Page 1

DETETIVES EM AÇÃO:

Os grandes Mistérios


Capa

Ilustração: Roger Oliveira Souza

Ilustração

Ana Karolina Vieira dos Santos Andrielly Cassimira Cristovam da Silva

Brayan Anthony Cardoso Neves Gabrielly Cristina da Silva João Victor de Souza Parise Maria Eduarda Xavier da Silva Maria Julia Lino dos Santos Mateus Lima Barbosa Nadine Kelly Negrão Dorea Nicolas Apparecido da Silva

Raphael Derik Nunes Santana Roger Oliveira Souza Sabrine Emanuelly de Oliveira Augusto Stefany Lopes Dias Bandeira Wesley de Castro Mota Willian Reis Vieira

Produção editorial, Projeto gráfico e Revisão

Alessandra Paula Pereira

E.M. Etelvina Cáfaro Salustiano

Volume I 2019


SUMÁRIO

• A VINGANÇA ........................................................................3 • ATRAS DAS CORTINAS.......................................................6 • OS CORAJOSOS..................................................................8 • O HOMEM QUE MORREU DE TRAUMA............................11 • A CASA ASSOMBRADA.....................................................13 • A MORTE OU O HOMEM....................................................15 • A FLORESTA NEGRA.........................................................17 • A MORTE E O HOMEM.......................................................19 • A VELHA CASA ASSOMBRADA........................................21 • DETETIVE CALABRAS E AS JOIAS ROUBADAS............23 • O FILHO ASSUTADOR ......................................................24 • O GATO ASSASSINO.........................................................26 • O HOMEM DA CAPA PRETA..............................................27 • O HOMEM QUE DERROTOU A MORTE............................29 • A CASA MAL ASSOMBRADA............................................31


A VINGANÇA

ERA UMA VEZ UMA MENINA MUITO POBRE, NASCIDA NA PERIFERIA DA CIDADE SUA FAMÍLIA ESTAVA COM GRANDE DIFICULDADE E MUITAS VEZES FALTAVA COMIDA NA MESA, A FOME ERA CONSTANTE, MAS NADA FAZIA GISELE DESANIMAR.ALGUMA COISA DENTRO DELA FAZIA ACREDITAR QUE O FUTURO IRIA ACONTECER. DIAS MELHORES PARA A FAMILIA, E O FUTURO ESTAVA LIGADO NO TALENTO QUE GISELE POSSUIA. NEM ELA MESMA SABIA QUE O BALLET IRIA SER A SALVAÇÃO FINANCEIRA DA QUELA POBRE FAMÍLIA. GISELE GOSTAVA DE BALLET, SEMPRE QUE PODIA TREINAVA ALGUNS PASSOS NA LAJE DE SUA CASA SEM QUALQUER TÉCNICA APURADA. DESCALÇA, SEM SAPATILHA SENTIA OS PÉS DOEREM. MAS SEU TALENTO ERA VISÍVEL NA LEVEZA DO SEUS GESTOS. FOI DURANTE UM DESSES ENSAIOS SOLITÁRIOS QUE A SORTE PAROU PELA VIDA DE GISELE. ENQUANTO ELA ENSAIAVA NA LAJE DA SUA CASA NA PERIFERIA, UM FAMOSO DIRETOR DO TEATRO NACIONAL DE BALLET PASSOU PELA RUA E RECONHECEU NA HORA O TALENTO DAQUELA VIRTUOSA BAILARINA.


A PARTIR DAQUELE MOMENTO A VIDA DE GISELE IRIA MUDAR, MAS O QUE ELA NÃO SABIA QUE ESSA MUDANÇA SERIA PARA PIOR. GISELE GANHOU UMA BOLSA DE ESTUDOS E PASSOU A FAZER PARTE DO CORPO DE BAILARINAS DO TEATRO E O SEU TALENTO CAUSAVA CIÚMES NAS DEMAIS BAILARINAS DA TRUPE. GISELE ERA POBRE E PASSOU A SER DESCRIMINADA PELAS COLEGAS E VIVIA ISOLADA, AS OUTRAS BAILARINAS RIAM DELA, FAZIAM BULLING E SEMPRE DIZIAM QUE GISELE NÃO ERA BEM VINDA. SEMPRE QUE POSSÍVEL FAZIAM QUESTÃO DE HUMILHÁ- LA, PRINCIPALMENTE POR CAUSA DA SUA CONDIÇÃO SOCIAL. CERTA VEZ, DURANTE OS PREPARATIVOS DA APRESENTAÇÃO, QUANDO JÁ ESTAVA PRONTA PARA ENTRAR EM CENA, UMA BAILARINA DE PROPÓSITO DERRUBOU UM LÍQUIDO ESCURO, SUJANDO A ROUPA DE GISELE. ERA UMA SEQUÊNCIA SEM FIM DE MALDADES, COLOCAVAM O PÉ PARA QUE ELA TROPEÇASSE, RASGAVAM SUAS ROUPAS, ESCONDIAM AS SAPATILHAS ANTES DE ENTRAR EM CENA, SABOTAVAM O PRENDEDOR DE CABELO COLOCANDO TINTA NO LUGAR, MAS GISELE NÃO SE IMPORTAVA COM AS MALDADES, POIS SABIA QUE ERA OPORTUNIDADE DE MOSTRAR O SEU TALENTO. PARA DANÇAR, VALIA MUITO MAIS DO QUE O BULLYING PROVOCADO PELAS COMPANHEIRAS. A SITUAÇÃO PIOROU AINDA MAIS QUANDO AS OUTRAS BAILARINAS PERCEBERAM O INTERESSE DE LUIZ . LUIZ FOI ELEITO PRIMEIRO BAILARINO DO ELEITO POR SUA BELEZA E HABILIDADE NA DANÇA, MAS UMA TRAGEDIA ESTAVA PARA ACONTECER. DURANTE UMA APRESENTAÇÃO DE UM ESPETACULO, ‘A MORTE’, A BAILARINA QUE NUTRIA A GRANDE ÓDIO E INVEJA POR GISELE EMPURROU-A DO PALCO. GISELE BATEU A CABEÇA NA QUINA DO PALCO, LEVANDO-A A MORTE. ANTES QUE A MORTE A LEVASSE PARA O INFINITO GISELE JOGOU UMA PRAGA TERRÍVEL E DISSE: - ODEIO VOCÊS TODOS, VÃO VER MINHA VINGANÇA!


