Issuu on Google+

www.tribunafeirense.com.br

FEIRA DE SANTANA - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

ATENDIMENTO (75)3225-7500

ANO XIV - Nº 2.377

R$ 1 redacao@tribunafeirense.com.br

Seis vezes mais motos

BATISTA CRUZ

Entre 2001 e 2011, a quantidade de motos e motonetas em Feira de Santana, passou de pouco mais de 10 mil para 60 mil. O número de automóveis cresceu bem menos e o resultado é que veículos de duas e quatro rodas já estão praticamente em igual número, disputando espaço nas ruas de Feira de Santana.

6

Ronaldo quer voltar Acabou o segredo que todo mundo conhecia. Será lançada nesta sexta-feira a candidatura do ex-prefeito José Ronaldo para as eleições de outubro. PAULO MACÊDO

Nas sinaleiras, o retrato do mercado feirense de veículos. Motos se amontoam e superam o número de carros

Restaurante vira residência

BATISTA CRUZ

3 Pavimentação pelo meio Na Rua Senador Quintino, uma ilha de paralelepípedos intriga e desgosta moradores e transeuntes

4

Dani blogueira apimentada Um blog feirense que começou para promover vendas ganha fama na internet

8

Nos colchões espalhados pelo salão do restaurante, os estudantes vão ficando, sem serem incomodados

Desde 12 de abril, o restaurante universitário da UEFS foi tomado por um grupo de estudantes que se autodenomina Coletivo Rapinagem. Eles zombam do reitor em cartazes (no destaque da foto) e quase 50 dias depois, não existe sequer negociação entre as partes, enquanto milhares de estudantes pagam mais caro para comer fora do campus.

5


2

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

opini達o


política

3

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

Valdomiro Silva

Observatório valdomirotribuna@hotmail.com

Ronaldo lança pré-candidatura. Quem estará com ele? O lançamento, nesta sexta-feira (25), da pré-candidatura do exprefeito José Ronaldo ao Governo Municipal deve deflagrar, de vez, o processo sucessório em Feira de Santana. O evento não deverá ser tão festivo e grandioso quanto se previa, mas não será uma simples entrevista coletiva ou um “papo entre amigos” que se chegou a divulgar. Prefeitos, deputados, vereadores de diversas regiões do estado, além de dirigentes partidários, devem prestigiar o encontro, pela manhã, no teatro da CDL. É grande a expectativa quanto às lideranças que vão marcar presença. Quem comparecer sinalizará fortemente com seu apoio ao précandidato. Os ausentes vão ter diminuídas as especulações em torno de seus nomes como possíveis aliados do exprefeito em outubro. Convites foram distribuídos a todos os políticos que o ex-prefeito

O empresário Zé Chico: sua presença sinalizaria apoio dos durvalistas ao ex-prefeito

Colbert: comparecimento de peemedebistas confirmaria, praticamente, apoio do PMDB

Fernando: ainda indefinido entre Ronaldo e Tarcízio, sua presença encerraria as dúvidas

deseja reunir em torno de sua candidatura. O vereador Zé Curuca, homem simples do distrito de Humildes, declarou, esta semana, que não compareceria, embora demonstre gratidão por José Ronaldo. Afirmou que estará com a candidatura à reeleição do prefeito Tarcízio Pimenta. Quantos mais, entre os que estão divididos neste momento, vão se decidir sobre o apoio a Ronaldo ou a Tarcízio? Os repórteres e analistas políticos estarão a postos com seus cadernos, tablets, celulares e notebooks, a anotar ausências e presenças na

coletiva. Alguns apoios a Ronaldo devem ser confirmados neste encontro, a exemplo dos deputados Carlos Geilson e Targino Machado. Outros despertam mais curiosidade pela indefinição que lhes cerca. É o caso do deputado federal Fernando Torres e do deputado estadual José de Arimatéia. Se Torres comparecer, deverá estar acompanhado dos vereadores que lidera na Câmara. Vereadores ligados a Geilson, Roque Pereira e Ailton Mô também serão observados. Seguirão o deputado ou vão deixá-lo

sozinho? Homem de grupo, Geilson deve estar atento à definição dos aliados. E o ex-deputado Colbert Filho, estará presente à coletiva da CDL? Caso

Minha Casa, Minha Vida e os ofícios da Caixa a Tarcízio Carece de esclarecimentos mais aprofundados, essa notícia do vereador Angelo Almeida, sobre as recomendações da Caixa Econômica Federal ao prefeito Tarcízio Pimenta para que não fossem reabertas agora as inscrições para o Programa Minha Casa, Minha Vida, em Feira de Santana. Angelo afirma que a informação lhe foi dada pelo superintendente da Caixa, José Raimundo Cordeiro Júnior. Teriam sido encaminhados três ofícios da CEF ao governo, nesse sentido. O mais recente, dia 9 de maio. Ora, uma instituição como a Caixa não faria três ofícios ao prefeito, com qualquer que seja a recomendação, não houvesse um motivo

importante. Se a orientação era que não fossem reabertas as inscrições do programa federal, há de se supor que a instituição tem razões para tal. Mas quais seriam essas razões? Angelo disse que ouviu do superintendente uma explicação: “Foi por conta de notícias veiculadas pela imprensa, pela desocupação de dezenas de unidades em alguns conjuntos já inaugurados e para que houvesse um entendimento para ampliar critérios, regras para a inclusão de famílias no programa”. Não há, aparentemente, escândalo nessas causas. Mas como será que a Caixa vê a atitude do governo, de sequer responder aos ofícios (o superintendente teria dito a Angelo que nem resposta recebeu) e ainda reabrir as inscrições, contrariando as

recomendações dos técnicos? Não se estaria assumindo algum risco? E a CEF vai adotar alguma medida – relatar esses fatos ao Ministério Público ou ao ministério responsável pelo programa – ou ficará estática, como se encontra, alheia, satisfeita em nem mesmo obter uma resposta de seus ofícios? Uma vez confirmados os tais ofícios, qual argumento tem o governo para ignorá-los completamente? Como se vê, há bastante trabalho para os repórteres, em suas andanças no Paço Municipal e na sede da superintendência da Caixa, a agência Subaé, próximo à praça do Gastão Guimarães. É assunto que merece ser explorado à exaustão. Afinal, são milhares de feirenses interessados nos esclarecimentos.

compareça, deverá sentarse do lado de Ronaldo e aí encerra as especulações, confirmando sua aliança do PMDB com o précandidato do DEM. Mesmo que o partido não esteja representado pelo próprio Colbert, a presença de aliados do ex-deputado não deixaria dúvida sobre a união dos dois grupos políticos, o que seria histórico para a política local. Olhos atentos também para a possível presença de durvalistas por lá. Seria – do mesmo modo que ocorreria com o PMDB de Colbert – sintomático, por exemplo, o comparecimento

do empresário e dirigente do Fluminense de Feira Zé Chico, ligado a JD e Sérgio Carneiro. Zé Ronaldo, finalmente, fará uma análise do governo Tarcízio Pimenta? Quem o conhece bem, aposta que mesmo que o faça, será de forma sutil, sem críticas ásperas. Não pretende partir para nada agressivo. Deve preferir preservar o seu conhecido estilo de homem comedido nas palavras. Pois é. Provavelmente, o fato mais importante do dia não será exatamente o lançamento da précandidatura em si. Mas as ausências e presenças nos corredores da CDL.

