Issuu on Google+

Quattroelle Love, Life, Liberty & Luxury MARINAS DO MUNDO Escolha seu próximo destino MÔNACO EM FOCO Tudo o que aconteceu no verão do Principado

Exclusivo  Testamos na água a Intermarine 55 assinada pela BMW  Visitamos o estaleiro italiano Mangusta, que está a caminho do Brasil

ED 09 / R$20,00


sumário

26

12 Editorial

SEM LIMITES 16

36

34

NEWS 18

• Princess 115, uma grande novidade • Sessa Marine lança a C42 e a C68 Sport Fly • A Sea Ray nas alturas com a 510 Fly

EVENTOS 20

• O badalado Rendezvous in Monaco • Os vencedores do Show Boats Design Awards • A Parmigiani sacode a Tools & Toys • Clientes ao volante no BMW Ultimate Experience • Desfile de biquínis em Saint-Tropez • Rolex Ilhabela Sailling Week faz 40 anos

ENTREVISTA 44 Mario Pedol: o designer do maior superiate do mundo

52 LIFESTYLE 48 Exclusive

• O retorno da safira de Liz Taylor • As rosas de Piaget falam por si • A Montblanc que homenageia Mozart

50 Luxury

As caixinhas com boas surpresas: Golden Cigar, Veuve Clicquot, Ketel, Oris e Recchiuti

52 Real Estate

20

Escolha sua próxima mansão no mundo

54 Best of the best O BMW 640i Gran Coupé

www.boatinternational.com.br 9


BARCOS 58 Quattroelle

Um superiate cheio de luxo, liberdade, amor (love) e vida (life)

74 XNoi

Um moderno e deslumbrante veleiro de 31 metros

84 Intermarine 55 BMW Exclusivo: testamos na água a lancha que promete mudar conceitos

94 Mangusta à vista!

Exclusivo: na Itália conferimos os segredos da Mangusta, que pretende vir para o Brasil

100 Marinas

pelo Mundo

Onze marinas espetaculares para você escolher visitar

100

58

HISTÓRIA 112 CRN

O estaleiro italiano completa 50 anos construindo iates revolucionários

C

M

DESTINOS 120 Nacional

Y

Que tal ir ou voltar ao Pantanal?

128 Internacional

Descubra as charmosas Ilhas Lérins, bem em frente à Cannes

74

120 LIFESTYLE 136 Gourmet

• O francês com sotaque argentino Mirazur • La Polpetta, o favorito do príncipe Rainier • Brinde com o Amour de Deutz

138 Estilo

Um passeio pelo tapete vermelho e pelas ruas de Cannes

CAPA

Barco: Quatrroelle

foto: Klaus Jordan

CM

MY

CY

CMY

K


editorial “Cada sonho que você deixa pra trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir”. STEVE JOBS

Yes You Can O visionário e fundador da Apple, Steve Jobs, foi-se deste mundo e nos deixou alguns pensamentos como este acima que se assemelham muito aos produtos geniais que ele nos legou: simples, óbvios e indispensáveis para a vida moderna. Falo isso porque este nosso universo de superiates, luxo, glamour, exclusividade, celebridades, talentos, grana etc... não existiria se não tivesse feito parte do sonho de alguém. Um milionário ou um homem comum, um projetista ou um marinheiro, um empresário ou um jovem no seu quarto à noite, ou até mesmo uma criança com um barquinho de papel... Todos sonharam, não desistiram e realizaram. Dá para entender o que digo quando você abrir esta edição e descobrir o estonteante Quattroelle, que irá provocar em você aquela sensação de espanto e prazer em ver um gigante de aço tão belo. Ou mesmo ao desvendar o X-Noi, um veleiro literalmente dos sonhos. Pegue a revista, mostre a qualquer menino do Optimist e pergunte se ele não gostaria de pilotar um desses. Veja o que ele diz. As crianças sabem ser simples e diretas, como Jobs. Surpreenda-se também com todas as reportagens que fizemos na nossa última estada em Mônaco. Vistamos o Principado no verão europeu, que é a materialização do que existe de melhor no mundo em se tratando de glamour, festas, eventos, comidas, bebidas, praias, ilhas, celebridades, tapetes vermelhos, palácios, príncipes e princesas, chefs estrelados e, é claro, barcos... muitos barcos, estaleiros, superiates e todo um lifestyle ao redor. Sonhe em tomar um Bellini no convés do Stella Maris, jantar no restaurante de Alain Ducas-

se ou em passear de Rolls Royce em Saint-Jean-Cap-Ferrat ou em uma Wajer Osprey em Paloma Beach... Delicie-se ainda nas páginas desta edição com o retorno da safira de Elizabeth Taylor, os segredos de um cinquentenário estaleiro italiano, de redescobrir lugares como o nosso belíssimo Pantanal e de pilotar uma BMW 640i grand coupê. Tem muitos sonhos que se tornaram realidade e estão aqui, para você apreciá-los porque são reais, possíveis. Esta edição traz também uma homenagem aos 40 anos da Semana de Vela de Ilhabela, que também começou com um sonho e entrou no seleto grupo das prestigiadas regatas Rolex. Destaco ainda uma matéria sobre as mais belas marinas deste planeta. Elas também nos dizem que podemos sonhar em pegar “nosso barco” e rumar até elas, pois estão lá, lindas, esperando por nós. “Yes, we can”, diria o sonhador negro que chegou lá na Casa Branca. Sim, você pode fazer como o que disse Jobs, que também fez de um superiate seu último grande sonho, e não desistir do seu projeto, da sua casa na praia, do seu novo barco e daquelas merecidas férias porque elas farão parte do seu futuro. Só não deixe de nos levar com você, porque realizei um sonho ao chegar à redação da Boat International para reafirmar o sonho comum na editora que é estar sempre ao seu lado, compartilhando cultura e informação privilegiada. Essa jornada é nossa. Boa leitura! Leonardo Millen Diretor de redação leonardo.millen@boatinternational.com.br


