Page 1


Refúgio encerra meus cinco anos de produção da webcomic

O Diário de Virgínia. Neste período aprendi muito sobre mim mesma e fico feliz por ter, de alguma forma, ajudado outras pessoas com minhas reflexões. Incluí nesta edição uma história curta chamada Herança. Ela foi produzida em 2013 para a seleção de material da revista Inverna (que ainda não foi publicada). Creio que ela poderá explicar algumas das imagens que aparecem no decorrer do Refúgio. Obrigada à Alice e Thaís Barra pela ajuda com os deslizes gramaticais. E minha eterna gratidão à todos que acompanharam e torceram por mim, pela Virgínia, Mike, Sabrina e Tobias. Abraços ilustrados!

Goiânia, 2016


_ Esta é uma história sobre despedidas, mas não é uma história triste.*

_ Dar adeus nem sempre é fácil, nós sabemos.

_ Mas às vezes é a única forma de coisas novas aparecerem.

* Textos traduzidos do borboletês

02


_ Pois bem, a hist贸ria come莽a assim... _ Era uma vez uma casinha. E uma menina pequena e assustada que morava nela.

_ Por se sentir sozinha, ela decidiu, numa tarde melanc贸lica construir um abrigo, um ref煤gio.

03 03


_ E este lugar (que era lá no quintal e também dentro dela) ficou tão bom, mas tão bom ...

... que lá decidiu ficar para sempre.

04


_ Pois, mesmo sendo uma belezinha, o abrigo foi aos poucos engaiolando a menina.

_ Só que esse “para sempre” durou até um certo tempo.

05

a olet b r bo . ma vidro u e omo copo d c Tal num


_Aqui está o dilema, pois era muito bom viver lá.

_ Tudo era colorido, não importando quão cinza estivesse aqui fora.

06

_ E a imaginação da menina era amável e cheirava a bolo com café e colo de vó.


_Mas enfim o tempo passou ...

07

rcebeu que ... e um dia pe (ou seja, tudo em volta nha crescido. ti ) la e d o tr n e d

Refúgio  

Pré-visualização do livro digital Refúgio.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you