Issuu on Google+


3

Fotos: Jonathan Souza


Imagem Ilustrativa.

4 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


5

Imagem Ilustrativa.


índice

22

Dell Anno inaugura loja em grande estilo e chega para inovar o mercado de móveis planejados em Rondonópolis.

34

A JK LUXO tem o prazer e o orgulho de presentear Rondonópolis e região com a primeira Limousine: LINCOLN NAVIGATOR.

42

Solução Técnica. Luxo, Qualidade e Sofisticação! Home Theater: o cinema no conforto da sua casa. Conheça alguns dos equipamentos mais desejados do mundo!

46

Blairo Maggi. Um dos homens mais influentes do mundo!

6 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


50

Balneário Camboriú. Invista numa das cidades mais paradisíacas do mundo!

64

FR Odontologia. Um novo conceito em tratamentos odontológicos!

80

As arquitetas Carol Barreto e Gisa Fabris apresentam um dos projetos do escritorio Personnalité com respaldo de grandes empresas.

106

Mato Grosso, uma das maiores potências do Brasil.

12 18 46 86 90 94 110 116 118 120 122 124 126 128 130 132 134 136 138 140 142 144 146 148 150 152 154 156 158 160 162 164 166 168

Gold Social Gold Social Páginas Douradas Wagner Parreira - Social Evidência Variedades - Ana Cristina Cidades Gold Social - Tangará da Serra Frases Comportamento Moda Feminina Moda Masculina Decoração e Designer Tecnologia Beleza Arquitetura e Construção Reflexão Direito e Deveres Gastronomia Estética Saúde Música Cinema Automobilismo Motociclismo Turismo Cultura Educação e Pedagogia Economia Esporte Agricultura Pecuária Náutica Aviação

7


Expediente

n.º 23, Setembro | Novembro | 2013 | Ano VII

Diretor / Editor: Golther Carlos Neres Ferreira DRT 0000014/MT diretor@revistagold.com.br Financeiro Ulisses Reis Munhoz financeiro@revistagold.com.br Diagramação / Editoração Pedro Victor Viana Nunes dos Santos arte@revistagold.com.br Colaboradores Ana Cristina Crespani e Wagner Parrera Fotografias Fares Rames, Fernanda Cittadella, Jonathan Souza, Josué Pereira, Ju e Nilton Kosouski, Márcio Trevisan, Marcus Bordado (Photo Art), Silvana (Foto Revelação), Sérgio Soares, Valter Arantes e Wanderlima. Correção Rosilene R. de Carvalho CTP/Impressão/Acabamento Alpha Editora Periodicidade Trimestral Tiragem 5.000 exemplares Circulação Rondonópolis, Primavera do Leste, Jaciara, Pedra Preta, Alto Araguaia, Alto Garças, Alto Taquari, Itiquira, Guiratinga, Paranatinga, Barra do Garças, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Várzea Grande, Nobres, Nova Mutum, Nova Olimpía, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Sinop, Colider, Alta Floresta, Sapezal, Campo Novo dos Parecis, Barra do Bugres, Tangará da Serra e Cáceres. Publicação Gold Marketing e Eventos LTDA DRT 0000007/MT Fone: (66) 8448-3770 Caixa Postal 1093 - CEP: 78.740-970 Rondonópolis-MT www.revistagold.com.br Fale conosco revistagold@yahoo.com.br Para anunciar comercial@revistagold.com.br Para assinar assinatura@revistagold.com.br

A Revista Gold não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos encartes publicitários e nos artigos assinados por seus colaboradores e não tem vínculo empregatício com os mesmos. É vedada a reprodução parcial ou total de suas páginas sem a devida autorização e citação de fonte.

A revista Gold é filiada e associada a:

8 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

A marca Gold está devidamente registrada e patenteada no órgão responsável:


Celebramos

Editorial

Sete Anos

A comunicação, como as demais áreas do conhecimento humano, vem tendo transformações radicais nos últimos anos. As mudanças no comportamento do consumidor, as estratégias competitivas e as inovações tecnológicas estão presentes em todos os segmentos. Neste cenário, marcado pela competitividade e mudanças aceleradas, estes segmentos buscam, como forma de diferenciação e sobrevivência, estabelecer uma imagem pública positiva, baseada em uma identidade exercida de forma consciente, responsável e coerente com seu papel social. A revista Gold é um importante instrumento desses segmentos, pois é capaz de fortalecer a imagem e o posicionamento deles perante seus públicos, garantido sua representatividade e credibilidade. Atualmente, o planejamento estratégico de um segmento está diretamente ligado às estratégias de comunicação, e a revista Gold é uma forma de comunicação dirigida que estes segmentos podem utilizar na otimização de resultados no relacionamento com seus públicos. Pois é vista como uma ferramenta estratégica que visa a divulgar e dar conhecimento de uma marca/produto e/ou serviço, além de provocar a consciência, a fidelidade (ou preferência). E, ainda, a sua força pode contribuir para criar e ampliar a credibilidade destes segmentos. Mas geralmente, nem todos se preocupam com o planejamento adequado, como forma de comunicação dirigida, por desin-

formação ou por não saberem os benefícios que sua realização pode proporcionar no relacionamento com seus públicos. Fortalecendo, assim, o conceito perante eles. Percebe-se, claramente, na maioria dos casos, a necessidade de um planejamento global. É um trabalho complexo que requer um comando firme e tempo para que todas as providências sejam esquematizadas da melhor maneira possível para ocorrer de acordo com os objetivos propostos. Quando é direcionado, bem organizado e planejado, pode manter, elevar ou recuperar a imagem/conceito de uma organização junto ao seu público de interesse. Portanto, a revista Gold consolida-se cada vez mais como uma estratégia de comunicação que atinge o público-alvo desejado; divulga a marca de uma empresa, promove seus produtos, potencializa suas vendas e contribui para a expansão e a conquista de novos mercados. A revista Gold vem se tornando cada vez mais essencial à vida econômica das empresas, pois a cada ano ela cresce em número, proporção e grau de sofisticação.

Foto: Valter Arantes

O

lá, tudo bem? Esta é a 23ª edição da Revista Gold. Com esta edição celebramos sete anos de aniversário da revista que teve seu primeiro exemplar lançado no dia três de agosto de 2006. Nestes sete anos - 84 meses - 2.555 dias - 153.300 horas - 9.198.000 minutos e 551.880.000 segundos, foram veiculadas mais de 3.000 páginas – centenas de anunciantes – milhões de palavras – milhares de matérias e artigos. Mais de 1.000.000 de pessoas já viram a revista seja no Mato Grosso, no Brasil ou no Exterior.

“Mas, vocês devem ser fortes e não se desanimar, pois o trabalho de vocês será recompensado”. II Crônicas - 15:7 “Do fruto de sua boca o homem se beneficia, e o trabalho de suas mãos será recompensado”. Provérbios - 12:14 Jesus Cristo é o Senhor nosso Deus. Um grande abraço!

Diretor e Editor Jornalístico DRT 0000014 MT Consultor de Marketing Membro Colaborador da Associação Brasileira de Imprensa Membro Associado da Associação Nacional de Editores de Publicação

9


10 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


11

Imagem Ilustrativa.


1

Gold

2

Sociedade Matogrossense

1

Família Scheffer; Daila, Maria júlia, Solange, Fernando e Letícia.

2

A nutricionista Telma Waki.

3

4

3

Duda Aguiar e o marido Rudinei, recentemente eles inauguraram o mais charmoso espaço de eventos de Rondonópolis.

4

O casal Rafael Zucato e Karita Bongiolo.

5

A pecuarista Clarissa Peixoto.

9 Fotos: Valter Arantes

Família Bortoli: Marina e Zeca posam com os filhos, nora, genro e netos.

9

5

12 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


13

Imagem Ilustrativa.


Foto: Josué Pereira

14 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


15


16 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


17


Gold

1

Sociedade Matogrossense

1

Helmute e Neuza Hollatz com Jussara e Leonardo Randazzo.

2

Presidente da ACIR de Rondonรณpolis Luiz Fernando Homem de Carvalho com a esposa Geneliza.

2

3

3

Raquel e Gilmar Mattei.

4

Glaci e Pedro Jacyr Bongiolo.

5

Mateus e Camila Reis.

9 4

5

7

18 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23

7

Flรกvia Vetorasso e ร‚ngela Augustinho.

9

Fotos: Valter Arantes

Priscila Bernades.


19


20 Principais Fornecedores Dom Gabriel (Materiais de acabamento), Elétrica Serpal (Iluminação), Sollar (Móveis e decorações), Bia Ribeiro (Papéis de parede e tecidos), Accanto Casa (Objetos de decoração), Claudio Ferreira (Paisagismo), Sansão Móveis (Marcenaria), Art Molduras, Amazonas Vidros (Espelhos) e Só Películas. Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Projeto dos Arquitetos Francyne Rabaioli e Igor Freitas traz para Rondonópolis um ambiente charmoso e aconchegante aliado à gastronomia diferenciada.

A

creditamos que a vida ganha um toque especial quando fazemos uma pausa para desfrutar de uma boa refeição. O prazer em comer, acompanhado de um bom vinho, desperta os sentidos, ilumina o pensamento e conforta a alma.

Foto: Valter Arantes

Foto: Márcio Trevisan

Fotos: Josué Pereira

Segundo os arquitetos, a intervenção precisava alinhar uma arquitetura acolhedora e simples com o bom gosto da cozinha assinada pelo Chefe Marcelo Braga. A fusão destes conceitos só agregou ao resultado final que faz do Mediterrâneo Restaurante um lugar que dedicamos ênfase à vida, que com certeza pode ser mais gostosa, quando dividimos a mesa com a família e amigos em um ambiente extremamente agradável.

Francyne Rabaioli e Igor Freitas. Av. Presidente João Goulart, 162 Vila Aurora . Rondonópolis - MT Fone: (66) 3422 7043

21

Marcelo Braga Av. Lions Internacional, 269 Rondonópolis - MT Fone: (66) 3422 3091


Capa Rondonópolis

Dell Anno inaugura loja em grande

Foto: Valter Arantes

estilo e chega para inovar o mercado de móveis planejados em Rondonópolis.

Os socios: Claudio, Suely, Priscila e Leonel.

A

Dell Anno é uma das mais tradicionais marca de móveis planejados do Brasil, com mais de 28 anos de história. Conquistou a confiança de seus clientes e o reconhecimento do mercado como referência de estilo, sofisticação e bom gosto. Dell Anno vem para inovar o mercado de móveis planejados em Rondonópolis. Design aliado à moda são os temas da nova coleção, baseada em estampas de tecido e assinadas por famosos estilistas como Reinaldo Lourenco e a grife Animale.

22

A nova direção da empresa assumida, Priscila Leiva, conta com profissionais especializados para atender os mais variados clientes. “Desenvolvemos projetos não somente pensando em venda, mas em funcionalidade, praticidade e estética. Atender as necessidades dos nossos clientes são as prioridades da Dell Anno Rondonópolis”.

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


A Dell Anno oferece uma das maiores variedades de padrões e acabamentos, a marca Cinex é parceira e disponibiliza cerca de 60 modelos e cores de vidros para frentes de cozinha, home, quarto e demais ambientes. Os vidros têm origem italiana e são o que tem de mais moderno e elegante no mercado. Lacca, lamina natural (importada dos EUA), alumínio colorido e MDF, estão entre os principais acabamentos da marca. A Coleção de Lacca foi baseada em pedras preciosas, abrangendo uma linha de cores únicas com acabamento fosco e alto-brilho. Todos os acessórios: corrediça, dobradiça, aramados, amortecedores, pistões, lixeiras e divisores internos são da marca Blum, originados da Itália. Os produtos Dell Anno impõe confiança e respeito á seus clientes, os ambientes chegam embalados e etiquetados com NOME/AMBIENTE/DESCRICAO DO PRODUTO.

Fotos: Josué Pereira

A Marca oferece 5 anos de garantia em seus produtos, caso haja vício ou defeito de fabricação. Assistência técnica e ajustes são dados pela loja autorizada de forma vitalícia.

23 Curta nossa Fanpage no facebook: Dell Anno Rondonópolis


A inauguração ocorreu dia 22/06/2013, com um elegante coquetel para recepcionar profissionais e clientes, mostrando a nova estrutura e direção da Dell Anno em Rondonópolis.

Davi Moraes, Tatieli Vitali, Priscila Leiva e Danilo Santos.

Rodrigo e Patricia Zacariotti.

Marcia e Suely Leiva.

Paula Munchen e Marco Munchen.

Wesley Marques e esposa, Maria Aparecida Xavier, Lidia Freitas, Debora Silva e Diego Leonel.

Curta nossa Fanpage no facebook: Dell Anno Rondonópolis

24 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Luciani Zamboni em entrevista para Casa e Construção.

Maria Galdino, Valdemar Jose Galdino e Izildinha Nunes. Luciane Zamboni, Marta Lermen, Priscila Leiva e Leonel Duarte.

Fotos: Josué Pereira e Clube7

Leonel Duarte e Danilo Santos.

25


Diego Pompermayer, Lisia Fagundes, Igor Freitas e Francyne Rabaioli.

Isabel Straliotto, Luis Carlos Straliotto e Marta Lermen.

26 Priscila Leiva e Luciani Zamboni. Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | n潞 23

Thiago Almeida e Bruna Paes Toledo. Curta nossa Fanpage no facebook: Dell Anno Rondon贸polis


Edivaldo Schiavo e Edilaine Schiavo.

Alexandre e Edina Dreyer.

Fotos: JosuĂŠ Pereira e Clube7

Janaina Mattos, a arquiteta conhecendo as novidades.

Marta Lermen e Suely Leiva.

Tatieli Vitali, Suely Leiva, Claudio Leiva, Davi Moraes, Danilo Santos, Priscila Leiva e Leonel Duarte.

27


Fotos: Josué Pereira

28 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Foto: Valter Arantes

C

ada móvel Dell Anno leva junto com a qualidade e estilo da marca a preocupação da empresa com o meio ambiente e com o futuro do planeta.

Esse cuidado percorre todo o processo produtivo da Dell Anno. A madeira, matéria-prima utilizada nos móveis, é proveniente de florestas renováveis com plano de manejo. O compromisso da empresa é evitar o desmatamento de áreas de preservação como a Amazônia, a Mata Atlântica e de outros sistemas nativos. A Dell Anno é uma das mais tradicionais marcas de móveis planejados do Brasil. Conquistou a confiança de seus clientes e o reconhecimento do mercado como referência de estilo, sofisticação e bom gosto.

Com padrões de acabamento e centenas de acessórios e detalhes exclusivos, a Dell Anno tem uma linha completa de móveis para cozinhas, dormitórios, closets, home theaters, home offices, áreas de serviço, banheiros e também para ambientes comerciais. Atenta à dinâmica do mundo do design, arquitetura, moda e decoração, a Dell Anno conta com uma equipe de profissionais que, com base em pesquisa e desenvolvimento se dedicam à leitura das principais tendências do mundo para traduzi-las em produtos, transformando os ambientes em cenários que refletem um estilo muito próprio de viver.

Autorizada: Modelle Interiores Av. Cuiabá esq. Joao Pessoa 746, Centro Rondonópolis - MT Tel.: (66) 3421-7007 Curta nossa Fanpage no facebook: Dell Anno Rondonópolis

29


30 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


31


32 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


33


A JK LUXO tem o prazer e o orgulho de presentear Rondonópolis e região com a primeira Limousine:

A

pós longos meses de planejamento e dedicação, a JK LUXO tem o prazer e o orgulho de presentear a cidade e região proporcionando a você cliente momentos inesquecíveis e de muito Glamour! Com a primeira Limousine LINCOLN NAVIGATOR capacidade para 17 passageiros. Levamos você para viagens de negócios e/ou lazer com veículos luxuosos e transporte aéreo de alto nível, conforto, segurança e motorista profissional. Nossos choferes apresentam-se devidamente trajados (com cap e luvas brancas) prontos para estender um tapete vermelho a você. Lincoln Navigator limousines, Luxo, segurança, requinte e Sofisticação! Tudo o que há de mais moderno acerca de transporte terrestre. Uma verdadeira joia sobre rodas.

34

Características: TV “LED 42”, Frigobar, Ar condicionado digital, Sofás em couro legítimo, Raio laser show, Smoke machine, Led’s rgb, Sistema de áudio e vídeo top, Bar executivo e muito mais! Venha ser nossa celebridade !

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Fotos: Vertical Imagens

LINCOLN NAVIGATOR.

Áreas de serviços: Casamento. Transportando sonhos! O dia do seu casamento é uma data muito especial! Quer seja um automóvel de luxo ou um serviço de limousine personalizado, proporcionaremos uma noite inesquecível a você e seus convidados, abrilhantando ainda mais este momento. Faça valer cada detalhe! Debutante. Aos pais corujas, que desejam marcar esta data com todo glamour e sonho que sua filha merece, oferecemos serviços de transporte personalizado e limousine com capacidade para 17 pessoas. Imagine sua princesa poder viver uma noite de sonho e encanto com suas amigas mais queridas... Será um momento esplendoroso! Festa Infantil. Venha se divertir e comemorar com seus amiguinhos e família na JK Limo Kids. Nossa limousine se trasnforma num espaço de fantasias, recheado de muitas guloseimas e grandes surpresas! Faça da festa do seu filho um momento ainda mais mágico.

Formatura. Chegou o seu momento de comemorar os longos anos de dedicação e estudos, você merece curtir essa conquista com estilo. Já pensou em chegar ao baile de formatura em uma limousine com capacidade para reunir sua familia e/ou amigos? A JK LUXO tem o prazer de compartilhar este momento especial de sua vida, levando-o em um veículo luxuoso : Limousine Lincoln Navigator proporcional à grandeza de sua conquista e especialmente glamorosa para esse evento. Balada. Você já se imaginou chegando à balada em altíssimo nível? E ser o centro das atenções? É por isso que a JK LUXO convida você a fazer seu “esquenta” a bordo de nossa limousine Lincoln Navigator. Aqui sua imaginação acontece!! e sua segurança no trajeto é garantida. Aeroporto Receba um tratamento ViP! Buscar ou levar você ao aeroporto a bordo de uma limousine representa mais do que status e glamour! É segurança, conforto e tranquilidade.

35


City Tour. Os melhores momentos de sua vida, merecem passeios marcantes com a limousine Lincoln Navigator! E Você deseja fazer algo diferente? Convide seus amigos, sua cara metade ou alguem especial e venha se divertir em grande estilo. Translado. Percebe-se uma carência significativa em relação a transporte de luxo no centro oeste, apesar de Rondonópolis e região fazerem parte do calendário de agronegócios e grandes eventos nacionais e internacionais, a cidade precisava desse atendimento vip. Pensando nisto, a JK LUXO com intuito de suprir esta carência, prontifica-se a dar suporte, conforto e segurança a altura dos grandes Empresários, Políticos e Celebridades, tornando sua experiência de negócio e viagens em momentos agradáveis, conduzido com muito requinte, discrição e profissionalismo por motorista altamente treinado e uniformizado. Publicidade. A sua marca em destaque aliada a eventos corporativos, transporte VIP e ação publicitária no maior conceito de luxo acerca de transporte terrestre. Fale conosco e veja como aparecer com luxo e glamour! Serviços Executivos: JK LUXO prontifica-se a dar suporte, conforto e segurança a altura dos grandes empresários do agro negócio. Transportamos com muito requinte, discrição e profissionalismo, oferecendo motorista altamente qualificado e uniformizado. Táxi Aéreo. JK Luxo oferece transportes aéreos para lhe atender de forma glamorosa. Que tal descer do nosso taxi aéreo direto para a maior limousine da América Latina? Características: CORISCO II turbo EMB. 711-ST, Calda em T, Capacidade para 4 pessoas, Revisado e expecionado conforme normas da ANAC.

