Page 1


Haras Dona Flor A paixão pelo cavalo

a

paixão pelos animais e o respeito pela natureza são características que estão no DNA de Nelson Grassi Melo Franco. A família trabalha com a lida no campo desde a época em que avô e bisavô transportavam gado de Pará de Minas/MG para várias regiões do Brasil. Quando pequeno ele acompanhava o pai e os tios na rotina da fazenda, mas os bovinos nunca encheram os olhos do menino Nelsinho. “Meu pai e eu íamos fazer serviços na fazenda de um amigo e ele reunia a tropa de cavalos no curral. Aquilo me alucinava!”, relembra Nelsinho. O contato com cavalos Campolina veio só mais tarde quando foi presenteado pelo pai Nelson com algumas éguas que foram herdadas do seu tio Hélio, coincidentemente antigo dono da propriedade onde funciona o Haras atualmente. Então, Nelsinho resolveu cruzá-las com garanhões da raça, por influência de familiares como Bernadino Melo Franco e Júlio José de Melo Franco, que sempre o incentivou a prosseguir com o criatório com preciosas dicas, e grandes amigos como Francisco Olivé Diniz e Ataliba Lopes Cançado. Vendo o resultado dos cruzamentos, logo Nelsinho se interessou pelo Campolina, principalmente pela beleza e imponência dos animais e decidiu de imediato a começar a sua criação. “Muitas pessoas falavam que para criar cavalos era necessário ser muito rico, o que me assustava naquela época. Mas cheguei à

conclusão que isso não é verdade. Nessas horas lembrava sempre de uma frase que meu avô repetia: ‘a gente é o que quer ser na vida’. Isso me incentivou e resolvi seguir em frente”, lembra Nelsinho. Poucas pessoas sabem, mas o começo da criação de cavalos Campolina de Nelsinho não foi com o Haras Dona Flor, nome que ficou conhecido em todo Brasil pela qualidade dos animais. Quando iniciou os trabalhos com equinos, em maio de 1987, o primeiro nome do criatório foi Haras Lobeira, uma referência às várias árvores da espécie que povoavam o terreno. A criação durou quatro anos com esse nome e mesmo ainda no início de um trabalho, o Haras Lobeira rendeu bons produtos. A última égua da geração do haras, Dinda da Lobeira, chegou a ser cotada como campeã nacional e ganhou diversas exposições pelo país. Em 1991, para homenagear sua avó Florisbela de Sá e Melo, que sempre o apoiou incondicionalmente na criação de cavalos, Nelsinho resolveu substituir o nome do haras de Lobeira para Dona Flor, nome pelo qual a avó era carinhosamente chamada por amigos e familiares. “Meu avô sempre dizia que ‘o que se leva da vida é a vida que se leva’, por isso tinha que fazer o que me dava prazer e sempre buscar o que me realizava”, comenta. Começava então uma trajetória comprometida com a evolução do cavalo Campolina e principalmente com a genética do andamento, tão procurada hoje pelos criadores e apreciada pelos que gostam de montar.


HÁ 25 anos buscando a funcionalidade do cavalo Campolina

p

ode se dizer que a base do plantel do Haras Dona Flor foram os garanhões Napoleão de Cassorotiba, Gás Gavião, Gás Veraneio e LE de Santa Rita juntamente com a matriz Papoula do Império, filha de um dos cavalos mais premiados da raça, Narciso do Angelim, campeão de raça e marcha da Nacional. Com um nível de andamento acima dos padrões, os animais reuniam todas as qualidades de bons reprodutores e uma excelente matriz. Foi a partir deste momento que o criador começou a pensar o plantel tendo a funcionalidade do cavalo como o norteador dos trabalhos do Haras. Principalmente o garanhão Napoleão de Cassorotiba, descendente de Estádio do Desterro, referência de andamento na época. Napoleão era o reprodutor perfeito para este início de sua trajetória com o objetivo de aliar a funcionalidade à beleza do animal. Os reprodutores atuais também seguiram em direção à funcionalidade e beleza da raça. Prelúdio da Palmeira, com morfologia moderna e excelente andamento, juntamente com Imagem do L.L.C, filha de Gás Ouro, são os pais de Peter Pan da Dona Flor, garanhão que reuniu o melhor da genética dos animais. Samuray da Dona Flor é filho de Cale da Hipiteba e neto de Iluminado de Alfenas, renomado animal que se destacou por ser grande campeão de marcha e raça. A ótima descendência de Peter Pan e Samuray vem dando prosseguimento ao trabalho voltado para a modernidade morfológica e a funcionalidade da raça Campolina que todos os criadores tanto buscam. “De que adianta um belo cavalo que não pode ser montado? Temos que ter um cavalo bonito e preparado para uma boa montaria”, afirma Nelsinho. Nos 25 anos que lida com cavalos Campolina, a funcionalidade do cavalo aliada á morfologia exigida para os padrões da raça, sempre foram obsessão do criador. Todo o trabalho realizado no Haras tem o objetivo de produzir animais belos e funcionais, ou seja, bons de andamento e dóceis para o uso de toda família. Segundo Nelsinho, o segredo começa com a capacitação e o

diálogo com os profissionais que lidam com os cavalos. “A parceria e a discussão diária com os peões é fundamental para o bom funcionamento do haras. O criador precisa entender que mesmo com tantos anos de experiência, quem lida com os animais diariamente é o funcionário que trabalha no criatório. É preciso que criador e peão estejam com os discursos e ações alinhadas em busca da qualidade da tropa”, frisa Nelsinho. Toda a estrutura do Haras Dona Flor foi criada visando o treinamento e aperfeiçoamento do andamento dos animais. Nelsinho brinca: “Comecei a construir a casa dos cavalos antes que a minha”. São três pistas, diversos piquetes e redondel, onde, diariamente, os profissionais que trabalham no Haras preparam os animais. “Tenho as baias para poucos cavalos. Gosto de deixá-los nos piquetes. O cavalo nasceu para ser livre, se os deixarmos presos 24 horas eles ficam estressados, atrapalha os aprumos e musculatura e isso, consequentemente, reflete no seu temperamento. O animal precisa ter os membros soltos para ter movimentos naturais”, comenta Nelsinho.