POR MAIS TRISTE QUE PODIA SER, UMAS BAILARINAS RIRAM ENQUANTO GISELE ERA REVERENCIADA EM SEU LEITO DE MORTE. MAS AS VOZES COMEMORAVAM PELO DESLAÇO DA COMPANHEIRA. A FAMÍLIA QUE SOFREU PELA PERDA DA QUERIDA GISELE. MAS A ALMA DE GISELE NÃO DESCANSOU. COISAS ESTRANHAS COMEÇARAM A ACONTECER, QUANDO AS BAILARINAS DANÇAVAM, PERDIAM A CONCENTRAÇÃO E A SEQUÊNCIA DE FATOS DE SUSTOS NUNCA ACABAVA. UM DIA UMAS DAS BAILARINAS PEGOU A SAPATILHA PARA CALÇAR E PERCEBEU QUE ESTAVA CHEIA DE SANGUE. SEMPRE QUE UMA APRESENTAÇÃO IA COMEÇAR ARREPIOS DE MEDO E TERROR PERCORRIAM. ATÉ OS MAIS DESCRENTES PARTICIPAVAM DE UMA ORAÇÃO, MAS NO INÍCIO DO ESPETÁCULO, ELES SE DEPARAVAM COM A ALMA DE GISELE, TODAS AS PESSOAS QUE XINGARAM GISELE VIVIAM APAVORADAS, PORQUE ERA UMA MISSÃO DE MORTE. ESSA ERA A VINGANÇA, NUNCA MAIS AS BAILARINAS CONSEGUIRAM DANÇAR, PORQUE NINGUÉM VENCE UMA ALMA IMPLÁCAVEL, PORQUE A ALMA DE GISELE QUE SEMPRE RECEBIA OS APLAUSOS.

AUTOR: RAPHAEL NUNES


ATRÁS DAS CORTINAS

EM UMA NOITE FRIA E ESCURA, UM HOMEM CAMINHAVA EM MEIO AQUELAS RUAS DESERTAS COM AS MÃOS NO BOLSO E O CAPUZ DA BLUSA EM SUA CABEÇA, ELE ALI CAMINHAVA SOZINHO SEM PERCEBER QUE POR TRÁS DAS CORTINAS DE UMA JANELAS ALGUÉM OBSERVAVA SEUS PASSOS, ELE SE SENTIA MAL. INSEGURO E DESCONFIADO, CAMINHOU ATÉ O FINAL DA RUA ATÉ CHEGAR NA ESQUINA DA ÚLTIMA RUA, ELE SE SENTOU NA CALÇADA E LIGOU PARA UM DETETIVE, PASSOU HORAS ESPERANDO ATÉ QUE O DETETIVE CHEGOU E PERGUNTOU: - QUAL É O SEU NOME? - É...FREDERICO. - AONDE É A CASA? - NO COMEÇO DA ÚLTIMA RUA! O DETETIVE ENTROU NA CASA DESCONHECIDAELA NÃO TINHA NÚMERO, QUANDO ELE ENTROU VIU QUE A CASA ERA VELHA,SUJA E BAGUNÇADA CHEIA DE RATOS E ARANHAS, ELES OUVIRAM UM BARULHO NA PORTA, ERA UMA MULHER LINDA SÓ QUE MENTIROSA QUE ARMAVA CILADAS PARA HOMENS, ELES SAÍRAM DEBAIXO DE UMA CAMA MOFADA E BEM NESSA HORA ELES OUVIRAM UM GRITO: -SOCORRO!


ELES FORAM VER E ELA ERA ESPERTA E CHATA, MATOU MAIS DOIS HOMENS LEGAIS E BONITOS, OUTROS DETETIVES FORAM CHAMADOS POR ELA, ELA CONTOU QUE DOIS HOMENS HAVIAM ACABADO DE SAIR CORRENDO MAS ERA TUDO MENTIRA CORRERAM ATÉ QUE AVISTARAM UMA JOVEM E COMO ELA TINHA VISTO TUDO FALOU APENAS A VERDADE: - ELA MENTIU! ELA ENGANOU VOCÊS SÓ PARA MATÁLOS! - VIU NÃO PODEMOS ACREDITAR EM NINGUEM!VIU O QUE ELA FEZ?ELA FEZ UM ÓTIMO PAPEL DE ATRIZ E NÓS SÓ FOMOS ATORES CONVIDADOS!

AUTORA: MARIA JÚLIA


OS CORAJOSOS

MAICOM ERA UM PRÍNCIPE MUITO RICO SUA MÃE E SEU PAI SE CHAMAVAM MANUELA E ROGÉRIO, ELES AMAVAM O SEU FILHO. CERTO DIA, MAICOM CAVALGAVA, QUANDO VIU UMA BELA MOÇA CHAMADA VITÓRIA, COMEÇOU A CHOVER ENTÃO O PRÍNCIPE DISSE: - SUBA NO MEU CAVALO E VAMOS AO MEU CASTELO. A MOÇA NÃO TINHA ESCOLHA, ENTÃO SUBIU NO CAVALO, OS DOIS JUNTOS FORAM ATÉ LÁ, CHEGANDO NO CASTELO O PRÍNCIPE TOMOU UM BANHO, ENQUANTO ISSO A MOÇA ESTAVA NO QUARTO DE HÓSPEDES TINHA CAMA, QUADROS, GUARDA ROUPA, PENTEADEIRA E TAMBÉM ALGUMAS ROUPAS E JÓIAS PARA MOÇA, ERA O MELHOR QUARTO DO CASTELO. ENQUANTO ELA DIVIDIA UM QUARTO COM MAIS DUAS IRMÃS NUMA CASINHA MUITO APERTADA E SEUS PAIS HAVIA MORRIDO. O PRÍNCIPE SAIU DO BANHO E OUVIU UM SOCORRO VINDO DA SALA, MAICOM FOI CORRENDO, A MOÇA LOGO ATRÁS, CHEGANDO LÁ OS DOIS VIRAM BASTANTE SANGUE ESPALHADOS NO CHÃO E TAMBEM NOS MÓVEIS, ENTÃO LOGO EM SEGUIDA LEMBROU DE CHAMAR SUA MÃE E SEU PAI, ENTÃO ELE DISSE: - MÃE! PAI! AONDE VOCÊS ESTÃO? ESTOU FICANDO ASSUSTADO!


