Page 1

Diversão e cultura para a gurizada - Nº 88 - 16 de fevereiro de 2014

OI

nINHO 10 fILHOTES ESTÃO FORMADOS PÁG. 2

eNTREVISTA CONHEÇA O ESCRITOR ALEX GOMES PÁG. 6

CONVIVÊNCIA E D LA U A O Ã D S O N ALU IAIS PÁGs. 4 e 5 COM COLEGAS ESPEC

SURF GALERINHA PARTICIPA DE CAMPEONATO PÁG. 8


Paraíba, 16 de fevereiro de 2014

2

Você sabe o que tem dentro dos sucos em caixa?

Ninho 10

Filhotes à caminho

Um vídeo produzido pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) adverte que a quantidade de açúcares e conservantes em sucos e néctares industrializados é muito grande e que, em algumas marcas, as quantidades de frutas e néctares são baixíssimas. Esse foi o resultado de uma pesquisa feita pelo Instituto. Outro problema é o modo como as informações são colocadas nos rótulos, sempre em letras pequenas ou com nomes desconhecidos pela população. Veja o vídeo: You Tube: “Agite(-se) antes de beber” Mais informações: www.idec. org.br/especial/agitese

O Correio Criança adotou o Ninho 10, localizado em Intermares, protegido pela ONG Guajiru, e acompanha o crescimento dos filhotes até a desova.

Após 40 dias no ninho, os filhotes estão formados, mas, ainda bem menores do tamanho que nascerão. Eles estão dobrados como uma letra “C” e a gema do ovo (o vitelo) é ainda grande, grudada no umbigo, alimentando o filhotinho em desenvolvimento. Nessa fase já está determinado o sexo: como as temperaturas estão altas, nascerão fêmeas. Em mais uma semana, elas rasgarão a casca do ovo e começarão a se preparar para sair do ninho.

Outra novidade é que a ONG Guajiru tem um ponto de referência, no final da Praia do Bessa. Foi uma iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente de João Pessoa. “Agora temos um espaço mais adequado para as atividades de proteção às tartarugas e de educação ambiental”, comemorou Rita Mascarenhas, coordenadora da ONG.

ARTE

a, A leitora do Correio Crianç es, Laryssa Caroca Fernand os de 12 anos, deseja a todos as! aul às alunos uma feliz volta

Participe do Correio Criança. Mande o seu texto ou desenho pelo e-mail: correiocrianca@correiodaparaiba.com.br, ou envie para Correio Criança - Av. Dom Pedro II, 623 – Centro, João Pessoa - PB CEP 58013-420. Ou deixe-os diretamente na portaria.

correio crianÇa ,

Suplemento infantil quinzenal do Editor Geral Sony Lacerda | Jornalista Responsável Márcia Dementshuk (DRT-RS 8376) | Revisão Marianna Vieira | Fotos Arquivo Jornal Correio Comercial Glícia Rangel | Programação visual e diagramação Klécio Bezerra | Conselho Editorial: Professores, Ana Paula Hollanda, Kay Francis, Kátia Cilene | Psicólogo João Bezerra Guedes Jr. | Crianças Gabi Magliano, Caio Lucas Nobrega, Bruno Emídio Artes anúncios Vania Flor | Colaborador Especial Chico Augusto | Gráfica Egídio Oliveira | Contato correiocrianca@correiodaparaiba.com.br

Apoio:


Paraíba, 16 de fevereiro de 2014

Folia para garotada

3

AgItAdA GaNg O tema desse ano é “Agita Brasil”. O artista plástico que fez o estandarte para o bloco foi Babá e doou ao grupo. A animação estará garantida pela Trupe de Atores e Palhaços da Paraíba!

Dindin de Manga É a vez dos pequenos abrirem as comemorações do Carnaval! A folia vai ficar completa com as camisetas oficiais do bloco que poderão ser trocadas por 2 Kg de alimento.

