Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis 56 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.774 - Sábado, 12 de fevereiro de 2011

Alerj e Câmara querem melhorias na BR-040 Fotos: Arquivo

MDA garante reconstrução na Serra

Ministro Carlos Lupi visita o Vale do Cuiabá

O Ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, anunciou novidades sobre os recursos a fundo perdido e linhas de crédito as cidades atingidas pelas chuvas. A medida vai completar as ações desenvolvidas pelo Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal. (Página 7)

O Ministro Carlos Lupi, foi recebido ontem pelo prefeito Paulo Mustrangi e pelo presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, para uma visita ao Vale do Cuiabá, uma das áreas mais atingidas pelo temporal que caiu na Região Serrana no mês de janeiro. (Página 3)

Lei proíbe uso de capacete e gorro em locais públicos e privados

277 pessoas buscam linha de crédito da Invest Rio

A proposta, do vereador Marcelo Motorista, busca dar mais segurança à cidade, já que facilitaria a identificação dos visitantes. A matéria foi votada na Câmara, faltando agora ser sancionada pelo prefeito. (Página 3)

Currículo mínimo para unidades de ensino Uma das ações da Secretaria de Estado de Educação no início do ano letivo foi o lançamento do currículo mínimo, que incluí seis disciplinas: Língua Portuguesa, Literatura, Matemática, História, Geografia, Sociologia e Filosofia. (Página 11)

Comdep faz mutirão nos distritos Cerca de 100 funcionarios iniciaram quarta-feira, nos 1º e 2º distritos, um trabalho de capina, limpeza, poda e retirada de entulhos. (Página 5)

O presidente da Cãmara de Vereadores Paulo Igor e o Deputado Estadual Bernardo Rossi trabalham juntos por melhorias na BR-040

A Assembléia Legislativa do Estado do Rio e a Câmara de Vereadores se unem para que sejam feitas melhorias na BR-040, administradapela Concer. A Alerj promete revisar todo o contrato de concessão,

enquanto a Câmara recorre na Justiça para derrubar a liminar que suspendeu a obrigatoriedade da empresa iniciar, de imediato, melhorias na estrada. Nesta semana, a comissão, presidida pelo

deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB), faz sua primeira reunião. O resultado estudo da comissão pode ser adicionado ao processo judicial impetrado pela Câmara de Vereadores ano passado. . (Página 3)

Incentivo à cultura para as cidades serranas O governador Sérgio Cabral determinou que nos próximos meses as cidades de Friburgo, Petrópolis e Teresópolis devem receber festivais de música, cinema e gastronomia. Segundo o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, a determinação é de criar um cronograma de eventos, para retomar a movimentação nas cidades e ajudar na recuperação econômica de toda a região. “O pessoal do setor de hotelaria tem reclamado do desaparecimento de turistas, que acabaram cancelando reservas em toda a região, que não tiveram qualquer tipo de problema, estão com seus hotéis às moscas”, frisou Pezão. (Página 7)

O Posto Avançado do Programa de Apoio Solidário em Petrópolis, está disponível para empresários que foram prejudicados pelas chuvas. No Sesc de Nogueira eles podem esclarecer dúvidas sobre linha de créditos e capital de giro. (Página 6)

Farmácia Popular fechada As portas da Farmácia Popular, na rua Epitácio Pessoa, amanheceram fechadas ontem, sem nenhum tipo de aviso. Os clientes que se dirigiram ao estabelecimento ficaram sem saber o que fazer. (Página 5)

Licitação das linhas de ônibus deve sair Segundo a prefeitura o edital de abertura de concessão para as novas empresas de ônibus está sendo finalizado. O processo sofreu atrasos por conta da tragédia do dia 12 de janeiro. (Página 5) O vice-governador Luiz Fernando Pezão diz que a determinação é criar um cronograma de eventos

nesta edição

Rua do Imperador, 904 Centro - Petrópolis - RJ Tel.: (24) 2231-0910 Assine o Diário de Petrópolis e ganhe um almoço do Las Delicias

Sebastião Nery

Pág. 2

Turismo na Serra recebe apoio de Ministério Para revitalizar o turismo da Região Serrana o Ministério do Turismo vai promover uma série de eventos em parceria com o Governo do Estado e prefeituras. As prefeituras solicitam recursos da ordem de R$ 17,8 milhões para uma série de ações visando atrair turistas nacionais e internacionais.(Página 11)

Ministro recebe representantes dos municípios da Região Serrana


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sábado, 11 de fevereiro de 2011

Oposição pra quê? www.sebastiaonery.com.br

O MUBARAK DO MARANHÃO RIO – Em agosto de 1977, poucos dias antes de morrer, o saudoso senador Vitorino Freire, da Arena do Maranhão, pediu a seu amigo o general Orlando Geisel para dizer ao presidente Ernesto Geisel que ia morrer certo de que Sarney não seria nomeado governador do Maranhão. Apesar do apelo dramático, em maio de 1978 Sarney, senador da Arena, parecia escolhido governador. Foi a São Luis, gravou uma mensagem ao Estado na TV do aliado deputado Magno Bacelar, voltou para Brasília e ficou esperando a comunicação. De Recife, o general Potiguara, comandante do 4º Exército, ligou para o Planalto: - Esse, não. VITORINO No dia D, desde cedo, os amigos começaram a chegar ao apartamento de Sarney na SQS 309: Alexandre Costa. Edson Lobão, João Castelo, Luís Rocha, José Reinaldo Tavares, Airton Rocha. Às 10 horas, o general Moraes Rego, chefe do Gabinete Militar, diz ao jornalista Oliveira Bastos: - O governador é o Edson Lobão. Meio-dia em ponto, toca a campainha. É um coronel, que fica de pé: - Senador, trago uma mensagem do general João Batista Figueiredo (chefe do SNI do governo Geisel). Ele pediu para avisar que, infelizmente, o senhor não vai ser o governador do Maranhão. Indique dois nomes. CASTELO Sarney pegou um papel e escreveu: João Castelo e Alexandre Costa. O coronel saiu, Sarney sentou-se na rede, fez-se um silêncio na sala e começaram todos a chorar baixinho, inclusive Castelo e Alexandre. Uma hora da tarde, o Planalto anunciou João Castelo. Alexandre Costa “brigou” com Sarney por ter sido incluído em segundo lugar. João Castelo começou a brigar logo depois que assumiu o governo, porque Sarney pensava que, embora fora do governo, o governador era ele. SARNEY O mais completo e respeitado documentario da política brasileira, o DHBB, “Dicionário Histórico-Biografico Brasileiro”, da Fundação Getulio Vargas, conta assim o começo da historia política de Sarney (pag. 5.291) : “Nascido em 24 de abril de 1930, em Pinheiro, no Maranhão, ingressou na vida política ao elegerse, em outubro de 1954, quarto suplente (sic) de deputado federal na legenda do Partido Social Democrático (PSD), com 3271 votos. Ocupou uma cadeira na Câmara Federal entre agosto e setembro de 1956 e de maio a agosto de 1957”. “Segundo José Ribamar Caldeira, na história política do Maranhão o período de 1956 a 1966, que então se iniciava, caracterizou-se por um coronelismo particular, o vitorinismo, que consistiu no domínio absoluto dos interesses do senador Vitorino Freire”. UDN “Em julho de 1958, rompendo com o vitorinismo, Sarney ingressou na União Democrática Nacional (UDN), cujo diretório regional presidiria desse ano até 1965, ao serem extintos os partidos”. “Em outubro de 1958, concorreu novamente à Câmara, com o apoio das Oposições Coligadas - UDN, Partido Democrata Cristão (PDC) e Partido Republicano (PR) -, sendo eleito com 15 mil votos. Assumiu o mandato em fevereiro de 1959. Entre 1959 e 1960 foi vice-líder da UDN”. MUBARAK Não se vê uma só razão para Sarney envergonharse dessa historia, da sua historia. No entanto, ele a frauda sistematicamente, tentando esconder que disputou sua primeira eleição pelo PSD (e não pela UDN), que não se elegeu mas ficou apenas como 4º suplente e foi graças a Vitorino Freire que assumiu dois meses de mandato em 1956 e três em 1957, porque Vitorino conseguia que o governador nomeasse secretarios quatro deputados federais do PSD para Sarney assumir na Camara É um mistério. Só Freud poderia explicar por quais traumas o Mubarak do Maranhão mente sempre, compulsivamente, sem necessidade alguma, inventando mentiras contra verdades que não lhe fazem mal. MENTIRA Dias atrás, o pais todo viu Sarney dizer tomando posse no Senado: - “Comecei a vida publica em 1955, quando me elegi pela UDN. Cheguei à Camara, meus mestres foram Prado Kelly, Afonso Arinos”. Mentira. Não houve eleição parlamentar em 55. E ele era do PSD: cinco meses deputado em 56 e 57. Eleito mesmo, e pela UDN, só em 1958. www.sebastiaonery.com.br - sebastiaonery@ig.com.br

n José Serra

O

principal risco que correm as oposições – e, portanto, também o PSDB – é perder tempo em embates menores, combates internos fantasmas ou antecipações irrealistas, como trazer 2014 para hoje, Inventando bandas de adversários… Internos!Atacar, constranger, prejudicar ou atrapalhar companheiros do próprio partido só faz ajudar os adversários reais, que incentivam esses confrontos. Para o maior partido da oposição, perder-se em disputas internas seria apequenar-se. Salmos das urnas com quase 44 milhões de votos, vencendo a eleição presidencial em 11 estados. O PSDB fez oito governadores; o DEM, dois, e tivemos ainda o apoio do governador de Mato Grosso do Sul. Aqueles que votaram em nós queriam que ganhássemos, mas sabiam que podíamos perder. A oposição, portanto, é tão legítima quanto o governo; ela também expressa a vontade do eleitor e tem um mandato. Não podemos deixar o eleitorado que nos apoiou sem representação. É ele, inicialmente, que precisa receber uma resposta e convencer-se de que não jogou seu voto fora. Até porque as ditaduras também têm governos, mas só as democracias contam com quem possa vigiálos, fiscalizá-los, em nome do leitor. Por isso a oposição sem de ter posições claras, ser ativa, sem se omitir nem se amedrontar. Uma eleição presidencial não é uma corrida de curta duração, de 45 dias, mas uma maratona de quatro anos. E ninguém corre parado. Até quem votou no PT conta conosco para que ofe-

reçamos alternativas, para que possamos aprimorar propostas do governo e denunciar, quando é (e como está sendo) o caso, a falta de rumo. Não se trata de fazer oposição sistemática ou não sistemática, bondosa ou exigente. Isso é bobagem! Essa questão não se coloca em nenhuma grande democracia do mundo. A oposição tem o direito e o dever de expressar seus pontos de vista e de batalhar por eles. É seu papel cobrar coerência, eficiência e honestidade. A realidade está aí. O grave problema fiscal brasileiro velo à luz, herança do governo Lula-Dilma para o governo Dilma. A maquiagem nas contas não consegue escondê-lo. A Fundação nacional de Saúde (Funasa) se transformou no retrato perverso do aparelhamento do Estado, que não se vexa nem diante da realidade dramática da saúde – ou falta dela – dos pobres. O mesmo acontece em Furnas, palco de escândalos há muitos anos, expressão do loteamento do setor elétrico, onde os blecautes têm sido a regra, não a exceção. Se a oposição não se fizer presente agora, então quando? Fazer oposição por quê? Porque o país experimenta um óbvio desequilíbrio macroeconômico, que reúne inflação alta e em alta, juros estratosféricos, câmbio desajustado, vertiginoso déficit do balanço de pagamentos e infraestrutura em colapso. As trapalhadas do Enem mostram que o PT tripudia sobre a esperança e o futuro dos jovens. A imperícia do governo na prevenção de catástrofes e socorro às vítimas não requer comprovação. Por que fazer oposição? Porque os brasileiros merecem um governo melhor e pagam caro por isso —. uma das maiores cargas tributárias do mundo, sem serviços públicos à al-

tura. Temos o direito de nos apequenar com picuinhas? Foi para isso que recebemos um mandato das urnas? O governo vem fazendo acenos à classe média e às oposições. Conta com o conhecido bom-mocismo dos adversários, tucanos à frente. Sua intenção é lhes tirar nitidez e personalidade, dividi-los e subtrair lhes energia e disposição. Até a próxima disputa eleitoral, quando, então, voltaremos a enfrentar os métodos de sempre: vale-tudo, enganações, bravatas e calúnias. Cair nesse truque corresponde a trair a confiança dos que votaram em nós e os interesses do nosso povo e do país. O PSDB não sabe fazer oposição! Tanto em 2006 como em 2010, pesquisas Internas apontaram ser essa uma das criticas que o eleitorado nos faz. Ainda que fosse injusta, seria forçoso reconhecer que nos tem faltado nitidez. É razoável que o eleitor considere que não sabe governar quem não sabe se opor. E nós temos os bons fundamentos! A quem pertence a bandeira da socialdemocracia no Brasil? O PT, fundado como um partido classista, sob a inspiração de partidos leninistas, varreu estatuto e ideário para baixo do tapete ao chegar ao poder e adotou como suas a plataforma e as ideias do adversário. Mas, longe de estar resolvida, após seis eleições presidenciais, sendo três vitoriosas, e dois governos depois, a contradição entre os “pragmáticos do mercado” e os “puros-sangues de lenin” ainda é um dos flancos do PT não devidamente explorados pela oposição, para prejuízo do país. O PT adotou as bandeiras, mas perverteu sua prática. Privatizou as ações do Estado em benefício do partido e aliados. Banalizou o que a

