Page 1

Televisão Armação Ilimitada – seriado inovador na tv brasileira. Ficou no ar entre 17/05/1985 a 08/12/1988. A idéia do seriado partiu dos amigos Kadu Moliterno e André di Biase. No elenco destaques para Andréa Beltrão(Zelda Scott),Jonas Torres(Bacana) e Francisco Milani(chefe).

Cassino do Chacrinha - lançou vários artistas da época. De março/82 a julho/88 todas as tardes de sábado. Em 1983 devido a uma estafa Chacrinha foi substituído durante um mês por Agildo Ribeiro. Em junho de 88, com câncer no pulmão, o velho guerreiro(da Terezinha e vocês querem bacalhau?) seria substituído por João Kleber. No dia 30 do mesmo mês acabou a buzinada. Perdidos na Noite - Começou em 1984 na TV Gazeta, depois foi para a Record e em abril de 86 estreou na Bandeirantes. Goulart de Andrade foi quem lançou o apresentador Fausto Silva para a tv. O programa no melhor estilo bagunça total teve sua 1 a apresentação de banda ao vivo com os Paralamas. Os mesmos pediram para tocar ao vivo e não playback. E a moda pegou. Tv Pirata – Sucesso total, principalmente na 1 a fase de março de 1988 a julho de 1990. No elenco Claúdia Raia, Cristina Pereira,Débora Bloch,Diogo Vilela,Guilherme Karam,Louise Cardoso,Luiz Fernando Guimarães,Marco Nanini,Ney Latorraca e Regina Case. Quem não lembra do Barbosa?(Ney Latorraca), ou do Zeca Bordoada(Karam) tão macho que fazia barba com serra elétrica.Destaque também para a novela ‘Fogo no Rabo’. Viva a Noite – No estilo brega/popular apareceu Gugu Liberato, o assistente de palco de Silvio Santos que virou apresentador.Estreou em 1982 , ia ao ar aos sábados a noite e terminava com todo mundo batendo os braços e imitando passarinhos. Em 1989 a Globo queria contratar Gugu ao invés de Faustão para o programa de domingo. Silvio Santos pagou cinco vezes mais e deu outras regalias a seu pupilo. Bozo – Estreou em 1980. Chegou a ficar no ar(de 2 a a sábado) até oito horas e meia por dia. Havia um revezamento de ‘Bozos’ para tanto tempo de programa. Os palhaços de maior destaque foram: Wandeko Pipoca(atualmente morando em Balneário Camboriú e fazendo shows cômicos pelo Brasil); Luis Ricardo(faz anúncios do Baú da Felicidade);Arlindo Barreto(após envolvimento pesado com drogas virou pastor da igreja batista e apresenta-se como Bozo nelas);Décio Roberto(falecido em 1991) e Marcos Pajé(trabalha no programa da Eliana).O bordão mais conhecido do palhaço era ‘Ah!que peninha!!!’ Balão Mágico – 1983.Simony com seis anos apresentava junto com Fofão o programa Balão Mágico na Globo. Na abertura a música ‘Lindo Balão Azul’ de Guilherme Arantes. O programa ficou no ar até 1986 e novos personagens também entraram: Mike,Tob,Cascatinha e Fofinho. Quem acabou mais se destacando foi Jairzinho. Sitio do Pica-Pau Amarelo – Inicio em 1977 e duração de nove anos sem paradas.Conforme iam crescendo os personagens(principalmente Narizinho e Pedrinho) eram substituídos. Os mais marcantes foram a Dona Benta(Zilka Salaberry falecida em 2005); a Narizinho Rosana Garcia;a Emília Reny de Oliveira(atualmente nos EUA/professora de yoga) e a Tia Anastácia Jacyra Sampaio. Xou da Xuxa – Não poderia passar desapercebida. O programa iniciou em junho/86 e terminou em dezembro/92. Por incrível que pareça, Xuxa lançou sete discos alcançando a vendagem de 14 milhões. Destaque para ‘Ilariê’. Também em seu programa acabou lançando a musa dos adolescentes Luciana Vendramini(ex-paquita).


