Issuu on Google+

BRASILiTERÁRIO

GIBI É OU NÃO LITERATURA?

TOP 10 FILMES

LITERÁRIOS CAROS! BRASILiTERÁRIO


SUMÁRIO:

TOP 10 GIBI É OU NÃO FILMES LITERATURA? LITERÁRIOS Pág 2: CAROS! BIO Pág 3: Nicholas 10 FATOS Sparks: De “O Senhor confira! Dos Aneis”: Pág 7: Pág 9: FILME SOBRE Baseado “Hobbit e a Desolação na história de Smaug”: de Tolkien: Pág 14: Pág 12: CONTO O QUE Enviado São Os Livros pela leitora Grimorium: Mariana Gomes. Pág 16:

Pág 19:


G

ibi é literura? Uns dizem que sim, outros que não. Agorra, em quem devemos cred itar? Primeiro, prefiro a palavra ‘gibi’ ao invés de ‘histórias em quadrinhos’, pois os esparnos me ensinaram que devemos ser breves e claros para ganharmos as batalhas da vida. Esparta era uma cidade na região de Lacônia, e lacônico significa não curto e grosso, e sim, curto e claro, pois se um general não é claro nas suas ordens, ele perde a batalha. Agora vejamos porque gibi é literatura importante, em minha humildade opinião. A visão é o órgão mais importante dos cinco sentidos. Para que possamos ter ideia do quanto ela é essencial nas nossas vidas, saiba que ela ocupa mais espaço no cérebro do que todos os outros sentidos juntos. Tanto é que há um lobo específico só para ela, chamado lobo occipital. E curiosamente, esse lobo fica na parte de trás da cabeça e não na frente. Portanto uma pancada na nuca pode tornar alguém cego apesar dos olhos estarem perfeitos. Esta cegueira é chamada de ‘cegueira cortical’.

GIBI É LITERATURA? ARTIGO DE OPINIÃO

GIBI É OU NÃO LITERATURA?

Um gibi ou romance gráfico não pode narrar uma história apenas por imagens, é necessário um roteiro, como o de um filme. Se notarmos, o gibi está entre a literatura clássica e a sétima arte, o cinema. A diferença entre um gibi e um livro é que nos quadrinhos o autor mostra visualmente o universo que criou, enquanto que em um livro, o leitor tem que construir este universo através das palavras que lê. Agradeça se vir uma criança com um gibi nas mãos. Ela está iniciando uma grande aventura. E se for um adulto, pense que sem o romance gráfico, talvez ele nem fizesse parte de um grupo de literário.

A criança se apaixona pelos desenhos nos gibis, já que provei acima que somos muito visuais, e acaba tendo que lê-los para entender o porquê das imagens. E este é o início da leitura para elas. O gibi é o primeiro passo para o livro. Por este motivo não apenas gibis, mas livros com abundância de imagens, são importantes para criar uma geração de leitores. Mas gibi não é apenas para crianças, existe o romance gráfico, que é um gibi voltando mais para o adulto devido a sua temática. E temos que convir que muitos romances gráficos deram origem a filmes e a livros interessantes.

BRASILiTERÁRIO

2


TOP 10 FILMES CAROS:

COLUNA:

FILMES LITERÁR IOS CA

ROS BRASILiTERÁRIO


William Teodoro:

TOP 10 FILMES CAROS:

TOP 10 FILMES

LITERÁRIOS CAROS! 10. Anjos e Demônios:

9. O Código Davinci:

Na literatura, esta obra vem antes de “O Código Da Vinci”. No cinema, depois. O filme tenta seguir ao máximo a história do livro, diferente de seu antecessor. Novamente Robert Langdon (vivido novamente por Tom Hanks) parte em busca da resolução de mais um misterioso caso de assassinato. A receita desse filme ficou em torno de US$ 125 milhões.cas e, sem dúvida, o orçamento para os filmes tenderão a crescer.

Da obra de Dan Brown, a adaptação de O Código Da Vinci recebeu muitas críticas negativas por fugir do foco do livro muitas vezes. No entanto, mesmo com fortes críticas e até mesmo ameaça de boicote, o filme arrecadou milhões de dólares em bilheteria e teve um orçamento de US$ 125 milhões de dólares. O sucesso do filme gerou uma sequência que encerra este Top 10.