vida pública brasileira tinha de pior. Rebaixou a Saúde e a Educação. Transformou em instrumento eleitoral a rede de proteção social herdada do governo FHC. Virou as costas para a Segurança e descuidou-se da Previdência. A falsa “social-democracia” petista preside um processo de desindustrialização do Brasil e mantém como principal despesa do orçamento o pagamento de R$ 180 bilhões anuais em serviço da dívida pública Interna. Sem mencionar erros infantis, como o de reconhecer a China como economia de mercado, enfraquecendo nossos mecanismos de defesa comercial Que social-democracia é essa, que pôs a perder o ativismo governamental nas coisas essenciais, que caracteriza o Estado do Bem-Estar Social e seus alicerces? Essa retomada dos valores da social-democracia, com seu respeito ao jogo democrático e sua prioridade à garantia de condições dignas de vida à população, há de tirar do PSDB o falso carimbo de partido da elite e marcar diferença com o PT, com suas práticas sectárias e/ou ineptas. Para tanto, é fundamental ao PSDB fortalecer a unidade interna, dando uma resposta àqueles que nos delegaram um mandato por meio das urnas. Estou, como sempre, a serviço da população. ajudei a definir as bandeiras históricas do meu partido e sua renovação. Por elas e pela unidade, batalhei sempre. Ninguém andará em má companhia seguindo os Dez Mandamentos. Para quem está na política, sugiro um 11° , este de inspiração humana, não divina: “Não ajudarás o adversário atacando teu colega de partido.” n Foi deputado, senador,

prefeito e governador de São Paulo

Parabéns Presidente Carmen Felicetti n Fernando Costa

A

o completar um ano de sua gestão, a Acadêmica Carmen Felicetti,conforme prevê o Estatuto da Academia Petropolitana de Letras, apresentou, em Assembleia Geral, o relatório da Diretoria referente às atividades acadêmicas realizadas a partir de sua posse como presidente da importante Casa de Letras. Depois de apresentá-lo ao Plenário juntamente com a prestação de Contas do exercício de 2010, que resumimos a seguir, apresentou sua carta de demissão do cargo de Presidente, “por imperiosos motivos de ordem particular”. Foi um ano de realizações ao lado de seus colaboradores, Vice-Presidente Mauro Carrano e Castro, Secretários Walter Faria Pacheco e Sylvio Adalberto do Nascimento, Tesoureiros Gustavo Wider e Fernando de Souza da Costa ( esse acumulando o cargo de Relações Públicas) e Bibliotecário Marin de Toledo Melquíades. Além de reuniões de Diretoria, Assembléias Gerais Extraordinárias e Ordinárias, que fazem parte do funcionamento da Instituição, tivemos diversas atividades: O Ano Acadêmico foi aberto em abril, com belíssima festa, realizada no Teatro Santa Cecília quando foi entregue o “Prêmio APL”, em suas diversas modalidades, aos que a ele fizeram jus no ano de

2009. Houve a diplomação de novos Membros Honorários, homenagens especiais e a entrega do prêmio do “Concurso Vultos Petropolitanos”. No dia 08 de maio, no Silogeu Petropolitano, houve a Posse Solene da Professora Lauricy de Almeida Santos, na Cad. nº 36, com emocionante saudação do Prof. Mauro Carrano e Castro e a que se seguiu um excelente coquetel. Ainda em maio, no dia 28, foi a vez do teatro, com a leitura da peça “A Noite de Teresa Cibalena”, em parceria com o TEP e com direção e participação do acadêmico Joaquim Eloy dos Santos. No dia 08 de junho, tivemos a esplêndida palestra: “Os Rios na Poesia”, proferida pelo acadêmico Fernando Augusto Magno com a participação de sua filha, acadêmica Cristiane Magno Michelin. Na ocasião, um grupo de deficientes auditivos pôde se integrar à palestra através da tradução simultânea para a linguagem de sinais, numa tentativa vitoriosa da APL de inclusão, nas apresentações culturais, de pessoas com necessidades especiais. Em agosto, por ocasião dos 88 anos de nossa Academia, ocorrido no dia 03, foi rezada Missa em Ação de Graças na Catedral de São Pedro de Alcântara, com participação do Coral da UCP. Ainda em agosto, a Academia prestou homenagem ao acadêmico Frei Alberto Beckhäuser, em festa promovida pelo Instituto Teológico Franciscano e, no dia 21, em Sessão Solene ocorrida na UCP, deu Posse ao acadêmico Cleber Fran-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias

D

cisco Alves, na Cad. nº 28, com saudação de Carmen Felicetti e sob a presidência do acadêmico Mauro Carrano e Castro. Em seguida foi servido elogiado coquetel. Em setembro, no dia 10, tivemos, no Centro de Cultura Raul de Leoni, a Sessão Solene de Posse do acadêmico Marcio Vieira Muniz na Cad. nº 24, com saudação do acad. Frei Antônio Moser e maravilhosa recepção. Em outubro, na Sala Multimídia do Museu Imperial, numa promoção conjunta com a Academia Brasileira de Poesia, ocorreu a palestra “Manuel Bandeira, O Poeta”, proferida pela acad. Carmen Felicetti. No dia 06 de novembro tivemos a última Posse Acadêmica do ano. Foi na Cad. 37 que passou a ser ocupada pelo acad. Ataualpa Antônio Pereira Filho. A cerimônia ocorreu na Concha Acústica do Museu Imperial e o novo companheiro foi recebido com belo discurso do acad. Fernando Augusto Magno. A seguir tivemos saboroso e farto coquetel. Em virtude do falecimento de três ilustres e pranteados Membros Titulares, ocorridos no ano de 2010, Paulo Jerônymo Gomes dos Santos, Josival Barreto e Hélio Chaves, ficaram vagas as Cadeiras 37 (já preenchida), 03 e 19. Para elas foram eleitos, respectivamente, os escritores Ângelo Romero e Antônio Eugênio Taulois que tomarão posse ainda neste ano. Os agraciados com o “Prêmio APL” – 2010, os homenageados especiais e os novos Membros Honorários já fo-

iário de Petrópolis 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

ram escolhidos e receberão suas medalhas e diplomas no corrente ano, em solenidade a ser marcada. O movimento financeiro de 2010, com superávit, mereceu voto de louvor do Conselho Fiscal, presidido pelo acad. Paulo Machado da Costa e Silva e dos demais Membros, acadêmicos Fernando Augusto Magno, Laert Rodrigues Goulart, Christiane Magno Michelin e Antuan Charif Simão. Paralelamente às atividades elencadas, a Academia Petropolitana de Letras fezse representar em diversos eventos culturais como inaugurações, reuniões, encontros, Posses Acadêmicas na APE e na ABP, exposições, lançamentos de livros e palestras. A APL manteve uma coluna semanal, sem ônus para a Academia, publicada aos sábados na “Tribuna de Petrópolis”e assinou e publicou mensalmente coluna no tablóide cultural “Com Textos”. Cercada pelo carinho dos acadêmicos, Carmen Felicetti agradeceu o incondicional apoio de sua Diretoria, exaltando a qualidade de seus Membros. Agradeceu, também, a seus Pares pelo estímulo, aplausos e incentivo que não lhe negaram durante sua gestão. Esta é Carmen Felicetti, elegante, culta, dinâmica, empreendedora, a primeira mulher a assumir o Legislativo Municipal e a segunda a presidir a APL . Parabéns , aceite o carinho e as flores e de nossa gratidão. n Jornalista Site: www.diariodepetropolis.com.br

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


SÁBADO, 12 DE FEVEREIRO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

3

CIDADE

Alerj e Câmara cobram melhorias na BR-040 Fotos: Arquivo

A Assembléia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) e a Câmara Municipal de Petrópolis somaram forças para que sejam feitas melhorias na rodovia RioPetrópolis, no trecho entre Rio e Juiz de Fora, administrado pela Concer. Ao mesmo tempo em que o contrato de concessão da BR-040 será revisto por uma comissão formada na Alerj, a Câmara recorre na Justiça para derrubar a liminar que suspendeu a obrigatoriedade de a empresa iniciar, de imediato, melhorias na estrada. A comissão, instalada na Alerj é presidida pelo deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB), faz sua primeira reunião esta semana. O estudo da comissão pode ser adicionado ao processo judicial impetrado pela Câmara Municipal de Petrópolis no ano passado, pedindo melhorias imediatas na estrada e a revisão do valor do pedágio praticado. Hoje, considerando os 65 mil veículos que trafegam diariamente pelo trecho de 180 quilômetros administrados pela Concer e um pedágio a R$ 7,70, o faturamento diário da empresa chegaria à casa dos R$ 500 mil. Considerando apenas dias úteis e a tarifa básica para carros de passeio – veículos de carga pagam

Praça de pedágio em Areal: Câmara e comissão da Alerj pressionam Concer por melhorias na BR-040, já que a tarifa cobrada é considerada cara

taxas maiores – o valor anual arrecadado pode ultrapassar os R$ 120 milhões. Em contrapartida, a empresa divulga ter investido, em 15 anos, R$ 932 milhões, ou seja, R$ 62 milhões por

ano, o que seria a metade de sua arrecadação. Em decisão liminar em setembro do ano passado, o juiz da 8ª Vara Federal do Rio de Janeiro estipulou que em 30 dias a Concer promo-

vesse as intervenções, mas a concessionária recorreu e conseguiu derrubar decisão liminar. O departamento jurídico da Câmara está apresentando contra-razões ao Tribunal Regional Federal

para que a liminar volte a valer. “A instalação da comissão na Alerj é um passo importante porque os deputados podem solicitar ao juízo a inclusão deste estudo ao

processo judicial reforçando a defesa dos interesses dos petropolitanos e todos que utilizam a BR- 040” , afirma o presidente da Câmara, vereador Paulo Igor. A instalação da comissão na Alerj foi abraçada por 38 parlamentares que assinaram a proposta de sua abertura a partir da exposição da ação, impetrada pela Câmara, e a negativa da empresa em promover as intervenções estipuladas pela Justiça. “Ficou claro para os parlamentares que a Concer se recusa a cumprir o que estipula o próprio contrato”, afirma Bernardo Rossi. A comissão vai rever os pontos do contrato com a Concer, que hoje cobra um pedágio de R$ 7,70, mas não oferece serviços básicos de sinalização e telefones de emergência. Hoje, a tarifa praticada pela Concer é uma das mais caras do país, uma diferença que chega a 300% em comparação a outras estradas e não constatamos melhorias no piso, de contenção de encostas e de comunicação com os usuários que justifiquem esse valor”, completa Bernardo Rossi. Também participam da comissão os deputados Marcus Vinicius Neskau (PTB), Átila Nunes (PSL), Samuquinha (PR) e Geraldo Moreira (PTN).

Ministro do Trabalho anuncia pacote de qualificação para a Região Serrana

O autor Marcelo Motorista quer mais segurança para o município

Lei proibirá capacetes em estabelecimentos públicos Vinicius Henter

Um projeto de lei já aprovado na Câmara proíbe a entrada de pessoas com capacete ou gorro em estabelecimentos públicos e privados. A proposta, do vereador Marcelo Motorista (PDT), busca dar mais segurança à cidade, já que seria facilitada a identificação dos visitantes. A matéria foi votada nesta semana na Câmara, faltando agora ser sancionada pelo prefeito Paulo Mustrangi. “Fica proibido o ingresso ou a permanência de pessoas utilizando capacete, gorro ou qualquer tipo de equipamento ou vestimenta similar que oculte a face, dificultando a identificação, ou o seu reconhecimento em quaisquer estabelecimentos públicos, estabelecimentos comerciais, indústrias e prestadores de serviços no município de Petrópolis”, informa o artigo 1º do projeto. Como explicou Marcelo Motorista, o motivo do projeto foi a “grande quantidade de assaltos em estabelecimentos públicos”. Ele ainda disse que a lei, quando for sancionada pelo prefeito, deixará a

população mais atenta. “Muitas vezes, a polícia não tem conseguido identificar os infratores, porque estão com a face oculta. Vendo casos de assalto na internet e na televisão, fiquei preocupado. Então propus esse projeto para dar uma segurança maior para a população e para os donos de estabelecimentos”, disse Marcelo. De acordo com o projeto, os estabelecimentos e repartições deverão exibir em seus locais de entrada, “de modo destacado”, as novas exigências em relação à proibição de capacetes, gorros ou outras vestimentas que cubram o rosto. “As respectivas informações deverão estar em placa de 40 (quarenta) por 50 (cinqüenta) centímetros, com letras em dimensões adequadas para fácil visualização, contendo os seguintes dizeres: ‘Proibido o uso de capacete, gorro ou similar que oculte a face neste local’”, informou o parágrafo único do artigo 2º. A lei entrará em vigor 30 dias após a data de sua publicação. Quem não cumprir estará sujeito à multa.

Vereador Baninho quer faixa seletiva também para táxis O vereador Baninho (PSB) indicou à prefeitura instalações de mais corredores para coletivos e táxis. Com esta indicação, Baninho considera que o tráfego no Centro da cidade melhoraria expressivamente. Com os táxis podendo trafegar também nas faixas seletivas, as pessoas que preferem não utilizar o ônibus como meio de transporte teriam um di-

ferencial a mais na escolha do táxi como meio de condução. A medida ajudaria também a classe taxista com a agilidade, com um trabalho mais eficiente e com um maior rendimento salarial. O parlamentar acredita que o benefício seria geral e que os petropolitanos poderiam até mesmo preferir deixar os carros em casa e ir de táxi para a o Centro da cidade.

