Page 1

i\GUEDA ~

CAl.IARA M UNIO PAl

Boletim ,Aguedaunicipal 2008

Câmara Municipal de Águeda Praça do Município 3750-500 Águeda Geral: 234 610 070 N." Verde: 800 203 197 Fax: 234 610 078 E-mail: geral@cm-agueda.pt Gabinete de Atendimento ao Municipe: 234 610 080 Presidência e Vereação: 234 610 075

Divisão de Cultura, Turismo, Desporto e Tempos livres: 234 61 0070 (Extensão 219) Protecção Civil: 234 610 075 (Ertensão 214) Biblioteca Municipal: 234 624 688 Acção Social: 234 611 290 Fórum Municipal da Juventude: 234 623 012 Mercado Municipal: 234 624 971 Posto de Turismo: 234 601 412 Piscinas Municipais: 234 623 387 Armazéns Municipais: 234 644 269

Edição: Câmara Municipal de Águeda www.cm-agueda.pt

Dezembro 2008 2° Semestre Distribuição gratuita ISSN 0874-7512


Boletim


AGUEDA

Ficha Téonlca

~ jli. 1

...

~-,..

Doleum InformaUvo C4m.ara Municipal de Águeda (Dezembro 2008) EdlçAo e Proprtedade Cêmara Municipal de Águeda, Praça do Município

3750-500 Águeda www.cm-agueda.pt CoordellllÇio Gabinete de Apoio à Presidência gabinetedapresl.dencla@cm-agu.eda.pt Fotografia

Serviços da CMA

-.....

Projecto GrlUlco Ezza DESIGN - www.ezzo.pt

JOARTES - Artes Gráficas, Lda.. Águeda joartes@joartes.pt Dep6s1to Legal:

ISSN:

-

2 0000 exemplares

Publicção Semestral Distribuição Gratuita


Nesta ĂŠpoca festiva desejo a todos os cidadĂŁos de Ă gueda um Natal cheio de alegria e votos de um feliz Ano Novo!

o Presidente,

Gil Nadais


Editorial potencial na área da Modernização e

Desburocratização Administrativa. Este evento contoucomo envolvimento de muitos dos colaboradores municipais que tiveram opartunidade de apresentar o seu testemunho sobre a sua experíêncía como uma parte sempre importante - em todo o processo.

Lançámos a Plataforma de Discussão Pública.: hoje as decisões da Autarquia são consolidadas pelas expectativas da população.

o Há.3 anos iniciámos o mandato autárquico numa conjuntura claramente desfavorável: a situação financeira da Câmara era

negativa. o relacionamento com os fornecedores difícil. devido às dívidas acumuladas, e o Quadro Comunitário estava esgotado.

convite do Sr. Secretário de Estado

Adjunto e da Administração Local e da Secretária de Estado da Modernização Administrativa para sermos um dos 9 municípios fundadores do SIMPLEX AUTÁRQUICO é o reconhecimento superior de todo processo que Águeda está a desenvolver.

o nosso primeiro objectivo foi credibilizar a Autarquia, sermos uma Câmara que cumpre - uma Autarquia credível! A Reorganização Adminjstrativa assumiu primordial importância, porque pretendíamos ter uma câmara que respondesse com efi.ciência e eficácia às solicitações dos munícipes. O processo que iniciamos conduziu a que hoje sejamos um exemplo a nível nacional, sendo um caso exemplar de .IIBoas Práticas" constituindo um "modelo a ímíter" . Muitas são as visitas de outras Câmaras que vêm conhecer a nossa realidade para seguir a nossa forma de funcionamento. Um ponto alto deste processo foi a atribuição pela empresa Delottte do prémio Boas Práticas Da

Administração Local na área da Gestão Financeira _1° LUGAR. Não podemos deixar de referir com ênfase especial a realização das I" JORNADAS DE MODERNIZAÇÁO ADM1NISTRATIVA que contou com a participação de 500 congressistas de mais de 130 organismos públicos (Autarquias, Direcções Gerais, CCDR's,etc) e durante as quais Águeda leve

oportunidade de apresentar todo o seu

A CERTIFICAÇÃO dos 3 Departamentos Municipais segundo a Nor:m.a ISO 9001 é uma realidade que permite controlar e registar todos os procedimentos internos, sempre na procura de um serviço melhor e mais eficaz para todos os cidadãos e empresas, no sentido de ter um município mais competitivo onde seja possível planear os investimentos e saber o tempo necessário para a sua concretização, numa gestão mais aberta e transparente de todos os procedimentos. Está em curso o passo seguinte à Certificação da Qualidade, através da norma EFQM para o Committed to Excellence" - o patamar mais alto do serviço ao cidadão. Mas não foi apenas na reorganização interna que desenvolvemos acção relevante. H

Na área da Educação o modelo adoptado, com envolvimento das instituições do Concelho, para a dinamização das Adivldades de Eorlquedmenlo Curricular (AEC's) é considerado um exemplo a seguir na concretização do projecto. O reforço e a atenção dada à área da educação, a

EditOrial .


uma mais eficaz integração social destes agregados familiares. Com o apoio da Autarquia, estão a ser desenvolvidos, em várias freguesias, 8 projectos de IPSS, apoiados também pelo PROGRAMA PARES , num investimento que deverá atingir os €6.500.000. No que concerne à Habitação, estão em construção e em projecto 88 habitações a custos controlados. As obras realizadas pela Câmara, no Largo Primeiro de MaiolLargo do Botaréu não

podem ser esquecidas, assim como o grande investimento realizado na compra de terrenos que vão permitir afirmar Águeda no futuro. Uma atitude pró-activa no sentido de estabelecermos parcerias entre a Universidade, a ESTGA, as Associações Empresariais e o Municipio tem sido traduzida no projecto RICÁgueda que conseguiu criar uma Rede de Inovação e Competitividade com. diversas iniciativas que são do conhecimento público. Deste projecto surgiu a candidatura à rede Europeia de UVING LABS com o projecto Lighting Living Lab que foi um dos dois únicos projectos nacionais a serem admitidos na Rede Europeia de living Labs (www.openlivinglabs.eu). Mas como consideramos que o trabalho em parceria é muito mais enriquecedor e contribui - claramente - para a adopção de novas soluções para problemas velhos, esta Autarquia TAMBÉM tem apostado na constituição de parcerias em redes Europeias, através de candidaturas associado a outros municípios europeus, a programas europeus. Através do programa URBACT II temos já confirmada a parceira europeia com o projecto RUnUP (O papel das Universidades no desenvolvimento das pequenas e médias cidades) com os seguintes parceiros: Barakaldo de Espanha, Campobasso de Itália, Dunkirk de França, Leszno da Polónia, Patras da Grécia, Potsdam da Alemanha, Solna da Suécia e Gateshead Council da Inglaterra.

A celebração de um protocolo (apenas 3 municípios do país integram este projecto piloto) com a APA (Agência Portuguesa do Ambiente) para a implementação da AGENDA 21 LOCAL é um. passo decisivo para o processo de desenvolvimento sustentado que queremos para Águeda, conjugado com uma série de acções que passam pelo CARBONO ZERO, pela sustentabilidade energética dos equipamentos municipais, por uma Águeda, mais solidária e mais amiga do cidadão. Muito mais poderíamos dizer sobre o que realizámos durante 3 anos; não podemos terminar sem referir as promessas que há. muito faziam parte do imaginário de todos os que nasceram ou habitam no Concelho de Águeda, · O Abastecimento de água a partir da Redonda - o projecto está a ser d.esenvoMd.o pela Associação de Municípios do Cervoeíro, de que a Câmara de Águeda faz parte; · O açude no rio Águeda, depois do projecto, que mandamos elaborar, estamos em condições de adjudicar a obrai · ÁJeas de Locallzal;ão IDdllSlrlol- estamos convictos que no ano de 2009 começará a ser construída a primeira empresa nos terrenos que esta Câmara adquiriu no Casarão e na Gíeateíra. Foram adquiridos mais de 500.000 m2 de terreno representando um investimento financeiro, já efectuado superior a €1.500.0001 · UlJilção Águeda-Aveiro - finalmente foram dados os passos necessários à sua concretização; está. neste momento em concurso. De uma forma resumida apresentamos algumas das acções desenvolvidas e vamos continuar a fazer mais pela nossa Terra. Em época natalícia, oferecemos-lhe este pequeno presente. Fazemos votos para que tenha um Bom Natal e um ano de 2009 muito positivo. Um abraço

(fi A~Lt:, Gil Nadais

EditOrial .


Na C&mara de Águeda

Secretário de Estado da Administração Local sente o pulso à Modernização Administrativa Agueda, ., de Março de 2001 A Cdmara Municipal de Agueda in:i .receber, na próxima sexta-feira, 9 de Março, a visita do Secretório de Estado Adjunto e da AdminiBtroçáo Local, Dr. Eduardo Cabrita.

Esta visita surge na sequência do convite formulado pelo Presidente da edilidade,

Dr. Gil Nadais. para que este membro do Govemo conhecesse, in loco, os passos que estão a ser dados no âmbito do processo de Modernização Administrativa e da Gestão Autárquica em marcha na Câmara Municipal de Águeda.

Assim, entre as muitas novidades que a Câmara Municipal introduziu para a modernização, desburocratização e qualificação dos seus serviços, com ganhos claros para os munícipes e empresas, contam-se a simplificação de procedimentos para os mais diferentes fins. a

desmaterialização de processos (i.e. sem recurso a formulários e outros documentos em papel, através da disponibilização de

_

Administração Local

serviços em linha - os web services -, mas, também, com a possibilidade dos documentos necessários para licenciamentos de obras, por exemplo, poderem ser entregues num suporte digital- DVD ou CD-ROM). A modemizaçã.o dos canais de comunica.çã.o com o munícipe e com as empresas foram uma outra aposta, privilegiando-se. para o efeito, o correio-electrónico e as mensagens via rede telemóvel (SMS), uma vez que permitem. uma rápida troca de inform.a.çã.o, bem como o envio de lembretes e alertas.

Resultado da profunda alteração de procedimentos internos que a Câmara Municipal de Águeda tem vindo a levar a efeito nos últimos meses, foi a emissão. no passado <tia 1 de Fevereiro, da 1" Aulorizoção da CoDSlmçio na Hora, pelo que. camara Municipal de Águeda tornou-se a t· Autarquia do país li ter este procedimento.

Com efeito. as Autorizações de Construções em loteamentos urbanos licenciados ao abrigo do Decreto-Lei D.O 555/99, passam


a ser emitidas na hora, isto é, o promotor pode dirigir-se ao Gabinete de Atendimento Municipal com o processo, devidamente instruído e, na Hora, é-lhe emitida a autorização de Construção o que, na prática, permite, de imediato, dar inicio à obra. Esta alteração de posicionamento da Câmara Municipal, que reforça, acima de tudo, uma relação de confiança entre a autarquia e o mwúdpe, abre novas portas para as alterações que estão em curso, sempre com o objectivo final de dar qualidade ao serviço municipal, ajudar os novos investimentos e colaborar, numa relação de confiança, com todos aqueles que pretendem apostar neste Concelho. Mas a Autorização na Hora não é a única novidade; a Autarquia assume o seu pioneirismo em outros procedimentos. Também os pedidos de Prorrogação de Prazo do Alvará de Construção são emitidos na hora e, de igual forma, também os Alvarás de Autorização de Utilização. Outra inovação, que reduz o tempo até agora necessário, é a emissão do Auto de VIStOria na Hora, no local da obra, sendo fornecido ao requerente no final da realização da Vistoria.

As alterações estão a ser concretizadas e não acabam por aqui. A curto prazo teremos

a submissão de pedidos on-line. Mas a Câmara Municipal de Águeda dá, também, cartas naquilo que hoje se chama de Democracia Electrónica através da disponibilização de uma platafonna de discussão pública aberta à. participação de todos. Geofórum é o nome dado a esta plataforma de discussão pública. O INESC (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores - Porto), entidade parceira da Câmara Municipal de Águeda, desenvolveu esta plataforma de discussão que pretende ser um. espaço democrático de diálogo, onde os intervenientes podem aceder ao sítio electrónico da Câmara Municipal de Águeda e dar o seu contributo, lançando ideias, críticas e sugestões para melhorar o funcionamento viário da Cidade. Este tem sido um dos aspectos mais observados e que mais atenção tem despertado junto das comitivas das edilidades que têm visitado os serviços da autarquia Aguedense. Brevemente irão ser lançados outros fóruns de discussão.

A consulta de processos online é outra realidade. Para o efeito, é suficiente a autenticação do interessado no portal da Câmara Municipal a partir do qual poderá saber, em casa, no seu computador, a situação do processo que apresentou na autarquia.

Adminstração

LOcal _


Jornadas de Modernização Adm!n!..tratlva

'~

A

"

Camara de Agueda está na Vanguarda"

Agueda, 16 e 11 de Abril de 2008

...A Cómara de Agueda esté, sem dúvida, na vanguarda da modernização administrativa da Administração Local,

apresentando várias soluções inovadoras·, A afirmação foi feita por Eduardo Cabrita, Secretário de Estado da Administração Local na abertura das Jornadas de Modernização Administrativa. Gil Nadais reiterou o objectivo de "tomar Agueda o primeiro municIpio digital do pais", considerando que, em matéria de modernização administrativa, ·podemos

·Transparéncia· é o que o Presidente da Câmara de Águeda pretende para o concelho, Para Gil Nadais é -Iundamental descortinar o que é feito pela administração pdblica".