sem limites

16


s-Hertogenbosch, Holanda 11/05/2013

A sequência acima mostra o novo Heesen Galactica Star enquanto ele passa, quase que raspando, por baixo de uma ferrovia em s-Hertogenbosch, no sul da Holanda. “Foi um dia nublado e chuvoso”, lembra o fotógrafo Dick Holthuis. “Eu segui o iate desde sua saída do estaleiro em Oss até Rotterdam e pude vê-lo passar por baixo de pontes com menos de 20 centímetros de diferença”. www.boatinternational.com.br 17


news

Grande novidade

A Princess aumenta sua linha de barcos grandes com a nova 115 pés O estaleiro inglês Princess mostra que o mercado de barcos grandes continua sendo um dos seus pontos estratégicos ao adicionar mais um modelo à sua linha M-Class. Em tamanho, o novo iate de 35 metros chega para ser o “irmão do meio”, ou seja, entre o modelo de 32 metros e o de 40 metros da linha. Entretanto, tem personalidade própria. Suas grandes áreas envidraçadas, da altura do pé direito, garantem uma ótima iluminação natural, fazendo com que o convés principal pareça ser aberto. A sensação de espaço no salão principal é reforçada por varandas que se abrem no costado criando uma espécie de sacada com vista para o mar. Um charmoso lounge na proa, com mesa de jantar, garante a privacidade total quando o barco estiver parado na marina e conforto extra durante um almoço ou jantar ao ar livre. Na popa, a plataforma hidráulica será responsável por criar um verdadeiro beach club, com três garagens para bote, jet-skis e demais brinquedos. Outro destaque do barco é seu camarote máster na proa. Ao entrar nesta enorme suíte, o proprietário tem a sua disposição uma antessala, que poderá customizar do jeito que quiser, como uma biblioteca, sala de TV ou escritório, por exemplo. Só isso dá uma personalidade enorme ao barco. E tudo isso com ainda dois closets, banheiro com banheira e chuveiros separados para garantir o conforto e a individualidade do casal de proprietários. O layout padrão oferece três camarotes para os convidados, todos suítes, mais três para a tripulação. Espaço para pernoite é o que não falta.

18

No flybridge, um grande bar e uma ampla área de lazer com certeza atrairão os convidados. Para dar um toque de sofisticação, um dos opcionais é instalar ali uma jacuzzi, o que muitos vão se sentir tentados a pedir. A pilotagem no fly é emocionante, graças ao ótimo desempenho da dupla casco/motorização. Aliás, são três opções de motorização, mas a mais potente é um MTU 16V 2000 M94 diesel, que promete velocidade máxima de impressionantes 27 nós.


Dose dupla A Sessa Marine apresenta dois ótimos lançamentos em Cannes A italiana Sessa Marine anunciou o lançamento de dois barcos: a C42 e, para o início do ano que vem, a C68 Sport Fly. Ambos serão exibidos durante o Cannes Boat Show, em setembro. A boa notícia é que a C42 já está sendo produzida no Brasil, na fábrica em Santa Catarina, para encomendas a partir do fim do ano. A Sessa C42 é uma lancha bem versátil. Nas áreas externas, a praça de popa tem um sofá em “L” que vira solário e uma minicozinha opcional, com churrasqueira, pia e balcão. E uma boa plataforma de popa hidráulica, que permite levar um bote de apoio. Na cabine, o salão tem um bar bem equipado e o sofá pode virar uma cama. No deck inferior, a cozinha pode ser totalmente customizada e dois camarotes, sendo que o principal fica na proa e tem pé-direito de dois metros. A motorização padrão é

de dois Volvo Penta IPS 400 com joystick, mas há a opção do IPS 500 de 720 hp. A Sport Fly 68 aposta também na versatilidade. É possível escolher entre a versão de três camarotes, com cozinha no deck inferior, ou a de quatro camarotes, com cozinha no deck principal. Mas o modelo é mais sofisticado, com um salão de janelas panorâmicas, bar, TV-espelho, adega ao lado da cozinha e uma impressionante suíte máster a meia-nau. O plus será a boa performance na água, obtida pela combinação de um casco desenvolvido em testes hidrodinâmicos no Krylov Naval Research Institute e dois motores Volvo Penta IPS 1200 D13 (1700 hp) ou dois MAN V12 (HP2720) com sistema de movimentação de eixo. É esperar para ver.

NAS ALTURAS Com o lançamento da 510 Fly, a Sea Ray conseguiu melhorar o que já era ótimo A Sea Ray 510 Fly é tudo que a sua irmã Sundancer HT é com um fly, que aumenta ainda mais o seu espaço e poder de sedução. O novo ambiente nas alturas recebeu tratamento e acabamento dignos de estrela, com bastante espaço, muitos assentos, TV LCD, churrasqueira, barzinho e mesa de teca. O salão, agora fechado, ficou arejado, bem-iluminado – graças às grandes janelas e a porta de vidro de acesso à popa –, e com boa circulação, desde a popa até o posto de comando interno. São três cabines, incluindo uma enorme suíte máster. E com grandes possibilidades de customização, outro de seus bons atributos. Na água, a 510 Fly supera as expectativas. Navega macio, rápido, silencioso (Quiet Ride) e é facilmente pilotada de dentro – com ótima visão – ou no fly, por conta do seu arsenal de navegação, composto por dois Cummins 600 hp diesel com sistemas Zeus joystick e estabilizador com giroscópio. Para nenhum comandante por defeito.

www.boatinternational.com.br 19


eventos

Crème de

la crème Pense em um evento top. Agora se prepare para se surpreender com o Rendezvous in Monaco, o mais chique evento náutico do mundo

Organizado pela Boat International Media, em associação com o Superyacht Builders Association (SYBAss) e uma seleção dos principais estaleiros do mundo, o Rendezvous in Monaco reúne todos os anos a nata dos iatistas em Mônaco para quatro dias de diversão dentro e fora da água. Os participantes, na maioria proprietários de superiates com suas famílias e amigos, seguem uma programação especial, que mistura gastronomia, festas, concursos, esportes aquáticos... tudo em altíssimo estilo. Ancorado no calendário de Mônaco há mais de vinte anos, este encontro reforça a posição do principado como a Capital Mundial do Yachting. Este ano a organização do evento convidou sete iates excepcionais, entre 33 e 72 metros, com suas famílias e amigos, entre eles o Stella Maris, um superiate de 72 metros construído pelo estaleiro italiano Viareggio. Eles foram recepcionados com um coquetel de boas-vindas com champagne no Quai des Etats-Unis na quinta-feira à noite. E participaram já de uma divertida “troca de gentilezas”. Cada barco recebe um chef Relais & Chateaux que prepara um menu de degustação, a fim de que todos possam visitar os barcos uns dos outros. No píer, em cada acesso para cada iate, a tripulação prepara um “drink do barco”, que fará parte de uma votação para a escolha do melhor ao final do evento.