ENTÃO NÃO RESPONDERAM, OS PAIS HAVIAM MORRIDO. VITORIA ENTÃO DISSE: - VAMOS LOGO, VAMOS ENCONTRAR PESSOA QUE MATOU OS SEUS PAIS!

ESSA

OS DOIS, CORRERAM BASTANTE SEGUINDO OS RASTROS DE SANGUE E TAMBÉM AS JÓIAS ROUBADAS. ENTÃO MAICOM DECIDIU CHAMAR A POLICIA REAL, MAS ELA NÃO VEIO, CRIOU CORAGEM E FOI SEGUINDO EM FRENTE COM A BELA MOÇA, QUANDO VIU UMA ESTRADA DESERTA, ENTÃO OS DOIS SEGUIRAM EM FRENTE E VIU UMA BARRACA, QUANDO ENTRARAM HAVIA 7 PORTAS ENTÃO OS DOIS DECIDIRAM ENTRAR NA QUARTA PORTA ELES ABRIRAM COM BASTANTE MEDO DE REPENTE VIRAM UMA VIDENTE ENTÃO ELE PERGUNTOU: -VOCÊ SABE QUEM MATOU OS MEUS PAIS ONDE EU POSSO ENCONTRÁ-LOS? – PERGUNTOU O JOVEM BASTANTE NERVOSO. A VIDENTE ENTÃO RESPONDEU:

- VOCÊ SABERÁ SÓ SEGUIR EM FRENTE. OS DOIS SEGUIRAM O CONSELHO DA VIDENTE. ENTÃO ELES ANDARAM, ANDARAM BASTANTE, LOGO EM SEGUIDA VIRAM DOIS SACOS PRETOS AMARRADOS NO CHÃO COM BASTANTE SANGUE. QUANDO MAICOM DISSE MUITO NRVOSO PARA JOVEM: - SERÁ QUE EU ABRO O SACO?

QUANDO O PRÍNCIPE ABRIU ERAM SEUS PAIS E UMA ARMADILHA. ENTÃO VIERAM DOIS HOMENS COM A ROUPA TODA PRETA NÃO DAVA NEM PARA VER O ROSTO DIREITO. LOGO EM SEGUIDA OS HOMENS AGARRARAM OS JOVENS MAS O PRÍNCIPE DEU UMA COTOVELADA EM UM DOS BANDIDOS, ENTÃO FUGIU COM A JOVEM VITORIA, O PRÍNCIPE SEGUIU OS HOMENS COM A JOVEM, NESSE MOMENTO PARARAM EM UMA CASINHA BEM PEQUENA,


APERTADA E FEDIDA, TAMBÉM ESCURA. OS ASSASSINOS ENTRARAM MAS NÃO SABIAM QUE O PRÍNCIPE ESTAVA SEGUINDO E TAMBEM ENTROU NA CASA ABANDONADA. QUANDO CHEGOU LÁ, VITORIA ESTAVA AMARRADA EM UMA CADEIRA E OS BANDIDOS ESTAVAM DISTRAÍDOS EM OUTRO CÔMODO DA CASA QUE ERA O QUARTO. ENQUANTO ISSO O PRÍNCIPE COLOCOU A JOVEM FORA DAQUELA CASA E DESAMARROU A MOÇA E OS DOIS FUGIRAM. QUANDO ELES CORRERAM OS BANDIDOS OUVIRAM AQUELE BARULHO QUANDO SE FECHA A PORTA DO QUARTO E ERAM REALMENTE OS PAIS DO PRÍNCIPE FECHANDO OS BANDIDOS FICARAM DESESPERADOS E COM MEDO DE FICAR NAQUELE QUARTO ESCURO ENTÃO DUAS VOZES FALARAM AO MESMO TEMPO: - QUEM MATA MERECE SER CASTIGADO. DE REPENTE UMA VOZ DE MULHER FALOU: - MAS NÓS DUAS MERECEMOS SAIR DAQUI! - SIM. VAI QUE SÃO SEUS PAIS - DISSE A MOÇA. - ENTÃO OS FANTASMAS DOS PAIS DO PRÍNCIPE DESCOBRIRAM QUE AQUELES BANDIDOS QUE MATARAM ERAM AS DUAS IRMÃS DA JOVEM MOÇA SE VINGANDO. O PRINCIPE E A JOVEM CHEGARAM NO CASTELO E MAICOM DISSE A VITORIA : - O QUE VOCÊ QUER EM TROCA POR DEMONSTRAR ESSE LINDO ATO DE CORAGEM. - EU QUERO APENAS ME CASAR COM VOCÊ - DISSE A MOÇA. ENTÃO PASSARAM-SE 2 ANOS E O PRINCIPE SE CASOU COM A MOÇA, VIRARAM REI E RAINHA E TIVERAM UMA FILHA CHAMADA LAVINIA E AS IRMÃS DA JOVEM MORRERAM SUFOCADAS DENTRO DA CASA ABANDONADA. AUTORA: ANA KAROLINA


