Page 1

PORTFĂ“LIO

Design de Interiores


Cristina Catum Telem贸vel: 919793766 E-Mail: ccatum@hotmail.com

LSD - Lisbon School of Design Ano 2011/2012 Softwares Utilizados: - Google Sketchup - Vray for Sketchup - Autocad - Illustrator - Photoshop

1


Espaço de Estar/Jantar - O Natal

3 10

Habitação, Comércio e Lazer - Tea4Us

16

Comércio - Eroteca

30

Espaços Efémeros e Exposições - Portugal(idade)

44

Serviços e Lazer - Azorean Day SPA

52

Exercício Relâmpago I - Organização e Espaço Funcional

73

Exercício Relâmpago II - Cheers Bar

76

Indice

Habitação - Uma Casa Portuguesa

2


O NATAL - CEIA DE NATAL 2011 Tema Natal 2011 Objectivo Projecto de Espaço de Estar/Jantar para a Ceia de Natal Pré-Existência Compartimento da casa do aluno Cliente Colega (Inês Seabra) Condicionantes Obrigatoriedade de incluir os seguintes elementos: - Objecto Simbolo: Árvore de Natal à escolha; - Objecto de Estilo: Poltrona Peacock, 2009, Dror Benshetrit da Cappellini; - Objecto Insólito: “O Principe”, 2005, Joana Vasconcelos; - Objecto Óptico: Papel de Parede Listrado, 3 a 12m2.

O Natal

Orçamento Disponível € 6.000,00

3


As 10 exigências da Cliente: 1 - Uma Árvore de Natal diferente; 2 - Não quer a côr vermelha; 3 - Nâo quer televisão; 4 - Gosta de objectos retro; 5 - Quer as cores branco, amarelo e verde; 6 - Quer madeiras claras; 7 - Espaço com luz; 8 - Não quer bonecos natalícios; 9 - Gosta de linhas rectas; 10 - Quer um espaço hibrido.

Inspiração para o projecto: - Tela de Piet Mondrian

4


Compartimento Existente (sala de estar)

5


Pré-Existência

Proposta de Decoração

Alteração 6


Painéis divisória móveis podem conferir uma disposição diferente ao espaço

7


Objecto Óptico

Objecto Estilo

Objecto Insólito

Objecto Símbolo 8


Maquete do espaço alterado. Foi feita a alteração da lareira, e aplicado soalho flutuante no pavimento. As divisórias separam as várias áreas, de estar, jantar e lareira, e são deslizantes, permitindo várias configurações ao espaço.

9


UMA CASA PORTUGUESA Tema Habitação

Cliente Cineasta Manoel de Oliveira Pré-Existência - Edificio do Séc.XVIII com trabalhos recentes de construção civil para conservação e consolidação da estrutura. - Pavimento e rodapé em tábuas de pinho. - Paredes em alvenaria de pedra, rebocadas e pintadas na côr branco RAL 9010 - Parede poente forrada a lambril em azulejo do Séc.XVIII, com 90cm de altura. - Pilar forrado com blocos de pedra natural. - Tectos em estuque projectado e pintado a côr rosa RAL 3015. - Porta de 3 almofadas com caixilharia e folha de madeira. - Janelas com caixilharia e folhas em madeira com vidro duplo transparente. Obrigatoriedade A Habitação tem que incluir as seguintes áreas: - Quarto de Casal com Instalação Sanitária; - Quarto de Empregada; - Quarto da Bisneta (9 anos). Orçamento Disponível Estrutura, Divisórias e Acabamentos - € 30.000,00 Equipamento, Mobiliário e Decoração - € 20.000,00

10

Uma Casa Portuguesa

Objectivo Projecto de Espaços Interiores da casa do cineasta Manoel de Oliveira


Corte AB Pré-Existência

Corte AB Alteração

Corte CD Pré-Existência

Corte CD Alteração

11


Piso 0 Pré-Existência

Piso 0 Alteração

I.S.Empregada Cozinha

Quarto Empregada

Sala Jantar

Hall

I.S. Sala Estar

Escritório

Piso 1 Pré-Existência

Piso 1 Alteração

Quarto Bisneta

Closet

I.S.

