Issuu on Google+

Especial Mundo Pet

Veja as novidades

no zoo de Sorocaba e as atrações da Feira Pet Caderno Negócios e Oportunidades

Teylor Soares

Nós fazemos o Ipanema Uma trajetória de 25 anos de sucesso e boas histórias Págs. 14 a 16


2 ARQUIVO ABERTO

O avanço da internet no Brasil

B

rasília sediou na quinta-feira (18) a primeira edição do Congresso Brasileiro de Internet, evento promovido pela Associação Brasileira de Internet (Abranet) para discutir questões relevantes que se apresentam com o exponencial avanço dos acessos via web no país. O evento, previsto para ocorrer a cada dois anos, reuniu cerca de 150 participantes, entre executivos, dirigentes, membros dos Três Poderes e inovadores tecnológicos. Nomes como o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo; Fábio Coelho (diretor-geral do Google Brasil), Alexandre Hohagen (vice-presidente do Facebook no Brasil), Demi Getschko (conselheiro do Comitê Gestor de Internet), Roberto Prado (diretor de competitividade nacional da Microsoft e Lisl Brunner (Comissão Interamericana de Direitos Humanos), entre outros. Entre os principais assuntos em debate, ganhou destaque a ampliação de temas como a regulamentação do setor, liberdade de expressão, desenvolvimento de novas tecnologias e obstáculos para o investimento em infraestrutura, que fazem parte de uma agenda que precisa ser construída entre governo e iniciativa privada ante os desafios que se apresentam para a internet brasileira. Muito já se evoluiu, já tivemos a elaboração da Lei 12.737/2012 sobre crimes na internet, apelidada de “Lei Carolina Dieckmann”, que ela altera o Código Penal para tipificar como infrações uma série de condutas no ambiente digital. Mas a realização do congresso levanta uma reflexão importante sobre temas que hoje impactam diretamente no campo do direito, em se tratando da disseminação do uso da internet do país. Foi mais uma oportunidade para a construção de políticas e de condutas que venham contemplar cada vez mais garantias jurídicas e institucionais necessárias em nome da cidadania, na era digital.

para ficar contando 17 minutos no relógio?”, indagou ironizando Waldomiro, que disse ter acompanhado as oitivas pela TV Legislativa.

Ipanema na Câmara O Sistema Ipanema de Comunicação foi homenageado na Câmara nesta sexta-feira (18) em razão das comemorações de aniversário pelos 25 anos da Rádio Ipanema, 12 do Jornal Ipanema e três da edição online do Ipanema.

Proposta tentadora

Bom para Lippi Há quem diga que pelo andar da carruagem, a CPI que investiga as obras paradas ou em atraso da Prefeitura de Sorocaba deverá acabar sendo boa para o ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB). O embate final entre ele e Crespo já tem data para acontecer: 14 de maio.

Homenagem A sessão solene foi solicitada pelo presidente da Casa, o vereador José Francisco Martinez (PSDB). “O objetivo sempre foi e sempre será homenagear a família Pagliato que em inúmeras situações ajudaram a construir a cidade de Sorocaba”, declara.

De surpresa A união entre o PPS e o PMN pegou de surpresa os vereadores de Sorocaba. Marinho Marte (PPS) e Pastor Luís Santos (PMN) disseram que não foram informados sobre a decisão tomada pelos diretórios nacionais dos partidos no último sábado (13) e anunciada na quarta-feira (15).

Em charges Durante 15 dias estará aberta a visitação no saguão principal da Câmara Municipal uma exposição com as 30 principais charges e as respectivas notas publicadas nesta coluna, Arquivo Aberto, durante os 12 anos de Jornal Ipanema. A curadoria é do editor-chefe Urbano Martins.

Lados opostos O principal problema é que os dois partidos se encontram em lados diferentes na Câmara Municipal: Marinho é da oposição e Luís Santos pertence à base aliada do prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB).

Congratulações O Sistema Ipanema de Comunicação também recebeu votos de congratulações na Assembleia Legislativa, através de um requerimento assinado pela deputada estadual Maria Lúcia (PSDB). “O jornalismo da Ipanema teve o reconhecimento da opinião pública, pois por vários anos consecutivos foi eleito o melhor programa de radiojornalismo de Sorocaba em concurso jornalístico e publicitário promovido pela prefeitura”, escreve a deputada na justificativa do requerimento, ao destacar a o caráter inovador da rádio ao lançar um jornal de duas horas numa FM, o que não era comum para a época.

Pela imprensa “Ficamos sabendo pelos órgãos de imprensa e este é um tipo de comportamento que a democracia não pode aceitar”, declara Marinho. Já Luis Santos tomou conhecimento da fusão entre os partidos através de um e-mail enviado por um amigo. “Para mim isso é um desrespeito. Nós deveríamos ter sido consultados. O partido com o qual o PMN está se fundindo é a favor de uma série de pontos com os quais eu discordo. Eu preciso saber se esse partido vai contemplar as minhas expectativas e defesas ou não”.

CPI dos enrolados

Quem também está tentando puxar Marinho é o vereador Irineu Toledo (PRB). Ele garante que a diretoria estadual do partido deu orientações para arrebanhar Marinho para o PRB. A ideia é que Marinho saia candidato a deputado federal nas próximas eleições para tentar conquistar uma cadeira indo na onda de votos do já declarado candidato Celso Russomano.

Marinho prefeito E o PRB já faz planos para o futuro político de Marinho, mesmo sem ele ainda ter batido o martelo dizendo que entra no partido. O próximo passo do vereador seria tentar sentar na cadeira do sexto andar do Palácio de Tropeiros, saindo candidato a prefeito em 2014 mesmo que não ganhe a eleição para a Câmara dos Deputados. “Se ele não quiser, eu procuro outro”, disse Irineu.

Em cima do muro

Fora

Fotos: Jomar Bellini

EDITORIAL

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Waldomiro de Freitas (PSD) criticou os integrantes da CPI das Obras Atrasadas nesta quinta-feira (18). Em linhas gerais, ele disse que os vereadores ficam enrolando antes de fazer as perguntas com longos discursos e não fazem questionamentos objetivos. Ele chegou a falar que um dos parlamentares demorou 17 minutos antes de indagar as testemunhas.

Não curtiu Quem não gostou nem um pouco do comentário foi o relator da CPI, Marinho Marte (PPS). “O senhor não tem mais o que fazer

Ambos os vereadores cogitam trocar de partido caso a fusão seja concretizada. “Não há a necessidade da fidelidade partidária e nós podemos trocar de agremiação política”, lembra Marinho que tende a retornar para o PMDB. “Nasci nas mãos deles [do PMDB], mas ainda é muito cedo para falar sobre o assunto. A tendência mais latente é de mudar. Cada vez mais os partidos acabam se enfraquecendo por causa dessas atitudes de cima para baixo”.

PMDB O ex-prefeito Renato Amary (PMDB) não perdeu tempo e logo no dia 15 ligou para Marinho, que até então ainda nem sabia da anunciada possibilidade de fusão. O fato pode gerar um problema interno no partido, já que o vereador não tem se bicado muito bem com o parlamentar peemedebista Tonão Silvano.

Já Luis Santos evitou falar sobre qual poderá ser sua nova filiação partidária. “Vou esperar a homologação da sigla. Estou olhando com muita seriedade porque a porta que abre para entrar é a mesma que abre para quem quer sair”. O vereador pretende ser candidato a deputado nas próximas eleições e, por causa disso, pretende esperar para ver quais nomes deverão entrar no PMD para então tomar a decisão de deixar ou não o partido. Ele, no entanto, diz que quatro ou cinco siglas já o procuraram para conversar sobre o assunto.


ARQUIVO ABERTO

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

PMD O objetivo da união dos partidos Popular Socialista (PPS) e da Mobilização Nacional (PMN) na sigla da Mobilização Democrática (PMD) é se prevenir de uma possível aprovação de um projeto da Câmara determinando que uma nova legenda só poderá contar com tempo de TV e fundo partidário após passar por uma eleição para a Câmara dos Deputados. Se aprovado, o projeto deve passar pelo Senado antes de entrar em vigor.

Não é novidade Já integrantes do PMN de Sorocaba dizem que a fusão não é motivo de surpresa para os vereadores, já que o PMD vem sendo gestada desde 2006. A novidade foi a antecipação do acontecimento.

Tucanou O ex-petista Arnô Pereira já deu como certa sua ida para o PSDB. “Já tucanei”, declarou. E a assinatura da filiação já tem data para ser realizada: 9 de maio, no escritório da presidenta do partido e deputada estadual Maria Lúcia (PSDB), na rua Caracas. A tucanada já se deu até no visual do ex-vereador, que abandonou o vermelho e a tradicional barba.

Chumbo trocado

tor Marco Feliciano (PSC-SP). O parlamentar vem causando polêmica devido a declarações consideradas racistas e homofóbicas. Dentro do próprio PSC de Sorocaba já tem gente dizendo que o deputado também não representa o partido da cidade, apesar de mais de 3 mil sorocabanos terem votado no pastor nas últimas eleições.

Hermes em Londres

Aos 66 anos, o empresário e comendador Hermes Elias de Moura da Maratona de Londres, que tem início neste domingo (21). Quarenta mil corredores devem percorrer um trajeto de 42 quilômetros. Os corredores são escolhidos a dedo, com base em experiências em corridas anteriores. “Foram 120 mil inscritos e eu sou o sorocabano que vai representar a cidade”. Hermes já participou de importantes corridas como a Maratona Internacional de São Paulo e a São Silvestre.

Arnô ainda não engoliu o que chamou de “duas rasteiras” que levou dos petistas nas últimas eleições. Como diz o ditado popular: Chumbo trocado, não dói.

Sem ideologia O ex-vereador disse que a escolha pelo PSDB não levou em conta a ideologia. A ideia é fugir de qualquer partido que possa se filiar o ex-prefeito Renato Amary (PSDB), como o PC do B, que já está aliado com o peemedebista deste as últimas eleições. O correto seria o ex-petista partir para um partido de esquerda, como o PSol, mas ele afirma que ninguém o procurou para iniciar um diálogo.

Sem incoerência Arnô negou também que o fato de se filiar ao PSDB seja considerado uma ação incoerente. “Eles não falaram para eu mudar o meu modo de agir e pensar”, defende.

Dentro do sindicato A ideia é que Arnô sirva de arma contra os petistas para conquistar os votos dos eleitores ligados aos sindicatos, um feudo que o PSDB sempre teve dificuldade em atingir. “Eles precisam de alguém que converse com os trabalhadores”.

Não representa Na última semana um grupo estudantil realizou um protesto contra o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara de Deputados do Brasil, o pas-

ARTIGO

Ouça

Alta plumagem Na edição passada, equivocadamente o Jornal Ipanema publicou que “Crespo afirmou que os vereadores ficam ‘lambendo as botas’ do prefeito Antonio Carlos Pannunzio e que ele (Crespo) seria o único com coragem para criar a CPI das obras atrasadas”. Só que naquele trecho da entrevista que concedeu à Rádio Ipanema, em 11 de Abril, referindose à enorme lista de melhorias para Sorocaba que dependem da vontade política do governo estadual e nunca são realizadas, Crespo afirmou isto: “Sorocaba tem uma história de tucanos do primeiro escalão que só sabem lamber as botas do governador quando ele vem aqui, só adulando e não cobrando os investimentos necessários”. A semelhança são as botas lambidas, mas tanto o dono das botas como os que as lambem, são outros. Além disso, o vereador lembra também que outros sete parlamentares assinaram o pedido de criação da CPI.

