Issuu on Google+

DANIELA ANDRADE

p o r t f o l i o arquitectura architecture


1987 Nasce a 7 de Janeiro, em Lisboa Born on January 7th, in Lisbon 2005 Inicia a Licenciatura em Arquitectura na Faculdade de Arquitectura da UTL Starts her Bachelor on Architecture in Faculdade de Arquitectura of UTL 2008 Participa na organização da Bienal de Arquitectura Ibero-Americana, em Lisboa Takes part on the organizatin of the BIAU, in Lisbon 2008 Frequenta um ano lectivo na LTH – Lunds Universitet, Suécia, integrado no Programa Erasmus 2009 Studies at LTH – Lunds Universitet in Sweden 2010 Conclui o Mestrado Integrado em Arquitectura na FA/UTL Finishes her Master in Architecture at FA/UTL

Informáticas Ambiente Windows, Microsoft Office, Autodesk AutoCad, Artlantis, Sketchup, Adobe Photoshop InDesign e Illustrator Computer Skills Linguísticas Português (nativo), Inglês (Fluente), Espanhol (Elementar), Sueco (Básico) Language Skills Portuguese (native), English (fluent), Spanish (basic), Swedish (basic) Sociais Espirito de Iniciativa e Equipa Social Skills Iniciative and Team spirit Interesses Ballet, Cinema, Música, Escutismo, Viagens Interests Ballet, Cinema, Music, Scouts, Travelling

DANIELA BASÍLIO ANDRADE Praceta das Palmeiras n.º 3 2ºC 2635-613 Rio de Mouro 918464100

daniela_b_andrade@hotmail.com


Residência de Artistas, Alcântara, 2007 Housing for Artistis, Lisbon Módulo de Habitação Mínima, Av. Madrid, 2007 Emergency Dwelling Module, Lisbon Edifício de Habitação Multi-familiar, Av. Roma, 2008 Housing Building, Lisbon Habitação Incremental para Classe Baixa, Muntilupa - Metro-Manila, 2009 Incremental Housing for Low Income Desenho de Espaço Público, Bairro do Rego, 2009 Public Space Design, Lisbon Edifício multifuncional, Entrecampos, 2010 Multifunctional building, Lisbon

INDEX


O ESPAÇO DO TEMPO RESIDÊNCIA DE ARTISTAS, ALCÂNTARA, 2007 HOUSING FOR ARTISTS, LISBON

Orientador: Jorge Spencer Cristina Veríssimo


O projecto insere-se num complexo de Artes Performativas, o Espaço do Tempo, como uma filial do espaço já existente em Montemor-o Novo, criado pelo coreógrafo Rui Horta. O elemento desenvolvida foi a habitação dos artistas, um espaço destinado a acolher criadores e bailarinos numa lógica de residência temporária. O edifício organiza-se em dois níveis, articulados por uma sala comum de pé direito duplo que medeia a privacidade dos espaços e lança as baterias de quartos e serviços. Para desenvolvimento do projecto, seguiu-se a lógica da caixa dentro da caixa, a criação de espaços dentro de espaços e a potencialidade de elementos de transição como diferenciadores de áreas. Nos espaços comuns tal como nos quartos, este princípio foi aplicado pela inserção de módulos compactos que contêm as funções principais dos espaços, de modo a maximizar a área livre.

The building is inserted on a Performative Arts Centre, the Espaço do Tempo, an extension of the existing space in Montemor-o-Novo, created by the Portuguese choreographer Rui Horta. The chosen element is the Artist’s Housing building, intended to house dancers and creators. The program is developed in two storeys articulated by a common room, double heighted, that both mediates private and public areas, and also organizes room and amenities corridors. The theme chosen to design the project was the box inside the box, as to create spaces within spaces and explore its strategies with different materials or height differences. Both in public and private areas, compact modules were inserted, as to maximize free floor area.


