Page 1

Arte: Felipe Pires

Guarulhos, 06/05/2016 Ano 7 n.º 329 clickguarulhos.com.br

Diversão fora do normal Esqueça o videogame: você está dentro do jogo e só tem uma vida Entrevista

A atriz Marieta Severo fala sobre sua carreira

Decoração

Canto alemão: opção para pequenos espaços

Curiosidade

Bonecas que encantaram e encantam gerações


[ COLUNA DO CARLETO ]

DESRESPEITO Águas de minas do Paço Municipal, onde se situa o gabinete do prefeito, escorrem pela calçada na avenida Tiradentes, próximo ao ponto de ônibus, oferecendo risco aos pedestres.

PMDB COM ELI CORRÊA

PTC COM O XERIFE

O PMDB de Guarulhos promoveu encontro no domingo, 1, e declarou apoio dos 75 pré-candidatos a vereador ao deputado federal Eli Corrêa Filho (DEM), pré-candidato a prefeito.

Já o PTC, presidido por José Miguel e que tem Toninho Magalhães Filho como único vereador, decidiu juntar-se à pré-candidatura do deputado estadual Jorge Wilson (PRB). Ambos os partidos fazem parte da base de apoio do prefeito Almeida (PT). Na Câmara Federal, o PTC não tem mais os dois deputados eleitos em 2014. Uldurico Jr. (BA) foi para o PV e votou a favor do impeachment de Dilma. Brunny (MG) foi para o PR e votou contra. O PRB rompeu

E AGORA, LAMÉ? A decisão do partido deixou o vereador Lamé em maus lençóis, pois sempre foi defensor do PT e é dos mais fiéis membros da base de sustentação do prefeito Almeida. Ele chegou a reagir à nota do portal Click Guarulhos, que anunciava seu rompimento com o PT. O presidente do PMDB, Rabih Khalil, veio a público, reafirmando o apoio a Eli e ameaçando deixar Lamé sem legenda para concorrer à reeleição.

FAZER O QUÊ... Como não tem para onde ir, Lamé divulgou carta aberta, dizendo que é homem de partido e fará o que o PMDB decidiu.

com Dilma e seus 22 deputados votaram a favor do impedimento.

COMO FOI EM 2012 Na mais recente eleição municipal, o PTC esteve com Carlos Roberto (PSDB) no primeiro turno, mas Toninho migrou para Almeida no segundo.

FUMCAD É MISTÉRIO Mais uma semana e a Prefeitura ainda não respondeu ao meu questionamento sobre quais são os projetos de entidades que recebem verba do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, ao qual contribuintes destinam parte do Imposto de Renda. Por que esse mistério? Com a palavra, o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

NADA AINDA, EDP!! Mais um mês e a EDP ainda não ligou a energia na nova loja da Swift, na av. Timóteo Penteado.

EXPECTATIVA Encontro do PT que será realizado neste fim de semana definirá o candidato do partido a prefeito de Guarulhos. Qualquer que seja a decisão, a escolha do vice ficará para outro momento e tende a ser de outro partido. Se a decisão for para segundo turno entre o deputado Alencar e o vereador Moacir, Elói Pietá não irá declarar o voto em nenhum deles. E na campanha, será que irá empenhar-se por quem for escolhido? E se ele vencer o Encontro, terá o apoio dos demais?

LA GARANTIA SOY YO! Ouvido pela Comissão que analisa o processo de impeachment do prefeito Almeida, o autor do pedido, Mauricio Siqueira (SD), disse não ter provas das denúncias que fez e que cabe à Câmara Municipal investigar. Ele também não apresentou testemunhas.

SDU DIZ QUE CECAP NÃO PODE SEDIAR EVENTO Faixas por toda a cidade divulgam evento marcado para o dia 22 no Cecap. Como o show de Sérgio Mallandro teve de ser cancelado por falta de alvará, consultamos a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU), que informou que o Ginásio de Esportes do Parque Cecap segue interditado para a realização de eventos com aglomeração de pessoas, em virtude da falta do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros AVCB. A SDU afirma que até o momento não recebeu qualquer solicitação de alvará para a referida atividade. Os telefones que constam nas faixas não atendem. Gravamos recado, mas não houve retorno. Acompanhe novas notas da Coluna do Carleto diariamente em www.clickguarulhos.com.br

Diretor Responsável: Valdir Carleto (MTb 16.674) valdir@revistaweekend.com.br Diretor Executivo: Fábio Carleto fabio@revistaweekend.com.br Assistente de Edição: Tamiris Monteiro Redação: Cris Marques // Jônatas Ferreira // Val Oliveira Fotografia: Rafael Almeida // Agência E! Comunicação

Tiragem: 13 mil exemplares Venha conferir nas manhãs das sextas-feiras Distribuição gratuita em quase 150 condomínios, displays em pontos comerciais de grande fluxo, e em locais com salas de espera

Design Gráfico: Cauê Mathias // Felipe Pires // Vinycius Covelli Comercial: Danielle Borges // Katia Alves // Maria José Gonzaga // Patrícia Matos Rose Gedra // Thaís Tucci // comercial@revistaweekend.com.br Administrativo: Viviane Sanson // Saiummy Sales Takei Distribuição Luiz Aparecido Monteiro Impressão e acabamento: D’ARTHY Editora e Gráfica Ltda. Tel: (11) 4446-4600

35 anos de Jornalismo com Responsabilidade Social Av. João Bernardo Medeiros, 74, Bom Clima, Guarulhos.

Tel.: (11) 2461-9310


5º SALÃO DO

LIVRODE

GUARULHOS Cidade Amiga da Leitura

Vem aí o 5º Salão do Livro de Guarulhos Entre os dias 16 e 25 de maio, a Prefeitura de Guarulhos promove um dos maiores eventos literários da Grande São Paulo: o 5º Salão do Livro de Guarulhos, que acontece no Adamastor Centro, na Avenida Monteiro Lobato, 734.

Saiba mais: www.guarulhos.sp.gov.br

Este ano, o Salão do Livro homenageia os autores João Guimarães Rosa, Manoel de Barros, Carolina Maria de Jesus e Eva Furnari. O 5º Salão do Livro é um evento aberto a pessoas de todas as idades e a entrada é gratuita. Participe.


[ FRASES ]

O deputado federal Flavinho (PSB/SP), durante debate na Câmara dos Deputados.

“Coloco-me em segundo, depois do Pelé.” Divulgação

Divulgação

“As mulheres de verdade, que estão lá fora, não querem empoderamento. Querem é ser amadas.”

O ex-jogador de futebol, deputado federal e atual senador Romário (PSB/ RJ), ao apontar os cinco melhores jogadores da história.

A presidente Dilma Rousseff, mostrando-se irritadíssima com a possibilidade de impeachment.

Divulgação

“Espanta-me cada vez mais o ambiente de impaciência que o Brasil está vivendo.”

O apresentador Jô Soares, sobre as brigas envolvendo José de Abreu, Chico Buarque e antipetistas.

Juiz guarulhense e a volta do WhatsApp Antes que a Justiça de Sergipe acolhesse recurso pela volta do WhatsApp, o juiz federal Ali Mazloum havia determinado à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que providenciasse junto às operadoras o “imediato restabelecimento dos serviços do aplicativo WhatsApp” para a linha usada pela Vara da qual ele é responsável, a 7ª Vara Federal Criminal de São Paulo/SP. Ele é de Guarulhos.

[ VEM AÍ... ]

Senai Pres. Dutra abre inscrições para cursos

Novidades para cuidar das madeixas

Tiveram muita procura os cursos disponibilizdos nesta semana pela Escola Senai Celso Charuri, inaugurada no fim do ano passado.

Reprodução/ Folha Metropolitana

Divulgação

“É ridícula a acusação. Há, de fato, um processo em curso. E esse processo tem nome: este processo é golpe.”

Arquivo pessoal

[ CLICK GUARULHOS ]

Para saber mais acesse: www.clickguarulhos.com.br

Distúrbios do sono ANUNCIE NA

Você repórter

Envie fotos e vídeos no whatsapp da redação Se alguma dessas matérias tem algo em comum com seu negócio, entre em contato conosco para uma possível participação. E-mail: redacao@carletoeditorial.com.br

[4

]

E CONQUISTE NOVOS CLIENTES

Ligue: 2461-9310

98849-7425

e veja o resultado no portal www.clickguarulhos.com.br


GUARULHOS

ESTACIONAMENTO

GRATUITO AV. SALGADO FILHO, 257 * Estacionamento Gratuito por 30 minutos TEL.: (11) 3428-6828 AV. SALGADO FILHO, 287 ATENDIMENTO: SEGUNDA A SEXTA: 8H ÀS 18H • SÁBADO: 8H ÀS 12H *

Álcool Gel Higienizante Fixed

Cicatricure Contorno de Olhos 8,5g

250g / 70g

Phytovein

38,54

45 cápsulas

cada

Imecap Cellut

9,99

cada

128,82 cada

7,90

45,90

cada

PREÇOS VÁLIDOS PARA COMPRA À VISTA. OFERTAS VÁLIDAS PARA PAGAMENTO NO VAREJO. LOJA GUARULHOS. FOTOS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. NÃO JOGAR ESTE IMPRESSO EM VIAS PÚBLICAS. RESERVAMOS O DIREITO DE CORRIGIR ERROS GRÁFICOS.

cada

Vitergyl C Goicoechea 400g

Ref. 522

29,90 cada

13,35

16,90

cada

cada

14,90

Dermafeme

cada

10,90 cada

c/ 3 tubos de 10 comprimidos

Alicate para Cutícula Mundial

É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. ÁCIDO ASCÓRBICO: NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE DOENÇA GRAVE DOS RINS.

Desodorante Aerosol Dove

Goji Berry Orange

Fragrâncias - 85 ml

Desodorante Aerosol Rexona Fragrâncias - 150ml

(ÁCIDO ASCÓRBICO) c/ 30 comprimidos efervescentes. MS: 1.1560.0161. Indicações: Prevenção e tratamento dos estados de carência de vitamina C.

Oferta Especial

Calciomax-D 60 comprimidos Orange

c/ 3 frascos

Sai por:

26,60

11,90

a unidade

cada

25,90

R$ 79,80

cada

KIT COM 3 UNIDADES

OFERTAS VÁLIDAS ATÉ 13/05/2016 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES

“SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.”

