Issuu on Google+

PAcadĂŠmico O R T+FProfissional OLIO Emanuel Mouronho Fernandes


“Gostaria de tentar expôr a minha visão da arquitectura a partir de projectos que realizei, ou até somente imaginei, pois nesses se sedimentaram os meus pensamentos.” “I would try to expose my vision of architecture from projects realized or even imagined only because these are sedimented my thoughts.” SIZA, Álvaro. “Imaginar a evidência”, Edições 70, Lisboa 1998, p.17


URRICULUM VITA

nome data de nascimento endereço telemóvel email

INFORMAÇÃO PESSOAL

2013 Curso de Medições e Orçamentos

Emanuel Mouronho Fernandes 13.09.1986 Rua do Olival de S. Domingos, 3000-354 Coimbra (Portugal) (00351) 916528702 emanuelmouronho@gmail.com

HABILITAÇÕES ACADÉMICAS

1. Medições 2. Orçamentos 3. Caderno de Encargos

2005-2011 Mestrado Integrado em Arquitectura, na Arca - EUAC [Escola Universitária das Artes de Coimbra]. Campus Universitário da ARCA, Lordemão, 3020-210 Coimbra (Portugal).

datas função ou cargo Nome e Morada do empregador tipo de empresa datas função ou cargo Nome e Morada do empregador tipo de empresa autocad archicad coreldraw indesign microsoft office photoshop sketchup 3ds Max v-ray 2012 2010 2010 2009

HABILITAÇÕES PROFISSIONAIS

10 / 2011 - 07 / 2012 Arquitecto Estagiário Luís S. Neto, Arquitectos e Associados Rua do Carmo, Edifício Horizonte, 75 - 1º - Fracção S, 3000-098 Coimbra (Portugal) Gabinete de Arquitectura 07 / 2012 - 08 / 2012 Arquitecto Colaborador Luís S. Neto, Arquitectos e Associados Rua do Carmo, Edifício Horizonte, 75 - 1º - Fracção S, 3000-098 Coimbra (Portugal) Gabinete de Arquitectura

INFORMÁTICA

2012 Curso de Formação Avançada “Técnicas Tradicionais de Construção e Conservação de Edifícios Antigos” – 2ª Edição _A arte da construção em alvenaria – Eng. João Mascarenhas Mateus; _A realização das antigas estruturas de madeira – Eng. Helena Cruz; _Rebocos e pinturas tradicionais – Dr. Arqto José Aguiar; _Artes do gesso e dos estuques – Paulo Ludgero Castro e Miguel Figueiredo; _Consolidação e reforço: técnicas tradicionais e contemporâneas – Eng. Vítor Cóias. 2012 Formação Profissional e de Apoio ao Estágio pela Ordem dos Arquitectos _Estatuto e Deontologia; _Código Civil e Direitos de Autor; _Propostas de Honorários; _Edificação – Enquadramento Legal; _Desenho Universal e Acessibilidades; _Desempenho Energético dos Edifícios; _Ordenamento do Território e Urbanismo; _Segurança em Obra.

LÍNGUAS

EXTRA CURRICULAR

“Ideias e Projectos 1962” com o orador Arq. Francisco Keil do Amaral; “Falemos de Casas”; “A Minha Escola: Domingos Tavares”;Programas & Equipamentos para o Século XXI; Swissport09 com os Arqtos Adalberto dias, Álvaro Siza Vieira, Bruno Marchand Camilo Rebelo/Tiago Pimentel, Eduardo Souto Moura, Herzog & de Meuron; 2008 “Programas & Equipamentos para o Século XXI”; 2007 RECICL’ARTE;

português Lingua materna inglês Conhecimento básico oral e escrito espanhol Conhecimento bom oral e básico escrito

OUTROS INTERESSES Fotografia Design


Projecto I 06 - 11 Residências Artistas Coimbra

Projecto III 12 - 15 Habitação + Comércio + Estação Metro Coimbra

Projecto IV 16 - 21 FundaTorga Coimbra

Projecto V 22 - 27 EscolaCidade Figueira da Foz

Projecto VI 28 - 33

Centro de Saúde + T1 Arregaça Coimbra

Projecto VII 34 - 41

Habitação Social + Evolutiva + Modular Cova da Moura Amadora - Trienal de Lisboa

Planeamento Urbano II 42 - 47

Planeamento Urbano Habitação + Espaço Verde + Equipamento Arregaça - Coimbra

Construções II 48 - 59

Habitação Unifamiliar

Prova Final 60 - 69

Prova Final de Curso Rota Aldeias de Xisto (Cerdeira | Candal | Casal Novo |Chiqueiro | Talasnal) Lousã

Desenho Assistido por Computador 70 - 79 2 Peças Mecânicas + Imagens Tridimensionais


A Lomba da Arregaça terreno proposto para instalação de um centro de saúde, situa-se numa zona da cidade em que este é quase como um vazio urbano e assume em alguns aspectos carácter rural. Este terreno é atravessado por uma linha de água e tendo como limites o caminho de ferro (Ramal da Lousã), o campo da União de Coimbra e uma antiga e desactivada fábrica de cerâmica. The Lomba da Arregaça the land for the proposed installation of a health center, is located in an area of town where it is almost like an urban void and takes in some respects rural character. This land is traversed by a water line and taking limits as the railway (Ext. Lousã), the field of Coimbra Union and a former pottery factory and disabled.

