Page 1

Automóvel Antigo organizou Passeio de Carnaval O Clube do Automóvel Antigo e Clássico de Famalicão organizou na passada segunda e terça-feira um Passeio de Carnaval até Castro Laboreiro. No passeio participaram cerca de 20 carros antigos que estiveram também em exposição no parque de estacionamento da Bricoonda durante o dia de segunda-feira. A iniciativa contou também com muita animação carnavalesca, de forma a marcar a passagem das festividades relativas ao Carnaval.

Em causa estão valores em dívida pelos clubes

A Associação de Futebol de Braga ameaça de suspensão 49 clubes, segundo informações colocadas no site oficial do organismo minhoto. Em causa estão dívidas participadas pelos serviços administrativos, tendo o Conselho de Disciplina decidido ameaçar com a pena de suspensão, caso os clubes não cumpram com essas obrigações. Dessa lista fazem parte dez clubes do concelho de Famalicão. Entre os clubes mencionados pela AF Braga estão ACRS Ribeirão, Esmeriz, Gondifelos, Ninense, Delães, Lagense, Mouquim, Ruivanense, Cabeçudense e Vitória. Destes, Ruivanense Atlético Clube e Associação Desportiva Juventude de Mouquim já desmentiram que tenham qualquer valor em dívida para com a Associação, tendo feito chegar às redacções comunicados a desmentir a veracidade da informação. Joaquim Macedo, presidente do Ruivanense, diz mesmo que o clube de Ruivães tem dinheiro a receber e não a pagar. “Conferindo o deve e o haver, o Ruivanense é um clube com as contas em dia e trata-se apenas de uma

falta de comunicação entre os serviços da AF Braga”, aponta, acrescentando que “a ameaça de suspensão não é para este clube”. O clube famalicense tem, segundo o presidente, valores a receber do policiamento, seguro de balizas e de um protesto ganho ao Leões das Enguardas. Já Mário Rui, presidente da Juventude de Mouquim, diz tratar-se de uma confusão com o nome do clube em dívida, podendo ler-se no comunicado que “a situação de tesouraria junto da AF Braga ou de qualquer outro fornecedor está em dia”. “A notícia não corresponde à verdade e foi uma lista divulgada pela AF Braga em que foi feita uma confusão com outro clube porque sempre fomos cumpridores”, acrescenta ainda o presidente. Neste caso tratase por isso de uma troca de designações entre clubes. Entretanto, todos os clubes que constam da lista divulgada pela AF Braga foram notificados por escrito e terão até amanhã, quinta-feira, para regularizar os valores em falta com a associação.

FC Famalicão surpreendido em casa pelo Fafe GD Natação foi o clube mais medalhado no regional de infantis

FAC bate Leça FC na Taça de Portugal de bilhar

B.M. pub.

Carlos Alberto

AF Braga ameaça com suspensão


26

sport: 17 de Fevereiro de 2010

futebol

Lousada aproximou-se do Ribeirão após vitória por 1- 0

Nulo em Infesta acaba por servir interesses joanenses

Exibição pálida deu em desaire 1-0 Estádio Municipal de Lousada Árbitro: Ricardo Lourenço (Portalegre) Auxiliares: André Cunha e Eurico Vilela

AD Lousada GD Ribeirão Miguel Ricardo Jorge Penela Simão Coutinho Ginho Luís Manuel Miguel Moreira (82’ Sérgio Gameiro) Rita Bakero (69’ Fininho) Binho Nelson Campos (90’ Diogo Lamelas)

César Hugo Pina João Faria Gel Renato Pedro Caravana Paulo Rola (59’ Adriano) Nivaldo Abílio (45’ Bruno Filipe) Augusto (45’ Diego) Tiago Silva

Treinadores António Carvalho

José Lemos

Golos: 29’ Penela (1-0) C artõ es Amarelos: 49’ Simão Coutinho; 63’ Ricardo Jorge; 76’ Penela; 83’ Luís Manuel; 94’ Hugo Pina. C artõ es Vermelho s: Não houve.

Aristides Ferreira Na deslocação a Lousada, o Ribeirão interrompeu uma série de empates, averbando mais uma derrota, numa exibição pálida. Ao longo de toda a partida os comandados de José Lemos nunca conseguiram criar desequilíbrios na área contrária e com um golo solitário, marcado por Penela na transformação de um canto aos 29 minutos, o Lousada carimbou os três pontos, colocando o Ribeirão numa situação preocupante na tabela classificativa. Foi o Ribeirão a criar a primeira situação de perigo de bola parada. Pedro Caravana, na transformação de um livre, obrigou o guarda-redes

contrário a mostrar serviço, mas os donos da casa iam pegar no jogo e a primeira situação de verdadeiro perigo aconteceu aos 17 minutos. Paulo Rola perde a bola em zona proibida e o Lousada ficou muito perto do golo. Valeu Hugo Pina a desviar para canto. O espectáculo não era atractivo e o Lousada volta a acercar-se com perigo das redes de César. Aos 25 minutos outra vez Paulo Rôla a falhar e Nelson Campos a rematar e César a desviar para a barra. Na recarga foi o estreante Augusto a tirar em cima da linha de golo. Estava dado o aviso à navegação. Em cima do minuto 29, depois da marcação de um canto na direita do ataque do Lousada, Penela aparece solto e cabeceia na área do Ribeirão, carimbando o passaporte para a vitória. Até ao intervalo o Ribeirão ainda tentou dar a volta ao marcador, mas faltou velocidade ao seu futebol e nunca conseguiu criar desequilíbrios na área contrária. Ao intervalo José Lemos mexeu na sua equipa, tirando Abílio e Augusto, colocando em jogo Bruno Filipe e o estreante Diego. Embora o Ribeirão aparecesse com mais frequência na área

II DI VI SÃO Zona Norte R E S U LTA D O S

Espinho, 2; Lourosa, 2 Moreirense, 1; Padroense, 0 Paredes, 3; Merelinense, 0 Tirsense (FOLGA)

A. Lordelo, 2; Vizela, 0 Lousada, 1; Ribeirão, 0 Boavista, 3; Vieira, 0 Vianense, 2; Gondomar, 1

PRÓXIMA JORNADA Padroense - Lourosa Merelinense - Moreirense Tirsense - Paredes Vizela - Valdevez

Ribeirão - A. Lordelo Vieira - Lousada Gondomar - Boavista Vianense - Espinho

Joane alcança um empate tremido

adversária o Lousada ia controlando a partida. Os lances da segunda parte pertenceram ao Ribeirão. Aos 50 minutos, de livre, Caravana colocou a bola na área, mas João Faria rematou à figura. Aos 60 minutos foi Bruno Filipe a rematar de longe para o Miguel defender à vontade e dez minutos depois, novamente de bola parada, Adriano rematou em jeito, mas a bola passou por cima da baliza. Já para além dos 90 minutos, Bruno Filipe rematou e a bola bateu na mão de um defesa do Lousada, mas o árbitro considerou bola na mão. Os ribeirenses protestaram bastante este lance, com o árbitro de Portalegre a mandar seguir. No cômputo geral, a vitória assenta bem ao Lousada porque foi mais equipa que o Ribeirão que terá que ter outra postura se não quiser passar dificuldades no que resta do campeonato. O árbitro Ricardo Lourenço, de Portalegre, esteve bem ao longo do jogo, ficando o senão de já nos descontos ter ficado por assinalar uma grande penalidade que poderia ter influência no resultado final.

0-0 Parque Moreira Marques (Infesta) Árbitro: Pedro Oliveira (Aveiro) Auxiliares: Vítor Almeida e Pedro Pinho

FC Infesta GD Joane Bruno Nuno Rui Jorge Vila Vicente (85’ Laranjeira) Paulinho Serge (80’ Pereira) Pedro Nuno Júlio Vitinha Corina

Treinadores Manuel António

Paulo Rafael

Golo s: Não houve. Cartões Amare los: 30’ Álvaro; 72’ Gil; 77’ Vicente; 92’ Pereira. Cartões Vermelho s: Não houve.

