Page 1

O Desenvolvimento Sustentável na Braskem

Eventos esportivos no Brasil aquecem mercado

Concreto PVC na reconstrução de São Luiz de Paraitinga

Integrantes Braskem ao redor do mundo

pág. 04

pág. 12

pág. 14

pág. 16

Novo posicionamento de marca da Braskem. Confira!

Uma

estimulante Uma empresa inovadora. Um futuro surpreendente para todos nós. Fique por dentro da Visão 2020 da Braskem

setembro/2010

30


Editorial

Unidos pela cultura Caro Integrante, Tenho muito orgulho em compartilhar com vocês a minha impressão destes primeiros meses na Braskem. Fazemos parte de uma grande Organização brasileira que, com apenas 8 anos, já possui forte presença e marca no mercado, Agora, com a internacionalização, a tendência é sermos reconhecidos cada vez mais em diferentes partes do mundo. Quero enfatizar o quanto a nossa cultura empresarial, a TEO (Tecnologia Empresarial Odebrecht), foi e é importante neste contexto. Muitas vezes, não nos damos conta do quão diferenciada é esta cultura. Quando eu ingressei na Braskem, em meados deste ano, tinha uma visão da TEO com base em livros e percepções de mercado, mas hoje, como Integrante da Organização, percebo o papel da TEO para a conquista dos resultados já alcançados pela equipe Braskem. Este ponto, sem dúvida, será um dos grandes enfoques que procurarei ter aqui na Braskem, reforçando continuamente por meio dos Líderes e parceiros de empresariamento. Afinal, a nossa cultura nada mais é do que a nossa identidade, a essência do jeito de ser Braskem. É por isso que abro este editorial da nossa revista destacando a cultura empresarial como um dos nossos grandes diferenciais. E ela nos ajudará muito na conquista da nossa Visão, com foco em 2020. Recentemente, Líderes que representam todas as unidades e países onde a Braskem atua se reuniram para refletir e debater qual seria a Visão 2020 da empresa. Uma missão e tanto, já que esta Visão é o nosso direcionamento e pautará nossas ações e decisões a partir de agora. É fundamental que cada Integrante conheça e a traga a Visão para o seu dia-a-dia, identificando como alinhar as suas atividades a este direcionamento. Afinal, quando a Braskem almeja ser admirada pela sociedade por sua contribuição para melhorar a vida das pessoas, na verdade estamos falando da atitude de cada Integrante que, com suas ideias, responsabilidade, criatividade e empenho, deve buscar soluções cada vez mais inovadoras e melhores para nossos Clientes, acionistas e sociedade. Portanto, o nosso desafio, enquanto Integrantes da Braskem, é exercer o papel de agentes transformadores. Com isso cresceremos profissionalmente, sem dúvida, mas também faremos a diferença para as pessoas por meio do nosso próprio trabalho. Convido você para saber mais sobre a Visão 2020 e outros assuntos da nossa empresa nesta edição da revista Geração Braskem. Boa leitura!

Marcelo Arantes RAE - Pessoas & Organização

A palavra é sua Envie comentários sobre a revista, reportagens ou sugestões de pauta para: geracao@braskem.com.br

Expediente Responsabilidade Corporativa

Marcelo Lyra, RAE de Relações Institucionais e Desenvolvimento Sustentável Editor Responsável

Nelson Letaif Coordenação

Danielle Espósito Projeto Gráfico

Keenwork Design Apoio Editorial

Beatriz Filgueiras, Ana Laura Sivieri Colaboradores

Mais Corporativa Comunicação, Maria Clara Bello, Karine Tavares, Larissa Armani Fotos

Banco de Imagens Braskem Impressão

Gráfica Laborprint Tiragem

7.300 exemplares

É uma publicação interna da Braskem Av. das Nações Unidas, 8501, 24º andar CEP 05425-070 • São Paulo, SP www.braskem.com.br


Geração Braskem 

03

Índice

Geração Braskem 30

Visão 2020 Uma única inspiração

Capa Nova assinatura Braskem

Desenvolvimento Sustentável Fique por dentro do que acontece

Redução de CO ² Saiba mais

Mercado De olho nos eventos

Concreto PVC Reconstrução da cidade

Braskem no mundo Integrantes fora do Brasil

Eu Recomendo O melhor do Brasil


4

  Geração Braskem • Capa

Ser a Líder mundial da química sustentável, inovando para melhor servir às pessoas


Capa • Geração Braskem 

6500 Integrantes, uma única inspiração. Se quisermos simplificar a essência de uma visão empresarial, esse título diz muito. A visão de uma empresa contém ao mesmo tempo o sonho e o direcionamento estratégico, o intangível e o atingível. É a visão que une uma grande equipe, que provoca entusiasmo, engajamento e torna claro o futuro que todos devem buscar. Com apenas alguns anos de vida, crescimento acelerado e muita determinação em contribuir cada vez mais para um mundo melhor, a Braskem já superou desafios importantes ao longo de sua trajetória. Por isso, precisava mais do que metas. Precisava de um grande sonho para que todos os Integrantes pudessem sonhar juntos e fazê-lo acontecer de verdade. Afinal, sonho que se sonha junto vira realidade, já dizia o poeta. E o grande sonho – a nossa Visão 2020 – que queremos transformar em realidade é: Ser a empresa líder mundial da química sustentável, inovando para melhor servir às pessoas.

A construção da Visão 2020 Durante alguns meses, lideranças de todas as unidades da Braskem pensaram a respeito da Visão 2020, interagindo com as equipes, olhando para o presente e imaginando o futuro. Em julho último foi realizado em São Paulo um Seminário de Líderes, onde cada representante das Unidades de Apoio e das Unidades de Negócio fez o exercício de propor uma Visão com foco em 2020, destacando as vantagens competitivas da Braskem, as possibilidades de crescimento e o que imaginava de inovador para o futuro. O resultado é uma Visão que amplia os horizontes que já conhecemos e potencializa uma das coisas que a equipe Braskem tem de melhor, que é o espírito de servir, superar expectativas e trazer novidades que fazem a diferença para os Clientes, para a sociedade e para o mundo.

Os aspectos da Visão 2020

4

Quatro elementos são de especial importância. Confira a seguir e inspire-se!