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, esteve ontem de manhã em Petrópolis, onde anunciou um conjunto de medidas para a qualificação de trabalhadores na Região Serrana. O objetivo, segundo Lupi, é auxiliar na recuperação das cidades atingidas pelas chuvas do mês passado. Entre as medidas anunciadas durante reunião com o prefeito Paulo Mustrangi, estão cursos de qualificação para 12 mil trabalhadores, a concessão da Bolsa Qualificação para empregados de empresas prejudicadas pelas chuvas e a criação de um centro de economia solidária em Petrópolis. De acordo com o Lupi, todas essas medidas terão início “imediato”, bastando apenas finalizar ajustes da implementação com as prefeituras. Ele também descartou que os cortes nos gastos anunciados pela equipe econômica do governo federal comprometam as medidas. “São recursos orçamentários já previstos e não tem corte”, afirmou Lupi, lembrando, ainda, que o ministério prorrogou a entrega da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ano-base 2010 até 25 de março para empresas localizadas em cidades em estado de calamidade. Para Mustrangi, os programas anunciados pelo ministério vão acelerar a recuperação de Petrópolis. “Essa integração de forças é fundamental. A parceria

O Ministro Carlos Lupi (C) cumprimenta o presidente da Firjan, Eduardo Gouvêa, e o prefeito Mustrangi

entre as três esferas de governo foi o que garantiu o rápido socorro às vítimas e é ela que vai dar condições de a economia da cidade respirar”, enfatizou. Planseq, Bolsa Qualificação, ProJovem e centros de economia solidária Com a implementação do Plano Setorial de Qualificação (Planseq) na região, 12 mil trabalhadores que perderam seus empregos nas cidades atingidas poderão participar de cursos de qualificação principalmente na área de construção civil. “Nosso objetivo é qualificar essa população para que seja utilizada a mão de obra local para reconstruir o que foi destruído”, afirmou. Outra medida prevê a

concessão da Bolsa Qualificação para trabalhadores de empresas que tenham ficado seriamente comprometidas, sem condições de manter sua atividade. Neste caso, os empresários suspendem os contratos de trabalho por até cinco meses e nesse período os empregados ficam liberados para participar de cursos de qualificação, conveniados com a Secretaria Estadual de Trabalho. Enquanto isso, os salários de até R$ 1.010 são mantidos com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). “Evita a demissão, permite que as empresas tenham tempo para se recuperar e torna o trabalhador melhor qualificado”, acrescentou o ministro. Segundo Lupi, os mu-

nicípios também receberão o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem), por meio do qual pessoas de 18 a 29 anos recebem uma bolsa de R$ 100 enquanto participam de cursos de capacitação por seis meses. As aulas serão nas áreas de construção civil e de hotelaria. O ministro anunciou ainda a construção de três centros de economia solidária nos principais municípios atingidos - Petrópolis, Nova Friburgo e Teresópolis – para dar suporte e capacitação aos pequenos produtores rurais. Segundo Carlos Lupi, nesses locais será possível expor e comercializar os produtos, além de obter orientação sobre como recomeçar a atividade.

Presidente da Firjan recebe o ministro Carlos Lupi no Vale do Cuiabá O presidente do Sistema Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, recebeu ontem o ministro Carlos Lupi para uma visita ao Vale do Cuiabá, uma das áreas mais atingidas pelo temporal que caiu na Região Serrana no mês de janeiro. Ao lado do prefeito Paulo Mustrangi, o ministro assistiu a uma apresentação do projeto de reconstrução do Vale, encampado pela Federação das Indústrias. “É importante que to-

das as esferas de governo se unam nesse momento, com o apoio da iniciativa privada, para reconstruir a região. Estamos trabalhando para que as famílias que perderam tudo o que tinham consigam retomar suas vidas no lugar que é delas”, destacou Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, ao apresentar o escopo do projeto Nosso Cuiabá, incluído em outro projeto maior, o Minha Ajuda Sua Casa, criado pelo Instituto da Criança, entidade sem fins lucrati-

vos que, desde o temporal, vem trabalhando na arrecadação de donativos e desenvolvimento de projetos que beneficiem moradores das áreas devastadas pelo temporal. O projeto prevê a ocupação do Vale de fora responsável e sustentável. Para isso, a Firjan apoia o trabalho de construção de casas na região. “Uma família tradicional da região já cedeu um terreno de 50 mil metros quadrados para a constru-

ção. O governo municipal nos garantiu a infraestrutura. Agora, vamos começar as obras”, anunciou o presidente do sistema, que prevê a construção de pelo menos 50 casas. Para a sustentabilidade das famílias, a sugestão é que seja retomada, na área, uma atividade que já foi tradicional no Cuiabá: a agricultura. “Ter o Vale do Cuiabá verde novamente sem dúvida vai recuperar o turismo na região”, aposta Eduardo Eugênio.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

SÁBADO 12 DE FEVEREIRO DE 2011

Exposição

Música popular

Tamara Argon, uma jovem fotógrafa de 27 anos, está apresentando ao público seu trabalho fotográfico, com a exposição “As flores e as cores”, no Espaço Alternativo do Centro de Cultura. Esta é a primeira exposição da artista, que optou pelas flores para mostrar através de seu colorido as cores do arco-íris.

A cantora Denise Pinaud e o pianista Kuko Moura saem de Niterói e retornam a Itaipava para mais uma apresentação especial, na próxima quinta-feira, dia 17, no Don Bistrô. A dupla promete uma noite espetacular com o melhor da música popular brasileira e bossa nova, a partir das 20h30.

socialmarise@yahoo.com.br

Frei Moser: um ano na presidência do Terra Santa

A DUPLA de chefs, Frederic De Maeyer e Nao Hara

Gastronomia beneficente

Instituição que atende crianças dos 3 anos a jovens com até 20 anos de idade, todas em situação de vulnerabilidade social, o Centro Educacional Terra Santa em meados de 2009 parou de receber verbas vindas da Terra Santa e da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil e passou a ter que gerir e angariar fundos para manter as ações sócio educacionais que são promovidas para cerca de 400 pessoas diariamente. Foi em fevereiro de 2010 que Frei Antônio Moser assumiu a presidência e de lá pra cá vem transformando o espaço para que ele possa gerar finanças e conseguir se sustentar. Para comemorar um ano na presidência e também angariar fundos para manutenção do espaço, será realizado no próximo domingo, um almoço comemorativo e beneficente com início previsto para as 12h. No menu comida mineira: carré, arroz branco, tutu e salada verde. Os ingressos limitados a 250 pessoas já estão à venda por apenas R$15,00 (quinze reais) por pessoa no Centro Educacional Terra Santa. Informações: (24) 2246-1061 e (24) 2242-0525.

Os chefs José Hugo Celidônio; Danio Braga, da Locanda della Mimosa; Damien Montecer, do Térèze; Frederic de Maeyer, do Eça; Nao Hara, do restaurante Nao, Marcos e Thiago Sodré, do Sawasdee, estarão em Petrópolis neste sábado para prepararem um jantar beneficente em prol das famílias do Vale do Cuiabá. O encontro, que reúne grandes estrelas da gastronomia, no restaurante Imperatriz Leopoldina, do Hotel Solar do Império. A organização é da chef Claudia Mascarenhas.

Christiane Michelin: a união faz a força!

Um mês Neste sábado, completa um mês da maior tragédia climática do país, que atingiu a Região Serrana, causando mortes em Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis. O bispo de Petrópolis, Dom Filippo Santoro, vai celebrar a missa de um mês das vítimas do Vale do Cuiabá (Petrópolis) na Igreja do Divino. Já no domingo, às 11h30, por todas as vítimas das cidades atingidas pela chuva do dia 12 de janeiro, na Catedral São Pedro de Alcântara em Petrópolis.

FREI ANTÔNIO MOSER: um ano na presidência do Centro Educacional Terra Santa

CHRISTIANE MICHELIN com o pai, o escritor Fernando Magno

R E S TA U R A N T E

Self-Service

Requinte em Buffet a Quilo

LAS DELICIAS

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

Nossa querida Christiane Michelin foi outra que doou parte do valor das vendas de seu último livro para os desabrigados. O lançamento ocorreu no “Faustino”, em Itaipava, e muitos dos convidados gostaram tanto do espaço – que oferece música ao vivo todo final de semana – que já fizeram da casa um de seus points favoritos. Dentre eles, Maria a José e Jorge Mário Costa e Fernado Costa e Célio Barbosa. Michelin ainda está colaborando com todas as campanhas no sentido de divulgar que tanto Petrópolis e Itaipava, quanto Teresópolis e Nova Friburgo estão esperando pelos turistas já que a região continua linda como sempre e Teresópolis, assim como o Cônego, Mury, Lumiar e São Pedro da Serra, em Nova Friburgo, com seus inúmeros restaurantes, pousadas e opções de lazer e compras. Visitar essas regiões é, com certeza, uma forma importante de ajudá-las a se recuperarem.


SÁBADO, 12 DE FEVEREIRO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

GERAL

PIV na Região Serrana registra 412 comunicações de desaparecimentos

Anderson Juliano, presidente da Comdep

Comdep faz mutirão de limpeza nas ruas do 1° e 2° distritos A Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) iniciou um mutirão de limpeza nas ruas do 1° e 2° distritos esta semana. As equipes de capina, limpeza, poda e retirada de entulhos começaram na última quartafeira (9), com o objetivo de regularizar os serviços. São cerca de 100 funcionários disponibilizados para realizar o mutirão que deve ser finalizado na próxima semana. As equipes de capina estão hoje nos bairros Floresta, Pouso Alegre, Meio da Serra e Dr. Thouzet. As equipes de capina mecânica estão no bairro Jardim Salvador, Carangola e Cidade Nova. A equipe da roçada passa esta semana por Cascatinha, Jardim Salvador e Bingen. A coordenação do Disque Entulho dividiu a equipe em três grupos para agilizar o

serviço de coleta de entulho de coletoras. Uma equipe passa pelos bairros Alto Independência, São Sebastião e Siméria. A outra equipe percorre os bairros Carangola, Cidade Nova, Morro Canedo e Carangola Amoedo. A última equipe passa pelos bairros Morin, Morro da Oficina, Rua dos Ferroviários e Dr. Sá Earp. “Estávamos concentrando as equipes para melhorar a situação no Vale do Cuiabá, mas agora vamos trabalhar em mutirão para regularizar todos os serviços de capina, limpeza e recolhimento de entulho, através dos pedidos feitos do disque entulho. A previsão é de que o serviço esteja regularizado ainda esta semana”, explicou o presidente da Comdep, Anderson Juliano.

Para surpresa dos usuários a Farmácia Popular fechou ontem

Farmácia Popular ficará fechada até segunda feira Quem se dirigiu à Farmácia Popular, situada na Rua Epitácio Pessoa, no Centro, na manhã de ontem, encontrou as portas fechadas, e o pior, sem nenhum tipo de aviso explicando o porquê do fechamento. Transtornos foram causados pela desinformação e muitas pessoas ficaram desorientadas. “Cheguei aqui era por volta de 10h30, para comprar remédios para minha esposa, mas a farmácia estava fechada. Fiquei mais de uma hora sentado no banco aqui em frente, esperando que a farmácia abrisse. Acho que era obrigação deles colocarem um aviso na porta explicando para população o porquê disso e para onde deveríamos ir para conseguir os medicamentos..” reclamou o aposentado Antônio Francisco Araújo, de 69 anos. “Perdi a conta de quantas pessoas já vieram aqui desorientadas querendo comprar os remédios a preços populares e encontram as portas fechadas” disse um dos comerciantes que trabalha em um dos camelôs da Rua Epitácio Pessoa. A Secretaria de Saúde informa que está normalizando questões operacionais, mas que na próxima semana a Farmácia Popular já estará em pleno funcionamento no mesmo endereço. REMÉDIOS PODEM SER

OBTIDOS EM FARMÁCIAS CADASTRADAS.

É importante ressaltar que o programa Farmácia Popular, que pratica preços até 90% inferiores a das farmácias convencionais, funciona normalmente em outros estabelecimentos cadastrados. Todas as farmácias que tem o selo da Farmácia Popular na porta estão aptas, inclusive farmácias próximas a Epitácio Pessoa, não prejudicando quem precisa adquirir o medicamento. Seguem abaixo alguns endereços de farmácias cadastradas que continuam em funcionamento e permitindo a compra de medicamentos da mesma forma como acontece na Farmácia Popular da Rua Epitácio Pessoa: DR. PORCIUNCULA, Nº 82, 84 , Centro RUA DO IMPERADOR N°271/273, Centro RUA DO IMPERADOR Nº 529, Centro RUA DO IMPERADOR Nº 958, Centro90 RUA JOSE DA GAMA MACHADO, 51, LOJA 06, Itaipava ESTRADA UNIAO E INDUSTRIA, 11833, Itaipava AVENIDA LEOPOLDINA, Nº 330, Nogueira ESTRADA UNIAO E INDUSTRIA, Nº 33530, Posse

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do trabalho realizado pelo Programa de Identificação de Vítimas (PIV), coordenado pelo Procurador de Justiça Rogério Scantamburlo e pelo Promotor de Justiça Pedro Borges Mourão, diariamente consolida e processa os dados oriundos das comunicações de desaparecimentos decorrentes das chuvas nos municípios da Região Serrana. Na atualização das 18h de quinta-feira

(10), chegou-se aos seguintes números de comunicações de desaparecimentos: Petrópolis – 56, Teresópolis – 223, Nova Friburgo – 87, localidades não informadas – 44, Sumidouro – 2,Bom Jardim – 0, São José do Vale do Rio Preto – 0, Total – 412 As informações registradas por parentes e amigos são checadas com os dados de hospitais, IML, abrigos, entre outros. Além disso, equipes de apoio vão a campo em busca de maiores dados que

possibilitem as localizações. Outros números também foram informados: A lista nominal pode ser consultada no site do MPRJ (www.mp.rj.gov.br). O PIV em Petrópolis está funcionando na Coordenação do Centro Regional, na Rua Marechal Deodoro 88, no Centro da cidade. O MPRJ também montou um posto de atendimento avançado na Sala do MP no Fórum do Distrito de Itaipava, na Estrada União Indústria s/nº,

ao lado do Corpo de Bombeiros. Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.Em Teresópolis, o posto do PIV funciona na Praça Luís de Camões s/nº, Centro, e o de Friburgo, na Praça Demerval Barbosa s/nº, Centro.O registro de desaparecimento de familiares ou conhecidos também pode ser feito por meio de formulário disponível no site do MPRJ, ou pelos telefones (21) 2283-6466 e 127 (Ouvidoria).

