Page 1

CAPA 2009 / 2010


Elas por Elas 2009/2010 Mais um sonho se concretiza e torna a 2ª edição deste livro uma realidade que, através das histórias de cada uma das personagens, retrata os diferentes tipos de mulheres que tão ricamente reunimos nesta obra. Podemos até chamar de obra de arte... pois vocês, mulheres, além de serem nossa inspiração, são de fato a essência do Elas por Elas. Seja com uma mensagem aos filhos, netos, mãe, ao seu grande amor, à vida, ou relatando o sucesso profissional. Cada uma, ao seu modo, expressou seu maior sentimento, compartilhou emoções ou lembranças, contribuindo significativamente com este grandioso projeto. A ideia, que também partiu de duas mulheres, foi a de ressaltar através de um livro a beleza da Mulher, mostrando que nossas reais personagens vão além da vida cotidiana. Elas mostram sua feminilidade, o sucesso nos negócios, na política e o divino poder maternal. Sem vocês, mulheres, o Elas por Elas não existiria... seria apenas um projeto a envelhecer no fundo de uma de nossas gavetas. Agradecemos de todo coração pela confiança e por tornarem o livro Elas por Elas um sucesso pelo 2º ano consecutivo. E graças a este sucesso, em 2010 a Publicittà fará o lançamento do livro KIDS, que não deixa também de ser para “Elas”... às mamães, vovós e titias corujas. Cintia Brumatti e Paula Nagem, Publicittà

Realização

PUBLI città Rua Miguel Hackmey, nº 27A - Centro - Guarulhos/SP

(11) 2408-2775 www.publicitta.com.br


Patrocinadores Cópias e Impressões

w w w. l a p e l . c o m . b r ar condicionado

COLÉGIO

Pueri Domus ESCOLAS ASSOCIADAS

50 50FIEL

Pantone 4515

Transformamos em R E V I S TA G U A R U L H O S

arte

Pantone 4515 C

cores

ANOS

EMPRESA CONTÁBIL

boutique de pijamas revista

(11) 2422-6662

www.quatrocor.com.br

Sonhe com o mundo. A gente leva você. A CVC realiza seus sonhos de viagem.

Acesse cvc.com.br e veja a loja CVC ou o agente de viagem mais perto de você.

Shopping Internacional Guarulhos .....................(11) 2086-9720 33951_Revista APM_190x125.indd 1

11/23/09 6:13:28 PM


Adoรงando a vida de muitas mulheres guarulhenses.

Av. Paulo Faccini, 1287 Jd. Maia - Guarulhos/SP

(11) 2443-2202 / 2408-1920 www.mariacereja.com.br


Forneria Capannone. Galp達o de embarque


para os sabores da cozinha clássica italiana. Buon viaggio! !

Guarulhos tem agora um lugar privilegiado para empresas e executivos. A Forneria Capannone é a escolha perfeita para um almoço de negócios, eventos institucionais ou mesmo para um happy hour.

Mestres pizzaiolos contam com dois imponentes fornos à lenha, onde preparam as melhores pizzas da região. A Sala Privê foi planejada para oferecer aos empresários um lugar ideal para reuniões. Há também um Espaço Gourmet com cozinha central para confraternizações, cursos, eventos gastronômicos e culturais. Destacam-se também o deck ao ar livre rodeado de muito verde e a adega com 2 mil garrafas de vinho. A Forneria Capannone está de portas abertas para receber sua empresa, seus clientes e amigos.

Benvenuto!

Rua Lázaro Bueno Oliveira, 92 • Travessa da Av.Paulo Faccini Centro • Guarulhos • São Paulo • 11 2441 3231 • forneria.capannone@uol.com.br

soulcom.com.br

Chefs renomados preparam o melhor da culinária clássica italiana.


Para a mulher que trabalha, mãe dedicada, esposa e companheira. De qualquer idade, magrinha ou gordinha, ruiva, morena, loira, mulata... enfim, para todas as mulheres de verdade! Nossa dedicação e qualidade a favor da beleza e bem-estar.

Rua Miguel Hackmey, 27 Centro - Guarulhos/SP (11) 2443-3747 www.spaziovalenttine.com.br


Foto: Morena Rosa

AV. PAULO FACCINI, 1.841 JD. MAIA, GUARULHOS

(11) 2408-1820


Adelaide R. Maso Andrade De família simples do bairro Taboão, Adelaide Maso tornou-se cirurgiã-dentista e empresária e fez questão de atuar no mesmo bairro. Mas nada veio fácil: o que faltou em recursos financeiros, veio em forma de determinação, garra e bom humor sempre. O primeiro emprego foi aos 12 anos em um consultório odontológico, e veio daí o sonho, o qual hoje é uma realidade. Aos 34 anos e sendo mãe, apesar de já ter sofrido descriminação social, procura ensinar ao seu filho Luiz Gustavo que o ser humano, independente de sexo, raça ou posição social, será sempre um ser humano que deve ser respeitado. Adelaide deixa sua mensagem e agradecimento a todos os amigos, familiares e pacientes que acreditaram e acreditam em seu trabalho. É fim de ano, hora de desacelerar e refletir... Preste atenção a sua volta. Veja o céu, admire a beleza do sol e das nuvens, contemple as estrelas. Respire fundo... Ouça e sinta as batidas de seu coração... Pois a vida e feita de detalhes, e são os detalhes que fazem a diferença... Pequenos detalhes que devem ser aproveitados e vividos intensamente! Sorria sempre! Seja feliz! A alegria é contagiante... Contagie quem está ao seu redor. Fique ao lado de pessoas que você ama, mesmo que seja por pouco tempo. Faça uma coisa de cada vez, mas faça! E faça o seu melhor! Não espere que as coisas aconteçam. Tome decisões e faça acontecer! Se ame! Faça isso para você se realizar como pessoa, como mulher! Faça algo que realmente ame e te dê prazer, pois só assim valerá a pena. Todos temos a capacidade de chegarmos aonde quer que seja, basta termos determinação. Adelaide Maso é cirurgiã-dentista e proprietária da MultiClin OdontoClínica Odontológica.


Adriana Rodrigues Estou em Guarulhos desde 1992, fui pioneira em trazer a primeira Ope-

radora de Turismo para Guarulhos, Viagens CVC, inicialmente com sede na avenida Dr. Timóteo Penteado, nº 2008, em 10 de agosto de 1995. Mais tarde, em 12 de março de 1999, inaugurava a CVC no Internacional Shopping Guarulhos, para atender o público direto, continuando na Timóteo Penteado com atendimento para as agências de viagens de Guarulhos São 15 anos colaborando, de certa forma, para o crescimento de nossa cidade. É muito gratificante saber que consigo realizar sonhos e ver as pessoas mais felizes através das minhas viagens. Sou uma pessoa realizada como mulher e como profissional. Tenho filhos lindos, o Adriano (12) e a Giovanna (5) e uma família maravilhosa, amigos verdadeiros e muita saúde. Agradeço a Deus por todas as conquistas e pretendo continuar vivendo intensamente todos os momentos. Obrigada à cidade de Guarulhos, que sempre me acolheu, e às pessoas que confiaram em mim.


Cida Rodrigues Às Mulheres Guerreiras

Sabemos a fonte de onde brota a guerreira... sabemos da coragem que transpira a mulher. Sabemos cientificamente que nosso cérebro é o maior computador conhecido e que só usamos uma pequena parcela desse maravilhoso “centro de força”... então, vamos usar uma pequena parte para nos vacinar contra a tristeza e outros momentos menos alegres. Decida-se pela vida! Tua caminhada ainda não terminou... justo quando a lagarta achava que o mundo tinha acabado, ela virou uma borboleta! Queira mudar seu estado. Sem o seu querer, sem o seu desejo, nada acontece... Em todos os dias de sua vida, começando por hoje, pare alguns minutos para atender as suas necessidades... pense no que você precisa, quais os esforços que terá que fazer para atingir seus objetivos, o que está te machucando... enfim, pense em você nesses 5 minutos somente seus... Descubra o poder da oração. Fazer uma oração é ligar-se a Deus e conversar diretamente com a fonte da vida. Abra seu coração e converse com Deus simplesmente como quem conversa com um velho amigo. Esqueça as fórmulas e orações lindas, que às vezes são tão vazias perto do que você está sentindo. Acostume-se a orar todos os dias para agradecer, para pedir, para louvar. Não deixe a tristeza se instalar em seu coração. Quando a tristeza vem chegando, você já sente, já sabe que vai cair... então vigie seus pensamentos. Por mais que você não queira acreditar em Deus, ou tenha brigado com Ele, Ele está sempre próximo de você... Ele te ama tanto que deixou você livre para fazer o que bem quizer. Sinta sua presença... feche os olhos, respire fundo... está sentindo Ele agora? Sentiu uma brisa suave? Sentiu um toque? É Deus manifestando o Seu amor por você... você está predestinada a ser feliz! Queira ou não queira, você será feliz, demore quanto demorar (isso depende de você!)... seu destino é a felicidade. Quanto mais cedo você descobrir, acreditar e aceitar isso, mais cedo você terá seu encontro com a felicidade... É certo que encontrará situações tempestuosas, mas sempre haverá de ver o lado bom da chuva que cai e não a faceta do raio que destrói. Se não consegue entender que o amor deve estar dentro de você, é inútil buscá-lo. Por mais que tenha errado e erre, sempre haverá esperança, enquanto se envergonhar de seus erros. Você é guerreira! Assim como o leito dos rios precisa da água que rola, o coração necessita de afeto. Não faça do amanhã o sinônimo de nunca, nem o ontem o mesmo que nunca mais. Teus passos ficaram. Olhe para trás... mas vá em frente, pois há muitos que precisam que você chegue para poderem te seguir. Enquanto tivermos forças, devemos resistir à idéia de derrota, e sempre procurar uma maneira de atingir nossos objetivos. Aprenda que você pode a tudo suportar, que é realmente forte e que pode ir muito mais longe, mesmo depois de achar que não o consegue mais. Comece a enfrentar suas lutas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de uma mulher e não com a aflição de uma criança. Então, depois de um tempo, você aprenderá a construir todas as suas estradas ‘hoje’, porque o terreno do amanhã é incerto! Aprenderá que o sol queima caso fique exposta por muito tempo. Aprenderá que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... mas existe alguém que verdadeiramente se importa com você e está neste minuto de braços abertos, esperando ouvir a sua voz... clame a Ele e seja muito, mas muito feliz! Que o amor de Deus entre em nossos corações fazendo deste mundo um mundo melhor!!! Beijos e abraços a todos(a) Cida Rodrigues. 39 anos, nascida em Assis Chateaubriand (Paraná), reside em Guarulhos há 13 anos. Casada, mãe de Juliana e Isabela. Missionária da igreja Missão Mundial Graça e Paz. Contadora, empresária no ramo de beleza.


