Page 1

Companhia de Engenharia de Tráfego

Informativo Cetet

Nº24 Outubro/2011

Diretoria de Planejamento e Educação no Trânsito — DP Superintendência de Educação e Segurança — SES Gerência de Educação de Trânsito — GED

FÓRUM SUSTENTABILIDADE E TRÂNSITO Cetet organiza evento para discutir e refletir sobre questões importantes

CET participa do Salão Duas Rodas Motociclista: “ Dê preferência à vida. Respeite o pedestre.”

Programa de Proteção ao Pedestre : queda de 71% nos atropelamentos A CET esteve presente no 18º Congresso Brasileiro de Transportes e Trânsito e VII INTRANS, ANTP,no Rio de Janeiro.

Demonstração de curso no site da CET visa apresentar amostra do Ambiente Virtual de Aprendizagem CET CET e Metrô fazem parceria para divulgar o Programa de Proteção ao Pedestre As atividades aconteceram entre os dias 17 a 28 de outubro na Estação Paraíso

Mais orientadores contratados Curso ―Família em Trânsito‖Cidadania e Qualidade de Vida conta com mais duas tutoras Cetet participa de debate no Projeto ―Educacine Ambiental‖

Cetet em Núm3ros E por falar em Cetet... Galeria de Fotos

somando até agora 840. Em outubro foram contratados 156 orientadores.


Pági na 2

Inf or mat i vo Cet et

Nº 24 Out ubr o 2011

Fórum Sustentabilidade e Trânsito Cetet organiza evento que discuti e reflete questões importantes O Fórum de Sustentabilidade e Trânsito aconteceu no dia 14 de outubro no Espaço Cultural Tattersal, no Parque da Água Branca, e contou com a presença do Secretário dos Transportes Marcelo C. Branco, o Diretor de Planejamento e Educação de Trânsito Irineu Gnecco Filho, a Superintendente de Planejamento e Educação de Trânsito Nancy R.Schneider, e um público de aproximadamente 150 pessoas. O símbolo da campanha de Proteção ao Pedestre, “Homem Faixa” também esteve presente. Hoje em dia, a sustentabilidade é um tema polêmico e discutido em várias esferas da sociedade. A CET não poderia ficar à margem dessa discussão e, após o lançamento do curso em EaD “Sustentabilidade e Trânsito”, o Fórum veio acrescentar e completar um circulo de discussões e reflexões sobre questões importantes. A abertura do evento contou com a apresentação musical da Banda Maluah, composta por Mônica Vieira (DEE), Ed Campos (GET-3), Edgard de Souza (DAS), e Tadeu Giovanni (convidado). A apresentação contagiou e alegrou o público presente com músicas que retratam o Meio Ambiente, a biodiversidade e a natureza. Em seguida, Irineu Gnecco, Diretor de Planejamento e Educação de Trânsito, falou dos três pilares definidos pela Secretaria Municipal dos Transportes: · Segurança de trânsito, com o Programa de Proteção ao Pedestre; Prioridade do transporte coletivo em detrimento ao transporte individual ; Mudança da matriz energética. Segundo Irineu “não podemos mais falar na disputa e sim em compartilhamento do espaço. A CET vem participando dessas discussões do uso do espaço pelo pedestre e da bicicleta, dando ênfase na criação e planejamento das ciclo faixas e ciclovias.” Para Marcelo C. Branco, “a Proteção do Meio Ambiente só tem sentido se ao final do processo enxergarmos o que vem em prol da qualidade e em favor da vida do homem”. O secretário ainda reforçou em sua fala a Proteção à Vida, destacando a importância da redução da velocidade dos veículos para que haja menos acidentes, e a mudança de comportamento dos pedestres, que só acontece na medida em que tomam conhecimento da problemática do trânsito. Posteriormente, houve a composição da Mesa “Sustentabilidade e Ecossistema Urbano”, tendo como moderador o Presidente da ANTP Ailton Brasiliense, e como palestrante Eduardo Vasconcelos, Engenheiro e Sociólogo. Para Eduardo, a cidade passa por um momento muito importante, com as ações que a Secretaria Municipal dos Transportes vem desenvolvendo. Mas para ele é difícil o compartilhamento do espaço urbano, pois estamos em um sistema que dá prioridade a motorização privada de automóveis e motocicletas. “Há uma força política para os motorizados privados, e além de tudo o transporte público é de má qualidade”. Segundo Vasconcelos, para que possamos garantir um uso compartilhado do espaço em benefício da cidade é preciso ter uma infra-estrutura de calçadas e paradas, uma oferta de veículos e de serviços, renovando o sistema de transportes e disponibilizando para a população, sinalização e comunicação de qualidade, gestão online pelo órgão público /sistema de transporte público, e informação online em casa/escritório. Como parte das soluções dos problemas de trânsito, sugere reuniões com a comunidade, com o intuito de mostrar e discutir os conflitos do trânsito uma leitura da mobilidade.


