Page 1


QUESTร•ES DO CASAMENTO Mudanรงas extraordinรกrias em momentos Ordinรกrios MANUAL DE ESTUDO Winston T. Smith Curriculum Development: Michael Breece

www.newgrowthpress.com

www.ipaliancadf.org


Copyright © Winston T. Smith Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida por qualquer meio sem a prévia autorização.

Questões do Casamento: Mudanças Extraordinárias em Momentos Ordinários Manual de Estudo New Growth Press, Greensboro, NC 27429 Copyright © 2011 by Winston T. Smith All rights reserved. Published 2011. All Scripture quotations, unless otherwise indicated, are taken from the Holy Bible, New International Version®. NIV®. Copyright © 1973, 1978, 1984 by International Bible Society. Used by permission of Zondervan. All rights reserved. Typesetting: Lisa Parnell, Thompson’s Station, TN ISBN-13: 978-1-936768-08-0 ISBN-10: 1-936768-08-9 Printed in Canada N. T. - ATENÇÃO: ESTE MATERIAL É UMA TRADUÇÃO LIVRE DO MANUAL DE ESTUDOS QUE FOI EDITADO PELA “New Growth Press, Greensboro”. NÃO PODERÁ SOB HIPÓTESE ALGUMA SER COPIADO E DISTRIBUIDO A PESSOAS QUE NÃO ESTEJAM PARTICIPANDO DO CURSO. ROGAMOS A TODOS OS PARTICIPANTES QUE GUARDEM ESTA DIRETIVA. Aldo Tumolin Responsável pelo curso e tradutor deste texto. Curso ministrado pela Igreja Presbiteriana Aliança em Taguatinga - DF.

Instrutores: Carlos Mendes & Dilsilei Monteiro Projeto Gráfico & Diagramação Dilsilei Monteiro

Treinamento em Aconselhamento Bíblico www.ipaliancadf.org

1


Sumário

Agradecimentos .....................................................................................................................03 Introdução ..............................................................................................................................04

2

Lição 1

INTRODUÇÃO ÀS QUESTÕES DO CASAMENTO..........................04

Lição 2

ADORAÇÃO MUDA CASAMENTOS..................................................04

Lição 3

VOCÊ, EU E O CASAMENTO................................................................04

Lição 4

COMUNICAÇÃO HONESTA.................................................................04

Lição 5

COMUNICAÇÃO CONSTRUTIVA.......................................................04

Lição 6

CONFLITOS: DEUS ESTÁ PROCESSANDO ALGO..........................04

Lição 7

FUNDAMENTOS DO PERDÃO............................................................04

Lição 8

CONSTRUINDO INTIMIDADE...........................................................04

Lição 9

PAPÉIS NO CASAMENTO.....................................................................04

Lição 10

MANTENDO OS SEUS OLHOS NO PRÊMIO...................................04

Mod. 4 - Questões do Casamento www.ipaliancadf.org


Agradecimentos Você ficará surpreso com a quantidade de trabalho requerida para se criar um guia de estudos que seja prático, mesmo quando seu ponto de partida é o manuscrito acabado de um livro. Eu tenho um grande débito de gratidão com meus colaboradores: Michael Breece, Barbara Juliani, e Nancy Winter. O trabalho sério e criativo deles transformou o livro Questões do Casamento em um livro de exercícios, que eu acho que nunca poderia ter feito sozinho.  Agradeço também à New Growth Press por ter tido a visão de que o livro Questões do Casamento, mudança extraordinária acontece em situações ordinárias demandava um guia de estudos. A dedicação deles em ajudar o próximo e não apenas em simplesmente vender livros faz toda a diferença. Um agradecimento especial à igreja Bridge Community Church in Cheltenham, Pennsylvania, por ter se voluntariado a ser o primeiro grupo de estudos deste guia. Suas palavras amáveis e feedback foram inestimáveis e são profundamente apreciados.

