Issuu on Google+

EDITORA

Ano 8 nยบ 34 NOV | DEZ | JAN Sorocaba โ€ข 2011 R$ 10,00

wood frame

alternativa ecolรณgica

enogastronomia prazeres da Toscana

Varanda

Gourmet integrada com a natureza


Editorial Edição de Aniversário

E

sta edição é especial porque estamos fazendo aniversário. Há exatamente 9 anos, tudo começou. Parecia difícil e praticamente impossível manter na cidade uma revista segmentada. Foi difícil, mas não impossível. Estamos crescendo com a cidade, melhorando a cada dia, graças ao reconhecimento de todos vocês, e isso é muito gratificante para nós. Não posso deixar de agradecer a cada um dessa equipe maravilhosa, que trabalha muito para fazer a revista chegar até você. E para reforçar o time, Fabiana Santa Joaquim está de volta e, junto com a Q! Notícias, nos manterão antenadíssimos através de um jornalismo de ponta. Nesta edição de aniversário, uma nova editoria, a Habitare Enogastronomia, com os colaboradores Alejandra Melani e José Ferreira. Eles vão nos ensinar que a ligação, ou compatibilização, entre vinhos e comida é realmente um desafio e que deve ser prazeroso. Delicie-se com esses pratos e vinhos da região italiana da Toscana. No apartamento de 160m², o arquiteto Denis Sandei visou a integração dos ambientes e, dentro deste conceito, reúne conforto, ótima circulação e estética. Leia a matéria Na Medida Certa. Um restaurante português, com projeto arquitetônico e decoração de interiores do arquiteto Márcio Pedrico, une a tradição portuguesa com elementos atuais. Um lugar cheio de charme que vai além de se fazer uma excelente refeição.

que abordamos em Habitare Ecologia. Se quisermos tornar nossas vidas mais sustentáveis, a nossa casa é um bom lugar para se começar. No Garimpo desta edição, uma varanda gourmet repleta de encantos e totalmente integrada com a natureza. Inspirada nos revestimentos rústicos do local, a designer de interiores Adriana Sacchi usou móveis vintage, dando bossa ao local. Projetos incríveis, dicas e novidades, tudo isso e muito mais pra você conferir. Um abraço.

Resistência, rapidez, comprometimento com o meio ambiente e precisão têm sido as qualidades que vêm atraindo um número cada vez maior de clientes que apostam no sistema construtivo wood frame, importante matéria

Diretora Executiva Tiana Ribeiro

diretoria@editorasbc.com.br

Diretora Editorial Zi Cossermelli

habitare@editorasbc.com.br

Direção de Arte & Diagramação Vinni Del Poço

Arte Final Gustavo Benitez Laila Pacheco Valentina Rampini

criacao@editorasbc.com.br

Jornalismo

Fernanda Burattini (Q!Notícia) - MTB 47.326 Camila Marcusso (Q!Notícia) Miriam Bonora (Q!Notícia) Rita Galdini (Q!Notícia) Fabiana Santa Joaquim redacao@editorasbc.com.br

Administrativo | Financeiro Cristiane Lopes

financeiro@editorasbc.com.br

Departamento Comercial Décio Perez Martim | Ediça Madureira Júlio Strassacapa | Nelson Nemer | Zezo Faria

Diretora Editorial

Colaboradores Fabrizio Mott | Francine Trevisan

Departamento Jurídico Lucien Domingues Ramos (OAB/SP 132.502) Nestor Ribeiro (OAB/SP 33774)

Críticas, dúvidas e sugestões habitare@editorasbc.com.br Habitare é uma publicação trimestral da Editora SBC Ltda. - Administração, Redação e Publicidade: Rua Ângelo Elias, 443 Sta. Rosália - Sorocaba - SP CEP 18090 100 | Tel: (15) 3233 9312

www.revistahabitare.com.br twitter: @habitare Tiragem: 10 mil exemplares Gráfica Silvamarts Todos os direitos autorais da HABITARE estão reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma, meio eletrônico ou mecânico, fotocópia, gravação ou sistema informatizado, sem prévia autorização dos autores. Toda informação nos anúncios é de inteira responsabilidade do anunciante.


42

Sumário 42 Habitare Paisagismo Um pouco do Caribe no Brasil O espaço, segundo o arquiteto Felipe Mascarenhas, foi inspirado na paisagem e nos hotéis caribenhos, com cores marcantes e ambientes aconchegantes.

62

62 Patchwork Uma história O Patchwork está em alta. Na moda, na decoração, no artesanato, a ordem é reciclar, reaproveitar tecidos, pastilhas, tintas, todo e qualquer material colorido que dê a impressão de uma colcha de retalhos.

68 Habitare Garimpo Varanda gourmet

Foi numa varanda gourmet repleta de encantos e totalmente integrada com a natureza, onde os moradores rendem-se ao jeito descomplicado de viver, que a designer de interiores Adriana Sacchi montou o Garimpo desta edição.

78 Restaurante Português Tradição portuguesa com o contemporâneo brasileiro

68

Um espaço projetado para oferecer uma experiência sensorial, unindo a tradição portuguesa com elementos da atualidade no Brasil.

78


98

Enogastronomia O conceito de ligar uma comida com alguma bebida Delicie-se com esses pratos e vinhos da região italiana da Toscana.

98 112

Capa: Designer Adriana Sacchi Foto Elson Yabiku

Casa Cor Campinas Apresenta tendências tecnológicas aplicadas à arquitetura A exposição integrou 14.200m², dos quais 5.000m² foram destinados a seis projetos paisagísticos e outros 2.000m² a 35 ambientes internos.

130

112 130 fachadas ventiladas Placas externas permitem circulação de ar e conferem conforto térmico Um dos desafios de engenheiros e arquitetos é encontrar soluções para arejar os ambientes e oferecer conforto térmico aos moradores. Uma alternativa cada vez mais usada no Brasil são as fachadas ventiladas com revestimento cerâmico.

134 tecnologia que protege Pisos e móveis livres de bactérias e novos por mais tempo Conheça uma alternativa para manter os ambientes livres de bactérias e fungos, uma busca comum entre as famílias quando o assunto é o cuidado com a casa e, principalmente, com a saúde.

16

134


Dicas&Novidades Fotos Divulgação

Laranja na Decoração

R

esultado da mistura de duas cores quentes, o laranja foi eleito a cor oficial do verão! Cheio de vida, é a melhor opção para trazer alegria e boas energias para os ambientes – tanto internos, quanto externos. A dica é apostar em pequenos detalhes na decoração - mesmo considerando suas possíveis variações, é uma cor muito vibrante, abusar do uso pode se tornar excessivo. No escritório é ótimo para estimular a criatividade, e na cozinha, ideal para abrir o apetite!

Night Watch Chandelier Round Orange www.eurolight.com.br

Cadeira Zele www.szpilman.ind.br

Bowl Colorp www.svenjakalteich.com.br

Luminária Pendente Ball www.danishdesign.com.br Mesa de Canto Balinesa www.baliexpress.com.br 20


Dicas&Novidades Fotos Divulgação

Seres de Luz Com uma referência mais do que adequada, lembrando dos contos de fadas onde elas são mencionadas como seres de luz, a Began Antiguidades apresenta o lustre Niagara Chandelier, da marca espanhola Lladró. A peça, exclusiva da loja, é ornamentada com 300 fadas, confeccionadas em porcelana, que garantem uma sensação de leveza e fluidez. www.began.com.br

Apenas um toque Com design exclusivo criado por Andreas Seegatz, a Torradeira Volo Inox da Bugatti prepara automaticamente suas torradas com apenas um toque no painel. Com diversos níveis de aquecimento e funções, também permite ao usuário escolher se serão tostados apenas um ou ambos os lados da torrada. Disponível nas cores vermelha, laranja, verde e cromada. www.clamidesign.com.br

Revitalize a decoração Feita em madeira laqueada amarela, a mesinha lateral Corset, assinada pelo designer Rafael Miranda, é ideal para dar um toque de cor a ambientes mais sóbrios. Além de poder abrigar abajures e objetos, é uma ótima opção para revitalizar a decoração e torná-la mais charmosa. www.clamidesign.com.br

Estilo Orgânico Com um estilo orgânico, a cadeira Round One faz parte da coleção One, desenhada por Leif Jorgensen, que, com o conceito de criar móveis diferentes com um novo estilo, criou peças ocas, esculturais e monolíticas, ao contrário do mobiliário de salão regular que normalmente é sólido e colocado em uma base. Estofos de cores: Divina 2, Malange Divina, Hallingdal e Steelcut Trio. www.danishdesign.com.br

22


HabitareMondo


Mosteiro dos ´

Jeronimos

N

Texto e Fotos Fabrízio Mott

o bairro de Belém, em Lisboa, está o Mosteiro dos Jerónimos, que teve início da sua obra em 1502. É um exemplo fundamental da arquitetura manuelina, termo designado pela unidade formal das obras realizadas no tempo do rei D. Manuel I, sendo o próprio rei quem encomendou esse projeto.

25


HabitareMondo

No local, onde havia uma capela, a obra se desenvolveu com uma longa fachada superior a 300 metros de comprimento. Ao longo de cinco séculos, esta passou por inúmeros projetos de restauros e acréssimos. Os trabalhos foram dirigidos por vários mestres, como Boytac, João de Castilho, Leonardo Vaz, Diogo de Torralva, Jerónimo de Ruão, entre outros, e apresentam um vasto conjunto de esculturas. O claustro de dois andares, tem abóbodas decoradas em relevo. Ali estão sepultados reis da Dinastia de Avis, Vasco da Gama, Luís de Camões, Fernando Pessoa e Alexandre Herculano.

Arq. Fabrízio Mott - fabriziomott@hotmail.com

26


HabitArt

Uma Arte Nobre a transformação do imperfeito Texto & Fotos Fabiana Santa Joaquim

G

Alexande Aguilera 15 3217.3947 alexandreaguilera.blogspot.com

30

iz, desenho, maçarico, sonda elétrica e um inutilizado recipiente de ferro “made in China” jogado em uma nascente; esses são alguns dos ingredientes encontrados no ateliê do artista plástico Alexandre Aguilera. É assim que se expressa, hoje, o artista plástico que realiza uma arte engajada e ‘antenada’ com os novos desafios da humanidade. “Não é uma onda, que vem e passa, é realidade”, comenta Aguilera sobre suas convicções e ideologias que exigem, além de consciência, muita coragem para enfrentar a indiferença e a desvalorização por parte de alguns desavisados.


“O meu trabalho é resultado de constante pesquisa com vários materiais, técnicas e possibilidades estéticas, utilizo como base o ferro, o alumínio e a madeira, todos resgatados do lixo e transformados em peças de arte. Tento expressar em minhas obras a transformação do imperfeito em um conjunto de leveza e riqueza em detalhes.” Arte também é a expressão de uma cultura e de uma época e com ela deve dialogar sempre e, muitas vezes, à arte é pedido além de diálogo, respostas. Muitos artistas foram chamados e ficaram encantados com a possibilidade de, através da sua arte, oferecer ao interlocutor uma oportunidade de reflexão que vai além da mensagem estética, levando-o a pensar no coletivo. Aguilera sentiu esse chamado e há 4

anos vem sensibilizando e conscientizando as pessoas com sua arte. Parte dos materiais que utiliza é encontrada em terrenos baldios, parques, ferro-velho, enfim, jogados fora sem o menor critério e consciência. Tirar esses objetos do meio ambiente já é uma atitude nobre, mas transformá-los em objetos úteis e belos é realmente uma arte – uma nobre arte.

31


HabitArt

“Não herdamos a terra dos nossos pais, pedimo-la emprestada aos nossos filhos” Provérbio dos Índios Lakota Sioux Seu principal instrumento de trabalho é o maçarico - podemos dizer que seu pincel é o maçarico e suas tintas são o fogo. As peças que nascem desse processo alquímico ganham várias dimensões e, muitas delas, voltam ao meio ambiente natural – jardins, por exemplo - e assim, com chave de ouro, fecha-se o ciclo de vida de um produto que foi considerado por alguém inútil e perturbador.

32

Os ferros retorcidos e derretidos com o calor do fogo são transformados em contornos de animais - racionais ou não - e carregam em si significados além dos visíveis. O pesado ferro voa com asas de borboleta, se insinua numa silhueta feminina e brinca saltitante à espera de um beijo um pequeno sapo. A arte de Aguilera nos remete e provoca um pensamento fantástico existente nas fábulas.


Silestone O GRANITo Do FUTURo Por Q!Notícia/Rita Galdini | Fotos Divulgação

D

istribuída em mais de 70 países, a pedra traz modernidade, beleza e sofisticação aos ambientes residenciais, além de estar presente em algumas das mais importantes construções no mundo todo: Dubai, Londres, Barcelona, Madrid... Ambientes residenciais, como esta cozinha planejada, e grandiosos edifícios no mundo todo ganharam um atual, resistente e sofisticado revestimento, o silestone.

34

Trata-se de uma pedra industrializada, composta de quartzo e cristais coloridos, que resulta em uma superfície bacteriostática (que impede a multiplicação de bactérias), sem rusgas ou emendas, de alta durabilidade e aparência elegante, que vem substituindo os tradicionais mármore e granito. Por todas essas características, além da praticidade que oferece para higienização, o produto já é considerado pelos profissionais do setor de arquitetura e decoração como o “granito do futuro”.

»


Contudo, ainda que a aplicação do silestone tenha crescido significativamente no mundo inteiro, no Brasil, ainda é pouco utilizado. Há mais de sete anos no mercado, é distribuído em 70 países. Nos Estados Unidos, é adotado em larga escala e, dentre quatro cozinhas na Espanha, uma já aderiu ao material. Com isso, a nova pedra está presente em algumas das mais importantes construções do planeta, como o Hotel Burj Al Arab, em Dubai; o Wembley Stadium, em Londres; a Torre Agbar, em Barcelona e a loja da Telefónica Flag Ship, em Madrid. A paleta de cores soma mais de 60 opções, incluindo o branco e o preto absolutos, tons impossíveis de serem

36

encontrados em pedras naturais, como o granito. No início deste ano, uma nova série de cores “esfumaçadas” chegou para completar as chapadas vermelha, amarela e azul. São elas: altair, cygnus, doradus, lagoon, lyra e merope. A grande variedade de tonalidades possibilita ao projetista pensar no revestimento de pias e bancadas como um elemento de grande peso na composição do ambiente, muito além de um simples acabamento. O silestone pode ser facilmente encontrado e aplicado por diversas marmorarias no país.