1

2

Química

tural na forma é uma evolução na O primeiro passo mos de uma se denomina. Passa como a Braskem esa química. A pr em a ímica para um empresa petroqu e, por meio de químicos básicos a Braskem já produz Comercial – é um Quantiq e Unipar do s ico suas controladas ím qu os ut buidoras de prod das maiores distri produção de eteno , com o início da so Brasil. Além dis -de-açúdo etanol da cana verde, proveniente de sua atuaorça um aspecto car, a Braskem ref as e fontes por matérias-prim ção que é a busca ão. uç od pr basar a sua renováveis para em

Sustentabilidade

A inclusão da suste ntabilidade na Vi são indica o peso estratégico que esta dimensã o passa a ter na Braskem. Até 2020, a Braskem objetiva ser a empresa com me nor intensidade de emissão de gases efeito estu fa e de consumo relativo de água na indústria quím ica mundial, a ma ior indústria química baseada em matérias-prim as renováveis, importante indut or da reciclagem e forte vetor de desenvolvimento humano.

5

3 Inovação

Servir melhor às pessoas Todos os aspectos citados acima têm algo em comum, um fator que une e traz sentido a todo esse esforço de fazer o melhor, de buscar o certo. Esse algo em comum são as pessoas, a base da vida. Servindo melhor às pessoas, a Braskem está servindo melhor aos Clientes, aos acionistas, aos Integrantes e à sociedade em geral. Quando atende ao seu Cliente, propõe soluções, ajuda a trazer mais praticidade para a vida, influencia seu setor com um posicionamento ou até a sociedade com a sua atuação e forma de se comunicar, a Braskem está desempenhando o seu papel, a sua missão.

é adovação, o objetivo No que tange a ino ação rel em da ra arroja tar uma nova postu és de inv Ao . to en im nvolv à Pesquisa e Dese a ”, “seguidor rápido se posicionar como de ra stu po a adotar uma empresa passará itég tra es as ica em áre liderança tecnológ á tar en rem inc m aske cas. Com isso, a Br Brasil e estratégica para o ão uiç rib nt co a su o-se nd ca sta que atua, de outros países em nrta po im m co te player como um relevan ividaiat Cr o. çã va ino em tes investimentos rão ões inovadoras se luç so em co fo e de dos. ainda mais estimula

Está também contribuindo para o desenvolvimento das comunidades onde atua e alimentando mais sonhos e ideias transformadoras. Está ajudando a trazer alternativas diferentes, inovadoras e que estimulem a evolução de tudo a sua volta. O sentido do trabalho de cada Integrante Braskem é identificar oportunidades, fazê-las acontecer e, com isso, contribuir para um mundo melhor.


novas formas

de ver o mundo


Capa • Geração Braskem 

7

Uma nova assinatura para nossa marca A Braskem está lançando um novo posicionamento de marca. O objetivo é expressar com mais clareza o jeito de ser que caracteriza a equipe Braskem e o desejo de futuro da empresa. A partir deste mês de setembro, a Braskem passa a se comunicar com a sociedade de uma forma diferente e ainda mais inovadora, expressando toda a sua identidade na nova assinatura que acompanha a marca da empresa. Novas formas de ver o mundo. Essa é a assinatura que tem tudo a ver com o nosso presente e com o que desejamos para o nosso futuro. “Para mudar a assinatura da marca, partimos do princípio de que a Braskem é um agente de transformação”, explica João Gomes, responsável por Marketing Institucional da Braskem. “Com este novo posicionamento, estamos manifestando publicamente uma intenção positiva sobre o presente e o futuro. E no dia-adia, junto com seus Clientes, a Braskem contribui para que sonhos se tornem realidade, de diferentes formas. Assim estamos contribuindo, de fato, para um mundo melhor”, completa. Para João, a nova assinatura também vem para inspirar cada vez mais os Integrantes, assim como a Visão 2020. “A nova assinatura está alinhada à Visão 2020. Temos um grande desafio, queremos quebrar paradigmas. Para isso, teremos que ser criativos, inovadores e, sobretudo, observadores, pois certamente há muitas oportunidades a serem exploradas”, completa. Há cerca de um ano, a Braskem vem evoluindo em sua forma de se comunicar com a sociedade, ajudando na formação de uma reputação positiva para a empresa. Imagem e reputação são elementos importantes, pois agregam valor ao negócio e reforçam a importância estratégica da empresa tanto no cenário nacional quanto internacional.

Com uma visão 2020 tão inspiradora, nosso posicionamento de marca não poderia ser outro.

Campanha publicitária Para lançar o novo posicionamento de marca, a Braskem preparou uma ação de divulgação que contempla a publicação de peças publicitárias em diversos jornais e revistas do Brasil, além de exibição de propaganda em rádio e televisão. O grande lançamento ocorrerá com a exibição de um comercial de TV no intervalo do Fantástico, na Rede Globo. A data já está marcada: 12 de setembro. Fique de olho e acompanhe! •


CO2

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

Com o aumento do consumo de bens duráveis, cresce também o uso de produtos plásticos no mundo. A Braskem tem o objetivo de influenciar positivamente o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do plástico e se tornar uma referência no assunto. Mas para isso, é preciso que cada Integrante conheça bem onde a Braskem quer estar em 2020 do ponto de vista do desenvolvimento sustentável


Desenvolvimento Sustentável • Geração Braskem 

9

Estamos assistindo, nos últimos anos, ao rápido acesso das classes C e D ao mercado consumidor. Essa é uma boa notícia. Melhor ainda é saber que a democratização do consumo no Brasil começou a ocorrer de fato há muito tempo, mais exatamente quando o plástico passou a ser mais utilizado pela indústria de transformação.

Sete macro-objetivos visando 2020 Sete macroestratégias foram definidas para que a Braskem cresça a cada dia de forma equilibrada – levando-se em conta as dimensões econômica, social e ambiental. O cenário é a busca da Braskem 2020, uma empresa reconhecida por essa efetiva contribuição.

Em 1825, o planeta abrigava um bilhão de pessoas, em 1954, esse número saltou para três, chegando a seis em 1999 e sete em 2006. Quantos seremos em 2020? Dez bilhões? Bem, sabemos que a população ainda vai crescer muito, aumentando ainda mais o consumo no planeta.

1. Gases de efeito estufa (GEE) Próximos passos (2010-2012): Obter os primeiros créditos de carbono; Melhorar a intensidade das emissões, reduzindo 11% em relação a 2008.