Garoto Bombril – Criado por Washington Olivetto e Francesc Pettit, foi considerado o mais importante garoto-propaganda dos anos 80.Quem encarnava o personagem era o ator Roberto Moreno. Na seleção de atores para o personagem 40 participaram. Um dos nomes cotados para o papel era o de Marco Nanini. Baixinho da Kaiser - Lançamento em 1984. Na idéia do comercial algumas pessoas dançavam ao som ‘a kaiser é uma grande cerveja...’. Um em especial chamou a atenção da produtora de tão desengonçado e que errava coisas simples como virar para a direita ou vice-versa e sempre atrasava as filmagens. Nascia o baixinho da Kaiser, o catalão José Valien Royo. Ficou 16 anos no posto. Fernandinho – a frase ‘Bonita camisa Fernandinho’ ficou muito famosa. Era da grife UsTop e era dita pelo chefe (tipo máfia) para o personagem. Os funcionários puxa-sacos respondiam ‘ a do senhor também é linda!’.O personagem aliás era Dany Roland baterista da banda Metrô(sucessos de ‘tudo pode mudar’ e ‘beat acelerado’). O 1 o sutiã - A menina do primeiro sutiã Patrícia Luchesi tinha 11 anos quando fez o comercial da Valisere. Era 1987. A frase ‘o primeiro sutiã a gente nunca esquece’ pegou. Alf, o Eteimoso – Estreou em 1988 no Brasil. Na história, seu planeta explodiu e ele caiu em Los Angeles, na garagem da família Tanner. Sua maior diversão era perseguir o gato da família e o bordão ‘tá limpo!!!’. Chips – Erik Estrada era Frank Poncherello e Larry Wilcox, Jon Backer. Eram uma dupla de policiais rodoviários que em sua motos resolviam vários casos.De tanto sucesso os dois atores viraram galãs e começaram as confusões. Eric chegou a ser afastado da série devido seu estrelismo, por sete episódios. Em 1982 Larry(que era o louro) decidiu sair pois não havia clima. Tentaram manter a fórmula com outro ator e não deu certo. O Homem de seis milhões de dólares –Lee Majors era Steve Austin.Foi o primeiro homem biônico do mundo.Após acidente sofreu uma cirurgia onde componentes biônicos foram colocados em seu corpo dando-lhe superpoderes. O custo da operação? Daí o nome da série. O Homem do fundo do mar – Patrick Duffy fazia Mark Harris, um homem anfíbio sobrevivente da Atlântida ou de qualquer outra civilização do fundo do mar. Entre os dedos tinha uma espécie de membrana que deixava a mão parecida com pé-de-pato.A série foi sucesso no Brasil e outros lugares , não nos EUA. Duffy ficaria mais famoso no seriado Dallas. O incrível Hulk – Um dos marcos dos anos 80. Bill Bixby era David Banner e quando ficava nervoso virara o brutamontes(interpretado por Lou Ferrigno). Ferrigno tinha apenas 25% da audição , fisiculturista e Mr.universo por dois anos seguidos.Tinha 1,97m de altura.No famoso seriado de tv o médico se transformava em Hulk duas vezes por episódio. Hulk raramente era maquiado por inteiro. Nos pés usava sapatilhas verdes e só em close elas não faziam parte. Japoneses – Os heróis japoneses tiveram fôlego até o início dos 80. Entre eles Ultramen, Ultraseven, Spectromen, Robô Gigante,Vingadores do Espaço...

Speed Racer – O japonês de maior sucesso no início dos anos 80 foi Speed Racer. A bordo da sua Mach-5 que em seu volante tinha diferentes surpresas sempre se dava bem nas corridas com competência e honestidade. O acessório que mais usava era o autojach, um macaco automático com molas que permitia saltar obstáculos.


Caverna do Dragão – Febre na segunda metade dos anos 80. Teve 27 episódios e vez ou outra eram repetidos. O último episódio da série, que jamais foi produzido, é que a turma morre e vai para no inferno. Corrida Maluca – Desenho de muito sucesso no início da década e que faz sucesso até hoje. Os carros que mais venceram as corridas foram a Penélope Charmosa(carro n.5);Quadrilha da Morte(carro n.7);Carroça a vapor do Tio Tomas(carro n.8) e Peter Perfeito(carro n.9). Quem nunca subiu ao pódio: Dick Vigarista e seu cachorro Rabugento. Outros da época: He-man e she-ra; Thundercats; Smurfs...

Viva o Gordo – De 1981 até 1987. Nesta época criou personagens memoráveis como o contra-regra Piloto (‘ih!falha nossa’); dentista tarado(‘bocão’); reizinho (‘que que eu sou...’);Padilha (‘tem pai que é cego’); Zé da galera(‘bota ponta Telê’); sacristão (‘cala a boca Batista’)...Com Eliezer Mota a dupla Capitão Gay/Carlos Sueli estourou. Chico Anysio Show – De 1982 até 1990. Um dos que mais apareceu foi o ‘craque’ perna-de-pau Coalhada que queria vaga na seleção brasileira. Também o sucesso apareceu nos personagens : Jovem, painho, Alberto Roberto, Nazareno, Bento Carnero vampiro brasileiro, Bozó... Em 1988 o espaço do programa foi dividido com A Escolinha do Professor Raimundo. Clip Clip – Primeiro programa da Globo só com clipes.Estreou em setembro/84. A música de abertura era ‘In Between Days’ do The Cure. Ficou no ar até março/87. Geração 80 - Em 1981. Cenário no estilo discoteca com rampas de skate e patins. Todo domingo às 17h. Apresentadores Kadu Moliterno e Nádia Lippi. Atrações com playbacks e destaque para os sucessos da época. Com frequência Robertinho de Recife com ‘O elefante’ e ‘seja o meu céu’. Na Globo. Globo de Ouro – Atravessou a década de 80. Foi lançado em 1972 e foi até 1990.Destacava os dez primeiros lugares nas paradas em ordem decrescente. Atrações com playbacks. Mixto Quente – Também na tv Globo.Exibido em 1986. Gravado em praias do Rio e com muito público. Algumas atrações: Barão Vermelho, RPM, Ultraje a Rigor, Tókyo,Rita Lee,Raul Seixas... Fm TV – Na rede Manchete. Iniciou em 1984. Entre o trio de apresentadores estavam o ator Tim Rescala e a atriz Patrícia Pillar. Exibição de clipes. Em 1986 saiu do ar. Página 2 de 8

