Issuu on Google+

Fotos: Divulgação/Freepik

MUNDIAL DE CLUBES: Robben e Ribéry machucados podem não jogar a final do Mundial Pág 8

9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014 | Ano I | Edição 08

s e r 1º o d a t r e b i L a 2º p o C CR

UZE

Felipão foca na primeira fase e não quer saber de final antecipada

GR

17º

IO

FLU

MIN

ATL É

TIC

ATL É

1 FLA

11º

ME

NG

O

R

VAS C

O

TIC

Pág 10

18º

O-P

19º

O-M

G

B Série Caiu

Brasil pode pegar Espanha e Holanda nas oitavas

Pág 2

IRO

Final do Brasileirão tem dois times cariocas rebaixados para Série B

EM

Pág 10

adida apresenta brazuca, a bola da Copa do Mundo

ACABOU

PON

TE

20º

NÁU TIC O

PRE

TA

ENS

E


6 7 8 9 10 11 12de janeiro de 2014 | 9 de5dezembro a 20

2 3 4

adidas apresenta a brazuca ao mundo Priscila Moraes/Divulgação

Divulgação/FIFA

Classificação Série A: Times

P

J

V

E

D

GP GC SG

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

TALA Esportivo

DIGITAL

Publisher: Richard Gutierrez contato@esportivotala.com.br www.esportivotala.com.br (construção)

A adidas brazuca, bola oficial da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, foi lançada de forma espetacular nesta terça-feira, 3 de dezembro. O belo Parque Lage, no Rio de Janeiro, foi o local do evento, com um show de luzes em 3D empolgando os presentes. Entre eles, o multicampeão Cafu e o meia holandês Clarence Seedorf. A brazuca, que significa brasileiro, é a bola da adidas mais testada de todos os tempos. Em dois anos e meio, ela passou por mais de 600 jogadores e ex-jogadores de primeira classe, como Iker Casillas, Daniel Alves, Lionel Messi, Bastian Schweinsteiger e Zinedine Zidane, além de 30 equipes em dez países de três continentes. A brazuca também foi usada na Copa do Mundo Sub-20 da FIFA deste ano, ainda que com um design diferente, e em um amistoso entre Suécia e Argentina em fevereiro. As cores e o design da brazuca simbolizam as tradicionais fitinhas multicoloridas utilizadas no país quando os brasileiros querem que um desejo se realize, além de refletir a vibração e a diversão do futebol pentacampeão do mundo. Ela tem uma inovação estrutural, com uma simetria única de seis painéis idênticos ao lado de uma diferente estrutura de superfície, proporcionando melhor aderência, toque, estabilidade e aerodinâmica no gramado. A série de bolas oficiais da adidas já tem um lugar único na história da Copa do Mundo. De

acordo com alguns dos jogadores que devem utilizá-la no Brasil 2014, a brazuca tem tudo para criar o seu próprio legado, tal como aconteceu com antecessoras como Telstar, Tango e Tricolore. “A brazuca tem um design impressionante e que parece inspirado no Brasil”, disse Casillas. “Agora, com o lançamento da bola, dá para sentir que a Copa está muito mais perto. Estou ansioso para jogar no Brasil com esta excelente bola.” “A minha primeira impressão da brazuca é de uma bola fantástica”, completou Daniel Alves. “Vamos nos divertir muito com ela. A adidas criou uma bola com uma aparência incrível, digna de um torneio tão grande como a Copa do Mundo da FIFA. E o mais importante: ela é boa de jogar tanto no chão como no ar. Tenho certeza de que os jogadores vão adorá-la! Ela elevou ainda mais a minha expectativa. Sinceramente, mal posso esperar pelo jogo de abertura!” A brazuca estará disponível para venda mundialmente a partir de quarta-feira, 4 de dezembro, em lojas selecionadas da adidas, em listas de estoque associadas e na loja oficial do FIFA. com. Além disso, qualquer criança nascida no Brasil em 3 de dezembro, dia do lançamento oficial, terá direito a uma brazuca grátis, por cortesia da adidas. Fonte: FIFA.com