“Deixamos a fase dos conceitos, para entrar nas ações concretas de sustentabilidade e nossa maior conquista hoje é o início da utilização de matéria-prima renovável, que reduz o consumo do petróleo e ao mesmo tempo sequestra gases de efeito estufa”, afirma Jorge Soto, responsável por Desenvolvimento Sustentável da Braskem. A construção das metas de desenvolvimento sustentável para 2020 Para desenvolver os aspectos que permeariam os objetivos da Braskem relacionados ao desenvolvimento sustentável, a Braskem começou imediatamente a analisar os aspectos prioritários para a área de desenvolvimento sustentável.

Princípios de atuação em linha com o Desenvolvimento Sustentável É de responsabilidade de todos. Conheça, pratique diariamente!

1. Zelar pela busca de resultados melhores e sustentáveis 2.Respeitar os direitos humanos, atuando com ética 3. Ter equilíbrio ao tratar de questões econômicas, ambiental e social 4. Acompanhar a evolução econômica da Braskem e reportar com transparência a seus liderados 5. Estar atento aos impactos ambientais e sociais, solicitando a contribuição de toda a cadeia produtiva 6. Gerenciar os impactos diretos decorrentes de nossas operações e atuar de forma proativa 7. Liderar ou apoiar discussões ou alianças relacionadas a aspectos do desenvolvimento sustentável

Para chegar a esses pilares, a Braskem considerou todos os aspectos relevantes para o Global Reporting Initiative (GRI). “Qualquer atitude sugerida pelos Integrantes que contribua para agilizar esse processo será bemvinda”, raciocina Soto, sugerindo que essas questões sejam incluídas nos PAs dos Integrantes. “Assim eles conseguirão contribuir e isso será de grande valor não só para eles e para a Braskem como para toda a sociedade”, reconhece. Plástico como solução Para o Soto, com o esforço conjunto dos Integrantes da Braskem e de todos os públicos com os quais a empresa se relaciona, em 2020 o plástico poderá ser percebido como solução para o desenvolvimento sustentável, por contribuir para melhorar a vida das pessoas, aumentar a inserção social, trazer maior eficiência energética e hídrica, além de reduzir os gases de efeito estufa. “Vamos trabalhar com todas as gerações do plástico para alcançarmos esse objetivo”, conclui.

2. Matérias-primas renováveis Próximos passos (2010-2012); Produção de 200 mil t/ano de PE verde; Produção 30 mil t/ano de PP verde, bem como evoluir nas pesquisas de alternativas tecnológicas em renováveis. 3. Eficiência hídrica Próximos passos (2010-2012): Melhoria contínua em todas as unidades, Evolução do projeto para reuso de água da UNIB-BA e continuidade de projetos de remediação. 4. Eficiência energética Próximos passos (2010-2012): Avançar em estudo referente ao uso de biomassa e carvão; Melhorar em 12% o índice de consumo energético da Braskem.

5. Pós-consumo Próximos passos (2010-2012): Fortalecimento da cadeia de reciclagem na BA, SP, RS e AL; Definição de modelo de negócios e de parceiros para a inauguração da primeira unidade de reciclagem energética do Brasil. 6. Segurança química Próximos passos (2010-2012): Liderar a implementação do Global Product Strategy na América Latina; Melhorar continuadamente o Risk Rating; Evolução do projeto de substituição de células com Hg e de amianto. 7. Pessoas Próximos passos (2010-2012): Manter-se benchmark em segurança do trabalho; Inserir responsabilidade social no programa SEMPRE; Revisão do investimento social privado, alinhado ao Pacto Global e Objetivos do Milênio, Implantação de processos de valorização da diversidade. •


10

  Geração Braskem • Desenvolvimento Sustentável

Braskem

reduz emissões

de gases efeito estufa

A Braskem reduziu em 13,6% esse tipo de aspecto ambiental, atingindo 7,3 milhões de toneladas de CO2 equivalente em 2009.


Desenvolvimento Sustentável • Geração Braskem 

11

Guarde esse nome: em breve ele estará nas prateleiras do mundo todo

A Braskem conseguiu uma redução significativa na emissão de gases de efeito estufa. O bom resultado é fruto de investimentos em eficiência energética, descontinuidade de algumas operações que eram intensivas em emissões e também outras melhorias operacionais. Com essa evolução, a Braskem deu mais um importante passo na sua estratégia de atuar em consonância com o desenvolvimento sustentável e avançou no cumprimento do compromisso público de reduzir a intensidade de emissões de gases efeito estufa.

Reforçando seu compromisso pela busca de soluções sustentáveis, a Braskem acaba de lançar I’m Green, marca que dará nome à sua linha de biopolímeros, produtos originados de matérias-primas renováveis. Inicialmente, trata-se do polietileno verde, que passará a ser produzido em escala industrial a partir de setembro deste ano. I’m green também será um selo, que poderá ser aplicado nos produtos finais dos Clientes da Braskem que utilizarem o biopolímero. O selo se tornará um importante diferencial comercial e identificará o componente de valor sustentável dos produtos, agregando valor para os Clientes da Braskem. Além disso, para os consumidores, o selo traz uma informação relevante que contribui para suas decisões de compra. “Com a criação do selo vamos estender os benefícios da aplicação de uma resina de fonte renovável para o consumidor final, que enxerga e valoriza os produtos com componentes renováveis”, explica Rui Chammas, vicepresidente da Unidade de Polímeros.

