Page 1

Jovem Aprendiz

RELATÓRIO de 2007 a 2017

Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses. Rubem Alves


Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção. Paulo Freire

1


INTRODUÇÃO

Este relatório tem por objetivo apresentar o histórico e acompanhamento do Programa Jovem Aprendiz, da Vina Gestão de Resíduos Sólidos e Locação de Equipamentos. Foi feito um levantamento para resgatar a história do Programa na empresa e, por limitações de registros e informações, definimos dividir o relatório em duas partes: uma relativa aos anos de 2007 a 2014, mais sucinta, e, uma outra, mais detalhada a partir de 2015. Nos anos de 2007 a 2014, o acompanhamento desses Jovens não foi registrado, não encontramos relatórios, fotos ou documentos - além dos exigidos para a contratação e fiscalização - que nos informasse como foi o processo de implantação deste programa na empresa. Todas as informações aqui contidas, se baseiam no Livro de Registro, no depoimento de contratados e no depoimento do gestor responsável pelo projeto, naquela ocasião. Tentamos resgatar, dentro do possível, o histórico (burocrático) deste período, porém conseguimos poucas informações sobre a inserção, adaptação, desenvolvimento e desempenho destes Jovens, de maneira mais eficaz. Neste período, foram contratados dois Jovens, após o término do contrato de trabalho como Aprendizes. Esses dois contratados: Gabrielle Laila de Carvalho e Ítalo Rodrigo Leal Fernandes, que, até a data de fechamento deste documento, em 09 de maio de 2018, continuam fazendo parte da Equipe Vina. Em 2015, a coordenadora do Departamento Pessoal, com o suporte do Departamento Socioambiental, iniciou um trabalho de acompanhamento permanente dos Jovens Aprendizes. A partir dessa data implementou-se uma metodologia de inclusão social e profissional, que visa dar oportunidade aos jovens, moradores das comunidades do entorno da Vina, e dos Parceiros que

2


fazem parte da REDE Vina: UMEI Águas Claras, CRAS Petrópolis, CRAS Independência e Projeto Querubins. O objetivo desta mudança é promover o desenvolvimento profissional e social desses jovens e, consequentemente, de sua comunidade. Um segundo ponto desenvolvido, a partir desse período, refere-se ao trabalho que vêm sendo realizado, junto à equipe Vina, para combater o preconceito, que ainda existe em relação ao Aprendizes – uma vez que, ensinar demanda boa vontade, tempo e conhecimento. A filosofia da empresa é a de que todos fomos, e, sempre seremos, “aprendizes”, dessa forma, devemos cooperar com o aprendizado do outro, como também estar aberto a novos aprendizados e trocas com essa experiência.

3


O QUE DIZ A LEI?

Os estabelecimentos de qualquer natureza, exceto as microempresas e empresas de pequeno porte e as entidades sem fins lucrativos (ESFL), que têm por objetivo a formação profissional – são obrigados a empregar e matricular nos cursos dos Serviços Nacionais de Aprendizagem um número de aprendizes equivalente a 5%, no mínimo, e 15%, no máximo, dos trabalhadores existentes em cada estabelecimento, cujas funções demandem formação profissional. A cota, portanto, corresponde ao número de aprendizes resultantes da aplicação dos referidos

percentuais,

segundo

fatores

e

critérios

estabelecidos

pelo

poder

público.

Para a definição das funções que demandam formação profissional, deverá ser considerada a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). O cálculo do número de aprendizes a serem contratados terá por base o total de trabalhadores existentes em cada estabelecimento, cujas funções demandem formação profissional, excluindo-se aquelas que exijam para seu exercício habilitação profissional de nível técnico ou superior; e as funções caracterizadas como cargos de direção, de gerência ou de confiança. Ficam também excluídos na base de cálculo os empregados que executam serviços prestados sob o regime temporário, bem como os aprendizes já contratados. Os serviços executados por trabalhadores terceirizados deverão ser computados na cota da empresa prestadora de serviços. Nos cálculos da porcentagem da cota, as frações de unidade darão lugar à admissão de um aprendiz. Art. 434 - Os infratores das disposições deste Capítulo ficam sujeitos à multa de valor igual a 1 (um) salário mínimo regional, aplicada tantas vezes quantos forem os menores empregados em