Projecto VI Centro de Saúde + T1 Arregaça Coimbra Project VI Health Center + T1 Apartaments Arregaça Coimbra

28


29


Conceito

-Assume-se a memória do local, onde existe uma barreira que delimita a quinta, isto é, o muro. Essa barreira é reforçada com o paralelismo imposto pela proposta; -Dinamizar a zona de intervenção; -Fluidez de espaço; -Transição de alta para baixa densidade; -Ocupação marginal, pelo facto, de ser a lógica de ocupação do local (envovlente), onde o nterior do terreno(s) servia para a prática agrícola. -Valorizar elementos de identidade do local;

Planta Piso -1 Plant floor -1

30

Concept

-It is assumed, the memory location where there is a barrier which delimits the fifth, i.e. the wall. This barrier is reinforced by the parallel tax proposal; -Advancing intervetation zone; -Flow space; -Transition from high to low density; -Marginal occupation because of being a logic occupancy site (envovlente), where the terrain nterior (s) serving for agricultural practice. -Valuing identity elements of the site;


Planta R/C Ground floor Plant

31


32


Implantação -Implantação marginal aproveitando assim melhor o espaço; -Implantação devido à boa exposição solar; -Implantação devido às acessibilidades; -Implantação paralelo ao muro da zona de intervenção; Escala

-Transição de uma escala urbana para um vazio urbano, relação do automóvel com o urbano e rural com o pedonal; -Embasamento de um só piso relaciona-se com a escala pedonal; -Largura do volume visto da Rua Sanches da Gama assemelha-se a escala do local (Rural); contudo em perspectiva percebe-se a dimensão do volume (edifício público | urbano);

Volumetria -Volume puro pousado num embasamento. implantation -Marginal deployment advantage so more space; -Implantation due to good sun exposure; -Deployment due to accessibility; -Deployment wall parallel to the zone of intervention; scale -Transition of an urban scale to an empty urban automobile relation with the urban and rural with pedes trian; -BACKGROUND single floor relates to a pedestrian scale; -Width volume seen Rua da Gama Sanches resembles scale site (Rural), but in perspective perceives the size of the volume (public building | urban); volumetry -Pure volume landed in a basement.

33


Construções II Habitação Unifamiliar

48

Construtions II Single family dwelling


49


Planta R/C Ground floor Plant

50

Planta Piso 1 Plant floor 1

Planta Piso 2 Plant floor 2


51


52


53


54

0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2


01 - Acabamento em reboco branco 101 - Tela barreira pára81 - Chapa em aço 10mm 21 - Carril 41 - Caixilharia fixa (madeira+aluminio) da Bizwin 61 - Ralo de drenagem 02 - Argamassa de revestimento armada com rede de fibra de vidro vapor 62 - Tela impermeabilizante (asfáltica) 82 - Membrana anti vibração 22 - Mosaico hidraulico 42 - Cantoneira de madeira 03 - Placa de EPS 150 63 - Barreira à capilaridade (tela de pvc) 83 - Degrau em madeira (carvalho)102 - Pintura betumi23 - Argamassa de assentamento 43 - Chapa canelada 04 - Argamassa de colagem (weber.therm) nosa 64 Tela drenante 84 Móvel em madeira 24 - Regularização 44 - Perfil de arranque em aluminio 05 - Protecção solar (lâminas de aluminio) da Bizwin 103 - Perfil em U em aço 65 - Tubo de queda em pvc 90mm 85 - Piso auto nivelante 25 - Silicone de assentamento 45 - Manta geotextil 06 - Caixa de estore metálica 104 - Pladur hidrófugo 66 - Pastilha cerâmica com junta hidrófuga 86 - Primário 26 - Perfil metálico de remate de soleira 46 - Tela impermeabilizante vertical 07 - Isolamento térmico (placa de EPS) 105 - Adesivo hidrófugo 87 - Régua de madeira colada 27 - Soleira metálica 47 - Revestimento de acabamento (weber.plast gran)67 - Cimento Cola 08 - Betão armado 68 - Argamassa hidrófuga 88 - Viga em betão armado 28 - Grelha de drenagem 48 - Terreno 09 - Reboco interior cor branco 69 - Rodapé lacado branco (permite ventilação “não necessário”)89 - ligação chumbada 29 - Peça móvel para efeito de limpeza da grelha de drenagem49 - Cascalho fino 10 - Parafuso em inox 70 - Alvenaria em tijolo 15 90 - escada em betão armado 30 - lajetas de pedra 50 - Manta geotextil de geodreno 11 - Peça metálica de remate 71 - Soalhado de madeira carvalho 91 - Cola madeira 31 - Pilar em betão armado 220x220mm 51 - Camada de Seixo 12 - Junta selada com mastique de cordão de fundo de junta 72 - Manta térmica/acústica (lã de rocha) 30kg/m3 92 - Rufo em zinco 32 - Bloco térmico cerâmico 220mm 52 - Membrana drenante 13 - Aro em madeira 73 - Barrote de madeira 93 - Bite de fixação 33 - Cantoneira metálica 53 - Geodreno 14 - Perfil metálico de esquina 74 Corrimão metálico 94 - Neoprene 34 - Moldura metálica 54 - Camada de brita 15 - Caixilho de correr 3 folhas de carril duplo (madeira+aluminio) da Bizwin35 - Batente 75 - Réguado de madeira pregado (vertical) 95 - Ventilação 55 - Betão de limpeza 16 - Bite de madeira 76 - Lâmina de compressão (laje aligeirada) 96 - Claraboia de ferro 36 - Palca térmica Wallmate 56 - Cascalho 17 - Vidro duplo 20mm de espessura 77 - Abobadilha em EPS (laje aligeirada) 97 - Piso em Deck 37 - Padieira metálica 57 - Junta hidrófuga 18 - Forra de caixilho em aluminio 78 - Vigota pré esforçada betão armado (laje aligeirada) 98 - Sarrafo 3000x40x40mm 38 - Dobradiça em inox da JNF 58 - Mosaico hidraulico (xisto/piçarra) cor cinza 55 19 - Parafuso em estrela de inox 79 - Perfil em aço 99 - Estrutura 39 - Caixilharia de batente 1 folha (madeira+aluminio) da Bizwin59 - Rodapé lacado branco 20 - Silicone 80 - Foco de iluminação 100 - Manta anti punçoamento 40 - Caixilharia Basculante (madeira+aluminio) da Bizwin 60 - Laje betão armadoEndioribunt. Hussulinati,


