Page 1

ESPORTES Corinthians e Boca Juniors decidem hoje quem será o campeão da Libertadores 15 EXEMPLAR DO ASSINANTE

QUARTA-FEIRA

MACEIÓ - ALAGOAS - 4 DE JULHO DE 2012 - Nº 1486 - R$ 1,50 SANDRO LIMA

IMOBILIÁRIO

Novas vias valorizam mercado de imóveis na Região Norte Duas novas vias inauguradas e mais duas em obras ligando bairros à Região Norte da cidade valorizam o mercado imobiliário do local. A Avenida Pierre Chalita interliga os bairros do Barro Duro, Serraria, Jacare-

JUSTIÇA

Em resposta a veto ao estaleiro, Renan barra mais cargos no Ibama

MPF pede que União indenize Xukuru-Kariri em R$ 125 milhões

O senador Renan Calheiros decidiu dar o “troco” ao Ibama, pelo veto à instalação do estaleiro no Pontal de Coruripe. Ele retirou da pauta de votação da Comissão de Constituição e Justiça do Senado um projeto de lei de interesse do Ibama que, entre outras coisas, criaria novos cargos para o órgão. E mandou um recado aos dirigentes do Ibama: “O projeto não voltará à pauta enquanto não resolvermos a questão do estaleiro”. Pág. 3

O Ministério Público Federal entrou com ação na Justiça Federal pedindo que a União seja condenada a indenizar a tribo Xukuru-Kariri em R$ 125 milhões por danos morais e materiais pela demora em assegurar-lhes a posse de 5.612 hectares em Palmeira dos Índios. Segundo o procurador José Godoy Bezerra de Souza, autor da ação, a posse da terra foi assegurada aos índios em 1700 pela Coroa Portuguesa. Pág. 10

TEOTONIO VILELA Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em áreas isoladas

Mínima

20º

Máxima

29º

Marés

03:51 10:13 16:24 22:30

2.3 0.0 2.1 0.2

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,01 R$ R$ 2,01 DOLAR PARALELO R$ 2,07 R$ 2,16 OURO: R$ 104,30 POUPANÇA: 0,5101%

Tribunal de Justiça tem dez dias para publicar salários de magistrados

O Tribunal de Justiça de Alagoas, assim como todos os demais Tribunais de Justiça do País, deverá publicar em seu site eletrônico as remunerações de seus magistra-

dos e servidores. Foi o que deliberou ontem o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A iniciativa foi proposta pelo grupo de trabalho criado pelo presidente do CNJ, mi-

nistro Ayres Britto, para regulamentar a Lei de Acesso à Informação. Na divulgação devem constar nomes, cargos e os valores recebidos no mês, nos moldes da tabela

adotada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O CNJ enviou ofício a todos os tribunais do país dando prazo de dez dias para o cumprimento da decisão. Pág. 7 NIGEL SANTANA

cica e Sítio São Jorge e traz alta aos empreendimentos no seu entorno, assim como a Márcio Canuto, com placas indicativas de novos investimentos imobiliários, e a Eco Via Norte, em fase de execução. Pág. 13

DEU O TROCO

TEMPO

tribunahoje.com

‘Plano já mostra queda do número de homicídios’ O governador Teotonio Vilela reuniu ontem o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) para avaliar as primeiras ações do plano Brasil Mais Seguro e concluiu que os resultados positivos já são visíveis. “Houve redução de 50% do númeURGHKRPLFtGLRVQR~OWLPR¿P de semana”, disse. Pág. 4

APESAR de mostrar segurança e tranquilidade, Luiz Alberto acabou se contradizendo com provas materiais do Ministério Público

CASO GIOVANNA

Caminhoneiro depõe e entra em contradição Pela primeira vez, o caminhoneiro Luiz Alberto Bernardino da Silva ficou frente a frente com familiares da estudante Giovanna Tenório, 28, assassinada em junho do ano passado.

Apontado como autor material do homicídio, depôs ontem por quase seis horas e várias vezes entrou em contradição, inclusive negando informações colhidas durante a investi-

gação, como locais onde esteve e os horários onde as Estações Rádio Base de operadoras de celulares registraram sua presença. O caminhoneiro disse ter estado em dois lugares difeSECOM / NENO CANUTO

rentes no mesmo horário e não soube responder quando foi interrogado sobre essa suposta falha de memória. Para o Ministério Público, não há dúvida que é o executor do crime. 11

MARECHAL

Marcos Barbosa fecha acordo com Júnior Dâmaso Pág. 3

ARTICULAÇÕES

Partidos tentam GHÀQLUFROLJDo}HV para vereadores Pág. 2


TribunaIndependente

2 POLĂ?TICA MACEIĂ“ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

PolĂ­tica

Escolha de números de legenda varia de acordo com opção de partidos Em muitos partidos - como Ê o caso do PTN, como explica o presidente municipal da sigla, JosÊ Marques de Vasconcelos, a escolha dos números de OHJHQGDIRLIHLWDSRUPHLRGHVRUWHLRHMiHVWmRGH¿QLGRV1R362/DHVFROKD foi feita pelos próprios candidatos, sendo resolvido posteriormente - no diålogo - os números que foram duplicados, como se pode observar na convenção. Em geral, partidos priorizam manter o mesmo número para quem jå tem mandato e se elegeu com ele. O mesmo Ê feito para os que jå concorreram.

&kPDUDSDUWLGRVGHĂ€QLQGRGHWDOKHV

AtÊ quinta-feira, legendas conversam e analisam alianças para a disputa de vagas na Câmara Municipal de Maceió

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

DĂ­vida bilionĂĄria em campo

O

governo tentou ajudar, mas a må administração dos clubes de futebol e o fracasso da Timemania pioraram os quadros. O ministro dos Esportes, Aldo Rebello, e o presidente da CBF, JosÊ Maria Marin, terão nova reunião para discutir a dívida dos times com impostos federais, valores que passam de R$ 3 bilhþes. Muitos clubes sobrevivem de patrocínios, com os quais pagam os salårios dos jogadores, e com os direitos de transmissão pela TV. Em dois anos, a dívida dos 14 maiores clubes aumentou 19%.

Torcer, sim. Apostar...

XWLOL]DP SDUD GHĂ€QLU GHWDlhes de coligaçþes e escolha de nĂşmeros dos candidatos pesar das convençþes ao cargo de vereador das capartidĂĄrias terem sas legislativas municipais. ocorrido no dia 30 de HĂĄ partidos que ainda junho, com a obrigação de HVWmRGHĂ€QLQGRTXHFDPLQKR GHĂ€QLU R TXDGUR HOHLWRUDO tomar com base nos cĂĄlculos para a disputa pela suces- GHFRHĂ€FLHQWHHOHLWRUDOHSRVsĂŁo dos cargos de prefeito e sibilidade de eleger pelo mevereador em todo o paĂ­s. A nos um ou dois de seus memlacuna entre o dia 1Âş e 5 de bros. HĂĄ ainda nomes de MXOKR SUD]R Ă€QDO SDUD TXH prĂŠ-candidatos que estĂŁo na as atas sejam encaminha- chamada “lista de corteâ€?. Ou das ao Tribunal Regional seja, a depender da coligação Eleitoral de Alagoas (TRE/ Ă€UPDGD XP GHWHUPLQDGR AL) possibilita alĂŠm de pos- partido pode ter que reduzir sĂ­veis mudanças nas candi- o nĂşmero de candidatos. daturas proporcionais, um A regra ĂŠ simples: sozitempo em que os partidos nho, o partido pode fazer os LUIS VILAR REPĂ“RTER

A

cĂĄlculos da quantidade de candidatos da seguinte forma: corresponde a 150% do nĂşmero de vereadores da cidade. Em coligação, o nĂşmero de candidatos do grupo tem que ser 200% do nĂşmero de vagas do Legislativo. Por isso, os cortes. A discussĂŁo como se comportar nas proporcionais se iniciou no domingo passado e deve se estender atĂŠ Ă s vĂŠsperas da entrega da ata. Em MaceiĂł, uma “pimentaâ€? a mais no processo ĂŠ que a decisĂŁo que sustenta as 30 vagas da Câmara Municipal QmR p GHĂ€QLWLYD Mi TXH IRL dada em carĂĄter de liminar.

No ‘ChapĂŁo’, que na majoritĂĄria ĂŠ encabeçado por Ronaldo Lessa (PDT) e seu vice Mosart Amaral (PMDB), se GLVFXWHGHĂ€QLo}HVHPUHODomR a 11 partidos: PRP, PCdoB, PV, PRTB, PT, PTB, PTC, PSD, PHS, PMDB e PDT. O partido de Lessa - por exemplo - discute a possibilidade de sair sozinho na proporcional ou fechar uma aliança com o PSD, como FRQĂ€UPD R YHUHDGRU 3DXOR Corintho (PDT), por meio de sua assessoria de imprensa. No PDT, a preocupação ĂŠ garantir a reeleição de Corintho e Amilka Melo, alĂŠm de poder ampliar a bancada. SANDRO LIMA

A Timemania foi criada em 2008 para ajudar os clubes a abater suas dĂ­vidas com a UniĂŁo. Mas nĂŁo agradou aos apostadores.

Gol contra A previsĂŁo ĂŠ que loteria poderia rende R$ 500 milhĂľes ao ano, mas no ano passado as apostas somaram somente R$ 180 milhĂľes.

$SLWR¿QDO O governo federal vai só ouvir as lamentaçþes. O ministÊrio não tem um novo plano de emergência para os times.

Cachoeira seca O PSDB perdeu o interesse pela CPI do Cachoeira, com a decisĂŁo do deputado Carlos Sampaio (SP) de frear as crĂ­ticas aos petistas supostamente envolvidos com o esquema. Dos dois deputados e dois senadores tucanos titulares da ComissĂŁo, apenas Sampaio batia mais forte no governador petista Agnelo Queiroz (DF).

Lupa eleitoral JosÊ Maranhão (PMDB), o ex-governador da Paraíba que pretende ser prefeito de João Pessoa, tenta abafar a crise com a substituição do vice. Saiu o deputado Gervårio Filho (PMDB) e entrou o vereador Tavinho Santos (PTB). A troca teria sinais de ilegalidade.

Rio+20-violência A segurança na Rio+20 foi bem avaliada (72%) pelos jornalistas, segundo pesquisa do Instituto FSB a pedido da Embratur. As respostas foram de101 jornalistas de 42 países e 127 membros de delegaçþes estrangeiras de 33 países.

Magoou A despeito do chega pra lå do PSDB no PV paulistano na composição de FKDSDDVFDEHoDVWXFDQDVMXVWL¿FDPTXHRVYHUGHVSHUGHUDPRERQGH da eleição municipal.

Do povĂŁo Celso Russomano (PRB) considera que ele ĂŠ o Ăşnico candidato que fala direto com o povo. Os outros sĂŁo de ‘gabinete’. Vai apostar nisso na disputa em SĂŁo Paulo.

Da arquibancada Estrategistas da campanha de Russomano, em surpreendente segundo lugar nas pesquisas, colocam lenha na fogueira da guerra Haddad (PT) x Serra (PSDB) com a aposta de que ambos podem perder.

Disputa por vaga na Câmara Municipal de Maceió pode deixar de fora quadros dos partidos que não apresentaram suas propostas

LĂ E CĂ

Coligaçþes seguem se movimentando O PT tambĂŠm discute os seus rumos dentro do ‘ChapĂŁo’ pois tem a pretensĂŁo de eleger pelo menos trĂŞs vereadores. O PV pode se unir ao PCdoB para reeleger SĂ­lvio Camelo (PV) e Marcelo Malta (PCdoB), alĂŠm de conseguirem ampliar as suas bancadas. Ainda pode haver aliança entre o PMDB e o PRTB na proporcional com a possibilidade de eleição de uma bancada de cinco vereadores. As discussĂľes dentro

do ‘ChapĂŁo’ avançam, mas DLQGD VHP GHĂ€QLo}HV TXH sĂł devem mesmo ser conhecidas no entregar da ata no Tribunal Regional Eleitoral. Do lado da chapa liderada por Rui Palmeira (PSDB) e Marcelo Palmeira (PP), todos os partidos que estĂŁo alinhados na majoritĂĄria tambĂŠm discutem as uniĂľes na proporcional, conforme os dirigentes partidĂĄrios. O PP tem forte peso dentro do grupo. É o partido com a maior SANDRO LIMA

A indisposição de Marta Suplicy de fazer campanha para Haddad, por ora, o enfraquece na Zona Sul paulistana, reduto eleitoral controlado pela família Tatto (Jilmar, Ênio e Arselino), respectivamente deputado federal, estadual e vereador.

Blindagem escolar A Comissão de Educação do Senado aprovou ontem, em caråter terminativo (não vai a plenårio), projeto do senador Paulo Bauer (PSDB-SC) que obriga as escolas a pedirem, no ato da matrícula dos alunos, nomes dos autorizados a entrar nas instituiçþes.

MemĂłria O projeto, que segue para as comissĂľes da Câmara, avança um ano e trĂŞs meses apĂłs o ‘Massacre de Realengo’, na escola carioca, onde um doente mental invadiu o local com pistola e matou 12 crianças.

De cabeceira Da boa safra de livros-reportagens recentes: O repĂłrter LeonĂŞncio Nossa lançou ‘Mata! O major CuriĂł e as guerrilhas do Araguaia’.

Conta Por causa da nova estimativa populacional do IBGE, este ano, os municípios vão eleger 5.070 novos vereadores em relação a 2008. No total, o país elegerå 56.810 edis.

Ponto Final Se nĂşmero de vereador fosse certeza de qualidade...

Twitter @leandromazzini

discussþes tambÊm - como FRQÀUPDRGLULJHQWHSDUWLGirio e deputado federal Maurício Quintella - sobre alianças PR-PSL, alÊm de PTN e PSC. Entretanto, o PTN ainda busca diålogos com o Democratas, PSDC e PSB. No Democratas, do candidato Jeferson Morais, a agremiação deve ir para a proporcional ao lado do PSDC. O PSB pode sair sozinho, ou ainda ingressar no grupo. (L.V)

MANTER OU CRESCER

&ROLJDo}HVGHÀQLGDVIRFDP na ampliação de bancada

Fogo amigo

Com Gilmar Correa e Marcos Seabra www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br

bancada na Câmara Municipal de Maceió atualmente, com cinco vereadores. Destes, partem para a reeleição Oscar de Melo, Fåtima Santiago e Davi Davino. O objetivo - conforme Marcelo Palmeira - Ê conseguir eleger uma bancada forte. O PSDB tem como vereadora de mandato Tereza Nelma, que tambÊm parte para a reeleição pela legenda. Os YHUHDGRUHVGR33FRQÀUPDP a aliança com o PSDB. Hå

Objetivo do PSOL, por exemplo, ĂŠ reeleger HeloĂ­sa Helena e outro

1RFDPSRGDVGHĂ€QLo}HV estĂĄ o PSOL do candidato a prefeito Alexandre Fleming. O PSOL - que tem como um dos objetivos a eleição da vereadora HeloĂ­sa Helena e da conquista de mais uma ou duas cadeiras - fecha na proporcional com o PSTU. ExWUDRĂ€FLDOPHQWHDLQGDDEULJD o PCR, apesar de o partido QmR WHU R UHJLVWUR RĂ€FLDO 2 PSOL trabalha apenas com a montagem da lista que serĂĄ entregue ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, pois deve haver “linha de corteâ€?. Outra aliança fechada ĂŠ entre o PPS e o PMN. Eles pretendem conseguir pelo menos duas cadeiras na Casa de MĂĄrio GuimarĂŁes. O presidente da Câmara Municipal de MaceiĂł, vereador Galba Novaes (PRB) salienta que apesar da chapa puro sangue, encabeçada na majoritĂĄria, por ele mesmo tendo o coronel Ivon Berto ao seu lado como vice, o par-

tido deve fechar aliança na proporcional que ainda estå sendo discutida mas deve ser apresentada jå na próxima segunda-feira, logo após os registros das atas. No PTdoB, chapa comandada pela deputada federal Rosinha da Adefal e seu vice, o mÊdico KlÊber Fortes, o partido deve disputar a proporcional sozinho. Um dos objetivos Ê a reeleição do vereador ThÊo Fortes (PTdoB). Outro processo que tambÊm preocupa os candidatos Ê a escolha dos números com os quais eles vão atrås de votos na corrida eleitoral. Nos bastidores, jå se sabe a preferência pela repetição de algarismos, como por exemplo 11.111; 20.000; 19.999, dentre outros e pelas sequências 123, 456, 789, logo depois do número do partido. Estes são os mais disputados entre os correligionårios que se candidatam. (L.V)


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

POLĂ?TICA

3

Dâmaso fechado com Barbosa em Marechal

Ao futuro

R

onaldo Lessa, candidato a prefeito pelo PDT, promete compartilhar as açþes com seu vice, Mosart Amaral. Pode atÊ ocorrer, ressuscitando o governo a quatro mãos da Êpoca Divaldo Suruagy-Manoel Gomes de Barros. Mas não foi o que aconteceu quando Lessa era prefeito e tinha como vice Heloísa Helena. Nem quando foi governador e o vice era Geraldo Sampaio. Os dois não tinham função alguma, nem assumiram um dia sequer o mandato. Jå para o segundo mandato o vice de Ronaldo Lessa, escolhido em convenção, foi o então deputado estadual Demuriez Leão, de Arapiraca. O nome não emplacou e surgiu a opção pelo engenheiro Luís Abílio Sousa, que nunca disputara mandato político. Eleitos, Abílio assumiu eventualmente, como interino, e foi efetivado governador, no início de 2006. Lessa e Abílio eram amigos dos tempos do curso de Engenharia. Mas, embora o assunWRQXQFDWHQKDYLQGRDS~EOLFRDUHODomRHQWUHHOHVVHPRGLÀFRX após certos episódios pós-governo. Alguns próximos a Luís Abílio, jå falecido, desde então não mantêm mais o mesmo relacionamento com Ronaldo Lessa. O novo parceiro, Mosart Amaral, passa a viver a expectativa do compromisso público.

Renascimento A composição da equipe do novo delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, muda a proposta de aproveitamento da nova geração de delegados, implantada desde o início do governo TÊo Vilela. E inclui Flåvio Saraiva, um dos mais experimentados da instituição, alÊm de dois homens fortes na årea de segurança do governo Ronaldo Lessa: Robervaldo Davino, que inclusive foi secretårio de Segurança, e Carlos Reis.

Hå tempo Amanhã Ê o último dia do prazo para encaminhamento das atas das convençþes à Justiça Eleitoral. E muita coisa pode mudar. Em Arapiraca, por exemplo, hå muita curiosidade sobre o destino do PSD, que tem cinco vereadores. E hå comentårios de que o candidato do PTdoB, Alves &RUUHLDSRGHGHVLVWLUSDUDDSRLDU5RJpULR7Hy¿ORRX&pOLD5RFKD

O que vale Tanto quanto em Maceió, o resultado das eleiçþes em Arapiraca Ê fundamental para as pretensþes de quem tem interesse em concorrer ao governo ou ao Senado, em 2014. Não Ê à toa que nas duas cidades as lideranças que pensam em 2014 estejam divididas em dois blocos: TÊo Vilela, Nonô e Benedito de Lira versus Collor, Renan e Almeida.

Estranho Tem gente no Palåcio República dos Palmares com a cara troncha para o secretårio da Pesca, RÊgis Cavalcante, presidente regional do PPS. É que nos dois principais colÊgios eleitorais o partido assumiu postura de independência: em Maceió, lançando Nadja Baía à prefeitura; em Arapiraca, dando apoio a CÊlia Rocha. Quando outubro chegar...

PendĂŞncia

Petrúcio Barbosa foi indicado pelo PTB candidato a prefeito em Palmeira dos �ndios. Pelas pesquisas, Ê o nome mais forte da oposição ao prefeito James Ribeiro, do PSDB. Mas hå dúvidas se poderå concorrer, por conta da Lei da Ficha Limpa. Se não puder, a tendência Ê apoiar Patrícia Sampaio (PT) outro nome da oposição.

Ajuste Hå uma briga surda, longe dos holofotes compartilhados pelos candidatos a prefeito. É o fechamento das coligaçþes para vereador. A esta altura, poucos partidos conseguem manter a decisão de chapa puro sangue. A pressão Ê grande sobre as legendas que têm candidatos a prefeito, para obrigå-las a aceitar determinadas candidaturas a vereador.

Conveniência No exercício da presidência do TRE, a desembargadora Elizabete Carvalho mudou a decisão do juiz eleitoral Carlos Cavalcanti e decidiu que a Câmara Municipal de Maceió deverå ter em disputa, este ano, 30 vagas, nove alÊm das atuais 21. AtÊ quem de público defendia a manutenção do atual número de vagas permanece calado desde então.

“

Lula graduou-se em esperteza. Agora, com Paulo Maluf, inicia a pĂłs-graduaçãoâ€? ANTĂ”NIO OSCAR PEREIRA FILHO Leitor de “Vejaâ€?, de SĂŁo Luiz, MaranhĂŁo, em opiniĂŁo manifestada em carta enviada Ă revista

* O projeto “Teatro Deodoro ĂŠ o Maior Baratoâ€? apresenta, hoje, o espetĂĄculo “Cerzindo Ritmosâ€?, do Grupo Dona Mariquinha, que mostra a riqueza dos folguedos e mestres brasileiros, em especial os nordestinos. Ă€s 19 horas. Ingressos a R$ 5 e R$ 10. * O 22Âş Festival de Inverno de Garanhuns vai acontecer de 12 a 21 de julho, com atraçþes musicais de diversos gĂŞneros e fazendo homenagem a Luiz Gonzaga, que faria 100 anos em dezembro deste ano. ,QIRUPDo}HVZZZÂżJFRPEU 79HPDOWDGHÂżQLomRSRUDVVLQDWXUDXOWUDYHORFLGDGHVGDEDQGDODUJD 3RZHU*97HSODQRVGHWHOHIRQLDÂż[DGDRSHUDGRUDHVWmRHPH[LELomR num quiosque, no MaceiĂł Shopping, atĂŠ 30 de julho, inclusive nos domingos e feriados. * A assessoria de comunicação do MinistĂŠrio PĂşblico Federal em Alagoas conquistou o PrĂŞmio Nacional de Comunicação e Justiça, na categoria Reportagem de TV, com o documentĂĄrio “No Rumo do Uçåâ€?. Em 2011, vencera na categoria Publicação Especial. * É incrĂ­vel, mas, com exceção da Seleção, o brasileiro nĂŁo se une por um time nacional na disputa de um tĂ­tulo internacional. Hoje, na decisĂŁo da Taça Libertadores, tem muita gente torcendo para o CorĂ­nthians nĂŁo ganhar do Boca Juniores.

Candidato conta com apoio da Executiva nacional e de mais 11 partidos ARQUIVO

NIGEL SANTANA REPORTER

O

anĂşncio de um grupo forte e coeso estĂĄ em prĂĄtica em Marechal Deodoro. EntĂŁo candidato a prefeito, o deputado estadual Marcos Barbosa (PPS) abriu mĂŁo de sua candidatura e fechou acordo com JĂşnior Dâmaso (PV) somando Ă coligação o 12° partido apto a entrar em campanha. Dâmaso, por sua vez, ressaltou que durante o perĂ­odo prĂŠ-eleitoral, houve muita conversa com o parlamentar SDUD TXH QmR IRVVH Ă€UPDGD duas candidaturas de oposição para a disputa contra a atual administração de Cristiano Matheus (PMDB). â€œĂ‰ de suma importância esse apoio do deputado Marcos Barbosa. Ele tem desempenhado um bom trabalho por Marechal Deodoro e vem para somar com o nosso grupo. O eleitor tem a clara oportunidade de escolher o que poderĂĄ ser o melhor para o municĂ­pioâ€?, declarou JĂşnior Dâmaso. O candidato argumenta que alĂŠm dos acordos fechados em Alagoas, a sua campanha estĂĄ sendo bem avaliada pelo presidente nacional do Partido Verde, o deputado federal JosĂŠ

Deputado estadual Marcos Barbosa aposta em Júnior Dâmaso para encarar atual prefeito de Marechal

Luiz Penna. Inclusive, houve uma reunião durante a tarde de ontem (3), no gabinete de Luiz Penha, em Brasília. ´2 SUHVLGHQWH FRQÀUPD que a nossa candidatura tem como objetivo transformar uma cidade, a vida de

um povo em um município histórico de Alagoas. Hoje [ontem] mantive novos contatos com o deputado Marcos Barbosa e ele garante que as eleiçþes em Marechal 'HRGRUR VmR VLJQLÀFDWLYDV para o desenvolvimento do Estado�, sustenta Dâma-

so. Júnior, ao saber que o deputado estadual abdicou de sua candidatura para apoiå-lo, disse que não perdeu tempo para registrar a chapa no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Na segunda-feira (2), tudo foi protocolado na Justiça.

PARA O EMBATE

'HSXWDGRFRPHPRUD)LÀFRPRYLFHGHFKDSD Livrar-se de uma ditadura e um desgoverno. Foram os termos utilizados pelo deputado Marcos Barbosa (PPS) para sair em campanha com Júnior Dâmaso (PV). $ TXHVWmR IRL GHÀQLGD após o encerramento das covençþes partidårias, em Marechal Deodoro. Para

Barbosa, outro fator preponderante no pleito deste ano na primeira capital de Alagoas foi o anúncio de JosÊ 3HWU~FLR 6RDUHV )LÀ  QD chapa de Dâmaso como vice. )LÀpRDWXDOYLFHSUHIHLto comandado por Cristiano Matheus (PMDB), mas, por questþes políticas, preferiu não seguir ao lado do atual

prefeito. ´2 3HWU~FLR )LÀ DUJXmentou ao grupo que o atual gestor não honrou os compromissos de campanha. Agora, temos três pessoas para sair em disputa. Não poderia haver um racha e colocar dois candidatos em Marechal Deodoro. Isso iria contribuir fortemente

para a reeleição do Cristiano [Matheus]. NĂŁo dĂĄ mais para aceitar os desmandos no municĂ­pioâ€?, avalia Marcos Barbosa. O parlamentar aponta que Marechal Deodoro precisa de um prefeito que reconheça os problemas sociais e seja natural da cidade. “Por isso apoio o JĂşniorâ€?. (N.S)

REPRESĂ LIA

Renan barra projetos de interesse do Ibama O líder do PMDB no Senado Federal, Renan Calheiros, decidiu comprar de vez a briga com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), que vetou a construção do estaleiro Eisa, no município de Coruripe. Renan retirou da pauta de votação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado um projeto de lei de interesse do Ibama, que, entre outras coisas, criava novos cargos para o órgão. O endurecimento de Re-

nan ocorre uma semana depois que o Ibama vetou a construção do estaleiro Eisa, a ser instalado no Pontal de Coruripe, entre a foz do rio Coruripe e a Praia do Pontal do Coruripe no Litoral Sul do Estado. Na semana passada, Calheiros fez um duro pronunciamento acusando o Ibama de preconceito e mĂĄ vontade com Alagoas. “Respeito muito o trabalho de todos que lutam pela preservação do meio ambiente. Mas o Ibama estĂĄ

tratando iguais de maneira desigual. O Estado de Alagoas assumiu compensaçþes ecológicas e, em outros estados, com danos ambientais mais extensos e mais severos, não houve este rigor. Este projeto de interesse do Ibama não volta à pauta enquanto não resolvermos a questão do estaleiro�, protestou Renan. O estaleiro Eisa Ê um megaempreendimento que envolve investimentos da ordem de R$ 2 bilhþes e a

geração de perto de 50 mil postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos. “Neste momento o Brasil precisa de investimento e Alagoas precisa ainda mais. 6mR LQYHVWLPHQWRV VXĂ€FLHQtes para transformar o perĂ€O VRFLRHFRQ{PLFR GR (VWDdo. SĂŁo dois milhĂľes de m², fabricação de trĂŞs navios, com sete mil metros, e duas plataformas de Ăłleo por ano. 7XGRLVVRVLJQLĂ€FDHPSUHJR melhores condiçþes de vidaâ€?.