CLASSIFICAÇÃO

1. Moreirense 2. Gondomar 3. Vizela 4. Tirsense 5. Espinho 6. Vianense 7. A. Lordelo 8. Paredes 9. Padroense 10. Ribeirão 11. Merelinense 12. Lourosa 13. Lousada 14. Boavista 15. Vieira 16. Valdevez

J

V

E

D

F

C

P

18 14 2 19 11 4 19 9 7 18 9 4 19 7 6 19 7 4 19 7 3 18 6 5 18 7 2 19 4 10 18 5 6 18 5 6 18 6 3 18 4 7 19 4 5 13 2 2

2 4 3 5 6 8 9 7 9 5 7 7 9 7 10 9

31 31 30 27 28 23 15 20 19 20 17 18 19 18 16 11

9 19 14 18 25 28 14 21 29 22 19 24 25 22 26 28

44 37 34 31 27 25 24 23 23 22 21 21 21 19 17 8

José Carlos Fernandes

Carlos Alberto

Lagense sobe ao terceiro lugar O Grupo Desportivo Lagense venceu no passado fim-de-semana na recepção ao Rendufinho, por 1-0, na 17ª jornada do campeonato, e subiu ao terceiro lugar da classificação na série C da 2ª divisão distrital. A equipa famalicense bateu o último classificado do campeonato e está mais próximo do segundo, o Vitória de Brito, que nesta ronda empatou sem golos na recepção ao Doniense.

Sérgio Batista André Laureta (65’ Hélder) Miguel Lemos (82’ Roberto) Carneiro Carlos Manuel Sócrates Álvaro (50’ Marquinho) Hélder Gil

Momento do jogo entre Lagense e Rendufinho

No jogo em Infesta, o Joane encontrou imensas dificuldades. Empatou a zero, mas em muitos períodos do jogo a sorte esteve do lado joanense. A vitória servia mais a equipa da casa e o Joane apostou mais em não perder, uma vez que todos os pontos são úteis para alcançar os objectivos no campeonato. Apesar de estar longe dos seis primeiros lugares, o Infesta fez deste jogo uma rampa de lançamento para conseguir subir na classificação. Com sistemas tácticos idênticos, foi a equipa da casa que entrou melhor. O Joane só no segundo período conseguiu acompanhar o ritmo do Infesta. Logo aos seis minutos, Nuno, de longe, obrigou Sérgio a excelente defesa. Os joanenses não conseguiam chegar à baliza adversária. O domínio pertencia aos comandados de Manuel António. Verdade é que perigo só voltou a surgir aos 41 minutos. Corina tinha tudo para marcar, mas uma vez mais Sérgio evitou o golo. Durante a primeira parte, o Joane foi uma equipa inofensiva e conseguiu o primeiro

canto só aos 37 minutos, não tendo qualquer remate à baliza contrária. Na segunda parte, apesar do domínio continuar a pertencer ao Infesta, os joanenses conseguiram em alguns períodos de jogo ter alguma superioridade. Mas as melhores oportunidades voltaram a ser do Infesta. Logo no primeiro minuto, a bola andou quase a queimar a linha de golo, depois houve corte da defensiva joanense e foi talvez a melhor oportunidade de todo o jogo. O Infesta foi sempre uma equipa arrojada, na busca do golo. Paulo Rafael sentia isso mesmo e na defensiva Laureta, com pouco ritmo de jogo, foi substituído por Hélder. Colocou muita gente na frente, mas sem descurar a defesa, e Carneiro recuou no relvado. Estávamos numa fase em que o futebol estava mais repartido. O Joane voltou a criar perigo na baliza contrária, uma vez mais Marquinho na jogada. A resposta do Infesta aparecia de livre e Paulinho rematou ao lado. Aos 28 minutos, Marquinho, de cabeça, rematou a escassos centímetros do poste direita da baliza de Bruno. Foi o melhor que o Joane conseguiu na partida, três lances de perigo, todos com o carimbo de Marquinho. O Infesta, aos 33 e 40 minutos, voltou a criar muito perigo na baliza de Sérgio. Só muito tarde é que o técnico caseiro refrescou a equipa, tentou o tudo por tudo, sem conseguir os intentos. Algumas vezes esteve bem a defensiva do Joane, principalmente Sérgio, outras vezes por azar e inoperância dos avançados caseiros. Paulo Rafael, a poucos minutos do fim, refrescou o meio campo, com a entrada de Roberto para o lugar de Miguel Lemos. Uma alteração que teve apenas o intuito de segurar o empate. Empate que de facto surgiu, acabando por ser um resultado positivo, mas de facto alcançado com alguma dose de felicidade. O Joane apesar de tudo alcançou um resultado positivo, num terreno difícil, ficando agora na terceira posição com a parceria do Fafe. Arbitragem de bom nível. pub.


sport: 17 de Fevereiro de 2010 27

futebol

Primeira derrota de Artur Jorge em casa

Deslocação a Rebordosa resultou em derrota por 2-1

Divisão de pontos seria mais justo

Resultado não traduz o que se passou

1-2 Estádio Municipal de Famalicão Árbitro : Jorge Oliveira (Braga) Auxiliares: João Moreira e Hugo Gonçalves

FC Famalicão AD Fafe André Zé d’Angola (45’ Diarra) Tó Gualter (45’ Tozé) Talocha César Marques Madior Rui Filipe Ruizinho (65’ Magalhães) Diop Bacari

2-0

Nuno Primo Zé Manel Bijou João Nogueira (77’ Josi) Cicero Mikael Miguel Veiga Vitor Hugo (54’ Ferrinho) Silvestre (90’ André) Xavi

Complexo Desportivo Azevido Árbitro: Nuno Cabral (Vila Real) Auxiliares: Marina Almeida e Márcio Teixeira

Rebordosa AC AD Oliveirense

Treinadores Agostinho Bento

Carlos Alberto

Artur Jorge

Golos: 17’ Diop (1-0); 28’ Xavi (1-1); 33’ Cícero (1-2). C artõ es Amarelo s: 16’ Zé Manel; 47’ Tozé; 51’ Primo; 58’ Bijou; 65’ Diop; 66’ Mickael; Ferrinho; 83’ Talocha. C artõ es Vermelho s: 94’ Cícero.

Cícero e Magalhães na disputa do esférico

José Clemente Numa tarde com bastante frio, o Estádio Municipal de Famalicão foi palco de um dos jogos grandes desta jornada. Frente a frente o Famalicão e o Fafe, duas equipas que lutam desesperadamente por conquistar um lugar nos seis primeiros lugares da tabela classificativa. Ao vencer, o Fafe deu um passo muito importante para conseguir esse objectivo enquanto o Famalicão terá agora nestas últimas quarto partidas que faltam para o final da primeira fase de pelo menos conseguir conquistar o maior número de pontos. Quanto ao jogo pode dizerse que o Famalicão entrou muito bem no jogo e logo aos sete minutos viu um golo ser mal anulado a Madior quando este de cabeça introduziu a bola na baliza de Nuno. O auxiliar levantou de pronto a bandeirola a dar indicação ao seu chefe de equipa de que o jogador famalicense estava deslocado. Quanto a nós uma decisão errada. O golo para o Famalicão iria aparecer na marcação de uma grande penalidade convertida por Diop. Esta era a melhor fase do Famalicão, só que com o golo mar-

cado os locais adormeceram e disso se aproveitaria o Fafe para chegar à igualdade. Foi na marcação de um canto e Xavi, liberto de adversários, aos 29 minutos, fez o golo para a equipa fafense. Não demoraria muito tempo e já Cícero, na marcação de um livre, fazia o segundo golo para a sua equipa. Um caso estranho, uma vez que a bola entrou e saiu da baliza já que a rede estava furada. Esta era naturalmente a melhor fase da equipa do Fafe que em seis minutos conseguiu dar a volta ao resultado. Para a segunda parte, Artur Jorge fez duas alterações, uma forçada, Gualter por Tozé, e a outra para dar maior consistência ao ataque. Zé d’Angola deu o seu lu-