A união de uma família e a valorização da amizade Por meio do cavalo No começo da criação, Nelsinho teve o apoio incondicional de seus pais, Nelson e Edelweiss e, é claro, da avó Florisbela (Dona Flor), inspiração para o nome do Haras. Apesar de ter colecionado títulos, troféus e premiações pelo Brasil, o que Nelsinho mais valoriza são as amizades conquistadas e a união que o cavalo proporcionou à família. “O Haras Dona Flor deu vida à minha vida. As cavalgadas repletas de amigos e minha família, com minha esposa Mara sempre ao meu lado, foi onde tive a oportunidade de conhecer melhor meus filhos Débora, Vanessa e Nelson Jr e meus sobrinhos. Pude ensiná-los a importância do respeito a Deus, à natureza, a simplicidade da vida e a alegria que encontramos nas pequenas coisas”.


Conviver com os amigos e difundir a raça Campolina pelo Brasil também é um dos objetivos do Haras Dona Flor. Para Nelsinho, estar perto dos animais é automaticamente se aproximar dos amigos e garantia de momentos de diversão e liberdade nas cavalgadas. Por seis anos consecutivos o Haras Dona Flor organizou a Cavalgada Histórica do Campolina, que sempre passa por Entre Rios de Minas, berço da raça. Para o criador, as cavalgadas e os muitos enduros dos quais já participou, inclusive com várias premiações conquistadas juntamente com o amigo Haroldo Mendes, são momentos também de se colocar à prova a funcionalidade de seus animais. Ao levar uma boiada de mil cabeças, de Arraial do Junco até Morada Nova/MG, Nelsinho e amigos puderam testar a resistência, a rusticidade e o bom andamento da tropa Dona Flor. Durante o trajeto de 70 km, até chegar à fazenda de seu sogro, Geraldo Duarte, os cavaleiros comprovaram o quanto é importante ter um animal que esteja preparado para as mais variadas funções. Ora saíam no galope atrás de um novilho desgarrado, ora se embrenhavam no mato à procura de outro. Nos dois dias de viagem, eles se alimentaram sem descer dos animais, pois o objetivo era manter a boiada se movimentando, sem se dispersar. Outro projeto, motivo de muita honra para o criador, é a Cavalgada da Fé, uma romaria em que 12 cavaleiros percorreram cerca de 700 KM rumo a Aparecida do Norte para louvar a padroeira do Brasil. Como afirmava o saudoso amigo de Nelsinho, Márcio Andrade, são nesses longos trajetos que o cavaleiro pode desfrutar da resistência e do bom desempenho do cavalo Campolina. O slogan estampado no caminhão de apoio da cavalgada já avisava a força da raça: “O Campolina caminha longe – Pará de Minas a Aparecida do Norte”. Em uma das edições dessa cavalgada ele utilizou para sua montaria duas éguas Campeãs Nacionais: Odalisca e Olinda da Dona Flor. “O maior prazer de se criar Campolina é estar em cima do lombo do animal apreciando o bom andamento e a paisagem que nos rodeia. Fazemos cavalgadas de vários dias, e também à noite, porque a cavalgada alia coisas que adoro: o cavalo e meus amigos. Me sinto livre e realizado quando monto em um cavalo”.


Alguns campeões Não é à toa que a sala de troféus do Haras Dona Flor está abarrotada de prêmios. A seriedade, dedicação e carinho com que lida com a raça vêem sendo reconhecidos nos vários concursos que o Haras participa Brasil a fora. Abaixo relacionamos alguns nomes que ajudaram na projeção do criatório e que se tornaram conhecidos em todo país: Odalisca da Dona Flor Campeã Nacional de Marcha Olinda da Dona Flor Campeã Nacional de Marcha Papoula do império Diversas vezes Campeã Nacional de Marcha Peter Pan da Dona Flor* Reservado Campeão Nacional Prelúdio da Palmeira Reservado Campeão Nacional Qualidade da Dona Flor Campeã Nacional de Marcha Querubim da Dona Flor Grande Campeão Nacional Pampa Radiante da Dona Flor Reservado Campeão Nacional de Marcha Talita da Santa Rosa Diversas vezes Campeã Nacional de Marcha Tocaia da Dona Flor ** 1o Prêmio Nacional de Marcha Tornada da Dona Flor** Campeã em várias exposições Tramela da Dona Flor Reservada Campeã Nacional de Marcha * coberturas à venda

** à venda nesse leilão


depoimentos Ao longo dos 25 anos do Haras Dona Flor, Nelsinho colecionou títulos com os animais, mas, mais que isso, conquistou amizades e credibilidade no meio. Rodando o Brasil para apresentar os produtos, o nome do haras se tornou conhecido e seus cavalos requisitados em todos os cantos do país. Isso é fruto de muito trabalho e o comprometimento com a evolução da raça do cavalo Campolina.

“Apesar de ser criador de Mangalarga nunca quis influenciar o Nelsinho nas suas escolhas. Sempre o incentivei desde o começo. Conhecia também criadores de Campolina e o levei para ver de perto os melhores animais da raça. Hoje fico emocionado ao ver que o Haras Dona Flor completou 25 anos e é uma referência na criação de cavalos de todo país. Júlio José de Melo Franco Fazenda Juana

“Da vida se leva, a vida que se leva”. Em quase todas as vezes que estive no Haras Dona Flor ouvi esta frase na voz grossa do Nelsinho e, exatamente por isso, pra mim, ela marca uma tropa feita com carinho de quem leva a vida e a criação de Campolina tratando a todos, desde os peões até os mais endinheirados compradores, com muita simpatia, carinho, honestidade e sobretudo alegria. Alegria de viver, criar e montar um Campolina de vanguarda que reúne ótima morfologia e o andamento de marcha verdadeira, cômoda e equilibrada que todos buscamos e que ele já tem há tempos. Exatamente porque sempre montou e utilizou todos seus animais para as diversas provas e cavalgadas. A tropa “Dona Flor”, se não é a mais, é, com certeza, uma das mais equilibradas do país e o Nelsinho o mais alegre criador. Parabéns a ele, Mara, Débora, Vanessa e Juninho pelos 25 anos de belíssimo trabalho e muito obrigado pela amizade que temos.