» www.silestone.com.br


Foto: Enio Berwanger


RESÍDUOS

FLORESTAIS Tendência em decoração para um estilo de vida sustentável

E

Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos André Godoy

m destaque, os artigos produzidos a partir de materiais ecologicamente corretos, como madeiras de demolição e resíduos de árvores centenárias que sofreram a intervenção humana, ganham força no mercado de decoração e arquitetura. Em especial, a utilização da madeira na sua forma natural, tal como é encontrada no meio ambiente. O artista Hugo França, considerado precursor em utilização de detritos florestais para a confecção de peças de decoração, conta que o trabalho de características rústicas é tendência no atual momento de busca por um estilo de morar consciente. “Tenho percebido o uso crescente da madeira em sua forma natural. Procuro interferir o mínimo possível no material, fazendo apenas o necessário para que a peça fique ergonômica”.

39


Foto: Atelier Hugo França

Desde a infância, Hugo já se interessava por esse material e brinca que nasceu “em berço de madeira”. Sua produção de esculturas mobiliárias começou na década de 80, ao constatar a quantidade de madeira que era descartada após os desmatamentos e queimadas no Sul baiano. “Eu achava um absurdo e sentia que poderia fazer muito bom uso de todo aquele material”. Ele ressalta que o tema sustentabilidade precisa ser mais do que apenas discutido. É preciso agir sobre o assunto. “Vejo que esta questão é muito mais teórica do que prática, mas espero que o conceito se concretize cada vez mais. Eu desejo muito que meu trabalho contribua para a conscientização da preservação do meio ambiente e espero transmitir às pessoas a vivência

que eu experimento em minhas buscas na Mata Atlântica. O Pequi, árvore que considero minha principal e preferida matéria-prima, atinge a vida adulta aos 200 anos e pode viver até os 1.200 anos. Isto é uma raridade e sempre que vejo o assombro das pessoas ao tomarem conhecimento destes dados, sinto que elas sentem vontade de que essas maravilhas naturais sejam preservadas”. Hugo já produziu quase 1.500 peças, que já foram apresentadas em diversos países, como: França, Inglaterra, Alemanha, Suíça e Nova York. As esculturas podem ser encontradas em seu showroom na cidade de São Paulo; na loja Projeto D, que fica no Rio de Janeiro; e na sua galeria em Nova York. Os preços oscilam entre R$ 3.000 e R$ 200.000. Hugo França

www.hugofranca.com.br

40


HabitarePaisagismo

noBrasil Por Q!NotĂ­cia/Camila Marcusso | Fotos Leonardo Gali

Um Pouco do Caribe 42


O

Espaço Brasil Caribe, dos arquitetos e paisagistas Felipe Mascarenhas e Sara Palamoni e da designer de interiores Meire Lemes, foi apresentado na Equipotel, grande feira de hotelaria e gastronomia, realizada entre os dias 12 a 15 de setembro, em São Paulo.

Sara Palamoni, Felipe Mascarenhas e Meire Lemes 12 3923 1234 | 9191 5059 www.felipemascarenhas.com.br

O espaço, segundo o arquiteto Felipe, foi inspirado na paisagem e nos hotéis caribenhos, com cores marcantes e ambientes aconchegantes.

43


HabitarePaisagismo

O paisagismo ganhou destaque devido à presença de uma vasta vegetação tropical, formada por bromélias com flores rosas, nativas do Brasil, e outras originárias da América do Sul, além de fórmios, dracenas e palmeiras de dois tipos: as solitárias e a areca de locuba, vindas da Austrália e de Madagascar, respectivamente. Dentro do espaço, foi construído um bangalô de madeira de reflorestamento (pinus), evidenciando o viés sustentável. Assim como o piso, que foi feito de deck e de cimento com vidro reciclado, formando placas ecológicas. O design do bangalô também fez referência ao Caribe, oferecendo uma área para relaxamento com futons coloridos e vasos-fontes (feitos em acrílico e com fontes embutidas). Além disso, o ambiente buscou se adaptar à realidade brasileira, com uma lareira ecológica, movida a álcool e a biofluido, já que o país tem o inverno bem definido. Os arquitetos desenvolveram um caminho alternativo para acessar o bangalô, que atravessa todo o espaço, passando pelo jardim e pela belíssima vegetação. Esse caminho também foi pensado para os cadeirantes. Quase toda iluminação foi feita em LED, com alguns deles embutido, e projetores, valorizando as cores do ambiente. Como toque final, a parede em frente ao espaço foi pintada de azul, para que o visitante se sentisse nas próprias ilhas do Caribe. O projeto ainda contou com a colaboração dos arquitetos José Luiz Duarte, Eliana Nakauti, Aline Cristine de Souza e Nilson Molina. 44


Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos Divulgação

pedra ferro beleza singular em revestimentos internos e externos

A

s características naturais das pedras, suas formas, cores, texturas, variações de veios, granulações e tonalidades próprias, que tornam cada peça única, chamam a atenção na arquitetura e decoração dos ambientes. Procedente do basalto, que é uma rocha vulcânica, a pedra ferro tem sido muito procurada para revestimentos internos e externos, pela sua durabilidade e beleza única. É assentada em telas, que formam mosaicos em diferentes relevos, fazendo com que cada conjunto seja exclusivo. O material recebe uma camada de proteção para manter a su-

46

perfície com aparência natural, livre de películas e de manchas por óleo e gordura, além de impedir a proliferação de fungos e facilitar a limpeza. As peças podem ser utilizadas, tanto em ambientes internos, como nichos para TV, bares, balcões, lareiras, churrasqueiras e lavabos, quanto externos, em fachadas, hall de entrada, área de piscina, detalhes em colunas e chaminés. As telas têm, aproximadamente, 30 x 30 cm, com encaixes que tornam o assentamento simples e rápido.

» www.pietrecolorate.com.br


Por Q!Notícia/Rita Galdini | Fotos Divulgação

ENERGIA DAS CORES V

COLOR BLOCK - Painéis esbanjam criatividade, em blocos de cores vibrantes e exclusivas

ermelha e turquesa, verde e laranja, amarela e rosa. Não importa a combinação, o movimento Color Block, ou bloco de cores, também é tendência no uso de pastilhas neste Verão. Modernas e despojadas, elas podem ser utilizadas de diversas formas, em cozinhas, espaços gourmet, piscinas e banheiros, conferindo ainda mais energia aos espaços.

48

na estação mais quente do ano. Elas podem decorar um detalhe ou toda a parede, em blocos, mosaicos, desenhos ou padrões. O banheiro da foto (ao lado) conta com uma combinação vibrante entre tons de vermelho e dourado, que criou um efeito iluminado.

Em sua nova linha Color Block, a Pastilhart traz cores exclusivas em cerâmica e porcelana, como o azul klein, o pink e o amarelo vivo. A dica é ousar na mistura, sem restrições.

A aplicação é fácil. Devido ao tamanho reduzido de cada pastilha, elas podem ser empregadas em cantinhos minúsculos, onde um azulejo precisaria ser quebrado, por exemplo, garantindo um acabamento perfeito.

As pastilhas coloridas de vidro também marcam presença

» www.pastilhart.com.br


Por Q!Notícia/Rita Galdini | Fotos Divulgação

De cara nova

Wallpaper lança no Brasil coleção de papel de parede assinada por Vivienne Westwood

E

les modelam e definem o ambiente, além de conferir acabamento à decoração. Reinventados a cada Estação, os papéis de parede seguem mantendo um espaço considerável no mercado. De olho nesse segmento, a empresa Wallpaper, representante no Brasil de diversas grifes internacionais de papéis de parede, lançou, com exclusividade no país, uma coleção de revestimentos assinada por Vivienne Westwood para a marca inglesa Cole & Son. Reconhecida como símbolo britânico dos designers contemporâneos, Vivienne criou estampas baseadas em desenhos de suas coleções antigas. Com uma grande influência no mundo

50

da Moda, a estilista usa e abusa de cores, traços fortes e desenhos marcantes nas estampas. A grife Cole & Son foi fundada em 1875 por John Perry, no norte de Londres, e mantém o mesmo espírito original, combinando processos tradicionais com tecnologia de ponta. A empresa é a única no mundo com produção artesanal e possui uma infinidade de projetos e desenhos, que representam todos os estilos, do século XVIII aos dias de hoje. Entre os importantes e históricos projetos dos quais participou estão o Palácio de Buckingham e a Casa Branca.

» www.wallpaper.com.br


HabitareArquitetura

Casario colonial e igreja barroca, pelourinho, Salvador

O Legado Colonial As primeiras casas do Brasil

T

odo cidadão é um herdeiro. Um herdeiro de muitos parentes e dono de um bem impossível de ser retirado. Pode ser que ele nem perceba sua herança ou não consiga se lembrar de quando ela foi criada – mas este legado o acompanha na sua vida diária. Quando sobe uma escada, cozinha sua refeição ou a desfruta na companhia da família, quando senta-se à varanda ou no quintal, nas noites de verão, o brasileiro está contribuindo e se utilizando deste patrimônio cultural que foi construído através de cinco séculos de arquitetura no país, desde que os portugueses cá ancoraram suas caravelas.

Arq. Francine Trevisan

Colaboradora 15 9101 8606 francinetrevisan@yahoo.com www.francinetrevisan.com.br

As cidades brasileiras hoje são grandes colchas de retalhos, fragmentos de diversos usos e tipologias que com os séculos foram se ajeitando e se sobrepondo. Numa mesma rua, pode-se encontrar uma igreja, uma casa de porão alto com a janela na calçada, outras mais novas recuadas com jardim frontal, um comércio art déco de esquina, um delírio neoclássico, um barraco em terreno invadido, uma cerca de madeira, a padaria do Manoel... Neste “patchwork” construtivo, com mudanças rápidas, que caminham em direção de até mesmo ciberespaços, é interessante conhecer o quadro urbano da colonização do país, estagnado, que praticamente foi o mesmo durante os quatro primeiros séculos de existência.

52


As cidades mais importantes, até o começo dos anos 1900 foram aquelas situadas ao longo do litoral, destacando-se a capital nacional da época – o Rio de Janeiro (desde 1763, Brasília tirou este posto apenas em 1960), e outras populosas, dependentes de seus portos, como Recife, Salvador e Olinda.

Litografia de 1834, de Debret, mostrando o Teatro São João no Rio de Janeiro

Transporte-se para ruas de pedras irregulares ou terra batida, estreitas, com uma movimentação de senhores e escravos, muares, mercadorias, delimitadas por sobrados coloridos com sacadas ornamentadas em lindas serralherias. Pronto. A arquitetura das cidades coloniais quase não mudou em quatrocentos anos. “Quem viu uma casa brasileira viu quase todas”

Biblioteca de Saint Genevieve, 1850, em Paris. Projeto de Henri Labrouste

O sobrado português, o modelo de morar da pátria-mãe foi adaptado aos materiais e mão-de-obra disponíveis no país, resultando em um estilo básico de moradia urbana, amplamente repetido e difundido em todo o território. Estes sobrados, colados uns aos outros, possuíam basicamente térreo e superior. Em Recife chegaram a atingir até 4 pavimentos, porém são exceção. As coberturas em telha capa-canal tinham duas águas (uma para frente, outra para trás) apoiadas nas grossas paredes de adobe ou taipa de pilão, sendo nas residências mais ricas utilizados pedra e barro, mais raramente os tijolos. A divisão das casas e seu uso estavam apoiados na abundancia de mão-de-obra escrava. As cozinhas, geralmente situavam-se no andar superior, voltadas para os fundos do terreno, e os explorados escravos levavam tudo, escada acima, escada abaixo... o dia todo. Neste mesmo pavimento situavam-se os ambientes sociais, como as salas de viver ou jantar, e as alcovas – os antigos dormitórios – que ficavam no centro das plantas e não possuíam qualquer janela, causando arrepios nos vigilantes sanitários modernos.

Perspectiva de um típico sobrado colonial

No rés-do-chão, ou pavimento térreo, moravam os escravos e também funcionava uma espécie de depósito geral. Nas casas dos menos ricos, podia existir também um comércio, com suas portas debruçando-se sobre as calçadas. No ambiente rural, as casas térreas eram bem comuns, porém no meio urbano pertenciam aos mais pobres ou às meretrizes, pois quanto mais pavimentos uma casa tinha – maior o status do morador – já que os materiais de construção e os móveis não variavam muito: esquadrias de madeira, paredes brancas de cal, chão batido ou assoalhos de tábuas largas, forro de madeira, fogões a lenha e uma rede para sentar-se.

Planta baixa de um sobrado modelo 1. loja ou depósito; 2. corredor para entrada da residência, independente da loja; 3. salão; 4. alcovas; 5. sala de jantar ou varanda; 6. cozinha e serviços

A transferência da corte portuguesa para o Brasil, com a Abertura dos Portos às Nações Amigas em 1808 (mediante as guerras napoleônicas, a única nação amiga era a Inglaterra...), mudou o quadro da mesmice vivenciado por três séculos, e diversas novidades chegaram ao país, alterando modos de morar e costumes. Os mais bizarros produtos eram aqui despejados, e até patins de gelo se tornaram maçanetas.

53


HabitareArquitetura

Conjunto urbano na região do Ribeira, em Porto - Portugal

Até o meio do século XIX, não havia sistemas eficientes de abastecimento de água e esgoto. O despejo dos detritos era uma situação complicada, onde os baldes de madeira, cheios, eram levados pelos escravos à alguma praia para serem despejados. Durante o trajeto, os “escapes” enchiam as ruas de mal-cheiro, as mesmas ruas onde transitavam moçoilas com longos vestidos à moda francesa. Talvez o registro mais interessante que chegou aos nossos tempos foi a coletânea de cartas que o engenheiro francês Louis Léger Vauthier (1815-1901), formado pela École Polytechnique de Paris no curso de Pontes e Calçadas, enviou ao seu amigo César Daly (1811-1894), arquiteto autodidata e editor da Revue Generale de l’Architecture et des Travaux Publics. O então presidente da província de Pernambuco - o Conde da Boa Vista - que também havia sido educado em Paris, convidou uma legião de técnicos europeus a fim de modernizar e higienizar a cidade de Recife em 1839. Vauthier, recém-formado, viajou ao Brasil em 1840 e logo se tornou diretor das obras públicas da província. Lá permaneceu por aproximadamente 6 anos. É neste período que o engenheiro introduz uma série de mudanças, deixando um legado muito além do projeto do Teatro Santa Isabel, com inovações técnicas, defesa de ideais higienistas e também socialistas. As cartas são cheias de sinceridade, pois se tratam de conversa entre amigos. A sua famosa frase – quem viu uma casa brasileira viu quase todas – encaixa-se num contexto onde

54

os processos construtivos do período colonial são repetitivos e pouco sofisticados, mediante os olhos de um iluminista acostumado a viver em meio a suntuosos cafés e novíssimos edifícios estruturados em metal, como a biblioteca Saint-Geneviève projetada por Henri Labrouste em 1838. Nos relatos de Valthier, também é possível reconhecer valores construtivos e comportamentais vigentes até hoje, como por exemplo, a paixão por sobrados em um país com terras imensas, a hospitalidade encontrada no interior e a deficiência das forças armadas mostrando que aqui definitivamente nunca foi um país de guerra. O trabalho manual também era motivo de desprezo, pois pertencia aos serviçais, bem diferente do contexto dos países germânicos onde construir sua própria casa e cuidar de um belo jardim eram motivos de orgulho. Nas raízes da formação do nosso povo, podemos encontrar as bases de mazelas atuais, mediante a preguiça e falta de cuidado com o patrimônio construído, observados nas ruas de qualquer cidade. Quando um cliente deseja projetar sua casa, seja qual for o programa de necessidades – com ou sem telhado aparente, varandas, madeira ou piso cerâmico, sobrado, térreo ou nenhum destes – está implícita nas intenções, toda uma história dos modos de morar brasileiros. Na verdade, o cliente está criando o último elo, o mais recente, de uma cadeia que começou com a locação da primeira casa, e por que não, até da primeira oca, o primeiro tetum que neste país tropical foi solidificado.