Pági na 3

Inf or mat i vo Cet et

Nº 24 Out ubr o/ 2011

Em seguida a palavra foi concedida ao Arquiteto e Urbanista Carlos Leite, que falou sobre o tema Cidades Sustentáveis. Para Carlos Leite, as cidades são um reflexo da maneira como a população decide, ou escolhe viver. Algumas cidades há muito tempo e continuamente elegeram viver com eficiência e prazer, colocando o carro e a moto em 2º plano. Porém existe cidades desenhadas somente para os motorizados privados, cidades estas que estão “doentes”, mas que podem ser reinventadas, como aconteceu por exemplo, com Nova Iorque e Bogotá. Para isso precisamos voltar a usar a palavra “planejamento”, o que, diz ele, “tem a ver com continuidade, tradição e réplica.” Citou como exemplo a cidade de Curitiba como exemplo de cidade que durante 30 anos foi um modelo e hoje não é mais porque também não se replicou, ou seja, não deu continuidade a essa boa prática. Ailton Brasiliense em sua fala encerrou dizendo que “Não somos contra o automóvel e sim contra o abuso”. No período da tarde as educadoras Arlete Cipolini e Deisy Paula da S. S. Gabriel apresentaram o Curso a Distância “Sustentabilidade e Trânsito”. Arlete fez uma abordagem desde a concepção até o conteúdo final do curso. Já Deisy falou sobre como se inscrever, apresentou a plataforma onde o curso está hospedado e fez uma demonstração apresentando alguns recursos disponíveis no curso. Para compor a Mesa “Sustentabilidade, Trânsito e Educação” tivemos como moderador o Sr. Alexandre Pelegi de Abreu, o Sr.Márcio Schettino, engenheiro, que apresentou o tema Estratégia da Mobilidade Sustentável, e Rose Marie Inojosa, diretora da UMAPAZ- Universidade Aberta do Meio Ambiente, cujo tema da palestra foi “Cultura de Paz”. Na fala de Pelegi ele afirma que “A cultura do carro é predominante. Pouco prestamos atenção no espaço que deveria ser de todos”. Márcio Schettino apresentou o que a Secretaria Municipal de Transportes vem fazendo pela mobilidade e sustentabilidade na cidade de São Paulo.Diz ele que “São Paulo chegou à imobilidade e criamos uma péssima qualidade do ar. 90% da poluição é proveniente do uso do automóvel”. Segundo Márcio, parte das ações está estabelecida no plano de controle da poluição, com o Plano de Controle de Poluição Veicular. Schettino abordou as ações da Secretaria Municipal de Transportes, com prioridade nos três pilares, mobilidade urbana, mudanças na matriz e uso racional de energia e redução de acidentes e mortes no trânsito. Com foco nessas prioridades, existe projetos que estão em diversos estágios de desenvolvimento e que englobam investimentos de mais de R$ 400 milhões. Rose Marie Inojosa em sua fala disse que “Educação é abrir muitas janelas para poder espiar e ver se é aquilo que queremos.” Rose fez uma retrospectiva dos avanços que a Sustentabilidade teve em termos de conceito, mobilização e ações. Coloca que a sustentabilidade é a teia da vida, que precisa de uma cultura de paz, um modo de conviver. Destacou a educação como essencial para que se possa trabalhar a cultura de paz, transmissão e construção conjunta de valores e princípios. Segundo Rose Marie, “O trânsito é um espelho do velho paradigma que tentamos superar com a educação. A educação é o exemplo. O jovem ouve o exemplo e não o discurso.” Ao final do evento foi exibido um vídeo “Entre Rios” de Caio Ferraz. O filme mostra como em meados do século XX, o modelo de desenvolvimento para a cidade de São Paulo pautou-se em um projeto baseado na nascente indústria automobilística e no sucessivo desprezo aos rios Tamanduateí e Anhangabaú, que até então cortavam a cidade, delimitavam-na e representavam fonte de renda e os serviços mais diversos .O resultado é analisado e, pela cidade ser emblemática , serve de exemplo dos modelos adotados na capital Paulista. O video foi realizado em 2009 como trabalho de conclusão de Caio Silva Ferraz, Luana de Abreu e Joana Scarpelini no curso em Bacharelado em Audiovisual no SENAC-SP. O evento contou com o apoio dos interpretes de libras,Caio Carvalho Azevedo ,Claudia Calandreli Vieira ,Regina Tretel Santana ,Juan Samuel L Costa Fernandez , da Igreja Renascer.

