Page 1

Ano 2 • Julho 2015 • nº 34

Full Time Turismo Roteiro de ecoturismo na capital paulista

Seus Direitos Facilidades e benefícios da dupla cidadania

Eco caderno Conheça o primeiro brasileiro a ganhar o Lush Prize

Região CQC dá seu apoio ao Rancho dos Gnomos

Especial

30 anos de Criança Esperança

Gabriel Medina

não se intimida com os grandes


Expediente

Editorial

Ano 2 • Julho 2015 • nº 34

No mês em que comemoramos o Dia dos Pais, traze-

Publisher e Diretora Regina Imperatore regina@editoraimperatore.com.br Jornalista Responsável Juliana Martins - MTB 57.882 juliana@editoraimperatore.com.br Direção de Arte, Diagramação e Publicação Digital Cristiana Lacutissa - CLStudio design@editoraimperatore.com.br Designer Publicitária Caroline Sofia carol@editoraimperatore.com.br Fotos Complementares: Dreamstime | Google imagens Capa: Canal OFF

mos em nossa capa um Filho especial. Gabriel Medina, um jovem surfista com vários prêmios conquistados desde cedo, e atual campeão mundial. Nesta entrevista ele fala de sua vida, carreira, e principalmente, sobre a importância da família e do pai. Um dos projetos mais duradouros do país, o programa Criança Esperança completa 30 anos, acompanhe aqui as novidades desta nova etapa.

Assessoria Jurídica Dra. Benicia Hiss | contato@editoraimperatore.com.br Comercial e atendimento ao leitor: 11-3427-7849

Em nossa seção Turismo, um destino econômico bem

contato@editoraimperatore.com.br

próximo de nós em São Paulo, com opções para todos os

Curculação: Granja Viana, Embu das Artes, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Ibiúna, São Roque, Raposo Tavares.

gostos e bolsos. Vale a pena conhecer!

Os conceitos emitidos nos artigos assinados e dos entrevistados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não expressam necessariamente a opinião da Editora. O conteúdo dos anúncios são de inteira responsabilidade dos anunciantes. O conteúdo desta publicação não pode ser reproduzido ou utilizado para quaisquer finalidades e interesses, seja impresso, digital ou em formato de vídeo, sem a consulta e devida autorização registrada pela equipe da revista. A inclusão do nome de colaboradores não implica em vínculo empregatício.

Acompanhe a entrevista exclusiva de Rober Bachisnski, o primeiro brasileiro a ganhar o Prêmio Lush Prize: em 2006 ele foge da UFRGS com ratos que seriam utilizados para experiências em aula, entrou com uma ação judicial para

A Revista FULL TIME é uma publicação mensal da Editora Imperatore Ltda Outros Títulos da Editora

completar os estudos em Biologia sem dissecar animais, e quase 10 anos depois recebe um prêmio internacional por suas pesquisas.

Full Time Versão Digital Baixe a Full Time Magazine gratuitamente em seu tablet, ipad e smartphones, ou leia em seu computador (exclusividade na região!), e acompanhe nossas novidades, compartilhe nas suas redes sociais, deixe um comentário... Participe!!!

revista39mais.imperatore

E muito mais.... acompanhe nas próximas páginas. Boa leitura!

Regina Imperatore


Sumário

10 Gourmet 12 Beleza 14 Capa 20 Especial 22 Mulheres 24 Corpo e Mente 26 Educação 28 Eco turismo

6

36 Seus Direitos 38 Espaço Animal 40 Comportamento 42 Agenda 44 Curtas Região 46 Região 48 Curtas Mundo 50 Reflexão Full Time M A G A Z I N E


Arra

Associados do Santa Adélia

Santa

A sexta edição do Arraiá do T vez sucesso! Os moradores e show com a dupla sertaneja Fá rear comidas típicas – e

A Revista Full Time apoiou o e de mais d Diretoria do Santa Adélia – da esquerda para direita, Maria Jose, Sergio, Walter, Cesar e Armando

8

Fotos: Erick Olsen Terakado - erick.terakado@gmail.com

Nossos patroc direita, Lícia e Forteline Esqu Construções, C Piscinas e Arm

Full Time M A G A Z I N E


Trio que se apresentou no evento – Da esquerda para direita, Ruan, Wagner e Fabio.

aiá no

Adélia

Terras de Santa Adélia foi mais uma e convidados puderam apreciar um ábio e Ruan, degustar cervejas e saboe também churrasco e pastel.

evento, que contou com o patrocínio de 30 empresas.

cinadores e diretoria do Santa Adélia – da esquerda para e Cristina do Armazém da Cerâmica, Guilherme e Lucas da uadrias, Sérgio e Cesar do Sta Adélia, Ari e Newton da OM Célia e Itoby da Vitrine Planejados, Rubens da Marisol mando Sta Adélia.

Família Esteves do N-09


Gourmet

Pizza faz bem!

Quando se fala em pizza, geralmente só se associa a

O molho é um dos principais componentes de uma pizza.

comida fast food, que faz mal e devemos evitar. Mas isso não é

Um dos principais ingredientes de um molho de pizza é o to-

necessariamente verdade...

mate. Rico em licopeno, o tomate ajuda no combate do câncer.

Você sabia que comer pizza faz bem e pode trazer benefícios

Ele também te m vitamina C, que ajuda a impulsionar o sistema

para sua saúde? Calma, não é para sair devorando uma pizza,

imunológico. Como a maioria dos molhos de pizza tem o alho,

daquelas de calabresa, bacon e mussarela! Porém, alguns ingre-

você começa a usufruir dos benefícios da vitamina B6, vitamina

dientes utilizados na massa e no recheio da pizza são fonte de

C e manganês, que tem propriedades anticancerígenas. Outro

nutrientes para o nosso corpo.

componente de um molho de pizza é o azeite. Ele ajuda na

A pizza é um dos alimentos mais amados do mundo. Nós to-

redução do colesterol ruim e lhe dá uma dose de óleos graxos

dos sabemos como é deliciosa, agora é hora de saber o quão sau-

ricos em energia. Com ervas como manjericão e orégano, o mo-

dável uma pizza pode ser. Vamos citar alguns dos benefícios de

lho lhe dá cargas de vitamina K e fibras.

comer uma pizza para a saúde.

O queijo é extremamente rico em cálcio, que deixam os os-

A massa da pizza pode ser extremamente saudável. É mui-

sos mais fortes e ajuda na prevenção da osteoporose. Também

to rica em antioxidantes. Vai ser extremamente benéfico se você

é rico em proteínas. Tudo que você precisa fazer é ser um pou-

optar por uma massa de trigo. Ele não só tem fibras, carboidratos

co cauteloso na quantidade e no tipo de queijo que você vai

complexos, e nutrientes essenciais, mas também ajuda na estabi-

comer na sua pizza.

lização do metabolismo.

Evita o câncer! Pode parecer uma conduta estranha e um pouco curiosa “um estudo para observar a relação entre o consumo de pizza e do risco de ter um tumor”. Na realidade, existem muitas razões. Em primeiro lugar, a pizza é um dos alimentos mais comumente usados ​​não só na Itália, mas em todo o mundo. Em qualquer cidade ou país de todas as nações a palavra “pizza” ou “pizzaria” tornou-se extraordinariamente popular. Essa difusão, portanto, pode ter implicações significativas na nutrição e nos seus efeitos sobre a saúde. O Instituto Farmacológico de Milão, na Itália, publicou pesquisa no jornal La Republica, associando a ingestão de pizza com a redução de risco de alguns tipos de câncer. A pesquisa foi feita com mais de oito mil italianos e os hábitos alimentares de 3.315 vítimas de tumor no aparelho digestivo e na garganta foram comparados com os de quase 5.000 pessoas que sofriam de outras doenças. Os resultados foram relativamente leves, porque os grandes consumidores de pizza tinham um risco de ter um câncer gastrointestinal mais baixo do que os não consumidores. O risco reduzido estava presente não só para o cancro do intestino grosso, mas também para os cancros da cavidade oral, faringe, esófago e da laringe. Os resultados mostraram que quem come pizza uma ou várias vezes por semana tem 59% menos chance de adquirir câncer de esôfago do que quem não tem esse hábito. Além disso, o risco de se contrair tumor na boca e no cólon é 34% e 26% menor em quem consome pizza toda semana, respectivamente. Para o professor Franco Lajolo, titular do departamento de alimentos e nutrição experimental da FCF/USP e membro da comissão técnico científica de assessoramento em alimentos funcionais e novos alimentos da ANVISA, a pesquisa faz sentido, pois um dos principais ingredientes da pizza é o molho de tomate, rico em licopeno, e o azeite de oliva. “O licopeno é uma substância que está sendo estudada e os primeiros resultados demonstram um importante papel na prevenção do desenvolvimento de alguns cânceres, como o de mama e de próstata e sua ação na prevenção de doenças cardiovasculares devido a seu alto poder antioxidante já foi bem descrita”, diz o pesquisador. Segundo Lajolo, o azeite, por conta da sua composição (rico em ácidos graxos monoinsaturados), também é comprovadamente benéfico para a diminuição de problemas cardiovasculares e para melhorar o perfil de gordura do sangue. Apesar de todos esses benefícios, a pizza também é rica em gordura por conta do queijo e dos recheios que são acrescentados. Por isso, é preciso ficar atento, não levar a pesquisa à risca e usar e abusar dos alimentos realmente funcionais, capazes de produzir demonstrados efeitos metabólicos ou

10

fisiológicos, úteis na manutenção da boa saúde física e mental”, alerta o pesquisador. http://migre.me/qXXOy

Full Time M A G A Z I N E


Consulte o cardรกpio no site:

www.pizzaditoni.com.br


Beleza

Da Europa para a

Granja Viana

Trazendo toda sua

experiência da Itália,

Alessandra Couto acaba de inaugurar o Centro Europeu de Beleza. Nesta entrevista, ela - que defende que a saúde deve estar em primeiro lugar e nunca ser sacrificada em prol da estética - conta um pouco do seu trabalho e quais são as novidades oferecidas pelo espaço.

Quem é Alessandra Couto? Fale-nos um pouco de sua experiência profissional e quais novidades traz para a Granja Viana. Morei 12 anos em Vicenza, Itália, e retornei ao Brasil com um sonho idealizado há muito tempo atrás: o de trazer para cá o conceito e a qualidade dos procedimentos de beleza europeus combinando luxo, requinte e sofisticação com privacidade e preços justos. Para que este sonho se tornasse realidade, me preparei e me especializei por vários anos nas melhores escolas e institutos da Europa em minha área de atuação. Graduada em Beleza pelo Victory da Itália, pós-graduada em Gestão de Salão de Beleza em Vicenza, possuo especializações assinadas por um dos maiores cabeleireiros do mundo, Fabrizio Palmieri, além de passagens marcantes pelos mais renomados institutos de beleza da Europa e do mundo como L’Oréal Paris, Vidal Sassoon em Londres e academia Toni & Guy em Milão.