Cintia Regina Gualdi .

Boas vibrações, energia contagiante, paixão pela vida, amor ao próximo, mãe presente e apaixonada, esposa parceira e amorosa, e completamente louca por moda, essa é uma síntese de...

Cintia Regina Gualdi, 33 anos, advogada, mas nunca exerci a profissão porque nunca foi minha verdadeira paixão, e para mim o que não for feito 100% com amor, não é para mim.

Por força do destino, devido ao falecimento do meu maior ídolo, meu pai Odécio, fiquei ou melhor, tive que ficar 10 anos longe dos meus sonhos, mas como acredito muito em Deus, tenho certeza de que tudo tem um propósito e o seu tempo. Esse tempo foi para eu amadurecer como pessoa, crescer como mulher, e ver que na vida, nada é mais gratificante do que fazer o que verdadeiramente te faz feliz e realizada. E com minha fé imensa me encorajei, e me senti preparada e amadurecida para seguir o meu sonho...foi daí...que no dia 02/06/2008, nasceu a minha verdadeira paixão, a Dona Lola. Em pouco tempo de vida é uma boutique que tem suas “Loletes” fiéis, que adoram comprar e me visitar...Mas o segredo do meu sucesso não é vender apenas o bem material, mas sim fazer a minha cliente/amiga se se sentir linda e realizada, não é vender a roupa, a bolsa, porque somente isso, ela acha em qualquer lugar. O que eu busco é a satisfação da mulher em se sentir feliz e poderosa... Agradeço primeiramente a Deus, que é tudo em minha vida, ao meu ídolo (meu pai), que dele herdei essa garra e determinação, a minha mãe que me encoraja e me da força em todos os meus passos, ao meu marido que é o meu maior parceiro e porto seguro, ao meu filho que me faz olhar sempre para o futuro com muita coragem, e a todas minha amadas clientes, que se não fosse por essa troca de confiança, respeito e amor eu não chegaria onde cheguei, e onde com certeza irei chegar... Cintia Regina Gualdi Proprietária da Dona Lola


Cleide Rodrigues e Milena A rua que construo para minha filha

Não uso cimento, nem pedras, nem grama ou terra batida, entretanto, dia após dia, construo a rua da minha filha.

Do sorriso sincero do vendedor de chocolate na Paulo Faccini ao sorriso amarelo da vizinha curiosa da minha sogra, construo a sociedade da minha filha. Na escolha trivial da pizza de sexta-feira ou na planejada e requintada ceia de natal, construo os sonhos da minha filha. No choro angustiado em frente a crueldade do ser humano através de um

menino de pijama listrado ou na luz do olhar esperançoso da menina em seu país das maravilhas, construo as crenças da minha filha. Meus atos, meus fatos, meu tato. Dia após dia, vou moldando o mundo da minha filha. Levar-lhe-ia no colo, se eu pudesse. Ah... se eu pudesse! Mas não posso. Deve ela trilhar seu próprio caminho? Qual ela escolherá seguir? Não percebo, mas ela me olha, ela sabe que sou parte dela e também sabe que sou parte do mundo que a rodeia. Encosto a cabeça no travesseiro e, antes de adentrar aos delírios dos sonhos, planejo meus passos: as roupas dela já não lhe servem mais, amanhã meu carinho as levará a outra doce menina. Não posso esquecer o remédio daquela amiga querida... na volta passarei para um café na casa do meu primo recém-separado. Planejo o mundo da minha filha. Não percebo, não me dou conta, mas planto a rua que almejo para ela caminhar. Não comprarei sua felicidade nas roupas caras daquela loja, nem sua dignidade no carro importado da concessionária. Isso, já bem sei, não trará paz à sua alma. Mostrar-lhe-ei a satisfação da doação, o conforto do abraço, o prazer da humildade. Construo a rua pela qual ela caminhará... Em uma ladeira qualquer, ela encontrará seu amor. Em uma esquina inesperada, ouvirá o som inigualável do choro de seu filho. Em um atalho, se dará conta de como suas mãos enrugaram e seus cabelos branquearam. Em uma ruazinha sem saída, suspirará e lembrará o quão doce foi sua vida... E deixará suas pegadas, seus trejeitos, seu mistério, seu amor... e ela também terá construído as ruas que um dia eu construí para minha filha.


Constância de Alencar

Saias plissadas

Sinto saudades de poucas coisas, porque, na verdade, esqueço sempre de olhar pra trás. Vivo devorando cada segundo, correndo em busca de um sonho bom ou inquietamente cercada de compromissos, que prometo como sem falta e falto como sem dúvida, não compareço jamais. Aí esqueço de sentir saudades... não há tempo. Porém, hoje de manhã, quando desci a Cônego Valadão, me senti como que subindo a mesma rua como há tantos anos. Cercada por tantas outras colegiais de saias plissadas que as freiras do Virgo Potens vigiavam... coitadas! Era só dobrar a esquina e a saia subia.O futuro? Ah! Tava tão longe que eu nem dava bola. Dando tanta risada, às vezes me faltava até o fôlego para chegar à casa da Maria Inês, casa bem antiga, com quintal grande, nada nada de luxo. A turma toda sentava embaixo de uma árvore bem grande (eu nunca sei o nome das árvores, é lamentável...) e, enquanto estudavam, eu treinava no violão o último sucesso de Chico Buarque de Hollanda, cantado por Nara Leão. Isso em meio a maior alegria... era Caetano Veloso caminhando contra o vento... e eu só pensava nisso. Depois, em cima da hora de voltar para a escola e fazer prova, eu não sabia de nada, só tinha aprendido o que não era da lição. E me enchia de “colas”, na barra da saia, nas mangas do casaco... que chato! Melhor mesmo era escrever nas coxas (sendo as minhas bem grossas, eu levava vantagem). Em uma, eu colava a matéria do 1º semestre, na outra a do 2º. Acabava que só de escrever, muitas vezes eu já aprendia. Jeito bom de estudar, hein? Aí, a gente ia almoçar na mesa grande que ficava num coberto ao lado da cozinha. Ah, que saudades eu tenho do feijão da dona Celí. Acho que ela temperava somente com carinho (e vinagre).. sei que outro igual nunca mais comi. E a gente ria, ria, risinho solto, miolo frouxo, repetia meu pai - pai. Depois de termos fumado um cigarrinho (bem escondidinhos), voltávamos à pé pra escola. Na nossa classe só havia um homem que prestava, os demais (dois) eram medonhos, horrorosos e brigávamos muito. Na hora em que a gente saía de lá, aí sim era legal demais... ir à Barão comer um sonho, paquerar os meninos do Claretiano... Depois, assistir TV, brincar na rua (que até então era tranquila), tomar Coca-Cola, ler um gibi e assistir filme proibido nas matinês do Cine Star. À noite, sonhar e dormir em paz. Levar minha dona “fofinha” ao shopping, ser advogada pela FIG, abrir na rua Arminda de Lima a minha Escola Moderna de Artes e ensinar a cidade inteira a tocar violão. O tempo é implacável, divide-nos! Não é justo! A Maria Inês foi para os States com o Cláudio e dois filhos. D. Celí morreu. A Carminha sumiu, casou-se com um namorado meu (o Mala). A Magali foi morar longe... e assim ninguém mais se viu. Ah, se toda aquela brincadeira fosse de verdade... hoje a gente veria que o tempo é apenas a mudança de nós mesmos, o que permanece é a esperança de um sonho bom. Ah! Se toda aquela brincadeira fosse verdadeira, hoje a gente não veria a escuridão. Constância Maria de Alencar, cafebrasil@tecafax.com.br Somente alguém que nunca deixou de acreditar na vida, nas pessoas e na beleza de seus sonhos.

Dedico à minha querida D. Fofa linda, D. Maria Efigênia Coelho de Alencar, a quem dei, em vida, todas as flores, meu coração e meu imenso Amor.


Quem dera... Quisera eu Te envolver na espera E remover as feras Do teu coração em pedaços Pudera eu Não cruzar os braços E ter mãos tenazes E ter nãos capazes De te confundir Ai, quem dera Destruir a esfera Dos teus limitados laços Dos meus fragmentados fracassos E, por todos os meios Sem receios, sem cansaço Ir... (Prêmio Internacional de Poesia)


Crislaine Feitosa A filosofia do sucesso

“Se você pensa que é um derrotado, você será um derrotado.