O HOMEM QUE MORREU DE TRAUMA

ERA UMA VEZ, UM HOMEM POBRE E INÚTIL CHAMADO LUIZ. ELE MORAVA NA RUA E VIVIA PEDINDO ESMOLA PARA SOBREVIVER. UM DIA, ELE ESTAVA COM TANTA FOME QUE RESOLVEU SE FINGIR DE CEGO E O OUTRO MORADOR DE RUA DEU SEU ÚNICO PÃO. LUIZ PEGOU O PÃO E SAIU CORRENDO DIZENDO ADEUS AO OUTRO MORADOR QUE SE CHAMAVA TED, ENTÃO TED FALOU: - VOCÊ ME PAGA! O HOMEM NEM LIGOU E SAIU ATRÁS DE OUTRAS PESSOAS PARA ENGANAR. O HOMEM VIU QUE ESTAVA ESCURECENDO E TINHA VISTO UMA CASA ABANDONADA E ELE ENTROU SE PASSOU UMA SEMANA, DOIS MESES E LOGO JÁ HAVIAM PASSADO UM ANO. ATÉ QUE ELE COMEÇOU A OUVIR ALGUMAS VOZES, ELE NEM LIGOU E FALOU: - DEVE SER OUTRAS PESSOAS ALI FORA. NO OUTRO DIA A VOZ APARECEU NOVAMENTE DIZENDO: - EU TE PEGO. E COMEÇARAM NA BATER NA PORTA, ELE ABRIU E


VIU UM VULTO PRETO CORRENDO PARA O MATO. O HOMEM FOI DORMIR O HOMEM FICOU COM MEDO AI ESCURECEU E ELE OUVIU UMA VOZ DIZENDO: - HOJE VOCÊ ME PAGA!

- QUEM É!? PERGUNTOU LUIZ. - NÃO SE LEMBRA DE MIM? O CARA QUE VOCÊ ENGANOU! - DESCULPA...DESCULPA! APAVORADO.

O

HOMEM

GRITAVA

O HOMEM APARECEU NA FRENTE DELE E DE TANTO MEDO ELE MORREU DE TRAUMA. UM DIA UM GRUPO DE ADOLESCENTES QUE ESTAVAM EM UM ACAMPAMENTO, ENTROU NA CASA E VIRAM O HOMEM, ELES LEVARAM O HOMEM PARA FAZER O VELÓRIO. FIZERAM O VELÓRIO E NO DIA DO ENTERRO TED FOI E DISSE: - EU DISSE QUE VOCÊ IA PAGAR. E NINGUEM NUNCA SOUBE QUEM MATOU LUIZ.

AUTOR: WESLEY MOTA


A CASA ASSOMBRADA

ERA UMA CASA ASSOMBRADA, FALAVAM QUE QUEM ENTRASSE NUNCA SAIRIA. DOIS MENINOS VIRAM A CASA E RESOLVERAM ENTRAR PARA DESCOBRIR SE ERA VERDADE QUE FALAVAM SOBRE A CASA. QUANDO ENTRARAM, A PORTA SE FECHOU SOZINHA COM TANTA FORÇA QUE FICARAM COM MUITO MEDO. DEPOIS QUE O MEDO PASSOU VIRAM VÁRIOS CORREDORES E DE LÁ SURGIU UMA VOZ QUE DIZIA: -QUEM ESTÁ AI? FICARAM COM TANTO MEDO QUE ACABARAM SE SEPARANDO, UM DELES PISOU EM UMA ARMADILHA E GRITOU: - AI PISEI EM UMA ARMADILHA! PISEI EM UMA ARMADILHA! JÁ O OUTRO VIU UM MONSTRO PASSANDO RÁPIDO, QUE NÃO DEU NEM PARA VER O ROSTO MAS ELE PENSOU ALTO E DISSE: - DEVE SER BESTEIRA DA MINHA MENTE. DE BRANCA

REPENTE SURGIU UMA MULHER DE COM UMA FACA NA MÃO, ELE SAIU


CORRENDO ATRÁS DO MENINO , PARECIA QUE QUERIA MATÁ-LO. ELE CORRIA CHORANDO, QUANDO VIU UMA GARAGEM E UM CARRO SÓ QUE FALTAVA GASOLINA E FERRAMENTAS PARA ARRUMAR O CARRO. O MENINO PROMETEU PARA O COLEGA QUE ASSIM QUE ARRUMASSE O CARRO VOLTARIA PARA SALVÁ-LO DAQUELE CASA . PASSARAM-SE CINCO DIAS, O CARRO JÁ ESTAVA ARRUMADO, QUANDO ELE ESTAVA A CAMINHO PERCEBEU QUE A MULHER COM A FACA E SAIU COM PÉ MARCADO, JÁ NÃO ESTAVA MAIS LÁ. ERA UMA ARMAÇÃO DA MULHER QUE ESTAVA COM A FACA NA MÃO. OS MENINOS VOLTARAM POR UMA RAZÃO, QUERIAM SABER QUEM ERA AQUELA PESSOA DE BRANCO. MAS A PESSOA DE BRANCO FEZ MAIS UMA ARMAÇÃO PORQUE ELE SABIA QUE O MENINOS VOLTARIAM SÓ QUE DESSA VEZ ELA TINHA EM MÃOS UM TACO DE BASEBOL, ELA TINHA INTENÇÃO DE MATÁ-LOS. MAS DESSA VEZ OS MENINOS VOLTARAM PREPARADOS, UM COM REDE E O OUTRO COM UMA ARMA TRANQUILIZANTE , COM UM SOMENTE 3 BALAS. PORÉM ELA TINHA UM COLETE A PROVA DE BALAS, E NÃO ADIANTAVA NADA ATIRAR AS BALAS O OUTRO AMIGO QUE TINHA UMA MARRETA COMEÇARAM A BRIGAR UM DEU UM TIRO NA CABEÇA DA MULHER DE BRANCO, ELA CAIU NO CHÃO E ELE TIROU SUA MÁSCARA E DESCOBRIU QUE ELA UMA MULHER LOUCA.