KIT PROMOCIONAL LEVE 03 E ECONOMIZE Sai por:

Sai por:

a unidade 18,60

R$ 55,80

KIT COM 3 UNIDADES

19,93

Sai por:

a unidade

19,93

a unidade

R$ 59,80

KIT COM 3 UNIDADES

R$ 59,80

c/ 3 frascos de 60 cápsulas

• RETARDA O ENVELHECIMENTO E PREVINE RUGAS • COMBATE A FLACIDEZ DA PELE • CONTRIBUI PARA SAÚDE DOS OSSOS

24,60

a unidade

R$ 73,80

KIT COM 3 UNIDADES

Colágeno Orange

Sai por:

KIT COM 3 UNIDADES

Óleo de Prímula Orange c/ 3 frascos de 60 cápsulas

• AJUDA CONTROLAR OS HORMÔNIOS FEMININOS COMBATENDO A TPM, ARTRITE REUMATÓIDE E CÂNCER DE MAMA

Ômega 3 1000mg Catarinense c/ 3 frascos de 60 cápsulas

• REDUZ NÍVIES DE TRIGLICÉRIDES COMBATENDO DOENÇAS CARDIOVASCULARES

Óleo de Cártamo Orange c/ 3 frascos de 60 cápsulas

• ACELERA O PROCESSO DE EMAGRECIMENTO • PREVINE DOENÇAS CARDIOVASCULARES

ACEITAMOS OS CARTÕES:

CONSULTE OUTROS CARTÕES


[ CELEBRAÇÃO ]

Almoço do Dia das Mães com música ao vivo no Saravá

Por Valdir Carleto Fotos: divulgação

[ LANÇAMENTO ]

Por Jônatas Ferreira Fotos Rafael Almeida e Divulgação

Diálogos do cotidiano

C

omemorando seus 40 anos de atividades, o tradicional Restaurante Saravá, terá apresentação musical de Nilza Maza e Rafael Lima no almoço de domingo, 8, Dia das Mães, das 12 às 16h. É necessário fazer reserva com antecedência. Restaurante Saravá Av. Pres. Humberto de Alencar Castelo Branco (anel viário), 1.298, vila Augusta - tel: 2422-6722

[ DOAÇÃO ]

S

erá lançado neste sábado, na livraria Nobel da avenida Salgado Filho, 1.453, a partir das 19h, o livro “O DNA de J. Oliver”, do guarulhense João Oliveira (foto). Reúne três histórias que tratam de diálogos em família, acerca de questões que envolvem o ser humano, suas crenças, princípios e ideais. É a terceira obra editada pela Carleto Editorial; o prefácio é de Valdir Carleto.

Por Cris Marques Fotos: divulgação

Risadas por uma boa causa

O

bar Adega 33 promove seu primeiro Stand Up Solidário, com os comediantes Renato Tortorelli e Richard Sakamoto, com participação especial de Murilo Couto e apresentação da ex-BBB Flávia Viana. O evento, que acontece na terça-feira, dia 10, a partir das 17h, é beneficente e terá 100% do valor do ingresso e 20% do consumo doados para a família do garoto Gabriel (www.facebook.com/forcagabriel), de apenas 10 anos, que está em coma em decorrência de uma infecção generalizada e uma rara síndrome na medula.

[6

]

Stand Up Solidário – Adega 33 10 de maio, a partir das 17h Rua Tapajós, 120, Jardim Barbosa. Ingressos: R$ 50 (crianças até 12 anos tem entrada gratuita) Informações: 3428-6294 / 94791-4533 (WhatsApp) e https://goo.gl/6zKKZC.


[ TECH ]

Edição de PDF

em iPhone e iPad

Por Cris Marques e Tamiris Monteiro Fotos Divulgação

[ FUNCIONALIDADE ] Por Tamiris Monteiro Fotos Divulgação

M

uita gente resolve pendências do trabalho pelo celular ou tablet e, às vezes, é necessário assinar ou modificar arquivos recebidos por e-mail ou WhatsApp. Para facilitar a vida de quem usa esse tipo de recurso, o Mac OS, sistema operacional da Apple, disponibiliza um suporte bastante útil para edição de arquivos em PDF. Com a ferramenta, o usuário pode fazer intervenções como desenhos, dar zoom, escrever texto e inserir assinatura, sem que haja a necessidade de baixar programas específicos para arquivos desenvolvidos pela Adobe Systems.

Aprenda a salvar vídeos do Facebook

Marques Por CrisDivulgação Fotos

SÃO ]

uzidas itas trad de re om rece Canal c faz sucesso na s em libra

[ INCLU

rnet r, a inte cozinha inúmem ama ara que além dos de o cheio: cações é um prat itas, indi s s de rece is e dica ros site especia l os e/ou possíve ntes nov oroso, é sab s ingredie mai os, o prear tudo o de víde para deix l e mei fáci por a nhar, , de form acompa fadelícias e áudio muitas gem de paro o de ima fazer, E se a uniã nder o modo de prática. lons ente hora de ainda mai as cilita na oura foi ês e Libr Chef Cen o canal em portugu produções is). ge, com a de Sina e muiBrasileir 15 anos (Língua ianos há íamos vegetar se só com “Somos untava blog, do perg nos ção cria e Felipe ta gente uma ivou a Debora bemos Lucas, Bart, Isso mot onais, salada. frente, rece para profissi Mais pra as Costa e dos três s são em 2014. grafo Luc amos. e bastant recebido do fotó não top que exig e carinho demos proposta itas, mas mos a gratidão ores. “Po sas rece ois, tive r mas a motivad filmar nos ano dep trabalha pensaantes e iados por quase um a e logo contagi ileg o reusiv priv Porém, lind coincl .É siderar eria e cozinha tão bem nos con ou a parc surdos, ideia da nos faz lica top de exp as ns que 5”, sage . Luc 201 em algo de te ente, men mos nele dantes embro de er, diariam e parentes, estu le, intérpre s em nov ceb Dab amo . Uma meç frente Claudio apoiam amigos Pereira figura na que nos de seus de uma Débora as, que de pessoas Felipe Fidos pais ora de libr Libras e marido muito foi e profess . Eles rece lado do marcou e profesaninhos eras ao que nos go o clínico das câm a de dois que audiólo psicólog o Bart, ina surd do fono Dable, ão zinh men ras daç cão aulas gue rido recomen o fazendo itário, e r e é que se beram a as e estã de aparece sor univers reúnemnder libr disso, dá um jeito e inscritos. para apre a e sempre nte. Além f Cenour idores família lme Che segu ana uma do sem itas ceu em dinho dos r as rece que nas is sempre para faze to, de sina Para ela, sinais”. de pra uagem ã mais r novos panos , a ling nha irm aprende mas beram bilíngue ral. “Mi algu por rece e de natu já as ela muito Eles e cerâmic a e foi com foi algo com patoalhas do visu contar ína, é surd aventais, um mun ter o esperam velha, Jana ua e mos em s, mas para man eira líng ingressa e empresa cerias, prim ão, o par . s ela que duç com casa pro e mai i libras rprete em custo de trocínio al. Aprend eira clima des tem alto como inté a atuar ato, a prim canal, que eramos que esse gue às comecei neste form foi ela. Preci“Esp os ter che sarmos ar crescer. vezes buscam Ao pen os consult muitas resposta do que que fom surdos, a útil. A contraí inA am seri s. pessoa mor isso inte e ouv saber se casas ond toda de ”. r lindos sávamos conta família um sim gera a e ora nte, um Déb ame com , ser leve iativa, foi, clar exis. pode, sim s na inic finaliza pois não clusão Pioneiro todos”, afiador, ções izados a jeto é des criar solu aprend essário que o pro contar ia e é nec em, sem te referênc as que surg problem para os

P

oura Chef Cen or .com.br Youtube: aredaram fcenoura m/cozinh www.che noura book.co m/chefce www.face agram.co www.inst

[ DOAÇÃO ] Por Cris Marques Fotos Divulgação

Doe suas barras

S

abe quando você grava um vídeo com o celular em pé e, ao postar no seu blog ou rede social, ele fica com aquelas faixas laterais pretas? Agora você pode dar um destino útil para esse espaço com o projeto Doe as barras, que insere ali a mensagem de uma ONG. Com diversas instituições cadastradas, como Casa Hope, Ampara Animal, Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e

[8

]

A

à Criança com Câncer), ActionAid, Alcóolicos Anônimos e Fundação Abrinq, o processo é bem simples: basta acessar o site (doeasbarras. com.br/), logar com sua conta do YouTube, subir seu vídeo, escolher a ONG e publicar. Um gesto simples, de graça, que não altera em nada seu conteúdo e faz uma grande diferença para causas que precisam de visibilidade. #Ficadica

lguns programas, extensões ou aplicativos permitem que você salve, em seu computador, os vídeos visualizados na rede social. Mas também é possível fazer isso sem ter que baixar nenhum software. O processo é supersimples e a gente ensina. Entre no vídeo e, na URL dele, apague o “https://www” e inclua um “m.” antes da palavra Facebook (vai ficar mais ou menos assim m.facebook.com/xxxxxx/ videos/xxxxxxxx/). Em seguida, você verá na tela a mesma versão que é exibida na versão mobile do site, dê o play e clique nele com o botão direito. Agora é só escolher a opção “Salvar vídeo como...” e escolher o local onde o material ficará em seu PC.


[ MODA ] Por Cris Marques Fotos: Arquivo pessoal, banco de imagens e reprodução

Para o closet,

volver! A

moda é cíclica e o militarismo continua como uma tendência revisitada na nova estação. O estilo, que surgiu nos anos 40, durante a Segunda Guerra Mundial, ganhou força na década de 70, com o movimento hippie e sua crítica à Guerra do Vietnã. Assim, o que era uniforme virou referência e a moda militar tornou-se uma grande aposta do universo fashion. De acordo com Juliana Sena, consultora de estilo pessoal e criadora do blog El Ropero (www.elropero.com), nessa temporada a estampa camuflada aparece de forma mais tímida. Já os tons terrosos e verdes ganham, cada vez mais, espaço nos armários e closets, em peças como coletes, jaquetas, parcas, trench coats, vestidos com cortes pesados e calças cargo ou de sarja. Os detalhes ficam nos recortes mais masculinos, ombros marcados, muitos bolsos, abotoamentos duplos e botões e a presença do dourado.

REFERÊNCIA DE MODA O militarismo vem e vai tanto que as peças já são consideradas atemporais e podem ser usadas em qualquer período do ano, desde que adaptadas à temperatura da época. “Em uma estação mais fresquinha, por exemplo, pode-se usar um vestido floral com um colete de referência militar por cima. Além de inusitada, a mistura entre uma peça mais sóbria e outra delicada torna a composição mais interessante. Já em uma temperatura mais fria, esse mesmo colete pode compor um novo look com malha listrada (preto e branco) de mangas 3/4 e uma calça jeans reta”, afirma ela.

[ 10

]


[ MODA ] CABEÇA, OMBRO, JOELHO E PÉ O estilo também vai além das roupas, estando presente em diversos acessórios que podem compor o look. Na cabeça, vale abusar de chapéus em tons terrosos, verde oliva ou musgo. No pescoço e braços, colares e pulseiras de metal com visual pesado, peças em ouro velho ou rústicas e feitas de couro. A tiracolo, aparecem as bolsas transpassadas. Nos pés, botas de cano longo, com tachas, acabamento em ferragens e detalhes e aplicações em dourado ou coturnos mais pesados, inspirados diretamente no universo dos militares.

