Page 1


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Pรกgina 3


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Pรกgina 4


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Pรกgina 5


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Página 6

Sumário Canal 2 Comunicação e Eventos Ltda. Rua Rio de Janeiro, 365 - Pituba - Salvador-BA CEP - 41830-401 - Telefone 3344-1911 / 3344-1624 contato@canal2.com.br - www.canal2.com.br Diretor Executivo: Luciano Dórea Editora-chefe: Cris Montenegro - DRT/BA - 2521 editoracanal2@gmail.com

18 Especial Salvador completa 461 anos

Comemoração Posse da nova diretoria e os melhores de 2009 20

Textos: Aina Kaorner, Anaísa Freitas, Cris Montenegro e Felipe Vergili Revisão: Felipe Vergili Projeto Gráfico: Alan Alves Editoração Eletrônica: Elaine Quirino Capa: Adrien Tournillon Dep. Financeiro: Carlos Dórea e Ornilda Fernandes Circulação: Bahia e Sergipe Distribuição: Gratuita Tiragem: 8 mil exemplares

42 Capa Perspectivas e desafios para o setor de material de construção

Vendas Abrir clientes fechados, por Maurício Góis 37

Presidente (licenciado): José Barbosa 1º Vice-Presidente (em exercício): Sílvio Luiz de Azambuja Corrêa 2° Vice-Presidente: Osmar Araújo 3° Vice- Presidente: José Manuel Garcia Martinez Diretor financeiro: Marcio Nascimento Diretor tesoureiro: Joelson Silva Diretor social: Álvaro Ventin 1° Diretor secretário: Diego Paz 2º Diretor secretário: Alonso Souza CONSELHO FISCAL: Titulares: Deusdedith Queiroz Filho, Julio Cezar e José Nilson Andrade. Suplentes: João Carlos Andrade, Carlos Eduardo da Silva e Manuel Porto Trancoso. DIRETORIA SETORIAL:

Administração Aplicando 5S na vida pessoal 32

Crédito Linhas de financiamento

Pisos e revestimentos: Gilberto Cerqueira Louças e metais: Sílvio Luiz de Azambuja Corrêa Tintas e derivados: José Nilton PVC e Elétrica: Osmar Araujo Madeiras: Alexandre Cohim Cimento: Pablo Tobler de Souza Ação social: Jamile Barbosa CONSELHO DELIBERATIVO: Presidente: Luciano Araújo Vice-Presidente: José Eloy CONSELHEIROS: Manuel Bernardino, Antônio Bittencourt, Deonildo Martinez, José Gargur, Manoel Duran, Edmundo Souza, Edivaldo Coelho e Carlos Alberto Pereira

48 6 ACOMAC BAHIA

Tel.: (71) 3113-2481 Telefax: 3113-2480 Av. Tancredo Neves Ed. Salvador Trade Center Torre Norte, sala 2215 - CEP 41820-020 - Salvador-BA acomac-ba@terra.com.br / www.acomac-ba.com.br


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Pรกgina 7


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Página 8

Palavra do Presidente O primeiro trimestre

O

s três primeiros meses de 2010 mostram um desempenho satisfatório do setor de material de construção na Bahia, seguindo uma tendência otimista, bem diferente do mesmo período do ano anterior. Apesar de não ser ainda o ideal, em face das demandas e potencial do mercado brasileiro, é possível sustentar expectativas positivas para este ano, o qual terá importantes eventos a movimentar o país. A Acomac-BA, como de praxe, inicia em março a série de eventos da programação anual, na qual são reiterados serviços como os convênios, as assessorias, eventos de integração e cursos. A programação de cursos e palestras visa intensificar a oferta de oportunidades para atualização e qualificação das revendas, sempre focada em temas de alto interesse ao varejo de nosso setor. É uma linha de atuação que permanece, em relação aos anos anteriores. O 19º Ecomac/7ª Convenção da Acomac-BA segue em sua trajetória de apresentar novidades e se superar a cada ano, e em 2010 terá como tema principal “O novo Brasil: desafio do mercado de material de construção”. O evento será realizado de 14 a 17 de outubro, no Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa, no Litoral Norte Baiano, um novíssimo hotel, em mais um atrativo para os participantes. Temos adiante os desafios de continuar sincronizados com as demandas dos associados, a quem é oportuno agradecer pelo apoio, bem como aos companheiros de diretoria e profissionais da Acomac-BA e às empresas e entidades parceiras, neste início de gestão. Fazemos votos de que todas as empresas do setor continuem acreditando e investindo, pois sabemos da nossa importância como um segmento supridor de produtos e serviços ligados ao desenvolvimento e a qualidade de vida. A Acomac-BA, dentro de suas funções, continuará dedicada e atuante em benefício do setor, sempre com a postura positiva que tem estado presente em sua história.

Sílvio Luiz de Azambuja Corrêa PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DA ACOMAC-BA

8 ACOMAC BAHIA


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Pรกgina 9


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Página 10

Editorial Prezados (as) leitores (as), É com grande satisfação que lançamos a primeira edição da Revista Acomac-Ba de 2010, em um evento tão grandioso como a Feicon Batimat. Mais uma vez, não medimos esforços para trazer para vocês um produto de qualidade, repleto de novidades acerca do segmento de materiais de construção, assim como matérias e artigos de suma importância para todos aqueles que movimentam o setor na Bahia e no mundo. Aproveito para ressaltar que o nosso site continua atraindo cada vez mais leitores em busca de informações diárias sobre temas relacionados ao ramo e a versão digitalizada, na íntegra, da nossa publicação. Também estamos fazendo uso das mídias sociais: twitter, blog e orkut, para estarmos cada vez mais próximo de você, leitor (a). Desejamos a todos ótimos negócios e uma boa leitura!

Luciano Dórea DIRETOR EXECUTIVO CANAL 2 COMUNICAÇÃO

SITE www.canal2.com.br/acomac

10 ACOMAC BAHIA

TWITTER twitter.com/editoracanal2

ORKUT Editora Canal 2


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Pรกgina 11


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Informes

18:31

Página 12

Por Anaísa Freitas e Cris Montenegro

Presidente José Barbosa se licencia do cargo O presidente da Acomac-BA, José Barbosa, apresentou, no dia 11 de março, pedido de licença do cargo, por motivos de saúde. Seguindo o que determina o estatuto da entidade, o 1º vice-presidente Sílvio Corrêa assumiu a presidência.

Programação 2010 No dia 31 de março, dirigentes da Acomac-Ba se reuniram no auditório da Casa do Comércio, para apresentar aos associados o cronograma da Programação 2010. O ano promete ser de muitas novidades, com cursos, palestras, eventos comemorativos, além do 19° Ecomac / 7ª Convenção da Acomac-BA, que será realizado entre os dias 14 a 17 de outubro deste ano.

Comercial Ramos em Vitória da Conquista Com uma loja de mais de 12 mil m², em uma das cidades que mais cresce no Estado, a maior e mais moderna rede de lojas de materiais de construção 100% baiana dá mostras de fôlego e de crença no mercado. Além da nova super loja em Vitória da Conquista, a rede vai continuar usando de todo o seu know how para oferecer sempre o melhor aos seus consumidores. A Comercial Ramos investe em infraestrutura e treinamento para que as pessoas tenham mais conforto, estacionamentos amplos, seções bem definidas, atendimento diferenciado e especializado para arquitetos, construtoras e condomínios, além de preços e prazos imbatíveis. Hoje são três lojas em Salvador e uma em Feira de Santana, além de contar com a Mapron, que tem lojas em Santo Antônio de Jesus, Valença e Cruz das Almas.

Alguns eventos já confirmados: Maio Curso “Novos paradigmas do varejo” com Paulo Andion Julho Curso “Comportamento no ponto de venda” com Paulo Andion 16 de Setembro Evento comemorativo de 33 anos da Acomac Bahia 14 a 17 de Outubro 19° Ecomac / 7ª Convenção da Acomac-BA 9 de Dezembro Festa de Confraternização

Design também nos códigos de barras A Design Barcode deu vida nova aos códigos de barra ao produzir códigos personalizados. É isso mesmo. O código de barras agora pode ter o formato escolhido pela empresa pelo preço de US$4 mil. O site da empresa possui diversos modelos e vale a pena a visita: www.barcoderevolution.com.

12 ACOMAC BAHIA

Guia de empreendedorismo em forma de mangá chega às livrarias Surpreendendo a muitos, chega as livrarias um guia de empreendedorismo diferente. Feito em formato de mangá, as HQ´s japonesas, o livro busca trazer ideias para os mais variados públicos. Ao adaptar os conceitos básicos do tema para o formato de história em quadrinhos, os autores conseguiram imprimir leveza e agilidade a um assunto normalmente árido. Não espere grandes reflexões: o objetivo aqui é passar noções fundamentais de maneira ordenada e didática. A obra é inspirada na história real de Fernando Chamis e Winston Petty, sócios na Webcore, uma agência que cria sites, games, CDs e DVDs multimídia.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:31

Página 13

Brasil nas redes sociais O Brasil é um dos líderes em usuários de redes sociais. Desponta, hoje, como primeiro lugar no Orkut e 2º no Twittter.

Bairro Novo traz para a Bahia técnica inédita de construção PAREDES E LAJES DE CONCRETO MOLDADAS IN-LOCO FACILITAM A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS EM LARGA ESCALA

Mobile Marketing Com as novas regras sobre marketing através do celular, a partir de maio os usuários é que vão dizer se autorizam o recebimento de mensagens publicitárias via SMS. Para aqueles adeptos ao “mobile marketing”, são, em geral, cinco as formas de saber sobre produtos e notícias. A pioneira e ainda mais popular é a mensagem de texto (SMS), que conta com a parceria entre a empresa anunciante e a operadora de telefonia para envio de propaganda. Já a mensagem de voz funciona como um telefonema comum, mas quando o usuário atende, ouve uma mensagem gravada. O Bluetooth é outra recente forma de ampliar a rede de marketing através de celular, com uso de tecnologia que permite posicionar dispositivos inteligentes em uma determinada área e enviar conteúdo para os celulares das pessoas que passam pelo local. Ações de publicidade nos sites adaptados para o formato do celular têm funcionado de forma mais eficiente do que em sites tradicionais. Por fim, os aplicativos para celular configuram como a mais recente tendência do mobile marketing. Basta capital e criatividade para desenvolver aplicativos que possam entreter o usuário e qualquer empresa pode desenvolver esse conteúdo.

Sede do maior complexo industrial da América Latina, o município de Camaçari, hoje com cerca de 220 mil habitantes, possui um déficit habitacional que chega à marca de 10 mil residências. A escassez de imóveis de qualidade na região colabora para que a maioria dos 35 mil trabalhadores das empresas do Pólo Petroquímico migre diariamente para Salvador. Uma das alternativas encontradas pela engenharia civil para solucionar problemas como este, tem sido o método construtivo “Paredes e lajes de concreto moldadas in-loco”, no qual são utilizadas fôrmas nas construções dos empreendimentos. Técnica muito comum em países como México e EUA na produção de imóveis em larga escala, chegando a seis casas em apenas 5 dias. Além da praticidade, a tecnologia também proporciona um custo inferior aos modelos tradicionais. Na Bahia, a Bairro Novo Empreendimentos Imobiliários, uma joint venture da Odebrecht, é pioneira nesse tipo de construção, que poderá ser vista em um bairro totalmente planejado a três minutos do centro de Camaçari. Segundo o diretor de engenharia da empresa, Marcelo Moacyr as vantagens da nova técnica em relação ao modelo convencional são inúmeras. “Este processo construtivo permite uma solidez e durabilidade muito grandes por ser inteiramente de concreto, além de uma qualidade dimensional dos vãos e ambientes superiores devido às características industriais do sistema”, explica Moacyr. Ele lembra ainda que a otimização e racionalização são outras vantagens do projeto. “O fato de não conter alvenarias e instalações hidrosanitárias aparentes e de as instalações elétricas já estarem embutidas facilita o processo, reduz os custos e acelera a entrega. Além disso, por ser um sistema monopotável, dispensa o uso de gruas ou guindastes”, completa. Por serem leves e de fácil manuseio, o novo método também colabora para a aceleração da obra. Só em Camaçari, a Bairro Novo já construiu 592 unidades e ainda serão construídas 2.562 entre casas e apartamentos com a técnica “Paredes e lajes de concreto moldadas inloco”, através da qual o concreto é tirado da fôrma em até 14h. A construção em larga escala chega a seis casas em apenas seis dias. As fôrmas de alumínio variam de tamanho e podem ser reutilizadas por até 1.500 vezes. “Nós utilizamos e depois elas são recicladas de maneira a não causar nenhum impacto ambiental”, diz Moacyr.

ACOMAC BAHIA 13


29/03/2010

Informes

18:31

Página 14

Por Anaísa Freitas e Cris Montenegro

Anamaco elege novo Conselho Deliberativo No dia 14 de dezembro de 2009, membros da Anamaco de todo o Brasil se reuniram com o Conselho Diretor e a Diretoria Executiva da Anamaco, na Loja Escola da Anamaco, para a eleição do novo Conselho Deliberativo. O grupo atuará no biênio 2009/2011. O encontro foi presidido pelo Presidente de Honra da Anamaco, José Olavo Nogueira, no qual foram discutidas as perspectivas para o setor de materiais de construção em 2010. A mesa também foi composta pelo Presidente da Anamaco, Claúdio Elias Conz, o Presidente do Conselho Deliberativo, Getúlio Nogueira de Sá, e o presidente da Fecomac Paraná, Adriano Montanari. Os membros da Diretoria do Conselho Deliberativo da Anamaco são Álvaro Ventin, Afonso João Ramos, Antônio Joaquim Dadalto, Armando da Conceição Santos, Carlos Aurélio Nunes, Cássio Schiavo Tucunduva, Dimitrios Markakis, Fernando de Castro, Geraldo Cordeiro de Jesus, Hiroshi Shimuta, Irio Piva, Jacinto Lucio Borges, Jorge Gonçalves Filho, José Tavares Santos, Juliano Bortolotto, Luciano Araújo, Luiz Henrique Motta, Rodrigo Cassol, Rui Fidelis de Campos Junior e Wagner Ferreira Mattos. Os membros Natos do Conselho Deliberativo são Claudio Elias Conz, Getúlio Nogueira de Sá, Joaquim Fonseca Junior, Mercio Tumelero, Roberto Breithaupt e o Presidente de Honra José Olavo Nogueira. O ex presidente da Acomac-Ba, Geraldo Cordeiro, foi eleito VicePresidente Administrativo do Conselho Deliberativo. O outro representante baiano é o Diretor Social da Acomac-Ba, Álvaro Ventin, eleito membro da Diretoria do Conselho Deliberativo.

Membros do Conselho Deliberativo da Anamaco Presidente (reeleito) - Getúlio Nogueira de Sá (ACOMAC JUNDIAÍ). Primeiro Vice - Juliano Bortolotto (ACOMAC MATO GROSSO). Segundo Vice - Adriano Montanari (FECOMAC PARANÁ). Vice-Presidente Administrativo - Geraldo Cordeiro de Jesus (ACOMAC BAHIA). Vice-Presidente Administrativo - Henrique Pinto Loja Filho (FECOMAC SANTA CATARINA).

Vice-Presidente Assuntos Institucionais - José Tavares Santos (ACOMAC SERGIPE). Vice-Presidente Assuntos Institucionais - Rui Fidelis de Campos Junior (ACOMAC MINAS GERAIS). Vice-Presidente Financeiro - Cássio Schiavo Tucunduva (ACOMAC SÃO PAULO). Vice-Presidente Financeiro - Írio Piva (ACOMAC PORTO ALEGRE).

Membros do Conselho Fiscal da Anamaco: Presidente - Domingos Matos dos Santos. Suplente - Almicar José de Sá. Suplente - Francisco Donisete Campos Granado. Suplente - Francisco Lavanery Sampaio Wanderley. Titular - Estanilau Venturim. Titular - Hélio Balaroti.

14 ACOMAC BAHIA

ANDRÉ OLIVEIRA

acomac58 FINAL:Layout 1

Center Lapa traz Rogério Caldas No dia 18 de março, gerentes, lojistas, vendedores e funcionários do Center Lapa participaram da palestra de abertura do Projeto Somar 2010, programa de desenvolvimento profissional promovido pelo shopping, que contou com a presença do palestrante Rogério Caldas. O escritor, conferencista e consultor de marketing motivacional apresentou o tema “A Emoção Vende”, que discute aspectos que relacionam compras, emoções e atendimento. O evento aconteceu no Bahia Othon Palace Hotel e contou com o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade.

Desbloqueio agora é legal! Desde o último dia 22 de março, a súmula nº. 8 da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) impede as empresas de telefonia móvel (Vivo, Claro, Tim, Oi, Ctbc, Sercomtel e Unicel) de cobrarem pelo desbloqueio de aparelhos. Na prática, pela nova ordem, qualquer aparelho de celular terá a possibilidade de receber o Sim Card (Chip) de outra operadora. Com a mudança, o cliente não será mais tarifado ou terá que recorrer a lojas que cobram pelos desbloqueios. Caso a operadora de telefonia se recuse a desbloquear gratuitamente o aparelho, o cliente deve ligar para Anatel no 133, das 8h às 22h e reclamar. Mesmo resolvendo o problema, especialistas aconselham uma queixa formal no PROCON ou em um dos Juizados Especiais. É importante frisar que a nova medida não altera as relações estabelecidas nos contratos de fidelidade, mas apenas garantem a funcionalidade de um aparelho, mesmo quando o cliente decidir migrar para outra operadora.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:32

Pรกgina 15


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Informes

18:32

Página 16

Por Anaísa Freitas e Cris Montenegro

Pisos ecológicos A marca EcoPietra, da empresa nacional SBR, investe no novo conceito de responsabilidade ecológica. A começar pelo uso da matéria-prima na fabricação de pisos oriunda de pedras obtidas da britagem de materiais descartados por pedreiras de mármore, granito, quartzos e quartzitos.