Dicas&Novidades Fotos Divulgação

Moderna e Tecnológica A Triplex é a pedida perfeita para quem não abre mão de manter climatizados os seus diversos rótulos de tintos, brancos e espumantes. Com três compartimentos independentes - um para cada tipo de vinho - a adega possui capacidade para 246 garrafas. Os seus três compressores com sistema antivibração permitem que sua temperatura seja ajustada com precisão, de acordo com a necessidade do cliente. www.maisondescaves.com.br

Um ponto de luz Com um formato muito charmoso, a pequena luminária de mesa Top Four é uma ótima opção para dar charme a mesas e criados mudos. Ideal para momentos de leitura, também pode ser um pequeno ponto de luz durante a noite ou ao lado do computador. Suas dobradiças permitem a variação de sua forma para que a iluminação seja direcionada ao foco da melhor maneira possível. www.eurolight.com.br

Linha Peace Com inspiração vinda do extremo Ártico e do distante Antártico, os dois continentes mais insólitos do planeta, a linha Peace traduz o encontro da paz em meio a essa imensidão branca – que na realidade é considerada a soma de todas as outras cores, combinando a forma e a matéria em sua expressão mais simples e transmitindo tranquilidade aos ambientes em que está presente.

Renove sua decoração Como renovar uma peça na decoração sem gastar muito? Esses vasinhos de cerâmica cor ouro são uma ótima dica de como dar um novo ar a um aparador de maneira rápida, mas muito sofisticada. Também são uma ótima escolha para compor uma mesa de jantar acompanhados de outros itens no mesmo tom, ou até mesmo para dar um up na mesa do café da manhã acompanhados de delicadas flores brancas. www.lsselection.com.br 56

www.saccaro.com.br


57


Dicas&Novidades Fotos Divulgação

turquesa na

Decoração

B

eirando o azul e o verde, o turquesa é uma ótima escolha quando se trata de decoração: transmite tranquilidade, inspira momentos calmos e é muito revigorante. Nada melhor para o nosso aconchego! É muito harmônica quando se mistura com outros verdes, complementa cores mais quentes e dá vida a tons mais neutros. Vale investir em detalhes na decoração, como vasos e almofadas, ou até ousar mais, optando por mesas e cadeiras!

Vaso Turquesa www.matissedecor.com Luminária Frida www.mixandmatch.tempsite.ws

Mesa de Centro Laqueada Azul www.estudiogloria.com.br

Cadeira com Braços www.lojateo.com.br

58

Poltrona Painho www.estudiogloria.com.br


Dicas&Novidades Fotos Divulgação

De onde vem a música? À primeira vista podemos pensar ser um par de taças bem diferentes do que se está acostumado, mas, observando com mais atenção, vemos que o que está dentro dessas taças as tornam ainda mais diferentes e interessantes: falantes! São uma opção muito bacana para decorar mesas de escritório sem cair no óbvio, ou para surpreender visitas quanto à origem da música que preenche o ambiente. Um alto falante como nunca vimos antes! www.mixandmatch.tempsite.ws

Simples, atual e resistente Clássico de Charles e Ray Eames, a Eames Molded Plastic Chair é uma cadeira de plástico moldado simples, atual e resistente, com a qualidade, acabamento e garantia de fabricação Herman Miller, que a torna confortável e durável. Seu corpo é colorido por inteiro, fazendo com que as cores se conservem vibrantes por muitos anos de uso contínuo. Para um maior conforto, o corpo é conectado à base por suportes de borracha e o pé padrão também pode vir com feltro para proteger pisos de superfície delicada. Uma forma simples e limpa, esculpida para acomodar o corpo com muito conforto. www.atec.com.br

Linhas orgânicas De origem tailandesa, esse charmoso banco de madeira é uma ótima escolha para compor decorações internas ou externas, contrastando em sua forma sua rigidez com algumas linhas orgânicas. www.lsselection.com.br

De A a Z Livros, além de serem uma grande fonte de conhecimento, são charmosos itens de decoração. É muito comum os vermos por aí presentes em mesinhas de centro e aparadores dando um ar cult aos ambientes... Mas que tal ir além e apostar em uma estante, que seu design por si só dê um toque especial a uma sala de estar? Você poderá recheá-la de livros e outros pequenos itens de decoração de maneira única, e assim deixá-la com a sua cara! www.mixandmatch.tempsite.ws

60


Patchwork uma história Por Márcia Rodrigues/Margarete Dalcin | Fotos Rui Antunes

A

palavra Patchwork (trabalho com retalhos) está em alta, estamos vivendo um boom. Na moda, na decoração, no artesanato, a ordem é reciclar, reaproveitar tecidos, pastilhas, tintas, todo e qualquer material colorido que dê a impressão de uma colcha de retalhos. Mas será que patchwork é só isso?

Patchwork ou Quilting (do latim culcita) como é mais conhecido, surgiu no antigo Egito, adornando as roupas dos faraós, seguiu como revestimento nas armaduras dos samurais e guerreiros na idade média e como tapete usados pelos antigos russos. Ressurgiu com força na Inglaterra em meados do séc XV e se espalhou por toda Europa.

No final do séc XVII, esta arte chegou à América com os primeiros peregrinos. Trouxeram na bagagem a técnica, os desenhos e todo o conhecimento para a confecção de lindas colchas com o pouco que tinham.

62

»


O Patchwork ganhou espaço nas galerias de arte, nas exposições e hoje não é mais só uma simples “colcha de retalho”, mas uma referência de mídia para outros tipos de arte.

A inspiração vinha do dia a dia, do cotidiano feminino e suas celebrações. As mulheres faziam pequenos blocos, pois era a maneira mais fácil de transportar um grande trabalho, somente quando todos estavam prontos é que elas os uniam e montavam seu acolchoado com o auxílio das amigas. Adquirindo assim um caráter social, comunitário, que é conservado até hoje. Com o passar do tempo, essa arte foi tomando corpo e crescendo e exigindo do mercado toda uma indústria de suporte. A área têxtil e o mercado de suplementos (ferramentas, máquinas de costuras e projetos) geram milhões de dólares para o mercado mundial.

»


Há mais de seis anos, Márcia Rodrigues e Margarete Dalcin, descobriram que, através dessa arte, poderiam dar vazão à criatividade e à grande paixão que tinham por tecidos. Com muito trabalho e estudos constantes, criaram em Sorocaba o Ponto do Patch, um espaço agradável e acolhedor, onde a história e as tradições do “patch”, como é carinhosamente tratado por elas e por todas que frequentam o atelier, são devidamente cultivadas. O principal trabalho da dupla é mostrar a importância do planejamento no tralhalho de criação de uma peça, seja ela uma simples almofada, uma colcha ou uma peça para exibição num festival, todas precisam de um projeto detalhado, estudo de cores, separação cuidadosa dos tecidos e muito capricho na hora da execução. É com esse carinho que elas mantêm o espaço com dezenas de alunas que vêm em busca de um simples artesanato do momento, mas descobrem a complexidade, a força histórica que está por trás da colcha de retalhos da vovó. Ponto do Patch

Márcia Rodrigues Margarete Dalcin www.pontodopatch.com.br

66


HabitareGarimpo

Habitare

Garimpo va ra n da g o u r m e t Fotos Elson Yabiku

N 68

essa época do ano, onde a natureza resplandece, a inspiração corre solta. Foi numa varanda gourmet repleta de encantos e totalmente integrada com a natureza, onde os moradores rendem-se ao jeito descomplicado de viver, que a designer de interiores Adriana Sacchi montou o Garimpo desta edição.


Inspirada nos revestimentos rústicos do local, a designer usou móveis vintage, como o sofá com revestimento em corano branco design Jorge Zalszupin década de 60 e as poltronas pé palito década de 50 revestidas de chantum azul turquesa (Terrabento Vintage & Design), dando bossa ao espaço. O ambiente completa-se com a mesa de centro Guarujá, de madeira de demolição (Villa Design) e com duas mesas laterais redondas modelo palito e uma retangular em madeira teka modelo Anabela (Morarte). Adriana Sacchi Colaboradora 15 7814 4330 | id 105*112 330 adriana-sacchi@uol.com.br

Para aproveitar melhor o espaço, foi utilizada numa parede vazia uma linda cômoda com quinze gavetas em madeira rústica (Armazém da Decoração) que, além de útil, serve de apoio para o quadro da artista plástica Caterina Reze. Adornando toda a varanda gourmet foram utilizados objetos decorativos (Mercatto). Para contemplar a Natureza, uma chaise longue Cuzcu (Villa Design) e banco Ibis em madeira de demolição (Villa Design), deixam o lugar ainda mais encantador.

Nas bancadas, as charmosas cadeiras Reflexos em laca roxa (Morarte) e as banquetas Xangai em fibra ( Villa Design).

69


HabitareGarimpo

TERRABENTO Sofรก branco anos 60

Passรกros em madeira

R$ 5258,00

R$ 80,00 cada

R$ 1550,00

R$ 393,00

Poltrona azul anos 50 morarte

Fruteira verde

Vaso quadrado turquesa

Mesa redonda

R$ 70,00

Mesa retangular

Mesa de centro Guarujรก

R$ 1492,00

R$ 2001,60

70

mercatto

Villa design

R$ 3946,00


Morarte Cadeiras Reflexos

R$ 790,00 cada Mercatto Jogo americano + guardanapo

R$ 30,00 cada

Taça vietnamita branca

R$ 398,00

Castiçal vidro indiano grande

R$ 248,00

Castiçal vidro indiano médio

R$ 220,00

Castiçal vidro indiano pequeno

R$ 190,00

Pote c/ tampa verde em vidro indiano

R$ 160,00

71


HabitareGarimpo

Villa Design Banqueta Xangai

Gaiolas pássaros média

Banco Íbis

Bandeja Michel Design Works

Chaise-longue Cuzcu

CATERINA REZE Artista Plástica

mercatto

Quadro lagoa

R$ 1579,00 cada

R$ 148,00

R$ 2524,00

R$ 140,00

R$ 5172,00 Pombinhas

R$ 2400,00

Gaiolas pássaros pequena

Cômoda em madeira rústica

R$ 42,00 cada

R$ 70,00 cada

ARMAZÉM DA DECORAÇÃO

R$ 1690,00

Onde encontrar Artista Plástica Caterina Reze 3221.8808 Morarte 3231.1624

72

Mercatto

(Mercadão Campolim)

3019.2970 Terrabento 3329.4814

Villa Design 3032.0145 Armazém da Decoração (Mercadão Campolim)

3342.9777


HabitareEcologia

· Linha do Tempo

Fundação: o sistema wood frame pode ser realizado sob qualquer tipo de fundação. Neste caso, foi utilizado o sistema de pilaretes de madeira (eucalipto). A casa ficará levemente suspensa, garantindo menor interferência da umidade do solo e facilitando a manutenção das instalações, pois não precisam ficar enterradas.

Estrutura: esqueleto estrutural montado. Devido sua leveza e resistência, este sistema permite a construção de vários pavimentos.


Sua casa pronta

em 30 dias Por Fabiana Santa Joaquim | Fotos Divulgação

A

construção civil é considerada a maior geradora de resíduos de todos os setores produtivos e grande consumidora de recursos naturais. Se quisermos tornar nossas vidas mais sustentáveis, a nossa casa é um bom lugar para começar. Muitas alternativas estão no mercado: aquecedor solar, captador de água de chuva, piso intertravado, telhado verde, tinta ecológica entre tantas outras engrenagens e produtos que colaboram na conservação do meio ambiente e nos garantem melhor qualidade de vida. Mas se você está pensando em construir, você tem uma oportunidade única nas mãos, pois o planejamento é uma das fases que pode garantir o melhor custo-benefício, tanto do ponto de vista ecológico quanto econômico. Existem diferentes sistemas construtivos, mas no Brasil as construções utilizam-se basicamente da alvenaria, sistema que dá à construção civil o perfil de vilã quando o assunto é sustentabilidade. Basta conhecer um canteiro de obras convencional para entender a fama que a construção civil ganhou.

Proteção: uma membrana é aplicada para garantir a estanqueidade e ventilação das paredes. Permite a saída da umidade das paredes e protege contra a umidade externa.

Revestimento: podem ser aplicados os mais variados tipos de revestimento: argamassado, placa cimentícia etc. Aqui vemos a aplicação da própria madeira.


www.institutosustentar.com.br

Obra de 70m² construída em poucos dias para o evento Sustentar 2010 (Campinas - SP) | Projeto arquitetônico: Unicamp - Execução: Shintech

Para pautar nossas vidas cada vez mais na sustentabilidade, é necessário analisar caso a caso, detalhes, fornecedores, local, transporte, mão de obra... Não existe ‘receita’, tem que pesquisar e descobrir. Mas esta tarefa pode ser bem divertida e fonte de muitos conhecimentos. Eis aqui uma dessas descobertas. Resistência, rapidez, comprometimento com o meio ambiente e precisão têm sido as qualidades que vêm atraindo um número cada vez maior de clientes que apostam no sistema construtivo wood frame. O Brasil ainda é um mercado tímido, mas nos EUA, por exemplo, 95% das casas são construídas neste sistema, e vem ganhando espaço em países como Chile, China, Rússia e Indonésia.

· Linha do Tempo

As instalações elétricas e hidráulicas são como as utilizadas convencionalmente. As facilidades estão na execução e manutenção, evitando quebra-quebra.

Telhado Verde: aplicação do telhado verde para aumentar conforto acústico e térmico e garantir um design estético.


Além do sistema woodframe, você pode optar por outros produtos e alternativas sustentáveis, como telhado verde, jardim vertical e energia solar.