3

Vereadora de Votorantim Fabíola Alves (PSDB), prefeito de Sorocaba Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), deputada estadual Maria Lúcia (PSDB) e prefeito de Alumínio José Aparecido Tiseo

Parabéns A deputada estadual Maria Lúcia (PSDB) assoprou as velinhas e comemorou seu aniversário na quinta-feira (18) com um badalado café da manhã em seu escritório político. O encontro reuniu as principais lideranças tucanas. Estiveram presentes o prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio, o chefe do Executivo de Votorantim, Erinaldo Alves da Silva, o presidente do Parque Tecnológico e ex-prefeito, Vitor Lippi, além de secretários municipais, como Roberto Juliano (da Administração), Anésio Aparecido Lima (de Negócios Jurídicos), Rodrigo Maldonado (de Gestão de Pessoas), José Simões (de Cultura), entre outros.

Confesso, meus caros leitores, que ao ficar frente a frente com meu tablet para escrever meu artigo semanal, sempre com meu querido amigo e editor Urbano Martins lembrando que preciso enviar o texto, que o tempo está curto e, muitas vezes só falta o mesmo para o fechamento da edição, geralmente não sei o tema a ser abordado. E não é incomum, mas quase regra, pensar que minhas palavras podem fazer a diferença na vida das pessoas, ajudá-las a refletir, a pensar em mudanças esperadas ou inesperadas. E, olha, isso me traz uma responsabilidade enorme. Portanto, meus amigos, sempre, sempre mesmo, do fundo do coração, peço iluminação para os anjos, para o Espírito Santo, para Deus mesmo, para que nas palavras de São Francisco de Assis eu seja seu instrumento de paz, de verdade, de amor, com toda humildade de um simples servo da comunicação, que é o nosso verdadeiro papel, dos agentes da mídia. Dirigir veículos de comunicação é um privilégio na mesma medida da responsabilidade. A ética, a verdade, os erros e, tenham certeza, eles acontecem e muito na nossa profissão. Devemos ter um compromisso constante com a pluralidade, a democracia, a lealdade com todas as pessoas que colaboram para que o nosso trabalho possa acontecer da melhor forma possível. Como você tem agido em seu dia a dia? Tem ouvido sua voz interior, seu coração, seus instintos verdadeiros, aquela intuição que insiste em fazê-lo (a) refletir, mudar de direção? Muitas vezes há uma voz rouca gritando dentro de você para tentar alertar, mas você nem pensa, simplesmente ignora. Penso que me diria, como costumeiramente faz: “Eu sei! Eu sei!” Bem, se sabe, ouça essa voz. Neste mês temos a alegria de comemorar vinte cinco anos da Rádio Ipanema. Parece que foi ontem que nosso fundador, o empresário Benedicto Pagliato, para nossa imensa alegria (nosso pai, meu, da Cris e da Ju, nossa caçulinha, gerados no amor, com nossa mãe Vera), ouviu a voz interior, ao querer ter um veículo de comunicação que mudou nossas vidas e destino nos legando o trabalho de ser vez e voz de uma sociedade através do Ipanema Sistema de Comunicação. Essa voz muda o rumo e a história das pessoas. Ouça a sua e transforme sua vida e de sua sociedade para melhor. Pense nisso e boa semana.

Francisco Pagliato Neto é empresário e educador


4 ARQUIVO ABERTO / ARTIGOS Vício de iniciativa

Visita técnica O técnico do Ministério da Educação (MEC), Garabed Kenchian, esteve em Sorocaba na sexta-feira (12), vistoriando a possível área para instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) no município, a antiga sede administrativa da Fepasa. Durante a visita, acompanhada pela deputada federal Iara Bernardi, o deputado estadual Hamilton Pereira e o vereador Izídio de Brito Correia, todos do PT, o técnico se mostrou positivo quanto à implantação de uma unidade provisória do IFSP naquele local.

O veto do prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB) diz respeito ao projeto de lei do vereador Cláudio do Sorocaba 1 (PR) que dispõe sobre a isenção de IPTU para os imóveis de até 70 m2 de conjuntos habitacionais verticais. O próprio autor chegou a defender a manutenção do veto, justificando que o prefeito irá enviar um projeto semelhante devido ao vício de iniciativa. O projeto de Pannunzio, entretanto, irá alterar a metragem estabelecida para o benefício.

Indiscriminadamente

Muito papo Muita discussão e pouca ação. Assim foi a 20ª sessão ordinária da Câmara Municipal. Dos dois vetos e 20 projetos pautados para serem discutidos na sessão de quinta-feira (18) , apenas o primeiro veto chegou a ser debatido pelos vereadores. Com o fim do tempo regimental, a votação foi adiada para a próxima terça-feira.

Vereadores como Luis Santos (PMN), Rodrigo Manga (PP), Marinho Marte (PPS) e José Crespo (DEM) elogiaram a proposta e disseram esperar do prefeito a mesma postura com todos os parlamentares, mas desde que isso seja realizada de forma indiscriminada. Esta é a segunda vez que Pannunzio veta um projeto com a promessa de enviar um texto semelhante para a Casa.

IPANEMA ON LINE

Veja também os blogs de: Rívika Sanches Osmeire Mendes Erick Rodrigues Beatriz Martinhão e Rafael Neves Paulo Roberto Jr

E as colunas de: “Foi lançado oficialmente o novo blog da Maison Bertin, especialmente voltado para os noivos. O blog contém dicas de “onde encontrar” tudo quanto necessário para a festa, além de indicações da Maison Bertin de profissionais renomados da nossa cidade”. Veja os detalhes na coluna de Renata Moeckel

Ipanema Sistema Gráfico e Editora Ltda

CNPJ - 01.142.640/0001-07 Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 199 Lageado - CEP 18.110-008 - Votorantim - SP Fone (15) 2102-0300 - Fax (15) 2102-0302

Filiação

Paulinho Godói Gabi Camargo Urbano Martins Mário Cândido Rui Albuquerque Francisco Pagliato Neto Deda Benette Ale Scapol Guyma Baddini

Diretoria Francisco Pagliato Neto Juliana Camargo Pagliato Editor Benedito Urbano Martins MTB 36504 Gerente Geral - Jornal Ipanema Wilson Rossi Gerente de Produção Roberval Fernandes de Almeida

diretoria@jornalipanema.com.br ________ 2102-0300 redacao@jornalipanema.com.br ________ 2102-0389 comercial@jornalipanema.com.br _______ 2102-0330 financeiro@jornalipanema.com.br ______ 2102-0308 circulacao@jornalipanema.com.br _______ 2102-0335 wilsonrossi@jornalipanema.com.br ______ 2102-0330 arte@jornalipanema.com.br - 2102-0340/ 2102-0342

Diagramação Jefferson Cascali de Lima

______________________________

Tiragem - 28.000 exemplares Distribuição - Sorocaba e Região PARA ANUNCIAR: comercial@jornalipanema.com.br 2102-0306 / 2102-0320 / 2102-0323 / 2102-0325 / 2102-0327 / 2102-0330

PORTAL DO JORNAL IPANEMA: www.jornalipanema.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo da inteira responsabilidade dos seus autores.

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

ESPAÇO DO RUI

Uma realidade diferente “O ser humano ainda não percebeu a própria grandiosidade e sua importância no planeta. Existem ONGs que defendem os direitos dos animais e isso é muito bom. Ficamos escandalizados quando sabemos que um cachorro, gato ou outro animal sofreu maus tratos, mas, infelizmente, existem mães com crianças debaixo dos viadutos e pontes e fazemos de conta que não vemos”. O comentário é do advogado Sérgio Arantes Consani Crosta, de Ribeirão Preto. Ele esteve em Sorocaba visitando o hospital do BOS – Banco de Olhos de Sorocaba, observando o mutirão de catarata e acompanhando a esposa Daniela Pereira da Silva Felipe Crosta, médica oftalmologista com doutorado e professora da USP – Universidade de São Paulo. O comentário surgiu porque Daniela é voluntária na Organização Voluntários do Sertão, fundada em 2000 pelo empresário Doreedson Pereira e que atua no interior da Bahia. Seu colega, o cirurgião Sérgio Vieira conheceu o projeto logo no início, viajando em seu próprio avião e ficou impressionado. Famílias simples, em condição de miséria, não mereciam cuidados médicos e, assim, ele atendeu dezenas delas. Entusiasmado, convidou Daniela para participar e conhecer aquela realidade “onde não existe televisão, energia elétrica, saneamento, ou seja, o mínimo para assegurar qualidade de vida. Mas, elas são alegres e nos recebem com carinho, como se fossemos seres divinos”. Nos próximos dias 27 de abril a 5 de maio, Daniela estará novamente atuando em Anagé, na Bahia. Hoje a Organização Voluntários do Sertão é bem estruturada. Têm profissionais de várias áreas, carretas que abrigam consultórios médicos e odontológicos

e até cabeleireiros. Conta com o apoio da Força Aérea Brasileira que transportará seus 250 voluntários, bem como de empresas como a Colgate, que fornece pastas, escovas de dente, sabonetes e outros produtos e até do governo da Bahia, que realiza o programa Saúde em Movimento. Por ela já passaram cerca de 3 mil voluntários. Estão registrados 11 mil atendimentos médicos e, inclusive, profissionais da agricultura desenvolveram programas educativos, com a distribuição de kits de sementes e produtos agrícolas, que resultaram em 1.750 hortas comunitárias, implantadas em 13 municípios baianos. “Quando o bem é lançado, ele se multiplica. Muita gente apoia e participa” – lembra o advogado Sérgio Consani, pai de Tomás (13) e Antonio (3) que tem orgulho da atuação da esposa. E completa: “Quando vemos, por exemplo, após a cirurgia, uma avó que sofria de catarata olhar o seu neto pela primeira vez e chorar de alegria não há valor que pague a emoção. E isso também acontece neste momento no hospital sorocabano, onde 800 pessoas da região de Sorocaba estão sendo operadas no mutirão de catarata e, com certeza, inaugurando nova fase em suas vidas”. Para sermos felizes e realizados em qualquer profissão precisamos gostar de pessoas, sermos solidários e gratos porque dependemos (todos, sem exceção) uns dos outros. O voluntariado é a força oculta que garante o mundo melhor. Rui Batista de Albuquerque Martins é jornalista e publicitário

As escrituras das nossas casas A primeira escritura-contrato de compra de casa que tive foi provisória e emitida pela Caixa Econômica Federal através de um financiamento do extinto BNH- Banco Nacional de Habitação. Lá na década de 70 o sonho da casa própria para pagar em 25 anos era uma realidade difícil de ser conquistada. Sorocaba tinha poucas residências nesse sistema habitacional que facilitava a vida dos trabalhadores. O conjunto residencial construído pelo Felippo Malzone no Jardim Saira era um deles. Foi ali que finquei o pé. Sem iluminação na rua, um asfalto antigo que só tinha buracos, sem telefone e outras simples comodidades comuns nos dias atuais. Jamais esquecerei o dia em que peguei nas mãos a escritura definitiva. Pensei nisso tudo esta semana quando visitando a Secretaria Municipal de Habitação mantive contato com o Hélio Godoy, responsável pela mesma. Vi os projetos habitacionais em desenvolvimento para as famílias de baixa renda e um futuro promissor para milhares de pessoas que poderão ter suas moradias em Sorocaba. O que me chamou a atenção foram as dezenas de escrituras de terrenos que serão entregues em abril pela Secretaria de Habitação às famílias que moravam “ilegalmente” em um chão soro-

cabano. Fiquei imaginando a alegria e o sonho desse povo sofrido que vive há vinte, trinta anos em uma casa sem nenhuma garantia de posse e que agora irão receber sua escritura definitiva registrada em cartório e ainda por cima, de graça. O orgulho de ter o IPTU registrado em seu nome e poder sentir-se dono do teto é algo que certamente fará rolar lágrimas dos moradores. Vi também que as famílias de baixa renda entre zero a três salários mínimos poderão se cadastrar para as novas moradias a serem construídas. Meus pais quando vieram de Piracicaba para morar em Sorocaba há mais de 60 anos passaram por isso. Conquistaram a sua casinha com a renda do serviço na Estrada de Ferro Sorocabana e na Fábrica Santa Maria. São sonhos que cada família realiza em conquistar a sua casa própria e agradecem a Deus pelo resto da vida por essa conquista. Vanderlei Testa é jornalista e publicitário leia este e outros artigos de Vanderlei Testa no Portal www.jornalipanema.com.br


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

5


6

GABY CAMARGO PUSTIGLIONE GA

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

mais fotos: www.jornalipanema.com.br / gaby@jornalipanema.com.br

TÔ LIGADA!