9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014 |

2 3 4

Obs.: Todas as fotos publicadas são autorizadas pelo responsável

PARTICIPE: Envie sua foto no nosso e-mail arte@esportivotala.com.br que publicamos seu Torcedor Mirim Fotos: Divulgação

Bernardo batendo um bolão com o uniforme do TRICOLOR

Gustavo da Costa(5 anos) muito feliz com o VERDÃO voltando para Série A

Julia Moscallegra (10 anos) batendo um rango depois do jogo do TRICOLOR

Nicholas(10 anos) e Kaue(11 anos) é só alegria com a bandeira do TIMÃO

João Pedro TIMÃO de coração

Vinícius Rodrigues Esteves(2 anos) TIMÃO de coração

5 6 7


2 3 4

| 9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014

5 6 7 8 9 10 11 12

BRASILEIRÃO

ano melancólico com derrota para o Náutico Náutico e Corinthians não prometia ser um grande jogo. O Timbu, já rebaixado, fez uma das piores campanhas da história do Campeonato Brasileiro, enquanto o Timão, por sua vez, decepcionou sua torcida este ano e ficou marcado como time do 0 a 0. De fato, o jogo não foi dos melhores. O Timão se despediu de Tite e Alessandro após mais uma péssima atuação, e com derrota para o lanterna. A vitória foi positiva para o Náutico para não se tornar o pior time da história dos pontos corridos. O Timbú, com o triunfo, ultrapassou o América de Natal, pior lanterna até então. Apesar de tudo, o Corinthians foi melhor na primeira etapa. Nas boas subidas de Edenílson pela direita, sempre surgia uma oportunidade. Em uma delas, Pato mandou, de cabeça, para fora. Além de Edenílson, Romarinho também foi uma importante arma ofensiva do Corinthians na primeira etapa. O jovem atacante foi quem mais chutou, mas, em todas as vezes, não obteve sucesso. Fonte: ogol.com.br

Wagner Carmo/VIPCOMM

TIMÃO encerra


9 de dezembro a 20 de janeiro de 20142 |3

4

5 6 7 8

O SÉRIE A:

Coritiba vence São Paulo e se livra do rebaixamento O Coritiba dependia apenas de uma vitória para não ser rebaixado novamente. O jogo era em Itu, contra o São Paulo, que, segundo Muricy, jogaria para ganhar. De fato, o Tricolor até tentou, mas a pontaria foi falha mais uma vez. E o Coxa venceu por 1 a 0. Com o resultado, a equipe da capital paranaense conseguiu se salvar do rebaixamento, chegando aos 48 pontos. A equipe de Muricy, por sua vez, que já não tinha mais nada para fazer na competição, terminou em nono. Coxa no contra-ataque A partida foi brigada nos primeiros minutos. A bola ficava bem mais parada que rolando. Quando rolou, Ganso quase marcou. Aos 7, o craque sãopaulino arriscou chute, mas a bola bateu na trave. Quando a bola rolava, o São Paulo era melhor. Com boa movimentação dos três atacantes o Tricolor chegava mais ao ataque que o Coxa, que só chegava em faltas cobradas por Alex ou em bolas no alto. O gol do Coxa veio exatamente em uma bola aérea. Leadro Almeida ajeitou de cabeça na área e Luccas Claro chutou de canhota para abrir o placar para a equipe visitante. São Paulo finaliza mal O gol fez o São Paulo partir para o ataque. Aos 20, Douglas bateu cruzado, e ela passa sem ninguém colocar para dentro. A postura do Tricolor abriu espaços para a equipe visitante que quase marcou em um contra-ataque, com Júnior Urso, mas o meia chutou para o alto. O segundo tempo manteve a tendêndia do primeiro: São Paulo atacando, Coritiba contra-atacando. Aos nove, em um contra-golpe a bola sobrou na área para Alex, que finalizou na trave.