Greve dos professores: alunos merecem respeito Os professores da rede estadual de ensino na Bahia estão em greve há cerca de 45 dias. A situação, a essa altura dos acontecimentos, é insustentável. Insustentável para os professores. Eles estão com salários cortados, decisão desfavorável da Justiça, que considerou a greve ilegal, e com seus alunos sob ameaça de perderem o ano letivo. Não dá mais para manter o movimento paredista. A categoria lutou bravamente, nesse mês e meio de paralisação. Ocupou a Assembleia Legislativa, pressionou deputados; realizou caminhadas públicas de conscientização nas cidades; disse na imprensa e nas ruas as verdades sobre o governo; por fim, até fez enterro simbólico do governador Jaques Wagner. Uma luta justa e digna por parte dos docentes. A vitória de uma categoria de trabalhadores em um movimento como este não está representada tão somente no atendimento de suas reivindicações salariais. Às vezes, se consegue o objetivo

financeiro, mas isto não significa a grande vitória. O resultado que deve ser mais festejado é o da resistência, do protesto feito civilizadamente, a conscientização da sociedade quanto aos “pingos que estão fora dos Is”. Esta reflexão o povo baiano já fez, conduzido por um movimento bem organizado sob a liderança dos dirigentes da APLB. Há, porém, um momento na vida, em que é necessário recuar. Não é o recuo da covardia, da submissão ou mesmo da sobrevivência. É o recuo inteligente de quem sabe que para tudo há começo, meio e fim. Estado não tem coração. Governo, em todos os níveis, não tem coração. Professor tem, ou deve ter. Há, em Feira de Santana e na Bahia, milhões de crianças e adolescentes à mercê da sorte. Estudantes em seu último ano de ensino, loucos para ingressar na faculdade ou começar a trabalhar. Jovens em início de período escolar, que não devem estar entendendo direito o que se passa. Querem os professores em suas salas, dando aula.

Estudante tem no seu professor a confiança que nutre pelo pai ou pela mãe. Jamais espera que será abandonado, em tempo algum. Os professores já são vitoriosos neste movimento. A população sabe das injustiças às quais o Estado lhes submete. Os 10, 15 ou 20%, pagos agora, ano que vem ou em 2014, são apenas um detalhe. A greve acabou. Ela já não tem mais razão de existir. Os professores cumpriram a missão de resistir, protestar e até de parar as aulas. Mas o Estado já aprovou o reajuste que lhe convém oferecer aos professores. E não vai ceder mais nada. Agora, é esperar pela próxima eleição e mostrar ao governador a insatisfação da categoria através do voto. Não resta outra medida aos docentes, que não o bom senso de retomar as aulas. Se o governo não tem respeito pelas crianças, os professores não podem agir de maneira semelhante.


4

cidade

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

Senador Quintino espera pavimentação BATISTA CRUZ Um detalhe estranho chama atenção na rua Senador Quintino, na altura do bairro 35º BI: um trecho isolado com cerca de 300 metros de extensão pavimentado, entre dois pontos de chão batido. Como se não bastasse a estranheza da “ilha de pedra e cimento”, a obra está parada há mais de um ano. Os moradores, que viram a chegada de pedreiros, ajudantes e máquinas – motivo de festa no lançamento da obra no ano eleitoral de 2010 – não entendem os motivos da paralisação. A Senador Quintino talvez seja a via mais longa da cidade, com exceção da Eduardo Fróes da Motta, o Anel de Contorno. Vai do Centro (nas imediações do Feiraguai), ao bairro Aviário. Do Centro ao Contorno o piso é de asfalto e de boa qualidade, asfaltamento realizado na gestão do atual prefeito, Tarcízio Pimenta. Dali em diante foi usado paralelepípedo, que termina cerca de meio quilômetro depois do Contorno, entrando-se em um trecho de terra. Logo à frente, aparece o pequeno pedaço com pedra e cimento, formando mais uns 300 metros de pavimentação. Quando acaba este trecho, vem a areia. Os moradores sentem-se duplamente enganados. Primeiro com a suspensão do calçamento. Depois com o “esquecimento” da construção dos dois pontilhões, na tesoura formada entre as ruas Senador Quintino e Três Irmãos. Eles permitiriam que os veículos passassem em período de chuva forte, pois no encontro das duas vias forma-se uma baixada que quase vira um rio nestas ocasiões.

ASSIM FALOU ASSESSORIA DE GRAÇA PIMENTA:

Início da “ilha” de paralelepípedos, entre dois trechos de terra, na rua asfaltada apenas no trecho do Centro

A dona de casa Orelita Silva de Jesus, conhecida como Lilia do Horto, lembra que os pontilhões foram anunciados em noite de festa. Uma placa da prefeitura foi colocada no lado esquerdo de quem entra na rua a partir da sinaleira do Contorno. “A placa está lá, mas as pessoas ainda estão esperando que o serviço comece”, reclama. Neste período, a empresa contratada pela prefeitura pavimentou aqueles 300 metros. “Depois sumiram”, continua a dona de casa. “Antes, colocaram um cartaz de uma candidata a deputada nas eleições passadas. Fui à imprensa denunciar e imediatamente retiraram o cartaz”. “A situação é triste e das mais ridículas”, desabafa a pensionista Ana Maria de Jesus Silva, 63 anos, que esperava pelo serviço há mais de duas décadas e viu parar a poucos metros de casa. “Tudo aqui ficou como antes: muita poeira e lama se alternam durante o ano inteiro”, reclama. Ana Maria aponta outro problema: a poeira deixa crianças e adultos com

Obra terá nova licitação De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano, Firpo Mascarenhas, a pavimentação da Senador foi possível por meio de convênio entre a prefeitura de Feira de Santana, que entra com contrapartida, e o governo federal, que destina a maior parte do investimento, por meio da Caixa Econômica Federal. O problema é que, segundo ele, a Caixa não liberou os recursos. Daí a suspensão da obra. Ele disse desconhecer os motivos que levaram a instituição bancária federal a adotar este posicionamento. Ainda de acordo com Firpo Mascarenhas, o município fará outra licitação – mas não soube informar quando o processo vai acontecer. O secretário de Planejamento, José Marcone de Souza, argumenta que há dificuldade de continuidade do serviço quando existem problemas de liberação de recursos por parte da Caixa.

problemas respiratórios. “A gente nem pode sentar à porta de casa porque logo começa a espirrar”, comenta. Se quem mora na Senador Quintino não entende a ilha, quem passa pelo local compreende menos

ainda. O mecânico Marcelo dos Reis afirmou que o convencional seria que a pavimentação começasse a partir do final da parte que está pronta. “É uma situação das mais estranhas um troço desses”, espantase.

