Issuu on Google+

Padock Competições completou um ano de existência ARCA e S. Mateus somam vitórias p.34

Kyryl e Bárbara

Ribeirão está apenas a 5 pontos do líder p.31

Mais 5 novos campeões regionais na natação p.35

Luís Cardoso abre o “livro” sobre o FC Famalicão p.30

Campeões Nacionais de Dança Desportiva Kyryl Shkuryeyev e a famalicense Bárbara Ribeiro, dançarinos do clube Alunos de Apolo Lisboa, sagraram-se Campeões Nacionais na categoria de mais alto nível da Dança Desportiva em Portugal – Adultos Internacionais, no Campeonato Nacional que aconteceu em Benavente (Santarém) no passado sábado, dia 24. Como Campeões Nacionais o par Kyryl e Bárbara vão representar Portugal no Campeonato da Europa e no Campeonato do Mundo do próximo ano, que vão ter lugar, respectivamente, em Espanha e na Austrália. O Kyryl e a Bárbara, que contam com o apoio de algumas entidades famalicenses, nomeadamente o “danças” Club, o Health Club Status e as lojas Cambraia e Leophoto, têm como professores o português Alberto Rodrigues, o mais consagrado e prestigiado professor e júri nacional, e ainda os ex-Campeões do Mundo Ralf e Olga Muller (Alemanha). O par campeão nacional também está ligado ao ensino da dança sendo professores de Dança Desportiva em Portugal (Continente e Madeira) e na Ucrânia, tendo os seus alunos conseguido, nesta competição, vários títulos de campeões e vice-campeões nacionais em diversas categorias.


30 opinião sport: 28 de Novembro de 2007

grande área

Luís Cardoso aborda actual situação do FC Famalicão

PÓDIO

1º Kyryl e Bárbara

"Clube está envolvido por amadorismo permanente" Bruno Marques

Sagraram-se campeões nacionais na categoria Alto Nível de Dança Desportiva no passado fim-de-semana. Bárbara Ribeiro é famalicense e no próximo ano, juntamente com o seu par, vai representar Portugal no Campeonato Europeu e Mundial.

2º GDN Cinco novos campeões regionais e a participação de 24 atletas demonstra a força do Grupo Desportivo de Natação de Famalicão. Dezembro é um mês importante a nível de resultados. Continuem assim.

3º Padock A força da equipa famalicense Padock Competições está cada vez mais expressa na maior competição TT do Mundo, o Lisboa- Dakar. Com um ano de existência é obra.

O preparador físico e coordenador das camadas jovens do Futebol Clube (FC) de Famalicão, que recentemente abandonou o clube, juntamente com Abel Silva e a sua equipa técnica, analisa pela primeira vez os motivos da sua saída. Luís Cardoso levanta ainda uma ponta do véu sobre os problemas que afectam o FC Famalicão e qual o futuro para o clube. OPINIÃO SPORT: Esteve ligado ao FC Famalicão apenas por quatro meses e saiu com um processo disciplinar. O que se passou para lhe ser movido este processo? Luís Cardoso: Fui um pouco apanhado de surpresa porque um processo disciplinar infundado apanha qualquer um de surpresa. Quando uma pessoa cumpre com as suas obrigações perante a entidade patronal não está à espera que aconteça uma situação destas. Podemos dizer aquilo que quisermos, mas depois é preciso provar nas devidas instâncias. Que posicionamento toma perante esse processo disciplinar? Estou perfeitamente à vontade e neste momento esse processo já nem existe porque infelizmente tive de rescindir com o clube por falta de condições de trabalho e incumprimento dos ordenados. Portanto, a partir do momento da rescisão o processo terminou. No entanto, tiveram tempo para formalizar uma nota de culpa mas nunca chegou a ser fundamentada porque não existiam razões. Quando foi convidado por Carneiro da Silva, acreditou que o projecto era bom para o clube? O caminho tem que ser aquele que foi definido num projecto que está escrito e definido. Toda a gente o reconhece como extraordinário. O que falhou foi a falta de apoio e a percepção de que realmente era por aqui que o Famalicão teria de iniciar a sua reabilitação. É claro que os resultados não

Luís Cardoso, à direita, está disposto a voltar ao clube caso passe a ser útil no futuro

apareceriam de forma rápida, mas a longo prazo será a forma do clube dar passos seguros. Falharam algumas coisas. Só para dar dois exemplos, os atletas este ano não fizeram exames médicos e não existia a presença de um massagista nos jogos. O caminho começou a ser divergente daquilo que era o meu pensamento. Considera que a sua escolha foi errada? Não, porque penso que tudo o que fazemos ajuda-nos a desenvolver competências. Adorei todo o tempo que dediquei a este projecto e cresci com isto tudo. Não dou como perdido o meu tempo, mas sinto-me triste porque era um projecto que tinha viabilidade e que ia dar uma dimensão nova ao FC Famalicão que é um clube do qual gosto muito.

Como são as relações com Carneiro da Silva? A relação deixou de existir na altura em que perco a confiança e a credibilidade numa pessoa. Essa pessoa foi uma desilusão tremenda e saio magoado porque deixou de dar apoio a tudo o que tinha prometido. Mente muito acerca do meu processo de trabalho e em relação às realidades do clube. Quais são os problemas que envolvem o FC Famalicão? São problemas da ordem organizacional, de ordem da formação desportiva e ao mesmo tempo, em certos momentos, de falta de frontalidade e carácter para assumir perante as pessoas. As questões não passam só pelos problemas de ordem financeira, mas essencialmente por dar uma resposta perante aqueles que trabalham

diariamente na procura de um objectivo para o clube. Fico triste por sentir que o clube está envolvido por um amadorismo permanente. Qual é o futuro que prevê para o FC Famalicão? Acredito que o clube terá um futuro bonito porque há muita gente na cidade que gosta dele. Acredito que outras pessoas virão para abraçar novas ideias e para voltar a pôr em prática coisas que só poderão beneficiar o clube. E quando o Famalicão tiver novas pessoas passarei a estar novamente disponível para, primeiro, retirar o processo que está em tribunal por falta de pagamento de ordenados e, em segundo, para voltar a trabalhar no clube, caso possa ser útil. *com José Clemente


opinião sport: 28 de Novembro de 2007 31

futebol

Antes da recepção ao líder União

GD Joane volta a fraquejar em casa

Ciclo interrompido

Ribeirão vence na Madeira 0-1 Estádio Municipal, Machico Árbitro: Rui Patrício (Aveiro)

Machico GD Ribeirão Moura Romício Rúben Calu David Santos (58’ Paiva) Marco Freitas (61’ Kikas) Zé d’ Angola Adelino Pires Fabrício Agostinho (55’ Miguel Ângelo)

Trigueira Luís Faria Bura Luís Alberto Nelson Varela Costa Paulo Tavares (90’ Paulo Rola) Monteiro (90’ Tiago Silva) Vítor Hugo (68’ Renato) Pires

Treinadores Vitor Cunha

Lito

Golos: 52’ Monteiro. Cartões Amarelos: 52’ Rúben. Cartões Vermelhos: Não houve.

Pedro Reis Sá Na 12ª jornada da 2ª Divisão, série A, o Ribeirão deslocou-se ao terreno do Machico e venceu por uma bola a zero. Com um onze modificado, dada a inclusão de Vítor Hugo e Bura, Lito Vidigal demonstrou que é um profundo conhecedor da ilha portuguesa onde o Ribeirão já tinha empatado a um golo com o Portosantense e a duas bolas com o Camacha, sendo que este desafio foi disputado na jornada inaugural do campeonato e ainda sob liderança de José Soeiro. Uma vitória num terreno onde a equipa da casa só tinha vencido por uma vez e a equipa ribeirense podia agudizar mais a crise desta formação madeirense. O golo foi apontado por Monteiro após Vítor Hugo ter sido carregado, mas o árbitro acabou por dar a lei da vantagem, já que Monteiro estava em boa posição, como comprova o facto de ter conseguindo chegar ao golo. Estávamos na passagem do minuto 56 e o Ribeirão conseguia o que tantas vezes tinha tentado, pois as melhores oportunidades pertenceram-lhe. Como seria de esperar, a equipa da ilha da Madeira reagiu à desvantagem mas deparou-se com uma defesa muito coesa e que contava com a ajuda de todo o plantel, funcionando como um bloco a estrutura montada de Lito Vidigal. Com esta vitória, o Ribeirão sobe para a quinta posição, a apenas cinco pontos do líder União da Madeira, equipa que visita o estádio

II DIVISÃO

Série A

R E S U LTA D O S

Merelinense, 1; Tirsense, 0 Portosantense,1;Desp.Chaves,1 Fafe, 2; Lixa, 0 Machico, 0; Ribeirão, 1

União Madeira, 1; Moreirense, 0 Camacha, 2; Maria Fonte, 0 Lousada, 1; Atlético Valdevez, 2

Tirsense - Portosantense Desp. Chaves - Fafe Lixa - Machico Ribeirão - União Madeira

Moreirense - Camacha Maria Fonte - Lousada Atlético Valdevez - Merelinense

PRÓXIMA JORNADA

do Passal no próximo fim-de-semana. Realce para os resultados alcançados por Lito Vidigal. No campeonato, o treinador conseguiu levantar a moral dos jogadores e retirar o que de melhor podem dar ao clube. Entrado na quinta jornada, onde venceu no terreno do Moreirense, até agora Lito Vidigal teve apenas uma derrota, um empate e seis vitórias. A derrota foi no terreno da equipa flaviense, que é uma das candidatas a conseguir a subida de divisão, e o Portosantense tem no seu estádio, onde o Ribeirão empatou, um micro clima, bem parecido com o Estádio do Nacional da Madeira. As vitórias foram conseguidas em casa por quatro vezes, não tendo ainda perdido pontos, e por duas vezes fora de casa. Primeiro em casa do Moreirense por dois golos sem resposta e agora pela margem mínima na cidade de Machico. A curiosidade impera e no próximo domingo frente ao actual líder, o União da Madeira, o Ribeirão tem um teste às suas capacidades. Nesta primeira fase do campeonato, o Ribeirão está, a todos os níveis, colado às melhores formações desta divisão.