Dia: 22/02 - Horário: 16h30 Local: Em frente à Academia Corpo Livre na Avenida Epitácio Pessoa (próximo ao posto 99) Saída: 18 h

Dia: 18/02 - Local: Cordão Encarnado, Centro (onde está localizado o Instituto Picolé de Manga, em frente ao Posto Tropicana.) - Concentração: 17h

Muriçoquinhas O repórter Teen Caio Nóbrega entrevistou Eliane Holanda, do Bloco Muriçoquinhas e contou todas as novidades do bloco: Correio Criança Porque este tema?

As Muriçoquinhas 2014 desce a avenida Conscientizando a população para a inclusão social - “Somos todos iguais na diferença” tema que será trabalhado durante o ano em escolas públicas, privadas e em comunidades com apoio do

Ministério Público do Estado da Paraíba (CAOP) e Casa Pequeno Davi. O desfile será aberto com um cordão para crianças com deficiência e todos se divertirão com Diana Miranda, o Palhaço Pipi, Baba Baby e Teleco Teco e muito frevo!

Muriçoquinhas - É uma maneira de cons cientizar a sociedade sobre as dificuldade pelas quais as crianças passam. Criança tem que ser amada e respeitada independente das diferença s! Todos os anos o bloco atua em projetos, como funciona? O bloco começou como uma brincadeira e cresceu muito... Agora, não somos só um bloco, procuramos reivindicar direitos das crianças.

Dia: 26/02 - Local: Ladeira do Clube Cabo Branco na Epitácio Pessoa - Saída:17h

Como as crianças com deficiência podem participar? Nós teremos um cordão que abre o bloco. Para participar basta adquirir uma pulseirinha que será distribuída gratuitamente na hora do programa, depois é só brincar!


OI

4

A turma aplaude, em Libras, a apresentação da colega Suênia

OI João Batista da Silva Neto

Tiago Silva dos Santos

“Nada sobre nós Este é o lema das pessoas com deficiência, definido em 2004 na Convenção Internacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência. Você entendeu o que significa? Ninguém tem o direito de tomar decisões à respeito de pessoas com deficiência sem que essas pessoas estejam presentes no debate. Na Escola Municipal de Ensino Fundamental Índio Piragibe, no bairro de Mangabeira, João Pessoa, todos os alunos, especiais ou não, participam normalmente das aulas, das atividades e das brincadeiras! A escola tem 54 alunos com essas características e eles convivem dia a dia com a turma. Na sala do 6º ano, Tiago Silva dos Santos, de 12 anos, e João Batista da Silva Neto, de 14 anos, não escutam nada e não podem falar. Mas os colegas se comunicam com eles por Libras, a língua do surdo-mudo. “As crianças estudam libras desde o 5º ano e já sabem várias palavras”, informou a vice-diretora Ailma Alves.

Outra aluna especial dessa turma é Suênia Kelli Macedo. Ela é cadeirante e nasceu com um problema nas pernas. “Eu só consigo caminhar me apoiando nas coisas, ou ando de cadeira de rodas”, disse Suênia. A deficiência não a impede de se divertir na hora do re-

cr d

m p p d d n

Games ajuda

Suênia gosta de compor canções para compor com os colegas

O colunista do Cor Criança, responsável p coluna Fullgames, João nior, trabalha pelo des volvimento de pessoas deficiência intelectual, tistas, paralisia cerebra síndrome de Down usa games. É uma diversão “Pois é, eles ap dem brincando. Os jo


s, sem nós”

rreio pela o Júsencom aual e ando ! renogos

Existe mais de 600 alunos com necessidades especiais. Suzi Belarmino (com o repórter teen Caio Nóbrega) é a primeira coordenadora de Educação Especial de João Pessoa, em toda a história, que possui deficiência: ela é cega. Cumpre-se o lema!

de computador, tablets ou smartphones incentivam o desenvolvimento da memória, da auto-estima, da coordenação motora e da percepção”, explicou João Júnior. Ele desafiou a turma do Índio Piragibe para uma partida de futebol digital e a galera topou!

