Issuu on Google+

O AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FAJÕES NAS PUBLICAÇÕES LOCAIS


Agrupamento de Escolas de fajões

03

Terça-feira, 28 de outubro de 2014

> O desenvolvimento da literacia da leitura é uma constante das BE

O livro e a leitura como protagonistas Sessões de formação de utilizadores nas BE da EB1 de Cesar e EB 2,3 de Carregosa >Uma aposta na formação de utilizadores

As literacias para o séc. XXI

Hora do Conto nas BE das EB1/JI e Encontros com escritores

A leitura é condição indispensável de acesso ao conhecimento. Assim, as BE deste agrupamento procuram desenvolver nos alunos a capacidade de ler de diferentes formas e com diferentes objetivos (por prazer, para obter informação, para estudar,…). É partindo deste princípio que, ao longo do ano letivo, são levadas a cabo várias iniciativas de promoção do livro e da leitura: encontros com escritores, feiras do livro, sessões de leitura, na BE ou em sala de aula, alusivas a efemérides e/ou a temas do currículo, em articulação com as áreas curriculares. São dinamizados vários passatempos, como “Autor do mês”, “À descoberta da National Geographic/ Super Interessante”, quer em formato papel ou em linha, na página digital das BE. Destacase, igualmente, a participação em concursos de âmbito local e nacional, como o CCL, onde o agrupamento, por mais que uma vez, alcançou o 1º lugar, o CNL, com a obtenção de um 2º lugar a nível distrital, ou Faça lá um poema (PNL), onde o

As BE em números

As bibliotecas escolares levam a cabo várias atividades e iniciativas, das quais se destacam a formação de utilizadores (como utilizar a biblioteca, ao nível dos seus recursos/serviços e consulta do catálogo), sessões de formação nas literacias da informação (pesquisa de informação e apresentação de trabalhos escritos), nas literacias digital e dos media

(validação de páginas web, segurança na internet, ferramentas da web 2.0). Neste aspeto, a página da biblioteca escolar reforça as formações presenciais pois disponibiliza, em contínuo, guiões com modelos de pesquisa, normas de apresentação de trabalhos e de referências bibliográficas, folhetos (in)formativos, boletins bibliográficos e formulários em linha.

Nº de bibliotecas: 6 (EBS de Fajões, EB2,3 de Carregosa, EB1/JI de Azagães, EB1/JI de Cesar, EB1/JI de Macieira de Sarnes e EB1/JI de Pindelo) Nº de alunos servidos pelas bibliotecas: 1396 Nº de documentos catalogados: 14 939 Nº de documentos emprestados para o domicílio: 13 178 Número de alunos que recorrem ao serviço de empréstimo domiciliário:

Pe. Artur Pinto e Dr. Carlos Costa Gomes em atividades ??????????????????? das BE > Projetos e parcerias que envolvem a comunidade

agrupamento já obteve um 3º este ano letivo já estão agenlugar a nível nacional. dados encontros com António Mota, Carlos Nuno Granja, MaEncontros com escritores nuela Mota Ribeiro, Pedro Seroe contadores menho. Estes são sempre marcantes para os alunos, desde o pré-es- Caravana de Histórias colar ao secundário. Já passaram e Hora do Conto pelo AE de Fajões os contadores Para os estabelecimentos que Ana Esteves, Cláudia Stattmiller não têm BE, a equipa pedagóe António Fontinha e escritores gica dinamiza o projeto “Caracomo Ana Maria Magalhães, vana de Histórias” que, através Carla Maia de Almeida, João de maletas itinerantes, coloca Manuel Ribeiro, Julie Hodgson, livros nessas escolas e promoLuísa Ducla Soares, Margari- ve sessões de leitura. Nas BE da Fonseca Santos, Maria João das EB1/JI há, semanalmente, Lopo de Carvalho, entre outros, “Hora do Conto” e serviço de além dos escritores locais. Para empréstimo domiciliário.

Uma biblioteca aberta ao exterior No Dia Aberto à comunidade, pretende-se disponibilizar os serviços da biblioteca, divulgar trabalhos dos alunos, com exposições temáticas e promover sessões para pais. O convite feito a figuras públicas da comunidade local tem como objetivo promover um maior conhecimento das suas atividades profissionais e fomentar os hábitos de leitura. No Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, os alu-

nos participam num projeto internacional, “Bookmark Project”, um intercâmbio de marcadores de livros, organizado pela IASL, este ano com Austrália, Hungria, Índia, Irlanda e China. Com o projeto Saúde Oral Bibliotecas Escolares, as professoras bibliotecárias levam a todas as turmas do pré-escolar e 1º ciclo atividades de promoção da saúde oral através da leitura.

http://www.agrupamento-fajoes.pt/?idperfil=44



O AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FAJÕES NAS PUBLICAÇÕES LOCAIS