36

Dodge Journey. É um utilitário esportivo de grande porte. Um veículo de Luxo com capacidade para 7 passageiros. Características: Entrada USB, DVD, Câmera De Ré, Controle de tração, Assistência de frenagem de emergência, Sistema de anti capotamento e 6 Air Bags.

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


JK Luxo Av. Frei Serv谩cio, 1037 - Bairro Santa Cruz Rondon贸polis - MT (66) 9984 3938 | (66) 9222 9392 www.jkluxo.com.br

37


38 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


39


40 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


41


Capa Especial

Luxo, Qualidade e Sofisticação!

Home Theater: o cinema no conforto da sua casa. Conheça alguns dos equipamentos mais desejados do mundo!

A

Solução Técnica é revendedora das marcas líderes mundiais no mercado de alto padrão, são equipamentos que representam o sonho de consumo de todos aqueles que prezam pela qualidade sonora e visual. Além disso, as belezas dos equipamentos tornam-nos verdadeiras peças de decoração. Transforme sua sala em um verdadeiro cinema onde você possa reunir a sua família e amigos para assistir a filmes, a shows e a competições esportivas, como se estivessem no cinema, teatro ou no estádio. SOMOS A SOLUÇÃO

GRANDES OBRAS: Auditórios e ambientes comerciais. Com conceito e bom planejamento desde o projeto e durante a sua obra, a Solução Técnica permite economia na instalação, acústica do ambiente, com as funções integradas a uma diversidade de acabamentos. Salas de reuniões, auditórios, cines-teatro, sonorização para igrejas, bares e restaurantes. Trabalhamos junto aos arquitetos e engenheiros, tudo isso, para você ter segurança e qualidade em tecnologia. Sinta o benefício que atenda às suas necessidades, até aquelas que você nem imaginava.

A empresa é conhecida pela referência e ousadia técnica, sendo o objetivo principal: desenvolver os projetos dentro do prazo estabelecido, oferecendo um serviço eficiente superando as expectativas dos clientes.

HOME THEATER: Um bom projeto de áudio e vídeo transforma tudo. Home Theater é o conceito de Home Entertainment, ao pé da letra significa sala de cinema em casa. É o ambiente da casa onde você pode reunir a sua família e amigos para assistir a filmes, a shows e a competições esportivas, como se estivessem no cinema, teatro ou no estádio. Para isso, é necessário um estudo e uma análise do ambiente, tratamento acústico, preparações elétricas para evitar ruídos e danos aos equipamentos, dispositivos e funcionalidades a seu gosto.

Nossa relação com os clientes se destacam, principalmente pelo atendimento diferenciado e na execução dos projetos de acordo com as reais necessidades, o melhor custo benefício. Acreditamos no processo de parceria direta com você.

AUTOMAÇÃO: Ambiente Residencial. Dentro ou fora, tenha o controle de sua casa ou escritório em suas mãos. Sinta os benefícios de se ter todos os ambientes integrados, fun-

A empresa SOLUÇÃO TÉCNICA constrói sua história há mais de 12 anos, atuando no mercado de Áudio Vídeo e Automação na região do Centro-Oeste do País.

42

Foto: Márcio Trevisan

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


cionando a um só toque. Sem dor de cabeça e sem reformas, mesmo com a sua casa pronta, ainda assim é possível com a tecnologia sem fios aproveitar toda a infraestrutura elétrica já existente, possibilitando ser implementada de forma modular, em etapas, sem a necessidade de quebra-quebra. Explore todos os efeitos, deixe sua imaginação criar os cenários! Torne sua casa muito mais inteligente e aconchegante de forma sofisticada, com a comodidade de controlar pelo Ipad. Automação residencial, a solução inteligente para todos os estilos. Para pessoas inteligentes, casa inteligente. Minimize as consequências ambientais. Deixe sua casa perceber as mudanças no ambiente, reagindo de forma automática para otimizar o consumo de energia e outros recursos. Utilizando comandos de parede dentro de casa ou à distância, através de tablets e smartphones, você controla luzes, persianas, ar-condicionado, áudio e vídeo, abrindo e fechando cortinas, ligando a bomba da irrigação do jardim e muito mais. Fotos: Wanderlima

Nova loja. Novo Show Room. FAÇA-NOS UMA VISITA! Av. Isaac Povoas, 1246 - Centro Norte CEP: 78.005-340 Cuiabá - MT 65 3052 0421

43

Rua Major Gama, 950 - Centro CEP: 78.020-170 Cuiabá - MT 65 3624 0422 www.solucaotecnica.com.br


44 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


45


Páginas Douradas

Foto: Lia de Paula/Agência Senado

Blairo Maggi

B

lairo Borges Maggi é um homem que pode ostentar entre suas qualidades incontestáveis a capacidade de inovar. A característica nata que na vida pessoal lhe rendeu a construção de um império com o trabalho, na política lhe deu notabilidade e reconhecimento internacional. Em apenas oito anos de vida pública, ele se consolidou como um dos homens mais influentes do mundo. Paranaense de São Miguel do Iguaçu, Blairo nasceu em 29 de maio de 1956, na família dos pequenos produtores rurais de descendência italiana André Antônio Maggi e Lúcia Borges Maggi. Com a aposta do pai no cultivo da soja em áreas inexploradas, Blairo graduou-se em Agronomia na Universidade Federal do Paraná. Sob seu comando, a pequena empresa Sementes Maggi, fundada em 1973, transformou-se no Grupo André Maggi, com a chegada da família ao cerrado mato-grossense há mais de 30 anos.

46

Com trabalho braçal e faro empresarial, Blairo transformou o grupo na 17ª maior empresa exportadora do Brasil em 2009. Casado com Terezinha Maggi, teve três filhos, Belisa, Ticiane e André, e dois netos, Bianca e Blairo Cesar. No ano de 2002, ele ingressou na política com um intuito nobre: cumprir a promessa de que ajudaria pessoas caso uma de suas filhas se curasse

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

de um câncer linfático. O empresário venceu as eleições para governador do Estado com 51% dos votos no primeiro turno. Blairo defendeu explicitamente na administração pública os princípios de honestidade, eficiência, ousadia e transparência que regeram sua bem-sucedida saga empresarial. Em 2006, se reelegeu governador de Mato Grosso com 63,59% dos votos. Durante sua gestão, Maggi conseguiu conciliar o desenvolvimento econômico do Estado à difusão de novas práticas de sustentabilidade. A prosperidade social também chegou durante a gestão de Maggi - em 1996, 28,1% das famílias mato-grossenses viviam com até meio salário mínimo. Em 2008, o índice baixou para 15,8%. Em novembro de 2009, a revista Forbes elegeu Blairo Maggi como o 62º líder mais influente do mundo, sendo ele o único brasileiro listado, além do presidente Lula. Entre os 30 líderes mais influentes do Brasil da revista Época, o ex-governador também figurou. A revista Veja, a mais lida do país, publicou em setembro de 2009 um perfil de Blairo enfatizando sua disposição em rever posturas e posicionamentos pessoais. Participou de encontros mundiais em prol da preservação do meio ambiente. Inspirou Fonte e fotos: blairomaggi.com.br


a mudança de comportamento de agricultores do país. Após ações eficazes, ganhou o respeito de ambientalistas.

Foto: Marco Ankosqui

O homem que aportou em Itiquira um pouco mai de 30 anos e na última década ganhou prestígio entre as principais autoridades do país com o dinamismo e alcance de seu trabalho econômico e social, deixou o governo do Estado de Mato Grosso em abril de 2010 com o índice inédito de 92% de aprovação popular, de acordo com o Instituto Vox Populi, e lançou a pré-candidatura ao Senado Federal. Na qual obteve vitória mais uma vez. Em 27 de fevereiro de 2013, Blairo Maggi assumiu a presidência da Comissão de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle do Senado Federal do Brasil. Diante dos olhos do mundo, ele se prepara para levar a todo Brasil sua maestria em aliar desenvolvimento e prosperidade com seu jeito singular de fazer política.

A matriarca Dona Lúcia Maggi, cercada pelos filhos (da esq. para a dir.) Fátima, Rosangela, Marli, Blairo e Vera

Grupo

AMAGGI

As atividades do Grupo André Maggi começaram em São Miguel do Iguaçu (PR), em 1977, com a criação da Sementes Maggi. Inicialmente, a empresa limitava-se à produção de sementes e à comercialização de safras. No entanto, devido ao pioneirismo e a visão de futuro de seus fundadores – André Antonio Maggi, sua esposa Lúcia Maggi e o filho, Blairo Maggi – as atividades logo foram expandidas e deram início a um contínuo e consistente processo de evolução. A aquisição de terras no estado de Mato Grosso permitiu o incremento da produção de soja logo no início da década de 80 e o crescimento foi expressivo. Hoje o Grupo é um dos maiores da América Latina no ramo do agronegócio e é formado por quatro grandes Divisões de Negócio: Amaggi, Divisão Agro, Divisão Navegação e Divisão Energia. Uma história de conquistas e superações marcada por contribuições significativas à sociedade, como a construção da cidade de Sapezal (MT) e a criação do Corredor Noroeste de Exportação, que viabiliza o escoamento da produção de grãos do noroeste de Mato Grosso e do sul de Rondônia pela hidrovia Madeira/ Amazonas há mais de 15 anos. O patriarca faleceu em 22 de abril de 2001, aos 74 anos, deixando como maior exemplo para a família, para os acionistas, colaboradores e parceiros, seu espírito empreendedor.

47


Fundador:

André Maggi

André Antônio Maggi foi um dos pioneiros no cultivo de soja em Mato Grosso. Gaúcho de Torres, nasceu em 3 de janeiro de 1927, filho de um imigrante italiano e uma alemã. Em 55, mudou-se para São Miguel do Iguaçu (PR), onde desenvolveu atividades de serraria e cultivou soja e arroz. Na década de 70, André Maggi iniciou na armazenagem e compra de grãos e estendeu seus negócios para Mato Grosso, onde sediou seu Grupo de empresas. Fundou, no final dos anos 80, a cidade de Sapezal, da qual se elegeu prefeito, em 1996. Morreu em 22 de abril de 2001 e foi sepultado em São Miguel do Iguaçu (PR), depois de ser velado em Sapezal. ”Seu” André, como ficou conhecido, personifica a imagem de sua empresa: brasileiro, pioneiro e empreendedor. Atividades As principais atividades do Grupo André Maggi estão nas áreas de originação, comercialização de grãos e insumos; produção agrícola e de sementes de soja; operações portuárias, transporte fluvial e geração e comercialização de energia elétrica. Essas atividades estão distribuídas de forma estratégica em cada divisão de negócio e contam com o suporte das áreas corporativas, que garantem uma atuação unificada, respeitando a diversidade cultural de suas unidades.

quisa permitem a produção com alto desempenho produtivo e competitividade. Insumos agrícolas (fertilizantes e químicos): além de importar formulados especiais e matéria-prima de alta qualidade para atender as fazendas do Grupo e seus parceiros, a Amaggi também comercializa fertilizantes fabricados por importantes empresas nacionais do setor. Processamento de Soja: a atividade é desenvolvida em duas indústrias esmagadoras de soja localizadas em Itacoatiara (AM) e em Lucas do Rio Verde (MT). Do total produzido, uma parcela de farelo e óleo atende o mercado doméstico, enquanto o restante é exportado para os mercados europeu, australiano e asiático. Transporte Fluvial: o Corredor Noroeste de Exportação foi criado pelo Grupo André Maggi, por meio da Divisão Navegação, e possibilitou uma nova rota de escoamento da produção de grãos das regiões noroeste de Mato Grosso e sul de Rondônia, através das hidrovias formadas pelos rios Madeira e Amazonas.

Originação e Comercialização de Grãos: figuram entre os principais focos de negócios do Grupo e são desenvolvidas por meio da Amaggi. Fornece insumos ou recursos para o plantio da soja, além de processar o grão para exportação. Produção Agrícola: por meio da Divisão Agro, o Grupo André Maggi cultiva lavouras de soja, algodão e milho, com tecnologia de ponta e de forma responsável. Sementes de Soja: as sementes de alta qualidade são produzidas pela Divisão Agro. Convênios com importantes centros de pes-

Administração Portuária: O Grupo administra três importantes unidades portuárias: o terminal de transbordo de Porto Velho (RO), o porto flutuante de Itacoatiara (AM) e uma parte do Terminal de Granéis do Guarujá (TGG), onde detém participação juntamente com outras empresas do setor. Energia: O Grupo gera energia por meio de cinco Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) localizadas nos municípios de Sapezal e Campos de Júlio, ambos em Mato Grosso. Todas as unidades estão interligadas ao Sistema Nacional de Energia.

48

Fonte e fotos: grupoandremaggi.com.br Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


49


50 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


Balneário Camboriú.

Invista numa das cidades mais paradisíacas do mundo!

51


B

alneário Camboriú, localizada no litoral centro norte de Santa Catarina, é um dos destinos turísticos mais visitados do Brasil, em especial por catarinenses, gaúchos e paranaenses. Na temporada e nos meses de março e abril também é expressiva a presença de paraguaios, chilenos e argentinos. Nas duas últimas décadas, a cidade passou por um crescimento vertiginoso, hoje a população é superior a 120 mil habitantes, sendo que cerca de 15 mil são estudantes universitários de todo o País e mesmo do exterior. Cada vez mais pessoas com bom poder aquisitivo decidem morar aqui na praia, porque o clima é bom o ano todo e a estrutura de comércio, saúde, educação e lazer bastante desenvolvida. No comércio, por exemplo, a cidade registra filiais da maior parte das grandes redes de varejo do país. Balneário Camboriú, ano após ano, é apontada como uma das líderes nacionais em qualidade de vida e isto é um motivador a mais para que as pessoas se transfiram para cá.

A cidade é bem pequena (50 Km2) e seu centro se estende ao longo de 6 Km da praia central. É neste eixo que se concentram os hotéis, os edifícios mais luxuosos, o comércio e as diversões. Visitar Balneário Camboriú é uma experiência agradável, tanto a hospedagem quanto a alimentação, fora da temporada que vai do final de dezembro até o Carnaval, tem custo reduzido.

52 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Balneário Camboriú ano após ano é apontada como uma das líderes nacionais em qualidade de vida.

Destaca-se como o município com maior densidade demográfica de Santa Catarina, com mais de 2.190 habitantes por quilômetro quadrado. Balneário Camboriú possui uma das maiores densidades de prédios do Brasil. Apesar de possuir pouco mais de 100 000 habitantes, sua estrutura de edifícios comporta aproximadamente 1 000 000 de pessoas, marca frequentemente ultrapassada na alta temporada. Balneário Camboriú foi eleito o município com melhor qualidade de vida do litoral catarinense, sendo a segunda do estado, ficando atrás apenas de Blumenau.

Razões não faltam para Balneário Camboriú ser considerada uma das cidades mais charmosas e cobiçadas do país: alto índice de qualidade de vida; belezas naturais, praias incomparáveis e inúmeros atrativos turísticos; badalada vida noturna; ampla gama de serviços durante o ano todo; segurança; completo centro de compras e gastronômico; ótima qualidade no sistema de saúde; educação pública e particular exemplares, e todo o apoio necessário para viver momentos inesquecíveis. A natureza privilegiada é um de seus destaques. Praias, morros, costões e ilhas, que fazem parte da Mata Atlântica, são atrativos que, além de embelezarem a cidade, destacam a sua referência como um dos principais centros de qualidade de vida no Brasil. Estes são alguns dos inúmeros motivos que tornam a cidade referência para se morar ou para realizar investimentos no mercado imobiliário, com altos índices de valorização acima da média nacional.

53


Mirage Residence

Os corretores da empresa Camboriú Alto Padrão Imóveis, Fernanda e Sandro Godoy, apresentam alguns dos projetos mais vistosos e luxuosos de todo o país.

54 Revista Gold

A

pós anos de atuação junto às maiores construtoras de Balneário Camboriú e do Brasil, sempre focados no mercado Imobiliário de Alto Padrão, os corretores Sandro Godoy e sua esposa Fernanda, buscando atender a uma demanda na prestação de serviços imobiliários diferenciados, definiram

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

a estratégia de atendimento personalizado, através da empresa Camboriú Alto Padrão, com produtos de altíssima qualidade das construtoras parceiras, por eles representadas em seu portfólio, visando à satisfação e segurança, discrição, bem como a valorização do patrimônio e capitais investidos dos seus clientes.


Fotos: ClioLucconi

Mirage Residence Um empreendimento com características únicas, arrojadas e com toques de muita sofisticação, exatamente como o seu público que busca viver os prazeres da vida de uma maneira sempre especial. E o Mirage Residence será justamente a oportunidade de viver o melhor da natureza e da badalação. O apartamento: 4 suítes / 1 Master 3 ou 4 vagas de garagem Duplex Penthouses Frente Mar Espaço Grill com Churrasqueira A partir de 178m² privativos Apartamentos com 20 metros de testada de frente para o mar Área Comum: 05 Torres Clube Praia com área de lazer frontal completa Espaço Clube Pista de caminhada Aparelhos de ginástica Playground Quadra poliesportiva Ambiente arborizado

55


A Camboriú Alto Padrão Imóveis trabalha com as melhores e mais competentes empresas do setor, dentre elas a EMBRAED e a FG Empreendimentos. EMBRAED. O Grupo EMBRAED surgiu em 12 de setembro de 1984 através da visão do empreendedor Rogério Rosa. Tem como missão valorizar espaços, proporcionando bem-estar, elegância, conforto e exclusividade. O sucesso desse estilo único EMBRAED de morar está baseado nos investimentos em padrão de qualidade superior, em trazer de forma sofisticada constantes novidades mundiais aos projetos e, é claro, na atenção extrema aos detalhes: desde a concepção, os acabamentos até a exploração na arquitetura e decoração dos ambientes. Tudo isso, em lugares muito charmosos, seletos e estratégicos para um privilégio que é todo seu. Com sede em Balneário Camboriú, no litoral catarinense, a EMBRAED atende um público seleto e bastante exigente, que preza por conforto, qualidade e exclusividade. Desde 1984, a empresa é responsável por mais de 400 mil m2 de área em obras já construídas. Ao todo, já são 29 empreendimentos entregues e nove atualmente em construção. Nos primeiros anos de atividade entregava um empreendimento a cada 36 meses e atualmente entrega em média dois por ano, em razão de sua ampla aceitação e sucesso no mercado. FG Empreendimentos. A FG Empreendimentos figura entre as principais empresas do setor da construção civil do país, sendo líder de mercado por seu empreendedorismo inovador. É considerada também pioneira no lançamento de empreendimentos de alto padrão, com foco em sustentabilidade, sofisticação e conforto.

Essa força contribui também para a comunidade onde atua, em Balneário Camboriú, que é prioridade nas ações sociais e sustentáveis da construtora, através do programa FG Sustentabilidade, que tem como objetivo colaborar com o meio ambiente, a educação e a evolução da cidade. Epic Tower Empreendimento: 1 apartamento por andar. Mezanino com pub. Vista para o mar e para a montanha. Box de praia. Infraestrutura para automação residencial Medidores individuais de água e gás. 2 elevadores sociais, 1 de serviço e 1 de segurança Sistema interno de segurança Sala administrativa de condomínios Hall de serviço e social independentes. Área de lazer: 1.565m² de área de lazer e mais de 200m² de deck Piscina externa adulta de 118m com raia e bar molhado Piscina infantil com ondas Salão de festas com cozinha gourmet e lounge Sala de jogos Baby room / Playground Cinema Pub Wine bar Espaço saúde com academia, yoga, pilates, sala de massagem, piscina aquecida com raia de 16m, hidromassagem, saunas seca e úmida. Quiosque gourmet. Quadra poliesportiva. Praça da lareira. Jardins e espelhos d’água. Os ambientes das áreas comuns serão entregues mobiliados, equipados, decorados e alguns climatizados. O apartamento: Com visão 112º, os apartamentos de altíssimo padrão terão a opção de quatro ou cinco suítes.