20


www.boatinternational.com.br 21


eventos

DESIGN CAMPEÃO O Boat International Group promove anualmente o ShowBoats Design Awards, uma premiação que reconhece os talentos do design e da criatividade da indústria náutica mundial. A cerimônia de entrega dos prêmios deste ano aconteceu no Monaco Opera House, durante o Rendezvous in Monaco, em junho. Confira, a seguir, quais foram os barcos vencedores e as incríveis soluções que eles criaram.

John Shuttleworth REVELAÇÃO

Projeto: Adastra John Shuttleworth nunca havia desenhado iates com mais de 30 metros antes do Adastra de 42,4 metros. Sua aerodinâmica e engenharia eficientes endossaram o que ele chama de “estrutura integrada”, que rendeu ao barco menos peso e mais resistência. Em cruzeiro, o Adastra consome apenas 25 litros de combustível por hora e alcança 10.000 milhas náuticas a 10,5 nós de velocidade.

Tamanho: 42,5 metros Estaleiro: McConaghy Boats Designer: John Shuttleworth Yacht Designs

Adastra ARQUITETURA NAVAL

Iates As soluções a bordo, os testes de tanque e sua estética foram imprescindíveis para a decisão dos juízes. Essa combinação indica que o Adastra terá a melhor performance possível em todos os tipos de mar que encontrar pela frente.

Loretta Anne

Tender Loretta Anne

26

DESIGN EXTERIOR E ESTILO

TENDER DESIGN

Casco semideslocante

O Loretta Anne é equipado com dois tenders de 6,2 metros cada, que levaram o prêmio pelo extremo conforto quando seu uso se faz necessário. Cada um deles recebe nove convidados mais dois tripulantes. O desenho do casco também pesou na decisão, pois é ótimo para evitar o indesejável “splash”, comum em tenders.

Linhas simples, janelas eficientes, funcionalidade e fidelidade ao briefing fazem do Loretta Anne um resultado magnífico entre as decisões de um dono experiente e o traço de um designer de veleiros excepcional.

Tamanho: 6,2 metros Estaleiro: Lloyd Stevenson Boatbuilders Designer: Fontaine Design Group

Tamanho: 47 metros Estaleiro: Alloy Yachts Designer: Dubois Naval Architects


Mogambo ÁREA DE LAZER

Iates O sundeck do Mogambo recebeu o prêmio de área de lazer com o Vicky pelas dimensões e pelo elegante uso dos espaços. A realização do projeto foi fiel ao briefing para áreas externas multifuncionais. De dia, ela tem uma piscina para receber os convidados e, à noite, a área se torna um fabuloso cinema. Outro atrativo é a magnífica vista da pequena academia.

Tamanho: 73,51 metros Estaleiro: Nobiskrug Designer: Reymond Langton Design

Aslec 4 DESIGN INTERIOR, EXTERIOR E ESTILO

Iates de 30 a 59 metros O Aslec 4 ganhou o prêmio de design interior após impressionar os juízes com seu perfeito fluxo entre espaços e a integração com a marcenaria. O iate também ganhou os prêmios de design exterior e estilo por sua característica “clean”, de linhas bem distribuídas, e por sua ênfase na convivência ao ar livre, tudo feito de acordo com o briefing do proprietário de um barco para o verão.

Quintessential ARRANJO INTERIOR

Veleiros O desejo do dono era um “catamarã de praia”, com cabines espaçosas, para navegar para todos os destinos possíveis, além de ser um bom barco para charter. A solução de espaços é a chave de seu sucesso, com destaque para a suíte máster que oferece uma vista de 270°.

Tamanho: 45 metros Estaleiro: Rossinavi Designer: Rémi Tessier

Tamanho: 30,49 metros Estaleiro: Yachting Developments Designer: Redman Whiteley Dixon/Warwick Yacht Design

Tamanho: 50,5 metros Estaleiro: Wally Designer: Wetzels Brown Partners

Tamanho: 47 metros Estaleiro: Alloy Yachts Designer: Dubois Naval Architects

Smeralda

Betterplace

DESIGN INTERIOR

DESIGN INTERIOR E HARMONIA

Iates acima de 60 metros

Veleiros

Embora todos os competidores da categoria de design interior tenham boa pontuação por elegância e impacto visual, os pontos ganhos com funcionalidade e praticidade no mar levaram o Smeralda para o topo da lista.

O Betterplace ganhou o prêmio devido ao seu impressionante plano de iluminação e também pela harmonia e singularidade de seu design e tema. Ele conquistou os juízes por ser consistente, estável e contemporâneo.

www.boatinternational.com.br 27


eventos

Parmigiani e Tools & Toys

juntam forças A Tools & Toys recebeu amigos e clientes para celebrar a inauguração da instore dos relógios Parmigiani A Tools & Toys acaba de adicionar, agora de forma definitiva, a Parmigiani Fleurier, uma das mais exclusivas e renomadas relojoarias Suíças como mais um “brinquedo” ao seu invejável portfolio de produtos no seu showroom no shopping Cidade Jardim em São Paulo. Com uma festa da mais animadas, com direito a buffet, muito espumante e pocket-show da cantora Fernanda Porto, recebeu amigos e clientes para celebrar a inauguração da instore dos relógios exclusivíssimos na loja. Entre os belos modelos expostos, havia relógios masculinos, femininos e até relógios de bolso. Mas chamaram à atenção as séries especiais. Entre elas a de um modelo superesportivo, com visor lateral, feito especialmente para