“26 anos de conquistas e um padrão de excelência reconhecido pelo mercado” Ao completar 26 anos, a Elizabeth atingiu o ponto alto na busca pela qualidade, produtividade e satisfação dos clientes: recebeu o Prêmio Cerâmica do Ano de 2009, concedido pela revista Mundo Cerâmico. O Grupo sempre buscou ampliar o portfólio de produtos para atender todo tipo de demanda do mercado. Além da linha de cerâmicas e de louças sanitárias, tem como destaque sua linha de porcelanatos. Tendo iniciado com uma produção diária de 50m², em 1984, a empresa inaugurou em agosto de 2009 uma nova unidade em Criciúma- SC. Esta nova unidade veio somar sua produção às quatro unidades do Nordeste, que já disponibilizam ao mercado 2,2 milhões de m²/mês de cerâmica e porcelanato, utilizando insumos que na sua maioria são produzidos pela própria Elizabeth. Nessa unidade serão produzidas as linhas de porcelanato esmaltado, semi-grês e monoporosa, com previsão inicial de 520 mil m²/mês chegando a 1,1 milhão de m² em julho de 2010, o que confirma a aposta da empresa na tendência do uso destes tipos de revestimentos. Com essa estratégia, a empresa passa a atender com mais agilidade a demanda no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, suprindo, além do mercado de consu midores finais, também as revendas e construtores com redução considerável no custo de distribuição. Sempre acompanhando as inovações e tendências do mercado, a Elizabeth é hoje um dos maiores produtores de revestimentos cerâmicos do Brasil, seus produtos seguem as normas NBR 13818/1997 para cerâmica e NBR 15463/2007 para porcelanato. Investimentos em tecnologia e capacitação profissional aliados a uma eficiente estrutura técnico-comercial consolidará a posição da Elizabeth como uma das empresas líderes do segmento cerâmico no Brasil.

Digitalização de notas fiscais minimiza casos de fraude à Receita SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL BAHIA PELA MILLENNIUM INORGANIC CHEMICALS

JÁ ESTÁ SENDO IMPLANTANDO NA

Investindo na informatização dos processos e na inserção do Brasil na era digital, o Governo Federal instituiu, através do Dec. 6.022, o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC 2007-2010), que viabiliza a emissão de notas fiscais eletrônicas (NF-e). A iniciativa desburocratiza a relação da empresa com o fisco, com fornecedores e clientes, e aumenta a confiabilidade nos processos de envio de mercadorias. O processo consiste na modernização da sistemática atual do cumprimento das obrigações transmitidas pelo contribuinte às administrações tributárias (municipal, estadual e Federal) e aos órgãos fiscalizadores. Por intermédio de Protocolos ICMS, a Receita Federal já estabeleceu a obrigatoriedade da NF-e para diversos segmentos. Para os demais contribuintes, a estratégia de implantação nacional foi a de que estes voluntariamente e gradualmente se tornassem emissores. De acordo com este processo, o contribuinte transmite um arquivo digital, assinado eletronicamente por um certificado digital padrão ICP Brasil, para a Secretaria de Fazenda de origem do emissor. Quando recebido, a Sefaz de origem faz a validação da NF-e e devolve uma autorização de uso para a empresa, retransmitindo também para a Sefaz do destinatário e para a Receita Federal. Autorizado o uso da NF-e, o emissor emitirá o Danfe que acompanhará o trânsito da mercadoria até o destinatário. Antes mesmo de a mercadoria chegar ao destino, o destinatário já recebeu a NF-e autorizada e o Danfe via e-mail.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:32

Pรกgina 17


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Especial

18:32

Página 18

Por Felipe Vergili Fotos Lucas Silva

Salvador: 461 anos de alegria para o Brasil

E

ra uma tarde de 29 de março de 1549 quando seis embarcações comandadas por Tomé de Souza chegavam às proximidades daquele local que no futuro se tornaria a cidade de Salvador. Com ordens do rei de Portugal de fundar uma cidade-fortaleza para demarcar a soberania portuguesa no continente, os viajantes desembarcaram no Porto da Barra e este dia ficou marcado como a fundação da hoje capital do Estado da Bahia. 461 anos depois, o mar que circunda a cidade ainda é o mesmo. As terras do continente, porém, deixaram há muito de ser uma cidade-fortaleza para receber várias denominações: capital da alegria, em razão do carnaval e outras mobilizações populares; e também Roma Negra, por ser a metrópole com maior porcentagem de negros fora do continente africano. De sua fundação até 1763, a cidade do São Salvador da Bahia de Todos, como era conhecida, foi a capital e sede administrati-

18 ACOMAC BAHIA

va do Brasil. A partir daí, porém, as descobertas de minérios nos estados de Minas Gerais e Goiás fizeram com que a baía de Guanabara se tornasse ponto estratégico para o embarque destes para Portugal e assim o Governo foi transferido para o Rio de Janeiro. Mesmo não sendo mais o centro das decisões políticas do país, Salvador ainda figura entre as capitais de maior importância com seu grande potencial turístico. A cidade possui 70% de sua economia voltada à prestação de serviços. Nos últimos anos, foi premiada como o destino predileto dos turistas brasileiros. Festas consagradas como o Carnaval e a lavagem do Bonfim, além de seus patrimônios históricos (Farol da Barra, Pelourinho, etc.) e naturais, fazem com que a cada ano o número de visitantes aumente ainda mais. Assim, Salvador vive no limite de agradar seus milhares de turistas e fazer funcionar a cidade onde as diferenças sociais afloram e crescem. Com muita alegria, gingado e o jeitinho baiano, porém, a capital do Estado da Bahia vem conquistando cada vez mais seu espaço econômico, atraindo grandes investimentos e vendo seus números aumentarem ano a ano.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

18:32

Página 19

CURIOSIDADES Antes mesmo de ser fundada cidade já era habitada desde o naufrágio de um navio francês, em 1510, de cuja tripulação fazia parte Diogo Álvares, o famoso Caramuru. Em 1534, foi fundada a capela em louvor a Nossa Senhora da Graça, porque ali viviam Diogo Álvares e sua esposa, Catarina Paraguaçu. A menor temperatura registrada em Salvador foi no dia 20 de julho de 1966 quando os termômetros marcaram 12ºC. Salvador é a cidade com o maior número de descendentes de africanos no mundo, seguida por Nova York. Majoritariamente, estes são de origem iorubá, vindos da Nigéria, Togo, Benim e Gana. Alguns dizem que em Salvador existem nada menos que 365 igrejas, uma para cada dia do ano. Há historiadores, porém, que discordam deste número e acredite que o valor real seja em torno de 200.

ACOMAC BAHIA 19


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Evento

18:32

Página 20

Por Anaísa Freitas Foto Rubens Scharamm

Posse da nova diretoria e premiação

para os melhores de 2009

C

onvidados e associados da AcomacBA estiveram presentes no dia 16 de dezembro de 2009 na festa de confraternização da entidade. Realizado no salão de festas do Yacht Clube da Bahia, o evento marcou ainda a posse da nova diretoria da associação para o biênio 2010-2011. No início da comemoração, aconteceu a entrega do troféu “Melhores de 2009” em três categorias. O Prêmio Indústria Parceira ficou com a Vedacit, e o representante da empresa no evento aproveitou para parabenizar a organização e comemorar o resultado. Para ele, a premiação foi consequência de um trabalho com foco positivo no cliente. Já o Prêmio Consultor Comercial teve como vencedor José Martins, que ressaltou a vitória como um reconhecimento pelo trabalho. “Essa é a terceira vez que eu venho e ganho e, com certeza, fico muito satisfeito”, frisou. A última categoria, Prêmio Companheiro

Lojista, contemplou Manoel Garcia Martinez. “Esse evento representa a união entre associados e representantes e é sempre bom ganhar. Eu não esperava esta premiação, mesmo porque eu nem sabia que estava entre os indicados”, diz.

José Barbosa, Presidente Licenciado

Geraldo Cordeiro, Ex-Presidente

“Esse é um momento importante na sucessão e pretendo dar continuidade, tratando o associado com o respeito de sempre. Para a associação, fica a esperança de executar o melhor trabalho possível”

“A festa também comemorou o ano de 2009, que acabou superando as expectativas do setor. Mas, desejo à nova diretoria uma excelente gestão. Barbosa e toda a nova equipe trazem renovação de projetos e idéias, o que é sempre bom”

20 ACOMAC BAHIA

Luciano Araújo, Presidente do Conselho Deliberativo

“A Acomac-Ba é uma entidade evoluída e motivada, com uma nova gestão em que todos estão bem entrosados. Cada um está bem preparado para dar o máximo de si para a associação, que é uma referência no país”


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:07

Página 21

Silvio Corrêa, Presidente em Exercício

“Esse cargo significa mais uma responsabilidade, principalmente porque representaremos um segmento muito importante na economia brasileira. Conduziremos sempre pensando em benefícios para a categoria. Desejo que Barbosa mantenha a firmeza e a paciência de sempre no ouvir os associados e ponderar, decidindo sempre o que for mais importante para toda a associação”

Jayme de Barros, um dos mais antigos fundadores da CDL Salvador

“Não tenho dúvida de que cada um (Presidente) que chega (à diretoria) traz coisas novas, com mais entusiasmo”

ACOMAC BAHIA 21


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:07

Página 22

Evento

Álvaro Ventin, Diretor Social

“Parabenizo o período de Geraldo Cordeiro à frente da diretoria e desejo votos de bom trabalho ao novo Presidente. Com certeza, Barbosa é um grande empresário e nesse lugar tem tudo para dar certo. Ele sabe delegar as tarefas e isso é muito bom”

Alexandre Cohim, Diretor Setorial de Madeiras

“Geraldo fez um excelente trabalho nesses últimos anos e agora a gente tem obrigação de continuar o que ele planejou ”

22 ACOMAC BAHIA


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:08

Página 23

Fábio Santiago Vieira, Gerente da FAME (Bahia e Sergipe)

“Estou presente nas festas da ACOMAC-BA há muito tempo e a cada ano esse projeto está melhor. Quanto ao novo Presidente, a experiência de Barbosa no mercado é o grande diferencial para fazer a entidade continuar dando certo”

Antoine Tawil, Presidente da CDL Salvador

“Essa será a continuação de uma excelente gestão iniciada por Geraldo, levando sempre aos governos os anseios do varejo de materiais de construção. Desejo e tenho certeza que o mesmo sucesso que o novo Presidente tem em suas empresas terá na presidência da associação”

ACOMAC BAHIA 23


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:08

Página 24

Evento

Leonardo Vasconcelos, Gerente Nacional de Vendas da Tintas Iquine

“Temos um relacionamento próximo e também muita confiança em Barbosa. A expectativa é de que ele faça um trabalho excepcional na AcomacBa, como Geraldo fez até então”

Herval Dórea, Presidente da Arecom-Ba (Associação dos Representantes Comerciais do Estado da Bahia)

“Fiquei muito contente quando Barbosa firmou a parceria conosco enquanto parte integrante dessa engrenagem. Vim representando todos os colegas da associação para manifestar o nosso apoio incondicional à essa gestão” 24 ACOMAC BAHIA


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:08

Pรกgina 25


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Economia

20:08

Página 26

Por Anaísa Freitas

12ª Liquida Salvador AS EMPRESAS ASSOCIADAS DA ACOMAC-BA QUE ADERIRAM AO APELO COMERCIAL DO EVENTO PUDERAM OBSERVAR UM INCREMENTO SUBSTANCIAL NAS VENDAS

26 ACOMAC BAHIA

A

Liquida Salvador 2010, que aconteceu entre os dias 25 de fevereiro e 7 de março, movimentou o varejo de cinco cidades do Estado. Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Simões Filho e Dias D’Ávila reuniram mais de 6,5 mil pontos comerciais oferecendo descontos de até 70% em lojas de shoppings e no comércio de rua. Isso representa um aumento de mais de 500 novas lojas aderindo esse ano, em relação à edição passada. Além dos ramos tradicionais de vestuário, calçados e eletroeletrônicos, a novidade desse ano ficou por conta da adesão de seguimentos como supermercados, farmácia, açougues e restaurantes. Os lojistas de materiais de construção, como em todos os anos, também estavam inclusos no rol de liquidação. As empresas associadas da Acomac-BA que aderiram ao apelo comercial do evento puderam observar um incremento substancial nas vendas. Na avaliação de Antoine Tawil, presidente da CDL-SSA (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Salvador), essa participação expressiva do setor varejista de construção civil foi fundamental para a visibilidade do evento. “Mesmo os pequenos empresários estiveram presentes, o que representa muito para a Liquida Salvador”, avalia. A Liquida é uma iniciativa da CDL e conta com a parceria do Sebrae/BA, do Governo do Estado, da Prefeitura de Salvador, do Banco do Brasil, do Banco do Nordeste, da Redecard, da Vivo e da Honda Imperial. Esse ano, o evento sorteou um Honda CR-V, três Celtas e 10 motocicletas. Os vendedores de cada cliente sorteado receberam um vale compras no valor de R$ 1 mil. Em comemoração ao evento, dia 27 de março aconteceu um show exclusivo da dupla Zezé Di Camargo e Luciano, no Wet'n Wild. A Acomac-BA é membro fundador do Conselho do Comércio da CDLSalvador. De acordo com Antoine Tawil, “a CDL ganha em dois aspectos com isso: primeiro, a colaboração dos ex-presidentes da Acomac-BA, que sempre deram contribuições expressivas à formação da Câmara. Em segundo, está a presença assídua da Associação nas reuniões marcadas”.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:08

Pรกgina 27


acomac58 FINAL:Layout 1

Perfil

29/03/2010

20:09

Página 28

Por Aina Kaorner

Carlos Vieira Lima, presidente da Sinduscon-Ba “QUEREMOS UMA APROXIMAÇÃO COM A ACOMAC-BA PARA TRABALHARMOS JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO DO SETOR”

N

o dia 14 de dezembro de 2009, o Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), comemorou a posse de um novo Presidente, o engenheiro e sócio-diretor da MVL Construtora, Carlos Alberto Matos Vieira Lima. Eleito por unanimidade, a solenidade contou com a presença de 400 pessoas, incluindo representantes do Governo. Não foi a toa tanta aceitação por parte dos associados, Lima possui uma vasta experiência no currículo e anos propondo diálogos e lutando por interesses em comum à sociedade civil, trabalhadores e empresários. Carlos Vieira Lima concluiu o ensino médio no Colégio Militar e formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), logo trabalhou durante quatro anos na Odebrecht, implantou a Siderúrgica Brasileira (SIBRA) e o Pólo Petroquímico. Foi diretor da Companhia Baiana de Eletrificação e do setor de Desenvolvimento Comercial da Caraíba Metais, durante oito anos. Implantou a primeira empresa privada de geração de energia do Brasil, a Eletrogás, foi Superintendente do SESI Bahia, por dez anos, e presidente do Clube de Engenharia, em 1980. Durante a

“A empresa que se associa à entidade de classe assume determinados compromissos com a ética, qualidade e garantia dos produtos e serviços” Ditadura Militar, participou ativamente do Movimento Estudantil de 1965 a 68, em prol da redemocratização do Brasil, e desde então carrega consigo o lema “Democracia e fé”.