De nada Veja o que acontece, na rede municipal de ensino, segundo a coordenadora de Educação Especial da prefeitura de João Pessoa, Suzi Belarmino:

reio. “Eu brinco junto de bola, de pega-pega...”, falou. Mas o que Suênia gosta mesmo é de cantar. Ela compõe músicas e apresentou para toda a turma a canção de que mais gosta: “Dia Lindo”, que fala sobre uma menina que teve um sonho.

am pessoas especiais

5

Fotos: Thiago Casoni

Obrigado

Paraíba, 16 de fevereiro de 2014

Colunista João Jr. desafia a turma

Todas as escolas podem e de vem receber alunos especiais. Um cuidador é designado para apoiar os alunos especiais. Existem 12 ônibus adaptados com motoristas e monitora s que buscam o aluno em casa, levam até a escola e conduzem a criança de volta. 12 professores de Libras ensinam a língua dos surdos para crianças e outros professores. Extistem 50 intérpretes para Libras e 200 nas escolas.


Paraíba, 16 de fevereiro de 2014

O I R Á S R E V I N A O I R É T I M E C O N 6

Alexandre de Castro Gomes O Alex, é carioca e sua profissão é escrever livros para crianças. Sua esposa, Cris Alhadeff, é ilustradora e ilustra alguns livros de Alex. E seus filhos? Será que serão artistas também? Descubra nessa entrevista e aventure-se no mundo da literatura!

A família com a escritora Ana Maria Machado

Correio Criança Você sempre concorda com as ilustrações de seus livros? Alexandre - Como funciona: normalme nte recebo um rascunho das ilustraçõ es para aprovação. Já pedi para mudarem uma coisa ou outra. Em “Condomínio dos Mon stros” (RHJ) pedi para aumentar a altura do vam piro e diminuir a do saci. São detalhes. Não gosto de interferir na visão do ilustrador. É impo rtante que seu trabalho tenha a sua cara. Como surgiu a história do “Aniversário no Cemitério”? Surgiu de um passeio no cemitério São João Batista, aqui no Rio (de Jan eiro). Resolvemos levar as crianças para ele s conhecerem o lugar. O lugar é lindo. Ch eio de esculturas, poemas em lápides e obr as de arte. O que teria de legal em um

cemitério? os! De um lado o Santúmul os A história que acompanha da. Ande mais um Miran em Carm a outro do nt, tos Dumo túmulo pouco e tem o Cazuza. Um pouco antes há um o que se sujeit um de e, bronz em com um globo da morte Niterói, de ricano -Ame Norte s Circu Gran no apresentava que pegou fogo. E o Livro? espécie de Bem, em um canto do cemitério há uma entei com Com l. dáve agra o muit jardim, um recanto Para ali. festa uma fazer para até daria a Cris que iro cove do anos o livro foi um pulo. A festa de cem os s todo que já os, mort os onde os convidados são tou apos Fina ta Escri ra edito A . foram se amigos dele na história e hoje é do mundo.

porteiro do De onde veio a ideia do livro “O , uma his13) (20 Condomínio dos Monstros” uosos? nstr mo ns age son tória com vários per “Condomínio Esse livro é uma continuação de r dizer, uma dos Monstros” (Editora RHJ). Que você não que continuação descontinuada, por órias hist São o. precisa ler um para ler o outr A ns. age son per mos diferentes, com os mes já que s ínio dom con de s niõe ideia veio das reu o mei ém de algu participei. Quem não é vizinho de o elud cab do sinistro, da velhinha esquisita, antes quanto? ress inte tão os outr de e elos chin stão de julgar que a a Neste segundo livro entr aí um terceiro vem E cia. rên os outros pela apa receberá ínio dom con o ndo qua livro da série, em. um visitante inesperado. Aguard

Qual dica você pode dar para quem quer escrever uma história? Uma ideia será sempre uma ideia até que você a coloque em prática. E depois de escrita vem a revisão, que é quando cortamos grande parte do texto e mudamos a o resto. Isso pode nunca terminar. Então a maior dica é terminar o que começou. No Blogão tem um texto que fiz com 20 dicas para publicar seu livro: http://alexandredecastrogomes. blogspot.com.br/2011/03/20-dicas-para-publicarseu-livro.html

