Soluções BASF Vinha 2020

Page 1

Soluções BASF para Vinha

1


Edição 2020

2


Índice

05

Da Vinha ao Vinho

05

O compromisso BASF para uma viticultura sustentável

06

Proteção da videira - Desafios

06

Soluções BASF - Vantagens

08

Programa BASF para Vinha

12

Produtos

14

Proteção de Feridas de Poda

16

Fungicidas

36

Inseticida

38

Herbicidas

42

Anti-Escaldão

3


4


Da Vinha ao Vinho Vinha, cultura que alia os conceitos tradição e inovação. Existe a indicação, de que na Península Ibérica, mais concretamente nos vales do Tejo e Sado a vinha terá sido cultivada cerca de 2.000 anos a.C., pelos Tartessos, mantendo-se até aos nossos dias como uma cultura de relevância social e económica. Ao longo da sua existência, a vinha passou por grandes inovações para se manter até aos nossos dias, desde a enxertia para o controlo da filoxera, evolução dos sistemas de condução, seleção de variedades, não só para ter castas com melhores características vinícolas, mas também mais adaptadas à diversidade das condições edafo-climáticas em que é cultivada. É através de uma videira saudável que obtemos as uvas responsáveis pelos vinhos de excelência. Mas para tal é necessário conhecimento, rigor, empenho, paixão e acima de tudo aliar tradição com a inovação. A BASF revê-se nestes conceitos e quer contribuir para a sua contínua valorização.

O compromisso BASF para uma Viticultura sustentável A complexidade da cultura da vinha requer um empenho específico da BASF que ajude o produtor, através do desenvolvimento de produtos e formulações específicas de modo a maximizar a sua rentabilidade. A evolução do catálogo BASF, no sentido de introduzir produtos inovadores e de qualidade, reflete este empenho. A BASF oferece um programa de defesa moderno e integrado para a gestão de pragas e doenças. A BASF fiel ao compromisso de introduzir soluções inovadoras, expandiu o portfólio de fungicidas lançando Tessior ®, Enervin® Pro Pack, Envita®, Sercadis® e Soriale ® que juntamente aos conhecidos Forum® F, Forum® Gold, Forum® C, Vivando®, Collis®, Scala® e Cantus® permitem controlar de forma eficiente as principais doenças que afetam a videira: “doenças do lenho”, escoriose, míldio, oídio, black rot e podridão cinzenta.

5


Proteção da Videira - Desafios Doenças, pragas e infestantes podem afetar a videira ameaçando a sua produtividade e a qualidade das uvas. Míldio e Oídio contam-se entre as principais doenças que, de forma regular causam prejuízos. Embora de aparecimento mais esporádico o Black rot e a Botrytis podem também ser muito destrutivos causando prejuízos elevados. De forma insidiosa e, a mais das vezes percetíveis numa fase já adiantada do seu desenvolvimento, as “doenças do lenho” são cada vez mais consideradas uma ameaça para esta cultura. Traça-dos-cachos e cicadelas são inimigos igualmente destrutivos que, a par das ervas infestantes, requerem um controlo adequado. Com o objetivo de minimizar o impacto de todas estas ameaças o viticultor necessita de intervir de forma precisa e atempada recorrendo a soluções que aliem eficácia à segurança para o utilizador, consumidor e ambiente. Para ultrapassar estes desafios, a BASF oferece soluções técnicas diferenciadas, contribuindo para uma vinha saudável e melhores colheitas.

Soluções BASF Vantagens • Portfólio de produtos completo • Soluções técnicas específicas • Proteção em todos os estádios fenológicos • Consistência nos resultados • Elevada qualidade da uva e do vinho

6


Catálogo BASF para a Cultura da Vinha Proteção de Feridas de Poda Tessior ®

Fungicidas

Envita® Enervin ® Pro Pack Forum ® Gold Soriale ® Forum ® F Forum ® C Acrobat ® M DG Kocide ® 2000 Polyram ® DF Mevaxil ® Combi Sercadis ® Cabrio ® Top Vivando ® Collis ® Kumulus ® S Cantus ® Scala ®

