Page 1

De Praia em Praia

1


Í ndice Mês de Outubro e Novembro são meses que reúnem devoção e ação. Se em outubro somos motivados a celebrar a padroeira do Brasil, Nossa senhora Aparecida, que está prestes a comemorar 300 anos de presença em nossas vidas, a Igreja aproveita e nos convida a sermos missionários e reveladores desse amor de Deus aos nossos irmãos. O mês missionário deste ano nos provoca, mais uma vez, a “cuidar da casa comum”, a uma profunda conversão ecológica que pode verdadeiramente ser responsável pela salvação do planeta. Se isso não bastasse, chegamos ao mês de Novembro, convidados ao encerramento do Ano Jubilar (Festa de Cristo Rei), atendendo ao chamado misericordioso do Pai a nos tornarmos responsáveis pela nossa Igreja, também na devolução das graças e bênçãos através do Dízimo, num trabalho

de conscientização e revitalização diocesana. Ao celebrarmos a padroeira do Brasil, a Diocese ganha sua primeira paróquia dedicada a Nossa Senhora Aparecida, na Ilhabela, cumprindo assim mais um compromisso do projeto Construindo Comunhão que chega ao final do seu 2º ano com os resultados do censo sócio-religioso, que na Assembleia diocesana de dezembro, fará uma análise para os próximos passos - 3º Ano - Vida Comunitária. Assim vamos nos aproximando do final do ano e preparando nossas comunidades para as assembleias paroquiais, a realização do Sacramento da Crisma e muitas outras atividades que vamos acompanhando pelo nosso periódico e pelos nossos meios oficiais de comunicação - site e redes sociais, programas de rádio e na comunicação interpessoal em nossas comunidades. Encerrando, a Revista De Praia em Praia deseja a todos e todas, eleitas pelo voto democrático em nossas quatro cidades, uma gestão séria e comprometida com os valores éticos e morais já apresentados. Denise Peixoto Editora

Agenda Pastoral do Bimestre OUTUBRO 01(sábado) Paróquia Santa Terezinha – Missa da Padroeira Pastoral Familiar – Semana Nacional da Vida Legião de Maria – reunião do Comitium/Catedral Capela N Sra Aparecida – Ilhabela – Início da festa social 06 (quinta-feira) a 12 Paróquia Catedral – Campanha de Oração das Talhas de Caná 08 (sábado) Pastoral Familiar – Dia do Nascituro Jubileu da Comissão Missão/ Catedral 12 (quarta-feira) Criação da Pró Paróquia Nossa Sra Aparecida/Ilhabela 15 (sábado) Past Liturgia – reunião diocesana /Paróquia Santo Antonio 16 (domingo) Pastoral da Saude – Encontro Diocesano/Catedral 21 (sexta-feira) Pastoral Familiar – Dia da valorização da família 22 (sábado) - Enc. das Comissões para projeto Construindo Comunhão - Catedral - 8h 23 (domingo) Pastoral da Criança – Encontro de Espiritualidade 25(terça-feira) SSVP – reunião diocesana 26 (quarta-feira) Pastoral Familiar – reunião nos setores 27 (quinta-feira) Pastoral Familiar – reunião diocesana 29 (sábado) Animação Biblica Catequética – reunião diocesana/Par.NSra das Paróquia Sagrado Coração – Preparação para Noivos 30 (domingo) Jubileu da Juventude/Catedral Encontro do Secretariado diocesano/Paroquial NOVEMBRO 02 (quarta-feira) Finados Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Assembleia paroquial 06 (domingo) Legião de Maria – reunião do Comitium/Catedral 15h 10 (quinta-feira) Reunião do CAED 12 (sábado) Crisma / Paróquia Santo Antonio 19 (sábado) Pastoral da Saúde – Manhã de Espiritualidade/ Casa de Saúde Stella Maris 20(domingo) Jubileu dos Leigos e Encerramento do Ano da Misericórdia – Festa de Cristo Rei/ Catedral 26 (sábado) Animação Bíblica-Catequética – Assembléia/Par.NSra das Dores- Ubatuba 27 (domingo) ECC Formação para dirigentes 28 (segunda-feira) Paróquia Imaculada Conceição – Missa de aniversário da paróquia 30 (quarta-feira) Paróquia Sagrado Coração – Casamento Comunitário

Expediente Garopeira

2

Outubro / Novembro - 2016

Mitra Diocesana de Caraguatatuba - CNPJ 03.167.725/0001-67 Diretor - Dom José Carlos Chacorowski Jornalista Responsável e Editora - Denise Peixoto MTB: 65539 SP Colaboração Equipe Pascom/Pastorais - Elisa Santos Comunicação de SJC e Aparecida Revisão Pe. Douglas Franco Machado Fotos Jc Curtis Maurilio Alves - Pascom - Paroquias - St Comunicação Colaboração - Elisa Santos Proj. Gráfico e Diagramação - Richard Lippi Produção Gráfica Editora Imperial - (3966-1212) Tiragem 10.000 exemplares Cúria Diocesana R. Santos Dumont, 100 - Centro - C. Postal 215 Caraguatatuba/SP - CEP 11660-290 Tel. (12) 3883-4888 BOLETIM INTERNO email: imprensa@diocesecaraguatatuba.com.br


Palavras de

Dom José Carlos Chacorowski

É tempo de primavera é tempo de missão. A primavera traz alegria enchendo de flores a natureza. O mês de outubro é o mês dedicado às missões enchendo de alegria e vida nova a comunidade dos filhos e filhas de Deus. Este mês começa com a festa de Santa Terezinha do Menino Jesus a santa das rosas e a padroeira das missões. Cada gesto e cada palavra de Santa Terezinha era uma flor oferecida com muito amor para o bem da comunidade onde vivia. Neste mês é lembrado também São Francisco de Assis o santo da simplicidade e da pobreza. Via em cada criatura a manifestação do Criador. Soube cantar as maravilhas de Deus nas aves nos animais e nos irmãos. O Papa Francisco inspirado em São Francisco nos mostrou um caminho para descobrir a Misericórdia do Pai. Aconselha-nos a sermos misericordiosos como o Pai. Quem é misericordioso certamente é missionário. Quem é missionário aprende cada dia mais a misericórdia. Não perde nenhuma ocasião de promover a comunhão, a fraternidade e a alegria entre todos. Antes que termine o ano do jubileu da Misericórdia a Igreja no Brasil inicia um Ano Mariano para preparar a grande festa dos 300 anos do encontro da pequenina imagem de Nossa Senhora nas águas do Rio

Paraíba. Nós, da Diocese de Caraguatatuba queremos viver intensamente este Ano Mariano e para isso vamos organizar muitas atividades em todas as nossas paróquias, destacando as nove paróquias e as quarenta e seis capelas que tem como padroeira principal Nossa Senhora. Por isso podemos perceber o grande carinho e respeito que nossa gente tem para com a Mãe de Deus. Nosso Projeto Diocesano de Pastoral será enriquecido por este Ano Mariano. Como será bom trabalhar pelo bem de nossa igreja sempre na

presença da Mãe. Ela tem sempre a palavra de encorajamento de conforto não deixando que desanimemos pelo caminho. O mês de novembro que começa com a festa de todos os Santos irá encerrar o Ano santo da Misericórdia. Já que estamos todos reunidos no aconchego materno da Mãe de Jesus então a Porta Santa pode ser fechada. Já que todos entramos em casa com a Mãe e todos somos destinados para a santidade pelo Pai, faz sentido dizermos que Deus Pai é Misericórdia sem fim. Tenta de tudo para não nos perder. Não quer a morte do pecador mas quer que se converta e viva feliz. Por isso acreditamos na comunhão dos santos. Ao rezarmos pelos nossos falecidos estamos confirmando nossa fé na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna. Amém. Dom José Carlos Chacorowski Bispo Diocesano de Caraguatatuba

Dom José Carlos durante o Congresso Eucarístico Nacional, em Belem, PA De Praia em Praia

3


Giro de Notícias da Região

XII Assembleia da Sub-região de Aparecida tem desenvolvido durante o Ano Santo Extraordinário da Misericórdia. Padre Rinaldo Roberto de Rezende, pároco da Paróquia da Catedral de São Dimas assessorou a assembleia deste ano apresentando indicações pastorais a partir de Amoris Laetitia. Os participantes foram divididos em grupos e puderam partilhar o tema sob o aspecto do ano da Misericórdia, indicando pistas de pastoral. As contribuições foram colocadas em plenária e encaminhadas aos bispos e padres coordenadores diocesanos de pastoral que refletirão nas próximas reuniões da Sub-Região. Um dos desafios apresentado ao final do encontro por Dom Cesar foi a atenção aos

deficientes auditivos. Vanessa Vieira, coordenadora ouvinte da Pastoral dos Surdos na diocese de São José e Shirlei Martins, coordenadora surda da Pastoral, apresentaram ao bispo a necessidade de uma preparação para esta realizada: “Eles querem se aconselhar e confessar”, disse Dom Cesar.

