Page 1


Reitor

Diretor do DTCS

José Bites de Carvalho

Ruy de Carvalho Rocha

Coordenadora do Colegiado de Direito Maryângela Ribeiro de Aquino E os formandos em Direito 2013.2 sentem-se honrados em convidar V. Sa. e Ilma. Família para as solenidades de sua formatura. Professor Homenageado

Leitura do Juramento

Tilemon Gonçalves dos Santos

Glenda Danielle dos Santos Martyres

Amigos da Turma Júlio César Soares Lira

Funcionário Homenageado Roviane Oliveira Santana

Edmilson Cruz Junior Anna Cristina Freire Barbosa

Oradores

Andressa de Oliveira Muniz Ailton de Sousa Oliveira Junior

Colação de Grau

Data: 08 de março de 2014 Horário: 19:00h Local: Auditório da Univasf em Juazeiro/BA

Baile

Data: 08 de março de 2014 Horário: 22:00h Local: Iate Clube em Petrolina/PE Traje das formandas na cor vermelha

Missa

Data: 07 de março de 2014 Horário: 19:30h Local: Igreja de Santa Luzia Cohab Massangano, Petrolina/PE


Eu não fiz vestibular pra medicina Painho disse: cê vai ter que se formar! Me mandou pra Juazeiro da Bahia Só porque eu disse que podia advogar São 5 anos longe de casa e da família Escute agora o que tenho pra lhe contar

Primeiro ano, tantos sonhos! Tanta coisa a conquistar Livro, história, teoria Nem sempre fáceis de achar Resenha crítica então Fazia muito estudante pirar

Tarde da noite recebi uma ligação Ainda tonto, custei a levantar - Seu nome está aqui no listão! Ouvi meu amigo assim gritar Corri pra postar a informação No vestiba tinha conseguido passar!

Teve trote, eita agonia! Resta agora só lembrar Gente escondida debaixo da mesa Pra veterano não encontrar No fim das contas a bebedeira Marcou aquele lugar

Depois da comemoração inteira Malas feitas pra me mudar Cidade nova, gente festeira Cena perfeita pra aprontar -Nem pense em fazer besteira! Mainha veio logo falar

Cada docente, uma história Uma aventura pra contar De juiz a promotor Tinha doutor pra ensinar Direito, esquerdo, certo ou errado Só queriam saber de falar

A matrícula foi presencial Aproveitei pra me enturmar Mas avistei um pessoal Que só queria saber de brincar Chamavam de “fera, animal” Quem passava no lugar

Uma baiana muita distinta Sociologia veio ensinar Falou de Platão e de Kant Filosofia estava no ar Criou até a “jacalinha” Pra nossa aula alegrar

E eu, todo errado no meu canto Cheguei até a me assustar Só depois fiquei sabendo Que assim iam chamar Os aprovados no vestiba Que acabavam de chegar Primeiro dia de aula Todos falando sem parar De Juazeiro a Nova Fátima Veio gente pra estudar Irecê, Guanambi e Barra E de um monte de lugar Remanso e Casa Nova... “O sertão vai virar mar!” ...Pilão Arcado e Sobradinho Vieram pra completar Xique-Xique, Petrolina, Feira, e Mirandiba pra terminar Mas a gente mal sabia O trabalho que a UNEB ia dar Quem morava em Petrolina Cuidava pra não se atrasar Pois a barquinha não espera Quem caminha devagar


Um advogado e um promotor Das teorias vieram tratar Baixinhos danados, de vozeirão Chegavam até a assustar Muito polidos, de terno e gravata Seus “causos” vinham contar Teve até juiz sanfoneiro Ensinando aspirante a falar Pois todo 'doutô' de respeito O latim tem que dominar E como bom sertanejo Adora uma ponta pra prosear Faculdade pública tem dessas coisas Volta e meia professor vai faltar O jeito era juntar a turma em Edi Pra aula continuar Entre uma discussão e outra Até dominó dava pra jogar Tinha uma árvore muito frondosa Onde os 'micos' adoravam acampar Mangueira vistosa, batizada de “cuba” Ali sempre íamos pra estudar Revisões e discussões jurídicas Acabavam sempre por lá De vez em quando surgia o boato - A Universidade vai parar! Todo mundo angustiado Porque a greve ia começar Mas forasteiro via sempre agrado Porque pra casa podia voltar


Foram duas ou três vezes Mas não tardou tudo se ajeitar O governador fez promessa E garantiu que ia honrar O salário dos professores comprometeu-se a pagar

De obra de arte a coroinha Celebridade não vai faltar Político e piadista Vi de um tudo lecionar Jargão marcante, fala arrastada Eita professorado pra marcar

O horário acadêmico Só unebiano pra levar 3 semestres em um ano Com feriado pra enforcar 100 dias letivos eram cumpridos Num repique de matar!

