Page 1

Tiago Lobo

Movimentos sociais e populares

Turma 359

1) Penso que o ponto mais relevante do texto esteja no confronto

teórico e ideológico dos pesquisadores citados. Acho que no esta-

sincera sobre determinado assunto se faz necessário o confronto de idéias com objetivo de filtrar o que lhe parece mais correto.

subestima ou superestima os Movimentos sociais e populares, pro-

pondo que eles cooperam com o sistema onde o mesmo se faz in-

Prof. Neka Machado

2) Cooperação é a posição teórica que mais me satisfez pois não

Comunicação Comunitária

belecimento de um parâmetro crítico e na gênese de uma opinião

capaz de agir. Me parece errado tratar estes movimentos em grau respondem diretamente ao Estado.

e

Agosto d 2011

de subordinação quando se tratam de ações autônomas, que não

3) Tem um recente que talvez seja bastante citado neste trabalho, que é o Movimento 89 de junho. Trata-se de um movimento estu-

dantil , espontâneo, e que reivindicava democracia dentro de uma das mais poderosas instituições de ensino do País. O movimento

foi responsável por mobilizar centenas de alunos em diversos dias e focos de manifestações que variaram da militância até certos

extremismos no interior da PUCRS. O resultado surpreendeu e talvez sirva de exemplo para situar a teoria de cooperação, pois o

movimento cresceu a ponto de receber apoio de políticos e atenção da imprensa , praticamente obrigando a PUCRS a uma mudança de postura com relação à manutenção e responsabilidade institucional perante o movimento estudantil acadêmico.

Portanto, devido à mobilização social popular, o Estado tomou

conhecimento do fato e viu a necessidade de intervir, mediando negociações entre um movimento popular estudantil e a PUCRS.

Movimentos sociais e populares  

Pequeno trabalho sobre movimentos sociais e populares produzido para a cadeira Comunicação Comunitária, do 2° semestre de jornalismo da PUCR...