Fotos: ClioLucconi

O presidente do Conselho de Administração da Holding FG, Sr. Francisco Graciola, cujos sonhos o levaram a criar um império corporativo, na companhia de seu filho, diretor-geral do Grupo FG,Sr. Jean Graciola, comanda uma holding com mais de 10 empresas, atuando nos setores de construção e incorporação, hotelaria, indústria alimentícia e de serviços. Por todas as suas realizações e pelo

conjunto de diferenciais que envolvem os diversos setores da empresa, como a valorização das pessoas e o constante incremento tecnológico, a FG Empreendimentos constitui hoje uma marca de respeito e sinônimo de rentabilidade e alto padrão.

56 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


57 Epic Tower


Sky Tower

Especialistas no mercado imobiliário de luxo, desde 2004 focados nos melhores e mais exclusivos lançamentos de Balneário Camboriú e região. Sky Tower Empreendimento: 1 apartamento por andar. Vista panorâmica da praia. 2 pavimentos de área de lazer. Hall space. 5 pavimentos de garagem. Box de praia Infraestrutura para automação residencial Medidores individuais de água e gás. 2 elevadores sociais, 1 de serviço e 1 de segurança Guarita blindada Sistema interno de segurança Sala administrativa de condomínios Hall de serviço e social independentes. Área de lazer: Piscina externa adulta e infantil com ondas Playground Salão de festas com espaço gourmet e longe. Baby room. Sala de jogos. Cinema. Pub. Espaço saúde com academia, yoga, pilates, sauna a vapor, piscina aquecida e sala de relaxamento. Os ambientes das áreas comuns serão entregues mobiliados, equipados, decorados e alguns climatizados. O apartamento: 4 Suítes, sendo uma com closet, sala de banho e vista para o mar. 3 Vagas na garagem.

58 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Brava Beach Internacional O Brava Beach Internacional reúne todos os adjetivos de um resort exclusivo ao integrar espaços residenciais com a sofisticação e facilidades de um hotel resort e um centro de compras. Uma combinação notável cercada pelo mar e por uma natureza intocada. Área de 131.000m². 200m de frente para o mar. Aprox. 60.000m² de área verde. 6 condomínios residenciais. Hotel Resort.

Espaço Boulevard aberto ao público. Lazer como você nunca viu antes. Além de todas as atividades ao ar livre que a Praia Brava proporciona, cada reserva possui sua área exclusiva de lazer indoor e outdoor. Piscinas adulto e infantil. Espaços externos e internos. Ampla área de lazer esportivo. Ambientes para festas. Espaços para relaxar. Entretenimento.

Fotos: ClioLucconi

Brava Beach Internacional

59


Camboriú tem atraído investimentos de todas as partes do Brasil e também do exterior, tendo em seu skyline, alguns dos projetos mais vistosos e luxuosos de todo o país, projetos arrojados que refletem a busca incessante pela qualidade de vida, segurança, retorno de investimento e sofisticação de seus moradores e também a vanguarda de sua moderna arquitetura, refletida na fachada de seus edifícios, com vista de toda a sua maravilhosa orla. ESPETACULAR TODOS OS DIAS. Os locais mais apreciados por moradores e turistas são o Centro, a Barra Sul e a Barra Norte de Balneário Camboriú. Conheça um pouco mais sobre estes lugares que você não pode deixar de conhecer. BARRA NORTE. Para momentos mais tranquilos em contato com a natureza, a Barra Norte é o lugar mais indicado. Com uma generosa área verde preservada, o local oferece acesso rápido a Praia Brava e a Praia dos Amores, além dos melhores pontos para a prática do voo livre com vistas incríveis de toda a cidade. CENTRO. A Praia Central com mais de seis quilômetros é a mais disputada nos dias de verão. Quando o sol se põe, é o lugar ideal para praticar esportes, como vôlei, futebol e bocha. Para quem adora fazer compras, o Centro da cidade oferece um comércio bastante variado, incluindo lojas de grife consagradas em todo o país. BARRA SUL. A Barra Sul concentra uma vida noturna agitada com muitos bares, restaurantes e bistrôs charmosos, que oferecem música de qualidade e uma culinária irresistível. Famosos pontos turísticos da cidade, como o Parque Unipraias e o molhe, também estão na Barra Sul.

60

PRAIA BRAVA. Localizada na divisa de Balneário Camboriú e Itajaí, a Praia Brava se destaca pelas belezas naturais, áreas de preservação e se caracteri-

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

za como uma das capitais da música eletrônica mundial. Quanto aos esportes, a prática do surf, paraglider, kitesurf e Jet Ski intensificam a procura pela Praia Brava. Famosa também por sua Praia dos Amores, esse paraíso tem tudo a ver com Balneário Camboriú. Justamente por possuir tantos atributos de belezas naturais, qualidade de vida, segurança, infraestrutura e também por sua localização geográfica estratégica, com fácil acesso rodoviário e aéreo, Balneário Camboriú tem tido uma das maiores valorizações Imobiliárias do Brasil, se comparada a outros centros urbanos, mas não só isto, no entanto, é o que atrai as pessoas que investem em Balneário Camboriú, mas sim, a possibilidade de se morar e viver em um lugar agradável, belíssimo e seguro, de clima ameno durante a maior parte do ano. A possibilidade de se unir o útil ao agradável, permite ao investidor ou mesmo ao comprador final, aliar a vantagem econômica com a verdadeira razão de se viver bem, com tudo aquilo de melhor que a vida possa oferecer. Por isto, nós da Camboriú Alto Padrão, queremos lhe proporcionar o acesso às melhores oportunidades de investimento, bem como auxiliá-lo em todo este processo, com toda a segurança necessária à realização de um excelente negócio, colocando a sua disposição toda a nossa experiência neste dinâmico e exigente mercado imobiliário.

Nosso principal objetivo é proporcionar ao nosso cliente o melhor atendimento, visando à satisfação integral em todas as negociações realizadas.


Colocamos nossa experiência imobiliária neste dinâmico e exigente mercado imobiliário de alto padrão em Balneário Camboriú, a sua disposição !!!

Sandro Gabrielli Godoy sandrogodoy@camboriualtopadrao.com.br (47) 8481-0007

Fernanda Godoy fernanda@camboriualtopadrao.com.br (47) 8832-8031

Mais Informações Email: contato@camboriualtopadrao.com.br Site: www.camboriualtopadrao.com.br

61


62 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


63


Capa Sorriso

64 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


Q

ual é a primeira sensação que você sente ao procurar seu dentista? Medo daquele barulhinho desagradável? Desconforto de passar horas dentro do consultório sem nada para distrair-se ou relaxar? Sentir aquele cheiro característico de dentista? Esse estereótipo está prestes a mudar. Pensando em desmistificar a profissão, Dr. Fábio Flores Fabrini e Dr Renato Iwai Ogata engajaram-se em um objetivo comum: implantar um novo conceito em Odontologia. Além da formação acadêmica, cursos de especialização, cursos no Brasil e no exterior e constante atualização em congressos científicos, os idealizadores dessa novidade perceberam que essa preocupação era fundamental, porém não se caracterizaria como um diferencial, e sim como pré-requisito para um atendimento de excelência. O processo de criação desse novo conceito iniciou já no nome da clínica: FR Odontologia. A ideia foi materializar o conceito de inovação, usando uma associação inusitada entre “dentes” e algo de extremo valor, como o “coração”. Os dentistas da clínica tratam seus objetos e ferramentas de trabalho como joias únicas e valiosas, que precisam de extremo cuidado e responsabilidade. Mas nenhuma delas, por mais valiosas que sejam, tem tanto valor como seus clientes. Sendo assim, a associação de dente com o coração tem tudo a ver com o amor e carinho que eles dedicam à profissão para atingir a plena satisfação de seus clientes. Linhas curvas e afiadas formam este dente/ ícone/coração – representado em nossa logomarca – salientando o serviço de ponta e a alta qualidade da equipe que busca muito mais do que

tratamentos dentários, mas sim, uma Odontologia Inteligente. A preocupação da equipe foi tornar a temida visita ao dentista em uma experiência sensorial e agradável. Já na sala de espera, o paciente percebe a decoração inovadora e aconchegante. Enquanto aguarda a consulta, o paciente tem disponível na sala máster opções de catálogo: DVDs, músicas, livros e revistas. O paciente pode escolher entre assistir a um filme ou a um espetáculo musical durante a consulta em uma tela de LCD de alta resolução; ouvir a seleção de músicas de que ele mais gosta ou simplesmente selecionar um livro ou uma revista do catálogo para ler enquanto aguarda seu dentista, além de fazer tudo isso numa cadeira de repouso de massagens.

65


A inovação continua durante o atendimento, focado no conforto do paciente. Após vasta pesquisa no mercado odontológico, optou-se pela instalação da mais moderna e confortável cadeira disponível. Se o problema for dor na lombar ou joelhos, o consultório conta com almofadas especiais. Se o cheiro dos materiais odontológicos lhe desagrada, um sistema profissional de odorização foi projetado para toda a clínica e a temperatura da sala, controlada por modernos splits. Agora, se você pensa que as novidades param por aí, engano seu. Pensando em prevenção, a clínica investe na mais alta tecnologia e das maiores novidades na área da odontologia: Check-up Digital Preventivo.

Dr. Fabio Flores Fabrini CRO 5026 MT Especialização:

Ortodontia Radiologia Estomatologia Credenciado no aparelho Invisalign Sistema auto-ligado Damon Ortodontia Lingual

66 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Fotos: Silvana (Foto Revelação)

É um exame que é feito através de uma micro câmera capaz de aumentar em até 60 vezes o tamanho do dente natural. É um exame que vem para complementar a Radiografia Digital da boca toda. Associando-se estes dois exames analisa-se cada dente interna e externamente. Isso nos permite visualizar e diagnosticar problemas em seu estágio inicial o que possibilita a realização de micro intervenções minimizando dor e stress.

Dr. Renato Iwai Ogata CRO 4737 MT Especialização:

Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo Facial Implantodontia Técnicas:

Enxerto Ósseo Carga Imediata Habilitado em transplante ósseo pelo Ministério da Saúde

67


Ortodontia . Implantes . Cirurgias Pr贸tese . Odontopediatria . Est茅tica Endodontia . Periodontia Estomatologia . Entre outros

68 Revista Gold

Um novo conceito em tratamentos odontol贸gicos. | Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | n潞 23


Fotos: Silvana (Foto Revelação)

Baseado nesse novo conceito, a resposta que gostaríamos de receber para a primeira pergunta lançada nesse descritivo - Qual é a primeira sensação que você sente ao procurar o dentista? – seria satisfação. Satisfação em receber um serviço odontológico de alta qualidade. FR Odontologia – Odontologia Inteligente. Não apenas uma nova clínica. Literalmente, um novo conceito em tratamentos odontológicos. Corpo Clínico: Dr. Fabio Flores Fabrini CRO 5026 MT Ortodontista Radiologia e Estomatologia Drª. Lucivane Honorato Ribeiro Turra CRO 5100 MT Endodontista Aperfeiçoamento em Estética Dr. Renato Iwai Ogata CRO 4737 MT Implantodontista Cirurugia e Traumatologia Buco-Maxilo Facial Dr. Ricardo Iwai Ogata CRO 84723 SP Endodontista Técnico em Prótese Dentaria

(66) 3544 0078 . (66) 9933 0582 Av. Ademar Raiter, n° 509 - Centro Sorriso - MT Visite nosso site: www.frodontologia.com.br Curta nossa página: www.fb.com/frodontologiamt

69


70 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


71


72 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


73


Liziane e Chester se

casam em linda cerimônia!

A

74

cirurgiã-dentista Liziane Gonçalves Montana e o advogado Chester Ricardo Agostini se casaram em Sorriso, no dia 27 de julho na Igreja Matriz São Pedro Apóstolo. Uma das formas de multiplicar a felicidade é dividindo-a. Por isso compartilharam a alegria deste momento tão especial com amigos e familiares. “Neste momento quando procuramos uma forma verbal de exprimir uma emoção ímpar, concluímos que essa emoção jamais poderia ser traduzida em palavras!” – Declaram os noivos. Mãe do noivo Inês e os pais da noiva Magali e Parola.

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Pais da noiva Magali e Parola e a irmã Débora com seu namorado Willian.

Mãe do noivo Inês, irmão Charles com sua esposa Karla e os sobrinhos Pedro e Lara.

75


76 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


Ficha técnica: Cerimonial: Realce Espaço e Buffet: Mãos de Fada Making off: Espaço Duo - Tom Brasil Fotos: Antonio Filho Fotografias

77


Trash the Dress Liziane e Chester contam que viajar para Cancun foi simplesmente inesquecível! Curtiram todas as atrações daquele lugar maravilhoso, até as belezas mais profundas do mar do Caribe e registraram cada momento com muito carinho.

78 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


79 Fotos: Antonio Filho Fotografias


Capa Sinop

As arquitetas Carol Barreto e Gisa Fabris apresentam um dos projetos do escritorio Personnalité com respaldo de grandes empresas.

U

ma parceria que se renova e fortalece após 10 anos é das profissionais Carol Barreto e Gisa Fabris à frente do escritório Personnalité Arquitetura, Interiores e Engenharia. O escritório atua no ramo de soluções de arquitetura para os segmentos residenciais, interiores, comercial, industrial e incorporação imobiliária.

80

O escritório não só visa fornecer o melhor projeto, mas também todos os serviços que se relacionam a ele, fazendo do produto final uma solução muito mais completa. Este fato tem se mostrado ao longo dessa história, executando variados projetos e totalizando milhares de m² de área projetada construída. Tudo isso sempre visando à satisfação máxima e transmitindo confiabilidade aos seus clientes.

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

A Personnalité é composta por profissionais experientes, que desenvolvem projetos em conjunto como os demais integrantes da cadeia produtiva da construção civil, procurando soluções. Utiliza uma metodologia ágil, totalmente voltada para atender o cliente, ações coordenadas, decisões deliberadas e dinâmicas, possibilitando segurança na escolha dos serviços pelos clientes. Atualmente, o escritório vem expandindo sua atuação para outras localidades do Estado com alguns projetos em andamento em toda região norte como inclusive em Cuiabá. Contudo, sem perder a sua essência que é a “missão de transformar projetos em realidade, através do trabalho ético e qualificado”.


Fotos: Ju e Nilton / Kosouski Fotográfias

Gisa Fabris

gisafabris@personnalitearquitetura.com.br Arquiteta e Urbanista, pela UNIC - 2004. Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela UNEMAT. Master em Arquitetura pelo IPOG e é Professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIC - Sinop. Consultora do Sebrae MT em Tecnologia e Design.

Carol Barreto

carol@personnalitearquitetura.com.br Arquiteta e Urbanista, pela UFMT - 2001. Especialista em Gestão Empresarial pela FGV - 2003. Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIC de 2006 a 2008 e professora até 2009. Master em Arquitetura pelo IPOG. Consultora do SEBRAE MT em Tecnologia, Design e Inovação.

Rua das Castanheiras, 195-A Centro - Sinop-MT Fone: (66) 3532-3486 atendimento@personnalitearquitetura.com.br www.personnalitearquitetura.com.br

Para tanto, além de investir na constante atualização e qualificação de sua equipe, o escritório implantou um sistema de acompanhamento da obra que consiste numa fase complementar a execução do projeto que se desenvolve concomitantemente à execução da obra, no qual o cliente é informado semanalmente através de um relatório com fotos enviados por email. O diferencial da empresa é a real compreensão das necessidades estéticas, funcionais, econômicas e financeiras de cada construção e de cada cliente. E é assim que elas atendem seus clientes, com total profissionalismo e excelência.

81


Pastilha Inti, Rococo. Revestimento Ceusa Extra 8325. Porcelanato Sstato dellarte Nuvona.

C

onfira os produtos usados nesta obra por uma das mais conceituadas lojas de materiais de acabamentos em parceria com as arquitetas Gisa e Carol. Na Arquiteto Home, a perfeição se revela em todos os detalhes e a criatividade ganha liberdade para expressar suas melhores ideias. Especializada em acabamentos para construção, a Arquiteto Home trabalha com as melhores marcas em pisos cerâmicos, louças sanitárias, metais, banheiras de hidromassagem, mosaicos, e outros materiais de revestimento. Além disso, você recebe orientação personalizada dos nossos profissionais na hora da escolha dos produtos para a sua obra. Toques de inovação também não faltam. A empresa está sempre atualizada com os lançamentos do mercado, trazendo o que existe de sofisticado e exclusivo para você.

82 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Piso Castelatto, Madeyra Vecchia; Elementos vazados da cerâmica martins Folha; Piso Antigua, Acquadreno Cotto.


Fotos: Ju e Nilton / Kosouski Fotogrรกfias

Pastilha Glass mosaico, GS 908; Revestimento Eliane, Parisienne fendi.

Pastilha Quilla, Itรกlia pisa; Revestimento via rosa, Travertino Navona; Porcelanato Stato Dellarte, Unita Cotone.

Todos os banheiros foram utilizados louรงas e metais das linhas Deca, Docol, Roca e Lorenzetti. Alguns dos produtos anunciados sรฃo produtos exclusivos Arquiteto Home no norte do Mato Grosso.

Piso Eliane, Branco Piscina; Revestimento Antigua, Hexagonal Flores Diversos.

Pastilha Glass mosaico, GS 300; Revestimento Eliane Decortiles, Xadrez Acqua; Porcelanato Stato dellarte, Unita Cotone.

Lucas do Rio Verde Av. Rio Grande do Sul, 672 - Centro | (65) 3548 1112 Sorriso Av. Tancredo Neves, 2803 - Sala 01 - Bela Vista | (66) 3544 4141 Sinop Rua Colonizador Enio Pepino, 2627 A - Setor Industrial Sl | (66) 3211 4707

83


Fotos: Ju e Nilton / Kosouski Fotogrรกfias

84 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


As arquitetas Carol e Gisa em visita do novo show-room da Todeschini em Sinop.

A

Todeschini possui uma linha completa de móveis para cozinhas, dormitórios, salas de estar e jantar, banheiros, escritórios, lavanderias e ambientes corporativos. A Todeschini é, hoje, uma das maiores fabricantes de

móveis planejados da América Latina. Os produtos da marca, que incluem móveis e complementos para ambientes personalizados, direcionados para residências, empresas e hotelaria, chegam ao mercado comercializados por lojas exclusivas pertinho de você.

Sinop Av. das Sibipirunas, 2997 - Centro (66) 3531 8797

85


por

Social 2 1

4

5

7

8

9

9

86 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23

10

3


Sociedade Sinopense 1

Pioneiro no seguimento de websites em Mato Grosso, destacamos hoje o empresário Marcos Cabral da MRX Web Sites. São 11 anos de muito trabalho e dedicação, mais de mil sites produzidos, inclusive deste colunista social. Parabéns ao amigo pelo trabalho e pelo sucesso!

2

O empresário Irineu Scalabrin promoveu no mês de agosto, na cidade de Matupá, o show de Victor e Léo para mais de 6 mil pessoas e foi um sucesso! Parabenizo o amigo pelo trabalho! São 40 anos se dedicando à realização de eventos artísticos, trazendo para Mato Grosso o melhor da música brasileira.

3

O corretor de seguros José Carlos Ramalho, leia-se Amazônia Seguros, lançou no mês passado, juntamente com os diretores do Itaú Porto Seguro e Azul, o centro automotivo para a cidade de Sinop, mais um benefício para os segurados da Amazônia Seguros.

