Page 1

PERDIGAO

I

I

PESAD/T O longo caminho 'Vpara levar ao consumidor produtos de qualidade

#


ABERTAS PARA

3 SaJ'or de^ uuwnx>

O IVIERCADO Ampliar constantemente a transparencia nas informagoes para o mercado de capitals tern sido uma meta perseguida com obstinagao pela Perdigao. Levando a frente essa meta, a empresa promoveu em sua sede uma reuniao com a Apimec - Sao Paulo - Associagao dos Analistas e Prof issionais de Investimento do Mercado de Capitals, nova denominagao da Abamec - SP, com a qual sempre manteve um estreito e produtivo relacionamento. Em 2002, a Perdigao recebeu dos analistas e proflsslonals do setor o Premie Ouro por oito anos consecutivos de apresentagoes. A reuniao para anuncio dos resultados do primeiro trimestre de 2003 contou com numero recorde de participantes, motive de enorme satisfagao para n6s. A Perdigao tambem participou recentemente de outros dois eventos de grande importancia. A 43 Conferencia Anual Brasil, promovida pelo Banco Santander em Angra dos Reis, em junho, possibilitou contatos one-to-one e a oportunidade de mostrar, em detalhes, a empresa e seus projetos. Pouco antes, a Perdigao esteve presente no I Semin^rio Internacional dos Fundos de Pensao, que reuniu representantes de institulgoes nacionais e estrangeiras. Nem poderia ser diferente para uma empresa que tem seu controle acion^rio compartilhado por oito fundos. Nossa politica de oferecer informagoes transparentes, constantes, abrangentes e uniformes aos investidores e analistas e um compromisso permanente. Outro canal de comunicagao com 0 mercado de capitals foi aberto, no ano passado, com a criagao do site de Rl, no qual investidores, analistas, clientes, fornecedores e outros interessados podem obter uma gama de informagoes sobre a companhia. E possivel, por exempio, consultar 0 relatdrio anual de 2002, de forma din^mica e interativa, com rapidas opgoes de pesquisa e navegagao. Wang Wei Chang Vice-Presidente de Finangas, Controle a Relagoes com Investidores

2

4CAPA VuitB' inA^&iu eatre^ Oy Term t (V Lua, 7 GESTAO Ccfujulstils KC auapc amblmtaJ' 8 CIDADES V'uieira^t 10 MARKEIG fbrfuuLi ^ Ua^AUieiitDS 12 HPOIIIAtAO Payoy todos OS jostos 13 IIEGli[IOS Maii i/trde- tui utesa^ 14 pahcema CUiTone'

tui

16 ElllAK Ojtttsim/Ko Kio 17 niOVERDE Sojo/ sewy tnzimAA 18 ACONEECE NoticiAS PerdijAO PEROICAO

Vak>ri2ando o Cliente Perdiglo HojÂŤ i uma puUKacio peruMica da Perdigio AgrouKhuthal S.A. de circulofio CKiema t distribuKio graiuiia. Conwiho Uitorlal; Eggon Joioda Silva; NildtmarSccchet; Wang Chang; Joio Rozirio da Silva; Nelson Vas Macldauer, PsuJo Emani dc Oliwin; Citbeno Onato: Lui2 A. Machado de Brito. Antomo Zatitelli; Euclides CoMenaro; Wladenur Paravisi Ricardo Roben Menezea;AmtoioAugus>oDeToni; Nilvo Mittanck. Coordenatlo. Luciana Ueda. Colaborafio: Eilival Poriilho. Gilion Cesar Rodrigues; liy-hfnvi Beal; Jones Broleze; Roberta Furlan Cormpondenin: Mauro F. Canlozo (Vidcin); Leocir Josi Deon (Lagej); MauricioN. Fenvuides (HervaJ D"OesÂŤe); Marcio Antflnio Feflin{Marau)eRicardoJ.G.i!ennques(Marau);AhenwSaitvtio(SerafinaCofTea). Produtlo: Blander & Awociado*- lel. (11) 3032.3236. e-mail; infoTd Nandcr com.br Editor: Mario Blander {MTb 13.346 SP) Reportagrm; Eleni Oliveira Roehae Gisele Pereira. Dlrefio de Arte e Produtlo Criflta; Camarinha ComunicacJo & Design let. (II) 3034-1893 Tlragtm: 6.000 exemplares SAC Perdigio 0800-117782


T-|=J>^DI

Dids

de

F='y^f=lXK

OS

Frio

Tudo comegou com os romanos; , foram eles que tiveram primeiro a ideia de secar o pernil do porco para conservar sua came por mais tempo. Nascia, assim, o presunto cru. Atravessando seculos, o presunto continua conquistando paladares, em todo o mundo, com seus delicados aromas e sabores. 0 mais famoso e o tipo Parma. Outro preferido dos gourmets e o tipo Serrano, criagao espanhola que a Perdigao vai colocar em breve no mercado. Seculos depois dos romanos, os maturados continuam fazendo sucesso, especialmente no inverno. "Nesta epoca, as vendas registram um aumento medio de 15%", afirma Claudio Kliemann, gerente de servigos de marl<eting. Sua preparagao comega praticamente um ano e meio antes de chegar ao consumidor- entre o tempo de salmoura e cura, num processo em que a Perdigao alia a mais avangada tecnologia a uma milenartecnica artesanal. Com OS salames e a copa acontece o mesmo. 0 processo de produgao man-

tern a tradigao italiana, mas o tempo de maturagao nao precisa ser tao longo - a cura leva, em media, cerca de dois meses. Durante todo o inverno a Perdigao vai realizar agoes cooperadas com supermercados para promover a linha de maturados e salsichas. Estao previstos encartes, compra de espago em pontos-de-venda e degustagoes.

