Issuu on Google+

Texto base. mat.5.13 a 16,20. TESTEMUNHO DO CRISTÃO. O crente em Jesus tem grande responsabilidade, diante Deus e dos homens, para que, com seu testemunho, glorifique o NOME de Jesus.

1 " vós sois o sal da terra" 1-1 Propriedade do sal. Na química, o sal é chamado de CLORETO DE SÓDIO. Esta substância Tem propriedades importantes. Por isso, Jesus a usou para tipificar o PAPEL do crente, sim, daquele, que são seus discípulos. 1-2 O sal preserva. Desde os tempos imemoriais, o sal tem sido utilizado pelos povos como substância conservante, que preserva a característica dos alimentos. O cristão como o sal espiritual tem a capacidade de preservar o ambiente sobre sua influência. Quando a igreja for tirada da terra,a podridão tomara conta dos povos sem Deus, levando-os a decomposição final, que os levara ao inferno. O cristão tem o dever de "salgar" para preservar sua família seus amigos, crente ou não e todos os que estejam em sua volta ou sob sua influência. Através das missões e evangelização local ou regional, enfim, a igreja espalha o sal sobre o mundo, para que ele não apodreça de vez. 1-3 O sal da sabor. Uma comida sem sal nunca é vista como saborosa. Normalmente, é indicada para pessoal que estão com problemas de saúde. A bíblia registra a importância do sal. Como elemento que da sabor (JÓ 6.6). Da mesma forma, o cristão em Jesus tem a propriedade de dar sabor ESPIRITUAL ao ambiente em que vive, e á vidas dos que lhe cercam. Ha. pessoal que se sentem felizes em CONVIVER com cristãos fiéis, sentindo o efeito benéfico do contato com eles. E isso glorifica o NOME do Senhor JESUS. É necessário ter o sal na vida, ou seja, UM VIVER CHEIO DE ALEGRIA, DE PODER, ENTUSIASMO CHEIO DO ESPIRITO SANTO. Jesus reconhecia o valor do sal, quando afirmou: "Bom é o sal, mas, se o sal ser tornar sem sabor (insulso) com que o adubareis? Tendes sal em vos mesmo e paz, uns com os outro(MC9.50). Em seu ensino, ele disse que, “se o sal for insípido, com que se ha de salgar”? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens (v-13). Isso quer disser que, se o crente deixar de dar seu testemunho de sua vida, sua vida perde o sentido, torna-se inútil, e passa a ser "pisada" pelos pecadores e sem fruto.


1-3 Sal na medida. Uma das características do sal é sua "humildade". Ele preserva e dá sabor, sem aparecer. Quando o sal aparece, pelo excesso,NINGUEM SUPORTA ELE. O cristão como sal, prega mais com sua a vida do que com palavras. João Batista foi exemplo disso. (JO.3.30). O crente quando ACHA que tem sal demais torna INSURPORTÁVEL. Isso ocorre, quando se torna FANÁTICO. Em lugar de passar para os outros o sabor da vida cristã, acaba afugentando as pessoas ,com excesso de santidade. São pessoas legalistas, que vêem pecado em tudo. Por outro lado, há os que não tem mais sal em suas vidas. São pessoas liberalistas, que se acomodam o mundanismo, e dizem que nada é pecado. São extremos. É PRECISO TER EQUILÍBRIO no testemunho, Paulo disse; “A vossa palavra seja SEMPRE agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um”. (Col.4.6).O fruto do Espírito inclui a temperança. 2- "VÓS SOIS A LUZ DO MUNDO" Fazendo uso de metáforas, Jesus afirmou que os seus discípulos são "a luz do mundo". Figura extraordinária essa! Diferentemente do sal, que não é visto em ação, a luz só tem valor quando é percebida, quando aparece. 2-1 O testemunho elevado. Comparando seus seguidores como luz do mundo, Jesus disse que “não se pode esconde uma cidade edificada sobre um monte” De fato, as cidades sobre os montes,quando chega a noite,refletem as luzes de suas casas e ruas. Como luz, o cristão está edificado sobre CRISTO, em posição muito elevada. Ele nos ressuscitou juntamente com ele, e nos vez assenta nos lugares celestiais, em Cristo Jesus. (EF.2.6). O Salmista reconhecia essa posição, quando disse: (SAL.61.2). 2-2 CRISTÃO NO VELADOR. “Jesus disse que não se “acende uma candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador”, e da luz a todos os que estão na casa” (v.15). Velador é um suporte de madeira, sobre o qual se coloca o candeeiro ou uma vela, de forma que a luz que ali estive ilumine a todos que estiverem em seu redor. “Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus" (JO.3.21).


Infelizmente, ha. pessoas, crentes, que se colocam debaixo do alqueire do COMODISMO, DA INDIFERENÇA, DA FALTA DE FÉ E DE AÇÃO, apagam - se por lhe faltar o oxigênio da PRESENÇA DE DEUS. 2-3 O TESTEMUNHO QUE RESPLANDECE (v.16) “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens...” O cristão em Jesus NÃO TEM LUZ PRÓPRIA, ELE NÃO É ESTRELA, com luz própria. Ele pode ser comparado a um planeta, que é um astro que é iluminado por uma estrela, em torno do qual ele gravita. Na verdade, nós somos iluminados por JESUS. Ele sim, é a "ESTRELA DA ALVA" (2 PE.1.19) (AP.22.16) Nele e em torno dele que nos vivemos, e recebemos a sua luz. Com nosso testemunho, precisamos esparzir a “luz do evangelho da glória de Cristo Jesus”. (2C0.4.4). 2-4 PARA QUE VEJAM AS VOSSA BOAS OBRAS. O cristão, como luz, dá seu testemunho através das boas obras de salvo, de remido. Conforme nos diz Paulo em efesios (EF.2.10). Muitos têm ganhado almas para Jesus, na evangelização, por que praticam um testemunho eloqüente, em todos os lugares. Sabemos de servos e servos de Deus, que, no lar, ganharam toda a família, por causa de suas atitudes realmente cristãs; outros que no trabalho ganharam seus colegas, por causa do comportamento cristão. Com isso, eles glorificam a JESUS, que está nos céus. Paulo exortando os crentes acerca do testemunho, disse que fizessem tudo para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio duma geração perversa e corrompida, entre o qual resplandeceis COMO ASTRO NO MUNDO. (FP.2.15). Em provérbios se lê: “Mas a vereda dos justos é COMO a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia PERFEITO. (Pv.4.18). Pr. Roberto Amaral.


O TESTEMUNHO DO CRISTÃO