José Lopes foi expulso na partida com o Vieira

0-2 Campo dos Barreiros em Joane Árbitro: Pedro Sá, de Braga

GD Joane Campos Álvaro Hugo Laureta Capucho Roberto Mokas Romeu (60’ Cunha) Zé Miguel Ruben (72’ Cuca) Carlos Manuel (45’ Sócrates)

Vieira Francês Tozé Castelar Belmiro Giani Óscar Paulinho (80’ Bruno Ribeiro) Hugo Pedro Mendes (65’ Rambóia) Bruno Cunha Catana (79’ Vitinha)

Treinadores José Lopes

Pedro Rui

Golos: 30’ Catana, 57’ Castelar. Cartões Amarelos: 15’ Álvaro, 57’ Hugo, 70’Frances, 76’ Ramboia, 92’ Capucho. Cartões Vermelhos: 80’ Roberto, 80’ José Lopes (treinador Joane)

José Clemente

Lito Vidigal soma sexta vitória CLASSIFICAÇÃO

1. União Madeira 2. Atlético Valdevez 3. Desp. Chaves 4. Tirsense 5. Ribeirão 6. Maria Fonte 7. Camacha 8. Lousada 9. Portosantense 10. Moreirense 11. Fafe 12. Merelinense 13. Machico 14. Lixa

J

12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12 12

V

8 7 6 6 6 6 5 5 3 4 3 3 2 1

E

1 2 5 3 2 1 3 3 6 3 2 2 4 1

D

3 3 1 3 4 5 4 4 3 5 7 7 6 10

F

24 17 14 14 16 16 16 12 16 10 10 10 6 4

C

9 7 5 10 17 19 10 9 10 11 16 17 13 32

P

25 23 23 21 20 19 18 18 15 15 11 11 10 4

O GD de Joane recebeu, no passado domingo, o Vieira e perdeu por duas bolas a zero, numa partida referente à 10 ª jornada do nacional da terceira divisão, série A. O Joane tinha tudo para dar continuidade aos últimos bons resultados, só que para isso acontecer tem de marcar e foi precisamente isso que não aconteceu. Não basta criar bastantes oportunidades de golo, também é preciso concretizálas. O Joane dominou por completo a partida só que o Vieira foi mais eficaz em duas ou três vezes que foi até a baliza de Campos. Marcou dois golos. O Joane sofreu o primeiro go-

lo aos 30 minutos numa desatenção de toda a sua defensiva, aparecendo, já dentro da pequena área, Catana que, liberto de adversários e de cabeça, fez o primeiro golo para a sua equipa. Golo que, diga-se, o Vieira nada tinha feito até essa altura para o merecer. Reagiu de imediato o Joane que, por várias vezes, esteve à beira de conseguir o empate. Não o conseguiu por mera falta de sorte e também de alguma pontaria. O intervalo chegaria com a vitória a sorrir aos homens de Vieira do Minho. Para a segunda parte, o Joane, como lhe competia, entrou no jogo a dominar, só que alguns minutos depois Hugo meteu a mão à bola dentro da área e o árbitro, muito perto do lance, não hesitou e mandou marcar a grande penalidade. Castelar, chamado a converter, colocou a sua equipa em vantagem no marcador por dois golos de diferença. A partir daqui e a perder por duas bolas a zero, o GD de Joane tentou o tudo por tudo para tentar mudar o rumo dos acontecimentos, só que o Vieira, agora com mais tranquilidade e com a partida muito bem controlada, não dava qualquer veleidade

III DIVISÃO

Série A

R E S U LTA D O S

Amares, 0; Bragança, 0 Mondinense, 2; Vianense, 0 Mac. Cavaleiros, 4; Brito, 0 Vidago, 2; Prado, 2

Joane, 0; Vieira, 2 Valenciano, 4; Morais, 0 Mirandela, 4; Marinhas, 1

PRÓXIMA JORNADA

Amares - Mondinense Vianense - M. Cavaleiros Brito - Vidago Prado - Joane

Vieira - Valenciano Morais - Mirandela Bragança - Marinhas

aos atacantes da equipa da casa. O Joane, por aquilo que fez e em especial durante a segunda parte, não merecia este resultado. O Vieira venceu a partida fruto de dois erros da defensiva do Joane, como, de resto, reconheceu José Lopes, o treinador joanense, analisou a derrota da sua equipa. Quanto ao árbitro Pedro Sá, um jovem com muito valor, mas perdeu-se um pouco em especial no capítulo da disciplina e, nomeadamente, na expulsão do treinador José Lopes.

O Joane tinha tudo para dar continuidade aos últimos bons resultados, só que para isso acontecer tem de marcar e foi precisamente isso que não aconteceu. CLASSIFICAÇÃO

1. Mirandela 2. Mondinense 3. Vieira 4. Amares 5. Marinhas 6. M. Cavaleiros 7. Joane 8. Vianense 9. Vidago 10. Bragança 11. Prado 12. Valenciano 13. Brito 14. Morais

J

10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10

V

6 6 7 5 4 4 3 3 3 2 3 3 2 1

E

4 3 0 2 3 2 4 3 3 6 3 2 1 0

D

0 1 3 3 3 4 3 4 4 2 4 5 7 9

F

18 19 17 8 15 17 6 17 10 9 9 14 8 7

C

5 8 9 6 14 17 8 11 10 11 15 14 17 29

P

22 21 21 17 15 14 13 12 12 12 12 11 7 3


32 opinião sport: 28 de Novembro de 2007

Famalicão não vence desde a 4ª jornada

futebol

Amarante cedo se contentou com a divisão de pontos

Oliveirense teve um pé na liderança

2-1 Estádio das Laranjeiras, Paredes Árbitro: Pedro Oliveira (Aveiro)

FC Famalicão

Paredes Festas Sidon Romeu Ginho Pedro Festas Kalica Bessa (40’ Ricardo) Vasco Eurico (61’ Amaro) Nogueira (40’ Caetano) Sousa

Artur Artur Faria Alex David André Mané (78’ Patrício) Martins (45’ Zé Miguel) Ruizinho Tiririca (70’ Gomes) Hélder Neto Santos

Treinadores Paulo Gentil

António Tavares

Golos: 32’ Hélder Neto (0-1); 44’ André (PB) (1-1); 74’ Sousa (2-1). Cartões Amarelos: 67’ André; 87’ Zé Miguel; 90’ Artur Faria. Cartões Vermelhos: Não houve.

Após um período complicado na última semana, com uma greve devido a salários em atraso, os jogadores do Famalicão voltaram, domingo, a envergar a camisola azul e branca, acabando derrotados pelo Paredes, no terreno deste, por duas bolas a uma. A formação da casa é uma das candidatas a conseguir, nesta primeira fase do campeonato, a manutenção, desde logo entrando nos seis primeiros lugares e, por isso, teria que vencer a equipa famalicense, fragilizada pelos pro-

blemas que assolam o clube. O Famalicão bateu-se muito bem e até chegaria à vantagem por intermédio de Hélder Neto, na passagem do minuto 32. Foi o regresso aos golos de um dos homens emprestados pelo Trofense. A formação famalicense esteve melhor na primeira parte mas a equipa da casa acabaria por chegar à igualdade já perto do intervalo, numa infelicidade de André Francisco, que colocou a bola no fundo das redes do guardião Artur. Na segunda parte, o Famalicão dispôs de algumas situações para voltar a estar em vantagem no marcador mas, como um azar nunca vem só, o Paredes voltaria a ter a sorte do jogo e, praticamente a 15 minutos do fim, chegaria à vantagem. Esta derrota coloca o Famalicão numa situação complicada, isto é, a sete pontos do sexto lugar, que garante a manutenção na primeira fase do campeonato. Mesmo assim, foi um jogo repleto de emoções e que demonstrou que os jogadores famalicenses são verdadeiros profissionais. À espera de melhores resultados e ainda sem receber os seus salários em atraso, o OPINIÃO SPORT sabe que existem jogadores que podem sair do Famalicão num futuro próximo, e que estão ser alvo de observações ao longo dos jogos da equipa famalicense.

Arquivo

A sete pontos do sexto lugar

A Oliveirense foi a primeira a marcar

1-1 Campo de Ribes Árbitro: António Monteiro (Viana do Castelo) Auxiliares: José Moreira e João Santos

AD Oliveirense Amarante FC Fernando Jorge Carvalhinho Zé Pedro Soares Jorge Miguel Mário (55’ João Dias) Xavier (85’ Ricardo) Leal (75’ Hélder Araújo) João Cruz Cadete Pedro Fidalgo

Celso Jorginho I Carlos Alberto Paulinho Rochinha Alex Quim Jorginho II (93’ Marcos) Paulo Pereira Brito (86’ Pedro Pontes) Marinho (89’ Paulo César)

Treinadores Mário Jorge

Jogadores do FC Famalicão voltam aos treinos

Até meio de Dezembro esperam-se soluções Os jogadores do Futebol Clube de Famalicão voltaram aos treinos na passada quintafeira. A decisão foi tomada depois de uma reunião com o presidente da colectividade, tendo ficado decidido que até meio de Dezembro serão encontradas soluções para os problemas do clube, revelou uma fonte próxima do Famalicão. Os jogadores já têm dois meses de ordenados em atraso, para além de outros problemas ao nível das condições existentes no clube. Seis jogadores já abandonaram os azuis e brancos e o OPINIÃO SPORT tem conhecimento que alguns dos jogadores integrados na equipa famalicense têm vindo a ser observados por diversos clubes e que poderão avançar para a contratação dos mesmos, se os pro-

blemas continuarem A equipa do Famalicão tinha ameaçado não comparecer no jogo do fim-de-semana, em Paredes, mas acabou por ceder e os atletas jogaram o desafio tendo perdido por duas bolas a uma, na 10ª jornada do Campeonato Nacional da III Divisão. O impasse continua, assim, até meados do próximo mês. O OPINIÃO SPORT tentou chegar à fala com o presidente famalicense Carneiro da Silva, mas mais uma vez as tentativas saíram infrutíferas. Dezembro é um mês chave para a resolução dos problemas do clube famalicense mais representativo historicamente a nível concelhio, tendo passado por seis vezes no escalão maior do panorama nacional de futebol.