Prefeito participa de reunião do INEA com moradores de Benfica e Gentil O prefeito Paulo Mustrangi participou, na noite da última quinta-feira, dia 10, da reunião do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) com os moradores dos bairros Benfica e Gentil, também atingidos pelas chuvas que caíram no distrito de Itaipava no dia 12 de janeiro. A reunião aconteceu na Escola Municipal Paula Buarque, no bairro Benfica e reuniu dezenas de moradores das localidades. O objetivo da reunião foi discutir com os moradores projetos e medidas que podem ser realizadas nos

locais. Foram apresentadas as obras que deverão ser realizadas no Rio Santo Antônio e comunicado que começará a vigorar a lei estadual que só permite construções a mais de 30 metros da margem do rio. Na lei municipal são apenas 15 metros. “A importância desta reunião são osmoradores saberem que nada será feito sem o conhecimento de todos. Infelizmente, os processos não acontecem da noite para o dia, mas estamos agilizando todos os que podemos e trabalhando para oferecer o melhor con-

Operação Guilhotina já prendeu 28 pessoas no Rio

Processo de abertura de licitação dos ônibus está sendo finalizado

Rio de Janeiro - A Operação Guilhotina, desencadeada ontem (11) pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para desarticular um grupo formado por policiais civis e militares envolvido com o tráfico de armas, drogas, milícias e outros tipos de crimes, já deteve 28 pessoas, sendo 16 policiais militares e seis civis. Entre os detidos está a delegada Márcia Beck, titular da 22ª Delegacia de Polícia (Penha). Ela foi levada para a sede da Superintendência da PF, na Praça Mauá, para prestar esclarecimentos e depois será liberada. As delegacias da Penha e de São Cristóvão foram fechadas hoje por quase três horas para o cumprimento de mandados de busca e apreensão. Os policiais recolheram munição, celulares, agendas e objetos dos policiais acusados. O chefe da Polícia Civil, Alan Turnowski, também foi chamado à Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre as investigações. A prefeitura do Rio divulgou nota informando que vai exonerar o delegado Carlos Antônio Luiz de Oliveira, que, há pouco mais de um mês, assumiu a subsecretaria de Operações da Secretaria Especial da Ordem Pública. As investigações da Polícia Federal indicam que há envolvimento dele com traficantes. No início da manhã, foi feita uma busca na casa do delegado, que é ex-subchefe da Polícia Civil, mas ele não foi encontrado e, segundo a PF, já é considerado foragido. Cerca de 580 agentes da Polícia Federal participam da Operação Guilhotina. Ainda faltam ser cumpridos 17 mandados de prisão. A PF informou que as investigações começaram em 2009, quando agentes tentavam prender um traficante em Macaé, no norte do estado, e houve vazamento de informações.

O edital de abertura de concessão para novas empresas de ônibus está sendo finalizado, seguindo todas as exigências do Tribunal de Contas. Por conta da mobilização de todos os setores da Prefeitura para atender as necessidades das áreas atingidas pela chuva, inclusive burocráticas, houve um atraso de 15 dias no andamento da preparação do processo. Até o resultado da licitação, as empresas Esperança, Autobus e Petrópolis continuam sob intervenção da Prefeitura de Petrópolis para que o sistema se mantenha em funcionamento e os usuários e profissionais do setor não sejam ainda mais prejudicados com a situação do transporte coletivo do município, que há muitos anos vêm apresentando problemas. Os salários, pagamentos e encargos continuam sendo realizados em dia. Os funcionários vem sendo treinados para atuar em ônibus com motor eletrônico, como os cinco veículos, ano 2008/2009, que foram alugados e estão operando na linha 700 da Viação Autobus e sendo pagos com o que é arrecadado pela empresa. “Hoje fazemos reparos na oficina, mas não temos como parar um veículo para uma revisão geral por falta de carro. Agora, vamos retirar de cinco em cinco veículos para

forto possível a todos neste momento difícil. As nossas equipes estão constantemente aqui na região para atender a qualquer necessidade mais urgente das famílias e eu estou aqui também, na linha de frente, acompanhando tudo”, declarou o prefeito Paulo Mustrangi. De acordo com o coordenador de reassentamento do INEA, todas as famílias que moram em casas a menos de 30 metros da margem do rio estão sendo cadastradas. “O projeto que apresentamos as famílias cadastradas podem

obter o recurso de compra assistida; indenização ou unidade habitacional (casas populares)”, explicou Mozart Chalfun. Também participaram da reunião, o vice-prefeito, Oswaldo Costa Frias; o coordenador da Defesa Civil, coronel Francisco de Paula; o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Luis Eduardo Peixoto; o coordenador geral do projeto Orla Piabanha do INEA, Irinaldo Cabral; e os vereadores Gil Magno e Jorginho Banerj.

Licitação das linhas de ônibus ficará pronta nos próximos dias

realizarmos esse trabalho. Os funcionários há três meses começaram a ser treinados para atuar nesse tipo de ônibus eletrônico, até porque precisam estar preparados para serem absorvidos por nova empresa, quando for realizada a licitação que vai proporcionar ônibus novos para a cidade”, disse o interventor da Viação Autobus, Seraphin José Claudino. A intenção é alugar mais sete veículos nos mesmos moldes – eletrônico, mais econômico, ecologicamente correto, com motor mais potente, sendo dois executivos para trafegar até Gabi, divisa entre Posse e Areal, para dar mais segurança aos passageiros e reduzir os problemas causados pelas quebras dos ônibus. “Estamos numa fase em que trabalhamos com os recursos gerados pelos passageiros.

Não arriscamos um aluguel que não possamos pagar com o que é arrecadado pela empresa. Temos muita dificuldade para alugar veículos mais novos porque as empresas só querem vender. Para comprar seria preciso fazer um financiamento que é, em média, de 36 meses. Além de não termos esse tempo, empresa sob intervenção não pode realizar financiamento ou leasing”, declarou o interventor. A Viação Esperança foi a primeira a alugar sete veículos. A medida reduziu o número de quebras diárias de veículos. Para que os veículos não parassem de circular e os pagamentos continuassem em dia, a intervenção nas três empresas de ônibus – Esperança, Autobus e Petrópolis – vai continuar até o fim do processo de licitação.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sábado, 12 de fevereiro de 2011

geral

Investe Rio mantém Posto no Sesc de Nogueira Quem ainda não teve tempo de tirar as dúvidas sobre linhas de créditos e recuperação da economia pode consultar os técnicos da Investe Rio no Posto Avançado do Programa de Apoio Solidário (PAS) em Petrópolis. Os empreendedores que foram prejudicados pelas chuvas do começo de janeiro podem esclarecer as dúvidas sobre linhas de créditos e capital de giro no Sesc de Nogueira, das 10h às 18h. O Programa de Apoio Solidário atende tanto pessoas jurídicas quanto pessoas físicas. Durante a visita, os empresários recebem orientações sobre como ter acesso às linhas de crédito abertas emergencialmente para obras de reparação, aquisição de máquinas, equipamentos, matéria-prima e capital de giro dos analistas da Investe Rio – setor vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços. O objetivo do Programa é

acelerar o processo de recuperação dos empreendimentos afetados pelas chuvas. Outros dois postos foram instalados em Nova Friburgo e Teresópolis. A iniciativa foi tomada a partir de parcerias firmadas entre entidades públicas e privadas e conta com o apoio do Sicomércio, da Fecomércio, Firjan e Secretaria de Estado de Turismo. “Essa ação é importantíssima porque cria um canal de acesso dos empresários afetados direta e indiretamente pelas chuvas para que eles possam tirar as dúvidas sobre como recomeçar seus negócios e retomar suas atividades normais. É um estímulo muito bacana que vai ajudar muitos petropolitanos”, disse Marcelo Fiorini, presidente do Sicomércio. O SESC de Nogueira fica na Estrada do Calembe, s/n, bairro de Nogueira - próximo à Itaipava. O horário de funcionamento do posto é de 10h às 18h.

Divulgação

Como explicou Maurício Chacur, presidente da Investe Rio, a maioria das consultas são para financiamento de capital de giro

Primeira linha de crédito aprovada foi para Teresópolis Uma comerciante da Feira do Alto, em Teresópolis, foi a primeira a ter linha de crédito aprovada pela Investe Rio através do PAS na Região Serrana. O financiamento, no valor de R$ 3,5 mil, servirá para capital de giro. Até agora, 277 pessoas - entre empresários, microempreendedores individuais e pessoas físicas - já procuraram os postos da agência instalados na região para obter orientações sobre as linhas de financiamento destinadas a recuperar os empreendimentos afetados pelas tempestades. Segundo o presidente da Investe Rio, Maurício Chacur, a maioria das consultas é para financia-

mento de capital de giro, sendo que mais de 70% do total correspondem à solicitações de pessoas jurídicas, incluindo neste rol microempreendedores individuais. Ainda segundo Chacur, os pedidos de aporte financeiro à Investe Rio têm variado entre R$ 3 mil e R$ 100 mil. “Nos postos de Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, estamos trabalhando da seguinte forma: pessoas jurídicas e microempreendedores individuais formalizados são orientados para o Programa Emergêncial de Recuperação (PER/PAS). Já as pessoas físicas empreendedoras informais são atendidas dentro do Programa de Apoio Soli-

O primeiro empréstimo da Invest Rio foi para uma comerciante da Feira do Alto, em Teresópolis

dário (PAS-Micro), voltado para microempreendedores sem acesso ao

sistema bancário formal”, explicou Maurício Chacur, acrescentando que

além do atendimento nos postos, analistas da agência estadual de fomento

têm ido à campo fazer palestras sobre as linhas de financiamento e vistorias nos empreendimentos afetados. Na última quarta-feira (9), a Investe Rio esteve presente com estande no Feirão SOS Empresas realizado em Friburgo, onde atendeu 31 empresários. Ontem também promoveu palestra para cerca de 60 empreendedores do município. Já na próxima semana, estão programadas palestras sobre os programas de apoio financeiro para empreendedores dos municípios de Areal e São José do Vale do Rio Preto, que também sofreram prejuízos com as tempestades de janeiro.


SÁBADO, 12 DE FEVEREIRO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

ESTADO

Recuperação da Região Serrana inclui incentivo à programação cultural Fotos: Divulgação

Nos próximos meses as cidades de Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis deverão receber inúmeros festivais de música, cinema e gastronomia. Segundo o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, durante entrevista à Radio CBN, a determinação do governador Sérgio Cabral é de criar um cronograma de eventos, para retomar a movimentação nas cidades e ajudar na recuperação econômica de toda a região. Ao fazer um balanço de um mês da tragédia que afetou sete cidades da Região Serrana – Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro, Bom Jardim e Areal –, o vice-governador lembrou que o Carnaval de Mury, em Friburgo, que sempre foi referência na região, está confirmado. Além das perdas em diversas áreas econômicas, o setor de turismo tem amargado o cancelamento de inúmeras reservas, mesmo em áreas não afetadas pelas chuvas. - O pessoal do setor de hotelaria tem reclamado do desaparecimento de turistas, que acabaram cancelando reservas em toda a região. Mury e Lumiar, por exemplo, que não tiveram qualquer tipo de problema,

O vice governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão vai incentivar o turismo na região mesmo em áreas não afetadas pelas chuvas

estão com seus hotéis às moscas – frisou Pezão. Ele adiantou ainda que na próxima terça-feira, numa reunião em Brasília entre o

governador Sérgio Cabral, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, ele e a presidenta Dilma Rousseff, serão entregues todos os relatórios sobre as

necessidades de obras nas cidades afetadas pelas chuvas de janeiro. São projetos de recuperação de estradas vicinais, pontes, contenção de

encostas e habitação. - Só em Friburgo são 121 contenções, que precisamos ver como iremos fazer, além de 185 pontes em

toda a região serrana. Vamos levar os nossos pleitos à presidenta, mas, o que não for coberto pelo governo federal, o governador Sérgio Cabral buscará recursos do orçamento estadual para fazer. A cada dia estamos vendo a recuperação das cidades e estaremos sempre dando a nossa contribuição para que a vida volte ao normal o mais breve possível – disse o vice-governador. Sobre o terreno da antiga fábrica Ypu, que deverá tornar-se um grande centro universitário e profissionalizante, Pezão ressaltou que a área pertence ao governo federal e a presidenta já ordenou a sua regularização para a cessão ao Estado. A proposta é que se instalem no espaço um campus da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com cursos mais voltados para a área de Engenharia, e um campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), com foco em Medicina e na área social. A avaliação dos terrenos onde serão construídas as oito mil unidades habitacionais continua e segue a sondagem na Fazenda da Laje, em Nova Friburgo, onde deverão ser construídos os apartamentos para as famílias atingidas no município.