Planta Piso 0 + Planta Piso 1 First + Second Floorplan


Alรงado Norte + Alรงados Interiores + Alรงado Sul North Elevation + Interior Elevations + South Elevation


Planta Piso 0 + Corte Longitudinal AB First Foor + AB Cross Section


Planta Piso 1 + Corte Transversal CD SecondFloor plan + CD Cross Section


Cortes Transverais Cross Sections


PROTÓTIPOS DE HABITAÇÃO MÍNIMA MÓDULO DE HABITAÇÃO DE EMERGÊNCIA, AV. MADRID, 2007 EMERGENCY DWELLING MODULES

Orientador: José Neves


A propósito de uma citação de Reyner Banham, “… o motor fora de bordo torna qualquer coisa em barco”, foi-nos proposto o desenho de um protótipo de habitação mínima, em que coabitassem pelo menos três pessoas potencialmente desconhecidas. O facto da área total ser extremamente diminuta, apenas 30m2, requer a optimização do espaço útil e a compactação das funções essenciais à habitação – o motor – para além duma cuidadosa reflexão sobre limite de privacidade e articulação de diferentes modos de vida num mesmo espaço. O protótipo resulta assim de um sistema de faixas, que compactam infra-estruturas e permitem a expansão para o exterior, que envolvem a caixa de vidro, o espaço livre. Mais do que agregar módulos, a implantação resultou de um pousar os habitáculos no terreno, o que evidencia a leveza e efemeridade das peças.

Starting from a Reyner Banham’s quote that says that on overboard engine turns everything into a boat, we were asked to design a minimum housing prototype in which at least three people, possibly strangers, could live. The maximum area, 30sqm, asked for careful designing strategies, in order to minimise wasted area and reduce circulation space. All essential amenities are concentrated in a single element which later turned to be the one that separates private and public areas. The program is organized according to a series of stripes that both contain and conceal infra-structures, mark public and private areas and allow outdoor expansions, such as balconies. The same stripes also allow the modules to adapt the landscape, and create relationships between each other and the immediate surroundings


Planta de Implantação Site plan


Planta Floorplan


Espaço Comum

Dormitórios

Cozinha

Depósitos

Depósitos

Espaço Comum

Espaço Comum

Dormitórios

Cozinha

Depósitos

Depósitos

Espaço Comum

Planta de Implantação Site plan


BLOCOS MULTI-HABITACIONAIS EDIFÍCIO DE HABITAÇÃO MULTI-FAMILIAR, AV. ROMA, 2008 HOUSING BUILDING

Orientador: José Neves


Numa tentativa de compactação e densificação da cidade, este projecto desenvolve-se num interior de quarteirão da Avenida de Roma. O trabalho consistia no desenvolvimento de um edifício de habitação multi-familiar que articulasse tipologias pequenas e grandes. É um corpo linear, serpenteante, sujeito às tensões provocadas pela envolvente mais próxima, e gera uma zona comercial independente. As tipologias organizam-se em dois pisos o que permite a redução de espaços comuns de circulação a apenas duas galerias. O desenho das habitações segue um só princípio, o domínio do espaço privado sobre a área pública, numa dimensão quase palaciana. Aproxima-se do conceito de open-space, mas não literalmente; são espaços fluídos, que comunicam amplamente com o seguinte nunca lhe pertencendo, o que se consegue pela introdução de desníveis, zonas de comunicação vertical ou vazados.

Working in a compact and dense urban cloth, this project is inserted inside an urban courtyard. The proposed project was to create a housing building that included both bigger and smaller units, in a way that both big families and couples could inhabit the same space. The building was designed as a linear form, that bents and spreads according to the surrounding tensions, enabling also the creation of an independent yet vital commercial area. All units are developed in two levels, organized in a gallery system, existing in every second storey. The same designing concept was applied in both unit types, the domain of private areas over public ones, creating palace-like spaces. The obvious resemblance to the open-space type is meant as if to create a sense of continuous flow, to appear as if all rooms are merely continuations of the ones before them.


Planta de Implantação Site plan


Planta da Tipologia Pequena (Duplex) 1.100 Small unit plan


Planta da Tipologia Grande 1.100 Big unit plan


Planta da Tipologia Pequena (Duplex) 1.100 Small unit plan


Planta da Tipologia Grande 1.100 Big unit plan


BRICK BY BRICK

HABITAÇÃO INCREMENTAL PARA CLASSE BAIXA, MUNTILUPA - METRO MANILA, 2009 INCREMENTAL HOUSING FOR LOW-INCOME

Orientador: Johnny Åstrand Erik Johansson Laura Liuke Maria Isabel Rasmussen


Este projecto destina-se ao realojamento de moradores de bairros desfavorecidos da zona de Manila Metropolitana. Implantada numa zona virgem da periferia da cidade, o plano urbano desenvolve-se de forma quase autónoma, prevendo a expansão ou absorção da cidade. O edifício pressupõe a construção participativa dos seus ocupantes, isto é, trata-se da infraestrutura sobre a qual cada inquilino constrói a sua unidade, como se de lote de terreno se tratasse. Esta lógica permite a expansão das unidades originais, fenómeno comum neste país, a utilização desse espaço para lazer ou pequena agricultura; minimizando a incompatibilidade do povo filipino com edifícios em altura. Assim, existem duas tipologias originais (20 e 40m2), providas de grandes varandas, organizadas linearmente num sistema de galeria que promove relações de vizinhança e reduz o número de núcleos de comunicação vertical.