BANDEIRA BRANCA Democrática, a moda militar não tem restrição de idade ou de corpo e é uma opção fácil de usar. Porém, é preciso saber dosar para não sair por aí com cara de soldadinho. “O segredo para não ficar caricata é mesclar tendências, criando um visual mais criativo. Até dá para fazer um look todo com essa referência, mas aumenta o risco de errar”. A consultora ainda afirma que misturar o estilo com peças femininas e tecidos como seda, renda ou veludo funciona bem.

Hora de “se alistar” Toda mocinha: Combine uma saia de renda branca com camisa listrada, bolsa a tiracolo, jaqueta verde com ombro marcado e uma sandália em tons terrosos. Básica, mas nem tanto: aposte na combinação entre calça skinny preta, camiseta ou regatinha básica preta, colete militar e ankle boot ou coturno. Fina e elegante: a calça camuflada funciona muito bem com uma blusinha estruturada, blazer de alfaiataria e um scarpin de bico fino.

[ 12

]


[ 13

]


CAPA Por JônatasFerreira Fotos: Rafael Almeida e arquivo pessoal

Um jogo onde você é o personagem esde que os videogames foram lançados, os gamers buscam cada vez mais a sensação do real. Os desenvolvedores, por sua vez, esforçam-se para entregar um produto que atenda a demanda do seu público. A evolução tem sido nítida e acelerada. Quem jogou o fenômeno da Nintendo “Super Mario World” sabe muito bem do que estou falando ao compará-lo com os atuais consoles desfilando seus gráficos muito próximos do real. Nesse clima, as apostas para entretenimento espalhadas pelo mundo foram inspiradas nos desejos por tatear o que outrora era só imaginação. Outras colocam o usuário num mundo em que ele é o personagem principal, aproximando-o ainda mais da “realidade” do jogo.

Escape por tua vida! Já jogou aqueles games em que você precisa escapar de uma sala seguindo diversas pistas? Imagine sentir na pele essa situação, somado a todos os sentimentos possíveis de um prisioneiro em busca da solução para a sua fuga. Graças ao ‘escape the room’ ou escape do quarto, é possível. Famoso por conquistar diversos países da Ásia (onde esse estilo teve origem), Europa, América do Norte e América Latina, o jogo também é sucesso aqui no Brasil. Trata-se de uma opção de entretenimento nada casual, no qual os participantes têm de deixar os aparatos tecnológicos (leia-se Google) e ‘se virar’ para escapar de uma sala em 60 minutos, explorando cada canto do local, em busca de ferramentas que possam ajudar a resolver os enigmas. Há quem ache que correr atrás das pistas - números que possam destrancar

[ 14

]

cadeados, senhas e botões para abrir passagens secretas -, são coisas de louco, mas, de acordo com Claúdio Santiago, sócio-proprietário do Escape Time Brasil, terminar o jogo com um sorriso no rosto e olhos brilhando é o mínimo que pode acontecer. “Todos que vieram aqui, sem exceção, saem em êxtase. Ninguém falou: não gostei. Eles não imaginavam o quanto seria impactante. O sorriso no rosto é certo”, pontua. As pistas são muitas, os enganos também. Embaraços nem se fala. São detalhes minuciosos e inteligentes que precisam ser verificados. Alguns aparentam representar uma peça importante, mas não passam de distrações. Siga sempre as dicas. Elas começam antes mesmo do jogo dar play. O time que topar aventurar-se nessa experiência precisa trabalhar, sobretudo pensar em equipe (geralmente as salas comportam de 8 a 10 pessoas). Não é à toa que empresas usam esse método para fazer processos seletivos de emprego e mapeamentos comportamentais de seus colaboradores; afinal, o jogo estimula o raciocínio lógico, a capacidade cognitiva e a criatividade de quem participa. No Escape Time, por exemplo, as salas foram inspiradas nos estilos preferidos dos geeks e dos nerds. “Para entender esse público, fizemos uma pesquisa e descobrimos que eles gostam de três temas: Idade Média, prisão e zumbi. Então, bolamos salas que atendam a esses gostos: a Alcatraz, baseada no filme ‘Alcatraz - Fuga Impossível’; a Z-Vírus – The Living Dead, inspirada no fenômeno do momento ‘The Walking Dead’; e a Quarto 66 e os Segredos Templários, que têm muito do ‘O Código Da Vinci’”, afirma o assessor de imprensa do Escape Time, Fernando Guidi.


A experiência O tempo corre. O espaço é pouco. As pistas são muitas. A sensação é de tensão; em alguns momentos, o medo fica evidente. Todos entram na sala de olhos vendados. O coração acelera. A pergunta fica no ar: será que vamos escapar? E para sentir na pele a real sensação, a equipe de Redação da Revista Weekend topou esse desafio e foi até o Escape Time Brasil conhecer essa alternativa de entretenimento, em São Paulo. O estabelecimento tem opções que deixarão você com um nó na cabeça logo na escolha da sala. Mas entre fugir de uma cela de prisão, escapar de um quarto de hotel ou salvar-se de uma infecção em um laboratório, optamos pela terceira e corremos contra o tempo para encontrar o antídoto antes que uma equipe da OMS (Organização Mundial da Saúde) fosse enviada para esterilizar o local. Uma história contada antes do início do jogo prepara você para imergir na aventura. A ambientação impecável colabora. A sensação é realmente a de estar dentro de um jogo de videogame, só que, nesse caso, você é o personagem e não tem checkpoint. Os participantes não demoram para deixar o medo de lado e começam a ser tomados, em passadas lentas, pela tensão de saber que o relógio não para. Ah, e não se desespere, você pode perder a cabeça (e não se espante se vir alguma perdida).

Empresa O Escape Time Brasil conta com um diferencial para as empresas: psicólogos analisam cada participante e, após a conclusão, entregam o relatório e a gravação do jogo; mas, claro, se a equipe ainda estiver viva. “Imagine que você é uma consultoria de RH e vai fazer uma dinâmica de grupo de contratação diferente: os candidatos vão jogar. Na sala, não terá fingimento, as pessoas vão mostrar quem elas são. Ali será descoberto quem é o líder, a pessoa de raciocínio, o individualista, quem sabe trabalhar em grupo ou quem tem habilidade de comunicação. Além da dinâmica, as empresas podem fazer eventos de vendas e de integração da equipe”, explica Guidi.

Portanto, reitero: o trabalho em equipe é essencial. A boa distribuição fará a diferença. Além de todas as informações que dão graça ao entretenimento, os participantes são monitorados por câmeras e podem pedir três dicas pelo rádio-comunicador entregue no início do jogo. A equipe do Escape Time é superatenciosa e se, por acaso, alguém passar mal ou não aguentar a pressão, existe a possibilidade de sair do jogo, acionando mecanismos presentes na sala.

Obituário Caso você consiga sair da sala, seu prêmio será a satisfação de ter conseguido um feito que poucos conseguem. Se o tempo acabar e você ainda estiver dentro da sala, um gás espalhará a infecção e ceifará sua vida. Brincadeira! Mas a dificuldade é grande e são muitos os detalhes que precisam ser observados. Os marinheiros de primeira viagem terão maiores problemas para se enquadrar no ritmo do jogo. Mas, caso você não consiga escapar, o Escape Time oferece aos seus familiares o atestado de óbito sem custos adicionais.

[ 15

]


Os desafios Conferimos as três salas e todas têm justificativas plausíveis para cada pista deixada, sempre seguindo os padrões do ambiente e também do período em que a trama foi arquitetada. Tudo foi pensado de forma inteligente para reproduzir 100% o que vemos nos jogos e, não à toa, o investimento no projeto passa dos 2,5 milhões de reais.

Alcatraz, a escapada impossível Com uma colher para cavar a parede que dá acesso ao duto de ventilação de uma cela de Alcatraz – a prisão federal mais segura dos Estados Unidos – os irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris fugiram na manhã de 12 de junho de 1962. No seu caso, você jurou ser inocente por um assassinato do qual foi acusado e sentenciado à morte na cadeira elétrica. Em uma hora, a sentença será executada. Mas existe uma esperança: seguir as pistas deixadas pelos três fugitivos.

Z-Vírus – The Living Dead Dr. Hyde acaba de desenvolver um vírus que, em contato com o ser humano, faz com que pessoas transformem-se em zumbis. Contudo, o cientista desapareceu e você, membro de uma agência de espionagem ultrassecreta do governo americano, vai investigar não só o motivo do desaparecimento, mas uma vacina deixada em seu laboratório, que pode ser a cura para essa arma química, letal para a humanidade. A OMS deu o alerta de que enviará para o local uma equipe para evitar o desastre mundial. Você tem uma hora para achar a vacina, tomando muito cuidado.

O Quarto 66 e os segredos templários Você herdou um hotel de um parente que morreu misteriosamente há mais de 70 anos, no quarto 66. O sr. Bernard de Clairvox era guardião de um grande tesouro templário. Mas existe um problema: o Hotel Bertan será demolido e você tem 60 minutos para descobrir mais sobre o tesouro. Se falhar, ficará preso e terá o mesmo fim trágico de seu parente distante. Como jogar? Escape Time Brasil Avenida Nova Independência, 1056, Brooklin, São Paulo-SP. Funciona todos os dias das 14h às 23h. Preço: R$ 69, até as 18h. Após, R$ 79. Estacionamento no local. Você pode agendar o jogo pelo site www.escapetime.com.br. Mais informações: (11) 4324-0050.

[ 16

]

CAPA “Tiro, porrada e bomba” Se tentar escapar de um quarto já pode ser um entretenimento bastante fora do comum, imagine empunhar uma arma e sair bancando o soldado do exército ou encenando uma operação policial. Sonha com isso? Basta ir a um campo de Airsoft ou Paintball. As duas modalidades esportivas são parecidas em sua execução, mas diferentes em suas essências. Enquanto o Paintball requer mais ação, o Airsoft é para os que apreciam a estratégia e querem chegar, ao máximo, próximo ao realismo. Mas é importante deixar claro que, além de ambos serem esportes que têm competições oficiais espalhadas no Brasil e no mundo, os dois proporcionam a diversão.

Paintball O equipamento básico de segurança é a máscara e o colete peitoral. A arma do jogo é o marcador, que carrega em sua estrutura um recipiente que comporta cerca de 200 cápsulas de gelatina cheias de tinta. A dinâmica do esporte segue, geralmente, o estilo rouba-bandeira. Quando o jogador é alvejado, o local fica tingido com tinta, o que indica que você precisa levantar as mãos e sair do jogo e esperar a próxima rodada ou voltar para um ponto de partida. É o tipo de jogo que requer ação rápida, movimentação e estratégia.