12

Full Time M A G A Z I N E


Qual o diferencial do Centro Europeu de Beleza Alessandra Couto? Atendimento individualizado e setorizado. O que significa que cada cliente será atendido do início ao fim pelo mesmo profissional. Para um tratamento capilar, por exemplo, o mesmo profissional que lavar o cabelo, também preparará esse cabelo e dará sequência ao procedimento até a sua finalização. As nossas salas são individuais, separadas e classificadas pelo tipo de serviço, como coloração, corte, massagem, estética, spa da unha e barbearia. Além relaxar e absorver ao máximo aquele momento de dedicação a ele, o cliente também tem a sua individualidade e privacidade preservadas. A sala de coloração do Centro Europeu de Beleza tem um exaustor próprio, preservando o bem-estar do cliente, minimizando a inalação de produto químico. O ambiente de massagem possui toalete próprio para que o cliente possa tomar banho se preferir, antes de se vestir novamente para sair, o que, além de oferecer conforto, completa o revigoramento. Quais são os serviços oferecidos para homens e mulheres? Coloração, corte, massagem, estética, spa da unha e barbearia.

da Holanda. O spa da unha com uma mobília funcional oferece muito conforto e sua arquitetura singular, proporciona uma vista panorâmica para o verde da Granja Viana.

O quê os clientes podem encontrar lá? Além da garantia de um tratamento personaliza-

Qual o seu conselho para quem de-

do, com profissionais certificados e competentes, os

seja cultivar a beleza, aliada a preserva-

clientes também encontrarão um ambiente diferen-

ção da saúde e bem-estar?

ciado, com o que há de mais moderno em tecnolo-

Bem-estar e saúde estão intimamente

gia de salão e equipamentos importados da melhor

relacionados. As pessoas podem e devem

indústria de beleza da Europa, a Maletti. Todas as

cultivar a auto-estima, submeter-se a trata-

poltronas, lavatórios e estações de cortes têm de-

mentos estéticos, valorizar-se. A elevação

sign ergométrico e funcionalidades para proporcio-

da auto-estima combate depressão, com-

nar a melhor experiência em relaxamento ao cliente.

bate distúrbios emocionais e até mesmo

O nosso lavatório faz massagem de ar e permite

doenças, mas é preciso cautela na hora da

configuração para posições em três estágios. A sala

escolha dos procedimentos e do profissio-

de coloração possui um equipamento que faz cro-

nal que irá conduzi-lo. A saúde tem sempre

moterapia simultaneamente. Os produtos utilizados

de estar em primeiro lugar e nunca deve

para os tratamentos capilares são todos importados

ser sacrificada em prol da estética. Rod. Raposo Tavares, Km 26,5 – (11) 4612-9259 | www.lounge265.com.br


Capa

Destaque do Surf

Gabriel Medina n達o se intimida com os

grandes...

Por Ester Jacopetti

14

Full Time M A G A Z I N E


Foto: google/fmer.com.br


H

Capa

16

ouve um tempo em que poucas pessoas ouviram fa-

panhando, mandando mensagens de incentivo. A

lar de Gabriel Medina. Depois de 38 anos, ele foi o

minha família que está sempre presente. Meu pai

primeiro brasileiro a conquistar o título mundial de

Charles Serrano que está sempre comigo e o meu

surfe. Mas seus feitos não param por aí. Hoje ele é

tio James Medina, meus amigos e ao canal OFF por

considerado um dos 100 mais influentes pela ‘Time’.

terem acreditado em mim, mesmo antes do Mundial.

Resultado de muita dedicação e disciplina. Apesar da

Gosto de fazer o programa Mundo Medina porque

pouca idade, 22 anos, o surfista diz que já alcançou

mostra o que faço no meu dia-a-dia, a minha rea-

seu objetivo, mas com certeza planeja obter mais tí-

lidade, minha família, competição, viagem atrás de

tulos. “Mas não estou devendo nada”, faz questão de

viagem... o que está acontecendo ali dentro de casa,

afirmar nesta entrevista exclusiva.

dentro do mar, em volta das áreas dos competidores. A cada temporada e ano que passa, fica mais reality

Depois do título, você tem vivido um mo-

porque mostra realmente o que estou passando. O

mento emocionante na sua vida. Como é estrear

ano passado foi incrível e todo suporte que eu preci-

a terceira temporada do programa ‘Mundo Medi-

sava, o Canal OFF me deu. Na dificuldade ou na vitó-

na’, no canal OFF?

ria, eles sempre estiveram comigo. É difícil começar

Quero agradecer a imprensa porque, com certe-

num esporte sem patrocínio, sem muita motivação.

za, vocês me ajudaram muito e todos os atletas que

É claro que eu tenho a minha família, mas quando

vivem do esporte. Graças a vocês, acontecem essas

comecei não tive patrocínio logo de cara. Sou muito

loucuras na nossa vida. Gostaria de agradecer tam-

grato por terem acreditado em mim e me ajudado a

bém aos torcedores que estão sempre nos acom-

alcançar o objetivo de ser campeão mundial.

Full Time

Foto: Mundo Medina Canal OFF M A G A Z I N E


Como é para você se ver num programa que

O que você pode falar sobre o instituto que

acompanha a sua rotina? Você não fica tímido

você e o Charles irão criar justamente para apoiar

quando as câmeras estão ligadas?

os jovens que curtem esse esporte, mas estão

Eu era muito tímido, mas com o programa aca-

apenas começando?

bei me soltando um pouco mais. Na verdade, termi-

A criação deste instituto vai ser muito legal por-

nou ajudando muito na minha vida, e agora eu tenho

que sempre gostei muito de ajudar meus amigos.

que lidar com as câmeras. Realmente sou um pouco

Pessoas que estão precisando mesmo. Sempre gos-

tímido, mas me dou muito bem com as fãs.

tei de ajudar o próximo, principalmente essa molecada. Na minha época, eu não tive essa oportuni-

Você comentou que está se sentindo mais à

dade de ter alguém ajudando e hoje quero retribuir

vontade com as câmeras. Existe a possibilidade

um pouco do que eu ganhei. Hoje em dia, graças a

de você se tornar um galã de novelas?

Deus, nós temos a oportunidade de fazer e será feito

Eu sou muito tímido, não dá. Mas não sei, é como

com muito amor. Espero que a gente encontre no-

eu falei... Eles têm me ajudado bastante a me soltar

vos talentos, e eu sei que tem vários espalhados pelo

na frente da câmera. Quando eu tinha 15 anos, não

Brasil. Como meu pai falou, muitos não têm oportu-

conseguia nem falar. Hoje em dia falo normalmente.

nidades e vai ser uma honra poder dar essa chance

São todos meus amigos, estão em casa. Mas futuro

para essa galera. Estamos prevendo que o instituto

é futuro e a gente não sabe o que vai acontecer, mas

ganhe vida, no máximo, em 2016 em Maresias.

me tornar galã vai ser difícil...


Capa A expectativa para este ano é que seja algo

tinha treinado bastante. Segui os mesmos passos que

muito maior devido ao Mundial, ainda mais com

fiz no ano passado. Fui para o Hawaii treinar e esse

o surfe se tornando ainda mais popular no país.

ano aumentamos e passamos pela Califórnia, ou seja,

Como você lida com essa expectativa e como tem

treinamos um pouco mais. Realmente, foram dois fa-

se cuidado em relação aos fãs para não te atrapa-

tores que eu não estava esperando. Em compensação,

lhar na competição?

melhorei meu resultado no ano passado e fiquei em 5°

Antes do título mundial, essa torcida já era gran-

lugar. Agora, preciso correr atrás do prejuízo. Desde

de, agora com certeza será maior. Sou tranquilo,

que eu cheguei, tenho surfado todos os dias. Tenho

é mais a galera mesmo, mas eu até que entendo...

feito alguns exercícios fora da água, mas tenho surfado

Algumas etapas demoram um pouco para aconte-

muito. São duas sessões de surfe por dia. Estou me

cer, por isso eles querem uma foto, um autógrafo,

sentindo bem e muito confiante.

querem estar perto... Às vezes, tem pessoas meio malucas que acabam te agarrando, te puxando... Já

Como é a sua relação com os outros brasileiros

rasgaram minha camisa, mas é normal de fã... Esta-

que participam do circuito? Você conversa muito

mos preparados para isso sim! Não sei se eles estão.

com eles sobre o campeonato? Outra pergunta é se você está sentindo muito a falta da camisa ama-

Então quer dizer que você, de certa forma, não sente o peso de ter que ganhar o próximo campeonato?

rela? Estou morrendo de saudades! Quero vesti-la novamente! Nós brasileiros ali, somos muito amigos e

Não, não sinto o peso e acho que ele foi tirado

sempre tentamos um ajudar ao outro fora da água. No

de mim no ano passado, em que eu estava buscando

mar, nós somos adversários, cada um está buscando o

o título mundial. Claro que havia muita pressão por-

seu objetivo, mas fora dele somos todos amigos nor-

que todo mundo estava falando a respeito. Eu esta-

mais. Conversamos sobre vários assuntos, como fute-

va competindo contra os dois melhores do mundo

bol, e a galera mais jovem sobre mulheres... campeo-

(Kelly Slater e Mick Fanning) e que eram campeões

nato... Uma amizade normal.

mundiais. A pressão que eu tive que passar foi grande, mas hoje em dia não. Já alcancei meu objetivo e

Você acabou se tornando uma celebridade

com certeza quero mais títulos, mas não estou de-

mundial. E ainda foi considerado pela revista ‘Time’

vendo nada!

uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Já conseguiu associar tudo que vem acontecendo na

Na terceira fase da etapa de Gold Coast, na

18

sua vida?

Austrália, que abre o Mundial de Surfe, você foi

Sim, percebo um pouco porque todo o lugar que

eliminado e comentou que gostaria de dar a vol-

eu vou, sou muito bem recebido. Já conheci várias

ta por cima. O que está faltando para que isso

pessoas que eu era fã. É muito bom ser reconhecido,

aconteça?

tanto no Brasil como lá fora. É algo que eu nunca havia

O que está faltando? É que essas três primeiras

sentindo antes. Hoje em dia, estou passando por isso

etapas foram muito difíceis para mim. Na primeira,

e chega a ser engraçado ser considerado um dos 100

aconteceu o lance da interferência que terminou me

mais influentes, porque no mundo tem muitas pes-

prejudicando. Na última, eu peguei uma onda que

soas... Claro que veio depois do título mundial. Conse-

nunca havia surfado na minha vida. Então foram dois

gui através de muito suor e dedicação. O título acabou

fatores que eu não estava esperando... Eu estava

inspirando muitas pessoas. Talvez por isso eu tenha

com uma prancha boa, estava surfando muito bem,

conquistado mais esse título.