Jardim vertical

Poste autônomo fotovoltaico com lâmpadas led O sistema baseia-se nos perfis (frames) leves de madeira de reflorestamento – pinus, geralmente, projetados para suportar as cargas da edificação. Toda a madeira utilizada neste sistema recebe tratamento autoclave. Para o engenheiro e empresário Franco Moraes, este sistema oferece inúmeras vantagens, como, por exemplo, rapidez na construção, devido principalmente à industrialização de algumas etapas e processos; redução de desperdícios, entulho e resíduo na obra; redução de custos de fundação; alto controle da umidade relativa do ar, gerando conforto termo-acústico e a facilidade de manutenção e ampliação. O controle da obra, segundo o engenheiro, é tão grande que até os recortes em pisos e azulejos podem ser evitados, garantindo máxima economia e estética.

» www.lifehouse.com.br


ProjetoDoArquiteto

As pedras portuguesas que embelezam a entrada do restaurante s達o da Nacional Rei das Pedras. 78


A ferragem para construção é oferecida pela Açotrim. Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos Elson Yabiku

TRADIÇÃO PORTUGUESA COM O

CONTEMPORÂNEO BRASILEIRO Arquitetura trabalhando com uma culinária exclusiva

U

m espaço projetado para oferecer uma experiência sensorial, unindo a tradição portuguesa com elementos da atualidade no Brasil. Este é o restaurante Dom Afonso, no Vergueiro, em Sorocaba, com projeto arquitetônico e decoração de interiores do conceituado arquiteto Márcio Pedrico. Lá, a arquitetura trabalha em conjunto com a culinária exclusiva, para proporcionar uma experiência que vai além de uma excelente refeição.

Arq. Márcio Pedrico

15 3222 5728 arquiteto@marciopedrico.com.br www.marciopedrico.com.br

Dos proprietários Rui Rodrigues, português da região do Porto, e Mariele Olivia, sua esposa, o restaurante apresenta itens contemporâneos, como o uso de fibra óptica na iluminação ambiente, porta automática e a própria arquitetura do prédio - uma arquitetura muito conceitual -, assim como itens tradicionais portugueses, presentes na estampa floral dos papéis de parede, no dourado envelhecido das cortinas em seda (que faz referência ao Império) e na área onde se encontram as mesas, uma espécie de deck, construída com ferro em tom de ferrugem, remetendo às caravelas lusitanas. Neste contexto, o uso da madeira e do vidro também proporciona a sensação de se estar dentro de uma embarcação, com vista para a paisagem. 79


ProjetoDoArquiteto Cortinas, papéis de parede e os tecidos dos estofados foram escolhidos na Morarte.

Na entrada, o arquitetou criou uma praça portuguesa, que traduz com muita realidade os espaços desse país, com um grande mosaico tradicional português. Em uma área de 600 m², o estabelecimento conta com espaços individualizados, com múltiplos detalhes. A adega, por exemplo, é uma cave semelhante a uma caverna, construída com madeira de demolição e com detalhes que fazem referência à nobreza, como o grande lustre vermelho. Em anexo, está o Wine Bar, um sofisticado recinto para o drink, onde, ao fundo, se encontra uma azeitaria. Esta enorme riqueza de detalhes é que dá o tom deste projeto. A qualidade dos vinhos é garantida pela Cellar Experts. 80


Os móveis planejados são da Simoneto, sob os projetos do arquiteto Márcio Pedrico.

No Espaço Bar, a contemporaneidade se destaca, com iluminação em fibra ótica e prateleiras em formatos irregulares, assim como a iluminação de todo o restaurante, que forma um jogo de luzes de diferentes tamanhos, dispostos de forma aleatória, para que, segundo o arquiteto, aumente visualmente o espaço interno, na sua dimensão de altura e amplitude.

O silestone é apresentado por Rovi Mármores e Granitos. 81


ProjetoDoArquiteto Quente ou frio, o clima é alterado com o ar condicionado e o aquecedor da Blue Waves.

Áudio e vídeo disponíveis nos ambientes integram o projeto da Sax HiFi. A Luminarea caprichou na iluminação.

O Espaço Vip é um local mais reservado, com assentos de espaldar alto, em tecido de seda preto com captonês e, ao centro deste espaço, um luxuoso e enorme lustre de cristal, no interior de uma torre circular revestida externamente por pedras portuguesas brancas.

O sistema de segurança é Engefort. 82

Dentro do restaurante, há também TVs, inseridas em grandes painéis de vidros refletivos, integrando as sensações deste projeto.


Não poderia deixar de faltar o Espaço Kids, onde o arquiteto fez um trabalho de cores, materiais vibrantes, piso em grama sintética na cor vermelha e um grande painel de lousa, com releituras das obras de Romero Brito e Tarsila do Amaral relacionadas a Portugal nas paredes, além de uma TV e brinquedos para a recreação.

FORNECEDORES

Iluminação

Vinhos, Acessórios e Wine Bar

Áudio, Vídeo e Automação

Pedras Decorativas

Paisagismo

Estruturas de Aço

15 3231.4878 Av. Dom Aguirre, 3303 Santa Rosália | Sorocaba | SP www.nacionalreidaspedras.com.br

15 9178.6020 R. Padre Roberto L. de Moura, 100 Jd. Bandeirantes | Sorocaba | SP

15 3222.8646 R. Antônio Miguel Pereira, 244 Jardim Faculdade | Sorocaba | SP www.luminarea.com.br

15 3327.0377 R. Antônio Perez Hernandes, 125 Boxes 44/45/51 | Mercadão Campolim Parque Campolim | Sorocaba | SP

15 3221.5896 | 3418.3401 Pça. Nove de Julho, 23 Centro | Sorocaba | SP www.saxhifi.com.br

15 3344.1728 Est. PDD, 342 – Km 1 Capela de São Roque | Piedade | SP www.acotrim.com.br

83


ProjetoDoArquiteto

O projeto paisagĂ­stico interno e externo ĂŠ de Wellington Giampietro, inspirado em campos portugueses. 84


O conceito de paisagismo do restaurante é do arquiteto Márcio Pedrico, desenvolvido pelo paisagista Wellington Fernandes Giampietro, que também mescla características luso-brasileiras. Trigos, oliveiras, flores coloridas, orquídeas, palmeiras e uma jabuticabeira foram utilizados. O campo de trigo orgânico se destaca, na entrada do restaurante, acompanhado, minuciosamente, pelo paisagista, desde a preparação do terreno até o crescimento do grão. Assim como o jardim flutuante de orquídeas, que se movimenta com o vento e chama a atenção das pessoas que estão no interior do restaurante.

FORNECEDORES

Móveis Planejados

15 3211.5569 Av. Barão de Tatuí, 1220 Jd. Vergueiro| Sorocaba | SP www.simonettosorocaba.com.br

Mármores e Granitos 11 4712.3865 | 4784.6555 Rod. Prefeito Quintino de Lima, 2101 Paisagem Colonial | São Roque | SP www.rovimarmoresegranitos.com.br

Decoração

15 3231.1624 Av. Antônio Carlos Comitre, 481 Campolim | Sorocaba | SP www.morartemoveis.com.br

Segurança

16 2107.4400 R. Passeio das Quaresmeiras, 211 Pq. Faber | São Carlos | SP www.engefort.com.br

Estruturas de Aço

15 3388.5815 R. Rogerio Arcury, 100 Vergueiro | Sorocaba | SP www.bluewavesarcondicionado.com.br

85


ProjetoDoArquiteto

86


Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos Elson Yabiku

JUNTOS, CLÁSSICO E MODERNO

TRANSFORMAM OS AMBIENTES

E

stilo é o que não falta a esta casa de 560 m², localizada na cidade de Boituva - SP, projetada pelo engenheiro Plínio Donizeti Pauluci e repaginada pela arquiteta Fabiana Freire, que também fez os interiores.

O diferencial da decoração vem da mescla do clássico com o moderno, com muitos objetos trazidos das viagens dos proprietários pelo mundo, além da alta tecnologia audiovisual e de automação empregada para o entretenimento e o conforto da família.

Arq. Fabiana Freire

15 3211 4610 fabifreire@yahoo.com.br

Antiguidades, quadros, tapetes e vasos, nos dois estilos, dão vida aos ambientes. “O desafio foi organizar e reutilizar boa parte das peças e o mobiliário já existentes, integrando-os aos novos móveis e ao novo espaço”, disse a arquiteta. Com o pé-direito da área íntima e de serviços com 4,35 m e o da área social com 6,20 m, a iluminação destaca-se no amplo ambiente. A proposta da arquiteta foi criar diversos conjuntos de luzes, com controles independentes, proporcionando atmosferas diferentes, da mais intimista à mais festiva.

87


ProjetoDoArquiteto

Os móveis de alto padrão da cozinha são Florense.

As cubas e os metais dos banheiros foram proporcionados pela Acqua Design. As salas ficam em uma grande área, interligando os espaços: lareira, varanda, cozinha, dormitórios, home theater e bar, neste último, uma peça clássica de madeira foi transformada em uma exclusiva adega com cristaleira. A cozinha é um ambiente clean, com todos os itens na cor branca. Armários, silestone, vidro e inox, destacados pela iluminação dirigida nas bancadas. Os dois dormitórios de solteiro também seguem essa mesma linha, com paredes e móveis brancos, além de diferenciados papéis de parede, com estampas modernas, que dão mais aconchego aos quartos. Na suíte do casal, o objetivo foi aproveitar todo o espaço, inclusive uma janela baixa, que proporciona uma bela vista para o lago. A Espaço JJ Luz deu um toque especial aos lustres. 88


A Ezklo assina os armários e o home theater.

O home theater foi projetado como um espaço intimista e confortável, com um papel de parede vermelho, um grande móvel e um painel destinado aos equipamentos de projeção de imagens. Ao lado, encontra-se o lavabo, com a proposta de criar um efeito de cor e contraste com a parede na cor preta e o lavatório em mármore vermelho. “Esta parede faz a ponte de integração entre os móveis mais clássicos, das salas, e os mais modernos, do home theater”, conta a arquiteta Fabiana Freire. Os mármores são da Marmoraria Mendes.

FORNECEDORES

Iluminação

Móveis Planejados

15 3243.7127 Av. Gisele Constantino, 1244 Pq. Bela Vista | Votorantim | SP

15 3233.9000 Av. Antonio Carlos Comitre, 1297 Campolim | Sorocaba | SP www.florensesorocaba.com.br

Marcenaria

Revestimentos

Marmoraria

(15) 3227.4747 R. Dorothy de Oliveira, 855 Jd. do Sol - Sorocaba - SP www.marmorariamendes.com.br

15 3211.2939 R. Pedro Molina, 123 Campolim | Sorocaba | SP

15 3233.3311 R. Conde Francisco Matarazzo, 131 Vergueiro | Sorocaba | SP

89


ProjetoDoArquiteto

Os móveis e os objetos de decoração da Morarte são sinônimos de sofisticação. 90


Equipamentos de áudio e vídeo, da Foneplan, conferem alta tecnologia ao home theater. Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos Elson Yabiku

PROJETO CLÁSSICO une Conforto e SUSTENTABILIDADE

O

arquiteto Rafael de Aquino buscou integrar conforto, elegância e sustentabilidade neste belíssimo projeto clássico, de um sobrado de quase 500 m² de área construída, localizado na cidade de Itapetininga - SP.

Arq. Rafael de Aquino & Designer Michela de Aquino 15 3233 1924 www.rafaeldeaquino.com.br

Os interiores, da designer Michela de Aquino, realçam o estilo clássico da construção, desde os objetos de decoração, até as cores dos ambientes.

91


ProjetoDoArquiteto

A Luminarea proporciona intimismo com o projeto de iluminação.

O sistema de segurança é um projeto da RCA Alarmes.

O inox, da Divero, traz luxo e brilho ao projeto. 92

O living e a sala de jantar foram projetados de forma conjugada, ideal para criar um ambiente de integração e recepção dos amigos e convidados, com muita vegetação, madeira, lustres, bibelôs e cristais, sem contar o conforto e a receptividade que o ambiente oferece a quem chega ao local. A porta de entrada une os dois ambientes e é voltada para a direção leste, uma solicitação do casal nativo da cultura japonesa.


Os materiais elétricos e hidráulicos foram proporcionadas pela Comercial Peixoto.

Beleza e singularidade dos mármores, da Marmoraria Mendes, dão destaque aos ambientes. A cozinha, ampla e espaçosa, possui ao centro um balcão de mármore com cooktop, planejado para que a esposa possa preparar as refeições, apreciando a paisagem do jardim e deixando-se inspirar pela beleza do orquidário. Os tons presentes no local mesclam o café imperial, marrom, bege e branco, em um conjunto limpo e fino.

FORNECEDORES

Elétrica e Hidráulica

15 3275.9595 Av. Dr. João Batista Lobato, 433 Centro | Itapetininga | SP www.comercialpeixoto.com.br

Áudio e Vídeo

15 3224.2316 R. Professor Toledo, 373 Centro | Sorocaba | SP www.foneplan.com.br

Portas e Janelas

Vidraçaria e Esquadrias em Alumínio

15 3327.5866 Av. Antônio Carlos Cômitre, 510 – Loja 8, Shopping Dallas Campolim | Sorocaba | SP www.perfectaesquadrilhas.com.br

15 3273.1648 R. Maria do Bom Sucesso de P. Moraes, 80 Vila Progresso | Itapetininga | SP www.natuvidros.com.br

Aço Inox

15 3344.3129 Show Room R. Major Zacharias Belloti, 161 Jd. Capitão | Sorocaba | SP www.diveroinox.com.br

Ambientes Externos

15 3211.6177 R. Francisco Neves, 53 Campolim | Sorocaba | SP

93


ProjetoDoArquiteto Toda a obra é uma realização de Maneco Piloto Construtor.

A estabilidade e a resistência do projeto ficam por conta das Lajes Soares.

Praticidade e beleza são encontradas nos móveis Todeschini, presentes na cozinha e no escritório.

O orquidário abriga diferentes espécies em suportes de madeira. O espaço é complementado por um jardim vertical, com várias samambaias e sistema de irrigação automática, apontando a preocupação do arquiteto com a sustentabilidade. “Um dos diferenciais está no reaproveitamento de água da chuva para a irrigação do jardim, por meio de um sistema automatizado que também evita o desperdício”, conta Rafael de Aquino. No térreo, encontram-se os ambientes comuns a todos, ideais para receber as visitas. No primeiro andar, está a área íntima da casa, com o escritório, o home theater e as três suítes. As duas suítes de solteiro ficam em uma ala reservada do primeiro andar. Um espaço amplo, dedicado ao refúgio das duas filhas do casal. Em cada quarto, destacam-se os papéis de parede de flores, os móveis claros e os closets individuais.

Os materiais elétricos, da Eletrotecno, apontam a qualidade técnica. 94


Os tons clássicos da Opção Tintas foram a escolha certa para o projeto.

Por sua vez, a suíte master localiza-se próximo ao escritório e ao home theater. Um sofisticado quarto, com móveis e papel de parede em tons suaves e a cabeceira da cama, o chão e os cômodos amadeirados. A cortina, uma integrada automatizada, abre automaticamente no horário programado e proporciona uma bela vista da cidade.

