Page 1

Ruivanense Atlético Clube terá relvado sintético no parque desportivo

Tiago Machado foi o melhor jovem da Volta a Portugal p. 3 1

p. 2 2

A contar para o campeonato nacional de quad-cross

C l a s s i fi ficc a ç ã o campeonato: Q1, 1º Carlos Pereira, 241 pontos; 2º Jonathan Gil, 229 pontos; Pedro Teixeira, 190 pontos; Q2, 1º Tiago Gomes, 225 pontos; 2º Jorge Bernardo, 189 pontos; 3º Leandro Ferreira, 171 pontos.

Oliveira de Santa Maria recebeu prova nocturna

Pela primeira vez em Portugal, uma prova do campeonato de quad-cross contou com corridas à noite. O evento decorreu em Oliveira Santa Maria na noite do último sábado. A prova, penúltima do campeonato nacional, mobilizou muito público e contou com alguns dos melhores pilotos da modalidade. A jornada contou com a participação de 35 pilotos que proporcionaram um espectáculo cheio de emoção. Os pilotos da classe QX iniciados e QX infantil disputaram a primeira manga. Diogo Moura comandou durante toda a corrida, concluindo com 2,5 segundos de avanço sobre Sandro Pais. Já o espanhol Kevin Solbas ficou parado no momento da largada, mas mesmo arrancando atrasado ainda recuperou até ao 3º posto. Entre os infantis, Vítor Hugo foi o destacado vencedor. Na segunda manga, Kevin Solbas arrancou bem e dominou as operações, terminando destacado. Desta vez, Diogo Moura foi 2º, seguido por Sandro Pais, enquanto João Santos bisava no 4º lugar. Nos infantis, Vítor Hugo obteve mais um êxito e

Troféus: Quad Basic, 1º João Silva, 242 pontos; 2º Pedro Loureiro, 217 pontos; 3º Rui Vieira, 155 pontos; Iniciados, 1º Sandro Pais, 242 pontos; 2º João Santos, 206 pontos; 3º Diogo Moura, 205 pontos; Infantis, Victor Hugo, 197 pontos; 2º Martim Cerqueira, 195 pontos; 3º João Tomás, 190 pontos.

Martin Cerqueira voltava a impor-se a João Tomás pela 2ª posição. Na classe QX-Basic, o líder do troféu, João Silva, ganhou as duas mangas. Na primeira ainda teve alguma oposição inicial de Pedro Loureiro, mas depois conseguiu distanciar-se para uma vitória segura. Já na segunda manga, sensivelmente a meio, João Silva debateu-se com alguns problemas de embraiagem e foi por momentos ultrapassado por Loureiro e João Soares. No entanto, Silva conseguiu recuperar o melhor ritmo e ganhou outra vez diante de Loureiro. De seguida, Fábio Pereira repetiu o 3º posto que já tinha alcançado na manga anterior enquanto João Soares desistiu por queda na décima volta. Na primeira manga de QX2, João Brissos surpreendeu ao comandar durante cinco voltas. Depois, Tiago Gomes atacou para vencer destacado. João Brissos foi também ultrapassado por Ricardo Sousa. Mais azar tiveram outros dois pilotos, for-

çados a desistir, Jorge Bernardo com problemas mecânicos e Vítor Soares lesionado por queda na segunda passagem. Com algumas peripécias, João Brissos conseguiu recuperar o 2.º posto, diante de Leandro Ferreira. Na segunda manga, Ricardo Sousa capitaneou o pelotão durante quatro voltas, mas depois Tiago Gomes foi para a frente e progressivamente afastou-se da concorrência, averbando mais uma vitória. Mais atrás, Ricardo Sousa aguentou o 2.º lugar com curta vantagem sobre Jorge Bernardo. Em QX1, na primeira manga, Jonathan Gil liderou durante muito tempo, mas a quatro voltas do fim Carlos Pereira ultrapassou o rival, ganhando algum avanço para vencer. Jorge Cardoso chegou no 3º posto. Na segunda manga, Jonathan Gil foi o único comandante, cruzando a meta com quase um minuto sobre Pereira. Este só subiu ao 2º posto na terceira volta. Jorge Cardoso e Pedro Teixeira bisaram no terceiro e quarto lugar, respectivamente. pub.


22

sport: 19 de Agosto de 2009

PÓDIO

1º 3º Quad Cross

grande área

Ruivanense Atlético Clube continua a melhorar infra-estruturas

Relvado sintético será uma realidade Bruno Marques

A freguesia de Oliveira Santa Maria recebeu o 3º Quad Cross que contou para o campeonato nacional, sendo uma boa forma de divulgação da modalidade. Esta foi a primeira vez que decorreu durante a noite e presentes estiveram alguns dos melhores pilotos nacionais.

2º Assoc. Nac. Clubes Patinagem Com o objectivo de congregar todos os clubes de patinagem e defender a patinagem nacional, foi criada a Associação Nacional de Clubes de Patinagem (ANCP), tendo seis clubes como fundadores, entre eles o Famalicense Atlético Clube. A ANCP pode vir a dar muito que falar no futuro.

3º Ruivanense AC Depois do êxito desportivo da última temporada, o Ruivanense Atlético Clube voltou a provar que não só de resultados se faz o sucesso de um clube. A aposta nas infra-estruturas desportivas nunca foi descurada e agora é a vez de surgir um relvado sintético.

