Page 1


    

   

   

A segurança na internet O que podemos fazer? O que não podemos fazer? Enganos na internet O que é o Spam? Como evitar o Spam? O que é um vírus informático? Como prevenir o vírus informático? O que fazer ou detectar um vírus informático Netiqueta Escrita e comunicação online Risonhos Dicionário de «internetês»


Mas a internet também tem gente com más intenções

A internet é fantástica:

     

podemos aprender, trocar informações, conversar, contactar gente nova, fazer amigos, jogar...

Mas a internet, tal como o mundo real lá fora, também tem gente com más intenções que trata de alguns assuntos complicados de modo muito negativo.

Também tem pessoas que fingem ser quem não são, que querem enganar, que querem fazer mal, que se devem evitar!


pessoas mal formadas navegação acompanhada

são más e podem criar graves problemas a ti, à tua família e até aos teus amigos!  A curiosidade por coisas desconhecidas é natural, saudável e permite crescer, aprender e conhecer o mundo em que vivemos, mas deve ser acompanhada por formação e informação. 

A navegação acompanhada por um adulto é uma boa ideia, especialmente se encontramos algo estranho ou que não entendemos, mas... navegar sozinho é mais fixe!  :) 

Respeita as dicas importantes que estão a seguir e tudo irá correr bem!


• Navegar por sites com temas de › ›

interesse, utilizando a pesquisa dos vários motores de busca disponíveis. «Conversar» com outros internautas nos «chats» ou fóruns sobre vários temas. Receber «Newsletters» regularmente com novidades e informações sobre temas que te interessam, inscrevendote em listas de e-mails ou «assinandoas» (se isso não implicar custos). Enviar mensagens só de texto ou também com fotografias, sons, etc., dando apenas como contacto o email. Dá outros dados, apenas se forem sites apropriados e seguros. Copiar programas ou música que se encontre disponível gratuitamente na internet. Fazer a própria página pessoal (ou site) e pôr esses conteúdos on-line.

Permitido :

Permitido :

Permitido :


› Dar dados pessoais a pessoas que se

› › ›

«conheçam» através da net, para além do e-mail, como, por exemplo, o telefone ou a morada completa. Do mesmo modo, não se devem (nestes casos e sem autorização) dar informações pessoais sobre membros da família ou amigos. Fazer compras com cartões de crédito. Dar o número de cartões de crédito ou de quaisquer documentos pessoais. Copiar documentos (textos, fotografias, etc.) que estejam on-line e utilizá-los sem dizer (escrever) de onde foram retirados ou quem os fez. Responder a mensagens ou contactos mal educados, provocadores ou que falem de assuntos inadequados.

Proibido

Proibido

Proibido :


ď‚ž

.Consultar

sempre um adulto de confiança em caso de dúvida, ou nem que seja para perceber melhor um assunto.


Todos nós recebemos

muitas mensagens de correio electrónico. Podem ser simples mensagens de amigos, podem ser histórias incríveis, podem ser correntes de solidariedade, podem ser mensagens de amizade... Podem ser de muitos tipos e muito variadas. No entanto, nem tudo o

Repara bem nos perigos que estas mensagens podem trazer:

Vão contra a imagem

que se recebe na internet é verdadeiro!

Tal como na "vida real", há pessoas que acham divertido enganar os outros e lançam, por e-mail, os boatos.

A imagem de que falamos aqui é, por exemplo, uma marca de uma empresa (lembras-te da mensagem que dizia que se ofereciam telemóveis?) ou o nome de uma pessoa (acusada de algo que nunca fez).

Outros, mais criativos, inventam histórias de perigos que parecem verdade e que os técnicos classificam como mitos (ou lendas) urbanos.

Outras pessoas, ainda, sem maldade, pedem ajuda para um problema urgente, de saúde ou outro, mas, fazendo-o sem pensar, acabam por enganar: são os pedidos de ajuda.

Provar que era mentira é difícil, pois muitas pessoas nunca vão aceitar que acreditaram numa mentira. Por sua vez, passar estes e-mails falsos torna a informação verdadeira que circula na internet sempre duvidosa.


O "spam" são mensagens electrónicas que se recebem sem serem pedidas. Podem servir para vender produtos, para divulgar algo ou para outros fins, mas tornam-se muito aborrecidas porque enchem as caixas de correio e não interessam a muitas das pessoas que as recebem.


Mensagens – Spam Entopem as redes - Quando te pedem para passar uma mensagem de 1 kb a 10 pessoas, são 10 kb. Se essas 10 pessoas a enviarem a outros 10 já são 100 kb, e etc.

efeito de "bola de neve" pode entupir Este

um servidor, uma rede.