]5% 0 comumo de . ... MdtUTmOS t sdlsicm

Da Alemanha para o Brasil, de Norte a Sul Sucesso 0 ano inteiro, a salsicha tambem tem suas vendas em alta nesta 6poca, puxada pelas Festas Juninas, especialmente as do Nordeste, que se prolongam ate julho. Algumas delas, principalmente as de Sao Joao, chegam a atrair multidoes. A salsicha e uma contribuigao alema ^ culin^ria mundial, mas ganhou

mundo depois de chegar aos Estados Unidos, levada por imigrantes. Foi la que nasceu a sua versao mais famosa, o Hot Dog. Com forte presenga no mercado, a Perdigao tem dois tipos de salsicha a granel e seis embaladas, incluindo uma produzida com carnes elaboradas de frango. 0 carro-chefe e a Hot-Dog, com corante ou sem, como e preferida pelos gauchos.

3


Perto de L200 minhm fercomm Wmilhmie ^uilometroi por mhpm levnrmmumidor produtos em perfiitas condipesdequdidade

Todo mes, uma frota de 1.200 carretas e caminhoes percorre cerca de 10,4 milhoes de quilometros-o equivalente a mais de 20 vezes a distancia entre a Terra e a Lua -, cruzando estradas de todo o pais, numa das etapas mais cruciais da cadeia de produgao da Perdigao. E uma complexa operagao logistica que tem inicio no transporte de ovos, ragao, pintos e leitoes e so termina na entrega do produto acabado em perfeitas condigoes de qualidade. Para atingir esse nivel de excetencia, foi preciso veneer um longo caminho. Nos primeiros e heroicos tempos da Perdigao, na decada de 1930, os produtos eram despachados de trem e as materiasprimas viajavam de carroga ou no lombo de mulas. Os caminhoes chegaram no inicio dos anos 50. Nao era um trabalho simples. As cargas precisavam ser cobertas com lona termica, recoberta com uma camada de mato que ajudava a proteger contra o sol. Mais tarde, passou-se a usar uma lona com gas para manter o produto congelado. A maior parte das estradas nao tinha pavimentagao e, ja naquele tempo, por falta de seguranga os caminhoes

13 OfTONEifto GMC DE 1950: "Getulio MANDOU cm"

iPECOieifl?

sempre que possivel viajavam em comboio. Um dos pioneiros no transporte de carga da Perdigao, Avelino Rotta tern boas historias desse tempo em que tudo era novidade, inclusive as multas por excesso de velocidade. Barrado por um guarda por estar correndo, no esforgo de fazer uma entrega a tempo, um dos motoristas de um caminhao GMC recorreu ao prestigio do presidente da epoca. "Getulio mandou correr", desconversou, apontando para as tres letras - GMC - cravadas na parte dianteira do veiculo. Tomado de surpresa, 0 guarda liberou o caminhao, mas so por um instante. Logo caiu em si e retrucou: "Getulio mandou cobrar". A partir de meados da decada de 1990,0 aumento da produgao levou a otimizagao e ^ modernizagao da frota, tanto a frigorificada, que leva produtos acabados


ar

do

Consumidor

das unidades industrials para os CDs Centres de Distribuigao portos e clientes atendidos diretamente, quanto a empregada no transporte agropecuario ovos, ragoes, pintos, aves, suinos e leitoes. "As carretas frigorificadas foram renovadas e adequadas a paletizagao", explica Orides Claudio de Souza, gerente de transporte. Tambem comegaram a ser usados caminhoes com maior capacidade de carga, como o "Romeu e Julieta", que puxa duas cargas, no transporte de aves e ragoes. Em paralelo, transportadores e motoristas passaram por programas intensivos de treinamento, em temas como qualidade e frigorificagao, inserindo-se no Programa Perdigao de Qualidade Total.

equipadas com aparelhos de refrigeragao de ultima geragao, para garantir que os produtos cheguem a seu destino em condigoes ideais. As carretas circulam com um avangado sistema de comunicagao, monitoramento e rastreamento via satelite de ultima geragao. Antes de seguir viagem, os equipamentos sao programados de acordo com a temperatura exigida pelas diferentes iinhas de produto e sao controlados automaticamente para gerar mais frio sempre que necessario. A etapa final da logistica de distribuigao dos produtos e realizada por uma frota terceirizada - sao, ao todo, 468 veiculos dedicada a tarefa de atender com agilidade os clientes da empresa. Cada vefculo percorre, em media, 12 quilometros entre o Centre de Distribuigao e o estabelecimento comercial, totalizando 2,2 milhoes de quilometros por mes.