Na apresentação dos novos serviços, desenvolvidos e implementados na

·Uma referéncia a nivel nacional" é, para o secretário de Estado da Administração Local, o que melhor define a Câmara Aguedense. Eduardo Cabrita veio a Águeda presidir à sessão de Abertura das Jornadas de Modernização Autárquica e admitiu que 'muitas vezes esta Autarquia" consegue, em matéria de modernização administrativa, estar "à frente do próprio poder cenmü", Segundo o governante, a Câmara de Águeda é "critica e incwadora·,

Câmara, a representantes de mais de 60 municípios do país, bem como empresas, membros dos colaboradores das mais diversas áreas, Gil Nadais considerou que ao longo dos últimos dois anos ultra-

Na sessão de encerramento das Jornadas, Gil Nadais fez questão de agradecer, uma vez mais, aos parceiros da modernização administrativa, destacando a Medidata e

sempre aperfeiçoar as coisas, podemos

sempre ir mais longe·. Os resultados práticos são, na Autarquia Aguedense, já uma realidade. Águeda tem hoje. segundo Gil Nadais, um ·poder autárquico mais próximo da população e mais amigo dos cidadãos"',

_

passaram-se dificuldades em. que se inovou para desenvolver uma ·comunicação mais fácil com o cidadão·, referiu o edil na sessão de abertura das Jornadas realizadas durante dois dias (quarta e quinta-feira últimas), no Cine-Teatro São Pedro.

AdminiStração Looal


o Aveiro Digital, que "suportou financeiramente quase tudo o que temos". Gil Nadais anunciou ainda que no dia 10 de Abril foi feita a "primeira assinatura digital num documento da Camara de Agueda. É definitivamente o "inicio de um ciclo" que "vai trazer uma revolução na relação entre cidadãos, administração e serviços". A presidir ao encerramento, a Secretária de Estado da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques deixou sugestões em relação a candidaturas conjuntas por parte de Autarquias, para que cada projecto seja mais viável e não se repitam iniciativas separadas apenas em dossiê de processo.

Para o 2009, Gil Nadais deixou a certeza da realização de novas Jornadas de Modernização Administrativa, em que espera contar com mais Autarquias a apresentarem as suas inovações. Para além das sessões d.ecorri.das no CineTeatro, paralelamente realizaram-se algumas sessões práticas na Câmara, onde os participantes puderam contactar directamente com o que foi desenvolvido e implementado na Autarquia em termos de Modernização Administrativa.


PRhuo

.-

BOAS PRÁTICAS no s ecto r público

AdmjDstração

Local_


CAmara de Águeda é Pioneira

Autorização de construção na hora Agueda, ., de Fevereiro de 2007 A Câmara Municipal de Águeda concretiza simplificação de procedimentos na área

do licenciamento de obras particulares. sendo a 1· Autarquia do País fi realizar este acto administrativo.

tudo, uma relação de confiança entre a Autarquia e o nosso munícipe, abre novas portas para as alterações que estão em curso, sempre com o objectivo final de dar qualidade ao serviço municipal, ajudar os novos investimentos e colaborar, numa relação de confiança, com todos aqueles que pretendem investir neste Concelho.

No seguimento da profunda alteração de

procedimentos internos que a Câmara Mwúcipal de Águeda tem vindo a levar a efeito nos últimos meses, foi emitida, na passada quinta-feira, dia 1 de Fevereiro, a t- autorização de construção na hora, sendo que a Câmara Municipal de Águeda

passa a ser a 1- Autarquia do país este procedimento.

li

ter

Com efeito, as Autorizações de Construções

em loteamentos urbanos licenciados ao abrigo do DL 555199. passam a ser emitidas na hora, isto é, o promotor pode dirigir-se ao Gabinete de Atendimento Mwticipal com o processo, devidamente instruído e,

na hora. é-lhe emitida a autorização de Construção o que, na prática. permite, de imediato, dar inicio à obra.

Esta alteração de posicionamento da Câmara Municipal, que reforça, acima de

Mas a autorização na hora não é a única novidade; a Autarquia assume o seu pioneirismo em outros procedimentos. Também os pedidos de Prorrogação de Prazo do Alvará de Construção são emitidos na hora e, de igual forma, também os Alvarás de Autorização de Ocupação. Outra inovação, que reduz o tempo até agora necessário, é a emissão do Auto de vístorte na Hora, no local da obra, sendo fornecido ao requerente no final da realização da VIStoria. A consulta de processos cn-Iíne é outra realidade. Para o efeito, é suficiente a autenticação do interessado no portal da Câmara Municipal a partir do qual poderá saber, em. casa, no seu computador, a situação do processo que apresentou na Autarquia. As alterações estão a ser concretizadas e não acabam por aqui. A curto prazo termos a submissão de pedidos on-Iíne. Agradecemos a colaboração de todos e estamos abertos a sugestões que possam contribuir para melhorannos os nossos serviços.

_

AdminiStração Looal


Águeda na Vanguarda

Autarquia assina Protocolo de participação no Simplex Autárquico Águeda, 7 de Julho de 2008

Com a assinatura do Protocolo de Participação no Simplex Autárquico no passado dia 3 de Julho, o Concelho de Águeda permanece na vanguarda. da simplificação e modernização administrativa.

o Município de Águeda assinou o Protocolo Simplex Autárquico no passado dia 3 de Julho, numa cerimónia que decorreu no Centro Cultural de Cascais e que contou com a presença do Ministro da Presidência. Pedro Silva Pereira, do Secretário de Estado da Administração Local, Eduardo Cabrita, e da Secretária de Estado da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques.

o

Presidente da Câmara Munícípal de Águeda, Gil Nadais, juntamente com os Presidentes de Câmara dos restantes oito municípios fundadores do Símplex Autárquico (Cascais, Guimarães, Lisboa. Pombal, Portalegre, Porto, Redondo e Seixal), assinou este protocolo de colaboração com o Governo que procura alcançar a simplificação relativamente à

consulta pública, à transparência e à prestação de contas. Recorde-se que o Programa Simplex - Programa de Simplificação Administrativa e Legislativa - é um programa concebido para simplificar a vida dos cidadãos e das empresas. Tem como objectivo melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e as condições de laboração das empresas e ajudar a promover o desenvolvimento e o crescimento económico do país, reduzindo a carga burocrática imposta aos utentes dos serviços públicos.

o Simplex Autárquico, por sua vez, reúne medidas propostas pela Câmara Municipal de Águeda e pelas restantes Autarquias participantes, estando aberto à participação de todas, e tal como o Simplex da Administração Central, tem como objectivo a simplificação nomeadamente no que se refere à consulta pública, à transparência e à prestação de contas.


Processos de Licenciamento em Formato Digital Agueda, 8 de Junho de 2008

Desde 1 de Junho, todos os munícipes que queiram dar início à construção de edificações para habitação ou outros fins.

devem apresentar os processos de licenciamento em formato digital, na Câmara Municipal.

o objectivo deste procedimento reside no facto de facilitar a criação, na Câmara Municipal de Águeda, de um arquivo doeumeIIlal que permita a cin:ulaçãD dos processos de um modo mais rápido, válido e eficaz. Deste modo, todos os técnicos e munícipes que queiram. apresentar os seus processos de licendamentos, devem, desde o passado dia 1 de Junho, entregar na Câmara Municipal de Águeda, todos os processos em formato digital, no formato DWF (Autodesk's Design Web Format). Apesar

de não ser um formato editável (o que possibilita uma maior salvaguarda dos direitos de autor), permite, por exemplo, realizar medições e cálculos de áreas. Relativamente à entrega dos levantamentos

----

............ " . . " ," ......

.'.J... ~

~

I- I --

, JI::!-'fr

.., , ,

. , If:.;:- ....... .._... =:::... ...... ;; ,

~.

Lm

AdminIstração Local

•·, • s

, !il~!~ ._,. ,

_

,

topográficos, da planta de implantação e da planta de síntese (no caso dos loteamentos), estes deverão ser entregues em formato DWG (formato idêntico ao anterior, sendo que este pode ser editado). Refira-se, também, que deverão continuar a ser entregues as peças em papel, devido à força da lei vigente, assim como uma Declaração de Responsabilidade. Esta medida de simplificação a.dministrativa que tomará possível uma maior celeridade e um melhor serviço público entre Autarquia e Munícipes.


Geofórum promove Debate Electrónico Desde Setembro de 2006 que aCamara Municipal de Agueda coloca à disposição de todos os mUIÚcipes e público em geral, a possibilidade de debater, através da Internet, temas que lhe dizem directamente respeito.

Geofórum (em http://gis.cm-agueda.ptl gpdpgf4/spash.jsp) é o nome dado a esta plataforma de discussão pública. O INESC (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores - Porto), entidade parceira da Câmara Municipal de Águeda, desenvolveu esta plataforma de discussão que pretende ser um espaço democrático de diálogo, onde os intervenientes podem

aceder ao sítio electrónico da Câmara Municipal de Águeda e dar o seu contributo, lançando ideias, críticas e sugestões para melhorar a Cidade e o Concelho.

o modo de funcionamento é muito simples. Os utilizadores dispõem de dois modos de acesso. Para participar nesta discussão, o utilizador terá que se registar, colocando os seus dados pessoais. Depois do registo pode aceder a todas as funcionalidades, dando as sues criticas e sugestões. O outro modo de participação consiste s6 em acompanhar a discussão pública, através da leitura dos contributos deixados pelos utilizadores registados. Esta forma de participação anónima permite somente aceder aos mapas e informação sem se registar. O primeiro dos temas em discussão foi o Plano de Mobilidade Urbana da Cidade de Águeda, estando neste momento em discussão a intervenção que levará à criação do Parque Ribeirinho da Cidade de Águeda. As possibilidades deste serviço são enormes: permite a livre troca de ideias e sugestões, faz com que qualquer pessoa em qualquer parte do Mundo possa participar e acompanhar o debate e garante que todas as sugestões serão consideradas na decisão

finaI que se tomar. Nas pr6prias palavras de Gil Nadais, ·Esta é uma ferramenta que queremos colocar ao serviço de todos os municipes. O fórum de discussão tem por objectivo tornar mais participados os assuntos que vão ter implicações no nosso futuro. A participação de todos pode conduzir a melhores decisões",

Como refere José Uno Oliveira, investi.gador do INESC Porto que desenvolveu o Geofórum com Ricardo Henriques, ·tratase de levar para outro patamar a democracia electrónica. Por norma as pessoas participam com sugestões concretas e não com ataques pessoais. O que significa que é

uma ferramenta que evita que a população seja posta à margem das decisões camarárias e possa participar sem a deslocação a detenninados locais a determinadas horas·.

Esta é uma forma inovadora de abordar o diálogo com os cidadãos e a melhoria da qualidade de vida, tendo merecido a cobertura da edição de Janeiro de 2007 da revista Exame Informática. Continuam-se, assim, a lançar sementes de diálogo num trabalho em rede com vista a obterem-se as melhores soluções para o concelho. Como o seu registo em http://gis.cmagueda.pUgpdpgf4/spash.jsp e contributo, estamos a colaborar para um Concelho e uma Cidade melhoresl

-....... -- .. ."n' ''••••~ •• ~""

....'-

'::=':':::.."

_....

-

"

~ .­

'-ce-

~=.­

-_. - ~-~-

=.:::--=---_ .__._----_.•-

::-.:...~=---- - -_._-_. _ -_._--

• - - . - - - - - - - - - - -- - . -- - . - - -

,--, .i'

Admlnstração

Local.


~implex

2007

Agueda apresenta "Casa Pronta" Agueda, 25 de Julho de 2001 A apresentação do programa governamental "Casa Pronta ~ ocorreu em.Águeda, no dia 24 de Julho.

Ministério da Justiça Casa Pronta ~ que consiste num "balcão único onde é possível realizar todas as operações relativas à compra. e venda de casas (prédios urbanos) e que é considerada uma das mais importantes medidas do Simplex 2001. M

fi ,

o curto périplo governamental teve inicio na Conservatória do Registo Predial de Águeda (mesmo em frente à Câmara Municipal de Águeda) e contou com a presença do Primeiro-Ministro, José Sócrates, do Ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, e do Ministro da Justiça, Alberto Costa.

Entre os elementos do Governo da República presentes contavam-se ainda o Secretário de Estado da Justiça, João Alberto Costa, o Secretário de Estado Adjunto e da Justiça, José Conde Rodrigues, o Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Amaral Tomás, bem como a Secretária de Estado da Modernização Administrativa, Maria Manuel Marques. Após a visita à Conservatória rumaram ao Salão Nobre da Autarquia Aguedense, onde teve lugar a apresentação do programa de desburocratização administrativa do

_

Administração Looal

Após o discurso de boas vindas do Presidente da Autarquia Aguedense, Gil Nadais, seguiu-se uma detalhada exposição deste programa à plateia, e de Sua Excelência o Senhor Primeiro Ministro, José Sócrates, que finalizou a cerimónia com um discurso de apreciação dinâmico e cativante sobre as vantagens deste programa, destacando a importância da simplificação e desburocratização da relação do cidadão com a administração pública. Ao encerrar o seu discurso não deixou de se referir ao valor meritório do trabalho que a Câmara Municipal de Águeda está. a realizar com a modernização e simplificação do seu aparelho administrativo nas mais diversas áreas. O melhor do espírito empreendedor e inovador que caracteriza o Concelho fica assim demonstrado nos passos que a Edilidade Aguedense adoptou para facilitar a vida dos Municipes e das Empresas.