III DI VI SÃO

Sé rie B

J

V

E

D

F

C

P

1. Amarante

18

8

8

2

26

18

32

2. Fafe

18

9

4

5

26

19

31

3. Joane

18

8

7

3

28

23

31

4. Vila Meã

18

8

5

5

26

20

29

Leça, 2; Amarante, 1

5. Oliveirense

18

9

2

7

27

22

29

Infesta, 0; Joane, 0

6. Leça

18

7

6

5

21

17

27

7. Famalicão

18

7

4

7

27

22

25

8. Torre Moncorvo

18

5

8

5

18

18

23

9. Rebordosa

18

5

6

7

25

29

21

10. Infesta

18

3

9

6

27

33

18

11. Serzedelo

18

5

2

11

21

29

17

12. Pedrouços

18

2

3

13

19

41

9

R E S U LTA D O S

Vila Meã, 1; Torre Moncorvo, 1 Famalicão, 1; Fafe, 2 Serzedelo, 3; Pedrouços, 1

Rebordosa, 2; Oliveirense, 1

PRÓXIMA JORNADA Joane - Vila Meã

Pedrouços - Rebordosa

Torre Moncorvo - Famalicão

Oliveirense - Leça

Fafe - Serzedelo

gar a Diarra. A partir daqui pensou-se que o Famalicão tinha tudo a seu favor para mudar o rumo dos acontecimentos. Puro engano, o Fafe defendeu e muito bem o resultado conquistado ainda durante a primeira parte e curiosamente ainda foi a equipa que teve a melhor oportunidade para voltar a marcar. Na marcação de um livre a bola embateu na barra da baliza de André Ferreira. O Famalicão dominou praticamente toda a segunda parte, só que isso não chega porque é preciso mais, pelo menos marcar. E é o que está a faltar aos atacantes famalicenses. O Fafe conquistou deste modo três importantes pontos na sua deslocação mais difícil deste campeonato.

Amarante - Infesta

CLASSIFICAÇÃO

Paulo Freitas Amado Silvério Joel (85’ João Gouveia) Kelly Romeu Torres Celso Fábio Pacheco Nini (60’ Marco Leal) Gustavo (73’ Pedro Oliveira) Mozer Carlos Barbosa

Pedro Freitas Luís Miguel China João Duarte Fifas Nuno Sousa (73’ Meira) Arturinho Ricardinho (64’ Tó) João Cruz João Paiva (64’ P. Moreira) Cafú

Treinadores António Remelgado

Golos : 60’ Nini (1-0); 70’ Joel (2-0); 91’ Arturinho (2-1). Cartões Amarelos: 18’ João Paiva; 40’ Gustavo; 41’ Nuno Sousa; 44’ Nini; 46’ Mozer; 61’ Marco Leal; 66’ Fábio Pacheco; 70’ Tó; 90’ Arturinho; 92’ Paulo Freitas. Cartões Vermelhos: 86’ Silvério.

Bruno Marques A derrota da Oliveirense em Rebordosa é injusta face àquilo que produziu a formação orientada por António Remelgado. Numa das melhores exibições fora de portas esta temporada, a equipa de Oliveira Santa Maria não conseguiu traduzir em golos o ascendente que teve sobre o adversário. O Rebordosa foi mais eficaz e feliz. Aos 12 minutos da primeira metade, os visitantes ficaram muito perto de inaugurar o marcador. Em jogada conduzida pelo lado esquerdo do ataque, João Cruz e Ricardinho apareceram em boa posição, com o primeiro a servir o segundo para um bom remate cruzado, que Paulo Freitas defendeu com dificuldades para canto. Seis minutos volvidos, canto para o Rebordosa no lado esquerdo e o árbitro a assinalar penálti para os da casa. João Paiva viu a cartolina amarela, faltando

saber qual a infracção que o árbitro descortinou. Nuno Cabral estava bem colocado e não teve dúvidas parar marcar o castigo máximo. Chamado a converter, Joel acertou na barra da baliza de Pedro Freitas. O jogo estava interessante de seguir, com as duas equipas preocupadas em praticar bom futebol e em chegar com perigo junto das duas balizas. Muito rematadores, os jogadores de ambos os conjuntos assustaram por diversas vezes os guarda-redes. Num desses remates, Nuno Sousa fez a bola passar muito perto do poste. A Oliveirense entrou muito bem na segunda parte, impondo um ritmo elevado e criando muitos calafrios ao último reduto do Rebordosa. Ricardinho foi o primeiro a ameaçar, sendo que Silvério, do lado dos visitados, também já tinha colocado à prova o guarda-redes. Aos 60 minutos, e contra a corrente de jogo, o Rebordosa inaugurou o marcador. Nini apareceu solto na área adversária e não deu hipótese a Pedro Freitas. Os visitantes não se desmotivaram e continuaram a tentar marcar, mas passados dez minutos a equipa da casa aumentou a vantagem. Tó carregou um adversário à entrada da área e na conversão do livre, descaído na esquerda, Joel fez o 2-0. O livre foi muito bem apontado e não deu hipótese de defesa ao guarda-redes dos famalicenses. Até ao final só deu Oliveirense, que empurrou o Rebordosa para a sua defensiva. Ainda assim esta não era a tarde dos famalicenses que tentaram de todas as formas reentrar na discussão do resultado, mas o melhor que conseguiram foi reduzir aos 91 minutos por intermédio de Arturinho, num grande golo. Quanto à arbitragem não teve uma tarde de acerto e ficou uma grande penalidade por marcar a favor da Oliveirense. pub.


28

sport: 17 de Fevereiro de 2010

distritais

Ninense regressou aos triunfos

PRÓXIMA

R E S U L TA D O S

AFB I DIVISÃO

Bairro, 3; Pedralva, 1 Pevidém, 1; Ruivanense, 2 Campe., 2; Maximinense, 1 StAdrião, 0; Tabuadelo, 0

CLASSIFICAÇÃO

J

PRÓXIMA

1. Celoricense 16 2. Pevidém 17 3. Polvoreira 17 4. L. Enguardas 17 5. Maximinense 17 6. Tabuadelo 17 7. Bairro 17 8. Campelos 17 9. Guilhofrei 17 10. Travassós 17 11. Ruivanense 17 12.Airão 17 13. Ponte 17 14. StAdrião 17 15. S. Paio 17 16. Pedralva 16 Ruivanense - Pedralva Maximinense - Pevidém Tabuadelo - Campelos S. Paio - StAdrião

V

C

P

2 5 49 22 4 4 35 24 3 6 26 22 8 3 22 15 7 4 27 19 7 4 27 20 7 4 21 15 9 3 32 16 5 6 28 23 5 7 20 26 1 10 20 33 6 6 19 21 8 6 19 20 7 7 19 26 6 10 9 24 3 14 13 60 Apúlia - Prado Martim - Silvares Torcatense - Pica Arões - Porto d'Ave

E

D

F

35 34 30 29 28 28 28 27 26 23 22 21 20 19 12 3

Série B

Polvoreira, 2; S. Paio, 0 Celoricense, 3; Ponte, 0 Travassós, 0; L. Enguardas, 0 Guilhofrei, 0;Airão, 4 E

D

F

C

CLASSIFICAÇÃO

J

V

P

11 3 2 30 11 36 11 2 4 48 19 35 11 2 4 34 17 35 8 4 5 20 23 28 7 4 6 18 17 25 6 5 6 19 21 23 5 7 5 19 18 22 6 4 7 21 21 22 6 4 7 23 31 22 4 9 4 20 19 21 6 3 8 23 25 21 3 10 4 20 18 19 4 7 6 22 24 19 4 6 7 15 21 18 2 5 10 17 37 11 1 5 10 17 44 8 Ponte - Polvoreira L. Enguardas - Celoricense Airão - Travassós Guilhofrei - Bairro

E

D

F

C

P

1. T. Bouro 16 13 2. Vila Chã 17 12 3. Palmeiras 17 11 4. Forjães 16 10 5. Ninense 17 9 6. Gerês 17 8 7. Soarense 17 9 8. Panoiense 17 7 9. Viatodos 17 7 10. Tadim 17 7 11. Ág. Álvelos 17 4 12. MARCA 17 4 13. Roriz 17 3 14. Laje 16 2 15. Merelim 16 2 16. Gondifelos 17 1 Gerês - Vila Chã Gondifelos - Viatodos MARCA - Forjães Roriz - Panoiense