Também esteve presente o “ Homem Faixa”, símbolo do Programa de Proteção ao Pedestre.


Inf or mat i vo Cet et

Pági na 4

Nº 24 Out ubr o/ 2011

CET participa do Salão Duas Rodas Motociclista “ Dê preferência à vida. Respeite o pedestre.”

A 11ª Edição do Salão Duas Rodas- Feira Internacional de Motocicletas, Bicicletas, Peças, Equipamentos e Acessórios aconteceu entre os dias 04 a 09 de outubro no Pavilhão de Exposições do Anhembi contou com cerca de 450 expositores e um público recorde de 255.467 visitantes. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, em 11 anos, a circulação de motos no país cresceu 336% e o Brasil tem hoje uma frota de 17 milhões de motocicletas, que corresponde a uma moto para cada 11,5 habitantes, Preocupados com a segurança dos motociclistas a CET participou pela 6ª vez através do Departamento de Condutores ( DCO), com o objetivo de atualizarse sobre conceitos de segurança para os motociclistas tais como: · Utilização adequada de Capacetes · Equipamentos de Proteção Individual (luvas, jaquetas, calças e sapatos adequados) · Estado físico do motociclista e situações de risco e como agir com segurança. O espaço também foi importante para divulgar as atividades de Educação de Trânsito desenvolvidas pelo CETET e com isso facilitar o acesso do público às atividades realizadas gratuitamente pela CET. No estande da CET os visitantes puderam jogar o “Jogo Pilote Sua Vida”. Esse jogo é um game eletrônico com perguntas ilustradas de múltipla escolha e animações representando situações a serem analisadas pelos jogadores. Os jogadores que atingiram o escore mínimo estabelecido pelo jogo receberam um chaveiro, patrocinado pela ABRACICLO.A aplicação do jogo foi realizada pela equipe do CETET, formada por educadores que ministram atividades destinadas a condutores, sendo que os conceitos do jogo são abordados por estes profissionais, enriquecendo as atividades.No espaço foi possível também projetar um filme institucional, com conteúdos de segurança para motociclistas, elaborado por Antônio Nascimento, do Depto de Educação a Distância, e Marcelo Fortin, do Depto de Relações Públicas. As 3.004 pessoas que visitaram o estande puderam participar do jogo e receber um kit de folhetos com informações sobre os diversos cursos presenciais e a distância, sobre o Programa de Proteção ao Pedestre e um adesivo do “Ciclista na Via”. Dentre os visitantes, recebemos alunos e ex- alunos dos cursos de Pilotagem e Direção Segura. Houve uma boa receptividade do público com as atividades apresentadas no evento e a possibilidade de contato com diversos setores como revistas, fabricantes de capacetes e demais equipamentos de segurança. Em entrevista concedida a rádio Band News, a supervisora do DCO Ilana Beresovsky Frigieri divulgou as atividades de Educação de Trânsito destinadas a motociclistas e falou sobre a importância do aprimoramento desses condutores. Um destaque do evento foi a presença do “homem faixa”. Muitos se aproximaram dele para abraçar-lo e/ou tirar fotos. Alguns diziam “eu respeito você!”.