No que diz respeito ao Programa "Casa Pronta 10, além da concentração no mesmo espaço de todos os actos reladonados com entidades públicas, o Ministério da Justiça pretende tomar mais fácil, simples, rápida e barata a compra e venda de um imóvel urbano, ao mesmo tempo que se extinguem alguns passos burocráticos, até agora obrigat6rios. Este empreendimento entrou hoje em fundonamento e, nesta fase experimental, estará disponivel nas Conservatórias de Registo Predial de cinco municípios: Águeda, Almeirim, Braga, Leiria e Mirandela. Posteriormente, será alargado a todo o território nacional. Certo é que a Autarquia Aguedense demonstrou capaddade para ser o motor de medidas exemplares a nível nacional numa área prioritária para o desenvolvimento do País: o Concelho de Águeda foi selecdonado não só para a apresentação pública, mas sobretudo como cenário desta iniciativa na sua fase experimental.

Administr89áO

Looal_


PRร‰STIMO

Administr89รกO

Looal_


Apresentação de Novo Equipamento de Desencarceramento Agueda, 01 de Dezembro de 2001

obsoleto e desactualizado, dificultando e atrasando as operações de resgate.

A apresentação do novo equipamento de desencarceramento dos Bombeiros Volun-

tários de Agueda realizou-se, hoje, dia '1 de Dezembro, sexta-feira, pelas 10:30h, no

quartel daquela corporação. Este novo equipamento. adquirido pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Águeda, com um forte investimento da Câmara Municipal de Águeda, responde a um. desejo, há muito expresso, de dotar esta unidade de socorro com equipamento eficaz no auxílio e salva-

mento de vítimas de acidentes de viação.

Esta.aquisição traduz-se numa actualização e representa um salto qualitativo nas

operações de salvamento e desencarceramento, já que se trata do mais avançado equipamento da sua gama, Refira-se a este propósito que o antigo equipamento que servia os Bombeiros Voluntários tinha já 20 aDOS e estava

_

Administração Looal

o novo equipamento é um. Holmatro da série 5000, composto por uma tesoura e um expansor com capacidade de 95 toneladas, capaz de operar com as duas ferramentas em simultâneo. É uma ferramenta mais rápida e eficaz permitindo operar em situações de emergência num. menor espaço de tempo e garantindo resultados, no que diz respeito ao salvamento e socorro da vida humana. Este investimento representa uma mais valia para os Bombeiros, pois deste modo vêem modernizado o seu equipamento de primeira intervenção em caso de acidente de viação. Para os Mwúcipes representa um reforço na segurança, garantindo deste modo os meios de socorro e auxílio necessários aos automobilistas, que diariamente utilizam a nossa rede viária.


Modernizavão Administrativa

Camara de Agueda disponibiliza Leitores de Cartão do Cidadão a preço de custo A

'

Agueda, 28 de Abril de 2008

No passado mês iniciou-se o processo de obtenção do Cartão de Cidadão por grande parte dos funcionários, e alguns técnicos que mantêm relações de trabalho com o Município, pretendendo-se que a Câmara Municipal de Águeda seja a primeira Autarquia a implementar este novo sistema de identificação nos seus serviços. A curto prazo a obtenção do cartão estará disponível para todos os cidadãos, o que permitirá. usufruir ainda mais das possibilidades e vantagens desta ferramenta. A utilização do cartão será feita por leitor de cartões com chip, ainda difícil de encontrar no mercado, sendo necessário garantir a disponibilidade destes aparelhos a todos os que o queiram adquirir para acesso ao sistema, técnicos e munfcípes, bem como funcionários que pretendam fazer a sua utilização fora do serviço.

A Autarquia adquiriu a um custo competitivo vários leitores que pode, nesta primeira fase e até a oferta do mercado ser maior, disponibilizar para venda aos interessados, colmatando desta forma a carência verificada. O custo por unidade é de 14 (catorze euros), isto é, o preço de custo para a Câmara arredondado ao euro, devendo os interessados dirigirem-se ao GAM (Gabinete de Atendimento MWlicipal) para realizarem a aquisição. Assim, a Câmara de Águeda facilita a aquisição dos leitores que permitem usar as suas funcionalidades electrónicas, como a autenticação em sítios-electrónicos, a assinatura digital qualificada ou o armazenamento de informação, em qualquer computador, para além da sua utilização no relacionamento com própria Autarquia. Para usar o equipamento, os titulares precisam apenas de instalar o programa informático de suporte do documento, disponível para descarga a partir da página inicial do Cartão de Cidadão (www.cartaodocidaclao.pt).

Administração

Local_


EdUoag達o _


Educação· Assinatura de Protocolos

Autarquia fonnaliza acordos " com varlOS paeeerros

.

.

Agueda, 2 de Dezembro de 2008

No passado dia 21 de Novembro, a Câmara Municipal assinou 39 protocolos, com 29 parceiros para as refeições escolares e para as actividade de enriquecimento currícular, no 1° ciclo.O momento da assinatura do protocolo contou com a presença do Presidente da Câmara de Águeda. Gil Nadais, da Vereadora da Educação, Elsa

Castanheira do Vouga e Freguesia do Préstimo, Patronato. As seguintes entidades assinaram protocolos de parceria para as refeições escolares e para as actividades de enriquecimento curricular: ARCaR, Associação Serém, CASAS, CSPB, CSPR, Freguesia de Valongo do Vouga, Instituto Duarte Lemos, Ninho Académico, O Mágico e os Pioneiros.

Carga. e dos vários representantes das entidades envolvidas.

o

Autarca Aguedense aproveitou o

momento para agradecer a todos os presentes e as entidades que representam: Obrigado a todos por nos apoiarem na área da educação, porque estamos a preparar os homens de amanhã". Agradecemos em nome das crianças, pelo vosso M

Com os presentes protocolos a Câmara Municipal atribui a comparticipação de apro:rimadamente 100,000,000 (cem mil euros), para as refeições escolares, e de deaproximadamente 420,000,000 (quatrocentos e vinte mil euros) para as actividades de enriquecimento currículer,

M

empenho e dedicação" reforça Gil Nadais. I

Para Elsa Carga "é um processo difícil, porque são muitas as entidades envolvidas, mas o resultado para as crianças será muito melhor". "Vocês já estão ligados às crianças" refere a vereadora da educação aos presentes, Ma Câmara apenas vai fortalecer os vossos laços com elas conclui. Os parceiros para as actividades de enriquecimento curr.icul.ar foram: Associação Fermentelense, Bela Vista, Casa Povo Valongo do Vouga, CENSI, Clube de Ténis, ConseIvat6rio de Música, LAAC, Psíentíííca, Sociedade 12 de Abril e Sr- Esperança. II ,

Para as refeições escolares os parceiros são os seguintes: ABARCA, Agrupamento de Escolas de Águeda, Agrupamento de Escolas de Fermentelos, Associação S. Martinho, Centro Social Belazaima, Freguesia de Agadão, Freguesia de

_

EdUcação

Os protocolos agora assinados reflectem o empenho da Autarquia em querer as melhores soluções para as nossas crianças.


ProtOClOlos oom Juntas de Freguesia Junta de Freguesia • Tot&is Dooumenk» I Objecto • Valor 'DJlal Inve&üdo 1,984,848.83 e Junta de Freguesia de Ag.dão· SO,ODO.OOE: 'Criação de Zona de Estacionamento em Agadão' 25,OOO.OOE

-Captaçãe e Disbibuiçáo de Água na Freguesia . 25,OOO.OOE: Junta de Pregueda de Aguada de Babo· 67,SOO.00€ 'Arranjo Urbanístico do Largo do Rossio, 5,OOO.00€ 'Regular:IzaçAo do Estacionamento junto ao Centro Sodal e infantil de Aguada de Bmo . 10,OOO.00E 'Arranjo Urbanfstico da Zona Envolvente à Fonte de Agua.dela. entrada do Pavilhão da ARCA I Parque de Campismo· 25,OOO.OO€ -Financiamento para a remodelação do edifício sede da Junta de Freguesia . 12,SOO.OOE ·Thansfexência. de verba para a construção de um Armazém e Anumos . 15,OOO.OO€ Junta de Pregueda de Aguada de Cima· 315,OOO.OOE: 'Arranjos Exteriores da LAAC . 70,OOO.OO€ 'EIeeutar um Telheiro no Parque do Sabugueiro' 20,OOO.OOE 'Arre1vamento do Campo de Futebol da LAAC·l25,OOO.OOE

·Construção da Ponte da Rua da Pedra da Paciência, em Miragaia· 20,OOO.00E ·Construção da Pracete do Pelourinho, Ponte Pedonal· 20,OOO.Ooe ·Requalificação do Parque do sabugueiro, 20,OOO.00E 'ConstruçãoJManutenção de Rede Viária, Passeios e Valetas·30,000,DOE: 'Requalificação do Espa90 Envolvente à Fonte Romana da Forcada· 10,OOO,OO€ Junta de Freguesia de Agueda' 334,283.8J€ 'Arranjo Urbaníslico do LilI'Q'O de Santo António - Giesteira - t- Pase·30,OOO.OOE: ·Arranjo Urbaníslico do Parque Nossa Senhora do Bom Parto - Lugar de Alhandra·7,SOO.OOE: 'Colocação de Passeios na Freguesia de Águeda ·tO,OOO.OOE: 'Pavimentação com Caracterlsticas de Pavimento Misto da Rua Dr. António Breda no Sardão ·70,OOO.OOE: 'Construção do Muro de Suporte do Arruamento na Rua do Ribeiro, em. Paredes·3S,OOO.OOE: ·Arranjo Urbaníslico e Edifício do Largo de Santo António, em. Giesteira·20,OOO.OOE: ·Gestão dos cemitérios do Ameai, Giesteira e Bolfiar 'Conclusão do arranjo Urbanístico e numinação do Larg-o Nossa Senhora do Bom Parto·3,283.83€ ·Thansferêncta de Verba para Construção de um. Muro - Rua do P1sco·l,OOO.OO€ 'Arranjo Urbanfstico dos Laxgos de S. Simão e Castanheiro • Maçoida·30,OOO.00€ .Thansfexência de verba para aquisição de terrenos na Maçoida·7,SOO.OOE: ·Construção/Manutenção de Rede Viária, Passeios e Valetali·30,OOO.00€ ·Arranjo da Zona Frontal do Cenlltério do Ameal- Águeda·l0,OOO.00E: 'Arranjo dos Cemitérios de Gieste1ra e Bolf1ar - Águeda·30,OOO.ooo 'Construção de Estradão entre a Ponte de Bolfiar e Semada - Altusqueiro·30,OOO.OOE: ·Arranjo Urbanfstico do LIII'gO de Rio Cavo, em. Águ.eda·20,OOO.00€ Janta de Pregueda de Bur6. 103,OOO.OOE: ·Arranjo Urbaníslico do Parque das Merendas·20,OOO.OOE: 'Conclusão das Obras do Parque das Merendas·15,OOO.00€ 'Construção da Casa Mortuária do Cemitério de Barrô·S,OOO.OOE: ·Valorização Urbanística - Obras de Melhoramentos do Campo de Jogos de Santo André·3,OOO.OOE: ·Equipamentos para o Parque de Merendas·30,OOO.OOE: ·Construção/Manutenção de Rede Viária, Passeios e Valetali·30,OOO.00€ Janta de Pregueda de Belaza1ma do Chio . 66,SOO.OOE: 'Entrega de Viatura ligeira de Transportes de Passageiros 'Alargamento do Cemitério e Envolventes, em. Belazaima do Chão' 5,OOO.00€ ·Construção de um. PBI'qIle Infantil no Moinho de Vento· lS,OOO.OO€ 'Alargamento do Caminho do Sobreiro da Cruz e Cabeço, em Belazaima do Chão e Alvarim· 7,SOO.OOE: 'Arranjo Urbaníslico de Espaço junto ao Cerredínho- 15,OOO.OO€ ·Obra de embelezamento do espaço envolvente ao Sobreiro Gigante' lS,OOO.OOE: 'ConstruçãoJManutenção de Rede Viária, Passeios e Valetas· 9,OOO.00€ ·Cedência de utilização duma viatura ligeira para transporte de passageiros à Junta de Freguesia de Belazaima do Chão

EdUoagão _


Plano Nac:lcmal de Leitura (LER +)

Autarquia entrega Livros às Escolas Agueda, 1 de Março de 2008

No passado dia 28 de Fevereiro. a Câmara Municipal de Águeda entregou livros do Plano Nacional de leitura - LER +, às Escolas do 10 Ciclo do Ensino Básico do Concelho. Os livros entregues, na cerimónia pública realizada no Salão Nobre dos Paços do Concellio,fuzempartedoP~noNacio~

de Leitura (Ler +). Nesta cerimónia estiveram presentes o

Presidente da Autarquia, Gil Nadais, a Vereadora do Pelouro da Educação, Elsa Carga, as Coordenadoras das Escolas do 10 Ciclo do Ensino Básico do Concelho, assim como os Presidentes dos Agrupamentos de Escolas de Águeda.