Na última época a equipa sénior do Ruivanense Atlético Clube (RAC) conseguiu subir à 1ª divisão distrital, mas para além do sucesso desportivo, a equipa de Ruivães quer dotar o seu parque de jogos das melhores condições possíveis. É nesse sentido que o campo principal vai receber um relvado sintético que deverá começar a ser utilizado já no início da nova temporada. Na opinião de Joaquim Macedo, presidente do Ruivanense, esta será “a cereja no topo do bolo”, num parque desportivo que tem recebido muitas melhorias nas últimas épocas. A colocação do relvado sintético foi possível devido ao apoio da Câmara Municipal de Famalicão, sendo que uma grande parte da verba necessária ficará também a cargo do clube de Ruivães. A autarquia famalicense celebrou um contrato-programa de desenvolvimento desportivo com o RAC, a vigorar entre 2009 e 2011, destinado à colocação de três campos de relvado sintético, envolvendo a comparticipação financeira autárquica de 250 mil euros, para um investimento orçado em mais de 500 mil euros, a liquidar em três anos: 10 mil euros (2009), 190 mil euros (2010) e 50 mil euros (2011). “É mais um grande projecto, um projecto ambicioso, mas é uma realidade que se deve ao esforço desta direcção, do município, da Junta de Freguesia e dos verdadeiros amigos do Ruivanense”, diz o presidente para quem este era um desejo antigo e que agora vai poder ser finalmente concretizado. O relvado sintético poderá ainda ser muito útil para as camadas jovens do clube, aliás uma das apostas da colectividade de Ruivães que mais entusiasma o responsável da direcção. Por isso mesmo, essa aposta é para ser cada vez mais reforçada, dentro das possibilidades do clube. Um técnico da empresa que vai colocar o novo piso já visitou as instalações do Ruiva-

nense para proceder à planificação de todos os trabalhos que antecedem a instalação da relva sintética, e o início dos trabalhos está aprazado para dia 2 de Setembro, tal como foi notificado o clube famalicense pela empresa responsável. “Tudo indica que no fim da segunda semana de Setembro, na pior das hipóteses, teremos o campo de futebol de onze relvado e já pronto a ser utilizado na época 2009/2010”, acrescenta. “Os municípios, e o de Famalicão não quis fugir à regra, têm apostado bastante nos relvados sintéticos e acima de tudo na formação e o Ruivanense sempre foi um clube de formação e vai continuar a sêlo”, explica desta forma Joaquim Macedo o apoio dado pela Câmara Municipal. O presidente assume que este será um grande desafio para todos, até porque da verba final para esta melhoria entra uma grande parte a ser sustentada pelo clube. Ainda assim, a garantia de Joaquim Macedo é que no dia em que deixar o clube, “as contas estarão todas saldadas e o Ruivanense não terá qualquer passivo”. “Aceitamos o desa-

fio, nunca desistiremos e o clube ficará com infra-estruturas do melhor que existe em termos de concelho de Famalicão”, garante. A promessa é também que a formação de Ruivães não vai parar e o próximo objectivo do presidente é adquirir terreno para ser feita “a sede social/museu com o nome da família Pimenta”. Uma nova bancada está também nas cogitações do presidente Macedo, sendo “os únicos motivos para que continua à frente dos destinos do Ruivanense”. Sobre a nova temporada, Joaquim Macedo acrescenta que “a equipa sénior entra em todos os jogos para vencer” e por isso espera nova boa campanha em 2009/2010. A garantia é também de que o plantel, que está a ser construído, tem qualidade e que “as pessoas que estão neste momento à frente do futebol têm capacidades para levar o clube a bom porto”. N o va é p o c a j á e m an d am e n to Entretanto, o Ruivanense já prepara a nova temporada, depois de ter conseguido a subida de divisão na última época. A equipa de Ruivães vai esta temporada disputar a 1ª

divisão da Associação de Futebol de Braga e tem já dez reforços garantidos. O objectivo passa por realizar uma temporada sem sobressaltos e conseguir no mínimo a manutenção. Uma nova subida não é descartada por ninguém da equipa de Ruivães, embora todos tenham consciência das dificuldades que vão ser encontradas. Para além das dez caras novas continuaram 14 jogadores do anterior plantel e por isso o técnico Tiago Cunha terá um grupo de trabalho de 24 jogadores à sua disposição. Da equipa técnica do Ruivanense fazem também parte o adjunto José Freitas e o treinador de guarda-redes Miguel Marques. O plantel do RAC é constituído por: guarda-redes, Berto, Daniel e Dani; defesas, Sérgio, Nuno (ex-Ninense), Marco, Rui Oliveira, Lobo, Macedo e Filipe (ex-júnior); médios, Peixoto (ex-Airão), Carlos (ex-Oliveirense); André (ex-Louro); César (ex-Leões das Enguardas), Morgado, Hélder (ex-júnior Desp. Aves) e Hugo; avançados, Stephane, Chica, Eduardo (ex-Oliveirense), Hélio, Yuran, Vieira (ex-júnior Arnoso), Vítor Hugo (ex-Famalicão) e Sarilho. pub.