I.S. Suite Casal

12


Planta Piso 0

Planta Piso 1

Sala de Jantar

13


Sala de Estar

14

Carmo Anders Norgaard

Cozinha

NewCast Roca

Khroma Roca

I.S. Suite Principal


Esquiรงo da Cozinha

Maquete do Piso 1 Maquete do Piso 0 Exemplo de Mapa de Projecto

15


TEA4US Tema Habitação, Comércio e Lazer Objectivo - Ocupação de dois pisos para construção de uma Casa de Chá e Habitação para os seus dois proprietários. - Gerir e distribuir o espaço de acodo com as áreas funcionais. - Resolver as condicionantes e garantir a viabilidade financeira do projecto. Cliente 2 Colegas - Sócios (Inês Seabra e Joana Costa) Pré-Existência - Edificio com dois pisos onde está instalada a Loja de calçado BATA, sito na Rua Augusta nº125/129 em Lisboa.

Orçamento Disponível Casa de Chá - € 20.000,00 Habitação - € 200.000,00

16

Tea4Us

Obrigatoriedade Casa de Chá: - Venda de chá quente e chá gelado assim como de confeitaria; - Funcionará, também, como espaço de divulgação da cultura do chá com exposição e venda; - Abertura ao público das 9h00m até às 2h00m. Habitação: - Tipologia mínima T2 (um quarto para cada proprietário); - Criação de ambiente com base na côr Tangerina Tango, Pantone 17-1463.


Alçados Frente e Tardoz Um filtro de chá serviu como inspiração para as separações entre sofás, que são feitas em rede de arame e que conferem alguma privacidade entre os mesmos.

Plantas da Pré-Existência - Piso 0 e Piso 1

17


Piso 0 - Casa de Chรก

18


19


20


21


22


23


Piso 0 - Casa de Chá

I.S. Mob. Condicionada e Senhoras

I.S. Homens Copa e Atendimento Exposição e Venda de Chá

Acesso Habitação

Entrada Comum

24


25


26 Big Bang Enrico Franzolini e Vicente G. Jimenez

Tulip Eero Saarinen


27 Togo Michel Ducaroy’s

Bourgie Ferruccio Laviani

Scatola Armonica Miguel Vieira Baptista


28 Caboche Patricia Urquiola e Eliana Gerotto

Satrlight Rainbow Kare Design

Ibiza Kare Design


Sala Jantar

Quarto Joana

Lavandaria

Cozinha I.S.

I.S. Joana I.S. Inês

Sala Estar

Hall Entrada

Quarto Inês

29


EROTECA Tema Comércio Objectivo - Pensar o espaço comercial em termos de comunicação e marketing; - Conceber merchandising visual no espaço público interior; - Controlar variáveis na organização de espaço multi-funções. Cliente Indeterminado Pré-Existência Livraria Rodrigues sita na Rua Áurea 186, 188 e Rua dos Sapateiros 125 e 127 em Lisboa Obrigatoriedade Ocupação do espaço com três áreas distintas 1 - Espaço de Underwear com zona de venda de roupa interior feminina e masculina. Aberto das 9h30m às 19h00m; 2 - Sex-Shop com venda de diversos artigos destinados a estimular a actividade e prazer sexual. Aberta das 12h00m às 24h00m; 3 - Bar com venda de diferentes tipos de bebidas alcoólicas e não alcoólicas. Aberto das 11h00m às 2h00m.

Eroteca

As vitrines devem ser ocupadas de acordo com as áreas funcionais Orçamento Disponível € 500,000.00

30


Planta Vermelhos e Amarelos

Bar

I.S.

I.S.

Loja UnderWear

Sex Shop

31


Cortes

32


Esquiรงos do Bar

33


Esquiรงos da Sex Shop

34


Esquiรงos da Loja de UnderWear

35


Esquiço do Projecto

Corredor acesso às I.S. 36


37


38


39


40


41


42


Fotografia do Tecto da Sex Shop - “Silver Eye” de Guido Argentini

Fotografia do corredor - “Masha and the Red Doors” de Guido Argentini

43


PORTUGAL(IDADE) - 6 SÉCULOS / 6 ARTISTAS / 6 OBRAS Tema Espaços Efémeros e Exposições Objectivo - Criar espaço interior expositivo adequado ao tema; - Relacionar a ordem formal com a distribuição espacial e temporal; - Co-relacionar a triologia Exposição - Expositor - Exposto; - Perceber as potencialidades técnicas dos materiais utilizados; - Distinguir os espaços padrão e modular como meio de ocupação efémera e standartizada. Cliente Secretaria de Estado da Cultura.