56


01 - Acabamento em reboco branco 02 - Argamassa de revestimento armada com rede de fibra de vidro 03 - Placa de EPS 150 04 - Argamassa de colagem (weber.therm) 05 - Protecção solar (lâminas de aluminio) da Bizwin 06 - Caixa de estore metálica 07 - Isolamento térmico (placa de EPS) 08 - Betão armado 09 - Reboco interior cor branco 10 - Parafuso em inox 11 - Peça metálica de remate 12 - Junta selada com mastique de cordão de fundo de junta 13 - Aro em madeira 14 - Perfil metálico de esquina 15 - Caixilho de correr 3 folhas de carril duplo (madeira+aluminio) da Bizwin 16 - Bite de madeira 17 - Vidro duplo 20mm de espessura 18 - Forra de caixilho em aluminio 19 - Parafuso em estrela de inox 20 - Silicone 21 - Carril 22 - Mosaico hidraulico 23 - Argamassa de assentamento 24 - Regularização 25 - Silicone de assentamento 26 - Perfil metálico de remate de soleira 27 - Soleira metálica 28 - Grelha de drenagem 29 - Peça móvel para efeito de limpeza da grelha de drenagem 30 - lajetas de pedra 31 - Pilar em betão armado 220x220mm 32 - Bloco térmico cerâmico 220mm 33 - Cantoneira metálica 34 - Moldura metálica 35 - Batente 36 - Palca térmica Wallmate 37 - Padieira metálica 38 - Dobradiça em inox da JNF 39 - Caixilharia de batente 1 folha (madeira+aluminio) da Bizwin 40 - Caixilharia Basculante (madeira+aluminio) da Bizwin 41 - Caixilharia fixa (madeira+aluminio) da Bizwin 42 - Cantoneira de madeira 43 - Chapa canelada 44 - Perfil de arranque em aluminio 45 - Manta geotextil 46 - Tela impermeabilizante vertical 47 - Revestimento de acabamento (weber. plast gran) 48 - Terreno 49 - Cascalho fino 50 - Manta geotextil de geodreno 51 - Camada de Seixo 52 - Membrana drenante 53 - Geodreno 54 - Camada de brita 55 - Betão de limpeza 56 - Cascalho 57 - Junta hidrófuga