AMagnabosconowoehoje; IRANSPORTAOORAS CRESCEM COM A PERDIGAO

0 bom relacionamento com os parceiros transportadores, cultivado pela Perdigao, implica na prestagao de uma ampla gama de servigos. 0 mais recente deles

0 transporte de longo percurso e feito por 645 caminhoes, na maioria carretas 5


e 0 apoio para a instalagao, pela BR Distribuidora, de uma base do Projeto CMS Central Avangada de Inspegao de Servigos, em Videira, com inauguragao prevista para julho. Os parceiros transportadores irao dispor de todos os servigos de um posto tradicional, alem de estacionamento para frotas, seguranga 24 horas e espago para escritdrio. Parceriaafinada Grande parte desses parceiros cresceu com a Perdigao. E o caso, entre muitos, da Magnabosco, da Catanduvas (SC). "Nosso comego, ha 20 anos, foi dificil, mas a seguranga de contar com a Perdigao nos fez ir em frente", lembra Ciodomar Magnabosco, dono da empresa, hoje uma das maiores transportadoras da regiao, com uma frota de mais de 70 carretas e caminhoes. A Aguia Branca/Carlesso, de Videira, chama a atengao para outro ponto importante. A Perdigao incentiva seus par-

ceiros a investir permanentemente na renovagao da frota, dizem os sdcios Antonio Moro e Ivanir Paulo Carlesso. Para os caminhoneiros nao e diferente. Ha 27 anos na estrada, Fidelis Bavaresco trabalhou, antes, no setor de compras da unidade de Videira, perto de onde mora. Quando saiu, comprou um caminhao frigonfico e abriu um negocio proprio. "Minha vida foi dentro da Perdigao. Meu caminhao, minha casa, devo tudo a ela." Como Bavaresco, os caminhoneiros cruzam todo o pais de ponta a ponta, num trabalho cansativo, solitario e frequentemente arriscado, seja pela violencia, seja pelo estado das estradas. Estejam onde estiverem, todos se unem no dia 25 de julho para homenagear seu padroeiro, Sao Cristovao. Para a Perdigao, transportadores e motoristas sao parte essencial de seu sucesso. Enfrentando todo tipo de dificuldade, sao eles que garantem a empresa estar sempre perto do consumidor.

Onde comega a cadeia produtiva Estradas estreitas, muitas vezes em pessimo estado de conservagao, e cuidados com uma carga que nao pode esperar - sao esses os desafios vividos diariamente peios motoristas dos 540 caminhoes empregados pela Perdigao no transporte agropecuario. Os cuidados comegam na ponta da cadeia, com o transporte de ovos, uma operagao complexa que exige atengao especial. No caso da ragao, que atinge grandes volumes, os caminhoes praticamente nunca param. Para pintos de um dia, sao utilizados furgoes com isolamento termico, equipados com sistemas de ventilagao interna e umidificagao centrifuga. A distribuigao do ar e uniforme, e um painel eletronico digital, com microprocessador, assegura as condigoes ideais durante a viagem. No transporte de leitoes e suinos, sao utiI izadas carrocerias com dois e trยงs pisos. A estrutura e metalica para facilitar a higienizagao e evitar o

6

risco de doengas. 0 piso e vedado para evitar o despejo de dejetos. 0 bem-estar animal e seguido ^ risca: ate o peso dos animais e controlado para nao haver aglomeragao. As aves para abate sao transportadas em veiculos com carroceria tipo plataforma, que facilita a higiene, proporciona firmeza para a carga e e dotada de estrutura especial para separar as fileiras de gaiolas, de forma que todas recebam boa ventilagao.

"RIMU E JiiUEiA'; am unGA

0


rsicDX/os

r\iCPos

l\/l

Meio AmHmte

Mais uma importante conquista da . . Perdigao na area ambiental: na Semana do Meio Ambiente, em junho, a empresa recebeu o Premio Gestae Ambiental, concedido pela Agencia Ambiental de Goias, drgao do govemo do estado responsavei.peia quaiidade do meio ambiente. A Perdigao fez parte de um grupo de 11 companhias, entre mais de 200 selecionadas numa primeira etapa, que chamaram a atengao por seus esforgos na preservagao do meio ambiente. 0 premio reconhece e valoriza a atuagao ambiental da Perdigao no complexo agroindustrial de Rio Verde. "Ver premiada uma operagao do porte de Rio Verde, com um efetivo de mais de 4.000 funcionarios e gigantesco volume de produgao, torna essa conquista ainda mais significativa", afirma Euclides Costenaro, diretor regional. Entre as inicia-

tivas desenvolvidas na unidade no campo ambiental estao a utilizagao de energia alternativa, a formagao de florestas de eucalipto, o tratamento de efluentes e um ampio programa de educagao ambiental nas escolas. Nessa frente, a Perdigao tambem acaba de registrar mais um avango, dessa vez em Videira (SC), a segunda maior das suas unidades industrials. Foi aberta ao publico a Reserva Ambiental Natureza Viva, que ocupa 173.000 metros quadrados na regiao urbana da cidade. As crlangas estao recebendo uma cartilha com orientagoes para a visita, alem de jogos e passatempos que valem por uma verdadeira aula de educagao ambiental. Mais para a frente esta prevista a criagao de uma escola de educagao ambiental dentro da reserva, com aulas etrabalhosdecampo.