“Não só os atuais padres e o futuros precisam dessa formação especifica, mas todos os agentes de pastoral e cada paroquiano precisa estar pronto para atender essas pessoas”, pediu o bispo diocesano. Da diocese de Caraguatatuba, participaram entre sacerdotes e leigos, 36 pessoas.

300 anos de Bênçãos

encerra no dia 12 de outubro acontecerá, às 10h30 a solenidade de lançamento da medalha comemorativa dos 300 anos do encontro da imagem, pela Casa da Moeda do Brasil. As Missas serão sempre transmitidas pela TV APARECIDA, TV CULTURA, Rede Católica de Radio e Portal A12.COM. Às 18h, Procissão solene e Missa de encerramento.

Cerca de 250 pessoas participaram da XII Assembleia pastoral, na cidade de São José dos Campos no dia 17 de setembro. O encontro das lideranças diocesana das cinco dioceses Aparecida - Caraguatatuba - São José dos Campos - Lorena e Taubaté - acontece todos os anos, colocando um tema central a ser compartilhado e discutido. Desta vez, o aprofundamento foi sobre a Exortação Apostólica do Papa Francisco, Amoris laetitia - A alegria do amor - o amor na família. O encontro iniciou com a Santa Missa presidida por Dom Cesar Teixeira e concelebrada pelos bispos e padres da Sub-Região. Durante a homilia, os bispos apresentaram as atividades que cada Igreja Particular

O Santuário Nacional de Aparecida está nos preparativos para celebrar a Festa da Padroeira do Brasil e dar o início oficial no ano jubilar dos 300 anos de Bênçãos  do encontro da imagem no rio Paraíba do Sul. Em comunhão com o Ano

Santo da Misericórdia proclamado pelo papa Francisco em 8 de dezembro de 2015, a Festa da Padroeira desse ano trás o tema ‘O Rosto Misericordioso de Maria’. Pe. Rodrigo Arnoso, C.Rs.R., Prefeito de Igreja no Santuário Nacional, destaca que ao celebrar Maria, a mãe

da misericórdia, somos chamados a viver a misericórdia e a alegria de pertencer ao Reino de Deus. Durante a novena, alguns títulos de Nossa Senhora serão refletidos, apresentando ao devoto, a importância de Maria que é consolo, amparo e amor e que contribui com a história da salvação. Na programação que se

Monumento dedicado aos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida é inaugurado no Vaticano no dia 3 de setembro. O momento foi acompanhado pelo

Papa Francisco e pelo Cardeal Dom Raimundo Damasceno Assis. O monumento feito de aço tem cerca de quatro metros de altura e retrata o encontro da imagem por três pescadores nas águas do Rio Paraíba do Sul, em 1717. Uma grande barca traz as silhuetas os pescadores enaltecendo o primeiro milagre - após a aparição da imagem a pescaria se tornou abundante. No centro do monumento, uma imagem de Nossa Senhora de

oito quilos foi reproduzida em bronze dourado pelo artista Cláudio Pastro. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil decreta um ano Jubilar mariano a partir de outubro. Será um ano de graça, de modo especial para o Brasil: um momento de louvor e agradecimento especial a Deus por tudo aquilo que Ele tem feito por nós, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, nossa padroeira e nossa Rainha.

4

Outubro / Novembro - 2016


“A Igreja é de todos; é tempo de misericórdia! “O perdão na Cruz” foi um dos temas abordados pelo Papa Francisco numa de suas audiências. Com as palavras proferidas por Jesus “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”, ele desenvolveu uma reflexão baseada no relato do evangelista Lucas sobre os dois malfeitores crucificados com Jesus, que se dirigiram a ele, cada um de um modo. “Desesperado, o primeiro o insulta: “Tu não és o Cristo? Salva-te a ti mesmo e a nós!”. Seu grito era angustiado, diante do mistério da morte, ele sabia que somente Deus podia dar uma resposta de salvação. Morrendo na cruz, inocente entre dois criminosos, cumpre-se a sua doação de amor e nos salvamos para sempre. Fica demonstrado que a salvação de Deus pode chegar a todos, em qualquer condição, mesmo a mais dolorosa. Por isso o Jubileu é tempo de graça e misericórdia para todos, bons e maus, estejam em saúde ou na doença. Nada nos pode separar do amor de Cristo! A quem está crucificado numa cama do hospital, a quem vive recluso num cárcere, a quem está encurralado pelas guerras, eu digo: Levantai os olhos para o Crucificado. Deus está convosco, permanece convosco na cruz e a todos se oferece como Salvador. O segundo malfeitor era o chamado ‘bom ladrão’. Suas palavras foram um modelo maravilhoso de arrependimento. Primeiro, ele se dirige a seu companheiro: “Nem sequer temes a

Deus, tu que sofres a mesma pena?”, uma expressão que evidencia o temor de Deus – não o medo de Deus – mas o respeito que lhe é devido. O bom ladrão se dirige diretamente a Jesus, confessa abertamente a própria culpa, invoca sua ajuda, o chama por nome, pede a Jesus que se lembre dele: é a necessidade do homem de não ser abandonado. Assim, o condenado à morte se torna modelo do cristão que se entrega a Jesus. A promessa feita ao bom ladrão – “Hoje estarás comigo no Paraíso” - revela o pleno cumprimento da

missão que o trouxe à terra. Desde o início até ao fim, Jesus se revelou como Misericórdia; Ele é verdadeiramente o rosto da misericórdia do Pai: «Perdoa-lhes, Pai, porque não sabem o que fazem». E não se trata apenas de palavras, mas de gestos concretos como no perdão oferecido ao bom ladrão. Assim, convido todos a deixarem que a força do Evangelho penetre em nossos coração e nos console, nos dê esperança e a certeza íntima de que ninguém está excluído do seu perdão.  (fonte CM)

“Convido todos a deixarem que a força do Evangelho penetre em nossos coração e nos console, nos dê esperança e a certeza íntima de que ninguém está excluído do seu perdão”. De Praia em Praia

5


Mês Missionário

“Cuidar da Casa Comum é nossa missão” “Deus viu que tudo era muito bom” Gn1,31 concretas junto às comunidades, levando através da visita missionária uma palavra de conforte, de alívio e de orientação. O compromisso de um planeta sustentável, de ações e realizações que garantam uma vida saudável, é de todos, mas não se pode negar a responsabilidade às crianças e jovens nesta trabalho. Temas, discussões e rodas de conversas para que se descubra “que tipo de mundo queremos?”(LS), precisa despertar também, uma proposta de ação concreta, um estilo de vida motivado por uma consciência ecológica: reduzir o consumo, aprender a reutilizar e reciclar podem ser um bom começo.

