Page 1

A última Blitz MP3 de 2012 parou o aluno Francisco Eugenio Kühn, 15 anos, da turma 421F, que escutava a música Back in black, do AC/DC. O estudante escuta diversos estilos de música e cantores, como música gaúcha e eletrônica, e diz curtir bastante a banda brasileira Mamonas Assassinas. Como conhece as músicas que escuta? Pelo convívio com a irmã. Sua particularidade: “Não penso direito sem escutar música”, afirma Francisco.

O Liquidificador deste mês traz o trabalho da aluna Julia Volmer Spiecher, 11 anos, da turma 311F. De acordo com a professora de Artes Cristina Zeni, os alunos receberam o xerox de uma famosa escultura grega, que poderia ser Vênus de Milo ou Discóbolo de Míron, e a partir da imagem, com colagens e desenhos, era feita uma modernização da obra. “No caso da Julia, ela utilizou só a barriga da Vênus para criar em sua imagem uma Vênus da dança ou da música”, explica Cristina.


Use sua risada como terapia Alguns riem porque estão felizes, outros porque estão nervosos, emocionados, ou com medo. Enfim, existem diversos tipos de risada. O importante, de acordo com psicólogos, é que seu sorriso, quando verdadeiro, pode ser o melhor remédio para seus males

Foto de Eduardo Henrique Eich Dihl, Laura Guilherme Pinto e Gabriel Diefenbach

N Você tem alguma sugestão, crítica, trabalho, foto, festa para divulgar? Mande para o nosso e-mail: link@feevale.br.

o mundo encantado da natureza: entre flores e poesias. Assim se chamou a mostra pedagógica realizada pela turma 211F em novembro, onde foram mostrados trabalhos feitos pelos alunos em sala de aula. Entre chás, pedidos e poesias, o que chamava a atenção eram as fotos de plantas coloridas tiradas pelos próprios estudantes. Onde? Na Escola de Aplicação. De acordo com a professora da turma, Michele Petersen, o objetivo da atividade era incentivar a preservação ambiental nos mínimos detalhes, a partir dos ambientes em que vivem, como a Escola. Para adquirir conhecimentos sobre fotografia, foi realizada uma oficina com o acadêmico de Publicidade e Propaganda, Leonardo Bach. “O resultado foi surpreendente, revelando pequenos grandes fotógrafos na turma 211F”, afirma a professora Michele, ao contar que as fotos foram, também, inspiração para textos poéticos dos estudantes. O Jornal Link selecionou algumas delas para mostrar para vocês.

Alunos da Escola de Aplicação foram destaque no VII Salão UFRGS Jovem 2012, promovido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no dia 5 de outubro. Os estudantes Marcos Rogério Sperb Filho, Rafael Penck, Robhtéli Godoi de Carvalho, Vitor Goulart Henrique Leite, da turma 213M, e Gustavo Carniel Rubert, da 211M, foram orientados pelo professor Fernando Frederico Bernardes, e apresentaram trabalhos sobre A percepção espacial de Novo Hamburgo/ RS e A música e suas aplicabilidades, respectivamente. “Os resultados apresentados são frutos de um longo trabalho realizado durante o ano letivo de 2012. Tenho muito orgulho dos alunos perante o contexto científico”, afirma o professor.

li nk Fique por dentro do que está acontecendo na Escola de Aplicação. Curta a página da Instituição no Facebook: www. facebook.com/ escolafeevale.

Fique ligado, pois no dia 26 de novembro, às 19h30min, no Salão de Atos do Campus II, será a estreia e premiação dos curtas-metragens produzidos pelo projeto Outros Olhares. Baseados nas obras do escritor Machado de Assis, os curtas visam refletir sobre questões sociais e direitos humanos. Não perca!

li nk Foto de Bethania Volmer Spiecher, Manoel Bianor Rosa Neto e Giulia dos Santos

Foto de Vitória de Paiva Amann, Arthur da Silva e Pietra Sperb Atkinson

Imagine um mapa do Rio Grande do Sul no seu jardim. Pois a Escola de Aplicação terá um, construído pela oficina de Ecoturismo do Currículo Ampliado. De acordo com o professor coordenador da atividade, Fernando Frederico Bernardes, “cada unidade geológica do Estado terá um tipo de rocha que simbolize a sua estrutura geológica”. Um exemplo: no norte, encontra-se o planalto arenito-basáltico, então será representado com pedaços de arenito, basalto, quartzo e ametistas.

E

xiste melhor remédio que o riso? Ele funciona como terapia, ameniza a dor, previne o estresse, aumenta a resposta imunológica do organismo e é totalmente gratuito. Embora a ciência não entenda exatamente o que acontece com o cérebro durante aquela risada, está comprovado que seu efeito funciona. O riso pode ser causado por diversas emoções diferentes, como: alegria, nervosismo, ansiedade e, até mesmo, o medo. Estudos apontam que o tônus muscular, ou seja, o estado de tensão elástica do músculo em repouso, permanece reduzido até 45 minutos após um ataque de riso. Isso significa que rir também é um efeito relaxante. De acordo com a professora de Psicologia da Universidade Feevale, Luciana Alves Tisser, durante uma sessão de gargalhadas os níveis de cortisol e adrenalina, os hormônios do estresse, baixam e, consequentemente, ajudam o sistema imunológico. Dessa maneira, percebe-se que rir se torna essencial em todas as situações.

Cante, brinque e pratique esportes que você goste, sem se importar se você é bom ou não nisso;

A melhor terapia Alguns psicólogos afirmam que o riso é algo que pode ser “treinado”. Não entendeu? É simples! Gostar de si mesmo, se esforçar para ser positivo e buscar oportunidades, além de encontrar sentido na vida, são muito favoráveis para enfrentar dificuldades e possibilita a você encarar as coisas com mais calma, bom humor e determinação.

Confira mais fotos do pessoal da 211F no blog: www.wordpress. com/linkfeevale.

“Uma das maiores vantagens, em minha opinião, está no incremento de uma boa qualidade de relações interpessoais e sociais, além, é claro, dos benefícios físicos” comenta Tisser. “Mas de nada adianta rir se este sentimento não vem de dentro”. completa. E se a risada é algo treinável, o Jornal Link foi em busca de algumas dicas para tornar sua terapia do riso mais fácil e divertida. Confira algumas atividades que você pode fazer diariamente para tornar sua vida mais alegre:

Aprenda a perdoar;

Cultive suas amizades;

Não tenha vergonha de rir, seja sozinho ou com outras pessoas;

Assista comédias, shows de humor, desenhos animados e vá ao circo;

Se possível, tenha animais de estimação, pois eles proporcionam bem-estar;

Ria de si mesmo. Toda situação fica mais tranquila e você se sentirá muito bem;

Crianças e pessoas alegres são contagiantes. Esteja perto delas e verá que sua alegria contagia.

Fique ligado! Na próxima edição do Jornal Link você vai conhecer um pouco mais sobre a direção do Gefee, eleita para 2013.

Jornal Link 24 - Novembro 2012  

Jornal Link, edição 24

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you