Se não pensar “quero a qualquer custo”, não conseguirá nada. Mesmo que você queira vencer, mas pensa que não vai conseguir, a vitória não sorrirá para você. Se você fizer as coisas pela metade, você será um fracassado. Nós descobrimos neste mundo que o sucesso começa pela intenção da gente e tudo se determina pelo nosso espírito. Se você pensa que é um malogrado, você se torna como tal. Se você almeja atingir uma posição mais elevada, deve, antes de obter a vitória, dotar-se da convicção de que conseguirá infalivelmente. A luta pela vida nem sempre é vantajosa aos fortes, nem aos espertos. Mais cedo ou mais tarde, quem cativa a vitória é aquele que crê plenamente: Eu conseguirei!”

Napoleon Hill

Realmente essa filosofia tem tudo a ver com a minha vida. Tudo que eu passei, tudo que eu sou e tudo que realmente vou ser. Eu posso falar que eu consegui... a minha história realmente mudou. Agradeço a minha família, amigos, clientes e, principalmente, a Deus, por cada minuto da minha vida. Crislaine Feitosa Designer de interiores


Damaris Diniz

Damaris Diniz nasceu em 20 de abril de 1981, em Guarulhos. Desde criança, já causava admiração com sua simpatia e doçura. Aos sete anos, iniciou sua carreira fazendo cursos de Modelo e Manequim, Ballet e Jazz. Era convidada para participar de vários encontros de dança e, como modelo, foi premiada e reconhecida, ganhando vários concursos de beleza, como o Top Model Guarulhos, Miss Guarullhos, Super Star Guarulhos, Miss Primavera Mundo, totalizando 9 títulos de beleza e premiações. Fez comerciais de marcas famosas e foi modelo do conceituado estilista Clodovil Hernandes. Completando 19 anos, já sendo mãe, iniciou faculdade de Educação Física e começou a dar aulas em academias. Tempo não havia na agenda: eram grupos famosos, programas de TV (os quais era bailarina)... as aulas que tinha que acompanhar na faculdade, os ensaios, as viagens, os eventos e ainda participava de alguns concursos de dança, ganhando 2 títulos como rainha do Carnaval e melhor dançarina pelo SBT. Aos 23 anos de idade, decidiu-se por deixar o mundo das academias e shows, conquistando agora a sua própria agência de modelos na cidade de Guarulhos. Com o apoio da família, realizou mais um sonho, a agência Diniz Model, que com 5 anos de muito sucesso, já conquistou o prêmio de melhor agência de modelos da cidade. Hoje, com seus 28 anos de idade, evangélica, casada, tendo um filho lindo e também encantador, Damaris está crescendo cada vez mais, conquistando aquilo que é mérito de seu trabalho, esforço e dedicação durante todo o seu trajeto. Caminho esse que trouxe grandes tribulações, mas que nunca foram motivos para desanimá-la, pois estava decidida. “Acredito que Deus tem um caminho para cada pessoa percorrer. Este é o meu e sou muito feliz pelas boas oportunidades que Ele me proporcionou... Agradeço muito a Deus, à minha querida família, em especial ao meu filho Kauê, ao meu esposo Marcelo e à minha mãe Maria.” A felicidade de termos o Senhor como meu Pastor (salmo 23) “O Senhor é meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente em águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante a mim na presença dos meus inimigos; unges a minha cabeça com óleo e o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.”


Denise Laura Xavier Veluchi Denise Laura Veluchi, 37, filha de mãe goiana e pai baiano, é casada com Vanderlei Veluchi, mãe

de Felipe e Renan. Nasceu no bairro da Liberdade, em São Paulo, formou-se em Direito pela Unifig, faz pós-graduação em Direito Penal e pretende posteriormente fazer mestrado. Sua trajetória profissio-

nal foi marcada por muitas oportunidades e grandes conquistas. Começou trabalhar muito jovem na empresa Cia de Processamento de Dados do Municipio de São Paulo - PRODAM, onde permaneceu por cerca de oito anos. Por sua habilidade e simpatia foi convidada pela diretora do Cerimonial da Prefeitura de São Paulo, Vera Simão a secretariar e integrar à equipe da então prefeita, Luiza Erundina, durante dois anos e depois Dr Paulo Maluf, por quatro anos. Durante o período que permaneceu na Prefeitura de São Paulo, conheceu várias pessoas ligadas a politica e resolveu mudar-se para a cidade de Guarulhos. Sempre focada na área social, desempenhou diversos trabalhos que contribuiram significativamente para o desenvolvimento profissional. Foi assessora parlamentar durante 14 anos na Camara Municipal de Guarulhos, Assembléia Legislativa e Camara dos Deputados. Atualmente é presidente da Ong Casa de Cultura Água e Vida, que considera seu maior desafio e um presente de Deus, pois realiza aquilo que mais gosta de fazer, poder ver um sorriso no rosto de quem mais precisa. Além de se

dedicar integralmente ao social, presta assessoria juridica a várias entidades e associações como também faz a produção do Programa Apascentando Famílias do Ministério Apascentar de Guarulhos, com o Pastor Nei Messias e Pastora Andrea Messias. Sua força de vontade e sua fé em Deus, são os pilares que a encorajam a seguir, vencer e conquistar sempre. “ E como sempre diz; Tudo coopera para o Bem, daqueles que amam a Deus”. Denise Laura Xavier Veluchi


Eutália Amorim Eutália Amorim Futami tem 62 anos, é baiana com muito orgulho, mas se considera cidadã guarulhense, pois vive na cidade há mais de 37 anos. É mantenedora do Educandário Elite, escola carinhosamente chamada por todos de “Elitinho”. Ela e seu marido, o empresário Takeo Futami, construíram a escola pensando em seus filhos, pois, na época, acharam que faltava afetividade nas escolas. Eutália queria uma escola onde seus filhos não fossem tratados como um número, sendo esse o maior diferencial do Educandário Elite, há 22 anos uma das escolas mais tradicionais de Guarulhos. Hoje, ela divide a direção com sua filha Andréa. Seus filhos Paulo e André Futami também são empreendedores na área da educação, proprietários da Faculdade ESPA. Se considera uma mulher abençoada por Deus, pois seu maior orgulho é sua família, irmãs, filhos e netos.

Mensagem à família Eugênia Puebla

Na educação de nossos filhos, Todo exagero é negativo. Responda-lhe, não o instrua. Proteja-o, não o cubra. Ajude-o, não o substitua. Abrigue-o, não o esconda. Ame-o, não o idolatre. Acompanhe-o, não o leve. Mostre-lhe o perigo, não o atemorize. Inclua-o, não o isole. Alimente suas esperanças, não as descarte. Não exija que seja o melhor, peça-lhe para ser bom e dê exemplo. Não o mime em demasia, rodeie-o de amor. Não o mande estudar, prepare-lhe um clima de estudo. Não fabrique um castelo para ele, vivam todos com naturalidade. Não lhe ensine a ser, seja você como quer que ele seja. Não lhe dedique a vida, vivam todos. Lembre-se de que seu filho não o escuta, ele o olha. E, finalmente, quando a gaiola do canário se quebrar, não compre outra... Ensina-lhe a viver sem portas.


Fernanda Valente e Luiza Fernanda As irmãs Fernanda e Luiza, filhas de Salete Francisca Valente Franco (nascida em Guarulhos, advogada bem sucedida nesta cidade que tanto admira), agradecem a oportunidade para que, através do livro “Elas por Elas”, possam fazer uma homenagem a todas as mães, em especial a delas.

Homenagem às mães! Ivone Boechat

Mãe, morada primeira do ser que se candidata à vida. Tabernáculo de admissão ao mundo, onde a alma ganha corpo e este a liberdade: laboratório de Deus. Mãe, braços quentes, colo farto, serenidade e amor. É o elo que liga a corrente da união que gera força. Criatura frágil que traduz o mistério da vida no ventre e deixa-se fortalecer na grandeza da maternidade. Mãe, missionária aventureira das poeiras do passaporte da vida. Calor que faz pulsar corações, nas oficinas mecânicas de suas entranhas: doce milagre de oferecer o conforto da possibilidade de existir. Mãe, altar edificado no desencontro, especialista da seção de achados e perdidos. Estandarte branco da paz pendurado na janela do perdão. Companheira anônima na estrada sem retorno do amanhã. Mãe, você plantou esta flor que hoje lhe oferecemos e tivemos a alegria de trazê-la. É uma homenagem com cheiro das manhãs radiosas que você regou de lágrimas, orando por nós. Deus ouviu. Ele escuta as mães que oram com fé. A resposta está aqui, porque viver é uma graça, é um milagre. Estamos vivos e com saúde para abraçá-la.


Fernanda Valente, 26 anos, nascida em Guarulhos, formou-se em 2005 como cirurgiĂŁ-dentista, especializada em Endodontia.

Luiza Fernanda, 18 anos, nascida em ParaĂ­ba do Sul, RJ, mas criada em Guarulhos. Aluna de Direito.