Moura da Costa

Golos: 28’ Leal (1-0); 47’ Paulo Pereira (1-1).. Cartões Amarelos: 37’ Brito; 75’ Xavier; 76’ Alex; 91’ Jorge Miguel.. Cartões Vermelhos: Não houve.

Bruno Marques No Campo de Ribes, em Oliveira Santa Maria, encontraramse os dois primeiros classificados da série B e, em caso de vitória, os locais passariam para a frente da classificação. A equipa de Mário Jorge foi a única que quis somar os três pontos e esteve mesmo em vantagem, mas a boa entrada do Amarante na segunda parte foi determinante para o desfecho final. Previa-se uma partida equilibrada entre duas das boas equipas da 3ª divisão, série B, e foi isso que aconteceu em Oliveira Santa Maria. Sem ser um encontro exuberante, em termos de futebol jogado, os atletas procuraram sempre jogar rápido e chegar à baliza contrária, mantendo a incerteza do resultado até ao apito final. A primeira oportunidade de perigo surgiu para os da casa, com o regressado Pedro Fidalgo a cabecear ao poste esquerdo da baliza de Celso depois

de cruzamento de João Cruz. Corria o minuto seis da primeira metade e a Oliveirense fazia a primeira ameaça. A resposta dos forasteiros surgiu por Quim, que cabeceou por cima da baliza de Fernando Jorge. O golo inaugural surgiu à passagem do minuto 28, por intermédio de Leal. Cadete entrou na área adversária colocou a bola ao segundo poste onde apareceu Leal a encostar para o primeiro tento do jogo. Esta era uma vantagem justa para a Oliveirense, que até então tinha sido a equipa mais esclarecida no ataque. Até ao intervalo, destaque apenas para um lance individual de Jorginho II, que aproveitou bem uma desatenção de Zé Pedro para levar perigo à baliza de Fernando Jorge. Ainda assim, o remate em zona frontal saiu por cima da baliza. O Amarante entrou melhor na segunda parte e com vontade de chegar rapidamente à igualdade. Logo no primeiro minuto o guarda-redes famalicense negou o golo a Jorginho II e na sequência do canto, Paulo Pereira fez o empate. O canto na esquerda foi apontado por Paulinho e à entrada da área, num remate de ressaca, o jogador do Amarante estabeleceu o 1-1. O jogo entrou depois numa fase algo repartida, com o golo a poder surgir para qualquer um dos lados. A Oliveirense tentava um futebol apoiado, de pé para pé e com muita cir-

culação de bola, enquanto o Amarante optava por um futebol directo, para surpreender a defensiva local. Até ao final, registo para mais três boas oportunidades de golo, duas para os famalicenses e uma para os forasteiros. Aos 72 minutos, Pedro Fidalgo promove a defesa da tarde ao guarda-redes Celso e sete minutos depois o mesmo jogador falha a emenda ao primeiro poste, após canto de Carvalhinho na direita. Já aos 85 minutos, Jorginho II pôs mais uma vez à prova os reflexos de Jorge. O encontro fecharia com a igualdade a uma bola. O resultado mais justo seria a vitória da Oliveirense uma vez que foi a única formação que ao longo dos 90 minutos procurou somar os três pontos. Cedo se percebeu que os amarantinos vieram a Oliveira Santa Maria para o empate, tendo defendido quase sempre com todos os homens atrás da linha da bola. Certo também é que o Amarante não é uma equipa qualquer e por isso a Oliveirense falhou o assalto ao primeiro lugar da tabela classificativa. Quanto ao trabalho da equipa de arbitragem, teve um critério demasiado largo, originando a que passassem em claro muitas faltas. É bom não apitar por tudo e por nada, mas as faltas são para serem assinaladas. Tirando esse aspecto, o trabalho teve nota positiva.

III DIVISÃO

CLASSIFICAÇÃO

Série B

R E S U LTA D O S

A. Lordelo, 1; S. Pedro Cova, 1 Paredes, 2; Famalicão, 1 Nogueirense, 1; Maia, 1 Serzedelo, 1; T. Moncorvo, 0

Oliveirense, 1; Amarante, 1 Rebordosa, 0; P. Rubras, 1 Padroense, 4; O. Douro, 2

PRÓXIMA JORNADA

Aliados Lordelo - Paredes Famalicão - Nogueirense Maia - Serzedelo Torre Moncorvo - Oliveirense

Amarante - Rebordosa Pedras Rubras - Padroense S. Pedro Cova - O. Douro

1. Amarante 2. Padroense 3. Oliveirense 4. S. Pedro Cova 5. Paredes 6. Oliveira Douro 7. Nogueirense 8. Serzedelo 9. Rebordosa 10. T. Moncorvo 11. P. Rubras 12. A. Lordelo 13. Famalicão 14. Maia

J

10 10 10 10 9 10 10 10 10 10 10 10 10 9

V

7 6 5 4 4 3 4 4 3 3 3 2 1 1

E

1 1 4 3 2 5 2 1 3 3 2 4 4 3

D

2 3 1 3 3 2 4 5 4 4 5 4 5 5

F

19 17 14 12 13 14 10 11 9 8 9 8 9 7

C

10 11 8 12 10 12 12 14 10 10 14 10 14 13

P

22 19 19 15 14 14 14 13 12 12 11 10 7 6


opinião sport: 28 de Novembro de 2007 33

futebol

Camadas jovens FC Famalicão

Infantis A golearam

Mais três vitórias

A equipa dos Infantis do F. C. de Famalicão, recebeu e derrotou, na 4ª jornada, a equipa do Desportivo Ases S. Jorge por 92. O resultado foi fruto de uma boa exibição por parte da equipa da casa, apesar de um começo algo nervoso, a equipa consegui ao longo do jogo, impor o seu ritmo e conseguir sair vitorioso de mais um jogo. As coisas não começaram muito bem para o Famalicão, os jogadores encontravam-se um pouco nervosos, e as trocas de bola nem sempre eram feitas da melhor forma. Mas após o primeiro golo da equipa, tudo mudou, os jogadores começaram a ganhar mais confiança e no decorrer do jogo, impuseram-se perante o adversário, chegando ao intervalo a vencer por 4-1. Na segunda parte, o Famalicão dominou por completo a partida, os jogadores sentiamse confiantes, concentrados, e com uma boa entreajuda, principalmente no sector defensivo, conseguiram dominar um adversário que nada conseguia fazer para impedir o ímpeto ofensivo do Famalicão. Este facto constatou-se nos únicos três remates que a equipa do

Os juniores do FC Famalicão continuam na sua caminhada rumo à subida de divisão. No passado sábado voltaram a vencer e, desta vez, a vítima foi o Gondomar, que sofreu três golos sem resposta. Com mais esta vitória, continua na primeira posição da tabela classificativa com 26 pontos, mais três que a sensação deste campeonato, o Diogo Cão. Na próxima jornada, o FC de Famalicão volta a jogar em casa e, no início da segunda volta, recebe o Paços de Ferreira, actual sétimo classificado, com 14 pontos. Os juvenis, agora com o novo treinador, David Silva, voltaram a vencer. Desta vez foi frente ao Amares, por duas bolas a uma. É a segunda vitória consecutiva da formação famalicense desde que David Silva tomou conta da equipa. Apesar da vitória, o FC Famalicão ainda não abandonou a zona de rebaixamento encontrando-se, neste momento, na nona posição, com 10 pontos. Na próxima jornada desloca-se ao terreno do Vianense, para defrontar a equipa local. A equipa de Iniciados do FC Famalicão, que este ano está a realizar um excelente campeonato, no passado fim-de-semana, voltou a vencer, frente ao Bragança, em casa deste, por duas bolas a zero. Com mais esta vitória a equipa jovem do FC Famalicão encontra-se na quinta posição da tabela classificativa, com 19 pontos, os mesmos que o Vizela que é, curiosamente, o próximo adversário da formação famalicense.

