Issuu on Google+

15 dicas rรกpidas para melhorar suas chances no mercado de trabalho


Crie um bom currículo – parte 1

Objetivo Pessoal:

o que você busca Um dos itens mais importantes do seu currículo vai ser o seu objetivo pessoal. Por meio desta descrição a empresa vai escolher se você é O candidato que ela procura ou apenas mais um currículo recebido.

Adapte o objetivo pessoal de seu currículo para cada vaga que você pretende disputar, alinhando o seu objetivo à vaga em aberto. Por exemplo: Se você está se candidatando a uma vaga de vendas, descreva em seu objetivo: “Atuar na área comercial da empresa”.


Crie um bom currículo – parte 2

Documentação

Informações demais É bem comum recebermos currículos com os números de R.G. CPF e Carteira de trabalho. Alguns já vieram até com o número do PIS, mas por que não colocar a documentação em seu currículo?

Quando uma empresa solicita um currículo, ela irá selecionar perfis que mais combinam com a vaga ou que as experiências anteriores apontam para uma parceria promissora. Apenas depois de um processo seletivo com entrevistas e dinâmicas é que sua documentação será necessária.


Crie um bom currículo – parte 3

Experiências

Comece pela última Ao analisar um currículo, o entrevistador irá valorizar suas experiências mais recentes e conforme a entrevista prossegue, ele irá começar a perguntar sobre as mais antigas. Facilite o roteiro de seu entrevistador.

Em experiências profissionais coloque: . Nome da Empresa .Data da Entrada .Data de Saída .Funções Exercidas .Breve resumo sobre as funções exercidas ( Descreva em termos positivos o que você fazia enquanto estava na empresa e quais as habilidades e competência que desenvolveu)


Crie um bom currículo – parte 4

Informações

Seja Breve Quando estamos analisando currículos, nos espantamos com alguns que chegam com 2 folhas ou mais. E geralmente os maiores não são os que nos trazem mais respostas e sim dúvidas.

Procure fazer um currículo com uma página apenas, coloque nele as informações relevantes a vaga que você pretende concorrer e não todo o histórico da sua vida. Para deixar seu currículo perfeito, releia-o, subtraindo informações não relevantes e dando ênfase na que fará com que você consiga a entrevista.


Crie um bom currículo – parte 5

Foto

Colocar ou Não? A maior parte das vagas não exigem fotos e o candidato que se arrisca a colocar a própria foto pode estar diminuindo suas chances caso a foto não tenha sido muito bem escolhida.

Para vagas que exigem currículos com foto o processo de seleção da imagem que você vai mandar é tão importante quanto as informações que você colocou. Fotos antigas, com roupas provocantes, cabelos mal cuidados ou claramente pegas de um perfil de Facebook podem contar contra o agendamento da sua entrevista.


Dinâmicas de Grupo

dica 1 - conhecimento Empresas utilizam a dinâmica de grupo como uma forma de analisar se o candidato possui habilidades ou comportamentos que são úteis para aquela vaga. Saber estes detalhes lhe dará muitas vantagens.

Para escolher qual dinâmica, ou dinâmicas utilizar em um processo seletivo, fazemos uma lista de comportamentos ou de conhecimentos que são interessantes para um profissional daquela vaga e depois disto decidimos o que usaremos: Exemplo: Para um assistente administrativo farei uma dinâmica que mostre o quão organizado ele é.


Dinâmicas de Grupo

dica 2 - Calma Manter a calma em uma dinâmica de grupo é essencial para que você desempenhe um bom processo. Confira ao lado nossas dicas para deixar o nervosismo de lado e ter destaque na dinâmica.

. Lembre-se que o objetivo da dinâmica é conhecer quem você é, e geralmente você não está com medo o tempo todo. .Ouça alguma música que relaxa antes de entrar na sala. .Mantenha o bom humor. .Enquanto aguarda, acalme-se conversando com outros candidatos. .Concentre-se em descobrir o que irão avaliar e esqueça do que sente.


Dinâmicas de Grupo

dica 3 - Cooperação Muita gente fala no momento da entrevista que sabe trabalhar em grupos, mas na hora da dinâmica mostra exatamente o contrário. Lembre-se que será em uma dinâmica de grupo que irão verificar se você realmente trabalha bem em equipe.