Inseticida Fastac ®

Herbicidas

Stomp ® Aqua Focus ® Ultra Zarpa ®

Anti-Escaldão Surround ® WP

7


Após a poda

Doenças do Lenho

Abrolhamento

Folhas livres

Cachos visíveis

Tessior ∏

Envita ∏

Escoriose

Polyram ∏ DF Kumulus ∏ S Cabrio∏ Top Envita ∏ Enervin ∏ Pro Pack Cabrio∏ Top

Míldio

Forum ∏ F Forum ∏ Gold Polyram ∏ DF

Soriale ∏ Mevaxil ∏ Combi

8

Início da floração


Programa BASF vinha

Floração

Alimpa

Bago de chumbo

Bago de ervilha

Pintor

Maturação

Forum ∏ C

Kocide ∏ 2000

9


Repouso Vegetativo

Abrolhamento

Folhas livres

Cachos visíveis

Início da floração

Envita ∏ Acrobat ∏ M DG

Black rot

Cabrio∏ Top Kumulus ∏ S Sercadis ∏ Vivando∏

Oídio

Collis ∏ Cabrio∏ Top

Podridão cinzenta

Traça dos cachos áltica e cicadelas

Fastac ∏ Stomp ∏ Aqua* Focus ∏ Ultra

Infestantes Zarpa ∏

* Aplicar apenas durante o repouso vegetativo. 10


Programa BASF vinha

Floração

Alimpa

Bago de chumbo

Bago de ervilha

Pintor

Maturação

Scala ∏ Cantus ∏

11


O catálogo BASF oferece diferentes soluções contra os principais inimigos

12

Vinha


P r ote ç ã o d E F e r idas de P oda Tessior ®

F u n gicidas

Envita® Enervin ® Pro Pack Forum ® Gold Soriale ® Forum ® F Forum ® C Acrobat ® M DG Kocide ® 2000 Polyram ® DF Sercadis ® Cabrio ® Top Vivando ® Collis ® Kumulus ® S Mevaxil ® Combi Cantus ® Scala ®

I n seticida Fastac ®

H e r bicidas

Stomp ® Aqua Focus ® Ultra Zarpa ®

A n ti - E scald ã o Surround ® WP

13


Proteção de Feridas de Poda T essio r ® P oda r , P r otege r , p r ese r va r .

14


FERIDAS DE PODA

Tessior

®

Sistema Tessior ® é o primeiro sistema integrado de proteção dupla, pronto a usar, de alta precisão e flexível que assegura a qualidade e longevidade da sua vinha. Podar, proteger e preservar.

Formulação

Formulado sob a forma de suspensão concentrada, para aplicação direta, à base de piraclostrobina (5 g/l) e boscalide ( 10g/l).

Condições de utilização Tessior ® deve ser usado numa única aplicação após a poda.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Doenças do lenho da videira

A dose de aplicação real varia de acordo com o número de feridas a proteger. A dose máxima autorizada é 20 l/ha.

Aplicar nas feridas de poda com equipamento específicamente desenvolvido para a aplicação do Tessior ®.

Registo

Formulação

Substância ativa

Intervalo de segurança

AV n.º 1223

SC

piraclostrobina boscalide

-

Tessior ®: Fungicida

Classificação

Equipamento de aplicação 3555B

Sistema Tessior ®: Fungicida e equipamento de aplicação

Em colaboração com:

Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar.

15


Fungicidas E n vita ® E n e r vi n ® P r o P ack F o r um ® G old S o r iale ® F o r um ® F F o r um ® C A c r obat ® M D G K ocide ® 2 0 0 0 P ol y r am ® D F M eva x il ® C ombi S e r cadis ® C ab r io ® T op V iva n do ® C ollis ® K umulus ® S C a n tus ® S cala ®

16


FUNGICIDAS

Envita

®

Envita® fungicida que oferece uma proteção total da planta. Graças à combinação única da ação de superfície do ditianão com a ação sistémica do fosfonato de potássio, Envita® protege a planta tanto à superfície como a partir do interior dos tecidos vegetais.

Formulação Sob a forma de suspensão concentrada, Envita® contém 125 g/l de ditianão e 561 g/l de fosfonatos de potássio.

Condições de utilização Envita® deve ser usado como parte de uma estratégia preventiva para o controlo das doenças. A persistência biológica é de 10 a 14 dias. Em caso de tempo húmido e chuvoso e rápido crescimento foliar a persistência é reduzida a 10 dias. Não misturar com produtos azotados. Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio, black-rot

3 – 4 l/ha

Aplicar preventivamente no período de maior sensibilidade à doença.

1 l/hl

Realizar o primeiro tratamento ao gomo de algodão-ponta verde (rebentos com 1-2 cm de comprimento); o segundo tratamento à saída das folhas livres (rebentos até 5 cm de comprimento).