32

a Bugatti, que permite ver as horas com as mãos no volante; uma série numerada de cem unidades, para os proprietários da Pershing 100; dois modelos feitos especialmente para a CBF, que remetem à Copa do Mundo, e um em homenagem ao próprio Brasil, com fundo feito em marchetaria escrito “Ordem e Progresso”. O CEO da Parmigiani, Jean-Marc Jacot, veio especialmente da Suíça para prestigiar o evento. “Estamos reforçando nossa parceria com o Márcio, a Ferretti e a Tools & Toys, que estão absolutamente afinados com a nossa estratégia junto ao mercado de alto luxo. É o início de uma longa jornada de muitos resultados”, discursou Jacot.


eventos

Lugar de carro é na pista

Mostrando que eventos com o conceito “experience” realmente são o futuro, a BMW convida seus melhores clientes para um dia inteiro de muita emoção no interior de São Paulo No segundo final de semana de agosto, a BMW Group, junto com sua rede de concessionárias, realizou mais uma etapa do BMW Ultimate Experience no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu. O evento itinerante, que tem em seu calendário seis diferentes estados brasileiros, oferece aos convidados uma oportunidade exclusiva de testar diversos modelos das marcas BMW e MINI, incluindo automóveis e motocicletas, em pistas de competição. O programa inclui test-drive e test-ride, exercícios de pista e volta rápida nos modelos top de linha da marca, como o BMW M3 e o M5. “Quando um cliente imagina comprar um veículo desse, ele quer ter a experiência e entender o que o carro pode proporcionar pra ele. Fazer um test-drive na cidade é algo que nem sempre possibilita um teste adequado das tecnologias e da performance. Segundo o feedback dos clientes, a oportunidade de andar com os carros na pista faz a diferença. Nos mostra que

34

estamos no caminho certo, proporcionando uma experiência verdadeira e, ao mesmo tempo produtiva. Esta ferramenta faz com que o cliente se decida pela compra do carro”, disse Herlander Zola, diretor de marketing da BMW no Brasil. Para quem gostava de ainda mais emoção, o piloto Chico Serra, tricampeão de Stock Car, convidava alguns participantes a darem uma volta rápida no circuito, com certeza uma experiência única. O público pode conhecer, ainda, os produtos da linha lifestyle das marcas em uma boutique personalizada pela concessionária Osten, além de contarem com o lounge fun, um espaço com entretenimento para toda a família, incluindo simulador, autorama e área kids. As próximas etapas do BMW Ultimate Experience acontecerão em Curitiba, Campo Grande, Belo Horizonte e Mogi Guaçu novamente. Para mais informações: www.bmwultimateexperience.com.br


regata

36


Parabéns Ilhabela! Há 40 anos, nascia a Rolex Ilhabela Sailling Week, um dos maiores eventos da vela sul-americana Por Leonardo Millen

Em julho de 1969, a Prefeitura de Ilhabela organizou sua primeira regata de monotipos para incentivar as disputas náuticas na ilha. A competição agradou, porém a coisa esfriou um pouco por conta da dificuldade em transportar barcos até a ilha. Mas, em 1973, alguns pais de velejadores mirins da represa de Guarapiranga, incentivados por amantes da vela, do Yatch Club de Ilhabela, resolveram levar seus filhos para treinar de Optimist no mar (o Sul-Americano daquele ano seria em Buenos Aires). A semana de velejadas em Ilhabela deu tão certo que os pais decidiram voltar no ano seguinte porque ficaram com vontade de levar também os seus barcos. A partir de 1974, portanto, o Yatch Club de Ilhabela encampou a ideia e deu início oficialmente à “Semana de Vela de Ilhabela”. Nos anos seguintes, o evento foi se repetindo, atraindo cada vez mais classes e participantes, e se transformou na maior competição da vela nacional. Velejadores do Brasil inteiro esperam ansiosamente julho chegar para participar da competição. Tem uma turma do Sul e outra de cariocas que vem em comboio,

www.boatinternational.com.br 37


entrevista

Elegância atemporal Com seu jeito falante e italianíssimo, Mario Pedol, um dos mais prestigiados designers náuticos da atualidade, nos recebeu para um bate-papo exclusivo em Mônaco durante o ShowBoats Design Awards. Contou detalhes da carreira e de seu último projeto, o superiate Azzam, o maior do mundo, pertencente à família real saudita, que foi para a água agora em abril e que reúne sua marca registrada: alta performance e muita elegância sem prazo de validade

44


MAIOR DO MUNDO O Azzam, de 561 pés, além de enorme custou R$ 1,2 bilhão

Em 1978, o jovem Mario Pedol trabalhava como representante da italiana Oyster Marine e vivia encantado com as linhas das Ferrari criadas pelo estúdio Pininfarina e com a beleza dos superiates que desfilavam em Porto Fino. Quando viu um anúncio de um curso de design de barcos no norte da Itália, largou tudo, pediu demissão e encarou o curso. Graças a essa virada de mesa, Pedol começou sua trajetória de sucesso. Desde 1985, ele dirige a Nauta Yachts com o parceiro Massimo Gino e já emplacou uma série de projetos de sucesso, tanto para modelos de série – como as linhas Oceanis e Lagoon para a Benetau – quanto customizados, como os famosos Light, um superiate de 80 metros que faz jus ao nome, e o veleiro My Song, todo em fibra de carbono reconhecido pela performance de regata e conforto de cruzeiro. Mas nada se compara ao seu último projeto, o Azzam, simplesmente o maior e mais luxuoso superiate do mundo que desenhou para a família real saudita. Lançado em abril último, o barco o credencia hoje como um dos mais prestigiados designers náuticos do mundo.