O principal conselho para ser cooperativo é evitar discussões; Se em uma dinâmica foram criados grupos, dois itens serão analisados, cooperação e liderança. Por este motivo antes de tomar um posicionamento inflexível caso discorde com a posição do grupo, pense o que um líder ou o que uma pessoa que sabe trabalhar em equipe faria agora.


Dinâmicas de Grupo

dica 4 - Participação Pior do que não saber o que fazer em uma dinâmica é não participar de uma dinâmica. A participação não garantirá sua vaga, mas a falta dela com certeza irá tirá-lo do processo. Então, PARTICIPE!

Já contratei várias pessoas que percebi que em uma das dinâmicas propostas superaram os seus limites e exclui todas as pessoas que não participaram ativamente do processo. Quando estiver na sala e for solicitado um voluntário, levante a mão. Seja o primeiro, o mais disposto, aquele que faria por merecer a vaga e algo mágico acontece: A vaga se torna sua!


Dinâmicas de Grupo

dica 5 - Pergunte Algumas atividades numa dinâmica de grupo podem não ficar bem claras para você (e possivelmente para outras pessoas). Tentar fazer sem entender o tema ou desafio proposto é um erro que provavelmente fará com que você não atinja o objetivo

Quando a atividade não ficar bem clara, faça um pequeno resumo em sua mente, levante a mão e confirme com o responsável pelo processo se é exatamente aquilo que você deve fazer. Este comportamento além de mostrar que você está bem interessado em ter um bom desempenho também será bem avaliado por mostrar iniciativa, coragem e humildade.


O que evitar em seu currículo

dica 1 – erros ortográficos Você descobre que surgiu uma vaga em uma conceituada empresa e suas qualificações são perfeitas para a vaga, mas você não é chamado, o que pode ter acontecido? Você pode ter sido uma vítima da má escrita.

Enviar um currículo com erro ortográfico ou de concordância para uma empresa é algo que acontece muito frequentemente e que geralmente elimina um candidato antes mesmo da entrevista. Confiar no editor de texto não é suficiente, antes de enviar o seu currículo, revise-o e se possível, peça para alguém ajudá-lo.


O que evitar em seu currículo

dica 2 - mentiras Não é muito difícil descobrir que um candidato mentiu em um currículo, basta um único telefonema para o emprego anterior ou uma checagem de datas na carteira de trabalho para eliminar o candidato do processo.

O currículo é uma peça fundamental no processo de contratação, mas sabemos que esta peça é produzida pelo próprio candidato e alguns tentam de forma desonesta obter vantagens. Caso tenha ficado pouco tempo em uma empresa, você pode escolher colocá-la ou não em seu currículo, mas escolher alterar datas ou funções NÃO É UMA OPÇÃO.


O que evitar em seu currículo

dica 3 – termos comuns “Proatividade, Honesto, Competente, Esforçado, Trabalho bem em equipe, etc, etc, etc...” Descrever características como essa em seu currículo não somam pontos para você conseguir a entrevista.

Lembre-se que o espaço que você tem para descrever suas realizações, experiências, formações educacionais é limitado, portanto, evite gastar linhas colocando qualidades que o entrevistador não irá acreditar. As qualidades que colocaria em seu currículo, demonstre na entrevista, não no discurso, mas mostrando através de experiências anteriores.


O que evitar em seu currículo

dica 4 – primeiro emprego Quando mandamos um currículo sem experiência profissional alguma, é óbvio pelo entrevistador que você terá que aprender, então esqueça aquele discurso de que “tenho muita vontade de aprender” e valorize suas outras qualidades

Para conseguir um primeiro emprego você pode destacar sua escolaridade, os grupos que faz parte, seu boletim, suas aptidões, trabalhos voluntários, cursos que realizou e que realiza e só então colocar uma frase onde mostra que se dedicará ao novo trabalho. “Vontade de aprender” em um currículo vazio, não parecerá fazer sentido, se valorize que o entrevistador fará o mesmo!


O que evitar em seu currículo

dica 5 – motivos Colocar os motivos de sua saída na experiência profissional só é válido quando a função é por tempo de contrato limitado: épocas como natal, páscoa ou quando cobria férias de outra pessoa.

Deixe para falar os motivos que levaram a sair de uma empresa no momento da entrevista, assim fica mais fácil explicar para o entrevistador o que houve. Caso tenha trabalhado como temporário em uma empresa, se possível, solicite uma carta de recomendação ao seu empregador e envie junto com o currículo, assim você terá maior credibilidade no processo.


15 dicas rápidas para melhorar sua chance no mercado de trabalho