Issuu on Google+

Notícias ao Volante

www.grupoip5.pt PONTOS DE

Maio de 2014

INTERESSE:

CICLISTAS CICLISTAS Vulnerabilidade

Ver e ser visto

OS CICLISTAS E O CÓDIGO DA ESTRADA:

Com a Primavera, até aos amantes das quatro rodas apetece dar uns passeios de bicicleta. Há, também, quem pedale diariamente, no percurso casa-trabalho. Para todos, ciclistas e não ciclistas, automobilistas e motociclistas, é crucial conhecer as novas regras do Código da Estrada que versam sobre os primeiros. Não nos podemos esquecer que, na estrada, cruzamo-nos, todos os dias, uns com os outros. A sua vulnerabilidade, faz com que os condutores de velocípedes tenham como regra primordial «ver e ser visto». Mas há outras igualmente importantes, incluindo as que dizem respeito ao transporte de passageiros. A 5ª Edição do Jornal «Notícias ao Volante», deste mês de maio, resume o principal...

Ciclistas – sua vulnerabilidade

Regras para velocípedes

O transporte de

Os condutores de velocípedes são utentes da via pública vulneráveis ao ambiente rodoviário pela sua fragilidade e instabilidade, devido à sua reduzida largura e altura, o seu diminuto peso e o facto de não possuírem habitáculo. Dadas estas características específicas, os velocípedes são sensíveis:

passageiros ● ●

Ao vento lateral que, sendo forte, provoca uma alteração na trajetória do veículo; A obstáculos, tais como buracos, tampas de esgoto ou passeios, podendo desequilibrar-se em caso de embate; Às marcas rodoviárias pois, no caso de travagem, pode implicar o despiste do veículo.

Os condutores devem considerar as dificuldades sentidas pelos ciclistas e estar atentos à sua presença.


Notícias ao Volante – 5ª Edição

Página 2

VER E SER VISTO De forma a ver e ser visto facilmente pelos outros condutores e não provocar equívocos na indicação das suas intenções, o ciclista deve: Localizar-se na via, embora o mais à direita possível, defendendo uma posição favorável à sua visibilidade.

Posição na via,

Confirmar sempre com olhar direto, para além de utilizar os espelhos retrovisores, antes de realizar manobras.

confirmação com o olhar e sinalização

Sinalizar clara e antecipadamente as suas intenções, garantindo que os outros condutores se apercebem dos seus sinais.

das manobras são regras obrigatórias a respeitar

OS CICLISTAS E O CÓDIGO DA ESTRADA A condução de velocípedes pode ser exercida sem que haja a necessidade de possuir habilitação legal. Assim, é possível que alguns ciclistas tenham insuficiente conhecimento do Código da Estrada, pelo que facilmente têm atitudes imprevistas. Por outro lado, são veículos que podem ser conduzidos por crianças. Aliado ao desconhecimento das regras de trânsito e sinais, as crianças são, por si só, imprevisíveis, espontâneas e impulsivas. Frequentemente, colocam-se em situações de risco na condução de velocípedes.

NOVOS CARROS!

Aprende a conduzir num Renault Clio Dynamique S


Notícias ao Volante – 5ª Edição

Página 3

REGRAS PARA VELOCÍPEDES Os velocípedes têm grande liberdade de movimentos. Podem circular: ●

Para

ultrapassar ●

um

Na faixa de rodagem, do lado direito da via, conservando uma distância suficiente das bermas e passeios, de modo a evitar a acidentes; Na berma, desde que não coloquem em perigo os peões que nela circulem; Nas pistas de velocípedes. Neste caso, os ciclistas não são obrigados a circular nas mesmas.

velocípede, os veículos

Os condutores de velocípedes podem circular a par, exceto em vias de visibilidade reduzida ou quando se verifique grande intensidade de trânsito.

a motor devem guardar uma

Para ultrapassar um velocípede, os veículos a motor devem guardar uma distância lateral mínima de 1,5 metros e abrandar.

distância lateral mínima de

Nas interseções não reguladas por sinalização vertical ou luminosa, os condutores devem ceder a passagem ao veículo da direita (exceto a um veículo de tração animal), inclusive ao velocípede

1,5 metros e abrandar

A condução de velocípedes por crianças até aos 10 anos é equiparada ao trânsito de peões, pelo que podem circular nos passeios, desde que não causem perigo ou perturbação para o trânsito de peões.

Na aproximação das passagens de ciclistas devidamente sinalizadas, os condutores devem moderar a velocidade e parar, se necessário, a fim de deixar passar os ciclistas que pretendam atravessar a faixa de rodagem. A ultrapassagem é sempre proibida imediatamente antes e nas passagens de ciclistas.


Notícias ao Volante – 5ª Edição

Página 4

O Transporte de Passageiros Como regra geral, é proibido o transporte de passageiros em velocípedes. Contudo, existem algumas exceções:

Crianças

Existem bicicletas dotadas de mais de um par de pedais capazes de acionar o veículo em simultâneo.

com idade

Neste caso, pode ser transportada uma pessoa por cada par de pedais com os quais o veículo venha equipado.

inferior a 7 anos podem ser transportadas em

Os velocípedes podem ser concebidos, por construção, com assentos para passageiros. Nesta situação, para além do condutor, podem transportados um ou dois passageiros, consoante o número de assentos.

velocípedes, desde que em

Nos velocípedes podem ser transportadas crianças com idade inferior a 7 anos, em dispositivos especialmente adaptados para o efeito.

dispositivos especialmente adaptados para o efeito

Grupo IP5 Escolas de Condução Escola de Condução IP5 Santos e Gamelas Rua Magistério Primário, 24, 3800-212 Vera Cruz, Aveiro 234 422 436 | 939 515 530 escoladeconducaosantosegamelas@hotmail.com Escola de Condução Aveirense Rua Mário Sacramento, 3810 Aveiro 234 429 838 | 939 515 531 ecaveirense@hotmail.com Escola de Condução Evoluir Rua da Liberdade nº4 Glória 3810-126 Aveiro 234 371 732 | 919 865 769 escola_evoluir@hotmail.com

CAM 35h e 140h

Contacto: 91 707 33 35

MAIS FORMAÇÃO RODOVIÁRIA:

Transporte Coletivo de Crianças, Cursos de instrutores, Cursos de diretores de escolas de condução www.batalhense.com

ESTAMOS NA WEB!

WWW.GRUPOIP5.PT


Notícias ao Volante - 5ª Edição - Maio