Page 1


Apresentação O ano de 2007 marcou um período de amadurecimento e consolidação dos conceitos e práticas de Responsabilidade Social e Ambiental da Citéluz. O Balanço Social 2007 deseja refletir esta evolução, demonstrar nossos indicadores de desempenho e como nossas atividades contribuíram para o desenvolvimento das cidades onde atuamos. Baseamos nosso relatório anual nas três dimensões da Sustentabilidade Empresarial – desempenho econômico, responsabilidade social e cuidado com o meio ambiente. Todas as realizações do ano de 2007 estão associadas aos nossos valores principais: fé, amor, ética e excelência. Com estes valores permeando todas as nossas ações, melhoramos continuamente as relações com todos os públicos: clientes, colaboradores, fornecedores, comunidade, meio-ambiente, governo e sociedade. Este documento apresenta ainda informações técnico-operacionais da Citéluz, indicadores econômico-financeiros, resultados da política de gestão de pessoas, a percepção dos clientes quanto ao serviço prestado, o resultado de projetos sociais e ações ambientais voltadas para a comunidade. Este relatório se baseia nos modelos propostos pelo Instituto Ethos e pelo IBASE. É aderente aos princípios do Pacto Global e das Metas do Milênio na ONU.


Projeto Belisário Citéluz


Sumário

01. Perfil da Empresa

05

02. Princípios e Valores

09

03. Desempenho Operacional

10

04. Gestão Sustentável

13

05. Público Interno

16

06. Meio Ambiente

19

07. Fornecedores

21

08. Clientes

23

09. Comunidade

24

10. Governo e Sociedade

27

11. Diálogo com o Público de Interesse

28

12. Reconhecimentos, Certificações e Selos

30

13. Demonstrativo do Balanço Social

31


Reservat贸rio Moc贸, Manaus-AM


1. Perfil da Empresa

A Citéluz Serviços de Iluminação Urbana S/A, é a filial brasileira da Citelum, líder mundial em serviços de iluminação urbana que incluem a gestão completa e sustentável da luz de uma cidade e iluminação cenográfica de prédios e monumentos. Com perfeito domínio dos aspectos técnicos, artísticos e urbanísticos, a qualidade dos seus serviços é atestada internacionalmente com referências em cidades importantes do Brasil e do mundo. Criada em 1999, a Citéluz é líder no seu segmento e administra mais de 870 mil pontos de iluminação, sendo 818.300 no Brasil e 54.947 no Chile.

Nº de Pontos luminosos em Gestão no Brasil 2007 2006 2005

5


A Citéluz, com sede em Salvador na Bahia, está presente em 10 Estados e 14 cidades brasileiras, beneficiando 14.173.463 cidadãos. No Chile atua em 3 municípios, Santiago, San Felipe e Recoleta.

Nº de Agências 2007 2006 2005

Em 2007 a Citéluz ampliou sua área de atuação, passando a iluminar as cidades de Cachoeiro do Itapemirim – ES, Macaé – RJ e Salvador – BA em consórcio com a empresa Ilumitech.

Nº de Cidades Iluminadas 2007 2006

6

2005


Em dezembro de 2007, a empresa conta com 786 colaboradores, sendo 25 estagiários, 25 portadores de necessidades especiais e 7 jovens aprendizes. Também conta com a colaboração de 362 profissionais de empresas terceirizadas. Nº de Pontos luminosos por funcionários

2007 2006 2005

Seu Demonstrativo de Valor Adicionado – DVA apresentou uma geração de riquezas na ordem de mais de 57 milhões de reais, com 66,7% distribuídos para a sociedade e pessoal.