Louro goleado em casa

P

CLASSIFICAÇÃO

J

V

1. Pico Regalados 8 6 2. Águias Graça 8 6 3. Terras Bouro 8 5 4. Tibães 8 5 5. Soarense 8 4 6. Palmeiras 8 4 7. NINENSE 8 3 8. Catel 8 4 9. Roriz 8 2 10. Viatodos 8 3 11. Fragoso 8 2 12. Pousa 8 1 13. Águias Alvelos 8 2 14. Apúlia 8 1 15. T. Caldelas 8 1 16. Arentim 8 0 Soarense - Pico Regalados Palmeiras - Roriz Fragoso - Catel Tibães - Terras Bouro

E

D

F

C

P

2 0 14 4 20 0 2 19 6 18 2 1 22 9 17 2 1 15 9 17 3 1 11 6 15 2 2 18 8 14 3 2 11 9 12 0 4 11 11 12 3 3 7 9 9 0 5 5 11 9 1 5 13 15 7 4 3 4 9 7 1 5 7 19 7 3 4 8 13 6 3 4 6 14 6 1 7 5 24 1 Apúlia - NINENSE T. Caldelas - Águias Graça Viatodos - Águias Alvelos Arentim - Pousa

J

11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11 11

V

8 6 5 5 6 5 4 4 4 3 2 0

E

2 5 4 4 0 0 2 2 1 4 1 3

D

1 0 2 2 5 6 5 5 6 4 8 8

F

28 27 27 28 23 17 20 20 18 11 6 4

C

FAMALICÃO - Paços Ferreira Taipas - Vila Real Diogo Cão - Gondomar Chaves - Tirsense Maia - Cachão Infesta - Valdevez

GONDIFELOS,2;LOUSADO,0 Briteiros, 1; S. Paio d'Arcos, 2 Polvoreira, 2; Pedralva, 2 Porto d'Ave, 2; Tabuadelo, 1

CLASSIFICAÇÃO

J

V

1. Pica 8 6 2. Silvares 8 5 3. Porto d'Ave 8 4 4. Airão 8 4 5. Ronfe 8 3 6. Tabuadelo 8 4 7. Antime 8 3 8. Polvoreira 8 3 9. Santo Adrião 8 2 10. Arco Baúlhe 8 3 11. Pedralva 8 2 12. GONDIFELOS 8 2 13. Briteiros 8 2 14. LOUSADO 8 2 15. S. Paio d'Arcos 8 2 16. Gandarela 8 0 GONDIFELOS - Briteiros S. Paio d'Arcos - Polvoreira Pedralva - Porto d'Ave Tabuadelo - Antime

P

26 23 19 19 18 15 14 14 13 13 7 3

Série B

Antime, 0; Pica, 1 Airão, 1; Santo Adrião, 0 Arco Baúlhe, 0; Ronfe, 3 Gandarela, 1; Silvares, 1 E

D

F

C

CLASSIFICAÇÃO

1. Freamunde 2. Varzim 3. V. Guimarães 4. Sp. Braga 5. Penafiel 6. Vianense 7. P. Ferreira 8. Chaves 9. Famalicão 10. Mirandela 11. Amares 12. Cerveira

P

1 1 17 8 19 1 2 11 8 16 3 1 9 4 15 3 1 9 6 15 3 2 15 10 12 0 4 16 12 12 3 2 11 9 12 2 3 12 12 11 4 2 5 4 10 1 4 11 13 10 3 3 14 16 9 2 4 13 15 8 2 4 7 10 8 1 5 8 15 7 1 5 7 16 7 4 4 5 12 4 Pica - Airão Santo Adrião - Arco Baúlhe Ronfe - Gandarela LOUSADO - Silvares

J

12 12 11 11 12 12 12 12 12 12 12 12

Amares - P. Ferreira Penafiel - V. Guimarães Sp. Braga - Mirandela

V

8 7 7 7 6 6 5 4 3 3 0 0

E

D

2 2 3 2 3 1 2 2 4 2 3 3 3 4 1 7 3 6 1 8 3 9 2 10

F

34 26 26 26 31 18 26 14 17 9 8 10

C

14 5 6 9 15 13 17 26 23 46 30 41

Freamunde - Varzim Cerveira - Chaves Vianense - Famalicão

AFB II DIVISÃO

P

26 24 24 23 22 21 18 13 12 10 3 2

Série 1

Fonte Boa, 4; Tadim, 2 Granja, 1; Marca, 1 Antas, 2; MOUQUIM, 1 São Veríssimo, 5; Bastuço, 0 Vila Chã, 4; Juv. Belinho, 2 Tebosa, 0; Celeirós, 2 OPERÁRIO, 3; TELHADO, 2

CLASSIFICAÇÃO

J

V

1. Vila Chã 8 7 2. Celeirós 8 6 3. MOUQUIM 8 6 4. OPERÁRIO 8 5 5. Antas 8 4 6. São Veríssimo 8 3 7. Fonte Boa 8 3 8. Granja 8 2 9. Marca 8 2 10. TELHADO 8 2 11. Tadim 8 2 12. Juv. Belinho 8 2 13. Tebosa 8 0 14. Bastuço 8 0 Fonte Boa - Antas MOUQUIM - Vila Chã Juv. Belinho - OPERÁRIO TELHADO - Granja

E

D

F

C

0 1 27 10 1 1 14 6 0 2 22 7 0 3 12 8 2 2 12 9 2 3 11 7 2 3 17 18 4 2 8 12 3 3 13 13 3 3 13 17 2 4 13 15 1 5 15 27 2 6 8 18 2 6 4 22 Marca - São Veríssimo Bastuço - Tebosa Tadim - Celeirós

INICIADOS RESULTADOS

RESULTADOS

RESULTADOS

AFB I DIVISÃO

12 10 12 18 27 19 16 21 21 16 26 31

I Divisão

P. Ferreira, 2; Penafiel, 0 Varzim, 9; Cerveira, 0 V. Guimarães-Sp. Braga (ad) Chaves, 0; Vianense, 1 Mirandela, 0; Freamunde, 5 Famalicão, 2; Amares, 1

P

21 19 18 15 14 11 11 10 9 9 8 7 2 2

I Divisão

FOLGA-Vianense Vizela, 0; Varzim, 0 Gil Vicente, 0; Chaves, 0 Sp. Braga, 1; V. Guimarães, 0 Limianos, 1; Trofense, 0 Moreirense, 4; Fafe, 0 Bragança, 0; FAMALICÃO, 2

CLASSIFICAÇÃO

1. Gil Vicente 2. V. Guimarães 3. Sp. Braga 4. Varzim 5. Vizela 6. FAMALICÃO 7. Moreirense 8. Vianense 9. Chaves 10. Limianos 11. Fafe 12. Trofense 13. Bragança

PRÓXIMA

C

1. FAMALICÃO 2. Diogo Cão 3. Infesta 4. Gondomar 5. Valdevez 6. Maia 7. Paços Ferreira 8. Chaves 9. Taipas 10. Tirsense 11. Vila Real 12. Cachão

Rui Filipe

J

11 11 10 11 11 11 11 11 11 11 12 11 10

Vianense - Gil Vicente Chaves - Limianos Trofense - Bragança FAMALICÃO - Vizela

V

8 8 8 7 5 6 5 4 3 3 1 1 0

AFB II DIVISÃO

R E S U LTA D O S

F

L u í s T e i xe i r a

VITORIA,0;Campelos,1 À.S.Romão,4;LAGENSE,1 Selho,3;AsesStªEufémia,2 S.COSME,2;DELAES,0

CLASSIFICAÇÃO

J

V

E

2 1 1 1 4 1 1 1 3 1 3 2 3

D

1 2 1 3 2 4 5 6 5 7 8 8 7

F

23 34 26 24 20 18 14 13 8 18 6 2 3

C

10 8 6 8 14 17 14 20 15 29 31 13 24

P

26 25 25 22 19 19 16 13 12 10 6 5 3

Varzim - Sp. Braga V. Guimarães - Moreirense Fafe - FOLGA

Série 4

BAIRRO,1;SÃOCLAUDIO,1 Pevidem,1;Gonça,1 RUIVANENSE,1;P. Matamá,0 E

D

F

C

P

1.ÀguiasS.Romão 8 7 0 1 17 9 21 2.SÃOCLAUDIO 8 5 2 1 11 5 17 3.Campelos 8 4 3 1 14 5 15 4.Selho 8 4 2 2 13 12 14 5.S.COSME 8 4 2 2 10 9 14 6.Pevidem 8 3 4 1 13 8 13 7.Gonça 8 4 1 3 15 12 13 8.RUIVANENSE 8 3 3 2 10 11 12 9.AsesStªEufémia 8 3 1 4 12 13 10 10.VITORIA 8 3 0 5 8 12 9 11.BAIRRO 8 1 3 4 7 10 6 12.LAGENSE 8 1 2 5 14 18 5 13.PanterasMatamá 8 1 2 5 9 15 5 14.DELAES 8 0 1 7 4 18 1 VITORIA-ÀguiasS.Romão SÃOCLAUDIO-Pevidem LAGENSE-Selho Gonça-RUIVANENSE AsesStªEufémia-S.COSME Campelos-PanterasMatamá DELAES-BAIRRO

PRÓXIMA

D

2 0 17 3 23 4 0 19 6 22 2 2 15 8 20 4 0 20 3 19 3 2 16 8 18 5 1 19 11 14 4 3 14 9 13 4 2 12 13 13 3 4 12 17 12 2 5 9 16 11 7 2 13 10 10 4 5 5 12 7 4 5 8 16 7 5 5 7 20 5 5 5 8 23 5 4 6 4 23 4 Arões - Laje Torcatense - Louro Alegrienses - Esposende São Paio - Cabeceirense

Jogaram: Ricardo Ribeiro (Gr), Diogo Nogueira(CP), Pedro Veloso, João Sampaio, Luís Peixoto, Carlos Paneira, Diogo Lobo. Jogaram ainda: Rui Ferreira (Gr), Pedro Rafael, João Paulo, Daniel Ribeiro, Nuno Monteiro. Treinador; Paulo Machado P. Físico; Prof. Luís Teixeira Director (s). Paulo Nogueira e Jorge Ribeiro

entraram determinados e chegaram ao empate. Com a equipa a dominar e a delinear boas jogadas, o Famalicão colocou-se em vantagem e ainda conseguiu marcar por duas vezes. Resultado justo e a premiar a melhor equipa em campo.