Rio Verde ipremkdiie Videird induprd dmhientdl

A RESERVA DEViDtiRAiSClE, FOlHEIOCOUAPOlillCAAMl UNIDADE DÂŁ Rio VeROE(G01 7


Or^mizd^o espem kterrecordede publico tmmmUrmWko volume de m^kios

Aprefeitura de Videira vai promover pelo segundo ano consecutivo o maior evento de negocios e entretenimento do meio-oeste catarinense - a Videirafest. Programada para ocorrer de 21 a 24 de agosto, na Sociedade Esportiva e Recreativa Perdigao (Serp), a festa deve receber mais de 60.000 visitantes. A programagao deste ano inclui quatro eventos de grande interesse para produtores e empresas, entre eles o V Seminario Regional da Cultura do Milho e a III Feira do Milho do Meio-Oeste Catarinense. Parte do calendario oficial da cidade, a Videirafest 2003 reunira cerca de 190 expositores, representando todos os setores que atuam na cadeia produtiva agroindustrial. "A presenga de grandes em8

presas confirma a importancia da regiao no cenario dos agroneg6cios", diz Marcos Rottava, presidente da Serp e membro da comissao organizadora do evento. Em 2002, foram fechados pouco mais de R$ 3 milhoes em negocios durante OS tres dias de evento. Neste ano, com quatro dias, a expectativa e que esse numero suba no minima 10%. ATRA^O PARA TODOS Mas a Videirafest nao sera voltada somente para os negocios. 0 Cantinho do Produtor, urn espago para batepapo e descontragao, deve repetir o sucesso do ano passado. Decorado com ferramentas do campo e objetos tipicos do SuL ele servira de cenario para ani-


madas mateadas, as rodadas de chimarrao, enquanto os participantes trocam experiencias, assistem a palestras sobre novas tecnicas de produgao ou acompanham os langamentos de produtos e servigos. Outra area que devera merecer grande interesse - especialmente das criangas - e a Feira de Pequenos e Medics Animals, com exposigao, concursos e comercializagao de filhotes. Tambem havera novidades na culinaria. Nesta edi-

gao, a Festa Nacional da Codoma, que agora passa a ser realizada a cada dois anos, dara lugar a mais de 30 estandes gastronomicos, com um cardapio baseado nas tradigoes italianas e alemas. A parceria entre a Serp e a prefeitura de Videira garantira, mais uma vez, a realizagao de rodeios e shows notumos gratuitos, com a presenga confirmada de Marlon e Maicon, Armandinho e Banda, John Baia Jones, Cowboys do Asfalto e uma dezena de outras atragoes.

Milho: rumo a auto-suficiencia Parte da Videirafest, o V Seminario Regional da Cultura do Milho, organizado pela Perdigao, e mais um passo no esforgo de alcangar a auto-suficiencia na produgao de milho em Santa Catarina nos proximos tres anos. Cerca de 1.200 produtores devem participar dos debates, 300 mais que no ano anterior. 0 objetivo e discutir solugoes para melhorar a produtividade das lavouras, garantir a qualidade do grao e diminuir custos. 0 estado esta empenhado em reduzir seu deficit de milho, hoje estimado em 600 mil toneladas/ano. "Esse deficit era superior a 1,4 milhao de toneladas quando a Perdigao iniciou a implantagao de seu Programa do Milho, incentivando os produtores integrados a plantar mais", contabiliza Osny Waltrick de Souza, responsavel pela armazenagem de graos da Perdigao. Respondendo per mais da metade

Oeste, ou incrementar a produgao de graos no Sul, como vem sendo feito. Desde 1995, a Perdigao tern estimulado o aumento da produgao de milho entre seus integrados. Com uma serie de iniciativas, como analise de solos, fornecimento de sementes subsidiadas pelo governo, implantagao da tecnica de plantio direto, silagem dos graos e uma completa assistencia tecnica da empresa, o programa tem contribuido para aumentar, ano a ano, a safra da regiao. Quando o programa deu os seus primeiros passos, ha oito anos, a produtividade media era de 4.800 quilos por hectare. Para 2003, a expectativa e que ela fique acima de 7.000, patamar considerado excelente.

Produtividade em aita (evolu9ao da produ9ao de milho em Santa Catarina) T660

da produgao de aves e sumos, Santa Catarina e Rio Grande do Sul sao dependentes do milho, que compoe quase 70% da ragao dos animais. Para eliminar esse deficit, s6 ha duas saidas: levar a produgao de aves e suinos para perto dos graos, como a Perdigao fez com a unidade de Rio Verde (GO), no Centro-

1995 ri eslimativa

1997

1999

2001

2003^


Lanfmentos confimm o esfor^o de renova0o e a km comtmu de solupes pm facilitar o diu-a-dk