Desde 2007, quando começou a medir suas emissões de gases efeito estufa, a empresa reduziu em 13,6% esse tipo de aspecto ambiental, atingindo 7,3 milhões de toneladas de CO2 equivalente em 2009. Você sabia? O índice de fato diminuiu de 0,80 tonelada de CO2 equiPara cada tonelada de polietileno verde produzido são sequestradas até 2,5 valente por tonelada de produto em 2007 para 0,71 em 2009. toneladas de CO2 da atmosfera durante o ciclo completo de produção. Entre 2002 e 2009 a geração de resíduos caiu 61%, a de efluentes 40%, o consumo de água 19% e o de energia, 12%. Ao se comparar com a média do setor no Brasil ou no mundo, o diferencial da Braskem é evidente: seu consumo 2 de 4 m3 de água por tonelada de produto é significativamente inferior à média da indústria química no mundo, que é de 27,8, segundo dados ICCA – Conselho Internacional das As1 tonelada 2.5 toneladas sociações da Indústria Química. de polietileno verde a menos de CO2 da atmosfera A Braskem gerou 2,7 kg de resíduos por tonelada de produto, enquanto que a média da Indústria Química no Brasil é de 11,9, de acordo com dados da Abiquim – Associação Brasileira da Indústria Química. A companhia saiu de um nível médio de investimentos em melhorias nas instalações em saúde, segurança e meio ambiente de R$ 40 milhões, entre 2003 e 2004, para R$ 140 milhões entre 2005 e 2008. Quando a Braskem ultrapassou a fase da integração estratégica, houve um crescimento no investimento em Saúde, Segurança e Meio Ambiente. Em 2009 foram investidos quase R$ 290 milhões. •

CO


12

  Geração Braskem • Mercado

De olho nos eventos esportivos que vem por aí O Brasil vai sediar, nos próximos anos, os mais importantes eventos esportivos do mundo. Braskem e Odebrecht já atuam em parceria na busca de oportunidades de negócios para as empresas e seus Clientes Nos últimos meses, um tema tomou conta dos noticiários e conversas por todos os lados. Copa do Mundo. E ao que tudo indica, este assunto continuará na ponta da língua dos brasileiros por muito tempo. Isso porque o Brasil vai sediar as Olimpíadas 2012, Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014, eventos que possibilitarão excelentes oportunidades de negócios para a Braskem, Odebrecht e Clientes. Segundo dados do mercado, a expectativa de investimento, considerando o PAC da Copa, é de R$ 500 bilhões, em quatro anos. Esses investimentos serão aplicados em nove áreas da infraestrutura do País, como estádios, transportes, hotéis, estradas, segurança pública, saúde, energia, telecomunicações e saneamento básico. Em relação aos estádios, estão previstas obras nas cidades que já foram previamente definidas para receber os jogos, a exemplo de Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Natal, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Para Eduardo Martins, de Desenvolvimento de Negócios da Odebrecht TransPort, é hora de mostrar ao mundo a verdadeira dimensão do Brasil, não só geograficamente, mas uma visão atualizada de que o País é realmente uma potência econômica mundial. “O Brasil possui empresas com grande reconhecimento internacional, uma biodiversidade única no planeta e um povo maravilhoso, hospitaleiro, que será capaz de receber todos os turistas de braços abertos”, diz. Na visão do executivo, o Brasil não pode perder a oportunidade de levar ao mundo a seriedade que o Estado Brasileiro tem com o seu povo e seus visitantes. “Hoje, quando viajamos para o exterior percebemos que o Brasil passou a ser uma referência mundial em prosperidade em razão dos últimos 15 anos de ajustes na economia”, aponta Eduardo.

Parceria entre Braskem e CNO Para os eventos esportivos, Braskem e CNO já estão pensando juntas com o objetivo de criar sinergias e produtos diferenciados, como cadeiras dos estádios, lonas tensionadas de PVC para coberturas, tubos, crosswave (captação de água para reuso), resinas para piso e paredes, entre outros. Até o momento, a CNO já conquistou o estádio da Fonte Nova (Salvador), Cidade da Copa (Recife) e Corinthians (São Paulo). Oportunidades de negócios O estádio da Fonte Nova será demolido e reconstruído com a arena e um complexo de entretenimento e lazer. “Será uma arena multiuso, que abrigará partidas de futebol e grandes shows nacionais e internacionais”, revela Eduardo, explicando que com os estádios conquistados, a Organização Odebrecht poderá mostrar ao mundo todo o seu diferencial. Diversas equipes da Organização já estão pensando e realizando ações tendo como cenário os jogos que acontecerão no Brasil. Nilton Valentim, da área de Desenvolvimento de Negócios da Braskem, trabalha com um entusiasmo contagiante. “Estamos preparados e prontos para aproveitar as boas perspectivas que se abrem com os eventos esportivos. Temos produtos de qualidade e equipe preparada para virar os jogos em nosso favor”, acredita Nilton. Segundo Eduardo, também está nos planos a utilização de plástico verde nas construções. “O mundo está indo nesta direção e hoje diversos países, principalmente os da Europa, vem buscando parcerias para utilizar este conceito em aeroportos, bancos públicos e meios de transporte, entre outras aplicações”, destaca. •

Produtos plásticos para construção civil Infraestrutura BubbleDeck CrossWave Geomembranas Mantas Geotêxteis Fibras de PP para reforço Formas para Concreto em UTEC Estaca Prancha de PVC Tubo Biaxial Tubos Poliolefínicos Tubo Corrugado Telhas de fibrocimento Cadeiras e Assentos

Sacaria de Ráfia Cisternas e Reservatórios Subterrâneos Caixas d’água e Tanques Grandes em PE Saneamento Poços de Visita Rotomoldados em PE Fossas Sépticas e Sistemas de Tratamento Sanitário Público Aberto - Kros® Ecobulk

Habitação Pisos Alveolares em PE – Plastfloor Pastilhas Plásticas CIEM – Caixa Integrada de Entradas Múltiplas Esquadrias de PVC Porta e batentes revestidos comlaminado de PVC PLASTILON – Sistema de sustentação de forros de PVC Sistema Construtivo Concreto PVC Telhas PVC


Representando a Braskem, João Caiado, da área Comercial, e Mercedes Bizotto, da área de Qualidade, recebem a premiação de Paulo Miri, diretor de Supply da Whirlpool Brasil