TribunaIndependente

4 POLĂ?TICA MACEIĂ“ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

SalĂĄrios milionĂĄrios

A

Lei de Acesso à Informação tem permitido aos brasileiros em geral constataçþes surpreendentes. Atualmente a divulgação de salårios nos diversos níveis do serviço público UHà HWHVLWXDo}HVDEVXUGDV2FDVRGD&kPDUDGH9HUHDGRUHVGH São Paulo Ê um deles. Ali, funcionårios de nível båsico ganham dez vezes mais do que se paga no mercado pela mesma função. Um encanador, lotado na seção de zeladoria do prÊdio, recebe R$ 11 mil por mês. Um chaveiro leva R$ 10,9 e atÊ um operador de måquina copiadora fatura R$ 9,3 mil mensais. Na iniciativa privada um encanador recebe em mÊdia R$ 1.200, um chaveiro, R$ 895 e um operador de copiadora R$ 799. No total a Câmara paulista tem 662 funcionårios concursados e 1.196 ocupando cargos em comissão, indicados pelos vereadores. Outros altos salårios estão no setor de Copa e Limpeza da Casa. Ali 13 garçons recebem em mÊdia R$ 7,5 mil, um deles com 24 anos de serviço chega a R$ 10.294,71. No mercado privado a mÊdia salarial de garçom Ê de R$ 872. Outras sete auxiliares de copeira faturam R$ 9,7 por mês. No setor de frota e garagem, tem um servidor (garagista) que recebe R$ 11 mil mensais, e dois lavadores de carro com salårios acima de R$ 6 mil. Um deles, com 26 anos de casa ganha R$ 8,3 mil brutos. Os alagoanos estão no aguardo da publicação dos salårios dos servidores da Câmara Municipal de Maceió e da Assembleia Legislativa.

Cidade do Povo O município de Penedo recebe hoje (4) o residencial Cidade do Povo, com 344 casas. A inauguração contarå com a presença do governador Teotonio Vilela Filho, do secretårio estadual de Infraestrutura, Marco Fireman e autoridades do Baixo São Francisco. O conjunto habitacional atende a famílias de atÊ três salårios mínimos, e foi construído em um trabalho conjunto do Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal. A obra esta inserida no Programa Alagoas Tem Pressa, e faz parte do rol de açþes estruturanWHVSDUDUHGXomRGRGp¿FLWKDELWDFLRQDOGR(VWDGR$VFDVDVSRVVXHPVDOD cozinha, banheiro, dois quartos, årea e infraestrutura completa com energia elÊtrica, ågua e saneamento båsico.

Agricultura familiar A presidente Dilma Rousseff lança hoje o Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/2013, que inclui reforço nas linhas de crĂŠdito para custeio e investimento, redução nos juros, alĂŠm de ampliação do crĂŠdito disponĂ­vel para açþes de carĂĄter ambiental no campo. O Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) terĂĄ R$ 18 bilhĂľes em crĂŠdito disponĂ­vel, R$ 2 bi a mais que na safra passada. Os juros terĂŁo uma redução de meio ponto percentual (de 4,5% para 4%), e para o custeio da lavoura o limite de crĂŠdito que antes era de R$ 50 mil passarĂĄ para R$ 80 mil. JĂĄ o Pronaf Floresta, um “braçoâ€? do Programa Nacional de Agricultura Familiar, vai ampliar as linhas de crĂŠdito para recuperação das Ă reas de Preservação Permanente e reservas legais.

Justiça nega volta de vice-prefeita a Traipu Julliany queria reassumir prefeitura, mas desembargador nega pedido VICTOR AVNER REPÓRTER

J

ulliany Machado, vice-prefeita de Traipu, continua afastada. O desembargador Sebastião Costa Filho negou um pedido liminar da nora do prefeito Marcos Santos (PTB). A defesa tentava fazer com que a vice-prefeita voltasse ao comando do município ribeirinho. Os advogados de Julliany apresentaram o recurso durante o recesso do Poder Judiciårio. A vice-prefeita foi afastada pelo juiz Maurício Breda após ser denunciada, ao lado de Marcos Santos, por improbidade administrativa. A ação Ê do MinistÊrio Público do Estado de Alagoas (MP/AL). Para a defesa, não Ê necessårio manter Julliany afastada da prefeitura. O argumento Ê o de que seu retorno ao Executivo municipal não atrapalharia o andamento das investigaçþes. Os advogados ainda contestam as acusaçþes do MP/AL. Por causa do recesso, o

DIVULGAĂ‡ĂƒO

pedido liminar foi analisado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJ/AL), desembargador SebastiĂŁo Costa Filho. O magistrado negou o retorno da nora de Marcos Santos. Segundo Costa Filho, a vice-prefeita cometeu as mesmas irregularidades praticadas pelo prefeito afastado enquanto esteve no comando de Traipu. “[Julliany Machado] continuou a praticar os supostos atos Ă­mprobos iniciados por seu sogro, prefeito jĂĄ afastado por determinação judicialâ€?, considerou. A avaliação ĂŠ baseada na sentença do juiz de 1Âş grau determinando o afastamento da vice-prefeita. Breda DĂ€UPRX TXH -XOOLDQ\ p SDUticipante da suposta organização criminosa comandada por Marcos Santos. Costa Filho nĂŁo avaliou se o afastamento da vice-prefeita ĂŠ legal ou nĂŁo. O desembargador apenas julgou que o pedido de Julliany nĂŁo tem XUJrQFLDHSRGHHVSHUDURĂ€P do recesso e o retorno Ă s atividades normais. Para TJ, Julliany cometeu as mesmas irregularidades de Santos

INDIFERENTE

Afastado, Marcos Santos disputa reeleição ARQUIVO

Armas da repressĂŁo Mais um capĂ­tulo vergonhoso da ditadura militar brasileira vem Ă tona, com DUHYHODomRGHGRFXPHQWRVFRQÂżGHQFLDLVSXEOLFDGRVSHORMRUQDO2*ORER O fornecimento de armamentos pelo governo brasileiro para a repressĂŁo interna no Chile surpreendeu atĂŠ mesmo os integrantes da ComissĂŁo da Verdade, que nĂŁo imaginavam existir documentos tĂŁo reveladores como estes, sobre a chamada “Operação Condorâ€?, a aliança polĂ­tico-militar entre os vĂĄrios regimes repressores da AmĂŠrica do Sul. Os citados documentos foram produzidos pelo extinto Estado-Maior das Forças Armadas, durante DGLWDGXUDPLOLWDUHUHYHODPTXHRDFRUGRIRLÂżUPDGRQRSHUtRGRGHJRYHUQR do General EmĂ­lio Garrastazu MĂŠdici (1969-1974) e posto em prĂĄtica no governo de Ernesto Geisel (1974-1979).

Armas da repressĂŁo 2 As armas brasileiras foram fornecidas ao Chile no governo sanguinĂĄrio de Augusto Pinochet (1993-1990). Foram milhares de fuzis, espingardas, cartuchos de munição e carregadores, alĂŠm de outros equipamentos bĂŠlicos, FODVVLÂżFDGRVFRPRÂłPDWHULDOGHVWLQDGRjPDQXWHQomRGDRUGHPLQWHUQD´ Os documentos agora revelados podem ser “a ponta do icebergâ€? a respeito da cooperação entre as ditaduras militares latinoamericanas, jĂĄ que existe pouca documentação no Brasil sobre este assunto. O que mais se sabe sobre a Operação Condor se deve aos arquivos de paĂ­ses vizinhos, como “Los Arquivos Del Terrorâ€? do Paraguai. Uma vergonha para o Brasil.

Ampliação da Lei Seca Entre as diversas açþes desenvolvidas pelas forças de segurança no Plano %UDVLO0DLV6HJXURHVWiDDPSOLDomRGDV¿VFDOL]Do}HVGD/HL6HFD1R ¿QDOGHVHPDQDSDVVDGRYHtFXORVIRUDPDERUGDGRVSHODVHTXLSHV sendo que nove foram recolhidos ao påtio de Detran, 46 motoristas foram autuados e 25 Carteiras Nacionais de Habilitação, apreendidas. Foram HQFRQWUDGDVGURJDVHPRXWURYHtFXORH¿VFDLVGD6HFUHWDULDGD)D]HQGD DSUHHQGHUDPXPYHtFXORWUDQVSRUWDQGRPHUFDGRULDVVHPQRWD¿VFDO2IDWR de os agentes submeterem todos os condutores ao exame do bafômetro tem gerado criticas generalizadas, jå que não existe lei que obrigue tal procedimento, a não ser que sejam detectados indícios dos efeitos do ålcool no motorista.

Paisagem e patrimĂ´nio Depois da Unesco ter concedido ao Rio de Janeiro o tĂ­tulo de PatrimĂ´nio Mundial na categoria Paisagem Natural, outros 18 bens culturais brasileiros HVSHUDPQDÂżODSDUDUHFHEHUWtWXORVHPHOKDQWH)D]HPSDUWHGDOLVWDGH bens culturais os conjuntos arquitetĂ´nicos e urbanĂ­sticos de Ouro Preto (MG) e BrasĂ­lia, os centros histĂłricos de Olinda (PE), Salvador (BA), Diamantina (MG), SĂŁo LuĂ­s (MA) e GoiĂĄs (GO), as ruĂ­nas de SĂŁo Miguel das MissĂľes (RS), e o santuĂĄrio de Bom Jesus dos Matosinhos, em Congonhas (MG). Na relação dos bens naturais constam os parques nacionais de Iguaçu (PR), Costa do Descobrimento (BA/ES), Serra da Capivara (PI), JaĂş (AM), Pantanal (MT/MS), Veadeiros (GO) e Fernando de Noronha (PE). ‡&RPHoDDPDQKm  QDFLGDGHGR3LODUDÂ?HGLomRGD6HPDQD$UWKXU Ramos, cuja abertura acontecerĂĄ na Casa de Cultura do municĂ­pio. Constam da programação palestras, mostras, exibição de documentĂĄrios, apresentação da Orquestra FilarmĂ´nica Raul Ramos e a solenidade de entrega de comendas que levam o nome do homenageado. ‡$6HPDQDFRPHoDFRPXPDH[SRVLomREDWL]DGDGHÂł23LODUGH$UWKXU 5DPRV´ORJRFHGRMXQWDPHQWHFRPXPFDIpGDPDQKmUHJLRQDOQRPHVPR local (Casa da Cultura). ‡1RGLDKDYHUiDHQWUHJDGDV&RPHQGDVQR*LQiVLRGH(VSRUWHVGD Escola Nossa Senhora do Pilar, onde acontecerĂĄ tambĂŠm um baile. No sĂĄbado haverĂĄ um passeio ciclĂ­stico pelas ruas da cidade e serĂĄ inaugurada a Mostra Arthur Ramos em Literatura de Cordel, alĂŠm de um sarau. ‡1RGRPLQJR  $FRQWHFHXPDSDOHVWUDVREUHÂł$UWKXU5DPRVHRQHJUR´ DOpPGHDSUHVHQWDo}HVGHJUXSRVGHFDSRHLUDQD3UDoD)ORULDQR3HL[RWR ‡1RGLDYDOHGHVWDFDUXPDSDOHVWUDGRSVLFRWHUDSHXWD/DHUWH/HLWHVREUH “Arthur Ramos, a PsicanĂĄlise e a Criançaâ€? na Câmara Municipal. ‡1R~OWLPRGLDGD6HPDQD  DFRQWHFHUiXPDDSUHVHQWDomRGD2UTXHVWUD6LQI{QLFD5DXO5DPRVHDH[LELomRGHXPGRFXPHQWiULRVREUHR KRPHQDJHDGRWDPEpPQD3UDoD)ORULDQR3HL[RWR

Marcos Santos conta com 1/3 da Câmara de Traipu para reeleição

O prefeito afastado Marcos Santos vai tentar se reeleger em Traipu. A canGLGDWXUD IRL FRQĂ€UPDGD HP convenção realizada pelo PTB. A chapa serĂĄ a mesma das eleiçþes de 2008, com a nora Julliany Machado disputando a vice-prefeitura. As denĂşncias apresentadas pelo MP/AL e MinistĂŠrio PĂşblico Federal (MPF), alĂŠm das operaçþes policiais realizadas nos Ăşltimos meses em Traipu, nĂŁo afetaram a força polĂ­tica do prefeito. No sĂĄbado (30), Marcos Santos recebeu o aval de seu partido para se lançar candidato. O apoio dos vereadores, no entanto, estĂĄ pior. Nas eleiçþes de 2008, o entĂŁo prefeito eleito conseguiu a maioria na Câmara. Hoje, o quadro estĂĄ invertido — sua base tem apenas um terço do Legislativo municipal. OPOSIĂ‡ĂƒO A principal chapa de opo-

sição ao prefeito ĂŠ encabeçada pela vereadora Conceição Tavares (DEM). Ela chegou a assumir a prefeitura quando Marcos Santos e sua nora foram afastados por decisĂŁo judicial. O vice ĂŠ o vereador Erasminho (PRTB). PREVISĂƒO A volta de Julliany Ă prefeitura chegou a ser anunciada durante a convenção. O recado teria sido enviado pelo senador Fernando Collor (PTB), principal aliado de Marcos Santos. O parlamentar informou que, em cinco dias, a Justiça emitiria decisĂŁo favorĂĄvel Ă  vice. O recurso de Julliany deverĂĄ ser analisado pelo desembargador Klever Loureiro, nomeado recentemente para o cargo. O magistrado assumiu os processos que estavam sob a supervisĂŁo do juiz convocado JosĂŠ CĂ­cero Alves — dentre eles, os referentes a Julliany. (V.A.)

BRASIL MAIS SEGURO

Vilela diz que Plano jå surte efeito em AL O governador Teotonio Vilela Filho reuniu, ontem, o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) Operacional, para discutir com os chefes dos órgãos da Segurança Pública estaduais e federais em Alagoas, as açþes que estão sendo realizadas pelo programa Brasil mais Seguro - Alagoas para reduzir a vio-

lĂŞncia no Estado. “JĂĄ podemos perceber que o lançamento do programa Brasil mais Seguro teve um impacto direto na queda GHKRPLFtGLRVGXUDQWHRĂ€P de semana, com uma redução de cerca de 50%. No entanto, ainda hĂĄ muito a ser feito. Estamos apenas no começoâ€?, disse Vilela.

Segundo o governador, alÊm das operaçþes e incursþes em vårios bairros de Maceió e de Arapiraca Ê preciso lembrar que tambÊm estå sendo dada celeridade na construção do novo prÊdio do Instituto MÊdico Legal, do presídio do Agreste, da implantação do videomonitoramento da capital, alÊm

dos concursos para contratação de mais policiais civis, militares e peritos. “Isso tudo vai se aliar ao que jĂĄ vinha sendo feito, como a criação do Ronda CidadĂŁ, a construção das Bases ComunitĂĄrias, a aquisição de viaturas e equipamentos. É um projeto irreversĂ­vel para a redução da violĂŞnciaâ€?.

PRÉ-CAMPANHA

ATENĂ‡ĂƒO JUĂ?ZES!

A permissão de tirar a tornozeleira e voltar a Traipu, concedida pelo desembarargador Orlando Manso, foi fundamental para fortalecer a prÊ-campanha de Marcos Santos no município. &RPR¿FRXIRUDJLGRDQWHVGH ser preso no ano passado, o prefeito havia perdido o contato com os eleitores. A situação piorou quando a prefeitura passou a ser comandada pelo presidente da Câmara. Mas, com a decisão do desembargador, Marcos Santos conseguiu reverter as mås condiçþes.

A coordenação da Justiça Itinerante, projeto do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), divulgou no Diårio de Justiça Eletrônico (DJE) de ontem, que estão abertas as inscriçþes para preenchimento de seis vagas para magistrados atuarem no Mutirão de Conciliação do Grupo Bradesco. A ação acontece nesta sexta-feira (6), a partir das 8h, no Fórum Desembargador Jairon Maia Fernandes, no Barro Duro, Maceió. As inscriçþes ocorrem atÊ quinta-feira (5).

Mesmo afastado, Santos estĂĄ presente

Abertas inscriçþes para mutirão


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

POLĂ?TICA

5

‘ApagĂŁo’ prejudica registros eleitorais Paralisação do serviço JudiciĂĄrio Federal deve afetar justiça eleitoral em Alagoas e por tabela inscriçþes de candidaturas

Cotidiano

DIVULGAĂ‡ĂƒO

A

LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

Acerto

J

ĂĄ era de se esperar que no apagar das luzes o cenĂĄrio eleitoral viesse a mudar, desde a capital Ă s cidades do interior. Ao longo dos Ăşltimos meses acompanhamos de perto todas as movimentaçþes “de canto a cantoâ€? do Estado de Alagoas, e se atĂŠ amanhĂŁ, dia 5 - data-limite para registro das candidaturas – tudo permanecer do jeito que se encontra, o que ĂŠ pouco provĂĄvel, teremos chegado aos cem por cento de acertos dentro do quadro polĂ­tico alagoano.

Nem um, nem outro Para quem conhece os bastidores da política alagoana sabe que as candidaturas de Rosinha da Adefal e Galba Novaes, ambos a prefeito de Maceió, não passa de blefe. Rosinha, que despontou nas pesquisas com sua potencialidade eleitoral tem consciência de que colocar o bloco na rua custarå caro e os prejuízos poderão causar estragos por longos anos, o que ele mesmo deseja Ê uma composição que lhe traga vantagens. Jå Galba Novaes não colocaria em risco seu mandato garantido como vereador, pois sabe que se partir para o enfrentamento QmRFRQWDUiFRPRDSRLRGHVHX¿HODOLDGRVHQDGRU)HUQDQGR&ROORUH DVVLPWDPEpPDJXDUGDXPWHOHIRQHPDTXHOKHEHQH¿FLH

Aceita um? Antes de embarcar para BrasĂ­lia o deputado federal JoĂŁo Caldas saboreava um pĂŁo de queijo quando se aproxima o ex-governador Ronaldo Lessa, que embarcaria no mesmo voo com destino Ă capital federal. Entre gargalhadas e murmĂşrios ouviu-se quando JC perguntou a Lessa se ele aceitava outro pĂŁozinho.

Quitutes Na prĂłxima semana o deputado Mauricio Quintella decidiu que vai descansar dez dias em Alagoas, na oportunidade jĂĄ comprou todo material para preparar os quitutes e receber seus amigos.

Falcão diz que movimento quer chamar atenção para pleito da classe

Paliativo

NOVO LINO

Em reunião na Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidåria de Maceió representantes da Associação dos Camelôs e poder público discutiram sobre onde os camelôs que não ganharam ER[HVQR6KRSSLQJ3RSXODULUmR¿FDU8PGRVREMHWLYRVpDFDEDUFRPR comÊrcio informal no centro da cidade levando todos para o novo local.

Registrado Em Marechal Deodoro a oposição não esperou para última hora, e na noite da última segunda-feira, dia 2, registrou a coligação que terå como FDEHoD-XQLRU'kPDVR 39 HFRPRYLFHSUHIHLWRRPpGLFR3HWU~FLR)L¿ Sem muitas expectativas aguarda-se o registro da coligação liderada pelo prefeito Cristiano Matheus (PMDB) que como jå noticiado hå cerca de três meses por essa coluna terå como candidato a vice Euclides Mello.

O problema é outro $DVVHVVRULDGD$UVDOLQIRUPRXTXHD¿VFDOL]DomRGHWUDQVSRUWHUHJLVWURX QRWL¿FDo}HVLQFOXLQGRDSUHHQV}HVGHYHtFXORVFODQGHVWLQRVGXUDQWH cinco dias de operação conjunta com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e o Departamento de Estradas e Rodagem de Alagoas (DER), UHDOL]DGDQR¿QDOGHMXQKR3RUpPRSUREOHPDpRXWURWUDWDVHGDVXSHUlotação dos transportes alternativos, e a forma com que os detentores da concessão pública tem tratado os usuários.

Falando nisso... $V¿VFDOL]Do}HVGDRSHUDomR/HL6HFDHVWmRFKDPDQGRDDWHQomRGH PXLWRVPRWRULVWDVQDFDSLWDODODJRDQD1RSULPHLUR¿QDOGHVHPDQDGH operação alguns condutores foram autuados por estarem dirigindo sob o efeito de bebidas alcoólicas ou por se negarem a fazer o teste do bafômetro. A infração para o condutor que estiver alcoolizado ou se negar a fazer o teste, Ê considerada gravíssima. AlÊm de uma multa de R$ 957 e sete pontos na CNH, serå aberto um processo administrativo no Detran/ AL e este motorista poderå perder o direito de dirigir por 12 meses.

Embarque No início da tarde de segunda-feira, dia 2, era intensa a movimentação no Aeroporto Zumbi dos Palmares, o motivo era o embarque de membros da bancada federal para Brasília. Subindo pela escada rolante estava Mosart Amaral conversando atentamente com o senador Renan Calheiros, logo após tomava o mesmo destino o tambÊm senador Fernando Collor só que solitariamente. Jå no portão de embarque estavam os deputados federais Renan Filho, Mauricio Quintella e João Caldas, todos no mesmo Airbus.

Prorrogado Foi prorrogado para o dia 20 de agosto o prazo para inscriçþes do Programa de Bolsas Luso-Brasileiras, segundo informação da Assessoria de Intercâmbio Internacional (ASI). O projeto oferece dez vagas para intercâmbio em instituiçþes portuguesas aos estudantes dos cursos de Licenciatura da Universidade Federal de Alagoas. Devido a essa alteração, o resultado serå divulgado no dia 30 de agosto.

CĂ‚MARA

Ministro do STJ Ê homenageado hoje O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas (OAB/AL) Humberto Martins serå agraciado nesta quarta-feira (4) com o Título de Cidadão BenemÊrito do Município de Maceió. A solenidade de outorga serå realizada às 10h, no plenårio da Casa de Mårio Guimarães, no Centro. A homenagem Ê um reconhecimento do Poder Legislativo Municipal à contribuição que Humberto Martins tem prestado à capital.

LUIS VILAR REPĂ“RTER

greve de 48 horas dos servidores do JudiciĂĄrio Federal prevista para ter inĂ­cio hoje, dia 4, pode inviabilizar a inscrição das candidaturas, conforme assessoria de imprensa do sindicato da categoria. Os funcionĂĄrios do JudiciĂĄrio Federal e do MinistĂŠrio PĂşblico da UniĂŁo devem ainda realizar concentração em frente ao FĂłrum Eleitoral, no bairro do Farol, Ă s 8h. A intenção dos servidores - por meio do sindicato da categoria, o Sindjus - ĂŠ mobilizar ainda os funcionĂĄrios da Justiça do Trabalho, Justiça Eleitoral para participar do ato pĂşblico denominado “ApagĂŁo do JudiciĂĄrioâ€?. De acordo com o lĂ­der sindical, Paulo FalcĂŁo, a busca ĂŠ por inviabilizar as candidaturas Ă s eleiçþes de outubro, chamando atenção para os projetos de leis que revisam os Planos de Cargos e SalĂĄrios da categoria. SĂŁo dois projetos - o de nĂşmero 6.613/2009 e o 6.697/2009 que se encontram no Congresso Nacional. Conforme o representante do sindicato, uma das ma-

Juíza obriga prefeito a tirar famílias de åreas de risco A juíza de Direito da Comarca de Novo Lino, Laila Kerckhoff, determinou que o prefeito do município de Novo Lino, Everaldo Barbosa (PMN), remova as faPtOLDV TXH WrP VXDV UHVLGrQFLDV VXMHLWDV DR ULVFR GH desmoronamento detectado no parecer tÊcnico da Defesa Civil. AlÊm da remoção, a magistrada tambÊm pede para que a prefeitura aloje as referidas famílias em locais adequados ou arque com um auxílio-moradia, sob pena de multa diåria no valor de R$ 1.500 mil por casa. TambÊm foi determinada à administração local que não conceda alvarås para a construção de novos imóveis na årea comprometida, sob pena de multa diåria no valor de R$ 3 mil. Após a intimação – feita hå 15 dias – a prefeitura tem 60 dias para atender o pedido. As casas comprometidas ÀFDPQD5XD-RVHID*RXYHLD de Arola, Travessa da Saudade e Rua do Campo.

A determinação ĂŠ resultado de uma Ação Civil PĂşblica impetrada pelo defensor pĂşblico Manoel Correia. Segundo o defensor, mais de 50 casas estĂŁo em situaçþes GH HPHUJrQFLD ´6H KRXYHU descumprimento iremos ingressar de imediato com o pedido de prisĂŁo do responsĂĄvel por crime de desobedirQFLD(VHDFRQWHFHUDOJXP acidente durante esses 60 dias, o municĂ­pio terĂĄ responsabilidade civilâ€?, explica Correia. O defensor explica que no ~OWLPR PrV GH DEULO D 'Hfensoria PĂşblica de Alagoas foi contactada por residentes na referida ĂĄrea e relataram que o local apresentava graves riscos de desmoronamento no perĂ­odo de chuvas. “A situação era agravada pela conduta omissa do municĂ­pio, a qual, nĂŁo obstante, fornece os alvarĂĄs para construção e cobra o respectivo imposto predial (IPTU). AlĂŠm de tudo, o referido municĂ­pio nĂŁo procedeu com

as obras necessĂĄrias para urbanização, tais como drenagem e calçamento de ruas, correto manejo das barreiras e construção de muros de arrimoâ€?, diz Manoel Correa. Conforme a vistoria realizada no Ăşltimo dia 8 de maio, o parecer tĂŠcnico concluiu que “existe a possibiliGDGH GH RFRUUrQFLD GH VLQLVtro por se tratar de uma ĂĄrea de riscoâ€?. “SĂŁo necessĂĄrias medidas judiciais que, em primeiro lugar, impeçam novas construçþes e remova as famĂ­lias das ĂĄreas de risco para casas de aluguel a serem custeados pela municipalidade e, noutro momento, a determinação de que a municipalidade encampe as obras necessĂĄrias para urbanização da ĂĄreaâ€?, solicitou o defensor. SEM CONTATO A reportagem tentou contato com o prefeito Everaldo Barbosa, porĂŠm, seus celulares estavam fora da ĂĄrea de cobertura, ou simplesmente nĂŁo atendiam.

tĂŠrias - o de nĂşmero 6.613 - se encontra na ComissĂŁo de Finanças e Tributação da Câmara Federal. AlĂŠm da paralisação em Alagoas e em outros estados do paĂ­s, os servidores tambĂŠm vĂŁo se concentrar no Congresso Nacional - nesta quarta-feira - para que a matĂŠria jĂĄ seja aprovada. A categoria reclama que a presidente Dilma Rousseff 37 SRUPHLRGDLQĂ XrQFLD na bancada - vem travando as negociaçþes entre os poderes Executivo, Legislativo e JudiciĂĄrio. Ainda em 2011, como explica a assessoria de imprensa do sindicato da categoria, o governo federal WHULDUHWLUDGRRVUHFXUVRVĂ€nanceiros destinados Ă revisĂŁo do Plano de Cargos e SalĂĄrios da Lei OrçamentĂĄria Anual (LOA) inviabilizando a conquista dos servidores. A implantação do plano jĂĄ seria prevista na peça orçamentĂĄria. A categoria viu o ato da presidenta como um a “medida inconstitucional que feriu a autonomia dos poderesâ€?. Segundo o coordenador JurĂ­dico do Sindjus/AL, os atos de paralisação estĂŁo sendo as Ăşnicas armas possĂ­veis para cobrar a aprovação dos projetos de lei.

GDI

Assembleia cria nova JUDWLĂ€FDomR VICTOR AVNER REPĂ“RTER

Um novo bĂ´nus salarial foi criado pela Assembleia Legislativa do Estado (ALE). Os deputados aprovaram a *UDWLĂ€FDomR SRU 'HGLFDomR ,QVWLWXFLRQDO *', 2EHQHfĂ­cio ĂŠ uma reformulação da *UDWLĂ€FDomR GH 'HGLFDomR ([FHSFLRQDO *'(  GHQXQFLDGDQRĂ€PGRDQRSDVVDGR A maioria dos parlamentares presentes Ă sessĂŁo de ontem (3) foram favorĂĄveis j *', 6RPHQWH 5RQDOGR Medeiros, Judson Cabral, PatrĂ­cia Sampaio (todos do PT) e o jovem JoĂŁo Henrique Caldas (PTN) votaram contra a criação da nova verba GHJUDWLĂ€FDomR O problema, de acordo com Medeiros, ĂŠ que o projeto nĂŁo foi apresentado aos deputados antecipadamente. “NĂłs nĂŁo conhecemos o teor do projeto. Pedimos que a votação fosse adiada, mas o presidente disse que nĂŁo poderiaâ€?, explica. LĂ­der do PT, o deputado recomendou que sua bancada nĂŁo aprovasse o projeto. “Eu nĂŁo sou contra que se pague hora extra para quem realmente trabalha. Agora ĂŠ preciso que os pagamentos sejam feitos com transpaUrQFLDÂľSRQWXD0HGHLURV RECOMENDAĂ‡ĂƒO O projeto foi aprovado em primeira e segunda votação. Agora, basta apenas ser sancionado pelo governador do Estado para entrar em vigor. Com a medida, a Assembleia cumpre acordo feito com o MinistĂŠrio PĂşblico. O ĂłrgĂŁo havia orientado a Mesa Diretora a regulamenWDURSDJDPHQWRGD*'( TATURANA $V JUDWLĂ€FDo}HV QD $Vsembleia foram questionadas pela PolĂ­cia Federal na Operação Taturana. Ă€ ĂŠpoca, os deputados tinham diUHLWRj*UDWLĂ€FDomRGH$WLYLGDGH3DUODPHQWDU *$3 2 inquĂŠrito policial considerou que o pagamentos do bĂ´nus era irregular e lesivo aos cofres pĂşblicos.


