também em caixi lhos internos, e com gua rda-corpos de alvenaria . As esquadrias de canto revestem 5,67 metros lineares com refletivo laminado de oito milímetros , em vãos das paredes do quarto e banheiro social. Nos cantos onde os vid ros se encont ram, a fixação fo i feita sobre perf il de alumínio ; nos ·quartos há esquad ri a de correr e nos banhe iros, maxim -ar. Painéis de alumín io com padrão madei ra fecham a platafor ma técnica de ar-co ndi cionado em frente das janelas das cozinhas. Todas as fachadas têm parte do revestimento em porcelanato . [P or Cida Paiva] •


o ü

3 c

u

~ -'

"'

19

I

1° PAVIMENTO

•·

l <(

cr

::J 1-

w

1::J

[J

+ 2 ° PAVIMENTO

+

PAVIMENTO-TIPO

•·

PILOTIS

•••••

•·

cr

<(


ARQUITETURA

Residencial Villa Edith I FarKasVi:ilGyi Arquitetura I Belo Horizonte

- - - ·- - -

-,~ --·~~

Gu ar da-co rpo de vidro laminado refleX!ivo na

N

N

N

"'

"'

cor bronze

"'

N

N

N

VARANDA

DESPENSA

4:

0:: :::J 1-

w

1:::J

a

DE TAL HE DO BR ISE E JAN EL A EM L

V ARA ND A CEN TR AL F R O NTA L

0::

4:

FICHA TÉCNICA

Obra I Residencial Villa Edith Local! Belo Horizonte, MG Projeto I 2008 Conclusão da obra I 2o11 Área do terreno I 1.250,84 m 2 Área construída I 9.470,46 m 2 EQUIPE TECNICA

Arquitetura I Farkasvi:ilgyi Arquitetura - Bernardo Farkasvi:ilgyi (autor); Mariana Rodrigues (coordenado r a) ; Luis Fel1pe Dias Rocha , Daniela de Gusmão Figueiredo (colaboradores) ; Glauco Lúcio de Castro Moraes (estagiário)

Gerenciamento e construção I Constru tora Caparaó Fachadas I Construtora Caparaó (execução) FORNECEDORES

OS CA N TOS FEC H ADOS POR P ANOS DE V IDRO ESTÃO NO EMBASAMENTO E NAS JAN EL AS DE QUINA DOS PAVIMENTOS-T IP O

FINESTRII 2012 I nov-dez

Vidros I Divmal Perfis de alumínio I Alcoa Porcelanato I Portobello Brises I Projeto Alumínio

•••••

Profile for Farkasvölgyi Arquitetura

Revista Finestra nº 77 - Edifício Villa Edith  

Revista Finestra nº 77 - Edifício Villa Edith  

Advertisement