Helena Sena

Helena Sena é uma guarulhense há 38 anos, filha de pais cristãos, dos irmãos Durval Sena e Eronima Sena (muito conhecida como irmã Pequena), Helena Sena é a primogênita seguida de mais quatro irmãos: Eliana, Elaine, Durval Jr. e Dárcio. Casada com Dr. Isaias Lopes da Silva, mãe de dois filhos, Isaias Júnior e Mateus. Advogada, ela nasceu com o propósito de Deus para fazer esta maravilhosa obra social que ela vem fazendo ao longo desses anos e em sua carreira política. O brilho do Espírito Santo é visto em sua vida desde cedo, e com essa graça ela tem obtido muito sucesso. Helena é evangélica fazendo parte da Assembléia de Deus - Belém, desde o seu nascimento. A política entrou cedo em sua vida, foi cabo eleitoral e ajudou vários candidatos a se elegerem. Sua habilidade política e seu idealismo a transformou numa mulher de vida pública. O desejo de estar ao lado do povo levou Helena Sena a se candidatar ao cargo de vereadora, e foi eleita pela primeira vez em 2000. Em 2004 ficou na primeira suplência, assumindo não só a câmara como também a Secretaria de Habitação, já em 2008 foi eleita novamente vereadora da nossa cidade. Mulher irreverente, batalhadora, de fibra e inconformada com o sofrimento da maioria da população. Assim é Helena Sena. Muitos projetos foram realizados por Helena Sena, mas existe uma certeza em seu coração dizendo que ainda há muito por fazer. Muita coisa mudou em Guarulhos nos últimos anos. Houve período de extrema importância, quando foram feitos investimento nas questões sociais e no amparo aos mais necessitados. É, nessa direção, que o trabalho da vereadora na Câmara muito contribuiu para a melhoria no atendimento à população carente. Na Prefeitura, a sua atuação não poderia ser diferente. E, como todos nós sabemos, a falta de moradia é uma das principais preocupação social. No período em que foi Secretária de Habitação, ela atuou firmemente para ampliar a oferta de casas populares no município, diminuindo o número de favelas e, ao mesmo tempo, evitando que o déficit habitacional continuasse crescendo. Neste período contribuiu muito com o município na diminuição do número de famílias sem moradia. A primeira providência de Helena Sena à frente da Secretaria de Habitação foi solucionar o problema de famílias que estavam instaladas indevidamente em abrigos, devido à sua atuação os abrigos foram fechados. Também atuou no estabelecimento de parcerias que garantissem moradia popular a pessoas carentes. Entre esses acordos, destaca-se o assinado em maio de 2006 com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU), que permitiu a transferência de 788 famílias que moravam em diversas áreas de risco da cidade para apartamentos da instituição na região do Pimentas. O projeto de urbanização da favela Nova Cumbica foi desenvolvido durante o período em que Helena Sena foi secretária de Habitação e ao todo, 431 famílias foram beneficiadas. Durante sua gestão, a Secretaria de Habitação incrementou a concessão de certificados de direito real de uso da terra. Aproximadamente nove mil pessoas já receberam esse tipo de documento, em 118 diferentes áreas da cidade, essa atuação foi importante para que, no futuro, tais locais possam ser incluídos em várias benfeitorias, como urbanização, saneamento básico, construção de escolas e postos de saúde. Enfim várias foram suas acões neste período. Atualmente é vereadora eleita com 3.485 mil votos pelo PSC, preside a Comissão de Direitos Humanos na Câmara e continua prestando um grande serviço as comunidades e a todos os cidadãos de Guarulhos. “Deus trabalha para aquele que nele espera.” Isaias 64:4


Inez L. de Paiva Sou a tia Inez

Formada em magistério e Psicologia. Quero começar este relato agradecendo a Deus por ter me escolhido, desde o ventre de minha mãe (Jer 1-5). Depois, agradecer a minha mãe Nelice que, com toda a sua humildade, me ensinou a ter caráter, dignidade e perseverança nos objetivos. Agradecer a Deus também por meus filhos: Márcio, Juliana, Joel César e Elizabeth. Também aos genros Pr. Clecio e Rodrigo, as noras Roberta e Talita e as lindas netas Ana Beatriz (filha de Márcio) e Eduarda (filha de Joel). Esta família linda que Deus me deu. Certeza de minha vida: creio que Jesus Cristo é o único Salvador, pois Ele tem cuidado de mim, dos meus filhos e de meus negócios. Agora vou contar um pouco do que Deus me colocou no coração desde pequena, que era trabalhar com crianças, pois sempre brinquei de ser professora, mas nunca imaginei ter uma escola. Foi em 1979 que me ofereci para ser voluntária em uma escola de excepcionais e foi lá que, ao chamá-los de anjinhos, surgiu a escola “Nuvem dos Anjinhos”. Hoje, 30 anos depois, já cuido dos filhos de meus ex-alunos... e como é gratificante ver aqueles anjinhos, com uma família formada, com carreiras brilhantes. Além de doutores, já vi reportagens de um dos alunos, que hoje é um grande atleta das olimpíadas. Isto me lembra uma passagem da bíblia: “ensina a criança o caminho que deve andar, e ainda velho não se desviará dele.” (provérbios 5-22). Como é bom saber que foram ex-alunos que montaram a comunidade “Nuvem dos Anjinhos”. É bom saber que podemos conservar durante 23 anos uma amizade de trabalho, pois a tia Juvercina está conosco todos estes anos, fazendo aquela deliciosa comida. Deus sempre colocou em nossa escola funcionários com o mesmo objetivo e carinho. Hoje, a “Nuvem dos Anjinhos” atende crianças de 3 meses a 6 anos. A escola já faz parte da comunidade do Gopoúva, atendendo as necessidades quanto aos cuidados e toda a parte pedagógica, lúdica e de alfabetização. Não posso deixar também de falar que meus filhos sempre me ajudaram, pois o Marcio e o Joel César me ajudavam fazendo o transporte escolar (que hoje são transportes contratados). A Elizabeth (minha caçula) era quem dava aulas de ballet e inglês. Atualmente, minha filha Juliana (conhecida como tia Juliana) dá aulas de informática, além de ser a pedagoga de nossa escola. A escola toma maior parte de meu tempo, porém continuo trabalhando com ações sociais. Sou voluntária na Igreja Monte da Adoração, trabalhando com teatro e dança para crianças e jovens da comunidade. É um grande privilégio participar deste livro, comemorando meus 51 anos e podendo fazer um resumo dos 30 anos de nossa escola “Nuvem dos Anjinhos”. Para finalizar, cito um versículo para todos os que lerem esse livro, pois é um presente em minha vida e desejo que seja da sua. “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará”. (salmo 37-5)


Ivone Pinheiro Ivone Pinheiro, artista plástica e empresária do ramo de móveis e decoração, especializada em produtos infantis com pintura artesanal. É casada desde 1996 com o comerciante Ednei Rodrigues. Mãe de Rafael (10 anos) e Renata (4 anos), é uma mulher dedicada e persistente a tudo que se propõe. Sócia da empresa “Arte Dourada”, que este ano entrou numa nova fase com a loja Sonhos, procura sempre reiventar. “Acho que a criativadade e inovação partem sempre de uma renovação.” Apesar de levar uma vida dinâmica e “corrida”, administrando casa, trabalho e família, ama tudo que tem e faz. “Procuro aproveitar todos os momentos ao lado dos meus filhos, familiares e amigos. Agradeço a Deus todos os dias pelas inúmeras bençãos que Ele me concede, pela força para enfrentar as situações adversas e pela persistência de sempre acreditar nos meus sonhos e poder realizá-los. “Tudo posso naquele que me fortalece” arte.dourada@hotmail.com


Júlia e Paula Nagem

Gostaria de falar um pouco sobre a maternidade na minha vida, principalmente porque foram momentos de extrema alegria! Há vinte anos, nasceu Felipe, uma criança para outra criança... nunca imaginaria a grandeza de ser mãe. Com a chegada dele, começa minha mudança... deixei de ser uma menina e começei a me transformar em uma mulher. Aquele bebê transformou a minha vida e descubri o verdadeiro amor. Há 18 anos, nasceu André, que me fez ter a certeza que nasci para ser mãe! Protetora, amiga, parceira de todos os momentos... fui crescendo junto com eles, e recebendo um amor incondicional, que somente poderia ser criado por Deus. Há 6 anos, nasceu Júlia: pequena, elétrica, muito parecida comigo quando eu era pequena. Fiquei louca com sua chegada... era meu desejo ser mãe de uma menina e ela me permitiu exercitar tudo que acumulei de bagagem materna, me conquistando de maneira sobrenatural! Ser mãe é simplesmente maravilhoso. E não pára por aí... a minha vida continua sendo presenteada com coisas maravilhosas... Há quase 4 anos, encontrei Carlos, meu marido, cúmplice, amigo e grande amor! Estava tudo tão perfeito, que tinha a sensação que o mundo estava completo... mas veio então a plenitude, pois junto a tudo isto, chega Jesus que, de uma maneira amorosa, com um cuidado de Pai, enche de amor minha casa e meu coração! Naquele instante, deixei de ser a simples Paula Valéria (como era conhecida por todos) para ser aquela que aceitou Jesus, como o caminho da verdade e da vida. Ele me fez entender que o tempo Dele não é o meu, e que devo amar meu próximo como a mim mesma, a ter um coração que sabe perdoar, e que a maturidade é alcançada quando percebemos que não sabemos nada! Minha família está completa! Jesus me ama e me ensinou a viver pelo que eu creio, e não pelo que vejo. Me fez acreditar no impossível, e há 1 ano e cinco meses, um presente dos Céus chegou em minha vida: Matheus, meus afilhado, filho da minha grande amiga e sócia, Cintia, e meu amigo Nicola. Mais um milagre para que todos pudessem ver. Termino agradecendo a Deus pelas suas maravilhas na minha vida e na de minha família. Agradecer aos meus pais e irmãos, que sempre estiveram ao meu lado. Para finalizar, peço que as pessoas abram os olhos de seus corações e experimentem o prazer de ser filho de Deus, no fundo de sua alma.