Pági na 5

Inf or mat i vo Cet et

Nº 24 Out ubr o/ 2011

Programa de Proteção ao Pedestre aponta resultado positivo : queda de 71% nos atropelamentos O balanço é positivo, passados cinco meses de ações do Programa de Proteção ao Pedestre, constatando-se uma redução de 71% no número de mortes por atropelamento na capital paulista, região central onde o programa começou. O resultado foi anunciado pelo prefeito Gilberto Kassab em um evento realizado na Prefeitura de São Paulo no dia 05 de outubro, onde o prefeito, acompanhado do secretário de Transportes, Marcelo C. Branco divulgou os números. O estudo realizado pela CET faz um comparativo do período entre 11 de maio e 30 de junho dos anos de 2008, 2009, 2010 e 2011. Nos primeiros dois anos, a área analisada (região central até a Avenida Paulista) apresentou cinco mortes. Em 2010, o número passou para sete mortes, caindo para duas este ano, com o início da campanha de proteção. O estudo também apontou uma redução de 36,4% no número de atropelamentos em relação ao do ano passado. Em 2010 foram 91 acidentes, contra 61 este ano. A cidade como um todo também apresentou queda no número de acidentes, ainda que no período analisado apenas a região central tenha recebido o reforço da campanha. A redução foi de 1.061 para 981, representando uma diminuição de 7,5% nos atropelamentos ocorridos na capital. O evento também contou com a apresentação ao público do Homem Faixa que fez sucesso e chegou para dar ênfase às ações do Programa de Proteção ao Pedestre. Na ocasião o Homem Faixa presenteou o prefeito com uma camiseta da campanha.

Demonstração de curso no site da CET visa apresentar uma amostra do Ambiente Virtual de Aprendizagem -CET No dia 10 de outubro o Departamento de Educação a Distância inseriu no site da CET, na página de inscrição do curso de Pilotagem Segura modalidade a distância, uma demonstração - telas do curso propriamente dito, com o intuito oferecer ao munícipe interessado em inscrever-se no EaD uma amostra de nosso Ambiente Virtual de Aprendizagem Posteriormente será feito o mesmo trabalho nos demais cursos na modalidade a distância. Para que isso pudesse acontecer, contamos com a colaboração da equipe do SENAC na elaboração do designer e também com o apoio de Tarcísio Capocci, do Departamento de Comunicação Digital , que fez a inserção da demonstração no site.


Pági na 6

Inf or mat i vo Cet et

Nº 24 Out ubr o/ 2011

GED Gerência de Educação de trânsito CET e Metrô fazem parceria para divulgar o Programa de Proteção ao Pedestre

As atividades aconteceram entre os dias 17 a 28 de outubro na Estação Paraíso

A CET em parceria com Metrô, realizou entre os dias 17 a 28 de outubro, na Estação Paraíso, atividades de caráter educativo , cultural e artístico. O objetivo do evento foi: Intensificar esforços na disseminação do Programa de Proteção ao Pedestre – PPP no espaço do Projeto Encontros, criado pelo Metrô de São Paulo para promover atividades artísticas, culturais e educativas aos seus usuários Divulgar o PPP em espaços públicos diferenciados como estratégia de comunicação social na amplificação dos públicos a serem atingidos A programação contou com shows musicais, peças teatrais, sessões de cinema, workshops, e conteúdos digitais espalhados em totens com telas de TV/LCD e computadores. Houve também exposição fotográfica “ CET 35 anos”, organizada pela Gerência de Marketing e Comunicação ( GMC) . Os totens com monitores veiculavam informações sobre o Programa de Proteção ao Pedestre, como Pesquisa de Comportamento sobre Condutores e Pedestres, Índices de Acidentalidade antes e depois do Programa, e as principais intervenções na cidade de São Paulo. Essas pesquisas foram produzidas pelo Departamento de Educação na Rua ( DRU). Na TV/LCD foram veiculados filmes sobre os primeiros resultados do Programa de Proteção ao Pedestre, filmes de Animação que tratam da Travessia Segura do Pedestre, “Corredor de ônibus”, “Visão do Motorista” e “Visão do Motociclista”. Esses filmes foram criados inicialmente para a TV BUS, e posteriormente publicados no YouTube. Foram veiculados também o filme dos três primeiros colocados da categoria Universitários e filmes com dicas para motociclistas (capacete, adaptação a moto, frenagem e postura). Esses filmes foram produzidos por Antônio do Nascimento e Marcelo Machado Lodygensky, ambos do Departamento de Educação a Distância ( DED). Um painel com fotográfico mostrando as atividades da Gerência de Educação no Programa de Proteção ao Pedestre também foi produzido pelo DED, em conjunto com a Gerência de Marketing e Comunicação( GMC).