Distribuição Valor Adicionado Exercícios VA Gerado

2007

2006

57.828

%

60.874

%

Pessoal encargos e benefícios

18.604

32,2

20.060

33,0

Impostos, taxas e contribuições

19.924

34,5

19.328

31,8

Despesas financeiras

1.417

2,5

801

1,3

Aluguéis e leasing

7.339

12,7

10.371

17,0

0

0,0

2.450

4,0

9.265

16,0

7.864

12,9

Distribuição do VA

Dividendos Lucros retidos VA Distribuído

57.828 100,00

60.874 100,00

7


Composição acionária 2007

100% N5 Patrimonial

Sócios Pessoa Física

Citelum SA França

100%

100%

100% Fundo Rio Bravo

Ecoluz Participações

33%

67%

Citéluz Participações 42%

Ecoluz S/A

Ecoluz Participações S.A: Holding brasileira no setor de energia. Citelum: Empresa do Grupo Dalkia, lider mundial em serviços de iluminação urbana.

8

Pessoa Física

Citelum Brasil Ltda 55% Citéluz S/A

3%


2. Princípios e Valores

“ Nossa preocupação em manter a equipe motivada e com uma visão clara em nossas metas, coopera diretamente em um bom atendimento com precisão, eficácia e segurança, acredito que agindo assim a sociedade é beneficiada.” Nome: Jobson Vilela Cid Agência: Manaus - AM

A gestão da Citéluz baseia-se num conjunto de princípios e valores que orientam os seus processos de tomada de decisão, destacam-se: a sua missão, os quatro valores primordiais e os princípios do Global Compact da ONU.

Missão Iluminar o ambiente urbano para melhorar a qualidade de vida.

Valores primordiais da empresa Fé - Trabalhar com a certeza de superar desafios, acreditando nas pessoas;

Amor - Realizar suas atividade visando o desenvolvimento

humano econômico, social e ambiental, tratando o outro como gostaria de ser tratado;

Ética - Ter conduta sempre calcada segundo princípios de

honestidade, lealdade e justiça;

Excelência - Realizar com excelência tudo que faz, buscando permanentemente melhorias, aperfeiçoando e criando novos caminhos, formas e idéias.

9


3. Desempenho Operacional

A iluminação urbana é um serviço público essencial para as cidades, seus moradores e visitantes. Contribui para a melhoria da segurança pública, facilita os deslocamentos de pedestres, ciclistas, ônibus e automóveis. Também não se pode pensar em iluminação urbana sem evocar a valorização do patrimônio das cidades, dos seus monumentos históricos, praças, grandes avenidas e parques. Pautando todas as suas atividades na excelência, a Citéluz busca todo o tempo oferecer o melhor serviço de iluminação urbana a seus clientes. Os indicadores de desempenho operacional do ano de 2007 refletem esta forma de atuação. O principal interesse da Citéluz na prestação de seus serviços é promover a melhoria na qualidade de vida das pessoas. O investimento em modernas tecnologias e o aprimoramento contínuo de seu sistema de gestão de parques de iluminação permitem à Citéluz oferecer uma iluminação urbana dentro dos padrões internacionais de qualidade, tendo como objetivo primordial a valorização do município.

10

Para garantir o alto padrão de qualidade dos seus serviços em todo o parque de iluminação, a Citéluz realiza continuamente uma eficiente manutenção preventiva e corretiva de todos os equipamentos e um controle periódico do patrimônio de iluminação pública do município.


Estas intervenções visam assegurar o funcionamento contínuo dos equipamentos do parque de iluminação urbana, a partir da substituição sistemática das lâmpadas, reatores e relés fotoelétricos do parque e da utilização de equipamentos de última geração.

A manutenção preventiva: Baseada na análise dos dados registrados no Citégestion, que informa o histórico do ponto luminoso, e em rondas de inspeção nas ruas, a manutenção preventiva visa promover a substituição das lâmpadas antes de queimarem. A troca sistemática das lâmpadas é realizada sempre que a performance do sistema de iluminação (relação fluxo luminoso / consumo) se torna desfavorável. As inspeções de campo também permitem controlar a limpeza das luminárias e seus acessórios de alimentação.