Tragédia na Serra do Rio não implicará em aumento dos custos de seguros Alana Gandra/ABr

Rio de Janeiro - A tragédia provocada pelas enchentes de janeiro não deverá alterar o custo dos seguros na Região Serrana fluminense. A avaliação foi na última quinta-feira à Agência Brasil pelo presidente do Clube dos Corretores do Estado do Rio de Janeiro, Amílcar Vianna. Vianna disse que a enxurrada da madrugada do dia 12 de janeiro aumentou as perdas

Ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, sobrevoou as áreas atingidas pelas chuvas do dia 12

Ações em parceria garantem reconstrução na Serra Reunião com prefeitos apresentou recursos do MDA As novidades sobre os recursos a fundo perdido e linhas de crédito anunciadas pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, foram recebidas com expectativa pelos prefeitos das cidades atingidas pelas chuvas na Região Serrana. Segundo eles, a medida vai completar as ações desenvolvidas na região pelo Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, desde as primeiras horas do dia 12 de janeiro. Na última quinta-feira, o ministro e o secretário de Agricultura, Christino Áureo, sobrevoaram a Região Serrana. Após o voo, o vicegovernador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pe-

zão, Áureo e Florence se reuniram com os prefeitos de Nova Friburgo, Dermeval Barboza Moreira Neto; de Bom Jardim, Paulo Barros; de Macuco, Rogério Bianchinni; de Trajano de Moraes, Carlos Gomes; de Sumidouro, Juarez Corguinha; e de Sapucaia, Anderson Zanon; além de representantes dos prefeitos de Petrópolis, Teresópolis e São Sebastião do Alto e do subsecretário de Reconstrução da Região Serrana, Affonso Monnerat. Pezão ressaltou que a agilidade dos governos federal e estadual em buscar alternativas mostra que é possível pensar em uma reconstrução mais ágil das cidades atingidas pelas

chuvas. Pezão enumerou as várias ações em parceria, garantindo a liberação de crédito para os empresários, a limpeza das cidades, a desobstrução de estradas e a parceria para a construção de oito mil unidades habitacionais para atender não apenas os atingidos pela chuva, mas, também, aqueles que se encontram em áreas de risco. “Cada autoridade que chega aqui para anunciar alguma forma de ajuda à região contribui para que a cidade possa florescer de novo e colocar a Região Serrana para produzir. Afinal, esse é um grande celeiro e precisa retomar sua vocação”, frisou Pezão.

das seguradoras da região, mas que isso não deverá aumentar o custo do seguro. “O número de carros indenizados com perda total em função das avalanches acontecidas na Região Serrana foi muito superior a qualquer expectativa. Mas, é um evento isolado. Na minha opinião, isso não vai gerar aumento do custo do seguro na região”. Segundo o especialista, a maioria das casas na região não é segurada. “E um número me-

nor de pessoas tem cobertura para seguros de vida”. Ele acredita o que pode ocorrer a partir de agora na região é o aumento da procura por seguros. Vianna disse que, em geral, os contratos também não cobrem eventos como desmoronamentos. “Normalmente, eventos catastróficos são excluídos da cobertura. Mas, a indústria de seguros, historicamente no Brasil, apesar dessa exclusão, não tem exercido essa cláusula do contrato”.

Secretário de Educação visita a Editora Vozes O secretário de educação, professor William Campos (foto), visitou no dia 11, as dependências da Editora Vozes. Ele foi recepcionado pelo presidente da empresa, frei Antônio Moser, que mostrou todo o funcionamento da mais antiga editora do Brasil em atividade, que completa este ano 110 anos de fundação. O encontro vislumbra uma parceria entre a Secretaria de Educação e a Vozes visando o desenvolvimento de projetos pedagógicos. O secretário teve acesso ao parque gráfico da editora, situado na Rua Frei Luis, 100, Centro e conheceu parte do catálogo da Vozes, que conta com mais de dois mil títulos ativos, incluído um vasto material didático e pedagógico. A aproximação entre a Educação e a empresa foi um pedido do prefeito Paulo Mustrangi, explicou o secretário William Campos. “Queremos fazer uma homenagem à Editora Vozes por sua tradição e contribuição à educação brasileira. Meu interesse na editora tem haver com o acervo fantástico de autores que a Vozes tem. Estamos estudan-

empresa. “Esta foi a primeira vez que um secretário de Educação visita nossas dependências. Foi um primeiro contato, mas tenho certeza que teremos muitos desdobramentos práticos a partir dele”, disse Moser.

do formas de colocar tudo isso à disposição da educação de Petrópolis”, contou, completando: “Priorizar a Vozes foi um dos melhores pedidos que o prefeito Paulo Mustrangi me fez. Além de toda a parte intelectual, pedagógica, a Editora Vozes é um símbolo para nós, de resistência à Ditadura e defesa da democracia. Se estamos aqui hoje com liberdade devemos um pouco disso à Vozes”. O presidente da Vozes, frei Antônio Moser, mostrou seu contentamento com a presença do secretário de Educação e sua equipe na

Projetos pedagógicos As subsecretárias de Educação, Cláudia Quitanilha (Ensino Fundamental) e Valéria Albuquerque (Educação Infantil), integraram a comitiva que visitou a Vozes e se mostraram entusiasmadas com a aproximação. Segundo Valéria, a Secretaria de Educação, nas modalidades de Educação Infantil e Ensino Fundamental, dinamizam o projeto Cultura Escrita, que tem o propósito de pensar a leitura numa forma de construção da autonomia e criticidade necessárias ao exercício da cidadania. “A Editora Vozes vem contribuir para que possamos fortalecer a proposta pedagógica do município, que tem grande importância na formação de leitores que envolve alunos, professores e comunidade em geral”, completou.


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Sábado, 12 de fevereiro de 2011

geral

Construção civil espera crescer mais que o PIB brasileiro este ano Lourenço Melo/ABr

A construção civil espera crescer 6% este ano, “mais que a indústria como um todo e acima do índice esperado para o Produto Interno Bruto [PIB]”, segundo informou o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (Cbic), Paulo Safady. Uma expansão “significativa porque parte de uma base negativa em 2009 e que, em 2010, foi de 11%”, destacou o empresário, depois de sair de encontro com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior. As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e os megaeventos esportivos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 “serão o motor do desenvolvimento” do setor nos próximos anos, assegurou Safady. Na audiência com a ministra, vários projetos foram discutidos, como o Sanear é Viver, que a entidade apresentou ao governo e que prevê investimentos de R$ 3 bilhões nas companhias de saneamento estaduais e municipais. Entre

as sugestões da Cbic está a criação de um fundo federal para ajudar as companhias de saneamento a planejar a ampliação da infraestrutura, com compensações por recursos recebíveis e isenções tributárias. O projeto deverá se desenvolver até 2022, segundo Paulo Safady. Ele também discutiu com a ministra do Planejamento a implementação de programas de capacitação profissional de beneficiários do Bolsa Família, por meio do projeto Próximo Passo, que já conta com a participação do Sistema S (entidades ligadas às confederações patronais que cuidam da assistência social e da educação profissionalizante de trabalhadores da indústria, do comércio e dos transportes, como Sesi, Sesc, Senai, Senac e Senat). Paulo Safady disse que a profissionalização “é um dos gargalos vividos hoje no país, na questão da oferta da mão de obra qualificada”. A Cbic também levou à ministra Miriam Belchior planos para a execução do projeto Esplanada Sustentável, que envolve a recuperação de prédios da Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Investimento da Caixa em habitação cresceu mais de 50% Flávia Albuquerque/ABr

São Paulo - A Caixa Econômica Federal (CEF) investiu em 2010 R$ 77,8 bilhões em habitação, um crescimento de 57,2% ante 2009. Com esse montante a Caixa foi responsável por 70% de todo o crédito imobiliário ofertado pelo mercado, de acordo com o balanço anual divulgado ontem (11), na capital paulista, pela instituição financeira pública. Desse total, R$ 27,7 bilhões saíram da caderneta de poupança e R$ 31 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os fundos foram responsáveis pelo financiamento de 203,9 mil e 398,6 mil unidades habitacionais respectivamente. No âmbito do programa Minha Casa, Minha Vida, a Caixa financiou 1 milhão de moradias, das quais 936,5 mil unidades tiveram intervenção direta da Caixa, com investimentos de R$ 51,3 bilhões. Foram beneficiadas 91 mil famílias com renda entre dois e três salários mínimos. Ainda de acordo com o balanço, as operações de crédito tiveram um incremento de 41,3% em doze meses, com saldo total de R$ 175,8 bilhões. A carteira comercial foi de R$ 55,4

bilhões, 23,4% a mais do que em 2009. O saldo de pessoas jurídicas ficou em R$ 28,5 bilhões, crescimento de 21,2%. Para pessoas físicas, o saldo cresceu 25,7%, com um total de R$ 26,9 bilhões. A inadimplência total (atrasos superiores a 90 dias) ficou em 2%, um pouco abaixo do percenrual de 2009 (2,2%). Em 2010, a Caixa registrou lucro líquido de R$ 3,8 bilhões, alta de 25,5%. O patrimônio líquido cresceu 17,4% chegando a R$ 15,4 bilhões. O número de contas-poupança chegou a 40 milhões, com mais de R$ 129 bilhões em depósitos, deixando a Caixa com 34,2% de participação no mercado. Segundo a presidenta da Caixa, Maria Fernanda Ramos Coelho, o crescimento dos números da instituição com relação à habitação se deve, principalmente,

às parcerias com estados e municípios e com a cadeia da construção civil, incluindo corretores e imobiliárias. “Acredito que o processo de parceria que aconteceu, principalmente depois do Minha Casa, Minha Vida, possibilitou esse resultado”. Maria Fernanda ressaltou a grande participação do programa nas vendas às famílias com renda até três salários mínimos, superando as expectativas iniciais. Segundo ela, a Caixa se baseia em números que apontam um déficit habitacional de pouco mais de 5 milhões de moradias. “Mas tem havido uma atuação muito ativa da Caixa na oferta do crédito habitacional não só para moradia, mas para a reforma das unidades também”. A expectativa da presidenta da Caixa é a de que em 2011 sejam entregues mais de 400 mil unidades e que a carteira de crédito cresça 30%.

AVISOS E EDITAIS

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

12/02/2011

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ R. do Imperador, 1021 - Centro

Pag: 1

Relação do Edital dia 12/02/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 15/02/2011 BREMALU MARCENARIA E CARPINTARIA LTDA ESTRADA MINEIRA 1515

Número: 028474-3/3

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:11/08/2010

Vencto: 24/11/2010 Cheque Administrativo

Custas

Valor:

BREMALU MARCENARIA E CARPINTARIA LTDA

Cheque Administrativo

Emissão:25/10/2010

BREMALU MARCENARIA E CARPINTARIA LTDA

Valor:

Emissão:13/09/2010 Custas

Protestar em 15/02/2011 BREMALU MARCENARIA E CARPINTARIA LTDA

Valor:

Cheque Administrativo

Custas

Protestar em 15/02/2011 BREMALU MARCENARIA E CARPINTARIA LTDA

Valor:

Há 30 anos o Diário publicava Em sua edição número 2.221, de 12 de fevereiro de 1981, uma quinta-feira, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques: - Buracos – Um caminhão que retirava entulhos de obras na Rua 29 de Junho acabou abrindo buracos na calçada e na pista, prejudicando o trânsito no local e a passagem dos pedestres. - Médicos – O Clube do Vale da Lua estava em festa com um encontro de médicos petropolitanos, liderados por Fernando Campos. Nomes de destaque da medicina na cidade compareceram. - Plano – Para o assessor de Planejamento da Prefeitura, Adilson Beck, sua prioridade era a coordenação do Plano Diretor da Cidade, “porque a população já está cansada de planos que foram abandonados”. - Arquibancada – A assessora da secretaria de Turismo, Suely Martins Monteiro, informava que não seriam construídas arquibancadas para o Carnaval no Centro da cidade. O terreno ao redor do Obelisco não oferecia uma base sólida, segundo engenheiros.