José Antonio Matiello presidente Monteiro Lobato) e Neuza Matiello

Dia 5 de maio acontece mais uma edição da tradicional Feijuca do Santo promovida pela diretoria do Educandário Santo Agostinho. A festa cheia de guloseimas e música ao vivo tem início às 12 horas no salão de eventos da entidade. Os convites estão sendo vendidos a R$ 35,00. Corra e adquira o seu convite e participe deste saboroso evento! Informações: (15) 3222-2265.

ANIVERSARIANTES

Italianíssima

Tania e Carlos Corrá

A diretoria do Monteiro Lobato fez o lançamento oficial na terça-feira (9) da 16ª edição da Italianíssima. A festa programada para o dia 27 de abril terá como atração especial show do cantor Ary Sanches. A camiseta-convite já está à venda com preço de R$ 100,00, com renda revertida em prol das crianças atendidas pelo Lar Escola. Informações com Irani (15) 32214970. O lançamento contou com a presença da diretoria e apoiadores.

Sábado (20) – Alexandre Carli Sábado (20) – Mauricio Blazeck Sábado (20) – Flavio Miguel Junior Sábado (20) – Sérgio Krika Guariglia Segunda-feira (22) – Helena Quilici Segunda-feira (22) - Willy Marcus França Segunda-feira (22) – Marli Ramires Segunda-feira (22) – Jackson Moreira Terça-feira (23) – Renê Asêncio Terça-feira (23) – Marta Genaro Quarta-feira (24) – Maria José de Almeida Lima Quarta-feira (24) – Rodolfo Junior Quarta-feira (24) – Wilson Bricio Medina Junior Quarta-feira (24) – Marcos Tadeu Luchini Quinta-feira (25) – Vera Leme dos Santos Sexta-feira (26) – Adriana Lara Prieto

Nova coleção No sábado (27) Marcela Laccava promove o lançamento da nova coleção da grife To Be, com modelos masculinos e femininos. Será a partir das 16 horas no Boteco Avenida Ipiranga (Av. Washington Luiz, 1313. Mais informações sobre a To Be, na http://www. facebook.com/t.shirt.to.be


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

7


8

PAULINHO GODOI

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Mulheres tietaram

com Faro

O apresentador Rodrigo Faro esteve em Sorocaba para rever seu amigo Nelson Nolé e aproveitou para tomar um café na Padaria Real. Imagine o alvoroço. Márcia Del Cistia, que não é boba, aproveitou e posou com o ex-Dominó.

Bia del Cistia, Rodrigo Faro e Márcia Del Cistia

New Faces Eliana Paes

Vestido de Noiva Parece estória de Nelson Rodrigues, mas a agitada, extrovertida e divertida Eliana Paes está noiva e vai casar. Isso mesmo. O noivo vem direto de Miami e conversam todos os dias pelo telefone. Não sei quem é, mas se for fofinho, ele paga excesso de bagagem na boa. Promete ser o casamento, mas como sou amigo de São Tomé, só vendo para crer. Pelo menos a decoração da festa fica por conta da noiva, sucesso garantido.

Neto Marques

Fui jurado para escolher os new faces para desfilar no Backstage Experiência Fashion, Os vencedores foram Gaby Barros e Neto Marques. E a Witney só porque não ganhou ficou fazendo a egípcia depois? Deixa explicar: “fazer à egípcia” é ignorar alguém, se fingir de “estauta”. As pessoas deveriam aprender que nem sempre o primeiro lugar garante vaga para a fama. Exemplo melhor é de Jennifer Hudson, que foi eliminada do “American Idol”, começou a carreira de atriz paralela com a de cantora e ainda levou um Oscar para casa. Fantasia Barrino ganhou a premiação, sua carreira não deslanchou e tentou suicídio. Não é para tanto também, acho que ela confundiu fantasia com a realidade, coisas do showbiz.

Gaby Barro

Cibeli Strutz Barroso e Patricia pessutti

Blogueira na Big Apple A blogueira de moda Patrícia Pessutti, devidamente acompanhada de seu marido, Alexandre, estão em “Neve Iorque”, porque ainda faz frio, acompanhando as tendências para a próxima estação. Encontraram por lá Fabinho Bilbao e Cibeli Strutz Barroso e logo mais novidades no blog da Pat.


9

ALE SCAPOL

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

mais fotos: www.jornalipanema.com.br j p / alescapol@jornalipanema.com.br p j p Flávio Angelin

1 3

2

5

4 6

Coolzão

Criado para juntar amigos e jogar conversa fora, o despretensioso projeto “Coolzão” nasceu de uma parceria entre Will Baptista e o Botequim do Bozó. Rola toda quarta feira e promete muita animação. Eu fui, gostei e aprovei.

7

1

Lucas Carvalho e Carla Nogueira

4

Luiz Mascaranhas e Virgílio Macella

2

Will Baptista

5

Roberto Dchidee e Cris Bertoni

3

Camila Lara e Ivan Pereira

6

Natalia Falocci

7

Juliana Albuquerque


10 CORPO EM FORMA / SAÚDE

Imagem meramente ilustrativa

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Momento de planejar a

cirurgia plástica E

stamos mais uma vez chegando ao período do ano chamado “Temporada das Cirurgias Plástica”. Férias escolares, temperaturas amenas e menor incidência dos raios solares estão entre os fatores que torna esse período propicio para realizar o sonho de tantas pessoas. Deste modo, agora é o momento de se planejar, passar em consultas, realizar os exames para ver se está tudo em ordem para já reservar uma vaga nas agendas lotadas do nosso seleto grupo de cirurgiões

plásticos de Sorocaba. Deste modo poderá voltar das férias com um aspecto facial mais rejuvenescido, curvas mais delimitadas através de uma lipoaspiração ou da plástica de abdome ou também com os tão desejados implantes de silicone no bumbum ou mamas. A procura pelo aumento do volume do bumbum através de implantes de silicone vem crescendo numa progressão geométrica. Os novos formatos desses implantes permitem que a paciente consiga um aspecto natural e particularmente lindo. Um mito que deixou de existir é sobre a proibição da paciente se sentar por “X” dias. Se fosse “proibido” sentar como é que ela iria do hospital para sua casa? Em pé em um ônibus do transporte publico? Como fariam para ir ao banheiro se não pudessem sentar? Com certa cautela a paciente pode e deve andar, sentar e mesmo subir escadas, já no mesmo dia da cirurgia. Com a popularização deste tipo de cirurgia, fomos observando que as rígidas regras de repouso absoluto eram

desnecessárias. Ficar imobilizada no leito prejudica a circulação sanguínea predispondo a temida trombose venosa profunda. Cirurgias de pequeno porte também são opções sensacionais para quem possui agenda restrita. Se na cirurgia do implante glúteo é indicado um repouso relativo de aproximadamente 10 dias, em uma lipoaspiração localizada (culote, pneus ou braços), o afastamento das atividades profissionais geralmente não passa de um final de semana. Aquela sobra de pele na parte posterior dos braços que afeta boa parte das mulheres à medida que envelhecem, podem ser amenizadas com uma mini lipoaspiração com anestesia local e também não requer internação. Quando existe uma grande sobra de pele não tem outra opção a não ser com cortes, mas na maioria dos casos uma pequena hidrolipo e o uso de malha elástica apertando a pele do braço por um mês, da um resultado muito gratificante. Outro procedimento de recuperação extremamente curta e de resultados notáveis e instantâneos para o tratamento do envelhecimento facial é a remoção apenas da pele das pálpebras superiores com anestesia local. Fazendo a associação de compressas frias, e repouso com a cabeça elevada geralmente é possível diminuir os hematomas a ponto de poder ser quase que totalmente disfarçado

com uma base ou com óculos escuros. Pálpebras superiores caídas fazem as pessoas parecerem mais velhas, cansadas, além de prejudicar a visão. É uma cirurgia de poucos minutos, também nao requer internação é um procedimento que praticamente não doem nada no pós-operatório. Então o que está esperando? Marque logo uma consulta com um cirurgião de sua preferência para entrar nesse segudo semestre mais linda e com elevada autoimagem e autoestima. Voce merece!

Prof.Dr.Gal Moreira Dini CRM 77999 Membro Correspondente da Associação Ex Alunos Prof Ivo Pitanguy


CORPO EM FORMA / SAÚDE

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

A

lista dos dez maiores riscos para a saúde da população é responsável por 40% das 56 milhões de mortes que ocorrem anualmente. O controle desses fatores de risco pode aumentar a vida útil das pessoas, como na África, que pode ganhar mais 16 anos de expectativa de vida ou mesmo nos países ricos, que pode aumentar mais cinco anos. Confira a seguir os dez itens mencionados: 1º) A pressão alta é responsável por 7,1 milhões de mortes por ano ou 13% da mortalidade global, através das complicações cardiovasculares (infarto, derrames, tromboses etc). 2º) O tabagismo provocou 9 milhões de mortes em 2000, com significativo aumento em relação a 1999, quando matou 3,9 milhões de pessoas, por meio de câncer de pulmão, bronquites, doença pulmonar obstrutiva crônica, enfisemas etc. A OMS prevê 8,4 milhões de mortes até 2020, caso não sejam adotadas medidas radicais pelos governantes. Embora o número de fumantes tenha diminuído nos últimos anos, o ingresso de adolescentes no clube dos tabagistas continua alto. 3º) O colesterol está associado diretamente a 7,9 milhões da mortalidade global

ou 4,4 milhões de mortes/ano, através da aterosclerose e suas consequências, como angina, infarto, derrames, tromboses etc. A taxa ideal de colesterol total para os adultos é abaixo de 200mg/dL, devendo ser mantido o mau colesterol (LDL) inferior a 130mg/dL. 4º) A subalimentação é a maior causa de mortalidade infantil nos países pobres e responsáveis por 3,4 milhões de óbitos totais em 2000, sendo 1,8 milhões somente na África. 5º) O sexo sem proteção responde por 2,9 milhões de mortes somente em 2000, sobretudo por causa da aids, que é a quarta maior causa de mortes no mundo. Aliás, existem 40 milhões de portadores do vírus, sendo 29 milhões somente na África. A aids já matou mais que a somatória de todas as guerras e as perspectivas para os próximos anos continua sombria, em virtude da falta de profilaxia. 6º) As bebidas alcoólicas afetam principalmente a Europa e América, matando 1,8 milhões de indivíduos por ano, por meio da cirrose hepática, decadência física e psíquica. Entre os alcoólatras é grande a taxa de suicídio, em virtude da psicose alcoólica. 7º) A má qualidade da água provoca 1,7 milhões de mortes por ano, em decorrência das infecções intestinais, desidratação e diarreia crônica; pois a água é elemento vital para a manutenção da vida, visto que o organismo é composto de 70% de líquido. 8º) A fumaça de combustíveis sólidos acarretam 35,7% das

infecções respiratórias, 22% das doenças pulmonares crônicas e 1,5% dos tumores de pulmão e traqueia. 9º) A carência de ferro é responsável pela morte de 800 mil pessoas/ano, sendo que dois bilhões de pessoas sofrem de anemia ferropriva, principalmente nos países do terceiro mundo, em decorrência de parasitoses intestinais, como os ancilostomídeos. Também por falta de ingestão de alimentos que contém ferro, como legumes, verduras e proteínas animais. E, finalmente, 10º) A obesidade, que mata mais de meio milhão de pessoas/ano, somente na América do Norte e Europa Ocidental, onde se situam os países mais ricos do planeta. A obesidade mata através de suas conseqüências, como diabetes, pressão alta, aumento de colesterol etc. O conjunto destes dez fatores reduz a expectativa de vida e aumenta uma infinidade de enfermidades e suas complicações. A redução destes índices constitui um dos projetos mais importantes da OMS para os próximos anos. Professor Doutor Mário Cândido de Oliveira Gomes é infectologista e clínico geral