Mais uma fornada de langamentos Perdigao esta chegando as gondolas dos supermercados de todo o pais. As novidades confirmam 0 permanente esforgo de renovagao - no ano passado, a empresa colocou no mercado cerca de 35 novos produtos, a maioria deles de maior valor agregado - e a constante busca por solugoes exclusivas, que tragam praticidade ao dia-a-dia do consumidor. Na linha Toque de Sabor, de pratos prontos, a novidade e o Nhoque Recheado com Quatro Quetjos aoSugo. Feita de batata, recheada com queijos dos tipos mussarela, parmesao, gorgonzola, provolone e cheddar, a massa e coberta com molho ao sugo salpicado com folhas de manjericao. Em bandeja de 600 gramas, o produto vai direto ao forno convencional ou ao microondas e pode ser encontrado ao prego medio de R$ 7,00.0 mercado de pratos prontos vem apresentando crescimento mesmo em penodos de instabilidade. So no ano passado, o segmento aumentou 7,7% em volume. No ease dos pratos prontos a base de massa, o crescimento foi de 9,7%. Q Nhoque de Batata Recheado Presunto e Queijo traz para o consumidor mais uma nova opgao no segmento de massas congeladas. Produzido com batatas selecionadas, e recheado com presunto e queijo. Para servir, basta aquecer em agua fervente. 0 produto e apresentado em pacotes de 500 gramas e pode voltar ao freezer ou ao congelador, permitindo que a dona-de-casa utilize apenas a quantidade que necessita, sem desperdtcio. 0 prego medio e R$ 4,50. Sucesso na culinaria francesa, a Quiche de Queijo com Legumes Apreciatta e uma solugao pr^tica e requintada, para agradar ao paladar mais exigente. Preparada com mussarela, requeijao, gorgonzola, parmesao, brocolis, erviiha e cenoura, 6 apresentada em embalagem de 500 gramas, servindo ate seis pessoas. Vai ao forno conven-


Sdborosas

cional e eietrico por 50 minutos ou ate dourar. 0 prego recomendado e ate R$ 7,00. "Trata-se de uma extensao da linha de tortas, que chega ao mercado depois da excelente receptividade alcangada pela Quiche de Queijo, langada no ano passado", explica Eduardo Jakus, gerente de gmpo de novos produtos. 0 produto foi selecionado para fazer parte do cardapio da rede Pizza Hut. A embalagem da Quiche de Queijo com Legumes ja traz o novo visual criado para a linha Apreciatta, dentro de urn conceito mais clean, que da mais destaque a logomarca. Para o publico - cada vez mais ample - que valoriza a alimentagao balanceada, a novidade e a Mortadela de Peru Light & Elegant A linha Light 8i Elegant foi pioneira no emprego de baixo teor de sodio, urn dos principals agentes da hipertensao, e utiliza 40% menos gordura. "E mais uma opgao para manter a forma sem abrir mao do saber", diz Luciana Nicastri, gerente de grupo de produtos. A Mortadela de Peru Light & Elegant chega ao mercado em pegas de 1,5 quilo, com prego medio de R$ 5,50. Com prego mais acessivel frente a outros itens da categoria empanados "tipo nuggets" (R$ 2,70), as macias e saborcsas, ideats para o lanche, refeigoes rapidas e acompanhamentos. Ja vem empanadas e pre-fritas; para servir, basta retirar do freezer e aquecer. 0 produto e apresentado em embalagem de 300 gramas. Depois do sucesso do Steak Bovino e do Steak de Frango, a Familia Steak ganha reforgo com o Steak Calabresa. Como as anterinres. a nova versao e embalada indivldualmente, oferecendo, assim, economia e praticidade. Aberto pela Perdigao, mais uma vez pioneira, o segmento steak e o terceiro maior no mercado de carnes preparadas congeladas, apresentando um impressionante crescimento que acabou atraindo outros players.


o

I\/I ER CyCvDO

DOS

Produtos Exotim

Perdi^iofomeceuma infiniMede item que nkfazem parte da

papel celofane, ela e empanada com farinha bem fina e servida como entrada, muito bem-aceita pelos convidados. Nem todos esses produtos, descartados por aqui, sao usados na culinaria. Nos Estados Unidos, focinho suino, com um corte especial, transforma-se em IIOXIOM alimento para caes. Depois de passar porumprocessode

Poucos brasileiros imaginam que se possa comer crista de galo ou cartilagem de joelho de frango. Mas em varios paises essas e outras partes de aves e sumos nao consumidas por aqui fazem sucesso. Nacozinhaafrica-

na e haitiana, por exempio, sopas e caldos preparados com 0 espinhagoacoluna vertebral--2sas ou 0 ouvido interno dosuinosaoiguarias especiais. "Sempre empenhada em atender as necessidades de seus clientes, estejam onde estiverem, a Perdigao atendesobencomenda.deacordo com as

secagem, ele ganha a aparencia de bolacha, oferecida como premio aos animais. Cartilagens de peito de frango e traqueia de peru sao empregados como materia-prima por labora-

exigencies de cada um", diz torios farmaceuticos na Rogerio Moraes, gerente de Argentina. Deles seextrai exportagao para as Americas 0 sulfate de condroitin, e a Africa. utilizado na fabricagao de Encomendas tambem rnD*''"'* ^WCHf4 medicamentos para tratar chegam da China. Um dos artrite reumatica. Ja o panpratos mais requisitados da 'UBPOSf OHiy creas sumo e usado para cozinha local leva testiculos produzirinsulina. de frango e estomago, uteNessesmercados.flero e fundo sumo, que sao xibilidade e um elemento cozidos, temperados com vital-daio sucesso da Perslioyu, depois fatiados e digao. Um pedido de adapservidos frios, acompatagao no mmimo curioso cosnhando refeigoes. No Japao, a cartituma vir dos paises da costa lagem de joelho de oeste da Africa e do Haiti: profrango. empanada e dutos em caixas de 10 quilos, frita, costuma acompanhar bebidas. menores do que o padrao norOs japoneses tambem consomem a malmente adotado, de 12 a 15 quilos. E membrana do peito do frango, entre as que a venda 6 feita na rua, por vencostelas. De formate irregular- parecido dedores que levam as caixas na cabega com uma borboleta - e da espessura do ou em bicicletas. 12