Revistas/Livros/Arte Roll – Lançada em 1983. Primeira revista inteiramente de rock. Era escrita por quem escrevia de bandas e tinha abertura de espaço para as bandas nacionais que começavam a tocar nas rádios roqueiras. Acabou no fim da década. Revista-Poster – Entre 1981/84. Lançada pela Somtrês diretamente para os rockeiros. Continha história,discografia completa e muitas fotos. Abrindo-a um super pôster. Lançamentos de maior sucesso:Queen,Kiss,Van Hallen,Led Zepellin,Gênesis,The Police e Rollingstones.Quem escrevia os textos em português era Paulo Ricardo Medeiros, futuro RPM.


Bizz – Disparado a de maior sucesso da década. Nascida em agosto de 1985 logo após o Rock in Rio. Reportagens nacionais e internacionais,análise de LP,seção de bandas novas e muito mais faziam parte. Além das edições regulares, fazia várias especiais como revistas-pôsteres, letras traduzidas e ídolos do rock. Playboy – Reinou sozinha com a queda das concorrentes Status e Ele Ela. A revista com Hortência (do basquete) esgotou em sete dias. Em dez dias sumiu das bancas a de Luciana Vendramini (87). Dentre as capas mais marcantes da década estavam: Lucélia Santos (81), Xuxa (82), Luiza Brunet (86), Maitê Proença (87) e Luma de Oliveira (88). Chiclete com Banana – Nasceu em 1985.As atrações, criadas e desenhadas pelo cartunista Angeli eram o punk Bob Cuspe, os hippies Wood e Stock, o egocêntrico Walter Ego,a dupla infernal dos Skrotinhos e a Rê Bordosa (vodka,cigarro,sexo e badalações). Chegou a vender 110 mil exemplares.Acabou no fim da década. Feliz Ano Velho – Lançado em novembro de 1982. Relato autobiográfico de Marcelo Rubens Paiva. Ficou mais de 80 semanas na lista dos dez mais vendidos.Acabou virando filme. Eu Cristiane F. 13 anos, drogada e prostituída – Biografia da adolescente alemã de 13 anos que se prostituía para comprar heroína. Lançado em 1982 virando best-seller instantaneamente. Escrito por Kai Hermann e Horst Hieck.Virou filme no mesmo ano. O nome de Cristiane era Vera Cristiane Felscherinow. Quinze anos após o lançamento do livro, Cristiane teve um filho. Escritores/Teatro/Plásticas/Dança – Em Blumenau acontecia a APEI (associação dos poetas e escritores independentes) que tinha entre seus integrantes Fabrício Wolff (um dos fundadores do Clube), Rosane Magaly e Tânia Rodrigues; no teatro figuras conhecidas agitavam:Alexandre Venera, Pepe Sedrez, Silvinho, Carlos Jardim (no infantil). Alunos do colégio Pedro II lançaram o grupo TuVão em 86 (vencedor do Festival Bradesco). Entre os atores: Luis Loewen (atual micro empresário), Gio Moroska(locutor), Tubarão(gerente de loja), Osmar Mazzo (designer), Nico Wolff (um dos fundadores do Clube), Cinara (advogada), Rosely (professora) entre outros. Nas artes plásticas alguns destaques para: Ligya Neves, Roy Kelermann, Tadeu Bitencourt, Telomar Florêncio. Dança ficou com o Teatro Carlos Gomes (Pró Dança). Página 3 de 8

Filmes Guerra nas Estrelas – O império contra-ataca (80) e o Retorno de Jedi (83). Continuação de Guerra nas estrelas (1977). Escrito e dirigido por George Lucas. Pra variar Harrison Ford fez um dos papéis principais. Estrelado também por Carrie Fischer. Os robôs C3PO e R2D2, o macacão Chewbacca e o super vilão Darth Vader estão vivos em nossas mentes até hoje. Blade Runner – Um dos filmes cult’s da década. No papel principal Harrison Ford. Perseguição aos replicantes. Dustin Hoffmann foi convidado para interpretar o papel principal, recusou e Ford assumiu. Indiana Jones – Trilogia criada por Steven Spielberg e George Lucas(sucesso no final dos 70 com Guerra nas Estrelas). Arqueólogo(Harrison Ford) vivia em busca de objetos antigos. Em 81 Os caçadores da arca perdida; Indiana Jones e o templo da perdição(84) e Indiana Jones a a última cruzada(89). E.T.o extra-terrestre – De 1982.Clássico da geração.Sucesso estrondoso de Steven Spielberg. História de alienígena perdido na terra e é ajudado por criança e depois pela família.No ano de lançamento o filme faturou 700 milhões de dólares. Numa das cenas do filme(a do Halloween) há uma criança vestida de Yoda, personagem de Guerra nas Estrelas,homenagem de Spielberg ao amigo Lucas. A criança Drew Barrymore tempos depois posou nua para a playboy americana, atualmente é umas das Panteras.Foram usados quatro Et’s no filme, um era fantasia, o restante fantoche e eletrônico.