Braskem é premiada pela Whirlpool A Whirlpool, Cliente da Braskem do setor de eletromésticos, realizou premiação para reconhecer a excelência de seus fornecedores e assegurar a qualidade dos produtos para o consumidor final A Whirlpool entregou à Braskem a certificação com a classificação “Excelente”, de acordo com o Sistema de Gestão Integrada para Fornecedores da empresa. As unidades de Paulínia e Triunfo receberam a pontuação máxima durante a auditoria realizada em dezembro do ano passado. A certificação é válida por três anos, a partir da data da auditoria. “Essa premiação é muito importante, por reconhecer a excelência do fornecedor, que está preparado para realizar serviços de ótima qualidade e ser parceiro para qualquer tipo de negociação e projetos por três anos”, afirma Rodrigo Calleff, líder e especialista de Suplier Development Engineer (SDE) da Whirlpool, acrescentando ainda que a empresa é destaque no mercado e exemplo para outros fornecedores. O executivo explica que a auditoria hoje é realizada por empresa terceirizada, homologada pela Whirlpool, que dá nota de 0 a 100% de pontuação, a partir da análise de vários quesitos, como técnico, produção, produto, ambiental, social, SSMA, responsabilidade da diretoria e restrição a soluções nocivas. Braskem é fornecedora exclusiva da Whirlpool no Brasil Desde 2005, no Brasil, a Braskem é fornecedora exclusiva da Whirlpool, com quem mantém um Programa de Inovação conjunto. “Essa parceria é fundamental para viabilizar o lançamento dos novos produtos”, reconhece o GC da Unidade de Polímeros, João Caiado. Segundo Caiado, o objetivo do Programa de Inovação da Braskem é identificar oportunidades e incentivar o desenvolvimento de soluções inovadoras com seus Clientes. Este tipo de parceria reforça o compromisso da Braskem em atuar em conjunto com toda a cadeia produtiva do setor, em busca das melhores soluções. “O consumidor final também é beneficiado ao ter à sua disposição um produto altamente inovador e de qualidade”, reconhece. •

Confira mais detalhes sobre o nosso modelo de parceria com a Whirlpool Área Técnica Programa de Inovação – O programa foi implementado em 2007 e é composto por reuniões permanentes com a equipe da área de Aplicação e Produto da Whirlpool. Por este meio já saíram do forno vários projetos, com destaque para o Goya, gabinete de lavadora automática em PP substituindo aço, primeiro produto lançado no mercado e projeto finalista do Premio Destaque Braskem em 2008. Área de Supply Entregas Just in Time – A Braskem transfere material reservado para a Whirlpool armazenar em Centro de Distribuição próximo à sua fábrica. Com isso, o Cliente reduziu seu estoque físico de 10 para 3 dias. As entregas ao Cliente são regularmente distribuídas ao longo do mês. Cuidado nas entregas – Durante todo o dia, a Braskem tem horários exclusivos na Whirlpool para entrega dos produtos. Para não haver falhas as primeiras entregas do dia são faturadas e carregadas no dia anterior. Além disso, a Braskem conta com: - Transportadoras dedicadas - Atendimento a granel para silos - Leitura automática do nível dos silos pelo sistema VMI instalado pela Braskem Outras frentes Contrato de fornecimento exclusivo desde 2005 Reuniões periódicas do GC Braskem com as lideranças da Whirlpool Reuniões periódicas do Assistente de Vendas da Braskem com os responsáveis por compras e PCP da Whirlpool, com o objetivo de ajustar procedimentos Integração com o Sistema “Neogrid”, para recebimento de forecast da Whirlpool, programação e recebimento das cargas Certificação nos Programas de Qualidade da Whirlpool Participação no Programa de Sustentabilidade do Cliente, implantado em 2009 Operação antecipada de recebimentos financeiros, desenvolvido em conjunto com a Whirlpool e o Banco Itaú


14

  Geração Braskem • Produto

Concreto PVC é utilizado na reconstrução da cidade de São Luiz de Paraitinga No total, serão 150 moradias de Concreto PVC na cidade do interior paulista, devastada pelas últimas chuvas de verão. A praticidade durante a fase de construção, durabilidade e acabamento do material são algumas características desta solução da Braskem, que tem sido reconhecida pelo mercado como uma ótima alternativa para o setor habitacional No início deste ano, os brasileiros assistiram atônitos à devastação da cidade de São Luiz de Paraitinga, interior de São Paulo, por ocasião das chuvas, que causou danos e deixou cerca de 9 mil pessoas desabrigadas, de acordo com estimativas da Defesa Civil Estadual. Prédios históricos foram danificados, entre eles a igreja matriz São Luiz de Tolosa, construída no século 19. Mas, felizmente, a sociedade se movimentou, apoiando e participando da retomada da cidade, fato que vem ocorrendo aos poucos. E a Braskem não ficou fora dessa corrente de cidadania e propôs ao governo local a construção de 150 casas, pelo sistema Concreto PVC, alinhado aos atuais conceitos de desenvolvimento sustentável. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU) topou e em agosto foram entregues à população local as 45 casas térreas e 105 sobrados, totalizando 150 habitações.

A CDHU é um braço operacional da Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo, grande construtor de casas populares em todo o estado e referência para o Brasil. “A partir desta obra, o Concreto PVC, sistema industrializado e inovador, ganhará maior visibilidade nacional e mostrará as enormes vantagens em relação à construção tradicional”, aposta Nilton Valentim, responsável por Desenvolvimento de Negócios – Construção Civil da Unidade de Polímeros. Entre as vantagens, ele destaca a qualidade da habitação, apresentando conforto, durabilidade e beleza, além da rapidez do processo de construção e baixa geração de entulhos e descartes. São Luiz do Paraitinga é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo. Lá o carnaval de marchinhas foi reinventado, recebe a cada ano muitos turistas e é destaque na imprensa nacional e internacional. •

Saiba mais sobre o Sistema Construtivo Concreto PVC Formado por perfis leves e modulares de PVC, de simples encaixe, o sistema é preenchido com concreto e aço, resultando em um produto de elevada resistência e com inúmeras qualidades construtivas. O Concreto PVC oferece alta produtividade, uma vez que facilita a administração de materiais, mão-de-obra e transporte. Proporciona uma construção rápida e limpa, evita desperdícios e reduz o impacto, além do PVC ser um produto reciclável. Utilizado em edificações de até cinco pavimentos, é uma solução de uso diversificado, independente da região, do clima e da topografia. Possui aplicações em construções para uso privado ou de interesse público e social. Para mais informações, acesse: www.concretopvc.com.br