Decreto N° 8.607, DE 24 DE MAIO DE 2012. Altera o parágrafo único do Decreto nº 8. 271, de 23 de maio de 2011, que “Aprova a Reformulação do Loteamento Popular Vivendas do Viveiros – ETAPA 04, e dá outras providências”. O PREFEITO MUNICIPAL DE FEIRA DE SANTANA, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando o que consta dos processos nº 8956/09, com base no art. 14, da Lei Municipal nº 629, de 04 de julho de 1967 e da Lei Federal nº 6.766, de 19 de dezembro de 1979, DECRETA: Art. 1° - Fica aprovada a Reformulação do Loteamento Popular Vivendas do Viveiro 04, localizado na Via Principal D (Conjunto Viveiros), s/nº, Bairro Viveiros, nesta cidade, de propriedade da LEIA - Loteamento, Empreendimentos, Incorporações e Administração ltda., limitando-se ao Norte com Leia Loteamento Empreendimentos e Incorporações Ltda, ao Sul com a Senhora Norma da Silva Soares; ao Nascente com a Fazenda Linda Vista, pertencente ao CIS – Centro Industrial do Subaé e ao Poente com a avenida Mimiro Pinto, antiga Estrada da Cabrita, ocupando uma área total de 43.560,00m² (quarenta e três mil, quinhentos e sessenta metros quadrados), sendo distribuída em: Parágrafo único – Para área residencial foram destinados 24.565,93 m² (vinte e quatro mil, quinhentos e sessenta e cinco metros e noventa e três centímetros quadrados), para Área Comercial foram destinados 3.747,07m² (três mil, setecentos e quarenta e sete metros e sete centímetros quadrados), para a Área dos lotes, foram destinados 28.313,00m² (vinte e oito mil, trezentos e treze metros quadrados), para Área de Ruas e Passeios foram destinados 10.987,33m² (dez mil, novecentos e oitenta e sete metros e trinta e três centímetros quadrados) e para Área de Uso Comunitário foram destinados 4.258,63m² (quatro mil, duzentos e cinquenta e oito metros e sessenta e três centímetros quadrados) e para Área de Uso Público Total, foram destinados 15.245,96m² (quinze mil, duzentos e quarenta e cinco metros e noventa e seis centímetros quadrados). Art. 2º - Valerão como disposições regulamentares e para todos os efeitos do art. 1.299 do Código Civil, o plano de loteamento respectivo, bem como as prescrições relativas à sua execução, constante do Termo de Compromisso. Art. 3º - Ficam incorporadas ao domínio público as áreas destinadas ao uso e gozo da população, as edificações públicas e outros equipamentos urbanos, nos termos do art. 22, da Lei Federal nº 6.766, de 19 de dezembro de 1979. Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Gabinete do Prefeito Municipal, 24 de maio de 2012. TARCÍZIO SUZART PIMENTA JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL MILTON PEREIRA DE BRITTO CHEFE DE GABINETE DO PREFEITO CARLOS ANTÔNIO DE MORAES LUCENA PROCURADOR GERAL DO MUNICÍPIO CARLOS ALBERTO FIRPO MASCARENHAS SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO

“Por conta da incompatibilidade dos horários da Comissão dos Direitos da Mulher e da agenda de demais compromissos parlamentares, a deputada enviou ofício à Liderança da Minoria solicitando o desligamento do colegiado”

a deputada descobriu a incompatibilidade depois que reportagem do jornal A TARDE apontou suas faltas na comissão. Segundo a nota distribuída pela assessoria, Graça é assídua nas duas outras comissões de que participa: Saúde e Promoção da Igualdade.

MAURÍCIO BARBOSA:

“Não temos como fator de influência para a lotação policial somente a questão populacional. Temos outras áreas de interesse. Quais são? Econômica, turística, bancária, comercial e por aí vai”

secretário de segurança explicando porque “não pode” deslocar policiais da Barra ou de Ondina para o subúrbio CARLOS GABAN:

“ACM não morreu”

o deputado estadual festejando, no anúncio do apoio do PSDB a ACM NETO (DEM) em Salvador

JOSÉ CARLOS ALELUIA:

“Precisamos ressuscitar também o PT combativo que defendia os professores em greve”

o presidente estadual do DEM, aproveitando a deixa

JAQUES WAGNER:

“Se eu desse para os professores, teria que dar para todos os servidores. Aí, era melhor fechar o estado e entregar a chave” o governador não cede os 22% de aumento


cidade

5

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

Reitoria assiste ocupação na UEFS BATISTA CRUZ

50 dias após a invasão e fechamento do Restaurante Universitário (RU) da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), o Coletivo Rapinagem, bando de estudantes responsável pelo ato, segue controlando a situação. Manifestantes e direção da UEFS não conseguiram sequer entrar em acordo para decidir quem negocia e aonde negociam. Ainda que haja milhares de estudantes prejudicados e risco de prejuízo financeiro para a instituição, a administração da universidade se recusa a requerer a reintegração de posse e o impasse se prolonga sem perspectiva de solução. Os dois lados nem sequer conversam. O local para negociações está indefinido porque os estudantes exigem que seja no RU ocupado. A reitoria quer que eles negociem nas salas da administração central. Para o vice-reitor, Genival Correia, os estudantes vêm se mantendo intransigentes e agressivos e este comportamento o deixa temeroso de expor o reitor José Carlos Barreto a uma situação vexatória, caso ele se dirija ao RU para negociar a desocupação. “A situação está no limite, mas nos mantemos abertos ao diálogo”, afirma. O caminho de pedir à Justiça a reintegração de posse é descartado. “A reitoria não tem a intenção de fazer isso”, confirma. De acordo com ele, a instituição está conversando com o DCE (Diretório Central dos Estudantes), por considerálo representante legal

adilson-simas@bol.com.br

Adilson Simas FEIRA ONTEM

O veneno do Doutor Caroço Em meio ao salão onde ocorriam as refeições, roupas e colchões ficam espalhados

dos mais de dez mil matriculados. Entretanto, o Coletivo Rapinagem não reconhece o DCE como interlocutor. Diz que o DCE faz parte da estrutura administrativa e que seus dirigentes “não agiriam com a determinação e energia que o momento requer”. Querem eles mesmos negociar. Os “estudantes de rapina” afirmam que uma série de fatores os levaram a ocupar o RU. A qualidade do que estava sendo servido e as condições de higiene e armazenamento. Também fazem parte das reclamações as diferenças, em termos de qualidade, que eles dizem existir entre o que era servido no bandejão e no self service a quilo. O espaço, que apelidaram de “burguesão”, é visto como uma forma de segregação. O Rapinagem quer o fim do self service, gratuidade para os cotistas, fiscalização eficiente e gestão pública do RU. O vice-reitor diz que alguns pontos podem ser discutidos. Mas considera difícil a suspensão do self service e a administração do RU voltar para a UEFS. De acordo com ele, nem a contratação de funcionários para algumas funções, como cozinheiro,

Restaurante virou moradia A porta principal do Restaurante Universitário fica fechada o tempo todo. Na parede externa, cartazes foram fixados, com frases de vários autores, entre eles o líder negro norte americano Malcom X. Outro cartaz estampa metade da foto do rosto do reitor José Carlos Barreto. A outra metade é substituída por um tomate. Complementando, vem a inscrição: “Há algo de podre aqui”. Do lado de dentro, as paredes estão transformadas em espaço livre, onde várias frases foram escritas. De autores conhecidos e da autoria dos próprios invasores. O chão aparentava estar limpo quando a reportagem da Tribuna compareceu. O local onde funcionava o self service “burguesão” virou dormitório, com colchões pelo chão. Sobre as mesas e cadeiras de madeira, agora ficam livros, cadernos, mochilas, notebooks. Não mexeram na área em que era servido o bandejão. A aparência dos equipamentos vai piorando à medida que se percorre a curta distância da cozinha à despensa. Fogões industriais, geladeiras, freezers, tudo sujo e com alguma ferrugem. As portas da câmara fria são de madeira, pintadas com uma cor metálica. As panelas estão com a parte externa negra. Em todos os espaços, alguns exalando mau cheiro, são evidentes os sinais de abandono. Mas os estudantes afirmam que tudo está do jeito que encontraram.