8. Noé: Com estreia prevista para 2014, a passagem bíblica foi adaptada de forma épica para os cinemas, contando com nomes como Emma Wattson (Hermione da série Harry Potter) e Russell Crowe (Jor-El do filme Homem de Aço). A produção é tão grandiosa que seu orçamento chega na casa dos US$ 130 milhões. A mega produção conta com a direção de Darren Aronofsky (Cisne Negro).

BRASILiTERÁRIO


TOP 10 FILMES CAROS:

COLUNA:

7. Saga Crepúsculo, Amanhecer: Os capítulos finais da saga Crepúsculo tiveram de orçamento juntos aproximadamente US$ 230 milhões de dólares. Nos desfechos finais da história, o nascimento da filha de Bella e Edward trará conflitos até mesmo na família das personagens. Em um conflito épico, o fim da rentável saga termina de forma emocionante e arrasadora que os fãs da saga aprovaram e fizeram os filmes serem um sucesso na bilheteria.

6. Percy Jackson e O Mar de Monstros: A adaptação do segundo livro da série Percy Jackson e os Olimpianos teve de orçamento US$ 125 milhões, mais do que seu antecessor, O Ladrão de Raios, que teve orçamento em US$ 80 milhões. Como seu antecessor, O Mar de Monstros trouxe muitas divergências para com o livro, levando assim muitos fãs a saírem insatisfeitos das salas de cinema. No entanto, isso não impediu o arrecadamento de milhões de dólares ao redor do mundo.

Os defeitos mais perigosos são aqueles que, com moderação são qualidades. By: Rick Riordan.

5. O Senhor dos Anéis: Mais uma trilogia baseada na série homônima de J.R.R. Tolkien. Seu orçamento foi de US$ 280 milhões, já que todos os três filmes foram gravados um atrás do outro, sem pausa, como se fossem um só. A sequência de “O Hobbit” arrecadou bilhões em bilheteria e tornou-se um dos maiores projetos cinematográficos já executados.

4. O Hobbit: A trilogia “O Hobbit”, prólogo da série “O Senhor dos Anéis”, ambas de J.R.R. Tolkien, vem arrebatando público a cada novo lançamento. E seu orçamento também. Cada filme custou quase US$ 300 milhões. Tanta grana é bem aplicada nos efeitos visuais dos filmes que chegam ao fim em novembro de 2014, com a chegada do último filme da trilogia nos cinemas. BRASILiTERÁRIO


William Teodoro

TOP 10 FILMES CAROS:

1. As Crônicas De Nárnia: A série de livros de C.S. Lewis, com atualmente três adaptações para as telonas, todas pela Walt Disney Pictures, trás consigo, além da história magnifica, um gordo orçamento. O primeiro título, O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa, teve um orçamento de US$ 180 milhões enquanto que o segundo título, “Príncipe Caspian”, gastou em sua produção nada mais, nada menos, do que US$ 241,7 milhões. Ainda há planos para novas adaptações cinematográficas e, sem dúvida, o orçamento para os filmes tenderão a crescer.

FILMES MAIS CAROS

LITERÁRIOS! TOP 3:

Cada vez que você faz uma opção está transformando sua essência em alguma coisa um pouco diferente do que era antes. By: C.S.Lewis

2. John Carter -Entre Dois Mundos: Mais um filme produzido pela Disney, John Carter teve um orçamento aproximado de US$ 300 milhões. John Carter é o protagonista da maioria dos livros da série “Barsoom”, do mesmo autor da série de livros “Tarzan dos Macacos”. A série já foi adaptada em dois filmes, um lançado direto em vídeo baseado no primeiro livro da série, “Princess of Mars” e dois anos depois, John Carter – Entre Dois Mundos.

3. Harry Potter: A série de livros em suas bem-sucedidas adaptações para as telonas (já aparecendo em um Top 10 da Revista BrasiLiterário) teve um gordo orçamento: Acima de US$ 100 milhões. A receita, claro, sempre ultrapassou esse valor (o primeiro filme alcançou mais de US$ 1.200 bilhões!) e a série Harry Potter com seus oito filmes ainda continua sendo imbatível no quesito “receitas geradas em bilheteria”.