Conta Comigo – De 1986. Cultuado por boa parte da geração. Filme passado na década de 50 e conta história de quatro meninos que selam pacto de amizade. No elenco atores que virariam celebridades no futuro:River Phoenix(morto por overdose), Kiefer Shuterland e Jonh Cusack. Flashdance – De 1983. História de menina que queria matricular-se em escola de dança. O maior sucesso do filme foi a trilha sonora. No Brasil vendeu a marca de 700 mil cópias duas semanas após o lançamento. Corra que a polícia vem aí – De 1988.Do grupo ZAZ . Em 1980 já tinham feito sucesso com Apertem os cintos... Destaque para Frank(Leslie Nielsen). O filme debocha da cultura da indústria cinematográfica e da linguagem dos filmes policiais. Os caça-fantasmas – De 1984. Parapsicólogos desempregados se unem e formam os caça fantasmas. No elenco Bill Muray,Dan Akyrodyd,Sigourney Weaver,Rick Moranis e Harold Ramis. Na divulgação do filme havia número de telefone gratuito onde as pessoas poderiam ligar, do outro lado secretária eletrônica com as vozes de Murray e Akyrodyd “Olá nós estamos fora caçando fantasmas”. Mil telefonemas por dia durante seis semanas. Batman – De 1989. Dirigida por Tim Burton. Como atores principais estavam Michael Keaton (Batman), Jack Nicholson (Coringa), Kim Bassinger (Vicky Valle). Faturou alto e aumentou a onda de Batmaníacos. Foi uma das maiores campanhas mercadológicas da história do cinema. Jack Nicholson recusou o cachê de três milhões de dólares e trocou por porcentagem na bilheteria e dos produtos comercializados.Ganhou infinitamente mais. Top Secret - De 1984. O filme é da mesma equipe de Apertem os Cintos e Corra que a Polícia... Val Kilmer interpreta um cantor de rock canastrão que se mete na 2 a guerra mundial. Comédia escrachada de bastante sucesso. Poltergeist – O fenômeno – De 1982. A série foi seguida por Poltergeist II- o outro lado(86) e III – o capítulo final(88). Apavorou muita gente. Família ameaçada por estranhos fenômenos ocorridos na casa. O filme foi inspirado na série de tv americana Twilight zone. Dominique Dunne que interpretou Dana no filme morreu aos 22 anos estrangulada pelo namorado no ano de lançamento do filme. No segundo filme os atores W.Sampsom e J.Back morreram ante do filme ser lançado. Um do coração o outro de câncer no estômago.E para finalizar a atriz Heather O’Rourke protagonista dos três filmes morreu,no auge da carreira,pouco antes do lançamento do III.Os médicos não identificaram a causa. Freddy e Jason – Os dois personagens mais terríveis nos anos 80. O primeiro Sexta-feira 13 foi lançado em 1980,quase que de ano a ano novo filme era realizado e em 1989 a parte VII foi feita ‘Jason ataca em Nova York’. Já Freddy Kruger começou em 1984 e também quase que ano a ano novo filme. Em 1989 era a vez de ‘A Hora do Pesadelo V – O maior horror de Freddy’.

Pancadaria – Maiores representantes :Stallone, Schwaznegger e Van Damme. Menino do Rio/Garota Dourada/Bete Balanço/Rock Estrela – A safra brasileira teve seu destaque. No geral filmes direcionados a juventude da época. Menino do Rio(81) mistura surfe,praia, música e amores.A trilha era cantada por Ricardo Graça Mello ‘De repente Califórnia’. Já Garota Dourada(84) é meio que uma continuação de Menino do Rio.Bete Balanço(84) com a presença na trilha e atuação do Barão Vermelho teve sua devida repercussão nos cinemas nacionais.O casal principal da trama era Débora Bloch e Lauro Corona(que tempos depois morreria de aids).Rock Estrela(86) era uma história de um estudante de música clássica que abandona a cidade que mora e a namorada para morar com o primo roqueiro(interpretado por Léo Jaime). Participações neste


filme:Tókyo,Dr.Silvana e Cia.,RPM e Metrô(tanto na telona quanto no LP). A faixa título que levava o nome do filme era de Léo Jaime. Oscar – Filmes que levaram a estatueta na década: Gente como a gente(80); Carruagens de fogo(81); Gandhi(82); Laços de ternura (83); Amadeus(84); Entre dois amores (85); Platoon (86); O último imperador (87); Rain man (88); Conduzindo miss Daysi (89) e Dança com Lobos (90). Página 4 de 8

Música Festivais da Canção – Década de ouro dos festivais musicais. Lançaram e/ou impulsionaram vários nomes entre eles Kleiton e Kledir,Eduardo Dusek,Zé Ramalho,Guilherme Arantes entre outros. Vencedores dos festivais: MPB80 1. lugar Oswaldo Montenegro com a música Agonia ; 2.Amelinha(Foi Deus quem fez você),3. Raimundo Sodré(A Massa); MPB-Shell 81: Lucinha Lins (Purpurina) seguida de Planeta Água (Guilherme Arantes) e Mordomia (Almir Guineto); MPB-Shell 82 Emilio Santiago com Pelo Amor de Deus foi o vencedor, na seqüência Raízes de América com Fruto do Suor e Jane Duboc (Doce Mistério); Festival dos Festivais (85): Tetê Espíndola (Escrito nas estrelas), Mira Ira (Lula Barbosa,M.Mirah,Tarancón e Placa Luminosa) e Verde com Leila Pinheiro. Em Blumenau acontecia o Fuc (Festival Universitário da Canção) que na sua história teve como grande vencedor Édson Marinelli com seu grupo Fumaça de Ferro. Com o tempo, quase sempre com o mesmo vencedor o festival foi perdendo interesse. Também teve destaque, pouco antes, o Fec (Festival Estudantil da Canção) realizado no colégio Pedro II e que entre os organizadores contava com Marcelo Mello e Marcos ‘Loko’ Rizzo.