Treinamento em Aconselhamento Bíblico www.ipaliancadf.org

3


Introdução Um dos princípios mais importantes do questões do casamento, é que é importante aprender fazendo. É claro, que informação é indispensável e Questões do Casamento apresenta muitas verdades importantes que irão ajudar o seu casamento a mudar em momentos ordinários. Mas apenas informação não é o suficiente. Se você quer que seu casamento cresça, você precisa colocar esses princípios em prática. Pense em quando você aprendeu a dirigir. Um livro pode dizer a você como ligar o carro, passar as marchas e as regras de transito, mas você nunca vai aprender a dirigir se de fato não pegar o carro e começar a colocar em prática o que esta no livro. O guia de Estudo Questões do Casamento é uma oportunidade para que você coloque em prática o que apresentamos no livro Questões do Casamento, de modo que você vai crescer na habilidade de amar, ao invés de apenas obter mais informações sobre casamento. Esse manual foi cuidadosamente planejado para que você explore os princípios apresentados no livro de formas variadas. Cada lição começa com sumário das ideias principais que te direciona para os capítulos mais relevantes do Questões do Casamento. Você e seu cônjuge poderão fazer parte de um pequeno grupo de estudo, um programa de enriquecimento do casamento, ou um guia a ser utilizado por seu conselheiro bíblico. Em todas as lições você será levado a discutir o que leu, fazer exercícios, se autoexaminar, e estudar passagens bíblicas relevantes. Finalmente, cada lição trará exercícios que o ajudarão a crescer na sua relação com Deus. No entanto, há um elemento critico que você deve se atentar neste guia: ele vai te ajudar a estar mais preocupado em como Deus quer mudar você, do que em como Deus deve mudar seu cônjuge. Isso é difícil de se lidar, mas se você estiver disposto a se entregar em oração nesta causa, pode estar certo que coisas positivas vão segui-lo. Aqui estão algumas maneiras pelas quais você pode manter esse compromisso durante o curso: • Fique focado em aplicar o que você está aprendendo, em sua própria vida. Tenha como objetivo ser um melhor marido/esposa e orar para que Deus trabalhe no coração de seu cônjuge para que ele veja as coisas que ele precisa ver. • Se durante o curso acontecer algum conflito entre você e seu cônjuge, peça ajuda a um amigo piedoso, ao seu pastor, a um conselheiro bíblico, ou um outro casal que você respeite. • Não compartilhe no grupo os pecados, fraquezas e falhas do seu cônjuge. Esteja atento para não constranger ou expor o seu cônjuge. • Mas compartilhe as formas que você vê que Deus está agindo na sua vida e peça ao demais que orem por isso. É a minha esperança e oração que esse guia de estudos te ajude não apenas a crescer no relacionamento com o seu cônjuge, mas principalmente no relacionamento com Cristo, porque é este amor que seu casamento é projetado para refletir.

4

Mod. 4 - Questões do Casamento www.ipaliancadf.org


1

Lição

Ideia Chave 1) 2)

Introdução às Questões Conjugais Tendemos a lidar com os momentos ordinários do casamento pelas nossas próprias mãos como se Deus fosse desinteressado nas nossas tribulações.

Liste os momentos ordinários de irritação e problemas do casamento. Discuta o que faz estas coisas parecerem ordinárias.

Momentos ordinários são a rotina. Em cada situação dificil há um modelo meio padronizado de como você se sente, o que você espera, ou como você responde. Talvez você nunca pense em pedir ajuda a Deus precisamente porque nesses momentos que são rotina, poderia ser dificil detectar o envolvimento de Deus. Talvez você nunca tenha pensado em pedir ajuda a Deus, precisamente porque estes momentos parecem ser tão ordinários. Porque Deus iria se chatear com isso? Pode ser que você tenha mais medo de pedir ajuda a Deus porque você se sente envergonhado. Você sente que deveria estar apto para poder fazer melhor; você sente que Deus deve estar desapontado com você. Ou talvez você pede ajuda a Deus e parece que Ele fica silencioso. O aparente silencio de Deus após oração é especialmente duro. Parece que Ele está alem de não envolvido, parece que Ele abandonou você ou se esqueceu de você. Porem se você tem procurado ou não pela ajuda de Deus, estes momentos são percebidos como ordinários nos quais parece não haver mudança ou ocorrer milagres. Não importa quão espiritual você possa pensar que você é; é facil nos achar levando a vida por nós mesmos, como se Deus estivesse bem distante. Se você vive muito atraves destes momentos ordinários sem sentir nenhuma mudança, você se torna acostumado ao seu agravamento e indiferente, ou pior, você lentamente mergulha na infelicidade, se amarrando a ideia de que nada irá mudar. Indiferença e desesperança são ambos perigosos. O perigo não está simplesmente em você ser infeliz ou seu casamento ser menos do que poderia ser; o mais perigoso é que Deus se tona progressivamente irrelevante para seu casamento que é o relacionamento que define sua vida mais do que qualquer outro.

Treinamento em Aconselhamento Bíblico www.ipaliancadf.org

5


Deus é Amor Ideia Chave

Deus é amor; e quando você acha dificil amar, é quando você mais precisa dele. Uma fraqueza em amar, significa que você não apenas deveria olhar mais perto o seu casamento, mais olhar mais perto para você e Deus. Se você tem alguma esperança de ter mais amor em seu casamento, isto está significando que você deveria ter mais Deus em seu casamento.