Kárita Mantovani Nascida em Guarulhos, Kárita Evelyn Mantovani, 25 anos, vem se destacando no ramo da estética. Desde cedo, buscou a independência financeira, come;ando aos 13 anos sua jornada rumo à realização profissional. No ano de 2002, ingressou na faculdade de Fisioterapia, seu grande sonho. Superou enormes dificuldades, principalmente financeiras, graças a sua personalidade forte e ao apoio de amigos e familiares. Durante a graduação, conheceu Rafael Gambôa, seu sócio e companheiro de todas as horas. A partir de então, dedicou-se integralmente à clínica de fisioterapia, cursando pós-graduação na área dermato-funcional na Universidade Gama Filho. Hoje, devido ao ótimo trabalho e resultados, vem se destacando na cidade. Kárita Evelyn Mantovani pode ser definida como uma guerreira que nunca desiste de seus sonhos, não importando a dificuldade que lhe seja imposta. Quem a conhece sabe de seu caráter extraordinário e disposição à luta, característica inerente a quem busca o melhor para sua vida. Porém, jamais almejou o sucesso a qualquer preço: honestidade e dignidade são os principais pilares na construção de uma carreira de sucesso.

Determinação, coragem e auto-confiança são fatores decisivos para o sucesso. Se estamos possuídos por uma inabalável determinação, conseguiremos superá-los. (Aristóteles) Independentemente das circustâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho (Dalai Lama) Dedico este livro aos meus familiares, amigos, alunos e a todos meus pacientes.


Lygia Bernadeth D.L.Pannocchia Família

Família, no sentido estrito de parentesco que interage diariamente, é , seguramente, o maior valor da conquista humana, porque se constitui na pequena célula do grande organismo denominado nação. Pois a mais clara evidência dessa fundamental importância é de que não se aprende educação na escola, uma vez que esta transmite somente conhecimentos, não obstante seus institucionais, esforços também neste sentido. Isto é, educação, na verdade, se aprende pela constante e natural comunicação cultural dos parentes, fundados nos bons hábitos da família, que interage permanentemente. De modo que onde há uma unidade política educada, formase uma nação educada e forte, capaz de transformar um país, independentemente de sua extensão territorial, em uma grande potência nascida de uma minúscula célula familiar. Esta reflexão se faz necessária sempre quando abordamos temas que possam influenciar pessoas. E vocês, do livro Elas por Elas, estão me dando esta oportunidade ao lado dos meus frutos colhidos de uma família que interage permanentemente no sentido de transmitir cultura, amor ,paz, alegria e muita felicidade. Espero, assim, que Marcelle e Louise, minhas queridas netas, continuem com a mesma saga que aprendi em uma pequena e humilde célula que contribui para um Brasil cada vez melhor.


Maira e Giordana Bechelli Spada A mãe, Danilda:

E mais um ano se passou. Chegou o melhor... chegou o Natal, época de espalhar o amor a todas as pessoas que estão a nossa volta. Nossa! Parece que foi tudo tão rápido, tão ligeiro. Quando não sentimos o tempo passar, é porque estamos felizes, completos, e temos ao nosso lado uma força maior, enviada por Deus. Quem é ela? Ela que acompanha, protege, apóia, mima, cuida, ama. Ela que é uma só, é única... é mãe. Quanto amor. Quanta dedicação. Com a presença dela o sol é mais radiante e o céu, mais azul. Ao seu lado, a vida sorri e agradece sua presença. Amamos você, mamãe, e agradecemos todos os dias por você estar ao nosso lado. Um beijo, Maira e Giordana


Foto: Newton Medeiros


Malvina e Denise Russo Todos esses dias, pensando no texto do livro, lembrava da

minha história e agradecia a Deus por tudo que tem me concedido. Fiz as fotos e me emocionei muito vendo que minha filha se transformou em minha grande companheira. Não somente na vida, cuidando de minha saúde, como também no trabalho. Apoiando-me em tudo e participando de coisas das quais ela por si só jamais faria, como essas fotos. O que é o amor, não é? Como recebemos grandes provas dele e às vezes nem percebemos... Minha vida, graças a Deus, foi regada de muito amor e de grandes companheiras. Como foi a minha mãe, sendo esta a mulher mais linda, pura, brilhante e sábia que conheci. Estas fotos, eu e minha filha dedicamos a ela. Adorei fazer parte do livro Elas por Elas. Obrigada, filha. Obrigada, mãe. Malvina Russo


Mara e Adriana Afonso Um amor puro

As pessoas desejam o que é belo, e é natural que a mulher sinta vontade de ser bela. Contudo, por mais bela que seja fisicamente, um dia seu físico perderá o viço. E ela não poderá mais contar com nenhum poder que seu corpo exercia. Entretanto, para o ser humano, foi reservada uma beleza que jamais perde o viço, mesmo que a pessoa envelheça: a beleza da alma, o brilho espiritual de quem ama. Não só isso... à medida que ela acumula experiências, sua alma vai sendo lapidada e se torna cada vez mais bela. Adriana Afonso, casada, mãe de Akeber, Arminda, Mario César e Mohamad. Secretária Municipal e Coordenadora da Regional Vila Galvão. Presidente do PMDB em Guarulhos e Vice-Presidente do Conselho Regional do Alto Tietê. Maria Domingas Afonso é viúva, mãe de André e Adriana Afonso e avó. Coordenadora do Grupo da melhor idade “Vitrine da Dança”


Maria da Conceição Rodrigues Sonhos!!!

O grande desafio de poder proporcionar momentos únicos, inesquecíveis e de muita felicidade na vida de pessoas é, sem dúvida, algo maravilhoso... Poder expressar em cada detalhe um toque de carinho, atenção, dedicação, amor e prazer, transformando um grande sonho em uma inesquecível realidade!!! Sou Maria da Conceição Rodrigues, 23 anos, proprietária do Golden Fest Buffet há 3 anos. Jovem, porém com vasta experiência no que faço, pois desde 11 anos trabalho na área de eventos. Comecei muito jovem, troquei os meus fins de semana em casa com a minha família e amigas pelo trabalho. No início, o que eu buscava era ter o meu próprio dinheiro; depois de algum tempo, descobri que poder fazer parte da realização de um sonho era muito mais do que ganhar dinheiro! Tornou-se um grande prazer... quando me dei conta, tudo isso já fazia parte da minha vida... Amo muito o que faço, prezando sempre pelo bom gosto e sofisticação, aliados à criatividade, inovação e mobilidade para realizar um evento exatamente como se foi sonhado... Por isso você sonha! E nada melhor que ver seu sonho concretizado em forma de um evento inesquecível. E por isso o Golden Fest Buffet tem me trazido muitas alegrias! Festa... não importa a denominação. Ela significa basicamente receber pessoas em casa ou nos maravilhosos salões que existem. É a melhor maneira de celebrar eventos importantes e ocasiões especiais, como aniversários, noivados, casamentos, bodas, debutantes e até mesmo os profissionais. É uma forma carinhosa de cultivar velhas amizades e fazer novos amigos, além de, sem dúvida, constituir uma das experiências mais agradáveis que o “formal” convívio social oferece. Na dúvida não erre!!! Você vai fazer um evento e está em dúvida qual cor usar na decoração? Então aqui vai minha dica... Nenhuma cor consegue dar a uma festa todo o glamour, elegância e romantismo quanto a cor branca. Paz, harmonia e uma atmosfera mágica são apenas algumas características que se pode transmitir ao optar por esse tom como mestre de toda decoração. Eu acredito que, atrás de uma grande dificuldade, há sempre uma grande porta nos esperando! Os planos de Deus sempre são melhores que os nossos. Desejo a todos os meus familiares, clientes e amigos, um 2010 repleto de paz, amor, saúde, sucesso, realizações e felicidades!!! Maria da Conceição Rodrigues Proprietária do Golden Fest Buffet www.goldenfestbuffet.com.br


Miriam e Carla Troiano Nasci e cresci na cidade de São Paulo. Jovem me casei e, com meu marido Claudio Troiano, me mudei para Guarulhos, já que ele e sua empresa, a Fiel Empresa Contábil, ali estavam.

Mas jamais imaginei que Guarulhos seria tão importante para mim como é hoje, tornando-se local de construção da minha vida familiar. Sei que, quando jovens, nossos projetos, sonhos e possibilidades são muito diferentes.