, diminui a velocidade das ligações e isso acaba por

Atenção:

- Ajuda a manter a internet limpa deste tipo de boatos! Envia o link desta página e esclarece os seus amigos.

Além disso

custar dinheiro... A nós.

Envia o link e não a página porque: - Os artigos podem ser actualizados e assim lê-se sempre a versão mais actual. - Enviar o link torna o e-mail mais "leve", reduz o tempo de download e o envio fica mais rápido.


• Não escrevas o teu e-mail em sites públicos

Se o teu endereço de e-mail está listado num site público, pode ser recolhido por "spammers", cuja actividade preferida é vasculharem emails na net para criarem listas de "spam".

. Muito cuidado ao registares-te online

• Inventa endereços de e-mail difíceis de adivinhar Se tiveres um endereço que é só o teu nome e o domínio (o que está depois da @), assim como "joana@hotmailcom", para os "spammers" é bem fácil de adivinhar. Junta-lhe o apelido ou números e assim tornase mais complicado de recolher.

.

Se estás a fazer compras, um adulto por perto é essencial - e vale pela segurança de saberem mais. Regista-te apenas em sites que tenham política de privacidade. E, já agora, lê-a, para evitares que esse site ceda o teu endereço de email (ou outras informações) a outros "parceiros" não definidos


conheça ou de que não esteja à espera

Os vírus podem estar disfarçados sob a forma de anexos de imagens divertidas, cartões electrónicos ou ficheiros de áudio e vídeo.

.

Para ajudar a evitar vírus, é essencial que mantenha o seu computador com as actualizações e ferramentas antivírus mais recentes, esteja informado sobre ameaças recentes e siga algumas regras básicas quando navega na Internet, transfere ficheiros e abre anexos. Depois de um vírus estar no computador, removê-lo e evitar mais infecções é mais importante do que identificar o seu tipo ou o método que ele utilizou para aí chegar.

Os vírus também se espalham através de transferências na Internet. Podem estar escondidos em software ilícito ou noutros ficheiros ou programas transferidos

http://www.microsoft.com/portugal/athome/security/viruses/intro_viruses_what.mspx

Os vírus espalham-se mais facilmente através de anexos em mensagens de correio electrónico ou mensagens instantâneas. Por isso, é essencial que nunca abra anexos de correio electrónico provenientes de um remetente não


- Muito cuidado ao fazer downloads e instalações de programas ou documentos da internet.

- Muito cuidado também ao abrir documentos e programas recebidos por e-mail, sobretudo se não conhecemos quem os enviou. 

- Utilizar sempre software anti-vírus actualizado. - Fazer cópias regulares (para discos externos ou CD-ROM) dos documentos que temos no computador. Assim não perdemos as informações que se encontram armazenadas no disco rígido em caso de ataque de um vírus.


procedimento correcto

para além de chamares quem saiba mais que tu

1.

Desligar o computador.

2.

Voltar a ligá-lo, mas desta vez através de um disco externo "limpo", protegido em termos de escrita e com um anti-vírus que possa remover o vírus em questão. Se arrancares o computador através dum disco externo o vírus do disco duro não ficará activo.

3.

Se a infecção for num CD, não desesperes, o lixo não é solução aconselhável. Através de um detector no disco duro podes eliminar a mesma facilmente.


Todos os tipos de vírus são bastante perigosos e não convém facilitar: um vírus pode espalhar-se a milhares, ou mesmo milhões, de computadores em poucas horas! A única solução é a prevenção.


Vamos apresentar de seguida um conjunto de indicações úteis para uma boa comunicação, quer por e-mail quer através da participação em fóruns, chats, etc.

Para uma boa convivência na comunicação pela Internet (tal como acontece quando estamos ao pé das outras pessoas, "ao vivo e a cores“

existem algumas regras de etiqueta já estabelecidas.

No seu conjunto, estas regras formam a chamada "Netiqueta".


Por não ser directa, mas sim através de uma máquina, a comunicação via Internet pode parecer "virtual".

Mas não nos podemos esquecer de que as mensagens electrónicas, enviadas num "mundo virtual", se tornam reais porque vão ser recebidas e lidas por outras pessoas que reagem ao que recebem como se a comunicação fosse "cara a cara“.

Como acontece na escrita comum, quando se comunica através de cartas, por exemplo, na comunicação on-line, devem alternar-se as letras maiúsculas e minúsculas. A escrita com recurso apenas a letras maiúsculas equivale a gritar. Apenas dever se utilizada em títulos e avisos urgentes.