4

A querida Eridiele Navarro formou-se em administração com ênfase em agronegócio e este colunista esteve na cidade de Feliz Natal especialmente para conferir de perto a grandiosa festa de formatura, que por sinal estava poderosa. Na foto, a bela posa com os pais Samoel e Ester Navarro.

5

A empresária Clenir Adames reinaugurou, no mês de agosto, a Estética Harmonia em novo endereço e modernas instalações. Na ocasião, a bela promoveu badalado coquetel, reunindo as mulheres mais lindas e chic’s da cidade. Na foto com sua equipe, Márcia Muller, Vânia de Carvalho e Estelha Emerenciano.

9

A advogada Andreia Britez festejou em grande estilo mais um ano de vida no mês de agosto. Acompanhada do esposo, Dr. Marco Aurelio Fagundes, e amigos, a bela passou dias maravilhosos no Rio de Janeiro, com direito a prestigiar o poderoso show do rei Roberto Carlos. Que luxo!!! Na foto ela pousa para o site bossah.com.br nas lentes de Celita Schenaider.

7

Em comemoração ao aniversário de 7 anos de Maria Luisa Benatti Antoniolli, os pais Tom Antoniolli e Ana Paula Benatti juntamente com a filha Isadora, promoveram uma badalada festa no Aram Kids, com direito a decoração exclusiva da arquiteta Rafaela Dal’Maso com o tema Bailarinas. A foto leva a assinatura de Renata Pineze.

8

A renomada arquiteta e engenheira Civil Talita Dadam, que residia na cidade de Brasília e assinou obras chiquérrimas feitas para diversos ministros, como Edison Lobão - ministério de minas e energia e Ministro Nelson Jobim - ministério da defesa e agora redise em Sinop, esteve recentemente com o esposo analista de sistema Gaetano Ré Júnior, em Berlim. Na foto, posam diante do monumento Reichstag - Câmaras do Parlamento Alemão.

9

Em uma luxuosa cerimônia, realizada em agosto, Marle e Alexander Pozzobon, disseram sim e uniram-se diante das leis de Deus e do homem. A comemoração foi com uma chiquérrima e impecável festa para familiares e amigos mais próximos.

10

Querlei Ebeling e a gerente Mirian Pelegrini celebraram, no último mês, um ano de muito sucesso da Atelier Mix em Sinop. As belas promoveram badalado coquetel e receberam as mulheres chics da cidade.

(66) 3532-4811 (66) 9618-5866

www.wagnerparrera.com.br Av. dos Ingas 2107 - Jd Maringá | Sinop-MT

87


88 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


89


90 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23

1

2

3

4


5

9 Fotos: Valter Arantes

evi dĂŞn cia 7

01 - Alexandre e Simone 02 - Lenon e Jerusa 03 - Carla e Paulo 04 - Iracema Dinardi e Messias Peixoto 05 - Aline Quinto 06 - Gracielle Bevilaqua 07 - Marcileia Cavalcanti

91


92 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


93


Vamos falar um pouco mais sobre Variedades

por Ana Cristina Sucolotti Crespani Bonfim

Ana Cristina Crespani é Consultora de Vinhos. Representante de 03 importadoras de vinhos no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e também ministra cursos de Vinhos pela Confraria do Vinho MT.

U

Vinho?!

m vinho bem servido dignifica e prestigia quem o realiza, seja um apreciador em sua casa seja um profissional de hotelaria num restaurante. Existem por isso determinadas normas e procedimentos que ajudam a tirar o melhor partido do vinho que se quer servir. No entanto, importa ter sempre presente que o vinho existe para dar prazer a quem o bebe, e, como tal, o gosto pessoal deve estar sempre acima das rígidas leis impostas pelos manuais e pretensos conhecedores. Vamos conhecer algumas dicas sobre esta bebida tão charmosa!

66 9988 3177 anacrespani@hotmail.com visite: vinhosmt.blogspot.com.br

A temperatura do Vinho é fundamental! Um dos casos em que o gosto de cada um se revela com mais premência é o das temperaturas de serviço. Mesmo entre especialistas é difícil encontrar dois que estejam de acordo em relação à temperatura exata a que deve ser servido cada vinho. E se um determinado consumidor prefere beber um bom vinho tinto fresco (a 12 graus, por exemplo), porque não, se lhe dá prazer assim? Talvez mais tarde reconheça, livre e espontaneamente, que um tinto de categoria se apresenta mais saboroso se servido a 17 graus. Não obstante, e apenas a título de sugestão, apresentamos as temperaturas de serviço que alcançam um consenso mais generalizado: - Espumantes (3 a 4 graus) - Brancos jovens e rosés (6 a 9 graus) - Brancos estagiados, encorpados (10 a 12 graus) - Tintos jovens (13 a 15 graus) - Tintos velhos (16 a 18 graus).

Serviço de Vinho em casa O principal elemento do serviço de vinhos são as taças. Estas adquirem uma importância tal que o mesmo vinho servido em copos diferentes sabe e cheira de modo diferente. A taça deve ser incolor e sem quaisquer ornamentos, de modo a poder ser apreciada a cor e a limpidez do vinho. Deve igualmente possuir uma boa capacidade, para que o vinho contate livremente com o ar (um copo será cheio somente até dois terços). Examine cuidadosamente cada taça antes de as colocar na mesa, procurando manchas. Cuidado com os terríveis cheiros de “armário” ou detergente que por vezes se concentram nos copos.

A garrafa deverá ser aberta sem movimentos Vamos conhecer algumas dicas sobre bruscos, com um saca-rolhas apropriado, por exemesta bebida tão charmosa! plo, do tipo alavanca. Antes, é claro, cumpre cortar a

94 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

cápsula em redor do bordo do gargalo. Por fim, a decantação. Esta consiste na passagem do conteúdo da garrafa original para uma outra, mais larga, de vidro ou cristal. O objetivo é, por um lado, arejar o vinho, e por outro, deixar no fundo da primeira garrafa o depósito que se forma nos vinhos velhos. A decantação só raramente é mesmo necessária, nomeadamente para vinhos velhos ou muito robustos. Normalmente, e para arejar o vinho, é mais que suficiente abrir a garrafa com 1 ou 2 horas de antecedência. Os vinhos mais jovens e simples até isso dispensam. Quando servir o vinho à mesa lembre-se que deve provar sempre primeiro, antes dos seus convidados, para avaliar da temperatura e estado de conservação.


Combinações e Harmonizações que dão certo: 1. COMBINAÇÃO POR SEMELHANÇA Vinhos com aromas discretos > comida pouco condimentada Vinhos com aromas potentes > comida com boa presença aromática Vinhos jovens e frutados > pratos simples e rústicos Vinhos velhos e encorpados > pratos refinados Vinhos leves > pratos com molhos magros Vinhos mais estruturados > pratos com molhos suculentos 2. COMBINAÇÃO POR OPOSIÇÃO Deve-se levar em conta os seguintes critérios: Açúcar atenua a acidez A acidez atenua a gordura A suculência atenua o tanino

Fotos: Marcus Bordado - Photo Art

Exemplo: Queijo Roquefort ou foie gras (comida salgada e gordurosa) > Vinho Sauternes (doce e ácido).

As fotos nessa matéria são de um jantar que aconteceu, unindo gastronomia, harmonização e serviço de vinho, em Rondonópolis-MT, no Restaurante Recanto Lions. Tendência no Mundo do Vinho, confira!! • Para montar uma adega é preciso conhecer o estilo de vida do casal, pesquisar sobre os hábitos alimentares, o perfil e o ritmo de vida que levam. Para a especialista em vinhos Ana Cristina Crespani, a premissa para se montar uma adega é a paixão pela vida e a curiosidade para experimentar novos tipos de comida e bebida. •Assim, na adega da especilista, há 50 vinhos, sendo 20 para consumo em até dois anos, 10 em até quatro anos, 10 acima de quatro anos e outros 10 com consumo superior a seis anos. Foram pré-selecionados vinhos de 14 países e de diversos terroirs, mesclando varietais e blends. Ana indica que, se for possível possuir pelo menos duas garrafas de cada país, pode-se transformar uma degustação em uma grande festa. Gostou da ideia? Que bom, mas seja criterioso na hora de montar sua adega, vale a pena investir neste hobby saudável!!

95


96 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


97


Fotos: Josué Pereira

98 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


99


100 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


101


102 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


103


104 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


105


Mato Grosso,

uma das maiores potências do

Brasil.

M

ato Grosso é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está localizado na região Centro-Oeste. Tem a porção norte de seu território ocupada pela Amazônia Legal, sendo o sul do estado pertencente ao Centro-Sul do Brasil. Tem como limites: Amazonas, Pará (N); Tocantins, Goiás (L); Mato Grosso do Sul (S); Ron-

dônia e Bolívia (O). Ocupa uma área de 903 357 km², equivalente a da Venezuela e não muito menor do que a da vizinha Bolívia. Mato Grosso está organizado em 22 microrregiões e cinco mesorregiões, dividindo-se em 141 municípios. Cuiabá é, além de capital, o município mais populoso do estado.

106 Foto: tuiutur.com.br

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Governador: Silval da Cunha Barbosa (PMDB) Vice-governador: Francisco Tarquinio Daltro (PMDB) 03 Senadores: Blairo Maggi (PR), Jayme Campos (Democratas-DEM) e Pedro Taques (PDT). 08 Deputados Federais e 24 Deputados Estaduais. Área Total: 903.357,908 km² População 2010: Estimativa de 3.115.336 hab. Densidade: 3,45 hab./km² Economia 2010: PIB: R$59,600 bilhões PIB per capita: R$19.644 mil Indicadores 2009: Esper. de vida: 73,7 anos Mort. infantil: 19,2‰ nasc. Analfabetismo: 10,2% ( IDH (2010): 0,725 / alto. Fuso horário: UTC-4 Clima: Equatorial e Tropical.

Foto: afnews.com

Foto: wikipedia.com.br

Metas. A meta traçada pelo Governo de Mato Grosso, de triplicar a área agrícola em 10 anos e de crescer no período com taxas superiores a 10% ao ano, vai criar uma demanda imensa por tratores, colhedeiras, implementos agrícolas, fertilizantes e agroquímicos, silos graneleiros, caminhões, utilitários, calcário e sementes. Some-se a isso o consumo de milhões de litros de combustíveis e a criação de milhares de empregos e teremos um cenário propício para investimentos e atração de empresas para que construam aqui estes equipamentos e insumos. Mostrar esse quadro aos investidores e grandes empresas é o objetivo de um estudo “Potencialidades e Demandas da Economia de Mato Grosso”, elaborado pelo secretário de Estado de Projetos Estratégicos, Cloves Vettorato. “O estudo mostra como Mato Grosso crescerá e como está se preparando para isso”, explica ele. Da área total de Mato Grosso 906 mil quilômetros quadrados - o cultivo de grãos e fibras na safra 2003 ocupou uma área de 5,22 milhões de hectares. A estimativa, segundo o estudo, é que ainda podem ser incorporados em torno de 10 milhões de hectares na agricultura. E a área destinada para a pecuária é de 17,43 milhões de hectares. O potencial de crescimento leva em conta a preservação de aproximadamente 60% do território com reservas ecológicas, reservas indígenas, reservas

legais, parques nacionais, pantanal e regiões da floresta amazônica. ESCOAMENTO - A principal demanda é a melhoria da infraestrutura da malha viária. O asfaltamento, recuperação e manutenção das estradas estaduais, através de consórcios que estão sendo firmados entre o governo do Estado, prefeituras e associações de produtores rurais abrem o caminho para futuros investimentos no Estado. O estudo também aponta a importância estratégica das BRs - como a 364, que liga a região noroeste de Mato Grosso com Porto Velho (RO), tendo ainda a Hidrovia Madeira/Amazonas como alternativa de escoamento de grãos. A conclusão das obras de asfaltamento desta rodovia está prevista para os próximos dois anos. O consórcio, unindo grupos privados e governo federal para a conclusão das obras da BR-163 que liga Mato Grosso ao Porto de Santarém, no Pará (70 quilômetros em Mato Grosso e mais 980 dentro do Estado do Pará) tem importância estratégia para se escoar a produção agrícola, ao lado da conclusão das obras da Ferronorte, que já chegou a Alto Araguaia. “Atendidas estas demandas, crescerá o interesse de empresários e produtores por investimentos”, assegura Vettorato, que revela já existir contatos bem adiantados para que grandes indústrias se instalem em solo mato-grossense. “Vamos anunciar estes investimentos no momento adequado”, diz o secretário.

107


Foto: e-acao.com.br

QUALIFICAÇÃO - O trabalho mostra que para atingir tal meta será preciso incorporar ao processo produtivo mais 6,5 milhões de hectares, mais do que o dobro da área plantada no Estado. “Para cada um milhão de hectares de produção, estima-se que sejam criados 60 mil novos empregos”, revela Cloves Vettorato. O crescimento econômico passará também pela qualificação da mão-de-obra para se adequar ao desenvolvimento de novas tecnologias no setor agrícola. Isso implica em treinamento. “Hoje um operador de máquina qualificado ganha de R$ 2 mil a R$ 2,5 mil por mês”, exemplifica Vettorato.

108 Revista Gold

Estado maior produtor de soja e algodão do país, o estudo mostra a evolução destas culturas. A produção de soja, por exemplo, pulou de menos de 2 milhões de toneladas na safra 84/85 para 13,5 milhões de toneladas na safra 2002/2003. O aumento da produção do algodão foi mais espetacular. Em 1997, Mato Grosso respondia por apenas 6% da produção nacional. Em apenas três safras, tornou-se responsável pela produção de mais de 50% do algodão em pluma colhido no país. A queda dos preços fez com que houvesse uma redução na área plantada, mas para 2004 as perspectivas são boas e as áreas cultivadas serão aumentadas. | Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Foto: 4.bp.blosgpot.com.br

Mato Grosso está localizado no centro de uma região que concentrará 60% da produção de grãos no país. Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Rondônia, Pará, Acre e Maranhão, são, ainda, as grandes fronteiras do agronegócio brasileiro. E Mato Grosso é o centro desse mercado, além de ser região privilegiada pelo clima (regime de chuvas bem definido) e temperatura que favorecem à agricultura. As projeções do crescimento da produtividade e expansão de área plantada no Estado apontam para uma produção de grãos e fibras para cerca de 45 milhões de toneladas em 2012.


Mato Grosso está plantando a base para se tornar forte também no agronegócio, criando uma marca para os produtos de Mato Grosso. “A agregação de valor que a atividade agrícola proporciona, irá impactar fortemente as áreas de serviço e a agroindústria. Queremos agregar valor aos produtos primários, abrir novos mercados. Em 2014

vamos intensificar esse trabalho”, anuncia o secretário. PECUÁRIA - Com o segundo maior rebanho bovino do país - 20,2 milhões de cabeças, com crescimento de um milhão de cabeças/ano -, o Estado caminha rapidamente para ser o maior produtor de carne do Brasil. A abundância de grãos (milho, soja e sorgo) e clima favorável está impulsionando também a suinocultura e avicultura. No Médio Norte, um grupo de cooperativas deve expandir a suinocultura para 20 mil matrizes. Na região de Diamantino, o grupo americano Smith Fields, através da Carroll´s Food do Brasil, está implantando um projeto de 54 mil matrizes de suínos que poderá ser expandido para 110 mil nos próximos anos. Fonte: www.mt.gov.br/ Redação/Secom-MT/CarlosMartins/ pt.wikipedia.org/

Foto: www.seuguiademoda.com.br

O índice crescente de produtividade deve-se a maciços investimentos em pesquisa, como as realizadas pela Fundação Mato Grosso. O aprimoramento genético, aliado a programas de difusão de tecnologias em manejo e fertilidade do solo, indica que a produtividade da soja em Mato Grosso poderá atingir em 2010 em torno de 70 sacas ou 4.200 quilos por hectares.

109


Bom Jesus do Araguaia - Habitantes: 5.231 Brasnorte - Habitantes: 15.280

de

Mato Grosso Acorizal - Habitantes: 5.516 Água Boa - Habitantes: 20.844 Alta Floresta Fundação: 19 de maio de 1976 Características geográficas Área 8.947,069 km² (BR: 153º)3 População: 49.761 hab. estimativa populacional IBGE/2013 Densidade: 5,56 hab./km² Altitude: 283 m Clima: Tropical chuvoso Indicadores IDHM: 0,779 alto PNUD/20005 PIB: R$ 517.937,683 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 10.128,63 IBGE/2008 Alto Araguaia - Habitantes: 15.670 Alto Boa Vista - Habitantes: 5.249 Alto Garças - Habitantes: 10.321 Alto Paraguai - Habitantes: 9.951 Alto Taquari - Habitantes: 8.100 Apiacás - Habitantes: 8.538 Araguaiana - Habitantes: 3.221 Araguainha - Habitantes: 1.095 Araputanga - Habitantes: 15.387 Arenápolis - Habitantes: 10.355 Aripuanã - Habitantes: 18.581 Barão de Melgaço - Habitantes: 7.591 Barra do Bugres - Habitantes: 31.058

110 Revista Gold

Barra do Garças Aniversário: 15 de Setembro Características geográficas Área: 9 141,841 km² (BR: 150º)2 População: 56 903 hab. Censo IBGE/2011 Densidade: 6,22 hab./km² Altitude: 322 m Clima: Tropical Indicadores IDHM: 0,801 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 829 028,035 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 15 105,65 IBGE/2008 | Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Foto: Marcos Vergueiro | Portal Secom MT

Cidades

Cáceres

Fundação: 6 de outubro de 1778. Características geográficas Área 24 398,399 km² (BR: 44º)2 População: 89 683 hab. Censo IBGE/2010 Densidade: 3,6 hab./km² Altitude: 176 m Clima: Tropical subúmido Aw Indicadores IDHM: 0,801 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 820 206,727 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 9 448,84 IBGE/2008 Campinápolis - Habitantes: 14 222 Campo Novo do Parecis - Habitantes: 27 574 Campo Verde - Habirantes: 31 612 Campos de Júlio - Habitantes: 5 019 Canabrava do Norte - Habitantes: 4 767 Canarana - Habitantes:18 701 Carlinda - Habitantes: 10 985 Castanheira - Habitantes: 8 231 Chapada dos Guimarães Fundação: 31 de julho de 1954 Características geográficas Área: 6 206,573 km² 2 População: 17 799 hab. Censo IBGE/2010 Densidade: 2,87 hab./km² Altitude: 798 m Clima: Tropical Aw Indicadores IDHM: 0,801 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 159 712,353 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 8 883,77 IBGE/2008 Cláudia - Habitantes: 10 972 Cocalinho - Habitantes: 5 498 Colíder Fundação: 07 de Maio de 1973 Características geográficas Área:3 038,249 km² 2 População: 31.176 IBGE 2 012 estimativa, hab. Censo IBGE/2010 Características geográficas Área: 3 038,249 km² 2 Densidade: Não informado Altitude: 315 (Altitude da sede do município)


Clima: equatorial Indicadores IDHM: 0,75 alto médio PNUD/2004 PIB: R$ 322 707,172 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 10 165,93 IBGE/2008

Foto: wikimapia.org.br

Colniza - Habitantes: 26 390 Comodoro - Habitantes: 18 157 Confresa - Habitantes: 25 127 Conquista d’Oeste - Habitantes: 3 388 Cotriguaçu - Habitantes: 20 987