O Tricolor voltou a levar perigo aos 28, quando Reinaldo chutou, mas ela passou e saiu. A resposta do Coxa veio logo depois, quando Lincoln bateu cruzado, e ela foi na trave novamente. Apesar das finalizações, o São Paulo não conseguiu marcar. Todos os chutes passaram longe. E longe da Série B ficará o Coritiba na próxima temporada. Fonte: ogol.com.br

Washington Alves/VIPCOMM


2 3 4

| 9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014

5 6 7 8 9 10 11 12

BRASILEIRÃO

Santos vence no Serra Dourada e ‘tira’ Goiás da Libertadores

Marcello Zambrana/VIPCOMM

O Santos venceu neste domingo o Goiás, por 3 a 0, e frustrou os planos do time Esmeraldino, que ambicionava um lugar na Copa Libertadores 2014. O Goiás entrou em campo dependendo apenas de si próprio para garantir o quarto lugar e alimentar o sonho de ir para a Libertadores. No entanto, do outro lado estava um time que embora já não tivesse aspirações na competição, jogou para valer e arruinou a vida do Esmeraldino. Logo aos seis minutos, Arouca cruzou na cabeça de Cícero, que desviou para o fundo das redes. Do outro lado, Rodrigo, também de ca-

beça, mandou a bola para o gol, mas viu Cicinho salvar em cima da linha e evitar o empate. O time de Walter, Hugo e companhia fez de tudo para igualar o placar, mas acabou sofrendo um duro golpe no finalzinho do primeiro tempo. Montillo acertou ótimo chute de fora da área e colocou a bola no cantinho. 2 a 0! Montillo voltou a deixar a sua marca na segunda etapa, fechando a goleada. Fonte: ogol.com.br


3 4 |5 9 de dezembro a 20 de janeiro de2 2014

6 7 8 9 10 11

O SÉRIE A: Luiz Pires/VIPCOMM

Lusa empata com Grêmio e permanece no Brasileirão A Portuguesa encerrou a sua participação na temporada 2013 com um empate sem gols contra o Grêmio na tarde deste domingo, no Canindé. O confronto foi marcado por poucas chances de gols em ambos os lados, que pararam nas boas defesas dos goleiros Lauro e Dida. Com este resultado, o time gaúcho ocupa a vice-liderança, com 65 pontos, enquanto o clube paulista está na décima segunda posição, com 48 pontos, e assegura a sua permanência na elite do futebol nacional em 2014. Com o final da temporada 2013, a Portuguesa volta a campo no clássico contra o Corinthians no dia 19 de janeiro de 2014, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. Por sua vez, o Grêmio tem pela frente o São José, pelo Campeonato Gaúcho. Fonte: ogol.com.br

TÁLÁ a sua entrega na hora certa:

OPERAÇÃOURBANA URBANACOM COM OPERAÇÃO DISTRIBUIÇÃONO NOLITORAL LITORALSUL-SP SUL-SP DISTRIBUIÇÃO


4

| 9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014

5 6 7 8 9 10 11 12

O Mundial de Clubes corre o risco de ser disputado sem suas duas principais estrelas. Enquanto Ronaldinho Gaúcho corre para se recuperar a tempo no Atlético Mineiro, e agora Ribéry, do Bayern de Munique, com uma costela fraturada, também é dúvida. Ribéry foi afetado pelo que os europeus apelidaram de “Vírus Fifa”. O meia-atacante participou da reação fantástica da França sobre a Ucrânia, que valeu vaga na Copa, mas acabou lesionado na costela. Quem pode pagar caro é o seu clube, o Bayern. “Eu não sou médico. Ele ficará fora por mais tempo que o esperado. Temos um mês para a final em Marrakesh,

espero poder contar com ele para o Mundial de Clubes da Fifa”, lamentou Pep Guardiola. Ribéry certamente não estará apto para o jogo deste sábado, o grande clássico da atualidade no Campeonato Alemão, contra o Borussia Dortmund. A partida é uma reedição da final da Liga dos Campeões passada. Embora não tenha marcado na decisão, o francês foi premiado como melhor da Uefa por sua contribuição no título do time bávaro. Fonte: ogol.com.br

Desfalque no Bayern: Robben deve jogar somente a final Má notícia para o Bayern de Munique, e para Pep Guardiola. Robben deixou o campo lesionado contra o Augsburg, com corte profundo no joelho, e o caso é mais grave do que o esperado de início, podendo deixar o atacante fora por seis semanas. A presença no Mundial de Clubes está descartada. A cena assustou a quem assistia a partida. O goleiro do Ausburg, Marwin Hitz, entrou com carrinho criminoso nas pernas de Robben. O lance já não valia nada, pois o árbitro marcava impedimento. O atacante foi ao chão de imediato, com forte sangramento na altura do joelho.