BRASILiTERÁRIO


BIOGRAFIA: NICHOLAS SPARKS:

COLUNA:


BRIAN BIOGRAFIA: NICHOLAS SPARKS: MOREIRA:

N

icholas Sparks nasceu no dia 31 de dezembro de 1965, Omaha, Nebraska. Seus pai era um professor de negócios chmado Patrick-Michael Faíscas e sua mãe, uma assis tente de optometrista, chamada Jill Emma Marie Sparks. Sparks passou toda sua adolescência na California. Com apenas 19 anos, Sparks escreveu seu primeiro livro que desapareceu e não foi mais encontrada. Após anos ele passou a escrever seus livros que hoje são conhecidos em muitas partes do mundo. Entre eles estão “Diário de Uma Paixão”, “Uma Carta de Amor” e “Um Homem de Sorte”. Sparks casou-se em 1989 com sua esposa que está até hoje, Cathy Sparks, e deste casamento seus cinco filhos foram gerados, Miles, Ryan, Landon, Lexie e Savannah. Em 1990, Sparks co-escreveu um livro ao lado de Billy Mills, que vendeu mais de 50 mil cópias. E com apenas 25 anos, seu nome já estava bem mais conhecido e através disso, ele conheceu sua agente literária, Theresa Parks, que fez com que seu primeiro livro sozinho publicado se tornasse em apenas uma semana um Best Seller em toda New York Times. A Time Warner Book Group, a editora que o publicou lhe ofereceu de primeira 1 milhão de dólares por este seu primeiro livro sozinho publicado, o chamado “The Notebook”. Sparks é um escritor que mostra a todos nós a grande importância de nunca desistir, não é atoa em que ele se focou em muitas outras áreas de atuação, não é mesmo?

BIO

Nicholas Sparks: confira! Quando as pessoas se importam umas com as outras, sempre dão um jeito de fazer as coisas darem certo. By: Nicholas Sparks. BRASILiTERÁRIO


TOP 10 FATOS DE “O SENHOR DOS ANEIS”:

COLUNA:


BRIAN TOP 10 FATOS DE “O SENHOR DOS ANEIS”: MOREIRA:

10 FATOS

De “O Senhor Dos Aneis”: Fato 10. O filme lidera a lista com 836 corpos. O segundo colocado é o filme “Cruzada (2005),’ com 610 corpos. O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei foi lançado em 2003. Embora ele leve o nome do terceiro volume do livro de JRR Tolkien, ele na verdade incorpora uma boa parte da história do segundo volume, ‘As Duas Torres.’ Na verdade, a maior parte da viagem de Sam e Frodo aconteceu no segundo volume. As mudanças aconteceram pelos seguintes motivos: 1. Segundo o diretor, se não fizessem a mudança, Sam e Frodo não teriam muito o que fazer no primeiro filme; 2. Porque esses eventos coincidiam cronologicamente com outros acontecimentos dos livros, por este motivo fazia mais sentido movê-los. Veja mais alguns fatos sobre

Fato 9.

Fato 8.

Shelob foi baseada na aranha típica da região da Nova Zelândia, chamada ‘tunnelweb’. Peter Jackson, diretor da franquia, morre de medo de aranhas

O primeiro trailer de ‘A Sociedade do Anel’ foi visto na internet por mais de 1,7 milhão de pessoas nas primeiras 24h.

A mão queimada ensina melhor. Depois disso o conselho sobre o fogo chega ao coração. By: J.R.R Tolkie:


TOP 10 FATOS DE “O SENHOR DOS ANEIS”:

COLUNA:

Fato 7: Quem já leu os livros sabe que os filmes da saga The Lord of the Rings contam alguns detalhes da história diferentes dos originais do livro. No livro, Frodo só começa sua aventura 17 anos APÓS ele pegar o anel. Nos livros, quando Bilbo deixa Frodo em casa com o anel, Frodo já tem 33 anos de idade. Gandalf convence Frodo a proteger o anel e a mantê-lo em segredo até sua partida. Durante muitos anos Gandalf visita Frodo várias vezes. Apenas depois de 17 anos Gandalf conta a Frodo sobre a verdade do anel – quando Frodo tem 50 anos de idade. Muitas outras mudanças foram feitas na história para que o filme ficasse com somente 9 horas de duração. Alguns personagens como Fatty e Bombadill, por exemplo, foram cortados completamente da história, e outros elementos ou fatos foram encurtados ou removidos. Enfim, se você resolver ler os livros ficará surpreso em quão profunda e extensa é a verdadeira história se comparada aos filmes.