Ao todo foram entregues 909 livros distribuídos pelos 4 Agrupamentos de Escolas do Concelho de Águeda. a saber: ao Agrupamento de Escolas de Aguada de Cima foram disbibufdos 192 livrol(EBI de Aguada de Baixo - 45; EB! de Aguada de Cima - 64; EB1 de Berrô - 50; EBI de Belazaima do Chão - 9; EB1 de Lomba - 11; EBl de S. Martinho - 13. Ao Agropomento de Escolas de Águeda fOl'lllll entregues 353 livros, distribuídos pelas seguintes escolas: EBl de Águeda - 206; EBl de Assequins - 13; EBl de Vale Domingos - 21; EBl de Gíesteíre - 25; EBl de Castanheira do Vouga - 4; EB1 de Borralha-31 eEBl de Recardães -41. Ao Agrupamento de Escolas de Perm.entelos foram. distribuidos148livroa: EB1 de Prof. Américo Urbano - 23; EBl de Espinhel18; EBl de Prof. João Pires da Rosa 541 EBl de Óis da Ribeira -11; EB1 de Paradela131 EBl de Trevassô - 29. O Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga recebeu 216 livros: EBl de Á-dos-Ferreiros - 11; EBl de Arrenceda-c EBl de Macinhata

do Vouga - 23; EB1 de Mourisca do Vouga - 51; EBl de Pedaçães - 13; EBl de Segadães - 16; EBl de Serém de Cima81 EBl de S. Sebastião-8; EBl de Valongo do Vouga -16. A entrega simbólica. de alguns desses livros foi feita pelo Presidente da Câmara, Gil Nadais, aos Presidentes dos Agrupamentos das Escolas do Concelho, tendo na altura referido a importância vital que a leitura e o livro têm na educação, formação e desenvolvimento das crianças e jovens. Referiu ainda que o Plano Nacional de Leitura (Ler+) é um projecto assumido pela Câmara Municipal de Águeda. A este propósito, também a Vereadora da Cultura. Eisa Corga, referiu a importância que o Plano Nacional de Leitura tem na estratégia de defesa da literacia, salientando o esforço que Autarquia fez para dotar cada escola do Ensino Básico com uma biblioteca de modo a enquadrar acções que promovam a leitura na salade-aula. e em outras acti.vi.d.a.des das escolas, adquirindo conjuntos de livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

âê:

EdUoagão _


das Letras, Atelier de Ciência e o Atelier o livro Gigante de Águedai Era uma vez... um livro e as já tradicionais Férias da Páscoa, Verão e Natal. Para o Público Juvenil, a Biblioteca apresentou as seguintes actividades: Palestras nas Bacelas, Espectáculos (Dá vida ao Lívrc, Gil Vicente? Semícesr Falar a Verdade a Mentírr Ateliers (atelier de Escrita Criativa e o atelier Cavaleiro da Dinamarca). Para o Público Adulto a Biblioteca Municipal oferece o Ciclo de Palestras e várias palestras e acções de formação para educadores, pais e agentes da educação, como: o Curso de Marionetas, a palestra "A tniluéncta da violéncia domésUca na aprendizagem e desenvolvimento das crianças e jovens· i acção de formação "Leitura em voz alta· e "Não se nasce leitor- . Especificamente para o público sénior a Biblioteca Municipal organiza a actividade "Sinfonia das Palavras", Na conferência de imprensa, o Presidente

da Câmara de Águeda, Gil Nadais reiterou o trabalho intenso que a Biblioteca está a desenvolver no sentido de divulgar a leitura e o livro. Referiu que a promoção da leitura e do livro é um trabalho que é preciso fazer desde a infância até a idade adulta e que por muito que exista o desenvolvimento tecn.ol6gico, o saber ler e o saber interpretar é condição básica para o crescimento e desenvolvimento do homem, em sociedade. Por sua vez, a Vereadora do Pelouro da Cultura e Educação, Elsa Corga referiu que "todo este conjunto de acüvidades está inserido no Plano Nacional de Leitura e tem como fim a promoção do Livro e da Leitura·. Nesta acção não basta apresentar o livro em si, mas é preciso levá-lo às pessoas, de modo criativo, com motivação e nunca como imposição.

EdUoagão _


E

Projecto "Biblioteca vai à Escola"

Biblioteca a caminho das Escolas e Jardins-deInfância do Concelho

Agueda, 17 de Novembro de 2008

A Biblioteca. Municipal de Águeda. regressa às escolas do 10 Ciclo, e chega, pela primeira vez, aos Jardins-d.e-Infânda. Com este projecto a Autarquia promove o acesso à Biblioteca Municipal e ao livro por parte das crianças do Concelho.

Esta iniciativa que dá pelo nome de ..A Biblioteca vai à Escola" arrancou no dia 3 de Novembro, na Escola EB 1 de Pedaçães, com o objectivo de estimular a curiosidade e o prazer de ler nas crianças. Assim, como proporcionar momentos agradáveis, criar uma maior prOJdmidade

com os livros, tudo isto com o intuito de cada criança desenvolver hábitos de leitura..

Educação

o baú será entregue a outra escolaIJardimde-Infância. No dia da entrega do "Baú dos Lívros" é apresentado um Conto a todas as turmas da escola. Deste modo, os alunos vão ter a oportunidade de participar numa sessão de contos, onde o ambiente da fantasia. e da imaginação ressaltam dos livros proporcionando, assim, surpresa e magia aos presentes. O projecto teve a sua primeira edição em 2005 e este ano lectivo apresenta duas novidades. Assim, este é o primeiro ano que o "Baú dos Lívros" chega aos Jardinsde-Infância e é entregue ao mesmo tempo às escolas, ou seja, durante todo o ano lectivo vai haver livros disponíveis.

A Biblioteca vai à Escola funciona de uma forma simples. A actividade decorre em

Os momentos criados pelo projecto

esquema de ítínerêncte e consiste na

Biblioteca vai às Escolas são uma grande

entrega de um "Baú de Livros". alguns aconselhados pelo Plano Nacional de Leitura, que ficará na escola durante três meses à disposição dos alunos. Os livros podem ser lidos na sala de aula ou requisitados. Após terminado esse tempo,

oporbmidade para as crianças terem acesso livre e gratuito ao livro.


Natal Da Biblioteca

Super Actividades para Férias de Natal Agueda, 6 de Dezembro de 2008

A Biblioteca Municipal de Águeda preparou, a pensar nos mais novos, um conjunto de actividades para as férias de Natal que se aproximam. Já estão abertas as inscrições para o "Natal na Biblioteca WI dirigido a crianças entre os 6 e os 12 anos. Para os mais pequenos foram planeadas várias actividades que prometem muita diversão para os dias 19. 22, 23, 29 e 30 de Dezembro. das 9:00 às 19:00, no Pólo de Leitura, situado no Parque da Alta Vl1a, em Águeda.

:29 ~

_ _ _.. -

3O ::C ...:"':::r~ -

"..

--.~ ~

.

....

Jogos, face painting, fabrico de Bolo-rei. decorações natalícias, criação de presépios. geocaching, dança hip-hop, um sem fim de actividades para preencher as férias de Natal, nesta pausa lectiva. Destaque para o dia 30 de Dezembro, o dia dedicado à

diferença e ao diálogo intercultural, que vai ter dois convidados surpresa, mas certamente conhecidos das nossas crianças. A Autarquia considera importante a realização de programas de ocupação dos tempos livres em períodos de férias escolares, de forma a disponibilizar soluções "dívertídes", mas educativas para a ocupação das nossas crianças. O preço de inscrição é de 15 euros, com almoço e lanche incluído. Para mais informações e inscrições, os interessados devem dirigir-se à Biblioteca Municipal, no Largo António Homem de Mello, telefonar para 234 624 688 ou pelo contar através do endereço: biblioteca@cm-agueda.pt. As inscrições são límítedess.

EditOrial .


,

AgitAgueda...uma boa ideia Foi em 2006 que Águeda teve o seu primeiro AgilÁgueda, e pelo êxito crescente de cada uma das edições sente-se que já faz parte da vida da Cidade e do Concelho. Mal chega o cheiro morno das primeiras

noites de Primavera já alguém pergunta "E o AgitÁgueda quando é?lll'" É em Julho, e a cada edição reforça-se o

desejo de dar a Águeda e ao seu rio uma nova centralidade, capaz de atrair não apenas o público do Concelho, mas também da região, com propostas cada vez mais aliciantes para as noites de Verão... e não só, Afinal todos concordam que agora os dias têm mais alegria e as noites mais cor.

Destinado aos jovens de todas as idades, para além das esplanadas, tascas e animação a que já nos habituou, AgitÁgueda 2008 trouxe-nos também a participação de representantes do Movimento Associativo do Concelho, rasgando janelas para mostrar quem são e o que fazem.

Cultura

Mas as novidades não se ficaram por aqui,

num cartaz internacional com a actuação de Martinho da Vila, tivemos ainda o Concurso de Música Moderna, onde oferecemos o palco a talentos prontos a despontar e a encantar a multidão de visitantes ao retinto, para além de concertos para recordar grandes nomes da música modema. Este ano repetiu-se também a "cbeía" cultural com Rio Povo em versão reeditada e com direito a bancada ampliada. Ainda hoje pode rever os momentos altos do AgitÁgueda 2008 em www.agitagueda.com. onde encontra vídeos e fotos exclusivas. Sabemos que em 2009 vai querer mais e melhor! Esteja atento(a) às surpresas!


,

AgitAgueda'OS acolhe encerramento do Projecto 60+ Agueda, 21 de Julho de 2008

Trofa, Macinhata do Vouga. Borralha,

Préstimo e Águeda terão ainda direito a

o Espaço AgitÁgueda 2008 irá acolher na próxima quinta feira, 24 de Julho, a aula final de ginástica sénior que marca o encerramento da edição 2008 do Projecto 60+.

A edição 2008 do Projecto 60+ chega ao fim de mais um ano bem sucedido e , para

celebrar este momento, a Autarquia Aguedense, através do seu Pelouro do Desporto, irá organizar uma aula de ginástica conjunta no Largo 10 de Maio a partir das 11 horas.

medalhas e certificados de participação, que serão entregues após a aula de ginástica. Recorde-se que o Projecto 60+ está inserido no plano de actividades para a área do Desporto, pretendendo-se promover junto da população sénior um estilo de vida

saudável através da prática de actividade

tísica, ao mesmo tempo que procura estimular o convivio social entre os participantes, aumentar a auto-estima dos mesmos e, consequentemente, melhorar a sua qualidade de vida.

Os 1'18 idosos provenientes das Juntas de Freguesia de Recardães, Fermentelos, Aguada de Baixo, Valongo do Vouga, Aguada de Cima, BaITÔ, óis da Ribeira,

Cultura .


RloPovo

Povo voltou a encher as margens do Rio Agueda, 16 de Julho de 2008 No olmbito do AgltÁgoeda 2008, "Rio Povo"

apresentou-se como um acontecimento único e arrebatador de projecção da identidade cultural aguedense, ao mesmo tempo que resgatou a imporflincia do Rio

Agueda e dinamizou o espaço da antiga piscina iluvial.

Em segunda. edição. depois do sucesso de 2001 r este espectáculo que teve lugar em pleno rio Águeda nas noites de 11 e 12 de Julho, reuniu a participação de diversas associações culturais (Agrupamento 141 de Águeda do Corpo Nacional de Escutas, ARCOR - Óis da Ribeira, Associação dos Amigos da Ria e do Barco Moliceiro, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Águeda. Associação Juvenil Salíêncías, Cantate Iubilo - Berrô, EMtrad' I d'Orfeu Associação Cultural, Escola Secundária Adolfo Portela, Gaiteiros de São João de Loure, GICA - Ginásio Clube

Cultura

de Águeda, Grupo Folclórico da Região do Vouga, Grupo Folclórico e Etnográfico de Macinhata do Vouga, Grupo Típico O Cancioneiro de Águeda, Núcleo Desportivo de Bolfíar, Orfeão da Associação Cultural de Recardães, Orfeão de Águeda, Orquestra à Margem, Orquestra TIpica de Águeda e Os Serranos Associação Etnográfica) e mobilizou a cooperação da comunidade local em tomo da preparação de um espaço repleto de memórias de várias gerações. Qualquer que seja a análise, é de salientar a magnificência e a qualidade dos espectáculos desta produção interassociativa. Que este acontecimento unificador não seja esquecido ... o reavivar das lembranças de várias gerações e o estimular da imaginação dos jovens do futuro provocaram o despertar da tradição local e agitaram a identidade cultural Aguedense.


Cultura _


"Rio Povo" na Galeria Municipal Agueda, 20 de Julho de 2008 A Cdmara Municipal de Agueda apresenta • Rio Povo: Aguas Passadas Movem Moinhos-, uma exposição fotográfica sobre a produção inter-associativa Rio Povo.