28

sport: 19 de Agosto de 2009

futebol

GD Joane apresentou-se frente ao Moreirense

Derrota mas com boas indicações

Oliveirense apresentou-se aos associados com um triunfo

Golos e notas positivas Bruno Marques

Gil apontou o único golo joanense

José Clemente O Grupo Desportivo de Joane apresentou a sua equipa aos associados para a nova época desportiva, este ano inserido na série B, juntamente com o Famalicão e a Oliveirense. Para esta apresentação a formação escolhida foi o Moreirense que venceu a equipa local por duas bolas a uma, ainda que os joanenses tenham deixado boas indicações e mostrado argumentos interessantes. Quanto ao jogo poderemos dizer que o Joane já se apresentou muito melhor do que nos últimos confrontos e na opinião do treinador Paulo Rafael ainda vai melhorar muito mais. Com bastante público a assistir a esta partida, o Moreirense apresentou-se no Campo de Barreiros na sua máxima força. Jorge Casquilha, o novo treinador do Moreirense, aproveitou da melhor maneira esta partida, colocando em jogo aquele que será o seu onze mais forte, o que dignificou ainda mais o espectáculo. Õ primeiro golo aconteceu aos 30 minutos e na transformação de um pontapé de canto em que o defesa Vítor Fróis conseguiu chegar mais alto que toda a defensiva do Joane e de cabeça marcaria o 0-1. Não demoraria muito tempo a reacção do Joane que chegaria ao empate e na marcação de uma grande penalidade apontada por Gil, à passagem do minuto 35. E foi precisamente com o jogo empatado que se chegou ao intervalo. Para a segunda parte, e com as alterações efectuadas, mais por parte da

equipa de Moreira de Cónegos, o jogo prometia continuar a ser bem jogado. Paulo Rafael apenas fez uma alteração no início da segunda parte, com a entrada de Carneiro, por sinal o último reforço e que ao fim e ao cabo é mais uma continuidade da última temporada, que tentou a sua sorte num clube espanhol só que não chegou a acordo, daí o seu regresso ao Joane. Com o passar do tempo o Joane foi caindo de produção e o Moreirense, muito mais forte na segunda parte do que o tinha feito na primeira, criou alguns sobressaltos na defensiva joanense. O golo da vitória viria a acontecer já muito perto do final do jogo por intermédio de Luís Aurélio. Para a história fica uma equipa joanense que pelo que foi visto deu boas indicações de fazer um bom campeonato, mas uma coisa é certa Paulo Rafael, treinador do Joane, continua à espera de um defesa esquerdo, sendo este para já o grande problema com que Paulo Rafael se debate. Nesta partida, o Joane alinhou com: Sérgio, Álvaro, André Campos, Hugo, Daniel, Marco, Pedro Pinto, Magno, Gijo, Gil e Batista. Jogaram ainda: Campos, Laureta, Roberto Campos, Carneiro, Hélder, Bruno e Coelho. O Moreirense alinhou com: Ricardo, Micael, Ensom, Castro, Rui Miguel, Bóbo, Vitinha, Pintassilgo, Vitor Fróis, Luís Leal e João Vicente. Jogaram ainda: Reinaldo, Pedro Silva, Kita, Emerson, Fernando, Tiago, Leo, Tiago Martins, Leonel, Luís Aurélio e Eriverton.

No quarto jogo de pré-temporada, que serviu também para apresentar a equipa aos associados, a Oliveirense averbou a segunda vitória nos jogos de preparação realizados, depois de bater o vizinho Serzedelo por 3-2. Com alguns aspectos ainda a melhorar, os jogadores de António Remelgado deram uma boa imagem e mostraram estar cada vez mais identificados com o novo método de treino e sistema de jogo. O encontro foi sempre muito bem disputado, tendo inclusive alguns lances mais ríspidos e protestos de parte a parte. Em evidência na partida estiveram Ricardinho, Tiaguinho e Arturinho que foram os jogadores mais perigosos da equipa da casa. A primeira parte não teve golos, mas qualquer uma das formações se poderia ter colocado em vantagem. Ricardinho teve dois remates perigosos, um deles defendido com dificuldades por Rui Neto e outro que saiu muito perto da barra da baliza do Serzedelo. Já do lado dos visitantes, a melhor ocasião pertenceu a Pedro Mendes que cabeceou ao lado da baliza de Pedro Freitas, depois de um bom trabalho de Feliz na esquerda do ataque. Na segunda parte tudo foi diferente. Logo na abertura o guarda-redes Marco negou por duas vezes o golo ao avançado do Serzedelo e na resposta a Oliveirense adiantou-se no marcador. Bom trabalho de Tiaguinho na direita, cruzamento para a área e no ressalto, de primeira, Arturinho fez o 1-0. Tam-

bém na resposta os comandados de Marco Alves restabeleceram a igualdade. Livre de Nera em zona frontal, Marco não conseguiu segurar e na tentativa de tirar a bola de zona perigosa, China cabeceou para a própria baliza. O jogo estava partido e as jogadas de ataque sucediam-se numa e noutra baliza. A Oliveirense colocou-se novamente em vantagem por intermédio de João Duarte, após livre na direita de Tiaguinho, e depois foi João Cruz a colocar o resultado em 3-1 depois de assistência de Ricardinho. Perto do final da partida, Lucas estabeleceu o resultado final, numa boa rotação à entrada da área, concluída com um remate que não deu hipótese de defesa a Vítor. Pouco depois terminava a partida, podendo dizer-se que este foi um resultado justo para a Oliveirense, uma vez que foi sempre a equipa mais esclarecida. Dos reforços que jogaram de início, Tiaguinho e Ricardinho foram os que mais se destacaram. À experiência continua a treinar o avançado Pedro Moreira, embora António Remelgado pretenda ainda um ponta de lança mais experiente. Sob arbitragem de Sérgio Fernandes (Famalicão), auxiliado por Rui Moreira e Hélder Branco, a Oliveirense alinhou com: Pedro Freitas, Nuno, China, João Duarte, Fifas, Nuno Sousa, Arturinho, Tiaguinho, Ricardinho, João Cruz e Pedro Moreira. Já o Serzedelo jogou com: Rui Neto, Ricardo, Zé Pedro, Nera, Capucho, Miguel Mota, Xavi, Feliz, Pedro Mendes, Maurício e Lucas.