Campanha missionária deste ano dá continuidade à preocupação com a “Casa Comum”. Em sintonia com a Campanha da Fraternidade 2016 e a Encíclica do Papa Francisco - “Laudato Si”, o mês missionário 2016 propõe o cuidado com o planeta, o respeito do projeto do Criador. O tema deste ano propõe uma ampla discussão e reflexão sob dois contextos: o grito dos pobres que mais sofrem e o grito pela Terra que ameaçada pela exploração dos homens. A proposta à cada paróquia, grupo, pastoral e instituições religiosas é de que se realize a Novena Missionária e ações

Cuidar da natureza é também uma forma de anunciar a “Boa Nova” O subsídio preparado pela o Mês Missionário está sendo distribuído em todas as paróquias - matriz e comunidades. Além dos momentos de espiritualidade, o material convida todas as pessoas a uma profunda reflexão sobre responsabilidade social, da proposta do Bem Viver, que “na literatura bíblica, é chama de Reino de Deus. Na comunidade do Reino, o mais importante não é o dinheiro, como quer o capitalismo, e nem o ser humano, como quer o socialismo. No Reino de Deus o mais importante é a vida, onde todos os valores humanos se direcionam para a defesa e a preservação da Vida.” Ao situarmos o tema em nosso Litoral Norte, podemos citar a iniciativa da Cáritas diocesana em parceria com a Campanha da Fraternidade e todas as paróquias que propõe o descarte correto

do óleo usado de cozinha. O projeto Reciclóleo está disponível em todas as paróquias que receberam material educativo, faixa e banner indicativo e bomba para armazenamento do óleo. Uma parceria com o Projeto Recuperágua - Fórum Agenda 21 Massaguaçu, serão realizadas oficinas de fabricação artesanal de detergente e sabão. “Acreditamos que esta iniciativa pode colaborar muito com a qualidade dos nossos rios. Recebe milhares de litros de óleo que deságuam no mar, comprometendo a qualidade das praias, nosso principal atrativo turístico”, disse a coordenadora da CF, Betz Melo. Denise Peixoto, membro da Cáritas diocesana diz que é preciso criar consciência e hábito, e que a Catequese pode ser uma grande aliada neste trabalho de base com as crianças. (12) 3887-2730 3887-1072

6

Outubro / Novembro - 2016


Mês Missionário

Ações para o mês de Outubro “Não obstante a minha pequenez... Queria ser missionário, não apenas durante alguns anos mas queria tê-lo sido desde o princípio do mundo e continuar até a consumação dos séculos. Mas acima de tudo, ó meu amado Salvador, quereria derramar o sangue por Vós até à última gota” (Santa Teresinha - padroeira das Missões) Coordenada pelos COMIPAS - Comissão Missionária Paroquiais e COMIDI - Comissão Missionária Diocesana, as ações deverão ser realizadas em todas as paróquias com a realização de momentos de partilha e visitas missionárias. Pe. Antonio Maria, que também é o responsável pela Comissão da Missão para o projeto Construindo Comunhão espera que este ano, após todo empenho e trabalho com o Censo sócio-religioso, as paróquias possam retornar às famílias levando, desta vez, não um questionário, mas a Palavra de Deus, a bênção dos lares, um gesto de misericórdia com os enfermos. A Diocese de Caraguatatuba preparou um subsídio para este momentos, que já foi enviado a todas as paróquias: “Nosso objetivo é que as visitas tenham um material de apoio aos missionários que a Palavra de Deus seja proclamada de forma, também, a manter a unidade das ações Missionárias”, completa Pe. Antonio Maria.

Oração do Mês Missionário 2016 Pai de misericórdia, que criaste o mundo e o confiaste aos seres humanos. Guia-nos com teu Espírito para que, como Igreja missionária de Jesus, cuidemos da Casa Comum com responsabilidade. Maria, Mãe Protetora, inspira-nos nessa missão. Amém.

A Igreja celebra o mês de outubro, os dois padroeiros das missões, escolhidos pelo Papa Pio XI: São Francisco Xavier e Santa Teresinha de Lisieux. Rezemos para que este ardor missionário possa chegar a todos os corações.

Outubro mês missionário. Tempo oportuno para intensificar a ação missionária. O papa Francisco com clareza declarou “eu não quero um Igreja tranquila, eu quero uma Igreja missionária”. Em comunhão com o santo padre, nosso bispo diocesano dom José Carlos também nos incentiva a despertarmos cada vez mais a nossa dimensão missionária diocesana. E há muito o que se fazer em nossas paróquias; dinamizar o dia mundial das missões, hora santa pelas missões, terço missionário, visita as famílias, coleta missionária e a campanha missionária 2016 da Pontifícias Obras Missionarias (POM) em sintonia com a Campanha da Fraternidade deste ano. É preciso sair de si, da inércia, dar passos para que a nossa diocese seja mais missionária. Devemos superar os desafios que nos impede de anunciar a Boa Nova do Evangelho de Jesus Cristo. Há a urgente necessidade de convidar os irmãos afastados para retornarem à vida da comunidade e acolher com generosidade os que estão chegando às nossas paróquias. No mês missionário vamos intensificar a nossa ação missionária. Diga sim à causa missionária. Procure saber se em sua paróquia já existe o Conselho Missionário Paroquial (COMIPA). Com ele a ação missionária fica organizada, ganha mais força e consequentemente terá mais sucesso. Abençoada missão a todos. Pe Antonio Maria - assessor da Comissão Missão e COMIDI De Praia em Praia

7


Canonização

Santa Tereza de Calcutá, rogai por nós

No dia 4 de Setembro, o Papa Francisco elevou ao céu mais uma santa, a interceder aos que sofrem. A canonização de Madre Teresa de Calcutá era muito aguardado por muitas pessoas, devotas desde a sua beatificação. Assim, milhares de fiéis, autoridades civis e religiosas de diversos cantos do mundo participaram da cerimônia, no Vaticano. Entre eles, os brasileiros Marcilio Haddad Andrino, 42 anos , sua esposa Fernanda Andrino, duas filhas e Pe. Elmiran dos Santos, da Diocese de Santos, São Paulo. Madre Teresa, mulher simples que tanto amou as pessoas, especialmente os excluídos, cujo nome de batismo é Anjézé Gonxhe Bojaxhiu, nasceu em Skopje (na ex Yugoslávia), em 26 de Agosto de 1910. Faleceu em Calcutá, na Índia, no dia 5 de Setembro de 1997. Religiosa, iniciou o seu noviciado em 1929. Na Congregação de Nossa Senhora de Loreto, assumiu o nome de Irmã Teresa, em homenagem a Santa Teresa de Lisieux. Em 1935 foi enviada para Calcutá, na Índia, para terminar os estudos religiosos e onde acabou descobrindo o mundo da miséria humana e dos excluídos deste nosso mundo da globalização da indiferença. Mais tarde, funda a Congregação 8

Outubro / Novembro - 2016

que quer se dedicar inteiramente ao serviço destes últimos, destes “danados da terra”. Em 1950 o Papa Pio XII autorizou oficialmente a instituição desta nova Congregação denominada “Congregação das Missionárias da Caridade”: “eu vim a Calcutá para a transformar, mas depois de um tempo vejo que é Calcutá que me está a transformar”, dizia ela na sua simplicidade. Madre Teresa jamais deu um passo atrás na defesa da dignidade das pessoas formando o grande exército das Missionárias da Caridade. A “Mãe dos pobres”, promotora da dignidade da pessoa humana até a morte natural, era também uma líder capaz de colocar junto as partes em conflito e resolver controvérsias aparentemente sem solução. Um compromisso que lhe valeu o Nobel da Paz em 1979. Sinal de que ela continua a inspirar a todos no compromisso de chegar até aos mais necessitados e marginalizados com amor e compaixão. Não deixar jamais ninguém para trás, ocupando-se dos excluídos do nosso sistema-mundo desta globalização da indiferença, onde quer se encontrem. Sua canonização, num tempo tão próximo de nós, não deixa dúvidas de que a santidade é algo que se busca e

