Page 1

6.000 OLHARES SOBRE A DEFESA AGROPECUÁRIA


Defesa Agropecuária Idoneidade dos insumos e serviços Manutenção ou melhoria do status zoofitossanitário Qualidade e identidade do produto agropecuário

PRODUTO SEGURO, ACESSO A MERCADOS


InovaDefesa • • • •

CT-Agro CNPq UFV Parcerias: decisivas

• • • •

Início: Junho de 2008 Fase 1: até Maio de 2011 Fase 2: até Maio de 2012 (sem suplementação de recursos) Fase 3: até Maio 2013 (com suplementação de recursos)


Desafio

Setor privado

• Aproximar a academia e a pesquisa do tema, de maneira a atingir com maior eficácia às demandas dos órgãos regulatórios e do setor privado


Ações Projeto InovaDefesa • Capacitar – Mestrados Profissionais – Cursos de Curta Duração

• Induzir Inovação Tecnológica – Encontros de Inovação

• Indução de visão estratégica: ameaças zoofitossanitárias • Articular – Conferências sobre Defesa Agropecuária – Rede de Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária


2008

2009

Lançamento da RITDA

Mapeamento de Tecnologias e Competências

2010

Webdelphi: Visão de futuro sobre Defesa Agropecuária

Mapeamento de demandas

2011 Análise agendas estratégicas

II Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária

7 Encontros de Inovação

Quatro cursos de curta duração

Três cursos de curta duração

Curso internacional

Fundação da SBDA

Livro: Defesa Agropecuária: Tecnologias e Competências

Início turmas MP em Defesa Agropecuária na UFRB

Diretório de Workshop Expertise em CPLP Defesa Agropecuária

2 Encontros de Inovação

Início MP em Defesa Sanitária Vegetal na UFV

Capacitação (Curta duração)

Aproximação de agentes do sistema

Visão estratégica Inovação tecnológica

Capacitação (MP)


TI no Projeto InovaDefesa 1. 2. 3. 4.

Diagnóstico: Levantamento de Demandas RITDA Encontros de Inovação InovaDefesaMG


1. Mapeamento de demandas •72 lideranças do Agronegócio •Entrevistas estruturadas •7 perguntas, entre elas: “Que tecnologias são desejáveis para mitigar os gargalos no sistema brasileiro de Defesa Agropecuária?” •Análise do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC)


DSC – Órgãos de Defesa • Falta de informatização um ponto fraco • Necessário que informações cheguem em tempo real par tomada de decisão • São necessárias tecnologias para processar e transmitir informação


DSC – Setor Privado • “TI é o nome do jogo” (Emílio Salani, Sindan) • Demanda por um sistema integrando MAPA e outros órgãos (estaduais e municipais) • Sistema de inteligência gerencial • Mobilidade • Colocar o mundo em rede • Acesso a informações • Georreferenciamento


2. RITDA • Surgiu das necessidades de se agregar massa crítica e de dar maior visibilidade às ações de Defesa Agropecuária


04/2009 Início RITDA

06/2008 Início do InovaDefesa

09/2009 1.000 Membros

02/2010 2.000 Membros

02/2010 Observatório Web

06/2010 3.000 Membros

12/2010 4.000 Membros

07/2011 5.000 Membros

05/2010 Pesquisa de perfil de usuário Todas as UFs 31%: 45-55 anos 99%: ensino superior completo 50%: pós graduação 84%: acesso diário à internet 60% dos acessos no local de trabalho

09/2011 Integração Facebook

08/2010 Fundação SBDA

05/2012


Diferenciais • • • • • •

Perfil de usuário Abrangência nacional Conteúdo específico Diretório de Tecnologias e Expertise Cursos online Transmissão de eventos ao vivo


Mas... • As pessoas conversam? • Há intercâmbio de informação? • As informações propagam na rede?


Wagner Meira (ICEX/UFMG)


Wagner Meira (ICEX/UFMG)


Wagner Meira (ICEX/UFMG)


O futuro: Desafio 1 โ€ข Perenizar: Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuรกria (apรณs maio 2012)


O futuro: Desafio 2 • Garantir o conteúdo: assinatura certificada digitalmente – Mapeamento de eventos de interesse zoofitossanitário


O futuro: Desafio 3 • Oferecer facilidade: aplicativos – Diretório de tecnologias e competências – Glossário


O futuro: Desafio 4 • Mobilidade


O futuro: Desafio 5 • Internacionalizar: integrar com CPLP – Transferência de tecnologia e expertise


3. Encontros de Inovação • Metodologia do Sistema Mineiro de Inovação – SIMI • Encontros entre ofertantes e demandantes • TI foi tema de dois encontros: – Inovatec 2010 – SBIAgro 2011


3. Encontros de Inovação • Possibilitam a troca de experiências entre pesquisadores • Possibilitam o estabelecimento de parcerias entre instituições – Caso IMA


4. InovaDefesaMG • Coord.: Altino Rodrigues Neto (IMA) • Recursos Sectes/Fapemig • Projeto estruturador do IMA para gerar um sistema com as seguintes características: – Visão sistêmica (processos otimizados) – Mobilidade – Alinhado à Lei 12.527/2011


Conclusão • Em resposta a demandas identificadas pelo setor público e pelo setor privado, o Projeto InovaDefesa vem induzindo melhorias no sistema brasileiro de Defesa Agropecuária através de ações na área de TI • Objetivo deste workshop: conhecer tecnologias inovadoras e alinhar esforços em prol do sistema de Defesa Agropecuária


SORRIA, VC ESTÁ NA TV RIT DA! BOM WORKSHOP!

Palestra RITDA  

Palestra prof. Evaldo Vilela (UFV) sobre o projeto Inovação Tecnológica para Defesa Agropecuária

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you