6

OPINIAO

TribunaIndependente

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

Opinião

Salário na internet

T

udo é público no serviço público. O lema que caracateriza a principal ÀQDOLGDGH GD DGPLQLVWUDomR S~EOLFD no Brasil parece estar sendo mais evidenFLDGRGHSRLVGDLQFOXVmRGD/HLGH$FHVVR j ,QIRUPDomR LPSODQWDGD REULJDWyULDPHQWHHPWRGDVDVUHSDUWLo}HVSULPHLUDPHQWHYLQFXODGDVj8QLmR$VVLPRDFHVVR DRFLGDGmRGHLQIRUPDomRTXHYmRGHVGH processo de seu interesse pessoal ao acomSDQKDPHQWRGHJDVWRVGHTXDOTXHUyUJmR GHYHP HVWDU  j VXD GLVSRVLomR HP WHPSR UHDOHVHPVXEWHUI~JLR O que muitos que fazem parte da esWUXWXUD GR VHUYLoR S~EOLFR IHGHUDO QmR HVSHUDYDPHUDDGHFLVmRGDSUHVLGHQWH'LOma Rousseff de que todos os vencimentos dos servidores públicos do Poder Executiv RIRVVHPH[SRVWRVSDUDDSRSXODomREUDVLOHLUDSRULQWHUPpGLRGD,QWHUQHW(YLGHQWH-

PHQWHTXHDPHGLGDpDFHUWDGDGRSRQWR GHYLVWDGDWUDQVSDUrQFLDGDDSOLFDomRGR RUoDPHQWR GD 8QLmR(PERUD UHVVDELDGRV GDPHGLGDSULQFLSDOPHQWHQRTXHGL]UHVSHLWRjVHJXUDQoDGHGDGRVRVIXQFLRQiULRV GR ([HFXWLYR FXMRV YHQFLPHQWRV HP VXD PDLRULD VmR FRPSDWtYHLV FRP D UHDOLGDGH GDLQLFLDWLYDSULYDGDFRPHoDPDDFHLWDU a iniciativa. 3RUpPVLWXDomRFRQWUiULDpYHULÀFDGD nos poderes considerados pomposos como VmRRVFDVRVGROHJLVODWLYRHMXGLFLiULR1R 6HQDGRHQD&kPDUDGRV'HSXWDGRVDUHDomRFRQWUiULDYHPGRVSUySULRVSDUODPHQWDUHV-iDGHFLVmRGR&1-GHREULJDURV WULEXQDLVGHMXVWLoDVUHYHODUYHQFLPHQWRV GHPDJLVWUDGRVHVHUYLGRUHVFHUWDPHQWH VHUi XP WHVWH GH IRJR QHVWH SURFHVVR GH transparência que se tenta implantar no poder público.

MIRABEL ALVES Advogado

$FHVVRjLQIRUPDomR O povo brasileiro foi contemplado com mais um insWUXPHQWR OHJDO SDUD HIHWLYDU R H[HUFtFLRGDGHPRFUDFLDTXHQR nosso caso é exercida através GDUHSUHVHQWDomRTXHHPQRVVR nome é exercida pelos nossos UHSUHVHQWDQWHV TXH HVWmR QDV HVIHUDVGHSRGHUHTXHOiFKHJDram através do nosso voto. eFODURTXHTXDQGRRVJHVWRres percebem que o povo está ID]HQGR D PDUFDomR FHUUDGD VREUH RV DWRV S~EOLFRV WRPDP FXLGDGRHSURFXUDPDJLUGHQWUR do que determina a lei. 2 LQVWUXPHQWR OHJDO UHIHULGR pDQRYtVVLPD/HLQžGH  GH QRYHPEUR GH  3HOD UHIHULGD OHL RV JHVWRUHV S~EOLFRV VmR REULJDGRV D SUHVWDU WRdas as informações acerca dos JDVWRVGRGLQKHLURS~EOLFRFRP H[FHomR DSHQDV GD LQIRUPDomR FRQVLGHUDGD VLJLORVD TXH QRV termos da lei citada é aquela submetida temporariamente à UHVWULomR GH DFHVVR S~EOLFR HP UD]mRGHVXDLPSUHVFLQGLELOLGDGHSDUDDVHJXUDQoDGDVRFLHGDde e do Estado. $IRUDHVVDUHVWULomRWRGDVDV outras informações que tratam GRV JDVWRV GH YHUEDV S~EOLFDV GHYHPVHUSXEOLFDGDVPHGLDQWH VLPSOHV UHTXHULPHQWR FRQ-

IRUPH Mi SUHYLVWR HP XP GRV LQFLVRV GR DUWLJR ž GD QRVVD &RQVWLWXLomR 1D YHUGDGH D QRYD OHL YHP DSHQDV UHJXODPHQWDU R TXH Mi HVWDYDSUHYLVWRQD&RQVWLWXLomR )HGHUDOMXVWLÀFDQGRVHVXDQHcessidade a partir do pouco caso que as autoridades fazem das OHLV H GD SUySULD &RQVWLWXLomR )HGHUDO VRE RV PDLV GLYHUVRV SUHWH[WRVTXHFRPRDGYHQWRGD QRYDOHLFDHPSRUWHUUD Vale lembrar que as informações de que tratam a ConstituiomR H D OHL UHIHULGD GHYHP VHU prestadas no prazo máximo de  GLDV FRQIRUPH JDUDQWLD GH RXWUDOHLIHGHUDOTXHYHLRWmRVRmente para indicar o prazo que a autoridade tem para fornecer DTXDOTXHUFLGDGmRDVLQIRUPDções solicitadas. $ HIHWLYDomR GR GLUHLWR j LQIRUPDomR SDUD DOFDQoDU VXD SOHQLWXGH QHFHVVLWD SURWDJRnismo social. Sem ele nada RFRUUH6HRSRYRQmRFRQKHFHU RVVHXVGLUHLWRVHQmRH[HUFrORV nada vai mudar. Estamos diante da possibilidade de termos acesso a toda HTXDLVTXHULQIRUPDo}HVVREUH SRU H[HPSOR RV JDVWRV FRP RV salários dos servidores públiFRV FRP D VD~GH D HGXFDomR

e tantas outras politicas púEOLFDVRXVHMDWHPRVPDLVXP instrumento de luta contra a FRUUXSomRHQmRSRGHPRVDEULU PmRGHXViORVRESHQDGHLQFRUUHUPRVHPRPLVVmR 2TXHGLUmRDVIXWXUDVJHUDções quando perceberem que WtQKDPRVXPLQVWUXPHQWDOTXH GHOH QmR À]HPRV XVR H TXH D QRVVDRPLVVmRJHURXPRUWHVQD saúde pública precária; que por QRVVD RPLVVmR PXLWDV SHVVRDV ÀFDUDP QR DQDOIDEHWLVPR HQtre outras consequências que IUXWLÀFDP FRPR UHVXOWDGR GD inércia social? Prestar contas do mandado pREULJDomRGHFDGDSHVVRDTXH IRLHOHLWDSHORYRWRSRSXODUQmR é favor prestar contas do dinheiro público para que o povo saiba onde está sendo aplicado FDGDFHQWDYR+iXPDVpULHGH SULQFtSLRVWRGRVDEUDoDGRVSHOD QRVVD &RQVWLWXLomR )HGHUDO H HQWUH HOHV HVWi R SULQFtSLR GD publicidade dos atos adminisWUDWLYRV DWUDYpV GR TXDO WRGR HTXDOTXHUDWRHQYROYHQGRJDVWRV S~EOLFRV GHYHP VHU REMHWRV GH DPSOD GLYXOJDomR SDUD TXH QmRUHVWHPG~YLGDVVREUHRQGH HFRPTXrHVWiVHQGRJDVWRRGLQKHLURGDSRSXODomR Vamos exercer a democracia?

MAURO SANTAYANA Jornalista

$GLUHLWDVHDVVDQKD

MARCELO SEMER Juiz de Direito e escritor

$UPDFRQWUDRFULPH

Tachado de assistencialista e HOHLWRUHLUR DFXVDGR GH GHVHVWtPXORDRWUDEDOKRR%ROVD)DPtOLD acaba de receber um inesperado reconhecimento. Trabalho inédito realizado por pesquisadores da PUC do Rio de Janeiro para o Banco Mundial DSRQWRX TXH D H[SDQVmR GR SURJUDPD SRGH WHU VLGR UHVSRQViYHO pela queda de cerca de 20% da criPLQDOLGDGHHP6mR3DXOR 2 OHYDQWDPHQWR IRL REMHWR GH UHSRUWDJHP QHVWH ÀPGHVHPDQD GH ´2 *ORERµ 6HJXQGR DÀUPD -RmR0DQRHO3LQKRGH0HOORXP GRV SHVTXLVDGRUHV RXYLGRV RQGH KRXYH PDLRU H[SDQVmR GR %ROVD )DPtOLDHP FRPDLQFOXVmR GR DWHQGLPHQWR D IDPtOLDV FRP MRYHQV GH  D  DQRV  KRXYH PDLRU TXHGD GD FULPLQDOLGDGH considerando a prática de delitos YDULDGRV FRPR URXERV YDQGDOLVPRVHVWXSURVKRPLFtGLRVHWUiÀco de entorpecentes. 2HVWXGRLQJUHVVDHPXPDiUHD TXDVHYLUJHP (PERUD VHMDPRV SUyGLJRV HP LQGLFDGRUHV ÀQDQFHLURV TXH Mi nos permitem tutelar o cresciPHQWRGDHFRQRPLDRXGDLQÁDomR TXDVHTXHGLDULDPHQWHGDGRVGD FULPLQDOLGDGH DLQGD VmR H[tJXRV TXDQGRQmRSRXFRFRQÀiYHLVSHOR teor eleitoral que imediatamente despertam. &RPELQDU HPSUHJR HGXFDomR transferência de renda e prática GHFULPHVpDOJRTXHDWpDJRUDQmR se tinha analisado com profundidade. 1RVVRV JHVWRUHV GD VHJXUDQça trabalham praticamente nas VRPEUDV HQTXDQWR D VRFLHGDGH p VHJXLGDPHQWH OHYDGD D FUHU SRU

ilusionistas competentes ou dePDJRJRVLQWHUHVVHLURVTXHPXGDU R&yGLJR3HQDOSRGHVHUGHDOJXPD IRUPD SURGXWLYR SDUD UHYHUter a criminalidade. 2 KRODQGrV /RXN +RXOVPDQ QRV DQRV  H[SOLFDYD XP SRXFR HVVHDWDYLVPRDSDUWLUGHUHJUDV GRV SDUODPHQWRV HXURSHXV /HLV penais eram as únicas que poGLDP VHU SURPXOJDGDV VHP TXH fosse necessário determinar de RQGH VDLULDP RV JDVWRV SDUD VXD H[HFXomR &RP EDVH QLVVR IRUDP utilizadas por muito tempo para SRVWHUJDULQYHVWLPHQWRVVRFLDLV $ÀQDO R TXH p PDLV F{PRGR FRPRUHVSRVWDSDUDDHYDVmRHVFRlar de crianças? Estimular e dar condições materiais a seus pais ou simplesmente ameaçá-los de priVmRSHOR´DEDQGRQRLQWHOHFWXDOµ" (PERUD QmR D H[SOLTXH WRWDOPHQWHDGHVLJXDOGDGHWHPLQÁXência decisiva na criminalidade. O curioso é que aqueles que mais ardorosamente se embrenham na “luta contra o crime” nem querem ouvir falar em reduomRGHGHVLJXDOGDGHVSURYRFDQGR uma constante corrida do cachorURDWUiVGRSUySULRUDER 3HQVDU D VROXomR GD FULPLQDOLGDGHVySRULQWHUPpGLRGHOHLVSHQDLV VLJQLÀFD TXDVH VHPSUH XVDU R TXHURVHQH SDUD DSDJDU XP LQFrQGLR3RUTXHDFDUFHUL]DomRHP PDVVDQmRVyQmRSURYRFDDGLPLQXLomR GRV FULPHV FRPR D PpGLR SUD]R RV ID] FUHVFHU -i YLPRV D KLVWyULDTXDQGRGDHGLomRGD/HL GRV&ULPHV+HGLRQGRV 'HYHULDPUDFLRFLQDUFRPTXHVW}HV FRPR HVVDV RV MXULVWDV TXH HVWmR VH SUHSDUDQGR SDUD QRV OHJDU QRYDV OHLV QmR p SRVVtYHO

HVFUHYHU XP QRYR &yGLJR 3HQDO VHP FRQVWUXLU XP QRYR 'LUHLWR Penal.O maior defeito deste com o qual convivemos é o fato de que sua seletividade serve como uma OXYDSDUDDFULPLQDOL]DomRGDSRbreza. eLPSRUWDQWHUHVVDOWDUQmRVmR os pobres que cometem mais criPHVVmRRVROKRVGDOHLTXHRVÀVcalizam mais e melhor e os punem PDLVULJRURVDPHQWH $ WXWHOD H[FHVVLYD GR SDWULP{QLR TXH YHP VHQGR PDLV JDUDQWLGRGRTXHDSUySULDYLGDDJXoD H[DJHUDGDPHQWH HVVD GHVSURSRUomRHMXVWLÀFDREDL[tVVLPR3,%GD SRSXODomRSULVLRQDO $VVLPHQTXDQWRDFRPLVVmRGRV MXULVWDVUHVLVWHSRUWRGRVRVVHXV PHLRVDFRQVLGHUDUXPIXUWRVHP YLROrQFLDRXDPHDoDFULPHGHPHQRUSRWHQFLDORIHQVLYRHPDQWpP tQWHJUD D SULVmR GRV PLFURWUDÀFDQWHV WRGD VRUWH GH REVWiFXORV MXUtGLFRV VH RS}HP j SXQLomR GRV verdadeiros empresários das contravenções. 7DPEpPQDVHDUDSHQDOHQÀP RVSDWU}HVVHGmRPHOKRU 0DVRTXHSRGHDMXGDUDDIDVWDU D MXYHQWXGH GR FULPH VmR FRLVDV PDLVSURVDLFDVGRTXHDJUDYDUDV penas inscritas no livro dos delitos. 4XDQGR DXPHQWD D UHQGD GL] R SHVTXLVDGRU 5RGULJR 6RDUHV R JDQKR UHODWLYR FRP Do}HV LOHJDLV GLPLQXL H D LQWHUDomR VRFLDO GRV MRYHQV PXGD DR IUHTXHQWDUHP a escola e conviverem mais com JHQWHTXHHVWXGD (PDOJXPPRPHQWRYDPRVSHUFHEHU TXH LQFOXVmR p PXLWR PDLV HÀFLHQWH H PDLV EDUDWR GR TXH D UHSUHVVmR

FILIADO AO

Jorgraf UM PRODUTO:

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Cooperativa dos Jornalistas H*Ui¿FRVGRHVWDGRGHDODJRDV

(PDUWLJRIDPRVR$VVLV&KDWHDXEULDQG TXDOLÀFRX Ki  DQRVRVLQGXVWULDLVGH6mR3DXOR GH VHX WHPSR UHXQLGRV QD ),(63 H QR &HQWUR GDV ,QG~VWULDVGR(VWDGRFRPRRVID]HGRUHVGHFURFKr$),(63GHFLGLX contratar o ex-embaixador Rubens Barbosa como seu pensaGRUSROtWLFRHSRUWDYR]FRUSRUDtivo ao mesmo tempo. 2 GLSORPDWD FRQKHFLGR SRU VXD SRVLomR IUDQFDPHQWH QHROLEHUDO YHP FRPEDWHQGR FRP LUULWDQWH LQVLVWrQFLD D SROtWLFD H[WHUQDEUDVLOHLUDPHVPRTXHR ,WDPDUDW\VRERFKDQFHOHU$QWRQLR3DWULRWDWHQKDGHL[DGRGH VHURTXHIRLVRERJRYHUQR/XOD %DUERVD DFXVRX RQWHP ViEDGRD$UJHQWLQDGHHVWDUGHVWUXLQGRR0HUFRVXODRWUDQVIRUPiOR HP LQVWUXPHQWR SROtWLFR em detrimento de sua natureza FRPHUFLDOHFULWLFRXDLQFOXVmR da Venezuela no bloco. Talvez SRUTXHRVJUDQGHVHPSUHViULRV GH6mR3DXORGHVGHVHPSUHVH QXWUHPGR(VWDGRHOHQmRDWDFRXGLUHWDPHQWHRJRYHUQREUDVLOHLURQHVWDVGHFODUDo}HVPDLV recentes. O ex-embaixador em /RQGUHVH:DVKLQJWRQ²GXUDQWH R JRYHUQR )HUQDQGR +HQULque - está sendo coerente com D VXD SRVLomR LGHROyJLFD H VHX alinhamento conhecido aos inWHUHVVHVGDVJUDQGHVÀQDQoDV 0DV SHOR TXH SDUHFH HVWi prestando mau serviço à indúsWULDGH6mR3DXORTXHWHPQD 9HQH]XHOD XP H[FHOHQWH PHUFDGRFRPSUDGRU6yQRDQRSDVVDGRH[SRUWDPRV86ELOK}HV H  PLOK}HV H LPSRUWDPRV

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

86ELOKmRHPLOK}HVHR superávit comercial com aquele SDtVGH86ELOK}HVHPLlhões. &RPRHVWiVHQGRFRVWXPHLUR QR %UDVLO ² D H[HPSOR GRV (VWDGRV8QLGRV²RVDOWRVIXQFLRnários do Estado se tornam conVXOWRUHV GH JUDQGHV QHJyFLRV WmRORJRVHDSRVHQWDP Esse foi o caminho de Rubens %DUERVD TXH DOpP GH FKHÀDU VHX HVFULWyULR GH FRQVXOWRULD tornou-se presidente do Conselho Superior do Comércio ExteULRUGD)LHVS0DVFRPRYHPRV VHXyGLRDRJRYHUQRYHQH]XHODQRFKHÀDGRSRU&KiYH]OHYRXR D HVVDV GHFODUDo}HV TXH contrariam os interesses dos exportadores paulistas. $ PDQLIHVWDomR GH 5XEHQV %DUERVD FRQÀUPD D RUTXHVWUDomR GD GLUHLWD QDFLRQDO H LQWHUQDFLRQDO FRQWUD D HQWUDGD DXWRPiWLFD ² GLDQWH GD DXVrQFLDGR3DUDJXDL²QR7UDWDGRGR Mercosul. 2UD GDTXL D SRXFRV PHVHV VHUmRUHDOL]DGDVHOHLo}HVSUHVLGHQFLDLVQD9HQH]XHODHFRQIRUPH DV SHVTXLVDV R SUHVLGHQWH &KiYH] GHELOLWDGR SHOD HQIHUPLGDGH WDOYH] SRVVD VHU GHUURWDGRSHORVHXRSRQHQWH+HQULTXH&DSULOHV6HLVVRRFRUUHU R QRYR SUHVLGHQWH SRGHUi VH TXLVHUGHL[DUR0HUFRVXOHDOLnhar-se totalmente aos Estados 8QLGRV1mRKiQDGDSRUWDQWR para que Rubens Barbosa faça GRHSLVyGLRXPDWUDJpGLD 2 QRYR JRYHUQR SDUDJXDLR DPHDoDGHL[DUR0HUFRVXOPDV R SRYR SDUDJXDLR QmR R DFRP-

SDQKD VH GHUPRV FUpGLWR DRV comentários dos leitores dos MRUQDLV 2 GLiULR ÔOWLPD +RUD GH$VVXQomRHPVHXO~FLGRHGLWRULDO GH RQWHP UHFRPHQGD D )HGHULFR)UDQFRHDVHXFKDQFHOHU PRGHUDU D OLQJXDJHP H buscar bom entendimento com os vizinhos. Com quase unaniPLGDGHVHXVOHLWRUHVUHVSRQVDELOL]DP RV JROSLVWDV GR 3DUODmento pelas medidas tomadas SHORVSDtVHVYL]LQKRV 2V ROLJDUFDV GR 3DUDJXDL ameaçam deixar a Unasul e o 0HUFRVXO H LVRODUVH ² H HVVH p XP GLUHLWR GR SDtV  PDV p improvável que o povo os acomSDQKH 2 3DUDJXDL VDEH TXH terá de se entender com os vi]LQKRVPHVPRSRUTXHGHSHQGH GRVSRUWRVGH%XHQRV$LUHVHGH 3DUDQDJXiSDUDRVHXFRPpUFLR internacional. Os mais extremados sonham com uma aliança descarada com os Estados Unidos e a WUDQVIRUPDomRGRSDtVHPXPD HVSpFLHGH,VUDHODVHUDUPDGR HÀQDQFLDGRSHORGLQKHLURDPHricano. Outros falam em uma associaomRGRSDtVFRPD&KLQDeFODUR TXH QmR SRGHPRV VXEHVWLPDU RV DUGLV GRV QRUWHDPHULFDQRV TXHJRVWDULDPGHWUDQVIRUPDUR 3DUDJXDL HP XPD EDVH PLOLWDU FRQWUDD$PpULFDGR6XO 0DV FRPR GLVVH FHUWD YH] R HQWmR JRYHUQDGRU 7DQFUHGR 1HYHVDXPHPEDL[DGRUQRUWHDPHULFDQR R %UDVLO ² DSHVDU GRVTXLVOLQJVHYDVVDORVGRVHVWUDQJHLURVpEHPPDLRUGRTXH R9LHWQm

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e AGência Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO DE 2012

Brasil JOSÉ CRUZ

BRASIL

7

Mução volta ao programa, agradece aos ImVHGL]TXH3)VLJQL¿FD¾SUDWRIHLWRœ O humorista Rodrigo Vieira Emerenciano deixou de lado a voz do personagem Mução e leu uma nota durante o programa de rådio de ontem. Ele disse repudiar TXDOTXHUDWRGHSHGR¿OLD1RGHFRUUHUGRSURJUDPDRKXPRULVWDDLQGDEULQFRX FRPDVVLJODVGD3ROtFLD)HGHUDO 3) TXHSDUDRKXPRULVWDVLJQL¿FD³SUDWRIHLWR´ ³'HSRLVGDIRPHTXHHXVDtGHOi´EULQFRX1RSHU¿OR¿FLDOGR7ZLWWHU0XomR DJUDGHFHXDRVImV³0DPtIHURVREULJDGRSHODIRUoDGHWRGRVRVTXHVHPSUH DFUHGLWDUDPQDPLQKDSDODYUD$JUDGHFHUHLDRYLYRQRSURJUDPDGHKRMH$WpOi´

Em plenårio quase vazio senador diz ser inocente Demóstenes Torres discursou e negou relação com Carlos Cachoeira

O

Palåcio do Planalto tambÊm foi afetado pelo voo do caça da FAB

VOO RASANTE

Ministro da Defesa evita se pronunciar sobre incidente O ministro da Defesa, Celso Amorim, disse ontem que nĂŁo vai se pronunciar sobre o incidente ocorrido domingo, na Praça dos TrĂŞs Poderes, em BrasĂ­lia, quando os vidros dos prĂŠdios do Supremo Tribunal Federal e do anexo do Congresso 1DFLRQDO Ă€FDUDP HVWLOKDoDdos apĂłs um voo rasante de dois caças da AeronĂĄutica. “[Sobre] isso aĂ­, jĂĄ soltamos a nota da AeronĂĄutica. Enquanto nĂŁo estiver muito claro, absolutamente muito claro o que ocorreu, a gente nĂŁo pode prejulgarâ€?, disse Amorim, ao participar da abertura da 2ÂŞ Semana do PatrimĂ´nio HistĂłrico e Cultural Militar, realizada no Institu-

to Histórico-Cultural da Aeronåutica, no centro do Rio. Em nota divulgada o Centro de Comunicação Social da Aeronåutica informou que as pessoas e instituiçþes que tiveram algum prejuízo material em razão do sobrevoo deverão entrar em contato com o Sexto Comando AÊreo Regional para que seja providenciado o reparo. A Força AÊrea Brasileira (FAB) informou que os YLGURV IRUDP GDQLÀFDGRV SRU YROWD GDV K SRU XPD RQGD GH FKRTXH JHUDda pela passagem de duas aeronaves Mirage 2000, durante a cerimônia de troca da Bandeira Nacional na Praça dos Três Poderes.

MAIS 5 MIL

Eleiçþes terão 9,8% de vagas a mais para vereadores Estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgado ontem revela que nas eleiçþes de 2012 serão 5.070 vagas a mais de vereadores do que o número de 2008. Ou seja, passa de 51.748 para 56.818 os vereadores de todo país. O último leYDQWDPHQWRGRÀQDOGHPDLR

indicava 3.672 novas vagas. O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski — que lamenta o aumento de despesas dos municípios — esclarece que, segundo a estimativa populacional do IBGE, os municípios com mudanças populacionais poderiam criar atÊ um total de 8.036 novas cadeiras.

senador DemĂłstenes Torres (sem partidoGO) fez, ontem, seu primeiro pronunciamento no plenĂĄrio do Senado desde o dia 6 de março. Ă€ sua frente, num plenĂĄrio quase vazio, quase ninguĂŠm ouvia o discurso. Pelo menos trĂŞs senadores estavam presentes: Ana AmĂŠlia Lemos (PP-RS), Pedro Taques (PDT-MT) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). DemĂłstenes anunciou que vai discursar diariamente, atĂŠ o prĂłximo dia 11, data prevista para julgamento de seu processo de cassação. Na tribuna, o parlamenWDUYROWRXDQHJDUTXHWHQKD qualquer relação com as atividades do contraventor CarOLQKRV &DFKRHLUD SUHVR HP fevereiro, como resultado de operação da PolĂ­cia Federal. O parlamentar disse que nĂŁo tem sociedade com os investigados pela PF e pelo MinistĂŠrio PĂşblico Federal e garantiu que nunca pĂ´s seu mandato de senador a serviço GRVLQWHUHVVHVGH&DFKRHLUD Ele alegou que apenas atendeu pedidos das “forças produtivasâ€? de seu Estado. O senador, que teve parecer por sua cassação DSURYDGR SHOR &RQVHOKR GH Ética e Decoro Parlamentar na semana passada, tambĂŠm refutou acusaçþes de que teria empregado servidores fantasmas e usado aeronave com frete pago SRU &DUOLQKRV &DFKRHLUD

WALDEMIR BARRETO

Somente trĂŞs senadores acompanharam o discurso do senador DemĂłstenes Torres no plenĂĄrio do Senado

GARÇOM

Bruno serve cafĂŠ para os presos $WUiVGDVJUDGHVKiTXDVH dois anos, o ex-goleiro Bruno, 27 anos, ainda tenta se adaptar Ă rotina de detento. A vida regada a orgias, sucesso e PXLWRGLQKHLURĂ€FRXSDUDWUiV Atualmente, o ex-capitĂŁo do Flamengo vive de forma espartana na PenitenciĂĄria Nelson Hungria, em Contagem (MG), onde aguarda julgamento pelo brutal assassinato da modelo Eliza Samudio, com TXHPHOHWHYHXPĂ€OKR%UXQR DJRUD VHUYH R FDIp GD PDQKm DRV FRPSDQKHLURV GH FDGHLD O ex-jogador foi indiciado por

KRPLFtGLR WULSODPHQWH TXDOLĂ€FDGRVHTXHVWURFiUFHUHSULvado, ocultação de cadĂĄver, IRUPDomR GH TXDGULOKD H FRUrupção de menores. Eliza estĂĄ GHVDSDUHFLGD GHVGH MXQKR GH  TXDQGR WLQKD  DQRV “Ele acorda cedo, abre a FHODHUHFHEHXPFDUULQKRFRP o galĂŁo do cafĂŠ. Vai passando de cela em cela servindo o cafĂŠ nos copos dos presosâ€?, revela Ă‚ngela Maria Rosa Sales, 46, tia de Bruno, que o criou junto com dona Estela, sua avĂł. Depois do cafĂŠ, o ex-goleiro começa a faxina na pe-

nitenciĂĄria, pela qual recebe mensalmente 75% do salĂĄrio mĂ­nimo, R$ 466,50. Mas ĂŠ QDVGXDVKRUDVGHVROGLiULDV que ele relembra os tempos do futebol. Autorizado pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), Bruno H[HUFLWD VHXV UHĂ H[RV XVDQdo meiĂŁo, caneleira e bola. 1DV KRUDV OLYUHV HOH VH atualiza com as notĂ­cias vendo TV ou escutando rĂĄdio. 0DV QmR DFRPSDQKD R IXtebol. “Ele nĂŁo gosta de ver H FKRUD TXDQGR WHP MRJR GR Flamengoâ€?, entrega a tia.