1

Você se lembra da primeira vez em que passou pela sua cabeça a ideia de projetar barcos? Recentemente, em um jantar com uns amigos de escola, lembramos que nas aulas eu passava a maior parte do tempo desenhando alguma coisa, carros, motos e, provavelmente, barcos também (risos). Confesso que um dos meus ídolos era o pai do Paolo Pininfarina, inclusive recentemente entrevistado por vocês. Lembro que queria ser ele.

2

Você está nas manchetes pela criação do design do literalmente extraordinário Azzam. Qual a característica mais marcante desse superiate? O Azzam não é apenas o maior iate do mundo, mas também supera tudo o que já se viu em termos de performance. O desafio tecnológico nesse projeto foi incrível, fora da realidade. Envolveu um enorme trabalho em equipe e muito esforço em diversas áreas críticas, especialmente pelo desejo do dono em atingir altas velocidades e ter de equacionar isso com seu tamanho, engenharia, níveis de ruídos, vibração, segurança e inúmeras outras variáveis.

3

E qual foi o seu maior desafio nesse projeto? Foi realmente equacionar um desempenho poderoso com um volume imenso e, ao mesmo tempo, equilibrar tudo isso sem abrir mão do luxo e das linhas elegantes. Considero o projeto um sucesso, pois criamos uma superestrutura bem proporcionada e refinada, tanto na proa quanto na popa, deixando a praça de proa completamente livre, fazendo com que os destaques fossem as linhas dos deques.

O Azzam não é apenas o maior iate do mundo, mas também supera tudo o que já se viu em termos de performance. O desafio tecnológico nesse projeto foi incrível, fora da realidade.

4

Quais outros projetos que você considera marcantes na sua história? Em uma linha do tempo, o Nauta 70, em 1990, o segundo barco que projetamos. Um veleiro puro-sangue. Eu ainda fico excitado quando o vejo um em uma marina, ou, melhor ainda, velejando. Depois destacaria o My Song 84, de 1999, uma máquina de corrida de fibra de carbono que continua até hoje ganhando muitas regatas pelo mundo. É um projeto de pura beleza e desempenho. Outro marco importante foi em 2005, quando iniciamos a colaboração com o grupo Beneteau e continuamos até hoje a projetar os interiores das linhas Oceanis e Lagoon. Esses projetos nos desafiaram muito sobre como gerenciar a complexidade e o dinamismo de um trabalho em conjunto com um time focado em produção em série. Em seguida, destacaria a linha CDM Air, para a Cantiere delle Marche. Acreditamos que essa linha de barcos expeditions, extremamente robustos, com uma engenharia de altíssima qualidade, será um sucesso no mercado. E, finalmente, o projeto do Light, de 80 metros, que foi o nosso primeiro superiate que ganhou notoriedade, exatamente porque exprime a filosofia da Nauta Yachts de criar uma relação eficiente entre interiores e exteriores, grandes espaços e proximidade com o mar.

www.boatinternational.com.br 45


exclusive

por Andrea Funaro

Olhos de

Violeta A safira azul-violeta é uma pedra preciosa proveniente da Caxemira que tem um azul puro e intenso com uma tonalidade violeta muito sutil. Ela é a mais rara e a mais valiosa de todas, talvez por isso, represente amor, compromisso e fidelidade. Tanto que a pedra foi a escolhida para ornar o anel de casamento da princesa Diana com o príncipe Charles em 1981. Mas, antes disso, em 1963, durante as filmagens do clássico Cleópatra, Richard Burton (Marco Antônio) e Elizabeth Taylor (Cleópatra) se apaixonaram na vida real depois que Burton a presenteou com um colar de safira azul-violeta. Descobrimos o diálogo que aconteceu nos bastidores do filme. “Elizabeth ganhou uma nova safira”, explicou Burton ao diretor Mankiewicz. “Tem 39 quilates, eu acho. Ela está tão fascinada pela safira, que não vai nem descer hoje para o set. Ela está sentada lá em cima, adorando-a com uma mão e comendo um bife com torta com a outra.” “Um presente seu?” perguntou o diretor. “É claro! Quem mais poderia dar-lhe alguma coisa assim? Eu introduzi Liz no mundo da cerveja e ela me ensinou o que era Bvlgari. A única palavra que sei dizer em italiano é Bvlgari”, disse Burton. O escândalo originado pelo romance entre Elizabeth Taylor e Richard Burton, que acabou com seus respectivos casamentos, é tão lembrado hoje quanto as joias de Bvlgari que a atriz usou em Cleópatra. Por isso, não poderia haver um tributo mais adequado aos 50 anos do filme, que teve uma cópia restaurada e exibida para os convidados do red carpet em Cannes, do que a presença deste Bvlgari da atriz.

www.bulgari.com

BVLGARI

19 Boulevard de la Croisette - Cannes

48

A ATRIZ JESSICA CHASTAIN USA O COLAR BVLGARI DE SAFIRA QUE PERTENCEU A ELIZABETH TAYLOR EM CANNES


luxury

por Andrea Funaro

CAIXINHAS DE

SURPRESAS RARO PRAZER Em 1981, ao construir seu próprio veleiro, o californiano Daniel Marshall descobriu seu talento para a marcenaria. Um ano depois, fez sua primeira caixa umidificadora para charutos, outra de suas paixões. O sucesso o motivou a satisfazer cada vez mais seus clientes aficionados. Criou o DM 2 Gold Torpedo, – um charuto envolto em folha de ouro não tóxica da Giusto Manetti Battiloro – e, recentemente, lançou a Golden Cigar, uma caixa umidificadora, com detalhes em couro e ouro 24 quilates, para atender a clientes VIPs, como Arnold Schwarzenegger, Al Pacino, Will Smith, George Bush, Bill Clinton e Sylvester Stallone, a manterem o seu ouro marrom seguro e bonito. Marshall também criou edições especiais de suas caixas para marcas de luxo, como Hermès, Cartier, Dunhill, Hennessy e Tiffany & Co. A Golden Cigar custa em torno de R$ 1.000. www.danielmarshall.com