Inf or mat i vo Cet et

Pági na 7

Nº 24 Out ubr o/ 2011

GED Gerência de Educação de trânsito

Nas sessões de cinema foram exibidos 07 episódios do seriado “ Aventuras de Judith e América no Trânsito” . Os episódios contam a história de Judith , que é uma senhora que divide a casa com sua irmã América.Alfredo, filho de Judith, se preocupa com ela e com a filha , que acabou de tirar carta e quer dirigir.Para cuidar de todo mundo só mesmo Cleonice, a empregada da família. Foram também apresentadas as peças “ Entre Pedestres e Lobos”, “Cruzamentos de Destinos” e a “ Árvore do Trânsito”.Tanto as peças teatrais quanto os episódios do seriado foram elaboradas pelo educador Ruy Andrade (DRU) e encenadas por estagiários de artes cênicas do Cetet( Centro de Treinamento de Educação de Trânsito)

O Show da Banda Maluah apresentou um repertório da MPB retratando a cidade de São Paulo, sua cultura e sua gente e músicas educativas de autoria dos educadores de trânsito do Cetet.A banda é composta por funcionários da CET Mônica Vieira ( GED - DEE), Ed Campos(GET –3), Edgard de Souza(DAS) e Tadeu Giovanni (convidado). Os workshops abordaram temas contemporâneos , com o tema trânsito sob a perspectiva da educação, segurança, meio ambiente e sustentabilidade, qualidade de vida, ensino a distância, redes sociais e cidadania. Para a ocorrência do evento estiveram envolvidos todos os Departamentos da Gerência de Educação , ( GED), a Superintendência de Educação e Segurança ( SES), e a Diretoria de Planejamento e Educação (DP). Durante o evento foram distribuídos 2.000 folhetos com dicas de segurança para pedestres e motoristas. Segundo o Metrô, circulam cerca de 65 a 70 mil usuários na Estação Paraíso no horário de pico, 17h00 às 18h00.


