Issuu on Google+

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | sexta-feira 1º de fevereiro de 2013 | ANO XIX | N.º 2.001 | R$ 2,50

Paulo Reis

DO OESTE

Chuvas aumentam nível do Itapecerica Secretaria de Meio Ambiente mantém regularidade quanto ao monitoramento da cheia. Daniel Michelini

PÁGINA 05

Comunidade do Tamboril fica ilhada

A ponte que dá acesso à comunidade começou a ceder ontem pela manhã. Segundo moradores e usuários do local a construção já apresentava sinais de rebaixamento. Dois ônibus foram os últimos veículos que passaram sobre a ponte antes que as rachaduras ficassem maiores em cada uma das extremidades. PÁGINA 07


02 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

editorial

Uma paixão nacional Existe uma máxima no Brasil. Não se discute preferência política, religiosa e futebolística. São gostos que, muitas vezes inexplicavelmente, ficam acima de vários outros e levam a atitudes e gestos impensados. O futebol, acima de qualquer outro esporte, faz parte do cotidiano de todos os brasileiros: homens, mulheres e crianças. Todos se consideram unidos em torno da grande paixão nacional. É realmente como dizem: o Brasil tem milhões de técnicos. Quem não gosta de assistir a um jogo, sentir a emoção de um gol, zoar o adversário pela derrota? Enfim, não dá para negar, somos todos fanáticos por futebol. O futebol no Brasil é mais que um esporte, é estilo de vida, uma forma de interagir com a sociedade brasileira, independentemente de classe social, raça ou qualquer outra diferença. Estamos próximos de sediar uma Copa do Mundo, e no domingo o Mineirão será reinaugurado com o jogo Atlético e Cruzeiro. Apesar da grandeza do evento e dos questionamentos políticos e econômicos que o envolvem se focarmos apenas no esporte, também teremos muito que discutir. Porque um esporte, por mais que mexa com o imaginário popular, é capaz de gerar além de alegrias e festa, tragédias e problemas? Está em curso o julgamento de integrantes de uma torcida organizada que assassinaram brutalmente um torcedor rival, em Belo Horizonte, “O sonho de milhões após uma briga generalizada. Autoridades públicas e de sede crianças brasileiras é se gurança, vêem quebrando a cabeça tornar um atleta famoso, e tentando organizar o que deveria somente algumas dezenas ser um evento normal: um jogo de futebol. Porque uma partida de conseguiram. E mesmo futebol que já vem sendo realizada esses não alcançaram de a mais de 80 anos, não pode ter as forma tranquila o sucesso duas torcidas? Quem é mais forte e que tanto buscam.” competente? As torcidas organizadas ou o poder público? Qual será a dificuldade de torcer pelo seu time de preferência durante 90 minutos e deixar que a vida siga seu curso normal? Porque o adversário tem obrigatoriamente que ser seu inimigo? Algumas vezes, como no caso dos torcedores que estão sendo julgados, mortal... Ainda abalado pelo incêndio da boate no sul, o país assistiu na quarta-feira a noite um acidente que assustou mais pela cena do que pela gravidade. Na recém inaugurada Arena do Grêmio, vários torcedores comemorando um gol se espremeram contra a grade de proteção e despencaram no fosso. A “avalanche” para vibrar com o gol, que culminou com oito feridos, pode ter sido a última no novo estádio gremista. Enquanto a Polícia e o Instituto Geral de Perícias investigam os motivos que fizeram ceder a grade no setor da Geral do Grêmio, o Corpo de Bombeiros já não tem mais dúvidas: os gols tricolores não mais serão celebrados com a tradicional comemoração. Esta edição ainda traz uma entrevista com o jogador Jajá, que após alguns anos retorna ao Guarani. Além de algumas revelações, o importante de se destacar é como o futebol também afeta a vida dessas pessoas, como é difícil para alguns lidar com a fama e a fortuna repentinas. O sonho de milhões de crianças brasileiras é se tornar um atleta famoso, somente algumas dezenas conseguiram. E mesmo esses não alcançaram de forma tranquila o sucesso que tanto buscam. Realmente o futebol mexe com nossas vidas, mesmo quem diz não gostar. de uma forma ou de outra é afetado quando a bola rola aos domingos. Uma atividade que movimenta bilhões e que deveria ser apenas entretenimento, nada mais é que um negócio. Friamente, não cumpre mais seu nobre objetivo. Inclusive são muitos os casos de corrupção e crime envolvendo o esporte. Dirigentes desonestos, desvio de verbas, negociatas escusas, são acusações comuns e que vem cada vez tomando mais vulto próximo à Copa. Nos resta saber o que ficará depois do mega evento de 2014. Estádios que ficarão como elefantes brancos? Será que a infraestrutura montada, permanecerá depois? Haverá um preço a pagar ou sobraram dividendos? E já que somos o país do futebol, não custa nada torcer para que tenhamos somente resultados positivos: torcedores que apenas vibrem, dirigentes honestos e o esporte como forma de integração e interação. Seremos assim o país do futebol, mas também um país melhor. ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Andreza Silva

Leonardo Cavalcante

andreza@repensarndh.com.br

lcavalcante@fractalinvestimentos.com.br

Entenda a obesidade! O problema do excesso de peso e da obesidade tem alcançado proporções cada vez maiores no mundo todo.

O que ocorre com a Petrobras A maior empresa brasileira, e uma das maiores do mundo no setor de

No Brasil, dados estatísticos obtidos através da parceria entre IBGE

gás e petróleo vem amargando perdas e mais perdas, desde o anúncio da

e o Ministério da Saúde (2008-2009) mostrou que a obesidade e o ex-

descoberta do pré sal, quando muitos investidores afoitos e desavisados,

cesso de peso têm aumentado rapidamente nos últimos anos, em todas as faixas etárias.

compraram o ativo por até 44 reais, em 2007 e 2008. Desde 2008, a petroleira perdeu 58% de seu valor de mercado, só nos ultimos três anos ela perdeu 40% de seu valor de mercado, valendo

A obesidade é considerada pela Organização Mundial da Saúde

hoje pouco mais de 18 reais por ação. Infelizmente, boa parte das pessoas que começam a investir em ações

(OMS), uma doença complexa e multifatorial. Fatores genéticos, metabólicos, sociais, ambientais, psicológicos, comportamentais, são alguns dos fatores que podem levar um indivíduo ao aumento de peso ou à obesidade.

sem conhecimento, tem a errônea visão de que empresas boas para se investir são Vale e Petrobrás no país. Talvez por serem as maiores, as mais conhecidas, mas não necessariamente as mais rentáveis, que é o que verdadeiramente importa quando se investe em ações. E isso, faz e fez com

O ambiente moderno é um potente estímulo para o aumento de peso. A diminuição dos níveis de atividade física e o aumento da ingestão calórica são fatores determinantes ambientais. Mas sabemos também que

que muitas pessoas perdessem dinheiro investindo mal o seu dinheiro. Você investiria seu dinheiro em um negócio que você não conhece? Certamente não, mas é o que ocorre muitas vezes no Brasil quando se fala em investimentos em ações. As pessoas que colocaram seus recur-

muitos outros fatores estão envolvidos quando comemos além da conta.

sos investidos em ações da Petrobrás em 2007, quando do anuncio da

Ansiedade, tristeza, raiva, estresse, carência afetiva pode fazer você

descoberta do pré-sal, hoje tem menos da metade do capital investido.

comer muito mais do que seu corpo necessita. Nestes casos comemos por causa das emoções e não da fome.

Vamos aos fatos, a Petrobrás é comandada pelo Governo, assim como a Vale foi um dia. Após a descoberta do chamado pré-sal, o Governo sentiu a necessidade de captar recursos para conseguir explorar o óleo, o mais

Muitas pessoas que estão acima do peso costumam confundir fome

profundo do mundo, sem nenhuma garantia de que isso possa realmente

emocional com fome física. Fome é necessidade biológica. É a necessida-

ser real. Nesta captação, o Governo, numa manobra obscura, aumentou

de do organismo de nutrientes, como vitaminas, sais minerais, glicose, proteínas, etc. Já a fome emocional é psicológica. Você se alimenta de acordo com seu estado emocional.

a sua participação na empresa em detrimento dos demais investidores adquirindo novas ações que foram pagas com barris de petróleo, na época supervalorizados. Isso foi um chute nos investidores, descepcionados com a manobra do Governo.

O tratamento da obesidade envolve vários profissionais. Deve haver uma reeducação alimentar, o aumento da atividade física, acompanhamento psicológico, e também em muitos casos pode haver necessidade de algumas medicações.

Soma-se a isso, a constante interferência do Governo na empresa, sem se importar com o pequeno investidor. Para se ter uma idéia, existe no Brasil os chamados níveis de Governança Corporativa, no qual as empresas enquadradas nos níveis mais elevados são consideradas empresas mais transparentes com seus investidores, com maior obrigação de

O acompanhamento psicológico associado à utilização da hipnose tem mostrado bons resultados no tratamento da obesidade, devido a sua rápida atuação no recondicionamento mental do obeso, atuando especialmente junto a compulsão por alimentos, a autoestima, gerando estímulos para atividades físicas e alimentação saudável, entre outras. Um procedimento bastante interessante utilizado no caso de pessoas que querem perder peso é a técnica do Balão Hipnótico.

levar ao pequeno investidor o maximo de informação sobre o andamento dos negócios da empresa. Essas empresas enquadradas em um desses níveis, são consideradas mundialmente mais seguras para se investir, uma espécie de selo de qualificação. A Petrobrás não esta enquadrada em nenhum dos níveis. Ainda, um desenfreado desperdício de dinheiro em projetos parados, projetos inviáveis e investimentos que não sairam do papel. Quem enfrenta o trânsito nas grandes e médias cidades observa claramente, o aumento significativo da frota brasileira, desde que o Governo sinalizou

A técnica consiste em implantar no estômago do paciente um Balão

queda nos juros e aumento de crédito. Mas a Petrobrás parou no tempo,

Hipnótico Imaginário que irá preencher um determinado espaço, dando

uma das maiores empresas de petróleo do mundo não tem capacidade

a sensação de sacies, de estômago satisfeito, diminuindo a quantidade de alimentos em suas refeições. Assim, a pessoa reduz o seu peso de forma gradual e segura.

de refinar seu próprio óleo, e se vê cada vez mais obrigada a importar petróleo para suprir a demanda interna. E para finalizar, nem mesmo as metas de produção de petróleo a empresa tem conseguido bater, ficando consecutivamente abaixo da meta

O procedimento do Balão Hipnótico é um tratamento terapêutico

estimada. Diante disso, porque será que o Governo não tem interesse em

sem cirurgia que realmente ajuda a eliminar peso e reeducar sua mente.

enquadrar a Petrobrás em nenhum dos níveis de Governança Corporativa?

A associação da psicologia, da hipnose, a motivação do paciente

A respota, tenho certeza, cada um tem na ponta da língua.

em mudar, juntamente com a reeducação alimentar, atividades físicas

Leonardo Cavalcante

regulares, proporcionam condições para que o paciente obeso chegue

- Agente Autônomo Credenciado pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários)

ao seu peso ideal.

- Certificado de Qualificação CPA-20 pela ANBID Andreza Silva Psicóloga CRP 04/27079

- Autor do livro “Investindo com Inteligência”, ed. Novatec-SP - Diretor de relacionamento da Fractal Investimentos (www.fractalinvestimentos.com.br)


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Nomes para disputa da eleição 2014 já estão sendo definidos pelos partidos

Partidos políticos já tem as possibilidades de pré-candidatos, mas ainda não confirmam se as candidaturas serão para a disputa estadual ou federal

Carla Mariela Arquivo GO

Paulo Reis

Carla Mariela

Carla Mariela

Arquivo GO

Dra. Heloísa Cerri

Francisco Martins

Galileu Machado

Jorge Torquato

Demétrius Arantes

Dr. Francisco Gonçalves

Carla Mariela

mas eleições, afirmou que não se candidatará a Deputado, pois o PT está trabalhando com a possibilidade de Demétrius Arantes, ser o candidato estadual pela legenda. Segundo Cury, ele vai ficar somente na coordenação da campanha eleitoral. Já o presidente do PMDB, Fausto Barros, relatou que o partido vai apresentar sim alguns nomes para enfrentar a disputa e que a princípio são cinco pré-candidatos. Dentre esses cinco, provavelmente o nome de Galileu Teixeira Machado surgirá como candidato. Conforme Fausto Barros, ainda não foi definido se será para Estadual ou Federal. Jorge Torquato que tam-

bém foi candidato a prefeito em 2012, destacou que o PSOL novamente não vai fugir da luta e que naturalmente irá participar do próximo processo eleitoral “Temos quadros de filiados que querem ser candidatos a Deputado. Nós temos alguns nomes para disputar essa candidatura. Um desses nomes será o meu, mas a avaliação se vai ser para Deputado Estadual ou Federal, eu ainda não sei, porque o PSOL ainda está fazendo essa avaliação”, salientou. Já o Dr. Francisco Gonçalves (PSB), abordou que está em entendimentos com o seu irmão, Dr. Marcelo, que já foi Deputado Estadual por três vezes, mas que

por enquanto eles ainda estão só conversando. Porém, de acordo com Dr. Francisco, caso seja candidato a Deputado ele disputará a vaga como Deputado Federal e seu irmão mais uma vez como candidato a Deputado Estadual. O ex-vice-prefeito, Francisco Martins (PDT) recebeu um convite do presidente do partido PSL, Rodrigo Vasconcelos Kaboja, para ser candidato a Deputado Estadual pelo partido, mas Martins afirmou que está estudando e avaliando a proposta e só dará uma resposta definitiva no retorno de suas férias após o carnaval. A ex-vereadora Dra. Heloísa Cerri, que também foi candidata à prefeita em Divinópolis pelo

Partido Verde, poderá deixar o seu partido, uma vez que ela confirmou para a Gazeta do Oeste que recebeu o convite de Marina Silva para se filiar ao Partido Político que a ex-senadora está formando para as eleições de 2014. Enquanto, Marina Silva, disputará a Presidência da República, a ex-vereadora Heloísa Cerri está estudando o convite para disputar a vaga como Deputada. “Recebi o convite pela Marina Silva, que me apoiou como candidata a prefeita. Ela está formando o partido e ainda estou pensando se vou aceitar, mas recebi o convite sim”, declarou. Também foram apontados como pré-candidatos a depu-

tado, outros nomes, como por exemplo, o ex-vereador Beto Machado (PSDB), o ex-parlamentar Edson Sousa (PSB) e Eliana Piola. A reportagem entrou em contato com os três por telefone para falar sobre o assunto, mas não obteve retorno. Até o fechamento da matéria a reportagem não conseguiu o parecer dos três nomes citados. Atualmente os Deputados que desenvolvem seus trabalhos focando no Município de Divinópolis e regiões são: Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PSD), Deputado Federal Jaime Martins (PR), Deputado Federal Domingos Sávio (PSDB) e Deputada Estadual Luzia Ferreira (PPS).