CHAMPAGNE EM LATA Veuve Clicquot, um dos mais apreciados champagnes do mundo, acaba de lançar a Ponsardine II, uma nova geração dessa edição limitada que fez muito sucesso por conta da história da sua “embalagem”. Barbe Nicole Ponsardin casou-se com Philippe Clicquot e ficou viúva aos 27 anos. Daí veio o nome do champagne e a inspiração da embalagem baseada no brasão da família de Madame Clicquot: Pon(t)sardin(e), ou seja, uma ponte e uma sardinha, em francês. O estojo térmico segura a bebida gelada por duas horas e tem formato de uma lata de sardinha, com uma garrafa de Veuve Clicquot Brut e duas flutes. Uma opção prática e moderna de presentear com muito estilo e irreverência. Por R$ 500.

www.veuve-clicquot.com

50


BEST OF THE

best

PERFEITO EQUILÍBRIO Mantendo a tradição alemã de surpreender os apaixonados por carros, fomos ao encontro da nova BMW 640i Gran Coupé, um carro que mostra o ponto de equilíbrio entre um sedan e um superesportivo Por Daniel Ambrosio / Fotos C Lopes

Impossível não fazer uma análise de perfil quando pensamos nas diferentes opções em carros de luxo que temos hoje no mercado. Quando falamos de um sedan, pensamos em uma pessoa de perfil mais clássico, elaborado, alguém que já tenha tido muitas experiências e que, de fato, não abra mão de conforto e detalhes de acabamento, que antes eram luxo hoje passam a ser essenciais. Já quando falamos de um esportivo, o que as próprias marcas esperam é um cliente com características mais arrojadas, alguém que goste de velocidade e ao mesmo tempo que o carro tenha uma tocada mais agressiva e que pouco importa se a suspensão for mais rígida ou até mesmo que esse carro tenha um interior mais espartano. Mas como avaliar um carro que, teoricamente, foi feito para alguém que procura o equilíbrio entre os dois mundos? Convidamos o empresário Sérgio Caramico, proprietário de um superesportivo

54


BOA ALQUIMIA A BMW parece ter encontrado a perfeita equação entre o conforto de um sedan top de linha, mas com performance e desempenho de um superesportivo

www.boatinternational.com.br 55


58


Love, Life, Liberty & Luxury QUATTROELLE EMBARCAMOS NA OBRA-PRIMA DA ALEMÃ LÜRSSEN E DESVENDAMOS SEUS 288 PÉS MILIMETRICAMENTE PLANEJADOS Por Marilyn Mower e Antonio Alonso Fotos Klaus Jordan

www.boatinternational.com.br 59


Com uma boca de quase 45 pés, este iate tem 28 tripulantes e 8 cabines para os convidados. Seu capitão acompanha o proprietário desde que ele começou sua paixão navegando em uma 50 pés

66


L U R SSE N

www.boatinternational.com.br 67


Puro Sangue

COM O XNOI, ESTE ELEGANTE E SURPREENDENTE 31 METROS EM FIBRA DE CARBONO, A NAUTA YACHTS DESIGN E A PERINI NAVI PISAM EM NOVO TERRENO. EM GRANDE ESTILO Por Roberto Franzone / Fotos Yoichi Yabe, Chris Lewis

74


www.boatinternational.com.br 75


Chegou para

mudar Projetada pela BMW especialmente para o Brasil, a Intermarine 55 é inovadora no estilo e radicaliza nos espaços externos. Seus dias no mar nunca mais serão os mesmos

84


EX CON CL TEĂšD O NT U ER S NA IV TI ON O A

BO AT I

L

www.boatinternational.com.br 85


Paixão italiana a caminho do Brasil Viajar pela Itália, especialmente pela linda região da Toscana, é um convite que realmente ninguém pensaria duas vezes antes de aceitar. Ainda mais com o extra de visitar o estaleiro que fabrica um dos barcos mais rápidos e famosos do mundo: a Mangusta. Nossa visita começou em um agradável bate-papo no Iate Clube de Mônaco, na bela Côte d’Azur, com os proprietários do Le’Mon Group, Pierre Rochat e Andrew Pocock, experientes personalidades do mercado náutico internacional.

94

Aqui no Brasil o grupo vem fazendo um excelente trabalho com as marcas Prestige, Tango e a novidade é que agora vão trazer a Mangusta. Nossa curiosidade levou a dupla a contar um pouco da curiosa história da marca, fundada pela família Balducci, em 1985. Tudo começou quando Balducci resolveu incrementar o seu barco, na época, construído pelo estaleiro “Cobra”. Mas ele esbarrou em muitas limitações e teve um atendimento insatisfatório. Decidido a tomar as rédeas dos seus sonhos e colocá-los em prática, Balducci


EX CON CL TEÚD O NT U ER S NA IV TI ON O A

BO AT I

L

A convite do Le’Mon Group e do próprio estaleiro italiano, entramos a fundo no processo de construção da Mangusta, um dos barcos mais famosos e rápidos do mundo Por Daniel Ambrosio montou seu próprio estaleiro. Na hora de batizá-lo, escolheu o nome Mangusta, um animal carnívoro da família dos suricatos que, com sua rapidez e agilidade, é um dos únicos capazes de enfrentar a cobra sem medo e vencê-la. Captou a mensagem? Movido por essa paixão e motivação, hoje, o estaleiro já tem no seu portfólio mais de 300 iates construídos, especialmente os barcos Maxi Open, feitos para o dia, com grandes praças de popa e proa, sundecks e bocas largas, que garantem amplas cabines. Buscando equacionar sempre inova-

ção, tecnologia e, claro, muita velocidade, sua linha é composta por 11 modelos, que vão de 72 a 205 pés, incluindo o projeto Mangusta Oceano 148, de três deques, que inaugura a linha de barcos deslocantes do estaleiro, que é conhecido pelos barcos de planeio. Fomos convidados, então, para conhecer o estaleiro, que fica na tradicionalíssima Viareggio, sem dúvida uma cidade mitológica do mercado náutico. Tudo na Mangusta impressiona. É possível ver lado a lado a construção do casco número 8

www.boatinternational.com.br 95


Marinas

pelo mundo

Clássica, moderna, glamorosa... cada marina tem o seu estilo. Fizemos, então, uma seleção de marinas espetaculares espalhadas pelo mundo que têm em comum o poder de receber barcos de maior porte, o visual de cartão-postal e a forte harmonia com as cidades e as pessoas que vivem ao seu redor. Atraem olhares, celebridades, endinheirados, barcos, navegadores e turistas do mundo inteiro, movimentando milhões. São também uma mensagem para empresários, urbanistas e governantes que decidem de que é absolutamente possível fazer algo semelhante por aqui. Por Leonardo Millen