2 1 42 12 41 2 3 24 10 38 4 2 36 12 37 5 1 31 12 35 5 3 19 14 32 3 6 26 19 27 0 8 28 27 27 5 5 30 29 26 4 6 24 23 25 2 8 21 22 23 5 8 23 28 17 3 10 21 35 15 1 13 18 32 10 3 11 15 31 9 3 11 12 34 9 3 13 11 41 6 Merelim - Laje Ág. Álvelos - Soarense Ninense - T. Bouro Tadim - Palmeiras

Cabreiros, 1; Carreira, 2 Antas, 2; Arentim, 2 Pousa, 0; Operário, 1 Arnoso, 0; Mouquim, 0

Granja, 5; Tebosa, 2 Gandra, 3; Sequeirense, 1 Necessid, 0; S. Veríssimo, 2 Lemenhe, 2; J. Belinho, 0

AFB II DIVISÃO

CLASSIFICAÇÃO

1. Pousa 2. Gandra 3. Cabreiros 4. S. Veríssimo 5. Carreira 6. Sequeirense 7. Operário 8. Mouquim 9. Necessidades 10. Arentim 11. Antas 12. Lemenhe 13. Granja 14. Arnoso 15. J. Belinho 16. Tebosa Arentim - Carreira Operário - Antas Mouquim - Pousa Tebosa - Arnoso

J

V

17 16 17 17 16 16 17 17 17 16 17 17 17 17 17 15

13 13 11 9 10 9 9 7 5 4 5 4 4 3 3 0

Série A

E

D

F

C

P

1 3 42 15 40 1 2 41 14 40 3 3 38 10 36 6 2 32 16 33 2 4 30 19 32 4 3 26 13 31 3 5 34 23 30 3 7 24 24 24 3 9 22 29 18 5 7 28 30 17 2 10 25 32 17 3 10 26 36 15 3 10 28 44 15 5 9 15 32 14 3 11 22 49 12 1 14 17 64 1 Sequeirense - Granja S. Veríssimo - Gandra J. Belinho - Necessidades Lemenhe - Cabreiros

Alberto Barbosa

AFB II DIVISÃO R E S U L TA D O S

V

Série A

Laje, 3; Roriz, 2 Soarense, 4; Merelim, 0 T. Bouro, 3; Ág. Álvelos, 0 Tadim, 0; Ninense, 1

Palmeiras, 2; Vila Chã, 0 Viatodos, 1; Gerês, 3 Forjães, 2; Gondifelos, 1 Panoiense, 4; MARCA, 2

Série C

SM Este, 6; Espinho, 2 Lagense, 1; Rendufinho, 0 Brito, 0; Doniense, 0 Guisande, 0; Longos, 1

CLASSIFICAÇÃO

J

SPArcos, 1; Figueiredo, 0 S. Cosme, 4; Delães, 0 Emilianos, 4; Briteiros, 0 Sobreposta, 1; Vitória, 1 V

E

D

F

C

1. S. Cosme 17 15 1 1 47 12 2. Brito 17 11 3 3 40 15 3. Lagense 16 10 3 3 29 19 4. SP Arcos 17 9 3 5 37 23 5. Figueiredo 17 8 5 4 18 12 6. SM Este 17 5 10 2 31 24 7. Doniense 16 6 6 4 25 18 8. Delães 17 7 2 8 34 32 9. Emilianos 17 6 4 7 22 15 10. Longos 16 6 3 7 28 28 11. Guisande 17 6 3 8 22 29 12. Sobreposta 16 5 1 10 15 42 13. Briteiros 15 4 3 8 16 25 14. Espinho 16 3 3 10 20 34 15. Vitória 15 2 1 12 11 34 16. Rendufinho 16 2 1 13 17 50 Rendufinho - Espinho Delães - SPArcos Doniense - Lagense Briteiros - S. Cosme Longos - Brito Vitória - Emilianos Figueiredo - Guisande Sobreposta - SM Este PRÓXIMA

J

1. Taipas 18 11 2. Esposende 18 10 3. Ronfe 18 9 4. Torcatense 18 7 5. Martim 18 7 6.Arões 18 7 7. Prado 18 7 8. Porto d'Ave 18 6 9. Vilaverdense 18 7 10.Apúlia 18 6 11. Pica 18 7 12. Águias Graça 17 5 13. Louro 18 4 14. Santa Eulália 18 4 15. Silvares 18 2 16. Cabeceirense 17 0 Cabeceirense - Santa Eulália Ronfe - Esposende Taipas - Vilaverdense Águias Graça - Louro

AFB I DIVISÃO

PRÓXIMA

CLASSIFICAÇÃO

Série 1

Santa Eulália, 2; Ronfe, 0 Esposende, 1; Taipas, 2 Vilaverdense, 4; Á. Graça, 0 Louro, 1;Apúlia, 1

R E S U L TA D O S

P. d'Ave, 8; Cabeceirense, 0 Prado, 2; Martim, 1 Silvares, 1; Torcatense, 3 Pica, 2;Arões, 1

PRÓXIMA

R E S U L TA D O S

AFB DIVISÃO HONRA

taque para o Ninense que voltou às vitórias (0-1 em Tadim). Na mesma séR E S U L TA D O S

Realizou-se mais uma jornada da 1ª divisão da AF Braga e na série A des-

rie, o Gondifelos já tem a despromoção no horizonte, já que após a derrota (2-1 em Forjães) é cada vez mais último. Quanto à série, o Ruivanense também desceu para a zona de despromoção após a derrota (2-1) no terreno do líder Pevidém. Quem aproveitou a visita do lanterna vermelha Pedralva foi o Bairro, que venceu (3-1), subindo ao sétimo posto da classificação. Em Tadim, foram muitos os ninenses que se deslocaram ao campo de jogos para apoiar a sua equipa. A primeira parte foi bem disputada por ambos os conjuntos, mas as oportunidades foram escassas também fruto de algum respeito mútuo entre ambas as equipas. Ainda assim, Joel e Cannigia dispuseram de duas oportunidades para desfazer o nulo que teimosamente chegou ao intervalo. No início da segunda parte, o técnico Canário promoveu a entrada de Luís Tiago, que se mostrou um pesadelo para a defesa bracarense, criando várias oportunidades para o Ninense se adiantar no marcador. Já nos instantes finais, após duas perdidas incríveis, Kaka desfere um golpe de cabeça que deixou pregado ao solo o guarda-redes local, dando os três pontos aos visitantes.

P

46 36 33 30 29 25 24 23 22 21 21 16 15 12 7 7

S. Cláudio triunfa em casa do líder

Na 6ª jornada da Taça Fundação Inatel, o S. Cláudio visitou e venceu o líder da prova, o Trandeiras, por 3-1, ficando apenas a um ponto do 1º lugar. O S. Cláudio dominou grande parte da partida, fazendo com que o resultado fosse mais uma vez escasso por tudo aquilo que se passou em campo. Aos 29 minutos, na marcação de um pontapé de canto, Luca assistiu Peneda que de fora da área colocou a bola por cima do guardaredes da casa, fazendo o primeiro golo. No minuto seguinte, e em mais um pontapé de canto, a equipa de Antas fez o 0-2 por intermédio de Diogo. Aos três minutos da segunda parte, o mesmo Diogo, aproveitando uma fífia da defesa contrária, ficou só em frente ao guarda-

redes e não teve dificuldade em fazer o 0-3. A partir daqui, o S. Cláudio teve inúmeras situações de contra-ataque que poderiam ter resultado em golo, mas a ineficácia ofensiva não o permitiu. Aos 65 minutos, o Trandeiras fez o seu golo, depois de um contra-ataque rápido pela direita, com um cruzamento para a esquerda onde estava um jogador que finalizou sem hipóteses para o guardaredes visitante. O S. Cláudio jogou com: Hélder, Ginho, Rui Faria, Maia, Salgado (Pedro), Peneda, Prego, Vítor (Hugo), Diogo (Miguel), Luca (Mix) e Couto (Bruno). No próximo sábado, às 15 horasm a equipa de Antas recebe no seu parque desportivo a equipa do Marrancos (Braga) para disputar a 7ª jornada.