Com Rio Povo. Águeda redescobriu-se como um povo entre o imaginário e real, cujo rio é um filho da Serra e do Mar. Este povo é símbolo de todos os povos que têm

um rio como fonte e suporte de vida. E como este espectáculo arrebatador dificilmente se apagará. da memória daqueles que o viram. a Cêmera Municipal de Águeda decidiu promover o reavivar das lembranças dessa noite através de uma Exposição Fotográfica.

Esta exposição insere-se no Ciclo de Exposições para 2008 e engloba os momentos fotográficos mais marcantes do Rio Povo 2001 e 2008 captados pelas objectivas de André Brandão, Luís Oliveira Santos, Mário Abreu, Abel Fontemanha, Marilyn Marques, Adriana Mesquita, BitOcas, Bibiana Reis e Léa L6pez. A inauguração teve lugar no espaço da exposição (Galeria Municipal) e estará patente ao público até ao dia 29 de Agosto, nos dias úteis das 9:00 às 18:00.

Cultura


Leitões coloridos animam , AgitAgueda'OS Agueda, 22 de Julho de 2008

A Câmara Municipal de Águeda lançou uma iniciativa inédita no passado fim-desemana (dias 19 e 20) para a promoção da Festa do Leitão e do Leitão da Bairrada que se realiza em Águeda entre os dias 3 e 7 de Setembro. Aceitando o desafio colocado pela Autarquia Aguedense, muitos jovens decidiram meter mãos à obra 8. entre as 15:00 e as 20:00 deste fim-de-semana do AgitÁgueda 2008, dedicaram-se em exclusivo às pinturas ertístlces nos 20 leitões em fibra de vidro.

Num ambiente de diversão e descontracção,

era visível o empenhamento dos jovens em converter estes leitões em fibra de vidro em autênticas obras-primas.

o artista Pedro Khi.ma, que actuou no dia 19, fez questão de assinar o leitão desenhado com as cores da iniciativa

camarária. Este, em conjunto com os restantes leitões coloridos, irão ficar em exposição até ao fim do AgitÁ.gued.a 2008, após o que irão promover o dia de abertura da Festa do Leitã.o à Bairrada deste ano. Em paralelo com esta actividade, decorreu

ainda uma largada de papagaios ("em papel") que muito divertiu e encantou os presentes, fazendo as delícias dos mais pequenos.

Cultura _


Festa do Leitão à Balrrada

Mais e Melhor Festa do Leitão nibilizar propostas de qualidade inegá.vel. EAAÃGUEDA

Depois de Martinho da Wa em 2006, a segunda internacionalização do cartaz com os ingleses James não deixa. margens para dúvidas da aposta feita e de até onde estamos preparados para ir na senda de um evento com cada vez melhores motivos de atracção.

Como vem sendo hábito, a primeira semana

Em 2008, as actuações dos James, GNR, Jorge Palma e Tiago Bettencourt com Pólo Norte, repetiram as enchentes de 2007 (em 2007 tivemos Xutos & Pontapés, Rui Veloso

de Setembro é assinalada pela Festa do

e Paulo Gonzo).

Leitão à Baírrada, referência obrigatória no calendário gastronómico nacional. Este ano, entre 3 e 7 de Setembro de 2008, Águeda acolheu a 15- Festa do Leilão à Balrrads, tendo decorrido em simultâneo com a 11- Mostra de Artesanato e Gastronomia de Agueda. Os certames, que têm vindo a decorrer no agora renovado

Largo IOde Maio. abrem as portas do Concelho para. um evento d.etenninado em fazer da Festa do Leitão a grande mostra de Águeda não só em termos regionais, mas também nacionais. Relativamente à organização do evento, este Executivo assumiu desde a primeira hora o compromisso de ser um parceiro activo ao lado da Associação Comercial de Águeda. porque sempre acreditámos que o evento devia crescer e evoluir, ganhar qualidade e afirmar-se como uma referênda na imagem de marca de Águeda. Com o objectivo de acompanhar não apenas 05 gostos cada vez mais exigentes do público, mas também o crescendo de qualidade dos espectáculos das última.s três edições da Festa, foi feito um esforço para dispo-

Cultura

A inovação e o desejo de ir ainda mais além na atracção de públicos tiveram reflexo este ano na mostra de réplicas de leitões em fibra de vidro pintados durante o AgitÁgueda, que foram espalhados em véríos pontos de acesso à Cidade de Aguroa.


TrIbuto a Manuel Alegre

'~egre" homenagem

a um filho da terra Agueda, 2 de Dezembro de 2008 A Câmara Municipal, a Banda Marcial de Fermentelos e os oito grupos corais do Concelho de Águeda proporcionaram nos dias 22 e 23 de Novembro, no Cine-Teatro São Pedro, um espectáculo de grande qualidade de nibuto a Manuel Alegre, com um concerto intitulado Alma - Cantata Profana. de autoria do Maestro Luís Cardoso, inspirada no livro Alma. A noite de sábado (22) foi testemunha da entrega do Prémio Manuel Alegre e de um espectáculo único que reuniu em palco mais de 400 pessoas e que rendeu de encantos uma sala com lotação esgotada.

No discurso de abertura do espectáculo o Presidente da Câmara Municipal, Gil Nadais. justificou esta homenagem ao escritor Aguedense, como sendo Ma individualidade que mais longe tem levado

o nome de Agueda·,

Manuel Alegre não escondeu li emoção do momento e referiu-se a "um acto cultural de grande originalidade e ousadia". O escritor Agued.ense agradeceu à Autarquia "por me ter homenageado comesteprémio",

Para Manuel Alegre "este espectáculo é uma vitória de Agueda sobre si mesma e espero que sirva para nos unir", concluiu o poeta.

Na sua breve intervenção Gil Nadais explica a realização do Prémio Manuel Alegre, para o Autarca "decidimos avançar com esta ideia para acabar de vez com o ditado de que Agueda era madrasta para os seus filhos". Assim, esta noite foi também o palco da entrega do Prémio Manuel Alegre. A ocasião foi aproveitada para que o próprio procedesse à entrega do prémio com o seu nome a Rui de Almeida, vencedor do 10 prémio, com a obra "Lábio Cariado", O trabalho "Assombrosamente os bichos atravessam as trevas", de Maria Dulce Guerreiro, foi destacado pelo júri para uma menção honrosa,

"Lábio Cortado" foi o titulo escolhido entre 130 originais concorrentes, pelo júri constituído por: Paulo Sucena, que apresentou ao público a obra vencedora, Gil Nadais, Nuno Júdice, Clara Rocha, Lídia Jorge, Graça Rio-Torto e Daniel Marques Ferreira.

Ccmoerto "Alma Cautatia ProfaDa" O concerto contou com a participação da Banda Marcial de Fermentelos, dirigida por Carlos Marques, da mezzo-soprano Aguedense Margarida Reis e dos oito grupos corais do munidpio, num espectáculo que juntou em palco mais de 400 pessoas.

Cultura


Manuel Alegre mostrou-se curioso para ver e ouvir o trabalho de Luís Cardoso e afirmou que "íazer de •Alma· uma cantata profana é um acto de grande coragem·. A peça musical levada a público foi composta por nove números, com a tentativa de a música estabelecer um ritmo dramático, intimista, agitado e alegre. Foi uma noite que certamente ficará. na memória de todos os que tiveram oportunidade de assistir ao grandioso espectáculo. que teve repetição no Domingo, já. que, segundo as críticas colhidas após o concerto, foi um dos melhores já. vistos no Concelho.


.:I

" Agueda celebrou Dia Mundial do Teatro

Agueda, 29 de Março de 2008

No âmbito das celebrações do Dia Mundial do Teatro, a Cdmara Municipal de Agueda,

através do Pelouro da Cultura, preparou um conjunto de actividades para a população, e que culminaram nos espectáculos do dia 21 de Março no CineTeatro São Pedro. "O Auto da Barca do Inferno" de Gil

Vicente foi a peça escolhida para subir ao palco do Cine-Teatro São Pedro. pelas 15:00 (público jovem) e pelas 21:30 (população em geral), na data em que se assinala a "sobrevivência de uma arte testemunha

dos desafios do seu tempo".

Carvalho traduziu-se num espectáculo de luzes e cores interactivo que seduziu e aliciou cada um dos espectadores. Entre risos e gargalhadas, cada membro do público observava avidamente as expressões e maneirismos dos actores, à medida que cada personagem ludibriada pelas manhas do Diabo embarcava no batel que lhes estava destinado, tentando resistir sem sucesso ao seu fado. Apenas o Parvo e os Quatro Cavaleiros embarcaram no batel que se dirigia ao Paraíso, Ainda no âmbito das comemorações desta efeméride, foi preparada uma exposição intitulada O que é o Teatro ", para a inauguração da qual a Filandorra preparou ln Memoriam ao Theattum ", Este momento teve lugar pelas 18:00 no espaço da Galeria Municipal, tendo sido levada a efeito a leitura de excertos de textos de grandes dramaturgos nacionais e mundiais (Gil Vicente, Almeida Garrett, Shakespeare, Moliére, Goldoni, entre outros), lJ

M

Convidada pela Câmara Municipal de Águeda, a Companhia de Teatro Filandorra - Teatro do Nordeste apresentou ao público a sua produção da obra-prima de Gil Vicente que retrata alegoricamente li sociedade setecentista, com os seus vícios e pecados, numa encenação adaptada à realidade modema e ao som dos ícones musicais da actualidade Sem desrespeitar a essência da criação do mestre português e mantendo-se fiel ao texto original, a encenação de David

Cultura

O dia 27 de Março foi instituído há 47 anos pela UNESCO como o Dia Mundial do Teatro como forma de celebrar uma arte que movimenta milhões de pessoas, Neste dia, um pouco por todo o país, multiplicaram-se as iniciativas das


instituições, companhias teatrais e diversas entidades como uma forma de dinamizar, não só o dia, mas a própria arte. Este ano, as comemorações inseriram-se numa Acção de Grande Envolvimento Nacional - AGEN Teatro 2008 -, com a duração de 10 dias e que se realizou no âmbito do programa. Território Artes.

Cultura .


.:I

Atelier de Teatro no Fórum Municipal da Juventude Agueda, 28 de Outubro de 2008

o

Fórum Municipal da Juventude irá,

muito em breve, realizar um atelier de teatro, dirigido pela actriz e encenadora Joana de Oliveira. Este Atelier de Teatro será dirigido pela actriz e encenadora Joana de Oliveira, tendo como principais objectivos a ocupação salutar dos tempos livres dos jovens, criando neles o gosto pelas artes cénicas e teatrais, desenvolvendo a improvisação e a imaginação. Neste atelier poderão participar todos os interessados a partir dos doze anos de idade. sendo necessário o preenchimento de uma ficha de inscrição que deverão entregar no Fórum Municipal da Juventude.

Joana de Oliveira nasceu e reside no Concelho de Águeda, e licenciou-se em Português e Francês. Colaborouna Imprensa e rádios locais, tendo colaborado como autora de letras para o cantor José Cid. Publicou textos seus em colectâneas e dispersos. Participa, activamente, na vida associativa do Concelho de Águeda, onde é actriz e encenadora da Associação Sbivatara - Terra das Artes.

o Fórum Municipal da Juventude é um serviço público dirigido a toda a população, e em especial aos jovens e pretende criar momentos de convívio, lazer, recreio, debate e troca de experiências entre os jovens, afirmando-se como um espaço de socialização e aprendizagem democrática. o polco é teu••• Improvlsa,lmaglDa • crieI

Cultura

Para mais informações contacte: Fórum Municipal da Juventude Praça Conde de Águeda 3750-109 ÁGUEDA TeI.' 234 623 012 Correio electrónico: forwnjuventude@cm-agueda.pt


Ceifeira Aquática na Pateira

PateiIa conta com equipamento de remoção de plantas aquáticas...

A chegada da ceifeira aquática em Dezembro de 2006 consuma uma das promessas eleitorais feita pelo actual Executivo Camarário. Este facto tomou viável o combate e elímíneção dos jacintosde-água, na Pateira. A ceifeira aquática foi lançada no dia 13 de Dezembro, pelas 12:30. às águas da Pateira em Óis da Ribeira e, apesar d e na altura o equipamento estar ainda em fase de testes, provou imediatamente ser uma mais valia no combate e eliminação dos jacintos-de-água na maior lagoa natural da Península Ibérica - a Pateíra.

Este equipamento, construído pela canadiana Aquamarine e adquirido à sua representante portuguesa Cabena, vencedora do Concurso Público Internacional, é composto por uma ceifeira, um tapete rolante de descarga e equi-

pamento de transporte. Relativamente às características técnicas, a ceifeira tem 11 metros de comprimento por 4,2Om de largura, e pode proceder ao corte de algas e outras plantas aquáticas até uma profundidade de l,60m. Todo o sistema mecânico deste equipamento (ceifeira, atrelado e tapete rolante) é hidráulico. Esta ceífeíre pode transportar até 12m3 de jacintos ou até um máximo de 4 toneladas.