AUTOR: WILLIAN REIS


A MORTE OU O TRABALHO

CERTA NOITE COM RAIOS TROVÕES E RELAMPEJADAS, UM HOMEM MUITO TRABALHADOR ESTAVA FAZENDO ENTREGAS. O NOME DELE É FERNANDO. DE REPENTE VEIO UMA IDÉIA E DISSE: -ACHO QUE VOU TIRAR UMA FOLGA, JÁ TRABALHEI MUITO DURANTE TODOS ESSES ANOS! O HOMEM TINHA UM CASAL DE FILHOS UMA MULHER E SEUS PAIS. FERNANDO NÃO FALOU AONDE IRIA, A NOITE QUANDO ESTAVAM TODOS DORMINDO, SAIU DE CASA SEM AVISAR A NIMGUÉM.TODOS CHAMARAM FERNANDO PELO NOME: A MULHER DO POBRE HOMEM SABIA QUE HORAS ELE CHEGAVA DO TRABALHO, ELA NOTOU QUE TINHA PASSADO DA HORA DELE CHEGAR E LIGOU PARA OS CHEFES,FAMILÍARES AMIGOS E COLEGAS NÃO DEIXOU UM DE FORA . ELA LIGOU PARA A POLICIA PROCUROU, PROCURARAM E PROCURARAM OS POLICIAIS NÃO DEMORARAM MUITO. NO DIA SEGUINTE ELES ACHARAM O HOMEM OS AMIGOS DELES NO CEMITÉRIO E FALARAM QUE ELE JÁ ESTAVA MORTO FAZ TEMPO.


E FALARAM QUE ELE JÁ ESTAVA MORTO FAZ TEMPO. QUANDO A POLÍCIA CHEGOU NA CASA DA MULHER DE FERNANDO COM A QUELA NOTICIA COMEÇOU A CHORAR. MUITO TEMPO DEPOIS A FAMILÍA TODA MORREU E TODOS FICARAM TRISTES PARA SEMPRE. DISSE A MORTE: - EU VOLTAREI EM 2034 NO FINAL DO ANO PARA BUSCAR O RESTO NA ESCOLA DO CONJUNTO JEFERSON.COM UMA VOZ MUITO ASSUSTADORA E DEU UMA RISADA HÁ,HÁ,HÁ,HÁ,HÁ,HÁ,HÁ, HÁ,HÁ.

AUTORA: NADINE


A FLORESTA NEGRA

CERTA NOITE CHUVOSA, JORGE ESTAVA CAMINHANDO POR AI, E DE REPENTE OUVIU UM BARULHO, ENTÃO DECIDIU OLHAR. ELE FICOU COM MUITO MEDO, MAS MESMO ASSIM FOI. ELE PERCEBEU QUE NÃO ERA NADA DEMAIS SOMENTE DOIS BICHINHOS QUE ESTAVAM BRINCANDO . JORGE CONTINUOU ANDANDO ATÉ QUE CHEGOU NA FLORESTA NEGRA , MAS ELE NÃO TINHA BOAS LEMBRANÇA DAQUELE LUGAR , ENTÃO VOLTOU PARA SUA CASA CORRENDO . PASSOU ALGUM TEMPO E JORGE RESOLVEU VOLTAR NOVAMENTE A SUA CAMINHADA , PRECISOU PASSAR PELA FLORESTA NEGRA MAIS UMA VEZ, E AGORA OUVIU UMA VOZ SAIR DE LÁ DE DENTRO , QUE DIZIA: - JORGE , JORGE ! CADE VOCÊ? EU NÃO VOU EMBORA ENQUANTO VOCÊ NÃO VIER AQUI. E A VOZ COMEÇOU A DAR RISADAS ASSUSTADORAS. JORGE FICOU COM MUITO MEDO, E FEZ ATÉ XIXI. ELE CRIOU CORAGEM E DISSE :


- EU NÃO VOU FICAR COM MEDO, SOU UM HOMEM, NÃO UM RATO ! MAS MESMO ASSIM CONTINUOU COM TREMEDEIRA E SAIU CORRENDO. ANOS DEPOIS A VOZ APARECEU NOVAMENTE. CERTO DIA DURANTE JORGE. A VOZ DIZIA :

UMA CAMINHADA

DE

- JORGE, JORGE ! AGORA SIM EU LEVO VOCÊ ESTÁ MUITO VELHO PARA VIVER. MAS JORGE NÃO DEU IMPORTÂNCIA E NÃO ACREDITOU. DIAS DEPOIS A VOZ VOLTOU E LEVOU JORGE COM ELA . AUTORA: ANDRIELLY SILVA


A MORTE E O HOMEM

ERA UMA VEZ UM HOMEM QUE ANDAVA PELA RUA DE SUA CASA A MEIA NOITE. DOIS ANOS ATRÁS ELE JÁ ESTAVA MUITO VELHO QUASE MORRENDO, AGORA ESTA BEM PIOR, DE REPENTE APARECEU UM VULTO, NA SUA FRENTE, ERA A MORTE ELA DISSE COM UMA VOZ GROSSA PARA ELE: - OLÁ! VIM TE BUSCAR! O HOMEM JÁ ESTAVA COMEÇANDO A FICAR COM MEDO DAQUILO, E FALOU: - NÃO MALDITA!

VENHA

ME

BUSCAR

SUA MORTE

A MORTE COMEÇOU A FICAR IRRITADA COM AQUILO ENTÃO FALOU: - NÃO ADIANTA FALAR NADA, OU VAI FICAR PIOR PARA VOCÊ. ELE SAIU CORRENDO E FOI DIRETO PARA SUA CASA. NÃO DEMOROU MUITO PARA ELE MORRER, NO DIA SEGUINTE JÁ ESTAVA MORTO . ENTÃO A MORTE APARECEU E FALOU: - NÃO ADIANTA MAIS TE LEVAR, JÁ ESTA MORTO! AS NOITES FICARAM TRISTES POR AQUILO A MORTE NÃO TINHA A QUE MAIS ASSOMBRAR .