8

MUNDO

TribunaIndependente

MACEIĂ“ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

Mundo

Cozinheiro declarado morto hĂĄ 9 anos se candidata Ă presidĂŞncia da Ă?ndia Ser candidato Ă  eleição presidencial da Ă?ndia foi a solução que pensou Santosh Kumar Singh, um cozinheiro de 32 anos, para demonstrar Ă s autoridades que continua vivo, apĂłs ser declarado morto hĂĄ nove anos. Singh, que nos Ăşltimos dias vem protestando em Jantar Mantar, em Nova DĂŠlhi, por estar hĂĄ anos lutando sem sucesso para que o governo revogue sua certidĂŁo de Ăłbito, emitida em 2003 a pedido de alguns familiares. “Algumas pessoas me recomendaram cometer algum crime SDUDQRWDUHPTXHHVWRXYLYRPDVSUHÂżURXVDUXPFDPLQKRFRUUHWRQR momento apropriadoâ€?, diz o cozinheiro.

LĂ­der Arafat pode ter sido envenenado

Amostras de polĂ´nio, material radioativo, foram encontradas nos pertences de palestino, durante exames sobre o caso RELATĂ“RIO

O

ito anos depois, os motivos da morte do lĂ­der palestino Yasser Arafat continuam sendo um mistĂŠrio. Ontem, novos testes parecem ter chegado perto de concluir o caso. Segundo a TV ĂĄrabe al-Jazeera, elevadas amostras de As agĂŞncias de inteli- polĂ´nio radioativo foram engĂŞncia sĂ­rias estĂŁo operan- contradas nos pertences do do uma rede de centros de ex-presidente da Autoridade tortura em todo o paĂ­s onde Nacional Palestina (ANP), os detentos sĂŁo espanca- o que seria um indĂ­cio de dos com cassetetes e cabos, que o lĂ­der fora envenenado queimados com ĂĄcido e so- com material radioativo. frem violĂŞncia sexual, inforA cena de um Arafat momou o Human Rights Wa- ribundo rodou o mundo dutch em um relatĂłrio ontem. rante semanas. Primeiro, o Os abusos com aval do lĂ­der adoecido, foi tratado em Estado representam crimes sua casa cercada por tanques contra a humanidade que israelenses, em Ramallah. devem ser investigados pelo Depois foi levado para um Tribunal Penal Internacio- hospital militar em Paris. Na nal, disse o grupo de campa- ĂŠpoca, rumores diziam que o nha com sede em Nova York. lĂ­der poderia ter morrido de 2 UHODWyULR LGHQWLĂ€FRX  câncer, cirrose ou ainda em centros de detenção que as decorrĂŞncia do vĂ­rus HIV. A investigação da alagĂŞncias de inteligĂŞncia estariam usando desde março -Jazeera, no entanto, coloca de 2011, quando o governo os boatos abaixo. Depois de do presidente Bashar al- nove meses, a TV conseguiu -Assad começou a repressĂŁo provas de que Arafat gozava aos protestos prĂł-democracia. de boa saĂşde quando adoeceu

SĂ­ria dispĂľe de centros de torturas

CARRO-BOMBA

Ataque no Iraque mata ao menos 40

Um carro-bomba explodiu ontem num movimentado mercado de Diwaniya, no sul do Iraque, matando pelo menos 40 pessoas e ferindo 75 outras, segundo autoridades, em mais um episódio na atual onda de ataques sectårios. Antes, duas bombas deixadas em calçadas por onde passariam peregrinos xiitas mataram quatro pessoas e feriram 21 perto da cidade iraquiana de Kerbala, segundo fontes policiais e hospitalares. A polícia, que mais cedo informou que 25 pessoas tinham morrido no mercado de Diwaniya, anunciou um toque de recolher parcial e fechou todos os acessos à cidade, 150 quilômetros ao sul de Bagdå.

AFP

MÉXICO

Derrotado vai solicitar nova contagem

Líder da ANP, Yasser Arafat morreu em 2004 em decorrência de doenças de causas desconhecidas

de repente, em outubro de 2004. Segundo cientistas em Lausanne, na Suíça, níveis muito altos de polônio radioativo foram encontrados nos pertences do líder palestino. Em alguns casos a incidência de material radioativo estaria

dez vezes alĂŠm do permitido. De acordo com o relatĂłrio, os objetos pessoais de Arafat, em particular aqueles que contiQKDPĂ XLGRVFRUSRUDLVUHJLVtaram nĂ­veis muito elevados do elemento. Os resultados do laboratĂłrio foram relatados

em millibecquerels (mBq), XPD XQLGDGH FLHQWtÀFD XWLOLzada para medir a radioatividade. Suas escovas apresentavam níveis de 54mBq de polônio; a urina de mancha na sua cueca 180mBq - o normal seria menos de 7mBq.

O candidato mexicano AndrĂŠs Manuel LĂłpez Obrador, TXH Ă€FRX HP VHJXQGR OXJDU nas eleiçþes presidenciais mexicanas, disse ontem que pedirĂĄ uma recontagem de votos por supostas irregularidades nas eleiçþes que deram a vitoria ao candidato do Partido RevolucionĂĄrio Institucional (PRI), Enrique PeĂąa Nieto. Segundo LĂłpez Obrador, do Partido da Revolução DemocrĂĄtica (PRD), “o PRI gastou cifras milionĂĄrias em compra de votos no processo eleitoral de domingoâ€?. - Pelo bem da democracia e do paĂ­s ĂŠ preciso contar novamente todos os votos - disse AMLO em uma coletiva de imprensa. PeĂąa Nieto obteve 38.15% dos votos, segundo a contagem preliminar RĂ€FLDO HQTXDQWR /ySH] 2EUDGRU Ă€FRX FRP  As denĂşncias foram feitas nĂŁo sĂł pelo representante do partido de esquerda, mas tambĂŠm pelo governista Partido Ação Nacional (PAN), cuja FDQGLGDWD -RVHĂ€QD 9i]TXH] 0RWDĂ€FRXHPWHUFHLUROXJDU Ontem, milhares de pessoas foram trocar cartĂľes prĂŠ-pagos - supostamente distribuĂ­dos pelo Partido RevolucionĂĄrio Institucional em supermercados de bairros pobres da periferia da Cidade do MĂŠxico, aumentando as acusaçþes de que as eleiçþes foram marcadas por fraudes. Alguns dos donos dos cartĂľes queixavam-se de que nĂŁo receberam tanto quando lhe haviam prometido, ou de que alguns nem sequer funcionavam. Os vizinhos de uma das lojas falavam de uma multidĂŁo de clientes, muito maior do que o normal.


TribunaIndependente

0$&(,Ă?48$57$)(,5$'(-8/+2'(

Cidades

CIDADES

9

Prefeita acusada de causar acidente com morte serĂĄ julgada pelo TJ 2GHOHJDGR)HUQDQGR7HQyULRFRQFOXLXRLQTXpULWRVREUHRDFLGHQWHHQYROYHQGR DSUHIHLWDGH0DWUL]GR&DPDUDJLEH'RGD&DYDOFDQWHRFRUULGRQRGLDGHRX WXEURGHQD$/1RUWH2GHVDVWUHYLWLPRXIDWDOPHQWHDSDXOLVWD/LOLDQ /HY\/HLWmRTXHHVWDYDJUiYLGD$SUHIHLWDVHUiLQGLFLDGDSRUKRPLFtGLRFXOSRVR VHPLQWHQomRGHPDWDU2SURFHVVRVHUiMXOJDGRSHOR7ULEXQDOGH-XVWLoDGH $ODJRDV'HDFRUGRFRPRGHOHJDGR)UDQFLVFR7HQyULRDSUHIHLWDXOWUDSDVVRX DOJXQVYHtFXORVHEDWHXFRPD+LOX[GHSODFD10,QDWUDVHLUDGR3iOLRGH SODFD1/<$/ORFDGRSRUXPFDVDOSDXOLVWDTXHVHGHVFRQWURORXHEDWHX QR&HOWDGHSODFD$27$/FRQGX]LGRSRU.HLODBrito de Oliveira.

Engravatados voltam a assaltar o ItaĂş 3ROtFLDDÂżUPDVHWUDWDUGDPHVPDTXDGULOKDTXHDVVDOWRXRXWUDDJrQFLDGRPHVPREDQFRKiPHQRVGHXPPrV SANDRO LIMA / ARQUIVO

ALANA BERTO BRENO AIRAN REPĂ&#x201C;RTERES

T

Dessa vez,EDQGLGRVQmRFRQVHJXLUDPURXEDURFRIUHGDDJrQFLDSRUTXHQmRPRQLWRUDUDPJHUHQWH

rês homens vestidos de terno e gravata voltaram a atacar uma agência do banco Itaú em Maceió, ontem. Eles tentaram assaltar a agência do banco, localizada na Rua Belo Horizonte, proximo ao posto ConvÊm, no bairro do Farol. A Polícia Civil afirma que se trata da mesma quadrilha que assaltou uma agência do Itaú localizada no Tabuleiro do Martins, no dia 6 de junho. Na ação de ontem, três homens desceram de uma Nissan Frontier preta e abordaram, à porta da agência, os seguranças da empresa Nordeste. Eles levaram três coletes à prova de bala, três revólveres calibre 38 e 32 muniçþes intactas. Segundo o que foi repassado para os oficiais do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), os assaltantes estavam todos de terno e gravata, sendo um deles careca. Eles ainda

tentaram roubar o banco, mas precisariam ter monitorado tambĂŠm a chegada do gerente, que tem acesso ao cofre. Assim, os bandidos resolveram abortar a missĂŁo, tendo saldo apenas no âmbito bĂŠlico. VĂĄrias rondas foram realizadas por equipes do BatalhĂŁo de Operaçþes Policiais Especiais (Bope) e da Força Nacional, inclusive com o helicĂłptero da PM, o PĂŠgasus, pela ĂĄrea do Centro, Bebedouro e ChĂŁ da Jaqueira. As imagens do circuito de câmeras do banco ItaĂş podem ajudar na investigação. Esta ĂŠ a 27ÂŞ agĂŞncia bancĂĄria assaltada este ano. â&#x20AC;&#x153;Ainda nĂŁo podemos passar maiores informaçþes. Mas posso afirmar que ĂŠ a mesma quadrilha que assaltou a agĂŞncia do ItaĂş localizada no Tabuleiro do Martinsâ&#x20AC;?, frisou a delegada Maria Angelita, que ĂŠ titular da Seção Especial de Combate a Roubos a Bancos (Serb) da DivisĂŁo Especial de Investigação e Capturas (Deic).

MENOS DE UM MĂ&#x160;S A primeira ação da quadrilha foi por volta das oito horas da manhĂŁ do dia seis de junho, numa quarta-feira, e o foco foi a agĂŞncia do ItaĂş localizada no bairro do Tabuleiro do Martins, na Avenida Durval de GĂłes Monteiro, prĂłximo Ă Bomba do Gonzaga. A quadrilha era grande. Seis deles teriam ficado dentro de veĂ­culos nĂŁo identificados, esperando pela ação de outros dois - um de terno e gravata e outro com roupa social. Os engravatados chegaram Ă  agĂŞncia e anunciaram o assalto assim que o gerente estacionou o carro na ĂĄrea lateral da instituição. Os bandidos renderam dois vigilantes, levando armas, fardas e comunicadores dos seguranças. AlĂŠm disso, a quadrilha fez o rapa no cofre do banco, levando uma quantia de R$ 54 mil em malotes. No momento do crime, a agĂŞncia ainda estava fechada e os funcionĂĄrios foram orientados a permanecer quietos. ASSESSORIA

Delegada KĂĄtia Emanuelly fRLHPSRVVDGDGHOHJDGDJHUDODGMXQWDSHORGLUHWRUGD3&3DXOR&HUTXHLUD

MAIS INTEGRAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

Delegado-geral dĂĄ posse aos novos diretores da PolĂ­cia Civil O delegado-geral da PolĂ­cia Civil, Paulo Cerqueira, deu posse ontem aos novos diretores da instituição, nomeados por meio de decretos assinados pelo governador Teotonio Vilela Filho e jĂĄ publicados no DiĂĄrio Oficial do Estado. O ato de posse aconteceu em solenidade na sede da PC. Com as mudanças, a delegada KĂĄtia Emanuelly assume a Delegacia Geral Adjunta; o delegado Francisco Amorim Terceiro passa a ocupar o cargo de coordenador especial de GestĂŁo, Planejamento, Orçamento, Finanças e Contabilidade; e o delegado Francisco Medson Lima Maia ĂŠ o novo diretor da Diretoria de EstatĂ­stica e InformĂĄtica. A Diretoria de PolĂ­cia JudiciĂĄria Metropolitana â&#x20AC;&#x201C; responsĂĄvel pela Grande MaceiĂł â&#x20AC;&#x201C; ĂŠ, agora, dirigida pelo dele-

gado Carlos Alberto Reis; a Diretoria de PolĂ­cia JudiciĂĄria da Ă rea 1 â&#x20AC;&#x201C; regiĂŁo do SertĂŁo â&#x20AC;&#x201C; tem como diretor o delegado Robervaldo Davino; a Diretoria de PolĂ­cia JudiciĂĄria da Ă rea 2 â&#x20AC;&#x201C; Agreste e Baixo SĂŁo Francisco â&#x20AC;&#x201C; ĂŠ comandada pelo delegado FlĂĄvio Saraiva, e a delegada Sheila Carvalho passa a comandar a Diretoria de PolĂ­cia JudiciĂĄria da Ă rea 3, responsĂĄvel pelas zonas Norte e da Mata de Alagoas. Permanecem nos cargos o corregedor-geral da PolĂ­cia Civil, Osvaldo Nunes; a diretora da DivisĂŁo Especial de Investigaçþes e Capturas, Ana LuĂ­za Nogueira, e a diretora da Academia de PolĂ­cia Civil, Simone Marques. â&#x20AC;&#x153;O momento ĂŠ de uniĂŁo interna e de integração com todos os setores da segurança pĂşblica para que possamos atender os anseios da sociedade, es-

pecialmente quando os esforços do governo estĂŁo voltados para as metas do plano Brasil Mais Seguro â&#x20AC;&#x201C; Alagoas, e que visa a redução dos Ă­ndices de violĂŞncia no Estadoâ&#x20AC;?, disse o delegado-geral. Paulo Cerqueira destacou a capacidade e a experiĂŞncia dos novos diretores. â&#x20AC;&#x153;Os nomes foram escolhidos exatamente na confiança de que essas qualidades serĂŁo fundamentais para que a PolĂ­cia Civil realize um trabalho profissional mais intenso no combate Ă criminalidadeâ&#x20AC;?, acrescentou. O presidente da Associação dos Delegados de PolĂ­cia de Alagoas (Adepol), AntĂ´nio Carlos Lessa, esteve presente Ă  posse, e colocou que a entidade vai colaborar para fortalecer a uniĂŁo da categoria por mais segurança para os alagoanos.


10

CIDADES

TribunaIndependente

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

MPF pede indenização para Xukuru-Kariri Se ação for acolhida pela Justiça Federal, União pagará R$ 125 milhões aos índios por não ter dado posse de 5.612 hec de terras

O

Ministério Público Federal (MPF) em Arapiraca (AL) propôs ação, na segundafeira (2), na Justiça Federal contra a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai), em que requer indenização de R$ 125 milhões por danos morais e materiais sofridos pelo grupo indígena Xucuru Kariri. O autor da ação, procurador da República José Godoy Bezerra de Souza, considerou a omissão das rés na demarcação das terras – já identificadas pelo governo federal como pertencentes aos índios – ao longo de 19 anos. A área está localizada no município de Palmeira dos Índios e consiste em 5.612 hectares. “A demora traz a eles prejuízos irreparáveis, onde destacamos: os prejuízos culturais, a insegurança alimentar, a violência intertribal e a insegurança social decorrente do conflito de terra com os não-índios da região que se arrasta há mais de três séculos”, explica o representante do MPF junto às causas dos índios e minorias. A afirmação de José Godoy quanto ao período de conflito (mais de 300 anos), a princípio, pode parecer exagerada. No entanto, é fundamentada em documentos, reunidos na ação. Ainda em 1700, a Coroa Portuguesa, por meio do Alvará Régio de 23 de novembro, concedeu “uma légua em quadro” (equivalente a 36 mil hectares) para sustentação dos índios Xucuru Kariri na região. Mas a determinação não foi cumprida. Ao longo dos anos, foram registrados incêndios nas matas com a finalidade de afugentar os índígenas. O analista pericial do MPF/

AL, antropólogo Ivan Farias, apresentou relatos de historiadores e antropólogos que mostram que os Xucuru Kariri ficaram amontoados nas terras mais pobres e inférteis do município. Entre os anos de 1988 a 2003, a Funai chegou a criar grupos técnicos voltados à questão das terras dos Xucuru Kariri, sem que nenhum relatório fosse sequer publicado. Somente em 2010, foi publicado documento que reconhecia a existência da terra indígena Xucuru Kariri – área de 6.927 hectares. Apesar do reconhecimento federal, nada de efetivo foi feito para a entrega definitiva da posse. INDENIZAÇÃO Para calcular a indenização, o procurador tomou como base a extensão da área já reconhecida pela União e Funai como pertencente aos Xucuru Kariri, ou seja, 6.927 hectares, diminuída a parte de terra já entregue (1.315 hectares), totalizando 5.612 hectares. Esse número foi multiplicado pelo período de atraso (19 anos), chegando-se ao resultado de 106.628. O número foi multiplicado ainda pelo valor do arrendamento por um ano de um hectare de terra na região (R$ 1 mil). O valor passou então a ser de R$ 106 milhões e 628 mil. Quanto aos danos morais coletivos, foi definido o valor de um milhão de reais por ano de mora, totalizando o total de R$ 19 milhões. LIMINAR O MPF/AL requer que seja determinado à União e à Funai que concluam imediatamente a demarcação das terras, no prazo máximo de seis meses. No caso do descumprimento, foi previsto pelo MPF a multa diária de R$ 10 mil reais. ASSESSORIA

MILTON RODRIGUES

Moradores da Grota Santa Helena e entorno foram abordados pelos policiais militares que participaram ontem de mais essa operação

Polícia Militar ocupa favela na Chã da Jaqueira PETRÔNIO VIANA MILTON RODRIGUES REPÓRTERES

D

ando continuidade às ações iniciadas na última segundafeira (2), no Vale do Reginaldo, a Polícia Militar realizou ontem uma ocupação na grota Santa Helena, no bairro de Chã da Jaqueira. De acordo com o capitão Marcelo Ferreira, da assessoria de comunicação da PM, a diferença entre as operações é que ontem não havia mandados de prisão ou busca e apreensão para serem cumpridos. “Estamos fazendo abordagens aos populares e a veículos, além de uma incursão dentro da grota em busca de suspeitos”, explicou o oficial. Na entrada da grota, cinco viaturas do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) realizavam abordagens

a veículos, em busca de arma, drogas e documentos irregulares. Na parte de baixo, dentro da grota, cinco guarnições do Batalhão de Operações Especiais (Bope) revistavam moradores da favela e residências, à procura de armamentos e entorpecentes. Três helicópteros também foram usados na operação, sendo um deles do Bope, um da Polícia Militar do Rio de Janeiro e outro da PM de Minas Gerais. A operação integra o conjunto de ações incluídas no Plano Nacional de Segurança Brasil Mais Seguro, lançado em Alagoas na semana passada pelo governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) e pelo ministro da Justiça José Eduardo Cardozo. Até o fechamento desta edição, no final da noite, ninguém havia sido preso.

ZONA AZUL

Maceió voltará a ter controle de estacionamentos públicos DANIEL MAIA REPÓRTER

Secretário de Educação fará visita em 13 das unidades entregues

INAUGURADAS HOJE

Secretaria conclui reformas em 73 escolas estaduais A Secretaria do Estado da Educação e do Esporte (SEE) conclui hoje a reforma de 73 escolas da rede pública estadual selecionadas para reformas emergenciais. As unidades estão localizadas na capital e em 21 municípios e, na ocasião, o secretário Adriano Soares visitará 13 dentre as escolas entregues. As unidades visitadas estão em Maceió, Arapiraca, Capela, Santana do Ipanema e Feliz Deserto. A programação tem início às nove horas, na Escola Estadual Josefa da Conceição, no bairro do Canaã, seguida de mais quatro unidades de ensino na capital. À tarde, as visitas no interior começam às 14h30, pela Escola Estadual Torquato Cabral, em Capela. Além dessas, também haverá inaugurações em Ata-

laia, Cajueiro, Carneiros, Ibateguara, Japaratinga, Joaquim Gomes, Matriz do Camaragibe, Murici, Olho D’Água das Flores, Olivença, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Passo do Camaragibe, Penedo, Pilar, Porto Real do Colégio e União dos Palmares. Desde o início do ano, a SEE empreende reformas em caráter emergencial em 163 escolas da rede. As obras garantirão melhorias nas estruturas de salas de aulas e de leitura, bibliotecas, laboratórios e miniauditórios. Para o secretário, a reforma trará mudanças de infraestrutura e benefícios na educação estadual. De acordo com ele, as escolas que continuam em reforma cumprirão os 200 dias letivos exigidos por lei.

Foi publicada no Diário Oficial do Município de ontem a sanção da Lei nº 6.152, que prevê o controle de estacionamentos públicos da cidade. A finalidade é desenvolver um sistema de estacionamento pago em ruas e locias públicos de difícil circulação de veículos. O assessor de transporte da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Maceió (SMTT), Amaro Araújo Dias, adiantou que a instituição já está realizando o mapeamento dos bairros que mais necessitam de estacionamento público e controlado. Estão

cogitados os bairros do Farol, Jaraguá e Centro. “A prioridade é bairro do Centro. O sistema vai facilitar a vida das pessoas que trabalham por lá, pois elas deixarão seus veículos mais seguros”, avalia. As orlas da Pajuçara e da Jatiúca também podem ser monitoradas pelos agentes da SMTT, bem como os estacionamentos das universidades em Maceió. Ainda segundo o assessor de transporte, Amaro Dias, o projeto denominado Parqueamento Maceió está sendo apreciado pela Procuradoria Geral do Município (PGM). Após essa etapa, o processo licitatório será iniciado pelo órgão. ADAILSON CALHEIROS

Bairro do Centro é prioridade do projeto, além do Farol e Jaraguá


TribunaIndependente

AĂ?LTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

CIDADES

11

Acusado de matar Giovanna se contradiz em audiĂŞncia 5pXÂżFRXSHODSULPHLUDYH]IUHQWHDIUHQWHFRPRVIDPLOLDUHVGDHVWXGDQWH NIGEL SANTANA

ANA PAULA OMENA NIGEL SANTANA BRENO AIRAN REPĂ&#x201C;RTERES

F Ratos de estimação

M

elhorado de vida, o Alcalino resolveu morar num ambiente bacana. Procurou o amigo Gumercido, corretor de imĂłveis e disse: - Olha, Guma, me veja aĂ­ uma residĂŞncia no capricho para eu morar. Minha preferĂŞncia ĂŠ Pajuçara, porque sou ligado num marzĂŁo. Gumercindo rebateu: - Sopa no mel, meu chapa! Acaba de desocupar uma casa joiada, justo na Pajuçada. Ă&#x2030; casarĂŁo! - E a vizinhança? - Tudo gente fina! Classe mĂŠdia alta, tĂĄ bom pra vocĂŞ? - Bom demais. Quando posso me mudar? - Acredito que daqui a uma semana, porque prĂłximo a ela existe um terreno baldio coberto de mato, que pertence Ă Ceal e que ela vai mandar limpar... - Quando? - AmanhĂŁ! Alcalino esperou um mĂŞs para a Ceal mandar limpar o terreno. Impaciente, resolveu mudar-se com a famĂ­lia assim mesmo. Dito terreno parecia uma floresta e tinha tudo de ruim que o leitor possa imaginar. Dia seguinte ao da mudança, Alcalino e famĂ­lia, todos felizes, eis que o filho menorzinho, o Juninho, flagrou um gabiruzĂŁo tentando escalar o muro da residĂŞncia e abriu o bocĂŁo: - Socorro, maĂ­nha! Os ratos estĂŁo invadindo a nossa casa! Chame a polĂ­cia! Madame nĂŁo chamou a polĂ­cia, mas apelou para o marido, que jĂĄ pintou no pedaço com uma enorme ratoeira debaixo do braço. Era daquela do tipo gaiola com uma abertura bifurcada, por onde o rato entra e nĂŁo consegue sair. Instalada a armadilha anti-ratĂ­fera, o chefe da famĂ­lia retornou ao trabalho tranquilo e calmo. Ă&#x20AC; noite, quando chegou em casa foi reparar no local onde havia instalado a ratoeira e constatou o sucesso da iniciativa: presos na armadilha mais de dez ratos. EntĂŁo, ele chamou a esposa e deu a ordem: - AmanhĂŁ de manhĂŁ trate de dar um sumiço nesses pestes! Ordem dada, ordem esquecida. Um mĂŞs depois, Alcalino ficou sabendo que os roedores ainda permaneciam vivos, gordos, buliçosos e felizes, na mesmĂ­ssima ratoeira, que fora transformada em â&#x20AC;&#x153;residĂŞnciaâ&#x20AC;? para eles. - Posso saber por que nĂŁo mataram os gabirus? â&#x20AC;&#x201C; perguntou Alcalino Ă  mulher, cheio de autoridade. E a esposa, com ar de penalizada: - Ah, meu filho, e quem teve coragem de matar os bichinhos? Dessa vez, o prĂłprio dono da casa se preparou para eliminar os gabirus. Levou-os atĂŠ o lixĂŁo, abriu a ratoeira e, ao invĂŠs de matĂĄ-los, soltou-os lĂĄ. Assim que se viram livres, os roedores dispararam de volta Ă  casa e se esconderam debaixo da cama do casal. Hoje, adotados como â&#x20AC;&#x153;animais de estimaçãoâ&#x20AC;?, os sobreditos gabirus estĂŁo vivendo numa boa no sĂ­tio recĂŠm-adquirido pelo Alcalino, no Tabuleiro do Martins. Diz ele que os bichos â&#x20AC;&#x201C; todos gordos e gozando de excelente saĂşde â&#x20AC;&#x201C; sĂŁo mais eficientes que certos cĂŁes-de-guarda.

oram quase seis horas de depoimento em que, pela primeira vez, o caminhoneiro Luiz Alberto Bernardino da Silva esteve frente a frente com familiares da estudante Giovanna TenĂłrio, de 28 anos, executada em junho do ano passado. O rĂŠu ĂŠ apontado como autor material do homicĂ­dio. Durante a audiĂŞncia de instrução, Luiz Alberto se contradisse vĂĄrias vezes, inclusive negando informaçþes colhidas durante a investigação, como, por exemplo, os locais onde esteve e os horĂĄrios onde as Estaçþes RĂĄdio Base de operadoras de celulares registraram sua presença. No dia do crime, ele utilizava dois aparelhos celulares de operadoras diferentes (Oi e TIM). O caminhoneiro disse ter estado em dois lugares diferentes no mesmo horĂĄrio e nĂŁo soube responder quando foi interrogado sobre essa suposta falha de memĂłria. Para o MinistĂŠrio PĂşblico Estadual (MPE), nĂŁo hĂĄ dĂşvidas de que o crime foi praticado por Luiz Alberto. â&#x20AC;&#x153;Ele [Luiz Alberto] ĂŠ realmente o culpado, nĂŁo conseguiu provar e nem desmistificar quando o juiz MaurĂ­cio BrĂŞda o interrogou sobre sua passagem por MaceiĂł na Rua Iris Alagoense, local

