Issuu on Google+

ComunicaSIB #3 3ª edição 2012

VOTO Ético Alguns princípios sobre o uso ético do voto

Informativo de circulação interna

CAPA Matéria especial sobre o Acamp’SIB 2012

MUNDO VIRTUAL A postura e os limites do cristão nas redes sociais


EDITORIAL

ANIVERSARIANTES DO MÊS Literalmente, suamos a camisa no mês de agosto. Pois é, mal terminou o agito do mês da juventude, já estamos arregaçando as mangas para intensificar os preparativos para o Acamp’SIB 2012. Por isso, elegemos o evento como tema do ComunicaSIB de setembro. Aqui você encontrará algumas informações sobre os nossos convidados e uma reflexão sobre o tema. Mas não só de acampamento vive a SIB. Por isso estamos trazendo um artigo sobre redes sociais, assunto pra lá de atual. Falar em atual, as eleições 2012 estão chegando e precisamos ter uma postura condizente com os valores do Reino de Deus. Assim, apresentamos aqui o “Decálogo do Voto Ético”, documento elaborado pela extinta AEVB (Associação Evangélica Brasileira) em 1994, mas que continua atualíssimo. Apesar de estarmos apenas em nosso terceiro número, já estamos introduzindo algumas novidades, como o espaço para o ministério de oração, para a biblioteca e a equipe de louvor. Com isso, queremos fazer do ComunicaSIB uma ferramenta útil aos diversos ministérios da igreja.

01/09

Caroline Stelmastchuk

02/09

Etelvina Debora Carneiro

02/09

Bryan Anderson

03/09

Victor Manuel

03/09

Cicero Martins

03/09

Elisa Morais

05/09

Leidiane Santos

06/09

Yoshio Sakaki

11/09

Danylo Araujo

12/09

Normací Rocha

12/09

Edilce Rodrigues

13/09

Ronildo da Cunha

14/09

Silas Santana

17/09

Wendel Félix

22/09

Diego Lopes

23/09

Paulo Roberto

24/09

Geraldo Rodrigues

26/09

Joquebede de Carvalho

30/09

Adriana Oliveira

ComunicaSIB DIGITAL

Desejamos um boa leitura para todos! Silas Santana. Segunda Igreja Batista em Camaçari Rua Abrantes, 70 Inocoop - Camaçari-BA E-mail: sibcamaçari@yahoo.com.br Presidente: Pr. José Carneiro Equipe ComunicaSIB Marcelo Vasques | Jussara Vasconcelos Lucas Rocha | Jane Carneiro | Gerberson Luiz | Gésia Carneiro

Veja todas as edições do nosso Boletim, acessando http://issuu.com/dcsib Se você deseja adquirir boletins extras, envie e-mail para comunicasib@yahoo.com.br

DIAS DE CULTO Domingo: 09h00 - EBD (Escola Bíblica Dominical) 18h00 - Culto de Louvor e Edificação Terça-feira: 19h00 - Reunião das Organizações Quarta-feira: 19h00 - Culto nos Núcleos Quinta-feira: 19h00 - Culto de Oração Sábado: 16h00 - Ensaio Equipe de louvor


ORAÇÃO DIÁRIA

BIBLIOTECA SIB MARAVILHOSA GRAÇA Neste livro, o premiado escritor Philip Yancey examina detalhadamente a graça divina. Se a graça é o amor de Deus para os que não a merecem, ele pergunta, então que aparência ela tem em ação?

SIB Orando: Se você tem algum pedido de oração, envie um e-mail para sibsempreorando@gmail.com

01 Domingo Pela liderança da Igreja, especialmente pelo pastor Carneiro.

02 Segunda-feira Pelo Ministério de Oração e sua consolidação.

03 Terça-feira Pelo PEPE– As crianças, as famílias, as missionáriaseducadoras e auxiliares.

04 Quarta-feira Pela direção do Senhor no processo de criação da ONG (CADI/CAMAÇARI).

05 Quinta-feira Pelo Acamp’SIB 2012.

06 Sexta-feira Pelo Projeto de implantação da Igreja de Surdos em Camaçari.

07 Sábado Pelos enfermos.

O LIVRO MAIS MALHUMORADO DA BÍBLIA Em sua releitura de Eclesiastes, Kivitz nos mostra que é possível vencer os amargos obstáculos da vida e ultrapassar as barreiras do tédio, do utilitarismo, da morte, da injustiça, da religião, do tempo e da ausência de sentido.