se conquista através de gestos de amor, de misericórdia e doação, centrados na Eucaristia e na Palavra. Um lindo exemplo a seguir e de se lembrar neste mês Missionário. Os milagres Em 2002, o Vaticano reconheceu um primeiro milagre atribuído à Santa Tereza: a cura de uma mulher de 30 anos de Bangladesh, Monika Besra, que tinha um tumor abdominal. Mais tarde, era a vez de um brasileiro Marcilio Haddad Andrino, que estava desenganado pela medicina. Os médicos não conseguiam explicar o que aconteceu. Mas, sua esposa Fernanda ( naquele tempo sua noiva) e Pe. Elmiran dos Santos, sabem. No momento mais crítico, o sacerdote se dirigiu à mulher e lhe entregou uma relíquia - um santinho de madre Teresa de Calcutá, uma oração e um pedaço de seu hábito. O padre havia recebido a relíquia de presente, minutos antes, após uma missa na Casa Religiosa Irmãs Missionárias da Caridade. Após dizer que “para Deus, nada é impossível”, Pe Elmiran convidou-a a rezar. Dias depois, veio a notícia de que Marcilio teve alta. Foi um milagre. Além de cardeais e leigos analisarem os relatos de todos os envolvidos, uma equipe médica também fez parte do processo, estudando exames e provas físicas. “É um momento de graça, uma prova de que Deus olha por todos e está presente na nossa vida, mesmo diante da dor e do sofrimento”, finaliza.


Ano Santo

Jubileu da Misericórdia....na Diocese Ha poucos dias do encerramento do Ano Santo da Misericórdia, a Diocese de Caraguatatuba vai completando as celebrações especiais programadas pelas paróquias, pastorais e movimentos. Entre OS momentos fortes, está o Jubileu diocesano – Romaria diocesana a Aparecida. No dia 24 de setembro, cerca de 400 pessoas representaram a Diocese participando da oração do Terço em frente a imagem de Nossa Senhora de Fátima, celebraram a Santa Missa presidida pelo bispo Dom José Carlos Chacorowski e da oração especial antes da passagem pela Porta Santa. Tudo isso contando com a presença do clero diocesano, de diáconos e seminaristas.

Abraço da Misericórdia A Pastoral da Saúde promoveu o “Abraço da Misericórdia”, envolvendo simbolicamente os enfermos e profissionais da saúde das Santas Casas de Caraguatatuba – Stella Maris, de Ubatuba e São Sebastião. O gesto concreto resultou na doação de mais de 1400 fraldas geriátricas aos hospitais. Apesar da chuva do dia, 13 de setembro, a comunidade esteve presente.

De Praia em Praia

9


Ano Santo

Jubileu dos Catequistas Formação e partilha marcaram o Jubileu dos Catequistas na Catedral Divino Espírito Santo, sob a coordenação do Pe. Moises do Nascimento e Diego Roberto.

Jubileu do Movimento do Apostolado da Oração No sábado, 1 de outubro, na Catedral Divino espírito Santo, foi a vez do Jubileu Diocesano do Apostolado da Oração. A Missa foi presidida pelo bispo Emérito da Diocese de Taubaté, Dom Carmo João Rhoden, SCJ, juntamente com o pároco da Catedral, Pe. André Luiz Ouriques e o assessor do AO, Pe. João Marcos. Os membros do AO tiveram ainda a oportunidade de um momento de formação com o tema Coração de Jesus e a misericórdia. Cento e dez pessoas participaram .

Jubileu da Juventude Em setembro foi a vez da Juventude atravessar a Porta Santa. O Kairos da Juventude diocesana foi repleto de unidade, oração, adoração, dinâmicas, e partilha, entre as diversas expressões da juventude e especial Graça de Deus que teve como momento final a Missa de envio da juventude. Misericórdia, ao experimentar concretamente o amor de Deus no momento que celebraram e passaram pela Porta Santa. O proximo encontro será no dia 30 de Outubro quando celebramos o dia Nacional da Juventude - DNJ.

10

Outubro / Novembro - 2016


Ano Santo

Ano Mariano

A Ano Mariano, instituído pelo CNBB, quer celebrar a festa dos 300 anos de devoção mariana no Brasil. Assim, em comunhão, este tempo tem início na Diocese de Caraguatatuba no próximo dia 12 de outubro. Desta data até o final de 2017, a imagem peregrina deverá percorrer todas as paróquias. Além das manifestações paroquiais a Diocese, através de uma comissão formada especificamente para acompanhar a programação, Pe. Alessandro H Coelho, Pe. Daniel de Santo Inácio e Pe. Carlos Lemos, serão realizados o Congresso Mariano, o Simpósio Bíblico Mariano e liturgias especiais nas datas solenes marianas. Veja a programação: 12 de Outubro de 2016 -- ABERTURA DO ANO SANTO DE NOSSA SENHORA A imagem peregrina estará nos seguintes locais e datas: Paróquia N. Sra. Aparecida – 12/10 a 13/11 Paróquia N. Sra. D´Ajuda – 13/11 a 04/12 Paróquia Sagrado Coração – 04/12 a 25/12 Paróquia São José (Topo) – 25/12 a 15/01 JANEIRO 01/DOM – SOLENIDADE DA MÃE DE DEUS Paróquia São Sebastião – 15/01 a 05/02 FEVEREIRO 11 – SOLENIDADE NOSSA SENHORA DE LOUDES Paróquia N. Sra. Amparo – 05/02 a 26/02 Paróquia Santa Rosa de Lima – 26/02 a 12/03 MARÇO Paróquia N. Sra. da Glória – 12/03 a 02/04 25/SAB – SOLENIDADE DA ANUNCIAÇÃO DE NOSSA SENHORA ABRIL 23/DOM – SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA MÃE DA MISERICÓRDIA Paróquia São José (Morro) – 02/04 a 23/04 Paróquia Catedral – 23/04 a 14/05 MAIO – MÊS MARIANO 13/SAB – SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA – 100 DA APARIÇÃO Enfoques: Devocional, Pastoral e Teológico JUNHO Paróquia Santo Antônio – 04/06 a 18/06 Paróquia Santa Terezinha – 18/06 a 02/07 24/SAB – SOLENIDADE DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA JULHO Paróquia N. Sra. da Visitação – 02/07 a 23/07 Paróquia N. Sra. das Dores – 23/07 a 13/08 15/SAB – SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DO CARMO AGOSTO 20/DOM – SOLENIDADE DA NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO Paróquia Exaltação – 13/08 a 27/08 Paróquia Imaculada – 27/08 a 17/09 SETEMBRO 08/SEX – SOLENIDADE DA NATIVIDADE DE NOSSA SENHORA Paróquia N. Sra. de Fátima – 17/09 a 08/10 28/QUI – SIMPÓSIO BÍBLICO MARIANO – SETORIAL OUTUBRO 07 de OUTUBRO (Dia de Nossa Senhora do Rosário)– SABADO – ROMARIA DIOCESANA AO SANTUARIO DE APARECIDA Paróquia N. Sra. das Graças – 08/10 a 28/10 12/QUI – SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA E PROCISSÃO SOBRE RODAS. 28/DOM – ENCERRAMENTO DO ANO SANTO MARIANO – PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS – 15H

De Praia em Praia

11


Noticias diocesanas

Formação da Pastoral Familiar “Alegria do Amor” – Amores Laetitia – Esse foi o tema da formação proposta pela Pastoral Familiar que chegou às quatro cidades da Diocese. Ministrada pelo bispo diocesano Dom José Carlos, o encontro reuniu dezenas de casais que acabam por se tornar multiplicadores da boa nova, escrita pelo Papa Francisco. Outro tema que foi levado às lideranças pela coordenação da pastoral foram sobre os três setores da Pastoral : PRÉ-MATRIMONIAL, PÓS MATRIMONIAL E CASOS ESPECIAIS, reunindo dezenas de casais na Catedral Divino Espírito Santo.