MATEUS APARECEU DE UMA FORMA SOMBRIA E OS DOIS COMEÇARAM A ASSOMBRAR AS PESSOAS E ASSIM LEVARAM AS PESSOAS QUE ESTAVAM VELHA PARA O CAMINHO DA MORTE. AUTORA: SABRINE AUGUSTO


A VELHA DA CASA ASSOMBRADA

UM DIA ALGUMAS CRIANÇAS ESTAVAM BRINCANDO NUMA ESQUINA, LÁ TINHA UMA CASA ASSOMBRADA. ERA FEIA E MUITO ESCURA E TINHA UMA CRUZ AO LADO DA CASA.CERTA NOITE AS CRIANÇAS FORAM JANTAR SENTARAM-SE A MESA E FALARAM: - MAMÃE E PAPAI SABE AQUELA ASSOMBRADA? A MAMÃE RESPONDEU:

CASA

- ESTRANHO POIS UMA SENHORA MORA LÁ, EU JÁ OUVIR FALAR SOBRE ESTA SENHORA, MINHA AVÓ JÁ CONTOU PARA MIM , FALOU QUE MORAVA UMA CASAL DE IDOSOS MUITO FELIZES E UM DIA O MARIDO DELA SAIU PARA COMPRAR FRUTAS E SOFREU UM ACIDENTE DE CARRO , DEPOIS DISSO A IDOSA FICOU SÓ E COMEÇOU A ASSOMBRAR A VIZINHANÇA E NINGUEM SABE SE ELA ESTA VIVA. DEPOIS TODOS FORAM DORMIR. NO MEIO DA MADRUGADA OUVIRAM UMA VOZ FALANDO: - VOCÊ VAI MORRER, VOCÊ VAI MORRER! NO DIA SEGUINTE AS CRIANÇAS FORAM PARA RUA TENTAR DESCOBRIR O MISTÉRIO, UM DOS AMIGOS TOMOU CORAGEM E FALOU: - QUEM FOR HOMEM VEM COMIGO!


E TODOS TOMARAM CORAGEM E FORAM. CHEGANDO LÁ, LOGO NA PORTA VIRAM UMA CAVEIRA, E DE REPENTE, A PORTA SE ABRIU SOZINHA , AVISTARAM UMA IDOSA QUE PARECIA UMA FREIRA . LOGO ADIANTE VIRAM O CHÃO ESBURACADO, VIRAM UMA ESCADA SUBIRAM E ENTRARAM NUM QUARTO ESCURO E ASSUSTADOR E PERCEBERAM QUE DOIS DOS AMIGOS SUMIRAM E GRITARAM: VAMOS MORRER,VAMOS MORRER! SE PASSARAM DOIS MINUTOS, MAIS DOIS AMIGOS SUMIRAM E SOBROU UM QUE AINDA NÃO TINHA SUMIDO E ELE GRITOU: - EU VOU IR ATÉ O FIM DESTE MITÉRIO E NINGUEM VAI ME IMPEDIR!

A IDOSA JOGOU UM FEITIÇO NELE E ADORMECEU POR CEM ANOS. DEPOIS DE MUITO TEMPO ELE ACORDOU E PERCEBEU QUE ESTAVA COM DORES, ENRRUGADO E DE CABELOS BRANCOS E GRITOU: - ESTOU VELHO, ESTOU VELHO E ENRUGADO! DE CABELOS BRANCOS E TUDO MAIS! E SAIU PELA RUA E NÃO OLHOU O CARRO PASSANDO E MORREU ATROPELADO, E NINGUEM MAIS VIU AS CRIANÇAS DEPOIS DO ACONTECIMENTO.

AUTORA: MARIA EDUARDA


DETETIVE CALABRAS E AS JOIAS ROUBADAS

CERTO DIA UM HOMEM QUE ESTAVA SENTADO EM UM BOSQUE DISSE PARA UM SENHOR: - BOM DIA SENHOR DAMUCLE, COMO O SENHOR ESTÁ? NO COLARINHO DO SENHOR DAMUCLE TINHA ALGO SE MECHENDO. E O HOMEM SAIU E FOI EM DIREÇÃO AO SEU CARRO, DE REPENTE SEGUIU UM GRITO. E ELE ENTÃO PERGUNTOU: - O QUE HOUVE DONA MÔNICA? ELA DISSE PARA O DETETIVE QUE ALGUEM HAVIA ROUBADO SUAS JOIAS. - NÃO SE PREOCUPE DONA MÔNICA! DISSE O DETETIVE. PASSOU-SE MUITO TEMPO, E NADA. ATE QUE EM UMA CERTA NOITE UM LADRÃO DE JOIAS, ESTAVA SENDO VIGIADO PELO DETETIVE,E ELE APONTOU UMA ARMA PARA A CABEÇA DO DETETIVE. RAPIDAMENTE,ELE CHAMOU A POLICIA DISSE QUE TINHA ENCONTRADO O LADRÃO. A POLICIA CHEGOU NO LOCAL E PRENDEU O LADRÃO,E FINALMENTE DONA MÔNICA RECUPEROU SUAS JOIAS. AUTOR: MATEUS LIMA


O FILHO ASSUSTADOR

NUMA NOITE CHUVOSA UMA SENHORA ESTAVA PROCURANDO O FILHO DELA, MAS JÁ ERA TARDE PARA ELA ESTÁ ANDANDO SOZINHA NA RUA Á NOITE É PERIGOSO, MAS A CASA DELA ERA LONGE, MAS ELA TINHA PASSAGEM PARA PEGAR O ÔNIBOS SÓ QUE ESTAVA COM MEDO DE SER ROUBADA E ELA CONTINUOU ANDANDO . NÃO TINHA LOJA NEM CASA POR PERTO ENTÃO ELA ACHOU UMA CASA ABONDONADA E ENTROU LÁ DENTRO, PASSOU A NOITE DORMINDO SÓ QUE ELA LEVANTOU PARA IR ATÉ O MERCADO COMPRAR AS COISAS DE CASA. O MERCADO ESTAVA LOTADO, ELA ESPEROU ANDOU ESPEROU E POR ASSIM FOI. JÁ TINHA ESCURECIDO, MAS A SENHORA ESTAVA COM MEDO DE IR SOZINHA, ENTÃO QUANDO ESTAVA ANDANDO UMA SOMBRA APARECEU ATRAZ DELA, ELA VIU E SAIU CORRENDO DESESPERADA E ESSA PESSOA SAIU CORRENDO ATRAS, A PESSOA ESTAVA COM UMA FACA NA MÃO, ELA CANÇOU E A PESSOA CONSEGUIU MATAR A SENHORA E SAIU CORRENDO PARA SE ESCONDER, NESSE MOMENTO O GUARDINHA VIU ELA CAIDA NO CHÃO ENTÃO ELE LIGOU PARA O HOSPITAL E DISSE:

- VOCÊS TEM QUE VIM AQUI NA RUA APARECIDA.