MÚSICA NOVA Digno de Adoração (Ministério de Adoração PIB Curitiba)

Mil motivos temos pra cantar Somos livres para te exaltar Nova vida nós temos em Jesus. Atraídos pelo teu amor, alcançados pelo teu perdão. Já não há mais condenação juntos podemos cantar. Santo, Santo és Senhor Todo o poder está em tuas mãos Digno és de adoração Toda a honra e louvor damos a ti, Senhor, que nos resgatou acima de todos estás. Tu és santo (Tu és Santo) Tu és digno (Tu és digno) de honra e louvor (de honra e louvor) Digno és de adoração

03


SOCIAL

Decálogo do voto ético por Aliança Evangélica Brasileira

I. O voto é intransferível e inegociável. Com ele o cristão expressa sua consciência como cidadão. Por isso, o voto precisa refletir a compreensão que o cristão tem de seu País, Estado e Município; I I. O cristão não deve violar a sua consciência política. Ele não deve negar sua maneira de ver a realidade social, mesmo que um líder da igreja tente conduzir o voto da comunidade noutra direção; I I I. Os pastores e líderes têm obrigação de orientar os fiéis sobre como votar com ética e com discernimento. No entanto, a bem de sua credibilidade, o pastor evitará transformar o processo de elucidação política num projeto de manipulação e indução político-partidário; IV. Os líderes evangélicos devem ser lúcidos e democráticos. Portanto, melhor do que indicar em quem a comunidade deve votar é organizar debates multipartidários, nos quais, simultânea ou alternadamente, representantes das correntes partidárias possam ser ouvidos sem preconceitos; V. A diversidade social, econômica e ideológica que caracteriza a igreja evangélica no Brasil impõe que não sejam conduzidos processos de apoio a candidatos ou partidos dentro da igreja, sob pena de constranger os eleitores (o que é criminoso) e de dividir a comunidade; VI. Nenhum cristão deve se sentir obrigado a votar em um candidato pelo simples fato de ele se confessar cristão evangélico. Antes disso, os evangélicos devem discernir se os candidatos, ditos cristãos, são pessoas lúcidas e comprometidos com as causas de justiça e da verdade. E mais: é fundamental que o candidato evangélico queira se eleger para propósitos maiores do que apenas defender os interesses imediatos de um grupo religioso ou de uma denominação evangélica.

04

VII. Os fins não justificam os meios. Portanto, o eleitor cristão não deve jamais aceitar a desculpa de que um evangélico político votou de determinada maneira porque obteve a promessa de que, em assim fazendo, conseguiria alguns benefícios para a igreja, sejam rádios, concessões de TV, terrenos para templos, linhas de crédito bancário, propriedades, tratamento especial perante a lei ou outros “trocos”, ainda que menores. VIII. Os votos para Presidente da República e para cargos majoritários devem, sobretudo, basear-se em programas de governo, e no conjunto das forças partidárias por detrás de tais candidaturas que, no Brasil, são, em extremo, determinantes; não em função de “boatos” do tipo: “O candidato tal é ateu”; ou: “O fulano vai fechar as igrejas”; ou: “O sicrano não vai dar nada para os evangélicos”; ou ainda: “O beltrano é bom porque dará muito para os evangélicos”. IX. Sempre que um eleitor evangélico estiver diante de um impasse do tipo: “o candidato evangélico é ótimo, mas seu partido não é o que eu gosto”, é compreensível que dê um “voto de confiança” a esse irmão na fé, desde que ele tenha as qualificações para o cargo. Entretanto, é de bom alvitre considerar que ninguém atua sozinho, por melhor que seja o irmão, em questão, ele dificilmente transcenderá a agremiação política de que é membro, ou as forças políticas que o apoiem. X. Nenhum eleitor evangélico deve se sentir culpado por ter opinião política diferente da de seu pastor ou líder espiritual. O pastor deve ser obedecido em tudo aquilo que ensina sobre a Palavra de Deus, de acordo com ela. No entanto, no âmbito político-partidário, a opinião do pastor deve ser ouvida apenas como a palavra de um cidadão, e não como uma profecia divina.


O acampamento O Acamp’SIB se tornou o maior evento que nossa igreja realiza. Estamos em nossa 17ª edição e a cada ano voltamos para casa recompensados. Boa música, reflexão bíblica, grupos de interesse com temas diversos, diversão, esportes, etc. Este ano não será diferente, pois mais uma vez traremos convidados especiais para estar conosco no período de 1 a 4 de novembro, em Barra de Pojuca. Sabemos que alguns irmãos enfrentam diculdades, especialmente financeira, mas como temos dito, o único obstáculo insuperável para não ir ao Acamp’SIB é a falta de vontade. Mas quem quiser ir, pode procurar a comissão responsável para fazermos os acertos que se fizerem necessários. O tema “Igreja em missão gerando vida” é o nosso tema para este ano. E o nosso texto base é a parte “b” de João 10:10. Neste versículo aparece uma declaração de missão do próprio Jesus, que logicamente deve ser apropriada