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

As eleições para escolha de Deputado Estadual e Federal será em 2014, mas alguns nomes já estão sendo cogitados já neste início de ano para participarem do processo eleitoral. São eles: Jorge Torquato, Dr. Francisco Gonçalves, Francisco Martins, Demétrius Arantes, Galileu Machado, Dra Heloísa Cerri, Edson Sousa, Eliana Piola e Beto Machado. Alguns deles inclusive, participaram das eleições municipais de 2012 pela chapa majoritária em Divinópolis. Beto Cury, por exemplo, que foi candidato a prefeito nas últi-

Diretor do Sintram afirma que Conselho do Fundeb ainda não foi formado João Madeira disse que o mandato do Conselho expirou em setembro de 2012 Carla Mariela

Carla Mariela

carla.mariela@gazetaoeste.com.br

No mês de setembro do ano passado, baseado na legislação, o Sindicato dos Trabalhadores Municipais (Sintram), realizou a eleição dos representantes da educação para a composição do Conselho do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) durante uma Assembleia na sede da entidade. Segundo o diretor do Sintram, João Madeira, o mandato do Conselho expirou no ano passado e os Conselheiros eleitos ainda não foram convocados. De acordo com João Madeira, essa situação o está deixando muito preocupado, uma vez que já foi enviado ofício para a Secretária de Educação, Eliana Cançado, na tentativa de saber a previsão para a formação do Conselho. Diante essa situação, João Madeira, destacou que se não foram nomeados os novos Conselheiros, entende-se que o Fundeb está sem a fiscalização desde setembro. “Foram feitas as eleições por parte dos servidores e nós indicamos quais eram os nomes das pessoas para compor o novo Conselho, porém, até o momento se o Fundeb está realizando prestações de contas que possivelmente não estão sendo avaliadas. Nós já vamos entrar no mês de Fevereiro, então quer dizer que a formação está à mercê”, afirmou.

O Diretor do Sintram acrescentou que já solicitou a denúncia ao Ministério Público sobre a questão. Ele declarou que o Fundeb é um Conselho importantíssimo que fiscaliza as contas e para o Sintram e para os professores principalmente, essa é uma situação de preocupação. Dois ofícios já foram encaminhados pelo Sintram à Secretaria Municipal de Educação (Semed) em Divinópolis, buscando respostas em relação ao Conselho e sua atuação. O que foi obtido segundo João Madeira, foi apenas a resposta do segundo ofício dizendo que a Secretaria de Educação aguarda o retorno da Controladoria. “Ou seja, a Semed não respondeu para o Sintram em relação à composição do Conselho. Na nossa avaliação, a lei que regulamenta a formação do Conselho é bem clara em determinar que a eleição dos Conselheiros deve se dar em 20 dias antes do vencimento do mandato. Portanto, não entendemos a possibilidade também de prorrogação de mandato pois na nossa leitura fundamentada na lei realmente o Fundeb encontra-se em Divinópolis sem formação”, abordou. O envio do primeiro ofício 001/ 2013 para a Semed por meio do Sintram aconteceu no dia 07 de Janeiro, entendendo que é de importância ímpar o trabalho permanente e regular dos conselheiros na avaliação das prestações de

O Diretor do Sintram disse que o mês de Fevereiro já vai iniciar e a formação do Conselho do Fundeb está à mercê.

contas dos recursos oriundos do Fundeb e para a remessa regular destes recursos. A nova solicitação por falta de respostas da Semed foi feita também em janeiro. Em entrevista ontem à Gazeta do Oeste, Eliana Cançado, ressaltou que o Conselho do Fundeb existe sim, ele é formado, mas como todo Conselho, periodicamente ele tem um percentual renovado. Segundo a Secretária, em outubro do ano passado, ela foi comunicada e que inclusive a Secretaria de Educação colocou uma funcionária para trabalhar na Casa dos Conselhos para que desse todo apoio possível aos Conselhos. “Nós fomos comunicados que os dois representantes dos professores estavam com o cargo vencido e precisavam ser renovados. Solicitamos então ao Sintram que efetivasse essa substituição. Ao

recebermos os nomes das pessoas indicadas, recebemos também dos componentes do Fundeb e de várias outras pessoas a solicitação de verificássemos a procedência dos dois indicados, até porque eles estavam representando o segmento dos professores e se encontram ambos em situações outras que não na sala de aula. Eles são professores no vínculo formal, mas no vínculo real não estavam dentro da sala de aula, um deles cedido ao Sintram e a outra uma professora que trabalha aqui na Semed”, afirmou. Eliana Cançado abordou que nada partiu dela como secretária, ela apenas encaminhou uma solicitação ao setor jurídico para que esclarecesse de uma vez por todas essa dúvida: se a pessoa precisava de ter um vínculo real com a função para qual ela estava

Eliana Cançado relatou que as prestações de contas estão no Portal da Transparência

representativa. Conforme a secretária, o que aconteceu foi isso, mas em nenhum momento partiu da secretaria nenhuma orientação para que o Fundeb parasse de se reunir porque são onze os membros componentes e a secretaria estava tratando da substituição de dois, os outros nove poderiam ter continuado tranquilamente fazendo o seu trabalho e terem feito as reuniões. “Da parte da secretaria e do Executivo não houve nenhuma orientação para que isso acontecesse. Então até nos surpreende que por causa dessa substituição o Fundeb não tenha feito as suas últimas reuniões, porque os outros nove membros estão lá. O que ocorreu foi que no final do ano o responsável pela Controladoria se afastou e com isso houve alguns atrasos na análise do documento, porque vários documentos dão

entrada todos os dias e tem uma ordem de recebimento e de análise e só agora nós conseguimos os pareceres. Inclusive eu já convidei o presidente do Sintram, João Madeira, para uma reunião amanhã a tarde para que eu possa fazê-lo conhecedor do parecer jurídico”, destacou. Eliana Cançado encerrou dizendo que os Conselhos são livres, as prestações de contas estão no Portal da Transparência, elas são públicas, qualquer cidadão pode ter acesso. A prestação de contas e a análise do Fundeb de 2012, segundo a Secretária, o Município tem por lei um prazo até 31 de março para apresentar ao Conselho, então a secretaria não está fora da legalidade e já está tudo pronto, assim que o Conselho reunir novamente a Semed vai encaminhar as prestações.


04 opinião

Ruy Franca

ruy.annita@uol.com.br

ALI, NA MESA AO LADO – 13/01 - Meu amigo Inocêncio! Pensei que você já estava desfrutando das delícias de uma praia. Que está impedindo seu passeio? - Pois é, Sabino. Dora tem mania de supervalorizar suas obrigações de cidadã. Assumiu uns compromissos para o fim de ano e parece que esses tais compromissos estão gerando outros. Logo termina o recesso do judiciário e lá se vão nossas férias. - Interessante, Inocêncio. Em um desses dias passados estive pensando sobre o conceito de cidadão; de inclusão; de submissão. Enfim, características e conotações que refletem do conceito de cidadão. Ao final, uma das conclusões que cheguei é que o indivíduo aceita estar sob um ou outro compromisso que o torna excluído ou incluso, desde que isto lhe traga a felicidade, que faça com que ele consiga aquilo que ele acha que satisfaz suas necessidades. Por incrível que pareça até a opressão é aceita como forma de se obter felicidade. Parece que isto depende do grau de desenvolvimento do indivíduo, sua cultura e o ambiente em que viveu ou vive. - Já vem você com filosofia confusa. Cidadão no meu entender é aquele membro do Estado com direitos civis e políticos e que, em contrapartida, desempenha funções que lhe são determinadas para benefício da sociedade. - É isso aí, Inocêncio. Vê-se que trabalhou sua cartilha. Mas parece que na Grécia antiga foi onde inicialmente firmou-se um conceito de cidadão com especificações mais objetivas. O cidadão era o indivíduo que desfrutava do direito de participar da vida política da cidade, o que era vedado à mulher, ao estrangeiro e ao escravo. Veja aí duas exclusões bastante expressivas e que perduraram por muito tempo. - Perduraram não, Sabino. Ainda perduram, apesar de leis coercitivas. Ainda temos notícias da existência de escravos, mesmo e até em nossa terra. E que dizer da discriminação racial? - Eu acredito, Inocêncio, que estes tipos de sentimentos são atávicos. E que na medida em que a humanidade evolui tais conceitos serão esvaziados e esquecidos. Quer um exemplo? Quando garoto fui coroinha, ajudando missa sob um texto em latim. Era a pura e autentica “decoreba”. E foi nessa época que me falaram sobre o pecado mortal. Pelo que entendi o indivíduo já nasce excluído, porque já nasce com o pecado herdado do homem primitivo, aquele que desejou ir além dos limites impostos por Deus. Pela ótica da religião, arcando com as conseqüências de seu ato considerado de desamor ao Criador, ficou sujeito ao sofrimento e à morte. É lógico que havia maneira de reparar. E quem buscava este recurso estaria aceitando a submissão a um dogma não colocado sem discussão nem avaliação. Aliás, ainda hoje, em determinadas religiões, quem ousar discutir imposições como esta já está cometendo um pecado. Mas, o conceito de pecado vai se esvaindo na cultura do povo. - Mas Sabino, o que temos eu e Dora com tudo isso? - É que a religião às vezes influencia de maneira forte nas decisões políticas refletindo nos direitos civis que envolvem o conceito de cidadão. E de maneira muito mais acentuada para as mulheres. A mulher vem libertando-se aos poucos das peias que a religião e a sociedade têm a elas impostas. Já votam, disputam a isonomia civil em todas as áreas. Já vão para as “baladas”; selecionam o parceiro não aceitando qualquer tipo de submissão. Por isto, caro Inocêncio, na luta por melhores lugares na sociedade lembre-se que aquele lugar poderá fugir das mãos de um homem para as femininas. Agora, naquela relação mais íntima em que se busca a formação de uma vida a dois, procure ser o melhor companheiro, o cúmplice incondicional, enfim, seja “aquele cara da canção”. - Pois sim. Vou fazer como um amigo meu. Sua mulher jogou-lhe um chiste baseado na canção do Roberto Carlos, ele, em resposta, colocou o relógio para despertar às três da madrugada para dizer-lhe: “eu te amo”.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Palavra Do Governador

Observatório de imprensa

Palavra do Governador destaca primeira penitenciária com gestão público-privada do país

Entre indignação e farsa

Minas Gerais tem, em relação aos demais Estados, um grande avanço no tema das parcerias público-privadas. Esse nosso modelo é baseado no modelo inglês, no qual a empresa concessionária vai administrar a gestão do dia a dia do estabelecimento prisional. É um grande avanço, porque R$230 milhões foram alocados pela empresa. O poder público ainda não despendeu um centavo, e nós vamos agora fazer a remuneração mensal de acordo com a atuação da empresa concessionária, conforme os indicadores” - Antonio Anastasia

Olá! Este é o Palavra do Governador, uma conversa semanal com o governador Antonio Anastasia sobre os temas que interessam a Minas e aos mineiros. Como vai, governador, tudo bem? Antonio Anastasia: Tudo bem, muito obrigado. Trabalhando com muita disposição por Minas e pelos mineiros.

Governador, nesta semana, o Governo de Minas inaugurou uma unidade da primeira penitenciária do país construída em regime de Parceria PúblicoPrivada (PPP). Fala pra gente como foi desenvolvido esse projeto pioneiro e quais os diferenciais desta unidade prisional. Antonio Anastasia: Em primeiro lugar, Minas Gerais tem, em relação aos demais estados brasileiros, um grande avanço no tema das chamadas PPPs, parcerias público-privadas, que é uma associação entre o poder público e o setor privado para fazer investimentos em áreas estratégicas. Inclusive Minas Gerais, no ano passado, recebeu um prêmio internacional pelo nosso programa de PPPs. E uma área identificada como possível para esse investimento foi exatamente a gestão penitenciária, onde há uma grande tradição da presença do Estado. E resolvemos testar como seria a gestão privada neste tema, aliás, como existem em países mais desenvolvidos como, por exemplo, a Inglaterra e os Estados Unidos. Esse nosso modelo é muito baseado no modelo inglês, no qual a empresa concessionária vai administrar a gestão do dia a dia do estabelecimento prisional. Vai fornecer os equipamentos necessários ao funcionamento da penitenciária, vai fornecer estudos, a parte médica, o acompanhamento psicológico, o acompanhamento social de todos os presos, além de ter construído a penitenciária, de acordo com critérios estabelecidos na licitação. E caberá, é claro, ao poder público, a parte externa de vigilância. É um grande avanço, porque R$ 230 milhões foram alocados pela empresa. O poder público ainda não despendeu um centavo sequer, e nós vamos agora fazer a remuneração mensal de acordo com a atuação da empresa concessionária, conforme os indicadores, as chamadas performances. É verdade que nestas penitenciárias os presos vão ter que trabalhar e estudar, governador? Antonio Anastasia: É verdade, um dos critérios é justamente esse. Aliás, Minas Gerais, felizmente, tem demonstrado que esse é um ponto muito positivo. Hoje, Minas é o Estado, de todos os estados brasileiros, que tem o maior percentual de presos trabalhando em relação à população carcerária como um todo. Recentemente, o jornal O Globo publicou uma grande matéria sobre o assunto, enaltecendo a posição de Minas Gerais. Claro que, já sabemos, ainda não chegamos aos 100%. Mas esse é o nosso objetivo, continuar aumentando. E essa penitenciária é modelo. Tenho certeza de que lá os presos não só vão trabalhar, o que significa redução da sua pena, mas também vão estudar, conseguindo melhores condições de se requalificar para a sua reinserção social após o cumprimento da pena. Governador, é sabido que em todo o país há um grande déficit de vagas no sistema prisional. O que Minas tem feito para minimizar esse problema? Antonio Anastasia: Houve um esforço enorme ao longo dos últimos anos. Entre 2003 e agora, ao final de 2011, 2012, nós saímos de cerca de 5 mil presos no sistema penitenciário para quase 30 mil, com recursos exclusivamente do Governo do Estado. A Secretaria de Defesa Social, através do sistema penitenciário, assumiu cerca de 160 delegacias pelo interior afora em termos de presos, tirando da Polícia Civil, que era a antiga reivindicação dela, a custódia desses detentos. Isso é muito positivo e é um esforço imenso que o Governo de Minas fez a favor da melhoria das condições dos apenados, permitindo à Polícia Civil fazer mais investigações e à Polícia Militar ter mais homens na função de prevenção. Portanto, é um processo irreversível, exatamente a favor do sistema de segurança pública de nosso Estado.