FORNECEDORES

Iluminação

15 3222.8646 R. Antônio Miguel Pereira, 244 Jardim Faculdade | Sorocaba | SP www.luminarea.com.br

Lajes

15 3273.3464 | 3273.3016 R. Joaquim Fogaça de Almeida Neto, 461 Jardim Fogaça | Itapetininga | SP

Móveis Modulados

Construção

15 3232.0811 Av. Barão de Tatuí, 1160 Vergueiro | Sorocaba | SP www.todeschinisorocaba.com.br

15 3271.7716 R. Cel. Pedro Dias Batista, 1931 Jardim Itália | Itapetininga | SP

Decoração

15 3231.1624 Av. Antônio Carlos Comitre, 481 Campolim | Sorocaba | SP www.morartemoveis.com.br

Instalações Elétricas

15 3272.8696 R. Dr. João Batista Lobato, 598 www.eletrotecno.com.br

95


ProjetoDoArquiteto As telhas, da MF Telhas, fornecem proteção com estilo.

Toda a irrigação automatizada da Monteiro Irrigação denota o viés sustentável do projeto. A Perfecta Esquadrias emoldura aos ambientes, com belíssimas portas e janelas.

Os móveis em fibra da varanda, da Kasa Móveis, apresentam conforto e beleza. 96


A Sorosol se encarregou de manter a temperatura da água perfeita, colaborando com o planeta.

Os vidros, da Natuvidros, tornam os ambientes amplos e iluminados e a Villa Attuale complementa a beleza com os revestimentos. O banheiro da suíte master é amplo e espaçoso e conta com opções de relaxamento para o casal, como o ofurô e as luzes azuis, inspiradas na cromoterapia.

FORNECEDORES

Sistemas de Irrigação

Pisos e Revestimento

15 3305.1200 R. Rotary Club, 529 Colina Verde | Tatuí | SP www.monteiroirrigacao.com.br

15 3232.0041 R. Senador Vergueiro, 115 Jd. Vergueiro | Sorocaba | SP www.villaattualeacabamentos.com.br

Marmoraria

15 3227.4747 R. Dorothy de Oliveira, 855 Jd. do Sol | Sorocaba | SP www.marmorariamendes.com.br

Tintas

15 3275.1006 Rua Domingos José Vieira, 950 Itapetininga | SP www.opcaotintas.com.br

Telhas

15 3211.2242 R. Emydgia Campolim, 45 Campolim | Sorocaba | SP www.mftelhas.com.br

Aquecedores

15 3232.8578 R. Samuel da Silvia, 276 Jd. Abaeté | Sorocaba | SP www.sorosol.com.br

Sistemas de Segurança

15 3221.1882 Av. Washington Luis, 1465 Jd. America | Sorocaba | SP

97


Enogastronomia

Habitare

Enogastronomia Por Alejandra Melani (chef de cozinha) e JosĂŠ Carlos Ferreira (mĂŠdico e enĂłfilo) | Fotos Sandro Costa

98


Alejandra Melani & José Carlos Ferreira

dedodemoca@bol.com.br | jctdferreira@uol.com.br

O

conceito de ligarmos alguma comida com alguma bebida é muito antigo, talvez tanto como a própria civilização, conforme a conhecemos. E é uma tarefa muito agradável e ao mesmo tempo complexa, já que tanto o gosto por uma comida particular como uma bebida é individual, ou seja, as nossas sensações e emoções são diferentes, porque nós, seres humanos, somos diferentes! E, dentre as bebidas, o vinho é extremamente eclético, tendo em vista a grande quantidade de tipos de vinhos, de castas, sejam tintos, brancos, roses ou espumantes. Com tanta variedade, a ligação ou compatibilização entre os vinhos e a comida é realmente um desafio, que antes de tudo deve ser prazeroso! Sempre falamos que, ao experimentar a culinária típica de uma região, devemos priorizar os vinhos dessa mesma região, qualquer que seja o país de origem. Nesta degustação de pratos da região italiana da Toscana, priorizamos assim vinhos desta mesma região, que têm como “solista” ou grande coadjuvante esta importante casta chamada Sangiovese.

O Vinho da Toscana A linda região italiana da Toscana divide-se em duas grandes zonas vinícolas: a Zona da Costa (do mar Tirreno) e as Colinas Centrais (províncias de Florença e Siena). Estas regiões estão divididas em zonas DOC (Denominação de Origem Controlada), que têm normas de produção específicas e usam castas próprias; aquelas áreas vinícolas que não fazem parte do sistema DOC usam a classificação IGT (Indicação Geográfica Típica). As principais áreas vinícolas DOC e DOC(G) da zona da Costa são: Lucca, Pisa, Bolgheri e

Maremma. Já as áreas da zona das Colinas Centrais são: Chianti, Chianti Classico, Brunello de Montalcino, Vernaccia de San Gimigano e Vino Nobile de Montepulciano. A casta tinta mais famosa e freqüente na Toscana é a Sangiovese. Tudo indica que ela seja própria desta região e também muito antiga, já conhecida dos antigos etruscos, com o nome de “Sanguis Jovis” (sangue de Júpiter). Ela amadurece lentamente, e preferencialmente em solos calcários e de pouca altitude; tem casca fina, sendo assim mais sensível a pragas. Dá origem a vinhos bem frutados e equilibrados, com aromas de frutas vermelhas como morango, ameixa, casca de laranja; alguns aromas florais (violeta); e especiarias (tomilho, alho). Normalmente é valorizada com algum estágio em carvalho de boa procedência. Desde a década de 1980, muitos enólogos e produtores famosos procuraram elaborar vinhos de alto gabarito, contando com a participação de castas não italianas, principalmente as francesas Cabernet sauvignon e Merlot (associando-as ou não à Sangiovese), que não eram autorizadas pelo sistema de DOC’s italiano, e que assim foram considerados como vinhos “fora da lei”. Estes vinhos foram chamados de “Supertoscanos”, principalmente pelo fato de serem normalmente vinhos caros, como Sassicaia (o pioneiro), Solaia, Tignanello, Vigorello, Siepi, Il Blu, Guado al Tasso etc.

99


Enogastronomia

ENTRADA: Torte di Funghi & Scalogno (Tortinhas de Cogumelo Shiitake e Cebolinhas)

Ingredientes (para 4 tortinhas) Para a massa das tortinhas: • Farinha de trigo - 200 g • Queijo parmesão - 4 colheres (sopa) • Sal (quanto baste) • Pimenta do reino moída na hora • Manteiga - 125 g • Gema de ovo - 1 unidade Para o recheio das tortinhas: • Azeite - 3 colheres (sopa) • Cebolinhas - 8 unidades • Cebola roxa picada - 1 unidade • Pancetta (ou toucinho) - 100 g • Alho picado - 1 unidade • Cogumelo shiitake picado - 400 g • Vinho tinto - 100 ml • Salsinha picada - 1 unidade • Alface - 4 folhas

Modo de preparo Para as tortinhas: 1. Misture a farinha, o parmesão e a pimenta do reino numa tigela grande; adicione 100 gramas de manteiga, usando os dedos para incorporar, até atingir uma consistência de farofa; junte a gema e um pouco de água fria de forma a obter uma massa homogênea. 2. Abra a massa e forre com ela o fundo de forminha de torta com aro removível de 4 x 10 cm. Coloque um recorte de papel manteiga sobre cada uma e preencha a fôrma com grãos de feijão. Resfrie na geladeira por 30 minutos. Pré-aqueça o recheio a 200 graus. 3. Asse as tortinhas no forno quente por 15 minutos, até ficarem coradas. Retire o papel e o feijão, e asse por mais 10 minutos, até dourar. Desinforme e reserve.

100

Para o recheio das tortinhas: 1.Aqueça uma panela grande com o azeite. Junte as cebolinhas e refogue até dourarem. Retire da panela e reserve. Adicione a pancetta e o alho na panela e refogue por 2 minutos; acrescente o shiitake, refogando por 3 minutos. 2. Recoloque as cebolinhas na panela, junte com o vinho tinto e deixe ferver rapidamente. Adicione 50 gramas de manteiga, a salsinha picada, e tempere com sal e pimenta a gosto. Montagem final: 1. Reaqueça as bases das tortinhas no forno e divida o recheio entre elas. 2. Monte o prato, com folhas de alface (previamente lavadas e secas) por baixo, e a tortinha por cima.


PRATO PRINCIPAL: Spezzatino di Manzo Alla Toscana (Guisado de Carne com Vinho Tinto à Moda da Toscana)

Ingredientes (para 4 porções) Para a massa das tortinhas: • Azeite extra-virgem - 5 colheres (sopa) • Carne de boi (acém ou similar) em cubos de 4 a 5 cm - 1 Kg. • Cebolas picadas - 2 unidades • Pimenta vermelha picada - 1 unidade • Polpa de tomate - 2 colheres (sopa) • Caldo de carne - 1 litro • Tomate picado - 400 g • Vinho tinto - 300 ml • Alecrim fresco - 4 ramos • Sálvia fresca - 6 folhas • Sal (quanto baste) • Pimenta do reino moída na hora • Salsinha picada (1/4 de maço) Para a polenta (4 porções): • Caldo de frango (ou água) - 250 ml • Fubá - 175 g • Manteiga em pedaços - 25 g • Sal (quanto baste) • Pimenta do reino moída na hora


Enogastronomia Modo de preparo Para o preparo do guisado de carne: 1. Aqueça 3 colheres de sopa de azeite numa panela grande em fogo médio; junte metade da carne e mexa bem, até dourar de todos os lados. Reserve, e repita a operação com a outra metade da carne, reservando após e mantendo aquecido. 2. Coloque 2 colheres de azeite na mesma panela e aqueça. Junte a cebola, o alho picado e a pimenta vermelha e cozinhe em fogo médio até as cebolas ficarem macias. 3. Junte a polpa de tomate e deixe no fogo por mais um minuto, sem parar de mexer; adicione o caldo de carne, o tomate e o vinho tinto. 4. Recoloque a carne na panela, juntando o alecrim e a sálvia, e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. 5. Cozinhe em fogo baixo, com a panela parcialmente tampada, por 90 a 120 minutos, até a carne ficar bem macia e o molho tenha engrossado. Ajuste o tempero. Para a polenta mole: 1. Ferva a água ou o caldo numa panela grande; retire do fogo e adicione o fubá de forma contínua; leve de volta ao fogo baixo. 2. Cozinhe lentamente em fogo baixo por cerca de 1 hora, mexendo de vez em quando, até engrossar e soltar da panela. 3. Incorpore a manteiga, e tempere com sal e pimenta a gosto, mantendo aquecida. Montagem final: Num prato aquecido, sirva o guisado salpicado com a salsinha, acompanhado de uma porção de polenta mole.

SOBREMESA: Panforte Ingredientes (para 24 fatias finas) • Coentro moído - ½ colher (chá) • Avelãs, amêndoas e nozes torradas e picadas - 175 g • Figos secos, damascos secos e ameixas secas picadas - 175 .

• Vin Santo (ou Vinho do Porto) - 2 colheres (sopa) • Açúcar - 125 g

• Farinha de trigo - 125 g

• Mel - 8 colheres (sopa)

• Pimenta branca - 1 pitada

• Manteiga - 2 colheres (sopa)

• Noz moscada ralada - 1colher (chá)

• Açúcar de confeiteiro (para polvilhar)

• Cravo moído - ½ colher (chá)

102

• Canela - ½ colher (chá)


Modo de preparo Para o preparo da massa: 1. Forre uma fôrma de aro removível de 25 cm de diâmetro com papel manteiga e reserve. 2. Pré-aqueça o forno a 180 graus. 3. Misture as frutas secas e todas as nozes numa tigela grande; junte a farinha, a noz moscada, o cravo, o coentro, a canela, o vinho do Porto e a pimenta, mexendo bem. Reserve. 4. Coloque o açúcar, a manteiga e o mel numa panela e deixe ferver em fogo baixo, mexendo sem parar. Ferva por 1 minuto, retire do fogo e junte a mistura de frutas, mexendo bem para incorporar, resultando numa massa bem resistente. Coloque na fôrma já preparada, alisando com as mãos molhadas. 5. Leve ao forno pré-aquecido por 15 minutos. Retire imediatamente do forno e deixe esfriar um pouco. Passe uma faca afiada pelas laterais, para soltar da forma e deixe esfriar completamente durante a noite. Para servir: 1. Desenforme e corte em fatias finas. 2. Polvilhe levemente com açúcar de confeiteiro.


NA MEDIDA CERTA Apartamento para casal e filho visou à integração dos ambientes, mas sem prejudicar a funcionalidade e o conforto em família. Por Q!Notícia/Rita galdini | Fotos Thiago Capodanno

U

m lugar perfeito para morar sempre é ponto de partida para manter a harmonia em família. Principalmente, se o local inclui um layout especial, que integra os principais ambientes da casa - cozinha, sala de jantar, estar e varanda gourmet - para firmar um ambiente propício ao convívio. Dentro deste conceito, este apartamento de 160 m², em São Paulo, planejado para um casal e filho, reúne conforto, ótima circulação e estética.

Arq. Denis Sandei 11 9138.6437 | 3673.3000 denissandei@yahoo.com

104

Neste caso, para colocar em prática os desejos e as necessidades de um casal moderno, que passa boa parte do tempo trabalhando em casa, o arquiteto Denis Sandei desenvolveu um projeto dinâmico e funcional. O tempo recorde de 40 dias de obra foi o suficiente para as alterações na arquitetura e a entrega da decoração. Logo quando a pintura foi finalizada, no dia seguinte, os móveis começaram a chegar.


105


A eficiência foi resultado de um cronograma seguido à risca, elaborado pela proprietária, no qual os móveis e os serviços foram adquiridos mesmo antes da entrega das chaves. Para vencer tal desafio, o arquiteto teve de usar sua habilidade técnica e criatividade para comandar a execução da obra e dar o tom certo à nova moradia. Um projeto bem afinado de iluminação foi elaborado a fim de realçar a longa parede revestida de mosaicos, que interliga as salas de

106

estar, jantar e home teather. Os tons médios de base, entre cinzas, beges e fendis, definiram a paleta de cores. A sensação de amplitude foi reforçada pela ampla circulação entre as salas, de modo a garantir que o filho, ainda pequeno, tivesse espaço para brincar. A varanda gourmet foi preparada para receber os amigos nas festas de final de semana e o escritório, bastante funcional, para servir o casal no dia a dia de trabalho.


cHURRASCO gOURMET Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos Divulgação (Scheer)

A

varanda gourmet é uma tendência crescente nos novos projetos de apartamentos. E o churrasco é a estrela desse espaço gastronômico. Líder mundial na produção de churrasqueiras industriais, a indústria gaúcha Scheer acaba de criar um produto inovador para explorar esse nicho de mercado: a Churrasqueira Cooktop Scheer. O projeto, exclusivo e patenteado, revoluciona o conceito de fabricação e instalação da churrasqueira doméstica a carvão. “Nossa idéia é possibilitar que o mesmo equipamento e processo de cocção das carnes usado pelas grandes churrascarias possa ser adaptado ao uso doméstico, para o preparo de um churrasco tão saboroso e suculento como o das melhores churrascarias do mundo”, explica Daniel Scheer Viapiana, diretor da indústria.