Imagem meramente ilustrativa

Os dez maiores riscos para a saúde

11


TEYLOR SOARES ES

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

12

teylor@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

O som de Xangaii

O Asteroid é reconhecidamente um local onde a galera vai para ouvir rock, mas no fim do mês a galera que curte música eletrônica invadiu para ouvir o som do DJ e produtor Xangaii. O clima foi tão bom que já tem outra festa marcada para este sábado (20), agora e dessa vez com o Mixhell, do baterista Igor Cavaleira, mas atenção galera é eletrônico hein rsrs. Aline Pozzi

Érika e Katia Leitão

Mário e Xangaii

Tais Fernanda

Níver dos amigos Lucia Perote

Fabiana Ferrari

P terceiro ano seguido o Branco Pelo Cremonese e o Marquinhos Baleeiro C ccomemoraram o aniversário juntos no Crocodillo Club, e claro, que foi uma C ttremenda festa, afinal não tinha como ser diferente, pois os dois adoram uma festa. d

Branco Cremon ese

e Marquinhos

Baleeiro


RENATA MOECKEL

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

13

renatamoeckel@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Pode ler

Especial para noivos

Um dos mais importantes jornalistas brasileiros, o também contista, cronista, romancista e imortal da Academia Brasileira de Letras, Carlos Heitor Cony, tem sua obra composta por - além de livros de contos, crônicas e romances - diversos ensaios biográficos, roteiros para cinema, novelas e documentários. Polêmico, à época do regime militar, Cony foi um dos que apoiou o golpe e depois, arrependido, passou a combater abertamente à ditadura. Para quem deseja conhecer seus trabalhos indicamos, para começar, seu romance de maior sucesso: “Quase Memória”, que vendeu mais de 400 mil exemplares e que narra as histórias de seu pai Ernesto Cony Filho, também jornalista, um um sonhador, na visão do filho, com magnífico perfeccionismo até nos mais simples atos. Pode ler. O livro é bom.

Lançado oficialmente o novo blog da Maison Bertin, especialmente voltado para os noivos. O blog contém dicas de “onde encontrar” tudo quanto necessário para a festa, indicações da Maison Bertin de profissionais renomados da nossa cidade. Para Lilian Bertin, os preparativos para

um casamento - momento tão marcante e especial - tomam muito tempo e geram preocupações aos noivos, que através do blog poderão encontrar facilidades, além de informações sobre tendências em vinhos e muitas novidades. Para navegar, o endereço é www.maisonbertin.com.br/blog.

Uma pausa para os famosos A Cervejaria Burgman ofereceu um jantar aos atores globais Deborah Evelyn, Julia Lemmertz, Orã Figueiredo e Paulo Betti. Logo após a peça“Deus da Carnificina”, apresentada no Sesc de Sorocaba. A escolha pela Burgman foi feita devido ao aconchego, ao local reservado que possui, à harmonia do ambiente e ao ponto turístico, afinal, é a primeira cervejaria artesanal da cidade de Sorocaba. No final da noite, os atores receberam uma aula de cervejas artesanais e puderam conhecer toda a fábrica, bem como atender aos clientes presentes, o que fizeram de forma simpática e atenciosa. Os atores teceram muitos elogios ao lugar, a sua comida, carta de cervejas e chopes. E avisaram que vão voltar. Sucesso!

Orã Figueiredo

Paulo Betti

Deborah Evelyn

Rodrigo de Oliveira e Julia Lemmertz


14

CAPA

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013 Jomar Bellini

Fotos: Sérgio Ratto

Urbano Martins, editor

José Roberto Ercolin, apresentador

Francisco Pagliato Neto, diretor e comentarista

Alexandre Moreto, apresentador

Informação e interatividade há 25 anos Rádio Ipanema comemora aniversário e relembra trajetória de sucesso Jomar Bellini / Marília Pagliato

I

nformação, música e valorização da participação do ouvinte. Esta é a fórmula consagrada pela Rádio Ipanema FM, marca registrada há 25 anos. No comando do empresário Benedicto Pagliato, a programação entrou no ar com o que até hoje é o carro chefe da emissora: o Jornal da Ipanema. “A gente não queria só tocar música porque isto todo mundo fazia, mas também investir no jornalismo, que é o grande DNA da Ipanema”, afirma o diretor do Sistema Ipanema de Comunicação, Francisco Pagliato Neto, que participa da rádio desde o seu projeto inicial. A rádio chegou marcando presença: Benedicto investiu pesado para fazer da emissora a melhor e mais ousada rádio da região. “Ela era muito eclética para a época, até porque não tínhamos a segmentação de hoje. Mas as principais marcas eram a programação diferenciada, com mais interatividade com o ouvinte numa época em que nem se falava em internet”, comenta o diretor artístico Valter Calis. “Uma pesquisa na época mostrou que somando todas as rádio AM e FM de Sorocaba, não dava a audiência que a Ipanema tinha”, completa. Devido à parceria no setor de conteúdo informativo com a rede Jovem Pan Sat, em 1997 a Ipanema adotou o nome da rádio paulistana, novamente movimentando o mercado local. Durante 15 anos, a emissora ampliou sua participação entre o público jovem com a retransmissão do material produzido pela Pan. Mas apesar deste ganho, a parceria acabou distanciando o público sorocabano.

Em agosto de 2012 a Ipanema voltou “embalada para presente” no mês de aniversário de Sorocaba, com a proposta de uma programação jovem e mais ênfase na informação. Foram resgatados os principais programas da casa, como o Ipanema 3, e principalmente o patrimônio humano. Prata da casa, Mari Maia, por exemplo, é uma das vozes que voltaram ao ar. “Quando me convidaram para retornar eu fiquei muito feliz. A gente se sente em casa”, comenta a locutora. Em tempos de internet, a interatividade mudou de velocidade e de formato. Telefone, SMS, redes sociais e, claro, pessoalmente, quando a Ipanema sai às ruas. “Estamos numa fase de nos reinventarmos com as novas formas e ferramentas de comunicação”, explica o diretor artístico. A rádio agora dá mais enfoque também para o esporte, de uma forma jovem e descontraída.

Para os bem informados A boa informação sempre foi a menina dos olhos de Benedicto Pagliato, que fazia questão de estar bem informado sobre todos os acontecimentos de Sorocaba e região. Tanto que a programação da rádio foi aberta com um jornal num formato até então pouco usual nas frequências moduladas da região. “A Ipanema é e sempre foi o casamento perfeito entre o jornalismo e a música”, diz o ex-diretor de jornalismo e hoje locutor da Ipanema, José Desidério. Os jornais em rádios eram restritos, geralmente, às estações AM e poucas FM arriscavam o formato. “Foi uma coisa inovadora. O jornalismo era a base para o Benedicto. Ele sempre dizia que a informação deveria vir em primeiro lugar”, relembra Desidé-

Rubens Maximiano, Valter Calis, José Desidério, Mari Maia, César Lante e Fernando Carriel estão entre os primeiros integrantes da Rádio Ipanema

rio. O criador do Sistema Ipanema estava presente nos estúdios no dia 15 de abril de 1988, ao lado de Terêncio Dias e Gileno Graco Antunes, inaugurando uma história de sucesso e interação. “O ouvinte é tudo, eles correspondem os nossos anseios e expectativas. É para ele que nós trabalhamos”, destaca o atual coordenador de jornalismo da emissora, Urbano Martins. Hoje o Jornal da Ipanema é apresentado por José Desidério, Alexandre Moreto, que integra a equipe desde 88, José Roberto Ercolin, Paulo Roberto Júnior, Francisco Pagliato Neto, com produção de Rosana Pires e Carla de Campos, além de toda equipe de jornalismo do Sistema Ipanema de Comunicação . “Depois de 25 anos, o ouvinte conhece o nosso trabalho e sabe que todos os setores da sociedade podem ser discutidos nos nossos microfones”, comenta Moreto. Para Ercolin, o diferencial do jornal é a capacidade de opinar e se indignar da mesma maneira que o ouvinte. “Nós tratamos tudo de uma forma direta e quem escuta se identifica com isto”. Mas quem acompanha o Jornal da Ipanema sabe que o clima, em determinados momentos, também é de descontração. “São muitos anos trabalhando em equipe e às vezes acaba escapando alguma risada. Mas isso é uma herança do jornalismo da Jovem Pan. Nós usamos uma linguagem às vezes até um pouco mais coloquial porque falamos a língua do ouvinte”, diz Ercolin.


CAPA 15

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Jornal é referência no mundo social e empresarial

T

reze anos depois da criação da rádio, outro sonho de Pagliato se transformou em realidade, quando foi impressa em 21 de abril de 2001 a edição número zero do Jornal Ipanema. O veículo foi o terceiro passo do Sistema Ipanema de Comunicação, apresentando-se como opção de boa leitura que alia textos leves à informação, incrementado com o mais completo colunismo social da região. O primeiro passo deu-se após a implantação da Ipagraf que já soma 18 anos. “Foi a mãe de tudo. Começamos pela gráfica, porque já pensávamos em criar o jornal, então partimos para a experiência de impressão para depois produzir o conteúdo”, justifica a diretora do Ipanema Sistema de Comunicação, Juliana Camargo Pagliato. Inaugurada em 1995, a Ipagraf realizava impressão de jornais da região para que, no ano de 2001, pudesse então produzir o Jornal Ipanema. Segundo o diretor Francisco Pagliato Neto, a ideia de montar uma gráfica surgiu também por causa do sonho de seu pai em criar o impresso. “Achávamos que com este serviço teríamos meio caminho andado para então realizar o sonho”, aponta. O editor do Jornal Ipanema e coordenador de jornalismo da Rádio Ipanema, o jornalista Urbano Martins, afirma que o impresso aposta em conteúdos diferenciados. “Por ser um semanário, o foco do jornal obviamente não são notícias factuais. O nosso diferencial são as reportagens de profundidade, propiciando uma leitura - como a de uma revista

Edição número zero do Jornal Ipanema

-, além da proposta e a certeza de termos a maior cobertura social da região”, explica. Martins ainda afirma que os princípios básicos da linha editorial do jornal consistem em: credibilidade, imparcialidade e pluralidade. Para a diretora Juliana, o impresso vai ao encontro com o mercado da comunicação. “Acredito no tipo de jornal segmentado com credibilidade, leitura dinâmica, fácil acesso e gratuito. O produto é

bom e vamos ao encontro do que o mercado pede”, relata. Outro ponto marcante do semanário são os cadernos de classificados. Atualmente o jornal é considerado referência em ofertas de imóveis de Sorocaba. Fundado em abril de 2001, o jornal com formato tablóide traz uma proposta de revista para os moldes de jornal impresso. Atualmente, o jornal com média de 20 páginas, tem distribuição de 28 mil e 500 exemplares chegando a atingir cerca de 120 mil eleitores em todas as regiões da cidade. Segundo o gerente geral do Jornal Ipanema, Wilson Rossi, a distribuição é a peça fundamental para que o jornal continue dando certo. “O impresso não tem encalhe. A distribuição é muito bem feita com entrega em condomínios, bancas e até de maneira vip (entrega domiciliar)”. Em 2012 o jornal passou por uma reformulação e passou a ser impresso em uma nova máquina. A impressora rotativa Manugrafh atualmente adotada pela Ipagraf foi desenvolvida na Índia. Com ela é possível agilizar o processo de impressão, além do custobenefício eficiente. “A nova rotativa imprime 35 mil exemplares por hora. Na máquina anterior eram impressas oito páginas em cores em uma hora em trinta minutos. Já com a Manugrafh conseguimos imprimir em tablóide, 24 páginas em cores e oito em preto e branco com o mesmo tempo”, explica o gerente geral Wilson Rossi.