Mas faculdade não é só livro Tilemon tratou de mostrar Trabalhando no NPJ Vimos o direito chegar Perto do povo carente A justiça foi se instalar

Turma de direito é assim Variedade não vai faltar Só de policial Vi mais de 5 chegar comediante, filósofo, artista, poeta e turista pra completar

Sem falar das seleções pra estágio Que nos obrigavam a estudar 3 anos em um dia Tentávamos lembrar Fazendo das tripas coração Pra ver quem conseguia passar

Teve aula dia de sábado Que só Deus pra aturar Aluno metido, professor chato Eita aula pra enjoar Uma tagarela dos diabos Que ninguém quer ouvir falar

Bom mesmo eram os congressos Ótima desculpa pra viajar Pra quem não tinha condição O jeito era se virar Procurava os eventos locais Pras ACC's completar!

Mas aluno que é aluno Gosta de professor provocar A tiração de onda começa E não tem hora pra acabar Sai da sala de aula E vai pra mesa do bar

Certificado é coisa séria Jurista nenhum deixa escapar Vira tiete se for preciso Pra hora-aula ganhar A matemática é traiçoeira Melhor sobrar que faltar!

Até professor fantasma É difícil de acreditar Mas na UNEB isso existe E não há como negar O que importa é no fim do semestre Conseguir nota pra passar

Sonho por sonho Vi muita gente acordar Uns ficaram no tempo Outros resolveram trancar A certeza do começo Vez ou outra costuma falhar


Serviço Público tem sempre disso Burocracia não vai faltar Pra consertar matrícula então Vi muita gente penar O jeito era correr pros amigos E pra Roviane apelar

- Estudante é “doutô” sem diploma Escutei minha tia falar Começa a fazer pergunta difícil E trata logo de “cliente” arranjar Me aparece com um indivíduo Pedindo consultoria sem pagar

Um professor, muito distinto Chegou pra causar Quinto período, o que foi aquilo?! Achei que não fosse passar Tudo porque o indivíduo Prova oral quis aplicar

Até conflito de terra A gente teve que estudar “Fundo e fecho de pasto” Sei que todos vão lembrar E quem souber o significado Faça o favor de falar!

Esse danado deu trabalho Vi aluno quase chorar Estudar mais de 5 doutrinas Pra na prova não se ferrar Pois a final era temida E pouca gente conseguia escapar

Coordenar não é fácil Vi professor penar Tudo porque o alunado Não conseguia agradar Apoio docente e discente Nem sempre é fácil juntar

Pratica jurídica foi uma agonia 35 audiências pra enfrentar O professor sempre caxias - Tem que assistir pra passar! Vi audiência com mais estudante Que cadeira pra sentar!

Mas aluno é bicho “chei de direito” Só quer uma ponta pra falar Cria até corpo estudantil Pra seus direitos reclamar Organiza evento, faz “baixo assinado” Pra bom proveito tirar

De aspirante a amador 7º período já dá pra se achar Juiz, delegado ou promotor Um desses vai te agradar Se a dúvida ainda é cruel A advocacia pode salvar

Uma coisa é muito engraçada Aspirante não tarda a mudar Deixa de lado o chinelo de couro E traje social começa a usar Saia lápis, camisa ¾ terno e gravata pra combinar


E nesse quase fim de história Muita coisa resta lembrar Nosso primeiro Observatório Deu e muito no que falar Tudo pra angariar fundos E nossa formatura planejar

A faculdade termina Mas o estudo não pode parar Concurseiro mete a cara nos livros E pede a Nossa Senhora pra ajudar Faz cursinho, Aulão, revisão De tudo possível pra passar

Festa requer dinheiro Vamos todos trabalhar O forró da Muriçoca só não foi pior Porque deu pra gente lucrar O carnaval foi outra aventura Isso ninguém vai negar

Analista, auditor, delegado Só vejo o povo falar: Fulano passou no concurso, Em Minas vai trabalhar! Cada aprovação uma alegria Merecimento não vai faltar

Mas o último ano chegou E não tardou a passar Me ocupou com a OAB E a monografia pra terminar 5 anos de estudos Vi em dezembro findar

Mas, meu amigo, a vida é isso Mal começa e já quer terminar A primeira aula foi ontem E hoje vamos nos formar Desses 5 anos vividos Tenho muito do que lembrar

Aprovação na OAB Quer motivo melhor pra festejar? Doutor com carteira da Ordem Quero logo é saber de ganhar Mas iniciante sofre um bocado Com cliente ruim pra pagar

Entre saudade e alívio Espero não desapontar Disse o que vi e vivi Muito mais eu tinha a falar O que passou ficou na história E cada um tem a sua pra contar

São cinco anos, não cinco dias Pra casa vamos voltar E pra terminar com grande estilo Colação e Baile não podem faltar Estão todos convidados A festa vai começar!