108


A Churrasqueira Cooktop Scheer dispensa a construção em alvenaria. Ela é inserida em módulos de móveis planejados ou como extensão de bancadas, igual a um cooktop. Além da parte superior, onde são assados os cortes, outro diferencial é que ela já vem equipada com uma “caixa de fogo”, com um isolante térmico refratário. Suas medidas foram milimetricamente calculadas, de forma a evitar a perda de calor ou a sua incidência de forma excessiva sobre as carnes. Inicialmente, são dois modelos básicos de churrasqueiras, um é equipado com uma ou duas galerias com espetos giratórios, com velocidade dos giros programada para um cozimento mais uniforme. Outro com uma parrila, modelo de grelha com canaleta em “V”, que permite o preparo das carnes em medalhões, corte preferido por argentinos e uruguaios. O grande diferencial do modelo parrila é um elevador, que serve para distanciar a grelha do fogo, nas sucessivas etapas da cocção. Tanto o mecanismo de elevação da grelha como o de giro dos espetos é automático, acionado por um botão, alimentado por energia elétrica, com baixo consumo. Além de equipar as maiores e melhores churrascarias do país, a SCHEER exporta para 48 países, nos cinco continentes. www.scheer.com.br


Tudo de Cor Para Você Projeto transforma a paisagem das principais cidades do Brasil Por Graziele Oliveira Bathaus

P

rojeto que tem como objetivo transformar a paisagem de várias cidades do Brasil, veio colocar em prática a missão da Coral, que é levar cor para a vida das pessoas, provando que as cores realmente têm o poder de mudar suas vidas e os lugares onde vivem. A van da Coral está viajando todo o Brasil e, com a participação ativa das comunidades, a ação tem deixado muita cor e alegria pelos locais onde passa, plantando nas pessoas o sentimento de zêlo e valorização pelo lugar onde vivem, transformando-as em verdadeiras multiplicadoras do projeto. Locais por onde o projeto já passou: Bairro do Bexiga em São Paulo, Santarém PA, Porto Alegre,

110

Pelourinho Salvador, Olinda, Porto Seguro, Fundição Progresso RJ, Comunidade Sta. Marta Rio de Janeiro, Florianópolis, Ouro Preto. A palestra inicial e abertura de inscrições aconteceu na Uniso, no auditório central. Teve a participação dos Cursos de Arquitetura e Urbanismo, Design de Interiores e Engenharia Civil. A apresentação do projeto social pela empresa teve como foco o entendimento do conceito para a cidade de São Roque. Os 250 participantes tiveram a oportunidade de visualizar o projeto vencedor do concurso cores para fachadas da Rua Santa Quitéria em São Roque e se inscrever para o evento.


A ação Social Tudo de Cor para São Roque foi realizada dia 23/10/2011. Durante todo o dia, a equipe da Coral juntamente com a Prefeitura de São Roque, alunos e professores da UNISO e voluntários da região realizaram a pintura do trecho de 1.5Km da Rua Santa Quitéria e participaram da gravação do comercial. Neste dia, todos receberam uniformes, ferramentas e treinamento para realização do serviço. Estaremos promovendo a transformação do local e da vida das pessoas através da cor. Acesse o site e conheça sobre o projeto através dos vídeos e comerciais já gravados nos locais onde esta ação já aconteceu: » www.tudodecorparavc.com.br


Café ACS, uma releitura dos anos 70, de Ana Maria Coelho e Felipe Karam

CAMPINAS apresenta tendências tecnológicas aplicadas à arquitetura Por Q!Notícia/Camila Marcusso | Fotos Divulgação

112


A

s principais tendências tecnológicas aplicadas aos projetos de decoração, paisagismo e arquitetura puderam ser conferidas, entre os dias 22 de setembro e 30 de outubro, na mostra CASA COR Campinas.

Contrastando com a tecnologia, a exibição foi realizada no Páteo Abolição, o prédio do antigo Hospital Santa Isabel, tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc), datado da década de 30. A exposição integrou 14.200 m², dos quais 5.000 m² destinados a seis projetos paisagísticos e outros 2.000 m² a 35 ambientes internos. A este total somaram-se também a fachada, o estacionamento, o backstage e uma área externa construída especialmente para o evento.

113


Press Center - Adriana Barros e Sonia Bevilacqua

Destaque nesta 3ª edição da CASA COR Campinas, os modernos sistemas disponíveis para ambientes domésticos e empresariais, que garantem maior conforto e bem-estar nas atividades cotidianas, puderam ser vistos em diferentes ambientes. Como no Press Center, das arquitetas Adriana Barros e Sonia Bevilacqua. Uma sala de 43 m², com toda a iluminação automatizada, assim como as cortinas e o vidro PKO, que pode ficar transparente ou leitoso, dependendo da necessidade de privacidade ou integração do ambiente. Tudo controlado por dois iPads e um iTouch. A iluminação automatizada também deu o tom ao Lounge da Recepção e Bilheteria, de Maria Zilda Belluzzo. Com dois espaços conjugados em 60 m², o ambiente contou com um mobiliário arrojado, feito com madeira de demolição e couro.

114


Lounge da Recepção e Bilheteria - Maria Zilda Belluzzo


Home Cinema - Renata Selmi Herrmann e Stella Gripp Mangabeira Albernaz

O Home Cinema, das arquitetas Renata Selmi Herrmann e Stella Gripp Mangabeira Albernaz, também apresentou controle de iluminação, que possibilitou a criação de várias cenas de luz para adequar o espaço à exibição de vídeos, para a leitura ou para ser transformado em uma aconchegante sala de estar. O grande sofá no local tinha quatro metros de comprimento e o piso e painéis eram em assoalho de bambu. A Suíte Master, de Renata Strazzacappa Barone e Mariana Oliva, destacou as linhas arquitetônicas criadas com os paineis internos, que ficam abaixo do teto curvo com abóbodas iluminadas. As formas e os volumes conferiram um ar dinâmico ao espaço.

116


SuĂ­te Master - Renata Strazzacappa Barone e Mariana Oliva


Lavabo - Marian Oliveira e Mariana Adão

No Lavabo, de Mariana Oliveira e Mariana Adão, o uso racional da água e de energia elétrica foram itens de destaque, assim como a utilização de materiais ecologicamente corretos. O piso vinílico, que imita madeira, é composto com 70% de PVC reciclado e permite um sistema de encaixe que dispensa o uso de cola. A torneira da pia também tem regulagem de tempo de utilização. O paisagismo árido se destacou no Mirante Abolição, de Cíntia Rua e Natália Salcedo. De 350 m², cercada de cactos, a área formou um espaço diferenciado.

118


Mirante Abolição - Cíntia Rua e Natália Salcedo


Living - Cláudia Bertucci e Lívia Giacon

Em um ambiente totalmente automatizado, o Living, de Cláudia Bertucci e Lívia Giacon, trouxe efeitos de iluminação, som comandado por duas fontes e câmeras que permitiam o monitoramento do espaço via internet. O Restaurante, de Marcela Mendes da Costa, era um ambiente amplo e iluminado, que explorou a rusticidade dos tijolos originais com a aplicação de materiais nobres, como o veludo e a renda das luminárias. A pintura era de efeito madeira, que chega este ano ao mercado. O projeto luminotécnico privilegiou a luz natural, mas também propôs efeitos cênicos. “Os mais avançados recursos em automação e aparelhos eletroeletrônicos estão presentes nos projetos e fazem contrapontos interessantes com a rusticidade dos tijolos originais da edificação, com as vigas metálicas e as partes elétrica e hidráulica aparentes”, disse Renata Selmi Herrmann, diretora de planejamento da CASA COR Campinas.

120


Restaurante - Marcela Mendes da Costa


Belo Horizonte mostra como

MORAR MAIS

POR MENOS Por Q!NotĂ­cia/Rita Galdini | Fotos Gustavo Xavier

122


Estar do Restaurante - Fátima da Matta

M

ostra, que propõe decoração acessível e sustentável, exibe trabalhos de mais de 100 profissionais, em 58 ambientes diferentes, esbanjando criatividade e originalidade na capital mineira.


Biblioteca do Futuro - Paola Camargo

Como ter um lar elegante e confortável, sem gastar valores exorbitantes. Com este propósito, a Mostra Morar Mais por Menos 2011 Belo Horizonte, projetada pelo arquiteto Francisco Isidoro Monteiro, marcou sua quinta edição em Minas Gerais. A exposição contou com a participação de mais de 100 profissionais, entre eles arquitetos, decoradores, paisagistas e designers, todos desafiados a apresentar 58 ambientes refinados, a um custo acessível. Neste padrão, a exposição, que todos os anos fica instalada no prédio histórico da antiga Maternidade Hilda Brandão, construído em 1916, ganhou um contraste interessante para exibir as tendências contemporâneas em decoração.

124


Escritรณrio da Casa - Natรกlia Espaรงo Botelho, Encontro Paola - Celina Corteletti Mello-Franco Simplese Arquitetura Rosa Vreuls

Quarto do Casal - Claudia Martins, Jackeline Aguiar, Mara Fernandes e Vanessa Barbosa


Sala de Almoço - Glória Gomide e Isabella Aguiar

Através de elementos naturais e materiais ecologicamente corretos, profissionais caracterizaram um ambiente sustentável e econômico, sem deixar de lado o requinte e o bom gosto. A vegetação também foi utilizada como elemento decorativo, juntamente com as luminárias de LED e esculturas. Do mesmo modo, espaços residenciais, como salas de almoço, lavanderias, ateliês e escritórios, ganharam um toque de praticidade e funcionalidade, com o uso de utensílios simples e reaproveitados, sem perder a sofisticação. Neste segmento, a cozinha, denominada na culinária mineira com santuário, também ganhou requintes de elegância mesclados com tons de sustentabilidade.

126


Espaço Encontro Escritório - Celina Mello do Designer Franco e-Rosa JulioVreuls Piana

Spa Corporativo - Daniel Corrêa e Mariana Falcão - auCUBO.DESIGN


Lavanderia - Élian Pérsia Gabriela Hoepers

Tecidos rústicos nas cortinas e papéis de parede de baixo custo valorizaram os ambientes. Madeira de demolição utilizada no mobiliário, com decoração de fotos, papel celofane, garrafas recicladas e pet, completaram o ambiente acolhedor e, ao mesmo tempo, refinado. Com tantas novidades, a mostra, que apresentou recorde de público e seguiu um conceito inovador e despojado, ainda colocou à disposição de seus visitantes os produtos expostos para serem adquiridos, com 50% de desconto, nas lojas fornecedoras da cidade.

128


Mes Amis Café - Letícia Batista, EspaçoLucivani EncontroFerreira - CelinaBuás Mello e Camila Franco eFerreira Rosa Vreuls Buás

Quarto de Hóspedes - Carolina Andrade e Valderez Andrade


Fachadas Ventiladas Placas externas permitem circulação de ar e conferem conforto térmico Por Q!Notícia/Miriam Bonora Fotos Divulgação

130


E

m um país de clima tropical, um dos desafios de engenheiros e arquitetos é encontrar soluções para arejar os ambientes e oferecer conforto térmico aos moradores. Uma alternativa cada vez mais usada no Brasil são as fachadas ventiladas com revestimento cerâmico, sistema já consolidado nos Estados Unidos, Europa e Ásia. Como o revestimento é aplicado em uma estrutura própria de fixação, afastada da parede da edificação, o produto cria uma camada de ar que permite a ventilação e sombreamento da parede. Essa característica reduz as cargas de uso do ar condicionado, o que diminui o consumo de energia elétrica. Outro benefício é a preservação da estrutura do prédio, já que o revestimento forma uma espécie de capa protetora.

131


A arquiteta Cris Corrêa, da empresa especializada KeraGail, explica que o princípio fundamental da fachada ventilada é o de possuir juntas abertas entre as placas (espaços de cerca de 8 mm), que criam uma lâmina de ar entre as cavidades. Além disso, o espaço entre a parede da edificação e o revestimento externo, que varia entre 8 e 12 cm de largura, faz com que o fluxo de ar seja sempre renovado entre os dois planos. O ar entra, esquenta, e sai por cima, o famoso efeito “chaminé”. Apesar das aberturas do sistema, a arquiteta pontua que a água da chuva é estancada, o que evita infiltrações que poderiam deteriorar as fachadas.

Um exemplo de aplicação das fachadas ventiladas no Brasil é o Edifício Jurutuba, empreendimento comercial de alto padrão em São Paulo. A obra, concluída em 2010, foi a primeira no Brasil a incorporar o sistema com revestimento em cerâmica extrudada.

132


Cris Corrêa conta que as placas medem 2 cm de espessura e pesam cerca de 35 quilos por m²,cada, com possibilidade de configurar detalhes arquitetônicos, cores especiais e dimensões, conforme modulação de aberturas, esquadrias e elementos de fachadas. » www.keragail.com.br


tecnologia que protege

Pisos e móveis livres de bactérias e novos por mais tempo

Por Q!Notícia/Miriam Bonora | Fotos Divulgação

134


M

anter os ambientes livres de bactérias e fungos é uma busca comum entre as famílias, quando o assunto é o cuidado com a casa e, principalmente, com a saúde. Para auxiliar nesta tarefa, uma empresa que produz pisos e painéis em madeira desenvolveu o Bacterban, uma tecnologia que inibe o desenvolvimento e a reprodução de germes na superfície dos produtos.


O antibacteriano é aplicado durante o processo de fabricação e oferece proteção contínua da superfície, o que facilita a limpeza dos ambientes e aumenta a sensação de conforto. O produto evita o aparecimento de manchas e a deterioração do móvel ou do piso laminado, o que mantém, ainda, a aparência de novo por mais tempo. É indicado para residências e também para uso em consultórios, hospitais, escolas, restaurantes e demais estabelecimentos comerciais que priorizam a assepsia. Lançado este ano, o produto é exclusivo da marca Eucatex, sendo aplicado nos pisos laminados Eucafloor e nos paineis Eucaprint BP, Eucafibra BP e Formitop. A empresa comemora, em 2011, 60 anos de existência, 15 anos com o Selo Verde concedido pela Scientific Certification System (SCS) e 10 anos com a certificação ISO 14001, que estabelece diretrizes internacionais para o desenvolvimento de um sistema de gestão ambiental nas empresas. » www.eucatex.com.br

136


pROJETO cOMPACTO

Este charmoso apartamento de 107 m² integra diferentes ambientes e abusa das cores suaves e do uso de espelhos para ganhar amplitude. Por Q!Notícia/Rita Galdini | Fotos Thiago Capodanno

138

Arq. Camila Klein 11 5041.4529 | 5096.3843 atendimento@cklein.com.br www.cklein.com.br


U

m espaço totalmente adaptado para receber a família - ideal para um casal e dois filhos -, este apartamento de 107 m², em estilo contemporâneo, tem com principal característica o melhor aproveitamento dos espaços para o conforto de todos. Assinado pela arquiteta Camila Klein, o projeto integra as salas de jantar e estar, além do home theater, ganhado amplitude. A predominância de cores claras também colabora para aumentar os ambientes, que ainda são valorizados pelo projeto de iluminação.