O tempo passou, meus filhos vieram e construí minha vida com minha família paralelamente ao crescimento de Guarulhos, já que vim pra cá em 1977. De lá até hoje, vi minha cidade (Guarulhos, pois me sinto mais guarulhense que paulistana) crescendo e progredindo... tantos projetos, construções e planos que pude realizar ao longo destes 30 anos! Coisas que eu nem imaginaria ver... Atualmente, com meus filhos adultos, formados e seguindo a mesma profissão do pai, continuamos com o legado que meu marido Claudio nos deixou, legado este que foi herança de seu pai, José Troyano. Toda essa história muito nos orgulha, pois a empresa continua em um franco processo de ascenção, com seus 50 anos de existência. Acreditamos que a Fiel Empresa Contábil faz parte do registro da cidade, pois acompanhamos, no trajeto de nossas vidas, pessoas que começaram na cidade, trabalharam conosco ou possuíam algum laço de parentesco com nosso quadro de funcionários... e é incontável esse número de ex-colaboradores, além das mais de 2 mil diferentes empresas que já participaram ou participam da vida da Fiel. Assim percebo e tenho mais do que certo que a Fiel Empresa Contábil contribuiu substancialmente para o crescimento de Guarulhos. E é este orgulho que carrego comigo e passo para minha família todos os dias de minha vida. Agradeço a todos amigos, parceiros e família, pois sem eles esta história de 50 anos não existiria. Miriam Guelfi Troiano


Mônica e Maria Clara Carleto Sou Mônica Mendonça Carleto, 31 anos, guarulhense. Esposa de Fábio Carleto há cinco anos e meio e mãe de Maria Clara Mendonça Carleto há três anos. Quando eu e meu marido decidimos que queríamos ter filhos, nos organizamos, planejamos... ou pelo menos pensamos que havíamos planejado tudo! (risos...) Logo fomos agraciados pela boa notícia e, junto com ela, tivemos mais duas constatações: nossos planos, ordens e controle de nossa vida de jovem casal estavam todos à deriva, inclusive meu próprio corpo, que anunciava uma explosão de hormônios e novas sensações... E a segunda era de que podíamos tranquilizar nossas almas e corações, pois a natureza é sábia, perfeita e cuida de todas essas questões e outras que, às vezes, nem imaginamos. A espera, independente de gerar seu filho ou não, é um processo riquíssimo (o que não significa que não seja difícil ou cansativo), pelo qual futuros pais e mães passam para poder entrar no (como eu costumo brincar com os amigos) “incrível mundo de aventuras” chamado maternidade. Quero dividir com todas as mulheres um momento muito feliz que vivi no início desta linda jornada: a primeira carta que escrevi para Maria Clara. E em meio a toda emoção que este milagre da vida pode trazer, desejo a todos que no ano de 2010 possamos, como pais e mães, renovar nossas promessas de amor, paz e responsabilidade com nossas crianças, pois como já disse Deepak Chopra no prefácio do livro “100 promessas para meu bebê”, de sua filha Mallika Chopra: “são as mães que possuem a chave para curar nosso planeta ferido. O mundo depende das escolhas feitas pelas mães. Vamos nos comprometer a ajudá-las a cumprir suas promessas”. Maria Clara, A maternidade é um momento indescritível na vida de uma mulher. Viver essa experiência traz tantas emoções à tona que, só agora, depois de dois meses, posso tentar expressar meus sentimentos por você através desse texto. Filha, você, sem dúvida, é minha melhor parte. A maneira como você foi planejada e desejada nos proporcionou uma vivência espetacular de cada momento desta nova etapa. Eu e seu pai tentamos nos preparar tanto... e você, em seu pleno desabrochar, nos surpreendeu desde o primeiro dia com sua paz e seu amor tão visíveis. Quero que você tenha sempre a certeza de que, para mim, é uma honra ser sua mãe. Todos os dias agradeço a Deus por isso, tanto que não preciso criar expectativas em relação a você. Seu olhar doce e meigo declara que é uma pessoa amável e ansiosa para conhecer o mundo que te espera. Aprenderemos juntas muitas coisas, inclusive que somos diferentes em alguns pontos, mas vamos rir muito, brincar e chorar, sempre com a certeza de que os laços que nos unem são eternos, minha filha. Desejo, pela intercessão de Maria, mãe de Deus, e Santa Rita de Cássia (mulheres que viveram intensamente a maternidade), que você viva plenamente a vida que Deus lhe concedeu e que eu, como sua mãe, possa instruí-la a amar e cuidar de você como uma pedra que precisa ser lapidada para se tornar uma jóia preciosa. E saiba que a minha vida e de seu pai é melhor agora que você está em nosso mundo. De sua mãe que te ama, Mônica.


Odila F. Gouveia Minha vida em Guarulhos

Em 1951, viemos para Guarulhos morar em uma pequena chácara, propriedade de meu sogro. Já tínhamos duas filhas, Maria Cecilia e Maria Isabel, e eu estava esperando a terceira, Maria Cristina. Bom tempo: eu com 25 anos e meu marido, Hugo, bancário em São Paulo, com 29. A vida simples, caseira, continuou até a adolescência das três filhas. Aí bateu a necessidade de algo mais que eu não conseguia definir. Um dia, consegui aulas no II Ginásio Estadual de Guarulhos, no Gopoúva. O diretor era o Prof. Nefi Tales. A descoberta de que era isso que eu buscava aconteceu após minha primeira aula, aos 39 anos. Foi maravilhoso!!! Daí para frente caminhei sempre nessa direção onde estou até hoje: a educação. Após 26 anos sem estudar, ingressei na Faculdade de Belas Artes de São Paulo, aos 44 anos. Fiz o curso de Desenho, Artes Plásticas e História da Arte. Ao concluir (4 anos), continuei com mais um ano de Educação Artística. Mais tarde fiz curso de Pedagogia na Faculdade Integrada de Guarulhos. Lecionei em várias escolas da cidade até que, através de concurso, tornei-me efetiva na E.E. Conselheiro Crispiniano e lá fiquei 12 anos, até minha aposentadoria aos 65 anos. Durante uma greve de professores em 1979, surgiu a idéia de montar uma boa escola particular. Junto com outros colegas, nove ao todo, enfrentamos a luta de abrir caminho através de leis, burocracia e dificuldades de vários tipos, inclusive financeira. Afinal conseguimos! Em 1980, nosso colégio começou a funcionar com 27 alunos oriundos do Jardim Encantado, escola infantil de minha filha, Maria Cecilia. Durante 17 anos, estive na Presidência da Organização Educacional Saber e fui Diretora do Colégio Guilherme de Almeida, que se tornou modelo e exemplo na cidade. Afastei-me no início de 1998. Deixei lá um pedaço de mim, junto com amigos, mais de 1.000 alunos matriculados e um patrimônio importante. Mas a vida continua... Agora estou, desde 1999, assessorando minha filha, Maria Cecilia, na Direção do Colégio Augusto Ruschi. Meu marido Hugo (87 anos) e eu (83 anos) estamos casados há 62 anos e ainda moramos na mesma chácara que, por herança, agora é nossa. O espaço transformou-se em um condomínio familiar, onde há quatro casas: a nossa e mais uma de cada filha. Ali funciona também a Escola Infantil Jardim Encantado. Temos nove netos maravilhosos: Paulo, André, Felipe, Artur, Guilherme, Eduardo, Henrique, Camila e Marina, e dois bisnetos lindos, Daniel (4 anos) e Jullia (1 ano). Guarulhos agora é minha cidade. Amo muito minha família e meu trabalho, portanto, parodiando Pablo Neruda, ouso dizer “Confesso que vivi...”.


Patricia Hilário

“Algumas pessoas sonham com o sucesso, outras levantam cedo e trabalham duro para alcançá-lo” Este é o lema de Patricia Hilário, 40 anos, empresária. Nasci em Guarulhos, me formei em secretariado e, enquanto trabalhava em uma multinacional, desfilava e participava de concursos de beleza. Em 1995, fui eleita rainha mulata; em 1996, recebi o título de rainha do Carnaval da cidade de Guarulhos. Em 1997, engravidei e decidi me dedicar à família. Porém, em 2001, surgiu uma proposta e iniciei minha carreira como empresária, e o mundo da moda que sempre me encantou começava a me render bons resultados. Surgiu então a Duets Models Promoções e Eventos, agência e produtora de modelos e eventos que dirijo até hoje. É um trabalho prazeroso e árduo, pois organizar grandes eventos e lidar com o ego feminino é uma tarefa que requer organização e habilidade. Nos eventos que realizo, sempre tenho a preocupação com o lado social, colaborando com doações para entidades filantrópicas. O reconhecimento deste trabalho veio através da moção que recebi da Câmara Municipal de Guarulhos e o Prêmio Quality of Business. Hoje, a Duets é a concretização de um sonho.

Depoimentos

“Sempre admirei muito minha mãe, pois sei que ela trabalhou duro para atingir seus objetivos. Mamãer sempre foi presente em minha vida, mesmo trabalhando muito. Me enchia de mimos, me presenteando e me dando muito carinho. Mas quando minha irmã nasceu, as coisas mudaram... ela precisava dividir a atenção e os presentes.” “Com o passar dos anos, o trabalho de minha mãe parecia dobrar. Ela dificilmente chegava cedo em casa. Mas eu entendia perfeitamente e ajudava cuidando de minha irmãzinha. Sou fã nº 1 dela.” Rafa “Hoje admiramos as conquistas que ela alcançou e somos gratas pela educação que nos dá. Levaremos para sempre o exemplo desta mulher. Mãe, você é e sempre será essencial em nossas vidas. Amamos muito você” Rafa e Duda


Acredite Não importa o que é o mundo, o importante são seus sonhos. Não importa o que você é, o importante é o que você quer ser. Não importa onde você está, importa para onde você quer ir. Não importa o por quê, o importante é o querer. Não importa suas mágoas, o importante mesmo são suas alegrias. Não importa o que já passou. O passado? Guarde na sua lembrança. Nunca pense em julgar. Não veja, apenas olhe. Não escute, apenas ouça. Não toque, sinta. Acredite naquilo que quiser. E não adianta sonhar se você não lutar! O mundo é um espelho. Não seja só o seu reflexo. Só acreditando num futuro, Você conseguirá a paz Para alcançar seus sonhos Afinal, o que importa? Você importa. Acredite em você!!! Autor desconhecido