S. Cosme 2- 0 Delães No passado domingo jogou-se mais uma jornada do distrital da 2ª divisão, com o Desportivo de S. Cosme a regressar às vitórias após ter batido o Delães por 4-0 em mais um dérbi concelhio. Foi um jogo que se tornou ingrato e infeliz para os homens comandados por Vítor Carvalho, treinador do pub

Delães, porque logo aos dois minutos de jogo já perdiam por 10, com um golo de Jorge Gonçalves. O remate foi de uma posição complicada e a bola entrou no ângulo superior direito e sem hipóteses de defesa para o guarda-redes. Aos sete minutos foi feito o 2-0, na conversão de uma grande penalidade.O Delães tentou superar o mau início e falta de sorte, mas o S. Cosme, mais motivado, conseguia jogar tranquilo. Aos 45 minutos da primeira parte, após falta sobre um defesa delaense, que o árbitro não assinalou, Gonçalves fez o terceiro tento, algo in-

justo para o que se estava a passar. Na segunda metade o Delães entrou mais motivado e criou mais dificuldades aos líderes do campeonato. Os visitantes conseguiram dominar completamente a segunda metade, enviando uma bola ao ferro e praticando bom futebol. Ainda assim, foi o S. Cosme quem ampliou a vantagem, já nos descontos, quando a defensiva visitante estava toda balanceada para o ataque. Resultado justo, mas com números elevados face ao bom futebol praticado pelo Delães. V.C.

Francisco Rodrigues triunfa nos 800 metros O atleta Francisco Rodrigues, do Grupo Recreativo e Associativo de Cruz (GRAC), esteve presente no passado sábado, dia 6 de Fevereiro, numa prova regional realizada no Palácio dos Desportos, em Braga, tendo garantido o triunfo na prova dos 800 metros. O atleta do GRAC conseguiu ainda garantir um novo recorde regional na distância.


sport: 17 de Fevereiro de 2010 29

modalidades/futebol

Equipa de Minis B de Voleibol do FAC

Esmoriz e Académica acabaram por ser normais nesta fase de preparação. Este foi mais um torneio de teste para o campeonato regional da modalidade (1ª volta a 25 de

Abril e 2ª volta a 16 de Maio), estando ainda agendados mais dois torneios amigáveis (Torneio Internacional de Esmoriz e Torneio de Páscoa do Frei Gil).

Jorge Lopes, do FAC

O jogador de bilhar do FAC, Jorge Lopes, foi protagonista de um resultado muito positivo, ao eliminar Fernando Monteiro (Portuguesa de Leça) que milita na 1ª divisão nacional da modalidade. O atleta famalicense venceu em Leça por 2-1, em encontro dos 1/64 final da Taça de Portu-

gal, e na próxima eliminatória recebe o vencedor do encontro entre Alberto Veloso (Fenianos) e António Guerra (BC Porto). Na mesma eliminatória, Artur Figueiredo deslocou-se a Coimbra e venceu sem grandes dificuldades Malo Rodrigues (CNM) por 2-0. Francisco Graça, que teve não teve um sorteio favorável, foi eliminado também por 2-0 em Matosinhos, frente a Coriolano Santos (FC Sr. Padrão). Em Famalicão, Jorge Bastos e Adelino Paredes derrotaram por 2-0 João Vale (Padroense) e António Neto (Fenianos), respectivamente, seguindo em frente na prova. Ainda há mais dois atletas do FAC em competição, Tiago Moreira e Adolfo Pereira, que apenas efectuaram os seus jogos na próxima semana.

FAC bate Leça FC na Taça de Portugal dido na parte final e perdeu o set de entrada no seu jogo. Ainda decorriam o primeiro set dos jogos de Carlos Veloso e Jorge Lopes e já Adolfo empatava a um. Com alguma dificuldade, Jorge Lopes primeiro e Carlos Veloso depois venceram também os sets de entrada e nesta altura, com Jorge Bastos a consolidar a sua superioridade e a finalizar o seu encontro, por 2-0, ao FAC apenas seria necessário que um dos outros três atletas em competição vencesse mais um set.

Pensou-se que Adolfo terminaria com a partida, mas desconcentrou-se no final do set decisivo e depois de estar a vencer por 14-9, perdeu o mesmo. Nesta altura, tanto Veloso como Lopes dominavam os seus jogos, e quando Jorge Lopes venceu o seu encontro terminou aí com a eliminatória. Na próxima eliminatória, a disputar no dia 17 de Abril, o FAC desloca-se a Matosinhos para defrontar o FC Sr. Padrão na luta por um lugar nos quartos-definal da competição.

FAC representado na Taça do Mundo na Turquia O Famalicense Atlético Clube é o clube português com mais atletas na Taça do Mundo, em bilhar, que se disputa de 15 a 21 de Fevereiro, em Antalya (Turquia). Jorge Bastos, Carlos Veloso e Francisco Graça são os atletas famalicenses que estão a marcar presença na competição. Esta Taça do Mundo tem representan-

tes de mais de 25 países e Portugal contará com oito representantes. Os adversários dos famalicenses na primeira fase são todos turcos. Destaca-se ainda o facto de estes três atletas se deslocarem à Turquia a expensas próprias, mas levando o nome do FAC a mais de 4000 km de distância.

Os juniores Famalicão deslocaram-se no passado sábado ao terreno do Moreirense e não conseguiu trazer qualquer ponto o que complicou e de que maneira a tarefa da formação famalicense. Ao sair derrotado por 2-1 o Famalicão ficou numa situação bastante complicada. A confirmar-se esta classificação, os famalicenses estão na iminência de descerem de divisão, o que a acontecer era naturalmente uma catástrofe. Na próxima temporada vai entrar em vigor o novo figurino dos campeonatos, sendo que nesta série são oito as equipas a descer aos campeonatos distritais e o Famalicão neste momento está nesse grupo. Quanto ao jogo até foi um pouco equilibrado. O Famalicão sofreu o seu primeiro golo aos 12 minutos da primeira parte e a partir daqui houve naturalmente uma reacção bastante positiva dos comandados de José Lopes só que marcar estava muito difícil. Para a segunda parte, o Famalicão entrou determinado em mudar o rumo dos acontecimentos e conseguiu mesmo assim à igualdade aos 68 minutos por intermédio de João Miguel. Pensou-se que este golo poderia trazer mais alento à formação famalicense, só que seria o Moreirense, aos 75 minutos,

JUNIORES

II Divisão

Limianos, 2; Fafe, 1 Moreiren, 2; Famalicão, 1 Vizela, 2; Chaves, 0

Bragança, 3; Valdevez, 0 Taipas, 2; Diogo Cão, 2 Freamunde, 0; Trofense, 1

CLASSIFICAÇÃO

J

V

E

D

F

C

P

1. Freamunde 2. Moreirense 3. Fafe 4. Limianos 5. Trofense 6. Chaves 7. Famalicão 8. Vizela 9. Diogo Cão 10. Bragança 11. Taipas 12. Valdevez

20 21 21 21 20 21 21 21 21 21 20 18

11 11 11 10 8 9 10 8 7 7 5 0

5 5 3 5 8 5 2 7 4 3 5 0

4 5 7 6 4 7 9 6 10 11 10 18

40 32 32 45 34 32 33 47 32 32 28 7

24 25 17 29 23 24 26 33 43 37 36 77

38 38 36 35 32 32 32 31 25 24 20 0

Famalicão - Limianos Chaves - Moreirense Valdevez - Vizela

Pu b l i c i d a d e 252 308 146

José Clemente

Jorge Lopes elimina atleta da 1ª divisão de bilhar

Na estreia na Taça de Portugal de bilhar desta temporada, o FAC era o favorito na deslocação a Leça para defrontar o Leça FC B e teve sempre a partida controlada, acabando por sair vitorioso por 2-1. A equipa famalicense, composta por Jorge Bastos, Adolfo Pereira, Carlos Veloso e Jorge Lopes venceu por 2-1, mas o resultado não demonstra a forma como decorreu a eliminatória. Jorge Bastos nunca teve em perigo o seu encontro e depressa venceu o 1º set. Adolfo foi surpreen-