Nova diretoria da Cáritas Diocesana

Retiro do Clero deste ano foi realizado na cidade de Ubatuba e teve como pregador Pe Wander de Jesus Maria

12

Outubro / Novembro - 2016

Foi eleita no dia 5 de setembro, a nova diretoria da Cáritas diocesana para o biênio 2016/2018. A assembleia conduzida pelo bispo Dom Jose Carlos, presidente de honra do organismo, apresentou a chapa única concorrente que foi empossada com votos de sucesso nos trabalhos. No dia 5 de outubro foi realizada a primeira reunião para o planejamento de ações. A nova diretoria ficou assim constituída: diretor presidente – Paulo Alexandre G.F.dos Santos- Catedral diretor vice presidente – Pedro Antonio Lourenço Filho – N Sra Visitação 1 Secretario – Edson Moreira Prado 2 Secretario – Samara Aguilar 1 Tesoureiro – Denise Cristina SC Peixoto 2 Tesoureiro – Selma Neder M Lemos Conselho Fiscal Roonete de Matos Silveira Rosangela Maria Cleusa Ferreira Silva Suplentes Nilde Furtado Leite Yeda Aparecida Lourenço Janelee Silva de Oliveira


Especial

Dízimo...uma questão de fé e compromisso. Ser dizimista é uma questão de fé.

Pelo Batismo nos tornamos filhos adotivos de Deus e membros de sua Igreja. Desta forma, assumimos desde então o compromisso de fidelidade a Deus e o dever de prestar-lhe todo louvor, estabelecendo-se a dimensão religiosa do nosso ser cristão. Esse mesmo compromisso de fidelidade a Deus exige de nós o cuidado para com o nosso próximo, pois não é possível amar a Deus a quem não se vê, se não amamos ao nosso próximo a quem vemos. Essa é a dimensão fraterna do cristão.Ainda pelo mesmo compromisso de fidelidade a Deus somos convocados a proclamar o Evangelho a todos os povos, na dimensão missionária de todo batizado.Diante desses compromissos , chegamos ao gesto concreto do Dízimo. Uma íntima e profunda relação entre a pessoa de fé e Deus. Deus dá força para o trabalho,inteligência para o seu desenvolvimento, e a pessoa de fé responde a Deus com parte do que recebe, como gesto de gratidão. É na verdade, uma devolução a Deus do que é de Deus. Somados todos os esforços de uma comunidade, conscientemente ela coloca tudo em disponibilidade comum, reflete o verdadeiro sentido da vida cristã e se utiliza deste gesto para suprir necessidades da Igreja que se transforma em abundância de Graça Divina. A inspiração com que cada um vê ou percebe o dízimo vai atribuir-lhe um significado. Assim, ouve-se que é gesto de amor, de agradecimento, expressão de fé, de solidariedade, de fraternidade, retribuição aos dons e bênçãos de Deus, manifestação de responsabilidade para com a Igreja e o plano de Deus, e outros inúmeros qualificativos que buscam defini-lo. De fato, o dízimo assume diferentes expressões em razão do que o motiva (por que o oferto?) ou de sua destinação (para que o oferto?). Mas uma palavra enlaça todas as suas possíveis definições: Amor. Num primeiro momento, devemos reconhecer, pelos dons gratuitos que recebemos de Deus – a começar pela vida. Depois, manifestamos de forma objetiva nossa gratidão, retribuindo a Ele este sentimento em gesto concreto

de Amor através dos irmãos. O homem do campo, com muita facilidade, vê a ação de Deus, a colaboração, a parceria de Deus em seu trabalho. É a terra, o sol, a chuva, que, no tempo e na quantidade certa, fazem brotar a semente, desenvolver a planta, gerar o fruto. Já nos centros urbanos, nosso campo são as fábricas, os escritórios, as lojas de comércio. Nossa colheita, fruto de nosso trabalho, é o salário que recebemos no final de cada mês, ou aquilo que recebermos por qualquer trabalho. Então, testemunhando a gratidão a Deus e manifestando nosso amor à Igreja e aos irmãos, devemos ofertar o nosso dízimo. O dízimo é, pois, uma retribuição que fazemos a Deus de parte do que gratuitamente d’Ele recebemos, um pouco de nós mesmos; e o fazemos através da Igreja, para que ela possa cumprir a missão da qual Jesus a incumbiu. Por que todo cristão deve ser dizimista? 1º Para ser coerente consigo mesmo: De sã consciência ninguém nega a fé em um Deus verdadeiro. 2º O cristão deve ser dizimista porque é Deus quem pede: Dízimo é dever de toda pessoa de fé. Para que o dízimo? Representando meu salário trinta dias do meu tempo, da minha existência, na verdade ele contém uma parcela da minha vida. Assim, o que eu ofertar desse salário será um pouco de mim mesmo que estarei ofertando. Será importante, pois, saber o que será feito desse pedaço de mim. Quanto ofertar? Efetivamente, dízimo significa uma décima parte, ou dez por cento, como já se o ofertava ao tempo do Antigo Testamento. Contudo, há assim, que se reconhecer difícil, de uma hora para outra, separar os dez por cento de Deus de um salário pequeno já comprometido com um orçamento apertado. Deus reconhece quando há o esforço e o propósito de cada um. São Paulo (II Cor 9, 7) orienta: “Cada um, dê conforme o impulso do seu

coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com alegria”. Se mesmo se esforçando, você só pode dar pouco, faça-o, mas com amor. E que não seja seu resto, sua sobra. Nada do que Deus lhe deu é resto. Se você pode dar muito, mas não se sente motivado, não está conscientizado, não dê nada. Porque sem amor, sem o sentido da gratidão e do compromisso, não é dízimo, é esmola. Aos poucos, percebendo o desenvolvimento de sua comunidade e o trabalho que é possível promover com o Dízimo, será possível, sem mesmo que seja cobrado, o aumento gradativo da participação pessoal no processo e no compromisso. Para Estudo em família, oferecemos abaixo algumas o documento da CNBB e citações Bíblicas sobre o Dízimo - Documento 206 - CNBB At 4,37 = At 2,44-45 = 2Cor 9,6-13 = ICor 9,6;7 = 2Cor 9,7 = ITm 6,9-10 = Ag 1,8-10 = Mt 6,3-4 = Mt 22,20-22 = Tb 1,6-7 = Lv 27, 30;32 = Gn 14,18-20 = Dt 26,8-11 = Dt 12,11 = Ne 10,36-38 = PR 3,9-10 = Ex 35,4-10 A Formação para os membros da Pastoral do Dízimo foi transferida para 19/10/2016 às 20h em local a ser confirmado ( Informações 981037988 com Mangélia Barbosa. De Praia em Praia 13


Noticias diocesanas

Nasce uma nova paróquia. Viva Nossa Senhora Aparecida O crescimento das cidades da Diocese de Caraguatatuba da vão orientando novas necessidades pastorais. O projeto Construindo Comunhão prevê a criação de novas paróquias. Na Ilhabela, a necessidade de reestruturação já se fazia necessária ha alguns anos e isso permitiu a decisão de criar, na sul da cidade, uma nova estrutura paroquial.

A história desta nova paróquia nomeada em 12 de Outubro vem de meados dos anos 70... Antiga Capela

...Em 1976, na Avenida Princesa Izabel, antiga Olaria, na casa do sr Dimas Deraldo, um grupo de mais ou menos 10 pessoas se reuniam para a celebração da Santa Missa. Entre elas, estavam as religiosas Irmãs Decilia e Izolina que juntas, acompanhavam e colaboravam na celebração presidida pelo padre Deodato. Foi num desses encontros e fruto de partilha que o grupo teve a ideia de adquirir um terreno para a construção de uma capela. Começa então o trabalho de arrecadação de fundos com leilões e também doações de pessoas que não queriam aparecer. Depois de um tempo e de procura, o terreno foi doado pela empresa Colobras. Com um pequeno fundo, teve inicio a construção que se reforçou através de material de doação e mão de obra voluntária. No ano de 1978, a Capela dedicada 14

Outubro / Novembro - 2016

a Nossa Senhora Aparecida, ainda em construção, recebia a primeira Missão em Ilhabela. Com as paredes ainda pela metade e cobertas com lonas, o povo se reuniu e sonhou que a comunidade seria fortalecida a partir daquele momento e a capela, com todo sacrifício, em breve seria concluída juntamente com um pequeno salão. Já nos anos 90, com uma boa participação dos fiéis, era preciso pensar numa igreja maior e a comunidade comprou o terreno ao lado. Com doações e com mutirão, ergueu-se o salão que seria utilizado para catequese. Em pouco tempo, a situação se inverteu e as Missas passaram a ser celebradas no salão. Em 2003, com a compra de mais um terrenos (fundos), se pode pensar numa igreja maior. Nove anos depois, em 2012, o salão começou a dar lugar a nova capela.