Novos projetos Como atual Presidente da Sinduscon-Ba, pretende batalhar pela defesa dos interesses do setor, incentivando a verticalização da cadeia produtiva, através do projeto de fabricação de materiais de construção dentro da Bahia. “Pretendemos, junto com o Estado, atrair empresas para a cadeia produtiva, além de qualificar a mão de obra, com o programa de preparação para pedreiros e carpinteiros, em parcerias com ONG’s e o SENAI”, conta: “O objetivo é melhorar a qualidade de vida no trabalho, proporcionar saúde, segurança e redução de acidentes”. Para a sede do Sindicato, os planos são de reestruturação administrativa, melhoria da qualificação interna, refor-

ma do prédio e melhores condições da sede. “Implantaremos um projeto de comunicação para mostrar às empresas do estado. Queremos atrair e aumentar o número de associados”. Casado há quarenta anos com a médica Maria Solange, pai de dois filhos, Marcos e Adriana, Lima espera a chegada do terceiro neto, enquanto continua firme e forte no compromisso profissional da busca por uma sociedade forte e organizada: “Queremos uma aproximação com a Acomac-Ba, ver os pontos comuns e trabalhar juntos pelo desenvolvimento do setor. A entidade possui comerciantes fortes e estamos abertos a esse diálogo permanente para projetos comuns”, ressalta. Sobre a importância das empresas que buscam o associativismo, Lima é enfático ao declarar: “A empresa que se associa à entidade de classe assume determinados compromissos com a ética, qualidade e garantia dos produtos e serviços”.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:09

Pรกgina 29


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:09

Página 30

Web

Como utilizar as Redes Sociais sem se prejudicar no trabalho ESPECIALISTA EM RH OFERECE DICAS VALIOSAS

S

omente em setembro de 2009, segundo pesquisa do Ibope Nielsen Online, 59 milhões de pessoas utilizaram comunidades e ferramentas de mensagens instantâneas no Brasil. Redes sociais como Twitter, Facebook e Myspace já fazem parte do dia-dia da maioria dos internautas. Dados do Instituto Informa/Binder apontam que 18% dos usuários de internet preferem as redes sociais como forma de comunicação, seja ela pessoal ou corporativa. As empresas utilizam essas ferramentas para aumentar sua exposição, medir sua aceitação perante o mercado 30 ACOMAC BAHIA

onde estão inseridas, para obter feedback diário e imediato de suas ações e com isso contornar, ou até mesmo evitar, possíveis crises. E também para mapeamento de tendências e comportamentos dos consumidores. O Twitter, por exemplo, se tornou o símbolo da interação virtual. O usuário pode emitir uma única mensagem instantânea que serão vistas por diversas pessoas ao mesmo tempo, sem as formalidades “exigidas” pelos e-mails e sem necessidade de resposta. Sua disseminação no mundo corporativo facilita e acelera os contatos e as relações. Segundo pesquisa realizada pelo

IBOPE, em março de 2009 o Twitter teve um crescimento de 96,8% no número de usuários, entre perfis corporativos e pessoais. Essa presença cada vez mais maciça neste tipo de rede social traz aumento da exposição de pessoas e suas idéias, e, portanto, merece ser tratada com seriedade, como se houvesse de fato, um código de comportamento virtual. Para Ivan Witt, head hunter e sócio da Steer Recursos Humanos, empresa especializada em seleção para cargos de alta qualificação e aconselhamento profissional, cuidados devem ser tomados dentro do espaço virtual. Afinal, nele estão presentes não só amigos e familia-


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:09

res como gestores, chefes, políticos, jornalistas, colegas de trabalho, e todas as vertentes pessoais e profissionais que fazem parte da vida dos internautas. O que pode e o que não pode se tornar público? “É preciso ter critérios na utilização das redes e analisar qual é o objetivo com as postagens de idéias, pensamentos ou sugestões.”, diz Ivan Witt. “Não é porque a internet é um ‘campo aberto’ que se deva abastecer uma página com qualquer tipo de informação”, completa. Se o interesse for profissional seja bastante seletivo. “Não misture informações de fórum intimo, ou estará sujeito a interpretações que nem sempre lhe favorecerão” alerta Ivan. “Relatos detalhados de sua vida pessoal na internet passam a ser públicos e as conseqüências disso fogem ao seu controle” completa. Informações institucionais devem ser tratadas com ainda mais cuidado. Empresas estão ligadas a um grande número de internautas: clientes, funcionários, fornecedores, Governo, etc. Nesse campo, qualquer deslize pode ser bastante prejudicial. “Até mesmo na utilização das redes sociais por razões pessoais, é preciso cautela”, alerta Witt. “Se seus ‘seguidores’ ou ‘amigos’ fizerem parte de seu ‘networking’ profissional, seu perfil estará sujeito a interpretações da mesma forma, e o que era apenas uma informação sem importância, pode acarretar em diversos constrangimentos”.

Página 31

Cuidados a serem tomados: 1) Critério na hora de repassar informações Um dos muitos benefícios que a internet proporciona é a facilidade para reprodução de conteúdos. As informações devem ser verificadas e a fonte deve ter credibilidade. Nem tudo que está disponível na rede é verdade. “Repassar uma informação mentirosa não tira só a credibilidade de quem assina o texto como também de quem o manda.” 2) Falar dos colegas, chefes ou da empresa, nem pensar. Você será mal visto e chamado de, no mínimo, fofoqueiro Algumas postagens podem ser bastante prejudiciais para sua carreira, por isso pense muito antes de fazê-las, mesmo que seja feita no seu Twitter pessoal e que ele esteja bloqueado. “A rede está ao alcance de todos. Seu amigo também tem amigos e num piscar de olhos seu comentário restrito vaza. Além de ser antiético não fica nada bem para o relacionamento no ambiente de trabalho”, explica o head hunter. 3) Cuidado extra para quem ocupa uma posição de destaque Declarações feitas por profissionais em posições de destaque, mesmo que em suas páginas pessoais, inevitavelmente serão alvos de críticas e especulações pelos leitores. “É impossível controlar o desdobramento da informação uma vez que ela se torna pública, principalmente se a fonte da mesma é o protagonista da ação”, diz Ivan. 4) Não emitir opinião pessoal no perfil corporativo Funcionários não podem emitir opiniões pessoais quando utilizarem as redes empresariais, mesmo que sua função seja alimentar esses espaços. “Isso pode ser causa de demissão por justa causa”. 5) Imagine-se dando uma entrevista ao vivo Uma regra fácil é imaginar-se dando uma entrevista ao vivo para um grande público. Seja coerente, não invente nem tripudie. "A informação que você publica fica para sempre atrelada a você” finaliza Ivan.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:09

Administração

Página 32

Por Tom Coelho*

Aplicando 5S na Vida Pessoal “COM ORGANIZAÇÃO E TEMPO, ACHA-SE O SEGREDO DE FAZER TUDO, E FAZER BEM-FEITO.” (PITÁGORAS)

E

m Administração, utilizamos um expediente importado lá do Oriente, mais precisamente do Japão pós-guerra, chamado de “5 S”. Este nome provém de cinco palavras japonesas iniciadas pela letra “s”: Seiri, Seiton, Seisou, Seiketsu e Shitsuke. Os cinco sensos constituem um sistema fundamental para harmonizar os subsistemas produtivo-pessoal-comportamental, constituindo-se na base para uma rotina diária eficiente.

Praticar os 5S significa: - Seiri (senso de utilização): separar as coisas necessárias das desnecessárias; - Seiton (senso de organização): ordenar e identificar as coisas, facilitando encontrá-las quando desejado; - Seisou (senso de zelo): criar e manter um ambiente físico agradável; - Seiketsu (senso de higiene): cuidar da saúde física, mental e emocional de forma preventiva; - Shitsuke (senso de disciplina): manter os resultados obtidos através da repetição e da prática. A aplicação dos 5S numa empresa deve ser efetuada com critérios, inclusive com supervisão técnica dependendo do porte da companhia. Mas meu convite, neste instante, é para você praticar os 5S em sua vida pessoal. Assim, que tal aproveitar estes primeiros dias do ano para fazer uma pequena revolução pessoal? Aplique Seiri em sua casa e em escritório. Nos armários, nas gavetas e nas escrivaninhas. Tenha o senso de utilização presente em sua mente. Se lhe ocorrer a frase: “Acho que um dia vou precisar disto...”, descarte o objeto em questão, pois você não o utilizará. Pode ser uma roupa que você ganhou de presente ou comprou por

32 ACOMAC BAHIA

impulso e nunca a vestiu, por não lhe agradar o suficiente, mas que acalentará o frio de uma pessoa carente. Podem ser livros antigos, hoje hospedeiros do pó, que contribuirão com a educação de uma criança ou um jovem universitário. Seja seletivo. Elimine papéis que apenas ocupam espaço em seus arquivos, incluindo revistas e jornais que você acredita estar colecionando. Organize sua geladeira e sua despensa – você ficará impressionado com o número de itens com prazo de validade expirado. Na próxima fase, passe ao Seiton. Separe itens por categorias, enumerando-os e etiquetando-os se adequado for. Agrupe suas roupas obedecendo a um critério pertinente a você, como por exemplo, dividir vestimentas para uso no lar, daquelas destinadas para trabalhar, de outras utilizadas para sair a lazer. Organize seus livros por gênero (romance, ficção, técnico etc.) e em ordem de relevância e interesse na leitura. Separe seus documentos pessoais e profissionais em pastas suspensas, uma para cada assunto (água, luz, telefone...). Estes procedimentos lhe revelarão o que você tem e atuarão como “economizadores de

tempo” quando da busca por um objeto ou informação. Com o Seisou, você estará promovendo a harmonia em seu ambiente. Mais do que a limpeza, talvez seja o momento para efetuar pequenas mudanças de layout: alterar a posição de alguns móveis, colocar um xaxim na parede, melhorar a iluminação. Agora, basta aplicar os últimos dois sensos já mencionados, o Seiketsu, que corresponde aos cuidados com seu corpo (sono reparador, alimentação balanceada e exercícios físicos), sua mente (equilíbrio entre trabalho, família e lazer) e seu espírito (cultive a fé) e o Shitsuke, tão simples quanto fundamental, e que significa controlar e manter as conquistas realizadas. Faça isso e eu desafio você a ter pela frente doze longos e prósperos meses! * Tom Coelho é educador, conferencista e escritor com artigos publicados em 15 países. É autor de “Sete Vidas – Lições para construir seu equilíbrio pessoal e profissional”, pela Editora Saraiva, e coautor de outros quatro livros. Contatos através do e-mail tomcoelho@tomcoelho.com.br. Visite: www.tomcoelho.com.br e www.setevidas.com.br.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:09

Pรกgina 33


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

Pรกgina 34


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

Pรกgina 35


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

Página 36

Representante em destaque

Por Anaísa Freitas

Pedro Amâncio Borges de Araújo Filho “TENHO HORÁRIO PARA COMEÇAR A TRABALHAR, NUNCA PARA ACABAR”

P

edro Amâncio é um exemplo de dedicação o otimismo. Começou a trabalhar aos 18 anos como boy até alcançar o posto de caixa e, com muita competência, ser elevado ao nível de gerente regional da Tintas Coral. Hoje, aos 63 anos, mas com um espírito jovem e uma mentalidade à frente que acompanha as mudanças do tempo, Pedro trabalha em seu próprio negócio como representante da Tintas Iquine e atua também como Diretor de Patrimônio do Esporte Clube Vitória. Católico e de família tradicional que preza os valores morais do convívio em sociedade, o empresário faz questão de se dedicar nas diversas funções que desenvolve, sempre com um bom humor invejável. Mesmo com o diadia atarefado, ele aproveitou uma folga para conversar com a Revista Acomac-BA e falar sobre sucesso, valores, talento e mudanças.

Como é a sua rotina profissional? Eu só trabalho focado e só tenho hora pra começar, nunca pra acabar. Também nunca fiz nada sozinho, sempre deleguei a minha equipe e procuro dar o exemplo na empresa sempre. Chego cedo à empresa, acompanho todo o processo desde a compra até a entrega dos pedidos. No meu dicionário não existe a palavra perder. A gente deixa de ganhar. A gente não vê problemas, vê soluções, procurando viver bem. Então, eu procuro respeitar as normas e respeitar as outras pessoas. Eu trato as pessoas que trabalham comigo como se fossem da minha família. Na vida eu aprendi a conquistar as pessoas e a conquistar meu espaço com carinho, respeito e dedicação. 36 ACOMAC BAHIA

“Lojas associadas à Acomac-Ba vendem com regularização, pagando seus impostos e comercializando produtos de qualidade”

E a relação familiar? Adoro meus três filhos, meus irmãos, minha mulher! Sou casado há 35 anos e ainda hoje ligo pra minha mulher e falo: “tô com saudade de tu, meu desejo”. Como o senhor se descreve? Hoje me sinto um garoto, com muita disposição pra trabalhar e fazer uma comunidade melhor. Procuro sempre superar novos desafios. A gente não pode parar, tem que estar sempre estudando, aprendendo, sempre atualizado. O que faz nas horas vagas? Nas horas vagas eu leio, vou ver meu Vitória jogar, passeio ou viajo. Sempre me reúno com a família para tomar meu banho de piscina, também jogo dominó. Eu sou um homem feliz! E realizado? Realizado, mas ainda tenho muita coisa pra fazer.

Conte um caso inusitado dos anos como representante. Eu tinha um cliente que era gago e quando eu ia lá tentava acertar o que ele queria pedir. Depois de tentar e não acertar uma, eu disse: “ó chefe, escreva no papel senão eu vou ficar o dia todo aqui. E outra, eu daqui a pouco eu vou ficar gago também” (rs). O que você espera da gestão de José Barbosa, novo presidente da Acomac-BA? Tenho certeza que ele vai fazer uma boa administração. Nós apoiaremos no que precisar. “Barbosinha” com toda a nova diretoria vai fazer ainda mais, embora a gente saiba que é difícil. Qual a importância para o consumidor de comprar nas lojas associadas da Acomac-Ba? São lojas que vendem com regularização, pagando seus impostos e comercializando produtos de qualidade.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

Página 37

Por Maurício Góis

Vendas

Abrir clientes fechados AS 5 CHAVES DO RAPPORT NA ABERTURA DA VENDA Você tem a chave, mas o cliente está fechado para você. O que fazer? Bem, o principal segredo é você não ter uma chave única, pois cada cliente é uma fechadura diferente. Só há uma chave que dá certo com todos: estabelecer rapport, isto é, criar imediatamente um relacionamento de confiança, aceitação e afinidade emocional. Para isto você tem o espelhamento corporal, a sintonização de voz e o ajuste da linguagem. Bem, vamos resumir tudo isto em 5 chaves essenciais para você abrir clientes fechados:

1.

A chave da igualdade. Pesquisas revelam que temos a tendência de confiar em pessoas que são iguais a nós. Contratamos pessoas que se parecem conosco na personalidade. Casamos com pessoas que têm o mesmo porte físico que nós (o que não quer dizer que magricelas se casam com magricelas). Semelhantes se atraem. Então, se o cliente fala devagar, fale devagar. Se você ajusta o seu comportamento segundo o comportamento de seu cliente você cria rapport. Quem fala rápido ou alto tende a não confiar em quem fala devagar ou baixo. Pesquisas mostram que quem fala rápido tende a pensar que quem fala baixo é inseguro ou está escondendo alguma coisa. O cliente que fala devagar tende a pensar que quem fala rápido está querendo “levá‐lo na conversa”. O subconsciente do cliente estranha. E então, ele se fecha. Ruim para você, heim?

2.

A chave do elogio meritório indireto. Diga logo de cara: “Senhor Antunes, eu soube que o senhor ajudou sua empresa a ganhar pontos preciosos no mercado e eu estava curioso por conhecê‐lo”. Ou: ‐ “Ao entrar em sua empresa eu percebi que seus funcionários parecem felizes e isto é muito bom, penso que o senhor é responsável por isso” Abordagens deste tipo precisam ser reais e indiretas para darem certo. Dizer: ‐ “Parabéns por sua capacidade de botar o concorrente para correr”, ou: “Êta turma feliz a sua, heim?” ‐ cheira demagogia e faz o cliente se fechar ainda mais, por ele não perceber harmonia de relação.

3.

A chave da prospecção do alvo. Um cliente entra, de cara fechada, numa loja de eletrodomésticos. Ele olha primeiro para uma TV de 42 polegadas, depois para uma de 29 e a seguir para uma TV miniatura e, depois, volta os olhos de novo para a TV de 42 polegadas. Quer abri‐lo? Aproxime‐se sorrindo e “repita‐lhe” o comportamento neurolinguístico, dizendo: ‐ “Eu notei que o senhor olhou primeiro para a TV de 42 polegadas, depois para a de 29 e, após olhar para a TV miniatura, o senhor voltou e parou seus olhos na de 42 polegadas. Posso lhe perguntar o que mais o senhor gostou nesta TV? O que ela tem que chamou tanto sua atenção?” Deixe o cliente falar primeiro. Além de muitas outras vantagens, você não tem a preocupação de abri‐lo.

4.

A chave do interesse imediato irrecusável. Você diz a um cliente: ‐ “Nós desenvolvemos uma fórmula de fazer com que as máquinas de sua empresa rendam 17% a mais com 22% a menos com gastos de aditivos, eu posso lhe mostrar nossa descoberta?”. Como alguém vai continuar fechado, se você parece perguntar: ‐ Posso lhe dar dinheiro?

5.

A chave da Escutação. Estranhou a palavra? Escutação é escutar com ação. Pessoas simpáticas ouvem, pessoas empáticas escutam com ação. O Rapport perfeito acontece quando o cliente pensa: “Ninguém até hoje me ouviu e me compreendeu como este vendedor, ele é da minha tribo”. Quando o cliente se sente escutado, ele é possuído por uma sensação de segurança. Mas Rapport só funciona se você passar naturalidade e não a idéia de manipulação. Saia de seu oceano mental e mergulhe no oceano emocional de seu cliente. Ao fazer isto você não abre apenas o coração e a mente dele. Abre também a porta do lucro.

ACOMAC BAHIA 37


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

Página 38

Comportamento

Por Maurício Góis*

Abaixo a águia, viva a galinha QUER SER UM MELHOR PROFISSIONAL? PARE DE PENSAR COMO ÁGUIA E TRABALHE MAIS COMO GALINHA

T

odo mundo diz que a águia é o símbolo da excelência e a galinha é o exemplo da incompetência e covardia. Coitada da galinha no mundo dos negócios! Há muitas histórias motivacionais que colocam a águia lá em cima, nas nuvens do sucesso e do entusiasmo. A mais conhecida delas é a da águia filhote que caiu num galinheiro e, de tanto viver entre as galinhas, acabou por pensar e agir como uma delas até o dia em que bateu as asas da autodescoberta e voou para os céus da realização. No mundo corporativo, a águia é nota cem, e a galinha é o ponto zero. Mas eu quero aproveitar esse momento para ressuscitar a dignidade da galinha. Na arte de administrar uma empresa, dirigir equipes e vender mais, não há vantagem alguma em ser águia. Vamos analisar nove razões: 1. Muita gente diz que a águia é o símbolo do sucesso porque não vive em

bandos. Ora, e qual é a vantagem disso? O que se prega com essa ideia é que o trabalho em equipe não tem valor e que precisamos ser individualistas. Sua equipe pensa como bando? Ótimo, é a sua oportunidade de transformar bandos em grupos, grupos em turmas, turmas em equipes e equipes em times. Ser galinha é pensar com o espírito de “estar junto” e jamais se debandar. Ponto para a galinha!

alto de uma montanha com o aviso “voe ou morra”? Já a galinha ensina seus filhotes a andar e usa um método muito moderno: ela vai à frente e seus pintinhos a seguem. Nesse sentido, a galinha pode ser o símbolo da liderança, do treinamento e da educação corporativa. Joe Baker dizia que liderar é você ir à frente e levar seu pessoal a um lugar em que eles jamais iriam sozinhos. Viva a galinha!