58 - Mosaico hidraulico (xisto/piçarra) cor cinza 59 - Rodapé lacado branco 59 - Rodapé lacado branco 60 - Laje betão armado Endioribunt. Hussulinati 61 - Ralo de drenagem 62 - Tela impermeabilizante (asfáltica) 63 - Barreira à capilaridade (tela de pvc) 64 - Tela drenante 65 - Tubo de queda em pvc 90mm 66 - Pastilha cerâmica com junta hidrófuga 65 - Tubo de queda em pvc 90mm 66 - Pastilha cerâmica com junta hidrófuga 67 - Cimento Cola 68 - Argamassa hidrófuga 69 - Rodapé lacado branco (permite ventilação “não necessário”) 70 - Alvenaria em tijolo 15 71 - Soalhado de madeira carvalho 72 - Manta térmica/acústica (lã de rocha) 30kg/m3 73 - Barrote de madeira 74 - Corrimão metálico 75 - Réguado de madeira pregado (vertical) 76 - Lâmina de compressão (laje aligeirada) 77 - Abobadilha em EPS (laje aligeirada) 78 - Vigota pré esforçada betão armado (laje aligeirada) 79 - Perfil em aço 80 - Foco de iluminação 81 - Chapa em aço 10mm 82 - Membrana anti vibração 83 - Degrau em madeira (carvalho) 84 - Móvel em madeira 85 - Piso auto nivelante 86 - Primário 87 - Régua de madeira colada 88 - Viga em betão armado 89 - ligação chumbada 90 - escada em betão armado 91 - Cola madeira 92 - Rufo em zinco 93 - Bite de fixação 94 - Neoprene 95 - Ventilação 96 - Claraboia de ferro 97 - Piso em Deck 98 - Sarrafo 3000x40x40mm 99 - Estrutura 100 - Manta anti punçoamento 101 - Tela barreira pára-vapor 102 - Pintura betuminosa 103 - Perfil em U em aço 104 - Pladur hidrófugo 105 - Adesivo hidrófugo

57


58


01 - Acabamento em reboco branco 101 - Tela barreira pára81 - Chapa em aço 10mm 21 - Carril 41 - Caixilharia fixa (madeira+aluminio) da Bizwin 61 - Ralo de drenagem 02 - Argamassa de revestimento armada com rede de fibra de vidro vapor 62 - Tela impermeabilizante (asfáltica) 82 - Membrana anti vibração 22 - Mosaico hidraulico 42 - Cantoneira de madeira 03 - Placa de EPS 150 102 - Pintura betumi63 Barreira à capilaridade (tela de pvc) 83 Degrau em madeira (carvalho) 23 - Argamassa de assentamento 43 - Chapa canelada 04 - Argamassa de colagem (weber.therm) nosa 64 - Tela drenante 84 - Móvel em madeira 24 - Regularização 44 - Perfil de arranque em aluminio 05 - Protecção solar (lâminas de aluminio) da Bizwin 103 - Perfil em U em aço 65 - Tubo de queda em pvc 90mm 85 - Piso auto nivelante 25 - Silicone de assentamento 45 - Manta geotextil 06 - Caixa de estore metálica 104 - Pladur hidrófugo 66 - Pastilha cerâmica com junta hidrófuga 86 - Primário 26 - Perfil metálico de remate de soleira 46 - Tela impermeabilizante vertical 07 - Isolamento térmico (placa de EPS) 105 - Adesivo hidrófugo 87 - Régua de madeira colada 27 - Soleira metálica 47 - Revestimento de acabamento (weber.plast gran)67 - Cimento Cola 08 - Betão armado 68 Argamassa hidrófuga 88 Viga em betão armado 28 - Grelha de drenagem 48 - Terreno 09 - Reboco interior cor branco 69 - Rodapé lacado branco (permite ventilação “não necessário”)89 - ligação chumbada 29 - Peça móvel para efeito de limpeza da grelha de drenagem49 - Cascalho fino 10 - Parafuso em inox 70 - Alvenaria em tijolo 15 90 - escada em betão armado 30 - lajetas de pedra 50 - Manta geotextil de geodreno 11 - Peça metálica de remate 71 - Soalhado de madeira carvalho 91 - Cola madeira 31 - Pilar em betão armado 220x220mm 51 - Camada de Seixo 12 - Junta selada com mastique de cordão de fundo de junta 72 - Manta térmica/acústica (lã de rocha) 30kg/m3 92 - Rufo em zinco 32 - Bloco térmico cerâmico 220mm 52 - Membrana drenante 13 - Aro em madeira 73 Barrote de madeira 93 - Bite de fixação 33 - Cantoneira metálica 53 - Geodreno 14 - Perfil metálico de esquina 74 - Corrimão metálico 94 - Neoprene 34 - Moldura metálica 54 - Camada de brita 15 - Caixilho de correr 3 folhas de carril duplo (madeira+aluminio) da Bizwin35 - Batente 75 - Réguado de madeira pregado (vertical) 95 - Ventilação 55 - Betão de limpeza 16 - Bite de madeira 76 - Lâmina de compressão (laje aligeirada) 96 - Claraboia de ferro 36 - Palca térmica Wallmate 56 - Cascalho 17 - Vidro duplo 20mm de espessura 77 - Abobadilha em EPS (laje aligeirada) 97 - Piso em Deck 37 - Padieira metálica 57 - Junta hidrófuga 18 - Forra de caixilho em aluminio 78 Vigota pré esforçada betão armado (laje aligeirada) 98 - Sarrafo 3000x40x40mm 38 - Dobradiça em inox da JNF 58 - Mosaico hidraulico (xisto/piçarra) cor cinza 59 19 - Parafuso em estrela de inox 79 - Perfil em aço 99 - Estrutura 39 - Caixilharia de batente 1 folha (madeira+aluminio) da Bizwin59 - Rodapé lacado branco 20 - Silicone 80 - Foco de iluminaçãoOs consum etilicula non te num qua 100 - Manta anti punçoamento 40 - Caixilharia Basculante (madeira+aluminio) da Bizwin 60 - Laje betão armadoEndioribunt. Hussulinati,