The aim of the Project was to relocate informal settlers of the Metro Manila Area, in a deserted area in the outskirts of the city. The master plan was designed self-sufficiently, as an autonomous neighborhood, but also foreseeing its expansion or city growth and absorption. The structure is designed as a skeleton in which each tenant can build his unit, as in a common land plot, in a participative building process. This way, tenants are able to expand their units as they need or can, turning the building into a living organism, able to change overtime. The original plot contains a unit (20or 40sqm) and an equivalent area balcony, which can be used for expansion, agriculture or leisure area. This way, we intend to contradict the incompatibility between Filipinos and high rise buildings. The units are laid out along two galleries which promote neighborhood relationships and reduces the needed stairways’ number.


Planta de Implantação 1.5000 Site plan


Planta Piso Térreo / Planta 1º e 2º Piso 1.400 Groundfloor plan / First and Second Floor Plan


Alรงados 1.250 Elevations


Cortes 1.250 Cross Sections


Habitação pequena e esquema de ampliação 1.100 Smaller unit and expansion scheme


Habitação grande e esquema de ampliação 1.100 Smaller unit and expansion scheme


Planta de Implantação 1.5000 Site plan


ADICIONAR SUBTRAINDO DESENHO DE ESPAÇO PÚBLICO, BAIRRO DO REGO, 2009 PUBLIC SPACE DESIGN

Orientador: Nuno Mateus Cristina Cavaco


O método proposto indiciava a construção massificada do terreno disponível. Parte-se do pressuposto que toda a parcela é construída, como se tratasse de massa, extrudida até a uma cota predefinida, neste caso, da rua Sousa Lopes. O plano urbano surge então como um miradouro habitável, uma plataforma apropriável espreitando sobre o vale do Rego, escavada por 5 argumentos: o corredor ecológico, clusters, enquadramentos perspéticos, praças e percursos. O desenho do espaço público aparece como a ligação das duas malhas marginais, como uma passagem inferior pela linha ferroviária que as separa. A praça propõe um atravessamento ao nível do corredor verde, o que pressupõe construção leve em de assemblagem, em oposição ao aspecto maciço do plano em que se insere.

The proposed method assumed that the entire plot was massively built, as if it was filled with some sort of mass, extruded to a desired height, in this case, the street of Sousa Lopes’. The urban plan is designed as an inhabited belvedere, a platform that contains urban amenities such as housing and offices, but also offers its roof tops as public space. This slab is then carved with five arguments: the green corridor, clusters, views, paths and squares. The designed public space is a square that links both borders beneath the railway line and above the green corridor. Its position suggests light construction and pre-cast materials which opposes to the massive aspect of the plan in which it is inserted, and it was this dichotomy that led this project.


Plano Urbano 1.2500 Masterplan


Planta de Estacionamento / Piso de entrada / Piso Tipo 1.1000 Parking plan / Lobby plan / Type floor plan


Planta de Coberturas 1.1000 Roof plan


Planta 1.500 Plan


MEGA-ESTRUTURA / MICRO-CIDADE EDIFÍCIO MULTIFUNCIONAL, ENTRECAMPOS, 2010 MULTIFUNCTIONAL BUILDING

Orientador: Nuno Mateus Cristina Cavaco


O projecto surge do cosimento da malha consolidada de Ressano Garcia com o Bairro do Rego. A análise crítica do contexto imediato pressupõe a adopção de um novo modelo de cidade que combine as valências da cidade horizontal com a densidade inerente dos edifícios verticais. Assim sendo, procurou-se desenhar o edifício como parte do tecido urbano mais do que um simples constituinte do mesmo, incorporando percursos da cidade, propondo o constante atravessamento e ligação das margens. Surge assim um edifício multifuncional, que combina programas públicos e privados, articulados segundo lógicas de leitura da cidade. Esse mesmo sistema foi aplicado às várias escalas do projecto, tornando-se o fio condutor transversal a todo o desenvolvimento, desde a estratégia urbana ao edifício, desde a implantação ao detalhe: Mega-estructura / Micro-cidade.