Sucesso nas pistas Correr pelas pistas dos autódromos e estar na pele de Fernando Alonso, Nelson Piquet ou do inesquecível Ayrton Senna deve ser uma emoção única. Se você pegar um joystick na mão e ligar o seu console, isso será possível. Mas que tal sair de casa e praticar um esporte conceituado no mundo e ter a mesma sensação desses grandes nomes da Fórmula 1? O kart é antigo, criado nos Estados Unidos na década de 50, e até hoje realiza nos que buscam aventura em quatro rodas a sensação

de correr como esses grandes nomes das corridas – em menor proporção, literalmente. E, apesar de ser levado a sério por muita gente e ter diversos campeonatos no mundo, o kart com certeza é mais uma opção de diversão fora do comum que vale a pena experimentar. Mas, além do lazer que a modalidade oferece, é importante sempre ver se o local escolhido para a diversão tem os equipamentos de segurança necessários: capacete, balaclava, macacão, luvas e, se possível, proteção para o pescoço.

Testamos a realidade virtual A gigante dos aparelhos eletrônicos lançou recentemente no Brasil o Gear VR, os óculos de realidade virtual, que funciona através de estímulos visuais e permite a imersão completa em um ambiente simulado com ou sem interação do usuário. Com os óculos, foi possível ir ao cinema, mas sem sair de casa. Além dessa possibilidade, diversos jogos levem você a ter a sensação de realmente estar participando daquelas aventuras. Ambientes simulam perfeitamente

Curiosidade Famosos da F1 começaram praticando o kartismo. Rubens Barrichello, Ayrton Senna, Alain Prost, Nelson Piquet e Michael Schumacher são alguns deles.

cenas reais, como uma apresentação do Circo de Soleur ou até mesmo ficção, como ver um Apatassauro olhar bem de perto para você. Ainda é o começo, mas a Samsung deu o primeiro passo para que essa tecnologia embarque na vida dos consumidores tecnológicos. O Playstation VR está a caminho, e já deixa os gamers afoitos por essa novidade que promete colocar os usuários dentro dos jogos da plataforma. Vamos esperar as novidades desse mundo virtual que se apresenta, pois a tendência é somente melhorar.

Airsoft Utilizado até para treinamento militar, o esporte chama atenção pelo realismo que proporciona. Além dos equipamentos serem réplicas reais dos armamentos da polícia e do exército (com a diferença de que precisam ter a ponta do cano laranja ou vermelha), os campos são abertos e tentam, ao máximo, simular uma situação real de combate militar. A munição não é de tinta. Trata-se de

bolinhas de plástico ou algum material biodegradável chamadas de BBS, que tem 6 mm de diâmetro. Por esse motivo, a principal característica para os operadores é a honra, pois o jogador ao ser alvejado precisa levantar as mãos e anunciar o acontecido. O equipamento deve atender as especificações de segurança, sendo os principais os óculos, a proteção para a boca, o capacete e

o colete. As modalidades do jogo variam: rouba-bandeira, resgate ao refém, eliminação da equipe inimiga, armar a bomba, entre outras, depende do que cada lugar propõe. Como jogar? Guarulhos abriga ambas as modalidades. O Airsoft pode ser encontrado na rua Felisburgo, 118, Parque Alvorada. O Paintball está localizado na avenida Salgado Filho, 1.205, Vila Progresso. Mais informações dos dois esportes: 96146-4403.

A violência Para Douglas Caetano, praticante do esporte, o jogo não incita a violência, como algumas pessoas pensam. “A violência está no caráter da pessoa, o Airsoft é um esporte como qualquer um, tem suas regras e tudo. Hoje, no Brasil, muitos agentes da nossa segurança praticam ele. O que o jogo realmente inspira é muito respeito, companheirismo, amizade e lealdade.”


[ ENTREVISTA EXCLUSIVA] Por Jônatas Ferreira Fotos: Divulgação

Marieta Severo vem incendiar o Adamastor

D

epois de três anos atuando em grandes capitais do Brasil, Marieta Severo, conhecida pelo notável papel de “Dona Nenê”, em “A Grande Família”, estará pela primeira vez em Guarulhos, nos dias 14 e 15 de maio, para encenar “Incêndios”, no teatro Adamastor. A premiada peça, escrita pelo libanês Wajdi Mouawad e dirigida por Aderbal Freire Filho, se passa em meados dos anos 70 e 80, no Líbano, e retrata a guerra civil entre cristãos e muçulmanos. Em um bate-papo exclusivo para a Revista Weekend, a atriz, além de falar de “Incêndios”, abordou assuntos polêmicos e comentou a prestigiada carreira de 50 anos.

Como atriz e coprodutora, onde buscou inspiração para a peça ‘Incêndios’? Ela já é uma peça que inspira muito quem a faz. Tem uma história belíssima, contundente, trágica, forte. Narrativa muito contemporânea e ágil. É uma peça que envolve completamente o espectador. Sempre escolhi o que fiz em cena com muito critério e responsabilidade teatral, e “Incêndios” me traz a felicidade de reafirmar o meu caminho de uma maneira muito poderosa. Como foi o processo de incorporação da personagem Nawal? Os processos são todos mais ou menos parecidos. Quando você tem um texto com a dimensão de “Incêndios”, existe uma responsabilidade maior de mergulhar fundo nesse processo. A gente tinha um material ali muito forte, muito interessante. Ficamos quatro meses ensaiando. Nos aproximamos desse texto com muito respeito e cuidado, porque se passa no Oriente Médio, com uma realidade cultural, política e social muito diferente da nossa. Tivemos, no primeiro mês, muitas oficinas e aulas que

[ 18

]

abordavam vários aspectos do tema. O que o público sente ao assistir ao espetáculo? No final do espetáculo, fazemos debates com o público. Sabemos que a peça tem uma comunicação avassaladora com o público; as pessoas se emocionam muito. Por que trazer a peça para Guarulhos? Já levamos o espetáculo para várias cidades, mas somente em grandes capitais. Então, escolhemos outras cidades paulistas, porque sabemos que existe um povo muito ávido pelo teatro, ainda mais com a qualidade teatral de “Incêndios”. Os debates que tivemos com o público mostram a alegria e a satisfação em ver a peça. O retorno para nós é muito emocionante. A peça trata de tramas delicados do Oriente, algumas já vividas ou vistas por você na Ditadura. Isso ajudou na interpretação e conexão com o papel? Sempre queremos falar do nosso terreno para as pessoas que estão ali. O que me interessa

mais em “Incêndios” não é só a grande capacidade que a peça tem de tocar em dramas e esclarecer questões do ser humano, mas também a ligação muito real com o que a gente viveu e vive. A Nawal se desenvolve na guerra civil do país dela, e o interessante é que a peça não toma partido. Ninguém tem razão em uma guerra civil. Então, em tempos de tanta intolerância política, essas questões estão mais contundentes. Falamos com mais força, com mais vontade, pois vivemos tempos intolerantes, onde ninguém pode discordar de ninguém. A personagem foi presa e torturada, pois se envolve na guerra civil. Quando ela vai ao tribunal reconhecer o torturador dela, ela fala: “Através de mim são fantasmas que lhe falam”. E também acho isso, pois conheci mulheres e pessoas que sentiram o que a Ditadura brasileira fez. Então, é bom tocar nesse assunto, ainda mais quando vemos que alguns setores clamam por essa Ditadura. Quando você vê figuras influentes, como Jair Bolsonaro, discursar sobre ideias como a Ditadura, o que você pensa? R: As ideias dele são completamente opostas


[ ENTREVISTA ] às minhas: a maioridade penal, o direito das mulheres, das minorias, LGBT e o desarmamento (...). Acho triste e preocupante que conquistas de todos esses anos corram perigo por causa de pensamentos e atuações como as dele. Não posso nunca concordar com uma pessoa que aprecie um fato político e histórico como a tortura. Você é uma atriz de múltiplas facetas. Entre a comédia, o romance, o drama e outros gêneros, qual apresenta mais dificuldade? R: Acho sempre difícil essa mágica de fazer as pessoas acreditarem naquele personagem. Seja na comédia ou drama, tudo é muito difícil. Sempre que leio um texto, penso: “Meu Deus, será que vou conseguir fazer isso direito? Como vou fazer isso?” Quero sempre que ele me traga grandes questões, que me deixe insegura. Não gosto de pensar que já sei fazer uma coisa. Muito pelo contrário. Depois de 14 anos, como foi ficar sem os pastéis do Beiçola (referência ao término de “A Grande Família”) e, claro, a emblemática jarra de abacaxi? R: Sinto muita falta de tudo, mas acho que cumprimos uma trajetória belíssima, bacana. Ali tinha uma briga por qualidade o tempo inteiro. É claro, perdemos um pouco da convivência, não vejo mais tanto os meus amigos da “Grande Família”, mas eles estão no meu coração para sempre. São tantos papéis e, de alguma maneira, deve ser possível tirar algum aprendizado de cada um deles. De que forma suas personagens influenciam na sua vida? R: O pouco que sei de várias coisas na vida foi através dos meus personagens. Por exemplo, estava fazendo o papel da mulher de Mozart; então, naquele momento, fui conhecer mais, ouvir mais, me aprofundar mais. A TV proporciona bastante visibilidade, mas é o mais prazeroso? Aprende-se mais na televisão, no teatro ou cinema? O prazer pra mim é saber da qualidade do trabalho, da comunicação e da maneira com que ele chega até as pessoas. Sempre gosto de aprender, mas uma coisa que é muito preciosa no teatro, e que foi incorporado tanto na televisão quanto no cinema, foi o tempo de ensaio e preparação.

[ 20

]

Antigamente, conversávamos uma ou duas vezes, líamos o texto e depois cada um fazia o seu trabalho. Agora, existem até os chamados preparadores. Sendo assim, esse tempo precioso do teatro, que dava a possibilidade dos atores mergulharem no trabalho, está incorporada nos outros meios também. Sendo uma atriz com 69 anos, você conseguiu realizar o sonho de mudar o mundo com o teatro? Ah, não! Mas essa ilusão foi muito importante para a minha formação. Fui criada numa época em que achávamos que o teatro iria mudar a sociedade. Era uma geração idealista, cheia de sonhos, de utopia; gosto muito de ter sido formada assim. Agora não tenho mais essa ilusão, mas ao mesmo tempo preciso um

pouco dela para estar em cena. Tem algum papel que você ainda não interpretou e queira fazer? Nunca tive muito isso. Vou escolhendo e fazendo, conforme meu desejo naquele momento. Você atuou como Dona Nenê durante 14 anos e, após o término, fez o papel da Fanny, em “Verdades Secretas”. São mulheres opostas. Diante dessas visões, como interpreta o feminismo hoje? É muito bom essa bandeira estar revigorada, porque, às vezes, as pessoas tinham uma visão muito injusta com o movimento feminista, um pouco jocosa até, como se todas as questões das mulheres estivessem resolvidas. Hoje, o pessoal mais jovem está levando todas essas questões de uma forma


parcelamos em até

6x

vandacalcadosoficial

Verifique disponibilidade de produtos em cada loja.

vandacalcadosoficial

sem juros

Visite nossas unidades!