Escolha

SduMvel

Chega em julho aos supermercados e, antes disso, ao segmento food serviced nova linha Escolha Saudavel, que passa agora a ter a maior parte de seus itens - brocoli, couve-flor, vagem, milho e seleta de legumes - produzida no Brasil. A substituigao dos importados foi feita apos longos estudos e testes realizados pela Perdigao para encontrar parceiros que oferecessem qualidade e operassem com grandes volumes de produgao. A escolhida foi a Ati-Gel, que atua no mercado de vegetais congelados desde 1987.0 acordo levou a um ampio projeto de ampliagao da fabrica, que aumentou sua equipe, elevou sua capacidade e ganhou equipamentos de ultima geragao. "Os investimentos possibilitaram aprimorar ainda mais nossa produgao", diz Pablo Palmer, da Ati-Gel. Com sede em Atibaia, proxima de Sao Paulo, a Ati-Gel opera com um sistema de integragao que mantem muita

afinidade com o sistema utilizado pela Perdigao na criagao de avas e sumos. Mais de 70% de seus produtores rurais estao concentrados num raio de ate 80 quilometros da fabrica, uma regiao que reune condigoes ideais - temperatura quente durante o dia, com muito sol, e frioanoite-paraocultivo. Antes de ser congelado, o produto passa por choque termico e e submetido a pre-cozimento para desativagao de enzimas para, em contato com a luz e o oxigenio, nao perder cores nem vitami-

PdrcerkcomdAti'Gd requipafihrica e

nas e outros nutrientes. Batata, croquete de batata, minicenoura e ervilha continuam sendo importados, mas esta ultima nao por muito tempo. Ja estao sendo feitos testes com cinco variedades desenvolvidas pela Embrapa e prdprias para congelamento, com produtores do sul de Minas Gerais, regiao com clima ideal para sua cultura.

AAti-Gelforneceaos PflODUTORES SEMENTES E OBlENTAfAOTtCNlCA 13


LJ

CD CDS OINI E

Rede

Emfresdupostum cMtqk deter poucaslojase atenderum publico qudifado

14

Cksse A

Einverno em Vitdria. Tempo dos gourmets degustarem um bom vinho acompanhado de iguarias preparadas por um especialista na arte da boa mesa. Ha quem prefira, cuidadosamente auxiliado por um sommelier, comprar uma garrafa de safra excepcional e, de quebra, levar uma sobremesa para casa. Essa combinagao de adega com restaurante e delicatessen nao fica em um bairro nobre da cidade ou em algum shopping center sofisticado. Ao contrario; a Wine Store e uma loja dentro de um supermercado de vizinhanga. A loja e um dos muitos servigos oferecidos pelos Supermercados Carone, rede com cinco unidades no Espirito Santo (tres em Vila Veiha e duas na capital). Fundada na decada de 1950 como um pequeno atacado, a rede partiu mais tarde para o varejo, mas somente nos ultimos quatro anos iniciou o processo de expansao. "A nova diregao tem uma visao ousada e empreendedora de mercado e investira em crescimento", revela Sergio Carone, diretor comercial da rede. Sergio e neto do libanes Nagib Resl< Carone, fundador da rede, que tinha como habito colocar sua cadeira na porta da loja e observar quem entrava. Quando alguem saia de maos vazias, ele rapidamente abordava a pessoa, perguntando o que procurava. Dias depois, o produto estava na loja e o cliente, que em tese havia side perdido, saia satisfeito. Ao lado de Sergio Carone, estao na diretoria seus irmaos Willian Jr. e Andreia e o pai, Willian Carone, presidente da rede. Os tempos mudaram, mas a

preocupagao com o atendimento ao cliente ficou como heranga do pioneiro Nagib. "Oferecemos um atendimento personalizado que o hipermercado nao pode dar. E nao ficamos devendo na variedade de produtos", ressalta Sergio. Publico quauficado Com caracteristicas de lojas de vizinhanga - de 2.000 a 5.000 metros quadrados e nao mais que 25 checkouts -, 0 Carone oferece um extenso mix de produtos, Sao 18.000 itens de marcas lideres, como a Perdigao. "A concorrencia no mercado capixaba e muito acirrada. Por isso nos dedicamos a atender quem procura qualidade, atendimento, servigo e prego


justo. Nossa filosofia nao e de pregos populares, mas, como trabalhamos com margens menores que a concorrencia, conseguimos ser bem competitivos", afirma Vanderlei Martins, gerente comercial da rede. 0 foco no cliente e a principal arma do Carone para enfrentar a concorrencia, formada predominantemente por pequenas redes locais. 0 proprio visual da rede ajuda a atrair o cliente qualificado. Modernas e confortaveis, todas as lojas tern estacionamento, esteiras rolantes e uma decoragao que privilegia a disposigao dos produtos. Nao raramente, um time de promotores pode ser visto entre as gondolas fazendo pesquisas para avaliar a satisfagao dos clientes.