Ricardinho esteve em destaque frente à sua anterior equipa

Três vitórias e uma derrota José Clemente O Futebol Clube de Famalicão não tem parado a sua preparação para a nova temporada e os jogos amigáveis têm-se sucedido. No espaço de oito dias os comandados de Berto Silva realizaram nada mais, nada menos do que quatro jogos, tendo conseguido três vitórias e averbado apenas uma derrota. O primeiro jogo realizou-se na passada quarta-feira nas Marinhas e o resultado foi uma derrota

por uma bola a zero. Já na passada sexta-feira, o Famalicão deslocou-se a Ponte de Lima e venceu o Limianos por uma bola a zero, com o golo a ser apontado por Koné, um dos reforços chegados aos famalicenses. Já no dia seguinte, ou seja, no passado sábado, o Famalicão voltou a jogar, desta vez em Paredes, frente a uma equipa de um escalão superior, e voltou a somar um triunfo, vencendo por duas bolas a uma, com golos de Serafim e Luís Carlos.

Por fim, na passada segundafeira o Famalicão voltou ao activo para defrontar o S. Pedro da Cova e o resultado final foi mais uma vitória do Famalicão por uma bola a zero, com o golo a ser novamente apontado por Koné. Nestas partidas, o treinador famalicense Berto Silva utilizou várias opções, o que quer dizer que a equipa que irá entrar no primeiro jogo oficial estará ainda a ser delineada. Uma coisa é certa, num total de 23 jogadores, Berto Silva vai encontrar bastantes dificuldades

em escolher o primeiro onze inicial, dada a qualidade de todos os jogadores. Em Ponte de Lima, mesmo com alguns jogadores lesionados, casos de Ruizinho, Diarra, Tózé, Luís Filipe e Vasconcelos, o resultado de 1-0 não espelhou na realidade aquilo que se passou durante toda a partida, em especial durante a segunda parte, onde o ex-júnior Jorge Miguel só à sua conta perdeu pelo menos quatro boas oportunidades de poder fazer funcionar o marcador.

Hoje, quarta-feira, o Famalicão volta a jogar desta feita às 20h30 no Estádio Municipal de Famalicão, frente ao Grupo Desportivo de Ribeirão, naquela que será a partida de apresentação aos sócios e simpatizantes do clube. Os bilhetes custam cinco euros para sócios e público em geral e 2,50 euros para reformados e senhoras que sejam sócios do FC Famalicão. Os bilhetes serão numerados e no intervalo da partida será sorteada uma bicicleta.


sport: 19 de Agosto de 2009 29

distritais

Treinos começaram na passada segunda-feira

Juventude de Mouquim apresentou-se

Equipa técnica da Juventude de Mouquim

Na passada quinta-feira, 14 de Agosto, a equipa sénior da Associação Desportiva Juventude de Mouquim apresentou o seu plantel para a nova temporada, com ambições renovadas e a expectativa de realizar uma época positiva na 1ª divisão da Associação de Futebol de Braga. Ao todo foram contratados nove reforços, num plantel que tem até ao momento 20 jogadores e que já treina desde a passada segunda-feira. Da última época transitaram onze jogadores e por isso a base do campeonato passado está garantida. Resta agora integrar os novos elementos, sendo que esse será um dos primeiros desafios do treinador Tiago Velho, também ele um repetente na temporada 2009/2010. Como treinador adjunto, Tiago Velho terá Joaquim Teixeira enquanto a prepara-

ção física da equipa estará a cargo do professor Horácio. Os três constituem a equipa técnica da Juventude de Mouquim. Tiago Velho tem como principal objectivo “a melhor classificação possível entre melhores”. “Vamos tentar consolidar objectivos não alcançados na época anterior, obviamente, apostando na motivação de todo o grupo de trabalho”, acrescenta o treinador. A confiança num bom trabalho reina em Mouquim, existindo também a consciência das dificuldades que surgirão ao longo do campeonato. “Tenho consciência do valor dos adversários, uma vez que na época passada já deu para ter uma real noção daquilo que podem fazer. Por isso, digo que o objectivo principal do clube é a melhor classificação possí-

vel”, aponta. Não sentindo pressão pelos resultados positivos, Tiago Velho não quer desiludir quem fez uma aposta forte no seu trabalho, no caso a direcção do clube de Mouquim. Em termos de plantel, o treinador, juntamente com a direcção, procurou “elementos para as características próprias do campeonato regional”, tentando construir “um plantel jovem para poder incutir as novas ideias e os objectivos que pretendemos atingir”. “Face a experiência do ano anterior, apesar de curta, cheguei à conclusão que a dinâmica de grupo passa muito por termos um grupo etário homogéneo, cujo resultado positivo senti na época transacta”, concluiu Tiago Velho.