Inf or mat i vo Cet et

Pági na 8

Nº 24 Out ubr o/ 2011

GED Gerência de Educação de trânsito CET esteve presente no 18º Congresso Brasileiro de Transportes e Trânsito e VII INTRANS, promovido pela ANTP,no Rio de Janeiro. Entre os dias 19 a 21 de Outubro aconteceu o 18º Congresso Brasileiro de Transportes e Trânsito e VII INTRANS, ANTP,no Centro de Convenções SulAmérica no Rio de Janeiro. A proposta do Congresso foi promover o debate sobre Mobilidade Urbana como fator decisivo para o desenvolvimento social, econômico e ambientalmente sustentável para o nosso país. Dentre os temas apresentados podemos destacar:Política Nacional de Mobilidade e desenvolvimento econômico, Mobilidade Urbana e aquecimento global, Mobilidade Urbana em face de matriz energética,Redução de tarifas e de custos do transporte público para a inclusão social, Combate à violência e respeito aos direitos humanos no trânsito,Financiamento permanente na infra – estrutura e em tecnologia e Qualidade dos serviços de transporte e sustentabilidade ambiental. A CET esteve presente com a apresentação de diversos trabalhos , dentre eles os trabalhos apresentados pela Gerência de Educação ( GED). A palestra de Educação de Trânsito - Conquistas e Desafios foi apresentado por Luiz Carlos M.Néspoli, gerente de Educação, falou sobre o sucesso do Programa de Proteção ao Pedestre, com o comprometimento das autoridades públicas, comprometimento social de instituições/organizações, ações de engenharia, fiscalização e educação. Néspoli elencou as conquistas/ desafios realizados na Educação de Trânsito, deixando questionamentos como, a instalação permanente da educação para o trânsito no currículo escolar e não uma educação de ocasião, a responsabilidade sobre a mudança de comportamento da sociedade em relação a mobilidade urbana e não a educação de trânsito voltada apenas à adaptação do homem à tecnologia do automóvel. Josefina G. Kiefer, supervisora do DED, Departamento de Ensino a Distância, apresentou Educação a Distância : apoio à construção de um trânsito cidadão, falando sobre a experiência de implantação do Ensino a Distância na CET, desde 2010, como apoio à educação para o trânsito. A apresentação de Ilana Berezovsky Frigieri, supervisora do DCO, Departamento de Condutores, falou sobre o curso de Pilotagem Segura desenvolvido pelo departamento, e destacou a importância de conscientizar o motociclista sobre a sua fragilidade e responsabilidade no trânsito, que são determinantes para a sua segurança. Essa consciência é vital para conter o índice de acidentes envolvendo o motociclista. O Projeto de Educação para o Trânsito em Redes Sociais apresentado por Elizabeth Moreira Munhoz, supervisora do DRU, Departamento de Educação na Rua, falou da possibilidade de um sistema de comunicação democrático com seus interlocutores, sobre questões prementes relacionadas ao trânsito e seus temas transversais e correlatos – meio ambiente qualidade de vida, segurança, preservação à vida, entre outros. Segundo Elizabete, trata-se de uma abordagem estratégica atraente e desafiadora perante a missão de educar cidadãos para um comportamento no trânsito mais cordial, solidário, seguro e humanizado. Um grupo com 30 participantes, incluindo os supervisores do Cetet, fizeram uma visita técnica ao Sistema de Transportes, onde embarcaram no teleférico do Morro do Alemão, zona Norte do Rio de Janeiro, que foi inaugurado no dia 7 de Julho de 2011, oito meses após a pacificação da região. Trata-se de uma nova tecnologia de transporte urbana destinada a regiões de difícil acesso pelos modos convencionais de transporte. Ele representará uma economia de tempo considerável para dezenas de milhares de seus moradores. Estima-se que transportará 30 mil pessoas por dia, percorrendo 3,5 km com 150 gôndolas em cerca de 15 minutos O 18º Congresso recebeu participantes de outros países como África e Áustria, que além de trazerem suas experiências puderam conhecer as nossas boas práticas no plano nacional e, em particular, da cidade do Rio de Janeiro, anfitriã do evento. Estiveram presentes Prefeitos, Secretários de Estado, Autoridades federais e Parlamentares, Operadores públicos e privados, Industriais, Consultores, Dirigentes sindicais patronais e de trabalhadores, Acadêmicos, Lideranças comunitárias e interessados no setor.


Página nº 8

Informativo Cetet

Nº 24 Out ubr o/ 2011

Agora são 840 orientadores de travessia Em outubro foram contratados mais 156 .

Nos dias 21, 24,25 e 27 de outubro foram contratados e treinados mais 156 orientadores de travessia para atuarem nos diversos cruzamentos já existentes. O treinamento aconteceu no auditório do Cetet, Centro de Treinamento de Educação de Trânsito, sendo realizado por educadoras do DRU, Departamento de Educação na Rua. O treinamento consistiu em apresentar a CET e o Departamento de Educação na Rua, dar informações sobre o trabalho que irão executar, incluindo regras de conduta e de segurança. Foi passado também noções de circulação e acessibilidade, que serão colocadas em prática no dia a dia com os pedestres. Como extensão do Programa de Proteção ao Pedestre, no dia 24 de outubro , dez dos orientadores treinados foram distribuídos dentro da USP, Campus Butantan dando assim início às ações nesse local. Os orientadores de travessia, acompanhados por dez mímicos, auxiliam pedestres a atravessar a faixa inicialmente em dois pontos, portaria central e em frente a FEA, Faculdade de Economia , Administração e Contabilidade.