4


desacordo com a lei, não podendo, todavia, a soma das multas exceder a 5 (cinco) vezes o saláriomínimo, salvo no caso de reincidência em que esse total poderá ser elevado ao dobro. A figura da aprendizagem adveio originalmente do Decreto nº. 13.064, de 12 de junho de 1918, que aprovava naquela época o Regulamento da então Escola de Aprendizes Artífices, assinado pelo então, Ministério de Estado dos Negócios da Agricultura, Industria e Comércio, hoje já extinto Em 16 de julho de 1942, a aprendizagem, especialmente na indústria, como espécie de contrato de trabalho nas empresas privadas, inaugurou-se com o Decreto-Lei nº. 4.481. Por motivos desconhecidos, o Decreto-Lei de 1942 caiu em descrédito. Em 10 de janeiro de 1946, foi a vez da normatização da aprendizagem no comércio, através do Decreto-Lei nº. 8.622. Entende-se que a Lei nº 10.097, de 19 de dezembro de 2000 (a Lei do Aprendiz, como foi conhecida), nasceu para reavivar os princípios e regras normatizados no Decreto-Lei nº 4.481 e no Decreto-Lei nº. 8.622, aperfeiçoando-os. A Lei do Aprendiz alterou dispositivos na CLT, para a inserção de normas protetoras ao menor de 18 anos, necessárias à sua capacitação profissional e obtenção de sua primeira experiência laboral. Atualmente, essa lei sofreu alterações com a edição da Medida Provisória nº. 251, de 14 de junho de 2005, que instituiu o Projeto Escola de Fábrica. Recentemente, a referida MP foi convertida na Lei nº 11.180, em 23 de setembro de 2005. Juntamente com orientações do Ministério do Trabalho e Emprego, através de suas portarias e instruções normativas, a aprendizagem profissional proporcionará ao jovem aprendiz sua inserção no mercado de trabalho, possibilitando sua primeira experiência trabalhista. Às normas legais citadas acima, acrescem ainda as portarias e instruções normativas baixadas pela Secretaria de Inspeção do Trabalho - SIT/MTE, para promover a orientação e fiscalização das condições de trabalho no âmbito dos programas de aprendizagem profissional. Assim, são pertinentes à questão apresentada, as seguintes normas:

5


- Decreto-Lei nº. 5.452, de 1º de maio de 1943 (CLT); - Lei nº. 10.097, de 19 de dezembro de 2000 (Lei do Aprendiz); - Lei nº. 11.180, de 23 de setembro de 2005 (altera dispositivos na CLT e na Lei do Aprendiz); - Portaria MTE nº. 702, de 18 de dezembro de 2001 (atribui fiscalização à SIT/MTE); - Portaria SIT/MTE nº. 20, de 13 de setembro de 2001 (atividades proibidas ao menor 18 anos); - Portaria SIT/MTE nº. 04, de 21 de março de 2002 (altera dispositivos na Portaria SIT nº. 20); - Instrução Normativa SIT/MTE nº. 20, de 19 de janeiro de 2001 (procedimentos para o SFISC - Instrução Normativa SIT/MTE nº. 26, de 20 de dezembro de 2001 (orientações para o SFISC).

6


JOVEM APRENDIZ / VINA Resgatando a História

Para elaborar este relatório, foi necessário fazer um resgate do histórico do Programa Jovem Aprendiz na Vina até o ano de 2014. Para isto, foi realizada a análise de documentos e um “bate papo” com gestores e contratados, em busca da história, das fiscalizações e das experiências vivenciadas neste período. A partir de 2015, a coordenação do Departamento Pessoal assume a gestão do Programa na empresa, no qual o acompanhamento se torna permanente e efetivo e uma nova metodologia é implementada: a metodologia de inclusão social e profissional dos jovens, moradores das comunidades do entorno da Vina. O objetivo é proporcionar a estes Jovens a oportunidade de se iniciarem na vida profissional. Além dos Jovens do entorno, essa nova metodologia propôs a alocação de Jovens também na REDE Vina, formada pelos Parceiros: Projeto Querubins, CRAS Petrópolis, CRAS Independência e UMEI Águas Claras, que assim como a Vina, priorizam a seleção de Jovens com histórico de exclusão social, em suas regiões. Dessa forma, este relatório terá dois importantes momentos: um no período de 2007 a 2014, mais sucinto e, outro, a partir de 2015, mais detalhado e com a nova metodologia. A seguir, os resultados da pesquisa do primeiro momento, referente ao período de 2007 a 2014.

7


Resgatando a História: 2007 a 2014

2007 - 2009 O Programa Jovem Aprendiz foi instituído na Vina, após uma fiscalização do Ministério do Trabalho, realizada em 27 de junho de 2007, no qual foi fixada a cota de sete aprendizes1 contratados. Em 8 de agosto 2007 a fiscalização foi encerrada, já que a empresa cumpriu a cota. Em 5 de dezembro do mesmo ano, a Vina recebeu a inspeção do Ministério do Trabalho, que redefiniu a cota para seis aprendizes. Os Aprendizes contratados realizaram o curso na ASSPROM – Associação Profissionalizante do Menor, por um período de seis meses. Não havia prática na empresa 2. Não conseguimos registros sobre o desempenho desses Aprendizes.

2010 Em 2010, a cota teve um aumento considerável, já que o número de funcionários da Vina aumentou. Em 28 de janeiro deste ano, a cota passou a ser de 15 aprendizes3. Em 3 de março, a cota foi reduzida para 13 aprendizes e em 8 de abril a fiscalização foi encerrada, já que a Vina cumpriu a meta. Os Aprendizes contratados realizaram o curso na ASSPROM, por um período de seis meses. Não havia prática na empresa. Não conseguimos registros sobre o desempenho desses Aprendizes.

1

A Notificação 298 encontra-se disponível no Departamento Pessoal. Não havia pratica na empresa por questões que passam pela visão do Gestor responsável por esta ação, como também pela falta de estrutura organizacional e espacial, da Vina, na ocasião. 3 A Notificação 4563 encontra-se. no ANEXO deste documento. 2

8


2011 Em 18 de agosto, a cota teve mais um aumento, passando de 13 para 16 aprendizes4. A fiscalização ocorreu em 25 de agosto e foi encerrada no mesmo mês, já que a Vina cumpriu a meta. Os Aprendizes contratados realizaram o curso na ASSPROM, por um período de um ano. Não havia prática na empresa. Não conseguimos registros sobre o desempenho desses Aprendizes.