Plantel da Juventude de Mouquim Guarda-redes: Bruno e Triky (ex-Brufense); defesas: Tiago, Nuno e Lopes (exViatodos), Miguel (ex-S. Claúdio) e Dani; médios: Fundi, Roberto, Pintas, Xany, Diogo, Hélder (ex-Pevidém), Zé Rui (ex-S. Claúdio), Hugo (ex-Juventude Académico) e Fleka (ex-Gavião); avançados: Nuninho (ex-Lagense), Carneiro (exS. Cláudio), Lafões e Sampaio.

Jogos 22 Agosto: Guisande-Mouquim (17 horas) 26 Agosto: Mouquim-Gondifelos (20 horas) 29 Agosto: Mouquim-Cabreiros (17 horas) 2 Setembro: Mouquim-Ruivanense (20 horas) 4 e 5 Setembro: Torneio do Lagense 9 Setembro: Mouquim-Viatodos (20 horas)

Escolinhas do FC Famalicão abrem em Setembro O departamento jovem do FC Famalicão tem abertas as inscrições para as escolinhas referentes à época de 2009/2010 que tem o seu início marcado para o próximo dia 3 de Setembro. As mesmas inscrições estarão abertas para todos os interessados a partir do dia 17 de Agosto pelas 18 horas. Entretanto, o FC Famalicão decidiu oferecer con-

dições especiais aos encarregados de educação (esta informação será dada no acto da inscrição) que tenham o seu educando inscrito nas escolinhas do clube, assim como àqueles que eventualmente se venham a inscrever. Os atletas que transitam de época passada este ano não necessitam de aquisição do kit para a época de 2009/2010.

FC Famalicão disponibiliza autocarro para a Taça de Portugal O Futebol Clube de Famalicão vai pôr ao dispor dos seus associados e simpatizantes um autocarro com destino a Massamá (Lisboa) para todos os interessados em assistir ao jogo da primeira eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Real Sport Clube. O preço do bilhete para o autocarro é de 15 euros e a inscrição deverá ser feita na sede do clube até ao próximo dia 26 de Agosto. Recorde-se que o jogo entre Real SC e FC Famalicão está marcado para o dia 30 de Agosto, contando para a primeira ronda da prova rainha do futebol português.

Calendário da Divisão de Honra definido Realizou-se na passada segundafeira, na sede da Associação de Futebol de Braga, o sorteio do campeonato distrital da Divisão de Honra, onde este ano vai marcar presença a equipa do Louro, único representante do concelho nesta divisão. A equipa de António Tavares vai iniciar a temporada fora de portas, com uma deslocação ao terreno do Torcatense. O campeonato tem o seu início marcado para o dia 13 de Setembro. De resto, na segunda jornada o Louro recebe o Martim, seguindo-se a deslocação ao terreno do Apúlia, equipa que também subiu de divisão. Na quarta jornada o Louro recebe o Águias da Graça, seguindo-se os jogos:

Taipas (fora), Ronfe (casa), Santa Eulália (fora), Esposende (casa), Vilaverdense (fora), Cabeceirense (casa), Prado (casa), Silvares (fora), Pica (casa), Porto d’Ave (fora) e Arões (casa). A última jornada da primeira volta está marcada para o dia 24 de Janeiro. Recorde-se que o Grupo Desportivo do Louro garantiu na última época a subida à Divisão de Honra, depois de ter garantido o segundo lugar na 1ª divisão distrital, sendo um regresso ao principal escalão da Associação de Futebol de Braga. O objectivo da equipa treinada por António Tavares é garantir a manutenção o mais rapidamente possível e sem grandes sobressaltos ao longo do campeonato.

GD Louro apresenta plantel frente ao Castêlo da Maia O Grupo Desportivo do Louro vai realizar este domingo, a partir das 17 horas, o seu jogo de apresentação aos sócios e simpatizantes. A equipa escolhida para apadrinhar a apresentação foi a formação do Castelo da Maia, da Associação de Futebol do Porto, e os associados da equipa do Louro vão ter a oportunidade de ver a evoluir dentro das quatro linhas os reforços escolhidos pelo treinador António Tavares, mais os jogadores que ficaram da última temporada. Recorde-se que o Grupo Desportivo do Louro vai militar na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Braga, depois de ter conseguido a subida na última temporada e curiosamente também na última jornada desse campeonato. pub.


30

sport: 19 de Agosto de 2009

modalidades

No 34º Circuito de Stª Mtª de Portuzêlo

Davide Silva conquista vitória ao sprint Decorreu no passado sábado o 34º Circuito de Santa Marta de Portuzêlo, naquela localidade de Viana do Castelo, organizado pela Associação de Ciclismo do Minho e pelo GDCP Santa Marta Portuzêlo, com a equipa do Centro Ciclista de Avidos a marcar presença e a conseguir a vitória final no escalão de cadetes por intermédio do ciclista Davide Silva. A prova decorreu nos escalões de cadetes, juniores e escolas, sendo que o melhor resultado conseguido pela equipa famalicense foi o triunfo nos cadetes. A prova foi muito disputada e a decisão fez-se ao sprint depois do pelotão ter chegado compacto à zona de meta. Aí o mais forte foi o ciclista famalicense Davide Silva, do Centro Ciclista de Avidos, superiorizando-se a João Pinto, da equipa Silva & Vinha/ADRAP, e a Vítor Silva, da formação SM Feira/E. Leclerc/Mor. Congelados. No escalão de cadetes parti-