Emissão:25/10/2010

Cheque Administrativo

Custas

0,00 Tarifa

KLEINER VASCONCELOS ALVES RUA MADRE FRANCISCA PIA 514-C CEDULA DE CREDITO BANCARI

649,66

Protocolo 2021

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

10/02/2011

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

96,68 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

447,80

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

2022

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

10/02/2011

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

003810295000150

Valor:

105,01 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

649,66

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

2023

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

10/02/2011

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

530,62 105,01 Cpmf

0,00 Tarifa

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

Protestar em 14/02/2011

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

635,63 ou Dinheiro Custas

105,01 Total

105,01 Cpmf

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

CNPJ / CPF

Número: 30388-3/3

DUPLICATA MERCANTIL

Vencto: 25/01/2011

10/02/2011

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

530,62

ESTRADA MINEIRA 1515

PUBLICAÇÃO DE ASSOCIAÇÃO EM CONSTITUIÇÃO A Comunidade Evangélica Missionária Pentecostal Casa de Deus - CEMP Casa de Deus, sede na Rua Alfredo Schilick nº 275 - 1º andar, Chácara Flora, Petrópolis/RJ, Igreja em Constituição, sem fins lucrativos, por tempo indeterminado. Objetivo: prática de cultos religiosos. Presidente: Breno Abrantes Valladares. Petrópolis, 13 de dezembro de 2010

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

635,63 ou Dinheiro Custas

105,01 Total

Protocolo 2020

CNPJ / CPF 003810295000150

Número: 30388-2/3 Emissão:25/10/2010

Vencto: 25/12/2010

1.917,63

337,09

ESTRADA MINEIRA 1515 DUPLICATA MERCANTIL

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

433,77 ou Dinheiro Custas

96,68 Total

0,00 Tarifa

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

CNPJ / CPF 003810295000150

Número: 29309-3/3

DUPLICATA MERCANTIL

110,58 Cpmf

530,62

ESTRADA MINEIRA 1515

Cheque Administrativo

10/02/2011

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

635,63 ou Dinheiro Custas

105,01 Total

Protestar em 15/02/2011

Vencto: 13/12/2010

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

CNPJ / CPF 003810295000150

Número: 30388-1/3

Custas

2019

1793,02

ESTRADA MINEIRA 1515 DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

1.903,60 ou Dinheiro Custas

110,58 Total

Protestar em 15/02/2011

Vencto: 25/11/2010

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 003810295000150

14,03 Total

Portador/ CNPJ / CPF Terceiro Ofício - Petropolis - RJ Cedente / Sacador 93152779704

OMNI S/A CRED FINANC E INVESTIMENTO

R. do Imperador, 1021 - Centro

OMNI S/A CRED FINANC E INVESTIMENTO

OMNI S/A CRED FINANC E INVESTIMENTO Relação do101236000016 Edital dia 12/02/2011 Número:

649,66 12/02/2011

Protocolo 1955 Pag: 2 09/02/2011

710

Vencto: Acham-se Emissão: afixados30/08/2010 neste cartório,Valor: conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem 1486,04 09/10/2010 os títulos de responsabilidade de: protestados Cheque Administrativo Custas 110,58 Total 110,58 Cpmf 14,03 Total 1.596,62 ou Dinheiro Custas 1.610,65 0,00 Tarifa Protestar em 15/02/2011

03340799779

ESTRADA DO TAQUARA 420

Número: 30391-1/1

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:25/10/2010

Vencto: 25/11/2010 Cheque Administrativo

Custas

96,68 Total

Protestar em 15/02/2011 T.C.CARNEIRO FERRAMENTAS LTDA

Valor:

Emissão:04/01/2011

Cheque Administrativo

Custas

114,73 Total

Protestar em 15/02/2011 VALERIA DE BARROS JORGE PERES ME

Vencto: 02/02/2011

Valor:

Cheque Administrativo

Custas

106,39 Total

10/02/2011

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

0,00 Tarifa

14,03 Total

541,91

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

1964

SAINT-GOBAIN DO BRASIL PRODUTOS INDUSTRI

10/02/2011

SAINT-GOBAIN DO BRASIL PRODUTOS INDUSTRI

1.102,35 ou Dinheiro Custas

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

1.116,38

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 011516238000190

Valor:

96,68 Cpmf

987,62

Número: 00000205/3 Emissão:19/11/2010

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

CNPJ / CPF 009192992000170

RUA 16 DE MARCO 80 LJ.08 DUPLICATA MERCANTIL

2024

431,20

Número: 0000007801

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

MADESQUINA COMERCIO DE MADEIRAS LTDA

527,88 ou Dinheiro Custas

R DR PAULO HERVE, 1350 SOBRELOJA 18

Vencto: 01/02/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

MARCO ANTONIO RABELLO

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

2027

NOVATON INDUSTRIA E COMERCIO DE CONFECCO

10/02/2011

NOVATON INDUSTRIA E COMERCIO DE CONFECCO

239,00

345,39 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

359,42

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 12/02/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

Base governista na Câmara e no Senado descarta qualquer negociação sobre mínimo A bancada governista na Câmara e no Senado descarta qualquer possibilidade de negociar um salário mínimo acima de R$ 545 para este ano ou alterar as regras acordadas pela gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para corrigir esses valores. O líder no Senado Romero Jucá (PMDB-PR) disse que não existe condição de tentar um acordo a fim de ampliar o valor para R$ 560. A matéria deve ser votada, na Câmara, na quarta-feira (23). “O salário mínimo é o resultado de um acerto feito entre o governo e as centrais. Vai continuar dessa forma.” Jucá evitou comentar qualquer postura do Senado, caso a Câmara altere o valor proposto no projeto de lei, na quartafeira. Ele afirmou, apenas, que confia “na responsabilidade da base na Câmara” e no que foi pactuado com o Executivo. A previsão é votar a matéria, no Senado, em duas semanas, acrescentou o parlamentar. O líder na Câmara Cândido Vaccarezza (PT-SP) foi ainda mais enfático na defesa da preservação do valor previsto pelo governo. Segundo ele, “não muda nada, é R$ 545 e não tem discussão, mais que isso não há condição”. Vaccarezza disse que o debate sobre o valor do salário mínimo para 2011 foi tema da campanha presidencial do ano passado, e a população teria “chancelado” a manutenção do acordo entre o governo Lula e as centrais sindicais com a eleição de Dilma Rpusseff. No Senado, mesmo parlamentares da base que atuaram com frequência em sintonia com a oposição, elogiaram a postura da presidenta Dilma no seu primeiro mês de governo. Para Cristovam Buarque (PDT-DF), por exemplo, a tentativa de aumentar o valor proposto, capitaneado no Congresso pelo seu partido, “é uma guerra dos quatro pães”. Buarque destacou que o aumento proposto para R$ 560 representa o aumento do poder de compra de mais quatro pães por dia. No entender do pedetista esse debate está desfocado a partir do momento em que os parlamentares desconsideram questões fundamentais para a população mais pobre como “a qualidade da educação e o tempo de espera nas filas dos hospitais públicos”. Pedro Simon (PMDBRS), opositor declarado ao governo Lula, disse que a presidenta age com seriedade nos seus primeiros dias de governo ao impor cortes para manter o equilíbrio fiscal e já deu o norte à sua equipe ao exigir transparência nas ações empreendidas por seus subordinados. “Como senador pretendo dar força total”, completou o peemedebista. A oposição, por sua vez, que levantou a bandeira da redução dos gastos públicos nos últimos oito anos, se vê agora diante da reivindicação de um valor maior que os R$ 545 e a manutenção da defesa da austeridade fiscal. O líder do DEM, José Agripino Maia (RN), disse que essa “é uma questão para ser examinada como uma prioridade para a área social”. Agripino Maia acrescentou que a própria presidenta preservou os investimentos sociais do corte de R$ 50 bilhões anunciados nesta semana. Por conta disso, ele disse que cabe ao Executivo agora um esforço concentrado para também conceder um salário mínimo maior que os R$ 545 encaminhados ao Congresso. O líder do PSDB, Álvaro Dias (PR), mantém o discurso de um reajuste do mínimo de R$ 510 para R$ 600, proposta apresentada na campanha presidencial pelo então candidato tucano José Serra (PSDB). “Esse valor vai contribuir para dinamizar a economia”, afirmou.


MOSELA

Na paróquia de São Judas Tadeu a secretaria tem expediente de terça-feira a sexta-feira de 16h30 às 18h30 e os eventos religiosos podem ser informados pelo telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello e o vigário paroquial é o padre Nerel Quirino Damasceno.

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sábado, 12 de fevereiro de 2011

D

iário nos

B

airros Ailson Souza

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

BNH com vazamento de gás Síndica reclama que CEG não faz manutenção do serviço de abastecimento. Reclama que o 0800 da empresa não atende chamados Moradores de apartamentos do Condomínio do Parque Residencial 29 de Junho – BNH da Mosela – estão reclamando de vazamentos do gás natural. Além disso, informam que a Companhia Estadual de Gás – CEG – não faz a manutenção conforme o acordo feito com a administração do conjunto no ano passado. A síndica Ana Cristina Pelka reclamou que a CEG não deixou telefone de emergência e o 0800 da empresa não atende. Ela confirmou que são mais de cinquenta apartamentos que têm o gás natural no condomínio e criticou que tem conhecimento sobre os condomínios luxuosos, são atendidos normalmente pela equipe de manutenção da estatal. Ana Cristina informou que vai continuar tentando resolver a situação junto a CEG para tranquilizar os moradores.

- Precisamos resolver isso de qualquer forma – afirmou, demonstrando insatisfação. A assessoria de imprensa da CEG foi comunicada da situação no BNH da Mosela e informou que iria apurar o fato comunicando que em Petrópolis a agência de atendimento é na Rua Souza Franco, 553 e o telefone de emergência e 08000240197. Portanto não é 0800 e sim 08000. O GÁS - O gás natural é uma energia de origem fóssil, mistura de hidrocarbonetos leves entre os quais se destaca o metano (CH4) que se localiza no subsolo da terra e é procedente da decomposição da matéria orgânica espalhada entre os extratos rochosos. Tal e como extraído das jazidas, ele é um produto incolor e inodoro, não é tóxico e é mais leve que o ar.

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Amor e Atração, Av. Leopoldina, 596, Nogueira; Bingen, Rua Santa Rita de Cássia, 30, Castrioto; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Evento musical hoje no Shopping Araras A Banda Marcial Imperial Petropolitana vai se apresentar hoje em Araras. A apresentação faz parte do espetáculo musical Temporada de Glória – Brasil na Alma e o evento acontece no Shopping Estação, na Estrada Bernardo Coutinho no centro do bairro. A promoção é do Projeto Araras e moradores e instituições da comunidade estão convidados.

A presidente do Projeto Araras Ana Paula de Sá Campello informa que este é o primeiro evento musical do ano e que outros estão previstos ainda para o primeiro semestre. A instituição também está envolvida em outros trabalhos na comunidade, como por exemplo, o cineclube que está confirmado para março na Escola Estadual de Araras.

Educandário promove almoço para comemorar nova direção

Tubulações de abastecimento no BNH da Mosela

O Centro Educacional Terra Santa comemora este mês um ano que o frei Antônio Mosser assumiu como diretor da entidade. Para festejar, amanhã será servido um almoço beneficente a partir de 12h e no cardápio está arroz, tutu, carré e salada verde. O ingresso custa R$ 15,00 e podem ser adquiridos na hora do evento. Foi em fevereiro de 2010

que frei Antônio Mosser assumiu a presidência e de lá pra cá vem transformando o espaço para que ele possa gerar finanças e conseguir se sustentar. Ele próprio lembra que o trabalho é grande e existe o empenho para usar de forma adequada todos os espaços que antes estavam vazios. Até o momento todos os projetos estão em curso.

BNH brinda aniversário Instituição de apoio relaciona 140.000 serviços na cidade de conselheiro ajudante A diretoria do Grupo Assistencial SOS Vida de Petrópolis relacionou que durante os treze anos que atua na cidade já atendeu 140.000 serviços. A direção da entidade reforçou que foi obrigada a paralisar o atendimento sobre o vírus HIV/Aids por não

estar recebendo o apoio das autoridades de saúde do município. A paralisação do atendimento foi no início dessa semana conforme o SOS Vida informou também através de nota. A instituição esclarece que os trabalhos vão continuar em

outras áreas normalmente em benefício da população e que a paralisação do atendimento foi somente sobre os infectados do Vírus HIV/Aids. Por sua vez, o presidente do SOS Vida, Antônio de Souza Pires, o Cal, lembra que a entidade

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

atende o público em áreas onde não é conseguido o atendimento. Cal é fundador da Pastoral da Aids da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB – onde desempenha a representação da cidade e presta atendimento aos infectados.

O Condomínio do Parque Residencial 29 de Junho – BNH da Mosela – vai estar em festa na segunda-feira. O motivo é o aniversário do membro do conselho Neuci dos Santos Pereira, que completa 64 anos de idade e o pessoal da administração vai brindar a data hoje juntamente com os familiares do aniversariante.

A síndica Ana Cristina Pelka exalta que Neuci Pereira muito se empenha para contribuir na gestão dela que já está no quarto ano com três reeleições no condomínio. O BNH da Mosela se destaca pelo asseio externo e a manutenção dos jardins, além do empenho sobre serviços para o atendimento dos moradores.


10 56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Sábado, 12 de fevereiro de 2011

Agenda Cultural INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Dia que terá êxito em lugares de educação e ensino de jovens e crianças. Conseguirá, também, ótimos resultados em novos empreendimentos, terá felicidade matrimonial, familiar e amorosa. Mente fértil e ótimas idéias.

Touro - (21/04 a 20/05)

Dia em que terá o máximo sucesso desde que haja de maneira mais prática e menos idealista. Se cometeu algum erro, evite culpar-se ou lastimar o tempo perdido. Tente outra vez. Você também estará mais interessado pelo ocultismo ou experiências intelectuais.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Melhora total em todos os assuntos profissionais, sociais e financeiros se farão sentir neste dia. Terá uma noite feliz, procure passear e unir-se com amigos e entes queridos. Pode viajar longe. Se estudante, as provas e exames serão realizadas de modo mais fáceis.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Dia em que poderá contar com as melhores condições nos negócios, nas especulações e obrigações sociais. Haverá melhoria no campo amoroso e familiar, se for mais atencioso. Chances em jogos.

Leão - (23/07 a 22/08)

Fase de recolhimento, de meditação e de contato com certos conflitos interiores. É bom não forçar as situações nem tentar continuar certas atividades. Procure considerar as limitações do momento, aprendendo a se revigorar com elas.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Bom fluxo astral para novas empresas e empreendimentos, mas um tanto quanto negativo para novas amizades e para entrar com recursos na justiça. Procure, também, compreender melhor os familiares e a pessoa amada.

Libra - (23/09 a 22/10)

Lute com tenacidade e perseverança, pois poderá realizar muita coisa hoje. Esforçando-se, conseguirá resultados surpreendentes. Sua capacidade pessoal será reconhecida e recomendada por alguém.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Procure não desanimar se as coisas não ocorrerem conforme você gostaria. Maiores serão suas chances de sucesso profissional. Bom para o amor e para a vida social. Procure mentalizar sempre a cor violeta quando se sentir indeciso ou precipitado.