www.observatoriodaimprensa.com.br

Por Mauro Malin O luto e a indignação provocados pelo incêndio em Santa Maria (RS) estão imersos em ambiguidade. É desagradável e lamentável ter de constatá-lo, mas o fato de que vivemos numa sociedade do espetáculo é algo que se comprova todo dia. Há três questões: primeira, a exploração midiática, generalizada, com graus diferentes de descaramento (e qualidade jornalística). É comparar, por exemplo, o Jornal da Band, um circo de horrores explícito, com o Jornal Nacional, que pratica um sensacionalismo mais contido, nem sempre mais elegante, mas geralmente com muito melhor qualidade de informação. A confusão de ocupação de tempo com fornecimento de informação foi explicada neste Observatório da Imprensa por Carlos Tourinho (“A diferença entre o remédio e o veneno”). Lembrar que as emissoras de TV, ao repetirem imagens de ônibus incendiados pelo PCC dando a ideia de que se tratava de novos atentados, contribuíram para o pânico que paralisou São Paulo no dia 15 de maio de 2006. Segunda questão, exploração da oportunidade midiática por autoridades. De norte a sul, de leste a oeste, de A a Z. Mandar fazer fiscalizações em massa é, mais do que dar satisfação à indignação do povo, uma jogada. Quem desconhece no Brasil a maneira como autoridades civis, militares e judiciárias complementam os salários? Para começar, metade da população vive na informalidade, está careca de conhecer os caminhos do “tem como a gente resolver isso?” Uma outra parcela, legalmente estabelecida, lá no topo, faz a mesma coisa. Só que as somas são maiores. O quase já esquecido Hussain Aref, da prefeitura de José Serra e Gilberto Kassab, está aí para comprová-lo, assim como Rosemary Noronha, dos governos Lula e Dilma, o lobista da Mendes Júnior que supostamente pagava mesada para Renan Calheiros não deixar Mônica Veloso ficar triste etc. A própria iniciativa da fiscalização em massa é o reconhecimento de que não se cumprem a rotinas necessárias: isso deve ser cobrado de modo insistente e contundente. Mandar fazer qualquer coisa em massa, de uma hora para outra, é plantar problemas incognoscíveis. As leis que estabelecem condições impraticáveis para os estabelecimentos andarem na linha não são inocentes: criam dificuldades para vender facilidades. Imagine-se como os agora arrochados vão reagir a fiscalizações em estilo de carga de cavalaria. Com civismo ou com novas mutretas? E quem sabe o que resultará das reações a essa espécie de devassa? O que adianta, por exemplo, a Polícia Militar bater no peito e dizer que expulsou centenas de homens por desvio de conduta? O dinheiro gasto com o preparo desses homens foi restituído aos cofres públicos? O que os expulsos foram fazer na vida? Entraram para instituições de caridade? A terceira questão é a reação popular. Parte dela é indisfarçavelmente midiática. Não adianta querer tapar o sol com uma peneira. Está escrito, por exemplo, nos sorrisos de satisfação com que voluntários descrevem suas iniciativas. Claro, a mídia faz parte da realidade, tantas vezes mais do que os próprios fatos, mas não se pode colocar todas as reações no mesmo patamar. Outra parte é cidadã, mas numa chave despolitizada, embora não desprovida de significado social e político (tanto que as autoridades detentoras de mandatos eletivos correm a dar satisfação). O Brasil hoje não tem partidos políticos com as características que tiveram no passado e ainda não criou novos partidos ou novas formas de realizar o grande debate público, embora haja muita coisa brotando. Os sindicatos estão preocupados com coisas, não com causas. Há, felizmente, uma parcela das manifestações que ganha densidade e ajudará o país a melhorar. É ao discurso dessa parcela que a mídia jornalística responsável precisa servir. A questão central em qualquer tragédia, para os que sobrevivem ativamente – os que podem fazer alguma coisa além de chorar os mortos, mutilados, feridos, traumatizados de toda sorte –, é tirar lições que ajudem a reduzir a possibilidade de repetição dos mesmos erros. É pretender que as novas tragédias não sejam repetições devidas a insciência, inércia, irresponsabilidade ou cumplicidade. Com realismo – sem ilusão quanto à possibilidade de “evitar a repetição” de catástrofes, porque a vida não segue nossos planos –, com serenidade – a exaltação não é amiga do conhecimento e da reflexão – e com a firmeza que a solidariedade, no sentido etimológico da palavra, confere às ações humanas.


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Aumento de nível do rio Itapecerica já é visível Biólogo afirma que risco de uma cheia ainda maior não está descartada. Defesa Civil já está em trabalhos com a população ribeirinha da cidade

Daniel Michelini

Daniel michelini

daniel.resende@gazetaoeste.com.br

Enchentes, casas inundadas, famílias desabrigadas e o recomeço de uma vida. Durante os últimos anos, essas imagens ficaram gravadas na cabeça da população divinopolitana, que se via na obrigação de ajudar as pessoas que perderam seus pertences devido à força da chuva. Para que este panorama não venha se repetir, a Prefeitura Municipal vem, há alguns meses, procurando meios para amenizar e, quem sabe, evitar que famílias sejam destruídas por força da natureza. Parte de população ribeirinha já foi deslocada para conjuntos habitacionais, como houve com moradores da região baixa do bairro Candelária, sendo acomodados no Jardim Copacabana. No entanto, o conjunto sofreu, há pouco tempo, com inundações, como a reportagem da Gazeta mostrou na edição 1.998, na última terça-feira. O condomínio faz parte da maior entrega de unidades residenciais da administração municipal anterior. Cerca de 10% dos moradores do novo conjunto fazem parte das famílias retiradas das áreas de risco do município. Buscando soluções para um possível problema, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente estabeleceu, há cerca de mês, um sistema de monitoramento que está sendo exercido diariamente nos dias úteis, fazendo um percurso que se inicia no Recanto

dos Rouxinóis (Porto Velho), indo até o Clube dos Servidores Municipais (CSM). Segundo Claudemir Cunha, biólogo do órgão, o monitoramento é bem detalhado: “Ele é feito a pé. Não é só para observar o volume de água, mas também os processos que ocorrem nesse período, como o deslocamento de aguapés; verificar se ocasionou algum tipo de matéria química no rio por qualquer motivo; se está havendo descaracterização da margem; se há risco de desabamento próximo às calçadas; verificação do nível de escoamento da calha do rio, entre outras coisas”, disse Claudemir, afirmando que o objetivo do monitoramento é acompanhar o nível de volume que se dá principalmente na parte central, onde os danos são maiores, pois atingem diretamente os bairros que estão ao seu entorno. A preocupação se deve ao atraso em relação ao período chuvoso: “O período de setembro, outubro e novembro, quando geralmente há grandes chuvas, registrou-se um nível bem baixo”, disse Cunha. Não está descartado o risco de cheia do rio. Segundo o biólogo, tem que se observar a quantidade de chuvas que irá cair em fevereiro e março. Esse monitoramento feito pela secretaria irá estabelecer a quantidade de chuvas que vão cair nas cabeceiras dos rios Pará e Itapecerica: “Apesar de as chuvas em Divinópolis terem diminuído, o grande nível delas em cidades

como Itapecerica e Carmópolis refletem diretamente no rio aqui em Divinópolis, o que tende a aumentar o volume”, enfatizou Claudemir Cunha. Dentro do monitoramento que foi feito ontem, a equipe da secretaria pode perceber que está havendo um escoamento com tranquilidade, e o volume de água ainda não coloca um risco de cheia, a partir do volume que foi detectado. De acordo com Claudemir, muitas pessoas fazem a medição do rio pela quantidade de chuva em Divinópolis: “As chuvas aqui têm uma interferência muito pequena em relação ao nível de água do rio. A chuva que cai aqui escoa muito rápido, justamente onde os rios Pará e Itapecerica se encontram. Nas cabeceiras, acontece o contrário. Assim, causa o volume da água”, explica o biólogo. Sobre o volume de chuva, Cunha diz que o nível registrado em Itapecerica é mais preocupante do que as chuvas aqui: “Se não estiver chovendo em Divinópolis e cair uma chuva muito forte em Itapecerica, com um nível fora do normal, o espaço de tempo para o rio encher pode ser de 3h á 4h30. Isso reflete em Divinópolis, o que chamamos de ‘tromba d’água’”. Em relação ao nível do rio Itapecerica, Claudemir diz que o rio possui uma capacidade de subir de volume rapidamente: “Uma cheia acontece num espaço de tempo de 4h. Mas, se não estiver chovendo na cabeceira, o esco-

População ribeirinha está atenta à cheia do rio.

amento é rápido, o que alterna muito. A chuva em Itapecerica é mais preocupante do que em Divinópolis. Ela causa a cheia aqui”. Mesmo que não chova em Divinópolis nesse fim de semana, há a possibilidade de um pequeno aumento do nível, devido às chuvas nas cabeceiras. Segundo o coronel Adriano Cunha, coordenador da Defesa Civil, estão havendo trabalhos da Defesa com a população ribeirinha: “Os casos estão controlados. Nós temos algumas famílias que tiveram incômodos com alagamentos em suas residências devido à proximidade dos córre-

gos, como no bairro Belvedere. Porém, essas pessoas preferiram procurar casas de familiares. Estamos com nosso plano de contingência em alerta, com três escolas preparadas para receber desabrigados, caso aconteça”, concluiu. MANCHAS No início do ano, algumas manchas puderam ser vistas no Rio Itapecerica. Na oportunidade, o biólogo ressaltou que se tratava de um fenômeno natural devido às atuais condições do rio, e que elas apareciam devido também à incidência de chuvas.

Entretanto, a expectativa é de que elas não voltem a aparecer por enquanto: “Com o aumento do volume da água, boa parte da matéria orgânica que estavam nos bancos de aguapés foi retida. Está tendo também um controle natural em relação à proliferação dos aguapés. Não há mais aquelas manchas que eram concentração de esgoto e não há confirmação se elas poderão voltar”. Cunha diz que, com o aumento do volume do rio, a quantidade de esgoto é melhor absolvida pelo mesmo. Quanto mais baixo o rio está, os problemas são mais visíveis.

Reciclagem é alvo de reclamações em Divinópolis Segundo moradora, o lixo separado corretamente é tratado como qualquer um pelo município. Ainda de acordo com ela, outros moradores pararam de separar devido ao descaso Erik Ullysses

Lixeiras na cidade “pedem” que pessoas separem o lixo entre secos e úmidos Daniel michelini

daniel.resende@gazetaoeste.com.br

A importância e os benefícios que a reciclagem traz para a sociedade já são conhecidos por todos. Latas e garrafas que pode se transformar em novos objetos

são trabalhadas diariamente em diversas cidades do Brasil. Entretanto, este trabalho tem sido alvo de críticas em Divinópolis. De acordo com a professora Raquel Rabelo, a empresa contratada pela prefeitura para fazer a coleta de lixo só é eficiente

quanto a coleta do lixo orgânico: “A coleta do lixo reciclável ela faz incompetentemente, parecendo não acreditar na reciclagem que teve até propaganda na televisão”, disparou Raquel. A professora se mostra amplamente a favor do processo de

reciclagem, uma vez que vários produtos podem ser reutilizados, sendo úteis em vários sentidos: “Como sou consumidora de produtos que vem embalados em plástico, vidro, metal, papel, etc, gostaria de saber que estas embalagens estão sendo reaproveitadas, e não descartadas nos lixões para serem queimadas”, afirma, ressaltando que faz sua parte ao separar os lixos: “Coloco o meu lixo reciclável cedo na minha porta, mas o caminhão normal não passa. Á noite, vem o caminhão do lixo orgânico da mesma empresa e leva todo o lixo reciclável que juntei com todo respeito com a natureza”, reclama. Ela revela que já procurou contato diversas vezes com empresas e prefeituras sobre os problemas que vêm ocasionando esse desencontro: “Falei com tantos setores, pois foram me transferindo. Falei com o setor do meio ambiente, setor de saneamento básico e não me lembro mais, pois parecia que eles não sabiam a quem transferir as minhas ligações”, disse. Raquel enfatiza que o sistema

de recolhimento do lixo reciclável é péssimo: “Não tem sequer a previsão de um horário e para tristeza minha vejo que muitos moradores que antes ajuntavam o lixo reciclável, hoje já não ajuntam mais, pois falam e com razão que o caminhão do lixo reciclável não passa mais. Esse lixo reciclável já foi coletado pela prefeitura, pelos associados da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Divinópolis (ASCADI), e agora e pela Via Solo, a qual não acredita na reciclagem, pois não trabalha bem na coleta do lixo reciclável”, disparou. Muitas campanhas educativas têm despertado a atenção para o problema do lixo nas grandes cidades. Cada vez mais,

os centros urbanos, com grande crescimento populacional, têm encontrado dificuldades em conseguir locais para instalarem depósitos de lixo. Portanto, a reciclagem apresenta-se como uma solução viável economicamente, além de ser ambientalmente correta. Nas escolas, muitos alunos são orientados pelos professores a separarem o lixo em suas residências. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Divinópolis, que nos encaminhou para a Secretaria Municipal de Operações Urbanas e Defesa Social. No entanto, não conseguimos sucesso ao tentarmos contatar os responsáveis.

Exemplos de Produtos Recicláveis: - Vidro: potes de alimentos (azeitonas, milho, requeijão, etc), garrafas, frascos de medicamentos, cacos de vidro. - Papel: jornais, revistas, folhetos, caixas de papelão, embalagens de papel. - Metal: latas de alumínio, latas de aço, pregos, tampas, tubos de pasta, cobre, alumínio. - Plástico: potes de plástico, garrafas PET, sacos plásticos, embalagens e sacolas de supermercado.


06 Cidades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Pane na emissão de Reunião na Cemig discute passaportes em Divinópolis transferência de serviço público

Arquivo - GO

Iluminação Pública será de responsabilidade das prefeituras em 2014 Divulgação

O prefeito Vladimir Azevedo, presidente da Frente Mineira de Prefeitos, participou na manhã de ontem (31) em Belo Horizonte, de uma reunião com o presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Djalma Bastos de Morais, e diretores na sede da empresa. O assunto foi a transferência do serviço da iluminação pública da Cemig

para os municípios. A resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) transfere a responsabilidade pela manutenção do sistema de iluminação pública das cidades às prefeituras. O novo sistema estabelece que até o dia 1º de março de 2013 as concessionárias terão que enviar um cronograma para Aneel, sendo que janeiro de 2014

é o prazo para transferência dos ativos. “É uma boa oportunidade em receber o prefeito Vladimir aqui conversando sobre essa determinação que é real do órgão regulador, para que os ativos existentes da iluminação pública sejam transferidos para os municípios. Estamos tendo as primeiras conversas de como isto será feito e como oficializar também. É uma atividade que mais de 72% dos municípios de todo o país já fazem com sucesso, e esperamos que em Minas Gerais ocorra o mesmo com aqueles que entrarão no novo sistema”, explicou o presidente da Cemig, Djalma Moraes O prefeito Vladimir Azevedo classificou como muito proveitoso o encontro. “Foi importante para preparar uma informação para todos os municípios que terão que se adaptar. Temos que discutir vários modelos nesse sentido, a partir da resolução que começa a valer no próximo ano. Sabemos que a Cemig não fará mais a manutenção da iluminação publica das cidades e temos agora que preparar os municípios para essa nova realidade”, analisou. O assessor especial de Go-

verno João Luiz de Oliveira, também participou da reunião, que contou ainda com a presença do diretor de distribuição e comercialização da Cemig, Ricardo José Charbel. “É um prazer receber o Vladimir hoje, como prefeito de uma importante cidade, que é Divinópolis, e também como dirigente da Frente Mineira de Prefeitos. Ele carrega uma experiência considerável e vem de uma reeleição. Essa troca de experiência nesse momento é válida para ver como vamos encaminhar essa questão com todos os municípios”, comentou Charbel. De acordo com o secretário executivo da Frente Mineira de Prefeitos, Erick Souto, que também participou da reunião, no dia 25 de fevereiro acontece um encontro com prefeitos de Minas. “Nesta data na parte da manhã estaremos com esse assunto como ponto de pauta principal. Seguindo orientação do prefeito Vladimir Azevedo que é o responsável pela FMP, já começaremos essa convocação. No mesmo dia na parte da tarde acontece o Encontro da Frente Nacional, a qual o Vladimir é vice-presidente”, afirmou.