A manutenção corretiva: Originado pelas reclamações dos usuários, o serviço de manutenção corretiva atua nos pontos luminosos defeituosos, dentro dos prazos e condições definidos no contrato entre a Prefeitura e a Citéluz. As ações de manutenção contemplam vários tipos de intervenções, com objetivos definidos contratualmente: ▪ Limpeza de luminárias e acessórios; ▪ Manutenção sistemática de lâmpadas; ▪ Manutenção sistemática de relés; ▪ Manutenção sistemática de reatores; ▪ Acabamento de postes.

11


Evolução nos últimos 3 anos das intervenções no parque gerenciado pela Citéluz Nº de luminárias limpas 2007 2006 2005

Nº de luminárias substituidas 2007 2006 2005

Evolução da qualidade da intervenção % de ocorrências referentes a 01 ou 02 pontos atendidas dentro do prazo 2007 2006 2005

% de ocorrências referentes a 03 ou mais pontos atendidas dentro do prazo

12

2007 2006 2005


4. Gestão Sustentável

“Acredito que o trabalho que realizo na Citéluz ajuda as pessoas da minha cidade, pois hoje podemos ver a população de Cachoeiro do Itapemirim falar com brilho nos olhos sobre a iluminação pública. Me sinto feliz em saber que faço parte desse time.” Willian Pansini – Almoxarife Ger. Regional do Espírito Santo

Em todas as suas atividades, a Citéluz segue um modelo de gestão sócio-ambientalmente responsável que tem base nos três pilares da sustentabilidade empresarial – desenvolvimento econômico, sustentabilidade ambiental e social.

Gestão de processos A interação entre os vários processos que compõem as atividades da Citéluz permite a gestão das atividades baseada em um modelo matricial, onde processos principais e de apoio definem estratégias, objetivos, metas e indicadores. Esta gestão matricial garante o aprimoramento constante de todos os processos da empresa.

13


Programa Luz Solidária Em 2006 com a elaboração do Programa de RSA – “Luz Solidária”, a Citéluz teve a oportunidade de aprofundar suas reflexões sobre seu papel social e sintetizá-la da seguinte forma: A empresa entende que além de cumprir bem o seu papel econômico, de geração de riquezas, emprego e renda, pode contribuir para o aperfeiçoamento da sociedade, participando das questões ligadas às comunidades onde está inserida, exercendo sua cidadania, respeitando e utilizando as instituições, cumprindo seus deveres exigindo seus direitos e sendo solidária com os que necessitam. Dessa maneira, ciente do cumprimento do seu papel econômico e cidadão, a Citéluz definiu no Programa Luz Solidária, critérios e focos de atuação visando contribuir para diminuição das carências sociais. Baseada nestes critérios, a Citéluz desenvolve ações voltadas para o desenvolvimento sustentável das cidades. Reciclagem e tratamento dos resíduos A totalidade das lâmpadas retiradas pela Citéluz dos sistemas de iluminação pública é descontaminada por uma empresa especializada. O vidro é reaproveitado pela indústria de cerâmica e o mercúrio, depois de tratado é descartado em local apropriado. 14

Em 2007 foram descontaminadas 54.436 lâmpadas.