“Aliando sua peculiar simpatia ao seu fácil convívio com as pessoas e sempre participativo das promoções que envolvem o cavalo, principalmente o cavalo Campolina, o Sr. Nelson conseguiu, com grande propriedade, conjugar, como criador do Campolina em seu plantel, uma morfologia muito atual, com um andamento merecedor dos mais justos adjetivos qualificativos. Daí o afeto às iniciativas em que a Marcha é o foco principal, não descuidando das outras atividades onde a dinâmica animal é exigida, tendo-se muito destacado nelas. O Sr. Nelson estará oferecendo, em onze de maio, a oportunidade de muitos criadores de introduzirem, em seus criatórios, a maravilhosa genética da Tropa DONA FLOR. Auguro pois, o justo sucesso para este belo empreendimento que nos será apresentado em breve.

Dênis Fagundes Haras Fag e vice-presidente da ABCCCampolina

Prof. João Biondini Veterinário

“A raça Campolina tem na pessoa de Nelsinho um valioso e indispensável criador. São vários os motivos que sustentam essa verdade. Nelsinho é um apaixonado pelo cavalo e profundo conhecedor do que vem a ser “a raça”. O Haras Dona Flor com seus 25 anos de trabalho sério e competente nos motiva a acreditar e investir mais e mais no cavalo. Reconhecemos, todos, a importância da visão coerente e firme que Nelsinho tem do Campolina,visão essa que preserva e garante o que é impar na raça “seu aspecto funcional”.

“Falar do Haras Dona Flor e de Nelsinho Grassi, além de ser um prazer enorme é também muito fácil. Somos amigos de infância e sempre tivemos um convívio estreito. Nelsinho sempre foi uma pessoa que acredita nos seus sonhos e por isso, sua criação sempre foi destaque no Brasil inteiro. Sempre foi defensor do bom andamento e acredita que cavalo que bom for não tem raça nem cor, mas escolheu de paixão a raça campolina. Parabéns Nelsinho, pelos seus 25 anos de criatório e que você continue contribuindo como sempre pelo crescimento da raça campolina”.

Francisco Azevedo Haras Lagartixa

Haroldo Mendes Haras Zapata


A HISTÓRIA contada EM FOTOS

A cavalgada em familia é o momento que Nelsinho pode ensinar seus filhos Juninho e Débora a importância do amor à natureza e a paixão pelo cavalo

A família sempre se fez presente em sua vida de criador. Mara (esposa de Nelsinho) e Débora monta a Brisa da Lobeira, primeiro nome do Haras Dona Flor.

Nelsinho com o amigo, companheiro, incentivador e pai, Sr. Nelson

Sr. Nelson, pai de Nelsinho, na mula Piaba. A mula era o meio de transporte para o trabalho e passeios em Pará de Minas

Um dos seus primeiros animais, o Baiinho, despertou em Nelsinho a paixão pelos cavalos

A união da família sempre foi motivo de grande alegria

Uma prova da resistência e funcionalidade da tropa Dona Flor foi o transporte de mais de mil bois, de Arraial do Junco até a fazenda do seu sogro em Morada Nova/MG

Não é só o nome Nelson que Juninho carrega do pai. A paixão pelo cavalo é desde pequeno quando ainda montava seu cavalo, Diamante


A vitoriosa Vanessa Grassi na Copa Brilhante ladeada pela equipe do Haras e família

O amor entre o avô José de Melo Franco e a avó Florisbela de Sá e Melo, inspiradora para o batismo do Haras Dona Flor

Cavaleiros na chegada ao Santuário de Aparecida do Norte, ao final da Cavalgada da Fé de 2007, organizada pelo Haras Dona Flor

Débora Grassi com Ghan da Rebeca, uma das bases do plantel do haras

A conquista de dois campeonatos simultaneamente na final da Copa Minas de Marcha com Odalisca e Olinda da Dona Flor O pai Nelson e a mãe Edelweiss, sempre incentivaram o filho na criação de cavalos campolina

Humberto Grassi (à esq.) e Nelsinho – Saudades dos momentos de convivência

Nelsinho, família e equipe colhendo os frutos de um bom trabalho


1º leilão Haras Dona Flor

a

Os atuais reprodutores do Haras Dona Flor: Samuray da Dona Flor (imagem superior) e Peter Pan da Dona Flor (acima)

pós 25 anos de trabalho e dedicação buscando a funcionalidade do cavalo Campolina, o Haras Dona Flor realiza seu primeiro e esperado leilão. São 37 lotes, sendo 35 animais de ponta do plantel, todos provenientes do Haras Dona Flor, escolhidos a dedo juntamente com a equipe de profissionais que trabalham com Nelsinho. Além da alta qualidade morfológica apresentada, a genética do andamento será o diferencial do leilão do Haras Dona Flor. Para isso ele disponibilizará, ainda, dois pacotes de coberturas dos garanhões Peter Pan da Dona Flor e Samuray da Dona Flor. Todos os animais possuem membros refinados, cabeças proporcionais ao tamanho do corpo, cascos firmes e de qualidade, além das características necessárias para a composição do belo cavalo Campolina. Porém, o mais importante é que todos são cavalos bons de sela e dóceis, ideais para o lazer e trabalho para o criador e sua família. Além da morfologia, o andamento foi o critério principal adotado para a escolha dos animais que farão parte do leilão. Segundo Nelsinho, a raça passa por um momento de transição em que o campolinista percebeu que o andamento é tão importante e valorizado quanto a beleza do cavalo. “Quando monto em um dos meus animais me sinto realizado e feliz por estar em um animal que me proporciona temperamento de sela e conforto na medida certa”, comenta Nelsinho. Os interessados podem conhecer um pouco mais sobre os animais e antecipar os seus lances no www.agrowebleiloes.com.br. Nos dias 09 e 10 de maio, a partir das 18 hs, no estande do Haras Dona Flor, no Parque de Exposições de Pará de Minas, acontecerá a apresentação dos animais que estarão à venda. Para realização do evento e comemoração dos 25 anos do haras o local escolhido foi inovador: a melhor boate de Minas Gerais, a Girus Disco Show. A casa noturna foi adaptada para receber bem os animais e aconchegar os convidados com o maior conforto. Uma estrutura digna da grandeza da raça Campolina e da importância das bodas de prata do Haras Dona Flor.