O Sistema Nacional de Emissão de Passaportes da Polícia Federal sofreu uma pane e o serviço ficou inoperante na manhã de ontem (31). Em Divinópolis, no Centro-Oeste do estado, algumas pessoas esperaram horas na fila de atendimento. De acordo com o delegado regional, Daniel Souza Silva,

cerca de 60 pessoas estavam com atendimento marcado para esta quinta-feira. Todas elas foram informadas sobre a pane no sistema e terão até 10 dias para comparecer à sede da Polícia Federal, sem precisar remarcar o horário. Ainda não há previsão para que o serviço seja normalizado.


cidades 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Ponte sobre o córrego Tamboril cede e deixa moradores sem acesso a Santo Antônio dos Campos Construção foi concluída no começo de 1978

Paulo Reis

Motoristas ficaram parados dos dois lados da estrada. paulo reis

paulo.reis@gazetaoeste.com.br

O período chuvoso há muito esperado, principalmente por causa da onda de calor que atingiu o Brasil no final de 2012, já tem causado problemas em Divinópolis e região. Na manhã de ontem (31) a ponte que liga a comunidade rural de Tamboril a Santo Antônio dos Campos cedeu. Os moradores do local, cerca de 500 dentre crianças e adultos, necessitam diretamente desta ponte para ter acesso às demais comunidades rurais e principalmente a Divinópolis. Segundo os habitantes do local a ponte já apresentava sinais de desgaste e instabilidade de tráfego. Nós últimos dias com a intensidade das chuvas, as aguas do córrego que corta a comunidade subiram significativamen-

Os moradores do Tamboril acompanharam atentos a vistoria dos profissionais da prefeitura sobre a ponte.

tou que a ponte não estava bem estruturada, poucas horas depois ela começou a ceder. Ainda segundo o siderúrgico Antônio Carlos durante esta semana a ponte já apresentava sinais de rebaixamento. O presidente da comunidade afirmou que a situação da ponte se arrasta há algum tempo e que o fato havia sido comunicado a prefeitura. Na época alguns engenheiros estiveram no local e foi constatado que a ponte não apresentava risco de ceder ou desabar. A ponte foi construída em Março de 1978, desta época até hoje alguns reparos foram feitos em sua estrutura. Alguns moradores disseram também a nossa equipe que o córrego que corta a comunidade chegou a passar sobre a ponte durante a noite da última quarta-feira. Este pode ter sido um dos fatores que fez

te. A partir de então os moradores começaram a perceber que a ponte estava se desnivelando. Como a situação a primeira vista não oferecia riscos aos moradores estes continuaram fazendo a travessia no local. Pela ponte passam diariamente ônibus de transporte coletivo, carros de passeio, motocicletas e caminhões que transportam o leite retirado das fazendas da região. Ontem esta rotina foi interrompida pouco depois das 8h da manhã. De acordo com alguns moradores o último veículo de grande porte que passou pela ponte foi um ônibus do transporte coletivo e anteriormente outro ônibus que faz a condução de trabalhadores da siderúrgica. Nossa equipe conversou com um dos funcionários que estava no veiculo e este nos afirmou que o próprio motorista comen-

a construção ceder. Outro fator que preocupa os moradores diante de toda essa situação é a de que não há outra saída para as famílias que moram na comunidade. A comunidade está praticamente ilhada. Em Tamboril há muitas pessoas que trabalham fora e sem a passagem fica complicado manter a rotina de trabalho e ainda agora a escolar, já que as aulas começam na próxima semana. O transporte do leite que é retirado das fazendas fornecedoras do produto às cooperativas da região também poderá ficar comprometido, já que o tráfego dos caminhões está impedido de continuar sobre a ponte. Segundo Custódio Gomes de Oliveria , presidente da comunidade do Tamboril, durante a campanha eleitoral do último

ano o prefeito Vladimir disse a ele e a alguns moradores que após a conclusão das obras do Lavapés, a ponte seria a próxima a receber melhorias, porém até este incidente nenhuma resposta foi dada aos moradores e usuários do lugar. Uma equipe da Semoudes ( Secretaria Municipal de Operações Urbanas e Defesa Social) esteve ontem pela manhã no Tamboril e durante algumas horas analisou a situação da ponte. Pouco antes da chegada do engenheiro um policial militar fez uma barreira de proteção com Bambu para que ninguém passasse pelo lugar. Diversos carros e motos ficaram parados em ambos os lados da estrada sem poder cruzar a ponte que permanecerá interditada por cerca de dois a três dias. Segundo o Coordenador da Defesa Civil, Adriano Cunha,

esse tempo será necessário para que um planejamento possa ser elaborado e assim melhor atender a realidade de toda a comunidade. Já estão sendo analisadas alternativas para que as pessoas possam trafegar e não permaneçam ali isoladas. Uma das possíveis soluções para controlar a situação, até que a ponte seja novamente reestruturada, seria a colocação de trilhos da FCA para conter a ponte e desta forma manter ali um tráfego menos intenso e controlado. Esta época do ano também é caracterizada por problemas nas construções, já que a ação das chuvas prejudica o andamento das obras, porém uma solução será apresentada a comunidade do Tamboril o mais breve possível, finaliza o coordenador da Defesa Civil Coronel Adriano Cunha.

Número de trabalhadores com carteira assinada cresce Divulgação

Embora continue crescendo, o número de trabalhadores brasileiros com carteira assinada perdeu fôlego em 2012, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada ontem (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a entidade, o contingente de trabalhadores que têm o documento vem aumentando em quase todos

os setores, porém menos do que em anos anteriores. No total das seis regiões metropolitanas pesquisadas, o total de empregados com carteira assinada no setor privado, excluindo os trabalhadores domésticos, aumentou 3,7% em 2012, na comparação com 2011, enquanto o crescimento da população ocupada ficou em 2,2%.

A alta foi inferior à expansão de 6,8% verificada na passagem de 2010 para 2011. De 2009 para 2010, o aumento do número de trabalhadores com carteira assinada chegou a 7,2%. Em 2012, esses empregados totalizavam 11,3 milhões. Para a técnica da Pesquisa Mensal de Emprego, Adriana Beringuy, os dados não refletem uma situação de “pleno emprego”, devido à grande diferença entre as regiões. “Essa taxa é de seis regiões metropolitanas e não considera outras realidades envolvidas no mercado de trabalho. E, dentro das seis regiões, existem diferenças inter-regionais, e com essas disparidades não é coerente falar em pleno emprego”, disse ela, ao destacar que ainda há um contingente expressivo de trabalhadores, como vendedores ambulantes,

que não tem Carteira de Trabalho. Para Adriana, a diminuição no ritmo de carteiras assinadas não significa, necessariamente, um cenário econômico desaquecido. “Pode representar um processo de crescimento normal, sem reflexo de crise.” O percentual de trabalhadores com carteira assinada passou de 48,5% em dezembro de 2011 para 49,2% em dezembro de 2012 (11,3 milhões). Entre 2003 e 2012, quase 4 milhões de trabalhadores tiveram acesso ao documento, um aumento de 56,3%. A pesquisa mostra que São Paulo, que concentra cerca de 40% dos empregados no país, e Porto Alegre já têm mais da metade dos trabalhadores com carteira assinada. Por setores, na indústria, quase 70% dos empregados têm o

documento e, na construção civil, cerca de 40%, sendo que esse último registrou o maior aumento nos últimos dez anos (15,3 pontos percentuais). No comércio, os trabalhadores com carteira representam 53% do total ocupado.

No caso de serviços prestados às empresas, o percentual chega a 70,4% e em educação, saúde e serviços sociais, tanto públicos quanto privados, a 37,5%. Nos serviços domésticos, predomina o empregado sem carteira (60,7%).

SECRETARIA DA 2ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE DIVINÓPOLIS-MG. EDITAL DE CITAÇÃO DE MONTE CRISTO DAMEI IMPORTADORA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS DE BORDAR LTDA. Prazo de 30 (trinta) dias. Processo nº 0223.11.010738-8, Ação de Embargos de Terceiro na qual figura como autor Scala Automóveis, CNPJ nº 01.217.574/0001-89 e como réu Monte Cristo Damei Importadora e Comércio de Máquinas de Bordar Ltda. Objetivo: CITAR MONTE CRISTO DAMEI IMPORTADORA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS DE BORDAR LTDA, pessoa jurídica de direito privado, com CNPJ nº 08.299.574/0001-14, em local incerto e não sabido, para os termos da ação mencionada e para, no prazo de 15 (quinze) dias, apresentar defesa, sendo que a ausência de contestação acarretará a presunção de veracidade dos fatos alegados pelo autor na inicial (art. 285 do CPC). Divinópolis, 18 de Dezembro de 2012. Eu, Maria Aparecida Santana,Escrivã Judicial, o fiz digitar e assino. Fernando Fulgêncio Felicíssimo, MM.Juiz de Direito da 2ª Vara Cível. Adv. OAB/SP 90.940 Antônio Carlos Florêncio.


08 variedades

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Paulo Henrique

psproducoesdivi@yahoo.com.br

Henrique & Diego fazem show Thales Maia faz show hoje na hoje em Divinópolis Babilônia Show Divulgação

Divulgação

Zoom Boxx - O maior Live de Hip House do Brasil faz mega apresentação hoje na Lux Lounge

Divulgação

Agenda Hangar Music Bar Sexta-Feira 01-02-13

Henrique & Diego Alex Dias Isabella Resende Dj Residente Sábado 02-02-13

Estará fechado Informações: 37-3222-6665 www.hangarmusicbar.com.br

Babilonia Show Sexta-Feira 01-02-13

A dupla Henrique & Diego, se apresenta hoje, sexta-feira (01), na famosa casa de shows “ Hangar Music Bar “, a partir das 23h. Os ingressos variam de R$ 20,00 à R$ 80,00. Atualmente Henrique & Diego estão trabalhando a música “ Festa Boa “, que tem participação de Gusttavo Lima. Aliás, esta música está entre as mais pedidas na programação da Rádio Nova FM. Músicas como: Zuar e Beber, Canudinho, Festa Boa, e outras, farão parte do repertório de hoje. Além de Henrique & Diego, a noite conta ainda com show de Alex Dias e Isabella Resende. Para mais informações ligue: 37-3222-6665

O promoter Keminho, juntamente com a Lux Lounge, traz para Divinópolis o maior Live de Hip House do Brasil. Se trata do grupo Zoom Box. O projeto musical Zoom Boxx promete agitar a galera hoje, sexta-feira (01), a partir das 23h na Lux. Essa é a segunda vez que Zoom Box faz show em Divinópolis. A primeira apresentação foi na Festa Fantasia 2012. O grupo eletrizou todos que estavão presente, e depois do sucesso nos Estados Unidos, o Zoom Boxx vem surpreendendo o público por onde passa e tem feito fãs de todos as idades com apresentações super-empolgantes, se destacando pelo repertório diferente que traz o mais atual Hip-hop internacional numa produção de palco igualmente inovadora. Mais informações ligue: 373214-5707

O cantor sertanejo “ Thales Maia “, que vem se destacando em todo estado de Minas Gerais, fará mais um show hoje, sexta-feira (01), em Divinópolis. O show de Thales Maia será realizado hoje as 22h, na famosa casa noturna “ Babilônia Show “. Além disso, a noite conta ainda com o show de abertura do cantor divinopolitano “ Fernando Vianna “. Mais informações ligue: 37-3222-5055

Confira algumas fotos do Projeto Palco Nova FM realizado na última sexta-feira (25) na Babilônia Show

Cláudio Ramalhão

Thales Maia Fernando Vianna Dj Residente Sábado 02-02-13

Grupo Toque A Mais Tripulantes do Samba Dj Residente Informações: 37-3222-5055 www.babiloniashow.com.br

Point Beer

Sexta-Feira 01-02-13

Banda Floral João Paulo & Natália Four Reggae Dj Residente Sábado 02-02-13

Chula Rock Band Chá de Fita Dj Residente Domingo 03-02-13

Ketimbal Dj Kaio Informações: 37-3213-4929

A Rádio 100% sertaneja de Divinópolis realizou mais uma edição do Projeto Palco Nova FM. Shows de Ricardo & Moreno e João Paulo & Natália animaram a

galera. Além disso, a noite ficou muito especial com as participações de grandes artistas. Músicos da cidade e também de fora prestigiaram a festa. João Lucas &

Diogo, Alberto Magno, Adair Cardoso, Marcus & Mateus e Thales Maia agitaram a noite nas participações surpresas.

Aniversariantes da Semana

Danceteria Bamp’s Sábado 02-02-13

Fernando Vianna Dj Residente Informações: 37-3212-3037

Lux Lounge

Sexta-Feira 01-02-13

Zoom Boxx Us Bruto Dj Tidus Kirschner Sábado 02-02-13

Andre Amaral

Ariane Meireles

Carlos Roberto

Daniela Barcelos

Cleo Júnior

Flávia Campagnani

Matheus Carvalho

Marliane Soli

Marina Teixeira

Mariely Ingrid

Mara Rúbia

Dj TJ

Qube Club Carnival Banda Salta Alto Gabi Campbel Dj Netto Nunes Dj Marcia Bacch Dj Tidus Kirschner Gogo’s Informações: 37-3214-5707 www.luxlounge.com.br

Girus Disco Show Mel Lara

Laís Reis

Sábado 02-02-13

Bartucada Zoom Boxx Willy & Ney Dani Morais Dj Silvinho Dj Geninho Informações: 37-3231-6633 www.girusdiscoshow.com.br Nathalia Camilo

Paloma Sousa

Paulo Henrique ( Anjinho )

Regina Silva

Sthéfanie Ribeiro

Sunaio Alexandre

Thayssa Miraelly

Está fazendo aniversário e quer aparecer nesta coluna ??? Adicione “ Paulo Henrique ( PH ) “ no facebook, ou mande email, com nome completo, foto, data de nascimento e contato, para o email: psproducoesdivi@yahoo.com.br Quem sabe na próxima edição você pode ser homenageado(a) ???