é permitida pelo governo do estado. A estudante Irê Coutinho, uma das mais de 40 pessoas que estão ocupando o RU, afirma que a qualidade da comida servida no bandejão é inferior à do “burguesão”. Diz, também, que se a Vigilância Sanitária fizesse uma vistoria detalhada certamente fecharia o restaurante devido a suas condições de higiene. “Com as irregularidades encontradas aqui, o contrato deveria ser rompido”, opina. Mônica Cerqueira afirmou que a cozinha do RU não está fechada para os estudantes. “Quem desejar pode vir preparar a sua comida aqui”. Para ela, está havendo muita informação enganosa, com o intuito de prejudicar o movimento. Ela diz que há disposição de negociar, mas desqualifica a ADUFS (associação dos professores) e o DCE, por fazerem parte do grupo de apoio à reitoria.

A ADUFS é classificada como reacionária por ter se posicionado contra o fechamento do “burguesão”. Genival Correia admite que já existia disposição de não renovar contrato com a permissionária das refeições, mas somente depois do fim do contrato. “Se fosse agora, haveria a suspensão do serviço por no mínimo quatro meses”, registra.

DÍVIDA A UEFS ainda poderá ter que bancar o prejuízo do prestador do serviço, que somente com o almoço subsidiado de 1.200 estudantes faturava diariamente mais de R$ 5 mil. O dono do restaurante, Edilson Moreira dos Santos, não quis dar declarações. Disse apenas que o problema deveria ser resolvido pela UEFS. O vice-reitor alega que se não houve serviço, não poderá ser emitida nota fiscal de cobrança.

Milhares de estudantes prejudicados

Os maiores prejudicados com o fechamento do restaurante são os estudantes. Os 300 moradores da residência universitária não pagavam nada pelas refeições. Quando o restaurante funcionava, havia uma cota diária para 1.200 universitários, que dava direito a almoçar pagando R$ 1,00 (a administração da UEFS subsidiava o restante, pagando ao restaurante contratado mais R$ 3,35 por refeição). Estudantes que chegavam depois de esgotada a cota pagavam R$ 4,90. Mesmo assim, ainda bem menos do que uma refeição fora da universidade. Para o público em geral, o preço de R$ 14,00 por quilo também era convidativo. O Restaurante Universitário também tinha uma tabela especial para estudantes em outros horários, respeitada a cota de 1.200: café da manhã a 50 centavos, e da tarde por 70 centavos. Para os estudantes que têm como única opção os restaurantes do Feira VI, o custo diário para se alimentar gira em torno de R$ 15. Naturalmente nem todos podem pagar. “A situação está delicada”, admite Alan Barreto, que faz Engenharia da Computação. “A luta por melhorias é válida, mas que se chegue logo ao acordo”, suplica. O colega Carlos Medeiros reforça. “Tem aqueles que chegam aqui apenas com o dinheirinho para pagar a comida no RU e nada mais”. Para ele, a reitoria deveria ser mais contundente no trato com a Rapinagem. “Mas parece que o reitor quer vencer pelo cansaço”, avalia. Jaiana Norma Silva e suas colegas já mudaram de estratégia. “Trazemos os alimentos e aprontamos na cozinha da casa de colegas que residem no Feira VI. Isto tornou as coisas mais baratas porque a gente não estava conseguindo mais pagar um PF em um restaurante no conjunto”, explica.

Vereador e diretor geral do 2º Centro Regional do Interior – CERIN, órgão do governo do estado com sede nesta cidade, o falante José Ferreira Pinto, renovava na tribuna suas críticas à administração municipal, sob o comando do MDB. Lá pras tantas, mirando a plateia nas galerias, disse que “infelizmente muita coisa nesta cidade está sob o comando de pessoas que não têm competência”. Membro da bancada governista, Antonio Carlos de Alencar e Marinho, o

Doutor Caroço, aparteou fulminante: - É por isso, Excelência, que o CERIN não funciona...

Zé Neto rasga o Ibope Candidato do PT a prefeito nas eleições de 1996, Zé Neto aproveitou o debate realizado na Uefs e rasgou uma folha de papel, simbolizando a pesquisa do Ibope, encomendada pelo PMDB, que lhe dava 1% de intenção de voto. Por sua vez, Colbert Martins Filho, candidato do PMDB, disse ter tomado conhecimento de outra pesquisa, do mesmo instituto, registrando uma subida do petista Nelson Pelegrino, de 8% para 12% na disputa pela prefeitura

de Salvador, aconselhando em seguida: - Espero que Vossa Excelência não rasgue essa também...

O matador de mentirosos Líder político na antiga Gameleira, hoje distrito João Durval, o vereador Otaviano Campos mandou chamar o cabo eleitoral e entrou logo no assunto: - O que é que houve? Eu soube que você tirou a vida de alguém! - Matei, doutor. Está me dando uma doença. Não posso mais ouvir ninguém falar mentira. Vai me dando uma tosse, uma tosse, que só para quando mato o sujeito. Candidato à reeleição em 1976, Otaviano foi um dos oradores do comício do MDB no bairro onde morava o eleitor que não podia ouvir mentira. No meio do discurso, empolgado, anunciou: - Meus amigos, eu juro que vou multiplicar os votos de vocês em beneficio para este bairro,

como Cristo multiplicou os peixes nas montanhas da Terra Santa. Naquele dia, na Judéia, o Cristo alimentou uma multidão com dois peixes. Lá embaixo do palanque, o cabo eleitoral que não podia ouvir mentira começou a tossir desesperadamente. Aflito, Otaviano remendou: - Quer dizer, eram dois peixes enormes, duas baleias imensas...


6

cidade

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

Frota triplica. Motos sextuplicam GLAUCO WANDERLEY

Feira de Santana vem experimentando um aumento tão rápido da frota que entre 2001 e 2011 passou de 75ª para 50ª cidade do país com maior número de veículos em circulação, de acordo com dados oficiais levantados pela Tribuna Feirense junto ao Denatran. A frota, com a soma de todos os tipos de veículos*, passou, no período, de 60.050 para 178.221 veículos. Embora a quantidade de automóveis na cidade tenha dobrado neste intervalo de tempo, o crescimento se deve principalmente à explosão nas vendas de veículos de duas rodas. Os automóveis, que chegavam a quase 60% do total em 2001, agora não são nem a metade. A participação das motos, ao contrário, mais que duplicou, subindo de 17 para 36% do total. Pelo entusiasmo observado no comércio de motos e motonetas, não tarda para que os veículos de duas rodas sejam maioria. Em uma concessionária visitada pela reportagem, o gerente Djanir Ferreira estima que em 2012 sua equipe de vendas vai bater o recorde de cinco mil unidades comercializadas ano passado. A comodidade de ser dono do próprio transporte, comparada à precariedade do coletivo, explica em parte a preferência dos compradores. O preço da passagem de ônibus ajuda a vender. “O que se paga de passagem no mês às vezes chega a ser mais do que uma parcela de moto”, contabiliza Djanir. O vendedor Luiz Claudio Souza acrescenta outra razão não menos decisiva. “Eu vou comprar uma moto

porque é mais barato e mais econômico que um carro, e não vai pesar no meu orçamento. Mas também porque com ela eu vou enfrentar menos engarrafamento do que se eu estivesse em um carro. Não há coisa que eu odeie mais do que ficar parado no trânsito”, garante. CARROS Embora vendam menos que as motos, os automóveis são bem mais caros e as concessionárias comemoram o crescimento econômico acima da média em Feira de Santana. Somente numa delas, foram vendidos quase mil carros novos entre janeiro e abril desse ano. “Tem gente que vem juntando dinheiro ao longo do tempo, e o soma a outros valores, como férias e décimo terceiro, para investir em um carro novo, seja primeiro veículo ou troca”, diz o gerente Allan Jackson. Na disputa pelo cliente, as lojas financiam em até 60 meses, reduzem juros, facilitam ou eliminam a entrada, dão tanque cheio, emplacamento e outros benefícios. De acordo com Allan, os veículos que têm mais saída são os populares. Porém com uma ressalva. Quase todos os compradores exigem que o modelo seja completo: com ar condicionado, travas elétricas e direção hidráulica. “Não basta ter um carro para se deslocar. Ele precisa ser bonito e confortável. Um carro é uma necessidade, sim, mas também é sinônimo de status”, afirma a advogada Luciana Vasconcelos, enquanto escolhe um carro para trocar pelo atual. (com reportagem de Valma Silva)