2012 Em 2 de março, a cota foi de 15 aprendizes 5 , sendo que no momento da fiscalização, havia 11 aprendizes contratados e 4 em processo de contratação. Em 21 de agosto, houve um aumento considerável na cota: 24 aprendizes6. A partir deste ano, os Aprendizes realizaram o curso no SENAI

7

- Serviço Nacional de

Aprendizagem Industrial, por um período de seis meses. Não havia prática na empresa. Não conseguimos registros sobre o desempenho desses Aprendizes.

4

A Notificação 3229 encontra-se no ANEXO deste documento. A Notificação 433 encontra-se disponível no Departamento Pessoal. 6 A Notificação 3698 encontra-se disponível no Departamento Pessoal. 7 www.senaimg.com.br 5

9


2013 Em 20 de março, a cota foi de 30 aprendizes8, sendo que no momento da fiscalização, havia 18 aprendizes contratados e 12 em processo de contratação. Em 19 de agosto, a fiscalização 9 foi encerrada, já que a Vina cumpriu a meta. Os Aprendizes realizaram o curso no SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, por um período de seis meses. Não havia prática na empresa. Não conseguimos registros sobre o desempenho desses Aprendizes.

2014 Em 20 de fevereiro, a cota foi de 29 aprendizes10, sendo que no momento da fiscalização, havia 21 aprendizes contratados e 8 em processo de contratação. No mesmo dia a fiscalização foi encerrada, já que a Vina cumpriu a meta. Os Aprendizes realizaram o curso no SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, por um período de seis meses. Não havia prática na empresa. Não conseguimos registros sobre o desempenho desses Aprendizes.

8

A Notificação 485 encontra-se disponível no Departamento Pessoal. A Notificação 4096 encontra-se disponível no Departamento Pessoal. 10 A Notificação 985 encontra-se disponível no Departamento Pessoal. 9

10


UMA NOVA VISÃO: 2015 A 2017

O segundo momento importante na história do Programa Jovem Aprendiz na Vina, começa a partir de 2015, quando ele passa a ser conduzido com uma nova visão sobre papel da empresa, perante o desenvolvimento desses Jovens. O Departamento Pessoal assume a coordenação do Programa, e estuda a possibilidade de alterar a metodologia adotada pelo SENAI – a instituição era quem captava os Jovens - até aquele momento. A ideia foi promover a inclusão profissional e social dos Jovens da comunidade, parentes ou conhecidos da equipe Vina e moradores do entorno da empresa. Para tanto, a coordenação procurou o SENAI e propôs que o processo fosse invertido, ou seja, a Vina e seus Parceiros indicariam os candidatos à vaga, e não o SENAI. Essa solicitação foi bem aceita e, em 2016, foi adotada. Em 2015, os Jovens ainda vivenciaram a prática no SENAI, sendo que dos 41 contratados, somente 10 realizaram prática11 na Vina. Isso porque existia uma preocupação por parte da diretoria administrativa/ financeira, em relação à falta de estrutura da empresa para recebê-los, e, também, da grande demanda de tempo, para a Equipe Vina ensinar e acompanhar 41 Jovens, sem afetar a rotina da empresa. Para solucionar essas questões, a coordenadora do Departamento Pessoal, sugeriu que as Instituições Parceiras 12 da Vina, que formam a REDE Vina, alocassem parte dos Jovens, proporcionando-lhes a oportunidade da prática, tão necessária, no processo de aprendizagem. Dessa forma, a partir de 2016, as contratações dos Jovens Aprendizes foram feitas com a prática na empresa e nas Instituições Parceiras.

11 12

Desses 10 alunos, 2 desistiram durante o curso no SENAI. Para informações sobre os parceiros, ver pag. 13 e 14

11


2015 Em 7 de agosto a cota de 41 aprendizes13 foi cumprida. No mesmo dia a fiscalização foi encerrada, já que a Vina cumpriu a meta. Todos os aprendizes realizaram o curso no SENAI, por um período de seis meses. Após este período, 31 aprendizes continuaram no SENAI por mais seis meses e 1014 aprendizes foram realizar a prática na empresa.

2016 Em 2016, a nova metodologia foi adotada e testada. Participaram do processo seletivo, em torno de 50 Jovens da comunidade. Os aprovados foram contratados e alocados nas Instituições Parceiras, como mostra abaixo: 1. Projeto Querubins: 8 jovens da comunidade Vila Acaba Mundo. 2. CRAS Petrópolis: 4 jovens moradores da comunidade do entorno. 3. CRAS Independência: 2 jovens moradores da comunidade do entorno. 4. UMEI Águas Claras: 2 jovens moradores da comunidade do entorno.

Em 18 de agosto, a cota foi de 48 aprendizes15, sendo que no momento da fiscalização, havia 21 aprendizes contratados e 30 em processo de contratação. No mesmo dia a fiscalização16 foi encerrada, já que a Vina cumpriu a meta. Os Aprendizes realizaram o curso no SENAI por um período de seis meses e a prática foi realizada na Vina e nas Instituições Parceiras, por mais seis meses.