FESTIVAIS DE ROCK AO VIVO Rock in Rio - Inesquecível na cabeça de qualquer oitentista. O Rock in Rio foi um divisor de águas. Idealizado por Roberto Medina, teve 14 atrações internacionais(coisa rara na época no país) e 15 nacionais. A Cidade do Rock foi construída especialmente para o evento.Dez dias de show em janeiro de 1985 e 90 horas de rock,jazz,balada e até forró. Na platéia 1,35 milhão de pessoas.A música tema todo mundo conhecia ‘...que a vida começasse agora ,que o mundo fosse nosso de vez, que a gente não parasse mais de se amar, de se dar, de viver ôôô Rock in Rio’ era cantada pelo Roupa Nova. As atrações eram:Ney Matogrosso,Erasmo Carlos,Baby e Pepeu,Ivan Lins,Elba Ramalho,Gilberto Gil,Paralamas do Sucesso,Blitz,Lulu Santos,Moraes Moreira,Alceu Valença,Kid Abelha e os Abóboras Selvagens,Eduardo Dusek,Barão Vermelho,Rita Lee,Whitsnake,Iron Maiden,Queen,All Jarreau,James Taylor,George Benson,Nina Hagen,Go Go’s,Rod Stewart,Scorpions,AC/DC,Ozzy Osbourne,Yes e B’52. Três foram os dias de maior público.As atrações destes dias eram:Ivan Lins,Elba,Gil,Al Jarreau,James Taylor e George Benson(sábado 12);Kid Abelha,Dusek,Lulu,B-52,Go Go’s e Queen(sexta 18) e Baby e Pepeu,Whitsnake,Ozzy,Scorpions e AC/DC(sábado 19). No festival foram consumidos 1,6 milhão de litros de bebida;7,5 mil quilos de macarrão;3 mil quilos de queijo ralado;900 mil sanduíches;33 mil tubos de mostarda;500 mil fatias de pizza;800 quilos de gel para cabelo;123 mil quilômetros de papel higiênico;58.185 hambúrgeres(em um só dia/faz parte do Guinness Book tal venda). A cerveja oficial do Festival? Malt 90.De todos os brasileiros que se apresentaram o que mais se deu bem em seguida foram os Paralamas e a Blitz desencadeou o que todos da banda já esperavam:o fim(precocemente já estavam cansados deles mesmos). Hollywood Rock – Em 1988 patrocinado pela Souza Cruz.Em São Paulo (de 13 a 16/01) no Morumbi, no Rio( 06 a 09/01) na Praça da Apoteose. Atrações: Irã,Titãs,Paralamas do Sucesso,Ultraje a Rigor, Marina,Lulu Santos,Pretenders,UB 40, Simple Minds, Simply Red, Duran Duran e Supertramp. Em 1990 a dose se repetiria. De 18 a 20/01 em São Paulo e de 25 a 27/01 no Rio com Gilberto Gil, Barão Vermelho, Lobão, Capital Inicial, Engenheiros do Hawaii,Euritimics,Bob Dylan,Terence Trent D’arby,Tears for Fears,Marillion e Bon Jovi.