(I.M.) a id e lm A e d s ia D io Már ida e lm A e d s n ti r a M Maria Chegou o dia da minha formatura. Ansiedade e prazer se misturam. Momento em que estou realizando o almejado desejo de bacharelar-me em Direito, um alvo perseguido, um sonho realizado; uma conquista; uma luta vencida pelos fortes. Momento também de agradecimento. Ao Grande e Eterno Deus, Fonte de onde emana todo o conceito de verdadeira justiça. Aos amigos, aos irmãos em Cristo, aos colegas que, juntos, nos deram a oportunidade de conhecer novas fronteiras e ter novas experiências. A toda minha família, em especial minha Cláudia Sueli, amada esposa, ela – a única – sem palavras; apenas dizer que esse momento também a ela pertence. A Adriel, Ádila, Adriele, filhos amados, herança e presentes de Deus. Foi por querer deixar mais alguma coisa para eles, que resolvi prosseguir na luta. Não esquecendo de minha amada mãe, Dona Maria, e de seu Mário (pai – in memoriam) minha eterna gratidão. Agradeço também aos pastores e obreiros em geral da minha Assembleia de Deus, por todos os lugares por onde passei; às congregações que dirigi, aos irmãos, e pela compreensão de todos quando das saídas para estudar. A todos que sempre estiveram comigo durante essa árdua tarefa de estudar, enquanto, por outro lado, cuidar da família e trabalho. Meu muito obrigado. Que a bênção de Deus seja com todos vocês, hoje e sempre. A todos esses dedico essa minha realização. “Justiça e juízo são a base do teu trono; misericórdia e verdade irão adiante do teu rosto” (Salmos 89.14).


a z u o S e d o in L iz u Washington L Moura Lino Nélia Marize Passaram-se cinco anos e aí vem as lembranças da correria para o vestibular, a sensação mista de alegria e alívio, PASSEI! Tudo fica diferente, e agora, será que realmente é Direito que quero?! Depois, a certeza, a empolgação, a dedicação, horas de estudo e estágio. Chegou a prova da OAB, angustia, incerteza, esperança, fé no “meu Santo Padre Pio”, PASSEI! UFA! Acabou, é chegada a hora da formatura. Olho para trás, tenho tanto a agradecer, primeiramente a Deus por uma vida inteira de bênçãos, a meus pais Nélia e Washington a quem dedico todas as minhas vitórias, amor e gratidão, a vovô Nelson, minha maior saudade, Vovó Inah rezando, contribuindo, se doando em exemplo de vida, Tia/madrinha Norma, presente mesmo quando está ausente, Yuri irmão e exemplo de determinação, Marilene Silva, na nossa casa desde meus nove anos realizando sempre mimos e vontades, a saudosa Tia Nora, sempre me incentivando e a todos os meus familiares. Aos meus velhos e bons amigos pela presença constante em minha vida. Aos amigos que a UNEB me trouxe, por seguirem junto comigo, me dando força para continuar. A Levi pelo apoio incondicional durante esses cinco anos e a todos que ao longo dessa caminhada acreditaram em mim. Minha caminhada está apenas começando, é com alegria, humildade e fé que seguirei!


Paiva io r ó n io P o ld a v s io r A Paiva a r r e z e B s e m o G Gildenoura É chegado o momento de olhar o caminho percorrido e agradecer a todos que de alguma forma fizeram essa conquista possível, a qual se iniciou há alguns anos, passando por vários estados e de retorno à casa," pois o bom filho, à casa torna". É com muita alegria que faço dessas palavras de encerramento as mesmas de recomeço, pois meus amigos, a caminhada nunca para! A meus pais - Gildenoura e Ariosvaldo - que são meus senhores neste mundo, deram-me a oportunidade de trilhar meu próprio caminho e também de assumir as responsabilidades das minhas escolhas, meu obrigado mais do que especial! À minha tia Francisca que fez-me sentir um filho, quando tudo parecia sem chão, em seu colo, - meu agradecimento. A Diógenes e a Júnior que são a alegria da casa, obrigado por procurarem me compreender sempre. Parece que foi ontem que vibrei com os meus a vitória da aprovação. Foram inúmeras noites em vigília, dificuldades as quais se mostravam intransponíveis, mas eu estou aqui: consegui! Agradeço a todos os meus amigos, tão importantes em minha vida, que me fizeram mais forte e que nunca deixaram a peteca cair. Obrigado a todos por seguirem comigo! A todos os familiares tão presentes e importantes nesta caminhada, muito obrigado. Vocês são ímpares! Minhas palavras tentam, em vão, registrar toda a gratidão que dispenso a cada um de vocês. Um Obrigado especial aos meus mestres por serem luz vibrante sobre a caminhada deste neófito, incitando o amor e a perseverança em todos os momentos. Por fim, agradeço aos bons seres que fizerem de um sonho realidade! Até! À velocidade da luz, no escuro da mata escura/O breu, o silêncio, a espera/Eu tenho Jesus, Maria e José/Todos os pajés em minha companhia/O m e n i n o Deus brinca e dorme nos meus sonhos/ Tatá me contou. (Carta de Amor, M. Bethânia).