Escoriose

Registo

Formulação

AV n.º 1169

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

ditianão, fosfonatos de potássio

42 dias

Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar.

17


FUNGICIDAS

Enervin Pro Pack ®

Enervin® Pro Pack é um fungicida para o controlo do míldio da videira com base na combinação de Enervin® SC (suspensão concentrada com 200 g/l de ametoctradina) e Soriale® (Solução concentrada com 755g/l de fosfonatos de potássio) apresentado sob a forma de um Pack.

Condições de utilização Enervin® Pro Pack deve ser utilizado numa estratégia preventiva, em alternância com produtos com modo de ação diferente. Dado a forte capacidade de prevenir as infeções nos cachos, recomendamos o uso de Enervin® Pro Pack entre os cachos visíveis e o bago de chumbo – ervilha. Não Realizar mais de 3 tratamentos por campanha.

Doenças

Dose Enervin® SC

Dose Soriale®

Época de Aplicação

Míldio

1,5 l/ha

3 l/ha

Aplicar preventivamente no período de maior sensibilidade à doença.

Registo

Formulação

Classificação

Enervin® SC

Soriale®

Enervin® SC

Soriale®

AV n.º 755

AV n.º 0831

SC

SL

Substância ativa

Enervin® SC

Intervalo de segurança

Enervin® SC

Soriale®

Enervin® SC

Soriale®

ametoctradina

fosfonatos de potássio

35 dias

14 dias

18

Soriale®


Forum Gold ®

Forum® Gold é um fungicida que interfere com os processos bioquímicos que regem a formação da parede celular do fungo, provocando a desintegração da mesma e posterior morte do patogénio. Com triplo modo de ação, preventivo, curativo e antiesporulante. Não contém ditiocarbamatos ou ftalimidas.

Formulação

Condições de utilização

À base de dimetomorfe (150 g/kg) e ditianão

Recomendamos o uso de Forum® Gold como

(350 g/kg), Forum Gold apresenta-se sob

parte de um programa baseado na alternância

a forma de grânulos dispersíveis em água.

de substâncias ativas com mecanismos de ação

®

diferentes. Tratar a partir das primeiras chuvas com intervalos de 10-14 dias. Utilizar intervalo mais curto em períodos de rápido crescimento vegetativo e/ou no caso das condições serem favoráveis ao desenvolvimento da doença. Não realizar mais de 3 aplicações por campanha com fungicidas do grupo dos CAA.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio

1,5 kg/ha

Iniciar os tratamentos no estado 7 a 8 folhas. Os tratamentos seguintes deverão ser realizados enquanto as condições climáticas favorecem a doença.

Registo

Formulação

AV nº 0866

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

dimetomorfe, ditianão

35 dias

19


FUNGICIDAS

Soriale

®

Soriale ® é um fungicida com sistemia ascendente e descendente, pertencente à família química dos fosfonatos, o qual, estimula as defesas fisiológicas da planta. Soriale ® tem ação preventiva e curativa, durante a fase incial da infeção.

Formulação

Condições de utilização

Apresenta-se sob a forma de uma solução

Soriale ® é o parceiro ideal para misturas com

concentrada de fosfonatos de potássio (755 g/l).

fungicidas de contacto com base em ftalimidas, ditiocarbamatos ou compostos de cobre. Nestes casos é aconselhável a utilização da concentração mais baixa com um intervalo entre aplicação de 12-14 dias, consoante a pressão de doença.

20

Doenças

Dose

Míldio

3 – 4 l/ha

Época de Aplicação Deve ser aplicado em tratamentos preventivos com intervalo de 10 dias. Durante o período de desenvolvimento vegetativo até ao início do fecho dos cachos. Não efetuar mais que 5 aplicações ao ano.

Registo

Formulação

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

AV nº 0831

SL

-

fosfonatos de potássio

14 dias


Forum F ®

Forum® F é um fungicida à base de dimetomorfe e folpete ideal para o combate ao míldio da videira. A segurança da experiência do Forum® F leva a uma proteção completa das folhas e cachos durante o período de maior sensibilidade ao míldio - da floração ao bago de ervilha. Com triplo modo de ação Forum® F é preventivo, curativo e anti-esporulante.