100


Marina di Portofino

(PORTOFINO – ITÁLIA) Exclusividade. Esta é a tônica de Portofino, um dos lugares mais bonitos do mundo que tem acesso praticamente apenas pelo mar. No entanto, só 14 superiates podem aportar na Marina di Portofino. Se você conseguir uma vaga, pode topar com Steven Spielberg, no Seven Seas, ou com bilionário russo Andrey Melnichenko, no A, projetado por Philippe Starck. E de quebra ainda pode bater um papo com o casal Gwyneth Paltrow e Chris Martin, do Coldplay, ou com a cantora pop Rihanna que estão sempre por lá.

www.boatinternational.com.br 101


HI S T Ó RI A

O Jovem

cinquentão O estaleiro italiano CRN chega aos 50 anos de dono novo, batendo recordes e com uma proposta de personalização que coloca o cliente no lugar onde ele merece: no comando

Um dos segredos do sucesso é nunca se acomodar em uma zona de conforto. É por isso que grandes artistas, por exemplo, estão sempre buscando novos caminhos, se reinventando. Especializada em megaiates, o estaleiro italiano CRN completa este ano meio século de existência com um portfólio recheado de modelos que fizeram história e, mesmo assim, não para de buscar inovações. Talvez por isso tenha encantado e fidelizado uma extensa lista de

112

clientes que inclui magnatas, sheiks e até o lendário Carlo Riva, herdeiro da dinastia Riva. O estaleiro CRN foi fundado na cidade italiana de Ancona, em 1963, por Sanzio Nicolini, sob o nome “Costruzioni e Riparazioni Navali”, que significa Construções e Reparações Navais (CRN). Trabalhando num galpão antigo, construído na Segunda Guerra Mundial, ele rapidamente ganhou fama com seus cascos de aço, material que seria a “marca” do estaleiro pelos 40 anos seguintes.


Mas Nicolini não deitou em berço esplêndido. Convidou projetistas de renome para trabalhar em parceria e passou a combinar os cascos de aço com superestrutura de alumínio. Logo, os barcos da CRN ganharam uma identidade facilmente reconhecida especialmente pela proa alta, com um chine pronunciado. O design CRN virou também uma “marca registrada”. Isto animou o estaleiro, que apostou em uma incursão precoce na faixa dos 75 pés. Foi um

sucesso. No final de 1969, já haviam sido construídos 27 barcos entre 10 e 23 metros (33 e 75 pés). Essa primeira linha de barcos maiores tinham motores Henschel, de 12 cilindros, de 670 hp cada, que garantiam uma performance bastante arrojada para os padrões náuticos daqueles tempos. Os barcos marcaram época de tal forma que até hoje existem remanescentes que navegam muito bem. Um ícone dessa fase foi o “Super Conero”, de 23 metros. Mesmo com

www.boatinternational.com.br 113


/ / DESTINO NACIONAL PA N TA N A L

Tempo de

redescobrir Mesmo que você já tenha ido ao Pantanal, essa região do Brasil única no mundo é tão diversa que sempre há algo interessante a ser desvendado Por Andrea Funaro

120


DESTINO NACIONAL / / P A N T A N A L

MUITAS FOTOS Leve cartões extras de memória porque há paisagens e flora exuberantes, além de animais exóticos, como o Tuiuiu

Ok, o Pantanal não é novidade. Mas se você não foi ou já foi faz tempo, é hora de pensar em dar um pulinho por lá para conferir sua beleza excepcional e se divertir bastante. Explico direitinho. O Pantanal é a maior planície inundável do mundo, com 250 mil km² de extensão. Uma área que engloba o sul de Mato Grosso e o noroeste de Mato Grosso do Sul, no Brasil, além do norte do Paraguai e leste da Bolívia (chamado de chaco boliviano). Sua fauna e flora, característica de cerrado, é tão peculiar e deslumbrante que a região é considerada pela UNESCO Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera. O Pantanal é um dos ecossistemas mais ricos do mundo em diversidade de espécies animais. São aproximadamente 1.000 espécies de aves, 400 de peixes, 300 de mamíferos e 480 de répteis.

www.boatinternational.com.br 121


O arquipélago de Lérins vale a pena ser visitado

Paraíso Sagrado

I L H A S D E L É R I N S , C A N N E S / / DESTINO INTERNACIONAL 128

Bem em frente à Cannes, o arquipélago das ilhas de Lérins guarda tesouros como um mosteiro medieval, vinhos e licores bárbaros e a água azul-turquesa do Mediterrâneo. Um “petit paradis” que vale a pena ser descoberto Por Andrea Funaro Fotos Francesca Pini

Que tal aproveitar na sua próxima visita a Cannes para conhecer ilhas lindas, bem em frente, que guardam sabores e tesouros da história da França? O arquipélago das ilhas de Lérins é constituído por quatro ilhas e ilhotas, sendo duas povoadas: a Ilha Sainte-Marguerite e a Ilha Saint-Honorat. Elas são uma espécie de pequeno paraíso sagrado desde os tempos medievais. A Saint-Honorat fica bem em frente a Cannes, mas é a mais distante da costa e a menor das ilhas. Tem apenas 1.500 m de comprimento e 400 m de largu-

ra e é separada da Sainte-Marguerite por um canal estreito. Arborizada, a Saint-Honorat, desde século XV, abriga o mosteiro de Lérins, que mais parece um forte, no sul da ilha, visível de longe, com vista direta para o mar. Para chegar até lá, partimos do Porto Camille Rayon, em Golf-Juan. E logo de cara fomos surpreendidos por entrarmos, sem querer, no meio de uma romaria náutica, que acontece no início do ano, em que o padre abençoa as embarcações a caminho das Ilhas Lérins.