Você e Cris têm dois filhos. Eles também participam das produções literárias? Que idade eles têm? O Guilherme tem quase 12 e a Nina tem 9. A Nin a já fez desenhos para qua drinhos na parede da cas a de um personagem em um livro que a Cris ilustrou (“Alice faz aniversário”, Edi tora ZIT). O Guigo desenhou a Cris e eu par a a página com os perfis dos autores em “Aniversá rio no cemitério” (Editora Escrita Fina). Escrevi um livr o a pedido da Nina que queria uma história com pinguins (“Como pode um pinguim no Polo Norte?”) . E deixei de matar um personagem em um livro inédito que estou escrevendo a pedido do Guilhe rme!

Novidade s para 2014

“A bo (il. Sergio M la ou a menina?” agno - Mel horamento s); “O corvo e o dragão” (il. Cris Eich – Globo) “Folclore de chuteir as” (il. Visca – Peirópolis) “Robóticos ” (il. Cris Alh adeff – Rove lle) “Essas ma ravilh (il. Anttonio osas geringonças” Pereira – Fr anco)


Paraíba, 16 de fevereiro de 2014 Fotos: DoRE sURF KIDs, ItAPUAMA CLICKs, sÉRGIo AGUIAR E Posts No FACE DA GALERA!

FullGAMES

8

Galerinha do surf disputa o paraibano Uma nova geração de surfistas está despontando na Paraíba. Eles têm entre 7 e 15 anos e rasgam as ondas com a prancha. Neste final de semana, eles estão participando da etapa final do Campeonato Paraibano de Surf, em Barra de Camaratuba. Quem Sairá campeão?

A gurizada treina nas praias perto de onde moram, depois, ou antes das aulas. Nas férias, a programação predileta é surfar. Todos eles são filhos de surfistas, é como diz o ditado, “filho de peixe...” Mas os pais acompanham a garotada, e alertam: entrar no mar sozinho é perigoso. Nalanda Nascimento Carvalho, 11 anos, de João Pessoa, é presença marcante do surf paraibano

rros, os e Wlinik Ba s õe Barros, 12 an ll tiç de pe m en co W , s anos para a ri Barros , 7 para o mar e os nt ju o Os irmãos Yu vã Cabedelo, e 15 anos, de

Antônio Maia, de 12 ano s, de Baia da Traição, estuda à tarde e treina pela manhã , todos os dias. “Mesmo qua ndo chove, esperero estiar e entro no mar. De repente, começa a chover de novo!”

Froad Você é daqueles que sempre quis ter um bichinho de estimação diferente? Que tal um sapo? Poderia impressionar seus amigos, mas alimentá-lo pode ser complicado.... Melhor então jogar Froad da Yoyo Games, um sapinho que sempre está com muita fome e é rápido com sua língua para capturar insetos, ele mostra qual inseto quer comer e você deve ajudar a capturá-lo! Será que você consegue um inseto de ouro? Cuidado com os insetos venenosos ou seu Froad ficará doente!

Você sabia...

Reginaldo Filho, o Guinho, 10 anos, é o surfista mais novo do Campeonato Brasileiro da Confederação Brasileira de Surf que começou em janeiro. Treina em Coqueirinho

Jéssica Miranda, 9 anos, já participou de vários campeonatos. Começou a enfrentar as ondas desde pequena, com o pai. É de João Pessoa

Por João Jr. psicologojp@yahoo.com.br

Kaua Hanson, de João Pessoa, é bom aluno e tem o apoio da escola onde estuda para surfar

Froad é adequado para todas as idades e treina a coordenação motora, estimula a percepção, agilidade e a resposta rápida do jogador, além de ter um belo colorido e ser um ótimo jogo casual, disponível para smartphones e tablets andróide, assim como para ipads, iPhone e iPod touch.


Correio Criança - Edição 88 - 16 de feveriro de 2014  

Suplemento infantil do jornal Correio da Paraíba

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you