os lotes 1ยบ leilรฃo Haras Dona Flor


Fêmea

1

áfricA DA DONA FLOR

[30/10/2011]

PETER PAN DA DONA FLOR X UTILIDADE DA DONA FLOR Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

Quartel de Passa Tempo Glória da Dona Flor

É linda!!! E maravilhosa!!! Tem raça e é preta. Encanta pelo seu andamento de qualidade, já bem demonstrado na sua juventude. É uma raridade e tem um brilhante futuro! Filha de Peter Pan da Dona Flor com Utilidade da Dona Flor, carrega em seu sangue uma extraordinária genética de marcha e raça.


fêmea

2

ANITA DO RALI

[13/02/2008]

O.P. DE SANTA RITA X NIÁGARA DA DONA FLOR Licor do Angelim Inquieta do Chaparral

Ghan da Rebeca Flor da Dona Flor

Filha de Niágara da Dona Flor e O.P. de Santa Rita, essa fêmea possui beleza, marcha, morfologia e pedigree. Prenhez confirmada, em 26/10/2011, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

3

ARAGUAIA DA DONA FLOR

[23/02/2011]

SAMURAY DA DONA FLOR X TRAMELA DA DONA FLOR Cale da Hibipeba Financeira da Palmeira

Príncipe da Dona Flor Talita da Santa Rosa

Potra para quem quer disputar campeonato e fazer tropa marchadeira com morfologia. Filha de Samuray da Dona Flor com Tramela da Dona Flor, que foi Reservada Campeã Nacional de Marcha em 2011 e campeã em grandes campeonatos no interior do Brasil. Bela fêmea muito dissociada e raçuda, que representa os 25 anos do Haras Dona Flor.


fêmea

4

CONDESSA DO PORTO RICO

[26/12/2009]

XAVIER DO PORTO RICO X INÉDITA DO PÉGASUS Jurado do Porto Rico Iris do Porto Rico

Jogo dos Gaúchos Ilusão do Pégasus

Potraça. Filha do reprodutor Xavier do Porto Rico, que tem produzido muito bem, é excepcional em andamento. Marchadeira, diagramada, refinada, feminina e muito bela, futura doadora de embriões e campeã de pistas. Um produto que representa muito bem a tropa do Haras Porto Rico.


macho

5

FAG ALIkAN

[20/09/2008]

Design da Hibipeba X Gita da Hibipeba Geodo do Oratório Aloá da Hibipeba

Geodo do Oratório Pintura da Filó

Estamos diante de um futuro reprodutor, filho da Gita da Hibipeba com o grande Design da Hibipeba, um dos melhores cavalos da raça. Além da excepcional genética, Fag Alikan é um cavalo bom de sela, fruto de um embrião adquirido pelo Haras Fag, criatório dos mais antigos e conceituados do Oeste mineiro.


fêmea

6

LIZ DA DONA FLOR

[01/09/1998]

ALIADO DO JB X HONRA DO VARJÃO Oceano do J.B. Nave do J.B.

Orly do Angelim Max Mila

Não há o que se falar sobre a beleza que se vê nessa égua. Deixemos que cada um aprecie e tire suas próprias conclusões! É descendente, nada mais, nada menos, de Aliado do JB, que foi campeão de várias provas funcionais, inclusive na nacional, com Honra do Varjão. Égua boa de produção, não se poderia esperar um produto menos nobre do que a Liz da Dona Flor, de alta qualidade de marcha, genética e morfologia. Prenhez confirmada, em 28/10/2011, de Aladin do Rali


Fêmea

7

NUBINA DA DONA FLOR

[13/01/2000]

GHAN DA REBECA X CARIOCA DAS FLORES Narciso do Angelim Amanda da Rebeca

Gás Nativo Escala da Mima

Pense em uma égua top!!! Tirada da cabeceira do criatório Dona Flor, para abrilhantar esse leilão! Forte, grande, aprumada, linda, seu andamento é coordenado, articulado, enérgico e com ótimo estilo. Filha de Ghan da Rebeca com Carioca das Flores, que é filha de Gas Nativo, um dos cavalos mais bonitos da raça. Sua filha, Urca da Dona Flor, está também no leilão para provar sua boa produção. Prenhez confirmada, em 26/12/2011, de Samuray da Dona Flor.


Macho

8

PACOTE DE 05 (CINCO) COBERTURAS PETER PAN da dona flor

[10/10/2000]

PRELÚDIO DA PALMEIRA X IMAGEM L.L.C. Símbolo da Palmeira Comenda da Palmeira

Gás Ouro Atenas L.L.C.

Garanhão pra ninguém colocar defeito. Esse jovem cavalo possui uma montada rara! Cômodo, avante e sincronizado! Esse lindo macho premiado em pistas, é reservado campeão nacional e vitorioso em outros grandes campeonatos no Brasil. Pai de cinco éguas excepcionais deste leilão – Tangará, Turquia, Xaiá, Tocaia e Tornada da Dona Flor – estas duas últimas com várias premiações em campeonatos de marcha.


Fêmea

9

PITANGA DA DONA FLOR

[17/02/2002]

GHAN DA REBECA X MARAVILHA DA ASCENÇÃO Narciso do Angelim Amanda da Rebeca

Napoleão de Cassorotiba Herança das Aroeiras

Doadora de embriões de pista do seleto plantel Dona Flor. Égua jovem, muito marchadeira, cômoda, de pelagem castanha. Tem excelente biótipo de sela, feminina e expressiva, pois é filha de Ghan da Rebeca, filho de Narciso do Angelim, grande campeão nacional de marcha e raça, com Fábula de Ascensão, filha de Napoleão de Cassorotiba, outro exemplo de andamento. Égua para entrar na cabeceira de qualquer plantel. Prenhez confirmada, em 20/01/2012, de Samuray da Dona Flor.


fêmea

10

PRETINHA DA DONA FLOR

[03/01/2002]

GHAN DA REBECA X FÁBULA DE ASCENÇÃO Narciso do Angelim Amanda da Rebeca

Napoleão de Cassorotiba Baliza da Piabanha

Um show de égua! Doadora de embriões, pelagem preta, morfologia perfeita. Andamento marchado, dissociado e cômodo. Égua de barriga comprovada, com vários campeonatos: Pará de Minas – Divinópolis – Betim – Copa de Coronéis. Mãe de Zana, Uganda e Veneza, futura campeã de marcha. Uma das éguas mais completas da raça.