JUVENIS

PRÓXIMA

E

T. Bouro, 4; T. Caldelas, 1 Águias Graça, 1; Apúlia, 0 NINENSE, 2; Viatodos, 1 Águias Alvelos, 0; Pousa, 0

CLASSIFICAÇÃO

II Divisão

Diogo Cão, 5; Cachão, 0 FAMALICÃO, 3; Gondomar, 0 Paços Ferreira, 0; Valdevez, 2

R E S U LTA D O S

7 6 6 5 5 3 3 3 3 3 1 1 1 0 0 0

Soarense, 3; Arentim, 1 P. Regalados, 1; Palmeiras, 0 Roriz, 2; Fragoso, 1 Catel, 1; Tibães, 3

Série A

Chaves, 1; Infesta, 1 Taipas, 2; Tirsense, 0 Maia, 3; Vila Real, 0

PRÓXIMA

PRÓXIMA

V

AFB I DIVISÃO

JUNIORES

PRÓXIMA

J

1. Taipas 9 2. Martim 10 3. Vilaverdense 10 4. Fão 9 5. Santa Maria 10 6. Stª Eulália 9 7. Alegrienses 10 8. Louro 9 9. Forjães 10 10. Torcatense 10 11. Esposende 10 12. Ponte 10 13. Arões 10 14. Laje 10 15. São Paio 10 16. Cabeceirense 10 Santa Maria - Stª Eulália Martim - Forjães Ponte - Fão Vilaverdense - Taipas

JC

O Futebol Clube Famalicão deslocou-se ao terreno do Bairro e somou mais uma vitória. O Famalicão entrou mal no jogo e foi surpreendido pelo seu adversário, que se conseguiu pôr em vantagem. A partir daqui, o Famalicão procurou o golo da igualdade, o que acabaria por não acontecer até ao intervalo. Na segunda metade, os jovens do Famalicão

R E S U LTA D O S

CLASSIFICAÇÃO

Taipas, 2; Arões, 0 Laje, 0; Torcatense, 2 Louro, 1; Alegrienses, 4 Esposende,5;Cabeceirense,0

pa do Famalicão dirige-se ao terreno do Ruivanense, para a 5ª jornada do campeonato distrital.

Escolas A vencem em Bairro

PRÓXIMA

Santa Maria, 5; São Paio, 0 Stª Eulália, 1; Martim, 2 Forjães, 2; Ponte, 2 Fão, 4; Vilaverdense, 0

Série 1

Primeira divisão Na série 1 da primeira divisão da AF Braga, o Ninense, agora comandado por Julinho, venceu o vizinho Viatodos por 2-1. Em oito jogos, a equipa de Nine somou 12 pontos e encontra-se na sétima posição, com o comando desta série a pertencer ao Pico de Regalados, com 20 pontos. Na Série 2, o Gondifelos venceu o Lousado por 2-1, ocpando agora a 12ª posição, com oito pontos. O Lousado está na 14 posição, com apenas sete.

R E S U LTA D O S

R E S U LTA D O S

AFB DIVISÃO HONRA

Ases de S. Jorge apenas consegui realizar na segunda parte, acabando um destes por terminar em golo. Pouco tempo após dava-se o apito final do arbitro, com o resultado de 9-2. Como principal registo deste jogo, fica a boa exibição da equipa da casa, devendo-se esta como resultado da crescente da confiança, entreajuda, e grande concentração dos famalicenses. Pelo Famalicão marcaram: João Sampaio (2), Luís Peixoto (3), Diogo Nogueira (2), Diogo Lobo (1), Carlos “Paneira” (1). Na próxima semana a equi-

para o quinto lugar, com 18 pontos.

PRÓXIMA

A contar para a 10ª jornada do campeonato distrital da divisão de honra da AF de Braga, o GD do Louro foi derrotado em casa e logo por números que não deixam qualquer margem para dúvidas. Frente ao Alegrienses, a formação do Louro perdeu por 4-1. Esta foi a primeira derrota que o Louro sofreu esta temporada perante o seu público, ocupando agora a oitava posição, com 13 pontos, sendo o Taipas o líder da classificação, com 23 pontos, mais um que o Martim. Quanto ao Santa Maria, equipa treinada por Berto Gomes, foi a formação que mais golos marcou nesta jornada ao vencer por 5-0 o São Paio. Com esta vitória, subiu

Escalões de formação do FCF em destaque


“Queremos chatear os primeiros”

Não podia ser mais eloquente quanto aos objectivos do Mouquim para mais uma temporada no distrital de futsal. O presidente Carlos Fernandes traça assim as pretensões da colectividade à qual preside e não podia estar muito mais optimista. "Vamos pensar até ao quinto lugar, mas se houver uma oportunidade para subirmos de divisão não vamos desaproveitá-la", aponta. A direcção não estabelece a subida como prioritária, embora os jogadores tenham a vontade e a ambição suficientes para lutar por um lugar nos nacionais da modalidade. Aliás, no médio prazo o Mouquim poderá assumir-se como candi-

dato assumido à subida de divisão. "Acho que não somos os únicos a pensar dessa forma e nós não fugimos à regra. Vamos tentando e estamos a criar as condições para podermos chegar aos nacionais". O presidente fala em dois jogos que correram menos bem à equipa e "se não fosse essa situação estaríamos nos primeiros lugares". Para além dos aspectos meramente desportivos, a direcção do Mouquim trabalha ainda para melhorar as condições disponibilizadas aos atletas e equipa técnica para que possam levar a cabo um bom trabalho. "Ter um pavilhão próprio era um sonho, mas sabemos que isso custa um pouco. Se daqui a dois anos as coisas mudarem um pouco, e como a autarquia tem partido para a construção de pavilhões em muitas freguesias, certamente que, mais tarde ou mais cedo, Mouquim ou as freguesias vizinhas serão contempladas com essa infra-estrutura. Mas um pavilhão para uma associação só será difícil", realça Carlos Fernandes. O sonho é ainda assim conseguir avançar para um pavilhão "dentro de três ou quatro anos". Quanto ao futuro, no espaço de dois ou três meses vão realizar-se eleições nesta associação de Mouquim e Carlos Fernandes está disponível para continuar como presidente. O actual responsável pela direcção vai continuar "até surgir alguma alternativa credível", uma vez que está disposto a assegurar os destinos da associação. Carlos Fernandes está de pedra e cal no Mouquim, evitando todo e qualquer vazio directivo.

Culpas e Desculpas O texto inserido na secção Especial da última edição do OPINIÃO PÚBLICA, relativo ao presidente do Mouquim Associação Unida, não saiu, tendo-se publicado um texto relativo a outro clube. Nesta edição, o texto é reposto correctamente e com o devido pedido de desculpas pelo lapso ao presidente, Carlos Fernandes, e aos leitores. Acrescente-se ainda que no plantel da equipa faltou a presença de dois jogadores da equipa desde a sua fundação, Pedro Pinto e Ginho. Fica a referência. FUTSAL

R E S U LTA D O S

J

V

1. Nogueiró 6 5 2. ARCA 6 5 3. Acad. Leça 6 4 4. CB Barcelos 6 4 5. Araucaria 6 3 6. Monte Pedras 6 3 7. SÃO MATEUS 6 3 8. Sangemil 6 3 9. CB Paredes 6 2 10. Merelinense 6 2 11. Habinordeste 6 2 12. Sapiãos 6 1 13. Leões Lapa 6 1 14. Santa Luzia 6 0 SÃO MATEUS - Merelinense Araucaria - CB Barcelos Sapiãos - Acad. Leça CB Paredes - Sangemil

PRÓXIMA

Vitória difícil, mas justa O Riba d’Ave continua na senda dos bons resultados. Na última jornada deslocou-se a um Pavilhão sempre difícil, o da Juventude Pacense, e conseguiu trazer os três pontos. O Riba d’Ave partia para este jogo com algum favoritismo e o encontro até foi bastante disputado, como demonstra o nulo com que se chegou ao intervalo. Para a segunda parte estava reservado o melhor desta partida e o Riba d’ Ave chegaria com alguma naturalidade à vantagem de três golos. Acontece que, a partir daqui, esqueceu-se que ainda faltava algum tempo para a partida terminar. O Pacense ainda tentou assustar e conseguiu chegar à margem mínima, só que na jogada seguinte a equipa de Tó Luís marcaria o quarto golo e aí acabaria com a partida. A equipa da casa ainda teve tempo para reduzir a desvantagem mais uma vez, mas já não foi a tempo de conseguir outro resultado. Esta foi uma vitória importante para a equipa de Tó Luís, que assim se mantém nos primeiros lugares da tabela classificativa. Depois da desistência da formação do Académico do Porto, o Riba d’Ave viu-se relegado para o segundo lugar, com menos um ponto que o líder o Nortecoope. Sublinhe-se, porém, que tem menos um jogo. Frente ao Juventude Pacense, o Riba d’Ave alinhou com: André Camões, André Alves, André Torres, Joel Ferreira e Arnaldo Queirós. Jogaram ainda Helder Gomes.

E

D

F

C

P

0 1 27 13 15 0 1 32 19 15 1 1 24 18 13 0 2 37 31 12 3 0 28 22 12 2 1 34 29 11 0 3 20 23 9 0 3 29 33 9 1 3 27 27 7 0 4 28 30 6 0 4 18 22 6 1 4 25 36 4 0 5 17 29 3 0 6 26 40 0 Monte Pedras - Nogueiró Habinordeste - ARCA Santa Luzia - Leões Lapa

Tó Luís, técnico do Riba d’Ave

Derrotou o Marinhense por 3-1

FAC regressa às vitórias O FAC regressou às vitórias, depois de dois empates consecutivos frente ao Tomar e ao Bom Sucesso, ambos a três golos. No passado sábado, o Famalicense recebeu, no Pavilhão Municipal de Famalicão, a formação do Marinhense e confirmou o favoritismo, ao vencer por três bolas a uma. Além de não ter feito um grande jogo, o FAC conseguiu vencer. A equipa de Famalicão entrou praticamente vitoriosa, pois ainda não estava decorrido o primeiro minuto de jogo e já tinha apontado o primeiro golo, colocando o marcador em 1-0.