Rua Cachoeira, 674

Avenida Emílio Ribas, 2061

Jardim Rosa de França | tel. 11 2458-7638

Jardim Tranquilidade | tel. 11 2422-0827


interessante, muito bem-humorada, o que é ótimo. Aplaudo, porque essas questões não foram resolvidas. Ainda não dá pra jogar essa bandeira fora.

É uma faca afiada. Sou sempre a favor. Agora, o humor preconceituoso, de mau gosto, eu, particularmente, não acho graça. Mas que cada um exerça o seu.

Como você interpreta os últimos acontecimentos na política, como o impeachment e a crise? Como espera ver o Brasil daqui a cinco anos? Estamos numa crise, mas a maneira de resolvê-la deveria ser a democrática, com respeito ao voto. Sou muito positiva e otimista, mas de onde vejo o Brasil agora, não o vejo de forma animada. Tenho medo do retrocesso no campo do comportamento e conquistas sociais, por exemplo.

Agora, para rirmos e para a mulherada tirar essa dúvida mortal... Como foi agarrar o Gianechini no papel de Fanny? Discordo do enfoque “agarrar”, porque é estranho, nos coloca num lugar que não é verdadeiro. Se dou um tapa no Gianechini ou um beijo, para mim é uma interpretação. Tenho, inclusive, colegas que brincam com isso, mas é aquela: fez a cena, acabou. Somos amigos. Ninguém está ali para tirar uma casquinha de fulano.

Não demora muito para um acontecimento virar piada nas redes sociais. Como vê esse humor na política e na vida das pessoas? O humor tem uma capacidade de mostrar o lado de uma questão que não conseguimos.

Você se sente realizada? Sou feliz com o que conquistei com o meu trabalho. Mas essa sensação de insegurança, de que não vou conseguir fazer bem, sempre vai voltar no meu próximo trabalho.

[ 22

]

Mas, quando ando pelo Brasil, como tenho andado agora, me alimento com a forma que as pessoas me recebem, olham e falam, gosto dessa forma. É lógico que tenho muito para batalhar. Mas é difícil uma atriz que tem 50 anos de carreira olhar para trás e falar: Não fiz nada. Pelo contrário: trabalhei muito, então fico feliz. Muitos pensam que ser atriz é uma coisa fácil. O que você diz para essas pessoas? Vem pra cá pra ver se é mole! (risos).

Teatro Adamastor Avenida Monteiro Lobato, 734 - Centro Sábado, às 17h30 e 21h, e domingo, às 17h Ingressos:www.compreingressos.com R$ 25 (inteira) e R$ 12,50 (meia) Informações: 2093-3176


PRESENTEAR A SUA MÃE É BÁSICO. GANHAR O CARINHO DELA É ÚNICO.

Hering Store Shopping Bonsucesso Estrada Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira N° 5308 TEL: (11) 2486-1819

Hering Store Dom Pedro II Rua Dom Pedro II N° 338 TEL: (11) 2408-3769

Hering Store Bosque Maia Av. Salgado Filho Nº 1.492 TEL: (11) 2408-1950

Hering Store Shopping Pátio Guarulhos Av. Rosa Molina Panocchia Nº 331 - 2º Piso TEL: (11) 2456-5527

Hering Store Parque Shopping Maia Av. Bartholomeu de Carlo Nº 230 - 2º Piso TEL: (11) 2485-1035

Anuncio_pgsimples 180x110.indd 1

4/19/16 3:26 PM


[ CURIOSIDADE ]

Bonecas para todos os gostos

A

o rememorar a infância, é provável que muitas meninas lembrem-se de suas bonecas, brinquedos que por vezes eram a companhia, a amiga, mãe e filha, como se fossem membros da família. Vamos abrir o baú das recordações e passear pelo mundo particular das bonecas?

Por Val Oliveira Fotos Banco de imagens

TIPOS DE MATERIAIS Bonecas de porcelana

Bonecas com cheiro Bonecas de pano

Bonecas de plástico

HISTÓRIA A boneca é um dos brinquedos mais antigos de que se tem notícia. A história conta que, no início, as peças eram usadas como forma de representação religiosa em rituais nas civilizações antigas. Os egípcios as colocavam nos túmulos dos faraós. Na Grécia Antiga, as mulheres as ofereciam às deusas acreditando que com isso teriam filhos. Os romanos as ofertavam como presente durante as festas em homenagem ao deus Saturno. No início do século XIX, feitas em madeira, com rosto de porcelana e vestidas com muito luxo, representavam as figuras da corte e da sociedade da época. No fim do século, Thomas Edison, o inventor da lâmpada, criou a primeira boneca falante, usando o mecanismo e tecnologia do fonógrafo, primeiro aparelho capaz de gravar e reproduzir sons.

[ 24

]

BONECAS FAMOSAS/CELEBRIDADES Por muito tempo, as fábricas de brinquedos Estrela e Bandeirantes dominaram o mercado de bonecas. Veja algumas famosas a partir da década de 1980.

Emília Sítio do Pica Pau Amarelo

Susi Mara Maravilha

Angélica

Xuxa


[ CURIOSIDADE ]

AS TOPS DO MOMENTO

Baby Alive

A EVOLUÇÃO DA BARBIE Com quase 60 anos se existência, a Barbie continua sendo o sonho de consumo de muitas crianças e o maior ícone do segmento. Com o passar dos anos, a aparência da Barbie não havia mudado muito. Apenas as vestimentas e a inserção de acessórios é que diversificavam. Agora, em 2016, buscando adaptar-se às exigências do mundo globalizado, que clama por igualdade e respeito às diferenças, o fabricante resolveu produzir a sempre esguia e loira boneca em diferentes estilos, usando as características físicas de diferentes povos e nações.

Monster High

BONECAS NO INSTAGRAM ADORA DOLL – BEBÊS QUASE REAIS

As bonecas falam, comem, dormem, usam acessórios chiques, têm aparência e são quase humanas. Algumas delas estão tão moderninhas que já invadiram as redes sociais. Nos perfis no instagram, Barbie Style e SocialityBarbie, por exemplo, “elas” postam o look do dia, o passeio, a festa, a companhia; enfim, exibem-se como verdadeiras it-girls.

Para quem não pode ir aos EUA e viver a experiência de visitar a badaladíssima Judy Dools, a opção em bonecas realistas no Brasil é a Adora Doll, marca americana que dispõe de mais de uma dezena de modelos com tantos detalhes que é difícil diferenciar de um bebê real.

Recordações Momento Flash Back FALA NENÊ

BERÇÁRIO DE BONECAS EM ORLANDO Em Orlando, na Flórida, EUA, a loja de bonecas Judy Dools faz o maior sucesso entre os brasileiros. O estabelecimento é especializado na venda de bonecas que se parecem com crianças reais. Ao adquirir um exemplar, a pessoa, que pode ser adulto ou criança, tem a oportunidade de viver todas as etapas do nascimento de um bebê, como se estivesse em uma maternidade, passando por um berçário com muitos bebês, no qual pode viver as diferentes etapas, do nascimento à saída da maternidade. Vale destacar que cada boneca custa em torno de 110 dólares.

[ 26

]

A repórter Cris Marques conta que, quando tinha cinco anos, ganhou de presente da mãe e do padrasto a boneca Fala Nenê, da Estrela. “Era uma grande novidade no mercado, e o preço era muito além do que eles podiam pagar. Para ligar eu dava um beijinho na testa, ela falava algumas palavras, e para desligar ela me dizia tchau. Cuidei muito dela e não a esqueço.”

BONECA DE MILHO A recordação dessa repórter que vos escreve são as bonecas feitas de espigas de milho. Eu trançava os “cabelos”, fazia os olhinhos e a boca com maquiagem ou restos de tecido, e não poupava talento na criação dos modelitos. Como a roça de milho era grande, a variedade de “bebês” era imensa.

PAIXÃO POR BARBIE A repórter Tamiris Monteiro diz que sua paixão eram as Barbies. Ela teve mais de trinta exemplares e atormentava a vida da mãe para a compra de roupinhas e acessórios. Com 20 anos, decidiu desapegar-se e doou as bonecas para a Igreja que frequenta. “Tinha um Ken e muitas Barbies. Era o harém do Ken”, brinca, explicando que ainda hoje é fascinada pela boneca.


[ DECORAÇÃO ] Por Tamiris Monteiro Fotos Banco de imagens

Canto alemão é ideal para embelezar e otimizar pequenos espaços

A

s regras da decoração são bem democráticas e hoje já é possível usar elementos diferentes para compor os ambientes: é o caso do canto alemão, que pode ser construído com mesa, banco, sofá e até mesmo baú. O canto alemão é uma opção atual para deixar a sala de jantar mais moderna e também para dar funcionalidade a espaços pequenos que não tenham utilidade definida. Geralmente, o canto alemão é construído com uma mesa, que pode ser redonda ou retangular, e um sofá ou banco de canto que ocupe duas paredes, formando um “L”. Mas de acordo com a arquiteta e decoradora Erica Salguero, dependendo do lugar em que for instalado, é possível incrementar o espaço com outros objetos. “Esse é um cantinho no qual podemos pensar em uma mesa com cadeira e luminária; pode ser um armário ou ainda uma prateleira. Em um canto da cozinha, ele pode ser formado com uma mesa com cadeiras de um lado e um banco do outro para aproveitar bem o espaço”, avalia a profissional. Assim como mostram as fotos, o canto alemão pode ser feito de várias maneiras, podendo ser construído com assentos de concreto, madeira ou estofados. No caso dos feitos com madeira, pode-se utilizar a parte interna como baú ou gavetas para guardar utensílios de cozinha e outros objetos. O canto alemão pode ser feito sob medida por um marceneiro ou comprado pronto. No mercado existem modelos que podem ser facilmente encaixados nos espaços da sala ou cozinha; contudo, é importante verificar se as medidas do móvel encaixam-se com as da mesa.

[ 28

]


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


[ SAÚDE ] Por Cris Marques Fotos: banco de imagens e arquivo pessoal

Cansaço, preguiça ou estafa.

Você sabe identificar a diferença?

L

evantar da cama, sair do sofá ou decidir fazer uma atividade física nem sempre são atitudes fáceis de tomar, seja por preguiça, cansaço ou até estafa, o que é bem mais preocupante, já que esta última pode ser relacionada a algumas enfermidades. Mas o problema mesmo é que é difícil identificar um ou outro. De acordo com Maíra Rosa Apostolico - enfermeira, doutora em ciências pela EEUSP, pós-doutora em saúde coletiva pelo ENS-EEUSP e professora do programa de pós-graduação (mestrado e doutorado) em enfermagem da universidade UNG -, apesar das definições no dicionário para estas palavras serem similares, do ponto de vista da saúde elas têm compreensões bem diferentes.