ira e v li O a s u o S e d n Ailto eira v li O e d s e p o L a s li E Neste momento especial de minha vida, mais do que agradecer, mais do que festejar, mais do que enaltecer o grito da vitória, é refletir sobre todo o caminho percorrido. Não sou o filho perfeito, não fui o melhor em todas as competições, nem sempre soube declarar meu amor a todos que amo. Por vezes, enfrentei problemas e questionei o Senhor, outras vezes, com a maturidade da vida, pude perceber o significado de cada passo, cada obstáculo, cada desafio. Quando o sol castigava, uma brisa era meu alívio, quando a sede me atacou, gotículas me fortaleceram, quando distante de quem amo, aquele que irradiava não mais atormentava, pelo contrário, enxugou lágrimas... Olhei para o céu e quis ser um pássaro e ao anoitecer, fazia da lua meu guia. Em cada trajeto, um conselho, um abraço, estórias de vida, uma direção repleta de sonhos. Na recaída, tive o mar liberdade, na solidão, tive o Chico reflexão. Eis que em toda a parte, algo nunca me abandonou, o amor impulso, o amor esperança, o amor conquistador. Eu era só, ontem fui dois, hoje somos três em um só, só amor! Essa vitória não é minha, pertence a todo aquele que esteve ao meu lado, e você que acaba de ler essa mensagem, sabe certamente, a importância do seu sorriso, do teu abraço, do nosso amor compartilhado. O amor tudo ilumina e tudo supera! Obrigado Senhor!


uza o S e d io d tó s u C io r Má Souza to n e im c s a N o d a Maria Madalen “Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.” (Romanos 11: 36). Foi uma jornada difícil, cinco longos anos, mas valeu a pena cada momento, apesar das lutas e das grandes tribulações, fico imensamente feliz, pois, no fim da tempestade, veio a bonança. Formei! Poucos são aqueles que têm o privilégio de alcançar tamanha vitória, por isso, não há como deixar de agradecer àqueles que contribuíram para essa conquista. Como não poderia deixar de ser, primeiramente, agradeço a Deus por mais essa etapa completada, pois creio que sem Ele nada poderia fazer; à minha amada esposa, “Dinha”, por toda a paciência e compreensão quando necessitei - e não foram poucas vezes - isolar-me do mundo para me dedicar à literatura jurídica; à minha amada mãe, “Lena”, por cada incentivo e, principalmente, cada oração, que foram essenciais para minha conclusão de curso; ao meu pai, Mário, por cada palavra de motivação e por toda a credibilidade depositada; aos meus irmãos, Júnior, Raquel e Daniel, pela confiança; à minha amada II IEC, na pessoa do Pr. Daniel, por todo o apoio espiritual; ao Pb. Mário e Diacª Silvana, em nome da segunda família que adquiri, por cada conselho e carinho em momentos de luta - Amo vocês! Aos colegas e professores de curso, pela construção de um conhecimento jurídico sólido. Termino a faculdade com o sentimento de dever cumprido e saio dela com a certeza de que dei o meu melhor e que estou apto a retribuir para a sociedade todo o conhecimento adquirido ao longo da jornada. Encerro agradecendo, mais uma vez, ao Criador, pois sei que, mesmo eu ainda não existindo, Ele já tinha traçado toda a minha vida. Deus, meu muito obrigado!


osta C a d s e n u N o ã b s Ele osta C a d s e r a o S e ic n u E Cresci tagarela e inquieta, fascinada pela vida, por pessoas e seus signos. Enquanto tentava ser boa filha, fui vencida por um amor incondicional pelo estudo. Tutelada por Seu Bão e Dona Nicinha, tinha como exemplos a inteligência de minha irmã Pollyanna e a doçura de minha avó Euzébia, que tentou sozinha reaprender a escrever. Em 1997 veio a primeira formatura (na UFPE), seguida de pós-graduação (na UNEB) e de MBA (na Unifacs). Paralelamente, o nascimento de cada um dos Incríveis sobrinhos (Giulia, Julyana, Brunna e Júlio César) trouxe a reflexão: afinal, que missão tenho nesta vida? Em 2007, por um convite mágico de Auré e Lequinha, viajei até o outro lado do Atlântico. Em Haia, capital jurídica do mundo, senti um empurrão rumo ao Direito. Movida pela admiração de painho pelo renomado Rui Caetano Barbosa de Oliveira e estimulada por minha aprovação no concurso para o Tribunal de Justiça decidi que prestaria vestibular novamente. Foi assim que, grávida de Sofia (a melhor e mais arrebatadora surpresa da minha vida) e recém-nomeada oficiala de justiça estadual, embarquei nesta aventura. Primeiro na Facape (2008) e depois na UNEB (2010). Durante cinco anos fi z e reencontrei incontáveis amigos enquanto convivia com mestres brilhantes. Foi com esse combustível humano que, entre meus livros e os brinquedos de Sofia, pressionada pela correria do trabalho e a rotina acadêmica, o Direito construiu para mim uma firme ponte até a justiça, devolvendo precioso dom: minha liberdade. Perdi a vergonha de ser feliz e sigo com asas imensas, voando alto para pousar suavemente no mundo de Sofia, onde fixei profundas raízes. “O mundo começa agora, apenas começamos”. Obrigada, meu Deus, por tudo o que há de vir.