Noticias diocesanas

40 anos de História Neste últimos 4 anos, com o apoio de muitos colaboradores e benfeitores, dos párocos da matriz, a nova igreja está na fase de acabamento, mas preparada para acolher seu primeiro Pároco, Pe. Alessandro Henrique Coelho, um grande presente do bispo diocesano Dom José Carlos Chacorowski. Devoto de Nossa senhora Aparecida, Pe. Alessandro chega com sua alegria e espiritualidade para dar continuidade a tudo que já foi iniciado e organizar todas as dimensões necessárias a mais nova paróquia da Diocese de Caraguatatuba.

Comunidades: Comunidade São José – Bairro Reino Comunidade Santa Teresinha – Bairro Santa Teresinha Comunidade Nossa Senhora das Graças - Alto Barra Velha Comunidade Santo Antonio – Praia do Portinho Comunidade São Benedito – Praia Grande Comunidade Bom Jesus do Iguape Bexiga Comunidade Exaltação da Santa Cruz – Praia do Curral Comunidade São Pedro – Bairro São Pedro, Sul da Ilha Comunidade Nossa Senhora da Rosa Mística - Taubaté Comunidade São Miguel Arcanjo Borrifos Comunidade Santa Verônica - Bonete A Novena que antecedeu a grande festa contou com a presença de padres convidados, a presença diária de centenas de fiéis e o apoio de dezenas de pessoas para a sua organização litúrgica e social. Nos dias 8,9 e 10, através da Prefeitura Municipal de Ilhabela, grandes shows animaram a comunidade, entre eles, do Pe. Juarez de Castro. Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Barra Velha - matriz Rua Antonio Aires da Fé, s/n Secretaria: 3895-8410. De Praia em Praia

15


Noticias diocesanas

Seminário de Comunicação Social O Seminário de Comunicação Social realizado de 13 a 16 no Rio de Janeiro discutiu sobre o tema: “Deus vive na cidade: A” Igreja em Saída” para comunicá-lo. Entre os palestrantes estiveram o presidente da Secretaria de Comunicação da Santa Sé, Mons. Dario Edoardo Viganó, que falou sobre “Igreja, comunicação e Sociedade” e o decano da Universidade de Comunicação da Universidade Santa Croce, Professor Dr Padre José Maria La Porte. Uma das exposições trouxe a nova estrutura do setor de comunicação da Santa Sé, sugerida pelo Papa Francisco, que propõe ação conjunta dos órgãos de comunicação já existentes, bem como o processo de mudança que deve durar 4 anos. Do Seminário participaram a assessora de comunicação da

Diocese, Denise Peixoto e o Vigário Geral, Pe. Alessandro H Coelho. (foto Gustavo de Oliveira/ArqRio)

Comissão Fé e Política

“O cidadão consciente participa da política” Antes de oficializar a Pastoral Fé e Política, a Diocese de Caraguatatuba, através da coordenação diocesana de Pastoral, decidiu organizar um grupo de discussões com representantes das quatro cidade que compõe a Diocese. Em tempo que se antecedia às eleições municipais, a proposta foi de realizar dois momentos de formação;

16

Outubro / Novembro - 2016

um para candidatos e outro para fiéis, eleitores, nas quatro cidades, sendo que em São Sebastião foram realizados dois encontros. A resposta foi satisfatória no que se refere a participação dos candidatos que compareceram à Catedral Divino Espírito Santo para uma manhã de palestra com

o Prof. dr Silvio Costa, que fez uma análise histórica da política, trazendo para os tempos atuais as expectativas para ambos os lados – candidatos e eleitores. Já nas quatro cidade, além da formação, a comunidade recebeu uma cartilha, elaborada pela CNBBSul2, com orientações básicas mas de suma importância. O resultado dos encontros gerou a possibilidade de que o trabalho de Fé e Política possa ser amadurecido e oficializado na diocese, agora como Pastoral , propondo ações de cidadania e orientação política.


Notícias Paroquiais

Paróquia Catedral Divino Espirito Santo

Pe. André novo pároco da Catedral Antes da posse, Pe. André celebrou seus 15 anos de sacerdócio, ao lado de Pe. Alessandro Henrique Coelho, já no clima de despedida. A festa reuniu paroquianos e amigos no dia 7 de agosto. Pouco mais de um mês depois, no dia 9 de Setembro, Pe. André Luiz assumiu oficialmente a Paróquia Catedral

Espírito Santo, em Missa presidida pelo bispo Dom José Carlos Chacorowski. Centenas de fiéis, amigos e paroquianos participaram da liturgia. Na sequencia, Pe André presidiu o primeiro CPP - Conselho Pastoral Paroquial contando com o apoio de todos os coordenadores.

Bênção do novo espaço litúrgico

Durante a Missa de posse de Pe. André Luiz Ouriques, Dom José Carlos Chacorowski abençoou o novo Sacrário e a entrega da Capela do Sacrário. O projeto, assinado pelo arquiteto Luiz Paulo Toledo e acompanhado pela Comissão de Arquitetura e Arte Sacra da Diocese. O Projeto artístico (Pintura) é do artista plástico Antonio

Batista de Souza Junior. O novo espaço litúrgico conta com iluminação natural e um jardim interno criado pela Multi-flor Paisagismo. O Sacrário é assinado pelo artista Cláudio Pastro, dedicado a trabalhos de arte sacra, considerado por especialistas como o artista brasileiro mais expressivo da atualidade nesta área .

5ª Festa de Nossa Senhora Aparecida

A festa que já se tornou tradicional na cidade, celebra também a V Campanha da Talhas de Caná, entre os dias 05 e 11 de outubro. No dia 12, a Solenidade da Padroeira do Brasil começa com a carreata às 17hs e logo após a Santa Missa. A Festa Social começa no dia 7 e vai até o dia 16 de outubro com diversos prêmios entre eles Bicicleta Elétrica, Tablet, Smartphone, Fritadeira Airfryer.

Aviso paroquial

As Missas semanais no cemitério municipal acontecem sempre às Quinta-feira, às 7h30.

Paróquia Catedral Divino Espírito Santo - Av Amazonas, 1665 Indaiá, Caraguatatuba Informação sobre horários de Missa e atendimento (12) 3887.2982 catedraldodivino.blogspot.com De Praia em Praia

17


Notícias Paroquiais

Paróquia São João Batista

Comunidades em Festa A Comunidade Nossa Senhora Aparecida viveu o alegria de celebrar a padroeira com a Novena e a festa social dias 8e 9, 15 e 16 de outubro. No dia 12 de outubro, com procissão e Missa presidida pelo bispo diocesano Dom José Carlos Chacorowski, a comunidade celebrou com alegria a padroeira. A Capela segue com as obras de construção da nova igreja e continua contando com a colaboração dos fiéis. Já a Comunidade Nossa Senhora das Graças , do Jardim Gaivotas de organiza

para a novena da padroeira que começa no dia 18 de Novembro. No dia 20, realiza um almoço e no dia 23 acolhe o Bispo Dom José Carlos para a Santa

Missa às 19h30. A novidade deste ano para a comunidade será a bênção das Bandeiras das Famílias, no dia 27, dia da padroeira. Cada família poderá confeccionar a sua bandeira que será abençoada neste dia.

1° Formação do Plano de Pastoral Paroquial.