Turismo


RequaUflcação da Pate1ra

Resultados à Vista de Todos Agueda, 6 de Março de 2001 A Cdmara Municipal de Agueda encontrase a realizar a Requalificação Ambiental e PaisagisUca da Pateira, cuja ta fase decorre

com a remoção do jacinto-de-água do espelho de água. No passado dia 22 de Fevereiro, na Câmara. Municipal de Águeda reuniram os representantes das diversas entidades que acompanham o referido processo, entre as quais a CCDRC (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro), o INAG (Instituto da Água), representantes dos municípios de Aveiro e Oliveira do Bairro, e das juntas de freguesia limitrofes à Pateira (Óis da Ribeira, Fermentelos, EspinheI e Requeixo).

Gil Nadais, Presidente da Câmara Municipal fez o ponto da situação, apresentando o relatório com o balanço dos trabalhos da ceifeira aquática na Pateira que, como referiu "após apenas 8 semanas de operacionalidade, onde está incluído um periodo de formação dos operadores, já removeu 4.000 metros cúbicos de jacintos-de-água da Patetm", Apesar dos trabalhos estarem, ainda, no início, as diversas entidades concordaram que são evidentes os progressos alcançados. Entretanto foram apresentadas na autarquia propostas com vista à valorização da biomassa removida. Contudo, e como foi referido pela edilidade, estas estão a ser cuidadosamente avaliadas, para que seja cumprida a legislação em vigor e não ocorra a disseminação de jacinto-de-água noutros sistemas hídricos. De acordo com o solicitado pela Câmara Municipal de Águeda, o INAG, na pessoa do Eng. Valério, apresentou os resultados do levantamento hidro-topográfico

_ furismO

realizado ao fundo da lagoa. Neste seguimento foram identificadas as zonas com maior acumulação de sedimentos (menos profundas) e para as quais poderá ser estudada a hipótese de dragagem. Será ainda realizado um projecto de cariz intermunicipal para a requalificação, dinamização e valorização das margens da Peteíre. A reunião culminou com a visita das entidades ao parque de Espinhei, nas proximidades do qual a ceifeira se encontra actualmente a laborar e onde o Presidente Gil Nadais referiu que "0 horário de trabalho da ceifeiro será alargado ao fim de semana, permitindo assim uma optimização dos recuraoa".


Ceifeira aquática a operar também ao fim de semana Desde dia 17 de Fevereiro que

fi

ceifeira

aquática se encontra a operar na Pateiro. também aos fins-de-semana e feriados. Num esforço acrescido, a Câmara Municipal

pretende assim optimizar e rentabilizar ao máximo o funcionamento da máquina, M

aproveitando a disponibilidade de material vegetal e a subida do nível da água que as condições atmosféricas permitiram". Assim sendo, e com apenas dois fins-desemana e um feriado de trabalho acrescido,

foram já retirados aproximadamente mais 1.000 metros cúbicos de jacintos-de-água da lagoa da Pateiro. a acrescerà quantidade já retirada até ao momento. Esta medida surpreendeu positivamente os visitantes que ao fim de semana se dirigiam até ao parque de EspinheI para ver o progresso dos trabalhos, e que tiveram agora a oportunidade de observar a ceifeira aquática a trabalhar.

Turismo_


Parque de Alta Vila recebe turistas do Algarve Agueda, 30 de Março de 2001

o Parque Municipal de Alta Vila recebeu, no passado dia 21 de Março, um grupo de excursioIÚ8tas do Algarve.

A comitiva instalada na Estalagem da Peteíre, em Fermentelos, e composta por turistas da região de Cacela - Manta Rota, Algwve, foram recebidos pela responsável pelos espaços verdes municipais que na altura lhes deu as boas vindas e lhes ofereceu

uma pequena lembrança, pela passagem pelo Parque Municipal da Alta V.Ja, Tiveram oportun:i.dade de visitar o Parque visitando todas as infra-estruturas, tendo apreciado de modo especial a Casa de Chá.

_ furismO

Neste dia o grupo teve também ocasião de almoçar no parque e degustar a frescura e aromas exalados pelas árvores e flores aí existentes. Todo o grupo gostou do modo como o parque está a ser tratado, desde as infra-estruturas agora recuperadas, aos viveiros aí existentes, à diversidade das árvores e plantas aí encontradas. A beleza do Parque de Alta VJ.1a proporciona estes sentimentos a quem o visita. Encantados com o que viram, viveram e sentiram, o grupo partiu com muita satisfação, agradecendo à Câmara Municipal de Águeda o modo e a atenção com que foram acolhidos, deixando um claro desejo que pretendem visitar de novo esta jóia verde da nossa cidade.


TrIlho "Da Pateira ao Águeda"

Inauguração do Primeiro Percurso Pedestre marcada pelo Exito A

Agueda, 24 de Novembro de 2008

"'Vamos à Ma.roha"

Cerca de três centenas de pessoas responderam ao convite da Câmara Municipal e marcaram presença na inauguração do primeiro Percurso Pedestre (PR1) do Concelho, com o sugestivo nome Da Pateira

A partida ocorreu passavam poucos minutos das 9:30 junto do Parque da Pateira, em Óis da Ribeira. O total de participantes foi dividido em dois, tendo iniciado os cerca de 14 quilómetros do percurso em passo acelerado, enérgico e bem-disposto. De binóculos, máquinas fotográficas, mochilas, água, entre outras acessórios, iam todos preparados para a longa caminhada. O percurso foi acompanhado pela bióloga da Câmara Municipal de Águeda e por um ornitólogo experiente. A caminhada decorreu praticamente em toda a REDE NATURA 2000 apresentando um elevado interesse natural e paisagístico, mas também ofereceu momentos históricos e sociais interessantes.

ao Águeda. A abertura do percurso teve lugar no dia 22 de Novembro, junto daquela que é considerada a maior lagoa natural da Península Ibérica: a Pateira de Fennentelos.

A cerimónia de inauguração contou com a presença do Presidente da Câmara, Gil Nadais, e do Presidente da Junta de Freguesia de Óis da Ribeira, Fernando Pires. Na abertura do percurso, Gil Nadais.

agradeceu a presença de todos. Para o Autarca "este percurso vai possibilitar a descoberta e mostrar a enorme riqueza natural que temos no nosso Concelho".

Fernando Pires. dirigiu-se aos presentes dizendo: "sejam bem-vindos a Óis da Ribeira e espero que voltem sempre" .

Os Autarcas abriram de forma simbólica o percurso, tendo descerrado o painel informativo do trilho.

Pelo caminho, os pedestrianistas iam lendo as placas infonnativas com as explicações das espécies ali existentes. Muitos aproveitaram para desfrutar a paisagem registando todos os momentos através da objectiva da máquina fotográfica, outros de binóculos dirigiam-se aos miradouros

Turismo .


para ver as espécies que ali se deixem

observar, outros simplesmente caminhavam e maravilhavam-se cama belesa da neturese. Assim, os pedesbianistas viram de perto osvesti~osde~dosporacti~dadesdo

passado, elementos ligados ao património histórico local. à geologia e às actividades tradicionais. Nesta última, destacam-se as lides agrícolas que durante todo o ano dão vida aos campos agrícolas do vale do

Águeda. mas também as embarcações de madeira - as tradicionais bateiras - que se encontravam ancoradas nas margens da lagoa, dos rios Cértima e Águeda. o trilho percorrido desenvolve-se em

espaço natural e semí-naturel, por entre amieiros, freixos, carvalhos, loureiros, choupos e eucaliptos, mas também junto ao caniço e bunho da zona húmida, onde surgem Habitats de Importância Comunitária e ganha destaque a diversidade biológica e fi heterogeneidade de

_ TurismO

paisagens que podem ser trilhadas, onde surgem ainda algumas áreas associadas ao mosaico paisagístico "bcceqe". Tratou-se de manhã saudável, onde os esforços físicos foram compensados com a beleza e o esplendor da natureza. Apesar do cansaço todos vinham com uma história ou um episódio para contar. A caminhada terminou no Parque da Peteíra em Óis da Ribeira, o local da partida, e para retemperar forças os esforçados caminhantes tinham à espera um almoço convívio oferecido pela Câmara Municipal.. A abertura do deste percurso pedestre foi mais uma iniciativa de sucesso da Autarquia. Aguedense, que possibilitou momentos únicos de contacto com a natureza.


Restaurante "A Eeeola" em Mac:lelra de AIcaba

Restaurante de referência na gastronomia serrana

Agueda, 6 de Dezembro de 2007

Já foi Escola Primária. agora é um

genuíno restaurante de gastronomia serrana. Em Macieira de Alcôbe, uma aldeia nas faldas da Serra do Caramulo, fica um. restaurante onde se reaprendem

os sabores de antigamente. Se o objectivo dos 30 minutos de viagem é a descoberta dos manjares serranos, de não menor importância é o trajecto até às iguarias ... A jornada até Macieira de

Alcôba leva-nos por entre algumas das mais bonitas e surpreendentes paisagens da região caramulana, passando (ou parando) pelos serenos miradouros da freguesia do Préstimo.

Ao chegar ao vale de Macieira de Alcôba, delicie-se com a paisagem do casario espraiado no verde da encosta 8, se não for a conduzir. distraia-se com os esquilos

que aqui e ali teimam em atravessar a estrada. Se não conhece a aldeia e se quer rumar de imediato ao restaurante, deixo uma sugestão: estacione junto à Igreja Matriz (não confundir com a Ermida de N,Sr, - de Fátima que encima a aldeia no Outeiro), ou próximo da Junta de Freguesia,

_ furismO

e descubra em. alguns passos a arquitectura tradicional do casario em granito. Se precisar, os Macieirenses terão gosto em. dar-lhe mais indicações e, até, contar-lhe algumas curiosidades da terra,

o Restaurante"A Escola" fica na rua com este nome, e foi instalado numa antiga escola primária desactivada 15 anos atrás, Do repto lançado pela Autarquia de Águeda e da vontade de António e Zulmira Novo nasceu" A Escola" . Passando o portão temos imediatamente a sensação de voltarmos atrás no tempo, à década de 1950 que testemunhou a construção do edifíc:i.o. Ao entrar no edifido deparamo-nos com um adequado espaço de bar onde também se vende artesanato feito na associação local (Associação Amizade Macieirense) e que reverte para as suas actividades. Entrando na sala de refeições salta imediatamente à vista o quadro de lousa, onde se escrevem agora, não as lições, mas sim os nomes dos pratos que fazem a delíci.a dos convivas. Para gáudio das memórias dos muitos Macieirenses que estudaram naquele edífícío, tudo foi preservado:


estantes, fonnas geométricas, medidas... até o soalho foi mantidoI A sala com capacidade para 60 pessoas possui uma reconfortante lareira que nos convida a ficar por perto, enquanto apreciamos pratos tipicamente serranos confeccionados por quem sempre os soube fazer. Um pormenor importante é a utilização dos ingredientes da região e da época do ano para a confecção dos pratos, não comprometendo a qualidade e a sabedoria tradicionais. Só em jeito de ajuda deixamos aqui algumas sugestões: Papas de Nabiças com Broa Frita e Enchidos; Chanfana; Chanfana de Galo, Bacalhau Podre; Polvo à Lagareiro. A qualidade dos vinhos e espumantes disponíveis é irrepreensível. A simpatia e a atenção discreta de quem serve não passarão despercebidas, sempre com sugestões certeiras. No final da refeição, e depois de um leitecreme ou de um prato de queijo com figo,

vai perceber porque aconselhamos a deixar o carro um pouco mais além: a aldeia e a paisagem envolvente, a que nenhuma fotografia faz justiça, merecem um passeio. E há tanto a descobrirlll...

o Restaurante

A Escola ~ foi inaugurado no dia 4 de Dezembro de 2001, num jantar que contou com a presença do Presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, do Presidente da Junta de F1eguesia, Fernando Ferrão, dos Vereadores da Câmara MUDicipale Membros do Executivo daJunta. M

Como chegar, Saindo de Águeda, ribeirinha e urbana, subamos a N333 que dá acesso à A25. Pouco depois da rotunda de Á-dos-Ferreiros tenha atenção à sinalização e vire à sua direita para Madeira de Alcõba e Préstimo, poucos metros adiante vire à esquerda. Siga por esta estrada até Macieira de Alcôba.


8& Maratema Vale do Vouga

Amantes do BTT " invadiram Agueda

Agueda, 13 de Outubro de 2008

No passado dia. 12 de Outubro, Domingo, o concelho de Águeda voltou li ser li capital do BTI, com a realização da 3-Maratona do Vale do Vouga. uma parceria entre a Autarquia Aguedense e o Clube de BIT Vale do Vouga. À semelhança dos anos anteriores. foram muitos os BTTIstas que aceitaram o repto e voltaram a "ínvedír" Águeda para a Maratona de BIT. O número de amantes, deste desporto, que compareceu ao desafio traduz o interesse que esta prova tem vindo a despertar.