uniz M s to n a S s o d s n ti r Charles Edison Made Oliveira Muniz Maria Rosa Penso, às vezes, que o tempo corre ao contrário, quem menos sabe é mais sábio, quem menos vê, sempre mais acha, porque a vida lhe salta os olhos, lhe alcança a alma. Agradeço a Deus, fonte de sabedoria e viver, por ser contemplada pelo milagre da vida e evolução na compreensão do mundo. Agradeço a meus pais, Charles e Rosa, por acreditarem nos meus ideais e pela confiança em mim depositada nos momentos mais difíceis. A Vanessa, Ananda e Rosendo, pelo apoio e paciência que os laços sanguíneos fizeram prevalecer diante da realidade do mundo. A meus avós, tios e tias, primos e primas, por todo incentivo e por me enxergarem sempre maior e além do que acredito ser. Minha eterna gratidão a minha madrinha, Nilzete, por me inspirar tantas e tantas vezes. A meus anjos da guarda em vida, Rafaella e Gabriela, pelas horas de cumplicidade, companhia e amizade. E ao grande amigo Marcones (Coca), por toda ajuda durante essa jornada. Dos agrados da vida acadêmica, agradeço a Glenda, Izabella e Denise, pelas doses homeopáticas de paciência, compreensão e apoio. À família INSS, pela oportunidade e aprendizado, e em especial, Idelvânia, Patrícia, Giorgi e Joelma, por todo carinho e amizade. Agradeço ainda aos mestres e colegas que fizeram essa caminhada mais feliz e construtiva. De tudo sobrou uma certeza: após o primeiro passo, só nos resta seguir em frente. Do códex à doutrina, fiz amigos, desfiz destinos, tracei caminhos e escrevi história, réu e vítima da mesma sina, sou efeito do ontem que eu queria hoje, mas ficou pra amanhã. Pra findar, faço meus os versos do poeta que tantas vezes me inspirou e embalou ao longo dessa caminhada: “... Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço... porque metade de mim é partida, mas a outra é saudade”.


tos n a S s o d to n e B ir Waldem ntos a S a v il S ia r a M la Ange Agradeço a Deus, nosso pai, pela vida plena e feliz que tenho; por me conceder oportunidades únicas; por ter me presenteado com uma família tão linda e especial e por ter me dado o que precisava ter. Agradeço a minha linda filha Giovanna, pelo seu amor, carinho e compreensão com essa mãe tão atarefada. Obrigada, minha princesa, por me trazer infinitas alegrias e felicidades e por me trazer força para a nossa batalha diária. Mamãe te ama e te admira de forma incondicional. Agradeço a pessoa que mais me ajudou e suportou nessa longa jornada, meu amor Fabrício Menezes. Obrigada por você me fazer sorrir; por me fazer acreditar que sou capaz; por ter me ensinando a experimentar um sentimento tão grandioso e verdadeiro e por ser o pai mais maravilhoso que conheço nessa vida. Obrigada por estar sempre ao meu lado e me fazer uma pessoa melhor a cada dia que vivo em sua companhia. Te amo! Agradeço a minha mãe, pela coragem, força e carinho. Agradeço a minha famosa tia Bebeta pela dedicação, amor e compreensão. Agradeço aos meus irmãos Débora e Júnior, pelos vários favores concedidos e pela amizade. Amo vocês. Agradeço também a minha linda avó Alice, pelo seu amor e preocupação. Tenho certeza que esse é o início de uma caminhada que trará lindos frutos e muitas felicidades. Que nosso Senhor a abençoe e ilumine, e que a paz e o bem estejam sempre presentes.


arvalho C is s s A e d o c is c n a Fr ndido Valdicleia Lopes Câ E, nesse momento, só cabe a mim agradecer. A Deus, por nunca ter me desamparado. Aos maiores amores do mundo, à princesa da minha mãe, Valdicleia, e ao herói do meu pai, Francisco, pela coragem de me deixar correr atrás dos meus sonhos tão novo, pelo amor que a mim foi dado, pelo carinho com o qual fui criado e por terem, junto com as estradas da vida, feito de mim a pessoa que sou. Aos meus irmãos, Rosália, João e Ruana, pela imensa alegria que carrego, pois sem vocês ela não existiria, pela admiração e amor que sempre tivemos uns pelos outros. Aos meus familiares, por todo afeto e confiança que em mim foi depositado, em especial as minhas avós, à rainha, Maria do Carmo, e à bondosa Fátima, bem como à guerreira Rosália. Agradeço aos homens mais incríveis do mundo, meus avôs João Galego e Maurílio, às minhas tias guerreiras pelo amor com o qual sempre me trataram, aos meus bravos tios que sempre me ensinaram a lutar com dignidade, e aos meus inexplicáveis primos e primas por simplesmente existirem, a quem devo muitas experiências e sorrisos, aprendizados e amizades, muito obrigado pela honra de ter vocês na minha vida. Aos mais incríveis amigos do mundo, que sempre estiveram comigo nos momentos de alegria, e naqueles em que precisei apenas de um abraço, a galera dos meus tempos de menino, e em especial aqueles que estiveram comigo nos melhores cinco anos da minha vida, Osmário, Rafaella, Renata, Áurea, Karlos, Bah, Illa, Ricardo, Lorena Carvalho, Lorena de Paula, Sérgio, Chris, Ailto, Aílen, Gabi, Sasha, Rafael e Mari; Aos meus incríveis chefes, pela paciência e ensinamentos, aos sensacionais colegas de estágio, pela oportunidade de conviver com pessoas tão capazes e divertidas, enfim, obrigado por me prepararem para ser um profissional. A todos a minha imensa gratidão.