pela igreja dele: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente”. Assim, a Igreja de Cristo é geradora de vida, não qualquer espécie de vida, mas aquela proposta para ser vivida em sua plenitude. Podemos falar muitas coisas a respeito da missão da igreja, todas elas legítimas, mas se estas coisas não celebrarem a vida, em todas as suas dimensões e potencialidades, não traduzirão as intenções originais do Senhor da Igreja. Quem estará conosco Um antigo sonho, inclusive do pastor Carneiro, se concretizará neste acampamento. Teremos conosco o “Ministério Sal da Terra”, de Garanhuns, Pernambuco. Eles são especiais não somente pela boa música que fazem, mas também pelo ardor missionário que orienta suas ações. Teremos como preletor o próprio Marcos, líder do grupo, que nos ensinará muito a respeito de missões. Mas não é somente isso. Teremos também, em dias diferentes, dois jovens pastores de Salvador, Danilo Gomes e Vítor Souza. O primeiro é pastor da Igreja Batista Adonai, em Cajazeiras, e o segundo é pastor de jovens da Igreja Batista Esperança, em Pituaçu. Assim, nossa expectativa é de que mais uma vez teremos um acampamento abençoado e abençoador para todos os que estiverem conosco naqueles dias.

05

ACAMPAMENTO

Iniciando esta conversa Bom, pra início de conversa nosso acampamento 2012 está chegando e com ele, mais uma oportunidade de capacitação, entretenimento e comunhão. Oportunidade também de conhecer novas pessoas, especialmente os nossos convidados.


MUNDO VIRTUAL

REDES SOCIAIS por Jane Carneiro

Foi-se o tempo em que as pessoas ao se conhecerem se cumprimentavam e perguntavam: Como é o seu nome? O que você faz? De onde você é? Isso parece até aula de inglês, mas eram essas perguntas básicas que iniciavam um diálogo. Por isso, ao se conhecerem trocavam endereços e escreviam cartas, as quais demoravam certo tempo para chegar, mas a expectativa era grande e todos exercitavam a paciência. Hoje estamos vivendo a “era da tecnologia”, do “fast” e as pessoas se cumprimentam perguntando: você tem Facebook? MSN? Qual o seu e-mail? Ou muitas vezes nem perdem tempo questionando umas as outras, simplesmente as encontram em sites de busca na internet. As notícias se atualizam a cada segundo, são instantâneas e a internet é a principal ferramenta que transmite essas informações. Ela se tornou uma linguagem universal seguida de várias vertentes de comunicação como o Facebook, Orkut, Twitter, entre outras redes sociais que conectam pessoas do mundo inteiro, com o intuito de promover a publicidade, expor os seus interesses e assuntos pessoais. Segundo a revista Época (31 de maio 2010) “uma em cada sete pessoas no planeta frequenta as redes sociais da internet. Essas imensas comunidades virtuais, organizadas por sites como Facebook, Orkut e Twitter já abrigam quase um bilhão de habitantes. Juntas criam laços que superam distâncias físicas e sociais”. Esta pesquisa retrata que as relações interpessoais mudaram, tornando o indivíduo refém das redes sociais, uma vez que, ao se desligar das mesmas, corre o risco de se exilar da própria sociedade. É nato do ser humano buscar o seu individualismo, a sua privacidade, mas essa discrição vem sendo perdida quando expõe sua vida pessoal para o mundo através dessas redes, se transformando, assim, em um

06

ser virtual em vez de social. A partir desse contexto, surge a pergunta: Qual a nossa postura? Qual o nosso limite? A resposta está em I Tessalonicenses 5:21 “Examinai tudo. Retende o bem”. Portanto, comunicar via redes sociais é saudável quando utilizamos com cautela para interagir com pessoas que estão distantes de nós, quanto queremos publicar ou divulgar assuntos e eventos importantes. Todavia, devemos ter cuidado para que não se torne viciante. Para que o tempo que poderíamos estar desfrutando pessoalmente com alguém próximo ou que precise da nossa atenção, não seja desperdiçado na internet com assuntos banais. Entretanto, todos nós corremos esse risco. Pois, o mundo virtual é fascinante, sedutor e encantador. A Bíblia nos alerta: “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”. (Romanos 12:2) e Gerson Borges complementa “(...) somos estrangeiros, nossa casa não é aqui, este mundo não é nosso país”. Contudo sejamos mais prudentes e que saibamos administrar melhor o nosso tempo. Afinal tudo tem o seu tempo determinado: tempo de comunhão, de estudar, de ler, de interagir, de compartilhar, de se divertir e de navegar.


ACONTECEU NA SIB

JOVENS CONECTADOS PARA SERVIR SERVINDO EM TODO O TEMPO por Gerberson Luiz O mês dos JOVENSSIB foi simplesmente mais uma oportunidade de conhecer, crer e obedecer ao que a palavra de Deus nos ensina sobre o serviço. Servir não é apenas um ato de ajuda, mas de compreensão, respeito, obediência, disponibilidade e principalmente de amor ao próximo. Com vida plena diante de Deus estaremos sempre prontos para o serviço. facebook.com/UniJovemSibc

07


Anuncie aqui Se você deseja anunciar seu negócio no ComunicaSIB, envie um e-mail para comunicasib@yahoo.com.br e estaremos passando um formulário para cadastro com as informações necessários para a publicação.


ComunicaSIB - Setembro/12