Issuu on Google+

A Inquisição e o Sertão - A. Otaviano Vieira Jr.

trajetória pessoal de Antonio Otaviano Vieira Jr. – ao descrever sua aproximação ao tema e, passados muitos anos do encanto inicial, sua descoberta das possibilidades da documentação – revela, desde o princípio, muito do texto. Esse é outro dos méritos deste livro. A obra se confunde com a própria descoberta das muitas portas abertas para descortinar o passado. Confunde-se finalmente com a opção por um tipo de escrita que quer aproximar os homens daquele tempo com os homens deste. Aproxime-se, portanto, leitor, desse passado de tramas e histórias que o livro quer desenredar.


Ensaios sobre ações do Tribunal do Santo Ofício no Ceará


Ensaios sobre ações do Tribunal do Santo Ofício no Ceará

Antonio Otaviano Vieira Junior

Fortaleza 2008


Copyright©2008 by Edições Demócrito Rocha

Editora Albanisa Lúcia Dummar Pontes Gerente Administrativa Telma Beserra Coordenação de Design Gráfico Deglaucy Jorge Teixeira Coordenação de Produção Gráfica Sérgio Sampaio Projeto Gráfico, ilustrações e Editoração Eletrônica Suzana Paz Capa Suzana Paz Revisão Vessillo Monte e Edísio Fernandes Catalogação na fonte Rodrigo Leite Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

Vieira Jr, Antonio Otaviano Inquisição e o Sertão / Antonio Otaviano Vieira Junior. Ilustrações Suzana Paz – Fortaleza : Edições Demócrito Rocha, 2008. 184 p. ISBN 978-85-7529-393-5 1. . I. Título. CDU 82-2(81)

Edições Demócrito Rocha

Av. Aguanambi, 282 - Joaquim Távora - Cep 60.055-402 - Fortaleza-Ceará Tel.: (85) 3255.6270 - 3255.6036 - 3255.6256 - Fax (85) 3255.6276 FDR on-line: www.fdr.com.br/edr Endereços eletrônicos: edr@fdr.com.br I livrariaedr@fdr.com.br


À Minha Mãe, pelo amor e exemplo. Por me ensinar que nem sempre o medo é a melhor opção.


Passageiros do passado Embarcam em uma nau de papel e ancoram no mais pr贸ximo olhar Antonio Otaviano Vieira Junior


Agradecimentos

Escrever esse livro foi tarefa prazerosa. E o foi não por horas frente ao computador, por dias em arquivos ou por meses de leituras. Foi prazeroso pelas descobertas e confirmações nem sempre acadêmicas.A cada linha que escrevia e cada palavra pinçada em documentos encontrei apoio, carinho e amor de muitas pessoas. E a tais co-autores tenho muito agradecer. De casa veio meu apoio base, veio meu desejo de não me perder. À Cristina Donza e a Beatriz, que me ensinaram que o tempo tem um inimigo à altura: o amor. Vocês são minha casa. Ao Davi meu irmão, que mesmo de longe me apóia. Ao Kléredis irmão e amigo, companheiro de passado e de presente. À Carol minha cunhada, agradeço a acolhida e a “dança do quadrado”.


A Inquisição e o Sertão - A. Otaviano Vieira Jr.

trajetória pessoal de Antonio Otaviano Vieira Jr. – ao descrever sua aproximação ao tema e, passados muitos anos do encanto inicial, sua descoberta das possibilidades da documentação – revela, desde o princípio, muito do texto. Esse é outro dos méritos deste livro. A obra se confunde com a própria descoberta das muitas portas abertas para descortinar o passado. Confunde-se finalmente com a opção por um tipo de escrita que quer aproximar os homens daquele tempo com os homens deste. Aproxime-se, portanto, leitor, desse passado de tramas e histórias que o livro quer desenredar.


A Inquisição e o Sertão