Full Time M A G A Z I N E


Estão rolando outros campeonatos pelo mundo, mas você está no Brasil. Porque dessa vez você decidiu ficar de fora? Esse é um campeonato de altas ondas e eu já ganhei há dois anos. Decidi não ir, porque eu já estava na Austrália há quase três meses. Se eu não voltasse agora para casa, não ia voltar mais porque eu teria que ir pra Califórnia e participar de um campeonato que está acontecendo em Saquarema e depois ainda teria que ir pra Fiji. Ou seja, eu não teria um tempo em casa. Gosto de voltar e repor as minhas energias. A minha casa é onde me fortaleço. Durante a entrevista você comentou bastante sobre a sua família. Você diria que ela, em especial o Charles, é a base da sua estrutura hoje? Minha família me dá carinho, coloca os meus pés no chão, sempre me ajuda. Gosto de estar com eles. Agora é um momento que preciso ficar perto deles porque tive dois maus resultados e quero melhorar. Sinto-me mais confiante quando estou perto deles.

Jogo Rápido Tempo livre: Gosto de ficar com a família e os amigos. Foco num campeonato: Treino muito para sempre manter o foco e perseguir meus objetivos. Lugar especial para surfar: A onda perfeita fica em Restaurants, em Fiji, mas é muito bom estar em casa em Maresia. Na hora de relaxar: Gosto de internet e ouvir música. Ser reconhecido: O melhor é ver que seu trabalho é reconhecido. É gostoso receber o carinho do público. Cantada de fãs: Existem até as ‘medinetes’... Quem levaria para uma ilha deserta? Hummmm, muito difícil responder essa pergunta... Não seria a Candice Swanepoel? Difícil responder... Mas não sou muito romântico... Um sonho: Ser bicampeão

Foto: Bruna Lacutissa - Escolar 2015


Especial

Corrente do bem Há três décadas, surgiu o programa social “Criança Esperança”, que continua a levar não só dignidade para a população carente no Brasil, mas oportunidade de transformar o mundo em um lugar melhor. Para comemorar os 30 anos desta corrente do bem, muitas novidades vêm por aí. Confira na entrevista! “O grande protagonista de todo esse movimen-

mente com os doadores. “Estamos celebrando a óti-

to é, naturalmente, a sociedade brasileira”, disse em

ma notícia de que, pela primeira vez, vamos começar

entrevista a diretora de Responsabilidade Social da

a campanha mostrando os projetos selecionados

Rede Globo e do “Criança Esperança”, Beatriz Aze-

especialmente pela UNESCO”, comentou a diretora,

redo. Mobilizado para garantir direitos à infância e

que ainda destacou que foi necessária uma pesquisa

juventude, o programa surgiu antes mesmo do “Es-

com formadores de opinião para ter o conhecimento

tatuto da Criança e do Adolescente”. Em parceria

da relevância da campanha, mas também a necessi-

com a UNESCO, a ideia sempre foi criar condições

dade de mudança, tanto na narrativa como no apoio

favoráveis e reescrever histórias, através de projetos

aos projetos e seus resultados.

que visam ser cada vez mais transparentes, principal-

20

Para a diretora da área programática da UNES-

Full Time M A G A Z I N E


CO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, esse é um dos projetos mais longevos do país. “Não é banal que um projeto tenha 30 anos de idade e continue vivo. Um dos desafios do “Criança Esperança” é se renovar e revitalizar para continuar acompanhando os percalços que a própria sociedade brasileira impõe. Quando iniciamos a parceria, transformamos o edital de seleção de projetos em público, garantindo absoluta transparência”, disse. De acordo com Noleto, todos os projetos selecionados são devidamente acompanhados e monitorados o

cessariamente ele acontecerá ao vivo, com cerca de

tempo inteiro. Para garantir total transparência nas

70 minutos de duração, após a novela. Não é mais

transações, as ONGS que recebem o dinheiro têm a

um show. Nós entendemos que a nossa sensibili-

visita da UNESCO e são obrigadas a apresentar um

dade social é eficiente neste diálogo, para fazer um

relatório técnico e financeiro, assegurando como

programa de televisão que seguiria dois conceitos: a

gastam cada centavo. O processo de transparência

mobilização e arrecadação”, completou.

e prestação de contas é fundamental para nós”, faz

A música continua embalando o espetáculo, mas

questão de ressaltar. “Este ano nós antecipamos o

ele afirma categoricamente que não é um show. “Te-

processo seletivo e, para homenagear os 30 anos do

remos um cenário que foi concebido pelo Vik Mu-

“Criança Esperança”, decidimos apoiar 30 projetos”,

niz e Gringo Cardia. São duas pessoas que também

contou a novidade.

tem uma ação social bastante efetiva. Os elementos

Neste caso, a instituição terá um apoio de maior

construídos para este cenário foram elaborados

duração, ou seja, até dois anos, e o valor também

pelas crianças e jovens de todas as instituições es-

será mais alto, subindo para R$ 450 mil, sendo até

colhidas este ano. Eles manusearam e ajudaram a

R$ 250 mil no primeiro ano e R$ 200 mil no segun-

compor. Em termos musicais, nós temos a presen-

do. Para este ano, o tema principal é educação, com

ça de grandes artistas. Os artistas estarão reunidos,

cinco subtemas: inclusão, cidadania, esporte, cultura

cantando músicas que embalam este espírito de

e arte. Outra novidade é que o doador poderá esco-

mobilização”, explicou. “Convidamos alguns artistas

lher para que instituição aquele dinheiro deverá ser

que possuem bandas para tocarem. Além de serem

destinado.

grandes atores, são profissionais da música também.

Para ampliar as comemorações, será lançado

Teremos Alexandre Nero, Thiago Fragoso, Thiago

o livro “Criança Esperança, 30 Anos, 30 Histórias”,

Martins, Dudu Azevedo, Otaviano Costa. Nós tere-

que narra relatos de pessoas que tiveram suas vidas

mos três palcos, além do mesão. Não dá para revelar

transformadas ao longo desses anos. Outro desta-

tudo, mas que também em algum momento vira um

que da programação é que trará novas lideranças.

cenário musical. Será um programa divertido”, reve-

No caso, ao invés de artistas, cidadãos que tenham

lou com certa empolgação o diretor-geral.

em suas vidas uma performance exemplar, sem o

Até o final de agosto, toda a programação da

peso moralista, mas organicamente social, como ex-

Globo, de campanhas publicitárias, matérias jorna-

plicou o diretor-geral Rafael Dragaud. Essas pessoas

lísticas, cenas de novelas e entrevistas em progra-

terão a oportunidade de ver de perto o mecanismo

mas de entretenimento, terão seu espaço na grade

do projeto. O “mesão” onde as celebridades aten-

da emissora. “Não tem nenhuma programação da

dem as chamadas telefônicas permanecerá. “Essa

Globo que não se envolva nesse movimento a cada

cena é fundamental para o “Criança Esperança”. Ne-

ano”, disse Azeredo, orgulhosa do projeto.


Mulheres

A magia de interpretar A primeira imagem que se tem quando vemos Débora Bloch em cena, é de uma mulher forte e completamente dedicada à profissão. E não poderia ser diferente, já que há 30 anos ela exerce com profunda maestria sua carreira na dramaturgia. Ao todo, somam mais de 50 projetos realizados no cinema, no teatro e, especialmente, na televisão. E apesar de ser muito parecida com sua personagem Lígia em “Sete Vidas”, Débora que também é apaixonada pela profissão, conseguiu equilibrar muito bem sua carreira com a família. E mesmo solteira, ela acredita na evolução feminina, como por exemplo, ser feliz sozinha. Nesta entrevista, saiba mais sobre essa mulher que emocionou o Brasil com seus personagens marcantes e fez história na televisão brasileira. A novela “Sete Vidas” aborda a importância da inseminação artificial. Você acredita que além de entreter, as novelas têm a função de ajudar a esclarecer algumas dúvidas da população? Acredito que a principal função da novela é o entretenimento, mas como a televisão tem uma força muito grande, principalmente no Brasil, ela acaba exercendo esta outra função, que é a informação. Que é jogar luz sobre alguns assuntos, atualizar e criar discussões importantes para a sociedade. O que acredito ser ótimo. As mulheres estão se dedicando cada vez mais a carreira. Essa é uma nova maneira de dizer ‘não’ à imposição da sociedade, no sentido de casar, constituir família? A mulher finalmente aprendeu a ser feliz sozinha? Acredito que essa tenha sido uma conquista

22

Full Time M A G A Z I N E


de muitos anos. De uma geração de mulheres que

ajudar, assim como estar satisfeito com o que está

lutou por direitos iguais e pela independência de-

fazendo.

las. A mulher hoje não depende mais de um homem para viver. O que não quer dizer que não precise dele

Durante uma entrevista, você comentou que

afetivamente. Elas são independentes e priorizam a

é a favor do aborto. Como é encarar este assunto

vida profissional. Mas acredito que hoje é possí-

polêmico de forma aberta?

vel ser feliz sozinha sim! A minha personagem, por

Não consigo entender como nós, que temos

exemplo, engravidou surpreendentemente sem es-

uma presidente mulher e, ainda assim, o aborto não

perar... É algo que vem acontecendo nos dias atuais.

ser legalizado no Brasil. Sou completamente a favor que seja legalizado, porque ele existe. É uma hipo-

São 30 anos de carreira e nós sabemos o

crisia, porque muitas mulheres sofrem e morrem em

quanto é difícil escolher, mas de todos os traba-

clínicas clandestinas. Ninguém é a favor do aborto,

lhos que você fez até hoje, que personagem diria

sou a favor da legalização. Não consigo entender

que mudou e marcou a sua vida?

porque não mudamos. Para mim, é um atraso!