Na internet,

ta com colunistas, agenda cultural, blogs, coberturas dos eventos sociais, entre outras”. A gerente de atendimento, Amélia Telles, lembra ainda que a característica de ser o maior classificado de imóveis da região também reflete no mundo virtual. “É o único com volume de 13 mil ofertas de imóveis em Sorocaba”, destaca. O site tem como foco o conteúdo de Sorocaba e região, e também é diretamente ligado às atualizações das redes sociais do Jornal Ipanema. “A gente produz conteúdo e nós o utilizaremos nas plataformas que forem necessárias. Se acontece alguma coisa o assunto já entra na internet e na rádio. Caso precise de um

Sérgio Ratt

Na TV

o dinamismo da informação

O Portal www.jornalipanema.com.br é uma versão diária e online do Jornal Ipanema que visa à notícia atualizada a todo o momento e a interação com os internautas. O site completa três anos em ritmo de crescimento, buscando seu espaço entre as mídias locais e regionais. “Nós estamos numa fase de marcar presença e mostrar que estamos atuantes no mercado editorial. Isso é um processo, como acontece em qualquer mídia digital”, relata a editora do Portal, Carla de Campos, mesma opinião compartilhada pela consultora, a jornalista Marisa Batalim. O crescimento reflete na audiência do site, que teve um aumento de 40% nos últimos meses. Para Martins, o portal trata-se de um projeto que vem dando certo. “As informações são atualizadas e ainda con-

“A nova rotativa imprime 35 mil exemplares por hora. Na máquina anterior eram impressas oito páginas em cores em uma hora em trinta minutos. Já com a Manugrafh conseguimos imprimir em tablóide, 24 páginas a cores e oito em preto e branco com o mesmo tempo”, explica o gerente geral Wilson Rossi.

olhar mais aprofundado, entra no sábado. A internet não vai acabar com as outras mídias, mas vai ter um peso muito importante. Um completa o outro”, detalha Pagliato. No portal é possível acompanhar a notícia 24 horas por dia de domingo a domingo e rever o programa Ipan TV.

O Ipan TV é o caçula do Ipanema Sistema de Comunicação. No ar há 10 meses, o Ipan TV é exibido diariamente em diversos horários nos seguintes canais: TV COM, NET e TV Votorantim. Trata-se de um programa inédito por semana e com objetivo levar aos telespectadores assuntos de interesse cultural, educacional e social. O Ipan TV é conduzido por Francisco Pagliato Neto e contém a participação de boa parte da equipe do Jornal Ipanema e Rádio Ipanema para a realização do programa, que tem direção de Juliana Moraes.


16 CAPA

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013 Fotos: Sérgio Ratto

Rádio Ipanema:

“Minha grande companhia e alegria”

M

Time Of My Life, entoada por Bill Medley e Jennifer Warnes, no filme Dirty Dancing, de 1987. Tudo isto está eternizado em uma fita cassete que Maria Luiza, hoje com 58 anos, guarda junto com uma coleção formada por uma das primeiras camisetas sorteadas pela rádio, além de adesivos, reportagens e fotos dos locutores. Durante a semana, Maria Luzia enviou uma carta para a Rádio Ipanema, parabenizando pelo aniversário e declarando ser fã de Carriel. Em uma visita surpresa, o locutor foi conhecer a ouvinte pessoalmente na última quarta-feira (17). “Eu sou fã da Ipanema e do Carriel. Esse é um dos melhores dias da minha vida”, diz. O momento foi de emoção, tanto para Maria Luiza, quanto para Carriel. O locutor se surpreendeu principalmente porque ela lembrou o tempo em que ele usava seu primeiro nome, Luiz, na rádio Cacique. “É claro que eu lembro! Você disse que ia sair de férias e não voltou nunca mais”, cobrou a fã. As chamadas “férias”, na verdade, foi um período em que o locutor trabalhou em São Ouvinte Maria Luiza é fã do locutor Fernando Carriel...

aria Luiza Bernardes tinha 33 anos quando a Rádio Ipanema entrou no ar. Ela trabalhava como escriturária em frente à Rodoviária quando ouviu seu nome ser anunciado pelo radialista Fernando Carriel no programa “Ipanema 3”, em 23 de outubro de 1988. A ouvinte ganhou uma camiseta por ter ligado de um orelhão para a rádio e adivinhado a terceira música mais pedida do dia:

Paulo, para depois voltar a Sorocaba para fazer parte da recém-criada Ipanema. Só lembrando que isto aconteceu há mais de 25 anos...! Maria Luzia conta que a rádio é uma verdadeira companhia em sua vida. “Eu fico o dia inteiro ouvindo a rádio, ela é minha companheira e minha alegria. As minhas colegas colocam a televisão na cozinha, mas eu gosto do rádio”. Na época em que trabalhava, conta, ela ia correndo para casa na hora do almoço para acompanhar o Toque Ipanema. “A Ipanema foi a que marcou meu coração. Eu fui muito bem recebida quando fui visitar o estúdio e receber o meu prêmio”. A aposentada elenca ainda outros locutores da Rádio Ipanema que admira: José Desidério, César Lante, Valter Calis e Anderson Santos. Assistindo tudo de um sofá, a mãe Ernestina Bernardes acompanha o bate-papo com a reportagem do Ipanema com um sorriso no rosto. Aos 86 anos, ela confirma que a filha sempre gostou de rádio. “Desde pequeninha. Fazer o que? Tem que deixar”, brinca. Carriel não escondeu que se sentiu re-

... e acompanha a programação da Ipanema há 25 anos

compensado pelo trabalho. “Estou emocionado. É motivo de muito orgulho. Esse retorno, esse carinho é o que vai ficar para a gente. O dinheiro se gasta, a música sai de moda, mas isso fica eternamente”. A paixão se estende também ao Jornal Ipanema. Maria Luiza acompanha o jornal todos os sábados e recorta as colunas que mais gosta, como os artigos de Francisco Pagliato Neto.

Uma promoção que virou notícia A Ipanema literalmente “causou” na história de Sorocaba. Além das tradicionais camisetas, adesivos e ingressos para cinemas, shows e baladas, a rádio até hoje é lembrada pelas ousadas promoções. Entre outros “brindes”, já foram sorteados uma Brasília Amarela (sim, aquela mesmo da música do Mamonas Assassinas), um Opala, e até mesmo um terreno.

Mas uma das brincadeiras mais lembradas até hoje pelos ouvintes é a Caça Pernilongos. “Tocava aquela música do [filme] Caça Fantasmas, mas no lugar se falava Caça Pernilongos, era bem divertido”, diz Sanny Piovesan, de 31 anos, que juntamente com amigos, matou 1.500 insetos para participar da promoção. A “Caçada” durou cerca de 20 dias e foi realizada num período em que a cidade ha-

Equipe da Rádio Ipanema antes da entrega do prêmio, uma Brasilia amarela, sucesso do Mamonas Assassinas

via sido invadida pelos insetos. “A ideia surgiu do nada e teve uma repercussão muito grande, sendo inclusive destaque no noticiário internacional”, relembra o diretor artístico, Valter Calis. Só nas primeiras 24 horas de promoção, foram mais de 200 camisetas distribuídas. “Formavam filas enormes com as pessoas cheias de pernilongos para trocarem”, lembra Sanny. “Foi divertido e nojento ao mesmo tempo. Eu tinha 14 anos. Colocamos uma toalha no chão e íamos jogando inseticida nos insetos. Depois colamos em uma cartolina escrevendo o nome da Ipanema”, conta, lamentando não ter tirado uma foto para registrar o feito. Quem também participou da promoção histórica foi Rafaela Ferraz Rey, na época com 12 anos. Ela conta que para juntar os mais de mil pernilongos precisou da ajuda da família. “Eu e minha amiga colamos tudo em várias folhas de papel sulfite. Minha tia tinha uma construção e foi lá que pegamos todos os pernilongos, um a um. Minha família toda entrou na farra, foi muito divertido. Tudo para ganhar a camiseta, que foi como um

Rafaela, com a filha Júlia, participou da “Caça Pernilongos” quando tinha 12 anos

troféu”. Rafaela, hoje com 29 anos, conta que foi de carro para a rádio e “rezando” para que nenhum inseto descolasse da folha. “O pessoal da rádio contava mesmo os pernilongos. Ganhei ingressos para o cinema também, acho que ficaram com dó de mim”, brinca.


NEGÓCIOS E

OPORTUNIDADES

20 de abril de 2013 - edição 712 www.jornalipanema.com.br

Larissa Pessoa

Construtora lança

complexo residencial na Zona Sul

V

islumbrando o crescimento de Sorocaba, que expandiu 182% em pouco mais de uma década - comparando o PIB (Produto Interno Bruto) de 2000, R$ 5,7 bilhões, com o de 2010, R$ 16,1 bilhões - construtoras e incorporadoras lançam empreendimentos por toda a cidade, visando atender a crescente demanda de quem deseja mudar-se para o município ou daqueles que desejam comprar a casa própria. A Construtora Alavanca enxergou, no Jardim Santa Fé, bairro paralelo à rodovia Raposo Tavares e em frente ao Shopping Panorâmico, o local ideal para receber um moderno complexo residencial, o Ville de France. A primeira fase do empreendimento, chamada Residencial Paris, totaliza seis torres, com 456 apartamentos, cada, devendo gerar 200 empregos apenas nesta etapa

de obras. O investimento é de, aproximadamente R$ 100 milhões, também somente nesta fase inicial. O terreno comporta, ainda, um espaço comercial anexo ao complexo residencial, com possibilidade de construção de diversos estabelecimentos e a implantação, inclusive de um hotel suprindo a necessidade da cidade, que sofre com a falta de empreendimentos no segmento hoteleiro. Próximo a uma importante rodovia, a Construtora Alavanca, responsável pela idea-lização e construção do empreendimento, optou pela área em função de sua localização privilegiada. “Estudamos vários locais e percebemos que aquela região, próxima ao centro comercial do Campolim, e com fácil acesso às demais áreas da cidade, comporta o empreendimento”, revela a responsável pelo departamento

de marketing da Construtora Alavanca, Camila Stecca Stefan, que esteve em visita ao Jornal Ipanema e Rádio Ipanema. Para acompanhar a tendência do mercado imobiliário, em que a demanda por imóveis compactos tem aumentado consideravelmente, o Residencial Paris oferece apartamentos de aproximadamente 52m2, com dois dormitórios e o charme e a conveniência de uma aconchegante varanda. Cada prédio terá 18 andares e o piso térreo, sendo quatro apartamentos por pavimento. O Residencial Paris terá segurança e privacidade, com área de lazer exclusiva e portaria privativa. “A área de lazer irá compor salão de festas, quadra, piscina e playground. Haverá, ainda, um espaço de convivência, com arquitetura aconchegante e acolhedora, bem ao estilo de um romântico boulevard francês” destaca Camila.