CaminhoneiroDFXVDGRQRFULPHGLVVHWHUHVWDGRHPGRLVOXJDUHVGLIHUHQWHVQDPHVPDKRUD

onde Giovanna foi vista pela Ăşltima vezâ&#x20AC;?, disse o promotor FlĂĄvio Gomes da Costa. AUDIĂ&#x160;NCIA A primeira pessoa a ser ouvida na audiĂŞncia foi a irmĂŁ de Giovanna, a professora de enfermagem Larissa TenĂłrio, que afirmou que a famĂ­lia sabia do relacionamento entre Giovanna e o empresĂĄrio de Rio Largo AntĂ´nio Bandeira, Toni, que Ă epĂłca estaria separado de Mirella Granconatto. Emocionada, no FĂłrum Jairon Maia Fernandes, Larissa reforçou que Giovanna estaria se afastando do rapaz, jĂĄ que havia

Luiz Alberto nega saber sobre crime $FXVDGRGL]TXHHVWDYDFKHJDQGRGHYLDJHPQRGLDGRVHTXHVWURHVHGHIHQGH NIGEL SANTANA

PDOXFR3RUDFDVRRVHXFRVWXPD IDODUVR]LQKR" (DLQGDJDGD &RPRpTXHYRXVDEHU&RQFHLomR"(XQXQFDYHMRR(OLDVTXDQGR HVWiVR]LQKR

CĂŁes distintos &RPDGUHVDRWHOHIRQH 0HXPDULGRPHSUHVHQWHRXFRPXPFDFKRUUROLQGR0DUJDULGDÂąGLVVHGRQD 'DUF\Âą(OHWHPDWpiUYRUHJHQHDOyJLFD (DRXWUD 2PHXFmRWDPEpPpGHUDoDPDVHOHID][L[LHPTXDOTXHUiUYRUH

O espírito era uma brasa, mora! 2$OYDULGHV%RWHOKRDQGDYDDSDYRUDGRFRPXP³IDQWDVPD´TXHFLVPRX GHLQYDGLURVHXODU6DEHGRUGRIDWR VHXSULPR(UDWyVWHQHVDSUHVHQWRXOKH DVROXomR 2UHPpGLRpYRFrPDQGDU EHQ]HUDFDVD1mRKiIDQWDVPDTXH UHVLVWD $OYDULGHVDFDWRXDVXJHVWmRGR SULPRHFKDPRXXPSDGUHSDUDH[RUFLVDURWDO³IDQWDVPD´2UHYHUHQGR IRLOiHPDQGRXYHURVHXUHSHUWyULR H[RUFtVWLFRHGHXSRUUHVROYLGRR SUREOHPD'HSRLVGHTXLQ]HGLDVGH FDOPDULDROKDR³IDQWDVPD´LQIHUQL]DQGRGHQRYR'HVVDYH]RSULPR (UDWyVWHQHVUDGLFDOL]RX 2OKD$OYDULGHVQHVVHFDVVRVy FKDPDQGRXP³SDLGHVDQWR´SUDID]HU XPDPDQGLJDGDTXHODVEHPUDGLFDLV FRPWXGRDTXHWLYHUGLUHLWRWRSD" $SDYRUDGRHTXHUHQGRVHYHUOLYUH GRVDFDQDGR³IDQWDVPD´DTXDOTXHU SUHoR$OYDULGHVWRSRXDSDUDGDH FRQYLGRXRSUySULRGRQRGDLGHLD SDUDDVVLVWLUjVHVVmRGHPDFXPED PDUFDGDSDUDDVH[WDIHLUDVHJXLQWHj PHLDQRLWH 1RKRUiULRDSUD]DGRGRGLDFRPELQDGRREDEDORUL[iEDL[RXQDFDVD GR$OYDULGHV%DIRUDQGRXPFKDUXWR IHGRUHQWRSUDFDFHWHRFDUDODVFRXOi RSOiLQWURGXWyULR +rKrLQLFLDOPHQWHYDPRV GHIXPDUDFDVDFRPXPSUHSDUDGR GHSyVGHDVDGHPRUFHGRUDVSDGH

XQKDGHXUXEXSHORGHUDWRJDELUXH OtQJXDVHFDGHFREUDFDVFDYHO 'LWRLVWRREDEDORUL[iSHJRXRV LQJUHGLHQWHVMRJRXQXPDFXPEXFDGH PHWDOFKHLDGHEUDVDVHIH]GDUHIHULGD XPDHVSpFLHGHWXUtEXOR$VVLPTXH FRPHoRXDJLUDUDFXPEXFDSHOR PHLRGDFDVDXPDEUDVDHVFDSRX VDLXYRDQGRIH]XPDSDUiERODHIRL FDLUMXVWDPHQWHGHQWURGDFDPLVDGR $OYDULGHVSHODVFRVWDV*ULWDQGRGH GRUHOHFRPHoRXVDSDWHDUQDVDOD (PVHJXLGDGLVSDURXSHORFRUUHGRU HIRLHVEDUUDUQRTXLQWDORQGH¿FRX HVWUHEXFKDQGR$RYHURGUDPDGR LQIHOL]R³SDLGHVDQWR´DSHORX $FXGDPTXHR³HVStULWR´SHJRX VHX$OYDULGHV(pGRVEUDERV'HYH VHUR([X0DQJRO{7HL7HL(VVHpD JRWDVHUHQD $WXUPDWHQWDQGRVHJXUDUR$OYDULGHVHREDEDORUL[iERWDQGRPRUDO 9DLSœUDVSURIXQGH]DVGRLQIHUQR ([XFRQGHQDGR;{6DWDQiV 1HVVHPRPHQWR$OYDULGHVFRQVHJXLXIDODU&RPRVROKRVFKHLRGH OiJULPDVDVFRVWDVIXPDoDQGRHOH PDQGRXYHU ([XRFDFHWH4XDQGRHVVH SDLGHVDQWR¿OKRGDSXWDLQYHQWRX GHVDFROHMDUHVVDSRUUDGHFXPEXFD XPDGDVEUDVDVHVFDSXOLXHFDLXQDV PLQKDVFRVWDVSRUGHQWURGDFDPLVD $EROKDTXHVHIRUPRXQDVFRVWDV GRLQIHOL]HUDGRWDPDQKRGHXPD ODUDQMD

diziam: â&#x20AC;&#x153;Atenda, nĂŁo vai doer nada! Ainda o mal vocĂŞ vai ver, nĂŁo o meu, o seuâ&#x20AC;?; â&#x20AC;&#x153;Hoje eu vou Ă sua casa, nem que seja pra te pegar dentro de casaâ&#x20AC;?, entre outras ameaças. AlĂŠm da irmĂŁ de Giovanna, foram ouvidos tambĂŠm a esposa de Luiz Alberto, Sonei Soares, o irmĂŁo dele, o padre Edvan Bernardino da Silva, o frentista do posto de combustĂ­veis onde Luiz Alberto teria comprado o celular de Giovanna e Meire Emanuella, amiga de Giovanna, todos citados no processo.

TOTAL DESCONHECIMENTO

Mas ĂŠ lĂłgico! 'XDVPDGDPHVFRQYHUVDYDPQR VKRSSLQJKDYLDKRUDV(PGDGRPRPHQWRXPDGHODVDTXHVHFKDPDYD &RQFHLomRGHVDEDIRX 6DEH/HRSROGLQDHXWHQKRSUD PLPTXHRPHX$QWHQRUHVWiÂżFDQGR

descoberto que ele tinha aliança. Mesmo assim, foi ameaçada inĂşmeras vezes pela esposa de Toni. As duas chegaram a trocar farpas duas vezes: uma na boate Le Hotel, em MaceiĂł, e outra num clube de Rio Largo, onde Toni mora e tem uma franquia de supermercados herdada de seu pai. Ă&#x20AC; ĂŠpoca, a jovem de 28 anos que cursava Fisioterapia estava recebendo ameaças pelo celular via mensagens. As mensagens de Mirella - que atualmente estĂĄ detida no PresĂ­dio Feminino Santa Luzia -

Juiz MaurĂ­cio BrĂŞda RXYLXGHSRLPHQWRFRQWUDGLWyULRGH%HUQDUGLQR

â&#x20AC;&#x153;Eu nĂŁo matei a Giovanna. E, se eu soubesse de algo, diria Ă Justiçaâ&#x20AC;?, pontua o caminhoneiro Luiz Alberto, que afirmou que no dia do homicĂ­dio qualificado estava chegando de viagem. â&#x20AC;&#x153;Eu dei comida aos cachorros e depois fui para a casa da minha mĂŁeâ&#x20AC;?, disse Luiz Alberto Bernardino. Foi com essa declaração que o caminhoneiro abriu seu depoimento na primeira audiĂŞncia de instrução do caso. Ao juiz MaurĂ­cio BrĂŞda, da 8ÂŞ Vara Criminal da Capital, Lula, como ĂŠ conhecido o caminhoneiro, traçou o caminho que fez durante o dia 2 de junho de 2011, quando a estudante de Fisioterapia foi sequestrada, por volta do meio-dia, a caminho do restaurante Salude, no bairro do Farol. Ela iria almoçar para voltar para o Centro de Ensinos Superiores de MaceiĂł (Cesmac), na Rua Ă?ris Alagoense, onde faria parte do

seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Fisioterapia. Com fome, e vindo do estågio, num projeto no Papódromo, no bairro do Trapiche da Barra, ela foi convidada por um amigo a comer no referido restaurante. Eles se encontrariam lå. No percurso, perto da Praça do Centenårio, Giovanna foi abordada por um veículo preto. De bom grado, ela entrou, mas quando percebeu uma terceira pessoa no banco de trås se esquivou, segundo testemunhas, e tentou se desvencilhar com destino à porta do lado do passageiro. Contudo, não conseguiu sair. Somente quatro dias depois, os amigos e familiares da estudante tiveram notícias dela. Notícias trågicas. A jovem foi encontrada em um canavial, estrangulada, na cidade de Messias, perto do Posto Flecha. (B.A. / N.S.)

REMANESCENTES

Camelôs ficam em terreno perto do INSS Em reunião na Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidåria (Semtabes) representantes da associação dos camelôs e poder público discutiram sobre onde os comerciantes que não ganharam boxes no Shopping Popular irão ficar. Um dos objetivos da discussão Ê acabar com o comÊrcio informal no Centro da cidade, levando todos para o novo local.

O espaço destinado aos camelôs serå o estacionamento por trås do prÊdio do Instituto Nacional de Seguridade Social, próximo à Praça dos Palmares, e a intenção Ê preparå-lo com limpeza e reforma para receber os novos ocupantes. Serão feitas marcaçþes, onde cada um terå seu ambiente de venda de produtos, tudo com a finalidade de deixar o local organiza-

do para receber os comerciantes e a população. Estiveram presentes na reunião o secretårio adjunto da Semtabes e supervisor do Shopping Popular, Geraldo Câmara, o superintendente municipal de Controle do Convívio Urbano, Galvacy de Assis, a arquiteta da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), Gardênia Nascimento, e o presidente da associação

dos camelôs, Rosivaldo Moura. LIMPEZA Na segunda-feira, a prefeitura concluiu a desocupação da Praça dos Palmares, onde ficavam os camelôs que foram transferidos para o shopping. Foi realizada demolição de barracas e limpeza do local para abrir, novamente, a passagem para os pedestres do Centro de Maceió.


12

CIDADES

TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

ReferĂŞncia nacional

O

sucesso do Cinturão Verde e do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), por meio de parceria entre governo federal e Prefeitura de Arapiraca, coloca o município como referência nacional para sediar o Seminårio Internacional do PAA-à frica. No início da tarde desta quarta-feira (4), o prefeito Luciano Barbosa (PMDB) e o secretårio de Agricultura, Manoel Henrique Cavalcante, irão receber uma comitiva formada por representantes das Naçþes Unidas (ONU) e de cinco países da à frica: Malui, Moçambique, Niger, Senegal e Etiópia.

Programação

Comitiva

De acordo com a proJUDPDomRR¿FLDODSyVR encontro com o prefeito Luciano Barbosa e assessores, os integrantes da comitiva internacional seguirão atÊ a Federação das Associaçþes Comunitårias de Arapiraca (Facomar), para assistirem à apresentação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Municipal.

Em setembro do ano passado, o município de Arapiraca foi escolhido para receber uma comitiva do Programa de Combate à Fome das Naçþes Unidas, por conta do sucesso das açþes do programa da Compra Direta Local da Agricultura Familiar (CDLAF). Os pequenos e mÊdios produtores UXUDLVGH$UDSLUDFDHVWmRVHQGREHQH¿ciados pela Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria de Agricultura, com investimentos de mais de R$ 2 milhþes para a compra de produtos diretamente do campo.

Produtores A iniciativa atende produtores com atÊ 20 tarefas de terra. Os alimentos são comprados para reforçar a merenda escolar, o cardåpio do Restaurante Popular Jerimum e ainda a prefeitura organiza, todos os såbados, a Feira Popular da Agricultura Familiar, no Parque Ceci Cunha. A comitiva permanecerå em Arapiraca durante três dias, incluindo encontros com gestores públicos, empresårios, agricultores, bem como de visitas a propriedades rurais, escolas e pequenas fåbricas de doces e produtos defumados.

Exploração sexual

Empregos

Estimulado pelos elogios dos colegas, o senador Renan Calheiros sugeriu Ă presidente Dilma Rousseff a transformação do projeto que amplia a pena de reclusĂŁo para quem explorar sexualmente menores de idade, em um conjunto de açþes do governo. A proposta de Renan, aprovada na ComissĂŁo de Constituição e Justiça do Senado, eleva a pena dos atuais 4 a 10 anos de reclusĂŁo para 6 a 12 anos para quem cometer crime sexual infanto-juvenil, inclusive via internet. â&#x20AC;&#x153;Trata-se de um crime abominĂĄvel, que fere a dignidade da infância e da adolescĂŞnciaâ&#x20AC;?, disse Renan.

Por falar no senador Renan Calheiros, em seu artigo â&#x20AC;&#x153;Brasil mantĂŠm empregos na criseâ&#x20AC;?, ele destacou que na pesquisa mensal do emprego do IBGE, â&#x20AC;&#x153;a menor taxa de desemprego para meses de maioâ&#x20AC;?, desde 2002. â&#x20AC;&#x153;Um mĂŞs apĂłs o outroâ&#x20AC;?, diz Renan, o Brasil mantĂŠm taxas do chamado pleno emprego. De acordo com a pesquisa do IBGE mencionada por Renan, o nĂşmero de trabalhadores no setor privado, com carteira assinada, tambĂŠm manteve-se estĂĄvel em relação a abril, com 11,2 milhĂľes de funcionĂĄrios.

Piso dos policiais O senador Renan Calheiros recebeu ontem (2), na sede do PMDB em Maceió, dirigentes de associaçþes militares que pediram apoio para aprovação da PEC 300, de autoria do senador alagoano, que cria o piso nacional para os policiais militares e bombeiros. Jå aprovada no Senado, a matÊria aguarda o segundo turno de votação na Câmara dos Deputados. Os dirigentes pediram ao senador Renan para intermediar um encontro das lideranças militares do Norte e Nordeste com o presidente Marco Maia, da Câmara dos Deputados.

Empreendedor Na Ăşltima segunda-feira (2) teve inĂ­cio a Semana do Empreendedor Individual em Marechal Deodoro. O pĂşblico interessado ganharĂĄ cursos de capacitação e dicas sobre como gerir um negĂłcio, detalhando desde a questĂŁo de documentos atĂŠ nichos de mercado e possibilidades de atuação. O evento ĂŠ uma promoção do Serviço Brasileiro de Apoio Ă s Micro e Pequenas Empresas â&#x20AC;&#x201C; Sebrae, em parceria com a Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro.

Mais emprego A artesã Maria de Fåtima dos Santos, que reside e comercializa na Terra da Esperança, destaca a iniciativa, que ela própria diz ser importante para ajudar a desenvolver o pequeno empreendedor, gerando mais empregos, renda e prestação de serviços. A Semana do Empreendedor Individual vai atÊ a próxima sexta-feira (6), com funcionamento das 8h às 14h, na Sala GR(PSUHHQGHGRUTXH¿FDORcalizada no prÊdio da Prefeitura Municipal de Marechal Deodoro.

... Os Arraiås Pisoteio e Banaluar foram os grandes vencedores do Concurso de resgate à Cultura Junina do Viva! o São João de Arapiraca. As comunidades de Batingas e Bananeira levaram emoção, brilho, animação e muito arrasta-pÊ durante as noites no Palhoção. ... A apuração aconteceu neste domingo, no Teatro do Sesi, no bairro Primavera. Os Arraiås foram julgados em dez quesitos. A cada nota, a emoção e o nervosismo tomavam conta dos representantes das comunidades que acompanhavam ansiosamente o desenrolar dos resultados. No Grupo Especial, a campeã Pisoteio faturou o Prêmio de R$ 8 mil; o segundo colocado foi o Arraiå Forró na Roça, da Vila São Francisco, que recebeu R$ 6 mil e o terceiro Aracajana com R$ 4 mil. ... Jå no Grupo de Acesso, Viva Banaluar (R$3 mil), ChapÊu de Palha / Carrasco (R$2 mil) e Cangandú (R$ 1 mil) faturaram os primeiros colocados. Os três arraiås estarão presentes no Grupo Especial do próximo ano. O Arraiå Viva a Roça / Jardim das Paineiras, Arraiå ASA / Bom Sucesso e Matuto na Roça / Baixão caíram para o grupo de Acesso.

Serviços do IML serão realizados no Sanatório Após vistoria no hospital, Defesa Social decidiu pela transferência atÊ sexta ASSESSORIA

A

partir da prĂłxima sexta-feira, os exames legistas em pessoas vivas passam a ser realizados pelo Instituto MĂŠdico Legal (IML) de MaceiĂł nas dependĂŞncias do Hospital SanatĂłrio, conforme determinação da Secretaria de Defesa Social (Seds). A medida foi adotada em carĂĄter temporĂĄrio atĂŠ a conclusĂŁo das obras do novo IML, que serĂĄ construĂ­do no bairro do Tabuleiro do Martins, no perĂ­odo de aproximadamente seis meses. Com a parceria firmada entre a Seds e o SanatĂłrio, exames de conjunção carnal e de corpo de delito serĂŁo realizados naquela unidade hospitalar, que cedeu espaço fĂ­sico para o atendimento ambulatorial. A triagem dos pacientes continuarĂĄ sendo feita no IML, com o devido encaminhamento das pessoas que necessitam dos exames legistas. â&#x20AC;&#x153;Estamos adotando uma medida emergencial e provisĂłria para manter o atendimento Ă população, visto que os exames em pessoas vivas representam cerca de 70% da demanda registrada pela unidade de saĂşdeâ&#x20AC;?, disse o secretĂĄrio da Defesa Social, DĂĄrio Cesar, acrescentando que jĂĄ foi licitada a obra do novo IML. O presidente do Sindicato dos MĂŠdicos, Wellington GalvĂŁo, que representa os mĂŠdicos legistas, disse que a categoria nĂŁo considera o hospital o local mais adequado para abrigar os serviços do IML, mas confirmou que a decisĂŁo do Estado serĂĄ

SecretĂĄrio e diretores da PerĂ­cia e do IML visitaram necrotĂŠrio onde tambĂŠm serĂŁo feitas as necropsias

aceita assim que for comunicada oficialmente. â&#x20AC;&#x153;SĂł nĂŁo voltamos para o IML. Achamos que a transferĂŞncia para o SanatĂłrio irĂĄ causar transtornos para o hospital, atĂŠ porque lĂĄ nĂŁo tem capacidade para atender Ă demanda, mas se o Estado disser que ĂŠ adequado, vamosâ&#x20AC;?. Ele tambĂŠm lembrou que as negociaçþes com a Secretaria de GestĂŁo PĂşblica estĂŁo bem encaminhadas, que a categoria deve conquistar um plano de carreira e, aos poucos, conseguir reajustes atĂŠ garantir o piso de R$ 9.813 por 20 horas sema-

nais. VISITA Acompanhado pelos diretores da Perícia Oficial, Roberto Liberato, e do IML da capital, Luis Mansur, o secretårio Dårio CÊsar vistoriou ontem os serviços de adaptação das salas onde serão realizados os exames legistas em pessoas vivas. Segundo o diretor executivo do hospital, Júlio Bandeira, os trabalhos de adequação do espaço devem ser concluídos atÊ sexta-feira. A Defesa Social tambÊm pretende transferir a realização de exames cadavÊricos para o necrotÊrio do

Sanatório. Para isso, a direção do hospital ficou de providenciar as obras de adaptação, que devem ser concluídas no prazo de 15 dias. Dårio Cesar ressaltou que a transferência dos serviços prestados pelo IML serå em caråter temporårio, atÊ a construção do novo prÊdio do IML, que teve a ordem de serviço assinada pelo governador Teotonio Vilela durante o lançamento do programa Brasil Mais Seguro. O projeto estå orçado em R$ 4,5 milhþes e deve ser concluído atÊ o final do ano. ASSESSORIA PC

MAL SUCEDIDO

Assalto termina com um preso e outro ferido DAVI SALSA REPĂ&#x201C;RTER

Um assalto ocorrido no início da tarde de ontem, na Rua 15 de Novembro, provocou muita correria e pânico no centro comercial de Arapiraca. No momento da ação criminosa, dois homens em uma moto preta abordaram uma pessoa e anunciaram o assalto. O vigilante de uma loja tentou evitar o crime. Houve troca de tiros e um dos assaltantes foi atingido. JosÊ HecÊlio Marques de Souza levou um tiro na perna e foi rendido no local. Seu comparsa, Nildo FÊlix Honorato, mesmo usando uma tornozeleira eletrônica, uma vez que cumpre pena em regime semiaberto em Maceió, conseguiu fugir no momento da troca de tiros. Duas guarniçþes do 3º Batalhão Militar chegaram ao local e realizaram buscas para localizar o fugitivo. Nildo foi encontrado nas imediaçþes do terminal rodoviårio de Arapiraca e acabou detido pela polícia. Com ele, os militares apreenderam um revólver calibre 38 e 13 muniçþes, sendo duas jå deflagradas. O assaltante ferido, JosÊ HecÊlio de Souza, estå internado na Unidade de Emergência do Agreste, sob escolta de militares, enquanto Nildo FÊlix Honorato foi conduzido atÊ a Central de Polícia de Arapiraca. O nome da vítima dos assaltantes não foi revelado, como tambÊm o valor levado pelos bandidos.

Edson da Silva participou de crime em 2007, quando quadrilha sequestrou meninas e as fez refĂŠm

SEQUESTRO

Polícia prende em São Paulo homem condenado em AL Policiais Civis da Seção de Capturas e Custódias Especiais (SECCE), da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) e a Polícia Civil do Estado de São Paulo prenderam Edson da Silva Santos, em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela 17ª Vara Criminal de Maceió, em fevereiro de 2012. Edson da Silva Ê condenado por extorsão mediante sequestro, roubo e formação de quadrilha armada. O crime foi praticado em 2007, quando ele e outros acusados sequestraram duas meninas na cidade de Paulo Afonso, na Bahia, no Hotel

Porto da Ilha, e levaram as vítimas para um cativeiro em Arapiraca. Eles ainda roubaram um veiculo em São Miguel dos Campos, levando tambÊm a proprietåria como refÊm para o mesmo cativeiro. Em confronto com a polícia alagoana, um dos integrantes da quadrilha foi morto e o restante preso. Edson era o único que não tinha sido capturado atÊ o momento. De acordo com Paulo Rufino, gerente de operaçþes da Deic, desde 2007, a Seção de Capturas investiga o paradeiro do sequestrador e, somente agora, conseguiu localizå-lo no bairro de Ata-

laia em SĂŁo Paulo. Segundo Rufino, apĂłs a localização de Edson, foi solicitado o apoio da delegacia de polĂ­cia daquela cidade, que foi importante para o sucesso da prisĂŁo. â&#x20AC;&#x153;Logo que acionamos a polĂ­cia de SĂŁo Paulo, que realizou diligĂŞncias com total empenho e profissionalismo, conseguimos capturar Edson. Precisamos cada vez mais de parcerias assim, para capturar outros foragidos da Justiçaâ&#x20AC;?, esclareceu. Ele foi recolhido Ă Cadeia PĂşblica daquela cidade e em seguida serĂĄ transferido para Alagoas, por agentes da Deic.


TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

IMOBILIĂ RIO

13

DESENVOLVIMENTO

IMOBILIĂ RIO

Novas vias valorizam imĂłveis ao Norte Apartamentos da regiĂŁo tĂŞm preços elevados apĂłs inauguraçþes de novos trechos que facilitam trânsito local um aumento de cem por centoâ&#x20AC;?, revelou Francisco Lima. O corretor informou ainda aceiĂł estĂĄ um ver- que, antes, um apartamento dadeiro â&#x20AC;&#x153;canteiro de de trĂŞs quartos custava entre obrasâ&#x20AC;?, resultado do R$ 80 mil e R$ 90 mil, e que aquecimento dos mercados hoje o mais barato que tem da construção civil e imobi- para vender estĂĄ no valor de liĂĄrio. Com o aumento na R$ 170 mil. â&#x20AC;&#x153;A tendĂŞncia ĂŠ construção de novas vias, que o preço dobre de novoâ&#x20AC;?, valorizando ainda mais os reforçou. empreendimentos Ă sua volO diretor de obras da ta. A tendĂŞncia ĂŠ que os se- Cerutti Engenharia, Maciel WRUHV Ă&#x20AC;TXHP DLQGD PDLV HP Oliveira, tambĂŠm acredita evidĂŞncia. A recĂŠm-inaugu- que a nova via vai valorizar rada Avenida Pierre Chalita, ainda mais os empreendique liga os bairros de Barro mentos no Litoral Norte da Duro, Serraria, Jacarecica capital. AlĂŠm do aumento e SĂ­tio SĂŁo Jorge, vai trazer das vendas dos imĂłveis, ele maior valorização para os conta que a Pierre Chalita empreendimentos no seu en- tambĂŠm encurta distâncias. torno, como ĂŠ o caso do Race, â&#x20AC;&#x153;O trânsito na regiĂŁo favoreda Reycon Empreendimento. ce a economia de tempo, tanâ&#x20AC;&#x153;A Avenida Pierre Cha- to para o transporte de matelita vai valorizar muito o riais quanto de funcionĂĄrios. nosso empreendimento, Antes a gente tinha que desprincipalmente depois que o cer pelo SĂ­tio SĂŁo Jorge todo, novo shopping for construĂ­- hoje jĂĄ saĂ­mos direto em Jadoâ&#x20AC;?, ressaltou o corretor de carecicaâ&#x20AC;?, explicou Maciel. imĂłveis da Reycon EmprePara ele, mais corredores endimentos, Francisco Lima. prĂłximos aos locais aumenâ&#x20AC;&#x153;Os apartamentos do nosso tariam o acesso das pessoas empreendimento jĂĄ teveram e a valorização dos empre-

ANDREZZA TAVARES REPĂ&#x201C;RTER

M

FOTOS: SANDRO LIMA

endimentos, possibilitando ainda mais o aquecimento do mercado. EMPREENDIMENTOS A Cerutti Engenharia jĂĄ estĂĄ entregando aos proprietĂĄrios os apartamentos de dois quartos, da primeira torre do CondomĂ­nio Paradise Beach, em Guaxuma. Segundo Maciel Lima, sĂŁo 14 andares, com quatro apartamentos de trĂŞs quartos por DQGDU TXH Ă&#x20AC;FD jV PDUJHQV da AL-101 Norte. â&#x20AC;&#x153;A segunda torre serĂĄ construĂ­da a partir do mĂŞs de agostoâ&#x20AC;?, informou. O Race, localizado no SĂ­tio SĂŁo Jorge, estĂĄ em fase de construção e terĂĄ 164 apartamentos de dois e trĂŞs quartos, distribuĂ­dos em duas torres interligadas. â&#x20AC;&#x153;Uma torre de 16 andares, cada um com seis apartamentos de dois quartos e a segunda torres terĂĄ 17 andares com quatro apartamentos de trĂŞs quartos cadaâ&#x20AC;?, explicou o corretor Francisco Lima, da Reycon Empreendimentos. Cerca de 37% dos imĂłveis jĂĄ foram Avenida Pierre Chalita interliga quatro bairros e ĂŠ um atrativo importante na compra de imĂłveis vendidos.