Formulação

Condições de utilização

Sob a forma de grânulos dispersíveis em água

Forum® F deve ser usado de forma preventiva

Forum® F é composto por dimetomorfe

e para uma melhor gestão do risco de resistências,

(113 g/kg) e folpete (600 g/kg).

alternar com produtos com diferentes modos de ação. A persistência biológica de Forum® F é de 12 dias devendo ser reduzida para 10 em condições de maior pressão de doença. Não realizar mais de 3 aplicações por campanha com fungicidas do grupo dos CAA.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio

1,6 kg/ha

Iniciar os tratamentos no estado 7 a 8 folhas. Os tratamentos seguintes deverão ser realizados enquanto as condições climáticas favorecerem a doença.

Registo

Formulação

AV nº 0670

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

dimetomorfe, folpete

42 dias

21


FUNGICIDAS

Forum C ®

Seletivo e eficaz, Forum® C pode ser utilizado a partir do fim da floração sendo contudo ideal a sua aplicação entre o fecho dos cachos e o pintor.

Formulação

Condições de utilização

Sob a forma de pó molhável, Forum® C é

Forum® C deve ser aplicado preventivamente

composto por dimetomorfe (60 g/kg) e cobre

a seguir à floração quando as condições sejam

(400 g/kg) sob a forma de oxicloreto de cobre.

favoráveis ao desenvolvimento da doença. Não realizar mais de 3 aplicações por campanha com fungicidas do grupo dos CAA.

22

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio

2,5 - 3 kg/ha

O produto destina-se a tratamentos pós-florais, repetir em intervalos regulares não superiores a 8-12 dias, até terminarem as condições favoráveis ao desenvolvimento da doença.

Registo

Formulação

APV nº 3256

WP

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

dimetomorfe e cobre (oxicloreto de cobre)

28 dias


Acrobat M DG ®

Acrobat ® M DG fungicida polivalente para o combate ao míldio e black rot na vinha. Junta a eficácia do dimetomorfe no controlo do míldio com o largo espetro de ação do mancozebe.

Formulação

Condições de utilização

Sob a forma de grânulos dispersíveis em água

Acrobat® M DG deve ser aplicado preventivamente,

Acrobat ® M DG é composto por dimetomorfe

a persistência biológica é de 10-12 dias. Em caso

(90 g/kg) e mancozebe (600 g/kg).

de tempo húmido e chuvoso e rápido crescimento foliar a persistência é reduzida a 10 dias. No caso do combate ao black rot deve-se reduzir a cadência de tratamentos para um intervalo de 8 a 10 dias. Não realizar mais de 3 aplicações por campanha com fungicidas do grupo dos CAA.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio, black rot

2,5 kg/ha

Realizar os tratamentos preventivamente quando as condições forem favoráveis ao desenvolvimento da doença.

Registo

Formulação

AV nº 0416

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

dimetomorfe e mancozebe

28 dias

23


FUNGICIDAS

Kocide 2000 ®

Fungicida inorgânico, Kocide ® 2000 é um produto de superfície com ação preventiva e amplo espetro de ação. Indicado para o controlo de míldio em vinha.

Formulação

Condições de utilização

À base de cobre (350 g/kg), Kocide ® 2000 é um

Atua preventivamente, por contacto, através da

fungicida cúprico veiculando o cobre na forma

inibição da germinação dos esporos das espécies

de hidróxido de cobre, apresentando-se sob

de fungos suscetíveis. Deve ser aplicado a seguir

a forma de grânulos dispersíveis em água.

à floração quando as condições sejam favoráveis ao desenvolvimento da doença.

24

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio

2-3 kg/ha

O produto destina-se a tratamentos pós-florais, repetir em intervalos regulares não superiores a 8-12 dias, até terminarem as condições favoráveis ao desenvolvimento da doença.

Registo

Formulação

APV nº 3779

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

cobre (hidróxido de cobre)

7 dias


25


26


FUNGICIDAS

Polyram DF ®

O mais tradicional dos nossos produtos. Polyram ® DF é um fungicida multi-site de superfície que atua a vários níveis do metabolismo do fungo Plasmopara vitícola. Polyram® DF controla não apenas o míldio, mas também a Escoriose.

Formulação

Condições de utilização

À base de metirame (700 g/kg), apresenta-se

Polyram® DF deve ser aplicado preventivamente,

sob a forma de grânulos dispersíveis em água.

assegurando uma correta cobertura da cultura.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio

2 kg/ha

Na falta das indicações do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas iniciar os tratamentos com um intervalo de 7 a 10 dias. Os tratamentos seguintes deverão ser realizados enquanto as condições climáticas favorecerem a doença.