Lucas do Rio Verde

Foto: confianca.com.br

Fundação: 05 de agosto de 1988 Características geográficas Área 3 645 km² 2 População: 45.556 hab. Censo IBGE/2010 Densidade: 0,01 hab./km² Altitude: 390 m Clima: Tropical úmido Cfa(h) Indicadores IDHM: 0,768 alto PNUD/2010 PIB: R$ 1 669 888,179 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 51 771,45 IBGE/2008 Luciara - Habitantes: 2 229 Marcelândia - Habitantes: 11 994 Matupá - Habitantes: 14 172 Mirassol d’Oeste - Habitantes: 25 331 Nobres - Habitantes: 15 011 Nortelândia - Habitantes: 6 438 Nossa Senhora do Livramento - Habitantes: 11 592 Nova Bandeirantes - Habitantes: 11 630 Nova Brasilândia - Habitantes: 4 593 Nova Canaã do Norte - Habitantes: 12 132 Nova Guarita - Habitantes: 4 929 Nova Lacerda - Habitantes: 5 469 Nova Marilândia - Habitantes: 2 925 Nova Maringá - Habitantes: 6 590 Nova Monte Verde - Habitantes: 8 088

Cuiabá

Curvelândia - Habitantes: 4 898 Denise - Habitantes: 8 494 Diamantino - Habitantes: 20 420 Dom Aquino - Habitantes: 8 131 Feliz Natal - Habitantes: 10 933 Figueirópolis d’Oeste - Habitantes: 3 805 Gaúcha do Norte - Habitantes: 6 287 General Carneiro - Habitantes: 5 018 Glória d’Oeste - Habitantes: 3 125 Guarantã do Norte - Habitantes: 32 150 Guiratinga - Habitantes: 13 867 Indiavaí - Habitantes: 2 407 Ipiranga do Norte - Habitantes: 5 123 Itanhangá - Habitantes: 5 260 Itaúba - Habitantes: 4 570 Itiquira - Habitantes: 11 493 Jaciara - Habitantes: 25 666 Jangada - Habitantes: 7 696 Jauru - Habitantes: 10 461 Juara - Habitantes: 32 769 Juína - Habitantes: 39 260 Juruena - Habitantes: 11 269 Juscimeira - Habitantes: 11 434 Lambari d’Oeste - Habitantes: 5 438

Foto: jornalodividor.blogspot.com.br

Fundação: 08 de abril de 1719 Características geográficas Área: 3 538,167 km² (BR: 428º)3 Área urbana: 126,9 km² (BR: 18º) – est. Embrapa4 População: 569 831 hab. (BR: 35º MT: 1º) – est. IBGE 2011 Densidade: 157,227 Altitude: 125 m Clima: Tropical Quente Aw Indicadores IDHM: 0,821 muito alto PNUD/20006 Gini: 0,480 est. IBGE 2003 PIB: R$ 9 014 928,982 mil (BR: 46º) – IBGE/2008 PIB per capita:R$ 20,044 67 IBGE/2010

Nova Mutum

Fundação: 04 de julho de 1988 Características geográficas Área: 9 537,923 km² 2 População:31 633 hab. Censo IBGE/2010

111


Densidade: 3,2 hab./km² Altitude: 460 m Clima: tropical Indicadores IDHM: 0,801 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 1 307 426,864 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 50 955,91 IBGE/2008 Foto: Brasil DDT / Cidade Record

Nova Nazaré - Habitantes: 3 021 Nova Olímpia - Habitantes: 17 529 Nova Santa Helena - Habitantes: 3 475 Nova Ubiratã - Habitantes: 9 245 Nova Xavantina - Habitantes: 19 475 Novo Horizonte do Norte - Habitantes: 3 746 Novo Mundo - Habitantes: 7 069 Novo Santo Antônio - Habitantes: 2 005 Novo São Joaquim - Habitantes: 6 043 Paranaíta - Habitantes: 10 690 Paranatinga - Habitantes: 19 280 Pedra Preta - Habitantes: 21 254 Peixoto de Azevedo - Habitantes: 30 762 Planalto da Serra - Habitantes: 2 726 Poconé - Habitantes: 31 778 Pontal do Araguaia - Habitantes: 5 427 Ponte Branca - Habitantes: 1 783 Pontes e Lacerda - Habitantes: 41 386 Porto Alegre do Norte - Habitantes: 10 754 Porto dos Gaúchos - Habitantes: 5 448 Porto Esperidião - Habitantes: 10 950 Porto Estrela - Habitantes: 3 639 Poxoréu - Habitantes: 17 602

Rondonópolis

Fundação: 10 de dezembro de 1953 Características geográficas Área: 4 165,232 km² (BR: 355º)2 Área urbana: 38,7 km² (BR: 81º) – est. Embrapa3 População: 208 019 hab. (BR: 135º BR interior: 54º MT: 3º) est. IBGE 2013 Densidade: 47,764 Altitude: 227 m Clima: Tropical subumido Awh Indicadores IDHM: 0,755 alto PNUD/2010 Gini: 0,470 est. IBGE 2003 PIB: R$ 4 935 080,601 mil (BR: 108º) – IBGE/2009 PIB per capita: R$ 27 317,29 IBGE/2008

Foto: acao190.blogspot.com.br

Rosário Oeste - Habitantes: 17 682 Salto do Céu - Habitantes: 3 903 Santa Carmem - Habitantes: 4 075 Santa Cruz do Xingu - Habitantes: 1 899 Santa Rita do Trivelato - Habitantes: 2 466 Santa Terezinha - Habitantes: 7 399 Santo Afonso - Habitantes: 2 974 Santo Antônio do Leste - Habitantes: 3 757 Santo Antônio do Leverger - Habitantes: 18 409 São Félix do Araguaia - Habitantes: 10 531 São José do Povo - Habitantes: 3 601 São José do Rio Claro - Habitantes: 17 128 São José do Xingu - Habitantes: 5 267 São José dos Quatro Marcos - Habitantes: 18 963 São Pedro da Cipa - Habitantes: 4 142

Fundação: 13 de maio de 1986 Características geográficas Área: 5 472,207 km² 2 População: 53 910 hab. Censo IBGE/2012 Densidade: 9,85 hab./km² Altitude: 636 m Clima: Tropical subúmido Aw Indicadores IDHM: 0,805 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 1 828 499,162 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 39 483,04 IBGE/2008

112 Revista Gold

Querência - Habitantes: 13 021 Reserva do Cabaçal - Habitantes: 2 578 Ribeirão Cascalheira - Habitantes: 8 880 Ribeirãozinho - Habitantes: 2 199 Rio Branco - Habitantes: 5 061 Rondolândia - Habitantes: 3 538 | Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Foto: MT Sapezal | skyscraprcityy.com

Primavera do Leste

Sapezal

Fundação: 19 de setembro de 1994 Características geográficas Área: 13 597,506 km² 2


Foto: wikipedia.com

População: 18 080 hab. Censo IBGE/2010 Densidade: 1,33 hab./km² Altitude: 370 m Clima: Equatorial Indicadores IDHM: 0,803 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 1 350 087,346 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 89 921,90 IBGE/2008 Serra Nova Dourada - Habitantes: 1.365

Tangará da Serra Foto: Ademir Jr. | sinopmt.gov.br

Fundação 13 de maio de 1976 Características geográficas Área: 11 565,976 km² (BR: 114º)2 População: 93.682 hab. Estimativa IBGE/2013 Densidade: 12,318 hab/km² Altitude: 423 m Clima: Tropical Úmido Indicadores IDHM: 0,821 muito alto PNUD/2008 PIB: R$ Aumento1 304 639,542 mil IBGE/2010 PIB per capita: R$ 15 889,83 IBGE/2008

Sinop

Fundação: 14 de setembro de 1974 Emancipação: 17 de dezembro de 1979 Características geográficas Área: 3 194,339 km² (BR: 482º)2 Área urbana: 17 km² (BR: 169º) – est. Embrapa3 População: 123 634 hab. (BR: 229º BR interior: 114º MS: 4º) – est. IBGE 2011 Densidade: 36,318 hab/km² Altitude: 384 m 5 Clima: Tropical Aw Indicadores IDHM: 0,807 muito alto PNUD/2006 Gini: 0 430 est. IBGE 2003 PIB: R$ 1 733 747,248 mil (BR: 248º) – IBGE/2008 PIB per capita: R$ 15 688,17 IBGE/2008

Foto: camarasorriso.mt.gov.br

Foto: dicadanet.com/varzeag

Tapurah - Habitantes: 10 390 Terra Nova do Norte - Habitantes: 11 302 Tesouro - Habitantes: 3 437 Torixoréu - Habitantes: 4 036 União do Sul - Habitantes: 3 767 Vale de São Domingos - Habitantes: 3 058

Sorriso

Fundação: 13 de maio de 1986 Características geográficas Área: 9 345,755 km² (BR: 147º)2 População: 81.470 hab. Censo IBGE/2010 Densidade: 0,01 hab./km² Altitude: 365 m Clima: Tropical Úmido, 26°C. Indicadores IDHM: 0,824 muito alto PNUD/2004 PIB: R$ 2.389.597,749 mil IBGE/2008 PIB per capita: R$ 41.343,24 IBGE/2008 Tabaporã - Habitantes: 9.917

Várzea Grande

Aniversário: 15 de maio Fundação: 15 de maio de 1867 Emancipação: 23 de setembro de 1948 Características geográficas Área: 938,057 km² (BR: 1498º)2 Área urbana: 81,4 km² (BR: 35º) – est. Embrapa3 População: 260 335 hab. (BR: 98º MT: 2º) – est. IBGE 2012 Densidade: 272,316 Altitude: 198 m Clima: Tropical Awf Indicadores IDHM: 0,734 alto PNUD/2010 Gini: 0,460 est. IBGE 2003 PIB: R$ 3 449 445 mil (BR: 164º) – IBGE/2010 PIB per capita: R$ 11 281,10 IBGE/2008 Vera - Habitantes: 10.235 Vila Bela da Santíssima Trindade - Habitantes: 14.491 Vila Rica - Habitantes: 21.403

113


114 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


115


Gold 1

Sociedade Tangaraense

1

Waldir e Adma Martinez, Cacildo e Celma Franco, Maristela e Normando Corral.

2

Gilce Morizzo Guimaraes, Ieda Pscheidt e Vera Gotardo.

3

Isaira Sansão Lente, Caroline Sansão Lente e Vicente Lente, em Barra dos Bugres.

4

As irmãs Bruna e Julia Morizzo Guimarães.

5

Familia Gilce e Getulio Guimaraes com as filhas Bruna e Julia.

3

Fotos: Lamego

2

4

116 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

5


117


Frases Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça. Bíblia: 1 João 1:9 Faça parte da solução, ao invés de ser parte do problema. Lair Ribeiro Por que cometer erros antigos se há tantos novos a escolher? Bertrand Russell Quem é especialista em cobrar e controlar pessoas está apto a trabalhar com finanças e números, mas não com pessoas. Augusto Cury A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho. Biblía: Salmos 119:105 Aqueles que não conseguem vencer na vida vingam se falando mal dela. Voltaíre Quando uma pessoa está sempre certa, é porque algo de errado existe. Lair Ribeiro Quem controla uma conversa não é quem fala, e sim quem escuta. Lair Ribeiro

Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver. Dalai Lama As pessoas costumam dizer que a motivação não dura sempre. Bem, nem o efeito do banho, por isso recomenda-se diariamente. Zig Ziglar A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente. Soren Kierkergaard Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro. Bíblia: Jeremias 29:11 Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena acreditar nos sonhos que se tem, ou que os seus planos nunca vão dar certo, ou que você nunca vais ser alguém... Renato Russo Nada mais frágil que as amizades humanas; levam muitos anos a formarem-se e um momento só as desfaz. Louis Bourdaloue É parte da cura o desejo de ser curado. Sêneca

O maior carrasco do homem é ele mesmo, e o mais injusto dos homens é aquele que não reconhece isso. Augusto Cury

Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez. Thomas Edison

Em vez de dizer: isto não pode ser feito, continue questionando o seu cérebro: como isto pode ser feito? Lair Ribeiro

O verdadeiro homem mede a sua força, quando se defronta com o obstáculo. Antoine de Saint-Exupéry

Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado. Roberto Shinyashiki

Todos caem, mas, apenas os fracos continuam no chão... Bob Marley

Você pode descobrir mais sobre uma pessoa em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa. Platão Só é lutador quem sabe lutar consigo mesmo. Carlos Drummond de Andrade

118 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”. Bíblia: João 16:33


119


Comportamento

12 passos para criar

CORAGEM. A

ssumir uma posição diferente da de costume ou tentar algo que não se considerava possível, define um ato de superação. De acordo com o escritor e pesquisador Luciano Vicenzi, autor do livro “Coragem para Evoluir” (Editares, 2011), a coragem surge quando o indivíduo aceita enfrentar os desafios, sejam eles quais forem – desde uma mudança muito radical de carreira ou uma simples volta em uma montanha-russa. 1. Conheça você mesmo: Antes de ter coragem para tomar uma determinada atitude, é preciso saber o que de fato é importante para você para depois assumir suas posturas. “É do autoconhecimento que nasce o fator coragem, pois só a partir deste aprofundamento é que o indivíduo tem condições de agir”, afirma o escritor Luciano Vicenzi. 2. Observe seus sonhos: Muitos dos desejos e vontades podem ser “anunciados” nos sonhos, um instrumento importante para o autoconhecimento. “É preciso fazer das horas de sono um tempo precioso, uma fonte de conhecimento e de sabedoria”, indica a psicoterapeuta Maria de Melo.

120

3. Entenda seus medos: Compreender as bases de seus medos é o primeiro passo para vencê-los e efetivamente criar coragem. “Uma pessoa corajosa não é uma pessoa que não tem medo, mas alguém que não se deixa paralisar por ele”, comenta Vicenzi. Para o autor, um certo nível de receio é normal perante grandes desafios, mas os corajosos se mantêm firmes nas suas decisões. 4. Separe o que é real do que é fantasia: O medo pode ser iniciado a partir de uma condição de ameaça física – o receio

de pular de paraquedas, por exemplo – ou psicológica – como uma mudança radical de carreira. No entanto, Vicenzi explica que, muitas vezes, esses riscos estão apenas na mente, ou seja, são baseados somente em crenças, suposições e fantasias. Isso acontece quando uma pessoa começa a namorar e fica pensando: “será que a família vai me aceitar, será que vou conseguir atender às expectativas?”. Entender a base desses medos, se eles são reais ou imaginários, é essencial para vencê-los e criar a coragem necessária para agir. 5. Anote e compare: Colocar os medos no papel ajuda a identificar o que realmente deve ser considerado uma preocupação – e a deixar de lado as meras suposições. “Esta é uma técnica muito boa para separar o que é baseado em fatos e o que é fantasioso”, explica o pesquisador Luciano Vicenzi. 6. Seja humilde: Para a psicoterapeuta Maria de Melo, coragem exige, antes de tudo, reconhecer as próprias dificuldades. “É a humildade que nos dá a força verdadeira”, diz. Ela explica que sem essa qualidade pode-se cair na tentação de culpar somente os outros pelos problemas e medos, e não enxergar a si mesmo como o único responsável pela falta de coragem. 7. Coragem equivale a assumir uma mudança de postura. Isso significa rever atitudes, reconhecer erros e se reposicionar. Desta forma, avalie se o que está fazendo hoje é o que, de fato, o afasta dos seus objetivos. Se a resposta for positiva, pense no que precisa mudar para sair desta situação. 8. Assuma os riscos: Coragem também significa assumir desafios, mas sempre de

maneira calculada. “Correr riscos não é ser descuidado ou ter a pretensão de diminuir ou não enxergar o perigo. A coragem tem clareza, vê as coisas e, por isso, é prudente”, aconselha Maria de Melo. No entanto, a psicoterapeuta alerta que a prudência, se passar do ponto, é um medo disfarçado, o que pode nos tornar covardes. 9. Observe por outros ângulos: Enxergar as coisas sob um prisma múltiplo ajudar a entender situações e sentimentos com mais clareza, o que certamente vai contribuir para criar a coragem necessária para mudar. Questione-se, faça o exercício de pensar “por outro lado”. “Entender o que lhe prejudica vale muito para você se compreender e se consertar”, observa a psicoterapeuta Maria de Melo. 10. Converse sobre o assunto: Procurar um grupo ou outra pessoa que já tenha passado pela mesma situação também é uma boa maneira de conhecer mais sobre o assunto e inspira a criar a coragem necessária para se decidir e mudar. 11. Experimente: Muitas vezes, o medo deriva do que é desconhecido. Tem sempre aquele frio na barriga antes de começar, mas depois a coisa acaba fluindo. É como aquela pessoa que tem medo de água, mas dá o primeiro passo e se inscreve num curso de natação. Ela substitui a crença do “será que eu consigo” para o “vou tentar”. 12. Dê o primeiro passo sozinho: Apesar das dicas acima, criar coragem exige uma atitude pessoal e intransferível, por mais apoio que se receba da família, dos amigos e do terapeuta. “O primeiro passo é sempre da própria pessoa. É a vontade dela que desenvolve a coragem. Sem vontade não há coragem”, conclui Vicenzi. Fonte e fotos: delas.ig.com.br

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


121


Moda Feminina

Vestidos de

Festa de Reveillon O

Réveillon é uma das festas mais importantes do ano, pois se comemora a virada de um ano para outro. Conforme o final de ano vai se aproximando, as mulheres, principalmente, começam a ficar super preocupadas com o que vestir no dia da grande comemoração. Na hora de se vestir para o réveillon, os vestidos são as opções mais comuns entre as mulheres. Já que há uma grande variedade de modelos para escolher. No Brasil, já é tradição passar o réveillon usando roupas brancas para simbolizar a paz. Mas nada impede que se usem roupas coloridas no réveillon, a questão do branco é somente uma tradição brasileira. Há vários modelos de vestidos brancos para réveillon e com certeza você vai encontrar algum que faça você se sentir mais bonita e atraente. Antes de escolher qual roupa usar no réveillon, leve em consideração onde e como será a festa que você pretende ir. Se for em um salão de festa com muitos convidados, a melhor opção é um vestido de festa mais fino e elegante. Se for no campo, você pode escolher um vestido de algodão, mais leve, básico e fluido. O comprimento do vestido também vai depender da ocasião. Festas mais sofisticadas pedem vestidos longos ou médios. Deixe os vestidos curtos para usar em uma balada ou outra festa entre amigos. Fonte e fotos: roupasnatal.com

122 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


123


Moda Masculina

Reveillon

2013/2014 J

á estamos vivenciando o fim de ano, e, como a vida moderna nos obriga a cada dia acumular mais funções, o tempo passou a andar mais depressa, por isso, como logo estaremos nos festejos do final de ano, vale ir adiantando alguns preparativos, como as roupas para o réveillon 2013/2014, para não ter que acumular mais um item à lista de tarefas de fim de ano. E não somente as mulheres devem preocupar-se com isso, os homens também já podem sair em busca da roupa que usarão na virada do ano, afinal, as vitrines já começam a receber os lançamentos da próxima estação. Você pode usar peças de roupas com a cor, ou com as cores, que você escolheu; ou optar por calçados, cintos ou roupa íntima. Se você for passar o réveillon na praia ou em um ambiente mais despojado, você pode usar uma camisa ou bermuda estampada com as cores que você queira. Chinelo de dedo com a cor escolhida também é uma ótima opção. Mas, se você for participar de uma festa de réveillon mais formal ou sofisticada, use uma calça e uma camisa, juntamente com sapatênis, ou sapato social, se a festa for muito convencional. Fazer uma sobreposição com camiseta colorida e camisa branca por cima também é uma boa opção para deixar o visual mais descontraído.

124 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Fonte e fotos: roupasnatal.com.br


125


Decoração e Designer

Princípios do

P

126

ara saber o que você deve fazer em um ambiente, o primeiro passo é observá-lo, analisando:

devem se relacionar e nunca brigar entre si.

O que não é necessário ? O que parece que só polui o visual ? O que tem que sumir porque você não aguenta mais? O que não funciona (Dá trabalho para usar ou não serve para o que foi imaginado)? O que tem que ficar, mas não pode ser desse jeito ?

c) Equilíbrio. Que pode ser simétrico (quando você tem, por exemplo, uma sala que, dividindo-a visualmente no meio, os objetos de um lado se repetem no outro), assimétrico (quando não há simetria) ou radial (circular, quando há com um movimento que vai ou vem de um ponto central).