A coluna não se responsabiliza por eventuais alterações na programação


variedades 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

NELSON PORTO

nelsonporto@gazetaoeste.com.br

70 Anos

Aniversariantes Dia 1o, Rafael Fernandes, Antônio Sílvio Michelini Amaral, o professor Rodrigo Santos Alves, Giovani Valério e Bruna Caetano; dia 2, Maria Inês Resende Coelho, Magda Gontijo Godói, Roberto Lara de Castro; dia 3, Sílvia Oliveira, Kelly Martins, Rodrigo Costa, Fernanda Rocha Rabelo, Getúlio Silvino de Sousa, o engenheiro José Maurício Valério; dia 4, Maria Rita Vieira, Andrea Marília Sousa, Ana Tereza Arruda, Gilberto Brasil de Souza; dia 5, Deusdete Campos, Maria Eloíza Galvão Pinto, Ana Luíza Giovanardi Vasconcelos; dia 6, Osmundo Santana Filho, Juliana Ribeiro Alves, Roberta Pereira, Eunice Fernandes, Leonardo Marcos Rodrigues, Lucrécia Gouveia, Marilene Ferreira, Raquel Guimarães Aguiar; dia 7, Leandro Barbosa, Claudinho Point Beer, Luís Marcelo Magalhães Silva, Maria José Lara Marques Tavares, Sandro E. Cevallos Vasconcelos, Carina Castro, o médico Vladimir Costa e Silva.

Dejanira e família

1 Ano

O casal Romeu Campos / Jaine Arantes retorna do sul de minas para preparar a festa de 1 ano da filha Clarice Arantes e Campos, que nasceu no dia 31 de janeiro. A festa será amanhã, no sítio da família, e o tema será fadas e borboletas. Presentes estarão os vovôs Romeu Pereira Campos/Maria Sílvia Campos e Maria Elizabeth Arantes. Parabéns!

Música no Mercado Continua o “Música no Mercado”, no bar do Marcelo. Neste sábado música brasileira mistura-se com música francesa. Zé Guela divide os aplausos com o belga Gabriel Lecluyse, à partir das 11h.

Formatura

Show Internacional Dejanira e convidados

Dejanira Rosa de Medeiros Gontijo celebrou seus 70 anos com familiares e amigos no último sábado. Ela recebeu os convidados com um café e, durante toda manhã, Nádia Fernandes (UNIPAZ) conduziu a Vivência Travessia Interior e Maria Medeiros ficou por conta dos cantos, contos, poesias e danças circulares. Um almoço, com cardápio caipira, foi servido. Parabéns!

Cardiologista A médica cardiologista Vibeck Scarano Avellar, após longo tempo atendendo em Belo Horizonte, agora está com consultório em Divinópolis, no Inor, junto ao seu pai o ortopedista Rossini Avellar.

Studio

No próximo dia 7, Divinópolis recebe show da cantora e compositora argentina Sol Alac. Após um grande tour pela Europa, a cantora latina aporta no Brasil; em minas três apresentações, Belo Horizonte, Mariana e Divinópolis. Sol é uma cantora que funde os ritmos do tango, bolero e MPB, e ultimamente rock para dar um molho na música latino-americana. Em sua banda músicos de várias nacionalidades, incluindo o mineiro Alexandre Mourão (baixo), que tem raízes aqui na cidade. Dia 7 de fevereiro, às 20h30, no Teatro Gravatá, entrada franca. A produção do show é de Gegê Lara, da Nó de Rosas Produções.

Gabriel Cavalcante, Lorena Borges, Mirlaine Murilo Rios, Isabela Mendes, Daniela Pereira.

Gabriel Cavalcante de Sousa, filho de Márcio Antônio de Sousa/Gisele Cavalcante de Oliveira Sousa, colou grau em Serviços Sociais pela Funedi/Uemg, em solenidade no dia 31, no Instituto Nossa Senhora do Sagrado Coração. Logo mais, acontece o baile de gala. Sucesso.

Velório A peça Velório à Brasileira foi indicada pela Revista Veja/BH como uma das melhores peças da Campanha de Popularização da capital. No elenco a atriz divinopolitana Cidah Viana. O espetáculo está em cartaz no Teatro Nossa Senhora das Dores até final de fevereiro e dia 14 apresentação no Palácio das Artes.

Praia

Após morar 11 anos em Londres, Marco Polo Filho retorna para Divinópolis e inaugura o Studio Marco Polo Filho. Marco estudou no London Make-up Academy e no London Fashion College, tornando expert na arte de penteados, cortes, maquiagem e a febre para as mulheres: extensão de cílios fio a fio. O Studio fica na João Morato, 142.

Ricardo Thadeu Hilário de Sousa comemorou seu aniversário (16) curtindo as praias de Castelhanos – ES. Junto a ele a esposa Poly, o filho Leandro com a namorada Rayane, o casal Rômulo e Marilene Cunha, Rômulo Jr e a namorada Fátima.

O empresário Geraldo Magela de Oliveira e sua esposa Marília curtindo a noite de Belo Horizonte.


10 VARIEDADES

Novelas lado a lado Globo - 18h

As parcerias contam com ótimas vibrações no campo afetivo e profissional. Mas, as suas necessidades amorosas podem bater de frente com os seus interesses de trabalho.

Hoje, você pode sentir uma necessidade maior de aperfeiçoar os seus conhecimentos. Não convém se descuidar da saúde nesta sexta. Um tratamento alternativo pode vir a calhar.

Constância conversa com Umberto, para que o advogado possa defendê-la da acusação de Isabel. Diva depõe a favor de Isabel. Diva acusa Luciano de ter deixado fotos de Manuel Loureiro no seu camarim, sem saber que foi Neusinha. Edgar se preocupa com a demora de Isabel, que está com Melissa. Jonas avisa a Carlota que Augusto é um charlatão. Catarina fica apavorada, ao saber por Edgar que Melissa foi para a escola com Isabel.

malhação Lia se enfurece com as provocações de Fatinha. Vitor e Lia combinam de se encontrar depois das aulas. Lia ouve Raquel pedir um empréstimo financeiro e desconfia da mãe. Marcela ajuda Lorenzo na procura por apartamentos. Olavo comunica a Ju e Bruno que voltará a viver no Rio de Janeiro em breve. Orelha prepara um programa sobre Rafael. Durante as aulas particulares com Fera, Rita suspeita

Cuidado com a interferência da família no que diz respeito às suas amizades: estabeleça limites se achar necessário. À noite, um pouco mais de intimidade estimulará a sua vida amorosa.

Atenção com perda de dados ou mal-entendidos entre colegas, principalmente no ambiente de trabalho. A dois, há boas chances de receber uma declaração de amor daquele alguém especial.

Tudo o que você conseguir será por meio do seu esforço e da sua dedicação, então não acredite em promessas de dinheiro fácil ou poderá ter prejuízos. No amor, excelente momento para demonstrar todo seu zelo e dedicação ao seu par.

O astral anda meio tenso em família. Mas, em compensação, sua criatividade vai dar as cartas no ambiente de trabalho e você conseguirá aliar responsabilidade e diversão.

guerra dos sexos Globo - 19h

Roberta e Nando ignoram a presença de Juliana. Felipe diz que não vai sair da delegacia com Otávio e Charlô. Nenê exige que Veruska consiga um cargo na diretoria das lojas Charlo’s. Nando afirma a Dino que esquecerá Juliana. Juliana sofre por causa de Nando. Felipe fica com raiva por sonhar com Roberta. Roberta pede para Fábio adiantar o pagamento de Nando. Nieta pede a Dino que volte para casa. Otávio fala para Veruska que não aceitará as exigências de Nenê. Kiko tenta chamar a atenção de Roberta. Nando decide comprar uma joia para sua noiva. Juliana fala para Vânia que precisa esquecer Nando. Kiko e Analú imploram que Felipe impeça o casamento de Roberta. Nando entrega a aliança que comprou para Roberta. Carolina disfarça o ciúme e a raiva de Zenon. Otávio ouve Charlô e Olívia falando sobre o detetive que ele contratou. Felipe procura Nieta e revela que tem um plano para separar Nando e Roberta.

atenção. Bruno pede desculpas a Fatinha, mas ela finge desinteresse. Olavo avisa a Vitor que seu processo será reaberto. Pilha tenta impedir Orelha de divulgar o vídeo ofendendo Rafael.

Balacobaco Record - 23h Paulo suplica pela ajuda de Heloisa, que fica receosa. Arthur conta para João Paulo que Abigail o está chantageando. Eduardo e Álvaro repassam os fatos que incriminam Norberto pelo atropelamento de Nestor e Teresa. Cremilda comenta sobre os detalhes do seu casamento. Norberto tenta se aproximar de Isabel e pede que ela o ensine a mergulhar. João Paulo se diz decepcionado com Abigail e termina o romance com ela. Paulo relembra o passado e deixa Heloisa constrangida. Danilo convida amigos para jogatina em seu apartamento. Osório exige que Violeta respeite sua decisão de casar com Cremilda, mas a professora se nega

Alguns aborrecimentos não estão descartados, então, vigie suas palavras para evitar mal-entendidos com as pessoas ao seu redor. No romance, é melhor manter a discrição.

Fuja de brigas ou discussões improdutivas com as pessoas do seu convívio. A comunicação será o seu maior trunfo seja no trabalho ou na sua vida sentimental.

Não insista para que as coisas sejam feitas sempre do seu jeito, pois atitudes extremas podem pôr a perder tudo o que você já conquistou. Mantenha a calma diante dos problemas!

Não deixe que a apatia e o desencanto acabem predominando hoje. Se algo não aconteceu como esperava, tente se conformar e seguir em frente.

É conveniente manter um certo afastamento dos seus amigos a fim de protelar discussões importantes, pois podem ocorrer intromissões desnecessárias e prejudiciais à amizade. O dia pede que você zele mais por sua privacidade.

salve jorge Globo - 21h

Lucimar conta para Théo que Morena está envolvida com drogas. Pescoço fica frustrado ao saber que Delzuite comprou o material de que precisava. Érica arruma suas malas para viajar. Helô pede para falar com Lucimar. A delegada questiona Lívia sobre o sumiço de Morena. Stenio tira Wanda da cadeia. Berna fala para Lena que Helô acabou com seu casamento. Sheila afirma a Lucimar que não sabe nada sobre Morena. Rayane vê Pescoço na laje de Vanúbia. Diva insinua que Morena fugiu com Russo. Stenio foge de Berna. Lívia conta para Wanda que Morena a denunciou. Esma manda Ekran bloquear o número de Bianca no celular de Zyah. Celso e Amanda pegam com o detetive as fotos de Antonia e Carlos juntos. Helô pega os vídeos da segurança do hotel. Berna leva Aisha para a casa de Helô. Morena se preocupa com Lívia.

a aceitar. Paulo pede que Heloisa guarde uma carta de confissão, caso algo lhe aconteça. Violeta afirma para Osório que é contra o seu casamento com Cremilda. Taís avisa para Isabel que está no Rio de Janeiro. Ao ouvir a conversa, Norberto tenta ser amável com a esposa. Diva se irrita ao saber do noivado de sua mãe e pede que Dóris a acompanhe para conhecer Osório/Deodoro, mas Zé Maria não deixa. Norberto e Isabel mergulham juntos. Heloisa se recusa a ajudar Paulo, que ameaça revelar o passado deles para Álvaro. Depois de um pesadelo, Catarina pede a André para ir embora do acampamento. Danilo pega dinheiro emprestado com um dos jogadores e continua a partida. Diva pergunta sobre Osório/Deodoro para Vinagre e decide esperar pelo noivo de sua mãe. Mauro revela que algumas fotos da festa do casamento de Lucas podem ajudar Eduardo

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

a incriminar Norberto. Paulo não deixa Heloisa ler a carta.

Renata Dominguez se casa e quer ser mãe A atriz Renata Dominguez realizou nesta quinta-feira (31) o sonho de se casar de véu e grinalda. Depois de dez anos de namoro, ela subirá ao altar com o diretor Edson Spinello. Em entrevista Renata contou que, depois do casamento, quer realizar o sonho de ser mãe: — Para que esperar? Já namorei muito! Foram 10 anos de namoro! A cerimônia, para 420 pessoas, acontecerá em uma casa de eventos em São Conrado,

Globo - 17h30

de que o rapaz tenha um distúrbio de Há momentos em que certas mudanças são necessárias. Pode haver um transbordamento de emoções e problemas que você vinha tentando evitar, mas que agora não será possível ignorar.

Divulgação

Horóscopo

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

zona oeste do Rio. O civil o religioso serão feitos juntos. A atriz, que viveu Bate-Seba na minissérie Rei Davi (Record), contou que já está com saudades das gravações na TV, e não vê a hora de voltar à telinha. — Já aproveitei minhas férias, consegui fazer o milagre de organizar um casamento em três meses, agora é só aguardar as ordens da minha emissora! Me sinto pronta para vivenciar um novo personagem e confesso que já sinto saudades da rotina louca de gravações.

Daniele Valente deve substituir Ingrid Guimarães em novela Divulgação

A atriz Daniele Valente, 36, deve ficar com o papel da divertida Valdirene na próxima novela das 21h. Na trama de Walcyr Carrasco, 61, a moça terá uma mãe enlouquecida, vivida por Elizabeth Savalla, uma ex-chacrete disposta a tudo para fazer a filha vencer na vida. Inicialmente, a personagem seria de Ingrid Guimarães, mas ela não aceitou o convite por ter outros trabalhos engatilhados na televisão. O nome da novela ainda

Kelli Nascimento

não está definido, já que o título provisório “Em Nome do Pai”

foi descartado. A Globo pensa na opção “Pais e Filhos”.

kellinutri@gmail.com

CONCILIE A FESTA DE ANIVERSÁRIO COM O PROJETO DE EMAGRECER: Coxinha, brigadeiro, refrigerante e ainda tem o bolo. Tudo nas festas de aniversário é uma tentação, na medida certa para estragar a sua dieta e a disposição em emagrecer. Aceitar um convite desses, sem precisar compensar o estrago na segunda-feira, é um desafio e tanto para a turma da dieta. Vencer as dificuldades dá trabalho, mas algumas dicas facilitam a missão. Sair de casa preparado e ter certeza do seu projeto de emagrecimento são fundamentais para ir à festa e aproveitá-la sem voltar para casa com culpa. Confira o certo e o errado das festas de aniversário e nunca mais falte ao evento por medo de engordar. 1.Errado: sentar ou ficar perto da comida A proximidade com os salgadinhos e os doces aumenta sua vontade de consumi-los. Você acaba comendo mais por gula, às vezes nem sente mais fome ou vontade. 2. Certo: procurar um lugar distante da tentação Permanecer longe das bandejas de doces e salgados contribui e muito para o controle do apetite. É mais fácil se distrair e tirar o foco da comida. 3. Errado: ficar sem comer para aproveitar a festa Pular algumas refeições para economizar calorias que serão consumidas mais tarde no aniversário, é uma cilada. As horas sem comer aumentam sua fome, fazendo com que você coma mais do que a dieta permite. 4. Certo: fazer um lanche antes de sair de casa O ideal é comer um pequeno lanche antes de ir à festa, pode ser uma fruta ou um sanduíche leve. Com o estômago saciado, você seleciona melhor a quantidade e a qualidade do que vai consumir na festa.