RODADADEAVALUgOES "Os Supermercados Carone sao a rede que apresenta o melhor mix do produtos do estado. Por estar muito proxima do consumidor e ter a preocupagao constante de atender suas necessidades, a rede e bastante receptiva a langamentos, 0 que nao e comum na concorrencia", diz Paulo Roberto Daniel, gerente da filial Vitoria da Perdigao. Parceira da Perdigao desde que a empresa instalou sua filial de vendas no Espirito Santo, a rede Carone comerciaiiza toda a linha de produtos da marca, mas com uma atengao especial a congelados e industrializados. "0 interesse do Carone e crescer em produtos que apresentem diferenciais competitivos, como pratos prontos. Alem de conferir maior rentabilidade, eles reforgam nosso conceito de qualidade e estimulam mais as vendas", afirma o gerente comercial. Para estreitar ainda mais o relacionamento entre Perdigao e Carone, a filial de vendas tem promovido encontros trimestrais para avaliar o desempenho de cada linha de produto. Diretores, compradores e gerentes analisam os pontos fortes de cada familia de produto e tragam juntos estrategias para ampliar a venda de determinados itens. Com linguagem afinada e agilidade no atendimento, a Perdigao vem conseguindo ampliar sua participagao no mercado do Espirito Santo e, em especial, na rede Carone. Um levantamento mostrou que no primeiro trimestre deste ano as vendas de produtos industrializados e congelados aumentaram em torno de 43%.


r â&#x2013; *rm-rTTri

Fiiyn DO Grande Rio, lA! mercadodeISmilhoes

Projeto Novo Rio visa melhomroatendimento mclienteseamplidru pmicipa^k no mmdo 16

f^mrtTirmnnnnr

de Janeiro. Sua posigao e forte especialmente nos segmentos de industrializados e congelados, que lidera com 33,6% e 22,5% de participagao, respectivamente, segundo dados da Nielsen/2002. Mas a empresa quer reforgar sua presenga nesse mercado, com urn projeto batizado de Novo Rio, para buscar novas oportunidades de crescimento na regiao. 0 Grande Rio, que abrange Niterdi, Sao Gongalo, Baixada Fluminense - Duque de Caxias, Nova Iguagu, Sao Joao do Meriti e Nilopolis - e outras cidades, tem uma populagao de quase 13 milhoes.

"Com mais foco e vendedores com perfi! adequado a cada faixa de mercado, vai ser possivel estar mais perto do cliente", explica Eduardo Gomes, gerente da filial Rio. 0 atendimento por segmento tambem possibilitara intensificaras agoes nos pontos-de-venda. Para isso, a equipe de promotores esta sendo ampliada, assim como 0 quadro de vendas, que conta atualmente com cerca de 60 profissionais. A meta e, por meio de agoes conjuntas das areas de vendas, marketing e logistica, aumentar a carteira de clientes em cerca de 50% ate o final de 2004. A empresa tambem devera continuar

Visando melhorar ainda mais o atendimento, o projeto levou a uma reestruturagao da area comercial, que vai passar, a partir de julho, a se organlzar por canal de venda - varejo, atacado, foodserviceeXc.-enao mais por regiao.

mantendo uma participagao ativa na Bolsa de Generos Alimenticios do Rio de Janeiro, onde tradicionalmente registra volumes significativos de venda. Novas agoes estao programadas para uma segunda fase do Projeto Novo Rio.

Amarca Perdigao sempre ocupou uma posigao de destaque no Rio


LJSy^F=i

Soja

Desativadd

Esta previsto para o segundo semestre o inicio da construgao de uma unidade desativadora de soja, que sera instalada no complexo agroindustrialde Rio Verde (GO), A soja desativada sera utilizada na composigao da ragao de aves e sumos, substituindo em parte o farelo de soja e 0 milho. Estudos ccnfirmam que o precozimento e a desativagao de enzimas da soja tern grande importancia na melhoria da digestao e da palatibilidade. "Vai ser possivel obter melhor aproveitamento dos valores nutritivos e energeticos e, consequentemente, melhor desenvolvimento dos antmais", explica Nelson Vaz Hacklauer, diretor de desenvolvimento de negocios. Sem utilizar produtos nem reagoes quimicas, o processo nao produzira nenhum impacto ambiental. Apos o cozimento, os vapores de agua que se des-

prendem serao condensados, seguindo para uma torre de resfriamento, onde impurezas como terra e casca de soja vao passar por urn filtro. "Com esses cuidados, OS efluentes conterao apenas residues organicos, sem provocar nenhum dano", diz Hacklauer. 0 projeto, que tambem inctui uma unidade de micromoagem de soja desativada, sera implantado em etapas, tendo sua conclusao prevista para 2006. 0 excedente da produgao sera destinado as unidades industrials do Sul. Alem de possibilitar mais competitividade a Perdigao, a iniciativa tambem vai beneficiar a regiac. Quando todas as etapas do processo estiverem concluidas, serao criados 40 novos empregos diretos e mais 110 indiretos. Segundo as estimativas iniciais, a unidade devera geraranualmente cerca de R$ 13 milhoes em ICMS.