Tributo às novas gerações Saiba como você pode contribuir destinando parte do seu Imposto de Renda a projetos que estão transformando a realidade de milhares de jovens. A quantia é abatida do imposto a pagar ou acrescida do imposto a restituir Em 1989, o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069) instituiu, em seu Art. 260, os Fundos Municipais da Criança e do Adolescente, permitindo que pessoas físicas e jurídicas destinem parte do seu Imposto de Renda a projetos que trabalham com crianças e adolescentes. Em 2004, a Odebrecht S.A. decidiu utilizar a referida lei e criou o Programa Tributo ao Futuro. Cada Integrante da Organização pode destinar até 6% do seu Imposto de Renda a projetos selecionados e acompanhados pela Fundação Odebrecht. Segundo Rubens Ricupero, membro do Conselho de Administração da Odebrecht, o Tributo ao Futuro é uma grande oportunidade de exercício da cidadania. “Parte do Imposto de Renda de Pessoas Físicas e Jurídicas é convertida em apoio a projetos que estão transformando a vida de jovens da zona rural do nordeste. Jovens que desejavam migrar para os grandes centros urbanos, por falta de oportunidades, hoje se realizam em sua região, adquirem modernas técnicas agrícolas, desenvolvem a visão empresarial, aprendem a ler e refletir, e, sobretudo, a serem Líderes, pessoas que fazem diferença e inspiram”, acredita Ricupero. Em 2009, 1.620 integrantes da Odebrecht, destinaram R$ 2.374.7656,62 para os 12 projetos selecionados, beneficiando 8.243 pessoas no Baixo Sul da Bahia. Ao direcionar uma parte do Imposto de Renda, que já iria para o Governo Federal, o investidor exerce seu poder de decisão, aos escolher projetos de determinadas instituições. Participação de Integrantes Braskem A participação da Braskem nos últimos três anos tem crescido de modo consistente. O Tributo ao Futuro vem ganhando a simpatia nos escritórios e plantas industriais. A decisão do Líder Empresarial Bernardo Gradin, de antecipar os recursos para que os Integrantes façam sua contribuição até 30 de dezembro, foi mais uma facilidade criada, que estimulou a adesão ao programa. A participação dos Agentes do Futuro (voluntários, que atuam como facilitadores dentro da empresa) e o estímulo e comprometimento dos Líderes, permitiram que mais pessoas conhecessem a iniciativa e se motivassem a participar. Palavras de quem tem feito a diferença “A qualidade do Programa Tributo ao Futuro é seu grande diferencial”, afirma Luis Fernando Cassinelli, Responsável por Tec-

nologia e Inovação na Braskem. “Considero a educação o fator mais importante para a redução da desigualdade social. Já vi diversas iniciativas para melhorar o acesso em comunidades carentes, mas nunca vi um Programa tão organizado e com resultado tão expressivo quanto ao observado no Tributo ao Futuro. Em dezembro de 2009, conheci pessoalmente alguns beneficiários do Programa e pude constatar a desenvoltura com que eles interagem com o ambiente desconhecido, possível somente pela oportunidade dada pelo Tributo. Este Programa deveria servir de exemplo a outras iniciativas desta natureza no Brasil.” Cabe à Fundação Odebrecht a seleção das instituições e de seus projetos, avaliar sua viabilidade, acompanhar sua execução e a prestação de contas, garantindo, mensalmente, ao investidor, a correta aplicação dos seus recursos. “Ao optarmos pelo Tributo ao Futuro, confiamos nosso investimento social à Fundação, que gera resultados relevantes na área social. Cada Integrante tem a oportunidade de exercer seu Espírito de Servir e realizar, plenamente, sua Responsabilidade Social, associando-se a Fundação, que lhe garantirá transparência, correta aplicação dos recursos e uma ação alinhada com os princípios e valores da Organização”, afirma Clovis Faleiro, Responsável pelo Programa. “O Tributo ao Futuro deve ser encarado como um Programa que pertence a cada Integrante da Organização e não somente à Fundação Odebrecht. Este sentimento de pertencimento (agir como dono do negócio) com certeza influenciará muito positivamente o processo de divulgação e envolvimento das pessoas”, declara Marcos Sabiá, Integrante da Quattor e Agente do Futuro. •

Como aderir ao Programa Tributo ao Futuro? Para mais informações, acesse o site: www.tributoaofuturo.org.br e conheça um pouco mais o Programa e os projetos apoiados. Além disso, você pode simular sua Declaração de Imposto de Renda e verificar quanto pode destinar ao Tributo ao Futuro, em 2010.


16

  Geração Braskem • Pessoas

O jeito de ser Braskem em qualquer lugar do

mundo Fora do Brasil, quase 500 Integrantes representam a Braskem. A expansão da empresa começa a acontecer de maneira mais forte, em linha com a missão de estar cada vez mais próxima dos Clientes internacionais

A Braskem é uma empresa de origem brasileira, mas o número de Integrantes de outras culturas que se inserem na empresa cresce a passos largos, com diversos Integrantes representando a Braskem em países como Holanda, Estados Unidos, México, Chile e Argentina. Em breve também na Colômbia e em Singapura. Nesta edição vamos conhecer um pouco sobre as histórias de alguns colegas, como Laura Viviana Currá Haddad (Argentina), Rodrigo de Almeida Carnaúba e Bill Hughes (EUA) e Fernando Weber e Robin Zwebe (Holanda). •

e vendas, doras gerentes d são motiva s o is ra m u pa co lt cu to conjun tes da Euro Diferenças o diário, em ossos Clien d n a s iz o d s ta n o la re d p re to do”, “É um a ntato com nesse merca tente mpre em co da Braskem como assis es d estamos se a em d sk vi ti ra a B s a a ra er ,a a lv p vo róprio País trabalhar para desen a em seu p começou a lh a e r b u a a q tr tu e a in eb idade de Robin Zw 2007. Rob r a oportun utubro de te o es a er em sa p s re a es p d de ven Japão e uma em já viveu no . balhar para s a s” a tr ra m e o , d a ed d o n st ec Hola enriqu “Eu go radáveis e no exterior. pero venha rais são ag u novamente lt cu uês, que es g s u ça rt o en p er e if d d obin, o s rs A . cu ar um , antecipa R trangeira brasileiros” o vou começ rã as no g ve le to te co an es s u o N “ o bom q ção com e não ser tã tos uito na rela d n o m o p p ar a s d d u ai n p aj la me a na Ho a os princi im ic cl d o in e de E u r. q ve ara se vi dt, a cidade informando e Rembran om lugar p b h é g m o a u d G é n la an as o V . “A H Brasil, m turas de nto e tulipas us com pin ve a se e ar u d p m s o as s: h rt o in ic turíst agens cu o com mo cilitando vi ou o camp a Robin. calizado, fa lo Amsterdam , recomend em a” b rr as te m la g o, In en e u o eq urg um país p ça, Luxemb manha, Fran Bélgica, Ale