“A preguiça não é considerada uma doença, mas um estado de disposição para a ação, apontada, muitas vezes, como o limite que antecede o desempenho de exercícios físicos ou mentais e a adoção de novos hábitos. O cansaço, por si só, também, embora seja posterior à atividade. Já a estafa, sim, está relacionada a um estado de saúde, associado ou não a outras patologias, e que pode chegar ao comprometimento do desempenho de afazeres cotidianos. Algo que vem sendo bastante difundido é a Síndrome de Burnout, considerada uma reação de estresse, que se manifesta como uma exaustão, um sentimento de frustração e fracasso, relacionado ao ambiente de trabalho”, afirma.

Para ela, essas sensações são desencadeadas pela urgência que a sociedade de hoje exige e suas rotinas apertadas. “Há inúmeros estressores em nosso dia a dia e isso provoca reações diferentes e flutuações de afeto em cada um. Entretanto, algumas pessoas persistem em quadros depressivos, caracterizados pela menor disposição frente às demandas e acontecimentos. Há também as causas relacionadas à atividade laboral. Já se sabe que algumas profissões demandam mais recursos emocionais e físicos dos trabalhadores, impondo-lhes uma carga maior de estresse. E ainda não se pode afastar causas físicas e orgânicas para estes sintomas, que podem ter diferentes origens”.


[ SAÚDE ]

LIMITADORES DO DESEMPENHO FÍSICO E MENTAL Mesmo que cada indivíduo reaja de forma diferente e não exista um padrão, a professora afirma que a influência da preguiça, cansaço ou estafa na vida de cada um deve ser analisada dentro de um contexto particular, levando em consideração de que forma as necessidades estão sendo comprometidas. “É extremamente relevante observar os sinais que o corpo e a mente apontam: se eles dizem que algo não vai bem, talvez seja preciso modificar hábitos, horários ou rotinas. Atualmente, há um interesse muito grande em medicalizar tudo, inclusive sentimentos, sofrimentos cotidianos, estados de espírito e o próprio cansaço, sem se observar de fato o que está provocando o quadro. Isso chama a atenção para o desrespeito aos nossos próprios limites”. Para ela, a procura médica faz-se necessário quando as chamadas flutuações de afeto tornam-se persistentes e limitantes. Manter os exames de saúde periódicos em dia também é fundamental para um diagnóstico precoce de qualquer quadro mais grave.

TEMPO PARA RESPIRAR Com tantas tarefas diárias, tirar um tempo para relaxar, curtir um momento de lazer ou aproveitar aquela preguiça para passar o dia no sofá pode, sim, ser benéfico. “Vivemos hoje em uma lógica de produção e consumo que nem sempre admite que o sujeito relaxe ou goze de situações menos aceleradas ou intensas. É como se, a todo instante, as pessoas tivessem que produzir algo material, sentindo-se culpadas ao agirem diferente. Nós nos esquecemos de que isso também pode significar uma oportunidade de criatividade, imaginação, elaboração; enfim, algo que dê suporte a outras atividades produtivas. Nesta perspectiva, o “dia de curtir a preguiça” pode ser muito benéfico. Mas eu prefiro chamá-lo de período de descanso, sem a carga negativa que o termo traz e sem a culpa”, avalia.

DOSE DE DISPOSIÇÃO Maíra ainda garante que a mudança de alguns hábitos pode ajudar a mandar a indisposição pra bem longe. “Às vezes, as causas do cansaço podem estar relacionadas a uma má alimentação, deficiência de nutrientes, excesso de peso corporal, entre outras causas relacionadas ao consumo inadequado de alimentos. Uma avaliação é indispensável nesses casos, principalmente para um projeto de reeducação alimentar. Já sobre suplementação vitamínica, só é uma boa ideia se for criteriosamente indicada por um profissional de saúde. O excesso de vitaminas é tão prejudicial quanto a falta delas”, finaliza.

[ 32

]


[ SAÚDE ]

Estudo inédito avalia

Por Valdir Carleto Fotos: Banco de imagens

pacientes de psoríase

E

studo inédito, patrocinado pela AbbVie com pacientes brasileiros com psoríase indica que 63,7% dos participantes têm a qualidade de vida impactada negativamente pela doença; destes, 63,1% apresentam sintomas associados à dor e mal-estar em geral e 54,1% apresentam sinais de ansiedade e depressão, também relacionados à atividade da doença, além da diminuição de função física (44,6%) e dor no corpo (44,3 %). Estes dados referem-se à análise de 113 pacientes com psoríase, sendo 55,8% homens, com idade média de 52 anos, e fazem parte de um estudo maior, o Beyond, que inclui 300 pacientes com psoríase, das regiões Norte, Sudeste e Sul do Brasil. Esse estudo foi estruturado para medir a prevalência da síndrome metabólica e artrite psoriásica em pacientes com psoríase, em diferentes estágios da doença. Os resultados parciais foram apresentados durante o Congresso Europeu de Dermatologia, em Copenhagen, Dinamarca. Os resultados completos devem estar concluídos em meados do ano e o foco principal são pacientes adultos com psoríase (homens e mulheres não grávidas), com a doença ativa em qualquer estágio. As avaliações foram baseadas na resposta a questionários específicos, exames clínicos e de imagem. A psoríase é uma doença inflamatória crônica e sistêmica, que se manifesta na pele. Sabe-se que o sistema imunológico desenvolve algum papel para o seu surgimento; caracteriza-se por lesões avermelhadas e que escamam, normalmente em placas, que aparecem, em geral, no couro cabeludo, cotovelos e joelhos. Atinge de 2% a 3% da população mundial. Não é transmissível por contato. Fazem parte do estudo Beyond no Brasil nove centros de tratamento e pesquisa em psoríase – a maioria associada a hospitais universitários.

“A psoríase tem sido negligenciada por muito tempo, por falta de terapêutica adequada para seu controle. Hoje, já dispomos de tratamentos eficazes que podem minimizar seus efeitos, quando a doença é adequadamente tratada”, afirma Cacilda Souza, responsável pelo Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas, da USP-Ribeirão Preto. Ainda não são totalmente conhecidas as razões da associação da psoríase com a síndrome metabólica; mas sabe-se que o risco é maior entre os pacientes com psoríase do que em outros pacientes. “A psoríase tem um grande impacto na vida dos pacientes. Como as pesquisas sobre a doença e terapias para tratá-la são limitadas, estes dados contribuirão para entendermos as necessidades e para trazer soluções mais adequadas para esses pacientes”, afirma Manuel Uribe, diretor médico da AbbVie no Brasil. Além dos efeitos da doença, o paciente de psoríase pode ser estigmatizado e ser vítima de atitudes preconceituosas, levando-o ao isolamento social. Para mais informações sobre psoríase, artrite psoriásica e síndrome metabólica, acesse, respectivamente: www.entendapsoriase.com.br; www. reumatologia.org.br e www.endocrino.org.br


[ VARIEDADE ]

Os “acordes” da

Por Val Oliveira Fotos: Arquivo pessoal, Rafael Almeida e José Geraldo Souza

Escola Diocesana de Música

ADMINISTRAÇÃO E METODOLOGIA

C

om 15 anos de existência e com grade curricular que contempla os cursos de violão, violino, guitarra, bateria, percussão, flauta transversal, flauta doce, saxofone, teclado, técnica vocal, musicalização infantil, coro infantil e teoria musical, a Escola Diocesana de Música surgiu como resposta a quem não tinha condições de fazer um curso teórico-prático de música. “Trabalhando com comunidades católicas, deparei-me com pessoas que, mesmo dominando a prática de algum instrumento musical, não tinham noção de leitura de partituras, técnicas de canto ou de instrumento”, explica Caetana Cecília Filha, idealizadora, professora e coordenadora pedagógica da EDM – Escola Diocesana de Música.

como congregações religiosas femininas e comunidades espíritas”, enumera Caetana. Com dois anos de duração, os cursos têm aulas em grupo ou individuais, totalizando três horas semanais, e têm preços variados de acordo com a modalidade escolhida. As inscrições são abertas duas vezes por ano, em janeiro e julho, e há uma lista de espera.

CURSOS ECUMÊNICOS Não há pré-requisito para quem deseja frequentar a escola, que atende pessoas de cinco a 80 anos. Outro detalhe importante é que a EDM não é exclusiva para o público católico. “A escola contempla o diálogo inter-religioso. Já passaram por aqui pessoas das igrejas Presbiteriana, Metodista, Assembleia de Deus, Verbo da Vida, Batista, Pentecostal Família de Jesus Cristo, Adventista, Edificando em Cristo, Ministério Recomeçar, Comunidade Evangélica Vida Eterna, Marchando para o Céu, Almas Restauradas para Cristo, Igreja Pentecostal Rosa de Saron, entre outras denominações

Caetana Cecília

Padre Jair

Para construir a grade curricular, a coordenadora revela a preocupação na musicalização, que leva em consideração a história pessoal e realidade musical de cada aluno. A escola mantém-se financeiramente com os recursos angariados por meio da taxa de inscrição e mensalidade dos cursos, bem como de doações de algumas paróquias da Diocese. Além dos músicos professores, fazem parte da equipe de trabalho profissionais das áreas de fisioterapia, fonoaudiologia e expressão corporal. Segundo Caetana, a partir do aprendizado musical, muitas portas abriram-se para os alunos. Alguns iniciaram ou ajudaram na organização do ministério de música em suas paróquias, e outros alçaram voos mais longos. “Muitos foram convidados a participar de eventos religiosos e sociais, formando bandas para casamentos, festas e festivais. Outros continuam os estudos em conservatórios e faculdades de música e musicoterapia. No processo metodológico, há um grande esforço para uma articulação dos saberes entre os vários cursos.”


VEM AÍ O “LOUVAI!” EM VERSÃO DIGITAL Diz-se que “quem canta reza duas vezes”. O Louvai! é um livro de cânticos utilizado nas celebrações litúrgicas pelas paróquias da Diocese de Guarulhos. Há mais de mil cantos catalogados, que animam os fiéis e orientam os ministérios de música das comunidades. Feito com capa de material plástico, lombada em espiral, também plástico, e com mais de 150 mil exemplares vendidos, o Louvai! vai ganhar uma versão digital, que já está em processo de produção. Além da letra, o aplicativo trará as cifras e todas as versões de uma mesma canção.

Franciane Priscila

A ESCOLA DIOCESANA EM MINHA VIDA

PARA ONDE A EDM ME LEVOU

A psicóloga e funcionária pública Franciane Priscila Rosa Braz, do ministério de música da paróquia Santo Antônio de Pádua, na vila Augusta, estudou, durante um ano e meio, técnica vocal na EDM. Ela relata que, a princípio, não acreditava que a escola fosse capaz de oferecer tudo o que agora vê que absorveu. “Estudamos desde fisiologia corporal para entendermos como nosso corpo funciona quando cantamos, até como nos expressar melhor, por meio de técnicas, para nos livrar da vergonha que muitas vezes nos impede de cantar melhor”, diz. Ela relata que na escola foi estimulada a ser boa ouvinte de música, a cantar todos os estilos e a identificar seu gênero musical, entendendo a música como dom e arte, sem esquecer-se da espiritualidade.