2. Sim, a águia ensina seus filhotes a voar. E sabe qual é o método dela? A violência. Que raio de didática é essa que pega um filho e leva-o ao

3. A águia é citada como o símbolo do poder porque ela vê de cima. Ora, visão, missão, concentração e ação são os quatro “ãos” das pessoas fabricantes de resultados. E a visão é o sustentáculo de qualquer negócio. Mas, hoje, é preciso ter uma visão sextavada, ou seja, é necessário olhar de cima, de baixo, do lado direito, do lado esquerdo, por trás e pela frente. E olhar para frente é fazer exercícios de futurologia apostando no que poderá vir a ser. Olhar para trás é prever o que os concorrentes poderão fazer depois que você lançar seu produto ou serviço revolucionário e assim por diante. A águia só vê de cima, e a galinha não consegue ver de cima. Nesse item, é zero para as duas. 4. Para muitos publicitários, a galinha continua ainda a ser um dos símbolos do marketing. Ela produz um produto de excelente qualidade e anuncia para todo mundo que ele existe: o ovo, símbolo da embalagem perfeita. Já a águia faz tudo escondido. 5. Quem foi que disse que a águia, ao completar 40 anos, fica com as garras flexíveis e não consegue mais pegar suas presas? Quem afirmou que ela, por ficar com as asas envelhecidas, vai ao topo de uma

38 ACOMAC BAHIA


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

montanha e lá fica 150 dias se automutilando num duro processo de reconstrução? Você já consultou um ornitólogo? Pois bem, a automutilação em animais acontece em situação de grande estresse ou doenças de pele, mas não para renascimento do que se era antes. A velhice, pelo menos até agora, é inevitável para homens e bichos. Mas para os inventores de parábolas motivacionais tudo faz sentido, pois o importante é manipular a imaginação seduzida. Há pessoas afirmando que, durante os 150 dias em que a águia fica na montanha renovando o bico, remoçando as penas e recriando sua nova natureza, as outras águias do bando a alimentam. Ora, mas não se prega que a águia não vive em bando? Caramba! Vou bater palmas para a galinha. Ela é mais sincera, é o que é e pronto. 6. Sabe os três pontos que a águia tem sobre a galinha? O folclore, a cultura e a linguagem. Se você ouvir alguém dizer que “aquele homem é galinha”, por certo decodificará um significado diferente do que se ouvisse “aquela mulher é galinha”. Está aí uma das poucas vantagens da águia sobre a galinha: a linguística.

Página 39

Grande coisa! Você gosta mais de cachorro ou de gato? Mas prefere que eu lhe diga que você é um cachorro ou que é um (a) gato (a)? O marketing, as vendas e o sucesso não vivem dos conflitos entre significantes e significados. 7. A galinha é um dos ícones do carinho, afetividade e amor. Aquela história de uma galinha que, num incêndio, foi encontrada morta com as asas em cima de seus pintinhos vivos deve ser apenas uma ilustração, mas pode ser verdade. O caráter/instinto da galinha é capaz de tal façanha, e o lema da águia é “salve-se quem puder”. 8. A galinha é o símbolo da prestação de serviço. Aliás, ela presta serviço enquanto está viva, ao botar ovos, e, quando morre, beneficiandonos com sua carne. Há algum açougue que vende ovo e carne de águia? Um bom profissional imita a galinha: quando o cliente está vivo, o gerador de lucros oferece bons produtos e serviços e, quando o cliente “morre”, isto é, deixa de ser cliente, ele dá seu sangue para recuperá-lo. 9. A ideia de que a galinha é o símbolo do envolvimento, e não

do comprometimento, não é verdade. Prega-se por aí que o boi (alguns dizem que foi o porco) abriu uma empresa com a galinha, mas ela não foi para frente porque, enquanto a galinha botava um ovo, o boi dava o sangue, ou seja, se comprometia. Ora, quem disse que se comprometer é morrer? Morrer pela empresa não é a questão, desafiador mesmo é viver por ela. Uma galinha de fazenda bota um ovo de boa qualidade e volta no outro dia para botar outro – e garanto que ela nunca ouviu falar de kaizen, just in time e círculos de controles de qualidade. Bem, depois de reler este artigo, tomei uma decisão: confesso que não tenho vocação alguma para soltar a franga, mas vou despertar a galinha que existe dentro de mim. É uma das opções que eu encontrei para voar como uma águia. *Maurício Góis é escritor, palestrante e consultor. Visite seu novo site: www.mauriciogois.com.br contato@mauriciogois.com.br Siga no twitter/mauriciogois1 *Veja no YouTube 35 vídeos digitando “Maurício Góis”.

ACOMAC BAHIA 39


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:10

Página 40

Evento

FEICON BATIMAT 2010 prepara novidades e aponta fortalecimento do setor de construção no País COM TODA A SUA ÁREA VENDIDA, FEIRA SERÁ PALCO DE LANÇAMENTOS E REVELARÁ TENDÊNCIAS PARA O MERCADO PROFISSIONAL, EDIFICADAS SOBRE PERSPECTIVAS POSITIVAS PROJETADAS PARA A ÁREA DE NOVAS CONSTRUÇÕES E REFORMAS

P

ronta para receber o visitante especializado do setor, ávido por produtos e soluções inovadoras, a próxima edição da FEICON BATIMAT 2010 (18ª. Feira Internacional da Indústria da Construção) já colhe os frutos do momento favorável que cerca o País, com expectativa de crescimento econômico e reflexo sobre o aquecimento de obras de infraestrutura pública e privada, que geram empregos e riqueza para o Brasil. A Feira acontece num momento de mercado aquecido, já que as vendas de material de construção registraram alta de 4,2% em 2009, atingindo um faturamento de R$ 45,04 bilhões. A previsão para este ano é de um crescimento de 10%, segundo a ANAMACO (Associa-

40 ACOMAC BAHIA

ção Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), acima da própria evolução prevista para o PIB (Produto Interno Bruto) em torno de 5% a 6%. Contribuem para conjuntura favorável do setor a redução do IPI sobre o material de construção, medida que se estende até 30 de junho próximo e as novas linhas oficiais de financiamento para construção da casa própria. A Feira será realizada entre os dias 6 e 10 de abril de 2010, das 10h às 19 h, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, que junto com a EXPOLUX (12ª. Feira Internacional da Indústria da Iluminação) compõe a SEMANA INTERNACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E ILUMINAÇÃO DE SÃO PAULO, contará com a participação de

597 expositores de 29 países e espera receber 172 mil visitantes, entre arquitetos, engenheiros, construtores, lojistas, representantes de home centers e compradores do exterior, além de consumidores interessados em construir ou reformar. Na edição passada, a Feira foi o espaço escolhido para a apresentação de aproximadamente 2.500 diferentes lançamentos voltados ao segmento da construção. O êxito do evento já pode ser medido pelo fato de que oito meses antes de sua realização a área da SEMANA, de 85 mil m², já estava praticamente toda comercializada, com fila de espera para a edição de 2011 da FEICON BATIMAT. Para Jair Saponari, Diretor de Feiras da Reed Exhibitions Alcantara Machado,


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:24

Página 41

organizadora e promotora do evento, “o sucesso da FEICON BATIMAT se deve não apenas ao clima de otimismo na construção civil, que aumenta a possibilidade de novos negócios, mas principalmente pelo alto nível dos expositores nacionais e do ineditismo dos lançamentos reservados para a Feira. Outro ponto que faz a diferença é a rede de relacionamentos e de conhecimento que se cria em torno do evento”. Os cuidados com a infraestrutura da Feira também prosseguem. Além de todas as benfeitorias recentes nas áreas comuns do Pavilhão de Exposições, a novidade na FEICON BATIMAT é a ampliação de mais de 30% no espaço da praça de alimentação, para atender de forma completa e com conforto todos os expositores e visitantes.

de construção - também é a oportunidade para reciclar conhecimento, de 6 a 9 de abril, das 9 às 18 horas, será realizado, simultaneamente à Feira, o NÚCLEO DE CONTEÚDO. Apresentações e debates sobre temas pontuais de interesse do setor, que acontecem em dois endereços: Palácio das Convenções do Anhembi (Auditório Elis Regina): dia 7/4 - Seminário Gestão de Custos e Produção de Empreendimentos Imobiliários, Metodologias de Trabalho para um Novo Ciclo de Crescimento da Construção Civil; dia 8/4 - II Conferência Internacional de Arquitetura FEICON BATIMAT que discutirá a programação de obras a serem executadas nas cidades-sede da Copa do Mundo e dia 9/4 Seminário Green Building Council: Construindo um Brasil Sustentável.

Os expositores

Hotel Holiday Inn Parque Anhembi (Sala Kiró): dia 6/4 - Seminário Brasileiro de Material de Construção Anamaco 2010; dia 7/4 - VI Simpósio SINCOMAVI

Integram o universo de expositores da FEICON BATIMAT estrelas de primeira grandeza como: Bosch, Corona, Ebel, Esteves, Eternit, Fortlev, Kelly Metais, Komeco, Lorenzetti, Lukscolor, Pado, Sicmol, Soletrol, Stam, Tramontina, Transsen, Universo, Vonder, Votorantim, Vedacit, entre outras. Na EXPOLUX, que conta com área cerca de 30% maior nesta edição, o brilho fica por conta de empresas como: Bella Iluminação, Bella Luce, Bronzearte, FLC, Interlight, Intral, Itaim, Legrand, Mantra, Munclair, New line, Osram, Philips, Pier, Revoluz, Sil, Steck e Dimilux, Taschibra.

Conhecimento em alta Para provar que a FEICON BATIMAT 2010 - o importante pólo de negócios para expositores e compradores da área

Quem apoia A SEMANA DA CONSTRUÇÃO E ILUMINAÇÃO EM SÃO PAULO é o principal evento do setor da América Latina e o terceiro no mundo e tem o apoio das principais e mais representativas entidades do setor: ABILUX (Associação Brasileira da Indústria da Iluminação), ABIMAQ (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos), ABMACO (Associação Brasileira de Materiais Compósitos), ABRAFATI (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas), ABRAMAT (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), AFEAÇO (Associação Nacional dos Fabricantes de Esquadrias de Aço),

AMESSP (Associação de Metais Sanitários de São Paulo), ANAMACO (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), ANICER (Associação Nacional da Indústria Cerâmica), FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DE SÃO PAULO, SIAMFESP (Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não Ferrosos do Estado de São Paulo), SINCOMAVI (Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção, Maquinismos, Tintas, Louças e Vidros da Grande São Paulo), SINDILUX (Sindicato das Indústrias de Lâmpadas, Aparelhos Elétricos e Iluminação do Estado de São Paulo), SINDUCON-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo). Mais informações FEICON BATIMAT / EXPOLUX Data: 6 a 10 de abril de 2010 Horário: 10h às 19h Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209 São Paulo www.feicon.com.br NÚCLEO DE CONTEÚDO Data: 6 a 9 de abril de 2010 Horário: 9h às 18h Local: Hotel Holiday Inn Parque Anhembi (Sala Kiró) e Palácio das Convenções do Anhembi (Auditório Elis Regina). Endereços: Rua Prof. Milton Rodrigues, 100 - Santana | São Paulo/SP, e Avenida Olavo Fontoura, 1209 - Santana | São Paulo/SP, respectivamente. Inscrições: feicon.inscricao@reedalcantara.com.br Contato: (11) 3717-0737 ACOMAC BAHIA 41


acomac58 FINAL:Layout 1

Capa

29/03/2010

20:24

Página 42

Por Anaísa Freitas Fotos Divulgação

Perspectivas e desafios para o setor de materiais de construção em 2010

P

ós-carnaval, o mercado de materiais para construção civil está mais otimista. O ano passado representou transtornos para o setor, que amargou o recuo de vendas no primeiro semestre e um tímido crescimento no segundo. Dados da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) apontam queda de 12% no volume de vendas só no primeiro bimestre de 2009. As perdas foram causadas, essencialmente, pelo clima de desconfiança do consumidor diante do panorama de crise mundial. Esse ano, a expectativa do momento é de que o mercado se aqueça, especialmente por ser um ano de eleições e também por representar o início das obras para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016. Dados recentes da Abramat (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção) revelam que, em fevereiro, as vendas de materiais de construção

42 ACOMAC BAHIA

no país aumentaram 19%, em relação ao mesmo mês do ano passado. Já no varejo de materiais de construção, os números apontam desempenho de apenas 12%, para o mesmo período, em pesquisa da Anamaco. Na projeção de Cláudio Conz, presidente executivo Anamaco, estima-se um crescimento acima de 10% para o setor. Segundo ele, há fatores responsáveis pelas boas perspectivas, tais como o incentivo da continuidade de redução do IPI, prorrogada até 30 de junho, o impacto do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, e a ampliação dos financiamentos imobiliários. Esse ano, os números dos financiamentos habitacionais com recursos da poupança serão acima de R$ 40 bilhões, bem superiores aos R$ 30 bilhões efetuados em 2008 e 2009. O anúncio do aumento na renda da classe C

também amplia as possibilidades do setor de materiais de construção para o novo ano. De acordo com a pesquisa da Anamaco, em parceria com a Latin Panel, 2/3 das 55 milhões de habitações brasileiras hoje precisam de algum tipo de reforma. “Assim, temos uma conjuntura favorável ao crescimento do setor devido à combinação de diversos fatores. Os números são muito fortes”, comemora Cláudio. Na avaliação de José Barbosa, presidente licenciado da AcomacBA, esse é um ano


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:24

Carlos Alberto Vieira Lima

especial, principalmente porque reflete um cenário pós-crise, que, por sua vez, requer um otimismo dos integrantes do setor. “O consumidor está confiante e vai voltar às compras”, afirma. Há expectativa de ganhos favoráveis ao setor também no entendimento de Geraldo Cordeiro, ex-presidente da Associação. Para ele, todo o panorama econômico vivenciado leva a expectativa de um excelente ano para o setor de materiais de construção. “O pessimismo já passou e tudo isso anima o ano com muitas obras e lançamentos. Ano passado o Governo fez a parte dele, com ações enérgicas para reduções de IPI e ampliação das linhas de financiamento”, argumenta. De acordo com a Sondagem de Expectativas das Indústrias de Materiais de Construção, pesquisa realizada pela Abramat, em janeiro, 71% das empresas do setor mostraram-se otimistas para esse ano. Em fevereiro, o número chegou a 78%, refletindo o aumento de expectativa no desempenho. Na análise das indústrias de construção da Bahia, conta-se com os investimentos públicos em obras de infra-estrutura como os principais responsáveis pelo

Página 43

Cláudio Conz

crescimento do setor. De acordo com Carlos Alberto Vieira Lima, presidente do Sinduscon-BA (Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia), as obras no estádio da Fonte Nova e da Via Expressa, na região da Rótula do Abacaxi, fazem parte desse rol de fatores benéficos. A construção baiana tem como aliado adicional o fato de ser esse o ano de incremento do Programa “Minha Casa, Minha Vida”. “São 32 mil unidades já iniciadas na Bahia e mais 6 mil para começar em março e ir até maio”, explica. Mesmo com forças renovadas para manter uma meta em torno de 8% de crescimento, Carlos afirma que ainda há um intenso diálogo com o Governo Estadual, no sentido de fortalecer a indústria da construção civil local, fazendo com que o consumo interno seja feito com produtos de fabricação baiana. Outro desafio que permeia o cenário do Estado e desponta como um provável fator inibidor para o incremento de produção é a baixa qualificação da mão-de-obra. As vagas que sobram nesse mercado acabam sendo preenchidas por empregados de outros estados, como explica o presidente do Sinduscon-BA. “Nós já estamos agindo,

Osmar Araújo

abrindo diálogo com escolas de qualificação e mobilizando o Governo e os grandes empresários, no sentindo de lançar o treinamento de multiplicadores”, avalia Carlos.

Atacado e varejo em ritmo de expansão na Bahia 2010 será um ano de resultados para o grupo Dismel, como corolário dos investimentos feitos no ano passado, de acordo com o argumento de Osmar Araújo, Diretor Administrativo Financeiro. Duas novas lojas, aprimoramento do sistema de informação e mais todo o aprendizado que a crise de 2009 rendeu ao grupo renovam as expectativas de crescimento para 12% neste ano. Na avaliação de Osmar, há fatores que devem influenciar nesse crescimento, como, por exemplo, o destaque para os efeitos do “boom imobiliário de 2008”. “Os imóveis começam a ser entregues esse ano, aumentando as vendas de itens para acabamento, tintas, iluminação e outros”, complementa. O grupo aposta em estratégias de marketing para manter as vendas aquecidas por todo o ano, participando da ACOMAC BAHIA 43


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:24

Página 44

Capa

Silvio Corrêa

Liquida Salvador 2010 e, já em abril, iniciando a campanha de aniversário de 48 anos da Dismel, com promoções para os clientes. O momento de crise anterior também foi visto com otimismo por Silvio Corrêa, Presidente em Exercício da Acomac-Ba e Diretor da Comercial Ramos. De forma reflexiva, a empresa aproveitou o período para adotar novas diretrizes e, para 2010, vislumbra uma expansão não apenas no mercado onde já atua, mas consolidando participação em novas cidades do Estado. Confiante na injeção de capital que o país deve sofrer por conta dos novos projetos ligados a Copa 2014, Silvio acredita nas influências positivas que

44 ACOMAC BAHIA

esses podem gerar no varejo de materiais para construção. Além das tradicionais ações para manter as vendas aquecidas, a exemplo de promoções, a Comercial Ramos dará inicio em abril a nova campanha de comunicação. “Ela sucederá a atual Promoção Tamanho Família”, explica Silvio. Mesmo com a intenção de manter o mesmo ritmo de atuação do ano passado, o empresário atacadista e membro do conselho da Acomac-BA, José Gargur, vislumbra um momento de ampliação nos negócios. Atuar como intermediário entre a indústria e o varejo de materiais de construção dá a ele a possibilidade de ganhos em competitividade. “Eu sempre penso positivo e esse mês já estou esperando crescimento. Se esse ano for igual ao segundo semestre do ano passado, eu fico feliz”, ressalta.