Fêmea

11

QUêNIA II DA DONA FLOR

[03/12/2003]

GHAN DA REBECA X SÃO LUIZ CLEÓPATRA Narciso do Angelim Amanda da Rebeca

ALIADO DONA FLOR Samuray da Dona Flor X Quênia II da Dona Flor [Reserva genética do haras]

Rycaom Sol Esperança D3

Égua bem conformada, bom andamento e extremamente cômoda, muito boa de cavalgada, temperamento de sela ímpar. Sem dúvida, trata-se de um animal qualificado tanto no quesito de marcha picada, como na sua morfologia. Além disso, produz também pelagem preta. Na foto ao lado, confira o fruto do acasalamento do Samuray com a Quênia II da Dona Flor. Irmã da campeã nacional, Qualidade da Dona Flor. Prenhez confirmada, em 28/10/2011, de Peter Pan da Dona Flor.


fêmea

12

QUERÊNCIA DA DONA FLOR

[10/11/2003]

ABSOLUTO DO CAMPO NOVO X FLOR DA DONA FLOR U.U.A. de Santa Rita Raridade do Campo Novo

aventura da Dona Flor Samuray da Dona Flor X Querência da Dona Flor [Reserva genética do haras]

Completo do Angelim Baiana JN

Extraordinária! Aí está a oportunidade de ouro para quem esta à procura de uma das mais belas éguas que a raça já viu. Assim é Querência da Dona Flor, que consegue aliar como poucas, marcha e morfologia. Conheça ao lado o fruto do cruzamento da Querência com o Samuray da Dona Flor. É irmã dos campeoníssimos Astral do GDF e Dúvida de Luanda, e boa de produção. Prenhez confirmada, em 01/02/2012, de Samuray da Dona Flor.


macho

13

QUINTÃO DA DONA FLOR

[05/04/2003]

ABSOLUTO DO CAMPO NOVO X DIVINAL GAROTA U.U.A. de Santa Rita Raridade do Campo Novo

Filho do extraordinário cruzamento de campeão Absoluto do Campo Novo com Divinal Garota, égua que agradava muito ao Dr. Biondini. Esses são seus pais, animais de andamento superior, que transmitiram essa característica aos seus filhos. Quintão é um jovem cavalo que serve a qualquer criatório que deseje confiabilidade genética. Cavalo bem conformado e excelente na lida do campo.


fêmea

14

REBECA DA DONA FLOR

[16/03/2004]

Absoluto do Campo Novo X Divinal Garota U.U.A. de Santa Rita Raridade do Campo Novo

Égua indicada para disputar campeonatos de marcha picada, boa de temperamento. Extraordinária comodidade e linda matriz, possui as principais características do verdadeiro cavalo de sela brasileiro. Prenhez confirmada, em 27/02/2012, de Samuray da Dona Flor.


macho

15

PACOTE DE 05 (CINCO) COBERTURAS SAMURAY DA DONA FLOR

[01/10/2005]

CALE DA HIBIPEBA X FINANCEIRA DA PALMEIRA Iluminado de Alfenas Promessa de Santa Rita

Sublime da Palmeira Comenda da Palmeira

Um dos cavalos responsáveis pelo sucesso do Haras Dona Flor nos últimos anos. Samuray tem uma capacidade impressionante de transmitir marcha e raça com beleza. Possui inúmeros campeonatos de marcha conquistados. O Haras Dona Flor disponibiliza um pacote de 05 (cinco) coberturas deste extraordinário reprodutor.


fêmea

16

SCALA DA DONA FLOR

[10/10/2005]

CALE DA HIBIPEBA X GLÓRIA DA DONA FLOR Iluminado de Alfenas Promessa de Santa Rita

Atriz da Dona Flor Peter Pan da Dona Flor X Scala da Dona Flor [Reserva genética do haras]

Oceano do J.B. Papoula do Império

Égua jovem que encanta a todos quando passa, com seu andamento, sua beleza e sua raça. Doadora de embriões e verdadeira inspiração para os apaixonados pela raça Campolina. Filha do extraordinário reprodutor Cale da Hibipeba, que é Iluminado de Alfenas, com Glória da Dona Flor, que é filha de Papoula do Império, uma das éguas de marcha mais premiadas do Haras Dona Flor. A potra ao lado é filha de Peter Pan com a Scala da Dona Flor. Prenhez confirmada, em 31/10/2011, de Peter Pan da Dona Flor


Fêmea

17

Serena DA DONA FLOR

[07/11/2005]

Cale da Hibipeba X Havana da Dona Flor Iluminado de Alfena Promessa de Santa Rita

Napoleão de Cassorotiba Diamantina da Lobeira

Dizem que a fruta nunca cai longe do pé e que ninguém cria cavalo sem raça. Raça, a Serena da Dona Flor tem de sobra. Sua genética carrega o sangue nobre de animais que fizeram a história do Campolina e que representam hoje o que há de melhor, no que diz respeito à marcha clássica, genuína e de qualidade. É muita raça e muita qualidade no sangue dessa égua, que atende pelo nome de Serena da Dona Flor. Prenhez confirmada, em 10/10/2011, de Peter Pan da Dona Flor


fêmea

18

SERENATA DA DONA FLOR

[02/11/2005]

Príncipe da Dona Flor X Flor da Dona Flor Prelúdio da Palmeira Papoula do Império

Avalanche da Dona Flor Samuray da Dona Flor X Serenata da Dona Flor [Reserva genética do haras]

Completo do Angelim Baiana JN

Jovem e promissora égua do time de pista do Haras Dona Flor. Andamento marchado, diagramado, forte impulsão de posteriores e morfologia de inúmeras qualidades zootécnicas. Tem muito potencial para se tornar uma grande campeã nas pistas, já comprovada na reprodução. Confira ao lado a produção da Serenata com Samuray da Dona Flor. Filha de Príncipe da Dona Flor com Flor da Dona Flor, ambos com excelente andamento que agrada muito o seu proprietário.