Experiência enriquecedora na Argentina A argentina Laura Viviana Currá Haddad trabalha na Braskem desde 2006 e recentemente passou a ser GC na Unidade de Polímeros . “Trabalhar na Braskem é muito legal. Você conhece pessoas de dife rentes culturas e línguas e amp lia horizontes”, afirma Laura. Para ela, a presença da Braskem em escritórios internac ionais ajuda a manter a empresa em permanente contato com os Clientes da região. “Além disso, estar perto do Clie nte é muito importante para construir e consolidar um futuro juntos”, assegura. Quando começou na Braskem, Laura acha va que ia ser bem difícil a sua adaptação em relação à líng ua, costumes e cultura. “Minha visão mudou rapidamente . Meus colegas e Líderes me apoiaram muito e o que tam bém me ajudou foi adotar os princípios da TEO e compreende r a cultura”, reconhece.


Pessoas • Geração Braskem 

ndo a Representa landa o UNIB na H viver nte que vai ra g te Outro In sileiro ncia é o bra essa experiê dele é eber. O foco Fernando W roquímiet p e vendas d cuidar das eis, prine combustív cos básicos os países ETBE, para cipalmente os a de“Atenderem da Europa. biocomo d al rnacion manda inte itório da artir do escr bustível a p é , explica. na Europa Rotterdam” tar a UNIB n empresa em se os re m p co re ndo, njunto Para Ferna nal. “Em co io ades ss id fi n ro u p rt o o desafi novas op er lv vo um grande do en des visa. Além tendemos egócio”, a n o a o Clientes pre d r lo va ti va ante mo e agregar o está bast d idan comerciais n a u rn rt o Fe p l, o fissiona a grande m u rá te aspecto pro a míli or poder se rque sua fa especial, p em l, a também po so cimento pes s culturas. de para cres as de outra so es p m co relacionar

17

Trabalhar e crescer junto com a Braskem nos EUA O norte-americano Bill Hughes trabalha em uma das plantas da Braskem America, nos EUA, de sde quando a companhia origin al começou em 1990 . Passou por diversos programas na área de operação e hoje coordena a Produção e Manutenção. Sua função é melho rar o atendimento às necessidades de opera ções da usina e ga rantir a conformidade regulame ntar para dispositivo s de alívio de pressão e testes de sistemas de parag em de emergência. “Além disso, tenho de me certificar se todos os trabalhos relativos a emissõe s fugitivas são corrigidos em tempo hábil”, completa. Durante seus 20 anos de empresa, Hughes participou de equipes de com issionamento e partid a de quatro plantas de poliprop ileno, sendo duas na Pensilvânia e outras duas em Ga ryville, Louisiana. No seu tempo livre, gosta de exercitar, lev antar pesos e jogar golfe. “Eu sou um ávido fã de esportes profissionais, principa lmente futebol e beise bol. Eu assisto a muitos jog os ao longo do ano com minha família e acima de tud o, adoro ver o meu ne to de 8 anos jogar beisebol”, con fessa Hughes, destacan do que está ansioso para trabalha r e crescer com a Bra skem.

ro de 2008 e do Cliente o programa em outub o da UNIB. Assumiu Entendendo a cultura açã ort Exp os Clientes. de com te o ren Carnaúba é ge pre na aproximaçã sem o foc o o nd tes Rodrigo de Almeida nte ma 2009, e atualizada. Os Clien on (EUA) no final de mais pessoal, intensa é al loc o se sm se mudou para Houst ba me a ou um de tatos frequentes esse público, a partir is à vontade para con ma tem “A comunicação com sen se m bé Rodrigo. o player local e tam ito a relação”, detalha passam a nos ver com ncia. Isto aproxima mu evâ rante tem maior capaci rel r eg no Int o me o de açã as im rox ap a ess al com loc para tratar de tem e qu ção é , Braskem. “A opera nte, segundo Rodrigo rtante para ele e para po Outro ponto importa im é s e õe qu o cis r de sca do, possibilita tura do Cliente e bu s mudanças no merca dade de entender a cul gera nto mais próximo da me ha an eligência de mercado mp int a aco est , um ços também proporciona a volatilidade de pre tam alt é ios com iár je, ed ho erm de o int as; no mund sers, sem uso de d-u en s ao eta mais rápidas e precis dir da de ven skem. A possibilidade Braskem”, reconhece. muito valor para Bra sta de resultados para a nto me au de ave para o sucesso de ca van ala uecedora. “O ponto-ch riq en bém uma importante , cia ên al” eri loc exp ao a ão exterior é um a boa adaptaç Para Rodrigo, viver no is fácil quando há um que poília, pois tudo fica ma fam da em Houston. “Sempre ão u taç sce ap na ad el, a gu Mi vo, no is io de experiência é ma o que am as crianças por me tem dois filhos, sendo seus locais, que ensin mu os ra observa Rodrigo, que pa os, an o  filho João, de quatr demos, levamos nosso revela. s”, tiva brincadeiras intera


18

  Geração Braskem • Pessoas

Um holandês

meio brasileiro O pai é espanhol e mora na Alemanha, a esposa é americana e os pais dela são colombianos, já a filha deles, Alyenor, que nasceu no dia 13 de abril, é brasileira. Além de ter família em Caracas e Colômbia, os avós da esposa moram no sul da Itália. E hoje o casal de família internacional reside em São Paulo. Essa miscigenação internacional faz parte da vida do holandês Jarno Talens, GC da Unidade de Polímeros, que trabalhou três anos e meio no escritório da Braskem na Holanda e há três meses está no Brasil. Além do holandês, Jarno fala alemão, espanhol, catalão e entende um pouco de francês e italiano. Estudou ainda seis anos de latim. E pasmem, já fala fluentemente português. Podemos acreditar que o que possibilitou essa fluência linguística foi a mistura de tantas nacionalidades e sua capacidade intelectual. “Em relação ao português, acho que quebrei a barreira linguística durante o programa de Desenvolvimento Empresarial, do qual participei recentemente. Foi a partir daí que comecei a soltar a língua”, raciocina Jarno, que adora viajar para cidades do interior de São Paulo nos fins de semana. “Mas agora toda a nossa atenção está na pequena Alyenor”, afirma o pai. Jarno disse ainda que foi muito bem recebido pelos colegas na Braskem. “As pessoas estão sendo muito legais e carinhosas com a gente”, destaca, lembrando que antes de vir em definitivo, esteve várias vezes no Brasil, conhecendo São Paulo, Porto Alegre e Salvador. Sua esposa também visitou o País no final do ano passado. Essas viagens tranquilizaram o jovem casal em relação a morar no Brasil. “Mas, o que mais pesou na decisão foi o atual momento da Braskem, que está crescendo de forma muito rápida e oferecendo muitas oportunidades para as pessoas”, assegura Jarno, profissional especialista no mercado internacional. “Podemos dizer que estou vivendo um trabalho intensivo de integração”, brinca. •