:)

Alegria

:(

Desagrado, olhar de reprovação

;)

Piscar de olhos

Um olhar de esguelha, de soslaio

Indiferença :| Surpresa ou choque

Sorriso forçado

:>

;}

:-/ :P

Grande sorriso Sorriso gigante ou gargalhada

:D


Arroba (@)

A arroba usa-se nos endereços de correio electrónico, colocado antes do domínio.

Anexo

Esta palavra aparece normalmente em inglês ("attachment") e significa que há (ou que se pode pôr) um ficheiro (documento, imagem, etc.) anexo à mensagem

Bit

É uma das medidas usadas em informática para medir quantidades de informação: 8 bits = 1 byte.

("attachment", em inglês)

Bookmark

Browser

Bug

Byte

Com uma "bookmark" (marca/marcador de livro) podem-se "marcar" os endereços das páginas preferidas. Habitualmente está na barra superior, e chama-se favoritos" (ou "favorites", em inglês). O browser é o programa que temos instalado no computador e nos possibilita aceder à Internet. Há vários tipos de browser É uma falha num programa, numa aplicação ou no computador. É aborrecido e às vezes impede que se funcione normalmente ou que as coisas corram como deviam É outra das medidas usadas em informática para medir quantidades de informação: 1 byte =8 bits.


Espaço de armazenamento temporário. É o nome que se dá à memória do disco rígido do computador que guarda os dados recentes, para que, se esses dados forem pedidos outra vez pouco tempo depois, não demorem muito tempo a carregar. Para actualizar esta memória (se algo tiver sido mudado entretanto) é bom fazer o "refresh" (actualizar) - na barra superior

Cache É um termo inglês que serve para descrever quando um programa ou um sistema operativo encrava ou altera o funcionamento normal

E-mail (webmail ou, em português, correio electrónico)

É tudo o que se vende e compra através da internet

Comércio electrónico inglês)

É o nome da empresa ou marca que tem alojado o servidor. Mais simplesmente, é o que vem a seguir à @. Neste caso é o "junior.te.pt".

(em português "descarregar“)

É o correio electrónico. Diz-se das mensagens enviadas (como cartas de correio) e é também o sistema ou programa que

.

possibilita enviá-las e recebê-las

(e-commerce", em

Download

Crash

Domínio

Significa descarregar (passar, transferir) um ficheiro de uma determinada página da Internet para o nosso computador.

Uma sequência de palavras e símbolos que permite aos utilizadores da Internet encontrar cada página da world wide web.

Endereço web

Lista, que podes guardar no teu computador, das páginas web que mais utilizas.

FAQ

Favoritos

É o conjunto de algarismos que é dado a cada computador ligado à Internet e que serve como seu endereço. Não se vê. Também aparece em alguns sites em inglês, mas significa Frequently Asked Questions = Questões Mais Frequentes (sobre um dado assunto).


Firewall

É um programa ou um equipamento que protege uma rede de computadores, restringindo o acesso a zonas determinadas. A tradução (para se perceber melhor) é "parede corta-fogo" e assim entende-se mais claramente a sua função. Evita o acesso a alguns sites pouco seguros ou a entrada em alguns sites. 

Hacker

Pessoa que tem como desafio ultrapassar barreiras informáticas, acedendo a sites ou páginas de acesso restrito, sem autorização. Um cracker é o mesmo, mas com actividade criminosa. 

FTP

Traduzindo, é File Transfer Protocol e chama-se assim a um procedimento (diz se, neste caso, protocolo) que dá para transferir ficheiros de páginas da Internet (ver "download"). 

Freeware

É um programa que se pode descarregar para o nosso computador e é gratuito. 

Hiperligação (em inglês "hyperlink" ou, mais habitualmente, "link") Existe quando num texto ou imagem de uma página na internet há uma ligação (link) a outra página, que se activa clicando sobre essa palavra ou imagem. Nota-se bem pois, passando com o rato, aparece a mãozinha e depois (voltando atrás) muda de cor. Normalmente vem sublinhado

Homepage (em português "página de entrada") É a página de entrada de um site, a primeira que se vê. É como se fosse a capa de um livro. HTML (sigla de HyperText Marker Language) É a linguagem mais utilizada para construir páginas na internet. http (sigla de HyperText Transport Protocol É o código que te ajuda a chegar a uma página web. Internet É a rede mundial de comunicação por computador - via ligação telefónica - que permite trocar mensagens e aceder a muita informação. IRC (webIRC - sigla de Internet Relay Chat) É o nome mais técnico para o "chat" ou "sala de conversa". Há imensas na internet, temáticas ou não. É também o serviço que torna possível que vários utilizadores da internet comuniquem entre si, em tempo real e em modo de texto. ISP (sigla de Internet Service Provider) Significa Internet Service Provider e é o serviço que permite o acesso à Internet. Em português diz-se: Fornecedor de Acesso à Internet.