Fêmea

19

TANGARÁ DA DONA FLOR

[07/12/2006] Peter Pan da Dona Flor X Varanda do Oeste de Minas Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

Quentão de Sanas Souci Filadélfia L.L.C.

Linda fêmea de pelagem alazã sobre baia, detentora de uma montada extraordinária, com muito bom temperamento de sela e impulsão de posteriores. Gesto de marcha clássica e morfologia inquestionável. Filha do grande reprodutor Peter Pan da Dona Flor com Varanda do Oeste de Minas, filha de Quentão de Sans Souci que é avô do Astral GDF. Prenhez confirmada, em 23/01/2012, de Samuray da Dona Flor.


fêmea

20

TIGRESA DO SOLAR DA LAGOA

[16/02/2010]

Fogo do LPD X Linda do Solar da Lagoa Falcão da Lagoa Negra África de Sans Souci

Conquistador A.F. Catita do Mirador

Show de beleza negra, filha de pai e mãe pampa de preto, que é a atração do momento, adquirida do criatório do nosso amigo Vasquinho. Potra que encanta a todos, com seus movimentos que a fazem uma das grandes estrelas deste leilão


Fêmea

21

TOCAIA DA DONA FLOR

[06/12/2006]

Peter Pan da Dona Flor X Olinda da Dona Flor Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

U.U.A. de Santa Rita Papoula do Império

Espetacular doadora de embriões de muita raça e beleza, portadora de marcha extraordinária, com vários campeonatos conquistados. Sua produção excepcional tem o sangue da nata da marcha. Não perca este lote desejado por todos: Tocaia da Dona Flor. Bisavô, avó e mãe campeões nacionais. Prenhez confirmada, em 12/03/2012, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

22

TORNADA DA DONA FLOR

[23/12/2006]

Peter Pan da Dona Flor X Jurema do Belvedere Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

zap da Dona Flor Tornada da Dona Flor X Samuray da Dona Flor [À venda nesse leilão]

Gas Oratório Gitana do Varjão

Para quem busca andamento, morfologia e raízes marchadeiras, Tornada da Dona Flor é a melhor opção. Altiva, forte e diagramada, essa égua possui gestos largos de marcha, quesito que mais vem sendo premiado pelo Brasil. Aliás, premiações são o que este animal mais tem em todo o país! O potro ao lado é filho de Tornada com Samuray da Dona Flor. Prenhez confirmada, em 24/02/2012, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

23

TURQUIA DA DONA FLOR

[08/10/2006]

Peter Pan da Dona Flor X Financeira da Palmeira Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

Alcatraz da Dona Flor Samuray da Dona Flor X Turquia da Dona Flor [Reserva genética do haras]

Sublime da Palmeira Comenda da Palmeira

Esta égua é um verdadeiro show! Espetacular matriz que transmite excelente andamento. Turquia da Dona Flor é uma das mais cobiçadas éguas desse leilão. Veja ao lado o Alcatraz, fruto do acasalamento da Turquia com o Samuray da Dona Flor. Esta é para fazer parte do time de matrizes do seu plantel. Prenhez confirmada, em 07/03/2012, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

24

UGANDA DA DONA FLOR

[27/10/2007]

Quartel de Passa Tempo X Pretinha da Dona Flor Iluminado de Alfenas Eficiência de Passa Tempo

Ghan da Rebeca Fábula de Ascensão

A união de dois animais de ponta agregou a essa égua grandes méritos genéticos : qualidade de marcha picada e comodidade de sela. A síntese do moderno campolina marchador vai estar neste leilão, uma oportunidade para você, admirador da marcha picada, adquirir um produto que está em alta. Prenhez confirmada, em 12/12/2011, de Samuray da Dona Flor.


Macho

25

URANO DA DONA FLOR

[03/03/2007]

Quartel de Passa Tempo X Talita da Santa Rosa premiações • Pará de Minas • Divinópolis • Carmo da Mata • Barbacena • Paracatu • Formiga

Iluminado de Alfenas Eficiência de Passa Tempo

Nonô de Sans Souci Fortaleza do J.B

Espetáculo!!! Seu estilo é invejável e seu posterior flexionado dá a propulsão desejada, o que torna seu andamento irrepreensível. Para você criador, que deseja adquirir um animal com qualidades ímpares, fique de olho neste lote, Urano da Dona Flor. Seu pai é Quartel de Passa Tempo e sua mãe, Talita de Santa Rosa, várias vezes campeã nacional de marcha. Com 4 anos ele vem, a cada dia que passa, atingindo a perfeição com suas qualidades. Obs. O Haras Dona Flor reserva o direito de 10 (dez) coberturas anuais não cumulativas.


fêmea

26

URCA DA DONA FLOR

[16/02/2007]

Quartel de Passa Tempo X Nubina da Dona Flor Iluminado de Alfenas Eficiência de Passa Tempo

Ghan da Rebeca Carioca das Flores

Égua bastante feminina e expressiva. De andamento e morfologia acima da média, Urca da Dona Flor é matriz de alto nível que transmite qualidades excelentes. É filha de Nubina da Dona Flor, um dos lotes mais cobiçados deste leilão, com Quartel de Passa Tempo, que vai a Iluminado de Alfenas. A mãe do Quartel, Eficiência de Passa Tempo, é filha do grande marchador Zino de Passa Tempo, ímpar em termos de genética de marcha. Esta égua carrega em seu ventre um dos cruzamentos mais apurados do Haras Dona Flor. Imperdível! Prenhez confirmada, em 18/01/2012, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

27

ÚRSULA DA DONA FLOR

[01/12/2007]

Prelúdio da Palmeira X Garota do Mosteiro Símbolo da Palmeira Comenda da Palmeira

O.P. de Santa Rita Favorita da Fantasia

Égua jovem, com beleza zootécnica extraordinária e grande potencial para brilhar nas pistas do Brasil. Filha do reservado campeão nacional, Prelúdio da Palmeira, que contribuiu muito no trabalho do Haras Dona Flor, e da consagrada égua Garota do Mosteiro. Essa é para correr para o abraço. Excelente oportunidade!!! Prenhez confirmada, em 30/01/2012, de Samuray da Dona Flor.