Educação Ambiental Visando o engajamento dos fornecedores na preservação da natureza, foram elaborados, em 2006, critérios ambientais para seleção e cadastro dos fornecedores. Com isso a empresa criou um mecanismo de gestão visando influenciar seus fornecedores, a absterem-se de práticas nocivas ao meio natural e a valorizar ações alinhadas com a sustentabilidade ambiental. Programa de Voluntariado Em 2007 a Citéluz deu um grande passo na consolidação do seu Programa Luz Solidária de Responsabilidade Social pela estruturação e início das ações de voluntariado em parceria com a Junior Achievement. A sensibilização, inicialmente dos colaboradores da sede, feita pela gerência de projetos da Junior possibilitou a adesão de 12 colaboradores para participação no Programa Miniempresa. Este programa permite a complementação da educação de jovens de nível médio por meio da orientação para o empreendedorismo. Remo Adaptável O ano de 2007 marcou a investida final da equipe de Remo Adaptável da Bahia rumo às Paraolimpíadas de Pequim 2008. O apoio dado pela Citéluz aos atletas baianos permitiu a classificação da equipe brasileira nas principais seletivas mundiais. Maio/2007 - A equipe de Remo Adaptável da Bahia está com passagens marcadas para a Alemanha. Participando da Seletiva Nacional para as Paraolimpíadas 2008, realizada dias 28 e 29 de abril no Rio de Janeiro, a equipe patrocinada pela Citéluz se classificou para a Seletiva Mundial na Alemanha. Out/2007 - A equipe de Remo Adaptável conseguiu a segunda colocação na final B da seletiva mundial da Alemanha no final de agosto, garantindo assim a classificação para os jogos Paraolímpicos de Pequim/China, em 2008.

15


5. Público Interno

“Na Citéluz tive a oportunidade de me inserir em um contexto de trabalho fora da área técnica, mantendo contato com colegas de outras áreas e entendendo as suas necessidades. A proximidade com a alta gestão da empresa me ajuda a entender parte do negocio e alguns procedimentos para gerir uma empresa em evolução constante. Sei que esses conhecimentos, além da TI, irão me ajudar muito em minha vida profissional.” Vinícius Santos - Analista de Sistemas I, Matriz, Salvador

A Citéluz encerrou 2007 com um quadro de pessoal composto por 786 colaboradores, que atuam conforme um modelo de gestão de pessoas, que vai além do cumprimento rigoroso da legislação trabalhista e previdenciária, proporcionando aos colaboradores da Citéluz diversos benefícios para melhoria da qualidade de vida e promoção de oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional e pessoal.

Indicadores Público Interno 2007 Benefícios Distribuição de lucros Em 2007 foram distribuídos R$ 925.138,00, a título de participação de lucros, beneficiando todos os colaboradores da empresa de todos os níveis, admitidos até 30/08/06, sendo que os colaboradores admitidos após essa data serão contemplados no ano seguinte.

16

Plano de Saúde A Citéluz mantém plano de saúde para seus colaboradores e dependentes, com abrangência nacional, padrão apartamento com participação do funcionário de no máximo 40 ou 60% de acordo com a faixa salarial. O exercício de 2007 fechou com 1.766 vidas seguradas, sendo 625 colaboradores e 1.141 dependentes com participação mensal média da Citéluz de R$ 137.000,00.


Compromisso com Desenvolvimento Profisional e Pessoal Avaliação de Desempenho É realizada anualmente com todos os colaboradores, visando aferir o cumprimento do papel de cada um, afinar e alinhar percepções para o alcance de objetivos organizacionais e pessoais e a partir dos resultados, mapear pontos fortes a serem melhorados, contemplando aspectos comportamentais, habilidades e conhecimentos.

Saúde, Segurança e Qualidade de Vida Segurança do trabalho A Citéluz prima pela condições de segurança do trabalho, oferece aos colaboradores equipamentos de proteção coletiva e individual compatíveisl com os riscos das atividades realizadas e cumpre rigorosamente todas as medidas preventivas de acidente de trabalho, de acordo com o artigo 157 da Consolidação das Leis do Trabalho. É dever dos colaboradores seguir as normas e usar equipamentos de segurança que preservem sua saúde e integridade física. Em 2007, foram registrados 23 acidentes de trabalho com afastamento. Clima Organizacional Em 2006 foi realizada a primeira pesquisa de clima organizacional da Citéluz, abordando todos os aspectos do ambiente de trabalho na sede e nas regionais. Foram distribuídos 845 questionários, tendo sido respondido 717, índice altíssimo do ponto de vista estatístico. Os resultados foram divulgados em toda a empresa e discutidos em reuniões específicas entre a diretoria e os responsáveis locais. O resultado, muito positivo, mostrou uma real homogeneidade entre agências geograficamente distantes, onde as palavras chaves