tyres r a M s o d a ir ie V r o Anten rtyres a M s to n a S s o d a ir Djan Primeiro veio a dúvida sobre o curso a ser seguido, depois a dúvida sobre a instituição em que estudaria e logo depois veio a certeza da escolha certa. Agradeço a ti, Deus, razão de toda a existência, por todas as bênçãos derramadas sobre mim, por ter me ajudado a fazer as escolhas certas e por ter me dado forças pra chegar onde cheguei. Para muitos, chegar até aqui parece ser fácil, mas só quem passou por todas as dificuldades que uma vida acadêmica apresenta sabe qual o sabor da vitória. No fi m, o cansaço é nítido no rosto, mas por dentro reina o sentimento de dever cumprido. Sou grata ao meu pai, Antenor, por todo o esforço empreendido no meu crescimento pessoal e profissional, por ser um pai maravilhoso e referência em minha vida. À minha mãe, Djanira, por ter me apoiado em todas as minhas decisões e por essa fonte de sabedoria e amor que representa pra mim.Ao meu irmão, Wesley, pelo apoio e confiança. Agradeço, também, aos meus tios por sempre me dirigirem palavras de força e confiança ao longo dessa caminhada. Duda e Bella, foi ótimo poder compartilhar com vocês os estresses do fi m da vida acadêmica. Fiz amigos que sei que vou levar pela vida inteira, foram poucos, mas sei que são verdadeiros... Rosane Moreira Cavalcanti, Júlio César Soares Lira e Ana Paula Batista de Oliveira, saibam que vou levar comigo todos os ensinamentos jurídicos passados por vocês, assim como o exemplo de simplicidade e humildade. Agradeço, ainda, aos amigos cujos nomes não foram aqui citados, mas que sabem que possuem grande importância na minha jornada acadêmica. À todos que conheci ao longo dos estágios por onde passei, desde os profissionais do Direito aos que trabalhavam nos serviços gerais, levo comigo um pouco de cada um. Todos aqui citados, recebam meu muito obrigada!


tos Ivan Silva dos Saion Santos ór Maria da Silva Hon Mais uma fase da minha vida passa e fica na memória algo muito bom e nostálgico. Posso dizer que vivi e aprendi diversas coisas sobre a minha vida e acerca de mim mesmo. Enfim, sou Bacharel em DIREITO. Cinco anos de lutas, angústias, cansaço e estresse, mas também de conquistas, alegrias, superação e memórias que levarei para vida toda. Hoje, uma nova porta se abre. A caminhada é longa. Onde vou chegar? Não sei, mas irei longe... Esse é o compromisso que faço e quero cumprir. Agradeço a DEUS pela presença constante em minha vida e por iluminar meus passos nessa caminhada. À minha mãe, meu exemplo maior de simplicidade e coragem, por todo amor e dedicação. Ao meu pai pelo apoio no decorrer desses anos. Aos meus irmãos pela cumplicidade e inspiração. Aos meus sobrinhos pelo afeto e pela alegria compartilhada. À minha cunhada pela irmandade. À Universidade do Estado da Bahia (UNEB) por ter me proporcionado a formação na área jurídica e pelo estímulo à cidadania. À minha eterna professora Carla Paiva, meu espelho de profissional, por continuar acreditando em mim. Aos meus familiares, amigos e colegas que tanto tenho respeito, admiração e confiança. A todos, minha gratidão diária e perene. “E o fim é belo incerto... depende de como você vê. O novo, o credo, a FÉ que você deposita em você e só [...]”. O Teatro Mágico


Damião de AlmeidAalmeida iros Filadélfia de Mede De início, agradeço a Deus por cada dia vivido nesses anos de faculdade. Por ter me ensinado que não se conquista nada com lágrimas e sem esforço individual. Por me fazer acreditar que os erros e as desilusões durante a trajetória acadêmica e da vida fazem parte do aprendizado e da evolução espiritual. Afinal, o mundo não é apenas feito de flores. Agradeço a minha mãe, Florinha, faltam-me adjetivos para qualificála. Sem ela, certamente, o sonho seria insonhável. Nunca mediu esforços para que eu pudesse realizar os meus objetivos. Em especial, essa vitória é para você. Ao meu pai, Damião (my friend), por sempre acreditar em mim e pelas aulinhas particulares de inglês. A minha única e querida irmã, Danielle, pelo apoio, preocupação e incentivo nas horas mais difíceis. Aos meus familiares e amigos que, direta ou indiretamente, contribuíram para a minha conquista. Aos meus colegas de faculdade, pois com vocês tive a oportunidade de dividir os meus anseios. Lembrarei de

todos.