De uma possível subida a uma situação complicada RE SULTA DOS

Em Oliveira do Bairro, a equipa de minis B (10 a 12 anos) de voleibol do FAC fez o seu primeiro teste e na sequência do que sucedeu na última semana com os minis A, a resposta foi positiva. Com a presença das fortes equipas da Académica de Coimbra, V. Guimarães, Esmoriz e Frei Gil, o torneio decorreu com grande entrega por parte de todos os atletas, treinadores e acompanhantes dos atletas. Todos os atletas do FAC disputaram o seu primeiro torneio e o nervosismo foi desaparecendo com o decorrer dos encontros. Superiores à escola do Frei Gil, os jogadores do FAC discutiram a vitória com a escola do V. Guimarães, perdendo por três pontos. As derrotas com

Juniores do FC Famalicão voltaram a perder para o campeonato

PRÓXIMA

Escola de voleibol do FAC com prestação positiva

Diogo Cão - Bragança Trofense - Taipas Fafe - Freamunde

chegar novamente ao golo, por Basílio. A partir daqui o Famalicão ainda tentou pelo menos um ponto só que não o conseguiu. Em partida realizada em Moreira de Cónegos, sob arbitragem de Duarte Oliveira (Braga), o Moreirense jogou com: Albino, Basílio, André, Diogo, Zé Filipe, Marcelo, Chico, Inácio, Manu, Bruno e Monteiro. Jogaram ainda: Pedro, Lobo e Luís. Já o Famalicão actuou com: Maia, Sousa, Carlos, Bruno Carvalho, Alex, Adriano, Álvaro, Nelson, Dia, Branco e Bruno. Jogaram ainda: Hélder, João Miguel e Veiga. pub.

Convocatória JOÃO NUNO LACERDA TEIXEIRA DE MELO, Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Famalicão Convoca todos os seus membros a reunirem em sessão ordinária, no próximo dia 26 de Fevereiro de 2010 (Sexta-Feira), pelas 21 horas, no Auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, com a seguinte: ORDEM DE TRABALHOS 1. Informações do senhor Presidente da Câmara Municipal sobre a actividade da mesma. (Grelha D) 2. Discussão e votação da proposta da Câmara Municipal das Grandes Opções do Plano e Orçamento 2010 e respectiva proposta anexa. (Grelha A) 3. Discussão e votação da proposta da Câmara Municipal de Regulamento Municipal de liquidação e cobrança de taxas e outras receitas municipais. (Grelha D) 4. Discussão e votação da proposta da Câmara Municipal de medidas preventivas para parte da área de intervenção do plano de pormenor da área empresarial de Vila Nova de Famalicão. (Grelha D) 5. Discussão e votação da proposta de alteração do Regulamento do Conselho Municipal de Segurança. (Grelha D) Vila Nova de Famalicão, 9 de Fevereiro de 2010. O 1º SECRETÁRIO DA MESA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL (José Luís Cerejeira Leitão Silva, Dr.) PS: Esta reunião terá continuidade no dia 5 de Março à mesma hora e no mesmo local.


sport: 17 de Fevereiro de 2010

modalidades

Na 19ª jornada da 2ª divisão de hóquei patins

Tânia Magalhães sagrou-se vice-campeã regional

Riba d’Ave ganha e FAC perde

V

PRÓXIMA

E

D

F

C

P

1 3 118 54 46 3 5 83 71 36 3 5 71 60 36 3 6 74 57 33 5 5 83 68 32 2 7 78 81 32 1 8 84 77 31 3 7 77 65 30 0 8 95 84 30 2 8 95 81 29 4 9 69 85 22 0 12 71 87 21 6 8 62 79 18 0 14 68 97 15 2 13 71 112 14 3 14 61 102 9 Escola Livre - Feira Inf. Sagres - Juv. Pacense FAC - Marítimo Sanjoanense - Cambra

Juvenis do S. Mateus derrotados por 4-3 em Vermoim Neste sábado passado a equipa de juvenis de futsal do S. Mateus deslocou-se ao Pavilhão Municipal Terras de Vermoim, para defrontar a equipa da casa e líder do campeonato, tendo perdido por 4-3. O S. Mateus iniciou o jogo com João Paulo, Luís, Pedrinho, Deco e Guimarães que logo nos minutos iniciais conseguiram assustar a equipa da casa por três ocasiões. Aos dez minutos de jogo, o Vermoim fez o 10 num rápido contra-ataque. Aos 15 minutos, uma desatenção da defesa do S. Mateus originou o 2-0 para os da casa. Como não há duas sem três, o Vermoim chegou ao terceiro golo, num autogolo, resultado com que se atingiu o intervalo. No

início da segunda parte, a equipa do S. Mateus sofreu uma baixa, perdendo Guimarães por lesão. Ainda assim os visitantes mostraram disposição para virarem o resultado e aos cinco minutos Andrezinho reduziu para 3-1 e três minutos depois o mesmo jogador fez o 3-2. Na jogada seguinte o Vermoim faz o 42, acabando com todas as esperanças da equipa adversária. O S. Mateus não baixou os braços e aos 15 minutos Andrezinho completou o hat-trick, estabelecendo o resultado final em 4-3. Os visitantes ainda tentaram tudo para conquistarem um ponto, mas do outro lado encontrou uma forte e moralizada equipa do Vermoim.

S. Mateus vai lutar pela subida aos nacionais Terminada a primeira fase do campeonato distrital de futsal já são conhecidas as equipas que vão disputar a subida aos nacionais da modalidade. O S. Mateus será a única formação do concelho a disputar o playoff de promoção, onde vão estar presentes os três primeiros classificados das séries A e B da 1ª divisão da AF Braga. O sorteio da segunda fase do campeonato distrital de futsal realiza-se amanhã, quinta-feira, pelas 18h30 na sede da associação. FUTSAL

A. Criança, 4; Santa Luzia, 4 ARCA, 0; Barranha, 4 Guimarães, 3; Macedense, 7 Junqueira, 8; Paredes, 7

CLASSIFICAÇÃO

J

V

1. Chaves 17 2. Barranha 17 3. Contacto 17 4. Junqueira 17 5. Mondim Basto 17 6. Monte Pedras 17 7. Macedense 17 8. Paredes 17 9. Merelinense 17 10. Guimarães 16 11. ARCA 17 12. A. Criança 16 13. Pioneiros 17 14. Santa Luzia 17 Barranha - Santa Luzia Macedense -ARCA Paredes - Guimarães Contacto - Junqueira

15 11 11 11 10 8 8 6 6 6 5 2 3 1

III Divisão

Mondim Basto, 8; Contacto, 2 Pioneiros, 4; Chaves, 3 Merelinense, 6; M. Pedras, 1 E

D

F

C

P

1 1 90 38 46 3 3 65 35 36 2 4 81 73 35 1 5 95 62 34 2 5 73 58 32 4 5 50 46 28 0 9 68 69 24 3 8 86 79 21 1 10 54 58 19 1 9 58 75 19 3 9 44 70 18 5 9 44 71 11 1 13 50 78 10 3 13 54 100 6 Chaves - Mondim Basto Monte Pedras - Pioneiros Merelinense -A. Criança

Esta fase tem o seu início marcado para os dias 27 e 28 de Fevereiro, estando o final apontado para os dias 8 e 9 de Maio. Entretanto, no campeonato nacional da 3ª divisão, a ARCA saiu derrotada em casa pelo Barranha por 4-0 e deu um passo atrás na luta pela manutenção. Os famalicenses continuam ainda assim com tudo em aberto, uma vez que se mantêm a apenas um ponto da primeira formação acima da linha de água.