Escoriose

300-400 g/hl

Realizar o primeiro tratamento ao gomo de algodão-ponta verde (rebentos com 1-2 cm de comprimento); o segundo tratamento à saída das folhas livres (rebentos até 5 cm de comprimento)

Registo

Formulação

AV nº 0592

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

metirame

28 dias

27


FUNGICIDAS

Mevaxil Combi ®

Mevaxil ® Combi é um fungicida sistémico para o controlo do míldio.

Formulação

Condições de utilização

Com base em folpete (400 g/kg) e metalaxil (100

É aconselhado o uso de Mevaxil ® Combi em

g/kg), Mevaxil ® Combi apresenta-se sob

aplicações preventivas, alternando com fungicidas

a forma de pó molhável.

com diferentes modos de ação. Não efetuar mais de 2 tratamentos por campanha com Mevaxil ® Combi ou outro fungicida do grupo das fenilamidas. Se necessário, prosseguir os tratamentos com Forum® F, Forum® Gold, Forum® C, Acrobat M ® DG, Soriale ®.

Doenças

Míldio

28

Registo

Formulação

APV nº 3707

WP

Dose

Época de Aplicação

2 kg/ha

Realizar os tratamentos de acordo com a indicação do Serviço Nacional de Avisos Agrícolas. Na sua ausência iniciar as aplicações ao aparecimento dos primeiros focos da doença ou no estado 7-8 folhas até ao bago de chumbo. A persistência biológica é de 12-14 dias.

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

folpete, metalaxil

42 dias


Sercadis

®

Sercadis® é um fungicida pertencente ao grupo dos SDHI com ação essencialmente preventiva indicado para o combate ao oídio na videira.

Formulação

Condições de utilização

Sercadis® é composto por fluxapiroxade

Sercadis® deve ser utilizado como parte de uma

(300 g/l) e, apresenta-se sob a forma

estratégia preventiva de controlo do oídio, tendo

de uma suspensão concentrada.

em consideração a alternância de fungicidas com diferentes modos de ação. Não realizar mais de 3 tratamentos por campanha com este fungicida ou outros pertencentes ao grupo dos SDHI. Sercadis® não tem ação erradicante/curativa

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Oídio

0,15 l/ha

Realizar os tratamentos entre os cachos visíveis e o pintor. A persistência biológica do produto é de 14 dias.

Registo

Formulação

AV nº 0949

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

fluxapiroxade

35 dias

29


FUNGICIDAS

Cabrio Top ®

Ação constante e persistente, Cabrio ® Top, caracteriza-se pela polivalência controlando, míldio, oídio, escoriose e black rot.

Formulação

Condições de utilização

Sob a forma de grânulos dispersíveis em água,

Cabrio ® Top é usado como parte de uma

Cabrio Top é composto por metirame

estratégia preventiva em que se alternam

(550 g/kg) e piraclostrobina (50 g/kg).

diferentes modos de ação eficazes no combate

®

ao míldio, oídio e/ou black rot. Recomendamos o uso entre a floração e o bago de chumbo. Não realizar tratamentos curativos e/ou erradicantes. Não realizar mais de 3 tratamentos por campanha com fungicidas do grupo QoI.

30

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Míldio, Black rot, com controlo simultâneo de Oídio

1,5 kg/ha

Iniciar os tratamentos às 7-8 folhas até ao pintor.

Escoriose

150 g/hl

O período de proteção é entre a ponta verde das folhas e duas folhas livres.

Registo

Formulação

AV nº 0282

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

metirame e piraclostrobina

56 dias


Vivando

®

Vivando ®, fornece uma proteção de alto nível aos cachos. Proveniente da família das benzofenonas, Vivando ®, é especialista em oídio garantindo proteção e fiabilidade. Ideal para em conjunto com Kumulus® S, Sercadis ® e Collis ® criar programas sustentáveis de luta contra o oídio em que se alternam diferentes modos de ação.

Formulação

Condições de utilização

À base de metrafenona (500 g/l), Vivando ®

Vivando ® deve ser usado de forma preventiva

apresenta-se sob a forma de suspensão

na fase de maior sensibilidade à doença. Para

concentrada.

melhores resultados assegure um cobrimento adequado da cultura. Não realizar mais de 3 tratamentos por campanha com este produto ou com fungicidas pertencente ao grupo das benzoilpirimidinas.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Oídio

0,2 l/ha

Iniciar os tratamentos entre os cachos visíveis e o pintor. A persistência biológica é de 14 dias devendo ser reduzida para 10-12 dias, na presença de castas suscetíveis e/ou forte pressão de doença.