Regina e Buna Rallo Trevisan Regina Rabello de Freitas Trevisan, filha de Carlos Apparecido Rabello de Freitas e

Therezinha de Calais Gonçalves Freitas, é casada com Sergio Atílio Trevisan e mãe de dois filhos: João Vitor e Bruna. Nascida em Guarulhos e de família tradicional, mantém sua vida na cidade e recentemente inaugurou mais um empreendimento, o Espaço de Eventos Zeferino. Esse novo espaço demonstra o perfil empreendedor e a confiança da família no potencial de crescimento da cidade. Sua filha, Bruna, é formada em Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas e divide sua vida entre São Paulo, onde trabalha, e Guarulhos, onde preserva seus amigos, sua família e, agora, também se dedica a este novo negócio. O Zeferino é um espaço para eventos que vem com a proposta de oferecer aos seus clientes um ambiente moderno e versátil. O nome do espaço é uma homenagem ao avô Zeferino Pires de Freitas, prefeito de Guarulhos de 1917 a 1919. O investimento, no centro da cidade, é mais uma demonstração do amor da família por Guarulhos! “O empreendedor é alguém capaz de identificar, agarrar e aproveitar a oportunidade, buscando e gerenciando recursos para transformar a oportunidade em negócio de sucesso.” Jeffry Timmons (Professor de Empreendedorismo do Babson College)


Foto: Newton Medeiros


Renata Regina Gualdi . O passo a mais que damos a cada caminhada é o que nos coloca mais próximos de tudo que podemos ser.

A tentativa além, um pouco mais além de todas as que já fizemos, é a que mais claramente revela do que somos capazes e até onde podemos chegar.

Quantos de nós nos entregamos antes mesmo de tentar, pela simples dificuldade de perceber que é possível ultrapassar o limite do círculo que traçamos em torno de nós e ao longo da vida? Quantas vezes estivemos na iminência de girar a maçaneta da porta que nos levaria da escuridão à claridade e não fizemos, simplesmente por não aceitar o impulso livre, soberano e intuitivo que conduzia nossas mãos a girar?

Quantas vezes hoje você ouviu seu coração? Sem temer, sem limitar, sem pré-conceber, prejudicar, sem se prender, deixando-se levar pelo prazer de descobrir, correr riscos e realizar. Pobre de quem põe a nuvem do medo diante dos olhos, que prefere fugir em vez de dar-se o direito de praticar o sonho. Tem aquele que, sem saber que era possível, foi lá e fez. Esta é a sua vez. O verdadeiro poder é de quem ousa. Ouse fazer e alcance seu sucesso!!! Dedico esta mensagem ao meu pai Odécio, à minha mãe Odila, às minhas irmãs Cintia e Cilene, ao meu marido Fernando e a todas as pessoas que me deu sentido, a quem só me fez bem, aqueles que sorriram comigo, aqueles que comigo partilharam lágrimas, aqueles que simplesmente foram amigos, aqueles que me olharam e me sentiram. Aqueles realmente interessantes que marcaram em minha vida!!! E agradeço a Deus por ter me proporcionado a minha loja de calçados Miss Doll, onde eu posso estar compartilhando a beleza e elegância com todas as minhas clientes que também fazem parte da minha conquista!!! Com Carinho


Rute Bérgami Gonçalves Rute Bérgami Gonçalves, nascida em São Paulo, porém com o coração

guarulhense. Filha de Irma Silingardi Bérgami e Kiko Bergami, casada

com Antônio Ferreira Gonçalves, dermatologista na cidade, os quais tem um filho, Renato Bérgami Gonçalves, estudante de Medicina. Com formação em comunicação publicitária e após vinte anos de formada, cursou arquitetura de interiores, onde atua há oito anos, realizando vários projetos em diversas áreas, tanto em São Paulo quanto em Guarulhos. O que é um arquiteto de interiores?

É aquele que através de projeto arquitetônico consegue completar os desejos das pessoas envolvidas, unindo a técnica, a estética e o bom gosto. Porque você precisa de um arquiteto de interiores? Para ajudá-lo na escolha do melhor projeto, o que se adapta ao seu espaço, seja ele qual for, fazendo com que concretize a compra exata de materiais, com economia e qualidade para o que se propõem, transformando assim o ambiente de acordo com as suas expectativas. Enfim, ele consegue transformar o seu sonho em realidade.


Sandra Matos Ao grande amor da minha vida

Eu posso dizer que sou uma pessoa privilegiada, pois nesta vida amei e fui amada intensamente, um amor que ultrapassou todos os limites, um amor sem preconceitos e padrões, simplesmente um amor verdadeiro, um reencontro de almas. Nesta oportunidade, quero fazer uma dedicação de amor ao meu marido, Osvaldo Santos, dizendo que você foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, um presente de Deus, você também é meu amigo, companheiro, conselheiro, meu tudo. Peço a Deus todos os dias para que possamos ficar nesta vida o maior tempo possível, pois a minha vida, aqui, sem você, seria muito difícil. Obrigada por tudo que fez por mim, nestes treze anos de casamento e por todos os outros que virão, com a graça de Deus, um grande beijo de sua esposa e de nossas “filhas” Petty e Jolly. Que em 2010 sejamos ainda mais felizes... desejo a todos muita paz, saúde e prosperidade.


Foto: Newton Medeiros


Silvia Helena

Nasci em 08 de janeiro de 58, em Guaimbé, interior de São Paulo... digo que já nasci com sorte, pois há 51 anos, não havia energia elétrica, nem água encanada e fui batizada com o nome de Silvia Helena, nome este que adoro. Mãe de Juliana Helena e Fernanda, avó de Beatriz Helena (10 anos e luz de nossas vidas), esposa, sogra, amiga e mamãe de muitos filhos do coração. Empresária, motoqueira, feliz! Adoro gente, não suporto solidão. Fundei a Acash (Associação Comunitária e Assistencial Silvia Helena). Meu sonho é aumentar a corrente do bem; meu lema é “faça o bem sem olhar a quem”. Tenho um programa na TV Cantareira e na TV Guarulhos, o “Unificando a Vida”, onde luto para conseguir patrocínio para a construção de um hospital para tratamento do câncer em nossa cidade, pois todos que sofrem merecem tratamento humanizado. Realizei mais um sonho: acabei de adquirir a editora Alpha Praise e, se Deus quizer, vou conseguir através de mais este meio de comunicação chegar mais perto das pessoas bem sucedidas e, com isto, ajudar as menos favorecidas. Fome de Amor Uma vez, Renato Russo disse com uma sabedoria ímpar: ‘“digam o que disserem, o mal do século é a solidão”. Parem para notar... os sinais estão batendo em nossa cara todos os dias. Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes, chegando sozinhas e saindo sozinhas. Empresários que estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e são sozinhos. Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes... incrível! E não é só sexo, não... se fosse, era resolvido facilmente. Estamos com carência de passear de mãos dadas, de dar e receber carinho, simplesmente isso... fazer um jantar para quem gosta e depois “apenas” dormirem abraçados. Coisas simples que perdemos nessa marcha de uma evolução cega. Tornamo-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a “sentir”, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós. Vivemos cada vez mais em função do tempo; retardamos o envelhecimento e estamos dia após dia mais belos e mais sozinhos. É preciso encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa. Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia pode parecer feio, demodê, brega. Felicidade, amor, carinho... todas essas emoções nos fazem parecer ridículos, abobalhados, e daí? Seja ridículo, não seja frustrado. “Pague mico”, saia gritando e falando bobagens... você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo para ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais. Aquela pessoa que passou hoje por você na rua... talvez nunca mais volte a vê-la e quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois. Quem disse que ser adulto é ser ranzinza? Dá para ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo; ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser estabanada. O que realmente não dá é continuarmos achando que viver é “out”, que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me aventurar a dizer para alguém: ‘“vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida”. Antes idiota que infeliz! Vamos unificar a vida.


Tainá e Ana Mildred Mulheres Amigas

O tempo passa. A vida voa. As distâncias separam. Os trabalhos vão e vem. Os filhos chegam... A paixão diminui. O amor se mantém. Os homens nem sempre são o que se supunha serem. Amores vão... amores vem. Os filhos crescem. No caminho, alguém pode até esquecer o bem recebido diante de um mal entendido. Carreiras ou profissões podem chegar ao fim... Porém... elas não te deixarão... as amigas estarão sempre lá. Não importa quanto tempo tenha passado ou quanta distância física exista. Uma amiga nunca estará demasiadamente longe para chegar quando dela necessitar. Quando caminhar por um vale solitário e tenha que fazer por você mesma, as mulheres amigas da tua vida estarão ao redor, orando, animando, empurrando, intervindo e esperando durante a travessia, com os braços abertos na linha da chegada, como anjos te fortalecendo na caminhada. Caminharão ao teu lado, ou até chegarão a te levar no colo, compartilhando tuas dores e tuas alegrias. Amigas, filhas, avós, cunhadas, irmãs, sogras, mães, netas, tias, primas, sobrinhas... Todas são bênçãos de Deus na vida! O mundo não seria o mesmo sem Mulheres Amigas. O tempo não pára, a vida segue com pressa... A jornada pode não terminar aqui... mas elas estarão lá! Amigas são almas que caminham juntas e são reconhecidas na eternidade.