Franciane conta que atualmente canta nas missas dominicais de sua paróquia, na qual atua como salmista. “Também canto no ministério de música “Quem como Deus?”, que faz parte do grupo de oração da Renovação Carismática de nossa comunidade”, descreve. Para ela, o curso de técnica vocal a deixou mais segura para encarar outras atividades, como cantar solos, por exemplo. De posse de mais conhecimento e sabendo explorar seus dons, Fran passou a cantar para outros públicos. “Em 2015, fui convidada para cantar em um evento em Curitiba e no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Sempre que possível, busco transmitir os conhecimentos aprendidos na EDM, além de indicar a quem possa viver essa maravilhosa experiência”, finaliza.

BONS MOMENTOS Perguntada sobre as melhores recordações dos tempos de curso, Fran, como é carinhosamente conhecida em sua comunidade, narra: “No final de 2012, nos apresentamos no Teatro Adamastor em homenagem a Luiz Gonzaga, que comemoraria 100 anos. Eu havia acabado de chegar à escola e foi minha primeira grande apresentação. O teatro estava lotado e para mim foi inesquecível. Até hoje, me lembro de todas as músicas, arranjos, pausas e afins daquela apresentação.” Franciane destaca que não há como falar sobre a EDM sem citar padre Jair e a coordenadora Caetana que, segundo ela, sabem motivar e tirar de cada aluno o seu melhor. “O cuidado que eles têm em conhecer de forma particular cada aluno me marcou muito. Conhecendo-me, eles foram capazes de intervir de maneira precisa nas questões em que eu tinha mais dificuldade e reforçaram aquelas que eu já desenvolvia bem.”

Escola Diocesana de Música Rua Mandaguari, 88, Bom Clima. Tel.: 4965-4460


[ GASTRONOMIA ] Por Val Oliveira

GOTAS DE MARACUJÁ A casa é especialista em bolos caseiros de diversos sabores. Destaque para o “Gotas de maracujá”, que é preparado com suco e gotas de chocolate na massa, e cobertura com mousse de maracujá e enfeite de chocolate. R$ 18.

Divulgação

Rafael Almeida

Maria Boleira , Av. Jose Antonio Zeraibe, 711, Jd. Bom Clima N 2408-2891/ 2408-2903

BUFÊ DE CALDOS Para os dias mais frios, a partir das 18h, a padaria oferece bufê de sopas e caldos de diversos sabores. Acompanha torradas ou pães fatiados. R$ 11,90 a cumbuca.

CHURROS NA TAÇA Quatro churros quentinhos e macios, envolvidos em açúcar e canela, com doce de leite artesanal. R$ 20. Divulgação

Oficina Burger , Rua Tapajós, 232 N 4963-2646

Padaria Meskita , Av. Otávio Braga de Mesquita, 1.607, loja 3, Vila Barros N 2402-9218

SASHIMI DE ATUM E TARÊ Atum marinado no azeite com abacaxi e tarê. R$ 31 com 15 fatias; R$ 55 com 25 fatias. Divulgação

Yoru Culinária Japonesa , Rua Brás Cubas, 135, Jardim Maia. N 2440-7755

BUFÊ VARIADO

Rafael Almeida

Self-service com cerca de 100 opções, entre pratos quentes, saladas, carnes, peixes e sobremesas por quilo. R$ 46,90 (Unidade Bonsucesso). R$ 47,90 (Internacional Shopping) Jeca Tatu , Shopping Bonsucesso – Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5.308 N 24962171 , Internacional Shopping Guarulhos – Rod. Pres. Dutra, saída km 225, Itapegica (Praça de alimentação) N 2414-5131


[ TEATRO ]

Escola Viva de Artes Cênicas

Por Tamiris Monteiro Fotos: Marcos Campos e Ana Paula Casal Rey

segue com espetáculo Fronteira até fim de maio

A

turma de Teatro V, da Escola Viva de Artes Cênicas, continua com o espetáculo “Fronteira” até 29 de maio, no Teatro Padre Bento, em apresentações que acontecem aos sábados e domingos. No palco, os atores são inseridos em um contexto que envolve um campo de prisioneiros de guerra, havendo segredos, violência e lutas por direitos. O texto traz à tona o estudo das metáforas e ritos sociais. Aos domingos, haverá roda de conversa após o espetáculo. Os bate-papos acontecem com o intuito de debater o trabalho realizado na Escola Viva e sua perspectiva humanizadora. No dia 15 de maio, será debatido o tema “Como é possível o sensível ter lugar na política pública”, com participação da artista visual, educadora e gestora de políticas públicas Maria do Rosário. Dia 22, a pauta será “Do trabalho de atuadores e atuadoras”, com participação de Daniele Santana, atuadora do grupo Contadores de Mentira e gestora cultural. Para fechar a temporada, no dia 29, o último bate-papo tratará da “importância da formação política dos trabalhadores da arte”, com presença da atriz a dramaturga Ana Maria Quintal, do Arlequins Grupo de Teatro, e da mestra em artes do corpo Fernanda Perniciotti. A entrada é gratuita e a retirada dos ingressos acontece uma hora antes do início da apresentação, na bilheteria do teatro. Informações: 2229-5043 ou pelo email escolaviva.guarulhos@gmail.com.

SOBRE A ESCOLA VIVA DE ARTES CÊNICAS Criada em 2005, a Escola Viva de Artes Cênicas tem como objetivo a pesquisa e criação em artes cênicas, com cursos e atividades nas áreas de dança e teatro, que privilegiem a experimentação artística em processos colaborativos. Dirigida por Simone Carleto, mestra e doutoranda em artes cênicas pela Unesp, a Escola atende diretamente 100 aprendizes anualmente e, indiretamente, como público, aproximadamente 10 mil pessoas. Porém, é no caráter humanizador, por meio de uma formação artística cultural que se concentra sua maior relevância, por trabalhar direta e majoritariamente com a população jovem.


[ AGENDA ] Por Cris Marques Fotos: Jair Malavazi e divulgação

e a questão da migração. Diretor: Daniel Neves. Livre. Gratuito. Biblioteca Monteiro Lobato. Rua João Gonçalves, 439, Centro. Informações: 20876900. Sexta e sábado, às 19h.

participação especial de Murilo Couto e apresentação de Flávia Viana. R$ 50. Rua Tapajós, 120, Jardim Barbosa. Informações: 3428-6294 e goo.gl/sviVtL. Terça, a partir das 17h.

Thiago Raja In Concert 12 de maio

Bazar solidário MMartan De 11 a 14 de maio

Show com o harpista Thiago Raja e a influência do instrumento paraguaio na música sertaneja de raiz. R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia). Adamastor. Avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo. Quinta, às 20h.

José Ricardo 13 de maio Banda Lira, 108 anos 7 de maio

Baile especial de aniversário da banda, com a participação do Grupo Arco-Íris e Chapéu Violeta. Sorteio de toalhinhas bordadas e exibição de um vídeo-retrospectiva. Gratuito. Adamastor. Avenida Monteiro Lobato, 734, Centro. Sábado, a partir das 18h30.

CULTURA

Administração do Tempo 14 de maio

Empoderamento Feminino: autoconhecimento, autoconfiança, autoestima 7 de maio

Com as terapeutas Luise Brito e Bruna Valéria, do “Mulher Descomplicada”. Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Informações: 4963-1133. Sábado, às 16h.

“O DNA de J. Oliver” 7 de maio

Lançamento do livro, noite de autógrafos e bate-papo com o autor João Oliveira. Espaço Novo Mundo. Av. Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Informações: 4963-1133. Sábado, às 19h.

Oficina de Histórias em Quadrinhos 9 a 13 de maio

Oficina ministrada por Paulo Crumbim e Cristina Eiko, contemplados pelo Proac e criadores do “Quadrinhos A2”. Gratuito. Vagas: 20. 12 anos. Biblioteca Monteiro Lobato. Rua João Gonçalves, 439, Centro. Informações: 2087-6900. Segunda a sexta, das 14h às 18h.

* Programação sujeita a alteração.

“Olhar sobre a Cidade” 14 de maio

Evento com a presença da professora Rosa Mendroni, com o tema “Os novos desafios para a educação”. Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Informações: 4963-1133. Sábado, às 9h30.

Educação Inclusiva 14 de maio

Palestra com a psicopedagoga Antoinette Simão, sobre como lidar com alunos com necessidades especiais. Espaço Novo Mundo. Av. Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Informações: 4963-1133. Sábado, das 15h às 18h.

[ 44

]

Palestra com a life e executive coaching Fernanda Fernandes. Inscrições e informações: 97258-7392 (WhatsApp). Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Sábado, às 19h.

Boreal – Pepê Zuwicker Até 29 de maio

Exposição com pinturas do artista mais votado durante o Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos. Gratuito. Centro Permanente de Exposições de Arte Prof. José Ismael. Praça Cícero Miranda, s/nº, lago de vila Galvão. De terça a domingo, das 8 às 17h.

Apresentação com o músico e violonista. Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Informações: 4963-1133. Sexta, às 20h.

OPORTUNIDADE 13ª edição do Selo Ambiental de Guarulhos Até 30 de maio

Inscrições abertas para a iniciativa que premia anualmente projetos de defesa e preservação do meio ambiente. Para participar, é preciso preencher a ficha de inscrição no site da Prefeitura e enviar o projeto para o e-mail seloambientalguarulhos@gmail ou diretamente na Câmara Municipal.

SOLIDARIEDADE Stand Up Solidário 10 de maio

Evento do bar Adega 33 em prol do garoto Gabriel. Com stand up de Renato Tortorelli e Richard Sakamoto,

Peças de cama, mesa e banho com até 50% de desconto e parte da renda destinada à Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Guarulhos. Unidade II da instituição”: rua Segundo-Tenente Aluísio de Farias, 141, Jardim Santa Mena. Das 8h às 17h.

TEATRO Incêndios 14 e 15 de maio

Protagonizada por Marieta Severo, a peá é vencedora de 20 importantes prêmios nacionais e contemplada na seleção pública para circulação de peças teatrais do programa Petrobrás Distribuidora de Cultura 2015/2016. Ingressos: www.compreingressos.com. R$ 25 (inteira) e R$ 12,50 (meia). Adamastor. Avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo. Informações: 2093-3176. Sábado, às 17h30 e 21h, e domingo, às 17h.

Fronteira Até 29 de maio

Apresentação da Turma V de Teatro da Escola Viva de Artes Cênicas de Guarulhos. Gratuito. Teatro Padre Bento. Rua Francisco Foot, 3, Jardim Tranquilidade. Informações: 2229-5043 ou escolaviva.guarulhos@gmail.com. Sábados, às 20h, e domingos, às 19h.