Curso ―Família em Trânsito‖- Cidadania e Qualidade de Vida conta com mais duas tutoras Silvana de A. Barbaric é mais uma das tutoras treinadas no DRU (Departamento de Educação na Rua) para o curso “Família em Trânsito” – Cidadania e Qualidade de Vida. Historiadora trabalha na CET há 16 anos, e também leciona há 15 anos. Diz não estar encontrando dificuldade como tutora e afirma que atuar no ensino a distância significa possibilitar que a educação chegue a todos os lugares.“É para mim um papel de grande importância, sendo facilitadora no processo de ensino/aprendizagem, pressupondo compromisso, dedicação e envolvimento.”Sobre o Ensino a Distância diz que é um instrumento importante, pois vivemos sob a égide da globalização e a informação não possui mais fronteira, e a educação precisa chegar a todos os lugares, vencer todas as distâncias. Acrescenta que é preciso atuar constantemente no sentido de reavaliar conteúdos, metodologias para que o aluno possa se sentir constantemente envolvido desta forma fortalecer um processo de aprendizagem fundado na autonomia e na confiança. Josimeire Schawartz também começou a tutoria no curso “Família em Trânsito – Cidadania e Qualidade de Vida”, aumentando para cinco o quadro de tutores do DRU. É psicóloga, lecionou por aproximadamente 10 anos, e trabalha na CET há 15 anos. Já fez alguns cursos a distância como aluna e agora ser tutora , para ela, é uma nova experiência onde diz estar aprendendo muito. “ As dificuldades que sentiu como tutora foi no contato inicial com as ferramentas do curso.”


Pági na 10

Inf or mat i vo Cet et

Nº 24 Out ubr o/ 2011

E por falar em Cetet Este espaço tem o objetivo de mostrar ao leitor as opiniões do público atendido pela GED nos cursos / atividades desenvolvidas por seus departamentos, bem como divulgar tudo que sai na Imprensa sobre o Centro de Treinamento e Educação de Trânsito Pedro de Souza Ricori ,Direção Segura modalidade EaD - “ ...a todos que se esforçaram para que este curso fosse possível, e a todos alunos que participaram deste curso. Espero que cada um de nós coloquemos em pratica tudo que aprendemos, e vamos passar para outros o nossos aprendizados e nossas experiencias, para que tenhamos um trânsito mais harmonioso,e com menos acidentes.” Angila Maria Silva, – Sustentabilidade e Trânsito modalidade EaD — ―Muito obrigado, quero ressaltar que foi de suma importância a sua preocupação com nós alunos em relação as aulas e atividades, é muito bom quando temos um tutor comprometido com aquilo que se propôs a fazer, isso nos encoraja a cada vez mais nos empenhar nos estudos. Espero um novo curso o mais breve possível, pois quanto mais aprendemos, mais podemos crescer intelectualmente e nos tornarmos melhores seres humanos, conscientes de nossos atos.Um grande abraço e espero reencontrá-lo novamente como nosso tutor, Ariovaldo Vieira da Silva. Miqueias Nunes— “ Parabenizo a CET pela qualidade e excelência nos cursos a distância. Grato pela oportunidade.” Anna Seixas, Pilotagem Segura modalidade EaD— ―Gostaria de agradecer a oportunidade de fazer este curso com vcs. Foi de extrema importância. Aprendi muito. Agora resta colocar na prática. Pena que saimos das auto-escolas sem essas bases, mesmo que teóricas. grande parte do que aprendi com vcs foi novidade pra mim. Parabéns pela iniciativa.” William de Almeida Correa,Capacitação Fund II modalidade EaD -― Parabéns a todos excelente trabalho idéia mesmo genial assim unimos força para o dia a dia na vida real obrigado!”

Cetet participa de debate no Projeto ― Educacine Ambiental‖

Em 25 de outubro educadores do Cetet participaram de um debate na UMAPAZ, promovido pela arte – educadora Nadime Bouri Netto Costa, e o sociólogo Valério Igor Victorino. O debate ocorreu após a apresentação do documentário Sociedade do Automóvel. Os educadores do Cetet relataram algumas de suas experiências em educação para o trânsito e os desafios agora com o Programa de Proteção ao Pedestre, que apresenta um balanço positivo dos resultados em prol dos pedestres que circulam pela cidade.