Em Blumenau o movimento ficou por conta do Blumenália, festival que reunia várias bandas iniciantes e outras nem tanto do cenário regional. De 83 em diante terminado em 90(no fim com mais baixos que altos). Foi substituído pelo Rock na Rua, com organização ímpar e que viraria em 96 a 1. coletânea digital de bandas de rock da cidade. Circo Voador – Na capital carioca.Erguido em 15/01/1982.Se consagrou quando mudou para a Lapa em outubro do mesmo ano.Foi o berço do rock brasileiro.Em quase cinco anos de projeto, 258 bandas tocaram no projeto Rock Voador(lançamento de bandas novatas). Coletâneas – Várias de sucesso comercial ou underground. Algumas bandas conhecidas nasceram delas. Rock Voador (82) lançou Kid Abelha,Celso Blues Boy e Sangue da Cidade; Banda Contrabanda(86) lançou Uns & Outros; Os Intocáveis(83) trouxe à tona Zero,Capital Inicial e Eletrodomésticos;Não São Paulo(86) não estourou ninguém mas no underground marcou com Muzak eAkira S e as garotas que erraram;Rock Grande do Sul (86) tinha as primeiras gravações de Engenheiros do Hawaii,TNT,Garotos da Rua,Defalla e Replicantes. A Grito Suburbano(82) tinha Inocentes, Cólera e Olho Seco. Em Santa Catarina a coletânea Crime Perfeito(86) com destaque para Daniel Lucena(Banho das Seis) e Beto Mondadori(Belamente Humana). Comerciais – Algumas trilhas que marcaram os comerciais da Hollywood: Peter Frampton (Breaking all the rulles), Survivor (Eye of the tyger), The Police (every little she does is magic), Asia (Only time you teel), Kansas (Play the game tonight)… Juvenis/infantis – No Brasil se instaurou a Menudo Mania puxado pelo sucesso ‘não se reprima’ (segundo semestre de 84). Quando completavam 16 anos os integrantes davam lugar a outros. Em uma apresentação no Brasil(86) colocaram 200 mil fãs em um estádio; No rastro vieram os argentinos do Tremendo(85) ‘todos batendo palma isto é tremendo...’; O Dominó (85) criação do Gugu Liberato veio com pérolas bastardas ‘P da vida’e ‘manequim’; Ciclone, que passou com um tufão (ainda bem); Bom Bom (86) colocaram ‘vamos a la playa’ nas rádios(a diferença é que este grupo tocava e não ficava dançando); New Kids on the Block(84) com ‘step by step’. Dos infantis os de maior destaques foram A Turma do Balão Mágico de 83 (Simony, Tob. Mike, Jairzinho) com os sucessos ‘superfantástico’ ,’lindo balão azul’,’somos amigos’ e ‘ursinho pimpão’ e o Trem da Alegria de 84 Patrícia Marx, Luciano, Juninho Bill) emplacou ‘é de chocolate’ de Robertinho de Recife, ‘Uni Duni Te’ e ‘He-man’. As 10 mais – As mais tocadas e alguns destaques da década. Em 80 a que mais rodou nas rádios brasileiras foi Gal Costa (Balance). Dentre os destaques que rodaram temos Queen (Crazy little thing called love) e Pink Floyd (Another Brick inthe Wall); 81 quem mais tocou foi Kim Carnes (Bette Davis Eyes) destaque para Rita Lee (baila comigo) e Clarear (Roupa Nova); 82 foi o ano de Dalto (muito estranho). Destacamos também no mesmo ano Gonzaguinha com O que é o que é e Alceu Valença com Tropicana; 83 a mais rodada nas rádios foi Ritchie e a sua Menina Veneno, nos destaques deste ano Billie Jean (Michael Jackson) e Como uma onda (Lulu Santos); 84 Titãs (sonífera ilha), também se ouvia com freqüência Kid Abelha (como eu quero) e Óculos (Paralamas do Sucesso); 85 foi a vez de We Are the World (USA for África), destacamos também RPM (Louras Geladas) e Madonna (like a virgin); 86 Whitney Houston (Greatest love of all) com destaque também para Legião Urbana (Eduardo e Mônica) e Berlin


(Take my breath away); 87 foi a vez de Bon Jovi (Livin on a prayer) com Legião Urbana (Que país é este?) e U2 (With or without you); 88 Cazuza (faz parte do meu show), destaque para Sweet child of mine (Gun’s N Roses) e Ideologia (Cazuza); 89 Bem que se quis (Marisa Monte) mais Astronauta de Mármore (Nenhum de Nós) e Entre tapas e beijos (Leandro e Leonardo). E 90 a mais tocada foi Mariah Carey (Vision of love), Another day in Paradise (Phill Collins) mais Lambada (Kaoma). Vendas – Quem vendeu muito mais que os outros na década:o campeão Michael Jackson com o seu Thriller. Também Madonna. Por aqui o compacto do Ritchie (puxado pela Menina Veneno), o da Blitz (Você não soube me amar), a média sempre boa do Legião Urbana e o RPM, campeão com ‘Ao vivo’. Grudentas – Musiquinhas que muitos cantarolavam de tão grudentas: ...Bentevi ó meu bentevi (Renato Terra/Bentevi);...Linda só você me fascina (Roupa Nova/Linda demais);... Brilha no céu de novo uma estrela (Marcos Sabino/Reluz);...Voar voar subir subir (Biafra/Sonho de Ícaro);...Cuida bem de mim (Dalto/muito estranho);...Ela foi dar mamãe (Dr Silvana/Serão extra) e outras e outras. Confusões – Em 1982 boa parte do equipamento do Kiss desapareceu quando eles tocaram no Brasil. Em 81 o governador Chagas Freitas proibiu a apresentação do Queen no Maracanã na última hora. Em 84 pesquisa promovida por rádio carioca indicava qual atração internacional o brasileiro gostaria de ver: Dire Straits era o preferido seguido do Led Zepellin (que havia encerrado a carreira há quatro anos), Jimmi Hendrix e Jim Morrison (mortos há quinze anos). Havia um desconhecimento do público ao que se referia à música internacional. Poetas que se foram - Cazuza em decorrência da Aids em 07 de julho de 1990; Júlio Barroso (criador da Gang 90) em 06 de julho de 1984 caiu da janela do 11.andar de seu apartamento;Raul Seixas aos 44 anos. Causa:pancreatite aguda provocada pelo alcoolismo. Era 21 de agosto de 1989; Jonh Lennon - 08 de dezembro de 1980. Morto a tiros por um fã.