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Música

Projeto eletrônico esquenta o palco da boate Tamboaté em festa esta noite Hoje, a partir das 22h, a Tamboatá, casa de shows e pizzaria de Itaipava, recebe o projeto *2FUEL*, formado pelo multi-instrumentista Aldo D´Isep e pelo produtor DJ Gui Arruda, além dos residentes DJ Vinícius Magalhães, DJ Vitor Ventura e VJ Pupille. *2FUEL* foi lançado oficialmente em 2008 e de cara os produtores conseguiram uma enorme façanha com a primeira produção, emplacando um remix para o clássico do U2 “Beautiful Day”. Com essa faixa, conquistaram as pistas de todo Brasil, o que os levou a ser um dos Lives de House Music de maior procura em 2009/2010. Mas a dupla não parou por aí. Eles vem se destacando e inovando a cada dia mais e mais. O projeto foi o primeiro ‘Live’ a executar ‘mash-up’ ao vivo no Brasil, com um show empolgante que mescla a tecnologia digital das mixagens com o som analógico da guitarra e da bateria tocados nas apresentações. Não é a toa que com isso vem cativando o Brasil, viajando por quase todos os estados e garantindo uma agenda disputadíssima. Além da programação especial a pista também vai ser comandada pelo DJ Vinícius Magalhães, que iniciou a carreira há 10 anos e possui um estilo variado com base no Club House. Vinícius promete comprovar que ‘mainstream’ e underground podem andar

A dupla promete esquentar as pitas da Tamboatá hoje à noite

O AMOR E OUTRAS DROGAS – Censura 16 anos – com Jake Gyllenhaal – Horários: 19h todos os dias, exceto segunda-feira – Sessão extra sexta e sábado, 21h10 Jamie é um vendedor que trabalha no cruel universo farmacêutico e usa seu charme tanto no trabalho quanto com as mulheres para se dar bem. Enquanto tenta bater o recorde de maior número de vendas, ele cruza seu caminho com Maggie, uma mulher de espírito livre que não quer se prender a ninguém, e ele tem uma surpresa. A evolução no relacionamento deles faz com se encontram sob influência de uma droga: o amor. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

juntos. Na balada de sábado a pista será alternada também com o DJ Vitor Ventura que se interessou pela música em 1994 e vem talhando sua carreira de acordo com as tendências mundiais. Ventura vai bombar a pista com o melhor da house music e suas vertentes. Os ingressos já podem

do Campeonato Municipal de Futebol de Mesa. O Campeonato Municipal de Futebol de Mesa é organizado pela Federação de Futebol de Mesa do Estado do Rio de Janeiro e contará com a participação dos jogadores filiados a Federação, integrantes da equipe

O Centro Educacional Terra Santa é uma instituição que atende crianças de três anos a jovens com até 20 anos de idade, todas em situação de vulnerabilidade social. Em meados de 2009 a instituição parou de receber verbas vindas da Terra Santa e da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil e passou a ter que gerir e angariar fundos para manter as ações sócio-educacionais que são promovidas para cerca de 400 pessoas diariamente.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Os estudos elevados estarão favorecidos, assim como o contato com o estrangeiro. Haverá continuidade no seu sucesso profissional. Você deverá agir no sentido de consolidar as conquistas feitas nos períodos anteriores. Aquário - (21/01 a 19/02)

Negativo fluxo astral para as mudanças de emprego, atividades ou residência. Tendência a depressão psíquica o que viria a lhe prejudicar mais ainda. Controle-se em todos os sentidos e cuide de sua saúde.

Acontece hoje

 Peixes - (20/02 a 20/03) Muito bom fluxo astral às transações relacionadas com terras, propriedades, para as mudanças e a compra e venda de metais, jóias e pedras preciosas. Contudo não descuide de seus familiares e seja mais arrojado.

INSS

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO TAXAS SUPER ESPECIAIS!

SEM SAIR DE CASA, SEM BUROCRACIA

NÃO TEM CONSULTA SPC E SERASA

Ligue já!

(11) 3504-8484 Crédito somente para aposentados e pensionistas do INSS. Com juros de 2,34% ao mês em até 60meses. Crédito sujeito a margem disponível.

do Petropolitano F.C. e convidados. Hoje, tem Futebol de Mesa, com a ajuda de monitores do Petropolitano F.C que coordenarão a atividade, entre 14h e 22h. Aberto ao público. Amanhã, mesma atividade, entre 14h e 20h.

Especial Terra Santa comemora um ano com novo presidente

Dia agitado para você. Mas, para que tudo saia a corretamente, deverá tomar uma atitude otimista e inteligente e evitar o nervosismo que de nada adianta. Sucesso junto ao sexo oposto. Não descuide da saúde.

Aposentado Pensionista

ser adquiridos através do site www.tamboata.com. br e as pessoas com os ingressos em mãos terão uma fila exclusiva de entrada. A pista feminina custa R$ 15 e a masculina R$ 25, já o camarote feminino sai por R$ 25 e o masculino, R$ 45. A censura é 18 anos. O endereço é Estrada União & Indústria, 12.360, Itaipava.

Programação especial gratuita nos fins de semana do Estação Itaipava

Sagitário - (22/11 a 21/12)

AS VIAGENS DE GULLIVER – Censura livre – com Jack Black – Horários: 15h e 17h, todos os dias, exceto segundafeira Jack Black interpreta Lemuel Gulliver, empregado do setor de correspondência de um jornal de Nova York. Gulliver resolve viajar para escrever uma matéria sobre o Triângulo das Bermudas e acaba sendo transportado para uma terra desconhecida, Lilliput. Nesse mundo fantástico, ele finalmente se torna uma grande figura - em tamanho e no ego; principalmente quando começa a contar histórias mirabolantes em que leva o crédito pelas maiores invenções do seu mundo, colocando-se numa posição de destaque como participante de acontecimentos históricos. E isso só piora quando ele lidera seus novos amigos numa desafiadora batalha contra seus inimigos de longa data.

Arredores

Em fevereiro haverá várias atrações no Shopping Estação Itaipava. Teatro de Fantoches, Recreação e Futebol de Botão fazem parte do roteiro de atividades especialmente selecionadas para este período. O Shopping Estação Itaipava será sede da 1ª etapa

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

Leia e assine o Diário de Petrópolis Na Internet: www. diariodepetropolis.com.br

• Às 16h, “Histórias para Contar” no Teatro Afonso Arinos do Centro de Cultura, censura livre, ingressos a R$ 15. A contadora de histórias e arte-educadora Carolina Barberan, realizará nestas quatro únicas apresentações, histórias entremeadas de músicas inéditas ou clássicos adaptadas ao contexto das histórias. • Pura Tentação no Serrano FC, com André Campanha & Banda, mais DJ Hugo Frinzi, a partir de 22h. • Kabum Folia, a partir de 23h, na Boate Savana, Shopping Bauhaus, Centro da cidade. O endereço pede doações de água mineral, para as vítimas das enchentes na Região Serrana.

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 O TURISTA – Censura 12 anos – com Johnny Depp – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h Johnny Depp atua como um turista americano cujos flertes brincalhões com uma estrangeira levam a uma rede de intriga, romance e perigo em “O Turista”. Durante uma viagem improvisada à Europa para curar um coração partido, Frank (Depp) desenvolve uma inesperada relação amorosa com Elise (Angelina Jolie), uma mulher extraordinária que deliberadamente cruza o seu caminho. Tendo o excitante cenário de Paris e Veneza como pano de fundo, o intenso romance se desenvolve rapidamente na medida em que ambos se envolvem involuntariamente num jogo mortal como gato e rato. SALA 2 DE PERNAS PRO AR – Censura 14 anos – com Ingrid Guimarães – Horários: 15h15, 17h15, 19h15 e 21h15 Alice, 40 anos, é uma típica mulher dos tempos atuais. Casada, um filho pequeno, trabalha como assessora de uma grande empresa. Seu ritmo alucinante de trabalho rouba quase todo o seu tempo e praticamente toda a sua libido. O resultado não podia ser outro: seu marido pede a separação. Ela decide mudar e o destino lhe oferece uma oportunidade única: trocar seu trabalho por outro bem mais atraente: ser vendedora de uma sex shop. Num mundo novo e erótico, ela se transforma e situações hilárias acontecem. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 ENROLADOS – Censura livre – com

Zachary Levy – Horários: 15h 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão Flynn Ryder é o bandido mais procurado e sedutor do reino. Um dia, em plena fuga, ele se esconde em uma torre. Lá conhece Rapunzel, uma jovem prestes a completar 18 anos que tem um enorme cabelo dourado, de 21 metros de comprimento. Rapunzel deseja deixar seu confinamento na torre para ver as luzes que sempre surgem no dia de seu aniversário. Para tanto, faz um acordo com Flynn. Ele a ajuda a fugir e ela lhe devolve a valiosa tiara que tinha roubado. Só que a mamãe Gothel, que manteve Rapunzel na torre durante toda a sua vida, não quer que ela deixe o local de jeito nenhum. CAÇA ÀS BRUXAS – Censura 14 anos – com Nicolas Cage – Horários: 17h, 19h e 21h 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão Behmen é um cavaleiro que, depois de vários anos lutando nas Cruzadas, perdeu algumas batalhas, muitos amigos e até a fé. De volta à sua terra natal, ele encontra uma Europa devastada pela fome e a peste negra. Neste cenário de destruição ele se une a um grupo de guerreiros encarregados de levar uma garota, suspeita de ser bruxa, para um monastério distante. Não leva muito tempo até que o grupo perceber que a jovem possui forças sobrenaturais, e que eles estão prestes a enfrentar um mal além da nossa compreensão. SALA 2 ZÉ COLMÉIA – Censura livre – Horários: 16h01 e 18h 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão O parque Jellystone, casa de Zé Colmeia e Catatau, está cada vez mais perdendo visitantes. Devido a isto, o prefeito Brown pretende fechá-lo e vender suas terras. Ao saber disto, Zé Colmeia e Catatau unem forças com o guarda Smith na tentativa de encontrar uma saída para salvar o parque. O TURISTA – Censura 14 anos – com Johnny Depp – Horários: 20h30 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 MINHAS MÃES E MEU PAI – Censura 14 anos – com Julianne Moore – Horários: 188h30 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão Dois irmãos adolescentes, Joni e Laser, são filhos do casal homossexual Jules e Nic, concebidos através da inseminação artificial de um doador anônimo. Contudo, ao completar a maioridade, Joni encoraja o irmão a embarcar numa aventura para encontrar o pai biológico sem que as “mães” soubessem. Quando Paul aparece tudo muda, já que logo ela passa a fazer parte do cotidiano da família. ALÉM DA VIDA – Censura 12 anos – com Matt Damon – Horários: 16h01 e 20h40 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão Três pessoas são tocadas pela morte de maneiras diferentes. George é um americano que desde pequeno consegue manter contato com a vida fora da matéria, mas considera o seu dom uma maldição e tenta levar uma vida normal. Marie é jornalista, francesa, e passou por uma experiência de quase morte durante um tsunami. Em Londres, o menino Marcus perde alguém muito ligado a ele e parte em busca desesperada por respostas. Enquanto cada um segue sua vida, o caminho deles irá se cruzar, podendo mundar para sempre as suas crenças. SALA 2 BURLESQUE – Censura 12 anos – com Cristina Aguillera – Horários: 15h50, 18h50 e 20h50 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão Ali é uma jovem de uma cidade do interior, com uma bela voz, que escapa da vida dura e de um futuro incerto e vai a Los Angeles, para concretizar os seus sonhos. Por acaso, ela chega a um teatro majestoso, porém em péssimo estado de conservação, The Burlesque Lounge, onde está sendo exibido um fantástico musical. Ali é contratada como garçonete por Tess, dona e administradora do teatro. SALA 3 AMOR E OUTRAS DROGAS – Censura 14 anos – com Anne Hathaway – Horários: 16h20, 18h40 e 21h 2ª feira – dia 14 – não haverá sessão

Filmes na TV A GRANDE FAMÍLIA - O FILME – GLOBO – 14H40 – COM MARCO NANINI Após passar mal e ir ao médico, Lineu está convicto de que morrerá em breve. Ele esconde a situação da família e desiste de ir a um tradicional baile, o que faz com que Nenê convide um ex-namorado para lhe causar ciúmes. GRANDE ALBERT – BAND – 14H45 – COM BILL COSBY Baseado nos personagens de Bill Cosby, a turma do desenho animado de Albert acaba saindo da televisão (literalmente) para ajudar Doris, que está com problemas de popularidade na escola. Mas eles terão que ser rápido: enquanto estiverem fora de seu mundo televisivo, toda a turma começará a desbotar e perder sua vivacidade. SONHOS TROPICAIS – CULTURA – 22H45 – COM CAROLINA KASTING Em 1889 chega ao Rio de Janeiro, no mesmo navio, o sanitarista Oswaldo Cruz, que retorna ao país após anos de estudo na Europa, e Esther, polonesa que veio ao Brasil na promessa de se casar. Cruz logo consegue emprego como médico, enquanto Esther não tem a mesma sorte, logo descobrindo que a proposta de casamento era apenas uma farsa. Cruz começa sua ascensão na medicina local, assumindo o comando do Instituto Soropédico de Manguinhos, onde pesquisa a cura de doenças como a peste e a febre amarela.