DIVULGAÇÃO

DESTINO INTERNACIONAL / / I L H A S D E L É R I N S , C A N N E S

Após chegarmos, não resistimos a um delicioso mergulho nas águas de um profundo azul-turquesa... O sol abriu o apetite e decidimos almoçar no Restaurante La Tonnelle, que fica na abadia de Lérins e tem uma vista única da baía e do Mediterrâneo. Sob a direção de Marc Dussoulier, o restaurante, que abre o ano todo, encontrou sua identidade com o chef Arnaud Ronxin, que pilota uma cozinha de inspiração mediterrânea perfumada, colorida e inventada em torno de produtos sazonais, em que brilham saladas gourmet, car-

nes e frutos do mar grelhados. E o melhor: tudo harmonizado com os vinhos da pequena produção da vinheira da abadia de Lérins, entre eles bons vintage 2008 e 2009. A supervisão está sob os cuidados do gentil Frère Marie-Pâques. Durante o almoço, ficamos conhecendo melhor a curiosa história dessas ilhas. A Saint-Honorat perpetua a memória de Honorat d’Arles. No final do século IV, buscando a solidão, ele se fixou em uma das ilhas e acabou fundando um dos mosteiros mais famosos e poderosos do cristianismo. Os

www.boatinternational.com.br 129


gourmet

por Andrea Funaro

SABORES DO PRINCIPADO

Estivemos em Mônaco e não poderíamos deixar de provar pratos da alta gastronomia preparados por chefs internacionais para clientes literalmente nobres Lagostas béarnaise aromatizada com reines des prés, para acompanhar: ST Remy de Provence (V.D. F) Le Grand Blanc Henri Milan 2010.

SEM FRONTEIRAS Um dos passeios mais agradáveis para se fazer no Principado é dar uma esticadinha até Menton, um vilarejo bem próximo de Mônaco na estrada rumo à fronteira italiana. Lá, encontramos o restaurante Mirazur do chef argentino Mauro Colagreco, que escolheu a gastronomia como um meio de expressão. Sua cozinha sem fronteiras abrange tanto a terra e o mar quanto ervas e flores. É tão especial que, após seis meses da inauguração, recebeu quatro prêmios do Gault et Millau, um dos mais influentes guias franceses de restaurantes, e duas estrelas do Guia Michelin, referência mundial da gastronomia. Além disso, foi eleito o 24º melhor restaurante do mundo pelo ranking San Pellegrino. Colagreco foi nomeado Cavaleiro das Artes e Letras do Ministério da Cultura em Paris, por Mitterrand, e Grand Chef Relais & Château. E não satisfeito, abriu uma filial do restaurante em Xangai, onde, em menos de quatro meses, foi consagrado como o melhor restaurante Mediterrâneo na China. Fomos conferir se tudo isso realmente se traduz à mesa. E nos espantamos com um menu de degustação harmonizado com vinhos e champagne especialmente produzido para a nossa equipe. Ave Colagreco!

O chef argentino Mauro Colagreco

Arlequim de batata da terra, café e poutarguem, para acompanhar: Chablis, Laurent Tribut, 2009.

Restaurant Mirazur 30 avenue Aristide Briand - Menton +33 4 92 41 86 86 - www.mirazur.fr

136

Ostras com molho de cebolinhas e toques de peras, para acompanhar: Champagne Henri Giraud Homage


NOBRE COZINHA Frequento o La Polpetta Restaurant, de Antonello Morongiu, há anos. É uma das cozinhas italianas mais antigas de Mônaco. Bem frequentado, o restaurante foi sempre o preferido do príncipe Rainier. Hoje, sobre nova direção, renovou o cardápio com os chefes Franco e Stefano acrescentando ao já tradicional menu pratos mais sofisticados com sabores inigualáveis. Uma degustação gastronômica foi elaborada especialmente para a equipe da Boat International Brasil. Provamos os pratos harmonizados com vinho toscano Santa Cristina e a impressão que ficou é que todos, sem exceção, valem ser apreciados na sua próxima visita ao principado.

La Polpetta Restaurant Rue Paradis, Monaco-Ville 0377.93506784 www.restaurantpolpetta.com

Funghi Porcini Trifolatti

Fritelle di Gianchetti

Fiore de Zucchine recheada com creme de tartufo

POUR AMOUR Nesta temporada em Mônaco, nos apaixonamos perdidamente por um champagne: o Amour de Deutz Brut Millésimé 2000. Com sabor de frutas e aroma de flores, ele é simplesmente delicioso, cremoso, elegante, inebriante... Sua belíssima garrafa vem com um “cap” banhado a ouro com um querubim estampado (símbolo da casa Deutz) que depois vira um lindo colar, desenhado pelo artista plástico Pascal Morabito. É um produto raro, com uvas de vinhedos conhecidos pela sua qualidade em Mesnil, Avize e uma pequena parcela de Villes Marmery. E esta safra de 2000 recebeu 94 pontos do conceituado crítico Robert Parker. Como definiu com muito bom humor um dos membros da nossa equipe: “Pelo Amour de Deutz!”

www.boatinternational.com.br 137


ESTILO 138

Claire Juliwen

chega em uma lamborghini Gallardo Spyder vestido Pucci amarelo


Tropicalismo à francesa

FOTO ANNALISA FLORI

O cenário natural e impressionante de Cannes inspira seus personagens mais ilustres, seja nos momentos de descontração seja sob as luzes dos holofotes. No verão europeu deste ano, esse mix de despojamento e preciosidade invadiu as ruas e red carpets com um forte tempero tropical. Por Andrea Funaro

www.boatinternational.com.br 139


Porsche recomenda

www.porsche.com.br

Silênciosos como um veleiro. Esportivos como um offshore. Sofisticados como um iate. Porsche Cayenne.

SUA REFERÊNCIA

Respeite a sinalização de trânsito.


Revista Boat International Brasil - Número 009