Do que realmente não gosta ? O que faz o ambiente ficar feio ou desorganizado ?

d) Unidade. É importante que haja uma sensação de continuidade, um caráter, em todos os ambientes.

Quando poucas ou pequenas peças e/ou áreas se encaixam nestas perguntas vale a pena tentar melhorar.

e) Contraste. Elementos contrastantes quando juntos, são enriquecidos. Por exemplo: Sofá liso junto com almofadas texturizadas, Moldura clara em parede escura, etc. Se não houver algum contraste, a decoração fica enfadonha.

a) Ritmo. É a repetição de uma forma ou elemento. Por exemplo cores, linhas, curvas. Este ritmo não é uma repetição enfadonha, mas sim algo que ajuda a dar unidade ao projeto. b) Harmonia. As formas, texturas, cores, iluminação, distribuição, materiais, etc

Revista Gold

f) Centros de interesse. Não pode haver competição entre os elementos, por isso deve haver os que sobressaem, devido à forma, iluminação,tamanho, etc., atraindo nossa atenção.

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Design

g) Variedade. De formas, texturas, cor, etc. para não termos um ambiente monótono. h) Escala. Grandes móveis em grandes espaços, por exemplo. i) Proporção. Devemos considerar e trabalhar com as proporções dos ambientes. Por exemplo: Pés direitos altos demais podem ser visualmente diminuídos com cor escura no teto; Cores mais escuras ou mais claras nas paredes ou em algumas paredes de um aposento modificam a percepção da proporção entre largura e comprimento deste. Todos os elementos devem formar uma composição agradável; deve-se avaliar a relação dos móveis entre si, com o tamanho , o pé direito e objetos do ambiente. Fonte e fotos: simplesdecoração.com.br


127


Tecnologia

Quais as diferenças entre

Ultrabook e Notebook? Fique por dentro dos Ultrabooks e dos notebooks e saiba qual dessas máquinas é a melhor para você.

P

rimeiro, vieram os notebooks. Depois, surgiu sua versão em miniatura e com uma configuração mais básica, os chamados netbooks. Não demorou muito tempo para os tablets também tomarem conta do mercado. Mas, como a tecnologia não para de inovar, outro tipo de tecnologia portátil invadiu o mercado: os Ultrabooks. À primeira vista, talvez você não perceba a diferença entre essa categoria e seus antecessores. Mas é bom ficar atento porque os Ultrabooks contam com algumas características específicas e também várias vantagens.

128

O que você precisa saber ao comprar um Ultrabook. Com o avanço constante da tecnologia, a Intel atualiza alguns critérios sobre a configuração dos Ultrabooks a cada geração. Anteriormente, um Ultrabook precisava ter, por exemplo, 5 horas ou mais de autonomia de bateria e armazenamento SSD. Além disso, o processa-

Revista Gold

dor deveria ser Intel, a partir da segunda geração (Sandy Bridge). Conclusão: uma máquina leve, com boa autonomia e bom processamento. Mas, já existe uma versão mais atualizada, que entrega um Ultrabook ainda mais moderno para os consumidores. De acordo com a Intel, a inovação fica por conta da presença de uma porta USB 3.0 ou Thunderbolt nos Ultrabooks. A vantagem é que essas entradas garantem uma transferência mais rápida de arquivos, como fotos, músicas e vídeos. Mais um diferencial foi o avanço do processador, que deve ser de terceira geração, o Ivy Bridge, que é mais veloz do que a versão anterior. No geral, o Ultrabook reúne algumas características de tablets, como design mais fino, alta velocidade de resposta e navegação, e “ser” Instant on, ou seja, ligar e desligar mais rapidamente. Apesar de esse recurso já fazer parte de alguns notebooks, ele é uma referência na confi-

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

guração dos Ultrabooks. Mais um diferencial dos Ultrabooks, e que também está presente em alguns notebooks, é o armazenamento SSD. O SSD é baseado em memória flash, que funciona em alta velocidade e já está por aí em pendrives e cartões de memória. O diferencial do armazenamento SSD é que ele ocupa menos espaço físico e é mais resistente a quedas e choques que o HD (hard disk) convencional. Por outro lado, é uma das características que encarecem o preço do notebook e do Ultrabook, além de ainda não contar com grande capacidade de armazenamento. Mas se você gosta de tecnologia, carrega demais o notebook para lá e para cá, e trabalha com programas pesados de edição de imagem ou vídeo, um Ultrabook pode cair como uma luva. Fonte e fotos: zoom.com.br


129


Beleza

Tintura ou tonalizante? Como descobrir o melhor tipo de coloração para você? Depende da sua intenção.

M

uita gente acredita que as tinturas são mais agressivas do que os tonalizantes. Por outro lado, os xampus colorantes não resistem por muito tempo. Confira como esses produtos realmente funcionam e faça a sua escolha. Quando a tintura é a melhor opção? “Por sua maior pigmentação e elementos químicos mais potentes (como a amônia, na maioria dos casos), a tintura é utilizada em transformações radicais, como mudar a cor do cabelo ou fazer mechas”, explica os cabeleireiros especialistas. E os tonalizantes, em que situação eles funcionam? Os tonalizantes são soluções de efeito temporário e menos agressivas, servem para tratamentos intermediários, como dar brilho, neutralizar cores indesejadas, escurecer ou clarear – mas apenas até dois tons. “Funcionam também para dar um descanso em fios que estão prejudicados por procedimentos químicos muito extremos”, dizem os experts no assunto. Só que nesse caso, o número de retoque

aumenta muito em relação à tintura. Qual é a diferença entre esses dois tipos de produtos? A diferença entre a fórmula do tonalizante e das tinturas mais modernas é a presença da amônia, responsável por abrir as cutículas para que os pigmentos penetrem e ajam no córtex do fio. Nas tinturas permanentes, é a amônia que garante a cor mais duradoura. Os tonalizantes, livres dessa substância, não têm a capacidade de abrir as cutículas dos fios, fixando os pigmentos apenas na parte externa. Com que frequência é preciso retocar? De maneira geral, tanto a tintura quanto os tonalizantes devem ser aplicados em intervalos de um mês, em média. Claro que, cada cabelo reage de maneira única,

e se você perceber que a cor precisa de um “up” antes deste tempo, nada impede de adiantar a reaplicação. Algumas pessoas tingem ou tonalizam os cabelos a cada 20 dias. Qual dos dois métodos cobre melhor os brancos? “A tintura é a melhor opção para quem tem mais de 50% de fios brancos. Se tiver menos que isso, vale usar o tonalizante” explicam os profissionais. Qual é mais indicado para quem utiliza outros tipos de química, como escova progressiva? “Os tonalizantes, pois não interferem na cutícula do fio, onde age a progressiva”, contam os gabaritados na área. Isso diminui os riscos de um ataque químico excessivo aos fios. Fonte e fotos: belezatresemme.ig.com.br/ Luciana Hruby

130 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


131


Arquitetura e Construção

Construir a casa própria ou comprar o imóvel pronto? trução, outro cuidado importante consiste em priorizar investimentos em renda fixa ou poupança ao invés de renda variável como ações. Já que se pode precisar desse dinheiro no curto prazo devendo, portanto, evitar riscos. A compra do imóvel pronto apresenta como uma grande vantagem o ganho de tempo. Uma vez que você não tem que gastar meses ou anos com construção. Sem contar o desgaste mental de arcar com todos os detalhes ligados à obra, como contratação de profissional, pesquisa de preço, balanço financeiro dentre outros. Outro ponto positivo é o fato de que a compra de uma casa/apartamento pronto não envolve também a compra de um lote. O que envolve certa burocracia e que contribui para o aumento do gasto de tempo, necessário para estar com imóvel em condições.

Q

ual é melhor, construir a casa própria ou comprar o imóvel pronto? É muito comum ouvir essa dúvida daqueles que sonham com a casa própria. De acordo com os especialistas essa escolha depende da sua situação financeira e de planos e projetos futuros. Mas como esses fatores podem mudar de acordo com suas necessidades te convido a discutir algumas vantagens de cada opção. Vejo como principal vantagem, na construção da casa própria, a possibilidade da construção ser feita aos pou-

cos. Beneficiando aqueles que teriam dificuldades para comprar um imóvel a vista ou em obter/arcar com um financiamento imobiliário. Outra grande vantagem na construção da casa própria consiste na possibilidade de se desenhar a planta de sua futura residência. Algo que não é possível ao comprar o imóvel pronto. O mais importante para quem opta por construir a própria residência é saber como economizar na construção do seu imóvel. E aquele que possue reservas financeiras “em mãos”, e que pretende investir tais reservas durante a cons-

132 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

Mas quem deseja comprar um imóvel construído não estará isento de trabalho. Este deve tomar alguns cuidados básicos ao se comprar imóveis. Que vão desde a contratação de um engenheiro, para verificar as condições da construção até o cuidado de consultar em cartório a situação do imóvel. Lembre-se: na aquisição ou construção do imóvel seu e de sua família, todo cuidado e carinho é pouco. Não exite em procurar a melhor forma de fazê-lo. Fonte e fotos: nocaminhodariqueza.com


133


Reflexão

Otimismo e Pessimismo. N

ão deixa de ser curioso observar as diferentes reações do ser humano frente a certos obstáculos. Ao adoecer, algumas pessoas só pensam na recuperação; outras sentem que jamais voltarão a ter saúde. Diante de uma situação de risco, os otimistas decidem enfrentá-la, pois acham que as chances de sucesso são boas; os pessimistas recuam, antevendo a catástrofe. Para começar um namoro, o otimista se aproxima de alguém que despertou seu interesse; o pessimista evita o primeiro passo, imaginando uma rejeição inevitável. As diferenças não param aí. Se de um lado, há alegria de viver, generosidade, desprendimento, do outro há certa tendência ao egoísmo e à tristeza, às vezes disfarçada de falsa euforia. O otimista está sempre cheio de planos e projetos, é inovador, contagiando com sua esperança as pessoas que o cercam. O pessimista é mais comedido nos gastos e nos gestos, costuma ser conservador, só se interessa por coisas que já foram testadas e agradam à maioria. Quais serão os fatores que impulsionam o ser humano na direção de um comportamento positivo ou negativo em relação à vida? Vale a pena levantar algumas hipóteses. Antes de mais nada, acredito que não se trate de um mero condicionamento ou hábito de pensar. Quer dizer, não adianta acordar de manhã com a disposição de mudar e de tomar atitudes positivas. Esse tipo de otimismo será falso, superficial e não levará ao sucesso almejado. Tenho impressão de que há algo de inato em nosso comportamento. Certas pessoas possuem forte impulso vital. Portadoras de uma energia inesgotável, são movidas por um combustível que falta à maioria dos mortais. Nelas, a alegria de viver é transbordante. Nada as deixa tristes e, em certas situações, parecem levianas porque não dão muito peso a sofrimento algum. Esse fenômeno inato provavelmente está ligado à bioquímica de nossas células cerebrais.

134

Outro fator que predispõe ao otimismo ou ao pessimismo é a avaliação crítica de nosso passado.

Por exemplo, se uma pessoa de 40 anos fizer uma retrospectiva de sua vida e concluir que teve progressos indiscutíveis, haverá bons motivos para o otimismo em relação ao futuro. Se, ao contrário, na hora de somar e subtrair, o saldo for negativo, o pessimismo prevalecerá. Essa auto-avaliação não abrange apenas conquistas de ordem material. O que mais interessa é o sucesso como ser humano. Conseguir dominar os impulsos agressivos, ter uma vida sentimental e sexual satisfatória, ser tolerante para com as diferenças de opinião são condições que conduzem ao otimismo. Finalmente, há um terceiro fator, sem dúvida o mais importante de todos, que orienta nossa atitude. Esse fator é a coragem. Pessoas que não têm medo de ousar tendem ao otimismo. Elas não temem o sofrimento e o fracasso. Sabem que o forte não é aquele que sempre acerta, mas aquele que corre o risco de errar e sobrevive à mais dura queda. Os seres humanos mais felizes suportam bem a dor e costumam ter uma rotina mais criativa e alegre. Seu otimismo leva ao sucesso, pois consideram eventuais derrotas um aprendizado que os tornará ainda mais fortes. O oposto acontece com o pessimista. Ele fica paralisado, não por convicção, mas por medo. Não tem medo porque é pessimista. É pessimista porque tem medo. E assim vai passando pela vida, cada vez mais inseguro e acomodado e - o que é pior – pode acontecer de torna-se um invejoso. Fonte e fotos: somostodosum.ig.com.br/FlávioGikovate

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


135


Direitos e Deveres

O que é

Cidadania? Guerra Mundial, após 1945, com aumento substancial dos direitos sociais – com a criação do Estado de Bem-Estar Social (Welfare State) – estabelecendo princípios mais coletivistas e igualitários. Os movimentos sociais e a efetiva participação da população em geral foram fundamentais para que houvesse uma ampliação significativa dos direitos políticos, sociais e civis alçando um nível geral suficiente de bem-estar econômico, lazer, educação e político. A cidadania esteve e está em permanente construção; é um referencial de conquista da humanidade, através daqueles que sempre buscam mais direitos, maior liberdade, melhores garantias individuais e coletivas, e não se conformando frente às dominações, seja do próprio Estado ou de outras instituições. No Brasil ainda há muito que fazer em relação à questão da cidadania, apesar das extraordinárias conquistas dos direitos após o fim do regime militar (1964-1985). Mesmo assim, a cidadania está muito distante de muitos brasileiros, pois a conquista dos direitos políticos, sociais e civis não consegue ocultar o drama de milhões de pessoas em situação de miséria, altos índices de desemprego, da taxa significativa de analfabetos e semianalfabetos, sem falar do drama nacional das vítimas da violência particular e oficial.

N

o decorrer da história da humanidade surgiram diversos entendimentos de cidadania em diferentes momentos – Grécia e Roma da Idade Antiga e Europa da Idade Média. Contudo, o conceito de cidadania como conhecemos hoje, insere-se no contexto do surgimento da Modernidade e da estruturação do Estado-Nação. O termo cidadania tem origem etimológica no latim civitas, que significa “cidade”. Estabelece um estatuto de pertencimento de um indivíduo a uma comunidade politicamente articulada – um país – e que lhe atribui um conjunto de direitos e obrigações, sob vigência de uma constituição. Ao contrário dos direitos humanos – que tendem à universalidade dos direitos do ser humano na sua dignidade –, a cidadania moderna, embora influenciada por aquelas concepções mais antigas, possui um caráter próprio e possui duas categorias: formal e substantiva. A cidadania formal é, conforme o direito internacional, indicativo de nacionalidade, de pertencimento a um Estado-Nação, por exemplo, uma pessoa portadora da cidadania brasileira. Em segundo lugar, na ciência política e sociologia o termo adquire sentido mais amplo, a cidadania substantiva é definida como a posse de direitos civis, políticos e sociais. Essa última forma de cidadania é a que nos interessa. A compreensão e ampliação da cidadania substantiva ocorrem a partir do estudo clássico de T.H. Marshall – Cidadania e classe social, de 1950 – que descreve a extensão dos direitos civis, políticos e sociais para toda a população de uma nação. Esses direitos tomaram corpo com o fim da 2ª

Conforme sustenta o historiador José Murilo de Carvalho, no Brasil a trajetória dos direitos seguiu lógica inversa daquela descrita por T.H. Marshall. Primeiro “vieram os direitos sociais, implantados em período de supressão dos direitos políticos e de redução dos direitos civis por um ditador que se tornou popular (Getúlio Vargas). Depois vieram os direitos políticos... a expansão do direito do voto deu-se em outro período ditatorial, em que os órgãos de repressão política foram transformados em peça decorativa do regime [militar]... A pirâmide dos direitos [no Brasil] foi colocada de cabeça para baixo”.1 Nos países ocidentais, a cidadania moderna se constituiu por etapas. T. H. Marshall afirma que a cidadania só é plena se dotada de todos os três tipos de direito: 1. Civil: direitos inerentes à liberdade individual, liberdade de expressão e de pensamento; direito de propriedade e de conclusão de contratos; direito à justiça; que foi instituída no século 18; 2. Política: direito de participação no exercício do poder político, como eleito ou eleitor, no conjunto das instituições de autoridade pública, constituída no século 19; 3. Social: conjunto de direitos relativos ao bem-estar econômico e social, desde a segurança até ao direito de partilhar do nível de vida, segundo os padrões prevalecentes na sociedade, que são conquistas do século 20. Fonte e fotos: .brasilescola.com/OrsonCamargo

136 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


137


Gastronomia

A verdadeira história da feijoada. A feijoada era comida dos ricos na época do Império.

E

xistem muitas informações incorretas e duvidosas na internet. Ainda bem que, em relação à história da feijoada brasileira, que é uma instituição nacional, historiadores e pesquisadores acadêmicos estão esclarecendo à população. Ainda hoje existem muitas pessoas que acreditam (por terem ouvido) que a feijoada foi criada nas senzalas pelos escravos, que juntavam os restos de carne que os senhores de engenho e fazendeiros não queriam, tais como a orelha, o pé, o toucinho e outras partes menos nobres do porco. Porém, historiadores e pesquisadores começam a provar que a “estória” não foi bem assim. Bem antes do descobrimento do Brasil, cerca de 300 anos antes, os portugueses já conheciam o feijão, a matéria-prima da feijoada. Feijão preto é originário da América do Sul, mas o feijão já era conhecido na Europa de antigamente e era utilizado em culinária (exemplo: cassoulet, de origem francesa).

138

Em artigo Feijoada: breve história de uma instituição comestível, publicado na Revista do Ministério das Relações Exteriores, o Prof. Rodrigo Elias (mestre em História Moderna e Contemporânea pela Universidade Federal Fluminense e doutorando em História Social na Universidade Federal do Rio de Janeiro) nos traz fundamentos de que a versão da criação de feijoada pelos escravos não passa de uma “bela estória”.

A História (com “H”) nos traz evidências de que a feijoada não era comida dos escravos e era apreciada pela elite social da época. Recorrendo a registros históricos, o pesquisador traz à tona um anúncio de 7 de agosto de 1833 no Diário de Pernambuco, em que o recém-inaugurado Hotel Théâtre, de Recife, informa que às quintas-feiras seriam servidas feijoada à brasileira. Também o Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro, publica em 5 de janeiro de 1849 um anúncio em que o botequim da Fama do Café com Leite chama os fregueses para uma bela feijoada à brasileira. Segundo o Prof. Rodrigo Elias, em outro registro histórico, “a Casa Imperial – e não escravos ou homens pobres – comprou em um açougue de Petrópolis, no dia 30 de abril de 1889, carne verde (fresca), carne de porco, linguiça, linguiça de sangue, rins, língua, coração, pulmões, tripas, entre outras carnes”. Esses são ingredientes de uma feijoada. A base da feijoada brasileira é o feijão preto, mas os ingredientes diferem um pouco de região para região. Os dias da semana em que são apreciados pela população também variam de região para região: a feijoada carioca é servida às sextas-feiras, a feijoada paulista é servida às quartas-feiras e sábados etc. Fonte e fotos: professornews.com.br

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


139


Estética

Cirurgia plástica:

Porque você deve fazer.

Se você acha que sabia porque deve fazer implante de seios saiba que há vantagens da cirurgia plástica em termos físicos e emocionais, externos e internos.