Registo

Formulação

AV nº 0198

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

metrafenona

28 dias

31


FUNGICIDAS

Collis

®

Forte sinergia das duas substâncias ativas, Collis ® é o ponta de lança anti-oídio da BASF. Dotado de elevada eficácia e persistência, deve ser usado num programa de tratamentos em que se alternam produtos com diferentes mecanismos de ação.

Formulação

Condições de utilização

À base de cresoxime-metilo (100 g/l) e boscalide

Collis ® deve ser aplicado de forma a controlar

(200 g/l), Collis apresenta-se sob a forma

os ataques precoces de oídio permitindo

de suspensão concentrada.

manter a vinha protegida desta doença.

®

Não realizar tratamentos curativos ou erradicantes. Não realizar mais de 3 tratamentos por campanha com fungicidas do grupo dos QoI.

32

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Oídio

0,4 l/ha

Realizar os tratamentos entre os cachos visíveis e o pintor. A persistência biológica do produto é de 12 a 14 dias.

Registo

Formulação

AV nº 0128

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

boscalide, cresoxime-metilo

28 dias


Kumulus S ®

Dos produtos mais tradicionais, Kumulus ® S é um fungicida inorgânico para o controlo do oídio e escoriose.

Formulação

Condições de utilização

À base de enxofre (800 g/kg), Kumulus® S

Dar preferência a aplicações preventivas.

apresenta-se sob a forma de grânulos dispersíveis em água.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Oídio

4 - 12,5 kg/ha

Em condições favoráveis ao desenvolvimento do oídio e em vinhas de castas reconhecidas como sensíveis, usar apenas no período pré-floral.

400 - 500 g/hl

Realizar o 1º tratamento quando os gomos apresentem a ponta verde e os mais adiantados tenham 1 a 2 cm de comprimento. Realizar o 2º tratamento quando os rebentos tenham um comprimento que não ultrapasse os 5 cm.

Escoriose

Registo

Formulação

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

APV nº 1259

WG

-

enxofre

-

33


FUNGICIDAS

Cantus

®

Cantus ® é um fungicida anti-botritis da BASF aplicado entre a floração e alimpa para o controlo da botritis, Cantus® é também eficaz no combate ao oídio.

Formulação

Condições de utilização

Com base em boscalide (500 g/kg), Cantus®

Aplicar preventivamente. Pelas características

apresenta-se sob a forma de grânulos

do produto e pelo controlo oídio o Cantus ® deve

dispersíveis em água.

ser aplicado preferencialmente no período da floração-alimpa.

34

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Podridão cinzenta e oídio

1-1,2 kg/ha

As épocas fundamentais de tratamento são a floração, alimpa e o pintor. Em anos e/ou condições favoráveis poderão justificar-se aplicações de fungicidas ao fecho dos cachos e 3-4 semanas antes da colheita.

Registo

Formulação

AV nº 0153

WG

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

boscalide

28 dias


Scala

®

Presença tradicional nos programas contra a podridão cinzenta da vinha, Scala® é uma ferramenta flexível, com grande valor acrescentado na ação contra a podridão. Scala® ao prevenir a doença, protege as características organoléticas do vinho da oxidação excessiva, da formação de odores indesejados, alteração e/ou perda de aromas naturais.

Formulação

Condições de utilização

Com base em pirimetanil (400 g/l), Scala®

Ampla janela de aplicação. Pelas suas

apresenta-se sob a forma de suspensão

características consideramos o início do pintor

concentrada.

a fase mais adequada para o uso do Scala®. com Forum ® F, Forum® Gold, Forum® C, Acrobat M ® DG, Soriale ®.

Doenças

Dose

Época de Aplicação

Podridão cinzenta

2,5 l/ha

Aplicar em floração-alimpa e pintor

Registo

Formulação

AV nº 0642

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

pirimetanil

21 dias

35


Inseticida FA S TAC ®

36


INSETICIDA

Fastac

®

Graças ao amplo espetro de ação e intervalos de segurança curtos, Fastac® mostra máxima flexibilidade de utilização. Fastac® atua por contacto e ingestão sobre o sistema nervoso dos insetos.