ciparam ainda mais quatro ciclistas do Centro Ciclista de Avidos, com João Gomes a terminar na 17ª posição, Vítor Rodrigues no 22º lugar, Fábio Silva no 48º posto e por fim Daniel Ferreira na 49ª posição. De referir que a equipa do concelho de Famalicão conseguiu ainda garantir o terceiro lugar na geral por equipas, só sendo suplantada pelas formações da Silva & Vinha/ADRAP e do Centro Ciclista Barcelos/AFF Electrodomésticos. Entretanto, e no passado domingo, a equipa do Centro Ciclista de Avidos/Mansilha, Aço, Inox, Alumínio voltou a estar em competição, desta feira numa prova de ciclismo em São Paio de Oleiros. Na prova organizada pela Associação de Ciclismo de Aveiro, a formação de Famalicão voltou a garantir o terceiro posto na classificação geral por equipas.

Famalicense Atlético Clube fundador da ANACP Decorreu no dia 15 de Agosto, na Alameda do Bom Jesus de Fão, a celebração da escritura de formação da Associação Nacional de Clubes de Patinagem (ANACP), tendo como sócios fundadores os seguintes clubes: Famalicense Atlético Clube, Associação Desportiva “Os Limianos”, Futebol Clube do Porto, Casa do Povo de Sobreira, Hóquei Clube de Fão e Hóquei Clube Paço de Rei. Num dia considerado pelos responsáveis dos clubes como “histórico para a patinagem portuguesa” nasceu uma associação que pretende congregar todos os clubes de patinagem e defender a patinagem nacional. Vários clubes já demonstraram vontade em se tornarem sócios e num espaço de quatro

FAC é um dos membros fundadores da nova Associação de Patinagem

meses vai decorrer uma assembleia-geral, com vista à eleição dos corpos gerentes. Neste momento, a ANACP é gerida por uma

comissão directiva que vai ultimar todos os pormenores e continuar o trabalho até agora desenvolvido. Em representação do Famali-

cense Atlético Clube na cerimónia esteve presente o presidente da direcção do clube famalicense, Gouveia Ferreira.

Um regresso e duas caras novas reforçam FAC Verba de 2.500 euros para o GRAC O Grupo Recreativo e Associativo da Cruz vai receber o apoio financeiro de 2.500 euros para o apoio ao desenvolvimento do atletismo.

O dinheiro, aprovado por unanimidade na última reunião do executivo, destinase às actividades da época 2008/2009.

JASP recebe dinheiro para obras O executivo camarário aprovou, por unanimidade, na passada segunda-feira uma verba de seis mil e quinhentos euros para a Juventude Alegre de Seide S. Paio. O dinheiro destina-se às obras de melhoramentos que o clube tem vindo a realizar, progressivamente, no seu parque desportivo.

Câmara aprova verba para apoiar o futebol de formação Na passada reunião de Câmara foi aprovada a verba de 30 mil euros para apoiar o desenvolvimento de futebol de formação. Para o efeito, a autarquia famalicense criou uma bolsa de formação desportiva, atribuindo um apoio no montante de dois mil euros por escalão. Assim, o Brufense Atlético Clube vai receber quatro mil euros, o Sport Clube de Meães dois mil euros e o Grupo

Desportivo de Fradelos recebe a soma de quatro mil euros. Serão ainda contemplados o Grupo Desportivo do Louro, com seis mil euros, a Associação Desportiva Ninense, com quatro mil euros, já o Desportivo e Cultural de Arnoso Santa Maria vai receber seis mil euros e a Associação Desportiva e Cultural de Telhado dois mil euros. A proposta foi aprovada por unanimidade.

O plantel do Famalicense Atlético Clube (FAC) para a nova temporada está quase completo, faltando ainda a chegada de mais dois jogadores para fechar o grupo de trabalho. Entretanto, os famalicenses garantiram mais três reforços, são eles Dino, que é um regresso a uma casa que bem conhece, Telmo, ex-Académico do Porto, e António Cruz, ex-Valongo, que se juntam ao elementos já garantidos anteriormente, casos de André Barbosa, Nuno Alves, Miguel Correia, Rafael Pereira e Vítor Salgado, ex-Riba d’Ave. Para já o grupo de trabalho que estará às ordens do treinador Fernando Jorge é constituído por oito jogadores, esperando-se a chegada de mais dois elementos para que o plantel fique fechado em definitivo. O atleta Dino, que está de regresso à actividade e ao FAC, vai ainda acumular as funções de jogador com as de treinador do escalão de escolinhas. António Cruz é um jovem

Fernando Jorge ainda espera a chegada de mais dois jogadores

que na época passada representou o Valongo enquanto Telmo jogou no Académico do Porto. Relativamente aos escalões jovens do clube, André Barbosa treinará os escalões de escolares e infantis ao passo que

Jorge Ferreira acumula funções nos iniciados e juvenis. Nos juniores ainda não está definido quem será o responsável técnico, mas durante a próxima semana poderá ser divulgado o nome do principal responsável deste escalão.

Associação de Pesca Desportiva nasce em Ribeirão Na última reunião de Câmara foi aprovada um subsídio para apoiar a constituição da Associação de Pesca Desportiva de Ribeirão. Para isso foi aprovado, por unanimidade, o valor de 400 euros para apoiar os custos inerentes à respectiva constituição.