“O meio rural das gentes serranas é testemunho de uma sabedoria humilde e simples que, confrontada com as necessidades e com a escassez de recursos, fez uso do que tinha à mão: com pedra de Lousada, com floresta variada e com água abundante, construíram casas, criaram animais e fizeram socalcos para cultivar cereais, cobriram as vertentes de castanheiros, oliveiras…” “The rural mountainous people is the testimony of a humble and simple wisdom that, faced with the needs and scarce resources, he used what he had handy: with stone Lousada, with forest and varied with plenty of water, built homes, created animals and made terraces to grow grain, covered the strands of chestnut trees, olive trees ... “

Course Showdown Route Schist Villages (Cerdeira | Candal | Casal Novo | Chiqueiro | Talasnal) Lousã

Prova Final de Curso Rota Aldeias de Xisto (Cerdeira | Candal | Casal Novo |Chiqueiro | Talasnal) Lousã

60


Este trabalho tem por objecto o conjunto das cinco aldeias de xisto classificadas, a sua caracterização urbana, arquitectónica e social. Situadas no coração da serra da Lousã, estas apresentam uma forte relação com a envolvente na qual o casario de pequena escala que se vai adaptando ao terreno, construído com materiais do sítio e pensado em locais estratégicos que assumem esta harmonia entre ribeiras, topografia e vegetação. This paper is concerned with the set of five villages shale classified, its characterization urban, architectural and social. Situated in the heart of Serra da Lousã, they have a strong relationship with the environment in which small-scale houses that will adapt to the terrain, built with materials from the site and thought in strategic locations to take this harmony between streams, topography and vegetation .

61


Actualmente, os meios rurais, têm sido alvo de procura do qual resulta um processo de retorno aos meios rurais. Ainda que lentamente, a população regressa a estes aglomerados, essencialmente, por dois motivos: a procura de uma melhor qualidade de vida e a permanência por períodos sazonais. Nestas aldeias, são escassas as pessoas que optam por aí viver permanentemente devido ao isolamento das mesmas a uma via de comunicação principal e/ou a um grande centro urbano. Maioritariamente, a população que reside nestas aldeias pertence ao norte da Europa, cuja opção se baseia em trocar a sua vida agitada própria das cidades, por um quotidiano mais pacato e sereno, característico das aldeias. Estas pessoas conseguiram fixar-se pela sua autonomia de subsistência, sendo as mesmas que gerem o seu próprio negócio, a sua própria maneira de se sustentarem, nomeadamente através de formas de arte (artesanato, pintura, escultura e cerâmica) bem como no restauro de habitações (para venda, aluguer ou apenas contratados pelos proprietários das habitações). Desta forma, estes que podem ser denominados por Neo Rurais, conseguiram fixar-se mantendo as aldeias como aglomerados “vivos”. Currently, the rural areas have been the target of the search process which results in a return to rural areas. Though slowly, the population returns to these clusters, essentially for two reasons: the demand for a better quality of life and stay for seasonal periods. In these villages, there are few people who choose to live there permanently due to the isolation of such a main communication channel and / or a large urban center. Mostly, the population living in these villages belong to northern Europe, which is based option to exchange their own hectic life of cities, for an everyday more peaceful and serene, characteristic of villages. These people have managed to set up their autonomy subsistence, and were managing their own business, their own way of supporting themselves, especially through forms of art (crafts, painting, sculpture and pottery) as well as the restoration of dwellings (for sale, rental or just hired by the owners of dwellings). Thus, they can be called by Neo Rural, succeeded in fixing up keeping the villages as clusters “alive”.