A irritação e problemas ordinários no casamento são frequentemente problemas de amor – nós não nos sentimos amados e achamos dificil mostrar amor. A passagem chave I João 4: 7-12 nos define amor e isso é tão vitalmente importante para os problemas que enfrentamos em nosso casamento.

Leia I João 4: 7-12 e discuta: 1. O que esta passagem ensina sobre Deus? 2. Como Deus mostra seu amor por nós? 3. O que esta passagem ensina sobre amor? 4. Porque devemos mostrar amor um ao outro? 5. Quais são alguns modos de aplicar estas verdades ao casamento? Esta passagem tem 3 ingredientes para momentos ordinários se tornarem momentos extraordinários de mudança: 1 – Deus é amor – se há fraqueza de amar está faltando Deus. Ou você não conhece a Deus, ou então algo está interferindo em seu relacionamento com Deus. 2 – Precisamos amar como Deus ama. A – Amor é uma pessoa. Para descobrir o que é amor, basta olhar para Deus para aprender Dele. Jesus não apenas nos motiva a amar – mas nos ensina – como seria o amor. B – Amar é uma ação: Deus enviou seu Filho. C – Amar é estar disposto para o sacrifício. D – Nosso amor é motivado pelo amor de Deus por nós: “desde que Deus nos amou, temos que amar uns aos outros”. 3 – Captando a profundidade do amor de Deus por nós, poderemos então amar aos outros: estamos dispostos a amar não porque nossos conjuges irão mudar, mas porque estamos crescendo no nosso relacionamento com Deus.

6

Mod. 4 - Questões do Casamento www.ipaliancadf.org


Amor & Graça Ideia Chave

Graça é outra forma de falar do amor de Deus. É mais do que dar uma mão – é o amor de Deus nos resgatando, embora não mereçamos e não haver esperança de nos resgatarmos por nós mesmos.

Deus nas Escrituras mostra que sua Graça é a total libertação para pessoas sem esperança.

Para discutir:

1 – como você descreve as diferenças entre “recebendo uma mão” e sendo completamente dependente de Deus? 2 – seu casamento tem se baseado em sua própria habilidade ou sobre a Graça de Deus? Explique. 3 – o que leva você algumas vezes a ignorar a Deus e tentar levar a vida por sua própria conta?

Graça & Casamento Ideia Chave

Relacionamento com Deus pela sua graça sempre resultará em amor expresso como graça para com o conjuge, mesmo que ele machuque.

História de Winston e as crianças. 1. O que faz deste, um momento ordinário? 2. O que precisa ter acontecido para este momento ser redimido por Deus? Como poderiam marido e esposa ter mostrado graça um para com o outro? Quando pensamos sobre nosso relacionamento para com Deus, graça é essencialmente um verbo passivo: Deus tem feito e está fazendo por nós aquilo que não merecemos e possivelmente não podemos fazer por nós mesmos. Graça requer nossa completa dependencia de um criador. Mas graça é um aspecto do amor e portanto algo que tem que ser refletido em nossos relacionamentos, especialmente com nossos conjuges. No casamento, Graça é mais que um verbo ativo; é algo que nós temos que ativamente fazer ou praticar por outrem. Assim como Deus nos dá seu amor quando nós minimamente o merecemos, nós precisamos de sua ajuda para amar nossos conjuges do mesmo modo. Relacionamento com Deus pela sua Graça sempre resulta em amor expresso como Graça para com nossos conjuges, mesmo quando ele nos fere.

Treinamento em Aconselhamento Bíblico www.ipaliancadf.org

7


Lição para Casa

Ideia Chave

Problema em amar seu cônjuge é somente um sintoma de um problema mais profundo: uma fraqueza no amor por Deus e não capturar o amor de Deus por você expressado no dom gratuito de Jesus Cristo.

Complete esta atividade antes da próxima aula. Anote seus pensamentos acerca deste assunto no espaço abaixo.

