Page 1

ZIRALDO


TRIIIMMM!

3


p么, acabou o recreio! vamos nessa?

4

CALMA! FICA FRIA! tem tempo!


CALMA, NADA! agora TENHO prova de matemática1 FUI!

kkkkkk...

Falando sério... Vida de estudante secundarista não é mole, mas essa fase é inesquecível. Aquele clima de zoação, de companheirismo e de cuca fresca é muito legal. 5


Só que, às vezes, abusam do bom humor do estudante!

UÉ? JÁ VOLTOU DA PROVA? ENTREGOU EM BRANCO?


NÃO VAI TER PROVA. A sala está sem luz.

DE NOVO? ISSO NÃO TÁ LEGAL...

7


É SÓ ISSO QUE ESTÁ ERRADO NA SUA ESCOLA?

8


TEMOS QUE TOMAR UMA ATITUDE!

temos que ir pro face!

IR PRAS RUAS!

9


O LANCE NÃO É MAS


SÓ O QUE FAZER, COMO FAZER. Os problemas estão aí, ao nosso lado. Mas as soluções também estão aí, debaixo do nariz, dentro da nossa escola. A turma tem que se unir!

O CAMINHO É CHAMAR A GALERA E FUNDAR UM GRÊMIO ESTUDANTIL! 11


PÔ, TEM MUITA COISA FALTANDO AQUI NA ESCOLA...

12

...E MUITA COISA PRA CONSERTAR.


TEM MUITA COISA QUE EU QUERIA...

eu queria uma escola TIPO FILME, toda no jeito, com biblioteca, laboratório, professores VALORIZADOS E MAIS MOTIVAÇÃO PRA GENTE!

13


eu queria uma quadra legal pra bater uma bola e praticar mais esportes na escola!

14


eu queria MEXER no cardรกpio da cantina!

15


eu queria que a diretoria apoiasse nosso festival de música.

16

eu queria organizar uma festa e uma exposição de arte.


Sozinha, sua voz se perde. Mas nossas vozes juntas, no grĂŞmio, vĂŁo ser a voz da maioria e ela serĂĄ...

17


...OUVIDA POR TODOS!

18


O grêmio é a melhor maneira de mostrar aos professores e à direção que os estudantes estão organizados e sabem o que querem. É o meio de os estudantes participarem, democraticamente, das escolhas feitas na escola. Sua escola tem que ser legal, e pode ser. Pense lá na frente! Cada pequena vitória vai dar mais vontade de lutar.

20


E, como o Brasil também sempre precisa de melhorias, a sua galera, organizada no grêmio, pode ir pra rua se manifestar e lutar por direitos. Você tem visto quantos estudantes nas últimas caminhadas de protesto? Muitas escolas foram representadas. Vocês vão querer ficar de fora?

21


[PRA FUNDAR UM GRÊ Para um grêmio funcionar bem, precisa de duas coisas: primeiro, manter uma ótima comunicação com os estudantes – ouvir e discutir as ideias de todos, principalmente durante seu processo eleitoral. Pra isso, valem rede social, jornalzinho, mural de notícias, rádio no pátio, tudo.

22


ÊMIO, TEM UM BEABÁ! Segundo, a turma que fundar o grêmio tem que saber que não é dona do pedaço. Não tem “cacique”. Todos são iguais e devem participar. Assim, a liderança pode passar de uns para outros e o grêmio vai ser pra sempre.

Última dica: a UBES - União Brasileira dos Estudantes Secundaristas já escreveu um guia passo a passo para ajudar. Agora a bola está com vocês! 23


CONSTRUA O GRÊMIO Para criar um grêmio, é necessário chamar todos os estudantes da sua escola, de todas as turmas, para participar. Depois, é seguir estes passos para que ele seja legalizado e reconhecido.

1) Formar a Comissão Pró-grêmio Na primeira grande reunião de estudantes, elejam uma comissão. Ela terá que preparar a fundação do grêmio, dando um toque em todo mundo, por meio de murais, boletins e redes sociais, para ficarem ligados e darem sugestões.

2) Aprovar o estatuto Estatuto é o texto com todas as regras de funcionamento do grêmio. Por exemplo: quantos são os membros da diretoria e quais são suas diferentes funções; qual o tempo de mandato; quais são as normas da eleição, etc.

24

No endereço www.ubes.org.br vocês encontram um exemplo de estatuto como sugestão. Quando o estatuto estiver bem discutido, a Comissão Pró-grêmio convoca uma assembleia geral para votar sua aprovação ou não.


DA SUA ESCOLA! 3) Redigir a Ata da Assembleia Geral No início da assembleia escolhe-se uma pessoa para secretariá-la, ou seja, anotar tudo o que acontecer na reunião: quem compareceu, a que horas se iniciou, em que local aconteceu, quais assuntos foram tratados, quem votou a favor ou contra, etc.

No site da UBES também há um arquivo com o modelo de ata para vocês se basearem. Deem uma olhada. Ah, e todos os que compareceram à assembleia devem assinar esse documento redigido pelo secretário ou secretária.

4) Realizar a eleição Escolham, na assembleia, um grupo para organizar o processo eleitoral. Eles devem marcar a data da eleição, receber as inscrições de candidatos e chapas, fiscalizar a honestidade da campanha e resolver os problemas e dúvidas normais de toda eleição.

25


Os membros dessa comissão eleitoral devem eleger um dos membros para coordenar as ações. A apuração dos votos, a declaração dos vencedores e a posse dos eleitos também serão feitas por essa comissão. Todas essas informações devem ser escritas numa ata eleitoral.

5) Legalizar o grêmio Juntem todas as atas e registrem no cartório civil de pessoas jurídicas ou no cartório de títulos e documentos do seu bairro ou cidade.

Essa carteira é a que garante o direito a pagar meia entrada em cinemas, teatros e casas de show, além de arrecadar recursos para algumas das atividades do seu grêmio! Alguma dúvida? Não? Vam’bora fazer o grêmio, então!

26

6)Cadastrar na UBES Agora é hora de cadastrar o grêmio da sua escola na UBES, que emite o Documento Nacional do Estudante.


Já pensou quanta coisa deveria melhorar na sua escola? Quantas ideias você já teve de eventos esportivos, culturais e debates? Muitos colegas pensam como você. Para essas melhorias não ficarem só na imaginação, os estudantes precisam se organizar. Escuta o que eu estou te dizendo: Está na hora de fundar o grêmio estudantil da sua escola!

Cartilha: A Hora do Grêmio é essa!  

Cartilha de Grêmios da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), ilustrada pelo cartunista Ziraldo, lançada em fevereiro de 2015...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you