13

A Notificação encontra-se disponível no Departamento Pessoal. Desses 10 alunos, 2 desistiram durante o curso no SENAI. 15 A Notificação 773 encontra- se disponível no Departamento Pessoal. 16 Essa notificação encontra-. se disponível no Departamento Pessoal. 14

12


2017 Como a empresa está cumprindo sua cota, este ano não tivemos fiscalização. Os Aprendizes realizaram o curso no SENAI por um período de um ano e a prática realizada na Vina e nas Instituições Parceiras, teve seu início em 10 de julho de 2017.

Parceria: REDE Vina Departamento Socioambiental Vina O Departamento Socioambiental da Vina realiza diversas ações, de responsabilidade socioambiental, e vem promovendo parcerias, com diferentes setores da sociedade, apoiando e incentivando projetos de pesquisa, de educação e oferecendo oportunidades de inclusão social com geração de trabalho e renda. As parcerias da ação Jovem Aprendiz, na Vina está sendo realizada com alguns dos parceiros do Departamento Socioambiental:

Parceria Vina / UMEI Águas Claras Desde 2012, o Departamento Socioambiental mantém uma parceria17 com a UMEI Águas Claras, cujo o foco é a aproximação entre a empresa e a comunidade local, promovendo ações de educação socioambiental, lazer, oficinas e geração de trabalho renda. De julho de 2016 a julho de 2017, a UMEI Águas Claras recebeu 2 Jovens Aprendizes, moradores da comunidade, para realizar a prática profissional no setor administrativo da escola.

17

Parceria informal Vina/Umei – mais detalhes estão disponíveis no Departamento Socioambiental.

13


Parceria Vina / CRAS Petrópolis Iniciada no I semestre de 2015, a parceria com o CRAS Petrópolis começou através da disponibilização de suas quadras de futebol para equipe interna Vina. Como contrapartida o CRAS solicitou à Vina a manutenção de um de seus espaços através do serviço de capina. De julho de 2016 a julho de 2017, o CRAS Petrópolis recebeu 4 Jovens Aprendizes, moradores da comunidade, para realizar a prática profissional no setor administrativo do CRAS.

Parceria Vina / CRAS Independência A parceria com o CRAS Independência iniciou através da indicação do CRAS Petrópolis. De julho de 2016 a julho de 2017, o CRAS Independência recebeu 2 Jovens Aprendizes, moradores da comunidade, para realizar a prática profissional no setor administrativo do CRAS.

Parceria Vina / Querubins Desde 2004, a Vina mantém parceria com a Associação Querubins, apoiando diferentes ações de educação ambiental. Em 2016, o Querubins indicou 15 Jovens da comunidade, e 8 foram contratados e realizaram o curso de Processos Administrativos no SENAI. Neste ano, esses Jovens estão realizando a prática profissional, no setor administrativo, da Associação Querubins. Em 2017, foi feita uma alteração na carga horária dos contratados, passando a fazer as aulas teóricas por um ano e a prática, por mais um ano. Essa ampliação do período permitirá uma experiência e aprendizado mais efetivos.

14


PROCESSO SELETIVO 2016 Nova Metodologia de Inclusão

O processo seletivo era realizado pelo SENAI, que recrutava os Jovens e os encaminhava/indicava para a empresa. Com o intuito de desenvolver os Jovens da comunidade local, a coordenadora do Programa Jovem Aprendiz Vina, teve a ideia de fazer o caminho contrário: a Vina e suas Instituições Parceiras captariam os Jovens moradores da comunidade do entorno e os selecionariam. Os Jovens selecionados seriam encaminham para o SENAI. Essa mudança na condução do processo desenvolveu e valorizou os jovens da comunidade.

Processo Seletivo Aprendizes – Projeto Querubins – junho 2016.

15


Processo Seletivo CRAS Petrópolis e UMEI Águas Claras – Aplicação de prova Junho de 2015

Processo Seletivo Projeto Querubins – Aplicação de prova junho de 2016.

16


Processo Seletivo Projeto CRAS Petrรณpolis e UMEI รguas Claras - junho de 2016.

17


SENSIBILIZAÇÃO JOVEM APRENDIZ 2016 Em outubro de 2016, foi realizada a Sensibilização da Equipe Vina, com foco na corresponsabilidade de todos na formação dos Jovens Aprendizes. Além de ser Lei, o Programa Jovem Aprendiz é uma ferramenta de inserção de Jovens, no mercado de trabalho, capacitando profissionais em formação, que atuarão em diversos setores do mercado.

Durante a sensibilização a equipe foi participativa, esclareceu dúvidas sobre a legislação, e se dispuseram a atuarem na construção do aprendizado dos Jovens. A Coordenadora do Programa Jovem Aprendiz na empresa, Kátia Santos, enfatizou que o diferencial da Vina é “fazer desse programa, não apenas o cumprimento de uma cota, mas sim a oportunidade de vivenciar a corresponsabilidade com o crescimento do todo, neste caso, além de ensinar, auxiliar e orientar, contribuir com a formação de jovens para o mercado de trabalho e como cidadãos responsáveis por suas ações e escolhas”.