Formulação Fastac® apresenta-se sob a forma de concentrado para emulsão, com base em alfa-cipermetrina (100 g/l).

Condições de utilização

A correta cobertura da superfície foliar otimiza a ação de Fastac ®, as intervenções devem ser feitas ao aparecimento das primeiras pragas.

Pragas

Dose

Época de Aplicação

Traça (Lobesia botrana)

0,15 l/ha

Ao aparecimento da praga.

Áltica (Altica lythri)

0,075 l/ha

Ao aparecimento da praga.

Cicadelas (Empoasca spp, Jacobiasca lybica, Scaphoideus titanus)

0,10 l/ha

Ao aparecimento da praga. No caso do Scaphoideus titanus seguir as indicações específicas para o combate a esta praga.

Registo

Formulação

AV nº 0204

CE

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

alfa-cipermetrina

7 dias

Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar.

37


Herbicidas S tomp ® A q ua F ocus ® U lt r a Z a r pa ®

38


HERBICIDAS

Stomp Aqua ®

Stomp ® Aqua mantém por mais tempo o controle das infestantes gramíneas anuais e de folha larga. Graças à sua nova formulação, é mais fácil de usar, não suja e oferece uma ação residual melhor e maior seletividade para as culturas tratadas.

Formulação À base de pendimetalina (455 g/l), Stomp ® Aqua apresenta-se sob a forma de uma suspensão concentrada de microcápsulas, que libertam gradualmente a substância ativa.

Condições de utilização Aplicar em pré-emergência das infestantes durante o repouso vegetativo.

Infestantes Infestantes suscetíveis: bredo (Amaranthus blitoides), moncos-de- peru (Amaranthus retroflexus), morrião (Anagalis arvensis), catassol (Chenopodium album), erva-das-verrugas (Heliotropium europaeum), sempre-noiva (Polygonum aviculare), erva pessegueira (Polygonum persicaria), erva-moira (Solanum nigrum), milhã-pé-de-galo (Echinochloa crus-galli), milhãs (Setaria spp), malcasada (Polygonum lapathifolium), milhã digitada (Digitaria sanguinalis), couve-maltesa (Chenopodium opulifolium), urtiga-menor (Urtica urens), urtiga-morta (Mercurialis annua), corriola bastarda (Fallopia convolvulus), serralha-macia, (Sonchus oleraceus) mostarda dos campos (Sinapsis arvensis), morugem-branca (Stellaria media),verónica da pérsia (Veronica persica) Verónica-dos-campos (Veronica arvensis) Verónicada-folha-de-hera (Verónica hederifolia) tasneirinha (Senecio vulgaris), beldroega (Portulaca oleracea).

Dose

Época de Aplicação

2,5 - 3 l/ha

Aplicar durante o repouso vegetativo em tratamento dirigido ao solo.

Infestantes moderadamente suscetíveis: Balanco bravo (Avena sterilis), Galium spp, saramago (Raphanus raphanistrum) Ranunculus spp, erva moleirinha (Fumaria officinalis).

Registo

Formulação

AV nº 0215

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

pendimetalina

-

Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar.

39


HERBICIDAS

Focus Ultra ®

Focus® Ultra é um herbicida de pós-emergência, de ação sistémica específico para o controlo de infestantes gramíneas em culturas dicotiledóneas. Focus ® Ultra é caracterizado por um amplo espetro de ação.

Formulação

Concentrado de emulsão à base de cicloxidime (100 g/l).

Condições de utilização Focus® Ultra deve ser aplicado para o controle das infestantes gramíneas, utilizando a dose mais adequada, segundo o desenvolvimento das mesmas.

Infestantes

Dose

Gamíneas anuais

2 l/ha

Gramíneas vivazes

4 l/ha

Registo

Formulação

APV nº 2978

EC

40

Classificação

Época de Aplicação

Deve ser aplicado com as infestantes em estado de crescimento ativo. Aplicar desde a fase de 3 folhas até ao início do afilhamento.

Substância ativa

Intervalo de segurança

cicloxidime

28 dias


Zarpa

®

Zarpa® é um herbicida de contacto e sistémico para controlo das infestantes em pós-emergência.