Com previsão para entrega de todas as fases até 2016, o complexo é mais um entre tantos empreendimentos em construção em Sorocaba, que tem atraído, além de multinacionais e grandes empresas, pessoas que enxergam na expansão do mercado imobiliário uma oportunidade para investir.


VIDA

SAUDÁVEL

2

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Nervo Ciático:

como lidar com ele?

O

nervo ciático é o maior nervo do corpo humano, tendo o diâmetro aproximado de um dedo, mas a fama não vem de seu comprimento e sim da dor causada por ele quando pinçado. A expressão dor no nervo ciático, “ciatalgia”, é comumente usada para descrever uma dor que se propaga geralmente em uma perna quando este está sendo comprimido ou pinçado. Este pinçamento pode ter origem na coluna ou nos músculos piriformes, no bumbum, mas a mais comum e “verdadeira ciática” é causada pela compressão na raiz do nervo por uma hérnia de disco ou por um desalinhado da vértebra, que deve ser investigado para direcionar o tratamento. A dor gerada pelo pinçamento do nervo ciático na região da coluna pode irradiar para o glúteo, região posterior da coxa e que pode ir até a panturrilha e pé. Geralmente acomete só de um lado do membro inferior. Em adição à dor, pode haver formigamento, falta de sensibilidade e evoluir para dificuldade

de movimentação e controle da perna. Pode ser sutil, aguda, como uma queimação ou acompanhada por choques intermitentes. Sentar ou tentar se levantar pode ser doloroso e difícil. Tossir e espirrar pode intensificar a dor.

Luiz Fernando Sola, fisioterapeuta

Como lidar e tratar a dor ciática? Novos tratamentos surgem, conservadores e com indicações cirúrgicas, mas muitas vezes as alterações na coluna vertebral são de origens mecânicas e necessitam de um tratamento mais intensivo e preciso. Pesquisas realizadas nos EUA mostram que técnicas de tração, descompressão dinâmica e estabilização vêm sendo usadas com sucesso, durante anos, no tratamento das discopatias e nas doenças degenerativas da coluna vertebral como as hérnias de disco. Grandes fabricantes de equipamentos terapêuticos e cientistas americanos investiram seriamente em pesquisas durante décadas enquanto aprimoravam técnicas seguras e eficazes de utilizar a tração e descompressão vertebral e os seus benefícios. Hoje no mercado norte americano e no Brasil estão sendo utilizadas como tratamento da coluna, os equipamentos de última geração chamados Triton DTS, que realiza a tração computadorizada da coluna lombar e

cervical, e a Ergostyle Elevation que enfatiza a descompressão dinâmica da coluna vertebral. Nós, do ITC Vertebral, temos o cuidado de indicar um tratamento chamado RMA (Reconstrução Músculo Articular da Coluna Vertebral), que é a aplicação de um protocolo de técnicas e métodos de descompressão e tração não agressivos como todos pensam. O diferencial deste programa está no uso desta tecnologia para promover a descompressão das estruturas que estão pinçando o nervo na coluna vertebral. Os pacientes recebem uma análise aprofundada para determinar se realmente ela se enquadra e se estão aptas a receber esta terapia de descompressão.


IPANEMA

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

AMBIENTE 3

3

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Telhado branco reduz o

calor dentro de casa Preocupado com o conforto térmico de sua casa? Dê uma olhada nas telhas brancas. Segundo pesquisas feitas com telhados de outros países, os brancos tornam as residências até 6º C mais frescas, diminuindo em 20% o gasto de energia com ar-condicionado.O modelo da foto, fabricado pela TopTelha, reflete até 90% dos raios solares, diminuindo o aquecimento do telhado e de toda a construção. A cobertura é revestida com tinta acrílica polimérica, que é elástica e aguenta firme a natural dilatação da cerâmica nas horas de calor e seu encolhimento no frio. Para cobrir 1 m2 de telhado, são necessárias 13,5 telhas (25 x 7 x 42 cm; 2,9 kg). As peças estarão disponíveis nas lojas da Leroy Merlin no segundo semestre (R$ 2,25 o preço médio da unidade).

Revestimento multicolorido aproveita sobras da fabricação de ladrilhos hidráulicos Para atender as suas encomendas de ladrilhos hidráulicos, a fábrica da Terratile sempre produz mais massa que o necessário. “O excesso é uma margem de garantia. Ele nos ajuda a evitar variações de cor num mesmo pedido”, conta João Grillo, proprietário da empresa mineira. Com a intenção de aproveitar esses resíduos, a marca criou a linha Multicores – peças de 20 x 20 cm exclusivas, que dão um destino alegre e sustentável às sobras. As placas para piso custam R$ 13,00 cada uma; já as de parede, mais finas, valem R$ 10,40 a unidade.

moncoes


4 ANĂšNCIOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Empregos

Aulas e Cursos Artigos para Festas

Advocacia


ANÚNCIOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Medicina e Saúde

Orações

Serviços Profissionais

Diversos

Estética e Beleza

Avisos e Editais

5


6

IPANEMA

AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Móveis indicados para jardim Fibra sintética, plástico e alumínio são opções com fácil manutenção e ótima durabilidade

O

jardim é uma extensão da casa que geralmente é utilizada como área de descanso e lazer. Mas para decorar este cantinho, é importante saber escolher os tipos de móveis ideais para esse espaço. Existem cadeiras, mesas e até sofás feitos exclusi-

vamente para áreas externas. Estas peças são produzidas com materiais mais resistentes, têm alta durabilidade e precisam de pouca manutenção. O seu projeto pode seguir uma linha de estilo específica, como espaço gourmet, churrasqueira, área de descanso, área de estar, piscina, entre outros. A arquiteta e paisagista Daniela Sedo explica que a arquitetura externa do jardim deve levar em conta diversos fatores, como a circulação de pessoas e animais domésticos, a localização do imóvel (praia, cidade ou campo) e o tipo de móveis ou itens utilizados. “Para que os ambientes

fiquem agradáveis para o convívio e convidativos ao uso, sugerimos que recebam móveis confortáveis e de boa qualidade”, diz. Os materiais mais utilizados e procurados atualmente são os de fibra sintética. Ela imita a fibra natural e se harmoniza facilmente com o visual natural dos jardins. Os móveis de plástico e de alumínio também são muito utilizados por terem uma manutenção fácil, boa durabilidade e preços baixos. Existe uma linha extensa de móveis para jardim que podem ficar expostos ao sol. “Gosto muito dos móveis de fibra sintética, pois tornam o ambiente mais aconchegante e podem ser utilizados em locais descobertos e, em alguns casos, até mesmo sobre o gramado”, explica a paisagista. Estas peças sintéticas não exigem manutenção, apenas a limpeza das fibras com pano e água. Outros materiais muito procurados são a madeira, o metal e o plástico. O segredo para a conservação de seus móveis é limpar frequentemente com água e sabão neutro para não acumular sujeira na superfície. (Leroy Merlin) Se optar por móveis de madeira, saiba que você precisará tomar alguns cuidados, ou seja, encerar ou envernizar pelo menos uma vez por ano para proteger a fibra dos efeitos do sol e da chuva


IPANEMA

AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Claudia Brassaroto reúne a família em mostra de design

S

eja em uma reforma ou construção, a designer de interiores Cláudia Brassaroto gosta de inovar misturando os estilos clássico e contemporâneo, e tem como principal preocupação aproveitar bem os espaços deixando-os sempre aconchegantes. Na Mostra Artefacto 2013, Cláudia projetou a sala de jantar de 35 m2. Ela utilizou três mesas que unidas formam uma única grande mesa de 4,50 m para agregar a família e todos os amigos. Em torno da mesa, a designer trocou as tradicionais cadeiras por sofás e poltronas revestidos de linho nas cores areia e chocolate, proporcionando aconchego e um tom de despojamento ao ambiente, sem perder a sofisticação. O destaque fica por conta das três luminárias desenhadas pelo escritório Arq Design Brassaroto e executadas pela Interpam. Acompanhando o desenho da mesa, as mesmas conferem simetria e harmonia à sala de jantar. Ao fundo, a parede foi revestida de pedra sabão deixando o ambiente rústico e despojado como uma casa de campo deve ser. Dois grandes bufês Duet foram

colocados lado a lado para compor o ambiente e facilitar o serviço. “Esse projeto foi concebido para agregar todos em torno da mesa. Ao usarmos vários tipos de acento, o ambiente ficou mais despojado, diferente das mesas únicas grandes, que transmitem um ar mais formal. Acredito que a simplicidade é o máximo da sofisticação. Assim, conseguimos atingir a descontração que uma casa de campo pede, com aconchego e praticidade, mas, sem perder a sofisticação”, explicou Claudia. Seja em uma reforma ou construção, a designer de interiores Cláudia Brassaroto gosta de inovar misturando os estilos clássico e contemporâneo, e tem como principal preocupação aproveitar bem os espaços deixando-os sempre aconchegantes. Formada em designer de interiores e decoração, Cláudia iniciou sua carreira em 1989 e já assinou vários projetos de coberturas, apartamentos, consultórios, escritórios e casas, além de projetos de arquitetura. Também participa das Mostras Artefacto e Casa Cor desde 2002.

7


8

IPANEMA

AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Casinha de animais com design inovador

E

haja design nessa linha de casinhas de cachorro, e claro, de gatos também.Com três modelos – Monster, Cat e Dog Cave – é utilizada prinpalmente para quem tem bichinhos dentro de casa ou apartamento. Afinal, sempre procuramos decorar nosso lar com charme, desde a cor das paredes até vasos ornamentais. Então, por que não caprichar também em um canto especial para os Pet’s que fazem parte da nossa família? Aconchego Cães a gatos são animais de toca, por isso preferem dormir e relaxar em pequenos locais, ou tocas, de forma a ficarem aninhados e quenti-

nhos. Dentro desses locais, os bichinhos se sentem protegidos contra chuva, trovões, ruídos externos, ataque de outros animais e demais situações. Mesmo dentro de casa, por instinto, os animais continuam procurando a toca para se abrigar. A casinha foi desenhada pensando em uma caverna, agregando o bem estar do animal com a beleza e conforto. O formato oval da casinha, foi projetado pensando em um cantinho escuro e aconchegante, garantindo um soninho mais prazeroso e com maior privacidade. Em termos de desenho, a peça é impecável. Possui relevos e saliências que lembram rostos de animais, até mesmo com as orelhinhas.