ISP (sigla de Internet Service Provider) Significa Internet Service Provider e é o serviço que permite o acesso à Internet. Em português diz-se: Fornecedor de Acesso à Internet. Java Linguagem de programação.

JPEG É uma das extensões (as três últimas letras de um ficheiro. Neste caso é: .jpg) de um dos tipos possíveis de ficheiro de imagem.

Kbps Quer dizer kilobits por segundo. É a unidade que mede a velocidade de transmissão de informação.

Largura de Banda É a velocidade máxima que pode atingir uma ligação à Internet. Agora com a banda larga... é mais rápido!

Mailing List São listas de pessoas (os seus e-mails) registadas num dado site que o fizeram para receberem mensagens por correio electrónico - querem receber informação, novidades, etc. Depois, estando nas mailing lists, recebem-se newsletters...

Megabyte (Mb) É outra das medidas usadas em informática para medir quantidades de informação, tal como o bit e o byte. Cientificamente são 220 bytes (= 1,048,576 bytes), mas normalmente falase em 1 milhão de bytes. A abreviatura é: MB.

Mensagens de correio electrónico São mensagens que são enviadas electronicamente (através do correio electrónico/webmail/e-mail) e que podem ter ficheiros anexos, de texto e/ou imagem.


Modem É o nome do aparelho que faz a ligação (por linha telefónica) do computador à internet. Motor de pesquisa Um programa que te ajuda a encontrar informações na Internet. O Yahoo e o Google são motores de pesquisa muito utilizados. Navegar Seguir de uma página para a outra seguindo as ligações (links).

Newsgroups São grupos de utilizadores da internet que, juntos, e por pertencerem a um "newsgroup", trocam ideias, informações e opiniões entre si. O que os distingue é que todas as mensagens são visualizadas por todos os membros. Também se chamam grupos de discussão. Newsletter São mensagens tipo "jornal" que se enviam regularmente. Vê também o que diz em "Mailing List".

Online

Está-se online (em linha) sempre que se está ligado à Internet.

 

Password (senha ou palavra chave)

Proxy

É um sistema que regista no seu disco a informação relativa aos locais onde os utilizadores acedem e, quando um utilizador tenta aceder a um local onde outro já acedeu antes, faz com que esse acesso seja muito mais rápido. É mais ou menos como a função da cache do computador.

 

Servidor (Em inglês: Server)

Conjunto de caracteres que digitas no teu computador para informares o teu fornecedor de serviço que és tu e não outra pessoa a querer utilizar a aplicação.

É o computador central que gere e passa a informação a outros computadores que a ele estão ligados em rede (ou, por exemplo, é aquele que se está a utilizar para aceder à Internet).


Spamming É o envio, por listas de e-mail não organizadas e sem as pessoas pedirem, de informação que não interessa a um grande número dessas pessoas que logo que a recebem consideram-na "lixo". TCP/IP (sigla de Transmission Control Protocol/Internet Protocol) É um protocolo (conjunto de regras e normas) que define o conjunto dos conceitos técnicos utilizados pelos computadores para funcionar com a internet. URL (sigla de Uniform Resource Locator) É o endereço das páginas de Internet (por exemplo:http://www.junior.te.pt). Normalmente começa com o "http", mas basta escrever o "www" ou às vezes só o que vem a seguir… Não confundir com um endereço de e-mail!

Vírus Um programa concebido para interferir com outros programas. Quando fazes o download de um programa da Internet, este pode conter um vírus oculto que prejudicará os teus ficheiros. WYSIWYG (acrónimo de What You See Is What You Get) Aquilo que se vê no écrã, enquanto se trabalha, é igual ao resultado final, quando se programa ou se visualiza algo. WWW (sigla de: World Wide Web) É o universo de todas as páginas de Internet que existem em todo o mundo. Zip Criar um ficheiro.zip é um modo de compactar ficheiros através do programa PKZip ou WinZip. É uma boa solução para armazenar ou transferir ficheiros.

Não confundir com um endereço de email!


Trabalho realizado por: Sara Cebola nº27 Filipa Marques nº29

Coordenação: Professora Teresa Rafael, direitos reservados


Maio 2010

Coordenação: Professora Teresa Rafael, direitos reservados

seguranca internet  

internet segura

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you