Realizado no dia 31 de agosto, lideranças se reuniram para a formação que dá encaminhamentos ao 1° Plano Pastoral paroquial. Cerca de setenta pessoas participaram de encontro. Paróquia São João Batista – Rua Epitácio Pessoa, 240 – Poiares – Caraguatatuba Informações sobre horários de Missas e atendimento (12) 3887.4084 http://www.diocesecaraguatatuba.com.br/ sao-joao-batista/ Paróquia Exaltação Santa Cruz

A prática do Terço Rezar o terço é uma prática católica de devoção a Nossa Senhora, passada de geração em geração. Sua história é antiga. Um dos primeiros registros diz que monges cristãos usavam pedrinhas para contar as suas orações e na Igreja Católica, em 1328, Nossa Senhora apareceu para São Domingos e pediu que ele rezasse o terço para salvação

do mundo. Foi assim que surgiu a devoção ao Rosário (coroa de rosas oferecida a Nossa Senhora). O terço pode ser rezado individual ou coletivamente e sua prática rapidamente tornou-se a oração mais popular da Igreja Católica. Na Paróquia Exaltação da Santa Cruz tanto homens como mulheres têm a oportunidade de rezá-lo em grupo.

Alegria da Igreja na Juventude. Mais um EPJC reuniu centenas de jovens na Missa de encerramento deste encontro de primeiro anúncio. Paróquia Exaltação da Santa Cruz - Rua Dona Maria Alves, 125 – Centro – Ubatuba Informações sobre horários de Missas e atendimento (12) 3832.1325 www.matrizubatuba.com.br - www.diocesecaraguatatuba.com.br/exaltacao-da-santa-cruz/ 18

Outubro / Novembro - 2016


Notícias Paroquiais

Paróquia Santo Antonio

Cerco de Jericó

“Rompendo barreiras, alcançando milagres”!

O Cerco de Jericó consiste em uma semana incessante de batalha espiritual, com intensificação da oração pessoal e comunitária, 24h de Adoração ao Santíssimo, Missa Diária, confissão, jejum, pregação da Palavra de Deus e o Terço de Nossa Senhora. Muitas graças foram, e estão sendo, alcançadas com o Cerco de Jericó realizado na Paróquia Santo Antônio. Uma semana inteirinha dedicada à adoração Àquele que tanto amamos. Foi uma semana de alegria em receber padres ungidos pelo Espírito Santo, que passaram a Palavra de Deus à nossa comunidade auxiliando-nos, ainda mais, a quebrar as barreiras de nosso coração. O Poder de Deus derramou o Espírito Santo sobre o nosso povo, transformando vidas e fazendo o Evangelho crescer e ser anunciado.

Dia de N Sra Aparecida e festa das crianças “Vinde a mim as criancinhas!” Com esse pensamento, realizaremos, mais uma vez, acontece a grande Missa em Louvor a Nossa Senhora Aparecida junto com todas as crianças da comunidade. Nossa Mãe, Aparecida, de braços abertos acolhe, em seu dia, aqueles pequeninos que tanto a amam! Participe conosco dessa grande festa! A Missa em Louvor a Nossa Senhora Aparecida será as 10h, na Paróquia Santo Antônio. Logo após a Missa, convidamos todas as crianças a brincar, cantar e se divertir conosco em uma grande festa!

Paróquia Santo Antonio - Praça Candido Motta, s/n – centro – Caraguatatuba Informações sobre horários de Missas e atendimento: (12) 3882.1611

www.matrizsantoantonio.com.br www.diocesecaraguatatuba.com.br/santo-antonio/

De Praia em Praia

19


Notícias Paroquiais

Paróquia Nossa Senhora das Graças

Festa da padroeira Dia 8 de setembro foi o dia da celebração maior da Capela Nossa Senhora das Graças, do Sertão da Quina. A capela, dedicada a Mãe das Divinas Graças, manteve a tradição de todo dia 8 do mês e deu início às comemorações com a oração do Terço e a caminhada até o Morro Emaus. O bispo diocesano Dom José Carlos celebrou com centenas de fiéis.

Missão na Vila Santana A comunidade paroquial realiza no dia 22 de Outubro a ação missionária paroquial. As visitas missionárias acontecerão na Vila Santana, Comunidade Santa Filomena , com início às 8h e término às 16h com a Santa Missa.

Paróquia NossaSanto Senhora das -Graças Praça PioMotta, XII n° 101 – Ubatuba- SP Paróquia Antonio Praça Candido s/n –- Maranduba centro – Caraguatatuba Informa ções sobre horários das Missas e atendimento (12) 3849.8532 Informações sobre horários de Missas e atendimento: (12) 3882.1611 e-mail par.nsdasgracas@diocesecaraguatatuba.com.br www.matrizsantoantonio.com.br www.diocesecaraguatatuba.com.br/santo-antonio/ Paróquia Nossa Senhora Da Visitação

A Comunidade viveu intensamente a Festa de Santa Cruz com Tríduo, Procissão e Missa. Nos próximos dias, a festa social volta a reunir os fiéis que celebram, juntos, a Festa de Nossa Senhora Aparecida.

Paróquia Nossa Senhora da Visitação - Rua Pesc. Manoel Marcondes Sodré, 75, Massaguaçu, Caraguatatuba – SP Informações sobre horários de Missas e atendimento (12) 3884.5907

Anuncie aqui informações 3883 6668 / 3883 4888

20

Outubro / Novembro - 2016


Notícias Paroquiais

Paróquia Santa Rosa de Lima

1ª Festa da padroeira como paróquia. Na alegria celebrada durante a festa da padroeira em tornar-se oficialmente paróquia, a comunidade se reuniu durante a novena em honra a Santa Rosa

de Lima contando com a presença de padres convidados e a presença de Dom José Carlos, bispo diocesano que também compareceu à festa social realizada de

06 e 11 de setembro, já no novo espaço paroquial, preparado em frente a igreja, contribuindo com uma melhor acolhida. Pe. Marcos V Rosa, pároco, agradeceu a todos que direta ou indiretamente contribuíram com o sucesso do evento e encerrou festa a louvando e agradecendo a Deus e a Nossa Senhora.

Pró Paróquia Santa Rosa de Lima Rua Guilherme de Almeida,274 - Jaraguá - São Sebastião - SP (12) 3886.1197 - par.starosa@diocese.com.br Paróquia São Sebastião

Pastoral da Saúde em ação A Pastoral da Saúde paroquial realizou no dia 29 de setembro, palestra com o tema Doenças do Coração tendo como palestrante o Dr. Luis Alexandre Schneider.

A iniciativa contou com a presença de 150 pessoas e a doação voluntária de 83 litros de leite que serão repassados a entidades assistenciais da cidade de São Sebastião.

Paróquia São Sebastião- Praça Major João Fernandes, 22 centro – São Sebastião Informações sobre horários de Missas e atendimento (12) 3892.1110Radio Web São Sebastião - www.radiosaosebastiao.com.br/ Paróquia Nossa Senhora das Dores

8ª festa da Padroeira. A comunidade paroquial vivenciou momentos de Graça e historicamente importantes. A 8° Festa da padroeira começou com a novena refletimos sobre a Mãe da Misericórdia e todas as obras da misericórdia Espirituais e Temporais. A missa presidida pelo bispo diocesano Dom José Carlos Chacorowski antecedeu a inauguração do Memorial da Paróquia, construído no local da antiga capelinha, como um espaço de preservação da

história comunidade através de diversos objetos e fotos que chegaram com o apoio de diversos paroquianos.

Paróquia Nossa Senhora das Dores Av.Leovegildo, 1416 - Itaguá – Ubatuba Informações sobre horários de Missas e atendimento: (12) 3833.8960 www.diocesecaraguatatuba.com.br/nossa-senhora-das-dores/ De Praia em Praia

21


Notícias Paroquiais

Paróquia Santa Teresinha

Passeio ciclístico - A comunidade foi às ruas para demonstrar sua fé e seu carinho pela padroeira No dia 18 de setembro, mesmo debaixo de muito sol a paróquia promoveu o primeiro passeio ciclístico de Santa Terezinha, uma das diversas iniciativas para preparar a Festa Litúrgica de Santa Terezinha, A participação foi muito positiva e coloriu as ruas próximas. Cento e vinte ciclistas participaram do evento que reunir momento de oração, esporte e muita alegria.