Aos

funcionários

da Promotoria de Justiça de Juazeiro, sem exceção, pelo bom relacionamento,

experiência

adquirida e confiança depositada em mim ao longo de dois anos de estágio. Em fim, sou grato a todos que de alguma forma fi zeram parte desse momento da minha vida.


os m a R s a g a h C o n ti r Albe ato n tu r o F z u r C e id le C Neste momento de conquista, as palavras são insuficientes para expressar a minha emoção. Nunca tive dúvidas do curso acadêmico que iria estudar, sempre apaixonada pelo Direito, só havia a incerteza de onde fazer, mas a UNEB me acolheu. Fui muito feliz nesta jornada, fiz eternos amigos e conquistei muitos sorrisos, entretanto, além da alegria, a tristeza sempre se encontrava presente. Quando pensei que estava conquistando finalmente minha felicidade, veio a maior dor, perdi minha amada avó, Joana Eduarda, que sempre esteve presente em minha vida. Nos momentos de desespero e agonia sempre esteve comigo, e hoje, quando a maior dor e alegria existem no meu peito, ela não está aqui para me aninhar em seus braços. Em especial, dedico esta conquista a ela, meu alicerce, minha vida. Primeiramente, agradeço a Deus, por nunca ter me desamparado nesta jornada. Agradeço ao meu pai-herói, Albertino, meu exemplo de coragem e luta. Minha amada mãe e melhor amiga, Cleide, pelo seu imenso amor e compreensão. Obrigada, queridos, por sempre me apoiarem e principalmente por me darem a minha vida. Não posso deixar de agradecer aos meus irmãos, Rodrigo, Débora, Leonardo Júnior e Yuri, vocês são a razão de meu viver. Lembro com muito carinho do meu tio Leonardo, figura sempre presente em minha vida, tenho certeza de que, onde ele estiver, encontra-se feliz por minha conquista. Com imenso carinho agradeço aos meus tios, primos, madrinha, amigos e, em especial, a minha avó Joana Francisca e minha amiga Marlene, que me acompanharam nesta jornada. Obrigada por confiarem em mim. “Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. (...). Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizerem ali?” – Fernando Pessoa


s to n a S s o d e d a b A s Eude ouza S e d s e u q r a M a id Cláudia Aparec Chegar até aqui não foi nada fácil e se hoje comemoro uma conquista, esta se deve àqueles que estiveram ao meu lado em todos os momentos. Antes de qualquer coisa, agradeço a Deus por sempre ter me abençoado e me agraciado com a vida que tenho. Quero agradecer aos meus pais, Cláudia e Eudes, que fi zeram dos meus sonhos os seus e dos meus objetivos sua própria luta. Meus avós, Alice e Valdeonor, pelo amor que sempre dedicaram a mim. Aos meus tios e primos, pelo apoio incondicional. Aos meus amigos, Luã, Edla, Ana, Lara, Samarina, Larisa e Maiara, que mesmo distante nunca deixaram de estar presente nessa longa caminhada. Aos amigos que conquistei durante essa jornada, em especial, Júnior, Chris, Bárbara, Airton, Sérgio, Sasha e Ricardo, obrigada pelas risadas, aventuras, cumplicidade, e por me mostrarem que é sim possível escolher irmãos. Aos meus primos-irmãos, Ane e Vinícius, por sempre estarem ao meu lado. Ao meu namorado, Rodrigo, por sempre me fazer crer que eu sou capaz e por ser companheiro em todos os momentos. Aos meus colegas de estágio, pelo enorme aprendizado. Enfim, quero compartilhar a alegria com vocês, pessoas tão especiais, que não pouparam esforços para que o sorriso que hoje trago no rosto fosse possível. Foram muitas as vezes em que usei vocês como escudo e despejei minhas frustrações, mas o amor sempre foi maior, arrebatador e no momento seguinte vocês estavam lá para me reergue através do apoio incondicional. Agradecer a vocês não deve ser suficiente para expressar o sentimento de gratidão, então só posso dizer: AMO VOCÊS !


ouza S e d o im x a M o ld a Ger ouza S e d s o m a R ia r a M Chega ao fim mais uma batalha. Árdua e difícil, mas ao mesmo tempo afável e venturosa. Mais uma etapa da minha vida foi concluída, um tanto fora de hora, mas não tarde, pois nunca é tarde para ir à busca de realizações. Tenho certeza que todo trabalho, horas de estudo, dificuldades vencidas, só me prepararam e me fortaleceram para as futuras batalhas que ainda me aguardam. Agradeço primeiramente a Deus, por me conceder mais essa conquista. Agradeço imensamente a minha esposa Erica, fonte permanente de apoio, inspiração e amor. Aos meus filhos Jéssica e Willer, razão da minha vida e de todo o meu esforço. Aos meus pais Geraldo e Maria, por estarem ao meu lado em todos os momentos, por seu amor incondicional, por sempre me incentivarem e, principalmente, pelos ensinamentos e valores que me passaram e que vou levar por toda minha vida. Aos meus irmãos Larissa, Ricson e Leonardo, pelo amor oferecido, pela alegria e por tudo o que representam na minha vida. A minha avó Maria Ramos, pelo carinho, presença constante em meu coração. A toda a minha família, por torcerem por mim e vibrarem comigo a cada conquista. Aos meus amigos e colegas da UNEB, pela força e apoio prestados. Todos vocês foram fundamentais para que eu chegasse nesse momento.