Fato 6: Te todo o curso da história, parece óbvio que o personagem principal e portador do anel é o herói da história. Porém JRR Tolkien, o autor, encarou a história de uma forma diferente. Tolkien afirmou que Sam era o verdadeiro herói da história. Para justificar, vejamos algumas coisas que Sam fez: Ele enfrentou soldados e uma aranha gigante para salvar Frodo, invadiu uma torre cheia de orcs por conta própria, resistiu à tentação do Anel e ainda leva Frodo até o vulcão essencialmente carregando o destino da humanidade em suas costas – tudo enquanto sofre de fome e desidratação. Por isso parece ser justo a afirmação de Tolkien.

Fato 5:

Fato 4:

A história “The Lord of the Rings” de J.R.R Tolkien é amplamente confundida com uma trilogia só porque trata-se de um livro publicado em três volumes. O fato é que a história de The Lord of the Rings é única e dividida em SEIS livros e apêndices. Em algum momento da história resolveram publicar os livros em apenas 3 volumes, só depois disso as pessoas começaram a chamar de “trilogia”.

Quem já leu os livros sabe que os filmes da saga The Lord of the Rings contam alguns detalhes da história diferentes dos originais do livro. No livro, Frodo só começa sua aventura 17 anos APÓS ele pegar o anel. Nos livros, quando Bilbo deixa Frodo em casa com o anel, Frodo já tem 33 anos de idade. Gandalf convence Frodo a proteger o anel e a mantê-lo em segredo até sua partida.


BRIAN TOP 10 FATOS DE “O SENHOR DOS ANEIS”: MOREIRA:

Fato 1: Durante todo o curso da história, parece óbvio que o personagem principal e portador do anel é o herói da história. Porém JRR Tolkien, o autor, encarou a história de uma forma diferente. Tolkien afirmou que Sam era o verdadeiro herói da história. Para justificar, vejamos algumas coisas que Sam fez: Ele enfrentou soldados e uma aranha gigante para salvar Frodo, invadiu uma torre cheia de orcs por conta própria, resistiu à tentação do Anel e ainda leva Frodo até o vulcão essencialmente carregando o destino da humanidade em suas costas – tudo enquanto sofre de fome e desidratação. Por isso parece ser justo a afirmação de Tolkien.

TOP 3 FATOS

De “O Senhor Dos Aneis”: Fato 2:

O elogio que vem daquele que merece o elogio está acima de todas as recompensas. By: J.R.R Tolkie:

Kubrick, é um dos melhores diretores de filmes de todos os tempos. Alguns de seus trabalhos são ’2001: Uma Odisseia no Espaço (1968),’ ‘Laranja Mecânica (1971),’ e ‘O Iluminado (1980).’ Quando os direitos do filme Senhor dos Anéis foi vendido para companhia de cinema americana United Artists, os Beatles tentaram aproveitar a oportunidade para criarem o primeiro filme da série. Os livros da saga The Lord of the Rings fizeram um enorme sucesso entre os adeptos a movimentos liberais na década de 60, então faz todo sentido os Beatles se interessarem no projeto, e eles queriam que Kubrick dirigisse o filme

Fato 3: Christopher Lee, que interpreta o mago Saruman no longa, é o único membro do elenco que conheceu o autor da saga, J.R.R Tolkien, pessoalmente.


CINEBIOGRAFIA SOBRE TOLKIEN:

COLUNA:


BRIAN CINEBIOGRAFIA SOBRE TOLKIEN: MOREIRA:

D

e acordo com a Los Ange les Times, a fox produzirá um filme baseado na his- tória de um dos maiores escritores de todo mundo, sim, J.R.R. Tolkien, o pai de “O Senhor dos Aneis”. O filme provisoriamente terá o título de apenas “Tolkien”, e neste filme, a história irá focar-se nele na primeira guerra mundial como um soldado e particulamente seus anos de formação no Pembroke College. O Irlandês David Gleeson, intusiasta de Tolkien e de sua terra média, está criando o roteiro deste aclamado filme. Ele irá examinar toda a vida de Tolkien, tendo de agregar até mesmo o período que o autor levou para escrever “O Hobbit”, em 1937 e sua magnu opus, “O Senhor dos Aneis”. Será a primeira cinebiografia de Tolkien, mesmo filmes como “Mirkhood” tendo sido criado com a história de Tolkien como intérprete de códigos na segunda guerra mundial. Os criadores desta grande e importante obra cinebiográfica terá em suas mãos a necessidade de levar ao público todas as emoções que Tolkien passou devido as grandes guerras mundiais e ao criar toda sua bela história. Irá valer a pena assistir esta obra revigorante, não acham?