* O Denatran classifica os tipos de veículos em automóvel, bonde, caminhão, caminhão trator, caminhonete, camioneta, chassi plataforma, ciclomotor, microônibus, motocicleta, motoneta, ônibus, quadriciclo, reboque, semi-reboque, side-car, trator esteira, trator rodas, triciclo utilitário e outros. Para esta matéria, somamos o número de motos com o de motonetas.

2001

50 cidades com maiores frotas de veículos

Embora seja a 34ª cidade do país em população, Feira de Santana está na 50ª colocação em frota de veículos. Teve um expressivo crescimento nos últimos anos, pois era 75ª até 2001. Neste período, superou Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco e várias cidades das regiões mais desenvolvidas do país, como Marília (SP), Campos (RJ), Cascavel (PR) e Canoas (RS).

2011

Paliativos para o trânsito Embora o aumento da frota de veículos em Feira de Santana indique o benefício do crescimento econômico, a grande quantidade de carros e motos circulando pelas ruas provoca também transtornos, especialmente no Centro. É preciso paciência para enfrentar os congestionamentos, principalmente nos horários de pico. Para um trajeto de sete quilômetros, por exemplo, de um bairro como a Cidade Nova até a Avenida Senhor dos Passos, no Centro da cidade, é preciso reservar vinte minutos. Porém, se o percurso for nos horários mais movimentados (início da manhã, meio-dia e começo da noite), o tempo pode dobrar. Dentro do Centro, a situação é pior. No auge do rush, só para atravessar toda a avenida Senhor dos Passos, por exemplo, pode-se levar até meia hora. O engarrafamento é maior no trecho entre o Nordestino e a Igreja Senhor dos Passos. Para piorar a situação os condutores cometem muitas infrações: estacionam em fila dupla, falam ao celular enquanto dirigem, invadem o sinal vermelho. Para tentar amenizar os problemas, de acordo com o secretário de transportes e trânsito do município, Flailton Frankes, o poder público tem investido em “reordenamento do trânsito”. Ele cita mudança de sentido de vias, colocação de placas de sinalização e mais ônibus no transporte coletivo. O resto é projeto, sem previsão para execução: construção de três viadutos, três passarelas e quatro ciclovias.

ATENÇÃO

Esmeralda Cartomante e Espírita Você que anda sofrendo, sem sucesso na vida, no amor, no negócios. Você que batalha muito e não tem tido vitória em sua vida, D. ESMERALDA é altamente capacitada e profissional para resolver problemas por mais difíceis que sejam. D. ESMERALDA é considerada pelos seus clientes como a melhor do Brasil. Tenha fé, pois ela move montanhas. Faz todos os tipos de trabalhos espirituais, consultas com CARTAS, BÚZIOS E TARÔ.

75 3626-2072/ 9103-6722 Rua General Costa e Silva, nº 76 - Sobradinho (próximo ao Bar Fluminense) - Feira de Santana - BA


Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

GLAUCO WANDERLEY

7

tecnologia redacao@tribunafeirense.com.br

Só 33% dos brasileiros têm Web em casa

Para um serviço que ainda é novo o número pode parecer bom. Mas é tão ruim que nos coloca em 63º lugar em um ranking com 154 países. Apenas a metade dos acessos são feitos por banda larga (e a banda larga no Brasil, como se sabe, é bem estreita). Para se ter uma ideia, na Suécia 97% dos lares possuem acesso à internet. Mesmo no município mais conectado do Brasil, São Caetano do Sul, em São Paulo, o percentual de casas com acesso à internet é de 69%. No interior do país, sobretudo no Norte e Nordeste, há cidades inteiras onde ninguém tem conexão em casa. Os dados foram divulgados em uma pesquisa conjunta da Fundação Telefônica e Fundação Getúlio Vargas.

DILMA QUER MELHORAR

“Meu governo quer estimular cada vez mais a expansão do serviço de banda larga. Quando eu falo banda larga é banda larga, não é essa capacidade que estão vendendo ainda no Brasil. É que o nosso país tem necessidade de caminhar para valores acima de 5 megabits”. A fala é da presidente Dilma, no seu próprio programa semanal de rádio, “Café com a Presidenta”, esta semana. Ela ressaltou que o acesso à internet reduz desigualdades sociais. Para alcançar o objetivo, uma das estratégias do governo é exigir das empresas de telecomunicações, investimento em redes de fibras óticas.

Chrome desbanca Internet Explorer Demorou quase quatro anos (a serem completados em setembro). Muito tempo, pela velocidade da internet. Mas o Chrome, do Google, conquistou a liderança do mercado de browsers (navegadores). Uma consultoria norte americana, StatCounter, anunciou segunda-feira que o Internet Explorer, o pesadão e ineficaz software da Microsoft foi finalmente

Isso é bom:

Aplicativos gratuitos

Jango Jango é uma rádio online bem fácil de usar. Escreva o nome de um artista de que gosta e ela vai tocando outros que considera similares. Se você não gostar de algum é só reprová-lo (polegar pra baixo) que ele some de sua vida. Se aprovar, será tocado mais frequentemente. Você pode definir o grau de variação de músicas e artistas). Ao testar o serviço deu pra ouvir o dia inteiro com qualidade aceitável sem

receber nenhum aviso da operadora do tipo “você consumiu tudo que podia hoje”. A desvantagem é a escassez de artistas brasileiros. Mesmo assim, você vai poder ouvir canções brasileiras que nossas rádios compradas não tocam.

“Não importa se o cracker usar a solução X ou Y, se criar roteadores virtuais usando servidores na Islândia ou Finlândia… sempre há um rastro que podemos seguir.” Quem avisa os incautos que não entendem que no computador ficam mais digitais que numa maçaneta, é o inspetor Rodrigo Mello, da equipe que identificou rapidamente quem violou o email e chantageou a atriz Carolina Dieckman. Mesmo assim, sempre tem os especialistas em “violação” e estes são tão difíceis de enfrentar que algumas empresas preferem transformá-los em aliados. Pagam para que descubram vulnerabilidades nos sistemas. Entre estas empresas, estão até mesmo gigantes como HP, Microsoft, Facebook e Google, sendo que este já pagou 60 mil dólares a um hacker que descobriu falha de segurança no navegador Chrome. Uma informação pessoal não secreta porém difícil de obter é: qual a operadora de celular da pessoa para quem vou ligar? Depois da portabilidade, não dá mais para saber isso pelo prefixo do número. Mas é bom saber, porque ligar para fora de sua operadora custa caro. Para isso basta uma conexão à internet. É só acessar o endereço http://consultanumero.abr.net. br:8080 e colocar o DDD e telefone desejado.

