Page 1

bandas de brasília

>

por cristiano bastos

que você precisa conhecer Saiba quem são e o que tocam os principais grupos da cena musical brasiliense

cena musical de Brasília vai bem, obrigado. A cidade deixou de ser apenas a “capital do rock” para tornar-se berço de todas as vertentes possíveis. No começo dos anos 1980, como não existia mercado de música “jovem”, a única opção que as bandas iniciantes tinham era fazer “seu próprio som” – sem se preocupar com as consequências. Foi por conta disso que bandas como Plebe Rude, e a estreante Legião Urbana (em seu primeiro show) foram presos em Patos de Minas (MG), em 1982. Motivo: o “desacato” das letras. “Era a urgência de nossa geração que nos movia. Todas as bandas da época, nem se quisessem, poderiam se vender. Não havia quem fosse pagar. Mas, depois do sucesso do Rock in Rio e da explosão da Blitz com “Você Não Soube me Amar”, o rock virou commodity. E o resto é história”, diz o guitarrista da Plebe Rude, Philippe Seabra. O músico Beto Só – cujo novo álbum (seu terceiro), produzido por Seabra e lançado pelo selo Senhor F Discos, é uma trilogia, que ele chama de “trilogia do otimismo” – acha a cena de Brasília mais “desencanada”. Observa que muita gente da cidade tem a música como atividade paralela a outro trabalho. “Li no Correio Braziliense que a Fernanda, da banda Lucy and

the Popsonics, não pensa em se mudar daqui, que aqui estão o trabalho, os gatos e a casa dela. É isso”. Para Beto, eles foram lá, tocaram no país, no exterior e viram que não era a deles ficar na estrada de van, esperando um sucessão que, sejamos francos, dificilmente chegará. Essa postura mais relax das bandas de Brasília, segundo Beto, poderá garantir artistas mais longevos, que vão lançar seus álbuns despretensiosamente – o que pode resultar em música boa, legal, criativa, que leve, inclusive, a uma nova cena. Conheça 10 bandas brasilienses que têm potencial, talento e carisma para renovar a sonoridade pop do centro-oeste.


WATSON Desde os tempos em que se chamava "Watson e o Progresso da Ciência", a atual Watson é ‘velha’ conhecida da cena brasiliense. São oito anos WATSON de vida. O primeiro disco, que leva o Desde tempos em queem se maio chamava "Watson e o nome doosgrupo, foi lançado Progresso a atual Watson é ‘velha’ copelo SenhordaF Ciência", Discos e traz o rock nhecida da cena São oito anos de vida. contemporâneo dobrasiliense. grupo em ótima O primeiro Gravada disco, que leva oAlenome do grupo, foi performance. em Porto lançado em maio pelo Senhor Discos e traz o rock gre, a esmerada produção é dosFircontemporâneo do grupo em(que ótima performance. mãos Gustavo e Thomas Dreher Gravada em PortoBidê Alegre, a esmerada produção é também trabalham ou Balde e dos irmãos Gustavo e Thomas Dreher (que também Júpiter Maçã). trabalham Bidê ou Balde e Júpiter Maçã).

SUPER STEREO SURF A Super Stereo Surf apareceu momentos antes de dezenas de grupos instrumentais embarcarem na onda da surf music. Surfando nas ondas antes navegadas pelos californianos Beach Boys, em 2009 a banda gravou Antes do Baile, seu primeiro disco. Em Brasília abriram para CJ Ramone.

TIRO WILLIAMS Reunidos há três anos, os integrantes do Tiro Williams juntaram-se após o guitarrista Eduardo "Bola" Oliveira ter assistido a um show dos gaúchos da Superguidis em Brasília. Eles, que definem seu estilo como "rock noventista", ficaram um ano tocando juntos até chegarem à sua “sonoridade própria”. Em 2009, o que deveria ser apenas a sessão de gravação de um EP se transformou num álbum com dez músicas. O disco laçou a crítica e cavou brecha para shows do Tiro Williams em outras capitais.

LUCY AND THE POPSONICS A grande novidade da Lucy and the Popsonics é que, em 2010, deixaram de ser duo para virar "power trio". Além de Fernanda e Pil Popsonic, a banda, que é uma das mais ativas da Capital Federal, agora tem um baterista, Beto Cavani. A função era antes desempenhada pela eletrônica "Lucy". Produzido por John Ullhôa (Pato Fu), o próximo álbum ganhou o cinematográfico título de Fred Astaire.

THE PRO Nos últimos dois anos, a The Pro tem atraído olhares e captado ouvidos com sua batida dance rock. O começo da banda, em 2005, foi mais roqueiro. A atual busca é pelas nuances eletrônicas. Em Brasília, abriram o show do Franz Ferdinand. A música "Alfama" é semi-hit nas emissoras de rádio locais. A The Pro lançou três Ep's: o último chama-se "Cowbell Edition" e está gravando seu primeiro CD, além de ser finalista do festival Never Hide In Concert, patrocinado pela RayBan.

GALINHA PRETA Lançado este ano, Ajuda Nós Aê! é o quarto disco da punk Galinha Preta. Propositalmente tosco, o som é inclinado para o grindcore – uma mistura de estilos essencialmente barulhentos e radicais – com bases eletrônicas. O vocalista Ricardo Gonzales, o popular e inquieto "Frango" é um dos técnicos de som mais requisitados da cidade. Os shows da Galinha Preta sempre são muito elogiados e a impagável estampa de seu frontman muitas vezes rouba a cena e arranca gargalhadas do público.


bandas de brasília

50

par k s h o p p i n g

SUPERQUADRA O ano de 2002 marcou o aparecimento de muitas bandas em Brasília. A Superquadra, que aposta em letras de temática urbana e nos dissabores do amor, apareceu nessa leva. Embora o rock eletrônico da banda ainda não tenha conquistado muito espaço, tem um público já cativo e fiel. Seu álbum de estreia, Minimalismo Tropicalista, foi lançado em 2006.

judas Criada em 2009, a banda Judas é formada por músicos de diferentes influências e procedências. O polêmico nome explora a dicotomia entre o Judas Bíblico e o recém-descoberto Judas redimido do evangelho apócrifo. Apesar de seus quatro meses de vida, foram mencionados como grande promessa numa matéria publicada no jornal Correio Braziliense por conta da proposta musical “hard roça”. Ou seja, define o letrista Adalberto, música sertaneja (caipira e autêntica) com a pegada do rock.

SUÍTE SUPER LUXO Em 2004, a Suíte Super Luxo lançou seu primogênito e elogiado disco, El Toro!. Ainda em 2010, a banda pretende editar um single do novo álbum, o qual será lançado numa parceria entre os selos Rolla Pedra, Senhor F e Estúdio Orbis. "Será apenas um aperitivo do que está por vir", revela o guitarrista Lucq Albano. Com somente um disco, a Suíte Super Luxo é uma das bandas mais aclamadas de Brasília.

BETO SÓ Beto Só pode não ser o artista brasiliense mais popular, porém, com certeza é o mais respeitado. Em 2005, o cantor e compositor debutou com o álbum Lançando Sinais, que foi sucedido por Dias Mais Tranquilos – ambos produzidos por Philippe Seabra (Superguidis). O terceiro disco, que está para sair ainda neste ano, tem nome: Ferro-Velho de Boas Intenções.

10 bandas que você precisa conhecer  

Saiba quem são e o que tocam os principais grupos da cena musical brasiliense. Revista Park Shopping.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you