Na televisão, foi ‘TV Pirata’ (1988). No teatro, a peça ‘Fica Comigo Esta Noite’ (1990). E no cinema, o filme ‘Noites do Sertão’ (1984). Mas tem muitos outros trabalhos que foram muito importantes e que mudaram e marcaram minha vida. Mesmo se dedicando a novela, você pretende lançar algum filme ou peça de teatro em 2015? Pretendo depois da novela, fazer duas peças de teatro que vou produzir e que se chamam: ‘O Habito de Amar’, com texto de Dóris Lessing e ‘Os Realistas’, de Will Eno. Próxima de completar 52 anos, você exibe uma excelente forma física. Quais são as atividades físicas que você procura fazer? Sempre fiz muito exercício físico que, na verdade, é algo que faço desde garota. Fiz balé a minha vida toda; então, é um hábito que terminei criando. Vou ao dermatologista, pelo menos duas vezes por ano. Fico com as minhas rugas e uso protetor solar. É claro que, hoje em dia eu uso muito mais por que quando eu era mais nova, não tinha nada disso. Eu cheguei a usar óleo de urucum para ficar queimada... Mas hoje procuro me cuidar, mas nada misterioso, que ninguém saiba, normalmente faço o que todo mundo faz. Acredito, sim, que o bom humor pode


Corpo e mente

União entre

corpo, mente e emoção Em uma palavra, quem é Tattwaratnananda Saraswati? Sabedoria. Conte-nos um pouco da sua história. Nasci na Índia e comecei a praticar yoga com 12 anos de idade. Morei 10 anos em monastérios (ashrams). Fui convidado a participar de um Congresso Internacional de Yoga no Brasil em 1995, quando fiquei por 40 dias, dando palestras e workshops em diferentes estados. Em 1996, me mudei para São Paulo e fundei a Tattwayoga Ashram. Quais são seus mestres? Sou discípulo do renomado Swami Satyananda Saraswati, fundador do Bihar School of Yoga. Fale-nos do trabalho que desenvolve. Ofereço aulas e cursos de yoga, mantra, meditação, kundalini, curso de formação para professor de yoga, culinária indiana. No Ashram e em outras escolas, conduzo os Satsangas, que são encontros de pessoas para cantar mantras para o criador ou uma divindade indiana, com oferenda de flores e frutas, os quais são saboreados numa ¨Prashada¨(refeição típica indiana). Promovo retiros espirituais, simulando a vivência de ashrans indianos, onde as pessoas acordam cedo para a prática de yoga e meditação, recebem alimentação vegetariana, palestras, caminhadas junto à natureza com prática de pranayamamas de cura (exercícios respiratórios

Residente na Granja Viana há quase 20 anos, o mestre de Yoga e Cultura Indiana Tattwaratnananda Saraswati fala sobre os benefícios desta

de purificação), canto de mantras, pujas e outros rituais hindus. Faço atendimentos com yogaterapia personalizada, massagem ayurvédica, mantra pessoal e orientação alimentar. Qual o conceito desta prática? Yoga significa união entre corpo, mente e emoção, adquirida através de posturas físicas, exercícios respiratórios, concentração e meditação.

prática e o caminho para uma congruência entre corpo e mente.

24

Para você, qual é a definição de yoga? Estado adquirido ao cessar as modificações da mente, ou seja, controle das oscilações da mente, eliminando os pensamentos bons e ruins.

Full Time M A G A Z I N E


Para quem é indicado?

aquele caminho que te traga maior afinidade e bem estar.

Yoga é bom para todos, porém com restrições de algumas práticas em alguns casos, conforme a idade e estado de saúde. Todos podem praticar, porém com avaliação prévia

O que diria da frase: o corpo é considerado um caminho?

da condição física, mental e emocional, para se recomen-

O corpo é um veículo que ajuda a alcançar o seu ca-

dar o que for mais indicado para cada casa, e o que não se

minho. Nós precisamos deste corpo para trilhar qualquer

aconselha a praticar em alguns quadros particulares.

caminho de sua escolha.

Quais são os benefícios físicos e espirituais?

É possível uma congruência entre corpo e mente?

O praticante de yoga consegue aliviar dores físicas,

Sim, pois a mente e o corpo estão intimamente re-

diminuir estado de tensão e estresse, adquire sono mais

lacionados. Ao harmonizar o corpo, estou cuidando da

restaurador de energia, diminui depressão, angústia pâni-

mente.

co, ansiedade. Enfim, melhora a qualidade de vida. Espiritualmente, amplia nossa visão interior, pois o praticante de

Como vê o mundo de hoje?

yoga fica mais centrado, as influências externas o afetam

O mundo continua no mesmo lugar, porém a maioria

em menor intensidade, promovendo um bem estar mais

das pessoas está cada vez mais desequilibrada em nível

duradouro.

físico, mental, emocional e espiritual.

Qual o diferencial em comparação com outras atividades?

Estamos no rumo certo para mundo pacífico e humano?

A maioria das outras atividades foca apenas o bem estar

É necessária a procura de um caminho pacífico para

físico, enquanto que a prática de yoga traz uma maior cons-

harmonizar o universo, porém a maioria das pessoas anda

ciência e controle do seu estado físico, mental e emocional,

muito desequilibrada, egoísta e agressiva.

com um aumento da autoestima. Por que escolheu a região para morar? Existe um local certo para a prática? E qual a alimentação mais adequada para tal? Pode ser feito em qualquer lugar, porém será mais agra-

A Granja Viana ainda tem um pouco mais de natureza, o que nos remete a uma sensação mais saudável. Sinto-me acolhido na vida pessoal e na profissional, sinto

dável em um local limpo e silencioso para se aprofundar na

que tenho mais a oferecer

sua prática. Será mais confortável a prática, se feita em je-

da cultura hindu e da filo-

jum ou após três horas de feita alguma refeição. Não existe

sofia da yoga, para aqueles

restrição do que se alimentar, porém após um período de

que estiverem abertos e

práticas regulares, em geral começa a ter maior percepção

prontos para este conheci-

dos efeitos daquilo que se ingere, e muitas vezes o yogui

mento.

fica seletivo com relação a alguns alimentos que já não lhe fazem tão bem.

Que mensagem deixa para nossos leitores?

Quais são as recomendações para quem está começando a trilhar este caminho?

Que as pessoas procurem praticar mais yoga e

Procurar experimentar aula em local de sua confiança.

meditação para acalmar a

Se tiver uma primeira experiência não muito agradável, não

sua mente e o seu coração,

desista, procure em outro local e com outro profissional,

buscando o caminho espiri-

pois existem muitas variações de yoga e você deve achar

tual e respeitando a natureza.

Tattwayoga Ashram Telefone: 4612-6032 / 9 9505-4615


Educação

Do que uma criança precisa de verdade? Vinte anos atuando como psicóloga de crianças e

atendida adequadamente nas suas necessidades.

de adolescentes. Quatro anos como mãe. Já vi e ouvi muitas

Sem muitas faltas nem grandes excessos.

coisas… Mesmo assim, tenho ficado intrigada com um frequente

sempre que necessário. Ser confortada com a voz

comentário que muitas mães e pais de crianças pequenas

calma da pessoa que cuida. Sentir o toque gostoso

têm feito atualmente.

de quem a ama. Ser compreendida. Ser protegida.

“Meu filho precisa sentir desde cedo que a vida é difícil”.

Ser corrigida. Sentir os limites do que é certo e er-

De fato, a vida é difícil. Para alguns mais… Para outros

rado. Ser respeitada nas suas diferentes emoções.

menos. Todos nós, em algum momento da vida, seremos arremessados em um oceano de problemas e de situações sofridas.

Poder se encantar. Brincar livremente. Se divertir. Aprender brincando. Ver seus pais se divertindo também. Sentir o tempo sem tanta pressa. Muitos pais e mães podem pensar: “Mas essa

E serão nestas situações que precisaremos acessar den-

vida é muito boa! Desse jeito meu filho não esta-

tro de nós algo precioso e muito poderoso: experiências po-

rá preparado para enfrentar as dificuldades da vida

sitivas vividas na infância. Lembranças impossíveis de serem

quando ele crescer!”

lembradas. Mas possíveis de serem sentidas.

26

Ser aquecida no momento certo. Ser alimentada

Calma. Você já parou para pensar que mesmo

Bebês e crianças precisam vivenciar com regularidade

vivenciando todos estes momentos gostosos, ainda

momentos gostosos. Momentos que nutrem a alma em ní-

assim o seu filho já passa por algumas dores pro-

veis profundos.

fundas?

E que ficarão registrados para sempre. Como tatuagens

Quando ele ganha um irmãozinho e perde a

na alma. Eles serão as chaves para acionar a garra de viver

atenção exclusiva por ser filho único, quando ele se

necessária para superar as dores da vida.

dá conta de que os seus pais não estão disponíveis

Você deve estar se perguntando: Mas, que tipo de mo-

para ele o tempo todo, quando um amiguinho pre-

mentos são estes? São os momentos em que a criança é

fere brincar com outro amigo, quando morre o seu

Full Time M A G A Z I N E


bichinho de estimação, quando ele muda de escola

dade, ele terá de onde tirar forças para enfrentar, resis-

ou ainda quando a sua avó preferida se vai… E junto

tir e se reinventar.

se vão as comidinhas deliciosas, o colo aconchegan-

Eu, aos 40 anos de idade, já tinha perdido o meu ir-

te e a sensação de que na casa da vovó tudo pode….

mão ainda na minha adolescência, todos os meus avós

Em tempos de profundas transformações no

por diferentes razões, meu pai por uma doença bru-

mundo, nossas crianças não precisam de tantas au-

tal, meu sogro por um infarto fatal e minha mãe pela

las de inglês, de tantos esportes, de tantos deveres

deterioração causada pela doença de Parkinson. Ao

de casa, de tanto conteúdo escolar, de tantas ma-

longo desta jornada inominável fui buscar nas minhas

nhãs de sono interrompidas por horários escolares

vivências e brincadeiras de criança a força necessária

prematuros, de alfabetização precoce e nem de tan-

para cuidar do meu filho ainda bebê e para me recriar

tas expectativas por parte de nós, adultos.

profissionalmente.

Nossas crianças precisam, mais do que nunca,

A dureza da vida pode sim nos fortalecer. Mas são

de momentos gostosos que possam nutrir as suas

os momentos gostosos armazenados nos nossos poros

almas. Precisam rechear seus bancos de dados inter-

que nos permitem enxergar esperança na dor.

nos com muitas experiências positivas de vida.

É disso que as nossas crianças precisam de verdade.

São estas experiências que darão à criança a capacidade de acreditar. Acreditar que a dor vai passar, que ela pode confiar nas pessoas, que pode receber ajuda, que o mundo pode ser melhor e que um pouco de magia ainda existe… Aí sim, quando a vida desafiar o seu filho de ver-

Fernanda Furia, fundadora do Playground da Inovação consultoria de Inovação em Psicologia e Educação (www. playground-inovacao.com.br), mestre em Psicologia de Crianças e Adolescentes pela University College London na Inglaterra e psicóloga pela PUC-RJ – contato: fernanda@ playground-inovacao.com.br


Eco Caderno

Ecoturismo no extremo sul de S達o Paulo

28

Full Time M A G A Z I N E


São Paulo é

uma cidade surpreendente.

no-carvoeiro, o maior macaco das Américas.