Após avaliação médica, ficou constatado um corte profundo, chegando até o osso. “Obviamente estou desapontado. Mas vou voltar em forma para atingirmos os objetivos da temporada”, lamentou Robben. O holandês, que já foi conhecido como “Homem de Vidro” por suas frequentes lesões, desfalcará o Bayern de Munique, inicialmente, por seis semanas. Com isso está descartada a presença de Robben no Mundial de Clubes - a estreia do time bávaro no torneio será no dia 17, contra o vencedor do duelo entre o campeão da Ásia e o campeão de África: Ghangzou Evergrande x Al-Ahly. Fonte: ogol.com.br

TÁLÁ o ADVOGADO que você precisa:

CAVALCANTE & WINTER

11

4963-5353

A D V O G A D O S

Av. Salgado Filho, nº 1.560 - 3º andar - Sala 34 - Centro - CEP 07115-000 - Guarulhos - SP

Fotos: Divulgação/Freepik

Com fratura na costela, Ribéry é dúvida no Mundial de Clubes


4 2014 2 3 de 5 6 7| 8 9 de dezembro a 20 de janeiro

Fotos: Jefferson Bernardes/VIPCOMM

Brasil pega

Croácia, México e Camarões Cafu (Brasil)

O Brasil escapou do Grupo da Morte, mas não tem motivos para ficar tranquilo. Croácia, México e Camarões, adversários na fase de grupos, prometem fazer jogo duro. O Brasil estreia contra a Croácia, em São Paulo, no dia 12 de junho, segue para Fortaleza, onde faz o segundo jogo, contra o México, no dia 17, e

Zidane (França)

termina a fase de grupos no dia 23, contra o Camarões, em Brasília. A Croácia foi rival do Brasil na Copa do Mundo de 2006. A seleção comandada por Carlos Alberto Parreira venceu, também na estreia, por 1 a 0. As duas equipes se encontraram mais uma vez, em jogo que terminou empatado em 1 a 1, em 2005.

Canavarro (Itália)

O segundo grupo será contra o México, carrasco recente do Brasil. Em Copas do Mundo, no entanto, a seleção brasileira só guarda boas lembranças. Foram três encontros, todos com vitória verde-amarela, 11 a 0 na soma dos placares. O último adversário, o Camarões, se encontrou quatro vezes com

Hurst (Inglaterra)

o Brasil. A seleção africana perdeu três dos encontros e venceu apenas um. Em Copas do Mundo, as duas seleções se encontraram em 94, ano do quarto título mundial brasileiro. O resultado foi 3 a 0, com gols de Romário, Márcio Santos e Bebeto. Fonte: ogol.com

Brasil faz a abertura contra a Croácia no dia 12 de junho, em São Paulo

Cafu assistente do sorteio

A Seleção Brasileira, cabeça de chave do Grupo A, ganhou no sorteio realizado na Costa do Sauípe a companhia de Croácia, México e Camarões, os adversários na primeira fase, a classificatória para as oitavas de final da Copa do Mundo de 2014. O Brasil estreia no dia 12 de junho contra a Croácia, às 17 horas, no Itaquerão, em São Paulo. O segundo jogo será no dia 17 de junho contra o México, às 16 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza.