Telma Santana Nascida em Guarulhos, Telma Santana originou-se de uma família que sempre apostou na cidade, contribuindo no crescimento imobíliario da mesma. Cresceu, estudou e graduou-se nesta cidade e, assim como sua família, acreditou no potencial e investiu num empreendimento que hoje é destaque em seu segmento. A clínica de estética Spazio Valenttine conquistou os guarulhenses e os moradores da região pela excelência nos serviços prestados, seu espaço extremamente aconchegante e acolhedor, e uma equipe que encanta a qualquer um. Com ideias bem formadas e personalidade persistente, Telma dedica todo seu tempo na busca constante em aprimorar e superar as expectativas dos seus clientes. www.spaziovalenttine.com.br


Algumas das melhores coisas da vida Se apaixonar. Rir até o rosto doer. Um banho quente. Um olhar especial. Receber cartas. Escutar sua música preferida no rádio. Uma boa conversa. Pegar uma boa praia. Rir de você mesmo! Ter alguém para te dizer que você é bonita. Amigos. Ouvir acidentalmente alguém falar bem de você. Acordar e perceber que ainda faltam algumas horas para dormir. Fazer novos amigos, ou ficar junto dos velhos. Encontrar com um velho amigo, e descobrir que tem coisas que nunca mudam. Descobrir que o amor é eterno e incondicional. Abraçar a pessoa que você ama. Ver o nascer do sol. Levantar e agradecer a Deus por outro lindo amanhecer.


Tereza Cristina

2009 foi um ano muito especial para mim. Depois de um período de muita turbulência em todos os setores de minha vida, resolvi dar um basta e começar tudo de novo. Está sendo muito bom recomeçar, descobrir novos caminhos, novos amigos, novas conquistas, fazendo até o que já fazia antes, mas com mais prazer (afinal, minha profissão é muito prazerosa). Tudo começou quando resolvi comemorar o meu aniversario, dia 07 de julho, reunindo amigos queridos e familiares. Então, um grande amigo pediu a palavra e leu: “Muitas vezes na vida sentimos vontade de manifestar os nossos sentimentos e, por acanhamento, vergonha ou negligência, não o fazemos. Seria normal homenagear pais, chefes ou pessoas por motivos diversos, mas sei que não é muito comum homenagear um irmão. Mas hoje eu gostaria de abrir meu coração e revelar à minha querida irmã a grande importância e gratidão que tenho por ela. Tomo a liberdade, em nome de nossos pais, irmãos, sobrinhos e amigos, de lhe agradecer e retribuir com este singelo gesto de carinho. Graças a ela aprendi muitas coisas, conheci muitos lugares, experimentei novas oportunidades, participei de muitos acontecimentos. Ela sempre procurou não deixar nada nos faltar e sempre esteve presente em todas as situações de nossas vidas. Gostaria que ela soubesse que sou grata pelo seu esforço, sua atenção e dedicação. Peço que ela me compreenda por algumas vezes fingir ignorar seu sofrimento, suas dificuldades, mas foi por não me julgar ser capaz de ajudar-lhe e também para não desfazer a sua imagem de protetora e matriarca. Reconheço sua força: nunca se entrega, só recua na batalha e volta com força total, abastecida de muita informação, boa leitura, arte, boa música, palestras, viagens, boa comida, fé e bons amigos. Só deixa a desejar no esporte, mas compensa dançando para queimar calorias. E como uma de suas metas é vencer, ela dá sempre um jeito de ganhar, pois, para ela, o jogo não termina quando acaba; ainda tem a contagem dos pontos. Assim como no jogo, no contexto geral, o segredo da vida é sempre estar atento a tudo e a todos. Como para ela não tem tempo ruim, nem idade, nem condição social e nem moleza, o seu dia parece ter mais de 24 horas. E achem o que quiserem, mas ela faz a diferença na vida daqueles que a conhecem, quer seja familiar, cliente, parceiro ou amigo. Ela criou sua própria imagem, moldou sua personalidade, implantou seus conceitos com bom gosto, responsabilidade, criatividade, praticidade, agilidade, inteligência e flexibilidade. E vou definí-la assim: uma pessoa que se diverte com a vida e não se importa que a vida se divirta com ela. Porque ela veio pra curtir o que a vida tem de melhor. E tem mais um detalhe sobre ela... se é pra sofrer, que seja pelo menos por uma boa causa. Sua irmã Bernadete (autora da carta) Aí ele continua contando graciosamente alguns fatos pitorescos da minha vida e também muitas coisas engraçadas que já fiz (aprontei). E para finalizar, cantaram em coro (todos os presentes) bem apurado a música que é o hino da minha vida: Viver e não ter a vergonha de ser feliz Cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz Eu sei que a vida devia ser bem melhor e será! Mas isso não impede que eu repita: é bonita, é bonita e é bonita... Esta linda canção de Gonzaguinha sintetiza tudo. Esta sou eu acima de tudo.


Tereza Cristina Marques Jerônimo Pernambucana de nascimento, guarulhense de coração, já que aqui resido há mais de 40 anos. Mãe do jovem Christiano e designer de interiores, paisagista e proprietária da Decorações Veruska.


Vera Lucia Silva Vera Lucia Silva, 54 anos, casada com uma pessoa que caiu do céu, uma preciosidade, José

Pereira dos Santos (Pereira). Tenho dois maravilhosos filhos, a Tatiane e o Thiago. Resido na

cidade de Guarulhos há 7 anos, porém sou natural de São Paulo, morando até meus 47 anos na Zona Sul. Sou formada em Psicologia pela UMC. Comecei minha vida profissional aos 18 anos na área de recursos humanos e financeiro, sempre procurando me qualificar.

Em um momento de minha vida, senti que eu era uma pessoa empreendedora e resolvi, então, montar em sociedade uma empresa de recursos humanos. Passado alguns anos, achei que era o momento de abrir o que eu realmente queria: meu próprio negócio na cidade de Guarulhos. Tive oportunidades de conhecer outros países e, em uma dessas viagens, conheci várias tabacarias e cafeterias. Foi quando pensei “se um dia montar uma casa, gostaria que tivesse as mesmas caracteríticas, mas com a realidade da nossa cidade”. Dialogando com o Pereira, ele falou: “é um bom segmento; vá em frente.” Foi a partir daí que surgiu a ideia da “Clara Morena”, que está no mercado há 2 anos, buscando sempre um atendimento diferenciado das tabacarias e cafeterias, chegando a servir de modelo e a trazer público de São Paulo para conhecê-la. O nome “Clara Morena” (até porque muitos perguntam) surgiu “da mistura do café com leite”. Neste momento, quero agradecer a oportunidade de falar um pouco da minha vida e de meu empreendimento no livro Elas por Elas, um livro onde mulheres de diversas idades mostram o real valor feminino, através de diversas histórias de sucesso.


Vera Steoa e Graziela Minha história de vida...

Eu nasci em 24 de julho de 1932, portanto, 77 anos de vida repleta de alegria e felicidade. Meu pai instalou uma das primeiras indústrias em Guarulhos: a Indústria de Peças para Automóveis Steola Ltda, e eu trabalhei lá por 50 anos. Até hoje encontro antigos funcionários que, ao me reconhecerem, compartilham comigo sua grande amizade e, juntos, relembramos os velhos tempos. Isso me faz sentir extremamente feliz, pois é sinal que ainda estou bem... Casei-me no dia 08 de dezembro de 1954, data de aniversário de nossa cidade. Após doze anos de união, tive minha primeira filha, Graziela, companheira e acima de tudo, uma grande amiga. Ela é arquiteta, casou-se com David Coccuzzo e tem dois filhos: Rafael (15 anos) e Carolina (13 anos), que foram meus primeiros netos. Um ano e nove meses após o nascimento de Graziela, nasceu Jair, um filho maravilhoso e grande executivo, que é um imenso orgulho para mim. Jair casou-se com Adriane e teve meus outros dois netos: Lucas (8 anos) e Nicolas (3 anos). A maior benção que Deus me deu foram meus filhos e netos. Por viver em Guarulhos há 42 anos, tenho um grande amor por esta cidade. Construí minha vida aqui e tenho muito orgulho disso. Em 1982, fui capa do jornal GuaruNews, como uma grande executiva na cidade. Em 1986, fui homenageada pela Prefeitura Municipal de Guarulhos como destaque feminino na área da Indústria e Comércio. Em 2007, recebi o prêmio É! de Personalidade Feminina daquele ano. Sou uma pessoa realizada e feliz, procuro estar sempre de bem com a vida, contagiando as pessoas ao meu redor com pensamentos positivos e sempre disposta a ajudar. Dar valor e respeito à família e aos amigos é de extrema importância para mim, pois sem amigos a vida cresce sem sentido. Por isso ofereço esta mensagem a todos os amigos que conheço e ainda virei a conhecer, pois na vida tudo vale a pena enquanto tivermos sonhos... Vera Steola


Cintia Brumatti

Waldyra Nagem

Paula Nagem

Um sonho que se sonha sozinho é somente um sonho, um sonho que se compartilha é realidade! Que essa verdade faça parte da vida de todas as mulheres e que 2010 seja o ano da diferença, da alegria e da grandeza de estar vivo! Feliz 2010, com muita paz, amor e a presença de Deus. Um agradecimento especial a todas as mulheres da Publicittà, pois sem um trabalho em equipe jamais seríamos completas. Cintia Brumatti e Paula Nagem, Publicittà. Mariana Ferrari

Equipe João Franco

André Guimarães

Elis Lucas

Mariluce Trancolim


CONTRA CAPA Muitos podem não acreditar no que você diz, mas todos acreditam no que você faz.

Livro Elas x Elas 2ª Edição  

Livro Elas x Elas 2ª Edição