5. Errado: experimentar de tudo o que é servido Selecione o que vai comer. A falta de limites causa o ganho de peso e o aumento dele. 6. Errado: comer os salgados fritos. Coxinha, bolinha de queijo e outras frituras possuem uma grande quantidade de gorduras. Todo esse óleo é veneno para quem está tentando emagrecer. 7. Certo: preferir salgados assados O ideal é optar pelas torradas com pasta, pães de queijo ou salgadinhos à base de massa de pão, como esfihas e enroladinhos. 8. Errado: comer normalmente no dia da festa Se você vai comer algo mais calórico no fim do dia, controle o cardápio nas refeições anteriores. Guarde calorias para consumir depois, evitando restringir ainda mais as opções e as quantidades que poderão ser ingeridas na festa. 9. Certo: consumir pratos mais leves para economizar calorias No dia da festa faça refeições mais leves, mas sem ficar com fome. Recomenda-se uma refeição rica em fibras, que aumentam a saciedade e diminuem a absorção de gordura, juntamente de uma fonte de proteína, que tem uma digestão mais lenta, contribuindo para manter a saciedade. “Uma opção é salada de folhas verdes, legumes crus, arroz integral e peixe grelhado.” CONSULTÓRIO: AVª PRIMEIRO DE JUNHO Nº 420, CENTRO, 8º ANDAR SALA 802 TELS: FIXO: 3071 2552 CELULARES: 8811 2388 9951 4034


Variedades 11

Sapãoauto :: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Isto sim são Off Road de verdade eduardo werneck

eduardosapao@hotmail.com

Off Road ou Fora de estrada é um termo do vocabulário inglês que literalmente quer dizer “fora de estrada” e designa atividades variadas praticadas em locais desprovidos de estradas pavimentadas, calçadas ou de fácil acesso e trâmite. Geralmente os locais preferidos para prática do off road são os mais distantes de cidades e desprovidos de infra-estrutura urbana. O contato com a natureza é algo desejado e apre-

ciado e o objetivo desta atividade é superar as dificuldades de acesso e transposição impostos pela natureza como por exemplo na forma de lama, pedras, erosões, subidas e descidas íngremes, neve, alagamentos, etc. Atualmente o off road está associado à adrenalina e à velocidade pois as atividades mais comuns utilizam-se de veículos motorizados como motos, jeeps e camionetes, mas também existem atividades off road praticadas com cavalos, bicicletas e também a pé.

meiro momento veículo nenhum parece ser capaz de fazê-lo. Para isso, contam não somente com automóveis construídos para a prática de off-road, mas também extensamente modificados para vencer todo o tipo de obstáculo fora de estrada. No Brasil, existem diferentes tipos de apaixonados pelos esportes a motor na terra. Há aqueles que possuem condições de investir alto em veículos todo-terreno, que com a configuração de fábrica já são capazes de passarem

Rally: areia, gelo, barro, pedra, venha o que vier Cruzar de carro estradas de terra em condições deploráveis pode definitivamente se tornar um martírio. Contudo, como eu disse, quanto mais difícil for, mais divertido é para o entusiasta de off-road. Traduzindo para o português, off-road ou “fora de estrada” é a categoria dos automóveis criados especificamente para transpor obstáculos impostos pela natureza em estradas não pavimentadas. O off-road motorizado consagrou-se como um esporte há

mais de meio século quando se teve notícia das primeiras competições que visavam cruzar campos de lama, gelo ou alagamentos, no menor tempo possível. Surgiram daí os ralis, competições automobilísticas profissionais em que automóveis percorrem de montanhas a desertos para testarem os limites do piloto e a confiabilidade do veículo. A propósito, já contamos aqui no PapodeHomem a história de alguns dos mais perigosos ralis que se têm notícia: o Grupo B, o Paris-Dakar e o Rally dos Sertões.

Moto quatro - Também conhecido como Quadriciclo ou simplesmente Quad.

O Off-Road motorizado que hoje é utilizado como esporte e terapia pelos seus praticantes, nasceu de uma necessidade de guerra. Os primeiros veículos foram criados durante a 2ª Guerra Mundial com o objetivo de penetrar e deslocar tropas e soldados em locais de difícil acesso. Atividades off road podem ser praticadas como lazer e também como competicões organizadas. Em termos de competições temos os Enduros, Rallys, Raids. No Brasilanualmente é realizado o Rally dos Sertões que a partir de 2004 passou a englobar paises vizinhos e é considerado o maior rally da américa latina.

Em termos globais, o Rally Paris-Dakar é tido como o maior e mais perigoso rally do mundo e também é a atividade off road com maior prestígio na mídia. Por sua natureza de “desafio” o off road é tido como atividade de risco e requer o uso de equipamentos de proteção, basicamente, capacetes, luvas e óculos de proteção; entretanto a gama de equipamentos pode variar bastante de acordo com o tipo de atividade off road praticada. Uma parte muito importante para seu veículo Off Road é a manutenção deve-se estar atento se o seu mecânico e a sua oficina oferecem suporte e segurança ao seu veículo.

Quando os primeiros raios de Sol atingem estradas de terra, muitos profissionais que trabalham com a lida no campo já estão acordados. Cruzam barro, lama, aclives e declives de terra traiçoeira. A paisagem compensa. Pradarias, gado à vista até onde o horizonte atinge, areia ou sertão árido sem fim, tanto faz, o que importa é

que para alguns nem todos os caminhos da vida são pavimentados com asfalto. Há aqueles que dirigem automóveis nesses lugares. Sabem que seus carros possuem limitações e que não irão transpor determinados obstáculos naturais. Admiro também o pessoal da escola antiga que, em meados de 2010, ainda montam um cavalo.

Obter sucesso num rally não se resume a pisar fundo e conhecer condução em estradas irregulares como ninguém. Além de modificações veiculares extensas, que podem ser necessárias num rally profissional, outra figura entra em cena: o navegador. O navegador é o lobo solitário que estuda cartas topográficas enquanto o piloto descansa e dorme. O navegador é quem diz por onde ir, para onde ir, em que velocidade

dirigir, onde frear e onde acelerar. Um piloto mediano pode obter sucesso com um navegador excepcional, porém dificilmente um piloto incrível obterá sucesso com um navegador que o conduz para o lugar errado. Por outro lado, nem todos os apaixonados por barro querem cruzar desertos e sertões em velocidades próximas dos 200 km/h. Muitos almejam somente transpor aquela trilha que em um pri-

pela grande maioria das trilhas sem dar sustos. Quando esse perfil de trilheiro toma gosto pela brincadeira, não tarda a iniciar alterações agressivas em seu conjunto mecânico e a se inscrever em campeonatos amadores de off-road. Essas competições são portas de entrada para outras muito mais profissionais, a exemplo do próprio Rally dos Sertões. Daí pra frente, a velocidade dos veículos off-road na terra só não é maior do a que a velocidade em que o hobby se torna coisa séria.

A diversão dos jipeiros “Divinópolis já tem seu grupo”

Preconceitos à parte, outra peculiar tribo de apaixonados por lama são os famosos jipeiros. Com um investimento não necessariamente alto, é possível adquirir um Jipe Willys da década de 50 e, sem muitas alterações, logo partir para a lama. Falo em preconceito, pois entre grupos formados por praticantes de Rally que investem alto em seus carros, jipeiros podem ser mal vistos devido a sua pré-disposição para o bom humor. A turma do Willys costuma não levar a brincadeira muito a sério. Às vezes fazem bagunça na lama, ignoram regras e competições, atolam e desatolam bastante, mas principalmente se divertem muito. É comum encontrarmos irreverentes caroneiros des-

preocupados com a segurança dependurados na gaiola dos jipes e bebendo muita cerveja. Engraçados ou não, os jipeiros precisam se preocupar com alguns itens de segurança que não passam despercebidos por nenhum praticante de off-road, amador ou profissional. O praticante do esporte não pode esquecer que, quando se trata de velocidade e de situações de pouca estabilidade, acidentes podem ser fatais. Antes de se aventurar na terra, é aconselhável receber instruções de condutores experientes que sabem pilotar em situações adversas. Assim como na estrada, cintos de segurança são mandatórios e podem ser o fator decisivo entre a vida e a morte.


12 Entrevista da semana

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

“Até então eu não tinha objetivos e agora juntamente com meu pai foram traçados metas e objetivos.Este ano vou tentar cumprir pelo menos alguns destes objetivos.” Amilton Augusto

o povo, as crianças, os idosos...

Amilton Augusto

amilton.augusto@gazetaoeste.com.br

O atacante Jajá é o craque do Guarani para a temporada de 2013. Após atuar em Divinópolis, ser artilheiro do Campeonato Mineiro, marcar três gols contra o América-MG e outros três contra o Atlético-MG, o atacante rodou pelo mundo da bola e está novamente vestindo as cores vermelho e branco do Bugre. Jajá recebeu nossa equipe após o treino no Estádio Waldemar Teixeira de Faria, o Farião, e falou sobre sua vida pessoal, fama, sua carreira no futebol e sobre seus planos para o futuro. Conheça um pouco mais sobre o artilheiro bom de pé esquerdo.

Você é muito reconhecido nas ruas da cidade? Sim... Eu passo nas ruas as crianças, os idosos, pessoas mais velhas, mais jovens... Conversavam, brincam, falam assim “ó Jajá, você tem que jogar quatro meses aqui e depois você tem que ir jogar em um time grande. Você tem que ir para a Europa, você é jogador de ir para a Europa, para o Cruzeiro...”. E como foi esse jogo histórico contra o América? O jogo foi típico, onde o América era o time da capital, considerado o time grande, e nós éramos os pequenos, time do interior. Nosso treinador Célio Costa estava para ser demitido se perdesse aquela partida. Então o América já estava ganhando de 3 a 1 e eu fui solicitado pelo treinador para entrar na partida. Na época eu era banco de reservas. Ele me chamou e falou que eu ia entrar na partida, que nós tínhamos que ganhar de qualquer jeito, faltavam 15 minutos para acabar o jogo, se ele perdesse ele seria demitido. Eu entrei em campo fiz os três gols e achei que estava empatando o jogo, no momento que eu entrei eu não sabia que o jogo estava 3 a 1, pensei que estivesse 3 a 0.

... os torcedores falam que eu fui muito prejudicado pelo técnico Adilson Batista. Só que eu não fui tão prejudicado assim, ele me deu oportunidades, eu que não soube agarrá-las. O Adilson mudava muito time, um dia entrava com volante, outro dia era com atacante. Era complicado manter uma seqüência.”

Jajá, gostaria que você começasse nos contando como é a sua história com o Guarani e com Divinópolis. A minha história começou através de uma parceria entre Cruzeiro e Guarani, onde o Cruzeiro decidiu mandar jogadores para o Guarani, onde foram bem recebidos. Eu estava entre esses jogadores, foram seis ou sete... E aqui ficamos. Eu só fui ter ligação com a cidade, com o povo, com a torcida depois que eu fiz os três gols contra o América-MG, por que até então eu não era conhecido ainda. Acho que o povo aqui de Divinópolis é muito acolhedor, muito solidário, sabe? O povo aqui procura sempre ajudar as pessoas. As pessoas de quem eles gostam, que tenham identificação com eles, são bem acolhidas. Então, eu tive o privilégio de fazer por onde as pessoas daqui pudessem gostar de mim. Como que eu fiz isso? Mostrando meu jogo dentro de campo, me doando, correndo ao máximo para que torcida gostasse de mim. Não só a torcida, mas

Você se lembra dos gols? Lembro... Acho que ainda me lembro, né? Foi um gol de costas que eu virei e chutei... Acho que foi um cruzamento. E outro eu sai da direita para a esquerda, driblei um zagueiro do América e chutei. A bola foi entrando devagarzinho e acabou sendo o gol da vitória, que por sinal eu estava achando que seria do empate. Como começou sua trajetória no futebol? Eu comecei no Itapipoca, time do meu pai. É um time da primeira divisão do Campeonato Cearense, como o Guarani é um time da primeira divisão do Campeonato Mineiro. Então, meu pai tinha um sonho... Era o 12º ano dele jogando pelo Itapipoca, disputando o Cearense, então o sonho dele era que antes

Francisco Jailson de Souza: 26 anos, natural

da cidade de Itapipoca, Ceará, Foi artilheiro do Campeonato Mineiro de 2008 pela equipe do Guarani. Atacante e joga futebol há 11 anos. dele encerrar a carreira, pudesse realizar o sonho que era jogar comigo. Na época eu tinha 15 para 16 anos e meu no último ano dele. Eu entrei em campo durante 15 minutos e ele pode realizar o sonho dele de ter jogado comigo. Então era pai e filho, lado a lado. E você marcou algum gol nesta partida? Neste jogo eu errei um gol, por incrível que pareça. Ele teria achado bom se eu tivesse feito o gol. E do Itapipoca você foi para onde? Acabou o campeonato que geralmente termina em abril, daí surgiu uma proposta para eu ir para o clube do Bahia. Fui para lá para jogar no juvenil, por que eu ainda tinha idade para jogar no juvenil. Lá eu me destaquei em todas as categorias, sendo artilheiro em todas elas: juvenil, júnior... Chegando ao profissional disputei dois Brasileirões de 2004 e 2005 pelo Bahia Esporte Clube. Em 2005 eu fui vendido para o Cruzeiro onde começa outra trajetória. Em 2006 eu disputei o Campeonato Mineiro pelo Cruzeiro, fomos campeões e em 2006 fui emprestado para o Ipatinga e em 2007 eu fui para a Cabofriense. Em 2007 eu fui para o Náutico e de lá eu voltei para

Divinópolis em 2008. Em 2007 eu tive uma passagem por aqui. Em 2009 eu joguei aqui e no mesmo ano eu fui para o Cruzeiro, onde os torcedores falam que eu fui muito prejudicado pelo técnico Adilson Batista. Só que eu não fui tão prejudicado assim, ele me deu oportunidades, eu que não soube agarrá-las. O Adilson mudava muito time, um dia entrava com volante, outro dia era com atacante. Era complicado manter uma sequência. Em janeiro de 2009 eu fui para o Vitória e depois me transferi para

o futebol japonês onde fiquei por 8 meses. Em 2010 eu voltei e fui para o Ipatinga, 2011 eu fui para a Cabofriense de novo e para o Vila Nova de Goiânia. Em 2012 eu estava no Boa Esporte. Como que foi a vida no Japão? Eu fiquei oito meses jogando pelo Montedio Yamagata. É uma cidade que só tem montanhas do lado de Sendai... O futebol lá é complicado por que é muito de correr, eles correm muito, eles não param. Os gols lá geralmente saem faltando três minutos para acabar o jogo, sai dois, três gols. Os campos são muito bons, a organização é muito boa, pagam em dia, a cultura é maravilhosa, o respeito é muito grande. Eu aprendi a falar um pouquinho de japonês. O nosso time disputava a primeira liga, como se fosse o Campeonato Brasileiro da primeira divisão aqui no Brasil. Você já rodou meio mundo, foi para o Japão, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Ceará... Como que é essa vida? A família te acompanha? Eu sou casado, a minha esposa é a Márcia e tenho uma filha chamada Cecília. Minha família me acompanha. No início da minha carreira meu pai não tinha tempo para me acompanhar, agora ele tem me acompanhado. E agora com meu pai me acompanhando eu me sinto mais fortalecido para buscar meus objetivos pessoais. Até então eu não tinha objetivos e agora juntamente com meu pai foram traçados metas e objetivos. Este ano vou tentar cumprir pelo menos alguns destes objetivos. O primeiro é comprar uma casa, montar uma escolinha de

futebol. Quer dizer... Já tem uma escolinha de futebol chamada Jajá Craques. Queremos lançar dois, três meninos para despontar no futebol mineiro ou em outro estado. A gente trabalha com o Proerd da PM para tirar crianças das drogas e aqueles que se destacam a gente tenta levar para frente. O que o Guarani está esperando para o Campeonato Mineiro deste ano? Nossa primeira meta é não cair. É um desastre muito grande você cair para um segundo divisão, é muito difícil para subir. Eu acho que primeira meta nossa é não cair. Como é a sua rotina em Divinópolis? Eu sou uma pessoa muito tranquila. Eu gosto de ficar com meus amigos, gosto de sair com meus amigos. Gosto de comer muito, sou uma pessoa que gosto de comer muita carne, isso não escondo de ninguém. Eu preservo muito as pessoas que eu gosto, eu tenho muitos amigos... Eu não deixo que esse lado familiar se envolva com o futebol, eu tento afastá-los do futebol, gosto de deixar mais reservado. A fama já te atrapalhou? Muitas vezes. Quando você está na fama você acha que é o tal, que é o cara. Você começa a esquecer das pessoas que lhe ajudaram lá atrás quando você não tinha nada. Eu não estou falando que acontece comigo, mas são 80% dos jogadores de futebol isso sobe a cabeça. O dinheiro é um pouco complicado. Quer ver o homem, dê o dinheiro a ele que ele se transforma, ele cega, ele não respeita mais o próximo.