Nilson Sarti

Crescimento imobiliário no Estado As metas estabelecidas pela AdemiBA (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia) para o mercado baiano agrupam a venda de 15 mil unidades e mais um crescimento esperado em 30%, em relação a 2009. “Estamos com uma expectativa boa de vendas, a economia se recuperou da crise econômica e todos estão com uma visão muito otimista para o ano”, avalia Nilson Sarti, presidente da Associação. Ele reitera a importância do projeto “Minha Casa, Minha Vida” e das linhas de financiamento da Caixa Econômica Federal (que favorecem os imóveis até R$150 mil) como fatores essenciais para o crescimento projetado. Com a dinâmica que se observa na expansão imobiliária local, a Região Metropolitana de Salvador e, desse modo, Camaçari, Lauro de Freitas e a região da Paralela continuam como as áreas de atração para novos empreendimentos. Para o setor varejista de construção civil, a multiplicação desses novos empreendimentos responde pela significativa elevação nos índices de venda.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:24

Página 45

Por Cláudio Elias Conz * Foto Divulgação

Espaço Anamaco

Amianto Crisotila Antecipação de Tutela

A

doutora Juíza da 9ª Vara da Fazenda Pública, Dra. Simone Gomes Rodrigues Casoretti, acatando os argumentos expostos pela FECOMAC SP, concedeu medida liminar, na Ação por ela interposta, inibindo a fiscalização dos Agentes do Estado de São Paulo nas lojas de material de construção que comercializam produtos de amianto crisotila, inclusive determinando que os agentes fiscais, ao procederem qualquer fiscalização neste sentido, abstenham-se de danificar, estragar ou praticar qualquer dano nos produtos comercializados pelas associadas, sob pena de pagamento de multa diária. Vale ressaltar ainda, que a FECOMAC SP continua aguardando a decisão final de mérito, que deverá por um ponto final na pendência existente na comercialização do amianto crisotila, no Estado de São Paulo. A Anamaco defende o uso controlado e responsável do amianto crisotila, com segurança para o trabalhador e para a sociedade. Trata-se de um assunto prioritário em todas as fábricas existentes no Brasil e na única mineradora a Sama, em Goiás que envolve, inclusive, a participação de trabalhadores, organizados em comissões fiscalizadoras de fábricas, conforme acordo tripartite para uso controlado e responsável do amianto crisotila. É importante destacar que a implantação do uso controlado do amianto crisotila no Brasil - previsto na Lei Federal e normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho - eliminou riscos à saúde humana e ao meio ambiente no processo de extração e transformação, impondo formas responsáveis, seguras e controladas de trabalho. Assim, não se registra nenhum caso de disfunção respiratória relacionada ao amianto entre os trabalhadores do setor, que iniciaram ativida-

des a partir do início da década de 80. Vale ressaltar ainda que não há registro na literatura médica e científica, nem mesmo na Organização Mundial da Saúde, de que a população brasileira tenha contraído qualquer doença em função do uso de telhas e caixas d’água de fibrocimento, fabricadas com amianto crisotila. Esse fato é atual objeto de estudo de pesquisa científica realizada pela Faculdade de Medicina da USP, em parceria com a Escola Paulista de Medicina – UNIFESP e com a UNICAMP e conta com o apoio de diversas entidades. Denominada “Exposição ambiental ao abesto: avaliação do risco e efeitos na saúde”, a pesquisa tem o objetivo de avaliar os reais riscos do amianto das telhas e caixas d’água das residências brasileiras. A proposta da pesquisa é avaliar as concentrações dos níveis de fibra e os eventuais impactos do amianto à saúde. Estão sendo analisados pontos de coleta para saber quanta fibra existe no ar fora do ambiente de amianto e dentro das residências com telhados deste material. Também estão sendo pesquisadas as pessoas que viveram por 15 anos ou mais sob tetos de fibrocimento, com avaliações clínicas, ocupacionais e radiológicas. A pesquisa também avaliará os efeitos da exposição ocupacional em ex-trabalhadores da atividade de mineração de abestos e grupos de profissionais, como os montadores, que manuseiam diariamente o produto. Somente após o término da pesquisa, cujos resultados devem ser apresentados em 2010, poderemos com segurança, nos posicionar sobre este assunto. A Anamaco se compromete, perante a opinião pública, a acatar a recomendação destes estudos técnicos e científicos, orientando as 138 mil lojas de material de construção em atividade no Brasil.

*Cláudio Elias Conz é presidente da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), do Sincomaco (Sindicato do Comércio Atacadista de Materiais de Construção do Estado de São Paulo), do IBSTH (Instituto Brasileiro de Serviços e Tecnologia na Habitação) e do CTECH (Comitê Nacional de Desenvolvimento Tecnológico da Habitação - ligado ao Ministério das Cidades). É também membro do Conselho Curador do FGTS, representando a Confederação Nacional do Comércio (CNC) e recentemente assumiu a presidência da Câmara da Construção da Fecomércio de São Paulo.

ACOMAC BAHIA 45


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Artigo

20:25

Página 46

Por Tom Coelho

O Sexto Homem

L

eandro Barbosa, ou apenas Leandrinho, é um dos brasileiros a brilhar na liga norte-americana de basquetebol, a NBA. O armador foi eleito o melhor sexto jogador da temporada 2006/2007 e o segundo melhor na temporada 2007/2008. Eu disse “sexto jogador”. Isso significa que ele é um dos melhores reservas do mundo. Inicia os jogos no banco, sendo chamado a participar no decorrer das partidas quando entra e resolve: muitos pontos convertidos e ótimas assistências realizadas. O arqueiro do São Paulo, Rogério Ceni, era apenas o terceiro goleiro do Sinop Futebol Clube nos idos de 1990. Durante o campeonato estadual, o goleiro titular e o primeiro reserva ficaram lesionados. Ceni assumiu a posição e já na partida inaugural defendeu um pênalti. Sua equipe sagrou-se campeã naquele ano e logo depois ele principiaria uma carreira vitoriosa em sua atual equipe. Os dois exemplos relatados demonstram que não ser o primeiro pode ser uma condição apenas temporária. E a lição é perfeitamente aplicável ao mundo corporativo.

46 ACOMAC BAHIA

A maioria dos profissionais que inicia uma carreira almeja alcançar o topo da pirâmide com a maior velocidade possível. Subir na hierarquia, acumulando dinheiro, poder e realizações. Mas sendo este é o desejo de muitos é evidente que o funil de oportunidades é rigoroso. Poucos têm êxito. E mesmo os bem-sucedidos descobrem com rapidez que mais difícil do que chegar ao cume é permanecer por lá. Se você está no banco de reservas, o que simbolicamente equivale a integrar o segundo ou terceiro escalão em sua empresa, aproveite o momento para preparar sua ascensão futura.

mente pela companhia e compreender sua estrutura de poder. Pesquise e observe quem é quem, como funcionam as relações interpessoais. Olhos abertos e boca fechada. Não é por acaso que ascensoristas e office-boys são tão bem informados.

3. Melhore Pratique o kaizen, ou seja, o aprimoramento contínuo. Exercite suas habilidades, eleve sua destreza no exercício das tarefas. Faça mais com menos. Gaste menos tempo executando para sobrar mais tempo para pensar e planejar. Assim você começará a se destacar.

1. Aprenda 4. Conheça

Enquanto subalterno, seguramente você está vinculado a atividades operacionais. Em lugar de reclamar desta condição, aproveite para aprender tudo sobre o seu trabalho –e sobre o trabalho dos outros. Lembre-se de que os fundamentos são essenciais. Não se pode calcular uma integral de uma função sem compreender as quatro operações matemáticas básicas.

Procure estabelecer relações interpessoais verdadeiras. Neste estágio você será avaliado por seus pares pelo que você de fato é e não pela posição que ocupa. E poderá construir uma teia de amizades que lhe dará suporte quando estiver lá em cima. Seja solícito com todos, mas evite entrar em “panelas”!

2. Observe

5. Prepare-se

Como você é pouco notado, pode transitar livre-

Se trabalhar com afinco, esteja certo: sua hora chegará. Por isso, aproveite o distanciamento que sua posição atual lhe confere para lapidar suas competências. Projete a “pessoa ideal”, aquela que vislumbra ser, e planeje sua escalada. No decorrer deste processo, você poderá atirar no que viu e acertar no que não viu. Talvez opte por mudar de empresa. Talvez decida, por exemplo, redirecionar sua carreira para a forma consultiva ao invés de executiva. Alguns atletas descobrem que jamais serão craques, mas podem ser ótimos técnicos. Ou que podem ser apenas o sexto homem e ainda assim fazer toda a diferença.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 47

Por Aina Kaorner Fotos Divulgação

Ecomac

19º Ecomac/7ª Convenção da Acomac-BA

J

á começaram os preparativos para a realização do maior evento do setor de materiais de construção do Brasil. O 19º Ecomac/7ª Convenção da Acomac-BA já tem data marcada: entre 14 e 17 outubro. Este ano o encontro será no hotel cinco estrelas do Litoral Norte, o Grand Palladium Imbassaí Resort & SPA, da marca Palladium Hotels & Resorts. O empreendimento está localizado em um paradisíaco local rodeado de natureza e belíssimas praias, próximo a Praia do Forte, na Bahia. Possui 654 acomodações, piscinas, kids club, área para prática de esportes, SPA’s, além de restaurantes temáticos. O tema do 19º Ecomac será “O novo Brasil: Desafio do mercado de material de construção”, e a expectativa é da participação de 1.300 pessoas. DENTRE ALGUNS DOS PATROCINADORES JÁ CONFIRMADOS PARA O EVENTO ESTÃO A ASTRA, CORAL, ELIZABETH, ETERNIT, GRAU 10, GYOTOKU, IQUINE, MEBER, PADO, PAPAIZ, REDE BAHIA, SHERWINWILLIAMS, SIKA, SIL, SUVINIL, TIGRE, VEDACIT, VÍQUA E VOTORANTIM.

ACOMAC BAHIA 47


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Crédito

20:25

Página 48

Por Aina Kaorner

Facilidade na hora da compra LINHAS DE FINANCIAMENTO AUMENTAM AS VENDAS NO SETOR DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

A

s linhas de financiamento surgiram como uma oportunidade de crescimento para as empresas, tanto no quesito produtividade quanto nas vendas. Com o parcelamento da compra, o cliente encontrou mais facilidade na hora de adquirir produtos e realizar o sonho da casa própria ou a tão esperada reforma do imóvel. Os associados Acomac/Anamaco têm vantagens extras com a implantação desses convênios, pois recebem um retorno financeiro a curto prazo, sem ficar com o capital empatado, além da segurança de que não haverá a devolução do cheque, pois a cobrança fica por conta da empresa que realiza o financiamento. “A financeira assume 100% o risco do lojista”, garante Edinalva Oliveira, Consultora Comercial da Losango. Além da redução do risco e custos com manuseio de cheques, o lojista dispõe de maior praticidade e rapidez no financiamento. “No BB Crédito Material de Construção o recebimento é à vista e a operação não tem nenhum custo adicional, funciona como uma operação de débito comum”, conta Elisabete Santana, Analista da Superintendência Estadual do Banco do Brasil na Bahia. Neste caso, ainda existe a possibilidade do pagamento das despesas com o aluguel da máquina operadora de cartão por meio da remune ração das vendas efetuadas. Para facilitar as transações, no final de 2009, a Anamaco assinou um convênio nacional com uma empresa de tecnolo48 ACOMAC BAHIA


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

gia da informação, com o objetivo de agilizar o processo de liberação dos créditos das lojas associadas às Acomacs aos clientes Caixa. Essa empresa de TI passa a operar o crédito direto ao consumidor para a compra de bens duráveis. Inicialmente o processo só está valendo para o Caixa Fácil, mas já está em negociação a validação do processo também para a linha Construcard. O método é bastante simplificado e utiliza uma plataforma tecnológica via web, que é fornecida ao varejista associado da Acomac sem custo. As lojas associadas à Acomac podem ter acesso à linha Caixa Fácil com plataforma web, gratuita, sem cobrança de TAC ou Tarifa de Confecção de Cadastro do Cliente, com a primeira parcela para até 93 dias. Abaixo, algumas das possibilidades de financiamento disponíveis para os consumidores de materiais de construção.

Caixa Econômica O Sistema Caixa Fácil é um convênio entre redes de varejo de médio e grande porte e a Caixa Econômica Federal, recebendo em seu estabelecimento um representante legal do Correspondente Caixa Aqui, para operar a linha de crédito para os clientes interessados. O financiamento é feito por meio do Sistema de Microfinanças e Correspondentes (SIMIC), que submete a proposta a uma análise de cadastro, realizada pela Caixa. Em caso de aprovação, é colhida a assinatura do cliente na Cédula de Crédito Bancário (CCB) e os boletos são impressos, no momento da compra, caso o cliente opte por este meio de pagamento. O conveniado envia à agência de vinculação as CCB para conferência da conformidade e liberação dos recursos ao lojista. A outra vantagem é que em cada operação de crédito realizada, o lojista recebe um percentual de remuneração e ainda pode realizar outras

Página 49

”Os associados Acomac/Anamaco têm vantagens extras com a implantação desses convênios, pois recebem um retorno financeiro a curto prazo, sem ficar com o capital empatado, além da segurança de que não haverá a devolução do cheque, pois a cobrança fica por conta da empresa que realiza o financiamento”

transações financeiras, como pagamentos de contas e recebimento de benefícios. O Construcard é o financiamento que a Caixa oferece para o consumidor adquirir materiais de construção para reformar ou ampliar a casa, com crédito de seis meses de compras e 54 meses para pagar as prestações do financiamento com débito em conta corrente. Para financiar a compra diretamente nos estabelecimentos conveniados existe o Crediário Caixa Fácil, destinado ao público de menor renda, com taxas de juros prefixadas, flexíveis e com valor máximo de financiamento de R$ 10 mil. O prazo é de 24 meses e o pagamento poderá ser feito por meio de boleto bancário ou débito em conta corrente. A taxa de

juros será definida por cada rede, mas deve ser em média de 3% ao mês, menor do que a do mercado, que chega a 7%. Para obter o crédito, basta procurar uma agência da instituição e apresentar o RG e o CPF, além de comprovantes de renda e de residência.

Bradesco O Convênio João de Barro é uma linha de financiamento para a compra de material de construção com prazo de pagamento em 10 vezes sem juros ou até 48 meses com juros a partir de 1,89% ao mês. Os valores do financiamento são de no mínimo R$ 500 e no máximo R$ 7.000. Com o orçamento, o cliente vai à sua agência Bradesco de relacionamento e solicita o financiamento. Com o crédito aprovado, apresenta ao lojista o protocolo de aprovação e concretiza a compra. O programa é disponível para as lojas associadas à Anamaco/Acomacs e correntistas do Banco Bradesco.

Banco do Brasil O BB Crédito Material Construção é o crédito oferecido nas lojas conveniadas, parcelado em até 60 meses e com até 180 dias para começar a pagar. O valor da prestação do financiamento vai de R$ 70 à R$ 50.000, o mesmo definido na "Prestação para CDC" (este valor pode ser verificado no final do extrato da conta corrente, na coluna "Valor de Referência", na linha "BB Crediário/Construção"). A cobrança das parcelas é efetuada mensalmente na conta corrente. Mais informações no site www.bb.com.br.

Losango A Losango oferece pagamento através de carnê, em até 18 parcelas; e em cheque, até 24 parcelas, com 60 dias até pagamento da primeira. Os documentos necessários são RG, CPF, comprovante de renda e de residência. A aprovação depende de análise de crédito. ACOMAC BAHIA 49


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Mercado

20:25

Página 50

Por Aina Kaorner

Quanto vale o que você vende? AS DICAS DE LUÍS ALBERTO MARINHO PARA ALAVANCAR AS VENDAS

A

s notícias são otimistas: vendas do comércio varejista nacional crescem e se recuperam significativamente na pós-crise. O resultado positivo é divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No segundo semestre de 2009, 800 mil empregos foram perdidos nos EUA e em 2010 houve uma queda com registro de pagamento de 0,2 dólares por hora trabalhada. O quadro aponta mais pessoas procurando emprego do que emprego oferecido. Já no Brasil, cresce 3,4% a renda média do trabalhador baiano. “Enquanto o mercado americano está em crise, o brasileiro encontra-se emergente”, diz o sócio diretor da BrandWorks, empresa especializada em marketing de varejo, Luís Alberto Marinho. Para manter as finanças de vento em popa é preciso se adequar aos avanços do mercado. Confira as dicas do especialista:

Bom e barato Para Marinho a solução está na eficiência e

50 ACOMAC BAHIA

valor. Todo consumidor busca qualidade a preços acessíveis. Um exemplo disso são as grandes lojas fast fashions, como a Top Shop, em Nova York, que mesmo com a crise continua de casa lotada e com fila na porta.

Conheça o que você vende Analisar as compras passadas para planejar as futuras é importante para evitar investimentos desnecessários e saber o que seu cliente exatamente quer. Desenhar cenários permite simular a viabilidade futura das ações de plano.