O

s benefícios externos e físicos podem ter várias facetas. A primeira coisa que muitas pessoas notam após uma cirurgia plástica é que seus corpos parecem mais proporcionais ou equilibrados. Mesmo que uma pessoa opte por cirurgia no rosto, seios, quadril, ou coxas o objetivo é esculpir o corpo de uma maneira que pareça mais natural. O resultado comumente permite que as pessoas aparentem mais como elas pensam que deveriam ser. Isso pode soar estranho, mas é comum que um nariz seja muito grande para o rosto de uma pessoa específica ou os seios podem ser muito grandes ou muito pequenos e isso pode fazer com que todas as suas outras características pareçam desproporcionais. Os cirurgiões têm o objetivo de corrigir isso ao levar cada característica individual do corpo em consideração antes de decidir quais os resultados desejados.

140

O resultado físico da cirurgia plástica comumente produz um visual mais saudável e comumente, as pessoas que passam por elas, veem esta aparência saudável permear todo o seu estilo de vida. Pessoas que fazem cirurgias como lipoaspiração e redução de seios comumente sentem que seus corpos permitem que elas participem de ativida-

des físicas que elas pensavam que não poderiam antes do procedimento. A cirurgia plástica pode abrir novas portas para pessoas que viviam amedrontadas de fazer algo como natação ou aeróbica por causa da falta de roupas envolvida e a maneira que elas sentiam que seriam olhadas pelos demais. Misturar-se com os demais é, algumas vezes, muito importante para aqueles que decidem fazer cirurgia plástica, especialmente quando eles cresceram e foram importunados por causa das características que querem mudar. A cirurgia comumente permite que estas pessoas finalmente sintam como elas se encaixam com os demais ao seu redor ao invés de se destacar por causa do formato do corpo ou por causa das suas características faciais. Se uma pessoa escolhe por fazer cirurgia plástica para melhorar seu estilo de vida ou para melhorar sua aparência, sempre haverá benefícios emocionais quando ela finalmente consegue sentir-se confortável consigo mesma no seu corpo. Muitas pessoas descobrem que ela estão mais amigáveis e relaxadas, pessoais e confiantes quando se acostumam com suas transformações e este forte senso de autoestima pode provocar um benefício que dura a vida toda. Fonte e fotos: hypescience.com

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


141


Saúde

Dicas para manter a

saúde bucal. A

gente aprende a escovar os dentes na infância e repete essa ação ao longo da vida. Uma, duas, três vezes... No entanto, num gesto automático, nem sempre percebemos que estamos fazendo algo errado. Certifique-se de que está agindo corretamente, com as dicas abaixo. Ou mude o que precisar. A sua boca agradece. - “Escolha com cuidado a sua escova: ela deve ser macia, de cabeça média, para atingir todos os ‘cantinhos’. E troque-a, a cada três meses”, ensinam os especialistas da Associação Brasileira de Odontologia (ABO). Evite escovar os dentes com muita força, para não desgastar a camada translúcida de esmalte. Faça movimento de varredura com a escova, da gengiva até a extremidade de cada um dos dentes, tanto na sua face interna, quanto na externa. - Antes de iniciar a higienização dental, faça um bochecho com água, para diminuir a chance da comida ficar presa na escova. - Se não puder proceder a limpeza logo depois da refeição, consuma alimentos “detergentes”, como cenoura e maçã, que ajudam a remover resíduos. “Chicletes sem açúcar também são uma boa alternativa,” diz a dentista Andrea lancia (SP). - Não se esqueça do fio dental, pois ele limpa onde a escova não alcança. Use-o, pelo menos, antes de ir dormir, pois durante o sono há uma diminuição da saliva, causando um ambiente perfeito para as cáries. - Na bolsa, guarde a escova em embalagem própria. - Escove a língua: o mau hálito pode ser causado por acúmulo de bactérias nessa região. - Os enxaguatórios bucais devem ser usados com cautela. Prefira aqueles sem álcool, limitando seu uso a duas ou três vezes por semana, somente antes de ir dormir.

Fonte e fotos: corpoacorpo.uol.com.br/nadafragil.com.br

142

- O uso de cremes dentais clareadores deve ser feito sob orientação odontológica, pois sua formulação pode conter abrasivos que criam ranhuras nos dentes. esses locais, quando expostos a corantes de bebidas, podem manchar. - Nunca é demais lembrar: mantenha-se longe do cigarro, do excesso de café, de refrigerantes à base de cola, e beba vinho tinto com moderação, para evitar manchas. - Adquira o hábito de ir ao dentista pelo menos uma vez a cada seis meses.

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


143


Música

Rock in Rio 2013

Palco Sunset: Rob Zombie, Bullet For My Valentine, Sebastian Bach e Almah e Hibria. Dia 20 de setembro (sexta-feira): Palco Mundo: Bon Jovi, Nickelback, Mtachbox Twenty e Frejat. Palco Sunset: Ben Harper e Charlie Musselwhite, Grace Potter e The Nocturnals e Donovan Frankenreiter, Mallu Magalhães e Banda Ouro Negro e The Gift e Afroreggae. Dia 21 de setembro (sábado): Palco Mundo: Bruce Springsteen, John Mayer, Phillip Phillips e Skank. Palco Sunset: GoGol Bordelo e Lenine, Ivo Meireles, Fernanda Abreu e Elba Ramalho, Moraes Moreira, Pepeu Gomes e Roberta Sá e Orquestra Imperial e Jovanotti. Dia 22 de setembro (domingo): Palco Mundo: Iron Maiden, Avenged Sevenfold, Slayer e Kiara Rocks. Palco Sunset: Sepultura e Zé Ramalho, Helloween e Kai Hansen, Destruction e Krisiun e André Mattos e Viper.

A

13ª edição do Rock in Rio, um dos maiores festivais de rock do mundo, aconteceu em setembro entre os dias 13 a 22 no Rio de Janeiro com todas as 595 mil entradas esgotadas para as sete noites de música, assim como diferentes atrações para os 85 mil presentes que compareceram todos os dias na Cidade do Rock, um espaço de 150 mil metros quadrados na zona oeste da cidade. Confira os artistas que se apresentaram no Brasil na edição do Rock in Rio 2013: festival, qualificado por seus organizadores como o maior do mundo. Dia 13 de setembro (sexta-feira): Palco Mundo: Beyoncé, David Guetta, Ivete Sangalo e Tributo à Cazuza. Palco Sunset: Living Colour e Angélique Kidjo, Maria Rita e Selah Sue, Vintage e Jesuton, Flávio Renegado e Orelha Negra. Dia 14 de setembro (sábado): Palco Mundo: Muse, Florence and The Machine, 30 Seconds to Mars, Capital Inicial. Palco Sunset: The Offspring, Viva a Raul Seixas com Detonautas, Zeca Baleiro e Zélia Duncan, Marky Ramone e Michael Graves, Autoramas e BNegão.

A Cidade do Rock, construída no Parque dos Atletas que o Rio de Janeiro preparou para os Jogos Olímpicos de 2016, contará com dois palcos principais (Mundo e Sunset) e com três secundários, um dedicado à música eletrônica, outro à música popular e o último aos populares bailes de rua, em onde serão promovidos concursos e “batalhas”. O complexo também contará com atrações como uma montanha-russa, uma tirolesa que atravessará de lado a lado o principal palco, uma enorme roda-gigante e outras atrações mecânicas, assim como restaurantes e lojas temáticas. A anterior edição do festival no Rio de Janeiro, em 2011, atraiu em sete dias cerca de 700 mil pessoas. Os organizadores, no entanto, decidiram reduzir neste ano de 100 mil para 85 mil pessoas a capacidade de cada noite a fim de facilitar o trânsito e aumentar a comodidade. A edição deste ano será a 13ª do festival e a quinta no Rio de Janeiro, onde o evento nasceu em 1985, antes de começar a passar por cidades como Madri e Lisboa. As autoridades do Rio de Janeiro calculam que o festival atraiu cerca de 300 mil turistas e terá um impacto econômico de cerca de US$ 480 milhões, valor 15% superior ao de 2011.

Dia 15 de setembro (domingo): Palco Mundo: Justin Timberlake, Alicia Keys e Jota Quest. Palco Sunset: George Benson e Ivan Lins, Kimbra e Olodum, Nando Reis e Samuel Rosa, Aurea e The Black Mamba. Dia 19 de setembro (quinta): Palco Mundo: Metallica, Alice in Chains, Ghost B.C., Sepultura e Tambour Du Bronx.

144

Fonte e fotos: rockinrio.com / omelete.uol.com.br / musica.terra.com.br/ Agencia EFE S/A.

Iron Maiden: uma das maiores sensações do Rock in Rio 2013! Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


145


Cinema

Primeiro 3D do Brasil

‘não deve nada’ a filmes estrangeiros, diz diretor.

S

e puder... Dirija! é anunciado como primeiro longa-metragem em 3D feito no Brasil – ou ao menos o primeiro com atores de verdade, e não animação. “O que fico feliz é que a gente não fica a dever pra ninguém. Espero que a gente abra portas”, avalia o diretor e roteirista do filme, Paulo Fontenelle. Já o intérprete do protagonista da comédia, Luiz Fernando Guimarães (“Os normais”), prefere apontar outro tipo de “pioneirismo”. “O João me parece um cara bom, e eu nunca tinha feito um cara bom, sempre fazia cara ácidos, sacanas”, observou o ator “Se eu fosse o público, diria: ‘Nossa, o Luiz Fernando está diferente!’.” Guimarães diz isso a despeito do fato de seu personagem ser um manobrista negligente com o filho, Quinho (Gabriel Palhares), e visto como irresponsável pela ex-mulher, Ana (Lavínia Vlasak). O que move a trama é a tentativa de se reaproximar do garoto, passando um dia inteiro com ele – situação excepcional. O nome do filme decorre da profissão de João. Boa parte da ação se passar dentro (ou ao redor) de um veículo.

O diretor Paulo Fontenelle, com o elenco: Luiz Fernando Guimarães, Reynaldo Gianecchini, Bárbara Paz, Lavínia Vlasak, Eri Johnson, Gabriel Palhares e etc. Fonte e fotos: g1.globo.com

146 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


147


Classe A

Automóveis

Hatchback

Faz tempo que seus olhos não brilham assim.

U

m carro como você nunca viu antes, tudo no Classe A é novo: o design, o desempenho, a agilidade, o conforto e a tecnologia. Seu jeito de ver um hatchback não será mais o mesmo. O modelo é espaçoso e eleva a categoria a um novo patamar. Fonte e fotos: mercedes-benz.com.br

O design, por dentro e por fora, também é indiscutível. Vencedor de importantes prêmios ao redor do mundo, o novo Classe A chega ao Brasil nas versões Style e Urban. O carro conta ainda com dois recursos importantes para garantir sua excelente estabilidade. Um deles é o Adaptive Brake, que traz benefícios aos freios, como o controle da força aplicada sobre cada roda, gerando ganho no tempo de frenagem. O outro é o Steer Control, cuja função é distribuir a potência de acordo com a velocidade do veículo, evitando derrapagens em curvas acentuadas. Entre os itens de conforto, pode-se destacar o sistema de som Audio 20 com tela de 5,8”, tecnologia TFT, drive de CD integral que reproduz arquivos MP3, WMA e AAC, além de interface Bluetooth e saídas de Aux-in e USB. Também merecem destaque o ar-condicionado com filtragem de carvão ativado, o Piloto Automático (Tempomat) e o Speedtronic (limitador de velocidade).

A nova Range Rover Vogue

A

presentado ao mundo em 1970, a primeira geração do Range Rover foi a aposta da Land Rover no sentido de unir luxo e performance dentro e fora da estrada. Desembarcado no Brasil em 2013, a quarta geração do modelo chega para a versão topo da gama Vogue. A nova configuração utiliza técnicas aeronáuticas de construção com alumínio, o que reduziu o peso do Range Rover Vogue em 420 kg em relação à terceira geração.

148

Medidas e motorizações São oferecidos ao SUV duas opções de motorização: um 4.4 V8 biturbo a diesel 339 cv e 71,3 kgfm de torque a partir dos 1750 rpm (SDV8) e um 5.0 V8 à gasolina sobrealimentado por compressor de ar e que gera 510 cv e 63,7 kgfm de torque aos 2.500 rpm (Supercharger). O último está disponível para as configurações Vogue SE e Vogue Autobiography, enquanto o primeiro pode ser equipado desde a versão de entrada Vogue.

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23

De série, o Range Rover Vogue entrega direção de assistência elétrica variável, rodas de 19 polegadas, interior em couro, ar-condicionado de três zonas, tela de entretenimento central touchscreen, duas telas para os bancos traseiros com comando individual e três fones de ouvido sem fio, bancos dianteiros elétricos e ventilados, acionamento elétrico do tampão traseiro, bancos traseiros com rebatimento elétrico, sistema de monitoramento de ponto cego e piloto automático. A Vogue SE acrescenta mais uma zona de controle para o ar-condicionado, massageador elétrico nos bancos dianteiros, piloto automático adaptativo e sistema com cinco câmeras para assistência em manobras. A topo da gama, Vogue Autobiography, além de itens exclusivos com a assinatura versão, pode ser equipada com acabamento em couro até o teto. Essas duas versões também são equipadas com o Park Assist, que permite ao carro ler a vaga e estacionar o SUV sozinho.

Fonte e fotos: landrover.com.br/ icarros.com.br

O câmbio é automático de oito marchas para ambos, com a opção de trocas manuais por aletas atrás do volante.


149


Motociclismo

A

A superesportiva da Ducati: 1199 Panigale R

Ducati 1199 Panigale R que é importado da Itália, custa em torno de R$114.900 (a versão mais barata da Ducati chega a custar R$79.900).

Fonte e fotos: fotosecarros.com.br

Com motor de dois cilindros em L com 1.198 cm³ com arrefecimento líquido e oito válvulas, a nova 1199 Panigale R tem 195 cv de potência e 13,5 de torque, o que aliado a seu baixo peso de 165 k a torna a moto mais rápida do mundo. Além disso, a Ducati 1199 Panigale R traz freios ABS, controle de tração, acelerador eletrônico, controle de freio motor, quick-shift (sistema que otimiza as passagens de marchas), controle de tração, DQS (Ducati Quick Shifter), e o EBC (Engine Brake Control). * DQS – auxilia nas trocas de marcha rápidas e sem precisar de acionar a embreagem. * EBC – otimiza a estabilidade da moto na estrada e saída de curvas em competições.

BMW 1000 S RR

C

om ponte de alumínio, freios radiais, um design rebaixado com traseira elevada extremamente esportivo, cores marcantes e a combinação máxima de sistemas de assistência eletrônica ao piloto: o primeiro ABS para corrida (Race ABS), incluindo recursos com quatro modos diferentes, dois para a estrada e dois para outros - Race e Slick - para pilotagem mais esportiva na pista de corrida, na velocidade de rotação de inclinação, com Controle Dinâmico de Tração (Dynamic Traction Control - DTC) referente à marcha que permite deslizamento. Nunca foi tão fácil manter tanta força sob controle. Isso é aplicável tanto em vias públicas como nas pistas de corrida. A marcação RR mostra que esta é uma motocicleta totalmente voltada para corrida, mesmo que também possa ser emplacada para uso urbano. Para completar tudo isso, há um motor que é o motivo absoluto de orgulho e alegria para a marca.

Fonte e fotos: bmw-motorrad.com.br

150 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


151


Turismo

Programe suas viagens.

S

e você está pensando em viajar no final e início de ano, comece já sua pesquisa. Quanto antes, melhor.

Se você não possui ou seu passaporte está vencido, você precisa entrar em contato com a Polícia Federal para solicitar uma nova via.

Prepare-se com antecedência e sem pressa, defina a data da sua viagem, veja quando você e sua família poderão tirar alguns dias de férias e qual lugar gostariam de conhecer, se preferem praia, montanha ou cidade, e pesquise o clima que mais agrada (calor ou frio).

Pacotes turísticos Pacote turístico é um roteiro predeterminado por uma agência de viagem, que envolve desde passagem e hospedagem, até passeios e guias turísticos. Uma ótima opção para quem quer praticidade e comodidade.

Destino nacional ou internacional? Um impasse comum na escolha do destino é: viajar no Brasil ou conhecer outro país. Engana-se quem acha que sair do país sempre vai custar mais caro, pelo contrário, há destinos internacionais que custam o mesmo preço de destinos nacionais e até mais baratos. Por isso, pesquise os preços e locais que gostaria de conhecer. Se você está pensando em conhecer outro país, informe-se sobre a língua falada no local, a moeda, e fique atento se a data para que está programando sua viagem não está dentro da “alta temporada”. A “alta temporada” é quando um grande número de turistas quer viajar para uma determinada cidade na mesma época do ano, devido às atrações que o local oferece. Isso acaba encarecendo a passagem e a hospedagem. Por exemplo, para Bariloche, na Argentina, a alta temporada é durante o inverno, quando cai neve e é possível esquiar e curtir o frio. Nessa época, os preços serão mais salgados, devido à grande procura. Passaporte Diferentemente de destinos nacionais, que para embarcar você precisa apenas do RG, os destinos internacionais exigem do viajante a apresentação do passaporte.

A pesquisa sobre o destino, programas e passeios disponíveis é fundamental. Com estas informações em mãos, você consegue negociar com o agente de viagens sobre os passeios que mais lhe interessam, podendo até baratear o custo do pacote turístico. Bolso em dia Não adianta se preocupar com todos os preparativos da viagem, ficar atento a cada detalhe para que tudo seja perfeito e, no final, não aproveitar o passeio preocupado com o bolso. Para não passar aperto nem vontade durante a viagem, que tal se preparar antes? Mesmo que seu plano seja viajar somente no próximo ano, economize um pouquinho a cada mês até a data da sua viagem. Dessa maneira terá uma boa reserva para utilizar em passeios, restaurantes e lembrancinhas na viagem, sem se preocupar, já que este foi um dinheiro poupado para este objetivo. Não se esqueça: imprevistos acontecem. Por isso, tenha sempre um dinheiro extra guardado para estas situações. Se você se programar direitinho, fizer pesquisas de preço e verificar qual é a opção que cabe melhor em seu orçamento, sem dúvidas você aproveitará ao máximo sua viagem e terá boas lembranças. Fonte e fotos: meubolsoemdia.com.br

152 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


153


Cultura

Cultura nacional, e suas

Riquezas culturais.

O

Brasil fascina por sua miscigenação de raízes indígenas, europeias, asiáticas e africanas, e suas várias facetas refletidas na cultura nacional. Culinária, música, artesanato, arquitetura, produções artísticas e festas populares ultrapassam as fronteiras do território nacional. O País conta com 17 bens culturais e naturais tombados pelo Patrimônio Mundial da Unesco e uma das maravilhas do mundo contemporâneo, o Cristo Redentor.

foram incorporadas ao longo dos cinco séculos desde a chegada dos portugueses, em 1500. Além das contribuições de índios, negros e portugueses, a expressiva vinda de imigrantes de todas as partes da Europa, do Oriente Médio e da Ásia influenciou a formação do povo brasileiro. A imigração de países vizinhos, como Argentina, Uruguai, Chile e Bolívia, também contribuiu para a diversificação de costumes, hábitos e crenças, mas com um idioma comum.

O grande número de etnias gera um ambiente social no qual o povo absorve o pluralismo, o respeito às diferenças e a troca de experiências. Tal convivência pacífica resulta em manifestações culturais versáteis e cheias de originalidade. A diversidade também dá o tom no rico acervo arquitetônico, desde o colonial barroco até o modernismo da capital federal, Brasília.

Apesar de sua extensão territorial, fala-se o mesmo idioma em todas as regiões brasileiras. O português é a quinta língua mais falada, e a terceira entre as ocidentais, após o inglês e o espanhol.

A imigração no Brasil foi de extrema importância para a formação da cultura nacional. Características dos quatro cantos do mundo

A Constituição Brasileira assegura o pleno exercício dos direitos culturais e define que o estado deve apoiar, incentivar e valorizar suas manifestações, além de proteger as culturas indígenas, afro-brasileiras e de outros grupos participantes do processo civilizatório nacional. Fonte e fotos: brasil.gov.br

154 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


155


Educação e Pedagogia

Sistema educacional:

Educação básica.