IPANEMA

AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

9

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Casa sem fio Cabos podem ser organizados de maneira simples para melhorar o visual dos ambientes; confira algumas dicas para escondê-los

T

elevisão, computador, carregador de bateria do celular, roteador de internet, TV a cabo. A tecnologia trouxe uma série de apetrechos que facilitaram bastante a vida de todo o mundo. Mas, ao mesmo tempo, vieram os vários fios e cabos desses aparelhos, que, espalhados pela casa, comprometem a organização dos ambientes. Quem quiser colocar ordem na bagunça sem gastar muito nem ter tanto trabalho pode optar por produtos disponíveis no mercado que resolvem o problema de maneira simples. Os mais comuns são as mangueiras em espiral que unem vários cabos. O arquiteto Marcelo Rosset dá uma dica legal. ”Uma opção bacana é criar um fundo falso nos móveis para a passagem dos fios por trás. Dessa forma, é possível ligar diversos equipamentos sem ter a poluição

visual’, afirma. Nesses casos, dá para utilizar painéis da mesma cor do móvel. Vale usá-los tanto para esconder os cabos quanto para fechar a parte de trás do nicho em que os aparelhos estarão posicionados os fios passam por um orifício feito no próprio painel. Canaletas de PVC também são uma alternativa muito procurada, apesar de não serem as mais indicadas, por comprometerem a de-

coração, segundo especialistas. “Ainda assim, visualmente, acabam pesando menos do que os fios”, opina Rosset. “Hoje em dia, existem rodapés elétricos e até cantoneiras em PVC que

fazem essa função de forma mais apropriada”, explica a arquiteta Andrea Glezer. Para quem ainda está acompanhando a construção de sua casa ou apartamento, vale prestar atenção nisso agora para não se incomodar depois. “Um bom projeto elétrico oferece tomadas nos pontos precisos. Indica-se a altura e a posição do aparelho e, assim, não é necessário usar canaletas ou cantoneiras depois”, comenta Andrea. A arquiteta ainda afirma que colocar um móvel na frente de um emaranhado pode não ser uma boa opção. ”Ele pode não ficar rente à parede. Os cabos ficarão ao fundo e com difícil acesso para limpeza”, completa. Vale lembrar que organizar fios não é só uma questão estética. “É importante protegê-los contra o contato com a água, a exposição ao sol e a possibilidade de amassá-los ou dobrá-los para que não estraguem”, diz Rodrigo Monteiro, arquiteto da Serviços Avulsos Porto Seguro. (Camila Brandalise)


IPANEMA

10 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

A importância das calhas numa obra

A

calha é um elemento coletor e condutor das águas pluviais (de chuva) que fica junto ao beiral. Quanto à importância, é importante dizer que as calhas protegem sua casa ou empresa de sérios danos provocados pela água; não apenas de eventuais alagamentos causados por fortes chuvas, mas principalmente prevenindo as fundações de rachaduras e corrosões. Muitos dos danos estruturais de casas e prédios são resultados direto da ação da água e da ausência de calhas. As calhas também evitam que a umidade invada as paredes e a junção destas com o chão, prevenindo estragos na pintura e a ocorrência de bolor, o apodrecimento de alguns pontos, manchas ou até mesmo a queda de alguns pedaços do reboco. Em projetos e em construções mais recentes as calhas têm sido usadas também para auxiliar no armazenamento e consequentemente reutilização da água da chuva, que de outra forma seria desperdiçada. Para que a calha possa oferecer todas essas vantagens ao morador é necessário que este realize a manutenção da calha sempre que for preciso. Por exemplo, realizar inspeções periódicas à procura de problemas no sistema de calhas é importante, assim como realizar a lim-

peza periódica evitando o acúmulo de sujeita que pode entupir a calha e provocar vazamentos indesejados. Se a casa possuir árvores ou for atingida constantemente pelo vento, é importante que a limpeza seja feita mais frequentemente. Verifique também a existência

de goteiras na casa ou forro. Não basta ter aparência nem preço: é preciso ter qualidade, senão o prejuízo será certo. Comprar a matéria prima, fabricar as calhas e instalar, são parte de um conjunto que garante ao cliente a compra de um produto de alta durabilidade e bom funcionamento. Na hora de construir, não se esqueça de que, além da funcionalidade, as calhas também são o acabamento da sua obra.


IPANEMA

AMBIENTE 11

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Escolha o assento

sanitário ideal

S

e você quer fazer uma pequena mudança na decoração do seu banheiro, saiba que é possível conseguir isto apenas substituindo o assento do seu vaso sanitário. Existem diversos tipos e modelos disponíveis, por isso, não vai ser difícil encontrar a peça ideal para o ambiente. A maioria dos vasos modernos é fabricada em dois tamanhos padronizados, que são redondos ou ovais e quadrados. E caso você tenha crianças em casa, ainda pode optar por adaptadores infantis embutidos. São as-

sentos menores que se encaixam facilmente no vaso, assim não é preciso colocar e retirar o adaptador todas as vezes que a criança for ao banheiro. Existem também os assentos com formatos exclusivos para pessoas com necessidades especiais, o que torna o dia a dia mais prático e confortável. Os diversos modelos de assentos disponíveis podem ser de: plástico, laqueado, madeira, poliuretano, almofadado e em poliéster. Em relação ao estilo, vai depender bastante do seu gosto pessoal.

MATERIAIS: Plástico / EVA: possui baixo custo, boa durabilidade e boa resistência a umidade; Polipropileno e Polietileno (também conhecido como PP): tem estrutura sólida e resistente, não se rompe com facilidade, boa resistência a umidade e fácil limpeza; Almofadado: é macio e confortável, superfície lisa, boa sensação térmica; Madeira laqueada: tem fino acabamento, disponível em todas as cores de louças. Além disso, alguns fabricantes trabalham com materiais sustentáveis e com autorização de órgãos regulamentados. Resina Poliéster: possui acabamento brilhante de alto luxo, alta resistência, boa durabilidade. Sua composição recebe componentes antibacterianos, excelente resistência a umidade e fácil limpeza. (Dicas Leroy Merlin)


12 I - PROGRAME-SE CINEMA

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013 músico é considerado um dos mestres da nova geração do maracatu no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

Sábado (20)

MEU PÉ DE LARANJA LIMA Sala: Cinespaço Villàggio 1 (nacional, 10 anos) – diariamente às 14, 16, 18, 20 e 22 horas. Zezé é um garoto de oito anos que, apesar de levado, tem um bom coração. Ele leva uma vida bem modesta, devido ao fato de que seu pai está desempregado há bastante tempo e tem o costume de ter longas conversas com um pé de laranja lima que fica no quintal de sua casa. Até que, um dia, conhece Portuga, um senhor que passa a ajudá-lo e logo se torna seu melhor amigo. TAINÁ – A ORIGEM Sala: Cinespaço Villàggio 2 (nacional, livre) – diariamente às 14 horas. A floresta amazônica é invadida por piratas da biodiversidade e a jovem índia Maya acaba tornando-se vítima dos bandidos, deixando órfã a bebê Tainá. A criança é abrigada entre as raízes de uma Grande Árvore e salva pelo velho e solitário pajé Tigê que passa a cuidar dela e só a devolve para seu povo cinco anos depois, quando será escolhido o novo líder defensor da natureza. Por ser menina, Tainá é impedida de se apresentar, mas pela herança da mãe, a última das guerreiras, e com o apoio da esperta menina da cidade Laurinha e do índio nerd Gobi, a indiazinha resolve encarar os malfeitores, desvendando o mistério de sua própria origem. VAI QUE DÁ CERTO Sala: Cinespaço Villàggio (nacional, 12 anos) – diariamente às 16h10, 18h10, 20h10 e 22 horas. No sábado (20) não haverá sessão das 22 horas.

■ GRUPO SALADA MISTA SE APRESENTA PARA A CRIANÇADA A partir das 11 horas, o grupo de teatro “Salada Mista” apresenta espetáculos teatrais para as crianças do Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

Terça-Feira (23)

■ JOÃO BOSCO SE APRESENTA DE GRAÇA EM SOROCABA Às 17 horas, o compositor, violinista e cantor de MPB, João Bosco se apresenta no Parque Campolim. O evento faz parte da programação do projeto Metso Cultural Música Brasileira. O show é de graça. Informações: (15) 3211-1360.

■ HOMENAGEM AO DIA NACIONAL DO CHORO Às 20 horas, o Grupo de Choro da Fundec e o Canto Lírico da Fundec se apresentam em homenagem ao Dia Nacional do Choro na Sala Fundec (rua Brigadeiro Tobias, 73 - Centro). Os ingressos custam R$ 2,00. Informações: (15) 3233-2220.

■ 7ª NOITE DO PASTEL Às 19 horas, começa a noite do pastel no Salão de Festas da Creche Maria Claro (rua João Wagner Wey, 1240 - Jardim Américo). O convite custa R$ 15 e vale três pastéis. Informações: (15) 2104-6992.

A PARTE DOS ANJOS Sala: Cinespaço Villàggio 2 (legendado, 14 anos) – pre-estreia – sábado (20), às 22 horas. OS CROODS Sala: Cinespaço Villàggio 3 (dublado, livre) – diariamente às 14, 16, 18 e 20 horas. JACK- O CAÇADOR DE GIGANTES Sala: Cinespaço Villàggio 3 (legendado, 10 anos) – diariamente às 21h50. OBLIVION Sala: Cinespaço Villàggio 4 (dublado, 10 anos) – diariamente às 14 horas e 16h30; (legendado, 10 anos) – diariamente às 19 horas e 21h30.

Saliba Motta, 104 - Além Ponte). informações: (15) 3346-6782.

Quarta-Feira (24) ■ BANDA BLACK BERRY SE APRESENTA Às 22 horas, a banda Black Berry se apresenta com muito pop rock para o público no Anastácia Bar (avenida Doutor Eugênio Salerno, 187 - Centro). Informações: (15) 4141-0702.

■ PALESTRA GRATUITA DE COMPRA E VENDAS DE EMPRESAS A partir das 9 horas, o advogado Vinícius Camargo Silva ministrará a palestra “Compra, Venda e Negociação de Empresas”. informações (15) 3519-4888.

■ SHOW DE MIXHELL Às 22 horas, a música rola solta com Iggor Cavalera, Laima e Max Blum, além de muito dance com Samuel Subcultura no Asteroid Bar (rua Aparecida, 737 - Vila Santana). Informações: (15) 3329-2767.

■ ESPETÁCULO DE DANÇA BADERNA Às 20 horas, o Núcleo Luis Ferron apresenta o espetáculo de dança “Baderna” que leva para o palco ritmos afro-brasileiros com toda a sua variedade no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

■ MÁGICA CLOSE-UP Em três horários: 12, 14 e 17 horas, o mágico Guto Thomaz apresenta ao público números de mágica que misturam teatro e comédia. A entrada é franca. O evento acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3233-9933.

■ SÁBADO SERTANEJO A partir das 23 horas, a dupla Robson e Willian apresenta o melhor do sertanejo universitário no Tribeca Café (rua Amélia Ribeiro, 33 - Campolim). Informações: (15) 3224-2467.

■ NOITE NO PUB A partir das 22h30, a noite vai esquentar com muita música na pista do Pub (rua

■ SHOW DE SIBA A partir das 19 horas, o show do cantor Siba é uma das opções para a noite. O

Domingo (21)

Quinta-Feira (25) ■ CONCERTO DA ORQUESTRA EXPERIMENTAL A partir das 20 horas, a Orquestra Experimental da Fundec se apresenta sob regência do maestro Paulo Estanislau na Sala Fundec (rua Brigadeiro Tobias, 73 Centro). Os ingressos custam R$ 2. Informações: (15) 3233-2220.