O terceiro e último jogo da fase de classificação será contra Camarões, no Estádio Mané Garrincha, no dia 23, às 17 horas, em Brasília. O Brasil venceu o México por 2 a 0 em sua estreia na Copa do Mundo de 1962. Venceu Camarões por 3 a 0 na Copa do Mundo de 1994. A Croácia foi derrotada por 1 a 0 na Copa do Mundo de 2006. Fonte: Assessoria /CBF

9 10 11 12


| 9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014

6 7 8 9 10 11 12

Brasil pode pegar Espanha ou Holanda nas oitavas da Copa

Louis Van Gaal, técnico da Seleção Holandesa

O sorteio da Copa do Mundo, realizado hoje, na Costa do Sauípe, trouxe um grupo não tão complicado para o Brasil, mas uma preocupação a curto prazo: as oitavas-de-final da competição. A seleção brasileira ficou no Grupo A, ao lado de Croácia, Camarões e México, seleções consideradas de nível médio. A preocupação maior de Felipão e companhia vem na fase seguinte, quando o Brasil enfrenta o representante do Grupo B, um dos grupos mais fortes do torneio. O Grupo B, de onde vem o adversário do Brasil na fase seguinte do Mundial, conta com Espanha, Holanda, Chile e Austrália. Os dois primeiros países, inclusive, fizeram a decisão do último Mundial, na África do Sul. A seleção holandesa teve que derrotar o próprio time brasileiro no caminho até a final. O jogo das oitavas, que será quase uma decisão, acontecerá no dia 28 de junho, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, se o Brasil ficar em primeiro no grupo, ou no Castelão, no dia 29, se terminar em segundo. Fonte: ogol.com

Fotos: Jefferson Bernardes/VIPCOMM

Vicente del Bosque, técnico da Seleção Espanhola

Felipão foca na primeira fase e tenta esquecer possível ‘final antecipada’ Luiz Felipe Scolari analisou o grupo do Brasil na Copa do Mundo e elogiou Croácia, Camarões e México. O treinador reconheceu ter escapado de um “Grupo da Morte”, mas previu confrontos complicados para a seleção brasileira. “Eu acho que teve um ou dois grupos diferentes e com mais dificuldade. A Croácia disputa a sexta copa, o Camarões é a quinta, o México é tradicional. Não tem grupo fácil”, explicou o técnico. Felipão não quer pensar na frente. A possibilidade de enfrentar Espanha e Holanda nas oitavas não passa pela cabeça do treinador, que quer antes garantir a classificação. “A gente tem de pensar na primeira fase. Se pensarmos na segunda deixamos de lado os oponentes da primeira, que são importantes, Croácia tem um fute-

bol bem jogado, Camarões teve suas proezas e o México é sempre muito difícil”, comentou. O fato de estrear contra a Croácia, rival europeu, na estreia, é uma vantagem para Felipão. O treinador acredita que os europeus vão sofrer no início com a adaptação ao país. “Agrada estrear contra uma seleção europeia pelo tempo de adaptação ao Brasil. Nós vamos adquirindo melhores condições conforme formos jogando, mas moramos aqui, trabalhamos aqui e conhecemos o país, então para nós é melhor”, disse. “Tem que jogar bem e passar. Se tivessemos em um grupo mais forte, teria que jogar da mesma forma. É importante que, em uma competição com três jogos, a gente comece muito bem”, completou. Fonte: ogol.com

Felipão técnico da seleção


2 3 4 de 5 62014 7 8 |9 10 11 9 de dezembro a 20 de janeiro

Grupo A Brasil

Copa do Mundo 2014

Croácia

México

Camarões

Grupo B Espanha

Holanda

Chile

Austrália

Grupo C Colombia

Grécia

Costa do Marfím

Japão

Grupo D Uruguai

Costa Rica

Inglaterra

Itália

Grupo E Suíca

Equador

França

Honduras

Grupo F Argentina

Bósnia

Irã

Nigéria

Grupo G Alemanha

Portugal

Gana

Estados Unidos

Divulgação/VIPCOMM

Grupo H Bégica

Argélia

Rússia

Coreia do Sul

12


8 9 10 11 12

| 9 de dezembro a 20 de janeiro de 2014

Grupos: ‘PAULISTÃO 2014’ GRUPO A

GRUPO B

GRUPO C

GRUPO D

São Paulo

Corinthians

Santos

Palmeiras

Penapolense

Botafogo

Ponte Preta

Mogi Mirim

Linense

XV de Piracicaba

São Bernardo

Bragantino

A. Sorocaba

Ituano

Paulista

Oeste

Comercial

Audax

Portuguesa

Rio Claro


Esportivo TÁLÁ ed08