Pági na 11

Inf or mat i vo Cet et

Nº 24 Out ubr o/ 2011

Cetet em Núm3r0s O “Cetet em Núm3r0s” tem o intuito de informar todos os quantitativos acumulados das atividades reali-

48.858 pessoas participaram de atividades educativas no período de janeiro a outubro de 2011 21.564 alunos de 95 escolas/instituições da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio foram atendidos; 16.949 pessoas se inscreveram para participar dos cursos na modalidade do Ensino a Distância (EaD); 11.009 pessoas participaram de pesquisas sobre comportamento no trânsito; 7.983 pessoas foram atendidas em 16 eventos externos com gincanas educativas; 4.225 pessoas assistiram a 87 palestras sobre Segurança no Trânsito e Qualidade de Vida; 3.891 pessoas se inscreveram para participar do 3º Prêmio CET de Educação de Trânsito; 3004 pessoas participaram das atividades da CET no “ Salão Duas Rodas” 1.631 pessoas de 61 turmas receberam certificado de aprovação do Curso de Inclusão de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida na Educação de Trânsito em EaD; 2.613 pessoas assistiram às apresentações das peças “A História do Boi Atropelado” e “Maria, Maria”; 1.293 pessoas de 46 turmas receberam certificado de aprovação do Curso de Capacitação para Professores do Ensino Fundamental II e EJA em EaD; 1.214 pessoas de 46 turmas receberam certificado de participação do Curso de Capacitação para Professores do Ensino Fundamental I em EaD; 1.277 motoristas participaram de 84 cursos de Direção Defensiva; 1.017 pessoas de 32 turmas receberam certificado de participação do Curso de Direção Segura em EaD; 980 pessoas assistiram a 22 palestras sobre Pilotagem Segura; 1.026 pessoas de 38 turmas receberam certificado de participação do Curso de Pilotagem Segura em EaD; 895 pessoas de 46 turmas receberam certificado de aprovação do Curso de Capacitação de Professores da Educação Infantil em EaD; 1.499 orientadores de travessia foram treinados; 494 pessoas de 16 turmas receberam o certificado de participação no curso de Sustentabilidade e Trânsito em EaD; 300 pessoas participaram da cerimônia de entrega do 3º Prêmio de Educação de Trânsito; 281 pessoas de nove turmas receberam certificado de participação no curso “ Família em Trânsito – Qualidade de Vida e Cidadania” em EaD; 614 motociclistas participaram de 58 cursos de Pilotagem Segura; 306 pessoas assistiram a cinco palestras de Acessibilidade e Mobilidade Urbana; 190 pessoas assistiram às apresentações do Cetet no 18º Congresso da ANTP; 194 pessoas foram atendidas em 11 cursos de Formação para Taxistas; 648 pessoas assistiram a 13 palestras de Trânsito e Sustentabilidade; 101 escolas e 3 instituições foram orientados sobre os novos procedimentos da Operação Escola; 165 coordenadores de catequese e catequistas da Região Belém participaram do encontro do projeto redes sociais; 124 pessoas de cinco instituições participaram de atividade para Terceira Idade; 68 pessoas de seis turmas receberam certificado de aprovação do Curso de Capacitação de Professores do Ensino Fundamental II e EJA; 223 pessoas em nove turmas receberam certificado de aprovação do Curso de Capacitação de Professores do Ensino Infantil; 46 vezes o teatro de rua “Entre Lobos e Pedestres” foi apresentado; 15 alunos com deficiência de uma instituição participaram da atividade de Educação de Trânsito; 24 locais foram atendidos com o trabalho da mímica; 08 pessoas de uma turma receberam certificado de aprovação do Curso de Capacitação de Professores do Ensino Fundamental I; Duas vezes o teatro “ Cruzamentos de Destino” e a “Árvore do Trânsito” foi apresentado.


Galeria de Fotos

Direção Defensiva para 3ª idade

―Segurança no Trânsito Qualidade de Vida‖ Albert Enstein

Encontro com Catequistas

USP-Programa de Proteção ao Pedestre

Teatro - Árvore do Trânsito

Capacitação Infantil

teste 2  

teste teste