18


Ela disse ainda esperar que “cada um da Equipe contribua com o aprendizado dos Jovens. Embora eles estejam conosco por um curto período, será de grande importância para sua trajetória profissional. É importante lembrar que todos nós passamos por situações parecidas, onde, certamente alguém nos ensinou, auxiliou, orientou. A corresponsabilidade, tão difundida pelos nossos diretores, tem aqui um papel fundamental, para que o objetivo deste programa se cumpra”. Os ex Jovens Aprendizes, Ítalo Fernandes, Gabrielle Carvalho e Danielle Souza, foram convidados para falar sobre a experiência vivida como Jovem Aprendiz na empresa, e sobre a experiência como profissionais na própria Vina. Eles enfatizaram a importância das pessoas que os orientaram e acompanharam, durante o programa Jovem Aprendiz na sua formação profissional.

19


ENCONTRO JOVEM APRENDIZ 2016 A Sensibilização buscou fazer com que a Equipe Vina refletisse sobre a importância de colaborar com a formação dos Jovens. Abaixo a coordenadora do Departamento Pessoal, e as Jovens Aprendizes.

20


BOAS VINDAS 2017

No dia 10 de julho de 2017 foi realizado o evento de boas-vindas aos Jovens Aprendizes que iniciariam a formação prática. Foram convidados os Parceiros da REDE Vina: CRAS Petrópolis, CRAS Independência e UMEI Águas Claras, para participar do evento. Os Jovens Aprendizes se apresentaram e falaram sobre a experiência vivida no curso realizado no SENAI. A Vina e os Parceiros, além de dar as boas-vindas, esclareceram dúvidas, e reforçaram a corresponsabilidade de suas equipes na formação dos Jovens, onde a proatividade do Jovem, unida ao conhecimento em constante troca com as Equipes, resultaria na formação do profissional e na cooperação com as atividades que a empresa exerce. Durante o curso no SENAI, alguns Jovens foram reprovados e outros, desistiram. Dessa forma a divisão dos Jovens entre a Vina e os Parceiros foi reorganizada, conforme apresentado nas págs. 41 a 50, deste relatório.

Figura 1 Vânia (UMEI Águas Claras ); Iara e Carla (CRAS)

Figura 2 Coordenadora do Depto. Socioambiental Cláudia

21


CONTRATADOS 2007 A 2014 Resgatando a História Os primeiros Jovens Aprendizes foram contratados, após uma fiscalização do Ministério do Trabalho em agosto de 2007. Abaixo segue a relação por ano de contratação:

2007 Admissão: 01/08/2007 - Demissão: 19/12/2007 - Aprendiz de mecânica/ manutenção

1. Cristopher Lucas Brito Diniz 2. David Paul Marques de Jesus 3. Douglas Mendes dos Santos 4. Eduardo Muniz Silva 5. Gabriel Alberto Souza Moreira 6. Jorge Antônio Saraiva Ferreira 7. Jorge Luiz Goncalves Pessoa

22


2008 18

Admissão: 11/02/2008 - Demissão: 10/08/2009 - Aprendizes de Marcenaria

1. Amanda Bruna De Souza 2. Ana Carolina Martins de Oliveira 3. Bruno Andrade Da Silva 4. Conrado Guilherme de Souza 5. Diego Henrique de Castro Aniceto 6. Douglas Ferreira Da Rocha Borges

18

Este programa nos anos de 2009 e 2010 foi cumprido mas, por questões internas de organização e espaço físico, a empresa precisou manter os Jovens Aprendizes em casa cumprindo, apenas a parte teórica exigida.

23


2011 Admissão: 25/07/2011 - Demissão: 16/12/2011 – Processos Administrativos 1. Ana Karollyna Gomes da Silva 2. Ana Paula Dias de Lima 3. Camilla Cristina de Oliveira Reis 4. Chayanne Fernandes de Freitas Barroso 5. Gabrielle Laila de Carvalho 6. Humberto Brener Magalhaes De Morais 7. Jessica Soares de Lima 8. Joao Paulo Caldeira Ramos 9. Leticia Gabrielle Diniz Roberto 10. Octavio Cassio Rodrigues da Silva 11. Polyana Fernandes Lopes 12. Sabrina Abreu Pereira 13. Tamires Magda Rodrigues Teixeira Correa 14. Tatiane Bruna Alves Pereira

24


2012 Admissão: 23/01/2012 - Demissão: 29/06/2012 - Processos Administrativos 1. Bruna Debora Pacheco 2. Dandara Carolina Pinheiro da Silva 3. Geisa Faria Santos 4. Isabela Agnes de Sousa Braga 5. Izabela Sousa Aredes 6. Jhonata Santos Pereira 7. Larrivia Martins Lourenco 8. Laura Maia de Araújo 9. Lorena Aparecida de Sousa Amaral 10. Louis Rangel Amaral Gomes

Admissão: 16/07/2012 - Demissão: 19/12/2012 - Processos Administrativos

1. Alaor Souza Oliveira 2. Hellen do Nascimento Silva 3. Larissa da Silva Carneiro 4. Leonan de Freitas Magalhaes 5. Lucas Antunes Vieira 6. Rafael de Souza Alves 7. Claudiane Santos Almeida 8. Rian Goncalves da Silva

25


Admissão: 20/08/2012 - Demissão: 18/08/2014 - Processos Administrativos

1. Airton Andrade Silva 2. Elaine Pereira Quintino 3. Elisangela Ferreira dos Santos 4. Emily Thais Goncalves Oliveira 5. Grazielle Felipe Ramalho 6. Ítalo Rodrigo Leal Fernandes 7. Janaina Rosa Santiago Galisa 8. Jardel Henrique dos Reis Galisa 9. Joao Vitor da Cruz 10. Mateus Pereira Souza Santos 11. Pamela Rosa Fernandes Lopes 12. Raiane Myllena Mario dos Santos 13. Tatiele Milene Mario Pires da Silva 14. Thiery Rodrigues da Silva