VALORIZADO

Mercado estĂĄ de olho no bairro SĂ­tio SĂŁo Jorge RegiĂŁo que antes ninguĂŠm queria, hoje apresenta futuro promissor no segmento imobiliĂĄrio

Terrenos começam a despontar em trechos de novas vias da cidade

A Pierre Chalita, que liga quatro bairros em MaceiĂł: Barro Duro, Serraria, SĂ­tio SĂŁo Jorge e Jacarecica, alĂŠm de valorizar os imĂłveis e os empreendimentos em construção proporcionou uma â&#x20AC;&#x153;corridaâ&#x20AC;? das construtoras para aquisição dos terrenos nessas regiĂľes, em especial a do SĂ­tio SĂŁo Jorge. â&#x20AC;&#x153;Aquela regiĂŁo ĂŠ um futuro promissorâ&#x20AC;?, declarou o presidente do Conselho Regional de Corretores de ImĂłveis em Alagoas (Creci/AL), Vilmar Pinto. Segundo ele, vĂŁo surgir vĂĄrios empreendimentos no bairro do SĂ­tio SĂŁo Jorge, nĂŁo sĂł residencial mas tambĂŠm empresarial. â&#x20AC;&#x153;Daqui hĂĄ trĂŞs ou quatro anos aquela ĂĄrea

vai ser â&#x20AC;&#x2DC;show de bolaâ&#x20AC;&#x2122;; muitos olhares jĂĄ cresceram aliâ&#x20AC;?, revelou o presidente da Creci/ AL. De acordo com o corretor de imĂłveis da Reycon Empreendimentos, Francisco Lima, a regiĂŁo do SĂ­tio SĂŁo Jorge era um local que interessava a poucos. â&#x20AC;&#x153;Antes, ninguĂŠm queria, hoje estĂŁo todos de â&#x20AC;&#x2DC;olhoâ&#x20AC;&#x2122; na regiĂŁo. NĂłs fomos RVSULPHLURVDFRQVWUXLUĂ&#x20AC;]Hmos um posto, o residencial Racine e agora o Raceâ&#x20AC;?, explicou o corretor. Para Francisco Lima, os terrenos na regiĂŁo do SĂ­tio SĂŁo Jorge vĂŁo dar um salto nos preços. â&#x20AC;&#x153;Os terrenos vĂŁo dar um â&#x20AC;&#x2DC;puloâ&#x20AC;&#x2122;, e jĂĄ tem muitas construtoras de olho neles, inclusive a nossaâ&#x20AC;?, enfatizou.

VIAS

Mais duas saĂ­das para RegiĂŁo Norte serĂŁo concluĂ­das

Em obras, a Eco Via Norte irĂĄ se chamar Avenida Presidente Lula e ligarĂĄ Benedito Bentes a Guaxuma

A valorização imobiliĂĄria e o aquecimento do mercado da construção civil na parte alta da capital tende a permanecer em alta. AlĂŠm das avenidas Pierre Chalita e MĂĄrcio Canuto inauguradas no primeiro semestre deste ano, duas outras vias estĂŁo em fase de execução e tambĂŠm vĂŁo trazer o desenvolvimento para a cidade e a valorização dos empreendimentos Ă s suas margens. De acordo com o secretĂĄrio municipal de Infraestrutura, Daniel EugĂŞnio, jĂĄ estĂŁo em fase de execução as vias Eco Via Norte, que vai ligar o complexo habitacional Benedito Bentes ao bairro de Guaxuma, e a segunda etapa da MĂĄrcio Canuto, que vai ligar o Barro Duro a Cruz das Almas. â&#x20AC;&#x153;As vias abrem novas oportunidades de desenvolvimento, com a infraestrutura de suas margens, permitindo assim o crescimento

da cidade e consequentemente uma maior arrecadação do IPTU, cuja verba serĂĄ revertida para novos empreHQGLPHQWRV TXH EHQHĂ&#x20AC;FLDrĂŁo a comunidadeâ&#x20AC;?, explicou o secretĂĄrio. Daniel EugĂŞnio contou ainda que a ocupação das novas avenidas possibiOLWDDUHGXomRGRGpĂ&#x20AC;FLWKDbitacional. PRESIDENTE LULA A Eco Via Norte, que vai se chamar Presidente Lula, terĂĄ cerca de sete quilĂ´metros. JĂĄ a extensĂŁo da continuidade da Avenida MĂĄrcio Canuto (segunda etapa), terĂĄ um pouco mais de dois quilĂ´metros. Na Avenida MĂĄrcio Cauto placas jĂĄ indicam que grandes empreendimentos imobiliĂĄrios nascem na ĂĄrea . O momento econĂ´mico ĂŠ propĂ­cio, pois estĂĄ aquecido, sobretudo com o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento 2- PAC2.

HUMBERTO LĂ&#x201D;BO

Aplicativo para vendas no tablet

A tecnologia ĂŠ utilizada em vĂĄrias ĂĄreas, e o setor LPRELOLiULR QmR SRGHULD Ă&#x20AC;FDU de fora. A Construtora Humberto LĂ´bo prepara um aplicativo para tablet, que serĂĄ lançado em breve, com o intuito de facilitar ainda mais o trabalho dos corretores, alĂŠm de ampliar o espaço de divulgação de seus empreendimentos. O gerente comercial da Construtora Humberto LĂ´bo, Marcos Paulo da Costa, ideaOL]DGRUGRDSOLFDWLYRDĂ&#x20AC;UPRX que a ferramenta serĂĄ a primeira do paĂ­s, no ramo imobiliĂĄrio, com vĂĄrias funcionalidades. No aplicativo estarĂŁo disponĂ­veis banners, folders, plantas baixas e vĂ­deos dos empreendimentos, alĂŠm da histĂłria da construtora e de notĂ­cias do mercado imobiliĂĄrio de todo o paĂ­s. â&#x20AC;&#x153;ApĂłs baixar o aplicativo, tanto clientes quanto corretores poderĂŁo ter acesso aos mapa de localização, que vai mostrar a distância entre as pessoas e o empreendimento consultado, bem como a quantidade de quartos e vagas de garagem do empreendimento, por exemploâ&#x20AC;?, explicou o gerente comercial. O aplicativo terĂĄ uma ĂĄrea restrita para os corretores, onde eles poderĂŁo cadastrar clientes, visualizar disponibilidade de unidades, emitir e receber proposta em tempo real. â&#x20AC;&#x153;Nossos corretores tamEpP SRGHUmR VLPXODU Ă&#x20AC;QDQciamento atravĂŠs de um link da Caixa EconĂ´mica Federal, sem precisar o cliente se deslocar atĂŠ uma agĂŞncia do bancoâ&#x20AC;?, ressaltou Marcos Paulo da Costa. Segundo Daniel Amaral, proprietĂĄrio da empresa Ilhasoft, responsĂĄvel pelo aplicativo, a ferramenta tambĂŠm possibilitarĂĄ o compartilhamento atravĂŠs do facebook. (A.T.)


14

ECONOMIA

TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

Economia etjornalista@gmail.com

Santa Luzia do Norte

S

ĂĄbado, a prefeita FĂĄtima Barros selou compromisso para disputar sua reeleição. (QWUDDJRUDQXPDFKDSDPDMRULWiULD formada com a lĂ­der comunitĂĄria Rita Romeiro. â&#x20AC;&#x153;O povo de Santa Luzia tem a consciĂŞncia de que a administração pĂşblica vem funcionando de forma exemplar em Alagoas, por isso nĂŁo tenho dĂşvida alguma que a prefeita FĂĄtima mais uma vez sairĂĄ vitoriosa nas urnasâ&#x20AC;?, disse o deputado Dudu Holanda, tido como um grande parceiro daquela administração.

Cooperativa CPLA vai participar de evento internacional de laticínios Representantes dos laticínios associados à Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) vão participar de mais uma edição do Congresso Nacional de Laticínios, considerado uma dos maiores eventos de difusão de tecnologias sobre leite e derivados da AmÊrica Latina. O congresso, que acontece de 16 a 19 de MXOKRHP-XL]GH)RUD0*VHUYHFRPRYLWULQHSDUDERDVSUiWLFDVGRVHWRUHQRYDV WHFQRORJLDV&RPRQDHGLomRGHHVWHDQRD&3/$IRLEHQH¿FLDGDFRPD SDUFHULDGR6HUYLoRGH$SRLRjV0LFURH3HTXHQDV(PSUHVDVGH$ODJRDV 6HEUDH AL), que vai proporcionar o intercâmbio. AlÊm do congresso - que debaterå ciência, nutrição em leite e derivados, mercado e outros temas - serão realizadas duas exposiçþes, a de Måquinas, Equipamentos, Embalagens e Insumos para a ,QG~VWULD/DWLFLQLVWD ([SRPDF HD([SRVLomRGH3URGXWRV/iFWHRV ([SRODF 

Alagoas em 1Âş lugar no apoio a voos fretados

Seleção foi feita pela Embratur, que divulgou pontuação måxima para o Estado

A

Alex Freire e Gilson Gama, candidatos a prefeito e vice, respectivamente, FRPS}HPXPDFKDSDGDRSRVLomRDÂżPGHHQIUHQWDURDWXDOSUHIHLWR Marcelo Sousa e a candidata tambĂŠm oposicionista Betânia da Silva. Titulada de â&#x20AC;&#x153;Frente do Bemâ&#x20AC;?, a coligação conta com os partidos PHS, PMDB, PMN e DEM. Nessa frente partidĂĄria estĂŁo tambĂŠm os dois mais votados vereadores, Ivan Fereira e Tuta.

lagoas receberĂĄ voos fretados da Argentina durante a temporada 2012/2013. A boa QRWtFLD FKHJRX QR Ă&#x20AC;QDO GD semana passada, quando a Embratur â&#x20AC;&#x201C; responsĂĄvel pela divulgação do paĂ­s no mercado internacional â&#x20AC;&#x201C; divulgou a pontuação do edital de fretamentos. Alagoas foi o Ăşnico Estado a obter a pontuação mĂĄxima. Oito Estados se inscreveram, mas apenas trĂŞs poderĂŁo receber voos fretados internacionais na prĂłxima alta estação. De acordo com os dados da Embratur,

Capela

5 PAĂ?SES

Santana do MundaĂş

A comunidade de Capela prestigia na manhã desta quarta-feira a inauguração das obras de reformas da Escola Estadual Torquato Cabral. O histórico prÊdio Ê tido como um dos cartþes postais da cidade, sobretudo pela sua arrojada arquitetura. A obra, que atingiu 100% de toda parte física do prÊdio, deve-se ao vereador DedÊ Almeida (PSD), que hå pouco mais de um ano tinha reivindicado esses trabalhos junto ao HQWmRVHFUHWiULRGH(VWDGRGD(GXFDomR5RJpULR7Hy¿OR

Cajueiro

O ex-secretĂĄrio de Educação, Jorge Cavalcante, que agora apoiarĂĄ o petista ZĂŠ Carlos, ĂŠ mais um entre tantos outros em Cajueiro que se sente traĂ­do pelo prefeito Palmery Neto. Cavalcante, hĂĄ dois anos vinha sendo preparado por Palmery para disputar a prefeitura e foi descartado porque o prĂłprio prefeito nĂŁo resistiu de atender os acordos voltados para o grupo de oposição liderado pelo deputado Fernando Toledo. â&#x20AC;&#x153;Palmery nĂŁo tem o hĂĄbito de honrar com seus compromissosâ&#x20AC;?, disse certa vez o vice-prefeito Marcos Construção, rompido hoje com o gestor titular.

Empreendedor Com o objetivo de promover, divulgar, atender e orientar sobre a formalização de empreendedores individuais, bem como capacitå-los nas VROXo}HVGR6(,HVSHFt¿FDVSDUDHVVHS~EOLFRR6HEUDH$/SURPRYH desde segunda-feira a III Semana do Empreendedor Individual. Ao todo, serão 27 pontos de atendimento espalhados pelos bairros de Maceió, alÊm de Arapiraca, Penedo e Salas do Empreendedor dos 30 municípios cadastrados. O evento termina na sexta-feira. Na programação, estão SUHYLVWRVFXUVRVR¿FLQDVSDOHVWUDVVHPLQiULRVDPRVWUDVGH¿OPHV orientaçþes e formalizaçþes.

Maragogi Desde a união em 2008, mulheres provenientes de assentamentos rurais do município de Maragogi vêm transformando o artesanato em uma oportunidade de melhorar suas vidas. Em meio a um cenårio desfavoråvel, a história da Associação Mulheres de Fibra Ê repleta de superaçþes e vontade de mudança, o que se tornou marca registrada do trabalho e da vida dessas mulheres.

Campanha Sobre a Campanha Contra a Paralisia Infantil, iniciada no começo do mês passado, atÊ sexta-feira, a Sesau continua reforçando as açþes, SDUDTXHQHQKXPDFULDQoD¿TXHVHPVHUYDFLQDGD$JHUHQWHHVWDGXDOGR Programa de Imunizaçþes, Denise Castro, informou que a campanha foi LQWHQVL¿FDGDQRVPXQLFtSLRVSULQFLSDOPHQWHQDViUHDVGHGLItFLODFHVVR onde os tÊcnicos estão indo em cada casa para vacinar as crianças. 2QWHPRVSUR¿VVLRQDLVGHVD~GHHVWLYHUDPQDiUHDUXUDOHP6mR/XtVGR Quitunde e Murici. Nesta quarta-feira, os tÊcnicos estarão em Campestre.

Alagoas obteve a pontuação mĂĄxima (100), o Rio GranGHGR1RUWHĂ&#x20AC;FRXFRP sendo considerado apto a receber, e em terceiro lugar Ă&#x20AC;FRXD3DUDtEDFRPSRQWRVHFRQVLGHUDGDFODVVLĂ&#x20AC;FDda. â&#x20AC;&#x153;Ă&#x2030; importante ressaltar que os mercados que mais competem com Alagoas no cenĂĄrio nacional nĂŁo se FODVVLĂ&#x20AC;FDUDP H TXH MXQWR com o Rio Grande do Norte, Alagoas serĂĄ portĂŁo de entrada para voos fretados internacionais, principalmente argentinos, que visitarĂŁo o Brasil, alĂŠm de proporcio-

Comitiva da ONU desembarca KRMHHP$UDSLUDFD DAVI SALSA REPĂ&#x201C;RTER

Arapiraca (Sucursal) - O sucesso do CinturĂŁo Verde e GR3URJUDPDGH$TXLVLomRGH $OLPHQWRV 3$$  SRU PHLR de parceria entre governo IHGHUDO H 3UHIHLWXUD GH $UDpiraca, coloca o municĂ­pio como referĂŞncia nacional para sediar o SeminĂĄrio InWHUQDFLRQDOGR3$$Ă&#x2030;IULFD No inĂ­cio da tarde desta quarta-feira o prefeito LuFLDQR %DUERVD 30'%  H R secretĂĄrio de Agricultura, 0DQRHO +HQULTXH &DYDOFDQte, irĂŁo receber uma comitiva formada por representantes das Naçþes Unidas (ONU) e de cinco paĂ­ses da Ă&#x2030;IULFD 0DOXL 0RoDPELTXH Niger, Senegal e EtiĂłpia. PROGRAMAĂ&#x2021;Ă&#x192;O De acordo com a prograPDomR RĂ&#x20AC;FLDO DSyV R HQFRQtro com o prefeito Luciano Barbosa e assessores os integrantes da comitiva internacional seguirĂŁo atĂŠ a Federação das Associaçþes ComunitĂĄrias de Arapiraca (Facomar) para assistir Ă DSUHVHQWDomR GR 3URJUDPD de Aquisição de Alimentos 3$$  0XQLFLSDO (P VHtembro do ano passado, o

municĂ­pio de Arapiraca foi escolhido para receber uma FRPLWLYD GR 3URJUDPD GH Combate Ă Fome das Naçþes Unidas, por conta do sucesso das açþes do programa da Compra Direta Local da Agricultura Familiar (CDLAF). Os pequenos e mĂŠdios produtores rurais de ArapiUDFD HVWmR VHQGR EHQHĂ&#x20AC;FLDGRVSHOD3UHIHLWXUDGH$UDSLraca, por meio da Secretaria de Agricultura, com investimentos de mais de R$ 2 milhĂľes para a compra de produtos diretamente do campo. A iniciativa atende produtores com atĂŠ 20 tarefas de terra. Os alimentos sĂŁo comprados para reforçar a merenda escolar, o cardĂĄpio GR 5HVWDXUDQWH 3RSXODU -Hrimum, e ainda a prefeitura organiza, todos os sĂĄbados, a )HLUD 3RSXODU GD $JULFXOWXUD)DPLOLDUQR3DUTXH&HFL Cunha. A comitiva permanecerĂĄ em Arapiraca durante trĂŞs dias, incluindo encontros com gestores pĂşblicos, empresĂĄrios, agricultores, bem como de visitas a propriedades rurais, escolas e pequenas fĂĄbricas de doces e produtos defumados.

BENEFĂ?CIOS

EmpresĂĄrios da parte alta da cidade 3DUDIDFLOLWDURDFHVVRDR crĂŠdito dos micro e pequenos empresĂĄrios da parte alta GH 0DFHLy D 'HVHQYROYH  AgĂŞncia de Fomento de Alagoas - iniciou uma parceria FRP D $VVRFLDomR 0HWURSROLWDQDGRV0LFURH3HTXHQRV EmpresĂĄrios do Tabuleiro GR 0DUWLQV H $GMDFrQFLDV $ parceria foi iniciada com a assinatura de um termo de cooperação entre as duas instituiçþes, na Ăşltima segunda-feira (2). Com a parceria, a Associação passa a ser a representante da Desenvolve para os empresĂĄrios de pequeno SRUWH GR 7DEXOHLUR GR 0DUtins no acesso ao crĂŠdito, no DFRPSDQKDPHQWR GRV Ă&#x20AC;QDQciamentos, simulaçþes de linhas de crĂŠdito, programas de fomento e outras açþes.

nar uma visibilidade maior para a RegiĂŁo Nordesteâ&#x20AC;?, explicou Danielle Novis, secretĂĄria de Estado do Turismo. PROCESSO CONCLUĂ?DO Essa ĂŠ a terceira e Ăşltima fase do processo. Os demais Estados inscritos IRUDP GHVFODVVLĂ&#x20AC;FDGRV QD primeira etapa. â&#x20AC;&#x153;Agora ĂŠ sĂł autorizarmos a operação dos voos pleiteados para celebração GR FRQYrQLR ( TXH VHMDP bem-vindos os argentinos!â&#x20AC;?, conclui e vibra Novis. 2SURMHWRSDUDFRQFRUUHU ao edital foi feito pela Se-

cretaria de Estado do Turismo. Segundo a diretora GRQ~FOHRGHSURMHWRVHFRQvĂŞnios da Setur, DanĂşbia Dantas, nos Ăşltimos meses a secretaria conseguiu captar 1,2 milhĂŁo de reais em recursos federais para investimento no turismo. â&#x20AC;&#x153;Esse serĂĄ o quarto convĂŞnio celebrado entre a Setur/ AL e a UniĂŁoâ&#x20AC;?, informa. Essa ação estĂĄ incluĂ­da como um dos marcos do programa de governo â&#x20AC;&#x153;Alagoas 7HP 3UHVVDÂľ GHQWUR GDV açþes estruturantes para o desenvolvimento do turismo em Alagoas.


TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

ESPORTES 15

Corinthians e Boca decidem a Libertadores 'HSRLVGRHPSDWHGH[QD%RPERQHUDULYDLVSUHFLVDPYHQFHUSDUDGHFLGLUTXHPÂżFDUiFRPRWtWXORKRMHQR3DFDHPEX

D

epois do empate por 1 a 1 na Bombonera, Corinthians e Boca Juniors precisam vencer para decidir quem ficarĂĄ com o tĂ­tulo, hoje, as 21h50, no Pacaembu. Em caso de uma nova igualdade, seja por qualquer contagem, a decisĂŁo irĂĄ para 30 minutos de prorrogação. Persistindo, a disputa serĂĄ nos pĂŞnaltis. O Boca Juniors se apega Ă sua histĂłria na Taça Libertadores para acreditar na conquista de mais um tĂ­tulo. Em nove decisĂľes do maior torneio sul-americano, os argentinos saĂ­ram de campo campeĂľes seis vezes. Mas, para o tĂŠcnico Tite, todo o histĂłrico, favorĂĄvel ou contra, nĂŁo pode ser levado em conta pelo Corinthians. â&#x20AC;&#x153;Se fosse pela mĂ­stica, nĂłs estarĂ­amos fora. Todo mundo fala que o Corinthians nĂŁo vai bem em Libertadores. Desde o primeiro jogo estou ouvindo isso. MĂ­stica e experiĂŞncia sĂŁo feitas mais pelas pessoas, pela mentalidade dos atletas, pela equipe, pelo tĂŠcnico, do que pela camisa. Se fosse pela

camiseta, o Corinthians nunca teria caĂ­doâ&#x20AC;?. Os nĂşmeros, aliĂĄs, sĂŁo favorĂĄveis ao Boca. Enquanto o TimĂŁo passou dĂŠcadas convivendo com as provocaçþes dos adversĂĄrios por nĂŁo ter um tĂ­tulo sul-americano, os argentinos possuem um histĂłrico impressionante, principalmente quando do outro lado do campo estĂĄ um time brasileiro. Em quatro decisĂľes fora de casa, a equipe de Buenos Aires ficou com a taça em trĂŞs: 2000 contra o Palmeiras, 2003 diante do Santos e 2007 frente ao GrĂŞmio â&#x20AC;&#x201C; em 77, bateu o Cruzeiro no terceiro jogo, disputado em campo neutro. Em 2004, porĂŠm, acabou em segundo, ao ser batido pelo Once Caldas, na ColĂ´mbia. Assim como aconteceu diante do Tricolor gaĂşcho, a grande aposta dos argentinos para levar mais uma taça para a Bombonera ĂŠ Riquelme. O meio-campista ĂŠ o â&#x20AC;&#x153;donoâ&#x20AC;? do time e a grande esperança do tĂŠcnico Julio CĂŠsar Falcioni de estragar a tĂŁo sonhada festa dos corintianos. EFE

TERRA

Corinthians e Boca precisam da vitória para levantar a Taça de campeão da Libertadores 2012 e carimbar vaga no Mundial de Clubes

UFC 148

Sonnen faz mais declaraçþes contra Anderson

Zagueiro Breno chegou à seleção, mas depois encarou problemas

POLĂ&#x160;MICA

Zagueiro Breno bebia uma garrafa de uĂ­sque por dia Acusado de ter incendiado a prĂłpria casa em setembro do ano passado, o zagueiro Breno, ex-SĂŁo Paulo e Bayern de Munique, sofria de problemas com alcoolismo. O psiquiatra Aachen Henning relatou no tribunal que o jogador estava bebendo uma garrafa de uĂ­sque por dia antes do incidente. Segundo o psiquiatra, o brasileiro vinha consumindo bebidas alcĂłolicas regularmente hĂĄ dois anos. Na semana passada, foi revelado que o jogador bebeu uĂ­sque, cerveja e vinho portuguĂŞs no dia em que a casa pegou fogo. A esposa do zagueiro chegou a afirmar em conversa com um amigo

por telefone que â&#x20AC;&#x153;satanĂĄs havia tomado o corpo de Breno, que vinha tendo atitudes diferentesâ&#x20AC;?. O processo, que chegou ao sĂŠtimo dia de julgamento nesta terça-feira, estĂĄ chegando ao fim. O juiz jĂĄ ordenou que o MinistĂŠrio PĂşblico e a defesa preparem seus discursos. Se as acusaçþes forem confirmadas, o zagueiro, que jĂĄ ficou 13 dias em prisĂŁo preventiva, poderĂĄ cumprir pena de atĂŠ 15 anos. A Promotoria apresentou acusação formal contra o brasileiro em abril, apĂłs meses de investigação. Os acusadores partem do princĂ­pio de que Breno ateou fogo intencionalmente em sua casa.

Chael Sonnen reuniu alguns jornalistas e falou sobre os mais variados assuntos. Franco, criticou o conceito de â&#x20AC;&#x153;artes marciaisâ&#x20AC;? e defendeu o colega de equipe Dan Henderson como lutador nĂşmero um do mundo peso por peso. NĂŁo faltaram, tambĂŠm, as provocaçþes aos brasileiros. Sonnen chamou Anderson Silva de americano e disse que lutar com o Spider no Brasil seria como atuar em territĂłrio neutro. Mas outro ponto chamou mais atenção: Sonnen admitiu que gosta de ser o centro das atençþes e que fica orgulhoso por ver pessoas parando de fazer suas atividades normais para vĂŞ-lo lutar. Com toda a franqueza, meu ego estĂĄ em jogo tambĂŠm. Eu gostaria de ser a maior atração. â&#x20AC;&#x153;Sou grato pela oportunidade. Olhando para trĂĄs, havia tantas coisas que tinham que acontecer. Anderson tinha duas lutas duras. Vitor ĂŠ um idiota, mas ele ĂŠ um lutador muito duro, cara. Eu realmente acho que ele ĂŠ um excelente lutador. (Yushin) Okami ĂŠ incrĂ­vel, bate em mim todos os dias (nos treinos). EntĂŁo, Anderson conseguiu passar por esses caras, e nĂłs dois tĂ­nhamos que voltar a este ponto, nĂŁo foi entregue a nĂłs. Toda noite, quando eu fechei meus olhos, vi essa luta acontecer. Agora que nĂłs estamos falando sobre isso nĂŁo sei por que eu deveria ter pensado que estava sempre por acontecerâ&#x20AC;?.

COMPARAĂ&#x2021;Ă&#x2022;ES

Rubinho nunca foi tão dominado por Schumacher quanto Massa por Alonso Entre 2000 e 2005, anos em que competiu pela Ferrari, Rubens Barrichello era criticado por assumir a condição de segundo piloto, abrindo caminho para vitórias de Michael Schumacher. No entanto, nos seis anos em que correu pela escuderia italiana, o piloto brasileiro nunca teve um desempenho tão inferior ao do heptacampeão mundial quanto o de Felipe Massa em relação a Fernando Alonso neste ano. Com a vitória no Grande Prêmio da Europa, disputado no último dia 24, o piloto espanhol assumiu a liderança do Mundial de Pilotos, com 111

pontos. Massa, por sua vez, teve sua prova comprometida apĂłs acidente com Kamui Kobayashi e cruzou a linha de chegada em 16Âş, mantendo-se com 11 pontos. Sem pĂłdios nesta temporada, o piloto brasileiro da Ferrari conquistou aproximadamente 9,9% da quantidade de pontos que Alonso somou. Nos seis anos em que correu ao lado de Schumacher, Barrichello foi mais dominado em 2001. Naquela temporada, o alemĂŁo fez 123, contra 56 do brasileiro â&#x20AC;&#x201C; 45,5% da marca alcançada pelo companheiro. Em todas as outras tempo-

radas, Rubinho conseguiu ao menos metade dos pontos de Schumacher. Sua melhor temporada foi em 2004, quando conquistou 114 pontos â&#x20AC;&#x201C; 77% em relação aos 148 do heptacampeĂŁo. A marca de Massa tambĂŠm ĂŠ a pior desde que o brasileiro corre com Alonso. Em 2010, o piloto conseguiu 57,1% dos pontos marcados pelo espanhol, contra 45,7% no ano passado. O desempenho começa a ameaçar a permanĂŞncia de Massa na Ferrari â&#x20AC;&#x201C; o contrato do brasileiro com a escuderia se encerra no fim do ano. TERRA

Felipe Massa estĂĄ com desempenho bem abaixo de seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso

G1

FLAMENGO

TĂ­mido, mas sorridente, CĂĄceres chega ao Rio â&#x20AC;&#x2DC;pronto para jogarâ&#x20AC;&#x2122;

CĂĄceres desembarca no Rio para ser o novo reforço do Fla: â&#x20AC;&#x153;Vir para o Brasil era um projeto antigoâ&#x20AC;?