140


As cortinas em voil e o ultrasuede dos sofás trazem leveza. Por sua vez, o tom de cabreúva nas peças em madeira aquece o local, como no aparador, na mesa de jantar e no home theater. O uso de espelhos nas laterais da cama da suíte do casal e os tons suaves dos móveis também são técnicas aplicadas para alongar. A iluminação pontual das sancas e da cabeceira deixa o quarto ainda mais aconchegante. Mantendo a linha do projeto, a arquiteta optou por cores claras nos acabamentos dos banheiros e do lavabo. A varanda gourmet é um dos espaços mais especiais deste apartamento, em linha com as tendências atuais em moradia. O ambiente reúne churrasqueira, mesas e aparador, tornando-se ideal para receber convidados e fazer refeições ao ar livre.


HabitareNotas

10ª Expo Revestir Ótima oportunidade para quem está buscando lançamentos em revestimentos, materiais, informações e oportunidades de negócios para revendas de material de construção. A Expo Revestir de 2012 promete grandes surpresas para comemorar a primeira década da Fashion Week da Arquitetura e Construção. Profissionais da área não podem perder! O credenciamento deve ser feito através do site. Data: 6 a 9 de março de 2012 Horário: das 10 às 19h Local: Transamérica Expo Center Endereço: Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 - Santo Amaro/SP

www.exporevestir.com.br

Feicon Batimat 20 Anos Principal evento do setor da construção na América Latina. Realizada anualmente, com o objetivo de demonstrar produtos, tendências, soluções e lançamentos, reunindo em um único local o maior número de expositores de todas as partes do Mundo, atraindo um público altamente qualificado, em busca de networking e negócios. Data: 27 a 31 de março de 2012 Horário: das 10 às 19h Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209 - Santana - São Paulo/SP

www.feicon.com.br

Exposição Prêmios do Design Nórdico O Museu da Casa Brasileira recebe a exposição Prêmios do Design Nórdico, que integra o programa oficial do Helsinki World Design Capital 2012, ano em que a cidade de Helsinque será a capital mundial do design. Os visitantes poderão conferir como as diferentes vertentes adotadas nos trabalhos da Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia se manifestam através de profissionais em 16 painéis e 18 objetos. Ingresso: Entrada franca. Data: de 8 de novembro a 15 janeiro Local: Museu da Casa Brasileira Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – São Paulo/SP

www.mcb.org.br

IDEA Brasil A Associação Objeto Brasil, em promoção conjunta com a Apex-Brasil e patrocínio do SEBRAE e ABDI, anuncia as inscrições da quinta edição do IDEA/Brasil, o maior prêmio de design industrial do país. No mês de comemoração do Dia Nacional do Design, as inscrições ficam abertas entre 11 de novembro e 02 de março. O IDEA/Brasil é a versão brasileira do prêmio americano IDEA, promovido há mais de 30 anos pela IDSA - Industrial Designers Society of America, que gera em média US$ 1 milhão em mídia espontânea aos premiados anualmente. Data: inscrições de 11 de novembro a 2 de março Local: IDEA/Brasil Endereço: Rua Natingui, 1148 - Vila Madalena - São Paulo/SP

www.ideabrasil.com.br

142


Prêmio Design MCB Com número recorde de inscrições, o Prêmio Design MCB reuniu novamente grandes nomes do design brasileiro em suas comissões julgadoras e trouxe maior diversidade de pontos de vista, por meio da participação de membros de outros Estados. A credibilidade do Prêmio vem de seu caráter cultural, sem interesses comerciais, garantido pela característica da instituição que o promove – um museu dedicado ao design e à arquitetura, vinculado à Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. Os cartazes participantes da competição poderão ser conferidos no Museu da Casa Brasileira no dia seguinte à premiação. Data: 23 de novembro de 2011 a 15 de janeiro de 2012 Horário: de terça a domingo, das 10 às 18h Local: Museu da Casa Brasileira Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 - Jardim Paulistano – São Paulo/SP

www.mcb.org.br

ABIMAD A Abimad tem como principal objetivo apresentar as principais propostas, tendências e novidades exclusivas do que há de mais sofisticado no setor moveleiro e décor de luxo. Dividida em duas edições anuais, é considerada tradicional na agenda de eventos da capital paulista. Com um mix de produtos que inclui móveis e objetos de decoração, a feira é muito forte no segmento de mobiliário apresentando peças como sofás, poltronas, mesas, aparadores, bufês e cadeiras. Há também luminárias, tapetes, cristais e acessórios que combinam qualidade, tecnologia e design. a entrega é gratuita, limitada a lojistas de moveis e objetos de decoração e profissionais do setor. Data: de 8 a 11 de fevereiro de 2012 Horário: das 10 às 19h Local: Centro de Exposições Imigrantes Endereço: Rod. dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo/SP Endereço: Av. Juscelino Kubitscheck, 34

www.abimad.com.br


Arquitetos | Engenheiros

144


145


Arquitetos | Engenheiros

146


HabitareHall Por Zi Cossermelli

Restaurante Dom Afonso O mais novo restaurante da cidade

Inaugurado recentemente na cidade, o restaurante Dom Afonso deixou os Sorocabanos encantados. Quem assina o projeto é o arquiteto Márcio Pedrico, que conseguiu unir a tradição portuguesa com elementos atuais. Lá, a arquitetura trabalha em conjunto com a culinária exclusiva, para proporcionar uma experiência que vai além de uma excelente refeição.

1

3 Foto: Paulinho Godói

2

4

1. Mariele Olivia e Rui Rodrigues - 2. Rafael Cunha e Ana Marta - 3. Márcio Pedrico e Kátia Pedrico - 4. Carlinhos Gonçalves e Tiana Ribeiro - 5. Renato Amary, Meg, Maurício Barisson e Regina Lauand

5

147


HabitareHall Por Zi Cossermelli

Villa Design

Um espaço de bom gosto A inauguração da Loja Villa Design foi um evento muito agradável, estavam presentes muitos arquitetos e designers de interiores. Esse novo espaço de bom gosto conta com as marcas Marel Móveis planejados, Caderode mobiliário corporativo e Amazônia. Com certeza um lugar cheio de charme e bom gosto. Confira!

1

3

2

6 5

7

4

8

10 9

148

1. Eduardo Romão, Paulo e Gustavo - 2. Camila Abdala, Bruno Rubiano e Flávia Chagas - 3. Sonia, Eduardo, João Romão, Albani e Débora - 4. Grazielle Marie e Fabiana Freire - 5. Ricardo Bandeira e Márcia Leitão - 6. Will Baptista, Maria Luiza Aceituno e Paolo Conchi - 7. Lídia Fernandes, Christian Gonçalves e Renata Ouros - 8. Nilton Soranz, Juliana Mendes e Péricles Pedroso - 9. Francine Stefanelli - 10. Adriana Machado, André Galan e Alan Nunes


149


HabitareHall Por Zi Cossermelli

La Boutique DECOR A loja de revestimentos La Boutique apresenta a ” La Boutique Decor”, uma mostra dentro da própria loja, com a participação de vários profissionais da área. Na abertura, o proprietário da loja recebeu seus convidados com um belíssimo coquetel. Vá conferir!

1

2

3

4

7

5

8

6

9

10

1. Gustavo Capriatti Bonas, Angélica Watermann - 2. Marcos Gonzales, Priscila Yossano - 3. Cassio Pinto - 4. Ludmila Moron - 5. Delmino de Souza Jr. - 6. Patríck Nascimento 7. Renato de Souza, Andrea e César Flório - 8. Lourdes Abbade - 9. Ângelo Dutra - 10. Melhoral, Eliana Paes e Fabiano

150


151


HabitareHall Por Zi Cossermelli

Espaço Art&Design Uma loja conceito

O Espaço Art&Design é uma loja conceito, e lá você encontra artigos de decoração e móveis de design clássico. Com peças fieis como poltronas, cadeiras, chaises, banquetas, aparadores, mesas e sofás de renomados internacionalmente, além de designers nacionais. Bom gosto e exclusividade você encontrará nessa loja especializada em arte e design, recém inaugurada na cidade.

1

2

3

1. Renata Fiel, Fabio Ramos e Lucas Prado - 2. Magda Ruiz e Fatima Rolim - 3. Ricardo Correa e Rock Zanella - 4. Fernanda Luvizao e Rafael Moraes - 5. Anne Kelly e Tereza Kenzi - 6. Rogerio Silva e Beth Zampiere

4

5 6

Life House soluções sustentáveis Construindo atitudes verdes

A Life House é o mais novo espaço de soluções sustentáveis, para construções residenciais, industriais e comerciais. Inaugurada em Sorocaba, a Life House está fazendo a parte deles para o bem do planeta. A proposta é: construa a sua atitude verde!

3

1 1. Hélio Carlos Bonito Junior, Alexandre de Castro e José Franco de Moraes Neto - 2. Adir Borin Jr. e Rodrigo Luz - 3. Mark Meder e Edvaldo Cadena - 4. Áurea Marchetti Moraes, Elizete Alves Pereira e Kátia Borin

152

2

4


153


155


156

ANDAIMES

BRECHÓ INFANTIL

CONSTRUTORA

DECORAÇÃO

EMPALHAMENTO DE MÓVEIS

EMPREENDIMENTO IMOBILIÁRIO


MÁRMORES E GRANITOS

PROJETOS E CONSTRUÇÕES

RESTAURAÇÃO

SONDAGENS E FUNDAÇÕES

TECIDOS PARA DECORAÇÃO

TECIDOS PARA DECORAÇÃO

157


ALARMES

CHAVEIRO

CHURRASQUEIRAS ANDAIMES

CONSTRUTOR AQUECEDORES

AR CONDICIONADO

158

DRY WALL


ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO

PAISAGISMO

ILUMINAÇÃO

IMPERMEABILIZAÇÃO

PEDRAS DECORATIVAS

MADEIREIRAS

159


RASPADORA TRANSPORTE

SERRALHERIA

VIDRAÇARIA

TOLDOS


Ín dice Acabamentos, Pisos e Revestimentos Acqua Design p. 89 (15) 3233-3311 R Conde F Matarazzo, 131 Vergueiro • Sorocaba Bella Casa p. 21 (15) 3211-3031 Av Antônio C Cômitre, 396 Campolim • Sorocaba La Boutique p. 61 (15) 3327-9267 Av Juscelino K Oliveira, 34 Centro • Sorocaba Villa Attuale p. 97 (15) 3232-0041 R Senador Vergueiro, 115 Centro • Sorocaba Academia

Arquitetos /Engenheiros Adriana Machado (15) 3011-0135 R Riachuelo, 460 - sala 40 Centro • Sorocaba Alice Lippi (15) 3014-8000 R Santa Maria, 81 Além Ponte • Sorocaba Bi Arquitetura (15) 3222-3474 R José Gonçalves, 367 Jd São Paulo • Sorocaba Bruno Rubiano (15) 3411-3003 R Sta Terezinha, 255 Sta Terezinha • Sorocaba

p. 144

p. 144

p. 145

p. 145

Caterina Reze/Silvia Jamas p. 145

(15) 3221-8808 Ápice p. 163 R Amazonas, 170 Sta Terezinha • Sorocaba (15) 3229-0202 Av Dr Eugênio Salerno, 387 Espaço e Construção p. 146 Centro • Sorocaba (15) 3318-5848 Av Juscelino K Oliveira, 550 Aço Inox Vergueiro • Sorocaba Açotrim p. 83 Fernando C. Poles p. 144 (15) 3344-1728 (15) 3217-9284 Rosário • Piedade-SP Av Afonso Vergueiro, 2800 sl. 11 Divero p. 65 Vl Casa Nova • Sorocaba (15) 3217-1965 Fernando Nascimento p. 145 R Mj Zacharias Belloti, 149 (15) 3388-7478 Jd Capitão • Sorocaba Sorocaba Andaimes Ferraz Soares Arq. p. 123 3A Andaimes p. 156 (15) 3327-9303 R Otávio N. de Carvalho, 116 (15) 3233-0802 R José Aparecido de Souza, 134 Jd Vera Cruz • Sorocaba Vl Mineirão • Sorocaba FPS Engenharia p. 146 Alug Andaimes p. 158 (15) 3388-6971 (15) 3228-3535 R Bernardo Crespo Lopes, 106 Av Carlos R. Mendes, 1357 Campolim • Sorocaba Vl. Rica • Sorocaba Francine Trevisan p. 53 (15) 3232-5092 Aquecedores R Joaquim F. Barbosa,867 Net Aquecedores p. 158 Vl Gabriel • Sorocaba (15) 3321-4502 Av Afonso Vergueiro, 2222 Gustavo Simoneti p. 145 Vl Augusta • Sorocaba (15) 3211-3440 R JProf. Toledo, 618 Sorosol p. 153 Centro • Sorocaba (15) 3232-8578 R Samuel da Silva, 276 Julia Cossermelli Guitte p. 144 Abaeté • Sorocaba (15) 7834-8518 Sorocaba Ar Condicionado Maria Lúcia C. Santos p. 141 Bom Clima p. 117 (15) 3232-3041 (15) 3222-2200 R José M.Hannickel, 150 sl 55 R Miguel Felipe Gattaz, 14 Portal da Colina • Sorocaba Jd São Paulo • Sorocaba Martinhão Neves p. 144 Blue Waves p. 85 (11) 2597-3555 (15) 3388-5820 R Bento Barbosa, 141 R Rogério Arcury, 100 Chac.Sto Antonio • São Paulo Vergueiro • Sorocaba Natália Cafisso p. 144 Soroclima p. 158 (15) 7834-9577 (15) 3211-7800 Av Gisele Constantino, 760 R Michel Nassar, 119 Jd Pagliato • Sorocaba Bela Vista • Votorantim-SP Summer Clima p. 137 (15) 3031-1179 R Manoel Correia, 334 Jd Mª do Carmo • Sorocaba