62


63


Para além da população originária do norte da Europa, existe ainda um grupo designado por “Portugueses Urbanos”, o qual prescindiu da sua vida num centro urbano para iniciar uma outra nas referidas aldeias. Essencialmente, consistem em pessoas que se dedicam à agricultura (biológica), à criação de agro pastoril, ao restauro de habitações e, ainda outros, que vieram laborar em equipamentos implantados por programas de apoio a estes meios rurais. No estado actual em que se encontram estes lugares, o objectivo do presente trabalho vai ao encontro desta evolução geográfica e social, dando-lhe continuidade. Pretende-se, assim, interpretar|perceber a evolução dos agregados serranos a fim de os valorizar, transpondo os mesmos para o séc. XXI, através da criação de novos equipamentos para as necessidades actuais. Como tal, é esperado que a implantação destes equipamentos incentive a passagem pelas cinco aldeias, fortaleça a sua identidade e a sua sustentabilidade, enaltecendo-as e criando uma rota virtual que pode ser sempre realizada de forma diferente. Apart from the native population of northern Europe, there is a group called “Urban Portuguese,” which dispensed of his life in an urban center to begin another in these villages. Essentially consist of persons engaged in agriculture (organic), the creation of agro pastoral, the restoration of housing and still others who came laboring in equipment deployed for programs supporting these rural areas. In the current state they are in these places, the aim of the present study meets this geographical and social evolution, giving it continuity. The aim is thus to interpret | perceive the evolution of aggregate serranos to the value, transposing them into the century. XXI, through the creation of new equipment for current needs. As such, it is expected that the deployment of these devices encourage passage through five villages, strengthen their identity and sustainability, praising them and creating a virtual route that can always be done differently. 64


65


66


67


68


69


Computer Aided Design 2 mechanical pieces + three dimensional images

Desenho Assistido por Computador 2

70

Peças Mecânicas + Imagens Tridimensionais


71


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

72


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

73


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

74


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

75


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

76


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

77


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

78


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

79


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

80


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

81


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

82


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

83


Tipologia Imagem Tridimensional Programas Utilizados Graphisoft Archicad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização)

84


Type Three Dimensional Image Programs Used Graphisoft Archicad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering)

85


P O R T F O L I O Profissional

86


Habitação Ivone Oliveira 80 Apartamentos Figueira da Foz 81 Imovaldi 82 Habitações CAlberto 83 Partikloft 84 Urbanização Murtelas 85 Habitação Pedro Matos 86 Lar de Idosos de Almalaguês 87 Lar de Idosos de Montemor-o-Velho 88 Remodelação de Apartamento em Coimbra 89 Habitações Etermar 90 Remodelação Colégio São Teotónio 91 Outros Trabalhos Desenvolvidos 92 87


Trabalho Desenvolvido Projecto de Execução: - Desenvolvimento de Instalações Sanitárias 1/50 (Esquiços; Plantas; Alçados Interiores; Materiais; Loiças Sanitárias; cotagem) - Desenvolvimento de Cozinha 1/50 (Esquiços; Plantas; Alçados Interiores; Materiais; Equipamento Eletrodoméstico; cotagem) - Mapa de Vãos Exteriores 1/50 - Estudos - Mapa de Vãos Interiores 1/50 - Mapa de Armários 1/20 - Mapa de Acabamentos - Plantas de ITED e Iluminação (Localização de Tomadas; Localização de Pontos de Luz (Parede e Tecto))

Developed Work Project Execution: - Development of Sanitary Facilities 1/50 (Sketches; Plants, Interior Elevations, Materials, Sanitary Loiças; dimensioning) - Development of Kitchen 1/50 (Sketches; Plants, Interior Elevations, Materials, Equipment Appliance; dimensioning) - Map of Foreign Openings 1/50 - Studies - Map of Interior Openings 1/50 - Map Cabinet 1/20 - Map of Finishes - Plants and ITED Lighting (Location of Outlets; Location of Points of Light (Wall and Ceiling))

Habitação Ivone Oliveira Tipologia Habitação Unifamiliar Nome Habitação Ivone Oliveira Local Alqueve, Botão Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 88

As imagens virtuais não foram executadas pelo próprio


Trabalho Desenvolvido Ficha Técnica – BI’s: - BI Projecto de Arquitectura - BI Projecto de Telecomunicações - BI Projecto de Electricidade (Quadros; Tomadas; Iluminação; ITED) - BI Projecto de Abastecimento de Águas - BI Projecto de Águas Residuais e Pluviais - BI Projecto de Gás

Developed Work Crew - BI’s: - BI Architecture Project - BI Telecommunications Project - BI Project for Electricity (Tables; outlets; Lighting; ITED) - BI Project Water Supply - BI Project Wastewater and Stormwater - BI Gas Project

Apartamentos Figueira da Foz

Tipologia Habitação Plurifamiliar

Nome Apartamentos Figueira da Foz Local Figueira da Foz Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 89


Trabalho Desenvolvido Projecto de Licenciamento (11 Lotes): - Plano de Acessibilidades - Cotagem -QuadroSíntese (Área do Lote; Área de Implantação; Área Bruta de Construção; Cércea; Volumetria; Nº Lugares de Estacionamento)

Maquete 3d: - Modelagem (Autodesk Autocad) - Mapeamento –Estudos (Autodesk 3dsMax)

Developed Work Draft Licensing (11 Lots): - Accessibility Plan - Dimensioning -QuadroSíntese (Plot area; Deployment Area; Gross Construction Area; Cércea; Volumetry; No. Parking Spaces)

3d mockup: - Modeling (Autodesk AutoCAD) - Mapping Studies-(Autodesk 3dsMax)

Imovaldi Tipologia Indústria | Armazém

T

Nome Imovaldi

N

Local Fornos, Coimbra

L

Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados]

A

90


Trabalho Desenvolvido Projecto de Licenciamento (4 Lotes): - Plano de Acessibilidades - Alçado (Arranjos Exteriores) (Desenvolvimento de muro limite de lote e Portões) - Cotagem - Quadro Síntese (Área do Lote; Área de Implantação; Área Bruta de Construção; Cércea; Volumetria; Nº Lugares de Estacionamento) -Memória Descritiva Justificativa: Projecto; Acessibilidades; Arranjos Exteriores - Desenvolvimento de um dos 4 lotes (Morfologicamente diferente dos restantes) usando a mesma linguagem, por forma a garantir um todo harmonioso, equilibrado e querente.