Assim como as grandes metrópoles globais, além de

Seja numa visita de um dia ou numa estada mais

antenada, geradora de tendências, a capital é marca-

prolongada, são muitas as possibilidades. Ao trilhá

da pela forte urbanização e pelas vastas opções de

-las, o visitante tem oportunidade de conhecer face-

negócios, lazer e entretenimento. Como se não bas-

tas surpreendentes da metrópole paulistana.

tassem todas essas características para fazer de São

O roteiro pode começar no Sítio do Bambu, onde

Paulo uma cidade singular, a metrópole também im-

se localiza o Poço das Virgens. Um ribeirão de águas

pressiona pela sua grande extensão de áreas verdes.

cristalinas que corre por um trecho de Mata Atlân-

Dentro do município de São Paulo, existe um

tica, formando uma linda queda d’água que finaliza

lugar de onde pode se avistar o mar. Rios de águas

em um poço rodeado de pedras, local perfeito para

limpas, cachoeiras, matas preservadas. Estradas si-

um belo mergulho. Localizada na Fazenda Nossa

nuosas e estreitas levam a sítios onde se cultivam

Senhora das Graças, a Cachoeira do Jamil é consi-

alimentos e flores. Trata-se de um lugar onde ainda

derada uma das mais belas da região, com pouco

se vive com tranquilidade e onde o tempo parece

mais de 3 metros de altura. Situada na confluência

seguir num ritmo mais lento, suficiente para desfru-

do rio Monos com o rio Capivari, ponto simbólico

tar do ambiente com toda a calma necessária. Ali

da região, pois estes rios deram origem ao nome da

é possível percorrer as trilhas, maravilhar-se com o

maior Área de Proteção Ambiental de São Paulo, a

esplendor da mata, ouvir o canto dos pássaros, ba-

Capivari Monos.

nhar-se em rios cristalinos, visitar recantos históricos,

No bairro de Colônia Paulista, local histórico

conhecer culturas diferentes e modos de vida sin-

onde foi instalada a primeira colônia de imigrantes

gulares, e ainda levar para casa produtos orgânicos

germânicos no Estado de São Paulo, e uma das pri-

e artesanais. Tudo isso na região das Áreas de Pro-

meiras do Brasil, inicia-se o passeio para Aldeia Indí-

teção Ambiental (APAs) Capivari Monos e Bororé-

gena Guarani, Colônia Paulista e Cratera de Colônia

Colônia. Situadas no extremo Sul do município, no

A cerca de 5 minutos do centro de Colônia, encon-

território das subprefeituras de Capela do Socorro e

tra-se o fenômeno geológico denominado Cratera

Parelheiros, as APAs paulistanas abrigam remanes-

de Colônia, que é uma planície aluvial cercada por

centes da Mata Atlântica que recobria toda a região

um anel colinoso com 125 metros de altura em re-

e protegem as nascentes que alimentam as represas

lação ao fundo da planície e, sua formação deve-se

Billings e Guarapiranga. Paisagens surpreendentes,

a colisão de um objeto celeste há aproximadamente

cuja conservação é fundamental para o equilíbrio

30 milhões de anos. Finalizando este roteiro, na Al-

ambiental da metrópole e para a qualidade de vida

deia Guarani Krukutu, ou Tenondé-Porã, é possível

de seus habitantes.

fazer um passeio pela aldeia e uma trilha ecológica

Na APA Bororé-Colônia, é comum a presença de

até a beira da Represa Billings, assistir apresentações

pavões-do-mato do bugio-ruivo, de gatos-do mato

culturais como: canto e dança com crianças da Al-

e recentemente de antas. Já na APA Capivari Monos

deia, palestra dentro da casa de reza, sobre os costu-

existem os registros de espécies emblemáticas e

mes guaranis, e exposição de artesanato.

ameaçadas, como a onça-parda, jaguatirica e o mo-

Você pode conhecer estes e outros atrativos que


estão nas APAs contratando agências e operadoras que já atuam na região. Dessa maneira você pode desfrutar das maravilhas do local com total assistência e segurança, e tendo como guia pessoas que

30

TRIP ON JEEP - www.triponjeep.com FLORESTA PAULISTANA - www.florestapaulistana.com.br SUNWAYS TRAVEL - www.sunwaystravel.com.br MFK TURISMO & EVENTOS - www.mfkturismo.com.br Consulte também o Posto de Atendimento ao Turista,

realmente conhecem de perto as belezas que com-

localizado na entrada da região de Parelheiros -

põem as APAs Capivari-Monos e Bororé-Colônia.

Av. Senador Teotônio Vilela 8000 – tel. 5925-2736 www.cidadedesaopaulo.com/ecoturismo

Full Time M A G A Z I N E


Eco Caderno

Por uma ciência mais ética O gaúcho Róber Bachinski foi o primeiro pesquisador do país a receber o Lush Prize, que premia organizações e cientistas que trabalham para a substituição de experimentos por métodos livres de crueldade com validação científica. A Full Time entrevistou o pesquisador que fala sobre a utilização de animais em testes e sua luta por uma ciência mais ética. Qual a sensação de ter sido o primeiro pesquisador do país a receber o Lush Prize? É um grande reconhecimento e é a certeza que fiz a escolha certa quando cursava Ciências Biológicas. Escolhi por não utilizar animais para as aulas práticas e de iniciar a trabalhar com métodos alternativos, para substituir o uso de animais. Essa escolha veio acompanhada de vários problemas na época, mas hoje vejo que valeu a pena.

Como é o projeto que o premiou? Visa mapear o uso de animais no ensino superior. Precisamos ter uma estimativa clara de como e quantos animais são utilizados no ensino para poder gerar políticas públicas e proporcionar as alternativas aos professores. Também viso mapear o desenvolvimento de alternativas no Brasil, divulgando os métodos e iniciativas dos professores. Em 2006, você ficou conhecido por um episódio inusitado: levar embora os ratos do laboratório da UFRGS, como protesto do uso deles em aula. O que mudou de lá para cá? Como você lembrou, isso foi em 2006, há quase 10 anos. Quando passei pelos problemas na minha faculdade de Biologia, não havia muitas informações no Brasil, nem sobre métodos alternativos, nem sobre objeção de consciência. O paradigma do uso de animais era muito mais forte que hoje. Hoje, o discurso internacional, com os questionamentos sobre o uso de animais vindos de dentro da ciência, faz com que o preconceito com os métodos alternativos e esse pedido de objeção de consciência, seja por razões éticas ou razões científicas, seja melhor aceito pelas universidades. Infelizmente, ainda há professores que seguem uma estrutura hierárquica e rígida no ensino, evitando trabalhar com o aluno na construção do conhecimento. Muitos professores ainda veem os alunos como tábulas rasas e eles detentores do conhecimento acumulado, enquanto deveriam proporcionar aos alunos a geração e a busca do conhecimento acadêmica a partir de suas próprias vivências, problemas e dúvidas. Hoje, o direito a Objeção de Consciência está mais difundido, porém muitos professores negam esse direito aos alunos e muitos alunos entram em uma relação muito con-

32

Full Time M A G A Z I N E


flituosa com os professores e a universidade. Hoje, os professores que ensinam e obrigam os alunos a aprenderem utilizando animais estão cometendo um duplo erro. O primeiro é ensinar uma metodologia antiga para os estudantes, um paradigma científico que cada vez mais se desmorona ao peso das rachaduras e das falhas. O segundo é forçar esses alunos, através da opressão, para fora da academia. Muitos estudantes desistem dos cursos devido o uso de animais. A mudança da ciência está incubada nesses estudantes, que questionam e que processam o conhecimento dialogando com os outros campos da vida. Esses estudantes, por conseguirem se distanciar do ambiente hierárquico, formar pensamento crítico e sofrerem menos formatações pela academia, podem e poderão buscar novas metodologias científicas e novos pensamentos sobre o futuro da

manas. Hoje, estima-se que apenas 5 a 12% dos pro-

ciência. Nós precisamos de pessoas comprometidas

dutos e químicos aprovados em animais passarão

com a ciência ética.

por todas as fases clínicas e chegarão ao mercado (estarão acessíveis para tratamento). Ou seja, temos

Você declarou, certa vez, que testes com ani-

um desperdício de 88%, pelo menos, de trabalho,

mais não foram uma tentativa errada à época

tempo e dinheiro, devido à baixa produtividade dos

que iniciaram, mas sim a alternativa mais correta

testes em animais. O outro lado desse dado, que tal-

para avançar nas pesquisas. No entanto, que hoje

vez seja o pior: de cada 5000 a 10000 substâncias

precisamos avançar, por uma questão tanto ética

selecionadas para os testes, apenas 250 são apro-

quanto metodológica. Explique-nos essa sua po-

vadas em testes em animais. Por confiar nos testes

sição.

em animais, nós estamos deixando de testar em hu-

Quando os testes em animais foram oficialmente

manos todas as outras moléculas que teriam poten-

recomendados, foi no período após a II Guerra Mun-

cial farmacológico. Não estou dizendo que devemos

dial. Na ciência nazista, muitas experiências com hu-

voltar a fazer os testes em humanos sem nenhuma

manos foram realizadas sem nenhum cuidado ético.

segurança, mas devemos investir em um modelo

Nesse mesmo período, os Estados Unidos também

científico baseado na fisiologia humana, utilizando

estavam fazendo experiências com humanos de for-

células humanas, com qualidade e proporcionando

ma descontrolada. Nessas experiências, muitas pes-

uma análise sistêmica. Um exemplo disso é a criação

soas tiveram sérios problemas e muitas morreram.

dos modelos microfisiológicos (human on a chip, or-

Hoje podemos ver que os animais foram utilizados

gans on a chip). Nós precisamos desenvolver uma

como uma ferramenta para conter as experiências

ciência mais preditiva, mais humana e mais ética.

com humanos. Isso realmente funcionou, mas criou um outro erro ético (considerado menor pela nossa sociedade especista) e um erro metodológico. E esse

Você acredita que é possível acabar com o uso de animais em testes?

erro é tão forte quanto o erro ético, pois nesse erro

O conhecimento técnico e científico se desen-

nós também estamos deixando de salvar vidas hu-

volve muito rápido, especialmente em crises de pa-


Eco Caderno radigmas científicos, como o que estamos vivendo. Hoje a sociedade começa a questionar a ciência que usa animais e assim faz com que os pesquisadores olhem para os dados falhos da experimenta-

(vertebrados e cefalópodes, certamente) e que de-

ção animal mais criticamente. Esse movimento cria

vem ser defendidos serão mais lentamente reconhe-

uma ruptura científica e desestabiliza o paradigma

cidos que as mudanças científicas. Hoje nós temos

científico do uso de animais, criando uma necessi-

argumentos científicos para modificar a ciência. Os

dade de um novo paradigma que será alimentado e

argumentos éticos são mais difíceis de serem reco-

crescerá rapidamente até atingir uma fase de estabi-

nhecidos pela população. P. Singer, no livro “Ética

lidade, que se chama ciência normal. Esse processo

Prática”, descreve bem o processo quando diz que

é sugerido e descrito por Thomas Kuhn no livro “A

é mais fácil julgarmos os preconceitos dos nossos

Estrutura das Revoluções Científicas”, uma obra base

avós, quando os nossos pais já se libertaram deles.

do estudo da filosofia das ciências. Quando comecei

O mais difícil é olhar para nós mesmos e reconhecer

a falar sobre métodos alternativos na minha facul-

os nossos próprios preconceitos. Tratar os animais

dade, meus professores me

Hoje a sociedade começa

diferente dos humanos para características que os

acusavam de anticienticista,

tornam semelhantes (como sentir dor e angústia) é

a questionar a ciência que

ou seja, apenas por me opor

um preconceito e tem a mesma base do racismo e

aos testes em animais, eu era

do sexismo: a opressão, velada ou explícita, a favor

visto como um “inimigo da

de um grupo dominante.

usa animais e assim faz com que os pesquisadores olhem

ciência”. Hoje, esse discurso

para os dados falhos da

começa a mudar no Brasil e a

experimentação animal mais

ciência com animais já é reco-

Quais são os próximos passos? Como projeta o futuro?

nhecida como falha no movi-

Nós precisamos trabalhar na formação dos pes-

mento científico internacional.

quisadores, trabalhar para que os estudantes criem

O que temos que fazer é gerar

pensamento crítico na universidade e que estejam

uma nova ciência. Os EUA e a

preparados para as novas ciências, dando mais im-

União Europeia já estão bem avançados nesse tema,

portância para as disciplinas de bioquímica e de

com projetos microfisiológicos, como o Human on a

biologia celular, correlacionando com o campo pro-

Chip. Essa é a grande expectativa para a nova ciência:

fissional. Na ciência do século XXI, essas disciplinas

desenvolver órgãos in vitro e colocá-los em uma pla-

serão muito importantes. Novas abordagens de

taforma de teste. Eu acredito que até o final da déca-

biologia celular, como cultivo tridimensional, e no-

da de 2030 nós estaremos com uma ciência normal,

vas metodologias de análise, como metabolômica,

bem estabelecida, que substituirá o paradigma do

transcriptômica e ferramentas com microscopia de

uso de animais.

fluorescência, revolucionarização a ciência e os tes-

criticamente

tes para assuntos regulatórios. Precisamos colocar Que perspectivas podemos ter em relação ao direito dos animais no Brasil? Acredito que a mudança na sociedade em rela-

essas metodologias dentro do conteúdo das universidades. Com a mudança na ciência, a abordagem no ensino também deve mudar.