Descubra quem é o seu cliente Os programas de fidelidade são uma boa opção para buscar informações sobre o consumidor, além de tornar-se um bom diferencial na hora de convencer o consumidor a comprar seu produto. A exigência do cadastro e monitoração das compras garantem efetivas ações de planejamento estratégico.

Alie-se à tecnologia De acordo com o Ibope, no Brasil há 66 milhões de internautas, representando um terço da população brasileira. A internet vem como forte aliada na pesquisa preço, por isso seu cliente já sabe mais ou menos quanto custa o que ele quer comprar, antes mesmo de ir à loja. Já experimentou criar um Twiter, Orkut, Facebook ou My Space da sua empresa? Para manter um contato direto com o público é bom ficar atento e aproveitar as novidades que a rede oferece. Outra opção é investir em lançamentos como pagamentos com cartões na hora da compra, com o próprio vendedor. O cliente agradece a extinção das filas dos caixas, pois tudo que ele precisa em tempos de internet é conforto e comodidade.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 51

Massacom MASSACOM TECNOLOGIA PRODUTOS QUE ACELERAM SUA OBRA

A

Massacom / Texturar confirma sua ten-

equipe e a profissionais que atuam no ramo.

dência de crescimento ampliando sua

Inovações nos ramos de tintas, texturas, massa

linha de produtos, abrangendo o Norte /

corrida, aditivos dentre outros surgiram ao longo de

Nordeste do Brasil com qualidade e comprometimen-

2010 e trarão mais conforto, beleza e qualidade à

to já conhecidos.

construção civil.

Entre as novidades se destaca a “MASSÚNICA” –

Merece destaque também a ampliação das ativi-

Reboco Pronto Colorido da Massacom. Disponível

dades de produção de argamassa e concreto em can-

em 13 cores, não precisa de pintura, é impermeável

teiros de obra. Diversos empreendimentos em

e tem alta durabilidade, além de representar uma

Salvador, Eunápolis, Candeias e Camaçari e novos

espetacular economia de tempo e custo final.

projetos trazem ótimas perspectivas para este biênio.

Produto utilizado em larga escala na Europa, Sul e

Colocamos nossa equipe técnica sempre à disposição

Sudeste do Brasil, MASSÚNICA surge no mercado

através de nossos e-mails: sac@massacom.com.br /

regional como uma alternativa econômica e de esté-

massacom@massacom.com.br e telefones: (71)

tica inovadora.

3381-8924 / 3244-1265 (Salvador-Ba), (85) 3295-

Ampliando suas ações a Massacom / Texturar dará treinamento às empresas que desejem capacitar sua

5088 (Fortaleza-Ce) e (82) 3359-1040 / 3355-7277 (Maceió-Al).

ACOMAC BAHIA 51


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 52

Mudanças Contabilidade das empresas a um passo de passar por grande transformação

A

s tendências apontam que as pequenas e médias empresas devem em breve ter de mudar completamente os seus registros contábeis. No que depender do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), todas as empresas brasileiras terão de adotar o padrão International Financial Reporting Standards (IFRS). No sistema de hoje, apenas os grandes grupos devem publicar o balanço do último trimestre de 2010 já dentro do IFRS, de acordo com a Lei 11.638, promulgada em dezembro de 2007. Responsável por regulamentar e supervisionar os escritórios contábeis, o CFC vem se esforçando para estender as novas normas a todos os negócios. O órgão já transformou em norma técnica a versão do código voltada às companhias de menor porte,

adaptada ao Brasil pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). O CFC estuda punições a profissionais que descumprirem as exigências. As sanções podem chegar até a cassação do registro. As pequenas e médias ainda não são obrigadas por lei a adotar as normas internacionais. As únicas exigências do gênero constam no Código Civil Brasileiro. A legislação determina às empresas de qualquer tamanho manter registros contábeis, que incluem livros e balanço, além de requisitos específicos da Receita Federal e do Ministério do Trabalho e da Previdência Social. Não há punição prevista para a falta de escrituração, mas as pessoas jurídicas em situação irregular podem perder direito a benefícios fiscais e ficar sem acesso à linhas de financiamento ou licitações.

Principais mudanças Estoque – Valor dos bens da empresa passa a ser calculado a partir do menor valor entre o custo e o preço de venda líquido. Venda a prazo – A receita em venda a prazo deve ser registrada pelo valor presente. A diferença entre o valor presente e o valor de venda é reconhecida como receita na data do vencimento da parcela. Vendas – A receita referente a venda deve ser reconhecida quando os riscos e os benefícios são transferidos ao comprador, ou seja, quando o destinatário toma posse da mercadoria. Fluxo de caixa – A demonstração do fluxo de caixa passa a ser obrigatória e substitui a DOAR para demonstrações financeiras


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 53

Por Paulo Aziz*

Artigo

Negócio “desfechado” e “refechado”

A

competitividade acirrada, no segmento de vendas de automóveis, catalisa o potencial criativo das concessionárias inteligentes. Muitas, embora nem todas, já perceberam que não adianta simplesmente padronizar um pacote de benefícios ou de serviços. Infelizmente, me deparei recentemente com uma que demonstrou não entender o básico no quesito relacionamento: é preciso atender às necessidades específicas de cada cliente, único e especial por natureza. Sou fã dos carros da Fiat. Já tive pelo menos uns seis. Mas minha paixão ficou abalada quando há alguns dias entrei numa determinada concessionária da marca com a intenção de conhecer preços e condições de pagamento de um Siena, o meu favorito. No início do meu contato com a concessionária fui atendido por um vendedor sorridente, educado e atencioso. Ele reunia em si características relevantes a um profissional de vendas. Demonstrei interesse por um determinado veículo. Iniciamos o processo de negociação. Ele sugeriu que eu desse uma olhada no carro da minha preferência. Dispensei o convite e quis ir direto aos pontos determinantes: preço, opcionais e taxa de financiamento. Em seguida começamos a negociar. Procurei saber qual seria o valor do meu carro atual como parte da entrada. Prontamente entreguei a chave e o documento do Siena. Uma equipe avaliou o carro em R$ 17 mil. Questionei, pois tinha passado anteriormente em duas concessionárias, uma na região do Bonocô e a outra nas proximidades da Paralela e em ambas a avaliação foi de R$ 20.500. Retruquei, deixando claro que não tínhamos nem como prosseguir com a conversa. Fiz menção que iria levantar, mas neste momento o vendedor pediu para que eu o aguarda-se. Ele dirigiu-se até a sua gerência. No retorno ele trouxe outra proposta no valor de R$ 20 mil. Questionei os R$ 500 para igualar a proposta com a dos seus concorrentes. Foi quando ele inteligentemente aplicou o golpe final. A oferta foi a seguinte: “Para compensar estes R$ 500 lhe daremos como cortesia um alarme no valor de R$ 450, uma Película de Segurança que custa R$ 590 e um sensor de estacionamento de R$ 400”. Aparentemente um excelente negócio, pois em troca de R$ 500 ganhei R$ 1.350 em

Paulo Aziz, Mestre em Administração Estratégica

opcionais. Só aparentemente, pois se você levar em consideração o valor de R$ 500 numa taxa de 1,19% ao mês, durante 48 meses, você estará desembolsando um total de R$ 882,22. Nesta conta parece que eu ganho, mas na verdade é praticamente “elas por elas”, pois para a concessionária o valor dos opcionais é a preço de fábrica e não de venda ao consumidor final. Sem ser muito ganancioso, vamos imaginar que a margem praticada pelo empresário é de 50%. Logo ele paga pelos opcionais o valor de R$ 675 e vende por R$ 1.350. Nesta linha de raciocínio ele perde no ato da venda R$ 675, porém ao longo de 48 meses ele recebe R$ 882,22. Ou seja, nada é de graça. Mas, até aí tudo bem. Entramos no fechamento da negociação e a resposta final foi: Negócio Fechado! Como celebração de um excelente negócio, o sino da concessionária toca alarmando a todos, clientes e vendedores, que mais um carro foi vendido. Porém, é nessa hora que surgem os sentimentos dicotômicos. De alegria por parte do vendedor, na expectativa de bater a cota do mês. E de um misto de alegria e dúvida no cliente sobre se fez ou não um bom negócio. Após o toque do sino, o vendedor me pediu que eu entregasse a ele o Documento

Único de Transferência (DUT) do carro que seria dado como entrada. Respondi que no ato da compra do carro a concessionária não tinha me dado este documento. Detalhe: a concessionária era a mesma onde eu tinha acabado de fechar um negócio. Ele procurou no seu arquivo e nada encontrou. Resumo da ópera: eu teria que providenciar junto à financiadora e ao Detran a solicitação da segunda via. Quando avisei que passaria uma procuração para que eles realizassem este serviço por mim, o negocio foi “desfechado”, já que isso não seria possível. Dois dias depois eles me ligaram com uma nova conversa, a de que pagariam a taxa da solicitação junto a financiadora no valor de R$ 150. Retornei à concessionária e fiz uma nova proposta. Disse a eles: “Se retirarem R$ 1.000 no valor final do financiamento, negócio “refechado”. Com muito esforço, o vendedor conseguiu atender a este apelo. A pergunta é: saí satisfeito? Não! Nada contra a conduta do vendedor, pois ele manteve-se profissional do início ao fim da negociação. Mas tudo contra a concessionária, pois o serviço que realmente eu necessitava, para não ter meu dia prejudicado em filas de cartório e Detran, ela negou. Vale destacar que solicitei a eles o protocolo de entrega do DUT com a minha assinatura. Até hoje eu espero! Concluindo: benefícios eu compro, serviços eu quero personalizados. As concessionárias que entenderem isso sairão na frente e não terão que entrar numa “guerra de preço” com clientes de natureza transacional, os quais só visam preço. Vale destacar que para adquirir meu carro gastei 56 minutos vida tentando fazer uma simples ligação para a financiadora, mais 70 minutos no cartório e outros 90 minutos no DETRAN, fora as horas na concessionária, sem levar em conta os deslocamentos e o quanto tudo isso interferiu em minha produtividade. Como dizem os mais jovens, “ninguém merece!”. * Paulo Aziz - Palestrante - Mestre em Administração Estratégica - Professor de Marketing e Vendas em Cursos de Graduação e Pós Graduação - VPM Projetos e Treinamentos Comerciais Ltda. aziz@vpmtreinamentos.com.br

ACOMAC BAHIA 53


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Tecnologia

20:25

Página 54

Por Anaísa Freitas

Robô aspirador O ICleaner é um aparelho que funciona em diferentes tipos de pisos, sem fios e com a possibilidade de ser programado. Controle o tempo e o nível de profundidade de limpeza sem precisar acompanhar a limpeza, já que ele possui sensores que permitem desviar dos obstáculos e reconhecer as sujeiras.

Micro System Philips Micro System MCM 166X da Philips reproduz cd’s de mp3, do tipo CD ou CD-RW. Ele traz ainda entrada USB, que permite plugar outros dispositivos portáteis para reprodução de arquivos. A potência total é de 12W RMS, com controle de som digital para configurações otimizadas de estilo de música.

Samsung I6220 StarTV Além das vantagens de um aparelho GSM, o Samsung I6220 oferece receptor de TV Digital. Com a tela TFT você pode ver televisão digital a qualquer hora, além de contar com um celular de capacidade interna de 50MB, expansível para até 4GB. Conectividade Bluetooth, câmera digital integrada de 3.2MP e mp3 player são outras vantagens do aparelho.

TV 42” LCD Full HD Semp Toshiba Tela LCD com resolução de 1920x1080pixels, com sistema que permite bloqueio de canais. Possui recurso de imagem com temperatura da cor, 12W de potência de áudio, redutor de ruído digital 3DNR. Conta com as entradas padrão e mais 2 Entradas HDMI, 1 Entrada para PC e 2 Entradas para fone de ouvido.

DVD Automotivo Xplod Com tela de 7 polegadas, touch, o DVD Automotivo XAWW1 da Sony traz uma ótima performance. São 52W x 4 de potência máxima, 6 saídas RCA de 4V, função Black Out, que permite desligar a iluminação da frente do aparelho e continuar ouvindo música.

54 ACOMAC BAHIA

Dock Mesa p/ DJ ISpin O Mixer Dock Mesa da Mobimax é excelente para DJs amadores. Com conexão simultânea de 2 iPods e mais entradas USB para plugar notebooks, ele gera cinco tipos de efeitos de som. A mesa é leve e garante divertimento.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 55

Samsung B5702 Duos O melhor do Samsung B5702 está na possibilidade de utilizar dois SIM Cards (ou chips), simultaneamente, com tecnologia quad-band de cobertura global. O sistema permite ao usuário escolher qual dos dois chips deve ser utilizado para ligação, acesso à internet ou qualquer outra função do aparelho. A câmera tem 3 megapixels de resolução, viva-voz, cartão de 1GB e Rádio FM.

Blue Earth (S7550) A Samsung lança o celular ecologicamente correto. O Blue Earth é um touchscreen “verde”, fabricado com uso de garrafas PET recicladas e um painel solar para recarregamento da bateria. O aparelho tem tecnologia 3G, câmera de 3 megapixels, Wi-Fi, GPS, dentre outros. A tendência do mercado é baratear o custo desse tipo de produto.

Celular X1 XPERIA

Netbook HP Mini Além de leve e prático, o netbook HP Mini 110 vem com processador Intel Atom N270 1.60GHz, com 1GB de memória e 160GB de HD. Conta com uma tela de LCD 10.1" e sistema de conexão sem fio, Wireless.

O X1 XPERIA da Sony Ericsson tem, além de um belo design em arco deslizante, teclado QWERTY, tela Wide VGA de 3 polegadas e corpo metálico especial. Vem com o sistema Windows Mobile 6.1 Professional, o que otimiza a performance dos recursos e câmera de 3.2 megapixel.

Blu Ray e Dvd Player O BD-P4600 da Samsung suporta os formatos de áudio que enviam som com 7,1 canais reais, sem perda de qualidade e imagens em Full HD. O aparelho também já vem com conexão wireless, o que evita uso dos fios, que comprometem a estética do ambiente. Memória interna de 1GB e tecnologia Anynet+, através da qual é possível controlar TV, blu-ray e home theater com um único controle.

Transformador de voltagem Power Inverter Multilaser é a novidade capaz de “transformar” o acendedor do carro em uma tomada comum de 127 ou 220V. Ideal para recarregar baterias de notebooks ou celulares, já que traz uma proteção contra surtos de corrente e curtocircuito, através de fusível. ACOMAC BAHIA 55


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Livros

20:25

Página 56

Por Cris Montenegro

O mundo não é plano A tragédia silenciosa de 1 bilhão de famintos Jamil Chade/Fotos - Juca Varella/Editoras Saraiva e Virgília/264 páginas Pegue este livro, leia qualquer parte ao acaso, veja qualquer uma das fotos e reflita como é possível essa situação ainda perdurar nos tempos em que há toda uma interconectividade e um desenvolvimento tecnológico tão grande. Este livro não deveria existir, e existe exatamente com essa função, deixar de existir. Existe como manifesto e alerta, quer mostrar ao maior número de pessoas possível que a situação para muitos ainda é extremamente grave, que ainda se morre e se sofre, num número exorbitante, por uma questão aparentemente tão primária. O mundo não é plano trata das diferenças humanas, mostra que as condições existem, que interesses ainda sobrepujam vidas, apresenta dados que mostram sobras em alguns locais enquanto falta tanto em outros. Dilema humano, este livro trata de gente: dos que ainda não andam sozinhos. Mas é escrito para muitos outros, os que precisam tomar consciência e exigir que a situação fique o mais rápido possível como um registro ruim da história.

Audiolivro – Tudo o que você precisa ouvir sobre abertura de empresa Aspectos Jurídicos JMariana Guilardi Grandesso dos Santos/Editora Saraiva/80min Ao decidir pela constituição de uma empresa, o futuro empresário ver-se-á diante de inúmeras possibilidades e escolhas. Deverá cercar-se de todas as informações inerentes ao ramo de negócio escolhido, dispor de capital para dar início ao negócio e, principalmente, preocupar-se em eleger um sócio, caso não pretenda abrir a empresa sozinho. Este audiolivro irá ajudá-lo a entender melhor os principais aspectos que envolvem a abertura de uma empresa para ter sucesso no seu novo negócio. 56 ACOMAC BAHIA

Empreenda (quase) sem dinheiro Coleção 101 Maneiras José Dornelas/Editora Saraiva/240 páginas Saber como empreender sem dinheiro é o desejo da maioria dos brasileiros que sonham com o negócio próprio, mas nem todos têm o mínimo necessário para iniciar suas empreitadas no mundo do empreendedorismo e da autorrealização como empresários de sucesso. Empreenda (quase) sem dinheiro é um guia prático com 101 maneiras que ajudarão a evitar os erros mais comuns relacionados à obtenção e utilização de recursos nas empresas. Tratase de um conhecimento prático obtido daqueles que conseguiram vencer desafios e hoje podem se orgulhar de ter realizado seus sonhos.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 57

Audiolivro – Eleições Digitais A nova lei eleitoral na Internet Patricia Peck Pinheiro e Leandro Bissoli/Editora Saraiva/80min

Competência A essência da liderança pessoal Isabel Macarenco e Maria de Lurdes Zamora Damião/Editora Saraiva/ 208 páginas O mundo das competências sinaliza mudanças que ocorrerão cada vez mais por conta de cada indivíduo, utilizando, para isso, a lapidação do perfil pessoal e profissional. O livro aborda os aspectos importantes sobre as competências individuais e traz as regras essenciais para que você identifique as suas habilidades e escolha em qual área atuar, onde e com quem trabalhar. Ao descobrir o melhor com o melhor do seu talento, você ganhará mais em sua atividade profissional, agregando valor para a empresa e para a sua vida social e familiar.