1.200 euros para apoiar atletas do RAC O Ruivanense Atlético Clube vai receber uma verba de 1.200 euros para apoiar a participação do clube no Campeonato da Europa de Ténis de Mesa. Os atletas Rui Silva, José Torrinha e Jacinto

Machado estiveram presentes no Campeonato que se realizou em Frankfurt, na Alemanha. A proposta foi aprovada na última reunião de Câmara por unanimidade.


sport: 19 de Agosto de 2009 31

modalidades

Na 71ª edição da Volta a Portugal em bicicleta

Tiago Machado foi o melhor jovem Terminou no passado domingo a 71ª edição da Volta a Portugal em bicicleta com a vitória a ser novamente de um ciclista português, no caso Nuno Ribeiro, da equipa Liberty Seguros. Seis anos depois da vitória de um português, Nuno Ribeiro bisou na Volta, após ter conquistado a camisola amarela na subida à Senhora da Graça. O famalicense Tiago Machado ficou no sétimo lugar final e venceu a camisola laranja, símbolo do melhor jovem da prova. A última etapa da Volta decorreu em Viseu, num contrarelógio de 30,8 quilómetros que foi ganho por Hector Guerra. Nuno Ribeiro conseguiu uma vantagem confortável na subida à Torre, na Serra da Estrela, e geriu no último dia de forma a garantir a camisola amarela final. David Blanco, da Palmeiras Resort-Prio Tavira, arrecadou o 2º lugar e David Bernabéu, da Barbot-Siper, fechou os lugares do pódio. O prémio de montanha foi também conquistado por Nuno Ribeiro, sendo que a vitória por pontos foi alcançada por Cândido Barbosa, da Palmeiras Resort-Prio Tavira, formação que conquistou a geral por equipas. Na juventude, Tiago Machado continua a ser o mais

forte e voltou na presente edição a envergar a camisola laranja. Aliás, o famalicense esteve desde o primeiro dia na posse desta camisola, sofrendo apenas o interregno de uma etapa em que a referida camisola foi envergada pelo ucraniano Oleg Chuzhda, da equipa Contenpolis. Tiago Machado que terminou na sétima posição final, a três minutos e oito segundos do vencedor, sendo que o seu principal objectivo era lutar pelo triunfo na Volta. Ainda assim, o famalicense não conseguiu ter o apoio necessário por parte da Madeinox-Boavista em algumas etapas importantes, pelo que o resultado final não foi o mais desejado. No contrarelógio de Viseu, Tiago Machado fez o quinto melhor tempo, a 42 segundos do vencedor da tirada, Hector Guerra. Quanto ao outro famalicense em prova, Joaquim Sampaio, que também correu pelas cores da Madeinox-Boavista, terminou a Volta no 55º posto, perdendo 57 minutos e três segundos para Nuno Ribeiro. Os objectivos de Joaquim Sampaio passavam por trabalhar em prol da equipa e ajudar Tiago Machado na melhor classificação possível e nesse sentido cum-

Tiago Machado no pódio com a camisola da juventude

priu com o desejado. Na última tirada, Sampaio foi 32º, a três minutos e três segundos do vencedor. Terminada a Volta, são muitos os rumores que colocam Tiago Machado de saída da Ma-

deinox-Boavista e com a possibilidade de se transferir para uma equipa espanhola e ser companheiro do último vencedor do Tour, o espanhol Alberto Contador. Se o cenário de uma transferência para uma equipa

B. M .

Aprovados 3.500 euros para a ATC

Em Aguiar da Beira

Miguel Campos realiza testes Dizem que quem aprende a andar de bicicleta, mesmo que durante muito tempo não ande, não mais esquece e isso parece também aplicar-se ao piloto famalicense Miguel Campos. O piloto prepara o regresso ao nacional de ralis e para isso já se encontra a realizar testes com o seu Clio R3 da ARC Sport, tendo-se deslocado a Aguiar da Beira. Miguel Campos sente-se já bastante à vontade ao volante do Clio R3, como se este já fosse seu velho conhecido. E o piloto fez apenas um pouco mais de 50 quilómetros de testes na passada terça-feira. Parado há quase dois anos, Miguel Campos está de volta ao convívio do mais importante campeonato de Portugal. “De início tive alguma dificuldade, como é normal, estando há tanto tempo parado. O Hans a princípio incomodou-me um bocado, pois só o utilizei mesmo no Rali de Portugal de 2008, mas rapidamente os automatismos surgiram”, disse o piloto. “De manhã andámos com pneus velhos, cerca de 15 quilómetros, apenas para fazer a mão ao carro. De tarde, com pneus novos, começou verdadeiramente o teste e o carro ficou com um comportamento bem diferente... para melhor”, concluiu Miguel Campos. O famalicense que ficou surpreendido pela positiva com o comportamento do carro. “Tem um bom equilíbrio, um excelente binário e a curva da potência é muito agradável. Tem uns óptimos travões curva muito bem, embora, como carro de tracção à frente que é, não deixe de ser algo nervoso”, apontou. Comparando-o com o 206 S1600, Miguel Campos considerou o Clio R3 “melhor”. “Tem um motor mais dócil, mais fácil de pilotar e com mais binário. O S1600 patinava muito, com o Clio isso não acontece tanto”.

estrangeira se confirmar, poderá acontecer que a próxima edição da Volta a Portugal não conte com o ciclista famalicense.