I DIV. FUTSAL AFB

Série A

I DIV. FUTSAL AFB

Pousadense, 3; EPB, 4 Mouquim, 4; Esmeriz, 0 Nun’Àlvares,8;ACRLordelo,7 Folga:Apulienses Cabeçudense, 2; CART, 4

CLAS SI FI CA ˙ˆO

1. EPB 2. Nun'Álvares 3. Lordelo 4. CART 5. Pousadense 6. Mouquim 7. Cabeçudense 8. Esmeriz 9.Apulienses

J

V

15 11 15 11 16 9 16 7 16 8 16 6 16 6 16 4 16 2

Os três primeiros vão lutar pelo acesso aos nacionais de futsal

RE SULTA DOS

J

1. Cambra 19 15 2. Inf. Sagres 19 11 3. Nortecoope 19 11 4. Penafiel 19 10 5. Limianos 19 9 6. Marco 19 10 7. Riba d'Ave 19 10 8. Feira 19 9 9. Sanjoanense 18 10 10. Carvalhos 19 9 11. Escola Livre 19 6 12. Marítimo 19 7 13. Lavra 18 4 14. Juv. Pacense 19 5 15. Académica 19 4 16. FAC 19 2 Nortecoope - Carvalhos Académica - Lavra Marco - Penafiel Limianos - Riba d'Ave

O Centro Social, Cultural e Desportivo de São Cláudio vai reunir-se no próximo dia 12 de Março, pelas 21 horas, em Assembleia Geral para a eleição dos novos corpos gerentes da Associação para o biénio 2010/2012. As listas de candidaturas terão de ser entregues à mesa da Assembleia Geral, na sede da Associação, através de carta ou protocolo, até 15 dias antes do acto eleitoral, conforme artº.36 dos estatutos desta colectividade famalicense.

StºTirso, 1; Fundação MC, 3 Celorico, 3; StºAdrião, 6 MAL, 1; S. Mateus, 5

D

F

C

P

CLASSIFICAÇÃO

1 3 0 4 2 5 3 6 0 8 3 7 1 9 3 9 1 13

61 69 61 61 46 37 47 34 43

38 54 48 45 42 40 60 62 70

34 33 29 24 24 21 19 15 7

1. Fundação MC 2. S. Mateus 3. StoAdrião 4. StoTirso 5. Priscos 6. Celorico 7. MAL 8.André Soares 9.AEIPCA 10. PinheiroTorto

E

PRÓXIMA

CLASSIFICAÇÃO

II Divisão

Feira, 3; Limianos, 2 Juv. Pacense, 5; E. Livre, 1 Marítimo, 3; Inf. Sagres, 2 Sanjoanense, 6; FAC, 2

RE SULTA DOS

Cambra, 8; Carvalhos, 2 Lavra, 5; Nortecoope, 5 Penafiel, 12; Académica, 0 Riba d'Ave, 3; Marco, 1

S. Cláudio reúne-se em Assembleia Geral

R E S U L TA D O S

R E S U L TA D O S

HOQUEI EM PATINS

parte, os locais mantiveram o controlo dos acontecimentos e num dos muitos ataques é assinalada uma grande penalidade concretizada por Arnaldo Queirós para o 10. Em menos de cinco minutos o resultado foi ampliado para 3-0, com golos de Carlos Filipe e Arnaldo Queirós. Antes do final, o Marco apontou o seu tento de honra. O Riba d’Ave alinhou com: André Camões, João Nuno, Arnaldo Queirós (2), Vítor Hugo e Hélder Gomes. Actuou ainda: Carlos Filipe (1). Quanto ao FAC não foi feliz na deslocação a S. João da Madeira. A Sanjoanense marcou primeiro e ao intervalo já vencia por 2-0. O jogo até estava equilibrado, mas a finalização dos famalicenses foi deficiente. Após o intervalo o FAC conseguiu bons lances de hóquei e reduziu aos 11 minutos por António Cruz. No entanto, em três minutos, a Sanjoanense marcou por duas vezes e tranquilizou-se. O FAC ainda voltou a marcar, desta vez por João Pedro, e quanto corria todos os riscos para pontuar acabou por sofrer mais dois golos no espaço de um minuto. Nesta partida o FAC alinhou com: Rafael Pereira, André Barbosa, Jonathan Oliveira, António Cruz e Dino. Jogaram ainda: Miguel Correia, José Marinho e João Pedro.

PRÓXIMA

Em mais uma ronda disputada no campeonato nacional da modalidade, as duas equipas famalicenses presentes em prova tiveram sortes distintas. O Riba d’Ave derrotou o HC Marco por 3-1 enquanto o FAC perdeu no pavilhão da Sanjoanense por 6-2. Depois de duas jornadas onde o Riba d’Ave não conseguiu alcançar os objectivos, desta feita os ribadavenses receberam o Marco e ao intervalo o resultado era de 0-0, fruto da boa exibição do guardaredes adversário. Na segunda

Decorreu no passado domingo, no Pavilhão Municipal de Guifões, em Matosinhos, o Campeonato Regional Norte de Karaté, escalão sénior, da Federação Nacional de Karaté Portugal. Em competição estiveram três atletas famalicenses em representação de duas escolas do concelho, cabendo o melhor resultado à atleta Tânia Magalhães que se sagrou vice-campeão regional na prova de kumite -50 kg. Da Escola de Karaté de Delães competiu Stéphanie Paiva, que ficou no quinto lugar na prova de Kata, enquanto Tânia Magalhães foi segunda classificada, e consequentemente vice-campeã, em Kumite -50 kg. Já da Associação Desportiva de S. Mateus competiu António Oliveira, na prova de kumite -75 kg. Stéphanie Paiva e Tânia Magalhães apuraram-se desta forma para o campeonato nacional da modalidade que se vai realiza no próximo dia 6 de Março, em Lagos.

PRÓXIMA

30

J

Série B

André Soares, 8; P.Torto, 5 Priscos, 5;APEICA, 2

V

E

D

18 14 18 14 18 11 18 9 18 8 18 8 18 6 18 6 18 4 18 1

2 1 2 3 3 0 2 1 2 2

2 3 5 6 7 10 10 11 12 15

C

P

101 53 76 47 90 68 73 64 68 63 77 81 50 78 69 76 42 66 75 125

F

44 43 35 30 27 24 20 19 14 5

Os três primeiros vão lutar pelo acesso aos nacionais de futsal

Publicidade Telf: 252 308 146 - Email comercial@opiniaopublica.pt pub

ÚLTIMAS PROMOÇÕES


sport: 17 de Fevereiro de 2010 31

modalidades

No campeonato regional de infantis em Paços de Ferreira

GD Natação foi o clube mais medalhado No passado fim-de-semana realizou-se o campeonato regional de infantis, em Paços de Ferreira, numa prova contou com a presença de 270 nadadores da região Norte do País, num total de 24 clubes. O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão (GDNF) foi dos melhores clubes do torneio, tendo obtido 11 medalhas de ouro, 15 de prata e 11 de bronze, num total de 36 pódios. Para além disso, o GDNF conseguiu 140 novos recordes pessoais. As medalhas de ouro foram alcançadas por: Carla Alves, 100 metros Livres e 100 metros Mariposa; Sofia Valinhas, 200 metros Mariposa; Flávio Silva, 200 metros Livres; Graça Araújo, 200 metros Mariposa; Pedro Rocha, 200 metros Costas; Adriana Matos, 200 metros Bruços; 4x100m Livres (Ana Costa/Catarina Jardim/Bárbara Gonçalves/Carla Alves); 4 x 200m Livres (Ana Costa/Catarina Jardim/Bárbara Gonçalves/Carla Alves); 4 x 100m Estilos Femininos Infantis B (Catarina Jardim/Bárbara Gonçalves/Graça Araújo/Ana Costa). Já as medalhas de prata foram alcançadas por: Flávio Silva, 100m Bruços e 200m Bruços; Flávio Silva, 100m Livres e 200m Estilos; Cata-

Indoor Karting de Famalicão recebe prova feminina O Indoor Karting de Famalicão recebe amanhã, quinta-feira, pelas 20h30, uma prova única em Portugal. A corrida feminina de resistência, com uma duração de duas horas, será disputada entre equipas constituídas por duas a quatro pilotos. A competição começa com um treino cronometrado de dez minutos para decidir a grelha de partida. A seguir, e ao longo de duas horas, as participantes vão percorrer o circuito de 270 metros de perímetro até ser encontrada a equipa vencedora. Todo o regulamento já está disponível no site da organização, em www.kartingfamalicao.com.