Nike Training Club

ultrapassado em uso no mundo. Nos Estados Unidos o IE permanece líder.

Porque o Chrome é disparado o melhor browser. Mais leve, cheio de aplicativos úteis e fáceis de instalar e usar. Um PC mais velho simplesmente trava com o IE. Com o Chrome, muito mais rápido para navegar, fica parecendo uma máquina nova. Um líder mais evoluído forçará a melhoria dos demais. O Firefox, ex-quase-futuro-líder, continua em terceiro.

Isso é ruim:

Free phone

BITS

Porque amplia o domínio de uma única empresa na internet. O Google, que já é dono do Gmail, YouTube e sabe tudo que se pesquisa no mundo através do seu mecanismo de busca, agora dono do navegador mais utilizado, terá cada vez mais dados sobre tudo que se passa na rede. Coletiva e individualmente. Impossível concentrar tanto poder sem que surjam consequências nefastas. Qual governante não buscará acesso aos dados? Qual empresa não cederá, sob pressão econômica, sob chantagem política ou mesmo seduzida pelas vantagens, lucros e regalias da proximidade com o poder político? E eis sua vida toda documentada e arquivada, acessível de qualquer parte do mundo.

Um personal trainer de bolso. Serve para quem já pratica exercícios ou para quem quer começar. Quer emagrecer, ser mais saudável ou ficar forte? Alimentado pelo objetivo e informações que você colocar, o programa cria um treinamento personalizado, com regimes de atletas profissionais e seus treinadores. Além das instruções detalhadas, traz aulas em áudio e vídeo (mas tudo em inglês). Você escolhe ainda o que quer que

toque enquanto se exercita. Conforme avança, você é parabenizado por atletas ou celebridades. Tudo fica gravado, dando acesso a seu histórico. Claro, pode se gabar compartilhando no Facebook e Twitter.

Quem aderiu ao Facebook, há pouco mais de uma semana, foi o ex-presidente Lula. Na foto principal do perfil, ele aparece colocando a faixa presidencial na presidente Dilma, no dia da posse. Até o fechamento desta edição da TRIBUNA, a página tinha 121 mil likes. Deve crescer muito ainda, mas está pouco para quem tem um séquito de fanáticos adoradores que não hesitam em achincalhar na web quem não reza pela cartilha lulista.


8

cultural

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

Contos picantes de Dani Pimentinha Ordachson Gonçalves Sexo, sensualidade e erotismo em histórias que mexem com o imaginário de homens e mulheres. Os contos eróticos de Dani Pimentinha, autora feirense, publicados semanalmente no blog Pimentinha Sensuale (www.pimentinhasensuale. blogspot.com) ultrapassam fronteiras e conquistam leitores Brasil e mundo afora. Dani Pimentinha é Daniele Lima, 35 anos. Ela conta que a idéia surgiu como brincadeira, mas acabou caindo no gosto popular. Estudante de Publicidade e Propaganda, mãe de dois filhos e divorciada duas vezes, Dani criou a página na internet para facilitar sua atividade de sacoleira. “Eu trabalho vendendo lingerie e artigos de sex shop. As pessoas questionavam porque os produtos não vinham explicando como utilizar, trazendo informações, e inicialmente criei o blog para isso: explicar como utilizar os produtos. O blog foi ganhando corpo, dimensão, o pessoal passou a acessar. Senti necessidade de incrementar mais e foi quando surgiram os contos eróticos”, relata. A página ainda anuncia produtos mas eles ficaram em segundo plano. Há também dicas para o relacionamento sexual. Os contos são postados toda segunda-feira. Segundo Dani, alguns surgem de histórias criadas por ela, outros de experiências reais, mas a maioria provém de fatos relatados pelo próprio público. “As pessoas

heterossexuais. Estou inclusive querendo agora colocar um foco legal para a galera GLS [gays, lésbicas e simpatizantes]. Eles também valorizam muito esse trabalho e existe muito preconceito em torno deles. Acredito que qualquer tipo de preconceito devamos extinguir. Está tudo presente aqui no mundo e devemos aprender a conviver com as diferenças”, defende.

sandropenelu@gmail.com

Sandro Penelu Cultura e Lazer

Exposição mostra o passado de Feira de Santana

FAMA

Daniele brinda ao inesperado sucesso do blog promocional

enviam suas histórias geralmente por email e, claro, pedem o anonimato. Daí eu transformo essas aventuras em contos”, explica. Daniele conta que já houve até casos de carta anônima. “Uma vez uma menina jogou uma carta em meu quintal. Quando abri o envelope me deparei com a história de uma aventura que ela havia vivido, e pedia que eu colocasse no blog. Achei bastante inusitada a atitude, mas atendi o pedido”, lembra. Daniele define o

Pimentinha Sensuale como totalmente democrático. “Acredito que eu atinjo todos os públicos. Não apenas homens e mulheres

No ar há cerca de um ano, o blog rendeu alguns aborrecimentos a Daniele. “As pessoas viam de uma forma bastante negativa, achando até que era um blog de prostituição ou pornográfico, o que não é. É um blog onde a gente fala de sexo, sensualidade, erotismo, mas de uma forma leve, para mexer com o imaginário”, explica. Com o passar do tempo, entretanto, ela conquistou também admiradores. “Uma prova disso foi durante a Micareta. Ganhei alguns abadás, camisas de camarotes e muitas pessoas me reconheceram e perguntaram como colocar uma história no blog. Fiquei bastante

impressionada”.

TRECHO “LIGHT” DO BLOG “Ele mais novo que eu, dançou sinuosamente e no final da dança me levou contra a parede e eu sentia a sua respiração ofegante; daí eu passei a ficar mais cada vez mais desejando aquele corpo masculino lindo viril e cheio de energia. Ele passou a me beijar deliciosamente com seus lábios quentinhos e sua língua aveludada, com suas mãos ele me acariciava descaradamente e alisava minhas pernas por entre a fenda da saia.”

Falcão e Engenor lançam novo empreendimento

Acontece, no Museu Parque do Saber, em Feira, exposição fotográfica “Feira de Santana, uma volta ao passado”, produzida pelo Clube de Fotografia Gerson Bullos. A mostra fica em cartaz até o dia 31 deste mês. Esta é mais uma grande oportunidade de conhecer um pouco da história arquitetônica e cultural da Cidade Princesa, que foi, ao longo das décadas, sendo destruída por mãos insensíveis e descompromissadas com as nossas tradições.

Joãozinho e Maria no Margarida Ribeiro

Continua em cartaz, neste sábado e domingo, às 17h, no Teatro Municipal Margarida Ribeiro, o espetáculo musical infanto-juvenil Joãozinho e Maria, adaptado e dirigido por Roberval Barreto. A trama narra a história de Joãozinho, um menino peralta, alegre (porém teimoso, desobediente, guloso e impertinente) e de Maria, sua irmã, cautelosa, educada e inteligente, mas é influenciada por Joãozinho a se afastar de sua casa.