CĂĄceres desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim na manhĂŁ de ontem para assinar contrato de quatro anos com o Flamengo. TĂ­mido, mas receptivo, o volante revelou sua felicidade e garantiu estar pronto para vestir a camisa rubro-negra. - Estou muito feliz por chegar ao Flamengo. Vir para o Brasil era um projeto antigo. Estou pronto para jogar - afirmou CĂĄceres, logo depois do desembarque, ao lado do pai e do irmĂŁo. CĂĄceres tem exames mĂŠdicos previstos para a ma-

nhã desta quarta-feira. Logo depois, assinarå contrato de quatro anos. A apresentação estå prevista para o treino da tarde desta quarta no Ninho do Urubu. Caso os detalhes burocråticos sejam resolvidos e o jogador consiga o visto de trabalho, ele jå ficarå à disposição de Joel Santana para o clåssico de domingo, contra o Fluminense, no Engenhão. Segundo um amigo brasileiro que foi recepcionå-lo no aeroporto, o jogador gosta de praia, mas não Ê fã de noitadas e tem um jeito tranquilo,

avesso à badalação. Hå alguns anos, Cåceres esteve perto de fechar com o Vasco, mas o Libertad dobrou o seu salårio. No Rio, alÊm do suporte para facilitar sua adaptação, ele terå a companhia do pai e do irmão. O jogador não tem filho, a princípio passarå 15 dias em um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, mas se mudarå para um apartamento em breve. No elenco do Flamengo, Cåceres conhece o zagueiro Gonzålez, que jogava no Universidad de Chile.


16 ESPORTES

TribunaIndependente

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

Esportes

Trio alagoano apita estreia de Treze e Salgueiro-PE na Série C do Brasileiro A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou os nomes do trio de arbitragem que vai atuar na partida entre Treze e Salgueiro-PE, marcada para hoje e que marca a estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro da Série C. O árbitro central será o alagoano Flávio Feijó de Omena. Ele será auxiliado por Rondinelli Tavares e Tales Silva, também da Federação Alagoana. Para sua primeira batalha na competição nacional, o Galo realizou coletivo-apronto no Estádio Presidente Vargas e em seguida entrou em regime de concentração. A viagem para o Sertão de Pernambuco aconteceu ontem após o almoço.

Sem dinheiro, CSA FRQÀUPDTXHQmR IDUiFRQWUDWDo}HV

ASCOM CSA

Técnico Lorival Santos terá que trabalhar na Série D com o atual elenco e Cícero Eugênio assume a presidência

A

notícia é forte e vem da direção do CSA. Não existe recursos para contratações. O time terá que seguir na Série D com o atual elenco, mesmo com as baixas sofridas durante a paralisação forçada da competição. O técnico Lorival Santos ainda não está satisfeito e aguardava mais pelo menos três jogadores para suprir os que saíram. “Não seriam reforços e sim uma reposição. Foram desligamentos, em sua maioria, por motivos de ordem pessoal dos jogadores. Mas temos que viver a realidade do clube e jogar com muita raça as partidas que seguem”, disse Lorival. O presidente do CSA, Jorge VI, oficializou o seu afastamento do clube na reunião do Conselho Deliberativo, realizada no Mutange. O vice-presidente Cícero Eugênio assumiu a presidência. Assessor de imprensa do Azulão, Bruno Félix, expli-

cou a mudança. “Na verdade, a carta de afastamento do Jorge data do dia 3 de junho e o Cícero já havia assumido a presidência. Nesta terça-feira, tudo foi oficializado perante o Conselho Deliberativo”, declarou Bruno. Jorge se afasta num momento em que o CSA passa por dificuldades financeiras. Ele disse que pagou 50% dos salários dos jogadores do mês de junho e está trabalhando para viabilizar a outra metade nos próximos dias. Segundo o ex-dirigente, funcionários e comissão técnica já receberam. Ontem o grupo fez trabalho em dois períodos no Mutange. Hoje a agenda está repetida. A viagem para Senhor do Bonfim, na Bahia, será na sexta-feira, onde o CSA percorrerá 650 km de ônibus. “Vamos fazer o máximo para minimizar o desgaste de viagem com uma alimentação balanceada e muito descanso”, disse o prepara-

dor Rodrigo Albuquerque. O meia Gustavo Carvalho se junta ao grupo de jogadores que está entregue aos cuidados do Departamento Médico azulino. Ele sentiu dores na última sexta-feira, após um chute mais forte, e passou o final de semana com o acompanhamento dos fisioterapeutas do CSA. Para o jogo contra o Feirense, domingo à tarde, no interior da Bahia, o time já não vai poder contar com Jucemar Gaúcho e Paulinho Macaíba, suspensos, e Guêba, contundido. O treinador Lorival Santos e o assistente Rodrigo Fonseca, que foram observar os jogos deste domingo do grupo do CSA, já estão em Maceió. De acordo com André Soares, fisioterapeuta do Azulão, o quadro do atleta Gustavo já melhorou no final de semana. “O Gustavo sentiu uma fisgada na coxa direita. Ele está em tratamento intensivo. ASCOM CRB

CSA segue os treinamentos e delegação deve embarcar para interior baiano na próxima sexta-feira

CORINTHIANS-AL

Jogadores são emprestados para Portugal

Sob forte chuva, elenco do CRB trabalhou normalmente visando o duelo de sábado contra o América

GALO

Carlos Magno deixa o CRB e goleiro Anderson poderá jogar no sábado O goleiro Anderson não está vetado para o jogo contra o América-RN, sábado, no Trapichão. Ele surpreendeu a todos na Pajuçara ao declarar que, mesmo com o dedo mínimo da mão esquerda fraturado, quer entrar em campo. Ele disse que vai tentar convencer a direção e a comissão técnica que tem condições de atuar. Na manhã de ontem ele correu em volta do gramado da Pajuçara. “Estou fazendo de tudo para ajudar e vou me esforçar o máximo nesses dias. A fratura aconteceu durante o jogo do Criciúma, mas o departamento médico do CRB agiu de forma rápida e eficaz, acelerando o processo de recupe-

ração”, declarou Anderson. A decisão sobre a escalação do jogador deve ficar com o técnico Roberto Fonseca, que avaliou o trabalho do reserva Cristiano no jogo de treino da última segunda-feira, contra o Tiradentes, na Pajuçara. Ontem também todos os elenco fizeram trabalhos físicos no campo da Pajuçara. Geovani, Rodrigão e Rogélio fizeram um trabalho de manutenção muscular no setor de fisioterapia. Hoje o elenco faz treinamentos nos dois períodos. FOI EMBORA A direção do CRB informou que o jogador Carlos Magno entrou em acordo com o clube e solicitou seu desligamento.

“Tivemos uma conversa muito boa com o atleta, que de forma muito amigável e profissional colocou sua vontade de defender outra camisa. Prontamente atendemos a solicitação do mesmo”, explicou o assessor especial da presidência, Alarcon Pacheco. O trabalho de negociação com mais jogadores de qualidade continua e a direção poderá anunciar mais reforços ainda esta semana A direção do CRB já está se movimentando para que os torcedores regatianos possam adquirir os ingressos. Ingressos de arquibancada baixa estão a R$ 12. Arquibancadas altas R$ 20. Cadeiras especiais saem a R$ 50.

O Corinthians Alagoano continua sendo um grande exportador de talentos para o futebol europeu. Ontem, a direção acertou a saída de mais duas grandes promessas. O jovem zagueiro Rafael, 18, que foi um dos destaques do último Campeonato Alagoano categoria sub-18, será emprestado para o Nacional da Madeira (POR). Rafael também atuou na equipe profissional do Corinthians Alagoano nesta temporada, e mesmo sendo jovem mostrou muita personalidade para brigar por posição durante o Alagoano 2012. Na oportunidade, o Tricolor tinha na disputa pela posição atletas experientes no setor de defesa, como Selmo Lima e Da Silva. O jovem zagueiro assumiu uma postura de líder, durante o Alagoano Sub-18 e carregou por várias vezes a braçadeira de capitão no time que se sagrou campeão estadual. O empréstimo de Rafael para o Nacional da Madeira foi possível devido ao forte laço de amizade que a diretoria do Corinthians Alagoano tem com Rui Alves, que é presidente do clube português. O meia Cleyton, 22, que chegou ao Corinthians Alagoano no início de maio, agora irá defender a Acadêmica de Coimbra na temporada 2012/2013. A transação de empréstimo do atleta foi concretizada no último domingo e, no dia seguinte, o habilidoso meia assinou contrato para as próximas duas temporadas.

APRIMORANDO

ASA realiza avaliações físicas com fisiologista de São Paulo Após a reapresentação, os jogadores do ASA participaram ontem de uma avaliação com o fisiologista Tiago Chinelato. O mesmo profissional atuou no CRB mês passado. O trabalho foi realizado no campo do Clube do Servidor (antigo Sesi) e está sendo considerado de grande importância para o preparador físico Adenilton Soares Delfim e o treinador Heriberto da Cunha. A avaliação foi realizada e todos os dados serão repassados hoje para a Comissão Técnica. Através da análise feita pelo

fisiologista Tiago Chinelatto, que é um fisiologista experiente, tendo trabalhado inclusive na seleção brasileira de futsal, será possível detectar a condição corporal de cada atleta, incluindo o peso ideal, a massa corporal adequada para cada um, considerando-se as suas características e posições táticas. Em campo, o treinador Heriberto Cunha começa montar o time que encara o Avaí na sexta. A previsão é que a delegação deixe Arapiraca hoje e faça um treino em Florianópolis. BLOG DO JANIO BARBOSA

Jogadores do ASAUHDOL]DUDPDYDOLDo}HVFRP¿VLRORJLVWDFRQWUDWDGR


TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012 DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

1

Tom Cruise ĂŠ o ator mais bem pago de Hollywood

Projeto â&#x20AC;&#x2DC;Viva Elisâ&#x20AC;&#x2122; contarĂĄ com novas apresentaçþes e gravação

Mesmo em meio ao que pode ser um amargo processo de divĂłrcio, Tom Cruise ainda tem motivos para comemorar os seus 50 anos de idade: o ator foi apontado pela Forbes como o mais bem pago de Hollywood, com US$ 75 milhĂľes ganhos entre maio de 2011 e maio de 2012. Cruise nĂŁo deve perder esse dinheiro no divĂłrcio, graças a um acordo prĂŠ-nupcial feito com sua ex-mulher, Katie Holmes. No ano passado Cruise lançou â&#x20AC;&#x153;MissĂŁo: ImpossĂ­vel 3URWRFROR)DQWDVPD´RPDLVEHPVXFHGLGRGRVTXDWURÂżOPHVGD multimilionĂĄria franquia, com US$ 637 milhĂľes arrecadados em todo o mundo.

O show â&#x20AC;&#x153;Viva Elisâ&#x20AC;? contarĂĄ com novas apresentaçþes em SĂŁo Paulo. A homenagem da cantora Maria Rita Ă sua mĂŁe Elis Regina, serĂĄ apresentada tambĂŠm nos dias 10, 11 e 12 de agosto, no Credicard Hall. Segundo nota divulgada Ă  imprensa, o show do dia 11 serĂĄ a gravação de um DVD, fato que tinha sido descartado no inĂ­cio do projeto. Maria Rita e sua banda vĂŞm se dedicando desde dezembro do ano passado ao projeto, que inclui, alĂŠm do show, uma exposição multimĂ­dia itinerante, um documentĂĄrio e um apoio Ă  produção de um livro sobre a trajetĂłria da cantora.

Para emocionar as

pessoas

F

erreira Gullar jĂĄ perdeu a conta do nĂşmero de poemas que escreveu ao longo de sua vida. Vida que inclui a participação na fundação do movimento de poesia concreta, prĂŞmios, crĂ´nicas e feitos memorĂĄveis para a lĂ­ngua portuguesa. Mas o escritor, aos 81 anos, reservou tempo para rever sua obra e dar voz Ă s suas 29 poesias preferidas. Ele lançou esta semana o CD â&#x20AC;&#x153;Poemas de Gullar por Gullarâ&#x20AC;? (pela gravadora Luz da Cidade) e diz que sua intenção ĂŠ deixar a poesia mais acessĂ­vel e emocionar as pessoas. ´-iĂ&#x20AC;]PLOKDUHVGHSRHPDV GXUDQWHDPLQKDYLGDQHVWHWUDEDOKRHVWmRRVPHXVSUHIHULGRV

Ferreira Gullar revisita toda sua obra ao selecionar poesias para gravar em CD â&#x20AC;&#x2DC;Poemas de Gullar por Gullarâ&#x20AC;&#x2122;, que chega Ă s lojas esta semana

0DVOHYHLHPFRQWDRWDPDQKR nĂŁo queria falar poesias enormes. Abri com o poema â&#x20AC;&#x153;Fica o nĂŁo dito por ditoâ&#x20AC;?, do meu Ăşltimo livro (â&#x20AC;&#x153;Em alguma parte algumaâ&#x20AC;?), SRUTXHGiDLGHLDGDPLQKDYLVmR GDSRHVLDKRMH$WXDOPHQWHHQtendo que a poesia nĂŁo diz tudo o que tem que ser dito. EntĂŁo, faz de conta que eu disse. Ă&#x2030; irĂ´nicoâ&#x20AC;?, analisa Gullar em entrevista para a divulgação do CD. â&#x20AC;&#x153;Gravar esses poemas me fez viajar pela PLQKDREUDHSHODPLQKDYLGDÂľ Mais do que lançar discos, livros e participar de debates, a grande intenção deste poeta QDVFLGRQR0DUDQKmRpQREUH â&#x20AC;&#x153;Eu quero ĂŠ agradar, emocionar e comover as pessoas. Que sintam DOHJULDOHQGRRXRXYLQGRPLQKDV poesiasâ&#x20AC;?. Desde sua primeira obra, â&#x20AC;&#x153;Um SRXFRDFLPDGRFKmRÂľGH seu processo de composição de-

pendia da maneira como os acontecimentos afetavam sua maneira de pensar. Hoje, Gullar ainda se utiliza do mesmo sentimento para aprovar seus textos. â&#x20AC;&#x153;Sou muito racional, vivo reĂ HWLQGRVRXSROtWLFRHXPPRQWH de outras coisas. Mas quando se trata da poesia, sou descomprometido. Sou solicitado pelo espanto. Alguma coisa acontece que me tira do equilĂ­brio e eu viro poeta. Quando escrevo, penso num texto que corresponda Ă mĂşsica e que transmita uma imagem. Ă&#x2030; preciso respeitar as pausas, os silĂŞncios, o tom do que vocĂŞ quer passar para o leitor. SĂł deixo o poema nascer se sinto que aquilo ali estĂĄ bom, de acordo com o meu julgamento. Se nĂŁo estĂĄ no nĂ­vel que eu espero, eu nĂŁo publicoâ&#x20AC;?. Esta nĂŁo ĂŠ a primeira vez que Ferreira Gullar grava alguns de seus poemas, mas foi este tra-

EDOKRTXHRIH]OHPEUDUGHXP SDVVDGRGLVWDQWHeFRPRUJXOKR WHPSHUDGRSRUJDUJDOKDGDVTXH ele revive um capĂ­tulo curioso de VXDFDPLQKDGDDLQGD´DRVRX 19 anosâ&#x20AC;?. â&#x20AC;&#x153;Meu primeiro emprego foi na 5iGLR7LPELUDQR0DUDQKmR Eu era um bom locutor. Mas eu nĂŁo gostava daquela impostação monĂłtona. Um dia me rebelei, FRPHFHLDHVFXOKDPEDUDQ~QFLRV e notĂ­cias e acabei demitidoâ&#x20AC;?, diverte-se, aproveitando para destacar alguns autores cujas obras em ĂĄudio ele conserva em VHXDFHUYRSHVVRDO´7HQKR-RmR Cabral de Melo Neto, VinĂ­cius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade. Se vocĂŞ lĂŞ um poema


2

TribunaIndependente

DIVERSĂ&#x192;O&ARTE MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

Duas vozes Na primeira sexta-feira de cada mês o cantor Igbonan Rocha comanda o projeto o Som do Boteco. Nesta sexta-feira, quem lhe farå companhia no palco Ê a cantora Kel Monalisa, que acaba de chegar de uma seletiva para o programa �dolos (Rede Record). A dupla promete fazer um passeio pela música popular brasileira. Eles serão acompanhados pelo violonista Altair Roque e o percussionista China Cunha. A partir das 22h, no Boteco da Lua, na Praça da Faculdade, no Prado. Preços: R$ 10 (individual) e R$ 40 (mesa). Mais Informaçþes: (82) 8808-5012 e 9635-4723.

Velhos TitĂŁs A banda TitĂŁs vai pousar em MaceiĂł. Eles chegam para o show da turnĂŞ â&#x20AC;&#x153;Cabeça Dinossauroâ&#x20AC;?, que celebra os 30 anos de carreira do grupo. A apresentação acontece no prĂłximo dia 13 de julho, na Vox Room. O show tambĂŠm ĂŠ uma espĂŠcie de homenagem ao ĂĄlbum originalmente lançado em 1986 e atĂŠ hoje considerado um marco na trajetĂłria da banda. â&#x20AC;&#x153;Cabeça Dinossauroâ&#x20AC;? fez sucesso com os hits â&#x20AC;&#x153;Homem Primataâ&#x20AC;?, â&#x20AC;&#x153;PolĂ­ciaâ&#x20AC;? e â&#x20AC;&#x153;Bichos Escrotosâ&#x20AC;?. A mĂşsica começa Ă s 22h e ainda conta com duas atraçþes locais. Os ingressos estĂŁo Ă  venda nas ORMDV5HGÂżHOG &HQtro e MaceiĂł Shopping) e custam R$ 35 e R$ 70 (pista). Mais Informaçþes: 3034-3282.

Mundo Livre S/A Com novo trabalho na praça, â&#x20AC;&#x153;Novas Lendas da Etnia Toshi Babaaâ&#x20AC;?, a banda Mundo Livre S/A se apresenta em MaceiĂł no prĂłximo sĂĄbado, dia 7, a partir das 22h, na Loop Lounge (Stella Maris). A noite ainda conta com cantor e compositor Wado e a banda $ifrĂŁo, alĂŠm do DJ Ivo Schelb. Preço: R$ 30. Vendas no stand Folia Brasil (GBarbosa Stella Maris). + Informaçþes: 3377-1886.

Com Mariquinha O projeto Teatro Deodoro ĂŠ o Maior Barato oferece ao pĂşblico, hoje, o espetĂĄculo â&#x20AC;&#x153;Cerzindo Ritmosâ&#x20AC;?, do Grupo Dona Mariquinha, que mostra a riqueza dos folguedos e mestres brasileiros, em especial, nordestinos. Ă&#x20AC;s 19h no palco do Teatro Deodoro. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5,00.

Arte Naif A exposição composta de trabalhos dos artistas Beta Basto, Tânia Pedrosa, Lula Nogueira, Gustavo Lima e Lys Carvalho serå aberta no Museu Pierre Chalita, em Jaraguå, no dia 5 de julho, às 19h. Na ocasião, dois bailarinos da Cia. de BalÊ Maria Emília Clark serão os mediadores, levando o público a percorrer a exposição, que permanece aberta durante todo o mês de julho, em horårio comercial.

Sexta-feira, såbado e domingo A GA Produçþes trarå na próxima sexta-feira, såbado e domingo o espetåculo A Garota do Biquíni Vermelho, que serå apresentado no Teatro Deodoro. A peça, com texto do consagrado jornalista, escritor e teatrólogo Arthur XexÊo e direção da atriz Jacqueline Laurence, narra a história e a trajetória da ex-vedete e atriz Sonia Mamede, que morreu em 1990. A atriz Monique Alfradique Ê quem vive a protagonista dessa comÊdia musical, que traz ainda no elenco Karin Roepke, Tatiani Pasquali, Roger Gobeth, Marcelo Varzea, alÊm da participação especial de Nedira Campos. Ingressos a preços populares: Inteira R$ 20,00 e estudante e idosos R$ 10,00. Mais cInformaçþes: 3032-5210 ou 9601-2828.

Bom som

Sextas Populares O projeto Sextas Populares, realizado pela Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, apresentarĂĄ na prĂłxima sexta o talento no violĂŁo de Ibys Maceioh, com muito samba e choro. A apresentação começarĂĄ Ă s 17h30, com entrada JUDWXLWDQRSiWLRGR7HDWUR'HRGRUR$DUWHGH,E\VUHĂ&#x20AC;HWHDVVXDVH[SHULrQcias e pesquisas como mĂşsico. Dizem que jĂĄ nasceu com ele a vontade incontrolĂĄvel de tocar violĂŁo. Começou a tomar conhecimento da mĂşsica ainda criança, observando as serestas e as modas de viola em Porto Calvo.

Para teatro Estão abertas as inscriçþes da 16ª edição do Festival Estudantil de Teatro, realizado pelo Sindicato dos Artistas e TÊcnicos em Espetåculos de Diversþes do Estado de Alagoas (Sated-AL). Pode ma participar grupos teatrais de escolas alagoanas. As inscriçþes terminam no dia 10 de agosto e as informaçþes e documentos necessårios estão no site do Sated-Al: www.satedal.com. br. O festival acontecerå de 4 de setembro a 15 de outubro no palco do Teatro Deodoro. + Informaçþes: 8864-2422/9915-8817/ 9126-9196. www.satedal.com.br.

O ritmo eternizado por cantores como Bob Marley volta com força total depois dos festejos juninos. O tradicional Clube Fênix Alagoano serå palco de uma noite dedicada exclusiva para o reggae. Na lista estão as bandas Legenda (MA), Vibraçþes e Adama Roots, alÊm de vårios DJs como o Boca e o Thuppa. No dia 1º de setembro, a partir das 22h. Preço do 1º lote: R$ 15. Vendas no stand Viva Alagoas (Maceió Shopping).

FALE CONOSCO - A Agenda Ê um serviço gratuito de orientação ao leitor. Os interessados em divulgar eventos, shows e exposiçþes podem enviar material atravÊs do endereço: tiagenda@hotmail.com

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h AMOR ETERNO AMOR

Clara tem uma visão de sua vida passada. Elisa se assusta com o gato Dom e Clara acha graça. Julinho e Laís fogem da pousada. Miriam se surpreende ao ver Dom ao seu lado. Mauro avisa a *LOGDH0DUOHQHTXHRV¿OKRVIXJLUDP-XOLQKRH Laís discutem. Laura tenta convencer Priscila a se afastar de KlÊber. Gil e DÊbora correm juntos pelo calçadão. Zilda avisa a Miriam do sumiço de Clara e implora que a neta venha para a fazenda ajudar nas buscas.

GLOBO 19h CHEIAS DE CHARME

InĂĄcio termina de vez com RosĂĄrio. Conrado FRQÂżUPDSDUD6DUPHQWRTXHHOHVUHFHEHUmRVXD quantia com a tramoia que armaram para Otto. Socorro tenta descobrir que tempero Naldo usa na comida de Chayene. Serginho convida Cida para uma festa. Fabian chama RosĂĄrio para pescar. MĂĄslova pede para Ivone mentir para Otto. Conrado e Isadora vĂŁo Ă mesma festa que Serginho e Cida. Dinha leva InĂĄcio a uma acaGHPLDSDUDWUHLQDUOXWD&LGDÂżFDLPSUHVVLRQDGD com Elano. Fabian deixa RosĂĄrio em casa. Cida encontra Conrado na festa.

GLOBO 21h AVENIDA BRASIL

Jorginho vê Max e Nina dançando de rosto colado. Tufão conta para Carminha que esteve com Lucinda em busca de informaçþes sobre Rita. Nina despista Max e procura Jorginho, mas não o encontra. Monalisa pensa em reconquistar Silas. Cadinho consegue fugir da praia em um helicóptero. Suelen não aceita o pedido de casamento de Leandro. Jorginho não aparece para o jogo do Divino. Roni se destaca na partida e Tavinho Nunes pede para conhecê-lo. Jorginho questiona Nina sobre Max.

RECORDE 21h MĂ SCARAS

Novais e Pulga, que esperam fora do quarto, saem com o marido de Eliza. Big Blond convence Evaldo a acompanhĂĄ-lo no encontro com 2WiYLR 0DUWLP 0iULRSHJDDFDL[DGHXPULĂ&#x20AC;H que estava embaixo da cama. Gino prepara o cenĂĄrio da festa. FlĂĄvia e ValĂŠria nĂŁo gostam muito. O trio entra em uma conversa e as duas disputam a atenção do mĂşsico. Caio avista um posto policial e se aproxima. Ele sai do carro com Manuela e o casal entra no posto policial. Martim exige que Toga dĂŞ a volta e retorne para a fazenda.


TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012 DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

3

SBT/DIVULGAĂ&#x2021;Ă&#x192;O

FLĂ VIO RICCOFRODERUDomR-RVp&DUDORV1HU\ZZZWZHWWHUFRPĂ&#x20AC;DYLRULFFR

*ORERH7HOHYLVDWrPPRGHORV GLIHUHQWHVGHSDUFHULDV

G

TV TUDO

Bate-rebate

Estreia antecipada O SBT antecipou em uma semana, para o dia 11, quarta-feira da prĂłxima semana, a estreia de â&#x20AC;&#x153;O Maior Brasileiro de Todos os Temposâ&#x20AC;?, com apresentação de Carlos Nascimento, em 13 ediçþes. O programa serĂĄ exibido na faixa das 11 da noite, logo depois do â&#x20AC;&#x153;Cante se Puderâ&#x20AC;?.

ORERH7HOHYLVDDOpPGHOtGHUHVQRPHUFDGRGHH[SRUWDomRKRMHVHGHVWDFDP HVSHFLDOPHQWHHPFRSURGXomRGHQRYHODV FRPXPQRYRPRGHORGHQHJyFLRSUDWLFDGRFRP LQWHQVLGDGHQRV~OWLPRVDQRV6HSRUXPODGRD *ORERPDQWpPDFRUGRVFRP6,&$]WHFDH7HOHPXQGRSRURXWURD7HOHYLVDWHPFRPRSDUFHLUDV D8QLYLVLyQ6RQ\3LFWXUHV7HOHYLVLRQH5HFRUG Tem uma coisa QR%UDVLO$GLYLVmRGHYHQGDVHOXFURVp Silvio Santos abriu mĂŁo da apreVLPLODUPDVDGLIHUHQoDHQWUHDVGXDVHVWi sentação do programa e tambĂŠm se QRVYDORUHVIHFKDGRVSHOROLFHQFLDPHQWRGR excluiu da disputa, entendendo que nĂŁo deveria participar de um conWH[WRHQDVDGDSWDo}HV curso promovido pela sua emissora. $7HOHYLVDYHQGHRWH[WRIHFKDGRHSHUPLTodos os votos em seu nome foram MarĂ­lia Gabriela, Lola Melnich, Karyn Bravo e Celso Portiolli, repreanulados. Ainda assim nĂŁo foram WHDRFRPSUDGRUID]HUDVLQWHUIHUrQFLDV sentando a cabeça de rede, participam hoje, quarta, em Fortaleza, poucos. GHXPFRTXHWHOSURPRYLGRSHODQRYDDÂżOLDGDGR6%7D1RUGHVWY TXHDFKDUQHFHVViULR-iD*ORERRIHUHFH $OLiVWRGRRWUDEDOKRIRWRJUiÂżFRGRHYHQWRÂżFDUiVREDUHVSRQVDDRPHUFDGRXPFDWiORJRIRUPDGRSRUFHUFD ELOLGDGHGH/XL]LQKR&RUXMDSURÂżVVLRQDOGRVPDLVUHVSHLWDGRVTXH Um pouco demais WtWXORVPDVDVDGDSWDo}HVIHLWDVVmR Âż[RXUHVLGrQFLDQDFDSLWDOFHDUHQVH A Record tem que sossegar um UHVWULWDVHGHYHPVHDSUR[LPDUDSHQDVGD NĂŁo custa nada SĂŠrie especial pouquinho com as mexidas na sua FXOWXUDORFDO programação. A Record estĂĄ certa em solicitar O canal Globo News prepara uma Levantamento feito recentemente indica que a novela â&#x20AC;&#x153;Rebeldeâ&#x20AC;? jĂĄ mudou de horĂĄrio mais de 50 vezes.

EstĂĄ marcado O SBT vai esperar o mĂŞs do seu aniversĂĄrio, em agosto, para promover a estreia do novo programa da PatrĂ­cia Abravanel nas noites de sĂĄbado. Isso tĂĄ certo. O tĂ­tulo ĂŠ que ainda nĂŁo foi decidido. EstĂĄ em discussĂŁo.