Macho

28

UTILIDADE DA DONA FLOR

[27/09/2007]

Quartel de Passa Tempo X Glória da Dona Flor Iluminado de Alfenas Eficiência de Passa Tempo

ÁFRICA DA DONA FLOR Peter Pan da Dona Flor X Utilidade da Dona Flor [À venda nesse leilão]

Oceano do J.B. Papoula do Império

Égua que se destaca pela sua beleza e pelo excelente gesto de marcha. Tem frente levantada, leve, espáduas bem oblíquas, garupa comprida e forte, tronco de boa proporção, sustentado por excelentes membros. Seu andamento é muito marchado e bem rolado. Sua genética dispensa comentários, pois é filha de Quartel de Passa Tempo com Glória da Dona Flor. Veja ao lado uma filha da Utilidade com Peter Pan. Prenhez confirmada, em 07/11/2011, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

29

UXA DA DONA FLOR

[01/02/2007]

Quartel de Passa Tempo X Raia da Dona Flor Iluminado de Alfenas Eficiência de Passa Tempo

Prelúdio da Palmeira Papoula do Império

Esta égua tem o que há de melhor dentro das qualidades determinadas para um legítimo campolina marchador. Como este evento reúne só fenômenos e está sendo promovido pelo Haras Dona Flor, ela teria que estar presente. É Neta de Zino de Passa Tempo e Narciso do Angelim e possui excepcional marcha e morfologia que dispensam comentários. Prenhez confirmada, em 30/01/2012, de Samuray da Dona Flor.


castrado

30

VENCEDOR DA DONA FLOR

[13/02/2008]

Quintão da Dona Flor X Olinda da Dona Flor premiações • Campeão marcha picada em Carmo da Mata e Divinópolis, e reservado campeão da Copa Brasil de Marcha durante a Nacional.

Absoluto do Campo Novo Divinal Garota

U.U.A. de Santa Rita Papoula do Império

Criteriosamente selecionado para abrilhantar ainda mais este evento, esse castrado tem uma marcha picada diferenciada. Por excelência é diagramado, dissociado e cômodo, expressivo, angulado e muito bonito, Vencedor é filho da campeoníssima nacional, Olinda da Dona Flor com Quintão da Dona Flor.


Fêmea

31

VENEZA DA DONA FLOR

[10/10/2008]

Quartel de Passa Tempo X Pretinha da Dona Flor Iluminado de Alfenas Eficiência de Passa Tempo

Ghan da Rebeca Fábula de Ascensão

Esta égua realmente encanta. Encanta pelo seu andamento clássico marchado, por sua morfologia moderna e expressiva e por sua genética excepcional. Esse excelente exemplar ainda é de pelagem negra. Tais características a elevam ao cargo de futura doadora de embriões. Com apenas dez repassos, demonstrou seu futuro potencial nas pistas! Esta vai dar o que falar!!! Prenhez confirmada, em 16/11/2011, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

32

XABELA J.C.L

[10/02/2004]

Prelúdio da Palmeira X Nobreza J.C.L. Símbolo da Palmeira Comenda da Palmeira

Danúbio do J.B Hebe do Queimado

Eguaço!!! Marchadeira, bonita e raçuda, é uma das grandes futuras doadoras de embriões da raça campolina. Fruto do cruzamento certeiro do grande Prelúdio da Palmeira com NobrezaJ.C.L. , um dos melhores andamentos da raça. Prenhez confirmada, em 21/10/2011, de Samuray da Dona Flor.


Fêmea

33

XAIÁ DA DONA FLOR

[10/12/2009]

PETER PAN DA DONA FLOR X SANDY DA DONA FLOR Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

Príncipe da Dona Flor Menina da Dona Flor

Xaiá da Dona Flor nasceu do sonho de Nelsinho de criar animais dóceis, de excelente andamento e com rara morfologia. Com uma de suas matrizes de melhor produção, a realização desse sonho ficou mais fácil. Para isso, utilizou grandes campões da raça, Peter Pan da Dona Flor e Sandy da Dona Flor. Esta bela potra vai a remate nesse leilão, ideal para quem procura um animal de muita raça e qualidade.


Macho

34

XAVANTE DA DONA FLOR

[16/09/2009]

Peter Pan da Dona Flor X Quênia II da Dona Flor Prelúdio da Palmeira Imagem L.L.C.

Ghan da Rebeca São Luiz Cleópatra

Potro negro, de morfologia e beleza refinadas, traz consigo uma genética que certamente foi responsável por tantas qualidades já expressas neste jovem animal. Já iniciado em sua doma, agora é só lapidar do seu jeito.


Fêmea

35

ZANA DA DONA FLOR

[03/02/2010]

Troféu da Dona Flor X Pretinha da Dona Flor Geodo do Oratório Papoula do Império

Ghan da Rebeca Fábula de Ascensão

Outro produto que evidencia a potência da linhagem Dona Flor, mostrando o melhor da marcha, morfologia e genética consistente. Linda potra, filha de Troféu da Dona Flor, que obteve várias premiações, sendo uma delas a de Reservado Campeão Nacional de Marcha. Sua mãe, Pretinha da Dona Flor, dispensa comentários.


Macho

36

ZAP DA DONA FLOR SAMURAY DA DONA FLOR X TORNADA DA DONA FLOR Cale da Hibipeba Financeira da Palmeira

Peter Pan da Dona Flor Jurema do Belvedere

Moderno potro da geração 2011! Aí tem morfologia e andamento!!! É o que todos almejam! Filho da campeã Tornada da Dona Flor e de Samuray da Dona Flor. Este potro promete!

[02/01/2011]


macho

37

ZULU DA DONA FLOR valente do porto rico X xikita do porto rico Portento do Porto Rico Abadia dos Meninos

U. U. A. de Santa Rita Rena do Porto Rico

Embrião adquirido do haras Porto Rico, tem em suas veias a genética da marcha. É filho de Valente do Porto Rico e Xikita do Porto Rico, dois ícones da marcha verdadeira. Esse potro eu recomendo.