Developed Work Draft Licensing (4 Lots): - Accessibility Plan - Elevation (Landscaping) (Development of boundary wall and gates batch) - Dimensioning - Summary Table (Plot area; Deployment Area; Gross Construction Area; Cércea; Volumetry; No. Parking Spaces) -Specification Rationale: Design, Accessibility, Landscaping

Habitações CAlberto

Tipologia Habitação Unifamiliar

- Development of the 4 lots (morphologically different from the other) using the same language, so as to ensure a harmonious, balanced and wisher. As imagens virtuais não foram executadas pelo próprio

Nome Habitações CAlberto

Local Anadia

Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 91


Trabalho Desenvolvido Projecto de Licenciamento: - Redesenho de pequenos apontamentos ao nível do projecto - Plano de Acessibilidades - Cotagem - Quadro Síntese (Área do Lote; Área de Implantação; Área Bruta de Construção; Cércea; Volumetria; Nº Lugares de Estacionamento) - Corte Construtivo

Developed Work Project License: - Redesign of small notes at the project level - Accessibility Plan - Dimensioning - Summary Table (Plot area; Deployment Area; Gross Construction Area; Cércea; Volumetry; No. Parking Spaces) - Cut Constructive

Partikloft Tipologia Habitação Plurifamiliar

T

Nome Partikloft

N

Local Coimbra

L

Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados]

A

92

As imagens virtuais não foram executadas pelo próprio


Trabalho Desenvolvido Telas Finais:

-Levantamento - Vermelhos e Amarelos (Plantas; Cortes; Alçados) - Cotagem - Quadro Síntese

Developed Work Screens Finals: -Survey - Red and Yellow   (Plants; Cortes; Elevation) - Dimensioning - Summary Table

Urbanização Murtelas

Tipologia Habitação Unifamiliar

Nome Urbanização Murtelas

Local Sernadelo, Mealhada

Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 93


Developed Work Project Execution:

Trabalho Desenvolvido Projecto de Execução:

- Development of Sanitary Facilities 1/50 (Sketches; Plants, Interior Elevations, Materials, Sanitary Loiças; dimensioning)

- Desenvolvimento de Instalações Sanitárias 1/50 (Esquiços; Plantas; Alçados Interiores; Materiais; Loiças Sanitárias; cotagem)

- Desenvolvimento de Cozinha 1/50 - Development of Kitchen 1/50 (Sketches; Plants, Interior Elevations, Materials, Equipment Appliance; dimensioning) (Esquiços; Plantas; Alçados Interiores; Materiais; Equipamento Eletrodoméstico; cotagem) - Development of Guard Bodies 1/50 | 1/5 - Desenvolvimento de Guarda Corpos 1/50 | 1/5 (Plants; Cortes; Elevations; Detailing; Dimensioning) (Plantas; Cortes; Alçados; Pormenorização; Cotagem) - Development of Interior Stairs - Studies - Desenvolvimento de Escadas Interiores - Estudos - Map of Foreign Openings 1/50 - Studies - Mapa de Vãos Exteriores 1/50 - Estudos - Map of Interior Openings 1/50 - Mapa de Vãos Interiores 1/50 - Map of Ceilings - Mapa de Tectos - Map of Flooring - Mapa de Pavimentos - Map Cabinet 1/20 - Mapa de Armários 1/20 - Map of Finishes - Mapa de Acabamentos

Habitação Pedro Matos Tipologia Habitação Unifamiliar

T

Nome Habitação Pedro Matos

N

Local Coimbra

L

Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados]

A

94

As imagens virtuais não foram executadas pelo próprio


Trabalho Desenvolvido Projecto de Execução: - Desenvolvimento de Guarda Corpos 1/50 | 1/5 (Plantas; Cortes; Alçados; Pormenorização; Cotagem) - Desenvolvimento de Muro limite de Lote 1/100 | 1/10 (Plantas; Alçados; Cortes; Cotagem)

Developed Work Project Execution: - Development of Guard Bodies 1/50 | 1/5 (Plants; Cortes; Elevations; Detailing; Dimensioning) - Development of wall boundary of Lot 1/100 | 1/10 (Plants; Elevations; Cortes; Dimensioning)