A Associação Teatro Construção de Joane vai receber o subsídio de 3.500 euros. O dinheiro destina-se a apoiar a modalidade de basquetebol da associação joanense. A verba foi aprovada por unanimidade, na passada segundafeira, em reunião de Câmara.

FC Vermoim com seis caras novas

E quanto à performance do Clio R3 em relação aos Grupo N, “sinceramente é-me difícil responder para já a isso, mas penso que em troços com curvas média onde a tracção não seja tão necessária, o Clio R3 não andará longe dos melhores Grupo N”. Mentor de todo este projecto com o Clio R3 de Manuel Inácio e agora também com mais um Clio para Miguel Campos, Aloísio Monteiro irá acompanhar o regresso do piloto de Famalicão ao nacional de ralis. O copiloto começou por dizer que agora com Miguel Campos “é um pouco diferente”.

“Andar ao lado do Miguel Campos obriga a que me adapte a um tipo algo diferente de notas. Logo que este projecto teve luz verde fomo-nos ambientando, mas este foi o primeiro teste com o Clio e o entrosamento tem sido bom. É um processo de evolução, mas acho que estamos no bom caminho”, disse. Quanto ao futuro deste projecto, Aloísio Monteiro referiu que para já nos planos está apenas o Rali do Centro, sendo que “se tudo correr bem, como espero, o objectivo é fazer as restantes duas provas do campeonato e montar um projecto para 2010”.

A equipa de futsal feminino do Futebol Clube de Vermoim já tem o seu plantel definido para a época 2009/2010. Do anterior plantel transitaram as atletas Andreia Santos, Paula Sá, Ana Azevedo, Dulce Piairo, Elsa Dias, Paula Gomes, Sandra Piairo, Patrícia Magalhães, Vera Paiva e Isabel Paiva. Quanto a contratações, o Vermoim garantiu as entradas de Sara (ex-Aliados de Lordelo), Adriana (ex-Palmeirense), Rita (ex-Landim), Juliana (ex-Aliados de Lordelo), Diana (ex-V. Guimarães) e Andreia (primeiro clube). Entretanto, o FC Vermoim vai organizar no dia 5 de Setembro, sábado, no Pavilhão Municipal Terras de Vermoim, o 1º Torneio Internacional “Terras de Vermoim”, com a participação das equipas do Aliados de Lordelo, Escola Gondomar, Ac. Alves Roçadas e Ponte Ourense. Os jogos iniciamse às 15 horas e o último encontro está marcado para as 19h30.


32

sport: 19 de Agosto de 2009

Sofia Zamolo

últimas

Audrina a arrependia

A América do Sul tem coisas fantásticas. Uma delas é as miúdas giras que são doidas por jogadores de futebol. A outra é não fazerem questão de esconderem com quem se deitam. Pelo contrário, tratam é que se saiba para com isso ganharem a maior publicidade possível. Até há alguns dias, nem sabia que Sofi fia a Zamolo existia. Gosto de “Sofi fia as”, e desta fi fiq quei a gostar também. As imagens dispensam mais explicações. Ah, a rapariga acalmou os “calores” com Kily González, o craque argentino que agora alinha no Rosário Central.

Toda à gente faz asneiras quando é jovem. Foi desta forma a estrela de “The Hills” Audrina Partridge pediu desculpas aos fãs do reality show pelas fotos nuas que tirou para a Playboy americana. “Quero que vocês saibam que as fotos foram tiradas assim que saí do colegial, no começo de minha carreira de modelo. Queria que fossem artísticas e não provocativas. As fotos eram para meu portfólio pessoal, e não eram para ser vistas pelo público”, justificouse numa mensagem colocada por ela na sua página pessoal no site MySpace. Segundo o site Splashnews, Audrina, de 22 anos, tinha 19 quando posou para as fotos. “Não estou envergonhada pelas fotos, mas não quero que meus fãs jovens pensem que eles precisam de fazer o mesmo que eu. Espero que as pessoas aprendam a partir de minha inexperiência”, afirmou a actriz.

Jennifer Ellison a multifacetada Foi eleita Loira mais sexy do mundo em 2005, batendo Victoria Silvstedt e Britney Spears, segunda e terceira respectivamente. Começou a sua carreira de modelo com apenas 16 anos na FHM em 1999. É conhecida nas terras da sua majestade graças a papel de Emily Shadwick na telenovela Brookside. Papel, que ela representou até 2003. Jennifer Ellison “roubou” o protagonismo a Jordan (Katie Price) para a marca de fatos de banho Ultimo. A directora da Ultimo tinha na altura escolhido a Jordan para representar a marca preferindo-a a Jennifer dizendo que a primeira era mais “sexy, engraçada e extrovertida”. Dois meses depois confessou ter cometido um erro e afirmou então que a Jennifer era a melhor opção e que tinha muita mais classe que Jordan. Jennifer actua, dança e canta. Fez um álbum em 2003 que teve um sucesso limitado e entrou no filme Meg Giry, adaptação do Fantasma da Opera. Nasceu em Liverpool em 1983 e é uma das animadoras do programa Inglês Loose Women desde Dezembro de 2007.


OS902  

R Ru ui iv va an ne en ns se e Atlético Clube terá relvado sintético no parque desportivo T Tr ro of fé éu us s: : Q Qu ua ad d C Cl la as s...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you