Ovidio Vieira (15) 3017-1327 Av Itavuvu, 1318 Vl Carol • Sorocaba

p. 146

Paulo Foot (15) 3234-3902 R Barão de Cotegipe, 13 Vl Leão • Sorocaba Rafael de Aquino (15) 3233-1924 R Tamandaré, 33 Vl Leão • Sorocaba

p. 145

p. 144

Cesar & Augusto (15) 9797-7044 R Vicente Flório, 168 Cerrado • Sorocaba Maneco Piloto (15) 3271-7716 R Dr Coutinho, 508 Centro • Itapetininga-SP

p. 158

Empreendimentos

p. 95

3D Imóveis (15) 3211-6888 Av Washington Luiz, 73 Jd Emília • Sorocaba

p. 146 Rodinei Pinto Construções Sustentáveis (15) 3224-3074 Life House p. 17 R Pr Ossis Salvestrini Mendes, 639 (15) 3233-2927 Sta Rosália • Sorocaba R Dr José Aleixo Irmnão, 27 Rodrigo Latorre p. 146 Vl Azul • Sorocaba (15) 3234-8367 Av Juscelino K Oliveira, 753 s74 Consultoria Objetos/Arte Centro • Sorocaba Família Vende Tudo p. 33 Simone Fróes p. 157 (11) 3083-6395 (15) 3418-1343 Al.Gabriel Monteiro Silva, 398 R Santiago, 267 Jd Paulista • São Paulo-SP Jd América • Sorocaba Viviane Projetos p. 146 Decoração (15) 3234-7956 Decora Casa & Jardim p. 18 e 19 R Joaquim F C Pires, 150 (15) 3224-2219 Sta Rosália • Sorocaba Av Washington Luiz, 817

Áudio, Vídeo e Automação Foneplan (15) 3224-2316 R Professor Toledo, 373 Centro • Sorocaba Sax High Fidelity (15) 3418-3401 Praça 9 de julho, 23 - C1 Centro • Sorocaba

p. 6 e 7

p. 83

Bebidas Cellar Experts p. 83 (15) 3318-5609 R Ant.Peres Hernandes, 125 Mercadão Campolim • Sorocaba Brechó Infantil Bombuá p. 156 (15) 3243-3328 Av Otávio A. Rangel, 939 Rio Acima • Votorantim-SP Chaveiro

Jd Emilia • Sorocaba Ernesto Ferro (15) 3011-3155 Av Mario Covas, 975 Vl Barão • Sorocaba

p. 156

Espaço Art & Design p. . 77 (15) 3033-3232 Av Afonso Vergueiro, 2548 Vl Augusta • Sorocaba Kasa (15) 3211-6177 R Francisco Neves, 53 Campolim • Sorocaba Luxdecor (15) 3318-8040 R Aníbal Costa Dias, 121 Jd Costa Dias • Sorocaba

p. 93

p. 41

Raízes Campolim p. 49 (15) 3233-6855 R Raphael Dias da Silva, 950 Campolim • Sorocaba Escadas JSilva Escadas p. 153 (15) 3311-1842 Av Edward Fru FruM Silva , 389 Jd São Guilherme • Sorocaba Estofados Loja das Fábricas p. 115 (15) 3418-7883 Av General Carneiro , 2523 Cerrado • Sorocaba Esquadrias Esquadrias Martins p. 143 (15) 3227-4689 R Eulália MªJesus Américo, 41 Jd Piratininga • Sorocaba Estrela Radiante p. 159 (15) 3417-3617 R Terêncio da Costa Dias, 927 Jd Bertanha • Sorocaba Index p. 9 (15) 3222-8686 Av Com. Camilo Júlio, 2655 Zona Industrial • Sorocaba p. 151 Mad Mat (15) 3221-4455 Av General Carneiro, 1503 Cerrado • Sorocaba p. 93 Perfecta Esquadria (15) 3327-5866 Av Antônio Carlos Cômitre, 510 Campolim • Sorocaba

Morarte p. 4 e 5 São Paulo Esquadrias p. 125 (15) 3231-1624 (15) 3417-2577 Av Antonio C Cômitre, 481 R João Ferreira da Silva, 664 Campolim • Sorocaba Além Ponte • Sorocaba Vila Design p. 12 e 13 p. 51 Serr. Manchester (15) 3032-0145 (15) 3221-8730 Av João Wagner Way, 870 R Prof° Frontino Brasil, 48 Jd América • Sorocaba Sta Terezinha • Sorocaba

Chaveiro 2 Irmãos p. 158 (15) 3234-4597 R Hermelino Matarazzo, 330 Drywall Além Linha • Sorocaba

Ferro para Construção

Comstrukim p. 158 (15) 3237-5636 Largo Francisco Eufrásio, 55 Vl Hortência • Sorocaba

Churrasqueiras

p. 156

Casa Grill p. 158 (15) 3411-4417 Av AfonsoVergueiro,2224 Elevadores Vl Soares • Sorocaba

p. 119 Basseifer (15) 3229-8700 Av Dr L. Mendes de Almeida, 2466 Jd São Paulo • Sorocaba

Filtros e Purificadores

Casa Automática p. 23 (15) 3221-0872 R Américo Figueiredo, 310 Jd Simus • Sorocaba

Acqua Viva (15) 3326-5745 Av. Moreira César, 422 Centro • Sorocaba

Construtoras

Empalhamento de Móveis

Gesso

ADM Obras p. 156 (15) 3344-1728 R Antônio Duarte, 365 Jundiacanga • Araçoiaba

Art Palha (15) 3227-7540 R Ataliba Borges, 87 Além Ponte • Sorocaba

Francesco Emiliano p. 127 (15) 3325-6333 R Francisco Alves Faria, 131 Vl Amato • Sorocaba

Obra Fácil (15) 3233-8622 R Porphirio Loureiro, 80 Sta Rosália • Sorocaba

p. 133

p. 156

p. 154

161


Í n d i ce Iluminação Espaço JJ Luz (15) 3233-2983 Av Nogueira Padilha, 66 Além Ponte • Sorocaba

p. 149

ML Madeiras de Lei (15) 3213-1015 Av Ipanema, 726 Jd Tortelli • Sorocaba

p. 45

Umuarama p. 51 (11) 3229-7988 R Porto Novo, 42 tremembé • São Paulo-SP

p. 159 Ilumecenter (15) 3233-1619 Av Washington Luiz, 1114 Campolim • Sorocaba Marcenarias p. 83 e 95 Ezklo Luminarea p. 89 (15) 3222-8646 (15) 3211-2929 R Ant. Miguel Pereira, 244 R Pedro Molina, 126 Jd Faculdade • Sorocaba Campolim • Sorocaba Spazio Luce p. 149 Marc. Artesanal p. 164 (15) 3242-6164 (15) 3242-4194 R Avelino Argento, 69 Rod Raimundo A. Soares, 2270 Jd Paulistano • Sorocaba Capoavinha • Votorantim

Impermeabilizações p. 159 MDV (15) 9730-9813 R Quatro, 22 Jd Santo André II • Sorocaba

Instalações Elétricas p. 95 Eletrotecno (15) 3272-8696 R Dr João Batista Lobato, 598 Centro • Itapetininga-SP

Irrigação Monteiro (15) 3305-1200 R Rotary Club, 529 Colina Verde • Tatui-SP

p. 97

Lajes p. 95 Lajes Soares (15) 3273-3464 R Joaquim Fogaça Neto, 461 Jd Fogaça • Itapetininga-SP

Madeireiras

162

Tiffany Flora e Floric. p. 139 (11) 4024-4102 R Argemiro Silveira Del´Boux, 201 Altos Vila Nova • Itu - SP

Molduras

Pedras Decorativas

Fast Frame (15) 3233-5741 Av Barão de Tatui, 33 Jd Vergueiro • Sorocaba

p. 109

Móveis Planejados Casa Vert (15) 3327-1922 Av Itavuvu, 1184 Vl Gomes • Sorocaba Closet & Cia (15) 3211-8662 Av Barão de Tatuí, 1368 Vergueiro • Sorocaba

p. 151

Mármores e Granitos

Simonetto (15) 3211-5569 Av Barão de Tatui, 1220 Vergueiro • Sorocaba

p. 157 Granitos JR (15) 3321-2428 R Humberto de Campos, 600 Todeschini Jd Zulmira • Sorocaba (15) 3232-0811 Marmoraria Mendes p. 89 e 97 Av Barão de Tatui, 1166 (15) 3227-4747 Vergueiro • Sorocaba R Doroty de Oliveira, 855 Jd do Sol • Sorocaba Paisagismo

p. 93 Comercial Peixoto (15) 3271-2525 R Dr João Batista Lobato, 433 Centro • Itapetininga-SP

Decore Jardins (15) 3225-1285 Av Paraná, 4569 Sorocaba/Itu-SP

Nacional Rei das Pedras (15) 3231-4878 Av Dom Aguirre, 3303 Sta Rosália • Sorocaba Real Pedras (15) 3227-6023 R Nogueira Padilha, 2056 Vl Hortência • Sorocaba

p. 159

p. 159

p. 15

p. 85

p. 95

p. 27

p. 37 Flora Morumby (15) 3228-2059 R Claudio Pedro André, 9 Morumbi 3 • Sorocaba p. 83 Giampietro (15) 3388-5758 R Pe Roberto L Moura, 100 Jd Bandeirantes • Sorocaba

Tecidos para Decoração Complast p. 157 (15) 3231-4269 R Nogueira Padilha, 89 Vl Hortência • Sorocaba Tecplast (15) 3233-4686 Av São Paulo, 36 Além Ponte • Sorocaba

p. 157

Telhas MF Telhas (15) 3211-2242 R Emygdia Campolim, 45 Campolim • Sorocaba

Pré-fabricados

Marc. Inova p. 107 (15) 3021-8921 Dellano p. 10 e 11 R Mário Piccini, 49 (15) 3211-1228 Jd Prestes de Barros • Sorocaba Av Antonio C Cômitre, 1253 Campolim • Sorocaba Marc. JZ p. 111 (15) 3217-1909 p. 89 Florense Av Dr Luiz M. Almeida, 126 (15) 3233-9000 Av Antonio C.Cômitre, 1297 Cerrado • Sorocaba Campolim • Sorocaba Marc. Mantovani p. 147 p. 73 Ozare (15) 3221-9435 R Benedito Ferreira Telles, 928 (15) 3012-2598 R Ana Augusto, 439 Vl Angélica • Sorocaba Sta Terezinha • Sorocaba Marc. MDM p. 103 p. 2 e 3 SCA (15) 3325-1063 (15) 3329-8831 R Luiz Pereira Andrade, 225 Av Barão de Tatuí, 793 Éden • Sorocaba Vergueiro • Sorocaba

p. 159 JW Madeiras Marmoriaria Rovi p. 85 (15) 3217-4795 (11) 4784-6555 Rod João Leme dos Santos, 841 R Tomé de Souza, 204 Vereda Bandeirantes • Sorocaba Paisagem Colonial • São Roque-SP Madeira & Arte p. 155 (15) 3223-6224 Materiais Elétricos Av Ipanema, 4626 p. 55 Eletrosol Recreio Soroc. • Sorocaba (15) 3233-4558 Madeireira Bormann p. 101 R Santa Rosália, 228 (15) 3243-1049 Além Linha • Sorocaba Av 31 de Março, 612 p.35 Ferrari & Ferrari Centro • Votorantim - SP (15) 3388-1888 Madeireira Moretti p. 67 Av São Paulo, 679 (15) 3284-1481 Além Ponte • Sorocaba Av Industrial, 300 Distr..Industrial • Cerquilho-SP Materiais p/ Construção

Madeireira Progresso p. 159 (15) 3231-4100 Av Arthur Bernardes, 700 Jd Mª do Carmo • Sorocaba

p. 121 Jimenez (15) 3344-9700 Via Antonio L. de Oliveira, 121 Piedade - SP

p. 149

Basseifer p. 119 (15) 3229-8700 Terraplenagem Av Luiz M. de Almeida, 2466 Jd São Paulo • Sorocaba Rodeghel Pedra e Areia p. 129 0800 771 6326 Raspadora Av Ipanema, 4533 Raspadora Müzzel p. 160 Terra Vermelha • Sorocaba (15) 3221-0401 R Nelson Ribeiro Pinto, 93 Tintas Wanel Ville II • Sorocaba Opção Tintas Itapetininga p. 97 (15) 3275-1006 Restauração de Móveis R Domingos José Vieira, 950 Armazém Brasil p. 157 Centro • Itapetininga-SP (15) 3221-4784 R Espanha, 124 Toldos Jd Europa • Sorocaba Serralheria Casa Automática p. 23 (15) 3221-0872 R Américo Figueiredo, 310 Jd Simus • Sorocaba Serr. Artística JR (15) 3011-5638 R Severo Pereira, 260 Wanel Ville • Sorocaba

p. 160

Serr. Lopes p. 59 (15) 3222-2466 R Humberto Campos, 540 Jd Zulmira • Sorocaba Serr. Manchester p. 47 (15) 3221-8730 R Prof° Frontino Brasil, 48 Sta Terezinha • Sorocaba Sistemas de Segurança Engefort p. 85 (15) 338-2100 Av Washington Luiz, 202 Jd Vergueiro • Sorocaba RCA Alarmes p. 97 (15) 3221-1882 Av Washington Luiz, 1465 Jd América • Sorocaba Suprematech (15) 3414-7535 R Amador Bueno, 126 Jd Vergueiro • Sorocaba

p. 158

p.159 LG Gramas (15) 7812-3982 Av General Carneiro, 2171 Cerrado • Sorocaba Sondagens e Fundações p. 159 Soenvil Engenharia Piazza Garden p. 157 (15) 8129-4810 (15) 3223-5555 R Danilo Bonilha, 95 Av Ipanema, 4640 - Loja 03 Piazza di Roma • Sorocaba Jd Novo Horizonte • Sorocaba

Toldos Albuquerque p. 135 (15) 3221-5001 R Prof. Frontino Brasil, 208 Vl São João • Sorocaba Toldos Ideal (15) 3217-7457 R Paulo E. Almeida, 1119 Wanel Ville • Sorocaba

p. 137

Vidraçaria Alfavidro (15) 3227-1414 R Granada, 161 Jd Leocádia • Sorocaba Guardian (15) 3326-5745 Av. Moreira César, 422 Centro • Sorocaba

p. 57

p. 63

Index p. 9 (15) 3222-8686 Av Com. Camilo Júlio, 2655 Zona Industrial • Sorocaba Natuvidros p. 93 (15) 3273-1648 R Mª Bonsucesso Moraes, 80 Vl Progresso • Itapetininga-SP Vidraçaria Carvalho (15) 3217-6869 Av Mário Covas, 461 Vl Barão • Sorocaba Vidrotemp (15) 3227-4273 R Belmira L. Almeida, 899 Jd Piratininga • Sorocaba

p. 160

p. 160



Revista Habitare - nº 34