SHOWS AO VIVO SEXTA-FEIRA (25/05) *MÁRCIO MIRANDA (MPB) Paradinha – 21h R. São Domingos *BANDA SEU FULANO (Pop) República da Cerveja – 21h Rua S. Domingos *CARAVANA DA ARTE Cidade da Cultura – 21h Conj. João Paulo *MARIZELYA E OS COISINHO (Samba) Botekim Tematic Bar – 21h Av. João Durval *GRUPO PAPEL DE SEDA (MPB) Route 66 – 21h

O

Quintas Imperial, mais novo empreendimento da Falcão Construtora e da Engenor Engenharia, tem a proposta de unir natureza, esporte e diversão. O condomínio possui picadeiro para equitação, baias, redondel, gazebos, fitness center, brinquedoteca, salão de festas, espaço gourmet e parque infantil, além de parque de ginástica, pista de cooper, quadra de tênis oficial, quadra poliesportiva, campo de futebol gramado e piscina adulto e infantil. No segundo semestre, as empresas vão lançar dois

condomínios fechados de lotes residenciais: o Morada Imperial, situado em Conceição da Feira, e o Bosque Imperial, em Santo Estevão. Até julho também será lançado um empreendimento na área industrial, o primeiro condomínio fechado de lotes comerciais, industriais e de logística, situado na BR-324, a 10 minutos do centro de Feira de Santana e a cinco minutos da BR-101. A construtora foi fundada em 1951 por João Falcão e Guillardo Figueiredo e atualmente é administrada por Wilson Falcão e Luiz Vasconcelos.

*SANDRO PENELÚ (Nós, Vós e o Violão) Buteko TDB – 20h Rua Landulfo Alves Sobradinho *CELLY NOBLAT (voz e violão) Quiosque do Mazinho – 21h Praça de Alimentação – Centro *MENINAS SAN CARMO (MPB)

Buteko San Carmo – 21h Av. Maria Quitéria *LUCIANO ROCHA (MPB) Kaviar Restaurante – 20h Rua B – Feira X *JEEAN SANTANA E THIAGO ANDREOLI (Sertanejo) Jenipapo – 21h *KARLA JANAÍNA (MPB) Mar Mandacaru – 21h Jardim Cruzeiro

SÁBADO (26/05) *ALAN OLIVEIRA (Voz e violão) Quiosque do Mazinho – 21h Praça de Alimentação *BANDA 80 NA PISTA (Ensaios) Antiquário Pub – 22h Ponto Central *BRUNO BEZERRA (MPB) Alfredo Bristot – 21h *GRUPOS SEU MAXIXE E É SWING RETRÔ (Show da ressaca) Ville Gourmet – 22h Av. João Durval

*Mais dicas culturais em: www.infcultural.blogspot.com


opinião

9

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

di.vianfs@ig.com.br

andrepomponet@hotmail.com

Itamar Vian Arcebispo Metropolitano

André Pomponet Economia em crônica

A seca interrompe o forrobodó dos prefeitos Vozes sensatas do Tribunal de Contas recomendaram aos prefeitos baianos que cancelem os suntuosos festejos juninos que, todos os anos, acontecem na Bahia. A medida visa preservar os combalidos cofres municipais num ano em que a seca se faz mais rigorosa e em que as populações das zonas rurais e dos pequenos municípios baianos estão mais expostas à escassez de água para a produção e consumo e até mesmo à fome. Como era de se prever, houve quem estrilasse: afinal, alegam, no período junino o interior baiano atrai grande número de visitantes, que com seus gastos dinamizam as economias locais; e não falta, também, o argumento mais que previsível da “preservação” das tradições juninas. Aparentemente o bom senso vai prevalecer e, em boa parte do estado, já se anunciou o cancelamento dos festejos ou, ao menos, a redução das despesas inicialmente programadas. Isso para pesar dos grupos que exibem vistosas dançarinas e dizem que tocam forró. Comentários indicam que muitos prefeitos estão duplamente desgostosos: primeiro porque viram a vitrine do São João reduzir-se dramaticamente; segundo porque – dizem os conhecedores dos bastidores da política – muitos alcaides terão que recorrer a outros expedientes para alimentar o “Caixa 2” da campanha, já que a estratégia de pagar cachês astronômicos a grupos de qualidade duvidosa não poderá ser aplicada. Vantagens A seca em 2012 está forçando o rompimento de uma tradição perversa: entra ano sai ano e as prefeituras municipais – muitas delas carentes de recursos – promovem festejos juninos espetaculosos, contratando dezenas de bandas cujo único retorno para o munícipe é o alegado e altamente subjetivo “resgate da auto-estima”. Nunca soube de qualquer estudo que mensurasse o efeito positivo dessas contratações sobre a arrecadação dos municípios; também nunca soube que, mesmo havendo retorno – caso haja em alguns casos – os benefícios gerados contemplem os segmentos mais pobres e desassistidos das pequenas cidades. Assim, antes de retomar a tradição nos próximos anos, os prefeitos deveriam embasar-se em estudos técnicos que justificassem suas opções. Sabe-se, no entanto, que isso dificilmente vai ser feito e que a tendência é o retorno dos mesmos festejos com as mesmas bandas que alimentam os caixas paralelos das campanhas. Danosa para a população rural, a seca que se arrasta neste 2012 pelo menos forçou a discussão da questão das festas suntuosas nos últimos dias. Apesar da retórica patrioteira de alguns alcaides, nota-se que a relação custo-benefício desses festejados “arraiás” começa a ser questionada.

Defensor oficial

O vereador Ribeiro (PDT) resolveu tomar pra si a responsabilidade de defender o prefeito Tarcízio Pimenta (PDT) na Câmara. Essa semana, ele exigiu do colega Zé Curuca apoio integral ao prefeito e também alertou os petistas Angelo Almeida e Marialvo Barreto de que o adversário deles é José Ronaldo (DEM) e não o pedetista. Marcou posição.

Silêncio no buzu

O vereador Frei Cal (PMDB) importou a “Lei do DJ de Buzu” de Salvador para Feira de Santana. Ele conseguiu aprovar na Câmara o projeto que proíbe a utilização de aparelhos de som com alto-falantes e equipamentos similares no interior dos veículos do Sistema de Transporte Público Municipal. Pela lei só será permitida a “utilização silenciosa” de tocadores de áudio. Quem fiscalizará?

Inconsistente

Na ânsia de denunciar, o vereador Lulinha da Conceição (DEM) se superou essa semana na Câmara de Feira de Santana. Em discurso, o vereador afirmou que um motorista do SAMU estaria servindo, indevidamente, ao secretário de Comunicação, Fabrício Almeida. No entanto, 10 minutos depois recebeu ligação do secretário informando que o tal motorista era seu irmão e que o acompanhava nas folgas com veículo próprio. Vale a máxima: em boca fechada não entra mosca.

Jogo de marketing

Depois de José Ronaldo (DEM) confirmar o publicitário Xiko Melo como seu marqueteiro para campanha, Tarcízio Pimenta (PDT) e José Neto (PT), também se decidiram. Pimenta terá o suporte de Nilson Santana; Neto, do ex-marqueteiro de Colbert Martins, Roque Tavares.

Sujeira

Numa votação relâmpago e sem maiores alardes, a Câmara dos Deputados aprovou essa semana, com apoio de todos os partidos, o projeto que permite aos políticos receberem o registro de suas candidaturas mesmo quando tiverem contas eleitorais desaprovadas — a chamada “conta-suja”. O famigerado projeto ainda precisa passar pelo Senado, mas em Feira de Santana a aprovação foi comemorada por alguns candidatos a vereador.