17


foram: comprometimento, perspectivas corporativas e identidade de empresa. Atendendo às observações dos seus colaboradores, a empresa já lançou um programa de melhoria de relacionamento interpessoal, reforçou a sua estrutura de treinamento e está finalizando o plano de cargos, carreiras e salários. Trabalhos específicos também estão sendo implementados em função dos resultados locais. Essa pesquisa será realizada periodicamente e os resultados comunicados a todos os colaboradores, para que a satisfação em contribuir com a Citéluz aumente cada vez mais.

18


6. Meio Ambiente

A Citéluz entende que o meio ambiente natural deve ser respeitado e cuidado, sob pena da vida perecer no nosso planeta. Entende, também, que todos devem desenvolver suas atividades evitando causar impactos negativos à natureza, utilizando seus recursos de forma a não deixar faltar para as gerações futuras e ainda contribuir para que prosperem.

Reciclagem de 100% das Lâmpadas A totalidade das lâmpadas retiradas pela Citéluz dos sistemas de iluminação pública são descontaminadas por uma empresa especializada. O vidro é reaproveitado pela indústria de cerâmica e o mercúrio, depois de tratado, é destinado a empresas de insumos odontomédico. Em 2007 foram descontaminadas 54.436 lâmpadas.

Engajamento no Movimento Mundial pela Sustentabilidade Com a assinatura do Global Compact em 2006 e a observância dos seus princípios ambientais, a Citéluz incorporou às suas atividades tais princípios, passando a fazer parte do movimento mundial da ONU pela preservação e sustentabilidade do meio ambiente natural.

19


ISO 14000 Foi estabelecida como meta para o ano de 2008, o início da implantação da ISO 14000 em todas as agências com mais de dez meses de operação.

Plano de Comunicação Está previsto para 2008, dentro da política de Educação Ambiental, a intensificação da disseminação dos conceitos de sustentabilidade, através do programa de comunicação da empresa.

20


7. Fornecedores

“Na Citéluz eu me sinto feliz desempenhando minha função e tendo meu trabalho reconhecido. Quando entrei na Citeluz pude realizar um grande sonho, comprar meu carro.” Edilson dos Santos - Eletricista II Gerencia Regional Alogoas

A Citéluz vê seus fornecedores como parceiros de negócios e co-responsáveis pelo bom desempenho de suas atividades encerrou 2007 com mais de 1000 fornecedores. Além das relações comerciais, a empresa enxerga outras possibilidades de relacionamentos com eles no desenvolvimento de novos produtos, na formação e aperfeiçoamento de práticas gerenciais para os pequenos fornecedores e no estabelecimento de parcerias para implementação de projetos sociais e ambientais.

Indicadores 2007 Programa de Envolvimento da Cadeia Produtiva Este programa foi elaborado com o objetivo de criar políticas e mecanismos de gestão, para aprimorar e ampliar os relacionamentos com os fornecedores, através da implementação e disseminação do conceito de RSA adotado pela Citéluz. Foram definidos critérios de direitos humanos, ambientais e sociais para seleção e cadastro dos fornecedores e incluídas cláusulas nos contratos de fornecimento com previsão de rescisão nos casos de utilização de mão de obra infantil e/ou trabalho forçado.

21


Além disso, foram criados instrumentos para permitir um maior conhecimento dos fornecedores com relação a sua atuação técnica e sócio-ambiental, para facilitar a formação de parcerias.

Parceria Cultural Em 2007, a Citéluz, em conjunto com fornecedores, editou o livro “Estrada Real, o Presente Ilumina o Passado”. Foram 2000 exemplares, a um custo de R$ 147.011,00, tendo a Citéluz contribuído com R$ 77.011,00, utilizando-se de incentivos fiscais da Lei Rouanet.