Cada uma das etapas da educação básica possui objetivos próprios e formas de organização diversas. A educação infantil tem como foco o desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social da criança. As atividades realizadas são um complemento à ação das famílias e das comunidades. Crianças de zero a três anos podem frequentar as creches ou instituições equivalentes. No caso de crianças entre quatro e cinco anos, o ensino é realizado em pré-escolas. Os pais não são obrigados a matricular as crianças de zero a cinco anos, mas o Estado deve garantir a possibilidade de que frequentem uma instituição educacional. Pela legislação brasileira, os municípios são os responsáveis pela oferta da educação infantil pública e gratuita e pela gestão das instituições privadas.

A

educação básica é o primeiro nível do ensino escolar no país e compreende três etapas: a educação infantil (para crianças de zero a cinco anos), o ensino fundamental (para alunos de seis a 14 anos) e o ensino médio (para alunos de 15 a 17 anos). Ao longo desse percurso, crianças e adolescentes devem receber a formação comum indispensável para o exercício da cidadania, como aponta a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Também é um objetivo da educação básica fornecer os meios para que os estudantes progridam no trabalho e em estudos posteriores, sejam eles no ensino superior ou em outras modalidades educativas. Apesar da correlação existente entre a idade dos alunos e o nível e as modalidades de ensino, as leis e regulamentos educacionais garantem o direito de todo cidadão frequentar a escola regular em qualquer idade. No entanto, também é uma obrigação do Estado garantir os meios para que os jovens e adultos que não tenham frequentado a escola na idade adequada possam acelerar seus estudos e alcançar formação equivalente à educação básica. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas em Educação Anísio Teixeira (Inep), cerca de 51,5 milhões de estudantes frequentam a educação básica. Nesse montante, estão incluídos também os alunos das modalidades de ensino técnico, educação especial (para pessoas com deficiência) e educação de jovens e adultos.

Já o ensino fundamental é obrigatório. Isso significa que toda criança e adolescente entre seis e 14 anos deve estar na escola, sendo obrigação do Estado oferecer o ensino fundamental de forma gratuita e universal. A obrigatoriedade do ensino fundamental também implica reconhecê-lo como a formação mínima que deve ser garantida a todos os brasileiros, de qualquer idade. Em sua conclusão, o estudante deve dominar a leitura, a escrita e o cálculo. Outro objetivo desta etapa é desenvolver a capacidade de compreender o ambiente natural e social, o sistema político, a tecnologia, as artes e os valores básicos da sociedade e da família. A partir de 2006, a duração do ensino fundamental passou de oito para nove anos. Esta medida busca aumentar o tempo de permanência das crianças na escola, mas principalmente melhorar a qualidade da formação inicial, especialmente no que diz respeito à alfabetização. Municípios e estados devem trabalhar de forma articulada para oferecer o ensino fundamental. Já o ensino médio, com duração de três anos, é de responsabilidade dos estados. Nesse período, são aprofundados os conhecimentos adquiridos no ensino fundamental, buscando articular o conteúdo com a preparação básica para o trabalho e a cidadania. Outra função do ensino médio é propiciar a formação ética, o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico e a compreensão dos fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos. Tudo isso permite ao estudante concluir a educação básica dominando conhecimentos e habilidades que possibilitem escolher rumos na vida adulta. Ele deve estar preparado para a inserção no mercado de trabalho e também para poder seguir o caminho do ensino superior. Fonte e fotos: Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação/brasil.gov.br r1.ufrrj.br/wp/ie/

156 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


157


Economia

Como levar dinheiro para o exterior?

E

ste é um tipo de dúvida que abrange a grande maioria dos viajantes que vão para o exterior. As opções são diversas, dinheiro em moeda local, dólares, traveller cheques, cartões de crédito/débito. Cada país tem suas particularidades no trato com o turista e com o imigrante, peculiares nos ATMs, casas de câmbio e etc. Todas as formas têm seus prós e seus contras. O correto é estudar detidamente o país para o qual se vá viajar, países menos desenvolvidos podem ter problemas com câmbio ou uso de cartões, por exemplo. Tente uma casa de câmbio, por exemplo, no Congo, ou cartão de débito internacional no Haiti, difícil precisar a eficiência.

Fonte e fotos: aeroportoguarulhos.net

Segundo especialista:

É mais barato trocar moeda em casa de câmbio. De acordo com a Pro Teste, as casas de câmbio são mais vantajosas que os bancos na hora de trocar moeda estrangeira, porque oferecem vantagem na cotação e não cobram taxas adicionais. A opinião é compartilhada pela autora do livro Câmbio & Negócios Internacionais: procedimentos, regulamentação e jurisprudência, Andrea Mendonça. “As casas de câmbio são ótimos lugares para fazer a troca. Porém, é importante ligar antes para algumas, fazer uma pesquisa da cotação e, se for comprar uma quantia grande, dá para pedir desconto tranquilamente. A autora diz ainda que prefere as casas de câmbio, pois muitas oferecem a possibilidade de levar a moeda até a casa do cliente. A compra de moeda é como a compra de qualquer outro produto. Portanto, é importante que o consumidor exija um recibo da operação.

158 Revista Gold

E

visitado?

m qualquer época, quando se planeja uma viagem internacional, é comum surgir a dúvida: qual o melhor lugar para trocar o real pela moeda do país que será

A autora ainda aconselha que, ele leve esse recibo na viagem. Caso alguém queira checar a procedência das moedas que ele carrega, ele tem como provar e evitar dores de cabeça”, finaliza. Fonte e fotos: quatroestacoes.tur.br

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


159


Esporte

Uma noite para guardar:

Luverdense surpreende e supera o Corinthians. De um lado o Corinthians, campeão Mundial, com 103 anos de história; do outro, o mandante Luverdense, com apenas nove anos de vida.

A

história do Luverdense, apesar da pouca idade, mostra que organização pode render frutos. É hoje o time mato-grossense melhor posicionado nos Campeonatos Brasileiros, estando atualmente na Série C. Foi o primeiro campeão da Copa Governador de Mato Grosso, levando o título em 2004, feito que se repetiu em 2007 e 2011. É bicampeão matogrossense com os títulos conquistados em 2009 e 2012.

A cidade de Lucas do Rio Verde dificilmente esquecerá o dia 21 de agosto de 2013. Time mato-grossense a chegar mais longe na história da Copa do Brasil, o Luverdense venceu o campeão mundial Corinthians por 1 a 0 no estádio Passo das Emas, no jogo de ida pelas oitavas de final. Em sua pior atuação no ano, o Timão mal levou perigo aos donos da casa, que marcaram um gol aos 45 minutos do segundo tempo pelo atacante Misael. Misael fez o gol da vitória do Luverdense no final do segundo tempo. Fonte: globoesporte.globo.com/ Chico Ferreira/Futura Press/goal.com/Heroa

160 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


161


Agricultura

Mato Grosso seguirá

líder nacional na oferta de grãos.

M

ato Grosso continuará no topo da produção nacional de soja e milho ao somar 51,68 milhões de toneladas na safra 2022/23. Com esse volume, o Estado se manterá líder na oferta das commodities e com um incremento de 26,29% na comparação com as 40,92 milhões de toneladas da safra 2012/13. A projeção foi divulgada no início deste mês por meio de estudos feitos pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (AGE/Mapa) que apontam o desempenho de culturas como soja, cana-de-açúcar, milho, arroz, trigo e uva nos próximos dez anos. O Paraná vai a 42,81 milhões t e o Rio Grande do Sul a 25,82 milhões t. Das culturas analisadas na projeção, três delas são cultivadas em grande escala no Estado. Além da soja e do milho, o estudo considerou a cana-de-açúcar, cultura que terá a maior expansão em produção nos próximos dez anos em Mato Grosso. Com expansão de 27,2%, ou de até 49,5% no limite superior, o milho mato-grossense terá o maior avanço do país, superando o Paraná, até então maior produtor do cereal. Mesmo com variação pouco menor que a cana e pelo peso atual que confere à renda agrícola estadual e à balança comercial, o cereal segue como a vedete do agronegócio estadual por mais dez anos.

SUPERFÍCIE – Em relação à área plantada com soja e milho, Mato Grosso deve cultivar em um mesmo ciclo 14 milhões de hectares (ha), ante atuais 11,19 milhões, extensão ocupada na primeira e na segunda safra. A projeção no cenário mais otimista eleva a área plantada para mais de 17,7 milhões ha. No milho, Mato Grosso prospecta o maior aumento de área entre os três estados analisados (MT, PR e MG), 25,7% ao passar de 3,38 milhões ha para 4,25 milhões e até 5,54 milhões, o que daria, mais 42,9% na década. Minas Gerais retrai em 11,7%, e o Paraná cresce 7%.

Depois de duas supersafras, o milho pode soNa soja, a área mato-grossense vai de 7,81 milhões para 9,79 milhões ha, crescimenmar 22,12 milhões t, ou, 30,81 milhões no cenário mais otimista. Conforme números da Companhia to de 25,3%. Mesmo com cultivo consolidado, será a segunda maior evolução da safra Nacional de Abastecimento (Conab), que serviram 2022/23 do país, atrás da Bahia, cuja área vai de 1,28 milhão para 1,74 milhão, ou, 36%. de base para as projeções, na safra 2012/13 o EsSe a área destinada à oleaginosa no Estado avançar a 12,16 milhões, a superfície tado deve produzir 17,39 milhões t, uma vez que a aumenta em 41,1% na comparação entre as safras 2012/13 e 2022/23. colheita está em cerca de 95% da área plantada. Analistas frisam que até a safra 2022/23 há um longo caminho e a confirmação, A soja mato-grossense passa de 23,53 milhões t para 29,56 milhões, alta de 25,6%. No cenário oti- frustração e ou superação das perspectivas serão fruto da relação oferta e demanda for mista, vai a 35,43 milhões t, crescimento de 38% no sendo estabelecida daqui para frente. “O mercado dita os rumos. O mercado diz se desta vez se planta mais soja ou milho. O estudo é uma perspectiva interessante, não necessaintervalo de dez safras. riamente algo que venha a se concretizar”.

162 Revista Gold

Fonte e fotos: agrolink.com.br/Diário de Cuiabá/Marianna Peres http://www.sba1.com/noticias/agricultura

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


163


Pecuária

Mato Grosso registra

recorde

mensal de abate de bovinos.

O

Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) informou em seu boletim semanal sobre a bovinocultura que o Estado bateu dois recordes de abate em julho. O primeiro recorde vem do acumulado de janeiro a julho de 2013, com o abate de 3,48 milhões de cabeças, o maior volume para um período de sete meses de um ano. O segundo refere-se ao mês de julho, com registro do maior abate da história em um mês, totalizando o envio de 563 mil cabeças de bovinos ao gancho, acima, inclusive, do recorde anterior de janeiro de 2007. O ano de 2013 caminha para o segundo re-

corde consecutivo no abate de bovinos. No ano de 2007, por exemplo, foram abatidas, de janeiro a julho, 3,21 milhões de cabeças, já em 2013, o acumulado dos abates de bovinos é de 3,47 milhões de cabeças, 8,48% a mais.

Os dados esmiuçados ainda mostram que a maior parte dos abates foi de machos com idade de 24 a 36 meses, correspondendo a 38,93% do total abatido em julho. Começam a surgir os primeiros indícios da entrada de bois confinados.

Outro ponto de destaque é o fato de pela primeira vez no ano o abate de machos ser superior ao de fêmeas, indicando que uma parte dos bois confinados já foi entregue à indústria. Segundo o boletim, o interessante dos dados de abate de julho é que pela primeira vez no ano de 2013 mais machos foram abatidos, correspondendo a 55,58% do abate.

No cenário projetado para o confinamento em 2013, as entregas realizadas em julho só foram possíveis para aqueles que possuíam uma estratégia com relação à compra de animais e insumos alimentares, principalmente bem definida em abril, não sendo a realidade da maioria. Fonte e fotos: pecuaria.ruralbr.com.br

PAP 2013/2014 trará benefícios para a pecuária de leite no país.

O

164

Plano Agrícola e Pecuário (PAP), para o biênio 2013/2014, um dos mais bem elaborados dos últimos cinco anos, segundo o presidente da Comissão Nacional da Pecuária de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo Alvim, trará efeitos positivos para a atividade leiteira e vai ajudar no aumento da produtividade do segmento.

Uma das medidas que vai beneficiar o setor está no Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (INOVAGRO). Este programa criou uma linha especial de crédito, com juros de 3,5% ao ano e prazo de dez anos para pagamento, com três anos de carência, que ajudará na modernização da atividade leiteira no país. Estas questões foram tratadas na última reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), no mê de agosto), em Brasília. Rodrigo Alvim disse que o encontro serviu também para “um amplo debate sobre as

medidas a serem adotadas pelo governo no combate à fraude no leite”. Ele informou que foi criado um Grupo de Trabalho, com a participação de representantes da indústria do leite, da CNA e do Governo, com o objetivo de definir medidas eficazes no combate a eventuais fraudes que possam comprometer a qualidade do leite. O grupo vai analisar questões relacionadas ao transporte do produto, além de buscar a harmonização da legislação específica e avaliar métodos de análises feitas em laboratórios. Fonte e fotos: canaldoprodutor.com.br

Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


165


Náutica

Iate de seis andares com cinema 3D e heliporto vai a leilão por R$ 694 milhões. A embarcação de luxo de seis andares provocou uma verdadeira “guerra” entre os marinheiros bilionários.

M

ais conhecido como a mais luxuosa mansão flutuante do planeta, o mega Iate Nirvana foi leiloado em Mônaco por nada menos que 200 milhões de euros (ou cerca de R$ 694,00 milhões). A embarcação de luxo de seis andares provocou uma verdaderira “guerra” entre os marinheiros bilionários. Em seu interior, os seis conveses possuem decorações inspiradas em florestas tropicais, onde 12 hóspedes se acomodam em seis elegantes suítes. A suíte máster possui escritório e um deque exterior privativo com direito à hidromassagem. A suíte

VIP dispõe de lounge e banheiros para ele e ela. Os demais também possuem acomodação plena em quatro suítes para casais. O impressionante iate ainda oferece todas as comodidades de luxo de um super iate, como heliponto do tipo touch-and-go, uma piscina em formato oval de água salgada com 7,6 metros de comprimento e profundidade ajustável, academia de 92,9 metros quadrados, cinema com capacidade para dez pessoas que podem desfrutar de um bar, máquina de pipoca, projetor 3D e uma biblioteca digital contendo 3600 filmes. Fonte e fotos:: infomoney.com.br-poLuizaBelloniVerones -estrelanautica.com.br

166 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


167


Aviação

Labace.

A 2ª Maior Feira de Aviação Executiva Mundial.

A

10ª Edição da Labace – Latin American Business Aviation ocorreu nos dias 14, 15 e 16 de agosto, no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. De olho em um mercado em franco crescimento, detentor de 11% da frota de jatos executivos mundiais, grandes fabricantes exportam seus principais produtos em busca de uma fatia ainda maior na projeção dos US$ 15 bilhões de Dólares em encomendas até 2023. Estima-se que só no Brasil esse número seja de US$ 8,4 bilhões de Dólares para até 530 novas aeronaves executivas. Ao longo de três dias, cerca de 14 mil pessoas passaram pelo evento, considerado o segunda maior do mundo, perdendo apenas para a americana, organizada pela NBAA. Este ano a Labace reuniu 180 expositores e apresentou uma área externa com 68 aeronaves, com modelos de até 65 milhões de dólares foram apresentados ao mercado nacional.

Os expositores, entre eles os principais fabricantes do mundo todo, comemoravam os resultados obtidos durante o evento. Para muitos, o mercado brasileiro já representa uma boa fatia das vendas anuais e a Labace é um importante momento para concretizar negócios ou dar início a novas negociações. Vários compradores fecharam a compra de helicópteros e aviões durante a feira, mas não é simples calcular o volume negociado nos três dias. Em 2014, o evento acontecerá entre os dias 12 e 14 de agosto, com uma mudança: a Labace será de terça a quinta e não mais de quarta a sexta-feira, seguindo cada vez mais a tendência de feira do segmento, com alta qualidade de visitantes e grande volume de negócios. Fonte e fotos: aviacaobrasil.com.br/ainonline.com/Kirby J. Harrison

168 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


169


170 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23


Feijoada GOLD Apresentou

A

Sorriso

revista Gold realizou no dia 22 de junho no Restaurante Camellus em Sorriso a segunda edição do evento na cidade.

Com uma nova proposta, partiu para “Feijoada Conceito” o evento contou com a presença de exclusivos 250 convidados. Tudo combinando com o tipo de evento: Buffet maravilhoso, futebol, samba, pagode e sertanejo.

Fotos: Foto Revelaçao

Clei Santiel e o X da Questão no samba e pagode.

171 Diretor da revista Gold Golther Carlos dá as boas vindas ao público presente.

Marrone e banda no sertanejo, pop e axé.


Os irmãos e sócios da Todeschini de Sinop; Cido e Tião com as arquitetas Caroline Pértile e Carine Secconi.

O casal Nati e Babinton proprietários da Todeschini Sorriso.

Segundo da esq. p/ a dir. O Diretor proprietário Alisson Rodrigues e sua equipe de profissionais altamente capacitados.. A solução montou seu showroom no espaço VIP apresentando alguns dos melhores equipamentos do mundo.

172 Revista Gold

Som/Audio/Video: Solução Técnica (Cuiabá-MT) Sofás e poltronas: ObraDelle (Sinop-MT) Moveis planejados: Todeschini (Sorriso-MT) Tapetes: DE Decorações (Sinop-MT) Objetos Decorativos: Vera Móveis (Sorriso-MT) | Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Fotos: Foto Revelaçao

Os diretores clínicos; Fábio F. Fabrini e a esposa Tânia (a esq.) e Renato I. Ogata com a esposa Franciele (a dir.).

As sócias proprietárias Debora Carvalho e Natali Ambrizi com Danielly Fernandes.

O proprietário Wlisses com a esposa e as filhas.

O Casal proprietário Juliano e Kelly com a filha Manoela..

173 Nelson e o Diretor da ObraDelle Rafael Schneider que expôs no home da Solução Técnica o sofá com sensores de movimento da ObraDelle, um dos produtos da empresa.


Sônia e Edson Dalmolin..

Golther Carlos com a filha Larah e a esposa Débora Fogliatto.

Thauane Raiter e Alisson Lassari.

Kely Velho e Eduardo Sperotto.

Wagner Parrera e Maxilene Manduca

174 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


Fotos: Foto Revelaçao

Os empresários Nadir Sucolloti e Admir Calminatti com amigos

Valquiria Raiter, Katia Pigatto e Bruna Eigon.

Mauricio Vitorino (MB Produções e Filmagens) e Cibele Estrela (apresentadora e colunista).

A dupla Marcos e Belluti prestigiando o evento onde torceram pelo Brasil no jogo contra a Itália pela Copa das Confedereções e não deixaram de ser atenciosos com o público presente.

175


Ao fundo e a direita os proprietários do Restaurante Camellus Pedro e Gerson com sua esposa. A frente o decorador Avila com o sócio

Valter Ambiel e Nikole Fernandes.

A empresária Karina Guimarâes conferindo o showroom da Solução Técnica.

Divane Bello.

176 Equipe da loja Duo Store. Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nº 23


João e Maristela.

Fotos: Foto Revelaçao

Mariza Peloso e Cristiano Raiter.

Decoração temática do decorador Avila (Sinop-MT).

Veja mais fotos em:

www.revistagold.com.br

Lucivane e Rodrigo Turra.

177


178 Revista Gold

| Setembro, Outubro e Novembro | 2013 | Ano VII | nยบ 23



Revista Gold 23ª Edição