26


2013 Admissão: 22/02/2013 - Demissão: 19/12/2013 - Processos Administrativos

1. Aline Marina Lopes 2. Anna Luiza Marques Lopes 3. Carlos Henrique Felizardo 4. Caroline Cristina Da Silva 5. Daniele Moreira Barbosa 6. Francielle Rocha De Amorim 7. Gabrielle Agda Paulina Viana 8. Guilherme Carlos Krusemark De Souza 9. Igor Miranda De Oliveira Andrade 10. Isabela Rodrigues Almeida 11. Jessica Kelly Da Silva Pedrosa 12. Jessica Lorraine Souza Lima 13. Josué Goncalves Barbosa 14. Silvia Guimaraes Dos Santos 15. Tatielle Rocha De Amorim 16. Vanessa Cafuri Medeiros Moraes 17. Warley Simões Silva Junior

27


2014 Admissão: 27/01/2014 - Demissão: 9/12/2014 - Processos Administrativos

1. Diego Jose Batista Ganga 2. Douglas Costa Krul 3. Fabrícia Fantini Carvalho 4. Fernando Augusto Sales Mendes 5. Geraldo Daniel Neres dos Santos 6. Herculles Santiago Lordeiro 7. Igor Aparecido Santana Das Chagas 8. Igor Resende Soares 9. Ítalo Eustáquio da Silva 10. Joao Victor Fernandes Tome 11. Júlio Henrique Marques Teixeira 12. Lucas Kellvyn Alves Mascarenhas 13. Lucas Sacramento Barbosa 14. Lucelio Geraldo Souza 15. Luis Filipe Resende Pereira 16. Luiz Henrique Aguiar Bastos 17. Marcos Paulo Barreto Silva 18. Matheus Ferreira Fonseca 19. Matheus Henrique da Costa Carvalho 20. Matheus Rodrigues Santana Silva 21. Matheus Santos Pereira

28


2015 Admissão: 02/02/2015 - Demissão: 11/12/2015 - Processos Administrativos

1. Alexsander Cardoso Reis 2. Alexsander Ferreira Resende 3. Aline Cristina Souza De Oliveira 4. Caio Henrique Campolina Soares 5. Daniel Fernandes do Carmo 6. Danielle de Abreu Souza 7. Diessika Poliany da S. Lopes 8. Fabio Augusto Santos Vasconcelos 9. Gabriel Hipólito Dias 10. Gustavo Lucio Almeida Silva 11. Igor De Oliveira Camilo 12. Ítalo Felipe De C Solano 13. Kaio Lucas Alves Romão 14. Kelwin Nascimento Helmer Mariano 15. Keven Junior Dos Santos Lopes 16. Lívia De Almeida Coli 17. Luis Henrique Dos Santos Vasconcelos 18. Luiz Fernando Dias Faria 19. Maria Eduarda Brito Canabrava 20. Mariana Pereira Oliveira 21. Mariane Cristina Mendes Santos Oliveira

29


22. Miguel Itallo Diniz Silva 23. Nivea Alves Ferreira Vieira 24. Octavio Henrique De Jesus Oliveira 25. Ozias Soares Marques Da Silva Junior 26. Pablo Vieira De Souza 27. Paula Da Silva Nascimento 28. Paulane De Souza Ferreira 29. Pedro Augusto Dos Reis Assis 30. Pedro Henrique De M E Silva 31. Rafael De Souza Gomes 32. Rafaela Ferreira De Sousa 33. Reano Carlos Dos Santos Maia 34. Suellen Karen Da Costa Lima 35. Tawany Caroline Rocha Viana 36. Victor Henrique Oliveira Morais 37. Vinicius Alves De Souza 38. Vinicius Da Silva 39. Vinicius SimĂľes Dos Santos 40. Wagner Ferreira Rusth 41. Wanderson Da Silva Costa 42. Willian Rodrigues De Souza

30


Admissão: 20/07/2015 - Demissão: 28/06/2016 - Processos Administrativos

1. Ana Carolina Silva Costa 2. Camila Hortencia Pires Ferreira 3. Frederico Cesar Carvalho Trindade 4. Gabriel Felipe Dos Santos 5. Gabriel Vilarino Gomes 6. Giovanna Menezes Costa 7. Guilherme Jesus Santos Moura 8. Karin Leticia Gonçalves Aquino 9. Keyla Junia Abreu 10. Lucas Souza Batista 11. Luiz Henrique Da Silva Alves 12. Matheus Henrique Silva Almeida 13. Rayssa Kelly Fernandes Silva 14. Samuel Dos Santos Veloso 15. Samuel Junio Rocha Dos Santos 16. Tamara Ramalho Nunes 17. Tatiana Cardoso De Oliveira 18. Vitor Jose Da Costa Reis 19. Wemerson Da Silva Santana 20. Yago Campos Camargo

31


CONTRATADOS 2016 Vina Sede Nome: Afonso Henrique do Carmo Ferraz Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Oficina Central Alocação: Compras Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestor: Pierre Carlos Costa Contatos: pierre@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