[17/09/2010]


regulamento 01 - Todos os dados constantes neste catálogo são de inteira responsabilidade dos vendedores. 02 - CONDIÇÃO DE VENDA: As vendas serão realizadas em 62 (SESSENTA E DUAS) parcelas. O valor do lance corresponde ao valor da parcela. 03 - CONDIÇÃO DE PAGAMENTO: Serão 02 (duas) parcelas à vista, e 60 (sessenta) parcelas individuais, com vencimentos mensais e consecutivos. OPÇÃO 1 – Para pagamento em 31 parcelas (01 + 30 parcelas) desconto de 12%. OPÇÃO 2 – Para pagamento à vista, desconto de 20%. 04 - Sobre o valor de cada operação (valor total das parcelas) será cobrada a taxa de 8% (oito por cento) do comprador a titulo de comissão pagas a vista no acerto de contas. 05 - Toda e qualquer incidência de impostos será paga pelo comprador. 06 - Nas vendas a prazo o comprador dará ao vendedor, em penhor pecuniário, os animais adquiridos até a liberação total da dívida, ficando de posse dos mesmos na qualidade de fiel depositário, não podendo aliená-los nem onerá-los sem o consentimento, por escrito, do vendedor. As notas promissórias fazem parte integrante do Contrato de Compra e Venda que terá efeito jurídico até o pagamento da última parcela. 07 - A falta de pagamento de qualquer uma das parcelas em seus prazos implica no vencimento e exigibilidade da dívida por inteiro, independente da notificação ou aviso, ficando as parcelas acrescidas de juros e multas bancárias. Neste caso poderá o vendedor optar pela devolução imediata do animal vendido, independente da devolução das parcelas já recebidas (CONFORME LEI 492 DE 30/08/37 e DEC. LEI 167 DE 14/02/67). 08 - Assiste ao vendedor o direito de solicitar avalista do seu conhecimento, desde que manifeste esta exigência no escritório da TRÊS BARRAS PROMOÇÕES LTDA, antes que o comprador faça seu acerto de contas. 09 - Imediatamente após a batida do martelo, o comprador assinará o Contrato de Compra e Venda com reserva de domínio, dando aceite a uma única nota promissória no valor total do negocio realizado mais 8%(oito por cento) referente a comissão, com cancelamento da mesma após o acerto de contas. 10 - IMPORTANTE: No momento de assinatura da nota de compra, o comprador devera apresentar documentos que o identifiquem: RG, CIC, comprovante de residência, referências bancárias e pessoais,caso contrário as vendas não serão efetivadas. 11 - Toda a documentação será emitida em nome do comprador indicado na Nota de Leilão. 12 - O registro original bem como a comunicação de transferência será repassado ao comprador pelo vendedor após total quitação do débito. 13 - Uma vez batido o martelo os animais estarão por conta e risco dos compradores. 14 - Lembramos aos interessados que procedam com antecedência, inclusive com técnicos de sua confiança,a revisão dos animais colocados a venda. Reclamações posteriores ao Leilão não serão aceitas. 15 - E facultado ao Leiloeiro o direito de recusar lance de pessoas que constem na relação de NAO IDÔNEAS nas firmas leiloeiras e comerciais, e de pessoas que a seu critério não julgar responsáveis. 16 - As vendas no leilão serão irrevogáveis e irretratáveis, não podendo o comprador recusar ou solicitar redução de preço dos animais adquiridos, conforme disposto no artigo 1.106 do Código Civil Brasileiro. 17 - Todos os participantes do Leilão se obrigam de forma definitiva e irrecorrível, a acatarem as disposições deste regulamento, o qual e considerado como conhecido por todos, conforme disposições encontradas no artigo 3o. da Lei de Introdução ao Código Civil Brasileiro.

Bons negócios! TRÊS BARRAS PROMOÇÕES LTDA. leilão@3barras.com.br / (31)3295-3341 Pará de Minas, 11 de maio de 2012.


1º Leilão do Haras Dona Flor 11 de maio de 2012, sexta-feira, 20 horas Local: Girus Disco Show – Rua Oito de Maio, 181, Centro - Pará de Minas/MG Lances antecipados no www.agrowebleiloes.com.br Atrações: após o leilão, serão realizados dois shows surpresa

Ficha técnica Realização: Haras Dona Flor Proprietário: Nelson Grassi Melo Franco Responsável pelo Haras: Vanessa Grassi Organização: Gledson Carneiro Jr Seleção dos animais: Nelson Grassi, Equipe do Haras Dona Flor e Teófilo Soares Projeto gráfico, textos, produção e assessoria de imprensa: Press Comunicação (31) 3245-3778 Informações sobre os lotes:

Teófilo Soares – (31) 9691-5876 Marco Livrão – (31) 7818-8757 Gledson Carneiro Jr – (37) 9987-9777 Reynaldo Zapalá – (31) 9989-0122 Olavo Maia (Dinho) – (21) 9322-3340

Leiloeira: 3 Barras Promoções LTDA Leiloeiro: Rodrigo Costa Fotos: Pedrão (31) 9989-0001 /Arquivo do Haras Produção do DVD: Pedrão (31) 9989-0001 Equipe do Haras: Veterinário responsável: Helvécio Rosenburg Gerente: Antônio da Silva (Tonho)

Hotéis Suntory Hotel – Pará de Minas/MG – (37) 3232-7878 • www.suntoryhotel.com.br Hotel Fazenda Boa Esperança – Florestal/MG – (31) 3536-2344 • www.fazendaboaesperanca.com.br Gran Lord Hotel – Pará de Minas/MG – (37) 3232-1700 • www.granlordhotel.com.br Colonial Palace – Pará de Minas/MG – (37) 3232-2342 • www.colonialpalacehotel.com.br

patrocínio

PENSOU FIAT PENSOU PAVEPE


Haras Dona Flor Parรก de Minas / MG

Leilão Haras Dona Flor  

Após 25 anos de trabalho e dedicação buscando a funcionalidade do cavalo Campolina, o Haras Dona Flor realiza seu primeiro e esperado leilão...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you