22

Livro Estrada Real


8.Clientes

A satisfação dos clientes da Citéluz é assegurada pela qualidade dos serviços, a comunicação transparente, verdadeira e o atendimento interessado e focado em resultados. A qualidade dos serviços é garantida pela excelência dos materiais e pelo nível das tecnologias empregadas, além de serviços agregados, como por exemplo, o monitoramento dos pontos luminosos via internet, utilizando um sistema de gerenciamento informatizado que vem possibilitando o cumprimento das metas contratuais acima dos indicadores estabelecidos. A comunicação transparente e verdadeira é assegurada pelo seu alinhamento com os princípios e valores da organização, que não admite nem faz nenhum tipo de propaganda enganosa ou abusiva. E quanto ao atendimento, o principal canal é o Serviço de Tele-atendimento ao Consumidor, prestado em todos os locais aonde atua, via telefonia gratuita (0800) com equipes treinadas e qualificadas para atender às demandas. No total, a Citéluz possui 31 pontos de atendimento, tendo recebido em 2007, 304.419 chamadas, um aumento de 62,3% em relação às chamadas de 2006. Das reclamações, 90% foram solucionadas em menos de 24 horas e o restante em no máximo 72 horas.

23


9. Comunidade

Em 2007, com a elaboração do Programa de RSA – “Luz Solidária”, a Citéluz teve a oportunidade de aprofundar suas reflexões sobre seu papel social e sintetizá-la de forma a manterse ciente do cumprimento do seu papel econômico e cidadão, a Citéluz definiu no Programa Luz Solidária, critérios e focos de atuação visando contribuir para diminuição das carências sociais. Assim, adotou como critério de atuação o alinhamento das ações para a comunidade com suas atividades, para gerar sinergias e potencializá-las. Os focos prioritários são: ▪ O resgate da memória do povo brasileiro através da valorização dos monumentos históricos e da história e evolução da luz nos centros urbanos; ▪ A formação profissional de adolescentes nas áreas de sua competência, principalmente eletricistas; ▪ A disponibilização de materiais elétricos e força de trabalho para instituições filantrópicas. 24


Educação e Cultura Edição de Livros Em 2007 foram editados dois livros: Em conjunto com fornecedores, a Citéluz editou o livro “Estrada Real, o Presente Ilumina o Passado”. Foram 2000 exemplares, a um custo de R$ 147.011,00, tendo a empresa contribuído com R$ 77.011,00, utilizando-se de incentivos fiscais da Lei Rouanet. A Citéluz também apoiou a edição da Revista Jurídica do Ministério Público do Estado do Amazonas - Meio Ambiente. Foram distribuidos 1000 exemplares e a contribuição da Citéluz foi de R$ 13.600,00.

Direitos Humanos Apoio à Fundação ABRINQ A partir de 2006 a Citéluz passou a fazer doação mensal para a Fundação ABRINQ, como forma de engajar-se e apoiar iniciativas de combate ao trabalho infantil e a promoção dos direitos das crianças e dos adolescentes. Global Compact Com a assinatura do Global Compact em 2006, a Citéluz incorporou às suas atividades, princípios e valores fundamentais e internacionalmente aceitos, passando a fazer parte do movimento mundial da ONU pela defesa dos Direitos Humanos.

Paraesporte Remo Adaptado A Citéluz apoia a equipe brasileira de para-atletas que pretendem participar das Olimpíadas de Pequim nas modalidades de remo adaptável, guarnição 4/com, duble skiff. A empresa preparou projetos, doou fardamento, patrocinou a participação dos atletas em seminários preparatórios e firmou parceria com outros patrocinadores, tendo investido em 2007, R$ 17.552,00.