III Divisão

S. MATEUS, 4; Santa Luzia, 3 Sangemil, 3; Monte Pedras, 5 Merelinense, 3; Araucaria, 4 Nogueiró, 2; Habinordeste, 1 ARCA, 7; Leões Lapa, 3 CB Barcelos, 5; Sapiãos, 3 Acad. Leça, 6; CB Paredes, 3

CLASSIFICAÇÃO

Riba d’Ave relegado para o segundo lugar

Mesmo não fazendo um HOQUEI EM PATINS II Divisão Folga-Feira FAC, 3; Marinhense, 1 bom jogo, o FAC teve sempre a Juv. Pacense, 3; Riba d'Ave, 4 Pasteleira, 1; Bom Sucesso, 2 partida controlada e Rafael Lavra, 1; Sanjoanense, 1 Nortecoope, 2; Tomar, 1 Pereira, o guarda-redes da Marco, 3; Turquel, 3 Carvalhos, 6; Limianos, 2 equipa da casa teve uma noite CLASSIFICAÇÃO J V E D F C P bastante calma. O mais impor- 1.Nortecoope 6 4 1 1 24 18 13 5 4 0 1 21 16 12 tante, ou seja, os três pontos, 2.Ribad'Ave 3. FAC 6 3 2 1 21 16 11 foi conseguido. 6 3 2 1 15 11 11 Na próxima jornada, o FAC 4.5.Marco Carvalhos 6 3 1 2 24 17 10 vai ter uma deslocação bas- 6.Tomar 6 3 1 2 23 17 10 tante difícil ao pavilhão do 7.Sanjoanense 5 3 1 1 18 15 10 5 2 2 1 23 18 8 terceiro classificado, o Tur- 8.Turquel 6 2 2 2 21 16 8 quel, que tem os mesmos 9.Lavra 6 2 1 3 18 21 7 pontos que a formação famali- 10.Limianos 11. Feira 5 2 0 3 20 19 6 cense. 12. Juv. Pacense 6 1 2 3 15 17 5 Nesta partida o FAC ali- 13.BomSucesso 5 1 2 2 11 14 5 5 0 1 4 9 20 1 nhou com: Rafael Pereira, 14.Marinhense 6 0 0 6 6 34 0 Mauro Lima, Miguel Soares, 15.Pasteleira Folga - Juv. Pacense Marinhense - Pasteleira Pedro Salgado e Tiago BarboRiba d'Ave - Lavra Bom Sucesso - Nortecoope sa. Jogaram ainda Diogo Sá, Sanjoanense - Marco Tomar - Carvalhos Justiniano e André Barbosa. Turquel - FAC Feira - Limianos R E S U LTA D O S

Carlos Fernandes, presidente do Mouquim AU

modalidades

PRÓXIMA

34 opinião sport: 28 de Novembro de 2007

Futsal: equipas famalicenses vitoriosas As duas equipas famalicenses venceram na sexta jornada da III Divisão Série A, em futsal. A ARCA continua a demonstrar capacidade e qualidade para incomodar as formações da frente e daí a vitória em casa por 7-3 frente ao Leões da Lapa. Com este resultado, a ARCA continua a comandar esta divisão, a par com o Nogueiró, com 15 pontos, contando unicamente com uma derrota. De salientar que a equipa de Antas é a tercei-

ra equipa mais concretizadora e a terceira equipa que menos golos concede nesta série da III di-

nordeste neste fim-de-semana, sendo favorita para este embate. Quanto ao S. Mateus voltou a

A Arca venceu em casa por 7-3 e continua a comandar. O S. Mateus também venceu o Santa Luzia visão. A formação de Hélder Soares desloca-se ao terreno do Habi-

vencer em casa, mas com alguma dificuldade, a equipa do Santa Luzia, que ainda não pontuou

neste campeonato. O mais importante foi seguramente o resultado e a garantia de mais três pontos para sair da situação incómoda em que se encontrava. A equipa de Miguel Marques subiu quatro posições na tabela classificativa, estando agora na sétima posição com nove pontos. No próximo fim-de-semana o São Mateus volta a jogar em casa, onde ainda está invicto, recebendo o Merelinense.


modalidades

GDN com boa participação em Felgueiras

Cinco novos campeões regionais

opinião sport: 28 de Novembro de 2007 35

FAC vence Espinho em voleibol O FAC venceu, no domingo, o SC Espinho por 3 sets a 2, num jogo bastante equilibrado, que se decidiu apenas no quinto set. A equipa famalicense de juvenis acabou por vencer na negra por 15-5, subindo agora ao segundo lugar da classificação, empatada com o Espinho. No final do encontro, o técnico Daniel Madureira Ferreira, considera que “a vitória foi um prémio à entrega de toda a equipa técnica e jogadores”. “Foi um jogo bastante equilibrado, em que a nossa vontade, esforço e dedicação, sem nunca ter perdido a cabeça na negra, ditou um resultado sofrido,

mas justo para a nossa formação”, afirmou. Daniel Madureira vai ainda mais longe e assume que a atitude dos seus jogadores “foi muito positiva frente a um dos candidatos à vitória no grupo”. “Melhorámos imenso em alguns aspectos, mas temos ainda muito que trabalhar, para corrigir erros não menos importantes” salientou ainda o treinador famalicense. O FAC já conta com três vitórias consecutivas, após um mau início de campeonato. O próximo jogo é frente à formação de Viana do Castelo, dia 9 de Dezembro, pelas 17 horas, no Pavilhão Municipal de Famalicão.

Mais cinco títulos regionais para o GDN

O Grupo Desportivo de Natação de Famalicão, conquistou boas marcas nos Campeonatos Regionais de Absolutos, realizados, no passado fim-de-semana, nas Piscinas Municipais de Felgueiras. Com a participação de 24 nadadores, os famalicenses alcançaram inúmeros recordes pessoais e conquistaram um total de 30 medalhas, das quais cinco de ouro, 13 de prata e 12 de bronze, salientando-se ainda as várias medalhas obtidas nas provas de estafeta, reflectindo o excelente conjunto de nadadores que se estão a consolidar em Famalicão.

Sagraram-se campeões regionais Paulo Araújo, Mário Costa, Diogo Carneiro e Sofia Ferreira, ao passo que os títulos de vice-campeões foram para Jorge Maia, Diogo Carneiro, João Araújo, Paulo Araújo, João Ferreira, Sofia Ferreira e Rita Ferreira. O treinador famalicense Pedro Faia comentou os campeonatos regionais afirmando que "se tratou de uns campeonatos regionais repletos de muita emoção, com bastantes títulos obtidos, boas marcas e maior número de atletas a alcançarem tempos de acesso aos nacionais de absolutos a disputar

na cidade de Óbidos". "Temos 19 atletas juniores e seniores com mínimos para os campeonatos nacionais de absolutos o que reflecte que além da qualidade que esperamos vir a demonstrar, também iremos participar com uma equipa bastante numerosa, traduzindo-se mesmo na maior participação de sempre em campeonatos absolutos. Os atletas estão de parabéns e bastante motivados para os próximos desafios nacionais e internacionais que iremos disputar no mês de Dezembro. Que assim seja e que mais alegrias venham para Famalicão", conclui.

CRF com atletas na selecção sub-17 O Clube de Rugby de Famalicão esteve representado, no passado domingo, nos treinos da selecção regional Norte/Centro do escalão sub-17, através da participação de dois jovens atletas do clube, Pedro Costa e José Ricardo Lopes, que decorreram no complexo desportivo municipal de Lousada. Estes dois jovens juntaram-se a atletas de clubes como o CDUP, Clube Rugby Arcos de Valdevez, Rugby Clube da Lousã e Académica de Coimbra. Este está-

gio incidiu principalmente sobre o aperfeiçoamento de algumas acções táctico-técnicas básicas, e serviu para os seleccionadores regionais fazerem um primeiro diagnóstico dos atletas que poderão ser chamados no futuro à Selecção Nacional sub-17. Os dois atletas famalicenses vão participar nos próximos treinos desta selecção regional Norte/Centro que se realizam nos dias 8 e 9 de Dezembro, em Coimbra.

Formação do CRF dá frutos

Seniores jogam no domingo A segunda jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão, realiza-se no próximo domingo, com o CRF a deslocar-se ao terreno da Associação Prazer de Jogar, em Arcos de Valdevez. Tanto o CRF como o Prazer de Jogar venceram na primeira jornada e, como esta fase regular só tem quatro equipas por grupo, quem vencer passa a ascender à liderança. Após uma primeira fase regional de grupos, serão apurados os dois primeiros de cada grupo para a realização das fases finais que vão determinar a classificação final da 2ª Divisão Nacional, que este ano conta com 18 equipas.

Casa do Porto vende bilhetes para jogo com Benfica A Casa do Futebol Clube do Porto de Famalicão está a proceder à reserva de bilhetes e de autocarro para o jogo SL Benfica-FC Porto, que se dispu-

ta no sábado à noite. Os interessados devem contactar a casa portista de Famalicão até amanhã, quinta-feira, ao final do dia.