Clube de BTT criado em Famalicão Nadadores famalicenses no pódio

rina Jardim, 200m Costas; Ana Costa, 800m Livres; Liliana Carvalho, 100m Bruços; Bárbara Gonçalves, 100m Bruços; Bárbara Gonçalves, 200m Bruços; Graça Araújo, 100m Mariposa; Sofia Valinhas, 100m Mariposa e 400m Estilos; Carla Alves, 200m Mariposa; 4 x 100m Estilos Masculinos Infantis B (Tiago Costa/Flávio Silva/Tiago Silva/Nelson Oliveira); 4 x 100m Estilos Femininos Infantis A (Ana Micaela Carvalho/Liliana Carvalho/Sofia Valinhas/Maria Ferreira). Com estas provas, o GDNF tem já

18 nadadores apurados para os campeonatos zonais que se vão realizar em Março em Ponte da Barca. Os nadadores do GDNF presentes na prova de Paços de Ferreira foram: Ana Micaela Carvalho, Sofia Valinhas, Maria Ferreira, Adriana Matos, Liliana Carvalho, Ana Costa, Catarina Jardim, Barbara Gonçalves, Graça Araújo, Carla Alves, Francisca Rego, Catarina Mendes, Francisca Maia, Tiago Silva, Tiago Costa, Flávio Silva, Nelson Oliveira, João Machado, Manuel Fernandes, Telmo Silva, Pedro Rocha e David Sousa.

João Costa da Gindança sagra-se Campeão Regional No passado fim-de-semana, realizouse no Pavilhão EB2/3 de Celorico Basto o Campeonato Regional de kickboxing e light-contact zona Norte. A GindançaAssociação Ginástica e Dança Famalicão fez-se representar pela sua equipa de competição GIO-BOXING, com o atleta João Costa, sagrando-se Campeão Regional na disciplina de lowkick - 67 Kg - Júnior. Esta jovem promessa do kickboxing famalicense estreou-se em provas oficiais, no torneiro de Natal, organizado pela Gindança, a 12 Dezembro, com excelente desempenho, a que se seguiu a Gala Worrions II, em Amarante, em Janeiro com uma fantástica vitória. Em nota à imprensa, a Gindança espera que o título alcançado seja “o primeiro de muitos para este jovem atleta das escolas de formação da Gindança”.

O grupo de BTT mais antigo de Famalicão, conhecido no meio como 1ª divisão ou Armada Famalicense, decidiu oficializar-se, criando uma associação com o nome de Clube BTT Famalicão. Esta associação pretende dar resposta às necessidades da modalidade no concelho e tem assim como principais objectivos o fomento da prática desportiva e de lazer da bicicleta de todo-o-terreno,

bem como a defesa, promoção e divulgação do património cultural artístico, paisagístico e ambiental, segundo os responsáveis pela colectividade. Brevemente será possível acompanhar as actividades da associação através de um site. Todos os interessados poderão contactar a associação e tornarse sócios através do seguinte endereço electrónico: clubebttfamalicao@gmail.com.

Liga de Futsal Famalicão cumpriu 6ª jornada No passado fim-de-semana cumpriu-se a 6ª jornada da Liga de Futsal de Famalicão, no escalão de escolas, registando-se os seguintes resultados: Esc.F.T.P./GR Covense 4-6 CD Juv. Académico; FC Vermoim 5-5 AJ Joane; Sportfut 7-1 Barrimau FC; Artes de Movimento 64 Rec. Desportivo. No próximo domingo, 21 de Fevereiro, vai jogarse para o escalão de infantis, numa jornada que decorrerá no Pavilhão da Escola EB 2,3 de Arnoso Santa Maria. Os jogos são os seguintes: 15h00, CDJ Académico-Esc. F.T.P./GR Covense; 16h00, AJ Joane-Sportfut; 17h00, Barrimau FC-Arnoso Sta Eulália.

Casa Povo Lousado organiza campeonatos de bilhar A Casa do Povo de Lousado vai organizar os seus campeonatos de bilhar (livre e snooker) e as inscrições terminam amanhã, quinta-feira, estando o início do torneio marcado para o próximo domingo, dia 21 de Fevereiro. As inscrições são limitadas, mas estão abertas ainda para todos os sócios e

não sócios. As finais da competição serão disputadas no dia 25 de Abril, inseridas nas festividades relativas a essa comemoração. No final haverá um grande convívio para todos os participantes, culminado com um convívio. As inscrições devem ser feitas através do número 917 519 055. pub.


sport: 17 de Fevereiro de 2010

modalidades

João Ruivo triunfou na categoria 2

Piloto famalicense conseguiu resultado positivo

No regresso ao Campeonato Open de Ralis, João Ruivo e Alberto Silva voltaram também aos bons resultados, pois venceram entre os carros de duas rodas motrizes, ocupando também o terceiro lugar do

pódio em termos gerais. Este conjunto de bons resultados deu-se no Rali de Barcelos, prova que assinalou a segunda jornada do ano do Open e onde a dupla famalicense esteve em plano de destaque, não

A Associação Juventude de Joane (AJJ) defrontou o FC Vermoim na 6ª jornada da Liga Futsal Famalicão, em escolas, e empatou a cinco bolas, num jogo muito emotivo. A Juventude de Joane até esteve na frente do marcador, mas os atletas do Vermoin não baixaram os braços e foram atrás do prejuízo, conseguindo mesmo a reviravolta com um lance de menos sorte por parte da AJJ que fez um golo na própria baliza. Nenhuma das formações estava disposta a baixar os braços e a dar o jogo por decidido, com os golos de uma e outra parte a alterarem constantemente o marcador que acabaria por terminar com uma divisão de pontos justa para o empenho e dedicação dos jogadores de ambos os conjuntos. No próximo domingo realiza-se a 4ª jornada no escalão de infantis e prevê-se também um bom jogo entre a AJJ e a Escola Sportfut, uma vez que ambas as equipas estão no topo da tabela com o mesmo número de pontos.

só pelo resultado, mas também pelo forte andamento demonstrado ao longo de todo o dia de sábado. “Viemos cá com a intenção de testar e, se possível, amealhar alguns pontos para o campeonato.

Também queríamos testar as novas evoluções no carro, mas como estamos um pouco com falta de ritmo, demorou um pouco a adaptação a estas evoluções”, começou por dizer João Ruivo, admitindo também que “o carro está bastante diferente do ano passado e agora há que melhorar a adaptação”. Em relação à continuidade da época desportiva, o piloto famalicense tem tudo praticamente decidido: “Estamos com as decisões praticamente tomadas para alinharmos no Campeonato de Portugal de Ralis 2 Litros / 2 Rodas Motrizes, mas nos próximos dias tudo deve ficar decidido. Por isso a presença em Barcelos foi mais um teste que amealhar pontos. Vamos esperar que tudo se conjugue, mas estou convencido que vamos mesmo ascender a outro campeonato”.

Juventude Académico goleou no Inatel

Carlos Alberto

32

A equipa famalicense da Juventude Académico conseguiu a segunda vitória consecutiva no campeonato do Inatel, depois de ter goleado, em casa, o Godinhaços por 6-1. Na última ronda a formação academista tinha somado o seu primeiro triunfo na competição e agora provou estar a atravessar um bom momento de forma, após a vitória expressiva alcançada no passado sábado.

Juventude Joane empata com FC Vermoim

Artes de Movimento consegue primeira vitória No passado domingo realizou-se a 6ª jornada da Liga de Futsal de Famalicão, no escalão de escolas, organizada pelo Recreio Desportivo. A Associação Artes de Movimento defrontou o Recreio Desportivo, uma equipa muito bem organizada, orientada e disciplinada. Foi uma partida bem disputada, com a Artes de Movimento a fazer um bom jogo. Os atletas têm demonstrado bastante motivação e isso tem-se sentido nas últimas jornadas. O resultado final deste jogo fixou-se em 6-4, com golos de Ricardo Morais (2), Paulo Brandão (2) e André Neves (2).

pub.

OS928  

GD N Na at ta aç çã ão o foi o clube mais medalhado no regional de infantis FAC b ba at te e Leça FC na Taça de Portugal de bilhar Carlos Al...