Nome: Ana Paula de Jesus da Rocha Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Locações e Reservas Alocação: Locações e Reservas Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Kênia Fabrícia da Silva Contatos: keniafabricia@vinaec.com.br – (31)3479-8181

32


Nome: Andressa Fernanda Pereira da Silva Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Departamento Pessoal Alocação: Departamento Pessoal Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Kátia Aparecida dos Santos Contatos: katia@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

Nome: Daysiane de Jesus Santos Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Socioambiental Alocação: Socioambiental Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Cláudia Lessa Contatos: vinasocial@gmail.com

Nome: Francielle Novaes Pereira de Freitas Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Sócio Ambiental Alocação: Socioambiental Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Cláudia Lessa Contatos: vinasocial@gmail.com

33


Nome: Gabriel Ribeiro Alves Resende Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Oficina Central Alocação: Manutenção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestor: Pierre Carlos Costa Contatos: pierre@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

Nome: Gabriel Ribeiro Castro Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Oficina Central Alocação: Manutenção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestor: Pierre Carlos Costa Contatos: pierre@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

Nome: Igor Ribeiro Nascimento Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Almoxarifado Alocação: Almoxarifado Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Gabrielle Laila de Carvalho Contatos: almoxarifado@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

34


Nome: Larissa Ribeiro Silvestre Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Comercial Alocação: Comercial Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestor: Jamerson Oliveira de Carvalho Contatos: comercial@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

Nome: Leticia Lorraine do Nascimento Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: SESMT Alocação: SESMT Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Rosimary Márcia Bodrão Contatos: rosimary@vinaec.com.br – (31)3479-8181

Nome: Thaynnara Ester Luiza Chaves da Silva Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Departamento Pessoal Alocação: Departamento Pessoal Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Kátia Aparecida dos Santos Contatos: katia@vinaec.com.br – (31) 3479-8181

35


CONTRATADOS 2016 CRAS Petrópolis Nome: Aline Sinfrônio de Oliveira Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/05/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

Nome: Ana Flávia Nascimento Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

36


Nome: Beatriz Danielle Dias de Paula Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

Nome: Luiza Moreira Figueiredo Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

Nome: Mayara Lopes Silva Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

37


Nome: Ruan Gomes Ribeiro Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

Nome: Tais Laura Miranda Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Tele Centro/Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973

38


CONTRATADOS 2016 UMEI Águas Claras Nome: Sarah Lima Oliveira Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: UMEI Águas Claras Alocação: Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Vânia Michel Contatos: vaniagmm@edu.pbh.gov.br - 9 8859-3951

Nome: Yuri de Souza Monteiro Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: UMEI Águas Claras Alocação: Recepção Admissão: 01/02/2016 Rescisão: 30/12/2016 Gestora: Vânia Michel Contatos: vaniagmm@edu.pbh.gov.br - 9 8859-3951

39


CONTRATADOS 2017 Vina Sede Nome: Ana Luísa Rodrigues Silva Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Departamento Comercial Alocação: Comercial Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestor: Jamerson Oliveira de Carvalho Contatos: comercial@vinaec.com.br – (31) 3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento Jamerson Oliveira - 2017

Nome: Fernanda Leticia Anastácio Costa Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Departamento Socioambiental Alocação: Socioambiental Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Cláudia Lessa Contatos: vinasocial@gmail.com Clique aqui para acessar o Depoimento Departamento Socioambiental - 2017

40


Nome: Gabriel Ferreira Santiago Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Oficina Central Alocação: Manutenção Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2017 Gestor: Pierre Carlos Costa Contatos: pierre@vinaec.com.br – (31) 3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento Pierre Carlos - 2017

Nome: Leonardo Magno Pereira da Silva Miranda Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Oficina Central Alocação: Compras Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2017 Gestor: Pierre Carlos Costa Contatos: pierre@vinaec.com.br – (31) 3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento Pierre Carlos - 2017

Nome: Maressa Pereira Reis Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Departamento Pessoal Alocação: Departamento Pessoal Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2017 Gestora: Kátia Aparecida dos Santos Contatos: katia@vinaec.com.br – (31) 3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento Kátia Santos I - 2017

41


Nome: Renan Henrique da Silva Santos Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Almoxarifado Alocação: Almoxarifado Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Silvana Lessa Contatos: almoxarifado@vinaec.com.br Clique aqui para acessar o Depoimento Silvana Lessa - 2017

Nome: Ryan Brener Cunha Silva Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Oficina Central Alocação: Manutenção Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestor: Pierre Carlos Costa Contatos: pierre@vinaec.com.br – (31) 3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento Pierre Carlos - 2017

42


Nome: Vanessa Inácio Costa Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Departamento Pessoal Alocação: Departamento Pessoal Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2017 Gestora: Kátia Aparecida dos Santos Contatos: katia@vinaec.com.br – (31) 3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento Kátia Santos II - 2017

Nome: Vitória Emanuelle Patrício Guedes Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: SESMT Alocação: SESMT Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Rosimary Márcia Bodrão Contatos: rosimary@vinaec.com.br – (31)3479-8181 Clique aqui para acessar o Depoimento SESMT - 2017

43


CONTRATADOS 2017 CRAS Petrópolis Nome: Carlos Eduardo Costa Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Recepção/Administração Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Iara – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973 Clique aqui para acessar o Depoimento CRAS Petrópolis - 2017

Nome: Warley de Oliveira Lopes Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Petrópolis Alocação: Recepção/Administração Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Ângela Maria de Souza Oliveira – Coordenadora Contatos: cras.petropolis@pbh.gov.br – (31) 3277-9578/3277-5973 Clique aqui para acessar o Depoimento CRAS Petrópolis - 2017

44


CONTRATADOS 2017 UMEI Águas Claras19 Nome: Alberto Leite de Souza Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: UMEI Águas Claras Alocação: Recepção Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Vânia Michel Contatos: vaniagmm@edu.pbh.gov.br - 9 8859-3951

19

Não consta o depoimento da Gestora da UMEI Águas Claras, pois até o fechamento deste documento não foi apresentado.