Mensagem

Chegamos ao fim de mais uma etapa de nossas vidas, e como é bom poder compartilhar com vocês a realização desse sonho! Desde o início da faculdade, comungamos da ideia de fazer a formatura do jeitinho com que tanto sonhávamos. Pois bem, depois de muito estresse e dedicação, está tudo pronto para que possamos comemorar a nossa vitória com aqueles que nos acompanharam nessa jornada, sejam eles familiares, amigos ou colegas de turma. Agradar a todos é impossível, e não foi fácil chegar até aqui. Mas levamos dentro de nós a certeza de que fizemos o melhor que podíamos, tudo com muito carinho e dedicação. Vamos comemorar, pois essa festa é parte de nós! (Glenda Martyres)

Membros

Andressa de Oliveira Muniz Glenda Danielle dos Santos Martyres Francisco de Assis Carvalho Junior Micael Benaic Honório Santos Regiane Fortunato Ramos


A Deus

Na busca por conhecimento não faltaram dúvidas, nem tropeços, mas hoje podemos agradecer a Deus pelo melhor da vida. Sua luz nos conduziu apontando sempre o melhor caminho e provou que cada momento valeu a pena. Amparo nos momentos difíceis, não se abalou em nossas fraquezas, sempre fiel ao sentimento que nos trouxe ao mundo. Agradecemos não só pela conquista, mas por tornar possível a concretização de um sonho, pela oportunidade e infinito amor, por ter estado e continuar sempre ao nosso lado, confirmando a promessa de que nunca estaremos sós. (Andressa Muniz)

Aos Ausentes

Neste momento de comemoração a felicidade não está completa. Infelizmente, durante a árdua jornada perdi meu porto seguro. Lembro-me com imenso carinho que, nos momentos de agonia, recordava-me que nenhuma dor é eterna, e como um milagre, dava-me força e coragem. Se hoje comemoro essa conquista foi por que me ensinastes a seguir este caminho e me tornar uma pessoa melhor. Pensei em desistir, pois sua ausência tirou minhas forças, minha alegria, mas, depois de todo esforço e sacrifício, a dor de te decepcionar seria insuportável. Nosso amor é incondicional, sem limites e pleno. Hoje sinto você dentro de mim. Levarei os seus ensinamentos na minha jornada. Por fim, eu grito: conseguimos, meu anjo! (Regiane Fortunato)

Aos Mestres

A arte de ensinar segue a filosofia do plantio. Aquele que bem sabe cultivar, colherá bons frutos. Ensinar é fazer de si mesmo o conhecimento, é acreditar que a vivência pode contribuir para a formação de um caráter. Mais que isso, é caminhar lado a lado, ser amigo, humano e companheiro de jornada. Tornamo-nos seus discípulos e assim agradecemos por terem despertado nossa paixão por algum campo do conhecimento, ajudandonos a calcar os pilares dos profissionais que almejamos ser. Nossa eterna gratidão aos mestres que souberam cultivar e fazer de nós bons frutos. (Andressa Muniz)

Aos Amigos

Nossa eterna gratidão àqueles que entraram em nossas vidas sem a menor pretensão, e permanecerem nelas como irmãos. Obrigado pela compreensão nestes cinco anos, quando não pudemos lhes dar atenção, pelo ombro, pelas palavras e pelos abraços quando quisemos desistir da luta ou quando a vida quis nos colocar para baixo. Vocês, que facilmente nos cativaram e foram fundamentais nas nossas descobertas, obrigado por muitas vezes serem nossa única família, e que família! Enfim, agradecemos por existirem em nossas vidas, por nunca nos abandonarem e por serem responsáveis por parte de nossa felicidade. Agora se preparem que estamos formados e temos um mundo a desbravar juntos. Deus, o senhor está de parabéns por ter nos dado a honra de amarmos esses seres que chamamos de amigos. (Francisco Júnior)


Aos Pais

Motivos não faltam para agradecer àqueles que nos trouxeram ao mundo e, não se contentando, nos ensinaram a viver, com alegria e otimismo, educando e conduzido ao melhor caminho que poderíamos percorrer. Seremos eternamente gratos a vocês pelas vezes em que renunciaram os próprios sonhos para que pudéssemos realizar os nossos, por nos dar certeza frente às nossas dúvidas e coragem frente aos nossos medos. Todo incentivo, amor e cuidado só poderiam nos proporcionar orgulho e força para retribuir cada momento dedicado. Muito obrigado. Amamos vocês! (Andressa Muniz)


“Juro, no exercício das funções do meu grau, acreditar no Direito como a melhor forma para a convivência humana, fazendo da justiça o meio de combater a violência e de socorrer os que dela precisarem, servindo a todo ser humano, sem distinção de classe social ou poder aquisitivo, buscando a paz como resultado final. E, acima de tudo, juro defender a liberdade, pois sem ela não há Direito que sobreviva, justiça que se fortaleça, nem paz que se concretize.”


Direito  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you