MÚSICA Firefriends e Vilões Noturnos 6 de maio

Projeto da Secretaria de Cultura de Guarulhos e o programa Explicit Guitar, apresentado por Marcelo Magoo. Na primeira edição, os convidados são o trio paulista Firefriend e a banda Vilões Noturnos. Gratuito. Adamastor. Avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo. Sexta, às 20h.

Bengala Branca & Ketubá 7 de maio

A banda Bengala Branca reúne músicos com e sem deficiência visual, desenvolvendo repertório popular e instrumental. Já o grupo Ketubá tem a característica de utilizar instrumentos alternativos e de pesquisa sonora. Gratuito. Tenda do Bosque Maia. Avenida Paulo Faccini, s/ nº, Jardim Maia. Sábado, às 15h.

“Viola Urbana” 13 e 14 de março

Exibição do documentário, que retrata a arte dos violeiros em Guarulhos

Elvis Acústico 8 de maio

Voz, violões e piano com Adam Roman, um dos mais expressivos e reconhecidos covers do astro do rock. Ingressos à venda na bilheteria do Teatro, das 14 às 20h, ou no site www.ingressorapido.com.br. R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Até dia 7, todos pagam meia. Adamastor: avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo. Domingo, às 19h.


[ aulas ]

[ aquecedores ]

[ flores ]

[ seguros ]

[ psic贸loga/coaching ]

[ moda ]

[ oportunidade ]

[ limpeza ]

[ idiomas ]

[ advogado ]


[ CINEMA ]

Por Tamiris Monteiro Foto Divulgação

Capitão América - Guerra Civil “Captain America: Civil War”. Direção: Anthony Russo e Joe Russo. Steve Rogers (Chris Evans) é o atual líder dos Vingadores, supergrupo de heróis formado por Viúva Negra (Scarlett Johansson), Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Visão (Paul Bettany), Falcão (Anthony Mackie) e Máquina de Combate (Don Cheadle). O ataque de Ultron fez com que os políticos buscassem algum meio de controlar os super-heróis, já que seus atos afetam toda a humanidade. Tal decisão coloca o Capitão América em rota de colisão com Tony Stark (Robert Downey Jr.), o Homem 13h10, 16h40 e 20h (dublado). 3D: 14h50, de Ferro. Ação / Ficção. 17h40, 18h10, 19h10, 21h e 21h30 (dublado). 22h30 (legendado). Sala D-BOX 3D: 15h20, 18h40 e 22h (dublado). Sala XD 3D: 13h50, 17h10 e 12h (somente de sexta a domingo). 16h30, 17h30, 20h30 (dublado). 3D: 13h10, 20h30 e 21h15 (dublado). 3D: 15h, 18h e 21h (dublado). 16h30 e 23h (última sessão somente sexta e sábado) (dublado). 19h45 (legendado). Sala 4DX: 14h45 e 18h (dublado). 21h15 (legendado). Sala MacroXe: 12h30 (somente sábado e domingo) e 19h (dublado). 15h45 e 22h15 (dublado). Sala VIP: 12h (somente sábado e domingo), 15h05 e 18:20 (legendado). 21h40 (dublado). Sala VIP 3D: 20h20 e 23h30 (última sessão somente sexta e sábado) (legendado). 13h40 e 17h (dublado). 15h, 18h e 21h (dublado). 3D: 14h, 17h e 20h (dublado).

Batman Vs. Superman: A Origem da Justiça “Batman v Superman: Dawn Of Justice”. Direção: Zack Snyder. Após os eventos de O Homem de Aço, Superman (Henry Cavill) divide a opinião da população mundial. Enquanto muitos contam com ele como herói e principal salvador, vários outros não concordam com sua permanência no planeta. Bruce Wayne (Ben Affleck) está do lado dos inimigos de Clark Kent e decide usar sua força de Batman para enfrentá-lo. Enquanto os dois brigam, porém, uma nova 14h10, ameaça ganha força. Ação. 15h10, 17h30, 18h30, 20h50 e 21h50 21h45 (dublado). (dublado). 21h10 (dublado). Heróis da Galáxia - Ratchet e Clank “Ratchet & Clank. Direção: Kevin Munroe e Jericca Cleland. Ratchet é um ser alienígena parecido com um tigre, que tem uma grande habilidade com armas e entende muito de mecânica. Ele precisa derrotar o vilão Chairman Drek, que possui uma poderosa arma capaz de destruir todos os planetas da galáxia Solana. Ao lado do robô Clank e do grupo de

super-heróis chamado Galactic Rangers, Ratcher precisa derrotar o perigoso vilão e, mais uma vez, salvar 15h, 17h20 e a galáxia. Animação. 19h50 (dublado). 12h10 (somente sábado e domingo), 14h30, 17h00 e 14h10, 16h40, 19h15 (dublado). 19h10 e 21h40 (dublado). Invasão a Londres “London Has Fallen”. Direção: Babak Najafi. Com a morte misteriosa do primeiro-ministro britânico, a presença dos líderes mundiais no seu funeral é indispensável, tornando o evento uma ótima oportunidade para destruir grandes monumentos e assassinar os governantes mundiais. É o que acontece, mas, com sorte e a ajuda de Mike Banning (Gerard Butler), o presidente dos EUA Benjamin Asher (Aaron Eckhart) consegue escapar. Responsável pelo ataque, um dos terroristas mais procurados do mundo não se dá por vencido e, enquanto Benjamin luta pela sobrevivência, o vice-presidente Trumbull (Morgan Freeman) esforça-se para derrotar o criminoso. 12h50, 16h, 18h45 e 21h10 Ação. (dublado). Internacional Shopping

Martyrs Direção: Kevin Goetz e Michael Goetz. Duas mulheres são sequestradas e caem nas mãos de um grupo de fanáticos que acreditam no poder do martírio e do sacrifício. Eles julgam que novos conhecimentos podem ser obtidos por meio da tortura aplicada às duas, submetendo-as aos atos de violência mais cruéis. Quando finalmente escapam, elas 13h25, buscam vingança. Terror. 15h40, 18h, 20h20 e 22h40 (dubla18h, 20h e 22 (dublado). do). 13h50 e 18h15 (dublado). 16h, 20h30 e 22h40 (última sessão somente sexta e sábado) (legendado). Milagres do Paraíso “Miracles From Heaven”. Direção: Patricia Riggen. Christy (Jennifer Garner) e Kevin Beam (Martin Henderson) são pais de três garotas: Abbie (Brighton Sharbino), Annabel (Kylie Rogers) e Adelynn (Courtney Fansler). Eles vivem em uma confortável casa, junto com cinco cachorros, e acabam de abrir uma clínica veterinária, o que fez com que tivessem que apertar os cintos e hipotecar a casa. Cristãos convictos, os Beam vão à igreja com frequência. Um dia, Annabel começa a sentir fortes dores na região do abdomem. Após muitos exames, é constatado que a garota possui um grave problema digestivo. Tal situação faz com que Christy busque a todo custo algum meio de salvar a vida da filha, ao mesmo tempo em que se afasta cada vez mais de sua 13h40, crença em Deus. Drama. 15h45 16h30 e 22h20 (dublado). (dublado). Mogli - O Menino Lobo “The Jungle Book”. Direção: Jon Favreau. A trama gira em torno do jovem Mogli (Neel Sethi), garoto de origem indiana que foi criado por lobos em plena selva, contando apenas com a companhia de um urso e uma pantera negra. Baseado na série literária de Rudyard Kipling. Aventu13h30, 16h20, 18h50 e 21h20 ra. 13h e 15h15 (dubla(dublado). 13h40, 16h15 e 18h45 (dudo). blado). 21h30 (legendado). sala VIP: 14h30, 14h e 16h40 (legendado). 16h40 e 19h (dublado). No Mundo da Lua “Atrapa la bandera”. Direção: Enrique Gato. Richard Carson III, um milionário ganancioso, quer colonizar a Lua. Ele pretende apagar todos os vestígios dos feitos dos astronautas da Apollo XI para poder explorar o hélio-3, a energia limpa do futuro, em benefício próprio. Para impedi-lo, a presidente dos Estados Unidos

Shopping Bonsucesso

ordena que a Nasa organize o quanto antes uma nova viagem à Lua, de forma a assegurar os feitos do passado e impedir a exploração comercial do satélite. Como não há tempo de construir uma nova nave espacial, um foguete de 40 anos atrás é reaproveitado e, como ninguém sabe operá-lo, vários astronautas do passado são convocados a ajudar nessa nova empreitada. É a chance ideal para que Mike Goldwing, um garoto de apenas 12 anos, possa reaproximar seu pai, o atual astronauta Scott Goldwing, de seu avô, Frank, que abandonou a família após uma missão fracassada. Animação. 13h45 13h e 15h15 (dublado). (dublado). O Caçador e a Rainha do Gelo “The Huntsman: Winter’s War”. Direção: Cedric Nicolas-Troyan. Freya é a irmã boa da toda poderosa Rainha Ravenna. Depois de passar por um trauma, no entanto, ela desperta para os poderes mágicos e isola-se. Longe da irmã, ela constrói seu próprio reinado – torna-se a Rainha do Gelo –, onde recruta crianças para compor seu exército, sob duas ordens: jurar obediência a ela e que os jovens abdiquem de qualquer forma de amor. Dois dos pequenos mais talentosos para o combate, Erik e Sara crescem e apaixonam-se. Quando Freya percebe que foi “traída”, no entanto, separa os dois. Paralelamente, o poderoso espelho mágico é dado como desaparecido. E será preciso impedir que o objeto caia nas mãos da nova rainha. Fic13h20 - 16h10, 19h e 21h40 ção. 14h, 16h30, 19h e (dublado). 3D: 12h20 21h30 (dublado). (somente sábado e domingo), 15h e17h40 (dublado). 20h15 e 22h50 (última sessão somente sexta e sábado) (legendado). Sala VIP: 19h20 e 22h10 (legendado). Prova de Coragem Direção: Roberto Gervitz. Hermano (Armando Babaioff ) é um médico bem-sucedido que está planejando uma escalada de alto risco em uma montanha na Terra do Fogo. Nesse período, sua mulher Adri (Mariana Ximenes), com quem vive há sete anos, descobre que está grávida. Mesmo na iminência de se tornar pai, ele dá prosseguimento a seus planos. Esta é a prova de coragem que Hermano deve a si mesmo após ter testemunhado seu melhor amigo ser agredido até a morte e não ter feito nada para ajudá-lo. Drama. 13h35, 15h50, 18h20 e 20h40. 13h30, 14h30, 19h30 e 21h30. 16h05, 18h30, 21h e 23h15 (última sessão somente sexta e sábado).

Pátio Shopping Guarulhos

Parque Shopping Maia


[ 48

]

Revista Weekend - Edição 329  

Diversão fora do normal: esqueça o videogame, você está dentro do jogo e só tem uma vida. Entrevista: A atriz Marieta Severo fala sobre sua...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you