A Maratona teve dois percursos: a Maratona, propriamente dita, que teve uma distância de 80 Km, direccionada para participantes experientes que procuram,

constantemente, superar o limite das suas cepecídedes, e uma Mini Maratona. com 40 Km, para aqueles que s6 agora se estão a estrear nestas lides. Esta é uma iniciativa dinamizadora do Concelho e da Cidade no âmbito do desporto de aventura, capaz de enaltecer o espírito desportivo dos BTTIstas e oferecer incríveis momentos de contacto com a

Natureza ao longo dos trilhos ímpares do Vale do Vouga.

o local que acolheu tanto a partida como a chegada foi a Av. Eugénio Ribeiro, espaço que viu partir os atletas da prova às 9:00. O estabelecimento da base da prova no centro da cidade de Águeda tem como objectivo proporcionar melhores condições para a recepção dos ciclistas e suas equipas, uma vez que o parqueamento e os banhos estarão localizados nessa área.


Passeio Turístlao para Aoompanbantes Pelo segundo ano consecutivo li Câmara Municipal de Águeda e o Clube BIT Vale do Vouga conciliaram esforços com o objectivo de proporcionar um dia diferente li todos os acompanhantes dos BTTIstas.

Nesse sentido foi planeado um passeio turístico, que consistiu em deslocar os acompanhantes aos locais mais relevantes e espectaculares da meia maratona e maratona. Os participantes foram também contemplados com uma visita guiada ao espaço arqueológico de Cabeço do Vouga e outros locais de interesse. Assim, Águeda apoia o Desporto" foi o mote para mais uma aventura de BIT no concelho. M

C1asslfleaçãof1'empos (3 primeiros lugares) Posição I Tempo I Dorsal! Nome I Equipa 40 Km - Masculino 1· 1:46:20 . 898, Augusto Neto· Anadia Bikers 2· 1:46:26· 769, Pedro Rasquete· Individual 3· 1:46:58 . 270, António Almeida . Sporting Clube São João de Ver 40 Km • Feminino 1 . 2:11:47 . 128, Tânia Neves· AMA Bikes 2 . 2:15:04 . 529, Rita Cabrita· Individual

3· 2:15:15 . 187, Susana Mafalda de Almeida Marques· AMA Bikes

ao Km • Masculino 1· 3:17:38- 800, RubenJosédasNevesAImeida ·AMABikes 2· 3:11:40' 939·Marco Aurélio Querido de Sousa . TurquellBenebik.eIK1M 3 . 3:11:45 . 125·José Manuel Abreu da Silva' Team Bik.e Zone Scott - ADA 80 Km • Feminino 1 . 3:48:45 . 885·Magdalena BalenaCiclovias.comISomafre 2· 3:51:26' 622-Lia Seabra· Zurk Bike TeIUD 3 . 4:34:40 -886-Rita Alexandra Lourenço Lúcio Esteves' Ciclovias.comlSomafre

Desporto ,


Câmara activa Viveiros na Alta Vila Agueda, 19 de Fevereiro de 2001

A C4mara Municipal de Agueda, através do Pelouro do Ambiente estó a desenvolver um programa de propagação de espécies arbóreas e herbdceas, no Parque Muni.c.ipal da Alta Vila.

Ao dar execução a este programa, a Câmara Municipal de Águeda tem como objectivos: reduzir os gastos com a aquisição de árvores e plantas, na manutenção dos seus espaços verdes. assim

como, valorizar e reconverter alguns espaços do Parque Municipal de Alta VIla, beneficiando das excelentes condições climáticas e de solo, aí existentes.

Este programa pretende ser um meio eficaz no crescimento e arborização dos nos nossos espaços verdes com espécies nativas existentes na nossa região. Por outro lado, pretende promover uma diminuição dos

custos associados. com a aquisição de árvores e plantas e só tem sido possível, pelo empenho e interesse dos funcionários municipais aderentes a este processo e pelos munícipes que têm vindo a disponibilizar plantas, arbustos e sementes, valorizando com a sua contribuição, ainda mais esta iniciativa.

_

Ambiente

Outro factor digno de relevo, deste programa, consiste, também, na propagação de espécies resistentes à seca. Como é do conhecimento público muitos dos nossos jardins, durante a época estival sofrem com a falta de água. Ao conseguirmos multiplicar o número de plantas capazes de resistir com mais facilidade à seca estamos, também, a economizar água, assim como a tomar os nossos espaços verdes, mais belos e atraentes. Apresentamos, assim, mais uma medida que visa a sustentabilidade dos espaços verdes do Concelho, onde cada munícipe pode participar, através da oferta de plantas e sementes que mais tarde servirão para alindar os nossos jardins.


"Pato Bravo" limpa Rio Agueda I

Águeda, 14 de Agosto de 2007

No passado dia 9 de Agosto foi lançada ao rio Águeda a ceifeira aquática Pato Bravo. Todos nós já reparámos no aspecto que o rio Águeda Mganha n no Verão assim que

se eleva o açude de areia: as plantas aquáticas crescem desmesuradamente. criando tapetes de verdura, para além de tornar inestético o espelho de água. A prática da canoagem também fica prejudicada com as plantas a dificultarem o curso das embarcações.

A entrada da ceifeira aquática no rio Águeda tem exactamente como objectivo retirar o excesso de massa vegetal da zona

a montante do açude. A limpeza está neste momento concentrada na área do espelho de água junto à Cidade. Antes de voltar à Pateíre, a limpeza irá ser

alargada ao troço de rio do parque dos Abadinhos e ainda mais acima.

Com esta intervenção o rio ficará ainda mais belo pera receber os muitos milhares de visitantes da Festa do Leitão à Balrrada.

Ambiente _


Câmara apresenta Política de Solidariedade Social Agueda, ., de Fevereiro de 2007 A CI~mara Municipal de Agueda reuniu com as Instituições de Solidariedade Social do Concelho, para em conjunto traçar linhas

~ . de

incrementar um modelo eficaz de Acção Social, no Concelho. Nesta reunião foram

doCcmDelbo

apresentados vórioB projectos, fruto do

Nesta reunião foi feita a apresentação da proposta de Regulamento de Apoio às Organizações de Solidariedade Social do Concelho. Este instrumento de trabalho servirá para regular e organizar os apoios e a actividade associativa na área da Acção Social no Concelho de Águeda. Claramente, este programa. estabelece os seguintes objectivos: Apoiar o desenvolvimento e consolidação da rede de equipamentos sociais no município de Águedal Promover a integração social das comunidades em risco de exclusão. a diversificação e qualificação dos serviços de natureza social, realizando uma adequada taxa de cobertura em todo o município e fomentar conceitos de participação e gestão transparente e objectiva, assim como a sustentabilidade funcional das organizações. Todos estes objectivos tendem a garantir a melhoria

trabalho dos Pelouros da Acção Social,

Este encontro decorreu no dia 2 de Fevereiro, pelas 18:00, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Águeda e contou com fi presença de grande número de representantes das organizações dvicas e de solidariedade social do concelho. O Sr. Vice-Presidente da Câmara Municipal de Águeda, Enf. Jorge Almeida, responsável

pelos Pelouro da Acção Social e Ambiente, e a Dr." Elsa Carga, Vereadora do Pelouro da Cultura, estiveram presentes e deram início aos trabalhos. Jorge Almeida, Sr.

Vice-Presidente da Câmara Municipal de Águeda, agradeceu a presença e disponibilidade dos presentes, referindo que esta reunião pretende marcar o início e uma nova etapa na forma do Executivo se

Acção Socia.l

o IlepIamento de Apoio às

orientadores e motivadoras, capazes de

Ambiente e Cultura.

_

relacionar com as colectividades que trabalham o contexto social.

!loIidariedade Sooial


de qualidade de vida das populações e das pessoas desfavorecidas. JOI!J"Almeida, \/ice-Presidente da Câmara Municipal afinnou que "este regulamento será a espinha dorsal da nossa intervenção social, de modo a complementar, regular e solidificar o nosso plano de acção" . Mas para que ele seja de facto pertença de todos, pediu aos presentes que o lessem e o enriquecessem com ideias e sugestões, pois disse, ainda, "este documento de trabalho deverá ser melhorado com a vossa experiência, pois é certamente mais rica. e melhor que a nossa" . Aos presentes pediu que entregassem as propostas de melhoramento ao regulamento no prazo máximo de quinze dias, isto é até ao dia 16 de Fevereiro.

Com a aprovação deste Regulamento, pretende-se construir um caminho dinâmico e uma relação de complementaridade com as Associações de Solidariedade do Concelho. O modo de abordar os apoios financeiros foi também uma das vertentes focadas pelo Executivo que não prevê facultar apoios financeiros em razão do número de utentes de cada instituição, ou dar mais a quem mais tem. Pretende sim apoiar as associações mais intervenientes, gerindo melhor os apoios através de quatro medidas apresentadas que representam, no seu todo, as possibilidades de auxiliar estas organizações, segundo o grau de carência de cada uma, fazendo face à concretização dos seus projectos.

Medida A Apoio à construção ou beneficiação de instalações ou à aquisição de equipamentos, até 30% do investimento elegível próprio da entidade; Medida B Apoio ao desenvolvimento e funcionamento de projectos e actividades, até 30% do investimento elegível próprio da entidade; Medida C Apoio à formação e à realização de eventos de carácter excepcional (esta medida destina-se a apoiar acções de formação e valorização profissional, consideradas relevantes para a melhoria dos serviços técnicos e das intervenções sociais das organizações, assim como apoiar a realização de eventos de carácter social que contribuam para a dinamização social do Concelho);

MedidaD Apoio à realização de acções pontuais de carácter social e de emergência (esta medida destina-se a apoiar intervenções pontuais de carácter social imprevistas e de emergência). Todas as organizações que pretendam candidatar-se às medidas de apoio da Autarquia, deverão proceder ao seu registo prévio entregando cópia dos seus estatutos e escritura pública de constituição, lista nominal dos seus órgãos sociais, NIPC e Declaração de Utilidade Pública, quando

Accçã.o

Social.


Municipal toma mais uma medida com vista à sustentabilidade do Concelho, promovendo a reutilização de determinados materiais, criando-lhes um ciclo de vida maior e contribuindo para a melhoria e bem-estar dos seus munícipes. Jorge Almeida, Vice-Presidente da Câmara Municipal concluiu a apresentação do programa dizendo: "Se com esta acção pudermos satisfazer as neceBBidades das familias com menos recursos, então, este esforço da Cdmara Municipal valerá, com certeza, a pena" .

Consideravõe. fiDal••••

Na parte final da reunião foram ouvidas várias intervenções dos representantes dos vários organismos presentes. Todos foram unânimes em afirmar que esta nova política de Solidariedade Social, que o Executivo pretende desenvolver, é boa e já deveria ter sido implementada há mais tempo. Foi enaltecida por vários membros a forma como a Câmara Municipal de Águeda está a trabalhar a realidade social do Concelho e a forma como lida com algumas situações de miséria. Para terminar, Jorge Almeida, Vicepresidente da Câmara Municipal agradeceu a presença e participação dos membros presentes na assembleia, referindo que "esta reunião foi importante pois este é o nosso modo de caminhar juntos e a falar a mesma linguagem".


Protocolo entre a Cimara e Hospital de Águede

Autarquia apoia Hospital no Serviço Domiciliário e no alargamento das urgências Agueda, 24 de Novembro de 2008

No passado dia 20 de Novembro, a C4mara Municipal assinou um protocolo de cooperação com o Hospital Distrital de Agueda, no dmbito do serviço domiciliário.

vulneráveis e debilitada.

O presente protocolo visa estabelecer um sistema de colaboração entre o Município e o Hospital, no sentido de prestar cuidados domiciliári.os ii população do concelho, que para já abrange apenas os doentes do regime pós-cirúrgico de ambulatório de Oftalmologia e Ortopedia, tomando desta forma o acesso aos cuidados de saúde mais abrangente, eficiente e menos demorado. A Cirurgia de Ambulatório é caracterizada por ser uma cirurgia em que os doentes são admitidos no próprio dia, isto é, no dia da operação têm alta hospitalar. Como exemplificou Jorge Soares, Enfermeiro Director, ·0 doente é operado e vai pcua casa nesse dia. No dia seguinte vai um enfermeiro a casa, para efectucu o tratamento póB-operotório".

o

momento da assinatura do protocolo contou com a presença do Presidente da Câmara de Águeda, Gil Nadais, do Presidente do Conselho de Administração do Hospital Dístrítal de Águeda, Sousa Alves, do Vice-Presidente, Jorge Almeida, para além de outros elementos do Conselho de Administração do Hospital.

o

Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital de Águeda, Sousa Alves, agradeceu ·todo o apoio que a Autarquia tem dado· reforçando que "cc melhorar a qualidade do Hospital estamos a pensos no bem-estar e na qualidade de vida dos cidadãos·. Já para o Autarca Aguedense é "um serviço de proximidade com os cidadãos·, pelo que "o objectivo passa por proporcionar melhores condições às pessoas, que se encontram num momento em que se encontram mais

_

Acção Socia.l

De acordo com o protocolo celebrado compete à Autarquia fornecer a viatura com motorista, respectivo seguro e as responsabilidades associadas aos custos do veículo, como combustível, revisões e impostos associados. Por outro lado, o Hospital disponibiliza uma equipa de enfermeiros para realizar o Serviço Domiciliário aos doentes, que numa primeira fase corresponde aos doentes do regime pós-cirúrgico de ambulatório de Oftalmologia e Ortopedia, residentes no Concelho de Águeda, mas que posteriormente se alaxgará a outras especialidades. Ao Hospital compete também fornecer o equipamento e materiais necessários à realização do Serviço Domiciliário. Esta entidade fica, também, responsável por elaborar um


relatório bimestral, sobre as actividades desenvolvidas no âmbito deste protocolo.