45


CONTRATADOS 2017 Projeto Querubins Nome: Jardel Custodio de Souza Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Projetos Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017

Nome: Mateus Vieira da Silva Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Administração Pedagógica Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017

46


Nome: Nayara Kimberly Alves de Assis Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Administração Pedagógica Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017

Nome: Priscila Ângela dos Santos Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Projetos Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Nome: Raquel de Jesus da Silva Santana Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Projetos Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017

47


Nome: Samara Souza de Lima Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Secretaria Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017

Nome: Wallace Vinicius Oliveira Ramalho Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Administração Manutenção e Logística Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magma Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017 Nome: Wesley Lima de Souza Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: Querubins Alocação: Administração Manutenção e Logística Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Magda Coutinho Contatos: projetos@querubins.org.br / (31) 3227-7454 Clique aqui para Depoimento Querubins - 2017

48


CONTRATADOS 201720 CRAS Independência Nome: Luciana dos Santos Ferreira Função: Aprendiz Processos Administrativos Setor: CRAS Independência Alocação: Recepção Admissão: 01/08/2016 Rescisão: 20/07/2018 Gestora: Karla Alessandra de Castro Costa Contatos: cras.independencia@pbh.gov.br - (31) 3277-5977 Clique aqui para acessar o Depoimento CRAS Independência 2017

20

Na atualização do I semestre de 2018, serão dados detalhes destas parcerias: aspectos positivos e negativos na visão da empresa e dos parceiros

49


CONSIDERAÇÕES FINAIS Considerando a evolução da inserção dos Jovens Aprendizes na Vina, acreditamos que o programa tem cumprido seu objetivo de iniciar a formação de Jovens para o mercado de trabalho. O histórico da relação empresa – programa, demonstra que, para além do cumprimento da Lei, o que se busca hoje é a formação do Jovem, unida à formação da Equipe, no que se refere ao processo em construção, de uma visão de corresponsabilidade sobre todos os processos que envolvem a sociedade e o ambiente. Os Aprendizes que permaneceram na empresa, são exemplos de que a dedicação que a Equipe dispensou a eles, aliado ao interesse deles em aprender, pôde resultar em suas contratações, iniciando, naquele momento, a carreira profissional destes Jovens. É importante ressaltar que o enfrentamento do preconceito, no que se refere à orientação destes jovens, deve ser sempre trabalhada, de tempos em tempos, com a Equipe. A ideia de que ensinar, demanda tempo e paciência não pode estar separada do entendimento que a todo momento estamos ensinando e aprendendo. Em 2017, incluiu-se neste relatório a visão dos Aprendizes, e o depoimento dos gestores Parceiros, sobre a experiência. Esses documentos encontram-se disponíveis para consulta no Departamento Pessoal.

50


51


ANEXOS ANEXO 1- ACOMPANHAMENTO 2016 Acompanhamento Pratica SENAI

ANEXO 2 - DEPOIMENTO ESPONTANEO JOVEM APRENDIZ 2015 Depoimento Jovem Aprendiz Wagner 2015 Depoimento Jovem Aprendiz Maria Eduarda 2015

ANEXO 3 - DEPOIMENTO ESPONTANEO JOVEM APRENDIZ 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Thaynara 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Sara Lima 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Letícia Nascimento 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Daysiane 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Andressa 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Ana Paula 2016 Depoimento Jovem Aprendiz Ana Flavia 2016

52


ANEXO 4 - DEPOIMENTO ESPONTANEO JOVEM APRENDIZ 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Vitoria 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Vanessa 2017 Depoimento Jovem aprendiz Ryan 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Renan 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Maressa 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Leonardo 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Gabriel 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Fernanda 2017 Depoimento Jovem Aprendiz Ana Luíza 2017

ANEXO 5 - DEPOIMENTOS GESTORES 2015 Depoimento Gestores 2015: Cassimara Ribeiro Depoimento Gestores 2015: Kátia Santos

ANEXO 6 - DEPOIMENTOS GESTORES 2016 Depoimento Gestores 2016: Kátia Santos Depoimento Gestores 2016: Lincoln Andrade Depoimento Gestores 2016: Vânia Michel Depoimento Gestores 2016: Jamerson Oliveira Depoimento Gestores 2016: Gabrielle Carvalho Depoimento Gestores 2016: Ângela Cras Petrópolis

53


ANEXO 7 – NOTIFICAÇÃO MINISTÉRIO DO TRABALHO

FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 08-12-2009 FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 27-06-2011 FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 10-12-2011 FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 14-11-2012 FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 13-06-2013 FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 22-11-2013 FISCALIZAÇÃO DO TRABALHO 01-06-2016

54

Jovem Aprendiz 2017  
Jovem Aprendiz 2017  
Advertisement