The Project aims to weave the strong urban cloth of Ressano Garcia and Bairro do Rego, an area of the city that is always been neglected on urban development. To successfully merge this two entities, a new city model was needed, one that combined the benefits of traditional neighborhoods with the density of high rise buildings. Therefore, this project was designed not only as a piece of an urban plan but truly as a part of it, including streets and urban paths, private and public facilities, dwellings and workspaces. A set of guidelines that reflected elements of city growth was established, and then applied on the development of the project, the design concept, the thread that sews everything together. The building is then a city building; driven by the idea that one unique model can be read on every scale: that every house is a tiny city and every city is a huge house – Mega-structure / Micro-city.


75

74

77

73

72

71

78 65.00

70

71 69

62.30 79 Cinema A=576m2

70.00 Ginรกsio A=310m2

70 65.00

Centro Social (Centro de Dia) A=895m2

80

79 78

77

79

76

75

74 73

72

(+65.00) 1.500 Planta - Centro de Dia+Cinema+Ginรกsio+Estacionamento Plan - Adult Day Care Center+Cinema+Gym+Parking

71

70

69

68

67

66

70.00


75

74

77

73 Arrecadações (x27)

72

71 Loja 2 A=77m2

78

67.70

67.70

70

69

79 70.00 70.00

Loja 4 A=77m2

65.00

Centro Social (Infantário) A=585m2

80

79 78

77

79

76

75

74 73

72

Planta - Escrtórios+Habitação+Infantário+Arrecadações+Lojas 1.500 (+70.00) Plan - Office Spaces+Dwellings+Day Care Center+Storage+Shops

71

70

69

68

67

66


75

Habitação T1 A=41m2

70

Loja 1 A=121m2

Centro Social (Salas de Estudo) A=160m2

Escritório A=410m2

80

75

(+73.00) 1.500 Planta - Escrtórios+Habitação+Salas de Estudo+Lojas Plan - Offices Spaces+Dwellings+Study Rooms+Shops

70


75

74.50

Escritório A=125m2

Habitação T1 A=52m2

73.00

70

75.00

Habitação T1 A=45m2

70.00

70.00

65.00

80 80

75 75

70 70

Planta - Escritórios+Habitações+Lojas - 1.500 (+75.00) Plan - Office Spaces+Dwellings+Shops


Alรงado Sul e Corte AB - 1.500 South Elevation and AB Cross section


1.500 - Alรงado Interior e Corte CD Inner Elevation and CD Cross section


E

22

A

2 3

19

4

18

5

17

6

16

7

15

8

14

9

13

10

12

11

22

A

FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

1

21 20

B

1

21

2

20

3

19

4

18

E

B

5

17

6

16

7

15

8

14

9

13

10

12

11

F

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

Espaço Sintomático - Planta / Corte EF Escala 1:20

A301

F

Ampliação de Troço de Habitações 1.200 (planta e corte) Zoom on Dwelling parcel (plan and cross section) FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

Espaço Sintomático - Planta / Corte EF Escala 1:20

A301


E

E

A

B

A

B

F FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

Espaço Sintomático - Planta de Tectos / Corte GH / Corte IJ Escala 1:20

A302

F FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

A302

1:20 e cortes) Ampliação de Troço de Habitações 1.200 (planta tecto MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE Espaço Sintomático - Planta de Tectos / Corte GH / Corte IJ Escala

Zoom on Dwelling parcel (reflected ceiling plan and cross sections)


1 2 3 4 5 6 7 8

9 10 11 5 12

10 9 13 14 15 13 5 11 16 17 18 1 2 3 4 6 7 8 9 10 11 5 12

7 9 6 4 3 2 1

9 16 32 33 10 9 34 17 18

26 25 16 9

9 6 4 3 1 2 7 1 7 32 33 30 34

13 19 14 20 21 17 22 23

9 16 24 25 26

24 27 6 28 29 30 31

FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

Corte Construtivo 1.200 (planta, corte e alçado) Building section (plan, elevation and cross section)