A Internet já se firmou como um veículo natural para a obtenção de informações sobre governos, partidos e, principalmente, para consolidar a imagem política dos candidatos. Ela torna o exercício de cidadania mais interativo, aumenta o acesso a informações para um eleitorado cada dia mais conectado, possibilitando o engajamento cívico e o debate político em tempo real. Além disso, ela traz maior transparência. Por esse motivo, têm crescido as iniciativas de Governo Eletrônico em diversos países.

Hoje é dia de alta na Bolsa? Saiba como mapear as melhores estratégias para investir em ações Carlos Carvalho Junior/Editora Saraiva/104 páginas Você sabe qual é o melhor ou o pior momento para investir em ações? Para o pequeno investidor esta identificação pode parecer difícil, pois são muitos os fatores que devem ser analisados para que a decisão mais correta possa ser tomada. Hoje é dia de alta na Bolsa? é um livro que desvendará algumas dúvidas dos investidores por meio da análise quantitativa estatística. Seu conteúdo apresentará diversos padrões detectados no mercado acionário brasileiro ao longo dos últimos 40 anos e que poderão trazer subsídios ao futuro processo de decisão de investimentos. Com a pretensão de ser mais do que um livro sobre o mercado acionário, ele apresenta de forma divertida curiosidades que vão desde fatos políticos correlacionados ao desempenho da Bolsa de Valores até fatos esportivos. Conheça a história, os números, as estatísticas do mercado de ações e descubra se hoje é dia de alta na Bolsa. ACOMAC BAHIA 57


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

Novidades

20:25

Página 58

Por Anaísa Freitas e Cris Montenegro

Nova Linha Wood da Gail une o efeito estético das madeiras de demolição e a durabilidade da cerâmica Com a finalidade de unir a nuance e o efeito estético das tábuas de madeira de demolição com a durabilidade e a facilidade de manutenção da cerâmica extrudada, a Gail Arquitetura em Cerâmica desenvolveu a linha Wood. Ela reproduz com inteligência e sofisticação as características únicas e os complexos detalhes da madeira, preservando a mesma qualidade e características físico-químicas da cerâmica. A Linha Wood, a nova integrante da Coleção Loft, tem quatro versões e reproduzem as cores e texturas encontradas nas madeiras ipê, ébano, carvalho e madeira de demolição. O resultado é um traçado diferente e único em cada peça. Indicada para fachadas, revestimentos de paredes internas e detalhes variados, as peças da Wood foram especialmente projetadas para imprimir um toque contemporâneo e sofisticado aos espaços.

Background Maxx apresenta a nova versão do Sistema de Análise de Mídia Atenta às necessidades do mercado, a Background Maxx ampliou a área de atuação do Sistema de Análise de Mídia. A nova versão do software pioneiro e exclusivo, agora está equipada com campos específicos para a inserção do material veiculado na mídia sobre os concorrentes. Ou seja, as informações obtidas sobre o cliente e seus concorrentes são inseridas no Sistema on line, avaliadas e cruzadas. Com isso, é possível gerar um cenário de mercado e montar uma análise Swot (identificação de forças e fraquezas do cliente; e ameaças e oportunidades externas) com permanente atualização, além de identificar estratégias, projetos e planos da concorrência, para que o cliente se antecipe a esta atuação. www.background.com.br.

Luminária Expambox reflete com fidelidade a luz do dia A Expambox lançou a Luminária Palas, com luminosidade brilhante e espectro semelhante à luz solar, além de lâmpadas halógenas e estrutura de policarbonato inquebrável. Sua luminosidade branca e brilhante realça as cores e reproduz espectro semelhante à luz solar (cerca de 950 lumens). É adaptável a todos os modelos de espelhos lançados pela empresa, ou de outras marcas disponíveis no mercado. Em prática embalagem reforçada, acompanha quatro lâmpadas, sendo duas para 110 e duas para 220 volts, atendendo às diferentes voltagens utilizadas em território nacional. Mede 6 x 27,5 x 9 cm. Com dois anos de garantia. www.expambox.com.br.

Fischer Brasil lança solucionador de problemas em fixação Em toda casa e em toda obra existe uma caixa repleta de parafusos e buchas. E todos nós conhecemos alguém que cultiva o hábito de guardar qualquer parafuso que encontra. Afinal, um dia poderá ser útil. No entanto, essas pequenas peças nunca encontram um destino satisfatório, e o consumidor está sempre à procura da broca certa para o parafuso ou bucha guardada há tanto tempo. Para atender plenamente a todas as necessidades do consumidor, e evitar que o conteúdo da caixa de ferramentas aumente com sobras inutilizáveis, a Fischer Brasil lançou o Kit Hobby, um solucionador de problemas em fixação.

58 ACOMAC BAHIA

Kit Hobby é apresentado em três versões, identificadas por três diferentes cores: Drywall, com cartela na cor azul e contendo produtos adequados para fixação em paredes de gesso acartonado; Concreto, com cartela na cor amarela e produtos para fixação em superfícies de concreto; e Universal; com cartela na cor verde, contendo buchas e parafusos universais, que atendem à fixação em paredes de tijolo maciço ou oco, placas de gesso acartonado ou aglomerado. “Adotamos a padronização em cores para facilitar a identificação pelos usuários”, informa Leandro Aguilar, do Departamento de Marketing da Fischer Brasil.www.fischerbrasil.com.br.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 59

Nova Linha de Porcelanato Técnico da Tecnogrés A Tecnogrés, uma empresa do Grupo Incefra, apresenta a sua nova linha de Porcelanato técnico “Polido & Retificado”, fabricada em parceria com um dos maiores especialistas mundiais nesta tecnologia. A inovação desta linha está no efeito espelhado, que dá um toque de brilho natural e reflexo absoluto aos ambientes. Isso é possível graças ao duplo polimento que a superfície do porcelanato recebe e a porosidade próxima de zero do produto. Comercializado na versão 60x60 cm e nas cores preto puro, branco total e bege elegante, o porcelanato Polido & Retificado é feito com massa colorida e tem retifica nas laterais, permitindo o seu assentamento com juntas mínimas, formando uma peça única e dando a sensação de um grande “tapete contínuo”. Seu acabamento liso sem detalhes e veios confere também refinamento e descrição aos espaços.

Coleção Design da Incefra Formatos maiores, estampas exclusivas, traços e linhas sutis, mas ao mesmo tempo impactantes, e cores claras que dão a sensação de amplitude. Estas são algumas características da nova Coleção Design da Incefra - composta pelas linhas Polar, Clássica, Versátil, Performance e Amazônia. “Apostamos nessa coleção por que ela traz estiramento, brilho, tamanhos maiores e versatilidade para as cerâmicas nobres - tendências que observamos nas principais feiras da Europa”, observa o diretor de marketing da Incefra, Marco Diehl. A Coleção Design se adapta aos mais diferentes estilos de decoração e ambientações modernas, contemporâneas ou mais rústicas e seus produtos são indicados para todas as áreas internas e externas. www.incefra.com.br.

Sika lança Sikalastic 490t O novo produto da SIKA permite uma impermeabilização rápida e fácil de pisos que apresentam problemas de vazamento e infiltração. Com rapidez e sem a necessidade de quebrar o piso ou revestimento, o Sikalastic® 490T pode ser aplicado em cerâmicas, pedra natural, vidro, policarbonato e tijolo de vidro. Ele é composto por uma membrana de aplicação líquida que impermeabiliza totalmente a superfície, tornando-se estável e resistente ao tempo. Após a aplicação, a área fica protegida com uma camada de poliuretano flexível e transparente. O Sikalastic 490 T também possui proteção UV, o que impede o amarelamento com o passar do tempo.

ACOMAC BAHIA 59

Lâmpada Globinho parece incandescente, mas usa tecnologia eletrônica Foi-se o tempo em que a lâmpada servia para iluminar. Com a valorização do papel da luz na decoração e o desenvolvimento de novos modelos, a lâmpada ganha designs diferenciados para diversificar sua aplicabilidade, reduzir o gasto energético e conciliar sua própria estética. É o caso da nova linha Globinho da Golden, mais compacta e com modelo mais atraente que chega ao mercado em fevereiro. A linha ganha dois novos modelos, com potências 15 e 20W, em tamanho reduzido e com bulbo espiral no lugar do 3U anteriormente usado. Para torná-los ainda mais atraentes, estão disponíveis em duas opções de invólucro (desenhada e leitosa) o que permite maior diversificação no uso decorativo. A nova linha foi desenvolvida com a estética da tradicional lâmpada incandescente que tem um forte apelo junto ao consumidor, mas utiliza a mesma tecnologia da fluorescente compacta para gerar luz. Graças a isso, ela chega a ser de 6 a 8 vezes mais durável que às lâmpadas comuns e a economizar 80% de energia.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:25

Página 60

Novidades Lançamentos da Incenor A Indústria Cerâmica do Nordeste de Pisos e Revestimentos, empresa do Grupo Incefra com fábrica em Camaçari/ BA, apresenta novas tendências: Linha Alto Tráfego Incenor, com textura brilhante e granilhas em estampas que reproduzem pedras, ganha novos produtos nos formato 46x46 cm e 34x34 cm. Ideais para locais com alta exigência de resistência mecânica como piscinas, calçadas e áreas industriais. Linha Geométrica Incenor, que utiliza os conceitos e linhas elementares para construir suas estampas, ganha os formatos 46x46 cm e 34x34 cm. Suas cores predominantes variam de quentes (bege, vermelho, amarelo) às frias (azul, verde, cinza). Linha Marmorizada Incenor, com cinco novos modelos no formato 46x46 que reproduzem a beleza intemporal do mármore. Indicados para ambientes internos, por serem feitos de cerâmica, material de baixa porosidade, o que evita manchas e conserva o brilho natural por mais tempo. Linha Revestimentos, que explora todas as variações e técnicas do branco, destacando nas suas 11 estampas, todas no formato 33 x50 cm.

Votorantim Cimentos anuncia linha inédita de produtos A Votorantim Cimentos, uma das dez maiores empresas globais de cimento, argamassas, concreto e agregados, anuncia uma linha de produtos inéditos no Brasil ao incorporar a tecnologia da norte-americana Laticrete Internacional, líder mundial no segmento de argamassas para revestimento, com 50 anos de experiência e presente em cerca de 100 países. Serão lançados 21 produtos sob a marca Votomassa, com tecnologia Laticrete, com destaque para o impermeabilizante Hydro-Ban e o Adesivo Acústico Antifissura. O Hydro-Ban garante secagem ultrarápida em ambientes como piscinas, fontes e terraços, e permite o enchimento com água em até duas horas após a secagem do produto e aplicação de revestimento cerâmico diretamente sobre a camada impermeabilizante. Já o Adesivo Acústico Antifissura permite isolamento acústico entre andares de um prédio, com a redução significativa dos ruídos. Vale ressaltar que, com estes produtos, a Votorantim Cimentos entra pela primeira vez no segmento de impermeabilizantes e proteção acústica por entender que estas são aplicações inovadoras e muito necessárias na construção civil moderna.

Lorenzetti apresenta linhas de metais finos para cozinhas e banheiros As duas linhas possuem formas arrojadas e oferecem o máximo de conforto ao consumidor. Na linha LorenRound existe a opção do misturador monomix, que mistura água fria e quente em um único comando, com saída independente para água filtrada. Já na LorenSquare, o destaque é a tendência do design quadrado, com formas retas e robustas, proporcionando ao ambiente um visual harmonioso. O Misturador Monomix Dubai remete ao luxuoso hotel Burj Al Arab e congrega suavidade e conforto na escolha da temperatura da água, com sistema que corrige o jato de água, evitando respingo e proporcionando economia. O Misturador Monomix para Cozinha tem volante com design ergonômico, bica móvel e saída independente para água filtrada.

Suvinil lança linha de acrílicos para áreas externas A Suvinil, marca de tintas imobiliárias da BASF e líder no segmento premium, lança a nova linha de acrílicos para áreas externas, Acrílico para Áreas Externas Contra Microfissuras e Acrílico para Áreas Externas Contra Mofo e Maresia. A primeira, representa mais resistência e durabilidade nas pinturas de paredes mais expostas, já que possui um filme 100% elástico que acompanha o movimento da superfície,

60 ACOMAC BAHIA

resistindo mais do que as tintas comuns às dilatações da parede causadas por calor ou alterações estruturais. O outro, é muito útil para construções no litoral e áreas úmidas, como regiões montanhosas, prevenindo e combatendo o mofo e as algas que provocam manchas nas paredes. O produto é 100% mais resistente do que a tinta acrílica tradicional. Saiba mais em: www.suvinil.com.br.


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:35

Página 61

Associação Seja um associado da Acomac-BA e desfrute de muitas vantagens e oportunidades para sua empresa

S

er um associado da Acomac-BA significa participar de uma das entidades de classe mais atuante do associativismo brasileiro, inserida no sistema Anamaco. A Acomac-BA representa revendas da capital e interior da Bahia e proporciona convênios financeiros, assessoria jurídica e tributária; cursos, palestras, eventos de integração e o Ecomac/Convenção da Acomac-BA, o maior encontro do setor de material de construção da América Latina. Utilize a ficha abaixo e envie a sua proposta para a

Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção do Estado da Bahia / Acomac-BA, a qual será analisada, com vistas a admissão no quadro social, na categoria de sócio-contribuinte, de acordo com as obrigações e direitos definidos no estatuto da associação. A ficha deve ser preenchida em letra de imprensa, pelo responsável legal da empresa, assinada e carimbada, e enviada para o fax 71 3113-1181. A proposta será submetida à análise da diretoria da Acomac-BA. O valor da mensalidade para cada empresa associada é de R$ 110.

Razão Social: Nome Fantasia: Endereço Comercial: E-mail:

Cidade:

Tel.:

Estado:

Fax:

Inscrição Estadual:

CNPJ:

Ramo de Negócio: Capital Registrado: Data de Registro na Junta Comercial: Nº Registro da Junta Comercial: Sócios ou Diretores: Cotas ou Função: Responsável: Indicado por: Tel.:

Celular:

Empresa: End: Cidade:

E-mail:

Salvador, ________ de_______________________de 2010 Proponente:

Av. Tancredo Neves Ed. Salvador Trade Center - Torre Norte, sala 2215 - CEP 41820-020 - Salvador-BA Tel.: (71) 3113-2481 Telefax: 3113-2480 - acomac-ba@terra.com.br / www.acomac-ba.com.br

ACOMAC BAHIA 61


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:35

Página 62

Associados CAPITAL A & B TINTAS 3213-5773 3212-0612 aeb.tintas@yahoo.com.br A LUMINÁRIA 3312-5447 3312-1352 aluminaria@aluminaria.com.br BAHIACABOS 3277-6222 3277-6220 bahiacabos@bahiacabos.com.br BARREIRAS MAT CONST 3257-6250/5458 3306-8786 barreiras10@bol.com.br BOM DE PREÇO 3461-8566 3230-1459 jorgelj@pop.com.br BRIMAFE 3395-1430 3395-4020 brimafe@hotmail.com CASA AMÉRICA 3356-7055 3356-7665 casamerica@ig.com.br CASA ELOY 3186-7780/7777 3186-7799 D casaeloy@casaeloy.com.br CASA POPULAR 3306-0253 3405-3000 contato@casapopularbahia.com.br CASA PRONTA 3388-1002 3388-1002 bernardinocasapronta@gmail.com CASA SÃO JOÃO 3248-1033 3248-1027 CASARÃO DO PISO 3381-5927/5810 3244-2919 casaraodopiso@bol.com.br COMAMPAC 2109-3900 2109-3901 cordeiro@comampac.com.br COMERCIAL NOVOLAR 3398-2743 3218-5129 serafim@novolaronline.com COMERCIAL PARAGUAÇÚ 71-3326-9478 71-3326-9478 comercialp@ig.com.br COMERCIAL RAMOS 2102-7199 3113-4500 silvioacorrea@comercialramos.com.br CONSTRUMIX 3462-8484 / 3534-8007 financeiro@construmix-ba.com.br CONSTRUPISO 3253-8033/34/35 3255-8034 marcio@construpiso.com CONSTRUSOUZA 3393-3055 3393-0626 fac_costrusouza@terra.com.br CSA COM. FERRO 3385-6399 3385-6013 csaferro@yahoo.com.br DCB DISTR. CIMENTO 3301-7999 3301-7999 dcbdistribuidora@ig.com.br

EDG COMÉRCIO MAT.DE CONST. 7133935110/32135831 71-3393-5110 edgconstrucao@hotmail.com

PISOS E CIA 71-3389-6706 71-3244-9172 pisosecia@ibest.com.br

CARNEIRO MAT.DE CONST Cotegipe 77-3621-2245 - 77-3621-2123 cristiana_ac@hotmail.com