Projeto conta com upoio do pemo do

teSOGAfiANM NOVOS GANHOSDECOtfEHIMDADE A Perdigao 17


Perdigao esta marcas

entre as

mais valiosas

A Perdigao esta entre as marcas mais valiosas do Brasil. E 0 que mostra urn estudo que acaba de ser concluido pela Interbrand, a mais renomada consultoria especializada nessa area. Foram auditadas as 80 maiores companhias brasileiras de capital aberto, que tiveram avaliados os seus indicadores financeiros, como vendas, rentabilidade, liquidez e nivel de endividamento, e de marketing (tamanho do mercado e participagao da empresa, entre outros itens). Da soma de pontos, e excluido o risco e feita, enfim, a classificagao. 0 resultado revela quanto as marcas representam efetivamente para os seus acionistas. "A marca e o ativo mais importante de uma companhia e o que mais expressa sua forga e sua capacidade de adaptagao ao cenario economico", afirma Alfredo Alves de Lima, presideme da Interbrand no Brasil. Estreando na lista, a Perdigao aparece entre as 12 primeiras. 0 valor estimado pela pesquisa para a marca e US$ 100 milhoes.

Novo

parceiro em Videira

0 primeiro frigorifico terceirizado para atender a Perdigao esta entrando em operagao em Videira |SC|. Iniciativa da Sagrinco Agroindustrial, o empreendimento exigiu investimento da ordem de R$ 3 milhoes e, numa primeira etapa, vai gerar 30 empregos diretos. 0 frigorifico esta equipado para 0 abate de suinos de maior peso, mas pode ser adaptado, com facilidade, para abater qualquer tipo de sumo. A empresa vai entregar ^ Perdigao carcagas congeladas e cortes resfriados. Os sumos vem de produtores integrados da Perdigao e. depois de passar por triagem, seguem para abate, resfriamento, corte e empacotamento, adotando, em todo o processo, cuidados com seguranga alimentar, que, alem do SIF - Servigo de Inspegao Animal, sao monitorados pela Perdigao. Os funcionarios que irao trabalhar diretamente no abate tambem foram treina-

18

dos pela Perdigao. Por exigencia da empresa, o frigorifico se orienta por procedimentos de gestao ambiental para evitar danos a natureza. Ex-prefeito de Videira, Gabriel Bogoni, um dos quatro s6cios no empreendimento, esta animado com 0 projeto. "Parceria com a Perdigao e sucesso garantido", diz.


Mais energia

para Santa

A nova linha de transmissao de energia eletrica, que liga as subestagoes de Herva! D'Oeste e Capinzal, ja esta em pleno funcionamento. Parceria com a Celesc, companhia de energia do estado, a obra exigiu investimentos da ordem de R$ 5,1 milhoes, que foram bancados peta Perdigao. 0 retorno se dara em descontos nas faturas de energia, ate o correspondente a 34% dos investimentos. A nova linha beneficia cerca de 50.000 habitantes do meio-oeste catarinense. Dividida em dais trechos, tem 21 quilometros de extensao em circuito dupio e mais 5 em circuito simples, estes instalados exclusivamente para atender a unidade da Perdigao em Capinzal, que ganhou uma nova subestagao, garantindo uniformidade de tensao e evitando interrupgoes no sistema.

Serafina

Correa

esta em festa

Catarina

SUBESTACAO DE OlNZAL EVUARAINTERROPCOES NO SISTEMA

Produ9ao

de

ragdes e terceirizada Construida para atender a Perdigao, a nova fabrica de ragoes da Cooperativa Agropecuaria Castrolanda, instalada em Pirai do Sul (PR), proxima da unidade de Carambei, ja esta em operagao. A unidade, uma das mais modernas do pais, custou R$ 12 milhoes e deve produzir 15.000 toneladas mensais

Serafina Correa (RS), sede de uma das unidades industrials da Perdigao, comemora seus 43 anos em julho, em clima de festa. As comemoragoes vao incluir desfiles e eventos gastronomicos lembrando a cozinha italiana - a cidade conserve bem vivo o dialeto veneto de seus primeiros habitantes um festival de massas e uma feira de produtos regionais, com participagao da Perdigao. "A empresa tem por tradigao contribuir para as festas da comunidade e a deste ano com certeza ser^ um sucesso novamente", diz Altemir Sampaio, gerente industrial da unidade.

de ragao, podendo chegar a 20.000 toneladas/mes em 2004, com possibilidade de duplicagao no futuro. Ao terceirizar atividades que nao sac o foco de seu negdcio, como a produgao de ragoes, a Perdigao direciona seus esforgos para questoes estrategicas, como desenvolvimento de novos produtos e tecnologias, pesquisas e qualidade.

19


O segredo da Perdigao esta em voce. Porque todos OS nossos produtos sao feitos com o que ha de melhor

Como a tarde de sol em que voce descobre que so precisa estar de pe descal^o para ser feliz, por exemplo.

Perdigao. O nosso maior segredo e voce


Revista BRF Edição 40  

Carga pesada o longo caminho para levar ao consumidor produtos de qualidade

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you