35 36 37 38 29 34

1. Lajetas de betão branco, acabamento amaciado (1500/750x290x30mm) 2.Suporte para pavimento exterior 3.Tela Impermeabilizante 4. Camada de Forma em Betonilha Armada (30mm com 2% de inclinação para drenagem pluvial) 5. Isolamento Térmico (Poliestireno Extrudido tipo Floormate) 50mm 6 . B a r r e i r a d e V a p o r 7 . C a l e i r a d e d r e n a g e m p l u v i a l 8. Guarda metálica em aço inox (perfis verticais com 150mm de afastamento em chapa 5mm dobrada) 9. Laje de Betão Branco 300mm (cofragem de 50x30cm) 10. Junta de Construção 11. Pano de Betão Branco 200 mm (cofragem 50x1500cm) 12. Pano de Betão Branco 150 mm (cofragem 50x1500cm) 13. Lajetas de Azul Valverde acabamento amaciado (1490/749x290x30mm) 14. Suporte Halfen de Fixação tipo HRC 15. Suporte Halfen de Fixação de Chumbar UMA 16. Isolamento Térmico (Poliestireno Extrudido tipo Wallmate) 50mm 17. Ripas de Suporte a Revestimento Interior 18. Revestimento Interior em ripas (1500x75x30mm) de Pinho Envernizado19. Perfil de suporte a tectos falsos Halfen Gama Perfil 41 20. Pano de Betão Branco 300 mm (cofragem 50x1500cm) 21. Placas de Gesso Cartonado tipo Pladur (3000x1200x65mm) 22. Perfil em C modelo Montante 34 da Pladur Uralita 23. Cabos de Suspensão da estrutura de Tecto Falso 24. Betonilha de Regularização (auto-nivelante) 25. Ripado de madeira de suporte a pavimento de madeira 26. Pavimento de madeira aplicado em ripas (1500x75x30mm) de Pinho Envernizado 27. Isolamento Térmico (Poliestireno Extrudido tipo Floormate) 160mm 28. Lintel de Fundação 29. Betão de Limpeza 30. Solo descompactado 31. Solo compacto 32. Argamassa de Acentamento(25mm) + Cola para Pavimentos Cerâmicos 33. Pastilhas de Mármore Branco (25x25x25mm) com junta a seco de 5mm34. Manta Geo-textil 35. Placas Porosas + Tela Pitonada 36. Dreno para águas pluviais / infiltrações 3 7 . T o u t - v e n a n t 3 8 . S a p a t a d e F u n d a ç ã o

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

Corte Constructivo - Zona Cega - Corte / Planta / Alçado Escala 1:50

A401


1 6 7 4 3

1 2 3 4 5 6

7 8 9 10 11 6

1. Guarda cofrada In Situ a ripas de madeira de 75mm com recuo de 30mm para drenagem pluvial 2.Banco em betão branco pré-fabricado 450x450x4000mm com recuo de 150mm para iluminação de presença 3.Luminária marca Bega Driver-over in ground floodlights/LED recessed com lâmpadas tipo LED peça 40x37x70 4. Goteira (estria no betão) 5. Ripado de madeira 75x1900x30mm 6. Betonilha auto-nivelante em betão branco 7. Laje de Betão Branco 300mm cofrada In Situ com painéis 500x1500mm 8. Betonilha de assentamento 9. Peça de Azul Valverde 30x80x1050mm para drenagem pluvial 10. Revestimento do espelho - peça de Azul Valverde 50x80x1050mm 11. Cobertor - peça de Azul Valverde 320x90x1050 com inclinação de 2,8%. Acabamento flamejado como anti-derrapante. Estriado longitudinal na face inferior como goteira.

FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

Escada - Planta / Corte AB / Corte CD Escala 1:20

A402

Pormenorização de Núcleo de acessos 1.80 (planta, cortes e modelo 3D) Stairway detail (plan, cross-section and 3D model)


20 21 22 7

1 2 3 8

7 23 24 25 26 27 28

29 30 31 25

Pormenor do Postigo/Fechadura 1.10

1 2 3 4 5

6 7

3 2 1 8 9

10 11 12

13 1 2 14 15 16

2 1 17 18

19

10

1 2 3

FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

Pormenorização de Porta-tipo 1.80 (planta, corte, alçados e modelo 3D) Door detail (plan, cross section, elevations and 3D model)