FARMAC 3381-6788 3244-5289 farmac@ig.com.br

PORTINARI 3246-8244 3246-7298 portifer@terra.com.br

CASA AMORIM L. de Freitas 3378-8009 3378-8014 financeiro_adm@casaamorim.com.br

FERRAGENS BOM PREÇO 3322-7756 3322-7756

SETÚBAL MATERIAIS 3521-1229 3521-1824 setubal2001@ig.com.br

CASA AVENIDA Jequié 73 3525-2062 - 3525-6983 casaavenida@terra.com.br

GARGUR 3281-7600 - 3281-7608 gargur.mat.const@hotmail.com

SHOW DE PISOS 3257-2992 3385-6314

CASA BAHIANA Camp Formoso 74 3641-1455 - 74 3645-2404

GOYA MAT CONSTR 3241-0903 3302-6501 lojagoya@hotmail.com IRMÃOS QUEIROZ 71- 3503-8080 3503-8086 david@irmaosqueiroz.com.br LEO MADEIRAS 71-3255-3000 3255-3030/3032 alexandre_moreira@leomadeiras.com.br LOJA DO TOTY 3521-2168 3521-1596 fertimac2@hotmail.com MADEIREIRA CRISTO REY 3255-5353 3244-2845 madcristorey@ig.com.br MADEIREIRA BROTAS 3418-9999 contato@madeireirabrotas.com.br MAT. DE CONSTRUÇÃO SALES 3371-7054 3461-0691 salesadm@hotmail.com MADEIREIRA ITAPON 3286-8800 3286-8825 comprasitapoan@terra.com.br MADEIREIRA SÃO FELIPE 3256-2114 - michellyburgues@gmail.com MADEIREIRAS E TELHAS 71-3362-2922 3371-7639 madeirasetelhas@gmail.com MASTER MATERIAIS 3356-3982 3232-6609

CASA CAMPOS Barreiras 77 3612-9900 diretoria@casacampos.com

SUPER LOJA JB 3371-4523 o mesmo

CASA GARRIDO Sr do Bonfim 74 3541-4110 - 74-3541-4119

TEA TINTAS 3234-0355 3381-3678 teatintas@ig.com.br

CASA J. BARROS Entre Rios 75 3420-2207 - 75-3420-2012 casajbarros@ig.com.br

TEND TUDO 2108-5000 3210-8500 gmachado@tendtudo.com.br

CASA NOVA MATERIAIS P/CONST. Ibicarai 73-32422020 73-32422020 alessandrobarberino@hotmail.com

TERWAL MÁQUINAS 3326-8801 3326-8899 ahiltiner@terwal.com.br

CASA O FERRAGEIRO Paulo Afonso 75 3281-3030 - 75-3281-3030 francisco@ferrageiro.com.br

VAREJÃO DAS CORES 3555-9619/9602 3312-0062 varejaodascores@yahoo.com.br VIVENDA 3244-3399

CASA PAULINO MAT. Jequié 73-3525-9814 - 73-3525-2823 casapaulinos@yahoo.com.br CDC ACABAMENTOS Tx. de Freitas 73-3311-2000 - 73-3311-2001 sabrina@cdcacabamentos.com.br

3244-3454

CORINGA MATERIAIS 71 3301-0235 manuela_sl@hotmail.com

71 3301-8363 CHALÉ BELA VISTA Mucuri 73-3206-1187 - 73-3206-1187 aloysio_souza@yahoo.com.br

ESCALA MAT DE CONST. 71-3304-4725 71-3304-4725 escalamat@yahoo.com.br

CIMETAL MAT. CONST. Canavieiras 73 3284-3652 3284-2886 cimetalmat@gmail.com

ESCALA MAT DE CONST. 71-3213-6688 71-3393-1376

CKL L. de Freitas 3379-0980

SILFERMA 71-3305-0728 3305-0728 silfermareimatec@terra.com.br

NERI COML DE TINTAS 3521-0098 edivalneri@gmail.com NOGUEIRÃO 3395-0722 nogueirao@terra.com.br NORDESTÃO 3255-2150 3389-8364 onordestao@gmail.com NOVOLAR 3521-1573 3521-1614 novolarltda@terra.com.br O BAIANÃO 3381-1605 3244-9935 obainotintas@ig.com.br O BRASILEIRO 3388-1001 3388-7100 obras@obrasileiro.com.br O FAZENDÃO 3616-3586 3616-3586 adm@ofazendao.com.br

DISMEL 3340-0401 3340-0477 luciano@dismel.com.br

O REI DA CONSTRUÇÃO 3377-2645/6019 oreidaconstrucao@ig.com.br

DR MAT DE CONST. 3376-3322 3376-7910 drmateriais@ig.com.br

O TIJOLINHO 3359-1479 3353-1769 paricron@hotmail.com

ELEMATEC 3356-7588 3357-7580 elematec@atarde.com.br

OGUNJÁ 3371-8840 alfredo@ogunja.com.br

ESCALA MAT DE CONST. 71-3304-2965 71-3304-2965 escalaconstrucao@hotmail.com

PARFEL * 3316-8700 3312-9722 parfel@parfel.com.br

3379-0336

COFET Vit. Conquista 77 3424-0000 77-3424-0000 cofet.ltda@gmail.com

TORRES MAT. DE CONST. 71-3395-1384 71-3395-3439 torresadm@hotmail.com

COMAPEL Sto Ant. Jesus75 3631-8000 comapel@mma.com.br

N. P TEXEIRA MAT COST 32857132 3286-0866

DEP. SÃO JERONIMO 3215-2180 3215-2179 afranioezelia@ig.com.br

62 ACOMAC BAHIA

SJT MADEIREIRA 3244-1825 3244-1825 stjmateriais@hotmail.com

INTERIOR A CASA DO CONSTRUTOR Conc. do Jacuipe 75 3243-2412/3243-1413 ANDAIME Barreiras 77-3614-7000 / 77-3614-7022 andaime@andaimeloja.com.br

COMTEBRA COML L. de Freitas 71 3377-6944 atelhabranca@bol.com.br CONLAR Itabuna

73 3214-8300 - 73 3214-8311

CONSTR. COSTA E SILVA Medeiros Neto 73 3296-1748 construcostaesilva@uol.com.br

APOIO DA CONST Amargosa - 75 3634-2009 apoiodaconstrucao@gmail.com ATAKE MAT CONST Itabuna 73 3617-3322 / 73 3215-0576 kenzomateriais@hotmail.com B. RODRIGUES Simões Filho 3396-9515 3396-9515 anibalbr@veloxmail.com.br

CONSTROLUX Ipirá - 75-3254-1515 - 75-3254-2171 constrolux@ipiranet.com.br CONSTRUA MAT CONSTR Camaçari 3624-2949 3624-2218 asn_ja@hotmail.com CONSTRUFÁCIL Itabuna 73-3612-2651 3612-2651 construfacilms@hotmail.com

BELLO FERRAGENS L. de Freitas 3379-3446 belloferragens@pop.com.br

CONSTRUFORT Valença 75 3641-4810 - 73 3641-0012

BELLOLAR Simões Filho 71 3396-3174 3396-6204 bello_lar@hotmail.com

CONSTRULAJE MAT Ipira 75-3254-2222 - 75-3254-1473

BRITOFER COM FERRO Ilheus 73 3231-5725 / 73-3221-5703 britofer.ferro@gmail.com

CONSTRUMAD Camaçari 71 3621-7144 3621-1560 vendas@construmad.com.br

CAÇULINHA Itabuna 73 3617-6543 / 73-3617-6543 escritoriocaculinha@okbahia.com

CONSTRUSHOP Euc. da Cunha 75-3271-1932 - 3271-1932 osvaldo@construshop.com.br

CAJAZEIRA Camacan 73-3283-1665/1212 3283-1665 gmfbahia@hotmail.com

CORTES E RAMOS Boquira 77 3645-2590 ramos_reginaldo@hotmail.com

73-

CANTEIRO DE OBRAS Petrolina 87-3983-3000 - 87- 3864-4424 financeiro@canteirodeobras.net

DIMACOL MAT CONSTR Cacule 77 3455-1320 - 77 3463-1826 diretoria@dimacol.com.br


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:35

DISMACON Alagoinhas 75 3422-1903 3422-3770 dismacon@uol.com.br

MAD. SIMONICA L de Freitas 3617-3870 3617-3852 simonica_vendas@hotmail.com

DOMINGUINHOS Itabuna 73 32371503 73 32371503

MADEIREIRA MARAVILHA Bom J. da Lapa 77-3481-2032 - 3481-2032 madmaravilha@pollynet.com.br

ELDA MAT CONSTRUÇÃO Sta M. da Vitoria 77 3483-1450 - 77-3483-1450 netodaelda@hotmail.com

MADEIREIRA MIRENNA Jaguarari 74-3532-1836 74-3532-1836 madeireiramirenna@bol.com.br

EXTRA CONSTRUÇÃO Itabatã 73 3605-3030 - 73-3603-3030 extraconstrucao@bol.com.br

MADEIREIRA SERAFIM Juazeiro 4-3612-4301 - 3612-4301 madeireiraserafim@ig.com.br

FERMACON MAT. CONSTR. Barreiras 77-3614-4000 - 77-3614-4020 fermacom@uol.com.br

MADEIROL Esplanada 75 3427-1413 - 3427-1414 madeirol@bol.com.br

GUILHERME MATERIAL Poções 77-3431-1645 - 3631-1105 guilhermeconstrucoes@hotmail.com

MADEMIL Guanambi 77 3451-1129 mademil@micks.com.br

HIDRALUZ Canavieiras 73 3284-3868 73-3284-3868 hidraluzcanavieiras@yahoo.com.br

MAGOL Cansanção 75 3274-1224 ranulfogomes@uol.com.br

HIPERLAJE Camaçari 71 3678-1145 713678-2021 hiperlaje@hotmail.com IMPACTO CIMENTOS L de Freitas 3379-9329 ocoelho@csv.com.br

Página 63

3379-9328

INTER PISOS Jequie 73 3526-5317 - 73-3526-5317 interpisos@oi.com.br

POPULAGE C. E MAT DE CONST. Camaçari - 3616-2271 - 3616-2270 populage@populage.com.br

NACIONAL MADEIRA Juazeiro - 74-3611-7091 - 74-3611-8623 nacionalmadeira@bol.com.br

POPULAR MAT CONSTR. Porto Seguro - 73 3288-9554 depositopopular@yahoo.com.br

NOG Sto Ant. Jesus75 -3311-2977 75-3311-2970 nogplaca@hotmail.com

PORTAL DA ILHA MAT. Vera Cruz 3682-1006 3682-1009 portaldailha2002@yahoo.com.br

O BARATÃO DA CONSTRUÇÃO Ipiau - 73 3531-4129 - 73 3531-4180 obarataodaconstrucaoipiau@hotmail.com

R.E BAZAR MAT CONST E TRANSP Eunapolis 73 3261-5827 73 3261-5827 rejane_110@hotmail.com

O CASARÃO Eunápolis - 73 3262-3000 3262-3015 ocasarao.eu@inforloc.com.br

RURAL QUIMICA AGROPECUÁRIA Itabuna 73-2102-4000 73-2102-4006 /4008 ruralquimica@hotmail.com

ORGANIZAÇÃO MACEDO Irecê 74 3641-3914 - 74-3641-3914 macedomc@holistica.com.br

SAMOM Barreiras 77-3611-5222 - 3611-4066 samomba@yahoo.com.br

PAI MENDONÇA Itabuna 73-3215-8490 - 73- 3215-8490 paimendonca@paimendonca.com.br

MATECOL S. Mig. das Matas 75-3676-2106 matecolsm@hotmail.co

PAMAC Almadina - 73 3247-1406 pablorochak1@hotmail.com PASSOS CONSTRUÇÕES Ribeira Pombal - 75 3276-1858 assosconstrucoes@hotmail.com PISART Simões Filho 3298-2087 3298-2087 pisart@ibest.com.br

LOJAS BURITI Itabuna 73 3613-5777 lojasburiti@hotmail.com

MERCANTE Feira de Santana 75-3604-9000 - 75-3604-9022 benilda@mercante.com.br

LYDER DA CONSTRUÇÃO Vera Cruz 71-3633-1703 3681-8166 xlconstrucao@uol.com.br

MONIC HIPER S Sebast do Passé - 3655-4193 3655-3190 - ipermonic@hotmail.com

PREMAPÁ MAT CONST. Camaçari 71 3623-1122 3623-1122 - premapa@premapa.com.br

NOSSA SRA APARECIDA Luis Eduardo Mag. - 77 3628-1792 girottosecco@uol.com.br

MANSÃO DA CONSTR. Simões Filho 3396-1179 palaciopalacio@ig.com.br

MATIZ CORES E TINTAS F. de Santana 75-2102-9090 75- 2102-9051 cita@matiztintas.com.br

LOBO RURAL Camaçari - 3674-0011 - 3674-0138 loborural@ig.com.br

MP CONSTRUÇÕES Candeias - 3601-2680 3601-2680 mpconstrucao@hotmail.com

PJ CONSTRUÇÕES Itabuna 73 3612-7600 3617-5793 pjconstrucoes@globo.com

SCHRAMM MATERIAIS L. de Freitas 3377-1155 3377-1828 construmax.schramm@gmail.com TELEBLOCOS MATERIAIS Candeias 3605-3601 3601-1303 teleblocos@terra.com.br TOTAL MAT CONSTR. L. de Freitas 3369-2550 gerson@totalmc.com.br

3369-2550

VAPT BLUE L. de Freitas 3378-2025 33782025/2247 vaptblue@hotmail.com VILAS BOAS Jacobina 74-3312-0062 74-3312-0062 - vbmc@newnet.com.br WEBER MAT CONSTR Canavieiras 73 3284-1672 - 3284-3384 weberjrmat@yahoo.com.br

Guia do Representante WALTER MELO REPRESENTAÇÕES Rua João B. Cerqueira, 251 - 1002 - Bl. C - Pituba Cep.: 41.830-580 - Salvador - BA Telefax.: (71)3353-8404 Cel.: 8778-8404 e-mail: walterlight@yahoo.com.br ALTENA BRASIL, ALTENA PLUS, VENTILADORES SPIRIT - Contato: WALTER MELO

IN BAHIA REPRESENTAÇÕES LTDA. R. Waldemar Falcão, 227 - Shopping Horto Center - Sala 210 Brotas - Cep.: 40.296-710 Salvador - BATelefax.: (71) 3276-0234 Tel.: 3492-8804 - Cel.: 9168-1221 email: inbahia@uol.com.br STAM

UNIÃO MUNDIAL

(Fechaduras / Cadeados) (Dobradiças / Ferragens)

MANTAC (mangueiras / tubos)

VENTISOL (Ventiladores / Exaustores)

MACX/COLA (Argamassa / rejuntes)

Contato: ITAMAR MARQUES / LUCIA

ROBERT REPRESENTAÇÕES LTDA Rua Arthur de Azevedo Machado, 317 - Sala 101 Telefax: 71 3342-7293 / 7284 - 71 8133-2699 email.: robert@atarde.com.br EUCATEX / FORMICA / BASE COMPONENTES

Contato: ROBERT

LEANDRO DO OESTE REPRESENTAÇÕES

Telefone: 75 3223-1780 / 7280 / 77 9115-9788 email.: jorgecorreia@terra.com.br EXPAMBOX (Armários de Banheiro) UNOCANN (Tubos e Conexões) / ARGALIT

Contato: JORGE LEANDRO

DÍNAMO REPRESENTAÇÕES LTDA. Loteamento Marissol II, Q. 12 Rua Itagi Cep.: 42.700-000 Lauro de Freitas - BA Telefax (71) 3378-7330 Cel.: (71) 9967-6721 e-mail: dinamorep@gmail.com CERÂMICA INCESA - BASSANI MADEIRAS Contato: CELSO SOARES

PUMA REPRESENTAÇÕES LTDA Av. Paulo Filadelfor, nº 30 - Vitória da Conquista-BA CEP: 45050-020 - Telefax: 77 3421-2063 / 77 9135-4860 email.: pumarepresentacoes@yahoo.com.br

D MARTINS REPR. LTDA R. Priscila B. Dutra, 263 - Vilas do Atlântico - Quadra A Lote 24 - CEP - 42700-000 Fone / Fax:(71) 3369-0104 - Cel:9982-1510/8127-2277 e-mail: dmartinsltda@terra.com.br

DECA METAIS / SICMOL S.A. / COTTO BAHIA (Cerâmica Fenix) / VISTA BELLA (Cerâmicas)

VEDACIT (Impermeabilizantes), VIQUA (Torneiras e Plasticos de engenharia), MAGNET (Haste de aterramento), INTRAL (Reatores e Luminárias), PRYSMIAN

Contato: JÚNIOR ALMEIDA

CARLOS CALDAS REPRESENTAÇÕES LTDA Rua Bombeiro Eliezer de Alexandrino, 144 - Bloco C Ap. 202 - Boca do Rio - Salvador-BA Telefax: 71 3231-3797 / 71 9987-2220 / 8771-2220 email.: carlos_caldas@terra.com.br COBRECOM - AMANCO - STOC METAIS SANITÁRIOS - RED DIAMOND (Discos e Brocas)- Contato: CARLOS CALDAS

Contato: MARTINS

AGRESSIVA REPRESENTAÇÕES Rua Djalma Dutra - nº 350 - loja 113 - Cep.: 40255-000 Shopping Sete Portas - Telefax: (71) 3312-6836 Cel: (71) 9195-0271 - Email: agressiva.acm@oi.com.br Paraboni - ( Ferramentas ), Herc - ( torneiras, armários, filtros, assentos ), MomFort - (ferramentas p/ pintores e pedreiros), Alumasa- (caixa de descarga e escadas de alumínio), Forusi - ( fios e cabos), F.C.- (extensões e mat. elétricos, telefonia), Hidropal - (metais), D'Tools - (ferramentas), Contato: Antonio Carlos (ACM) e D. Yolanda

ACOMAC BAHIA 63


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:35

Pรกgina 64

Guia do Representante

64 ACOMAC BAHIA


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:35

Pรกgina 65

ACOMAC BAHIA 65


acomac58 FINAL:Layout 1

29/03/2010

20:35

Pรกgina 66

Guia do Representante

PARA ANUNCIAR: (71) 3344-1911 / 1624 CEL: (71) 9207-4337

CONTATO: MARA MACHADO


Acomac 58  

Revista Acomac 58

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you