Página 5 de 8

Esporte Seleção Brasileira de 82 – Considerada uma das melhores seleções que o país já teve. O técnico era Telê Santana. Os convocados: goleiros Valdir Peres(São Paulo), Paulo Sérgio (Botafogo) e Carlos (Ponte Preta); laterais Leandro e Júnior (Flamengo) Edevaldo (Inter) e Pedrinho(Vasco); na zaga Oscar (São Paulo), Luisinho (Atlético MG), Edinho (Fluminense) e Juninho (Ponte Preta); meio-campo Cerezo (Atlético MG), Falcão (Roma), Sócrates (Corinthians), Zico (Flamengo), Batista (Grêmio), Renato (São Paulo) e no ataque Serginho (São Paulo), Éder (Atlético MG), Roberto Dinamite (Vasco), Paulo Isidoro (Grêmio) e Dirceu (Atlético de Madrid). Na campanha a vitória sobre a URSS por 2x1; 4x1 na Escócia; 4x0 na Nova Zelândia; 3x1 na Argentina e a derrota fatídica por 3x2 para a Itália em 05 de julho. O artilheiro do Brasil foi Zico com 04 gols. Copa do México/86 – Eliminados pela França nos pênaltis em 21 de junho. O técnico era novamente Telê Santana. O que mais marcou foi a cobrança de penalidade máxima desperdiçada por Zico no tempo normal de jogo. Sócrates era o batedor oficial da seleção, mas estimulou Zico a cobrar. Na disputa por pênaltis Sócrates e Júlio César erraram. A cena marcante da copa, além do pênalti, foi o gol do até então desconhecido lateral Josimar do Botafogo contra a Polônia. Campeões do Mundo - Inegável a importância de Flamengo e Grêmio na década. Em 1981, dia 13 de dezembro em Tóquio, o time carioca levantava a taça de campeão do mundo na decisão contra o Liverpool. Vitória por 3x0 com Nunes(2) e Adílio, marcando os gols. Em 1983 foi a vez do Grêmio levantar a taça. A final foi contra o


Hamburgo em 11 de dezembro. Entre os jogadores estavam os experientes Mário Sérgio, Paulo César Caju e Tarciso. O destaque acabou sendo o ponteiro Renato Portaluppi fazendo dois gols, sendo um na prorrogação. Fama a jato - Destacamos o primeiro/original Margarida. Era Jorge José Emiliano dos Santos. Estreou em jogos profissionais em 1988 mas já era famoso por seus trejeitos no apito por todo o Rio. Gay assumido morreu aos 41 anos no começo de 1995. Também , não menos famoso o Íbis, pior time do mundo, perdeu 09 jogos seguidos e ficou 23 sem vencer. Chegou a 89 gols contra e somente 04 a favor em 1981. Beirou os três anos sem vitória. Vôlei - Los Angeles, 1984. O Brasil marca a história com a geração de prata do volei. Entre os atletas estavam Bernardinho (do saque Jornada nas Estrelas); Xandó, Badalhoca, Montanaro, Ruy, Renan (do saque viagem ao fundo do mar); Willian, Amauri, Marcus Vinícius, Domingos Maracanã, Bernard e Fernandão. Técnico: Bebeto de Freitas. No feminino a década destacou Jaqueline, Isabel e Vera Mossa. Basquete - A data de 23 de agosto de 1987 está marcada na história do basquete brasileiro. Foi a final dos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis onde a seleção brasileira venceu a imbatível seleção dos Estados Unidos. Em 106 anos de basquete a equipe americana jamais havia perdido uma partida oficial em seus domínios. O Brasil venceu de 120x115 e fez o país chorar de emoção. Atletas da façanha: Guerrinha, Marcel, Oscar, Gérson, Israel, Paulinho Villas-Boas, Rolando, Cadum e Pipoca. Técnico Ary Vidal. No feminino as rainhas do Brasil foram Hortência e Paula. Boxe – Surgia o fenômeno Mike Tyson. Profissionalizou-se em 1985. Em 87 unificou os três cinturões, tornando por muito tempo imbatível. Caiu em 1990, vencido por James Buster Douglas. Pelo Brasil produziram Adilson ‘Maguila’ Rodrigues. Teve 37 lutas no currículo com 35 vitórias (26 por nocaute). Alguns de seus ‘adversários’ eram um cantor de cassino (Mike Jameson), um metalúrgico (Samuel Scaff), um pedreiro (Walter Santemore) e um jogador de basquete (Mike White). Esta última acontecida em Blumenau. Em 1989 Evander Holyfield acabou com tudo, quase acabando com o próprio lutador. Fórmula 1 – Década de melhor expressão com Nélson Piquet e Airton Senna. Piquet foi o grande campeão em 81/83 e 87. Senna em 88/90 e 91. Medalhas – Brasil nas olimpíadas: 1980 Ouro para Lars Bjorkstrom/Alexandre Walter (iatismo/tornado) Marcos Soares/Eduardo Penido (iatismo/470); Bronze para João do Pulo (atletismo/salto triplo) Djan Madruga/Ciro Delgado/Marcus Matiotti (natação/4x200m livre); 1984 Ouro Joaquim Cruz (atletismo/800m); Prata Douglas Vieira (judô/meio pesado) Ricardo Prado (natação/400m medley) Torben Grael/Daniel Adler/Ronaldo Senfft (iatismo/soling) Vôlei Masculino e Futebol; Bronze para Luis Onmura (judô/leve) e Walter Carmona (judô médio); 1988 Ouro para Aurélio Miguel (judô/meiopesado); Prata para Joaquim Cruz (atletismo/800m) e Futebol; Bronze para Róbson Caetano (atletismo/200m) Torben Grael/Nélson Falcão (iatismo/star) Lars Grael/Clínio Freitas(iatismo/tornado). Página 6 de 8