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

1. Revestimento em ripas de Pinho envernizado (15x75x1500mm )2.Ripado de suporte a revestimento exterior 3.Cantoneira de suporte (chapa quinada de 5mm) 4. Perfil de madeira de suporte a dobradiça da porta 5. Ombreira (perfil de madeira 40x120x2950) 6. Estrutura da porta ( m o n t a n t e d e m a d e i r a 4 0 x 1 2 0 x 2 8 6 0 ) 7. Dobradiça Pivotante JNF modelo IN.05.202 com apoio inferior e superior 8. Asa em Pinho envernizado - ripa de madeira 75x90x2860) 9. Estrutura da porta (montante de madeira 90x75x2860)10. Fechadura JNF Série de Segurança IN.20.004 11. Montante da estrutura da porta 60x75x2860 12. Ombreira (perfil de madeira 40x190x2950) 13. Pano de B e t ã o B r a n c o 1 5 0 m m ( c o f r a g e m 5 0 x 1 5 0 0 c m ) 14. Isolamento Térmico em Poliestireno Extrudido (tipo Wallmate) 30mm 15. Montantes de Suporte a revestimento interior 16. Pano de Betão Branco 150 mm (cofragem 50x1500cm) 17. Óculo (vidro duplo 30x75mm) 18. Calha de correr do Postigo 19. Postigo (ripa de madeira 300x65x15mm) 20. Ripa de madeira 50x1500x15mm 21. Ombreira (prumo horizontal 45x12x1000) 22. Estrutura da Porta (prumo horizontal 11x27x985 mm) 23. Estrutura da Porta (prumo horizontal 120x80x985mm) 24. Soleira (placa de betão branco pré-fabricado (150x50x1200mm) 25. Laje de Betão 26. Argamassa de assentamento 27. Pavimento em ripado de madeira (30x75x1200mm) 28. Betonilha auto-nivelante 29. Pastilhas de Mármore Branco (25x25x25mm) com junta a seco de 5mm 30. Cola para Pavimentos Cerâmicos 31. Isolamento Térmico de Poliestireno Expandido tipo Floormate 30mm

Vão Interior (Porta) - Corte / Planta / Alçado Escala 1:20

A403


9 1 2 3 10 11 12 5 7

6 4

5 10 11

13 3 2 1 14 15 16 9

1 2 3 4

5 6 7

8

1. Parede em Betão Armado In Situ (200mm). Betão aparente apresentado a textura dos painéis da cofragem (1500x500mm) 2. Isolamento Térmico (Poliestireno Extrudido tipo Floormate) 50mm 3. Parede em Betão Armado In Situ (150mm). Betão aparente apresentado a textura dos painéis da cofragem (1500x500mm) com adjuvante plastificante/redutor de água para Betão. Superfície exterior tratada com Verniz endurecedor, Impregnação Hidro-repelente monocomponente para superfícies absorventes 4. Portada - Caixa de madeira de 1450x2000x75mm com ripado de 75x2000x30mm com 30mm de afastamento 5.Parapeito+Ombreira (caixa de madeira em ripas de 75x2002x50mm)6. Dobradiça invisível da marca JNF referência IN.05.052 7. Caixilho em madeira para janela quadripartida de batente 88mm. Vidro Duplo de 5mm com 24mm de caixa de ar 8. Dobradiça invisível da marca JNF referência IN.05.051 9. Laje em Betão Armado In Situ (300mm) 10. Lâminas de madeira evernizadas com tratamento hidrófugo 10x140x3000mm 11. Tela de Impermeabilização 12. Calha metálica para drenagem pluvial da fachada 13. Cachorro Metálico (Chapa quinada em Ferro Galvanizado de 15mm) de suporte a estrutura da janela 14. Pastilhas de Mármore Branco (25x25x25mm) com junta a seco de 5mm 15. Argamassa de Acentamento(25mm) + Cola para Pavimentos Cerâmicos 16. Isolamento Térmico (Poliestireno Extrudido tipo Floormate) 30mm

FACULDADE DE ARQUITECTURA _ UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA _ ANO LECTIVO 2009/2010 DOCENTES: PROFº NUNO MATEUS _ PROFª CRISTINA CAVACO

DISCENTE: DANIELA ANDRADE N.6206 MiArq5C

MEGA-ESTRUTURA/MICRO-CIDADE

Vão Exterior (Planta / Corte / Alçado Exterior) Escala 1:10

A404

Pormenorização de Vão tipo 1.40 (planta, corte e alçado and modelo 3D) Window detail (plan, cross section, elevation and 3D model)



Academic Portfolio