I - PROGRAME-SE 13

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

■ SESSÃO: A HISTÓRIA DO ROCK EM SOROCABA A partir das 19 horas, começa o projeto Cinema de Quinta, Filmes de Primeira com a exibição do filme “A história do rock em Sorocaba” na Praça Frei Baraúna. O filme é a revisão de 50 anos do rock’n’roll na cidade com depoimentos de bandas, produtores, historiadores, entre outros. A entrada é gratuita. Informações: (15) 32243377. ■ ENCONTRO ARTE SACRA Das 19 às 21 horas, a reunião visa debate sobre a presença do sagrado dentro da história da arte. São 30 vagas, porém as inscrições devem ser feitas antecipadamente. O encontro acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3233-9933. ■ BIT BEAT BITE BRIGHT TOCA THE BLACK KEYS A partir das 22 horas, a banda Bit Beat Bite Bright realiza show com canções de The Black Keys, no intervalo das apresentações o DJ Emerson Punk comenda a pista no Asteroid Bar (rua Aparecida, 737 - Vila Santana). Informações: (15) 3329-2767.

■ SHOW BNEGÃO E SELETORES DE FREQUÊNCIA Às 20 horas, a atração da noite é o show do Bnegão e Seletores de Frequência que apresentam ao público uma fusão do funk dos anos 70, rap e hardcore, além de misturar ritmos jamaicanos, brasileiros e africanos. O evento acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3233-9933.

Sexta-Feira (26)

Sábado (27)

■ PALESTRA SOBRE MARKETING COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA Às 19h30, acontece a palestra “Plano de Marketing - Uma Ferramenta Estratégica” realizada pelo Sebrae. O evento será no Escritório Regional do Sebrae de Sorocaba (avenida General Carneiro, 919 - Cerrado). Informações: (15) 3224-4342. ■ ESPETÁCULO TEATRAL ROMEU E JULIETA Às 20 horas, o espetáculo teatral “Romeu e Julieta” será apresentado pelos alunos do Núcleo de Artes Cênicas da Fundec com direção de Mario Pérsico na Sala Fundec (rua Brigadeiro Tobias, 73 - Centro). Os ingressos custam R$ 2,00. Informações: (15) 3233-2220. ■ BATE-PAPO LITERATURA E ROCK AND ROLL A partir das 19 horas, o bate-papo é com Marcelo Montenegro e Edmilson Felipe, e mediação de Paulo Celso Silva. O evento abordará a relação entre literatura e rock and roll. O encontro acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3233-9933.

■ ESPETÁCULO DE DANÇA SEDAH Às 14h30 e às 17 horas, acontece o espetáculo de dança “Sedah” com a Cia Artesãos do Corpo que mistura as linguagens do vídeo, som e dança corporal em movimentos circular. O evento é de graça e será realizado no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3233-9933.

■ PROJETO CORPO E ALMA Das 9 às 20h30, a Fundação Toyota traz para Sorocaba um evento com oficinas, atividades circenses, teatro e música para o Parque das Águas (avenida Dom Aguirre - Jardim Abaeté). ■ ESPETÁCULO: A ARCA Às 20 horas, o espetáculo teatral “A Arca” será apresentado no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). A peça traz a natureza por meio de gestos e sensibilidade. Informações: (15) 3332-9933. ■ CHÁ BENEFICENTE AMAR É VIVER Às 14h30, o grupo Amar é Viver realiza o chá beneficente na rua Maria José de Lima Aleixo, 267 - Trujillo. Informações: (15) 3232-6613 / 3231-4622. ■ SERTANEJO UNIVERSITÁRIO A partir das 23 horas, a atração da noite será a dupla sertaneja Augusto e Rafhael. O show acontece no Sábado Dance do Runa Club (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). Informações: (15) 3228-7171


ESPECIAL

14 MUNDO PET

IPROGRAME-SE JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Donos de pets precisam de atenção na hora de

enterrar os bichos S

e durante a vida os animais de estimação recebem tantos mimos, nem sempre se pode dizer o mesmo após sua morte. Pesquisas realizadas na cidade de São Paulo indicam que em torno de 70% dos pets mortos são jogados em terrenos baldios, enterrados no quintal ou colocados em sacos de lixo na calçada. Alguns, por outro lado, são levados a clínicas veterinárias. De lá, os corpos são destinados à prefeitura da cidade, onde são considerados “Resíduos de Serviço de Saúde do Grupo A2” e recebem o mesmo tratamento, por exemplo, de um lixo hospitalar. Segundo Marcos Vieira, diretor do Cemitério de Animais Caminho do Céu, de Sorocaba, vale a pena repensar como será feita a despedida do seu companheiro: “É comum que as pessoas não tenham certeza sobre o que fazer com seu pet após sua morte, porém, enterrá-lo em casa ou aban-

doná-lo em um terreno baldio são opções arriscadas”, explica. Além de problemas jurídicos, o meio ambiente pode ser afetado com o descarte equivocado. “Entre os males causados por esses costumes está, principalmente, a contaminação dos lençóis freáticos. Durante o processo de decomposição, o corpo libera necrochorume, salmonela, putrescina e cadaverina, substâncias altamente tóxicas e perigosas para o homem e outros animais.” Porém, há duas soluções que podem ser analisadas pelos donos. “Os proprietários dos animais pode optar pela cremação e também pelo enterro do animal, aconselhado para quem quer visitar seu companheiro e levar lembranças. Na despedida, há situações em que o dono traz flores e brinquedos e, até mesmo, lê a Bíblia para seu animal pela última vez.” Num país onde os animais de estimação

ganham cada vez mais espaço dentro das casas – há 101 milhões de pets para 190 milhões de brasileiros –, já era de se esperar que eles fossem tratados como príncipes e princesas. No mercado voltado aos

cães, gatos e outros amigos felpudos, entram confeitarias, restaurantes, hospitais veterinários com UTI humanizada e ofurôs, que movimentam, ao todo, R$ 12,5 bilhões por ano. Parece muito? Para os donos – que, muitas vezes, preferem ser chamados de “pais” e “mães” dos bichos –, é possível ir além e gastar até R$ 400 por mês em cuidados com seus companheiros.


ESPECIAL

MUNDO PET 15

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Filhotes de duas espécies de serpentes

nascem no Zoo de Sorocaba

O

Hanna, de Rosângela de Almeida

NOTAS Feijoada Vegana Beneficente - A Associação Abrigo Temporário de Animais Necessitados promove no dia 15 de junho a Feijoada Vegana Beneficente. O local de entrega da feijoada (feijoada congelada - um quilo) será na rua Gonçalves Dias, 368, Vila Santana, das 11 às 14 horas. Os pontos de venda são: Vila da Esquina, rua Capitão Nascimento Filho, 127, Vergueiro - tel: (15) 3326-2784; Uau Pet Estética, rua Belmira L. de Almeida, 995, Jardim Piratininga - tel: (15) 3017-2000; e Pet Center Rex Miranda, avenida Pereira da Silva, 16, Santa Rosália, tel: (15) 3231-2020.

serpentário do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” está com novos habitantes. Nasceram, no mês de fevereiro, cinco filhotes de Salamanta do sudeste (Epicrates cenchria crassus), uma espécie nativa. Já no dia 1º de março, nasceram oito filhotes de Cobra rateira listrada (Elaphe obsoleta rossaleni). Desde a terça-feira (16), o público pode conferir os novos habitantes. “Sorocaba mais uma vez cumpre com um de seus papéis que é a de conservação. Nós somos a instituição com a maior taxa de nascimento em todo o Brasil, ou seja, reproduzimos quase todos os animais do Zoológico”, destaca Rodrigo Teixeira, chefe de Seção de Biologia e Veterinária da Secretaria do Meio Ambiente (Sema). Teixeira ressalta a importância desse acontecimento no parque. “Quero deixar claro que, para nós, todos os animais são iguais. O nas-

tes e satisfeitos”, completa. De acordo com Teixeira, os filhotes estavam sendo mantidos no serpentário, onde receberam alimentação e os cuidados necessários que todo neonato merece. No serpentário do “Quinzinho de Barros”, os visitantes também podem conferir outras cerca de 40 espécies diferentes, como a tartaruga-mordedora, rã-touro, cobra-verde, cascavel, entre outras. O Zoo está localizado na rua Teodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e funciona de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas. Mais informações pelo telefone (15) 3227-5454.

cimento desses filhotes é tão importante quanto a de um mamífero ou de uma ave. Estamos muito conten-


ESPECIAL

16 MUNDO PET

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

Feira Pet Sorocaba 2013 reúne toda a família neste fim de semana

Q

uem gosta de animais tem como principal atração nesse final de semana a Feira Pet Sorocaba 2013, no Clube União Recreativo Campestre, que segue até domingo (21). Além de diversas atrações, como concurso de tosa, desfiles, shows de agility, casamento pet, feira de adoção, campanha de conscientização e lançamento de produtos e serviços, o maior evento pet do interior do Brasil tem, ainda, as presenças dos biólogos mais conhecidos da TV brasileira, como Sérgio Rangel e Richard Rasmussen, além da apresentadora Luísa Mell, que esteve com o

público no primeiro dia. Os ingressos custam R$ 5,00 e a feira funciona das 10 às 22 horas, no sábado e domingo. A Feira Pet Sorocaba 2013 é uma realização da empresa Vitrine Feiras & Negócios, com apoio do biólogo Sérgio Rangel e da ONG GAMAH. Entre os 133 estandes de expositores, os visitantes terão à disposição vários tipos de animaizinhos, como: cães, gatos, roedores, aves ornamentais, exóticas e outros. Além disso, também poderão ser encontrados produtos, sendo camas pet, roupas, coleiras, rações de marcas variadas, caixas para trans-

porte, entre muitos outros. os. Para quem levar os seus an aninimais, haverá um “espaço zen” zen” meino local, com rações de primeira linha e atendimento veterieterinário de plantão para quaisquer isquer eventualidades. O caráterr social da feira igualmente estará ará presente na imais recolhidos adoção responsável de animais pela ONG GAMAH. Mais informações sobree a Feira Pet Sorocaba 2013 podem ser obtidas obtidas pelo site: www.feirapetbrasil.com.br/sorocaba /sorocaba ou pelo telefone: (15) 3034-2003.


CADERNO

IMÓVEIS

&VEÍCULOS

20 de abril de 2013 - edição 712 www.jornalipanema.com.br


2 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 3


4 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 5


6 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 7


8 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 9


10 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 11


12 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 13


14 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 15


16 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 17


18 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 19


20 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 21


22 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 23


24 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 25


26 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 27


28 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 29


30 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 31


32 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 33

Apartamentos Vendem-se

Casas Vendem-se

Terrenos

Acessテウrios


34 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 35


36 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 37


38 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

VEÍCULOS 39


40 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

VEÍCULOS 41


42 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

VEÍCULOS 43


44 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


CADERNO

IMÓVEIS

&VEÍCULOS

20 de abril de 2013 - edição 712 www.jornalipanema.com.br


2 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 3


4 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 5


6 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 7


8 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 9


10 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 11


12 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 13


14 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 15


16 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 17


18 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 19


20 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 21


22 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 23


24 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 25


26 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 27


28 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 29


30 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 31


32 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 33

Apartamentos Vendem-se

Casas Vendem-se

Terrenos

Acessテウrios


34 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 35


36 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

IMテ天EIS 37


38 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

VEÍCULOS 39


40 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

VEÍCULOS 41


42 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013


JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013

VEÍCULOS 43


44 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 20 de abril de 2013



Ipa_712_2004