SÁBADO, 12 DE FEVEREIRO DE 2011

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

11

GERAL

Ministro garante ações para revitalizar o turismo na Serra Ronald Ázaro entregou documento do Consórcio Intermunicipal Serra Carioca Renato Araujo/ABr

Secretário Estadual de Educação, Wilson Risolia

Educação lança currículo mínimo nas unidades de ensino do Estado do RJ O currículo mínimo foi uma das principais ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Educação no início do ano letivo de 2011, marcado pelo começo da implantação do novo Programa de Educação do Estado. O secretário de Estado de Educação, Wilson Risolia, anunciou em janeiro o lançamento do Currículo Mínimo com seis disciplinas (Língua Portuguesa/Literatura; Matemática; História; Geografia; Sociologia e Filosofia). Equipes disciplinares de professores da rede estadual conduziram a concepção, redação e revisão dos livretos. O material já está à disposição da equipe pedagógica nas escolas. Ao adotar o currículo mínimo, a SEEDUC promoveu, para todas as escolas da rede estadual, uma expectativa comum sobre o que deve ser ensinado e aprendido a cada ano de ensino. De acordo com a diretora de Pesquisa e Orientação Curricular da Seeduc, Beatriz Pelosi, o currículo mínimo procurou contemplar todos os conhecimentos importantes para que o aluno tenha uma formação completa, cumprindo os

objetivos da educação básica: preparo para o mundo do trabalho, para o estudo universitário e para a vida, estimulando a cidadania. - Com o cumprimento do currículo mínimo, o aluno também tem a garantia de estar sendo preparado para avaliações como a Prova Brasil e o Enem, afi rmou. O currículo mínimo não define métodos, materiais didáticos ou formatos, mas sim resultados: o que o aluno deve ser capaz de fazer e saber ao final de cada ano de ensino, dentro de alguns temas, conteúdos, competências e habilidades. Dessa forma, o professor pode criar o seu próprio plano de curso, de acordo com seus métodos e escolhas pessoais, adequadas à sua formação e ao seu perfil pessoal, desde que este plano atenda um padrão mínimo definido. Nesse documento, o professor encontra compiladas todas as orientações e legislações, estaduais e nacionais, com a garantia de que, ao cumprir o currículo mínimo, atenderá todas as diretrizes da Educação Básica, além das matrizes de referência dos principais exames externos.

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

O ministro do Turismo, Pedro Novais, reúne-se com os prefeitos dos municípios da Região Serrana do Rio afetadas pelas chuvas de janeiro

O Ministério do Turismo vai promover uma série de eventos em parceria com o Governo do Estado e prefeituras para revitalizar o turismo da Região Serrana, que foi castigada pelas fortes chuvas de janeiro. O anúncio foi feito em Brasília pelo secretário de Estado de Turismo, Ronald Ázaro, recebido em audiência no início da noite da última quinta-feira (10) pelo ministro Pedro Novais. Segundo Ronald Ázaro, o ministro vai priorizar, ainda neste primeiro

semestre, todas as emen- de Estado de Turismo. das orçamentárias parla- Os três municípios mentares destinadas aos da Região Serrana tammunicípios de Petrópolis, bém serão beneficiados Teresópolis e Nova Fribur- com eventos patrocinados go. Pedro Novais garantiu pelo Ministério do Turisainda mo. As que o datas Minisserão O ministro vai priorizar tério fixadas todas as emendas d a r á pelas orçamentárias apoio prefeit a m turas bém à - disse realização do Salão Esta- Ázaro, que entregou a Pedual de Turismo de Tere- dro Novais um documento sópolis, em maio, organi- do Consórcio Intermunicizado pela Turisrio, empre- pal Serra Carioca, formasa vinculada à Secretaria do por Petrópolis, Tere-

sópolis e Nova Friburgo. As prefeituras solicitam recursos da ordem de R$ 17,8 milhões para uma série de ações visando atrair turistas nacionais e internacionais. Além do secretário Ronald Ázaro, participaram da audiência os secretários municipais Michel Al Odeh (Teresópolis), José Carlos da Motta (Nova Friburgo), Charles Rossi (presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis) e os deputados Hugo Leal (federal) e Alcebíades Sabino (estadual).


12

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

ESPORTES

sábado, 12 de fevereiro de 2011

E-mail: gustavosoares@diariodepetropolis.com.br

Serrano faz terceiro amistoso em casa O Serrano joga hoje, às 15h, contra o Barcelona, do Rio de Janeiro, que também disputa a Série C do Campeonato Carioca, seu terceiro amistoso no Estádio Atílio Marotti. No total já foram seis jogos disputados até agora, nesta fase de preparação e o Leão da Serra perdeu todos que jogou longe de seus domínios, quatro, e venceu os dois em casa. A última partida que a equipe disputou foi a vitória por 1 a 0 sobre a Espotiva, no último sábado, com um gol do zagueiro Vítor. Faltam exatamente oito dias para a estreia do Serrano na Terceirona e o treinador, Duílio, deve aproveitar este jogo para fazer as últimas observações na equipe que terá mais uma semana de treinos para o jogo com o Villa

campo deve ser parecido com o que começou o jogo com a Esportiva, que foi Jeferson; Joel, Willian, Vitor e Rafinha; Brunão, Douglas, Júlio

Três Rios fica fora da Terceirona

Rio, dia 20, na Rua Bariri, além de analisar como o time joga contra um adversário da série C.

Hoje, Duílio deverá dar nova oportunidade aos recém chegados, Alexandre Dragão, Matheus e Rodrigo, que tive-

Tuka prevê boa dupla com Khodair Até agora 18 pilotos estão confirmados na temporada 2011 da Stock Car. De todos eles, apenas um é ‘novato’ na maior categoria do automobilismo nacional. Christiano ‘Tuka’ Rocha correrá pela equipe petropolitana, Vogel Motorsport, ao lado de Allam Khodair. Após oito anos correndo fora do Brasil, o paulista sabe que terá um grande desafio pela frente nos circuitos brasileiros. “Estou bem feliz de voltar para o Brasil, depois de tantos anos na Europa. As expectativas são boas e muito grandes, mas sei que será um ano bem difícil, devido à tantas adaptações que terei de fazer”, disse. Mas se depender do cur-

NOVO RANKING DA ATP- Com sua má campanha nesse início de 2011 o tenista brasileiro Thomaz Bellucci despencou no Ranking da Associação dos Tenistas Profissionais, foi da posição 31 para a 37, o número 1 continua com folga para Rafael Nadal, na segunda colocação o suíço Roger Federer, terceiro colocado apenas 185 pontinhos de diferença , o sérvio Novak Djokovic, no quarto lugar o sueco Robin Soderling e na quinta colocação o britânio Andy Murray. Já no feminino na primeira posição, para alegria do querido Peter a dinamarquesa Caroline Woznicak, com a belga Kim Klijsters apenas 140 pontos distante na segunda colocação, terceiro lugar para a russa Vera Zvonareva, no quarto lugar uma surpresa após o australian Open a italiana Francesca Schiavove e na quinta posição a australiana Samantha Stosur, a melhor brasileira colocada é Ana Clara Duarte ocupando apenas a posição de 222 no ranking da WTA. DUPLA BRASILEIRA NO CAMINHO DE LONDRES- A dupla brasileira formada por Marcelo Melo e Bruno Soares, animadíssima após a conquista do ATO 250 do Chile, para conseguir a tão sonhada vaga para a disputa das Olimpíadas de

e Alexandre Dragão; Edvan e Ramon. Porém o meio campo Matheus e o atacante Rodrigo podem acabar ganhando uma chance entre os titulares.

Este deve ser o carro de Tuka

rículo e da experiência, Tuka tem tudo para se destacar na Stock Car: campeão de vários campeonatos de kart, ele ainda correu a World Series, as F3000 italiana e europeia e a Fórmula Superliga, onde defendeu as cores do Flamengo. Porém, o paulista sabe que sofrerá com a adaptação ao novo carro. “Estou certo que serão desafios muito grandes. Como a adaptação ao carro, a transição dos modelos monoposto, que

eu pilotava, para os carros de turismo da Stock. Além disso, conheço poucos circuitos, como o de Interlagos e Curitiba. Mas vou focar em fazer um bom campeonato”, comentou. Essa não será a primeira experiência de Tuka Rocha com Allam Khodair. Aos 28 anos, o paulista espera uma boa dupla com o ‘Japonês Voador’, agora a bordo do carro número 25 da Stock Car.

Londres no ano que vem. A Federação Internacional de Tênis ainda não definiu os detalhes para a classificação para Londres, mas sabe-se que o ranking servirá de bae. Em Pequim, as dez melhores duplas ganharam a vaga e o restante dos competidores foram definidos de acordo com os representantes na disputa da chave de simples.Um país só poderia ter no máximo, quatro tenista nas disputas individuais e duas duplas. INTERNACIONAL Mesa da Sardinha em festa neste fianl de semana, no sábado tivemos a despedida do querido Steve Lavelle que está mudando-se definitivamente para São Paulo e brindou seus parceiros sardinheiros com o tradicionalíssimo e puríssimo scotch, já no domingo o vascaíno Sandrinho comemorou seu niver com churrasco e cervejada para nossos amigos Sardinheiros e certamente vem muito mais por aí, entre os tantos presentes lá estavam Vinícius Soviero, José Aníbal dos Prazeres, Billie The Milton Lopes, Décio Lôbo, Patrícia e Arnaldo Rippel, professor Hugo Cross, Mauro Blanc, Jorginho Coelho, Serginho Hot Dog, professor Manoel, nosso Peter Guiness Wozniack, Paulão curtindo sua longa invencibilidade ao lado do Cláudio, Aluíso, Serjão, Arildo, Ugo Miller, Ricardo Pinto e muitos outros.. OSCAR DO ESPORTE PARA RAFAEL NADAL- Rafael Nadal na segunda-feira teve coroada uma temporada praticamente perfeita no tênis mundial, pelos três Grand-Slams que conquistou o tenista recebeu o PRÊMIO LAUREUS, o Oscar do Esporte,

como melhor atleta individual do ano, em cerimônia realizada em Abu Dhabi nos Emirados Árabes.O espanhol conquistou no ano passado em sequência Roland Garros, Wimbledon e o Aberto dos Estados Unidos. Nadal é o segundo tenista a receber o Laureus, seu rival Rafael Nadalá recebeu o troféu em quatro oportunidades entre 2005 e 2008. No feminino Wozniack e Serena Willians foram derrotadas por Lindsay Von do esqui alpino. DESTAQUES FOTOGRÁFICOSNa coluninha de hoje, a festança pelo niver de Antônio Soares, com o aniversariante de pé, com os amigos Nelsinho Loureiro, Paulinho Baiano, Carlo Zennaro, Zequinha, Gilberto Lopes, José Aníbal dos Prazeres, Luiz Enéas Arrochellas e Nelsinho Miloski, já no outro click os presidentes do Clube Campestre de Nogueira e do Petropolitano Eduardo Leite e Arnaldo Rippel, no dia da super festa de encerramento do Tênis de Campo do Campestre, o FUTÊNIS, com tênis, futebol e um super churrasco. Um super final de semana para todos, prestigiem amanhã no Petrô a Feijoada do Vai QUEM QUER, com a Bateria do Unidos de Vila Isabel e Mestre Átila, Estandarte de Ouro no ano que passou......Fiquem com DEUS.

ram pouco tempo para mostrar suas qualidades no jogo diante da Esportiva. O time que vai entrar em

O Três Rios Futebol Clube, que estava no grupo do Serrano no Carioca da Série C, anunciou que não irá mais disputar o torneio. O motivo seria uma briga entre a equipe e o América de Três Rios, por ambos acharem que duas equipes da mesma cidade iria dividir os torcedores trirrienses. Porem, de acordo com uma reportagem do Lancenet, o real motivo seria o repasse de verbas do governo municipal, que

em 2009 apoiou o time do Três Rios na disputa da Terceirona, já para este ano vai apoiar o América, que passou 16 anos afastado das competições estaduais. Com isso devem ocorrer mudanças no Calendário do Serrano, que jogaria em casa contra o Três Rios no próximo dia 27. A Federação ainda não confirmou oficialmente a saída do clube, além de não dizer que mudanças devem ocorrer na tabela.

Búzios recebe etapa do Circuito Costa do Sol Acontece amanhã a etapa de Búzios do Circuito Dark Dog de corrida de rua. A prova começa às 8h30, com largada na Praça Santos Dumont, no Centro, e percurso de 5,3km e tem atraído grande número de interessados, mas se houver vagas ainda serão feitas inscrições no local da prova a partir das 7h até às 8h, mesmo horário que os participates tem para a retirada do kit. Os inscritos irão brigar pela premiação que soma R$ 10.000,00, que será dividida entre as categorias gerais (feminino e masculino) e as faixas etárias, que englobam seis grupos no masculino e seis no feminino. Podem participar da corrida atletas profissionais e amadores, com idades a partir de 18 anos. Assim como na primeira etapa, a fase de Búzios oferecerá premiação

em dinheiro também aos técnicos e somará pontos para o ranking geral do Circuito. As academias de ginástica que tiverem os atletas mais bem colocados também disputam a premiação no final das quatro etapas deste biênio. O circuito, ainda terá etapas em Arraial do Cabo (15/05/2011) e Cabo Frio (14/08/2011), e conta com o apoio das prefeituras das outras cidades sedes. Mais informações, regulamento da competição e mapa do percurso da prova, no site www. costadosoldarkdog.com.br. O evento é organizado pela CRAPE – Captação de Recursos e Análises de Projetos e Eventos, com co-realização do Grupo Eh! Comunicação e Projetos, patrocínio da Dark Dog Energéticos e apoio da Prefeitura de Búzios.

Circuito recebe inscrições de atletas de mais de 15 cidades As inscrições para a Etapa de Búzios do Circuito Costa do Sol Dark Dog de Corrida de Rua recebeu inscrições de atletas de mais de 15 cidades do Rio de Janeiro, além de corredores dos estados de Minas Gerais e de Brasília já estão confirmando presença. Apenas nesta última semana de inscrições, a corrida já registrou participantes de Niterói, Rio de Janeiro (capital), Petrópolis, Araruama, Duque de Caxias, Rio das Ostras, Friburgo, além de corredores originários de outros estados. A equipe petropolitana, Pé de Vento, foi quem dominou a primeira etapa, disputada em Rio das Ostras e pode trazer mais um título para a cidade amanhã.


Diario de Petropolis