ção aos Direitos Animais, ou seja, aqueles interesses básicos (como a liberdade, a convivência com o meio ambiente, o interesse de não sentir dor física ou psicológica) compartilhados por diversos animais

34

Full Time M A G A Z I N E


Seus direitos

Dupla Cidadania Normalmente quando se fala em obter uma segunda cidadania, tem-se como benefício principal a viagem para Estados Unidos e Canadá, sem a necessidade de vistos e seu burocrático processo, filas na imigração dos aeroportos, entre outros. Mas como cidadão europeu você terá muito mais que isso e, a seguir, abordaremos as mais relevantes destas facilidades e benefícios.

O brasileiro/europeu poderá transitar livre-

passar 6 meses em um país de língua inglesa. Veja abaixo

mente pelos 27 países membros da União Europeia, além

os cursos disponíveis em alguns países e suas vantagens.

de Estados Unidos e Canadá. O passaporte europeu lhe dará a vantagem de ficar em filas especiais nos aeropor-

Estados Unidos - Há opções para todos os gostos, de

tos. Isso implica em viajar com tranquilidade e rapidez

direito à psicologia, passando por ciência política, biolo-

entre inúmeros aeroportos de todo o mundo. Como ci-

gia e artes. E o melhor: com um pouco de planejamento,

dadão, poderá residir nos 27 países da UE com todos os

os preços cabem no bolso. A escola de extensão de Har-

direitos de cidadão, tais como abrir conta em bancos e

vard, por exemplo, tem cursos a partir de US$ 750, que

trabalhar sem qualquer restrição, gozando de todos os

duram, em média, 3 meses em áreas como administração,

benefícios. Para brasileiros, o duplo passaporte (Brasil e

marketing e astronomia. A Universidade de Stanford, que

União Europeia) representa um abre portas na carreira,

está entre as melhores universidades do mundo, possui

principalmente em grandes empresas e transnacionais.

uma ampla escola de extensão e oferece cursos que va-

Em rápida pesquisa na Internet, perceberemos que a Europa oferece por volta de 2000 cursos gratuitos ou

riam de 1 a 10 semanas e acontecem ao longo de todo o ano.

mediante pagamento de pequenos valores. Cursos de

36

aperfeiçoamento de línguas, graduação, pós-graduação,

Austrália - Paraíso dos surfistas e de quem busca di-

mestrado e doutorado. Ademais, em muitos destes, o

versão, a Austrália também tem excelentes instituições de

fato de ser cidadão europeu é fator determinante para

ensino. A universidade de Sydney, a 37a melhor do mun-

desfrutar de bolsas de estudos.

do de acordo com o ranking 2014 da QS, conta com um

Desnecessário dizer que estudar fora traz uma am-

centro de educação continuada que, além de aberto ao

plitude de visão desse mundo global inestimável. O alu-

público em geral, oferece vários cursos de curta duração.

no de ensino médio já pode iniciar seus estudos fora do

O curso “Programas de Liderança”, por exemplo, pode ser

Brasil, fazendo um curso de inglês e vivenciar outro país.

uma opção para quem quer aproveitar as férias no país

Isto num primeiro momento assusta os pais em termos

e ainda voltar com o currículo mais atraente. A Escola de

de valores. Porém, sugerimos uma conta simples: um alu-

extensão da Universidade de Queensland oferece aulas

no de um curso de frequência de 2 vezes por semana

de inglês em tempo parcial e integral, para todos os níveis

em uma escola de inglês, com certeza, levará mais tempo

e ao longo de todo o ano. A universidade tem ainda cur-

para aprender e assim, o valor será mais alto do que se ele

sos preparatórios para o IELTS (um dos principais testes

Full Time M A G A Z I N E


de proficiência em inglês para ingresso em universida-

mente para estudantes de língua inglesa e com preços

des internacionais, tanto para a graduação quanto para

bem acessíveis. Universitários podem trabalhar até 17 ho-

a pós-graduação).

ras semanais no país e, segundo dados do Ministério do Trabalho Francês, o estudante internacional recebe, em

Alemanha - Possui universidades públicas mundial-

média, cerca de 500 euros por mês.

mente reconhecidas, sendo que algumas instituições recebem financiamento especial do governo por serem

Noruega - As universidades estaduais norueguesas

consideradas de excelência. O país oferece atrativos inte-

não cobram mensalidades dos estudantes. E mais: o siste-

ressantes para estudantes internacionais, já que é possível

ma de ensino superior do país prioriza turmas pequenas,

estudar mesmo sem falar uma única palavra de alemão

o que faz com os que professores sejam muito acessíveis.

e sem desembolsar nenhum euro. São oferecidos cerca

Além disso, diversas escolas oferecem programas minis-

de 900 cursos de graduação e pós-graduação exclusiva-

trados totalmente em inglês.

mente em inglês, com opções que vão de engenharia a ciências sociais. A Universidade de Hoheinhem, em Stuttgart, por

Por que muitos desistem de conseguir a cidadania?

exemplo, oferece o curso de mestrado em ciências bioe-

Na maioria das vezes, as pessoas desistem em função

conômicas, de graça e em inglês. São 45 vagas. Não há

da burocracia e a demora em obtê-las em alguns países,

mensalidades, mas o aluno precisará desembolsar três

ou até mesmo a falta de documentação dos ascendentes.

taxas simbólicas: de 90, 60 e 5 euros. O país só exige que

Falemos, primeiro, da burocracia. Cada país apresen-

o aluno comprove ter condições de se sustentar. Universi-

ta formas e exigências diferentes. De uma forma geral, o

tários podem trabalhar até 180 dias por ano, se o trabalho

pretendente deverá ter ascendente nascido naquele país.

for meio-período, ou 90 dias, se for tempo integral.

Além disso, em casos específicos pode ser tentado um processo de naturalização. Nestes casos, o pretendente

Suécia - A Suécia oferece também mais de 900 pro-

deverá ter atrativos culturais ou empresariais, ou meios

gramas em inglês, distribuídos em 35 diferentes universi-

de viver por determinado tempo no país em que se pre-

dades. Os estudantes pagam somente a taxa de matrícula,

tende adquirir a cidadania, dentre outras exigências.

exceto para programas de doutorado, que são completa-

Agora tratemos da demora desses processos. Nova-

mente isentos. O país permite ainda que estudantes uni-

mente dependerá do país a que se pretenda a cidadania.

versitários trabalhem para custear seus estudos.

Há casos de demora de até 10 anos (Itália). Já outros, alguns meses. Claro que essa variável de tempo está tam-

Finlândia - O país do norte da Europa não cobra ma-

bém atrelada à qualidade da documentação e informa-

trículas e nem mensalidades escolares para os cursos de

ções que se tenha do ascendente. É evidente que a falta

graduação e pós-graduação, além de oferecer um gran-

de documentação é um empecilho real. Porém, muitas

de número de programas em inglês. No entanto, o aluno

vezes tem-se como conseguir no país de origem, sim-

precisará arcar com seus gastos pessoais. As bolsas de

plesmente a partir de informações e datas ou, em última

estudo (que cobrem estas despesas) são concedidas ape-

hipótese, com as buscas em órgãos daqueles países.

nas para estudantes de doutorado. Importante ressaltar: toda a demora e os gastos França - Oferece mais de 76 cursos de graduação

com um processo de cidadania será coberto por inúme-

em inglês, mas a maioria é oferecida por universidades

ros benefícios ao adquirente.

particulares e costuma ser caro. No entanto, existem di-

Mathilde Marques - processosdecidadania@gmail.com

versos cursos de pós-graduação formatados exclusiva-

tel: 94749-2925


Espaço animal

Clamidiose Felina um longo período de incubação. É uma enfermidade infecto-contagiosa que apresenta alta contagiosidade de um felino doente para um felino saudável. A Chlamidya psittaci pode ser eliminada através das fezes, urina, muco orofaríngeo e secreções lacrimais e nasais, cuja contaminação e transmissão se dão principalmente através da ingestão, inalação ou do contato direto com secreções ou excreções contaminadas. A clamidiose felina normalmente tem início com sintomas de febre, tosse, freqüentes espirros, corrimento nasal e conjuntivite, isto é, inflamação na conjuntiva (conjuntiva é uma mucosa que recobre a porção anterior do globo ocular), com intenso corrimento ocular aquoso, corrimento esse que posteriormente pode se tornar purulento, após contaminação secundária por bactérias. O gato afetado fica prostrado, perde o apetite, emagrece rapidamente e em estágios mais avançados passa a apresentar quadros respiratórios mais

As rickéttsias são semelhantes às bactérias e na medicina veterinária são microorganismos

lobos pulmonares anteriores.

importantes, que por muitos anos foram considera-

Freqüentemente, após cerca de uma a duas

dos vírus por serem parasitas intracelulares obriga-

semanas, os sintomas começam a melhorar, pois a

tórios. Nesse grupo existe uma família, a Chlamydia-

clamidiose costuma ceder na grande maioria dos

ceae, causadora de várias doenças que atinge

felinos enfermos, havendo então uma lenta recupe-

mamíferos, répteis e aves, sendo mais freqüente nas

ração até que o animal volte a ficar disposto e ativo.

aves, das quais os psitacídeos representam 25% dos

Entretanto, naqueles gatos menos hígidos, mais frá-

casos. Nos felinos, a espécie Chlamidya psittaci é res-

geis, jovens ou idosos a clamidiose felina pode evo-

ponsável por causar uma persistente afecção no tra-

luir para outras patologias graves e até óbito, devido

to respiratório, provocando uma doença conhecida

à queda de resistência que provoca.