Desta forma, a Câmara fomece o transporte, e o Hospital o apoio técnico especializado.

o

Director do Hospital, Sousa Alves, reconhece que este novo serviço "é vantajoso para o hospital, porque diminui o tempo de internamento, mas é muito mais benéfico para o doente". Segundo Jorge

Soares, Enfermeiro Director, o serviço criado por este protocolo "vai diminuir os riscos de inJecçõeshospitalares e possiveis novos internamentos".

HOSPITAL DISTRITAL DE ÁGUEDA AMPLIADO

Para além da assinatura do protocolo foi, também, apresentado o novo projecto de ampliação das Urgências do Hospital. Gil Nadais reconhece que é um momento de orgulho, pois "tendo em conta o cenório nacional, onde hó infelizmente cada vez mais urg~ncias a fechar, é para nós um grande orgulho poder fazer esta obra de ampliação das urgências".

Trate-se de um projecto que praticamente duplica a área disponível, seguindo as orientações técnicas exigidas na actualidade. Segundo Gil Nadais "é uma mais valia para o Hospital, mas principalmente para o Concelho". Já o Director do

Hospital Distrital de Águeda salienta que "são obras fundamentais para responder às necessidades actuais dos cidadãos".

Assim, é um projecto partilhado para obter as melhores soluções e que neste momento vai ser submetido à Autoridade Regional de Saúde. "Aqui está mais uma vez a prova da necessidade de haver interecção entre diferentes entidades, neste caso entre a Autarquia e o Hospital",

sublinhou Gil Nadais.


Todos cuidando de tudo Reabilitação Urbana Cidade e nas

Autarquia promove

Da

FreguesIas

Agueda, 24 de Setembro de 2008

seguintes incentivos e medidas aprovadas:

A C4mara Municipal de Aguedaapresentou um projecto de reabilitação urbana, impulBionando, assim, o reparo de imóveis degradados nos centros urbanos do Concelho.

ISENÇÃO DE TAXAS lIIIllNICIP.AIII

A Câmara MunidpaI de Águeda pretende impulsionar a reabilitação de imóveis degradados nos centros urbanos do Concelho, promovendo um ambiente mais atractivo e agradável, onde todos gostem

de viver, trabalhar ou passear. A sessão de apresentação e de esclarecimento, sobre o tema, decorreu no Salão Nobre da CAmara Municipal de Águeda, no dia 17 de Setembro. pelas 18:00. Além do Presidente da Câmara de Águeda, Gil

Nadais, que procedeu à sua abertura, estiveram também presentes os Vereadores

• Isenção Total de Taxas nos pedidos de Licença/Autorização ou Comunicação Prévia para obras de recuperação de imóveis antigos na Zona Histórica da Cidade e em Áreas Centrais/Núcleos Antigos e Conjuntos com Interesse Arquitectónico em todas as Freguesias. • Isenção Total ou Parcial de Tuas de Licenciamento/Autorização ou Comunicação Prévia para realização de Obras de recuperação ou construção de Imóveis considerados de interesse arquitectónico. • Isenção Total de Taxas de Ocupação da Via Pública para colocação de andaimes necessários li execução das obras de recuperação de imóveis.

Jorge Almeida e João Clemente.

ISENÇÃO E IUlDUÇÁO DE lllII

Além das informações transmitidas pelos técnicos mwticipais sobre os benefícios fiscais, isenção de taxas municipais e sobre o programa "Águeda Linda ~ interveio também, o representante do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (lliRU), Ângelo Barroso e um representante do Banco Montepio. I

o

facto de existirem muitos edifícios degradados no espaço urbano da Cidade e nas Freguesias tem merecido atenção especial por parte da Câmara Municipal de Águeda, que estabeleceu áreas de reabilitação urbana. Deste modo, a Autarquia definiu e aprovou novos incentivos e linhas de apoio a todos os que pretendam intervir nesta área, de modo a recuperar e melhorar as suas habitações. No decurso da sessão de esclarecimento foram dados esclarecimentos sobre os

_

Acção Socia.l

• Isenção de IMI até 8 anos nos prédios urbanos arrendados passíveis de actualização faseada de rendas e em todos os prédios urbanos sitos nas áreas de reabilitação urbana delimitadas pelo Município.


degradados objecto de operações de reabilitação urbana. • Redução da taxa do IMI em 20% para o ano a que respeita o imposto, nos prédios arrendados degradados objecto de operações de reabilitação urbana. PROGRAMA "ÁGUEDA. LINDA"

A Câmara Municipal de Águeda, em colaboração com a empresa CIN - Corporação Industrial do Norte, S.A. instituiu o Programa Águeda Linda- que garante: a) Aconselhamento técnico aos trabalhos de tratamento das fachadas. b) Disponibilização de materiBis de pintura a preços reduzidos; c) Disponibilização gratuita de materiais de pintura para a fachada principal, incluindo os muros, aos candidatos cujo agregado familiar, no último ano, tenha auferido de um rendimento médio mensal per copito abaixo do Salário Mínimo Nacional; d) Disponibilização gratuita de materiais de pintura para todas as fachadas, incluindo os muros, aos candidatos cujo agregado familiar, no último ano, tenha auferido de um rendimento médio mensal per copito abaixo de Y3 do Salário Mlnimo Nacional. II

Para realizarem a candidatura ao Programa "Águeda Linda", os requerentes deverão entregar na Câmara Municipal de Águeda um requerimento instruído com os seguintes elementos: a) Identificação pessoal do requerente e titulo de ocupação do prédio; b) Identificação do imóvel com planta de localização, inscrição matricial, eventual descrição do registo na Conservatória, estado de conservação e fotografia das fachadas; c).Área das fachadas a pintare cores a aplicar; d) Indicação do prazo para a execução da obrai d) Sendo o candidato arrendatário ou beneficiário de qualquer outro direito de uso ou ocupação do prédio, declaração do proprietário que autorize a pintura das fachadas; e) Declaração, sob compromisso de honra, com indicação do rendimento médio per capito do agregado familiar do requerente.

rlNANCLUlENTO . Pro1ocolos com 1nslItuiç&B Ba.noáriao

No seguimento da linha de acção defendida de incentivar a recuperação do edificado no Concelho, e mais concretamente na zona de reabilitação urbana definida, a autarquia deliberou celebrar protocolos com várias instituições bancárias para informação e acesso a financiamento por parte dos proprietários ou arrendatários de fracções ou imóveis a reabilitar, bem como de potenciais compradores.

PROGRAMaS DE APOIO À BEABlLITAÇÃo UBBAl'IIA

RECRIA - Destina-se à recuperação de fogos e imóveis arrendados RECRIPH - Tem como objectivo apoiar financeiramente a execução de obras nas partes comuns de imóveis degradados REHABITA - Visa apoiar financeiramente as câmaras municipais na recuperação de zonas urbanas antigas SOLARH - Tem como finalidade a concessão de apoio financeiro especial, sob a forma de empréstimo


de insuficiência e carência habitacional. Para Jorge Almeida, Presidente do eLAS

"esta é uma ocasião única na politica de Acção Social do Concelho, pois estes instrumentos conferem-lhe um maior pragmatismo e coerência com a realidade social do Concelho. Ao mesmo tempo esta congregação de esforços, entre os v6rios parceiros, possibilita uma"- coordenação

de acções, do qual resulta uma política social mais tarte e concertada, uma maior sustentabilidade das instituições e uma maior âmãmíca e intervenção social".

NOTA: Caso pretenda a ve:rsio inlegRI1 do documento: -Diagn6sI:icoSocial, PDS 200S·2010 e Plano de Acção

200S·2009 w• consulte o sítio electrónico do munidpio.


Obras no

Largo IOde Maio / Largo do Botaréu criam nova centralidade na Cidade

Quem vive e visita a Cidade de Águeda já

reparou que a Autarquia tem vindo a desenvolver trabalhos de valorização do Largo 10 de Maio/Largo do Botaréu, nomeadamente da á.rea do muro de sustentação que existia junto ao rio.

As obras do muro já se encontram terminadas, decorrendo apenas pequenos trabalhos em redor, como a colocação das palmeiras retiradas da área em frente ao Tribunal de Águeda. Tornar aquele espaço envolvente ao rio mais próximo das pessoas e devolver o rio li cidade é um dos objectivos adjacentes a todo este projecto. Nas palavras do Presidente da Câmara, Gil

Nadais, este é apenas o pontapé de saída para uma intervenção mais vasta e de futuro. Com a derrocada do muro e a consequente preocupação das cbeias, a Câmara Municipal de Águeda realizou um projecto pioneiro que permítíré fazer com que o Rio Águeda

não seja encarado como um drama, mas que a população e a cidade sintam. que ele faz parte integrante do seu quotidiano.

_

Obras Municipais

Deste modo transformamos um. problema, nwna solução. refere Gil Nadais, referindo que a oportunidade criada pela queda do muro foi o mote para outras intervenções no rio e suas margens num futuro próximo. A Praça 10 de MaiolLargo do Boteréu é já um local cultural da cidade e do Concelho. Recordemos que este espaço é o palco para diversos eventos marcantes no calendário da vida do Concelho, entre os quais merecem destaque a Festa do Leitão e o AgitÁgueda, e o próprio espectáculo Rio Povo, realizado próximo da Praça 10 de Maio, mostram a apetência das margens do rio para actividades culturais e de lazer. Deste modo, com a conclusão das obras, Águeda e o Concelho poderão encontrar aí um local de excelência e qualidade, permitindo aos cidadãos usufruírem de momentos únicos de convívio, cultura, desporto e lazer.


TrBDSportes

" Auto-Estrada entre Agueda e Aveiro a sair do papel · Coimbra mais próxima Agueda, 29 de Março de 2008

Águeda fica, essím, servida de uma moderna e eficiente rede de acessibilidades. Constitui

o Primeiro-Ministro, José Sócrates, lançou Sábado, 29 de Março, em Mortágua, o Concurso Público para a ligação por autoestrada entre Águeda e Aveiro, bem como

mo investimento estratégico e com visão de futuro, projectado para garantir o desenvolvimento económico e a mobilidade das populações.

para um novo traçado do IC2 no acesso a Coimbra.

A conclusão da obra está. prevista em 2011.

Foi com o recente trabalho de sensibilização

e informação, nomeadamente deste Executivo junto das mais diversas entidades governamentais, que Águeda conseguiu garantir o mais importante investimento

Murtosa

, , ,,,

Albergaria : -a-Velha

,

,, ,, ,,

Aveiro

para as acessibilidades de e para o Concelho de Águeda.

Prometida durante décadas à população, industriais e comerciantes de Águeda, a ligaçãD de Águeda a Aveiro pessaãnalmente a realidade concreta com o lançamento do concurso para a sua execução.

.,

f1havo . Vo'lgos .

)

. Águeda

on....;'a ~

do Sal'ro •

:111

De acordo com os dados apresentados, os 14 km do trajecto, em perfil de auto-estrada.

permitem uma diminuição de sensivelmente 53% no tempo médio de percurso entre Águeda e Aveiro. Um dado incontornável, por exemplo, é a conquista de uma nova proximidade ao Porto de Aveiro. estrutura essencial para os nossos empresários escoarem os seus produtos. Com a concessão agora lançada, Águeda fica também com acesso rápido e privilegiado a Coimbra, tirando proveito dos ganhos de tempo (estimados em 40%) e de redução de sinistralidade no novo traçado, que se impõe como alternativa de qualidade à Ai.

Obras Municipais.


Parque Empresarial do Casarão já mexe... Agueda, 23 de Outubro de 2008

J6. se podem observar obras de terraplanagem e abertura de caminhos no cada vez mais p1ÓXillIO Ptuque Empresarial de Agueda.

A área do novo Parque Empresarial fica situada no lugar do Casarão, nas proximidades do Aeródromo e do Crossódromo Internacional do Casarão.

A construção deste empreendimento industrial resulta do interesse da Autarquia em dotar os empresários e indústrias do Concelho dos meios necessários e estruturais para fazer face aos grandes desafios económicos do futuro. A localização estratégica deste parque irá

condicionar e motivar os potenciais investidores de dentro e fora do Concelho - que inclusive já fizeram chegar dezenas de pretensões a lotes -, pois a sua localização estratégica permite uma mais répída e eficaz deslocação. Este aspecto coloca o Concelho de Águeda como único e o melhor posicionado de entre todos os Concelhos que constituem a NUI'IIT do Baixo Vouga.

Esta infra-estrutura permitirá fi curto prazo um desenvolvimento significativo para o

_

Obras Munioipais

Concelho, dada a criação de novos postos de trabalho e a atracão de novas indústrias, criando condições para um maior crescimento económico e sustentável para o Concelho de Águeda. A abertura dos caminhos na área a ocupar pelo Parque Empresarial do Casarão é um dos passos para a sua implantação definitiva.


Boletim Municipal  

Boletim Municipal de dezembro 2008

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you