Neymar na Record

maior participação dos seus artistas nos eventos e programas da casa. Alguns, mais resistentes, continuam se recusando a isso, ao contrårio do que acontece nas emissoras concorrentes. A maior resistência, dizem, parte do pessoal das novelas.

sĂŠrie especial para o â&#x20AC;&#x153;Arquivo Nâ&#x20AC;?, que irĂĄ ao ar em agosto. Em quatro ediçþes, prestarĂĄ homenagens aos â&#x20AC;&#x153;setentĂľes da mĂşsicaâ&#x20AC;?. Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento e Paulinho da Viola terĂŁo suas histĂłrias e trajetĂłrias contadas no programa.

Jogo liberado Depois de muitas horas de intensas e atÊ nervosas negociaçþes, a Globo acabou liberando para a Bandeirantes a transmissão do jogo Palmeiras e &RULWLEDQHVWDTXLQWDIHLUDSHOD¿QDOGD&RSDGR%UDVLO A Band vai com equipe completa. Todos os principais narradores, comentaristas e repórteres. Pretende fazer desta cobertura um acontecimento.

A Record conseguiu autorização junto a assessoria de imprensa do Santos, que disponibilizou o CT do clube para a gravação de uma chamada com o jogador Neymar para a Olimpíada. Paulo Henrique Ganso, seu companheiro de clube, tambÊm participou dos trabalhos.

Fausto Galvão em agosto, e Renê Belmonte em setembro, irão ministrar um curso de roteiro on-line e ao vivo, para interessados em aprender tÊcnicas de escrever novelas, minissÊries e ¿OPHV Os autores jå receberam inscriçþes inclusive de outros países, como o Japão

0DUDWRQDEHQHÂżFHQWH O SBT e a AACD irĂŁo realizar nos dias 9 e 10 de novembro, sexta e sĂĄbado, a 15ÂŞ edição do â&#x20AC;&#x153;Teletonâ&#x20AC;?. Padrinho da campanha, o cantor Daniel farĂĄ gravaçþes para o programa jĂĄ a partir deste mĂŞs. Hebe &DPDUJRRXWUDÂżJXUDLPSRUWDQWH se estiver em condiçþes, certamente estarĂĄ no evento, durante a abertura e no encerramento com Silvio Santos.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Š Revistas COQUETEL 2012

Cachaça (gíria) Competência comum às três esferas de poder, visa a preservação da natureza Imitar; arremedar

Tipo de motor como o de eletrodomÊsticos Sexta nota musical Contração muscular comum no estresse

Formato de cebolas fritas empanadas Banheira de madeira de origem japonesa

Serviço avulso Ar, em inglês

(?) Resende, saxofonista e flautista brasileiro Fred, Wilma e Pedrita

(?) Vianna, atriz Valor dado ao filho

Agudo, grave e circunflexo

Função típica de "motoboys"

Marcador, no "paintball"

De, em inglês Complexo de educação criado em 1942

Michel Temer, no Governo de Dilma

Tonelada, em inglĂŞs Poema lĂ­rico

Despida Afiançar; avalizar

Bandido contratado de fora da cidade, comum no faroeste (Cin.)

Formato do furador de coco Despedida Modelo de carro da Ford

Cruza04A

Tolo

NĂŁo permite demora

Ouro (sĂ­mbolo) Intransitivo (abrev.)

Capital da BielorrĂşssia

51, em romanos

Saudação telefônica Cabeça (iorubano) Escultor francês de "O Pensador"

Inscrição na cruz de Jesus (Bíblia)

Rio da AmazĂ´nia, banha Manaus

Letra Ă direita do "i", no teclado

Atrativos visuais externos de lojas

2/of. 3/air â&#x20AC;&#x201D; ori â&#x20AC;&#x201D; ton. 4/arma. 5/minsk â&#x20AC;&#x201D; ofurĂ´ â&#x20AC;&#x201D; senai. 6/mĂĄrcio â&#x20AC;&#x201D; mesada. 7/matador.

Solução C P A M O N L A I C A V I C AA M A B OB M I N E A I N R TA L E

A B R O D I O F A S U C A R M A C O E T E S E N U A T A D O O A D S K E A U I R O N E G R T R E I

E N T R E G A D O R

AM A R I C O R I S O F L A I O N T U S T L O I N E O S

BANCO

48

HORĂ&#x201C;SCOPO

Ă RIES - (21/3 a 19/4) â&#x20AC;&#x201C; Seja bastante cuidadoso na sua ĂĄrea SURÂżVVLRQDO0DQWHQKDRVVHXV contactos pessoais com colegas ou sĂłcios, num nĂ­vel de entendimento mĂştuo e, especialmente, de muita moderação na forma como reage. NĂŁo deixe que o seu trabalhe se acumule, mantenha-se em dia com as suas obrigaçþes e deveres. TOURO â&#x20AC;&#x201C; (20/4 a 20/5) â&#x20AC;&#x201C; Nas questĂľes que envolvam relacionamentos de ordem social, deverĂĄ ser prudente e nĂŁo agir sem pensar. A sinceridade, embora seja uma qualidade apreciĂĄvel, deverĂĄ ser usada, durante este perĂ­odo, com algum cuidado e moderação. Reserve-se espiritualmente, tente encontrar dentro de si a paz e o equilĂ­brio de que tanto necessita. GĂ&#x160;MEOS â&#x20AC;&#x201C; (21/5 a 21/6) â&#x20AC;&#x201C; A sua atividade social deverĂĄ ser encarada de forma bastante prudente; ĂŠ aconselhĂĄvel evitar situaçþes irrealistas que, sĂł lhe trarĂŁo complicaçþes e alguns desgostos. CĂ&#x201A;NCER â&#x20AC;&#x201C; (22/6 a 22/7) â&#x20AC;&#x201C; PerĂ­odo PXLWRVHQVtYHOQDiUHDSURÂżVVLRQDO seja cauteloso nas suas decisĂľes. NĂŁo tome atitudes precipitadas HHYLWHVLWXDo}HVGHFRQĂ&#x20AC;LWRTXH poderĂŁo acabar em roturas. A partir do meio da semana, a situação tende a melhorar. No entanto, durante todo este perĂ­odo, mantenha uma certa prudĂŞncia e poderĂĄ evitar situaçþes delicadas. LEĂ&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; (23/7 a 22/8) â&#x20AC;&#x201C; Construa a sua prĂłpria felicidade e nĂŁo permita que o seu relacionamento dependa de terceiros. Mantenha-se atento em relação a esta questĂŁo. Socialmente, este perĂ­odo, no que se refere Ă sua vida social, deverĂĄ ser acautelado e nĂŁo espere, nem exija demasiado dos seus amigos. Conceda mais espaço a si prĂłprio e WHQWHXPDUHĂ&#x20AC;H[mRSURIXQGDjVXD prĂłpria pessoa. VIRGEM â&#x20AC;&#x201C; (23/8 a 22/9) â&#x20AC;&#x201C; Um pouco mais de atenção em relação ao seu par poderĂĄ ser uma forma de suavizar outros aspetos, menos agradĂĄveis. AlguĂŠm, muito prĂłximo, poderĂĄ criar-lhe uma situação delicada; esteja atento a este aspeto. A relação dos nativos deste signo passa por uma fase de algum desgaste.

LIBRA â&#x20AC;&#x201C; (23/9 a 22/10) â&#x20AC;&#x201C; Muita SUXGrQFLDQDiUHDSURÂżVVLRQDOpR que mais se recomenda, para que nĂŁo se criem situaçþes delicadas HTXHQmRREHQHÂżFLDUmRHPQDGD Evite situaçþes de competição com colegas e tente ser colaborante. No caso de trabalhar por conta prĂłpria nĂŁo tome decisĂľes sem as analisar muito bem. Este perĂ­odo exige muita concentração, para que nĂŁo dĂŞ passos errados. ESCORPIĂ&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; (23/10 a 21/11) â&#x20AC;&#x201C; A sua vida social e os seus relacionamentos, de uma maneira geral, deverĂŁo ser muito bem conduzidos. Pense muito bem antes de tomar certas atitudes que se poderĂŁo tornar incĂłmodas para si. NĂŁo crie anticorpos em seu redor que, de um momento para o outro, lhe poderĂŁo causar grandes contratempos. Seja claro no que diz e nĂŁo existirĂŁo malentendidos. SAGITĂ RIO â&#x20AC;&#x201C; (22/11 a 21/12) â&#x20AC;&#x201C; As VXDVÂżQDQoDVGHYHUmRDSUHVHQWDU se regulares, durante todo este perĂ­odo. No entanto, nĂŁo ĂŠ aconselhĂĄvel qualquer aplicação de capital ou investimento. Aguarde por uma altura mais favorĂĄvel. CAPRICĂ&#x201C;RNIO â&#x20AC;&#x201C; (22/12 a 19/1) â&#x20AC;&#x201C; O seu par ĂŠ para si uma pessoa importante; assim e para que nĂŁo sucedam imprevistos, use o diĂĄlogo como forma de esclarecer o que pensa estar errado. Uma aproximação mais virada para as realidades de uma relação, um pouco â&#x20AC;&#x153;cansadaâ&#x20AC;?, serĂĄ fortemente recomendada. AQUĂ RIO â&#x20AC;&#x201C; (20/1 a 18/2) â&#x20AC;&#x201C; O aspeWRÂżQDQFHLURGHYHUiPHUHFHUGDVXD parte, a maior atenção; nĂŁo gaste mais do que deve. Toda a espĂŠcie de aplicaçþes de capital e investimentos deverĂĄ ser cuidadosamente analisada. O mais indicado ĂŠ adiar para outra altura, mais favorĂĄvel, as RSHUDo}HVÂżQDQFHLUDV PEIXES â&#x20AC;&#x201C; (19/2 a 20/3) -Seja muito cuidadoso nos seus relacionamentos, no ambiente de trabalho. Este perĂ­odo aconselha a que nĂŁo tome decisĂľes nem inicie projetos ambiciosos. Trata-se de uma fase que, pela sua instabilidade, deverĂĄ exigir da sua parte toda a atenção. Socialmente, nĂŁo crie polĂŠmicas desnecessĂĄrias.

.Daniela Albuquerque, depois do Jornalismo, estĂĄ se formando em teatro. Os exames de conclusĂŁo começam amanhĂŁ. ¡Ă&#x2030; uma coisa impressionante. Agora estĂŁo usando o nome do Gugu e do programa dele, com receita de emagrecimento. NĂŁo caia nessa. Ă&#x2030; golpe. Ă&#x201A;%DQGHLUDQWHVHVWiLQWHQVLÂżFDQGRDV chamadas do â&#x20AC;&#x153;Conversa de gente grandeâ&#x20AC;?, novo programa do Marcelo Tas. ¡NĂŁo estĂĄ nada tranquilo o bastidor do â&#x20AC;?Saturday Night Liveâ&#x20AC;?, da Rede TV!. As diversas â&#x20AC;&#x153;trombadasâ&#x20AC;? dos Ăşltimos dias ainda podem ter piores consequĂŞncias. ¡Teledramaturgia da Record trabalha a toque de caixa para estrear a novela de Gisele Joras ainda em meados de outubro. ¡AmĂŠrico Martins, superintendente de Jornalismo e Esportes, reassumiu as suas funçþes depois de alguns dias de fĂŠrias. ¡A propĂłsito de Rede TV!, o presidente do Comunique-se, Rodrigo Azevedo, ontem visitou as instalaçþes da emissora e almoçou com a sua direção. ¡Foram muitos os problemas de produção nas chamadas que a Record gravou no EstĂĄdio do Morumbi para os Jogos OlĂ­mpicos. ¡Ainda assim, existem esforços para salvar alguma coisa. ¡Acontece amanhĂŁ, quinta-feira, Ă s 21h, no Theatro NetRio, a estreia do monĂłlogo-musical â&#x20AC;&#x153;Herivelto como conheciâ&#x20AC;?, com MarĂ­lia PĂŞra. ¡O â&#x20AC;&#x153;Jornal da Culturaâ&#x20AC;?, amanhĂŁ, pela TV Cultura, aborda o mercado sertanejo. Luciano Camargo ĂŠ um dos entrevistados. ¡AliĂĄs, Luciano e o irmĂŁo ZezĂŠ estarĂŁo em â&#x20AC;&#x153;Cheias de charmeâ&#x20AC;?, na Globo, contracenando com ClĂĄudia Abreu.

&¡HVWĂ&#x20AC;QL Algo atĂŠ natural, devido ao fato de um ter participado do programa desde o inĂ­cio, e do outro ter chegado somente agora. Mas a verdade ĂŠ que vĂĄrios SURÂżVVLRQDLVGRÂłĂ&#x2039;GRORV´VHQWHP saudades do Rodrigo Faro, que era totalmente integrado ao grupo. Marcos Mion tem seu trabalho elogiado, mas mantĂŠm uma distância regulamentar EntĂŁo e isso. Mas amanhĂŁ tem mais. Tchau!

LUTO

$QG\*ULIĂ&#x20AC;WKtFRQHGD79 DPHULFDQDPRUUHDRVDQRV

O

ator americano Andy *ULIĂ&#x20AC;WKPRUUHXQD PDQKmGHRQWHP QD&DUROLQDGR1RUWHDRV DQRV$LQIRUPDomRIRL FRQĂ&#x20AC;UPDGDSRUXPDPLJR SUy[LPRRSUHVLGHQWHKRQRUiULRGD81& 8QLYHUVLGDGHGD&DUROLQDGR1RUWH  %LOO)ULGD\DRFDQDO1%& *ULIĂ&#x20AC;WKIRLOHYDGRjVSUHVVDVDRKRVSLWDOSRUYROWDGDV KHDFDXVDGDPRUWHDLQGD QmRIRLUHYHODGD ´$QG\*ULIĂ&#x20AC;WKPRUUHX HPVXDFDVDHP5RDQRNH ,VODQG'DUH&RXQW\&DUROLQDGR1RUWH$IDPtOLDYDL GLYXOJDUPDLVLQIRUPDo}HV IXWXUDPHQWHÂľGLVVHR[HULIH GDUHJLmR-''RXJKWLH HPXPFRPXQLFDGR )DPRVRSHORSURJUDPD

´7KH$QG\*ULIĂ&#x20AC;WK6KRZÂľ HPTXHLQWHUSUHWRXXP[HULIHHQWUHRVDQRVGHH HSHODVpULHGUDPiWLFD ´0DWORFNÂľH[LELGDHQWUH HHOHWDPEpP JDQKRXXP*UDPP\FRPR FDQWRUGHP~VLFDJRVSHOH SDUWLFLSRXGHVHULDGRVFRPR ´'DZVRQ¡V&UHHNÂľHSURGX]LXĂ&#x20AC;OPHV6XD~OWLPDSDUWLFLSDomRQRFLQHPDIRLHP FRPRORQJD´3OD\7KH *DPHÂľQRTXDOHOHLQWHUSUHWRXRDY{-RH (P*ULIIWKIRL GLDJQRVWLFDGRFRPDVtQGURPHGH*XLOODLQ%DUUp XPWLSRGHSDUDOLVLDTXHR LPSRVVLELOLWRXGHDQGDUSRU VHWHPHVHV(QWUHH HOHSDVVRXSRUGXDV FLUXUJLDVQRFRUDomR


4

DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - QUARTA-FEIRA, 4 DE JULHO DE 2012

â&#x20AC;&#x153;Deus abençoa os que, pacientemente, VXSRUWDPDSURYDomR1RÂżQDO receberĂŁo a coroa da vida, que Deus prometeu aos que o amamâ&#x20AC;?

Up To Date

Fotos by Chico BrandĂŁo

Studio AndrĂŠ Fon

O

Marriage

amor ĂŠ mesmo lindo, ainda mais se tiver como cenĂĄrio a deslumbrante Paris. A â&#x20AC;&#x2DC;cidade luzâ&#x20AC;&#x2122; ĂŠ o cenĂĄrio do amor dos jovens Marisia TenĂłrio e Clement Attarda. O nupcial acontece em 2013, em MaceiĂł, claro, com a presença da famĂ­lia francesa do noivo e dos amigos FĂĄtima e Eraldo TenĂłrio. Felicidades para eles!

Fotos alucinadas

O

Empresaria LĂşcia Lira, â&#x20AC;&#x2DC;madrinhaâ&#x20AC;&#x2122; do evento que acontece no 3LHUUH&KDOLWDHRJUDQGHDQÂżWULmRGDQRLWH o fotĂłgrafo e apresentador AndrĂŠ Fon

FlĂĄvia Soares,UHYHODomRQDJDVWURQRPLDDODJRDQDYHP Marisia TenĂłrio, com o bem-amado Clement cantando a todos com suas guloseimas servidas nos Attard, em clima de o amor ĂŠ mesmo lindo, acontecimentos mais chiques da cidade programando o nupcial para o prĂłximo ano

Saladas no palito

Q

ParabĂŠns

ue tal três dicas de saladas no palito para receber os amigos com estilo? Para o queijo de cabra com azeitonas negras: Ingredientes: 12 bolinhas de queijo de cabra, 12 azeitonas sem caroço, 12 folhas de hortelã, 12 palitos, 10g de gergelim branco para polvilhar. Modo de preparo: Monte todos os ingredientes no palito, começando pela folha de hortelã. Sirva com molho pesto. Faça o molho pesto: Ingredientes: 4 dentes de DOKREHPDPDVVDGRVò[tFDUD FKi GHPDQMHULFmR VyDVIROKDV FROKHUHV VRSD GHTXHLMRSDUPLJLDQRUHJJLDQRUDODGR¿QRFROKHU VRSD GH pinoli ou nozes bem picados, 1 xícara (de chå) de azeite de oliva extravirgem, Sal (a gosto), Pimenta-do-reino (a gosto). Modo de preparo: A receita RULJLQDOGRSHVWRpDPDVVDUWXGRHPXPSLOmRSRUpPSRGHVHIDFLOLWDUEDWHQGRWXGRQROLTXLGL¿FDGRUHUHVHUYDQGRHPXPDWLJHOD3DUDDPXVVDUHOD de búfala com tomate cereja e manjericão: Ingredientes: 12 bolinhas de mussarela de búfala cortadas ao meio, 6 tomates-cereja cortados ao meio, 12 folhas de manjericão, 12 palitos. Modo de preparo: Monte todos os ingredientes no palito, colocando a folha de manjericão no meio. Sirva com o molho de vinagrete balsâmico. Faça o molho de vinagrete balsâmico: Ingredientes: 1 colher (sobremesa) de cebolinha francesa picada 1 colher (sobremesa) de cebola ralada, 1 colher (cafÊ) de ågua, 6 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem, 1 colher e ½ (sopa) de vinagre balsâmico, Sal (a gosto), Pimenta-do-reino (a gosto). Modo de preparo: isture a ågua com o vinagre e, depois, todos os ingredientes. Para o abacaxi com blanquet de peru e salsa crespa: Ingredientes: 12 pedaços de abacaxi cortados em cubos, 12 pedaços de blanquet de peru cortados em cubos, 12 folhas de salsa crespa, 12 palitos. Modo de preparo: Monte todos os ingredientes no palito, colocando a folha de salsa crespa no meio. Sirva com molho curry. Faça o molho curry: Ingredientes: 300ml de iogurte natural, 1 colher (cafÊ) de suco de limão, 1 colher (sobremesa, rasa) de curry , ½ maçã verde ralada, Sal (a gosto), Pimenta-do-reino (a gosto), Modo de preparo: Misture bem todos os ingredientes.

Com Tudo

O

Ă&#x2030; hoje

fotógrafo AndrÊ Fon arma o maior burburinho, no Espaço Pierre Chalita, para o coquetel de lançamento do mais novo serviço IRWRJUi¿FRGR6WXGLR$QGUp)RQ Cobertura de Festas e Eventos, alÊm da nova temporada do programa Planeta Fashion. Evento terå início às 20h, com serviço de Buffet assinado por Tatiana Brasil, Gourmeteria, San Martin, de Graças Martins, Izabel Pinheiro, Ana Costa, Mårcia Vasconcelos, Hashi Susi Bar, cake designer de Rosa Maria Nunes e os deliciosos coquetÊis da Aloha Drinks. No comando das pick-ups, DJ Guga, com ilminação assinada por Aldo Rodrigues.

Fretados

A

lagoas receberå voos fretados da Argentina durante a temporada2012/2013. A boa notícia FKHJRXQR¿QDOGDVHPDQDTXDQGR a Embratur - responsåvel pela divulgação do país no mercado internacional- divulgou a pontuação do edital de fretamentos. Alagoas foi o único com pontuação måxima. Exvelente notícia para o turismo local.

A

Casa de MarĂ­lia

paixonada por arquitetura e decoração, a querida Marília Torres estå pronta para realizar seu sonho. No próximo dia 22 de julho a bela inaugura em Maceió, mais precisamente no bairro do Farol, a Casa de Marília. A loja serå especializada em objetos de decoração e promete conquistar os coraçþes das nossas amigas. Aguardem!

V

D

Fernando Bismarck

S

A

T Rafael TenĂłrio, um empresĂĄrio de muito sucesso em nosso Estado, em companhia de Elenilson Gomes, em recente encontro empresarial na cidade

Q

Os trĂŞs porquinhos

uer garantir uma programação bacana para a criançada. A dica da coluna Ê garantir o ingresso para o espetåculo infantil Os Três Porquinhos, que serå apresentado no próximo domingo, dia 8, às 16h, no Teatro Deodoro. O espetåculo, uma realização da Duetus Promoçþes, estå com os ingressos à venda nas bilheterias do Teatro e nas lojas To You na Ponta Verde e Maceió Shopping. Informaçþes pelos telefones 82.3034.0930/8825.2808/9687.2932.

Pele

mĂŠdica Fayruss Costa nos apresentando um dos maiores sucessos da ClĂ­nica EstĂŠtica. O Visia ĂŠ um equipamento que permite fazer uma anĂĄlise minuciosa da pele do rosto. Com DDMXGDGHIRWRJUDÂżDVGHDOWtVVLPD UHVROXomRHOHLGHQWLÂżFDHPHGH todas as irregularidades da pele, como manchas, rugas, cicatrizes, Ă&#x20AC;DFLGH]HSRURVDEHUWRVDMXGDQGR na indicação mais precisa de tratamentos. Com o resultado do H[DPHpSRVVtYHOTXDQWLÂżFDUR percentual exato de melhora da pele em cada etapa do tratamento estĂŠtico realizado.

mĂŞs de junho acabou, mas antes de ir totalmente deixou queridos aniversariantes, entre eles o juiz de Direito DiĂłgenes TenĂłrio, o oftalmologista MĂĄrio Jorge Santos, alĂŠm do professor universitĂĄrio UĂŠdison Numeriano. Para quem esqueceu, ainda ĂŠ tempo de parabenizĂĄ-los por mais uma virada de calendĂĄrio. Felicidades a todos.

Dry Clean

ai viajar e não sabe onde lavar aqueles casacos e peças mais grossas? A coluna tem uma dica perfeita. Conferir os serviços da Dry Clean Lavanderia. Os amigos Ana, JosÊ e Henrique Dória oferecem o melhor serviço, com equipamentos de ponta, destinados às lavagens mais complexas como roupas de festas, tecidos especiais. ParabÊns, amigos, pelas excelências.

epois de participar do SimpĂłsio da Academia Europeia de Dermatologia, em Verona, na ItĂĄlia, a mĂŠdica PatrĂ­cia RenĂŠe Cardoso estĂĄ com todas as energias voltadas para a abertura do seu novo consultĂłrio, localizado no CondomĂ­nio JTR. O novo consultĂłrio trarĂĄ para a capital alagoana os mais modernos tratamentos do mundo. Aguardem!

erĂĄ lançado hoje, no Museu PalĂĄcio Floriano Peixoto, o CatĂĄlogo da exposição â&#x20AC;&#x153;O Contista da Cidadeâ&#x20AC;?, do artista Fernando Bismarck. As obras do pintor pernambucano, radicado em MaceiĂł hĂĄ mais de 40 anos, estiveram em exposição na Galeria Cesmac de Arte Fernando Lopes no ano passado, sob a curadoria da artista plĂĄstica Maria AmĂŠlia Vieira. A mostra reuniu 28 trabalhos produzidos na Ăşltima dĂŠcada e revelou as impressĂľes do artista sobre o cotidiano de MaceiĂł. Bismark ĂŠ FRQVLGHUDGRXPDGDVÂżJXUDVPDLV VLJQLÂżFDWLYDVGRFHQiULRDUWtVWLFR local. A solenidade de lançamento acontece Ă s 10h, na sala de despachos do Museu.

O

Fotos by Chico BrandĂŁo

Novo consultĂłrio

ípicos do inverno, a combinação de frio, vento, baixa umidade e banhos quentes, traz o ressecamento da pele. E o toque dos dedos, pede uma pele hidratada. Natura Tododia estimula pequenos prazeres na rotina de cuidados pessoais que deixam o dia mais gostoso. Durante o inverno, esses momentos têm que ser ainda mais especiais. Para atender às necessidades da mulher especialmente nessa Êpoca do ano, Natura Tododia desenvolveu uma linha completa para corpo e banho. A fórmula dos produtos combina a deliciosa fragrância de Cereja e Avelã, envolvente e confortåvel, e um creme rico em nutrientes e óleo vegetal hidratante que proporcionam conforto e cuidado da pele. Hå desodorante, hidratante, sabonete líquido, alÊm de hidratantes para mãos e pÊs. Escolha o seu.

A

A sempre querida â&#x20AC;&#x201C; e elegante â&#x20AC;&#x201C; Salete BeltrĂŁo, uma grande valor em nossa sociedade, marcou presença na maison Marcia Maciel. A bela foi conferir de SHUWRDVQRYDVSHoDVGDFROHomRRXWRQRLQYHUQRTXHDFDEDP de chegar Ă s araras da loja. Parada obrigatĂłria para quem tem estilo e bom gosto.

Frio

De volta

pĂłs uma temporada de dois meses morando em SĂŁo Paulo, a autora de joias alagoana Bruna Bert estarĂĄ de volta a sua terra natal na prĂłxima sexta-feira, 06 de julho. Na bagagem a designer traz novos conhecimentos que irĂŁo resultar em trabalhos ainda mais surpreendentes, autĂŞnticos e com DOWtVVLPRQtYHOGHSURÂżVVLRQDOLVPR

Assine a Tribuna Independente e esta coluna

pelo telefone (82) 3311-1308

Acesse o portal Tribunahoje.com e leia na Ă­ntegra a coluna Top News no Blog Elenilson Gomes

s fanåticos por pizza vão poder saciar toda sua vontade com a nova promoção da Super Pizza, que darå um mês de pizza gråtis nos restaurantes da rede. Para participar, basta tirar uma foto alucinada com sua pizza favorita e torcer para que seja uma das dez mais votadas na pågina do Facebook da Super Pizza: www.facebook.com/ superpizzamaceio

elenilsontopnews@gmail.com

The Best

V

Doce x emegrecimento

ocĂŞ ĂŠ fĂŁ de doces e nĂŁo consegue cortĂĄ-los da dieta? Um novo estudo sugere que comer uma sobremesa no cafĂŠ da manhĂŁ pode ajudar a perder peso. De acordo com a pesquisa, para emagrecer e nĂŁo voltar a engordar, a primeira refeição do dia deve ser composta por carboidratos, proteĂ­nas e um doce. E mais, entre os que consomem a sobremesa no cafĂŠ da manhĂŁ, os nĂ­veis de grelina â&#x20AC;&#x201C; chamado de hormĂ´nio da fome â&#x20AC;&#x201C; cai 45%.

A

Senna

empresa americana DP Customs dos irmĂŁo Del Prado, famosa por customizar motocicletas, acaba de criar um modelo em homenagem ao piloto Ayrton Senna, morto em 1994 durante a corrida de FĂłrmula 1 em Imola, ItĂĄlia. Batizada com o nome de Defender, a moto bicilĂ­ndrica Harley-Davidson, traz as cores do capacete do brasileiro, verde e amarelo. Na traseira nada de amortecedores, mas sim pequenas molas sob o assento que diminuem o impacto.

Ă&#x2030;xit abaixo de zero!

O

inverno chega com tudo na multimarcas Ă&#x2030;xit. Nesta quarta-feira, a empresĂĄria Carol Carvalho vai colocar muita champagne no gelo para receber sua nova coleção de alto inverno. Destaque para as peças luxuosas de tricĂ´ da mineira Fernanda Lago, Ă venda exclusivamente na Ă&#x2030;xit. O coquetel serĂĄ Ă s 18h, e promete movimentar a cena fashion da city.

Edição número 1486 - 4 de julho de 2012  

Edição Digital - Jornal Tribuna Independente - TribunaHoje.com

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you