como clamidiose felina de difícil diagnóstico por ter

38

graves e pneumonia localizada principalmente nos

Quando o criador de felinos ou o proprietário

Full Time M A G A Z I N E


que possui vários gatos se deparam com esse tipo

vacina de reforço e, nos felinos adultos, a vacinação

de problema, costuma ser grande o transtorno devi-

deve ser atualizada todos os anos juntamente com

do sua alta contagiosidade. A orientação inicial bási-

a anti-rábica.

ca é que se evite a medicação caseira e que se procu-

Observa-se que a imunidade induzida pela va-

re um médico veterinário para consulta e orientação

cina contra clamidiose felina costuma propiciar uma

logo que se perceba algum problema.

proteção limitada, isto é, alguns gatos mesmo va-

O tratamento precoce da clamidiose felina cos-

cinados ainda podem contrair essa doença, porém

tuma apresentar resultados mais rápidos e consiste

os casos são mais brandos com recuperação mais

em se isolar e monitorar o animal, adequar a dieta

rápida.

com suplementação, tratamento sintomático com

Além disso, a vacinação regular dos felinos é

fluidoterapia, antibioticoterapia e aquecimento.

importante porque a clamidiose é considerada uma

Mesmo após medicação, a clamidia pode sobreviver

zoonose, pois há sérias evidências de que o homem

em estado de latência durante um longo período de

possa se infectar com Chlamydia psittaci  de ori-

tempo.

gem felina, embora se considere atualmente que as

A maneira mais eficaz e barata de se evitar os

principais fontes de contaminação estejam entre os

contratempos causados pela clamidiose felina é a

pasitasídeos (papagaios, periquitos, columbiformes

preventiva, isto é, recomenda-se que os gatos jovens

(pombos) e perus.

sejam vacinados contra a clamidiose (vacina quádrupla felina - protege contra rinotraqueíte, calicivirose, panleucopenia e clamidiose) com pelo menos uma

Dr. Gerson Bertoni Giantini – CRMV 5189/SP www.policlinicaveterinaria.com.br


Comportamento

Faltam heróis * por Tom Coelho

“A escolha dos heróis diz muito sobre a sociedade que os escolhe.” (Ricardo Bonalume Neto) Quem é Neymar Jr.? Para o mundo do futebol, é o maior jogador brasileiro da atualidade, com uma habilidade ímpar, capaz de fazer a diferença entre a vitória e a derrota, inclusive para a seleção canarinho. Para a mídia, é um personagem tido como de elevado carisma, com 52 milhões de seguidores no Facebook e 19 milhões no Twitter, garantindo repercussão às marcas que o patrocinam. De fato, ele pode ser tudo isso, mas definitivamente não é um herói tal como postulado por aqueles que buscam em alguém com exposição pública uma referência, uma pessoa notável capaz de influenciar e criar conceitos, tornando-se um autêntico paradigma. No universo dos esportes, é fácil exemplificar este ideal a partir de Ayrton Senna. Mais de vinte anos se passaram e não conseguimos eleger um representante à altura. Um herói, por definição, carrega consigo valores dignos de admiração, como integridade, generosidade e altruísmo. Neymar é um individualista

40

Full Time M A G A Z I N E


por natureza, com comportamentos tomados pela

instruir, faltam exemplos para compartilhar.

vaidade e o benefício próprio – basta observar suas

No cenário político, os heróis seriam os cha-

mensagens nas redes sociais, regadas por selfies e

mados estadistas, pessoas capazes de exercer a li-

campanhas publicitárias.

derança acima de interesses pessoais e partidários.

E a ética não é um de seus fundamentos. Não

Entretanto, o que temos hoje são apenas políticos

me refiro apenas à sua contestada transferência para

preocupados exclusivamente com o próximo pleito,

o Barcelona, mas à sua postura em campo. Apenas

seja para a reeleição, quando possível, ou para fazer

para exemplificar, recentemente, na final da Cham-

seu sucessor. O estadista pensa na próxima geração;

pions League, teve um gol anulado pelo fato de a

o político, na próxima eleição. O estadista edifica o

bola ter batido em sua mão. Durante a argumenta-

futuro; o político, sua perpetuação no poder.

ção com o juiz, tentou convencê-lo de que a bola

Precisamos de heróis. Não trajando fardas, ca-

havia tocado em seu ombro... É compreensível: seu

pas e máscaras, mas sim vestindo o manto do incon-

desejo de vencer o leva a acreditar que os fins justi-

formismo, com um interesse genuíno em provocar

ficam os meios. Compreensível, mas não justificável.

mudanças capazes de transformar positivamente o

Esta escassez de heróis evidentemente expandese para outros cenários. Seja no mundo corporativo,

meio e deixar um legado. Quem se habilita?

onde faltam líderes autênticos, passando pela vida pessoal, onde os pais, os mais legítimos ícones para os próprios filhos, mostram-se cada vez mais ausentes da educação dos mesmos. Falta convivência para

* Tom Coelho é educador, palestrante em gestão de pessoas e negócios, escritor com artigos publicados em 17 países e autor de oito livros. E-mail: tomcoelho@tomcoelho.com.br. Visite: www.tomcoelho.com.br e www.setevidas.com.br.


Agenda

O Universo de Maramgoní tigo e o contemporâneo, muito presente em suas obras. Pode-se ver, nos casos em que as cidades são mostradas em preto e branco, a presença de uma luz diferenciada, oriunda de focos de iluminação pública ou lampiões, estrategicamente colocados para auxiliar na composição do quadro, estabelecendo distintas conversas. Local: Galeria de Arte e Fotografia Solange Viana - Rua São João, s/n, Granja Viana – Cotia Data: de 22 de agosto a 26 de setembro de 2015 - De segunda a sexta, das 11h às 19h Agende sua visita: (11) 4777-0234 /

Em agosto, a Galeria de Arte e Fotografia Solan-

galeriadeartesolangeviana@uol.com.br

ge Viana completa 5 anos e, para comemorar, convidou um artista bem peculiar: Maramgoní, que traz pela primeira vez para a Granja Viana, sua tão conceituada e difundida arte. Na mostra “O Universo de Maramgoní”, o público poderá ver, além se suas pinturas, alguns objetos e design realizados pelo artista. Maramgoní oferece ao público suas São Paulos, Nova Yorks e outras cidades do mundo. A arquitetura desses espaços muitas vezes está mais próxima do que se pode imaginar, ainda mais quando está inclusa na proposta do pintor o diálogo entre o an-

42

Full Time M A G A Z I N E


Jantar beneficente “Mil e Uma Noites” O Restaurante Vedhanta vai realizar, no dia 28

A Associação Toca das Horttênsias é uma enti-

de agosto, jantar beneficente em prol da Associação

dade sem fins lucrativos, fundada em 1993, com a

Toca das Horttênsias, que atende idosos com Alzhei-

missão de assegurar dignidade e qualidade no aten-

mer. O cardápio composto por iguarias da cozinha

dimento aos idosos fragilizados e portadores da

árabe será preparado pela Chef Nazaré Peixoto que

Doença de Alzheimere similares. Oferece cuidados

garante surpreender os paladares mais exigentes. En-

especializados e alternativos e precisa de ajuda e

tre as opções gastronômicas serão servidos buffet de

parceiros que contribuam com a continuidade e filo-

saladas, como Fatuche, Tabule, Pão sírio, Babagha-

sofia de seus trabalhos.

nouj, Homus e Coalhada seca. Seguido de pratos

Reserve seu convite para uma noite cheia de en-

quentes, como Mijadra, Abobrinha recheada, Kibe

cantos típicos do Oriente e desfrute de uma apresen-

assado e Esfiha. E para finalizar, Mhalabie de sobre-

tação da dança do ventre. Valor do convite: R$ 70,

mesa.

com bebidas à parte

A participação e colaboração das pessoas é vital para que a Toca das Horttênsias continue oferecendo

Data: 28 de agosto, a partir das 19 horas. Local: Rua José Felix de Oliveira, 1032 -

serviços de qualidade e cuidando dos idosos fragili-

Granja Vianna - Cotia

zados.

Informações: 4702-2618 / 4612-2843 97234-4816 / toca.horttensias@hotmail.com


Curtas Região

CQC sai em apoio ao Rancho dos Gnomos O programa da

“Há 24 anos cuidando de animais vítimas de descaso e

Band abraçou

Desde 13 de julho, o programa CQC, da Band,

violência, o Rancho dos Gnomos, localizado em Cotia,

exibe uma série de reportagens sobre o santuário

São Paulo, precisa de um novo espaço para seguir seu

a causa e está

de animais Rancho dos Gnomos. O local, que está

trabalho.

exibindo várias

em campanha desde o início de abril para conseguir

O Rancho dos Gnomos é trabalho do casal Marcos, 49, e

comprar um necessário novo espaço, já arrecadou

Sílvia Pompeu, 53, e fica a disposição de órgãos oficiais,

mais de meio milhão de reais por meio do site de

como Ibama e a Polícia Militar Ambiental, que encaminha

financiamento coletivo Kickante. Mas a quantia ne-

à dupla animais queimados, eletrocutados e vítimas do

cessária é R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos

tráfico. Aproximadamente 15 mil animais passaram pelo

mil reais). Leia matéria sobre este assunto na edição

Rancho. Hoje, aproximadamente 300m separam o Rancho

reportagens sobre o santuário.

da parte urbana da cidade. Para que este trabalho possa continuar sendo feito, salvando animais vítimas de abando e violência, vindos de circos, zoológicos, desmatamentos e queimadas é preciso ir para nova sede. O novo local é uma reserva ambiental na Serra da Mantiqueira, na cidade de Gonçalves, no sul de Minas Gerais e custa R$ 1,2 milhão. Através do site de financiamento coletivo Kickante eles já arrecadaram pouco mais de 500 mil. Agora o CQC abraçou a causa e conseguiu mais 60 dias de campanha aberta no Kickante

33 da Revista Full Time. A campanha do santuário, criado e mantido por

para juntos tentarmos alcançar os 1,2 milhão e garantir que o trabalho do Rancho dos Gnomos não pare por

um casal de veganos, foi prorrogada novamente por

aqui.” Produção/CQC.

dois meses com a entrada do CQC. A produção do

Se você ainda não ajudou, contribua com qualquer

programa emitiu a “Carta Aberta do CQC em Apoio

quantia a partir de R$ 10. Saiba mais em

ao Rancho dos Gnomos”, conforme ao lado:

www.santuarioanimal.com.br. Assista o vídeo do CQC: https://www.youtube.com/watch?v=8v0qmqmaHy8

44

Full Time M A G A Z I N E


Rota alternativa ao trânsito da Raposo Um novo projeto apresentado pela Prefeitura de Cotia interligará os bairros do km 26 até o km 21 (sentido capital), criando uma rota alternativa para o trânsito local, possibilitando sair da Estrada do Embu e chegar à Estrada Walter Steurer (antiga Espigão) sem usar a rodovia Raposo Tavares. “A obra será executada pelo município e começará nos próximos meses, com previsão de término para o final do primeiro semestre de 2016”, explicou o prefeito Carlão Camargo, que apontou a mobilidade como uma questão primordial para o desenvolvimento da cidade. A primeira fase do projeto envolve a abertura da interligação da Rua Meandro (Moinho Velho) com a Rua dos Esquilos (Jardim do Engenho). Em seguida, a Prefeitura investirá na melhoria dos acessos, recapeando, pavimentando e sinalizando as vias envolvidas. “Dali, seguirá para Estrada dos Galdinos e, logo em frente, Estrada Municipal Walter Steurer, antiga Estrada do Espigão, voltando a acessar a rodovia no km 21, perto do Rodoanel”, explicou o secretário de Obras, Toninho Melo. Será aberta ainda uma nova via ligando a Rua Howard Acheson (travessa da Avenida João Paulo Ablas) à Estrada dos Galdinos.