Obrigatoriedade Utilização de chapas de Policarbonato Alveolar e Madeira OSB. Obras da Exposição Séc.XVI - Literatura: “Os Lusíadas”, Luiz Vaz de Camões, 1572; Séc.XVII - Pintura: “Adoração dos Pastores”, Josefa de Óbidos, 1669; Séc.XVIII - Azulejo: “Martírio de S.Lourenço” - Policarpo de Oliveira Bernardes, 1730; Séc.XIX - Música: “3º Andamento (Minueto - Allegro) da Sinfonia nº.2, em Ré Maior, João Domingos Bontempo, 1822 Séc.XX - Cinema: ”A branca de Neve”, João César Monteiro, 2000; Séc.XXI - Escultura: “Petit Gâteau”, Joana Vasconcelos, 2011. Orçamento Gestão Racional do dinheiro do contribuinte.

44

Portugal(idade)

Localização Corpo central do Panteão Nacional - Igreja de Santa Engrácia - Lisboa.


Implantação da Estrutura de Exposição

45


Corte DC

A Implantação da Estrutura de Exposição foi concebida a partir do padrão existente no pavimento do Panteão Nacional 46


Corte AB

1

3

Sala “Os Lusíadas”

Sala “Martirio de São Lourenço”

4

5

2

Sala”Adoração dos Pastores”

Sala “3º Andamento, Sinfonia nº2”

Sala “A Branca de Neve”

2

1 6

7 5

3 4

6

7

Materiais

Sala “Petit Gateau”

Entrada

ConceptBoard 47


Entrada da Exposição

Exposição “Petit Gateau”

48


Exposição “Os Lusíadas”

Exposição “Adoração dos Pastores”

49


Exposição “Martírio de S.Lourenço”

Auditório de Música - “3º Andamento”

50


Sala de Cinema “A Branca de Neve”

Vista de cima da Estrutura da Exposição

51


AZOREAN DAY SPA - CONCURSO DE IDÉIAS Tema Serviços e Lazer

Cliente Andreia Menezes Localização Praia da Vitória - Açores - Portugal. Programa Criar projecto de espaços interiores de acordo com o projecto de arquitectura existente. Intervenção na recepção do Piso 0, Piso -1 (Azorean Gym) e no Piso 1 (Azorean Day SPA)

Azorean Day SPA

Objectivo - Produzir espaços apropriados a funções especializadas; - Estudar os suportes espaciais e formais para o lazer e o ócio como hábitos das sociedades contemporâneas para a promoção da saude e do bem estar; - Avaliar o impacto do projecto de design de interiores no quadro do projecto base de arquitectura.

Trabalho de grupo - Ana Cristina Catum, Andréia Calhegas, Joana Matos Orçamento Sem limite.

52


A inspiração para este projecto nasce nesta imagem tirada no miradouro da Serra do Cume, no concelho da Praia da Vitória. A manta de retalhos formada pelos cerrados, em basalto, e os castanhos e verdes da planície, deu origem às geometrias dos balcões, dos móveis, dos painéis nos filtros dos gabinetes bem como ao tecto falso do corredor. Principais Materiais Utilizados no Projecto