UMA MULHER SANGRANDO, TODA MACHUCADA PARECE QUE ALGUÉM MATOU ELA COM UMA FACA VEM LOGO !!! CHEGANDO LÁ ELES PEGARAM ELA E FORAM IMBORA, SÓ QUE TINHA UM MONTE DE PESSOA NA FRENTE ELES ABUZINARAM EFALARAM: - SAI DA FRENTE VOCÊS NÃO ESTÁ VENDO QUE TEM UMA MULHER FERIDA AQUI!!! CHEGARAM NO HOSPITAL POIS ELA NA CAMA E FIZERAM OS MEDICAMENTOS ELA ESTAVA BEM ERA SÓ LIMPAR O SANGUE E COSTURAR ONDE ESTAVA MACHUCADO ELA TEVE ALTA E FALOU: - EU VOU CHAMAR O DETETIVE E A POLÍCIA PAR VER NA CÂMERA QUEM ERA. OLHARAM NA CÂMERA E AUMENTOU ATELA E VIRAM QUEM ERA, ERA O FILHO DELA ELE FOI P PRESO. E FINALMENTE DESCOBRIRAM QUEM ERA. AUTORA: STEFANY LOPES


O GATO ASSASSINO

UM CERTO DIA UMA DONZELA CHAMADA CINDERELA VIU UM VULTO, E ELA SAIU CORRENDO PORQUE ESTAVA COM MEDO. O VULTO ENTROU NA ESCOLA ETLEOVINA. ENTÃO APARECEU UM GATO ASSASSINO NO JÉ QUE SE CHAMAVA ASSUSTADOR. DE REPENTE, O GATO ASSASSINO CORREU ATÉ A ESCOLA PARA MATAR AS PESSOAS. NESSE MOMENTO APARECEU A POLÍCIA E LEVOU O GATO ASSASSINO PARA CADEIA. O GATO CONSEGUIU FUGIR DA CADEIA E MATOU OS POLICIAIS EM SEGUIDA O VULTO QUE APARECEU NA ESCOLA, NA VERDADE, ERA O DETETIVE WESLEY, O DETETIVE FOI ATRÁS DO GATO QUE MORAVA NA CASA ABANDONADA E FINALMENTE O DETETIVE ENCONTROU COM O GATO ASSASSINO MAS MORREU POR FIM. OS POLICIAIS DE OUTROS PAÍSES CHEGARAM NA CASA E PRENDERAM O GATO ASSASSINO ASSUSTADOR. AUTOR: BRAYAN ANTHONY


O HOMEM DA CAPA PRETA

CERTA VEZ HAVIA UM HOMEM PASSANDO NO MEIO DA RUA, ELE USAVA UMA CAPA PRETA.

EU COMO SOU ESPERTO COMECEI A SEGUIR ELE, MAS DO NADA ELE DESAPARECEU. SÓ QUE ELE DEIXOU CAIR UMA MEDALHA COLORIDA NO CHÃO, E EU A PEGUEI FUI TRANSPORTADO PARA OUTRA DIMENSÃO. QUANDO CHEGUEI NAQUELE LUGAR FIQUEI COM MEDO, E ALI VI AQUELE HOMEM QUE DEIXADO CAIR A MEDALHA COLORIDA, PERGUNTEI PARA ELE: - MOÇO,COMO FAZ PARA SAIR DESSE LUGAR?

E O MOÇO RESPONDEU: - VOCÊ VAI PRECISAR DESCOBRIR UM MISTÉRIO. COM UM FACÃO EENTÃO PERGUNTEI PARA AQUELE HOMEM AONDE ENCONTRAVA MISTÉRIO E ELE ME DISSE QUE PRECISA ACHAR. ENTÃO FALEI OBRIGADO PARA O MOÇO, E COMEÇEI A ANDAR ATÉ QUE ACHEI UM CASTELO GIGANTE, ENTREI E VI UM MONTE DE PESSOAS MORTAS ATÉ QUE EU VÍ UM HOMEM COM UM FACÃO, ELE SAIU CORRENDO MAS COMO O CASTELO POR DENTRO ERA CHEIO DE TERRA


SEGUI AS PEGADAS DELE QUE ACABARAM EM UM QUARTO ESCURO E SOMBRIU, TINHA TRÊS CAMAS E TINHA TRÊS HOMENS DEITADOS NELAS, ENTÃO PENSEI ”HOMEM ESTAVA COM SANGUE”. AÍ VI UM HOMEM CHEIO DE SANGUE U DEI UMA MADEIRADA BEM NA CABEÇA DELE, MAS NÃO ERA O HOMEM COMUM, E SIM UM HOMEM MORTO CHEIO DE SANGUE. DEI NOVAMENTE UMA MADEIRADA NA CABEÇA DO OUTRO HOMEM, ERA ELE! ELE SOBREVIVEU E SAIU CORRENDO PELA PORTA QUE ESTAVA ALI PERTO EU FUI ATRÁS DELE MAS EU NÃO ACHEI, ENTÃO EU FUI PARA UMA CABANA, QUE TINHA LOGO ALI E COMECEI A DORMIR. NO DIA SEGUINTE SAI DA CABANA E VI AQUELE MOÇO DA MEDALHA, ELE TINHA UM CORTE NA CABEÇA BEM GRANDE AI QUE EU DESCOBRI O MISTÉRIO E VOLTEI PARA A MINHA DIMENSÃO VERDADEIRA FIM.