Novena nas casas -

Respondendo ao convite da Igreja em ir ao encontro dos irmãos afastados e gerar comunhão, foi realizado pelo terceiro ano consecutivo a Novena Missionária de Santa Terezinha nas casas, também como preparação para a Festa litúrgica. Dezenas de casas foram visitadas e experimentaram a partir da partilha do Evangelho e da vida de Santa Terezinha, o amor de Deus em suas vidas.

Novena de Santa Terezinha

- Com o tema: Viver e Praticar a Misericórdia do Pai a exemplo de Santa Terezinha, aconteceu de 22 a 30 de setembro a Novena Litúrgica de Santa Terezinha. Na alegria, a comunidade acolheu já no primeiro dia o bispo Dom José Carlos e nos outros dias padres convidados, com momentos de aprofundamento na espiritualidade. No dia da padroeira, a festa reuniu centenas de fiéis e devotos numa belíssima e solene Santa Missa.

Aniversario natalício - No dia 03/10 celebramos mais um ano de vida de nosso pároco, com uma Hora Santa onde

rezamos e refletimos a partir do seu lema Sacerdotal: Ap 3,20; em seguida celebramos uma lindíssima Santa Missa agradecendo o dom da vida de nosso pastor, terminando a noite com uma bela confraternização. Paróquia Santa Teresinha - Praça Padre Porfírio de Deus Filho, 10 Martim de Sá – Caraguatatuba Informações sobre horários de Missa e atendimento - (12) 3881-1882 www.diocesecaraguatatuba.com.br/santa-terezinha

22

Outubro / Novembro - 2016


Notícias Paroquiais

Confraternização

Paróquia Sagrado Coração de Jesus

A juventude agradece a presença de todos que compareceram ao Barzinho com Jesus, noite de muita alegria e diversão! Parabéns à Família Santos que ganhou o prêmio pela quantidade de integrantes, e agradecemos a todos que de uma forma ou de outra contribuíram para o sucesso deste evento em prol do Reviver #VemReviver2016

Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Av. Walkir Vergani, 223 Boiçucanga – São Sebastião Informações sobre horários de Missa e atendimento (12) 3865.2293 www.diocesecaraguatatuba.com.br/sagrado-coracao-de-jesus/ Paróquia Nossa Senhora da Glória

Bem-vindo outubro, mês missionário.

A comunidade paroquial terá diversas atividades durante todo o mês. A ideia é de que todos possam vivenciar todos os momentos e experimentar a forma unidade. Não deixe de participar. Para mais informações entre em contato com a secretaria paroquial. São Francisco Xavier e Santa Terezinha do Menino Jesus, padroeiros das missões, rogai por nós! #SomosGlória Paróquia Nossa Senhora da Glória Av. José da Costa Pinheiro Junior, 970, Travessão, Caraguatatuba Informações sobre horários de Missa e atendimento - (12) 3887-2229www.diocesecaraguatatuba.com.br/nossa-senhora-da-gloria/

Paróquia Nossa Senhora D` Ajuda

Caminhada Shalon

Sem palavras para descrever a alegria e gratidão na Missa de encerramento da Primeira Caminhada Shalon realizada na Igreja Matriz paroquial, presidida pelo pároco Padre Mateus Martins, juntamente com o Diácono Pereira. Uma bênção poder contar com a presença de mais de 100 jovens, reunidos entre os dias 24 e 25 de setembro para momentos de muito louvor, dinâmicas e espiritualidade.

Paróquia Nossa Senhora D`Ajuda Praça Prof. Alfredo Oliani, 53 – Centro – Ilhabela Informações sobre horários de Missas e atendimento (12) 3896-1227 www.diocesecaraguatatuba.com.br/nossa-senhora-da-ajuda/ De Praia em Praia

23


EU E A FÉ QUE PROFESSO Assistir a missa na televisão vale? Em nossos dias, cada vez mais frequentemente vemos que a participação ativa dos fiéis na vida da Igreja, tão desejada pelo Concílio Vaticano II, vai diminuindo consideravelmente em todas as regiões do mundo, principalmente nos centros urbanos, onde o frenesi das ocupações cotidianas não deixa muito espaço para que o divino possa fazer parte da vida do homem moderno, tão ocupado e tão distraído. Isso tem implicações sérias quando se pensa no dever sagrado da participação à Santa Missa, especialmente aos domingos, visto que tantos meios de comunicação oferecem a oportunidade de escutar e ver tudo o que acontece na celebração sem precisar para isso deixar a própria casa, bastando se conectar com a internet, assistir pela televisão ou acompanhar tudo pelas ondas do rádio. Mas será que é realmente a mesma coisa? A participação da vida litúrgica-sacramental sempre tem sua plenitude através da presença do fiel que se coloca diante de Deus para celebrar. A liturgia é sempre caracterizada pelo envolvimento da assembleia toda, de todas as formas possíveis. Não à toa, durante a Eucaristia somos mexidos em nossos sentidos, para que, através deles, nosso espírito se una mais facilmente a Deus. Assim sendo, 24 Outubro / Novembro - 2016

durante a celebração, nossos olhos acompanham cada rito e gesto litúrgico; nossos ouvidos ouvem os cantos e as palavras que são proferidas durante a celebração; nossas mãos sentem o estralar das palmas festivas e o toque das mãos dos irmãos ao momento da paz; nossos narizes sentem o perfume do incenso e o fresco aroma das flores; e nossa língua sente os sabores das espécies eucarísticas do pão e do vinho. Tudo isso, nos coloca dentro da beleza da celebração eucarística, permitindo-nos vivenciar todo o mistério celebrado e unir nossos corações ao coração do próprio Deus. Desta forma, não se pode equiparar a celebração vivida pessoalmente com aquela participada através das mídias, como vai nos dizer o Diretório sobre as comunicações sociais na missão da Igreja: “Pela natureza e pelas exigências do ato sacramental, não é possível equiparar a participação direta e real (da missa) com a midiática e virtual, por meio de instrumentos da comunicação social” (nº 64). Contudo, não podemos deixar de salientar que estes meios de comunicação se tornam eficazes e importantes para aquelas pessoas que, por motivos justos e razoáveis, não podem participar da celebração eucarística pessoalmente. Tal pode ser o caso de pessoas idosas que são

limitadas em sua disposição e locomoção, de enfermos que não podem sair de casa sob orientação médica ou indisposição e mesmo fiéis que não tem a oportunidade de ir aos locais onde acontecem as celebrações, como o caso de membros de comunidades distantes dos centros urbanos onde o sacerdote não pode comparecer com frequência. Nestes casos, a participação da Santa Missa pelos meios midiáticos é válida e oportuna, mas continua sendo imperfeita. O que a fará mais frutuosa e espiritualmente proveitosa, será a doce esperança em poder voltar à plena participação na Santa Missa com a comunidade cristã, amando ao Senhor e desejando ardentemente comer com Ele sua páscoa (cf. Lc 22, 15).

Comunidade Católica Palavra Viva

Agenda : 20/10- 20:30hs Noite da Misericórdia Capela Nossa senhora do Desterro (Paróquia Nossa Senhora da Glória) Barranco Alto 21/10- 15hs Tarde da Misericórdia (Paróquia Santa Terezinha) Martin de Sá 22/10 - 15hs Tarde da Misericórdia - Capela Nossa Senhora Aparecida -Barequeçaba (Paróquia São Sebastião) 23/10 - 15hs Tarde de Misericórdia Catedral do Divino Espírito Santo ( Terço, pregação e confraternização) Indaiá

Revista De Praia em Praia - Ed Out/Nov  

Destaque para a criação da nova Paróquia Nossa senhora Aparecida e Ano Mariano

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you