25


Auxílio a Entidades Filantrópicas APADA Esta entidade de utilidade pública oferece anualmente assistência a crianças e adolescentes carentes com deficiência auditiva. A Citéluz realizou em 2007, com profissionais voluntários, um diagnóstico das condições da instalação elétrica do local e mantém no prédio da sede um ponto de coleta de notas físcais que são doadas para esta instituição. ONG PACIÊNCIA VIVA Esta entidade tem por objetivo preservar o meio ambiente, incentivar a conscientização ecológica e desenvolver a cidadania nas comunidades em que atua, através de ações destinadas à melhoria das condições de saúde, educação, trabalho, renda, cultura, esporte e lazer. A Citéluz realizou com profissionais voluntários um diagnóstico das condições da instalação elétrica do local e doou 700 kg de materiais recicláveis fruto de sua ação interna do Dia do 5S.

26


10. Governo e Sociedade

Como principal ponto de suas atividades, a empresa tem Governos Municipais como um de seus principais clientes. Além de assinar o Global Compact que tem como um dos seus pilares o combate à corrupção, tem como meta incluir no Código de Ética o posicionamento de não admitir ações que desviem os agentes públicos de suas funções. Com relação à participação social, foi estabelecido como meta para 2008, no Plano de Ação de RSA da empresa, o apoio às políticas públicas relativas às garantias dos direitos das crianças e dos adolescentes através da doação de 1% do Imposto de Renda devido, para o Fundo da Criança e do Adolescente.

27


11. Diálogo com o Público de Interesse A Citéluz desenvolve suas atividades, buscando sempre a melhoria dos processos e a satisfação do seu público de interesse. O diálogo é fundamental, pois a constante troca de informações permite o alinhamento e a ratificação dos acertos e correções de rumos. Dessa maneira a empresa mantém diversos canais de comunicação formais com seu principal público de interesse. São realizadas reuniões quadrimestrais do Conselho Administrativo e uma anual com os Acionistas, Citelum Brasil e Ecoluz, para prestação de contas e alinhamento geral dos negócios. Disponibiliza para os clientes o tele-atendimento, um canal aberto e gratuito através do (0800) e ainda por intermédio do seu site, na seção Contato. Com relação aos colaboradores existem diversos canais internos de comunicação – intranet, campanhas de informação, Infoluz flash – Informativo on-line, e o jornal Infoluz, onde são divulgados fatos relevantes da atuação da empresa. 28

Com relação à sociedade e demais públicos de interesse, a partir de 2006, além dos balanços e relatórios contábeis, a Citéluz passa a publicar também o Balanço Social. Dessa forma, amplia a extensão e a dimensão do diálogo que mantém com seu público, agregando ao econômico e ao financeiro, a prestação de contas de suas ações sociais e ambientais.


Com o Balanço Social foi criado um canal de retorno, para viabilizar a quem desejar, manifestações sobre os assuntos e conteúdos publicados. Ao estabelecer esta via de retorno, a Citéluz acredita que torna o processo de diálogo mais democrático e participativo e, certamente terá como resultado o aperfeiçoamento da comunicação e por conseqüência dos relacionamentos com seu público de interesse.

29


“O clima de trabalho na agência de Manaus é muito bom! Com pouco tempo aprendemos a respeitar e conhecer os companheiros, e sentimo-nos respeitados também. Isso é muito bom!”

12. Reconhecimentos, Certificações e Selos

Em 2007 recebemos importantes certificados e selos: Manutenção do certificado ISO 9001 para todos os processos – conferido pela Germanischer Lloyd Certification para 5 unidades da Citéluz no Brasil. Selo Abrinq - Concedido pela Fundação Abrinq às empresas doadoras e amigas das crianças. Selo do Pacto Global – Pacto das Nações Unidas com o setor privado e atores sociais no intuito de contribuir no avanço da prática da responsabilidade social corporativa, na busca de uma economia global mais sustentável e inclusiva.

30

Jackson Amorim - Representate da Sustentabilidade Gerência Regional Amazonas


13. Demonstrativo do Balanรงo Social

Modelo IBASE

31


32


Balanço Social, Citéluz 2007  

Projeto gráfico, Luana Costa

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you