AUTOR: ROGER DE OLIVEIRA


O HOMEM QUE DERROTOU A MORTE

EM UMA NOITE ESCURA E CHUVOSA, UM HOMEM,

SUA

MULHER

E

SEUS

DOIS

FILHOS

ESTAVAM

DORMINDO, QUANDO DE REPENTE UMA COISA PRETA COM UMA CAPA E UMA FACA NA MÃO, FALOU PARA O HOMEM: - ESTÁ CHEGANDO O DIA EM QUE VOU PEGAR VOCÊ!

O HOMEM FICOU COM MUITO MEDO E FALOU: - SERÁ QUE É VERDADE O QUE A MORTE DISSE? AINDA TENHO 53 ANOS! PASSARAM 20 ANOS E UM DIA SUA ESPOSA ATENDEU A PORTA, ERA A MORTE E ELA DISSE: - VIM BUSCAR SEU MARIDO! - ELE NÃO ESTÁ EM CASA. -DISSE A MULHER. -TA BOM, MAS VOCÊ JÁ ESTÁ BEM VELHA, VOCÊ VAI NO LUGAR DELE. A MULHER DESESPERADA DISSE:


- NÃO, NÃO EU TENHO MUITO PARA VIVER SÓ TENHO 80 ANOS.

- SUA VELHA, SUA VIDA ACABOU- DISSE A MORTE. E ASSIM A MORTE LEVOU A VELHA. O HOMEM CHEGOU EM CASA PERGUNTOU PARA SEU FILHO MAIS VELHO:

E

- CADE SUA MÃE? ELE RESPONDEU: - NÃO SEI PAI SERA QUE ELA ESTÁ NO QUARTO? - ELA NÃO ESTÁ, JÁ VI EM TODOS OS LUGARES. NO DIA SEGUINTE MORTE,O HOMEM OUVIU ALGUÉM BATER NA PORTA E ABRIL: - EI, VOCE CADE MINHA MULHER? - EU A LEVEI COM MIGO PORQUE VOCE NÃO ESTAVA EM CASA-DISSE A MORTE. O HOMEM FICOU MUITO BRAVO E DISSE: - EU VOU FUGIR, PARA NUNCA MAIS VER VOCE. A MORTE AMEAÇOU A RIR E FALOU: - PODE FUGIR MAIS SE EU TE ACHAR VOU LEVAR VOCE E SEUS FILHOS. ENTÃO O HOMEM FICOU A PORTA E FALOU PARA SEUS FILHOS: - ARRUMEM SUAS MALAS, NÓS VAMOS FUGIR PARA ALGUM LUGAR. ELES FUGIRAM PARA UM LUGAR LONGE,NUNCA MAIS NINGUÉM OS VIU.

CERTO

DIA

APARECEU

UMA

BBEM

FADA

E


PERGUNTOU SE ELE TINHA ALGUM PEDIDO. O HOMEM PENSOU E DISSE:

- EU QUERO QUE NUNCA MAIS A MORTE APAREÇA PARA ALGUÉM. A FADA BALANÇOU A VARINHA E O DESEJO FOI REALIZADO , A MORTE DESAPARECEU. DEPOIS

DAQUELE DIA O HOMEM E SEUS

FILHOS. ENTÃO O HOMEM FECHOU A PORTA E FALOU PARA SEUS FILHOS : - ARRUMEM SUAS MALAS, NÓS VAMOS FUGIR PARA ALGUM LUGAR. E ELES FUGIRAM PARA UM LUGAR BEM LONGE, NUNCA MAIS NINGUÉM OS VIU. CERTO DIA APARECEU UMA FADA E PERGUNTOU SE ELE TINHA ALGUM PEDIDO. O HOMEM PENSOU E DISSE: - EU QUERO QUE NUNCA MAIS A MORTE APAREÇEU PARA ALGUM. A FADA BALANÇOU A VARINHA E O DESEJO SE REALIZOU, A MORTE DESAPARECEU. DEPOIS DAQUELE DIA O HOMEM E SEUS FILHOS VIVERAM EM PAZ.

AUTOR: JOÃO VICTOR


CERTA NOITE, UMA MOÇA QUE VIVIA EM UMA CASA, A NOITE ESTAVA MUITO ESCURA, MAL DAVA PARA VER UM METRO A SUA FRENTE, ELA DECIDIU TOMAR UM BANHO . TIROU SEU COLAR DE OURO COM DIAMANTES, QUANDO SAIU DO BANHO PERCEBEU QUE O COLAR HAVIA DESAPARECIDO, ENTÃO ELA LIGOU PARA O DETETIVE QUE ERA MUITO FAMOSO.

ASSIM QUE ELE CHEGOU VIU NA MESA A MARCA DO COLAR, E VIU TAMBÉM PEGADAS AO LADO, PARECIAM PEGADAS DE GATO. PROCURARAM O GATO E QUANDO O ACHARAM, TINHAM PEDAÇOS DE OURO EM SUA PATA. DE REPENTE APARECEU UM VULTO COM O COLAR, O DETETIVE SAIU CORRENDO ATRÁS ELE NUNCA MAIS FOI VISTO. VÁRIOS DETETIVE DESAPARECERAM E DESPOIS FORAM ENCONTRADOS MORTOS. FICOU ESSE MISTÉRIO,QUEM MATOU ELES DESDE O SÉCULO XX ATÉ OS DIAS DE HOJE. DIZEM QUE VIRAM UM VULTO SAINDO DA CASA, CHAMARAM A POLÍCIA, OS POLÍCIA MORRERAM, ENTÃO CHAMARAM OS DELEGADOS E TODOS FORAM ACHADOS MORTOS NA RUA. AUTOR NICOLAS


Profile for emetelvina

Contos de Mistério  

Contos de Mistério  

Advertisement