Luzes no Caminho

Na praça da Matriz A cena tem lugar na Praça da Matriz. A praça está marcada pela diversidade: vendedor de pipoca, criança brincando e homens jogando dama, sentados nos bancos. No meio da praça dois fanáticos pregadores de seitas ameaçavam os presentes com a ira divina. Depois de uma vida indigna, eles dizem ter encontrado Jesus. O fim está próximo, gritavam, Jesus virá em breve e com fogo e enxofre aniquilará os maus, mandando-os para o inferno. NA PRAÇA estavam algumas mulheres da chamada vida fácil. Alguém provocou uma delas: o que acha dos missionários, você não tem medo do castigo de Deus? Ela, com simplicidade garantiu: esse deus dos pregadores não é o meu Deus. O meu Deus é cheio de misericórdia, ama, perdoa os infelizes. Explicou ainda: não estou nesta vida porque quero, mas é a única chance que me restou para dar escola e alimentar minha filha, que eu não quero que seja como eu. ELA DISSE mais: nas minhas tristes madrugadas, antes de deitar, ajoelho ao pé da cama, como minha mãe me ensinou, e peço proteção a Maria, minha senhora e minha mãe. Peço que me ajude a sair desta vida; peço, sobretudo, que ela esteja ao meu lado na hora da morte. JESUS jamais rejeitou os pecadores, embora tenha tido palavras duras com os auto-suficientes doutores da lei. Jamais teve uma palavra dura contra qualquer mulher. Foi contra os fariseus, mestres e doutores da lei que Jesus proclamou: elas –as prostitutas – e os publicanos vos precederão no Reino de Deus. (Mt 21,31). FAZ PARTE do bom senso e está no Evangelho a afirmação: quem muito recebeu, muito terá de prestar contas. As circunstâncias têm papel destacado na vida de todas as pessoas. Os pais, os mestres, os comandos iniciais da infância marcam profundamente uma existência. Muitas vezes, o espaço da liberdade é drasticamente reduzido. É por isso que Jesus aconselha: não julgueis e não sereis julgados (Mt 7,1). Para Ele, não existe nenhum caso perdido. As portas da misericórdia estarão sempre abertas. MESMO assim é inteligente dar-nos conta que a duração de nossa vida é limitada. O tempo é um presente que Deus nos dá para nosso amadurecimento. O tempo de Deus é hoje. E um dia, nossa vida será examinada, não pela ótica fria da lei, mas pela ótica do perdão e da caridade.

Nome novo

O ex-secretário de saúde e ex-superintendente do Procon, Rafael Cordeiro, resolveu se arvorar pro lado do Fluminense de Feira. Jovem e apaixonado pelo “Touro”, o advogado sonha em se tornar presidente do clube mais querido de Feira de Santana. Entretanto, o caminho é longo...

Greve eterna

O dirigente da APLB e professor, Germano Barreto, soltou o verbo pra cima do deputado estadual Zé Neto (PT). Para ele, o deputado “é oportunista e só está pensando na sua eleição para prefeito de Feira”. Germano acredita que o petista não tem dado o tratamento adequado à greve dos professores, que já dura quase dois meses.

Foguetinhos

*Se não puder proteger, pode ter certeza que vingarei. *Vai dar tudo certo, depois que der tudo errado! *Ser normal é a meta dos fracassados.

Fundado em 10.04.1999 www.tribunafeirense.com.br / redacao@tribunafeirense.com.br Fundadores: Valdomiro Silva - João Batista Cruz - Denivaldo Santos - Gildarte Ramos Editor - Glauco Wanderley Diretor de Planejamento - César Oliveira Diretora Financeira - Márcia de Abreu Silva Editoração eletrônica - Maria da Piedade dos Santos

Agropecuária Estrela de Davi S.A. ( Em formação)

Invista R$ 1.000,00

Lucro garantido R$ 315 – Semestre, R$ 630,00 – Anual. Outros valores consulte-nos. FONES:

75 – 8125-3011/ 9196-0092/ 9935-2751 OS TEXTOS ASSINADOS NESTE JORNAL SÃO DE RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES. Rua Quintino Bocaiuva - 701 - Ponto Central CEP 44075-002 - Feira de Santana - PABX (75)3225.7500/3223.6180


10

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

MANCHETE

REI NELSINHO LANÇOU O MEGA SÃO JOÃO DO REI. E É UM SUCESSO!

O Rei Nelsinho lançou nesta quinta-feira (24/05/2012), o MEGA SÃO JOÃO DO REI e mais uma vez foi um grande sucesso. O Rei Nelsinho mostrou a sua força, ou melhor, a sua credibilidade com o povo. Uma multidão compareceu ao piso mágico nesta quinta-feira na largada do MEGA SÃO JOÃO DO REI. E o Rei Nelsinho ficou muito feliz com seus amigos, funcionários, familiares e clientes, e agradeceu a Deus por mais um grande sucesso.

Kammys Modas Rei Nelsinho, o Nº 1, é claro.


social

Empresário e bioquímico Jolival Soares que inaugurou mais uma filial do Laboratório Ánalise no Metropolitan,. do Boulevard

Wagner Gonçalves, Secretário da Fazenda, homem forte do dinheiro municipal, aniversariou dia 22, sendo muito festejado por amigos

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

11

Leislyani Vieira e Sheila Lima, representantes da IBPEX, empresa com forte atuação no setor de Pós-Graduação e Extensão

O neurocirurgião, sommelier e exímio chef, Luis Carlos, aniversariante do dia 27

A bonita Carol Oliveira Alonso, de Conceição do Jacuípe e aluna do Asas de Papel

Campanha

A lindíssima e meiga Gabriela Falcão, filha de Getúlio Barbosa e Adnil Falcão, que aniversariou dia 23

O deputado Carlos Geilson está de parabéns por não ter faltado nenhuma sessão da Assembleia

Hoje é o lançamento da candidatura ao governo municipal do ex-prefeito José Ronaldo. A cidade espera com expectativa este anúncio. Muitos políticos, empresários e gente da Sociedade deverão estar presentes no evento do candidato que sai como favorito nas pesquisas.

Acontece No próximo dia 6 de Junho, no CUCA, acontece o lançamento do concurso Misse Feira 2012, uma realização de Pitombo Produções Artísticas. As inscrições estarão abertas de 7 de Junho a 30 de Julho. Vejam aí, meninas. É a oportunidade ideal para as belas que sonham com o estrelato.


12

Feira de Santana, sexta-feira, 25 de maio de 2012

A Festa do Ano

N

esse sábado todos os holofotes estarão voltados para a linda Luana Macedo que comemorará seus 15 anos em alto estilo. Uma das festas mais esperadas dos últimos tempos, devido ao enorme carisma da debutante. Uma estrela como ela, só poderia ter uma festa glamourosa. Hollywood ganhará novas cenas no Spazio. Esse filme começará a ser rodado às 21 hs, sob a produção de Melânia, Dj Agenor, Fabio e Bruno Leal. Desde pequena, Lua sempre chamou atenção de todos quando entrava no palco, fosse dançando ou desfilando; até hoje faz jus a esse talento nato, levantando aplausos em todas as suas apresentações e atuações. Seu jeitinho meigo, atencioso e humilde faz dela uma adolescente especial . Os três outdoors espalhados na cidade “ Luana, 15 anos de Felicidades “ foram apenas uma das muitas demonstrações de amor e alegria da família, para marcar essa data tão importante na vida de uma garota. É com muito orgulho que seus pais: Adriana e Vicente, e seus avós: Inocêncio e Fátima estarão recepcionando a todos e agradecendo a Deus pelos 15 anos de vida dessa menina cheia de luz e alegria, que é Luana Coelho Costa Macedo. Que sua estrela nunca deixe de brilhar, felicidades mil!

Informe publicitário


Edicao 25-05-12