Notas • Geração Braskem 

19

Nova planta de PVC amplia interesse

da cadeia produtiva pelo Estado de Alagoas

A decisão de ampliar a produção de PVC no Brasil até o final do primeiro semestre de 2012 e colocar em operação uma nova planta de PVC no Distrito Industrial Jose Aprígio Vilela em Marechal Deodoro (AL) já rende frutos para o Estado, que desde 2009 vem atraindo empresas para se instalar na região. Só no ano passado, Alagoas recebeu R$ 71,5 milhões de investimentos com a chegada de cinco empresas no Estado. Agora em 2010, esse número passou para sete, com o início de novos projetos. Segundo Marcelo Cerqueira, responsável pelo negócio Vinílicos, a instalação de novos transformadores, vindo de várias regiões do País é fruto de uma ação combinada entre o Governo de Alagoas, a Secretaria de Desenvolvimento, a Federação das Indústrias e o Sindicato da Indústria do Plástico, com o apoio

da Braskem. “Nosso objetivo é fortalecer ainda mais a cadeia de químicos e plásticos no estado, tornando Alagoas uma referência como pólo de transformação de resinas de PVC, PE e PP no país”, explica Marcelo. A decisão de ampliar a produção levou em conta também o acelerado crescimento da demanda de PVC no mercado nacional, em função principalmente da Copa 2014 e Olimpíadas 2016, além de outros setores que também demandam a matéria-prima. A capacidade atual da fábrica de Maceió é de 260 mil toneladas anuais. Com a nova planta, que deverá demandar investimentos da ordem de US$ 470 milhões, haverá uma elevação de 40% na oferta total da companhia nesse segmento. hoje de 510 mil toneladas por ano. Além da unidade alagoana, a Braskem também produz PVC em Camaçari (BA).

Justa homenagem a

DR. Saul Camargo

O médico foi um revolucionário na medicina do trabalho, pioneiro na dedicação e voz de consenso entre os Integrantes da Organização

O evento reuniu familiares, amigos, executivos das empresas e toda a equipe da área de Higiene e Saúde Ocupacional da UNIB Bahia

O novo Centro de Higiene e Saúde Ocupacional (HSO) da UNIB-BA, reinaugurado recentemente, agora leva o nome “Dr. Saul Camargo”, médico que dedicou 40 anos da sua vida e carreira à saúde dos Integrantes da Organização Odebrecht e de seus familiares. Para Dr. Eduardo Arantes, médico da UNIB-BA e idealizador da homenagem, Dr. Saul criou uma revolução na medicina do trabalho, foi pioneiro na dedicação e voz de consenso entre os médicos da Braskem. “Aprendi muito com ele”, afirmou Dr. Eduardo, durante a reinauguração do HSO, lembrando que o novo complexo é o mais completo do Polo de Camaçari. Passou a contar com 25 salas entre consultórios médicos, nutricional, enfermagem, audiologia e cardiologia, sala de coleta de exames e de avaliação física. Há ainda espaços para coleta e armazenamento de leite materno, aten-

dimento de emergência com ambulância UTI 24h por dia e duas academias. “Ao proporcionar um espaço funcional e confortável para a realização das ações do programa Sempre Saúde, estamos consolidando nossa visão de promoção da saúde e qualidade de vida”, conclui Dr. Eduardo, destacando que a reforma do complexo seguiu todas as exigências ambientais. Medicina social e familiar Dr. Saul classificava a Medicina do Trabalho como uma medicina social e familiar. Desde o início de sua carreira, pregava nas consultas a qualidade de vida, obtida por meio de hábitos saudáveis. Daí a homenagem no novo HSO. Dr. Saul faleceu em 07 de setembro de 2007, deixando saudade na família, amigos e companheiros de trabalho.


eu

Fique por dentro do melhor do Brasil na opinião de Integrantes de diversas unidades da Braskem

o

nd me

o rec

ALAGOAS “A Praia do Marceneiro está localizada a 83km de Maceió e encanta pelo mar esverdeado, ideal para mergulhos. Lá fica também uma vila de pescadores e uma pequena pousada que serve pratos da cozinha nordestina e mediterrânea, com produtos de uma horta orgânica da região. Quem vier a Maceió não pode deixar de conhecer esse paraíso!” Elizabete Góes de Oliveira - Braskem AL

BAHIA

RIO GRANDE DO SUL “Para quem vier ao Sul, recomendo uma visita à Bento Gonçalves, minha cidade natal. No Vale dos Vinhedos, temos excelentes opções de pousadas, restaurantes e vinícolas. No inverno, recomendo conhecer o Caminho das Pedras e hospedagem na canina Don Giovani.” Jader Weber Brun - Braskem RS

RIO DE JANEIRO “O Rio de Janeiro é uma cidade reconhecida por suas opções de lazer a céu aberto, e um dos meus passeios favoritos é ir à Pedra da Tartaruga, que fica na Barra de Guaratiba, que está a meia hora de carro da Barra da Tijuca, e depois exige mais duas horas de caminhada leve.” José Márcio Nikiel Quattor RJ

“A Chapada da Diamantina é um lugar muito especial para quem gosta de uma boa trilha ou conhecer cachoeiras. Alguns roteiros são mais famosos e cheios de emoção, como a trilha “Vale do Pati”, que exige preparo físico. Na UNIB-BA temos um grupo denominado “Guerreiros”, que faz esses passeios uma ou duas vezes ao ano.” Murilo Fontes de Amorim - Braskem BA

GB 30  

texto, foto

Advertisement