FILME Baseado na história de Tolkien:

Aquele que quebra uma coisa para descobrir o que ela é deixou o caminho da sabedoria. By: J.R.R Tolkie:


SOBRE

“Hobbit e a Desolação de Smaug”:

A

sequência de “O Hob bit — Uma Jornada Inesperada”, e conti- nuação da adapta- ção de J.R.R Tolkien chegará aos cinemas dia 20 deste mês. Com um orçamento batendo na casa dos R$250 milhões, a segunda parte da trilogia começa exatamente onde termina o filme anterior.

Na jornada de agora, Bilbo Bolseiro parte com Gandalf e mais 13 anões para roubarem Smaug, um poderoso dragão que há muito tempo atrás roubou o tesouro do reino dos anões do avô de Thorin e desde então dorme sobre ele. Neste filme, Bilbo também encontra o anel de poder.

Com a falta de uns e adição de outros atores no elenco, o filme promete ser um dos melhores do ano e seguir a mesma impecável produção do filme anterior. Também filmado em 3-D, a nova experiência fará com que os laços dos personagens fortaleçam-se ainda mais e os heróis enfrentem perigos nunca antes imaginados Vale lembrar que “Uma Jornada Inesperada” e “A Desolação de Smaug” foram filmados de uma única vez na Nova Zelândia. Que canseira, não é?


O QUE São Os Livros Grimorium:

A 

Já pensou na possibilidade de ler um livro como fil- mes de bruxas e feiticeiros?

Livros como esses são conhecidos como Grimorium ou Grimório, são nomes dados a livros de magia, rituais, descrições sobre entidades, criação de objetos, orações e etc. Tal palavra hoje é usada como referencia para livros antigos, geralmente centenários. O nome “Grimório” tem a mesma origem de raiz da palavra “Gramática”. Muitos desses livros desapareceram conforme o tempo, alguns podem ter sido queimados pela inquisição ou podem estar em coleções particulares, ninguém sabe ao certo. Mas alguns desses livros estão em bibliotecas espalhadas pelo mundo, um exemplo é a biblioteca de Paris, lá se encontra diversos exemplares. Existem pessoas que confirmam a existência de antigos livros de ocultismo em bibliotecas Brasileiras. Alguns desses livros valem muito, às vezes ele pode dizer que a pessoa pode conquistar a imortalidade, mas dentro esta escrito todos os tipos de besteiras ou desenhos esquisitos, isso depende da idade, do estado e da quantidade de cópias existentes e quem supostamente o escreveu.

As pessoas que possuam livros raros de Grimório, raramente vão ceder esse livro para que possa ser feito copias, tanto pela valorização do livro quanto para a preservação dele, para que a peça não estrague. Ao iniciar minhas pesquisar por Grimórios, tive a oportunidade de conhecer diversos cenários, obviamente com o intuito de comprar livros antigos, existe versões também na internet, versões pagas em “pdf” ou em downloads se estiver disposto a ficar algumas horas pesquisando, mas boa parte desses livros não contém ensinamentos que possam ser assimilados ou praticados. O conteúdo é algo que deve ser avaliado antes de mais nada. Porém muitos foram codificados para que apenas os iniciados pudessem entender. Quando esse tipo de codificação é traduzida acaba perdendo o real sentido oculto dentro deles.


Leve em conta que: Em questão de livros, é difícil encontrar um livro raro que chegue a internet em “pdf” ou que esteja disponível para download, principalmente quando se trata de ocultismo e magia, digo isso meus caros por experiência própria, livros raros ou edições esgotadas são absurdamente caras, alguns títulos nem são conhecidos. O grande elevação desse tipo de livro foi durante o século 18, muitos com autores anônimos que usavam nomes de pessoas aleatórias para não serem acusados de bruxaria, por esse motivo, podemos encontrar livros escritos por Salomão, Moisés e Enoque é não é por acaso que são nomes bíblicos. Muitos livros que estão espalhados por ai, são apenas falsas traduções ou traduções de baixa qualidade que distorcem todo o conteúdo. Muitos Grimórios dados como antigos são bem modernos, alguns são copias de símbolos criados para enganar pessoas com o objetivo de apenas serem vendidos. Na internet ocorre a anos a “venda de Grimoriuns” em formato digital, que seria a informação de “um livro” raro. Se procurarem irão encontrar algumas propagandas que dizem que a original se encontra em uma biblioteca da Europa.