Lar de Idosos de Almalaguês

Tipologia Edifício de Saúde

Nome Lar de Idosos de almalaguês

Local Almalaguês, Coimbra

Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 95


Trabalho Desenvolvido Projecto de Execução: - Mapa de Códigos - Mapa de Vãos Exteriores 1/50 - Mapa de Vãos Interiores 1/50 - Mapa de Tectos - Mapa de Pavimentos - Cotagem

Developed Work Project Execution: - Map Code - Map of Foreign Openings 1/50 - Map of Interior Openings 1/50 - Map of Ceilings - Map of Flooring - Dimensioning

Lar de Idosos de Montemor-o-Velho Tipologia Edifício de Saúde Nome Lar de Idosos de Montemor-o-Velho Local Montemor-o-Velho Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 96

As imagens virtuais não foram executadas pelo próprio


Trabalho Desenvolvido Projecto – Estudos: - Levantamento - Esquiços - Plantas; Alçados Interiores

Developed Work Project - Study: - Survey - sketches - Plans, Elevations Interiors

Remodelação de Apartamento em Coimbra Tipologia Fracção Unifamiliar Nome Habitações CAlberto Local Coimbra Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 97


Trabalho Desenvolvido Licenciamento (4 lotes): - Plano de Acessibilidades - Cotagem - Quadro Síntese (Área do Lote; Área de Implantação; Área Bruta de Construção; Cércea; Volumetria; Nº Lugares de Estacionamento) - Plantas; Cortes; Alçados - Corte Construtivo 1/50

Developed Work Licensing (4 lots): - Accessibility Plan - Dimensioning - Summary Table (Plot area; Deployment Area; Gross Construction Area; Cércea; Volumetry; No. Parking Spaces) - Plants; Cortes; Elevations- Constructive Cut 1/50

Habitações Etermar Tipologia Habitação Unifamiliar | Bifamiliar Nome Habitações Etermar Local Coimbra Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 98


Developed Work Project Execution (2 wards Rooms + Study Rooms): - Development of type 4 bedrooms + 4 Sanitary Installations type 1/20 (Plants; Cortes; Elevations, Materials, Sanitary Loiças; Dimensioning) - Developing Interior Elevations Runners 1/50 (Plants; Cortes; Elevations; Dimensioning) - Red and Yellow - Map of Foreign Openings 1/50 - Map of Interior Openings 1/50 | 1/5 (Detailing) - Map of Ceilings - Map of Flooring - Dimensioning -Development of Outdoor Stairs fiftieth-Studies (Plants; Cortes; Elevations; dimensioning) - Plants and ITED Lighting (Location of Outlets; Location of Points of Light (Wall and Ceiling)) - Map of Finishes

Trabalho Desenvolvido Projecto de Execução (2 alas de Quartos + Salas de Estudo):

- Desenvolvimento de 4 Quartos tipo + 4 Instalações Sanitárias tipo 1/20 (Plantas; Cortes; Alçados; Materiais; Loiças Sanitárias; Cotagem) - Desenvolvimento de Alçados Interiores dos corredores 1/50 (Plantas; Cortes; Alçados; Cotagem) - Vermelhos e Amarelos - Mapa de Vãos Exteriores 1/50 - Mapa de Vãos Interiores 1/50 | 1/5 (Pormenorização) - Mapa de Tectos - Mapa de Pavimentos - Cotagem -Desenvolvimento de Escadas Exteriores 1/50 -Estudos (Plantas; Cortes; Alçados; cotagem) - Plantas de ITED e Iluminação (Localização de Tomadas; Localização de Pontos de Luz (Parede e Tecto)) - Mapa de Acabamentos

Remodelação Colégio São Teotónio Tipologia Edifício Escolar Nome Remodelação de 2 Alas do Colégio São Teotónio Local Coimbra Arquitectura Luís S. Neto [LuisNetoArquitectos&Associados] 99


Trabalho Desenvolvido - Visita a Obras (Levantamentos Fotográficos; Evolução da Obra) - Organização de Processos (Licenciamentos; Especialidades; Desenhos para Obra; Portfólio) - Estudo de legislação

Developed work - Visit the Works (Photograph Surveys; Evolution of Work) - Organization Process (Licensing; Specialties; Drawings for Work; Portfolio) - Study legislation

Outros Trabalhos Desenvolvidos

100


Concurso de Ideias | Espaรงo exterior Hotel 102

101


Tipologia Fotomontagem Programas Utilizados Autodesk Autocad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização) + Adobe Photoshop (montagem)

102


Type Photomontage Programs Used Autodesk Autocad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering) + Adobe Photoshop (assembly)

103


Tipologia Fotomontagem Programas Utilizados Autodesk Autocad (modelação) + Autodesk 3ds Max (mapeamento) + Vray (renderização) + Adobe Photoshop (montagem)

104


Type Photomontage Programs Used Autodesk Autocad (modeling) + Autodesk 3ds Max (mapping) + Vray (rendering) + Adobe Photoshop (assembly)

105



Portfolio