Então, eu tive o privilégio de fazer por onde as pessoas daqui pudessem gostar de mim. Como que eu fiz isso? Mostrando meu jogo dentro de campo, me doando, correndo ao máximo para que torcida gostasse de mim. Não só a torcida, mas o povo, as crianças, os idosos...”


POLÍCIA 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Menor é apreendido após roubar mercearia em Pará de Minas

Três são presos com maconha no bairro Alvorada Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Divulgação PM

Com a ajuda da população a Polícia Militar de Divinópolis apreendeu na noite de quarta-feira dois homens e uma mulher no bairro Alvorada. Segundo informações, havia um veículo parado em uma rua com um forte odor de maconha. O carro era um Celta preto, e era ocupado por três pessoas, sendo dois homens e uma mulher. O cheiro

Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Durante a manhã de terça-feira a Polícia Militar de Pará de Minas apreendeu um menor suspeito de ter furtado um comercio na Rua Zé do Benvindo, bairro União. O fato teria ocorrido durante a madrugada do dia anterior e teria sido praticado por um menor que já é bastante conhecido no meio policial. Logo após receber a denúncia da vítima, Francisco Néri dos Santos, os policiais militares iniciaram o rastreamento do menor, tendo ele sido encontrado e abordado. Foram recuperados vários produtos que ele havia

Menor foi apreendido depois de roubar uma mercearia no bairro União, em Pará de Minas.

levado da mercearia. O menor teria utilizado uma rede de dormir de sua casa para carregar os produtos roubados.

Segundo o pai do menor, Ronivaldo de Oliveira Gonçalves, o filho é viciado em drogas e já não sabe mais o que fazer

para poder controlar as ações do adolescente. O menor infrator foi apreendido elevado para a Delegacia.

Barranco cede sobre MG-050 próximo a São Sebastião do Oeste Reprodução/TV Integração

Barranco desmoronou sobre um trecho da MG-050, em São Sebastião do Oeste.

Durante a noite de quarta-feira um barranco deslizou na MG-050, a cerca de um quilômetro da praça de pedágio da cidade de São Sebastião do Oeste. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o deslizamento ocorreu por volta de 22 horas e pode ter sido provocado pelas intensas chuvas que caíam no local naquele horário. No momento do deslizamento, automóveis transitavam

pela rodovia, mas ninguém se feriu. A pista foi interditada parcialmente e um funcionário da Nascentes das Gerais, concessionária que administra a rodovia, compareceu ao local para que o trânsito fosse controlado. Por causa do barro, o trecho da rodovia só era utilizado em meia pista. A rodovia começou a ter a terra retirada da pista no trecho afetado na manhã de ontem pela Nascentes das Gerais.

Adolescente é suspeito de estuprar uma mulher em Pará de Minas Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Um menor de 16 anos foi apreendido pela Polícia Militar em Pará de Minas suspeito de ter apedrejado e estuprado uma mulher na manhã de ontem. Se-

gundo a PM, a mulher de 30 anos, foi abordada pelo menor quando ela saía para o trabalho. Inicialmente o menor utilizou uma faca para ameaçar a vítima, mas como ela conseguiu se livrar da faca, o adolescente atingiu a cabeça dela com uma pedra. Em seguida ele a

levou para um lote vago no bairro União e a estuprou. A mulher foi socorrida e levada para o hospital Nossa Senhora da Conceição, onde foi atendida e realizou o exame de corpo de delito, onde ficou constatado o crime. A mulher segue internada

em observação no hospital. O menor foi encontrado na casa de parentes, e portava o celular e outros objetos da vítima. Ele já possui várias passagens pela polícia e foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil, onde seria ouvido ainda ontem.

Veículo que transportava carga ilegal de cigarros capota próximo a Bambuí Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Na manhã de quarta-feira um acidente na BR-354, km 404, próximo a ponte do Rio Perdição, em Bambuí, envolvendo uma Sprinter revelou que o veículo transportava uma carga ilegal de maços de cigarro. A Sprinter, de cor branca, tinha placa de Piumhi, e seguia sentido a Bambuí, quando

perdeu o controle e bateu nas muretas de proteção da ponte do Rio Perdição, por volta de 07h30. O veículo capotou por vários metros até cair em uma área alagada, devido a cheia do rio. O acidente revelou uma carga de aproximadamente 3.253 pacotes de cigarros, totalizando 65 caixas de cigarros das marcas San Marino e Bill. Toda a carga é avaliada em cerca de 75 mil reais, e a suspeita é de que a carga seja

contrabandeada. As suspeitas são reforçadas pelo fato de nem o motorista e nem os documentos estavam na Sprinter. Os policiais que chegaram ao local para prestarem socorro ao veículo constataram que o veículo estava com os quatro pneus para cima e com a porta arrombada, o que leva acrer que o motorista tenha sido retirado do local. Posteriormente a Polícia Ro-

doviária Federal compareceu no local. Os agentes da PF disseram que pelo tamanho e valor da carga transportada, provavelmente teria outro carro vigiando a Sprinter. E possivelmente seria o mesmo carro que prestou socorro ao motorista do veículo acidentado. Como a mercadoria não possuía nenhuma prova de origem, ela foi apreendida, juntamente com o veículo, sendo levados para a Delegacia da Polícia Civil.

D-20 é roubada no final da tarde na região dos shoppings Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Uma caminhonete D-20 foi furtada no final da tarde de

ontem na Rua Centralina, bairro Santa Clara. Cristian Antônio de Faria, proprietário da D-20, contou que havia estacionado o carro para resolver algumas

questões e quando voltou ela havia sido roubada. “Eu estava na Rua Centralina, fui a uma Lan House imprimir meus documentos e quando eu voltei a

caminhonete não estava lá mais” afirmou. A D-20 tem a cor branca, ano 94/95. A Polícia Militar segue fazendo o rastreamento do veículo.

forte despertou a atenção das pessoas, que acionaram a PM no local. Quando chegaram ao endereço, os policiais militares abordaram os suspeitos. Após as buscas foram encontrados na bolsa da mulher, de 26 anos, um triturador de entorpecentes, além de uma porção de maconha. Diante dos fatos os três foram presos e conduzidos para a Delegacia da Polícia Civil. O caso foi encaminhado para o juizado especial.

PM apreende arma de fogo sem registro em Lagoa da Prata Divulgação PM

Espingarda foi encontrada em um sítio de Lagoa da Prata. O proprietário da arma não foi encontrado. Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Durante ação, a Polícia Militar de Lagoa da Prata apreendeu uma arma de fogo irregular. Segundo a PM, após um mandado de busca e apreensão, uma equipe composta por quatro militares, se deslocou até a Fazenda T.D.O. O proprietário da

residência, M.M.G, não estava presente. Após buscas no local, foi encontrada uma espingarda Amadeo Rossi, calibre 20, que não possuía registro junto ao órgão competente. Diante dos fatos, a arma foi apreendida e encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil. O dono da espingarda não foi localizado.

Homem sofre tentativa de homicídio em Itaúna Erik Ullysses

erik.ullysses@gazetaoeste.com.br

Um homem sofreu uma tentativa de assassinato em Itaúna na última terça-feira. Segundo a Polícia Militar, por volta de 12:25, policiais foram acionados na Rua Aurélio Campos, bairro Piedade, onde segundo denúncias anônimas teria um homem caído no chão, tendo sido vítima de disparos de arma de fogo. No local os militares encontraram a vítima, Elanio Moreira dos Santos, de 43 anos, consciente e com duas perfurações no corpo provocadas por disparos de arma de fogo. Um dos tiros acertou a boca da vítima e o outro acertou a região do glúteo.

A vítima foi socorrida por uma unidade de resgate do SAMU, e levada para o hospital João XXIII, em Belo Horizonte, e seu estado é considerado estável. O autor e nem os motivos são conhecidos pela Polícia Militar. Como a vítima estava com um ferimento na boca ela não conseguia conversar direito, o que dificultou o esclarecimento do caso. Elanio não possuía passagens pela polícia. A PM segue fazendo o rastreamento dos autores. Quem souber alguma informação relacionada a este caso pode entrar em contato com a Polícia Militar através dos números 181 e 190, auxiliando assim no esclarecimento do crime.


14 Esportes

Chico Maia

chicomaiabd@gmail.com

Atenção e paciência O jogo de domingo exigirá mais paciência de todos os envolvidos, por ser o primeiro no Mineirão reconstruído. Tráfego, estacionamento, portões de acesso do público, delegações, autoridades, imprensa, locais de assento, bares, banheiros, vestiários e até gramado; tudo diferente do que era. Para quem for, o melhor negócio é sair de casa bem cedo, com espírito desarmado e muita calma. Aos que forem com os seus veículos, prestem bem atenção no principal item que tanto reclamo do tal “legado”, que dirigentes da CBF e autoridades políticas, mentirosamente usaram para enganar aos brasileiros para gastar tanto dinheiro público com a Copa do Mundo: acessibilidade. A BHTrans informa que é proibido estacionar nas vias próximas ao Mineirão. Ora, ora, cadê o metrô para deixar o público a 500 metros ou menos das portarias do estádio? Dizem que sairá por volta de 2023! Ano passado a Ucrânia foi sede da final da Eurocopa. O estádio do Dínamo, é servido por estações de metrô que ficam a menos de 300 metros dos portões de entrada. E diferentemente do Brasil, a Ucrânia não está entre as cinco ou seis maiores economias do mundo. Mesmice O Campeonato Mineiro começa sábado e já sabemos que o campeão será o Atlético, Cruzeiro ou, quem sabe, o América! Um clube do interior vai se destacar e será chamado de “surpresa” por nós da imprensa, mas não mostrará nenhuma promessa de craque, oriunda das categorias da própria base. No máximo, um veterano que roda por vários clubes a cada ano ou algum ex-junior do Galo, Raposa ou América, emprestado até o fim da competição.

Cozimento Concordo que a pressão sobre os árbitros em Minas é exagerada e muitas vezes injusta. Porém, o América é, sem dúvida, o mais prejudicado historicamente, entre os três maiores dos nossos clubes, e é o que tem menos poder de pressão. Está sendo usado como bode expiatório pelos árbitros nessa história. Ideia infeliz de alguma liderança cabeça cozida deles. Vergonha A abertura do campeonato será em Sete Lagoas, com Vila Nova x Tupi na Arena do Jacaré, em função da interdição do estádio do Bomfim. Sete Lagoas recebe de braços abertos o Villa e só lamento que a cidade de Nova Lima, uma das que mais arrecadam impostos em Minas Gerais, ainda não tenha construído um estádio digno do seu grande representante. Por outro lado, bom saber que a Tombense não precisará mais mandar seus jogos em Ipatinga, já que o seu próprio estádio foi aprovado pela FMF; o mesmo que ocorreu com o Araxá, custo estádio Fausto Alvim também foi liberado. Frase “Dirigentes da CBF e autoridades políticas, mentiram e enganaram aos brasileiros para gastar tanto dinheiro público com a Copa do Mundo”.

Novela Tardelli está perto do fim

Bruno Cantini

A novela envolvendo o retorno do atacante Diego Tardelli ao Atlético-MG está próxima de um fim. O Al Gharafa do Catar, clube do jogador, divulgou em seu site oficial nesta quinta-feira, que respeitou o desejo de Tardelli de retornar ao Brasil, e por isso, retomou as negociações com o Galo, que estão em estágio final. “Pelo carinho da diretoria do clube com ele, preferimos fazer sua vontade e deixá-lo voltar para o Brasil para que ele possa jogar com o Atlético-MG. A oferta do Atlético-MG vem em benefício do clube e, portanto, a transação está em fase final”, diz comunicado no site do Al Gharafa. Tardelli já havia, inclusive, se despedido dos companheiros de clube, mas como a situação ainda não estava 100% certa, o jogador seguiu atuando pelo Al Gharafa, a espera da contratação de um substituto para ele. No futebol do Catar os clubes só podem inscrever três atletas estrangeiros, com possibilidade de mais um jogador

asiático, por isso, o Al Gharafa já tirou o nome de Tardelli e inclui o do também brasileiro Alex. O Al Gharafa já contava com Nenê e Cissé na vaga de estrangeiros e Mark Bresciano, como atleta asiático. Procurada, a diretoria do Atlético-MG não quis comentar as publicações no site do Al Gharafa. Nas últimas semanas, a cúpula alvinegra adotou a lei do silêncio quando o assunto é o retorno de Tardelli. Terá início hoje a venda de ingressos para os jogos do Atlético em casa na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Os torcedores poderão comprar ingressos para os três jogos. Sócios Galo na Veia terão acesso garantido aos jogos, desde que estejam com a mensalidade em dia. O técnico do Atlético-MG, Cuca, tem acenado com a possível titularidade de Araújo para o clássico do próximo domingo, o que agrada ao lateral Marcos Rocha, que aprova a entrada do

JOGOS EM CASA NA FASE DE GRUPOS DA COPA BRIDGESTONE LIBERTADORES ATLÉTICO x SÃO PAULO – 13/2 – 22h ATLÉTICO x THE STRONGEST – 7/3 – 21h30 ATLÉTICO x ARSENAL – 3/4 – 22h

Ronaldinho Gaúcho foi muito bem marcado no jogo treino contra o Betim

companheiro pelo lado direito da marcação atleticana. Para o jogador, a conversa será o principal ingrediente para buscar o melhor entrosamento com Araújo. “Estamos tentando acertar o posicionamento na base conversa, mas sei que nossa equipe é versátil, sobretudo no meio campo, que se movimenta muito. Ao mesmo tempo que o Araújo está do meu lado, o Bernard inverte com ele. Mas eu que estou ali, pela direita, tenho que ter mais cautela com a marcação. Mesmo assim, nas oportunidades que eu tiver, vou aparecer na frente”, disse. Marcos Araújo afirma que, independente de quem for escalado para o clássico, que o

importante será recompensar a torcida com uma vitória. O jogador lembra que a procura por ingressos para acompanhar o maior jogo de Minas Gerais é grande, e que nada melhor que presentear o torcedor alvinegro com um triunfo e uma bela exibição. “Já tive a oportunidade de jogar com as duas torcidas e sei como a do Atlético-MG pode fazer a diferença. Quando se tem a minoria não dá para ouvir o apoio, mas sei que, no domingo, a torcida do Atlético-MG vai lotar. Tem torcedor acampado para conseguir ingressos para o jogo, e o sacrifício que eles estão fazendo vai ser recompensando dentro de campo”, encerrou.