■■ ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ________________________________________ ______ ______________________________________________ ______________________________________________ _____________________________________________ ___________________________________ __________ ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________ ________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ________________________ ______________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ __________________ ____________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ ____________ __________________________________ 8

Mod. 4 - Questões do Casamento www.ipaliancadf.org


CONTRUINDO SEU RELACIONAMENTO COM DEUS Por si mesmo – leia Hebreus 4: 14-16 e responda as questões abaixo:

“Portanto, visto que temos um grande sumo sacerdote que adentrou os céus, Jesus, o Filho de Deus, apeguemo-nos com toda a firmeza à fé que professamos, pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado. Assim sendo, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade.” 1 – O sumo-pastor representa as pessoas diante de Deus e oferece os sacrifícios pelos pecados. O que isso significa para nós o fato de Jesus assumir o papel de nosso sumo-sacerdote? (Veja Hb. 2: 14-18; 5:1). 2 – Hebreus 5: 1 diz que um sumo-sacerdote representa homens “em questões relacionadas a Deus”. Casamento é uma questão relacionada a Deus. Portanto, temos um sumo-sacerdote que está preocupado acerca de seu casamento e que representa você como um casal casado diante do Pai. O que então o escritor de Hebreus encoraja você a fazer? 3 – De acordo com Hebreus 4:15, qual é a resposta de Jesus para suas fraquezas? 4 – Escreva uma oração expressando a Deus suas fraquezas e dúvidas. Tente verbalizar o que você acredita e o que você pensa que necessita de Deus.

■■ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ _____________________________________ _________ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ ____________________________ __________________ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ ___________________ ___________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ __________ ____________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________

Treinamento em Aconselhamento Bíblico www.ipaliancadf.org

9


CONTRUINDO SEU RELACIONAMENTO COM O OUTRO Como um casal – leia esta passagem e responda as questões abaixo:

“Eis que alguém se aproximou de Jesus e lhe perguntou: “Mestre, que farei de bom para ter a vida eterna?“ Respondeu-lhe Jesus: “Por que você me pergunta sobre o que é bom? Há somente um que é bom. Se você quer entrar na vida, obedeça aos mandamentos”. “Quais? “, perguntou ele. Jesus respondeu: “ ‘Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não darás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe’ e ‘amarás o teu próximo como a ti mesmo’”. Disse-lhe o jovem: “A tudo isso tenho obedecido. O que me falta ainda? “ Jesus respondeu: “Se você quer ser perfeito, vá, venda os seus bens e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-me”. Ouvindo isso, o jovem afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas.” (Mateus 19:16-22)

1 – O jovem rico estava errado por questionar Jesus acerca do que é bom? Qual ponto você acha que Jesus estava tentando atingir com sua resposta? 2 – Em resposta à segunda questão do jovem, quais mandamentos Jesus destaca? O que estes mandamentos têm em comum e porque você acha que Jesus os destacou? 3 – O jovem rico parece ter um genuíno interesse em ser justo, mas Jesus aponta um ponto cego em seu sincero coração. Qual ponto cego Jesus revela? 4 – O que Jesus está dizendo sobre verdadeira religião ou espiritualidade? 5 – O que podemos deduzir sobre o verdadeiro interesse do jovem baseado em sua resposta final às respostas de Jesus?

■■ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ _____________________________________ _________ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ ____________________________ __________________ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ ___________________ ___________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________ __________ ____________________________________ _______________________________________________ _______________________________________________

10

Mod. 4 - Questões do Casamento www.ipaliancadf.org


ALGO PARA VOCÊ PENSAR Sabemos que Deus se preocupa acerca da nossa vida “espiritual” – nossas orações, frequência à igreja e leitura bíblica – mas nosso casamento parece que realmente não cai nesta categoria. O mandamento: “Ame seu próximo como a ti mesmo” relembra-nos de que cada interação humana, cada interação marital, é uma questão espiritual. Pense nisso: seu cônjuge é seu próximo mais próximo. O modo como você trata seu cônjuge, revela então quão a sério você leva o mandamento de Deus e Ele mesmo: “Ame seu próximo” é um mandamento de Deus. Sua obediência ou desobediência é uma janela em seu relacionamento com Ele. Problema em amar seu cônjuge é somente um sintoma do verdadeiro problema: se você ama ou não a Deus. 1 – Se revezem em relatar um ou dois eventos ordinários no casamento de vocês e como vocês lidaram com eles. 2 – Á luz do compromisso de Deus quanto à redenção, como vocês poderiam ter lidado com isso de outra maneira? 3 – Compartilhem algum modo que vocês têm visto a graça de Deus operando em suas vidas e casamentos.

OREM JUNTOS! Agradeça a Deus pelos modos pelos quais vocês têm visto a graça de Deus em seus casamentos.   Convide a Deus para continuar sua obra em vocês.

Treinamento em Aconselhamento Bíblico www.ipaliancadf.org

11

Questões do casamento intro & 1  
Questões do casamento intro & 1  
Advertisement