Brinquedos Genius – Chegou às lojas em junho de 1980,lançamento Estrela. Na primeira metade dos anos 80 foi a maior febre. Consistia em apertar as quatro teclas coloridas (vermelha,azul, amarela,verde) na seqüência exata da máquina.A cada rodada o brinquedo acrescentava novo movimento e a velocidade das luzes aumentava. Atary/Odyssey – Os dois foram lançados em 1983, o primeiro pela Phillips e o segundo pela Polyvox/Gradiente. O Atary acabou fazendo mais sucesso(também era mais barato). Alguns cartuchos famosos: Boxe, Enduro, Jungle Hunt, Moon Patrol, Pac-Man e Space Invaders (Atari); Cryptologic, Fórmula 1, Ovni, Pegue o dinheiro e corra, Senhor das trevas e Wall Street (Odyssey).


Aquaplay – O objetivo era encaixar argolas em pequenas hastes. Tinha vários modelos entre eles o futebol, pescaria, basquete, aquário e golfinho. Jogos - Talvez o de maior destaque da década tenha sido o Detetive e seus suspeitos (Cel.Mostarda, Srta.Rosa, Dona Branca, Sr.Marinho, Prof.Black e Dona Violeta). Quem matou, com que arma e em que lugar da mansão? Também teve destaque o War 2 (lançado em 81) estratégico e complexo (tinha aviões) e o criador foi o brasileiro Mário Seabra. Bonecas – As meninas adoravam Susi patins(81) e Susi Noiva(82); a coleção Moranguinho (bonecas com cheiro); Ursinhos carinhosos (86) e Meu querido Pônei. Bonecos - Os meninos eram ligados no Falcon (principalmente o modelo olhos de águia) e Transformers (85) da Estrela e o Forte-Apache do Playmobil.

Página 7 de 8

Modismos Na real a década foi marcada pela calça jeans, camiseta e tênis. Vez ou outra algum modismo pintava na área.Citaremos alguns: Para as meninas: vestidos trapézio, saia balonê, polainas de lã, melissa, top-siders...; Para os meninos: bermuda, calças surf wear, tênis all star, tênis quadriculado, camisetas sem mensagens americanizadas...; Para ambos: new wave gel purpurinado e new wave glliter gel; cabelo mullet, ombreiras, moleton com capuz,roupas dark... Página 8 de 8

Rápidas e rasteiras Da lata : No final de 1987 surgiram latas misteriosas nas praias brasileiras. Tinha 1,5 quilo e era maconha prensada a famosa ‘da lata’ termo adotado até hoje(inclusive por Fernanda Abreu). A história conta que certo navio panamenho para escapar de flagrante da polícia brasileira dispensou o produto.A polícia recuperou 2.500 unidades das vinte mil latas. O restante apareceu com mais freqüência nas praias do Rio,São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Beijoqueiro: Deu seu primeiro beijo em 1980 no Maracanã em Frank Sinatra. Ficou famoso e não parou mais. Beijou o Papa João Paulo II,Roberto Carlos,Tony Bennet,Pelé,Garrincha, Zico, Falcão, Xuxa, Jacques Costeau, Figueiredo, Brizola... sempre furando o esquema de segurança. Virou até música da dupla gaúcha Kleiton e Kledir. Contabilizou celebridades, conseguiu fama e também mais de 20 ações, 60 surras e 78 prisões. Roberta Close: 1,80m de altura. Um mulherão que não era mulher. Nascido Luiz Roberto Gambine Moreira fez estrondoso sucesso em 84 seguindo por muito tempo. Virou música na voz de Erasmo Carlos,desfilou no carnaval,posou para Playboy... Quase dez anos depois,já casada, trocou de sexo através de cirurgia. Macaco Tião – Em 1988, lançado pela turma do Casseta e Planeta o macaco Tião foi o político mais famoso da época. No circo voador ganhou festa de lançamento da candidatura para a


prefeitura do Rio. Participaram Léo Jaime,Celso Blues Boy e Ultraje a Rigor. Recebeu 130 mil votos(não era voto eletrônico) e na soma dos nulos e brancos chegaria ao segundo lugar. Gírias – Algumas da época: baba-ovo (puxa-saco), dar um tapa (fumar cigarro de maconha), chocante (muito bom), detonar (livrar-se de algo), mala (pessoa chata), rolar (deixar acontecer), rolo (ficar várias vezes), ta crowd (tá lotado), viajar na maionese (delirar)...

Fontes: Almanaque anos 80 de Luiz A. Alzer e Mariana Claudino. Ediouro; Dias de Luta – Ricardo Alexandre. DBA; NicoWolff.

Curiosidades 80  
Curiosidades 80  

teste

Advertisement