Região

Equitação

terapêutica em Cotia

Rancho Lucke & WA Rancho juntaram seus conhecimentos As equoterapeutas Simone Lucke do Rancho Lucke Equitação Terapêutica e Tatiana Nistal Nunes para Dias do WA Rancho uniram forças e conhecimento oferecer uma adquirido dentro e fora do Brasil para o atendimento de Equoterapia em Cotia, a terapia é realizada em equoterapia um picadeiro coberto junto à natureza e com esde qualidade trutura de uma grande hípica longe das clínicas, o que causa a percepção de bem estar como ganho a moradores adicional. da região.

46

Dias, do WA Rancho, resolveram unir forças e conhecimento adquirido dentro e fora do Brasil para o atendimento de Equoterapia em Cotia, realizada em um picadeiro coberto junto a natureza e com estrutura de uma grande hípica. A equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas da Saúde, Educação e Equitação. Imagine uma pessoa que vê o mundo

As equoterapeutas Simone Lucke, do Rancho

de uma cadeira de rodas, de baixo para cima. Quan-

Lucke Equitação Terapêutica, e Tatiana Nistal Nunes

do montada em um cavalo tem seu ângulo de visão

Full Time M A G A Z I N E


alçado para cerca de 2,5m de altura e experimenta a sensação de poder, conduzindo um animal forte e de grande porte! Psicologicamente, há um sensível reforço na autoestima e, se fechar os olhos, pela similaridade da marcha humana, terá a sensação de estar andando por conta própria. A terapia é realizada em ambiente natural, longe das clínicas, o que causa a percepção de bem estar como ganho adicional. O corpo do praticante recebe a ação do movimento tridimensional do cavalo, de cima para baixo, de um lado para outro, de frente para trás e de rotação, sendo assim, é permanentemente solicitado a fazer ajustes posturais pelo movimento do animal, recebendo estímulos. O cavalo realiza 52 a 60 passos por minuto, ou seja, em 30 minutos de terapia, teremos aproximadamente 1.800 passadas. São cerca de 1.800 ajustes tônicos. Mas, a equoterapia não atende somente a deficientes. Ela tem excelentes resultados no TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. Os pais e educadores devem questionar se: acham que a criança está desenvolvendo hiperatividade? A criança se frustra com facilidade? Ela parece triste ou deprimida? Ela perde a paciência com facilidade? Depois de avaliado, talvez seja o momento de desenvolver um plano terapêutico antes que haja complicações psicológicas secundárias. A equoterapia oferece outros programas, como

A equitação terapêutica pode ser um método pra-

o para adictos (dependência de álcool, drogas e jo-

zeroso e incrível! No aspecto físico, proporciona tônus

gos). Nesta terapia, o objetivo terapêutico é que, a

muscular, melhora no equilíbrio e na postura, desenvol-

partir da construção da relação homem-cavalo, o

vimento da coordenação motora e de orientação, esta-

participante encontre novas possibilidades para re-

belecimento padrão de marcha, estímulo da fala. Sob o

lacionar-se consigo e com os outros. Essa relação

aspecto psicológico, coibir fobias como altura, animais e

com o cavalo deve servir para construção de um se-

sociais, proporciona autoconfiança e autoestima, melho-

dutor ponto de contato com o mundo, ajudando aos

ra o relacionamento social e, em alguns casos, até inclu-

adictos em recuperação a tornar-se mais consciente

são no mercado de trabalho.

Equoterapia Rancho

de como as suas ações afetam os outros e a se reco-

O custo mensal do programa de equoterapia é de R$

nectar com emoções, como alegria, medo e tristeza

350,00 e contempla sessões semanais. Para praticantes

Estrada do Tabuleiro Verde,

que eles podem ter ignorado ou evitado durante sua

de Instituições Sociais como APAE e CEIC, os preços são

650 - Cotia

luta com vícios.

diferenciados.

Lucke & WA Rancho

Fones: 4614-0258 / 4614-3448


Curtas Mundo

Vaticano divulga documento histórico em defesa do meio ambiente O Vaticano divulgou, no dia 18 de junho, a en-

vida. Lembra que gestos co-

cíclica verde - uma carta do Papa com orientações

tidianos podem ser funda-

para a igreja. O documento, de 192 páginas, pede

mentais, como evitar o uso

um novo modelo de desenvolvimento, uma nova

de plástico e papel, separar

definição de progresso que não se baseie apenas no

o lixo, reduzir o desperdício

modelo econômico e tecnológico, mas numa eco-

de comida e o consumo de

nomia sustentável. O Papa Francisco defende uma

água. O texto mostra ainda

mudança radical no modelo econômico e no estilo

preocupação com novos

de vida das pessoas e disse que a ação do homem

conflitos, e faz um alerta:

arruinou a terra e, que se nada for feito, o mundo vai

guerras possam ser gera-

assistir à destruição de ecossistemas inteiros ainda

das pela falta de bens na-

neste século.

turais, como a água. O Papa

Ele afirma que combustíveis fósseis precisam

defende uma agricultura sem

ser substituídos com urgência, critica duramente o

transgênicos e o respeito pelos

consumismo em excesso e propõe outro estilo de

povos primitivos.

Papa diz que mundo vai ver destruição de ecossistemas se nada for feito. Pontífice pede modelo de desenvolvimento baseado na sustentabilidade. Leia a Encíclica na íntegra: http://migre.me/qXZtR

Ministra pede que franceses parem de comer Nutella para preservar ambiente A ministra do Meio Ambiente da França, Sé-

sem citar a declaração polêmica.

golène Royal, pediu à população em um programa

Em nota divulgada, a Ferrero

de televisão que pare de consumir o creme Nutella,

disse que está consciente dos

produzido pela empresa Ferrero, devido ao impacto

desafios ambientais e que

ambiental de sua produção. Em entrevista à rede de

assumiu

televisão Canal+, a ministra afirmou que o produto

de utilizar o óleo de palma

contribui para o desmatamento, já que o óleo ve-

de forma responsável. A

getal, matéria-prima do Nutella, é extraído da pal-

empresa importa 80% do

ma, planta cultivada principalmente na Indonésia e

óleo de palma da Malá-

Malásia, países que sofrem com o desflorestamento.

sia. O restante é fornecido

De acordo com o jornal britânico “The Guardian”,

pela Papua Nova Guiné,

o comentário da ministra fez a Ferrero, gigante italia-

compromissos

Indonésia e Brasil.

na dos chocolates, se pronunciar sobre o tema - mas

48

Full Time M A G A Z I N E


Reflexão

A Casa de Papelão

rançosos mas também doídos e carregados de dor que invadiam minha mente; mas não, eu não fiz nada além de dar-lhe um cigarro! Que indignação a minha! Queria ter uma calça de seu número no porta-malas de meu carro. Um co-

bertor eu poderia oferecer-lhe. Na realidade, nem lhe perguntamos se estava com fome. Sua necessidade certamente, não era só de tragar nicotina. Não, não fiz nada que pudesse ajudá-lo de fato! A minha indignação com a realidade foi tamanha, tão gigante quanto meu próprio egoísmo, pois, certamente, eu poderia ter feito alguma outra coisa.

Sábado, final de noite, por volta das 22 horas, fazia um frio em torno de 13 graus. Eu estava na região de Jabaquara, cidade de São Paulo; para ser mais precisa, na calçada de uma avenida movimentada por carros. Passa por nós um rapaz que para e nos pede um cigarro. Vestia uma jaqueta de nylon e uma bermuda. Carregava nas costas uma mochila e em suas mãos, papelões; uma caixa quadrada com dois lados abertos e um outro, bem maior, todo desfeito.  Sabia falar bem, comunicar-se bem. Foi educado, nos pediu licença antes de pedir o cigarro. Demos à ele um cigarro. Ele se despede, agradece e disse que “é do pedaço e que mora lá”, apontando com a mão direita para o seu lado direito, “do lado daquela casa verde”. Pensei que fosse mesmo uma casa e que, provavelmente, os papelões que estavam em sua mão faziam parte de seu trabalho. Dirigiu-se à sua moradia: um canteiro encostado a um muro branco

vem apenas para acomodar ou esquentar quem “mora nas ruas” (se é que pode-se chamar as ruas de moradia!). Descobri que os papelões servem também para fazer “casas”! Enfim, a rua é perigosa até para que mora nela, por isso é preciso esconder-se entre as plantas e o papelão, enquanto nós nos trancamos as sete chaves em nossos lares quentes, confortáveis, com cobertas e edredons e, aparentemente, achamos que estamos seguros. Certamente esta não é a única casa de papelão em São Paulo. Quantas dela existem? Quem fará esta conta?  Este fato ocorreu na noite de 27 de junho de 2015, Inverno.

que continha várias plantas altas, ao lado da real casa pintada de

Ssmaia Abdul, Pessoa e Psicóloga Narrativa, Especialização

verde. Com rapidez, acomodou-se, escondeu-se entre as plantas e

Internacional em Práticas Colaborativas, Designer de Grupos

fez uma parede com o papelão maior. Fiquei tão perplexa! Eu, que estava agasalhada, tremia de frio! Não me conformava com sua bermuda apenas, e, quanto à sua casa,

Colaborativos, Nova Scribe, Escritora por Paixão, PósGraduanda em Jornalismo Literário (2015-2016), que se chocou com a cena descrita e, agora, fica remoendo-se por ter sido tão egoísta! CRP 06/60674

algo que nunca havia testemunhado com meus próprios olhos, fez-

Para conhecer mais sobre a autora:

me estátua, fiquei paralisada na calçada, como se eu não acreditasse

www.facebook.com/ssmaia.abdul

que lá ele passaria aquela noite gelada. Passei minutos com meus movimentos paralisados, mas com a mente inquieta demais.  Pensamentos inúmeros, rápidos, espe-

50

Descobri, nesta triste noite, que papelões não ser-

Para conhecer outros textos da autora: http://wescribe.co/u/ssmaia-abdul/profile Conheça também o projeto novo Música COM TEXTO: www.facebook.com/musicacomtexto

Full Time M A G A Z I N E


Fulltime 34  

Gabriel Medina, Granja viana, Cotia, Vargem Grande Paulista, turismo, eco, direito,full time

Advertisement