53


Pormenor do Balcão da Recepção do Piso 0

Zona de Estar da Recepção do Piso 0

54


Sala de Cardio-Fitness do Azorean Gym Piso -1

55


Piscina do Azorean Gym Piso -1

Balneรกrios do Azorean Gym Piso -1

56


Recepção do Azorean Day SPA - Piso 1

Sala de Espera do Azorean Day SPA - Piso 1

57


Ponto de Vendas do Azorean Day SPA - Piso 1

58


Pormenor do Tecto Rendilhado do corredor dos Gabinetes do Spa

Corredor de acesso aos Gabinetes do Azorean Day Spa - Piso 1

59


Gabinete de Massagem / Tratamento do Azorean Day Spa - Piso 1

60


Sala de Duche Vichy do Azorean Day Spa - Piso 1

61


Gabinete Bals창mico do Azorean Day Spa - Piso 1

62


Lavatรณrios dos Vestiรกrios Femininos do Azorean Day Spa - Piso 1

Toucador dos Vestiรกrios Femininos do Azorean Day Spa - Piso 1

63


Cacifos e lavat贸rios dos Vesti谩rios Masculinos do Day Spa

64


Pormenor da Cabine de Duche dos Vestiários do Azorean Day Spa - Piso 1

Principais Peças de Decoração do Azorean Day SPA

65


Piscina do Day SPA - Cascatas Harmonic d達o privacidade aos clientes

66


Sala de Relaxamento do Azorean Day SPA com divis贸rias de Bamboo

67


A lareira na Sala de Relaxamento torna o espaรงo mais acolhedor no Inverno

ALร‡ADOS

CORTES

68


PISO 0 Pré-Existência

PISO 0 Alteração Recepção PISO 0 Pré-Existência

69


PISO -1 Pré-Existência

PISO -1 Alteração

70


PISO 1 Pré-Existência

PISO 1 Alteração

71


PRINCIPAIS ALTERAÇÕES DO PROJECTO PISO -1 Os balneários foram todos alterados de forma a ficar só um corredor central e ganharem mais área. As saunas e banhos turcos passaram a ter acesso por dentro dos mesmos. Foi também criado um balneário para clientes com mobilidade condicionada.

PISO 1 Os vestiários foram alterados. Foi criada uma parede entre a recepção e os vestiários de forma a dar privacidade. O Ponto de vendas foi deslocado de modo a a que quem o utilize ou esteja na recepção não veja os clientes que circulam pelos corredores do SPA.

PISO 1 Foram alterados os filtros de entrada dos gabinetes de modo a dar mais privacidade aos clientes. Allerou-se também a disposiçao do mobiliário.

72


ORGANIZAÇÃO ESPACIO-FUNCIONAL A Sra. Manuela mora há 25 anos num apartamento em Setúbal. Partilha a casa com a filha Joana (19 anos) e com o seu marido António. Também mora nesta casa o seu enteado Pedro (15 anos).

A Sra. Manuela fez uma lista com 10 problemas na sua casa: 1 - Corredor em túnel; 2 - Cozinha pequena e com ligação à Sala; 3 - Acesso ao Quarto 1 comunica com a área social; 4 - Corredor das Instalações Sanitárias com demasiados acessos; 5 - Distância dos Quartos 2 e 3 às Instalações Sanitárias é grande; 6 - Quarto 2 é demasiado pequeno; 7 - Falta divisão entre a Zona de Estar e a Zona de Jantar; 8 - Quarto 1 com a porta de Instalação Sanitária directamente para a zona de dormir; 9 - As formas das Instalações Sanitárias são muito irregulares; 10 - Zona de átrios demasiado grande para ser única, mas o átrio 1 é demasiado pequeno. O fogo tem um pé direito de 2,80m.

Exercício Relâmpago I

À medida que os filhos foram crecendo, o espaço tornou-se cada vez mais pequeno. O Pedro (Quarto 2) leva os amigos lá a casa, mas como o quarto é pequeno vão para a Sala e átrios. Os jantares com os amigos do António enchem a casa e congestionam as Instalações Sanitárias. A Joana (Quarto 3) sente falta de privacidade quando o namorado dorme lá em casa.

Objectivos Com um tempo limite de 30 minutos apresentar uma nova solução para ajudar a Sra. Manuela a resolver estes problemas.

73


PRÉ-EXISTÊNCIA

74


SOLUÇÃO PROPOSTA

Quarto 1

I.S.

I.S.

Quarto 2

Quarto 3

I.S.

Sala Estar

Cozinha Sala Jantar

75


Exercício Relâmpago II

CHEERS BAR A sitcom americana Cheers, lider de audiências da NBC, celebrizou um bar da cidade de Boston como lugar de encontro de desconhecidos e amigos que partilham esse mesmo espaço durante determinado tempo. Uma empresa americana decidiu abrir bares inspirados no Cheers nas principais capitais do mundo (Londres, Paris, Toquio, Bogotá, Laos, Teerão, etc.).

O espaço será sempre um triângulo esquilátero de 16m de lado interior, com pé direito de 3,50m e uma área útil de aproximadamente 110 m2, com uma das paredes como fachada para a rua e as outras duas cegas. Objectivo Apresentar uma planta do espaço padrão para o bar, materiais tipo e distribuição espacial. Resolver o exercício em aula.

76


ESPAÇO PADRÃO

77


SOLUÇÃO PROPOSTA

78

Portfolio  

Interiors Design Portfolio

Advertisement