Alex Ryu Jitsu com diversos campeões famalicenses Decorreu no passado sábado, dia 24 de Novembro, na Arena de Matosinhos, o Campeonato Nacional de Alex Ryu Jitsu – K.O. – Open. Neste evento, sob a égide da Federação Portuguesa de Alex Ryu Jitsu e perante um pavilhão praticamente lotado, os atletas famalicenses estiveram em bom nível. A academia de Cavalões esteve representada pelo atleta Carlos Sá, que defrontou o atleta de Lousado, Vítor Lopes, no combate da noite, realizado em 7 assaltos de 2 minutos. Foi um combate disputado com grande equilíbrio entre estes dois oponentes e só decidido

aos pontos. No final, os juízes atribuíram a vitória ao atleta Carlos Sá, arrecadando assim o titulo de campeão nacional. Para além de Carlos Sá, também Nelson Santos, da Academia de Nine, se sagrou campeão na categoria 75-81 kg, Nuno Matos na categoria 81-86 kg, Florbela Lopes, na categoria 57-60 kg em femininos, assim como Susana Gomes (da Academia da PSP) em 60-63 kg. No final do evento, a Academia de Cavalões arrecadou o primeiro lugar por equipas, seguido da Academia da PSP de Famalicão e da Academia de Lousado.

Carlos Sá venceu o combate da noite


36 opini達o sport: 28 de Novembro de 2007

publicidade JUNTA DE FREGUESIA DE CRUZ

Largo Senhor dos Aflitos, 166 4770-191 S. Tiago da Cruz Telefone 252 911 729


motores

opinião sport: 28 de Novembro de 2007 37

Aniversário da equipa famalicense

Padock Competições consolidada no TT Um ano de existência com sede em Famalicão. A Padock Competições festejou o seu primeiro aniversário juntando amigos, pilotos, navegadores, equipa técnica, colaboradores e patrocinadores no Bib Ofir, revelando a sua força também fora da competição. Com seis viaturas inscritas na mítica prova Lisboa-Dakar, a Padock Competições demonstra-se uma equipa capaz de "trilhar" sucessos atrás de sucessos. Um projecto solidificado no mundo do desporto motorizado com Adélio Machado como piloto/gerente. Com mais de cinco centenas de convidados, aquele espaço nocturno de Ofir decorou-se com as cores da equipa e Adélio Machado estava "muito contente com todo o trabalho que tem sido desenvolvido". "A Padock Competições é hoje uma das principais equipas do Todo-oTerreno nacional e internacional. Tudo isto se deve aos excelentes colaboradores e aos melhores pilotos, que acreditam no projecto", resume Adélio. A propósito, o piloto garantiu que o Dakar não será uma miragem e que a recuperação do acidente em que esteve envolvido está a correr da melhor forma. Cristina Fonseca, esposa de Adélio Machado, tem como função apoiar a parte técnica e financeira e estava "muito feliz por toda a estrutura-privada estar a obter excelentes resultados", relembrando que "no início foi complicado", mas que "felizmente tudo tem corrido pelo melhor". Na festa do primeiro aniversário da Padock Competições estiveram ainda expostos os cinco carros da equipa e o camião/oficina.

Fotografia da Família Padock Competições


38 opinião sport: 28 de Novembro de 2007

Ford apresentou protótipo No Salão Automóvel de Guangzhou, na China, a Ford revelou um pouco mais da sua visão de futuro para os pequenos automóveis da marca, através da apresentação de uma segunda variante do protótipo Verve Concept. A novidade surge no formato de uma berlina de quatro portas repleta de estilo, destinada ao mercado asiático, que se apresenta lado a lado com a versão de três portas tornada pública no Salão de Frankfurt, em Setembro último. O dinâmico par de Ford Verve Concept são as estrelas da quinta edição do certame de Guangzhou e o facto da companhia escolher este palco para a apresentação mundial da versão de quatro portas do Verve Concept demonstra a crescente importância da Ásia nos planos globais da Ford. Com um look de coupé desportivo, a nova berlina Verve Concept reforça a visão da Ford no que se refere ao design futuro dos pequenos automóveis, originalmente apresentado com a versão de três portas do Verve Concept, que foi uma das principais estrelas de Frankfurt. A terceira e última interpretação com base do Verve Concept surgirá em Janeiro de 2008, no Salão de Detroit.

motores

Dupla Silva/Martins quer acabar em grande

Pedro Silva/Vítor Martins em busca de um bom resultado

Pedro Silva e Vítor Martins estão de regresso a Gondomar para a derradeira prova do Campeonato Nacional Open de ralis. A dupla da Padock Competições quer terminar a temporada em "grande" e, para tal necessita de contar com a total fiabilidade do Fiat Pun-

to HGT. Após uma desistência em Vila Real e de no ano transacto ter também desistido em Gondomar, a dupla famalicense espera "vingar a adversidade mecânica que tive na edição passada" referiu Pedro Silva. O rali de Gondomar

terá um total de 132,76 km de extensão. Serão três especiais de classificação disputadas em piso de terra com um total de 47.8 km, que serão percorridas por duas vezes, a que se juntará uma especial espectáculo – super especial - a disputar na

noite de sexta-feira, 30 de Novembro, bem no coração da cidade gondomarense. O piloto está entusiasmado pois os reconhecimentos correram bastante bem e os troços estavam em bom estado. "Por isso esperamos um bom rali", referiu Pedro Silva.


opinião sport: 28 de Novembro de 2007 39

família

Cinema Beowulf Carneiro

21/03 a 20/04

Balança

24/09 a 23/10

Número da Sorte: 12

Número da Sorte: 60

Carta Dominante: O Enforcado, que significa Sacrifício. Amor: Irá manifestar-se em si uma grande energia sensual. Saúde: Com disciplina e controlo melhorará certamente. Dinheiro: Poderá ter tendência para gastar mais do que habitualmente. Números da Semana: 1, 3, 24, 29, 33, 36.

Carta Dominante: 10 de Espadas, que significa Dor, Depressão, Escuridão. Amor: Esteja atento a tudo o que o rodeia. Saúde: Não terá que se preocupar, está em plena forma. Dinheiro: Algumas dificuldades avizinham-se. Números da Semana: 1, 8, 42, 46, 47, 49.

Touro

21/04 a 21/05

Escorpião

24/10 a 22/11

Número da Sorte: 41

Número da Sorte: 34

Carta Dominante: 5 de Copas, que significa Derrota. Amor: Caso esteja livre, poderá surgir brevemente a pessoa que idealizou. Saúde: Tenderá a sofrer de fadiga. Durma mais. Dinheiro: Poderá voltar a surgir uma proposta que estava suspensa há algum tempo. Números da Semana: 7, 11, 18, 25, 47, 48.

Carta Dominante: Cavaleiro de Paus, que significa Viagem longa, Partida Inesperada. Amor: Deixe o ciúme de lado e aproveite bem os momentos escaldantes. Saúde. Cuidado com os excessos . Dinheiro: Período menos favorável para empréstimos. Números da Semana: 4, 9, 11, 22, 34, 39.

Gémeos

22/05 a 21/06

Sagitário

Número da Sorte: 33

Carta Dominante: 8 de Copas, que significa Concretização, Felicidade. Amor: Poderá surgir um mal entendido, mas com calma tudo se resolve. Saúde: Este será um período de paz, aproveite para descansar. Dinheiro: Momento pouco favorável para grandes investimentos. Números da Semana: 4, 6, 7, 18, 19, 33.

Carta Dominante: Valete de Paus, que significa Amigo, Notícias Inesperadas. Amor: Através do diálogo poderá clarificar algumas dúvidas com a sua cara-metade. Saúde: Cuidado com os vírus gripais. Dinheiro: Reina a estabilidade neste campo. Números da Semana: 1, 2, 8, 16, 22, 39.

22/06 a 22/07

Capricórnio

23/12 a 20/01

Número da Sorte: 52

Número da Sorte: 67

Carta Dominante: 2 de Espadas, que significa Afeição, Falsidade. Amor: Entre em contacto com os seus familiares que estão no estrangeiro e verá como custará menos a suportar a saudade. Saúde: Cuidado com os seus ouvidos. Dinheiro: Não espere grandes alterações neste campo da sua vida. Números da Semana: 9, 11, 25, 27, 39, 47.

Carta Dominante: 3 de Ouros, que significa Poder. Amor: Período bom para estar com o seu amor. Saúde: Manter-se-á numa situação estável. Esteja atenta ao frio e proteja-se. Dinheiro: A sua carreira está em alta. Poderão abrir-se novas perspectivas. Números da Semana: 7, 13, 17, 29, 34, 36

Leão

23/07 a 23/08

Aquário

21/01 a 19/02

Número da Sorte: 74

Número da Sorte: 5

Carta Dominante: 10 de Ouros, que significa Prosperidade, Riqueza e Segurança. Amor: O seu relacionamento amoroso estaá colorido e cheio de ternura. Saúde: Espera-o um período isento de preocupações. Dinheiro: Fique atento e evite qualquer tipo de gasto supérfluo. Números da Semana: 10, 20, 36, 39, 44, 47.

Carta Dominante: Papa que significa Sabedoria. Amor: Os ciúmes não nos levam a lado nenhum, tenha confiança na pessoa que tem a seu lado. Saúde: Cuidado com as diabetes, não coma muitos doces. Dinheiro: Momento propício para um investimento mais sério. Números da Semana: 7, 11, 19, 24, 25, 33.

Virgem

24/08 a 23/09

Peixes

Música Eagles - Long Road Out of Eden Os Eagles já venderam mais de 120 milhões de álbuns em todo o mundo. O seu álbum de 1977, "Hotel California" é o disco mais vendido da História. "Long Road Out Of Eden" é o seu primeiro disco de há 28 anos a esta data o que faz com que este seja um dos trabalhos mais esperados em todo o mundo. Trata-se de um disco duplo, com 20 canções novas, vendido a um preço muito convidativo.