Formulação

Condições de utilização

Zarpa® apresenta-se sob a forma de uma

Em vinhas com mais de 4 anos em repouso

suspensão concentrada com 40 g/l de diflufenicão

vegetativo, em pós-emergência precoce das

e 160 g/l de glifosato (sob a forma de sal de

infestantes. Utilizando-se as doses mais altas na

isopropilamónio).

presença de infestantes perenes. Não mobilizar o solo após a aplicação. Não aplicar em terrenos arenosos. Durante a aplicação não atingir folhas, ramos e frutos. Não aplicar quando se prevê chuva nas 6 horas seguintes à aplicação. Não atingir culturas e terrenos vizinhos da área a tratar.

Infestantes

Dose

Época de Aplicação

1,5 - 4,7 l/ha

Em repouso vegetativo.

PRINCIPAIS INFESTANTES SUSCETÍVEIS Monocotiledóneas: Cabelo-de-cão (Poa annua); erva-febra (Lolium rigidum); balancos (Avena spp.). Dicotiledóneas: Pampilho-das-searas (Chrysanthemum segetum); papoila-das-searas (Papaver rhoeas); mostardas (Sinapis spp.) saramago (Raphanus raphanistrum); morugem (Stellaria media); esparguta (Spergula arvensis), sapinho roxo-das-areias (Spergularia rubra), raspa-saias (Picris echioides); labaças (Rumex spp.). PRINCIPAIS INFESTANTES RESISTENTES Monocotiledóneas: Junças (Cyperus spp.). Dicotiledóneas: Malva-bastarda (Lavatera cretica) e malvas (Malva spp.); cavalinhas (Equisetum spp.) e corriola (Convolvulus arvensis).

Registo

Formulação

AV nº 1077

SC

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

diflufenicão, glifosato

-

41


Anti-escaldão S U RR O U N D ® W P

42


ANTI-ESCALDÃO

Surround WP ®

Surround ® WP protege as culturas das queimaduras solares (escaldão) e do stress térmico, através da formação de uma película de finas partículas minerais que atua como barreira física. Ao ser aplicado sobre as plantas, Surround® WP forma uma película branca e seca. Uma cobertura uniforme e contínua é essencial durante todo o período de suscetibilidade. Surround® WP não afeta nem é afetado pela maioria dos inseticidas, acaricidas e fungicidas.

Formulação

Condições de utilização

Formulado sob a forma de pó molhável

Não misturar com molhantes.

à base de caulino (950 g/kg).

Ação

Escaldão

Dose

Época de Aplicação

2,5 - 5 kg / 100 litros

Para redução de queimaduras provocadas pelo sol é necessário estabelecer uma boa cobertura antes que se verifiquem as condições que produzem este fenómeno. Para estabelecer a cobertura completa, realizar dois tratamentos com intervalo não superior a 7 dias entre aplicações. Enquanto durar o período de altas temperaturas, pode ser necessário fazer 3-4 aplicações no total, que devem ser feitas a cada 14-21 dias.

Registo

Formulação

Classificação

Substância ativa

Intervalo de segurança

-

WP

-

caulino

-

Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar.

43


10 gestos responsáveis A N T E S D A A P L I C A ÇÃ O 1

2

Armazenar os produtos em local adequado, seguro e fechado à chave.

3 Usar vestuário de proteção e luvas adequadas durante a preparação da calda e aplicação do produto.

Antes de utilizar o produto leia atentamente o rótulo.

4

5 Vigiar o enchimento e ajustar o volume de calda (válvula de retenção, dispositivo de segurança).

Verificar regularmente e assegurar o bom estado de funcionamento do material de aplicação.

6 Lavar as embalagens três vezes, fechadas, inutilizadas e colocadas em sacos de recolha devendo ser entregues num centro de receção Valorfito®; as águas de lavagem deverão ser usadas na preparação da calda.

D U R A N T E A A P L I C A ÇÃ O 7 Realizar a aplicação com tempo calmo e evitar a contaminação pela deriva, das zonas circunvizinhas da área a tratar.

D E P O I S D A A P L I C A ÇÃ O 8 Dilua os restos de calda, 3 a 5 vezes, e pulverize numa zona com coberto vegetal que não seja destinada ao consumo humano e animal.

9 Após a limpeza do material de aplicação e do equipamento de proteção individual, o operador deve tomar um banho.

10 Prevenir poluições pontuais: Tratamento de efluentes fitossanitários.

Utilize os produtos fitofarmacêuticos de forma segura. Leia sempre o rótulo e a informação relativa ao produto antes de o utilizar.

Rua 25 de Abril, 1 - 2º Piso 2685-368 Prior Velho Tel 219 499 900 Fax 219 499 949

Para mais informações: www.agro.basf.pt


Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.