Ananias enfim é apresentado pelo Cruzeiro Washington Alves/VIPCOMM

Novidade Nesta coluna que antecede a primeira rodada, eu diria que as polêmicas das arbitragens se repetiriam, mas estaria atrasado, pois, mesmo antes da bola rolar, elas já começaram e por incrível que pareça iniciadas pelos próprios árbitros, cujo Sindicato ameaça boicotar o América, sob a alegação de pressão que os dirigentes do clube exercem anualmente sobre os apitadores.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Ananias foi apresentado a imprensa como um investimento futuro da equipe celeste

O atacante Ananias foi apresentado oficialmente na tarde desta quarta-feira, na Toca da Raposa II. A apresentação do jogador foi feita pelo Diretor de Futebol Alexandre Mattos. Ananias não escondeu a sua satisfação por ter assinado contrato de três anos com o clube estrelado, e agora espera focar no trabalho para fazer sucesso na Raposa. “Todo jogador tem vontade de jogar no Cruzeiro, pela estrutura, por ser um Clube que briga por títulos, então, todo jogador quer jogar no Cruzeiro. Agradeço ao empenho

da diretoria. Espero que sejam recompensados comigo em campo, honrando a camisa do Cruzeiro”. Elogiado e tendo como características a velocidade, a movimentação pelos lados do campo, e a chegada na área adversária, Ananias contou um pouco sobre a sua carreira até chegar ao Cruzeiro. “É sempre bom ser elogiado, mas tenho que mostrar dentro de campo, me empenhando ao máximo. Comecei no Bahia, nas divisões de base, joguei três anos no profissional. Ajudei o Bahia no acesso da Série C para a Série B, e depois para a Série A. Me transferi para a Portuguesa, fui campeão da Série B lá e, no ano passado, consegui livrar o time do rebaixamento. Estou feliz de estar no Cruzeiro e quero ser feliz aqui também”. O jogador disse que iniciou a carreira como meio-campista, mas, devido às suas qualidades já citadas, acabou sendo deslocado para o ataque. “Na verdade comecei como meia, mas o Jorginho passou a me usar como atacante de beirada de campo, pela minha movimentação, tanto do lado direito quanto do esquerdo. Espero que vá bem aqui no Cruzeiro”.

Sobre uma previsão de estreia, Ananias explicou que vai precisar de alguns dias para acertar a parte física, já que não completou a pré-temporada, mas está motivado para trabalhar e jogar logo com a camisa do Cruzeiro. “Infelizmente não estou bem como queria, minha pré-temporada não foi legal. No Bahia eu treinei duas semanas, mas com o pensamento aqui no Cruzeiro, pela indefinição. Cheguei abaixo do meu peso, e agora estou na preparação física para corrigir isso. Difícil falar de previsão. Espero na próxima semana fazer um trabalho mais forte, estar bem fisicamente, para estrear o mais rápido possível”. Goulart O meia-atacante Ricardo Goulart, que pode ganhar uma oportunidade na equipe no jogo de domingo, contra o Atlético-MG, no Mineirão, principalmente se Diego Souza não tiver condições legais de atuar, teve sua situação regularizada na tarde desta quarta-feira, quando seu nome foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol

(CBF). Em uma conversa com o Site Oficial do Cruzeiro, Goulart falou da preparação da equipe e dele para chegar bem na estreia. “Olha, vejo uma preparação em alto nível. Esta semana vai ser mais tranquila do que as outras, mas a responsabilidade aumenta. Então, tenho a consciência que tenho a possibilidade de jogar, mas estou tranquilo e, se pintar a oportunidade, vou fazer de tudo para mostrar o meu trabalho”, disse. Perguntado sobre a ansiedade por poder participar do jogo de estreia do Cruzeiro, na volta do Mineirão, Ricardo Goulart revelou que vive mesmo a expectativa de atuar. “Estou ansioso sim, é um grande clássico, no Mineirão, todo reformado. Espero que chegue logo o dia 3 e que as coisas se encaminhem bem. Se eu puder jogar, espero ser feliz com o time”. Por fim, o jogador comentou sobre o entrosamento com os companheiros de meio-campo. “Tranquilo. A gente vem trabalhando dia a dia, nos aprimorando, e está acontecendo. Esperamos ir bem nessa estreia e eu, particularmente, espero me sair bem se tiver a oportunidade”.


Esportes 15

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13

Guarani pronto para a estreia Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O Guarani a cada dia fica mais próximo do ideal para a estreia do Campeonato Mineiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou o nome dos jogadores no Boletim Informativo Diário (BID) faltando (até o fechamento dessa edição) apenas o zagueiro Asprilla. Os treinos finais foram realizados no Clube dos Metalúrgicos e debaixo de muita chuva. Certamente o Guarani terá algum problema com campo. O Bugre treina no Farião e fará jogos na Arena do Calçado. Segundo Leston Júnior existem ferramentas para diminuir o impacto. “Temos exemplo das reformas do Mineirão e Independência, como os times do Cruzeiro, Atlético e América sofreram com essa

questão de jogar em Sete Lagoas, não vou nem entrar no mérito de torcida que acredito na presença de torcida, os de Divinópolis, Nova Serrana e região. Se perde algumas referencias, todos sabemos que jogar com o Villa Nova em Nova Lima é complicado, da mesma forma jogar contra o Guarani em Divinópolis não é nada fácil. Eu ouvi uma entrevista onde o treinador do Villa Alexandre Barroso dizia que o Villa teve uma felicidade muito grande em fazer seis jogos fora e destes três são contra adversários que não jogam em casa. Ele citou o Farião, o alambrado próximo e a torcida atrás do bandeira. Esse fator realmente acontecerá”, disse. O treinador quer novos laços da esfera do campo com o time. “Não vamos ter a referencia do Farião e cabe a nós profissionais

diminuirmos esse prejuízo. Pedimos a direção para realizar alguns treinamentos em Nova Serrana e com ações dentro do campo criar uma atmosfera positiva e fazer do estádio realmente nossa casa. O que foi acertado vamos de véspera para a cidade de Nova Serrana e ficaremos concentrados. Teremos alguns treinos no estádio e se pode criar essa atmosfera dentro de campo. O torcedor se comporta de acordo com o que ele vê dentro do campo, se vê uma equipe vibrante com essa mentalidade vencedora e tende a vir junto. O prejuízo técnico é só na questão de referencia. O Guarani sempre treinou no Farião e jogou no Farião. Faz-se treinos de finalização no gol onde ele vai jogar, o atleta cria uma referencia e o atleta já sabe até mesmo as publicidades. Isso se perde. A atmosfera vamos ter de fazer”, ressaltou. Para a partida contra a Caldense o time deve mesmo iniciar o jogo com Leandro. Henrique, Asprilla, Adalberto e Rafael Estevan. André, Rafael Pulga, Éder e Jouberth. Carlos Júnior e Eric. Adalberto Hilário Ferreira Neto, 25 anos, zagueiro de 1,84m e 77Kg. Começou a carreira no América Mineiro em 2006, foi para a Bélgica, voltou ao Brasil em 2007 para o Ipatinga e retornou a Bélgica em 2008. Na temporada de 2010 esteve no Tupi, 2011 na Tombense e por último no Ameri-

Escala de árbitros primeira rodada do Campeonato Mineiro CAMPEONATO MINEIRO CHEVROLET 2013 – MÓDULO I 1ª FASE - 1ª RODADA

JOGO:

Boa E.C.

ARBITRO:

Ricardo Marques Ribeiro (FIFA/MG)

HORA:

X

16h

ASSISTENTE 1:

Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF)

LOCAL:

Varginha

ASSISTENTE 2:

Pedro Araújo Dias Cotta (CBF/FMF)

ESTÁDIO: Melão

RESERVA:

Hudson Fernandes da Silva (FMF)

ASSESSOR:

Eustáquio Álvares Ferreira

JOGO:

Araxá E.C.

ARBITRO:

Emérson de Almeida Ferreira (CBF/FMF)

HORA:

17h

ASSISTENTE 1:

Breno Rodrigues (CBF/FMF)

LOCAL:

Araxá

ASSISTENTE 2:

Felipe Souza Leal (FMF)

ESTÁDIO: Fausto Alvim

RESERVA:

Amílton Marcos Moreira (Liga Local)

ASSESSOR:

Rogério Pereira da Costa

X

X

Nacional E.C. Ltda.

América F.C.

JOGO:

Villa Nova A.C.

ARBITRO:

Ronei Cândido Alves (FMF)

HORA:

17h

ASSISTENTE 1:

Janette Mara Arcanjo (FIFA/MG)

LOCAL:

Sete Lagoas

ASSISTENTE 2:

Ricardo Junio de Souza (CBF/FMF)

ESTÁDIO: Arena do Jacaré

RESERVA:

Wagner Ferreira de Souza (FMF)

ASSESSOR:

Juliano Lopes Lobato

JOGO:

A.A. Caldense

ARBITRO:

Igor Junio Benevenuto (CBF/FMF)

HORA:

19h30

ASSISTENTE 1:

Júnior Antônio da Silva (FMF)

LOCAL:

Poços de Caldas

ASSISTENTE 2:

Leandro Salvador da Silva (FMF)

ESTÁDIO: Ronaldão

RESERVA:

Rogério Alexandre Barbosa (Liga Local)

ASSESSOR:

Ângelo Antônio Ferrari

JOGO:

Cruzeiro E.C.

ARBITRO:

Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)

HORA:

17h

ASSISTENTE 1:

Márcio Eustáquio Santiago (FIFA/MG)

LOCAL:

Belo Horizonte

ASSISTENTE 2:

Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG) ESTÁDIO: Mineirão

4º ÁRBITRO:

Marcos Vinícius de Sá dos Santos (CBF/FMF)

5º ÁRBITRO:

Flamarion Sócrates da Silva (Especial FMF)

ASSESSOR:

Marco Aurélio Lopes dos Santos

X

Tupi F.C.

Guarani E.C.

DATA:

02/02/2013

DATA:

02/02/2013

DATA:

02/02/2013

DATA:

02/02/2013

DATA:

03/02/2013

1ª FASE - 3ª RODADA JOGO ANTECIPADO

cano. George Vinícius de Oliveira Xavier, 21 anos, goleiro de 1,93m

X

C. Atlético Mineiro

e 82km. Natural de Contagem estava no Ypiranga da Bahia, esteve

no futebol Baiano, Fabriciano e América Mineiro.

Natação começa a planejar calendário de competições a partir de hoje Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A natação divinopolitana aguarda com muita ansiedade a divulgação do calendário estadual da natação, ele é essencial para a marcação das competições da cidade e para os planejamentos de ações ao longo do ano. A regional Divinópolis estará presente na assembleia geral da entidade máxima do estado de Minas Gerais. O coordenador de arbitragem e do centro de processamento de dados da administração regional centro oeste de natação, Daniel Dias, falou sobre ser a expectativa grande para os dois dias de encontro em Belo Horizonte. “A assembleia anual define calendário, novas taxas, diretrizes

técnicas para a temporada de 2013 e também encontro com os treinadores para definição técnica, como provas para cada categoria”, falou e considerou ser necessário aguardar essa decisão para se planejar Divinópolis e Região. “Qualquer mudança de cima para baixo interferem, pois formamos a base para alimentar os eventos estaduais. A partir da definição de um calendário estadual, os clubes do regional se reúnem para definição do nosso calendário. Muitas de nossas entidades nem são federadas”, garantiu. A possibilidade de um atleta ou até mesmo uma equipe de atletas participarem da etapa regional, mesmo não sendo federados estimula a aparição de

Principais competições do calendário nacional de natação em 2013: Troféu Maria Lenk – 22 a 28 de abril Brasileiro Junior e Senior de Inverno – 15 a 18 de maio Brasileiro Juvenil de Inverno – 5 a 8 de junho Brasileiro Infantil de Inverno – 26 a 29 de junho Troféu Finkel – 12 a 17 de agosto Brasileiro Interfederativo Junior – 11 a 14 de setembro Troféu Chico Piscina/Brasileiro Interfederativo Infanto-Juvenil – 25 a 29 de setembro Brasileiro Infantil – 27 a 30 de novembro Troféu Julio de Lamare/ Brasileiro Junior – 4 a 7 de dezembro Torneio Open – 11 a 14 de dezembro

novos talentos. “Para a pratica competitiva da natação não é necessário se federar e isso garante a participação e igualdade de todas, a parte da aceitação do não federado serve de estimulo para a pratica competitiva, é estimulado dentro do desenvolvimento de cada um, sem pressão e com possibilidade de ampliar os resultados e aumentar o nível técnico do atleta em etapas estaduais e nacionais se estimulando a progressão do atleta”, avaliou Daniel Dias. A reunião para o calendário regional será dia 16, em local ainda a ser definido. NACIONAL A formatação dos calendários, regulamentos e critérios para o período 2013-2016, e ainda uma gestão integrada com os calendários de competições estudantis, universitárias, militares e paraolímpicas está em estudo. A realização de competições com provas olímpicas e paralímpicas em um mesmo evento. Segundo os profissionais participantes do CTNN, esta é uma tendência mundial e que o crescimento do esporte paralímpico abriu um novo mercado para os profissionais de educação física, em especial os que se dedicam à natação. De agora em diante, atendendo solicitação da emissora que

Daniel Dias e demais treinadores da natação divinopolitana se reúnem em Belo Horizonte para planejarem a natação estadual do ano de 2013

detém o direito de transmissão ao vivo das competições da entidade, os campeonatos nacionais da CBDA, de todas as categorias,

terminarão aos sábados. A principal competição internacional de 2013 será o Mundial dos Esportes Aquáticos, em

Barcelona, de 19 de julho a 4 de agosto. As provas de natação irão do dia 28 de julho até o último dia de competição.


16 geral

Parque de Exposições de Divinópolis

À PARTIR DAS 15H

OPEN BAR!

Março

BIG CERVEJA, ÁGUA, REFRI, DKA VO E S PPE WE APPLE, SCH

Sábado

NÃO COMPARE, COMPAREÇA! Parceiros:

Apoio Da nossa casa para sua casa

Loja da Madrinha

Realização

Convites antecipados:

Alunos Pitágoras (Curso de Administração) Ponto do Cartão e Print junior (Divinópolis) Kbeção LimpCar (Nova Serrana)

Dj Luis Otávio

Dj Lú

Dj André Hypno

Proibida a entrada com qualquer tipo de copo ou caneca no evento.

Censura: 18 anos

16

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - SEXTA-FEIRA 1º/02/13


Gazeta do Oeste