TERIA Coragem de ler estes livros?

O que muitos não sabem, e nem é dito é que esses livros são traduções de livros que foram publicados em espanhol em forma de livros comuns, sendo assim podemos dizer que ou alguém conseguiu o direito de copiar de alguma biblioteca publica ou são apena trechos de outros livros de ocultismo unidos em forma de um só livro, e que é realmente provável que a segunda opção seja verdadeira. Isso tudo foi um truque antigo de algumas editoras.


CONTO

Enviado pela leitora Mariana Gomes.

O homem que observava tudo pela janela já se alegrava com a situação, a garota estava sozinha. Ele poderia aproveitar o quanto quisesse. E com esse pensamento fez nascer um sorriso malicioso nos lábios. Ele foi até a porta e tocou a suave campainha crente que a menina em sua inocência deixá-lo-ia entrar de bom grado. E aconteceu como o esperado, a menina veio abrir a porta alegremente, e deparou-se com um homem alto, bonito, de cabelos escuros e sorriso largo. Logo lhe transmitia confiança. Pelo menos era o que ele achava. Ele perguntou pela mãe da garota e pediu-lhe para entrar para que pudesse esperar por ela mais confortavelmente, a garota em toda sua inocência deixou sem a menor resistência. Não poderia ser melhor, seria muito mais fácil do que ele imaginava. Agora era só partir para o ataque. Ele sentou-se no sofá juntamente com a garota que estava ao seu lado e o olhava curiosamente, com milhares de perguntas transparecendo nos seus pequeninos olhos enquanto o homem sorria delicadamente para ela.

E

le a seguiu da escola até uma grande casa amarela com enormes janelas verdes e uma pe- sada porta de madeira. A pequena garota colo- cou a chave na fechadura, girou-a e a abriu. A porta mal tinha sido aberta e a garota já gritava pela mãe ao tempo em que jogava a mochila num canto qualquer, mas sem obter resposta alguma.

O homem não se contendo mais de ansiedade pelo que estava prestes a fazer, não querendo perder mais tempo chegou bem perto da menina e começou a toca-la, a menina olhava como que não entendendo o que acontecia, mas ainda assim deixava. Ele tocava-lhe as pernas e subia as mãos delicadamente querendo tocar os seios que ainda nem se formavam, subindo para os pequenos lábios rosados da garota.


Assim que os dedos longos e finos tocaram-lhe os lábios ela sorriu um sorriso malicioso, seus olhos trocaram de cor drasticamente de castanho para um branco gelo no mínimo hipnotizante, mas até então ele não havia percebido, continuava a tocar o corpo da garota sem pudor algum, estava perdido em seus desejos pecaminosos. E então em um determinado momento ele percebeu que algo acontecia, olhos dela haviam mudado e seus cabelos voavam e se emaranhavam como se uma ventania estivesse por ali passando, mas nenhum sopro de vento aparecia, ela era agora extremamente alta e pálida, seu corpo ia até o Teto e se curvava em direção a ele, seus dedos começaram a faiscar e uma luz negra emanava dela. Ele tremia sem parar e chorava com os olhos quase saltando para fora do rosto, ela dizia palavras estranhas e lançava objetos em direção a ele. O homem tombou no chão desacordado, e com sangue escorrendo pelo seu corpo mas ainda vivo. A garota ria descontroladamente até que foi se acalmando e voltou a ter a aparência angelical de antes, foi até o andar de cima e em seu quarto pegou um pequeno caderninho cor de rosa que tinha paginas e mais paginas com pequenos traços pretos e acrescentou mais um, foi até o telefone e ligou para a policia, deixaria que os presos cuidassem do resto.

FIM.

CONTO

Enviado pela leitora Mariana Gomes. Cont:



Edição definitiva da revista 5