23/11 a 22/12

Número da Sorte: 44

Caranguejo

Numa lendária época de heróis, o poderoso guerreiro Beowulf combate o demónio Grendel e incorre na fúria infernal da mãe do monstro, uma sedutora implacável. Do seu épico confronto nasce a intemporal lenda de Beowulf. O inovador realizador Robert Zemeckis oferece-nos uma narrativa inédita que traduz a sua visão única da saga de Beowulf. “Beowulf” conta com Ray Winstone no principal papel e com Anthony Hopkins a fazer do corrupto Rei Hrothgar. O filme conta ainda com as interpretações de John Malkovich, Robin Wright Penn, Brendan Gleeson, Crispin Glover, Alison Lohman e Angelina Jolie, que dá corpo à mãe de Grendel. O filme estreia esta semana em Portugal e já foi considerado pelos criticos do cinema como um dos melhores deste ano.

20/02 a 20/03

Número da Sorte: 8

Número da Sorte: 4

Carta Dominante: Justiça, que significa Justiça. Amor: Não tenha atitudes infantis relacionadas com ciúmes doentios. Saúde: Cuidado com a auto-medicação. Tenha cuidado co o frio! Dinheiro: Época favorável ao investimento em novos negócios. Números da Semana: 7, 18, 19, 26, 38, 44.

Carta Dominante: 7 de Paus, que significa Discussão, Negociação Difícil. Amor: Procure estar mais tempo com os seus amigos e familiares. Saúde: Faça com maior regularidade análises ao sangue. Dinheiro: Os gastos desenfreados podem prejudicá-lo significativamente. Números da Semana: 5, 25, 36, 44, 47, 49.

Livro “O Sonho Mais Doce”, de Doris Lessing Trata-se de uma saga familiar que atravessa três gerações, centrando-se na década de 60, altura em que a casa de Júlia Lennox alberga jovens, personificando o espírito de liberdade prevalecente na Inglaterra de então. Recuando até 1914, a autora apresenta-nos Philip Lennox e a sua noiva Júlia. Entre ambos nasce um filho Johnny que se apaixona por Frances. Já na década de 60, Sylvia, fruto de uma ligação amorosa de Jonhny, também en-

contra refúgio em casa de Júlia. Um retrato de três mulheres-coragem – Júlia, Frances e Sylvia que percorre temas característicos de várias épocas como a guerra fria, a guerra do Vietname, as drogas, o surgimento da Sida em África, a anorexia e a depressão, entre outras. É importante referir que Doris Lessing recebeu o Nobel da Literatura em 2007.

Telefones úteis

Farmácias de serviço e reforço Famalicão Barbosa: Rua Santo António, Tel. 252 311 265 Calendário: Rua da Liberdade, Tel. 252 378 400/1 Cameira: C. Mouzinho Albuquerque, Tel. 252 323 819 Central: Praça D. Maria II, Tel. 252 323 214 Nogueira: Av. Marechal H. Delgado, Tel. 252 310 607 Valongo: Rua Adriano Pinto Basto, Tel. 252 323 294

Vale do Ave Almeida e Sousa: Covas - Oliv. Stª Maria - Telf. 252 931 365 Bairro: Av. Silva Pereira, Telf. 252 923 678 Faria: Estrada Nacional 310 - Serzedelo - Telf. 252 532 346 Delães: Portela - Delães - Telf. 252 931 216 Riba de Ave: Av. Narciso Ferreira, Telf. 252 982 124

Serviço de disponibilidade Gavião - Ed.S. Vicente - Picoto - Telef. 252 317 301 Paula Reis: R. José Elisio Gonçalves Cerejeira, nº 629 Calendário - Tel. 252 378 057

Concelho Estação: Largo da Estação - Nine - Telf. 252 961 118 Maceiras: Louro - Telf. 252 310 425 Marinho: Edif. S. José - Estalagem - Telf. 252 921 182 Marques: Largo da Igreja - Fradelos - Telf. 252 458 440 Martins Ventura: R. C. Cerejeira - Lousado - Telf. 252 493 142 Oliveira Monteiro: Largo Igreja - Cabeçudos - Telf. 252 331 885 Pedome: Av. S. Pedro, 1139 - Pedome - Telf. 252 900 930 Pratinha: Largo do Cruzeiro - Cavalões - Telf. 252 375 423 Ribeirão: Largo de Bragadela - Ribeirão - Telf. 252 416 482 Santiago da Cruz: Vale S. Cosme - Telf. 252 911 123 Arnoso: Av. Joaq. Azevedo - Arnoso Sta. Maria - Telf. 252 916 612

Nov/Dez Quarta, 28 Quinta, 29 Sexta, 30 Sábado, 1 Domingo, 2 Segunda, 3 Terça, 4

S e r v iç o Calendário Nogueira Barbosa Valongo Cameira Central Calendário

Quarta, 28 Quinta, 29 Sexta, 30 Sábado, 1 Domingo, 2 Segunda, 3 Terça, 4

Delães Almeida e Sousa Riba de Ave Delães Faria Delães Almeida e Sousa

Re fo r ç o Valongo Cameira Central Barbosa Valongo

Horários 9h às 20h30 - Dom. e feriados - 10h às 12h30 8h30 às 20h - Sábados: 8h30 às 19h Horários 9h às 13h - 14h às 21h/ Sáb. 9h às 13h - 15h às 19h/ Dom. e fer. 10h às 12h 9h às 20h - Sáb. 9h às 19h 9h às 21h - Sáb. 9h às 20h30 - Dom. 10h às 12h 9h às 21h - Sáb. e Dom. 9h às 20h 9h às 21h - Sáb. das 9h às 20h - Dom. 9h30 às 13h 9h às 20h - Sáb. 9h às 17h30 9h às 20h - Sáb. 9h às 19h 9h às 20h - Sáb. e Dom. das 9h às 19h 9h às 20h - Sáb. 9h às 13h 8h30 às 23h - Sáb. e Dom. das 9h às 22h 9h às 20h - Sáb. das 9h às 19h

1ª Repartição de Finanças 252 322483 2ª Repartição de Finanças 252 323919 Acção Social 252 301233 ACIF 252 315409 Biblioteca Municipal 252 319684 Bombeiros V. Famalicão 252 301112 BombeirosV. Famalicenses 252 322055 Bombeiros V. Riba de Ave 252 900200 Câmara Municipal Geral 252 320900 800 292827 Número Verde Caminhos de Ferro 252 323289 Casa das Artes 252 371297 Casa de Camilo 252 327186 Cemitério Municipal 252 319888 Central de Camionagem 252 373464 C.de Saúde Famalicão 252 313645 C. de Saúde Delães 252 907030 CITEVE 252 300300 Conservatória Reg, Civil 252 373336 Conservatória Reg. Predial 252 322560 EN - Electricidade do Norte 252 374323 ESSVA 252 301720 Extensões de Saúde Arnoso Santa Maria 252 916226 Fradelos 252 458061 Gondifelos 252 952139 Joane 252 990580 Landim 252 321462 Louro 252 330220 Lousado 252 493209 Requião 252 323954 Ribeirão 252 492707 Ruivães 252 993150 Seide S. Miguel 252 323880 Vale São Cosme 252 912624 Fund. Cupertino Miranda 252 301650 GNR de Famalicão 252 501360 GNR de Joane 252 996514 GNR de Riba de Ave 252 982385 Hospital S. João de Deus 252 300800 Hospital Narciso Ferreira 252 900800 Inspecção de Trabalho 252 323041 IEFP 252 501100 Ludoteca 252 319684 Polícia Municipal 252 320999 Posto de Turismo 252 312564 Protecção Civil 252 317336 PSP 252 373375 Segurança Social 252 301230 Serviço Águas - Avarias 252 322971 Táxis: Famalicense 252 311642 Taxitel 252 372724 TUF 252 310004 Tribunal Cível 252 501400 Tribunal de Trabalho 252 311691 Tribunal Judicial 252 302950 Universidade Lusiada 252 309200


40 opinião sport: 28 de Novembro de 2007

últimas

Mónica Bellucci faz de prostituta em novo filme A italiana Mónica Bellucci está de novo no grande ecrã. Já estreou em Portugal o filme “Shoot'Em Up - Atirar a Matar”, com Clive Owen no principal papel. Aquela que já foi considerada uma das mulheres mais belas e sensuais do mundo também entra no filme e faz o papel duma prostitua provocante. Em entrevista a um tablóide norte-americano, a actriz referiu que gostou muito da experiência por ser um papel diferente de todos aqueles que já tinha feito.

Rihanna encara bem concorrência de Britney Rihanna está a encarar bem a concorrência de Britney Spears no top europeu de singles. A sua canção “Don't stop the music” continua em primeiro no continente europeu. “Gimme More” de Britney Spears continua em segundo, seguida do grupo Sugababes, que aparece em terceiro com “About You Now”. Rihanna apresentou-se a semana passada na cerimónia do American Music Awards e levou para casa um prémio na categoria “Melhor cantora de R&B.”

Fergie posa glamourosa No palco ela canta hip hop e usa roupa para lá de modernos. Porém, recentemente Fergie posou duma forma completamente diferente para a revista “Allure”. A edição de Dezembro traz a cantora de uma forma que ninguém nunca viu, glamourosa e num ensaio com clima anos 40. A vocalista do grupo Black Eyed Peas aparece linda, com pinta de diva, entre lençóis de seda e biquinis da época. Na entrevista, Fergie admitiu que está muito feliz com a beleza que Deus lhe deu. “Sou uma pessoa muito sensual”, comentou ela, que namora o actor Josh Duhamel. Além de ser um mulherão, a cantora sabe como realçar ainda mais seus atributos. Numa recente entrevista, Fergie confessou ser obcecada por lingeries. “Gosto muito da ideia de nos podermos sentir uma menina com uma calcinha mais comum ou uma mulher poderosa com uma peça mais sexy”, disse.


OS812